Programa de Estágios Internacionais da IAESTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa de Estágios Internacionais da IAESTE"

Transcrição

1 IAESTE International Association for the Exchange of Students for Technical Experience Associação Internacional para a Permuta de Estudantes do Ensino Superior para Experiência Prática A IAESTE é uma organização internacional com mais de 80 Paísesmembros em 5 continentes, fundada em 1948 no Imperial College de Londres, que promove o intercâmbio de estudantes universitários entre os países-membros, com o objectivo de lhes proporcionar uma experiência de trabalho na indústria, instituições de investigação e outras entidades empregadoras.

2 A IAESTE é constituída por Comissões Nacionais que representam os interesses do mundo académico e da indústria. A Comissão Portuguesa da I.A.E.S.T.E. foi criada em Julho de 1998 e tem sede em Lisboa, no Instituto Superior Técnico. Fazem parte dela, as seguintes instituições: 1. IST Instituto Superior Técnico 2. FEUP Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto 3. FCTUC Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra 4. Universidade de Aveiro 5. FCTUNL Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Lisboa 6. FCUL Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 7. Universidade da Beira Interior 8. ISCTE Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa

3 Países membros da IAESTE África do Sul, Alemanha, Argentina, Arménia, Austrália, Áustria, Bélgica, Bielo-Rússia, Bósnia-Herzegovina, Botswana, Brasil, Bulgária, Canadá, Cazaquistão, China, Chipre, Colômbia, Croácia, Dinamarca, Egipto, Emirados Árabes Unidos, Equador, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, Estónia, Filipinas, Finlândia, França, Gâmbia, Geórgia, Ghana, Grécia, Holanda, Hong-Kong, Hungria, Índia, Irão, Iraque, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Japão, Jordânia, Letónia, Líbano, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macau, Macedónia, Malta, México, Mongólia, Noruega, Omã, Palestina (West Bank), Panamá, Paquistão, Peru, Polónia, Portugal, Quénia, Reino Unido, República Checa, Roménia, Rússia, Serra Leoa, Sérvia e Montenegro, Síria, Sri Lanka, Suécia, Suíça, Tailândia, Taiwan, Tajiquistão, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão.

4 Objectivos da IAESTE A IAESTE tem como objectivos: 1. Facultar aos estudantes do ensino superior experiência técnica num país estrangeiro, relacionada com a sua área de estudos; 2. Promover o espírito de cooperação e de solidariedade entre os estudantes de todas as nações. O intercâmbio faz-se em regime de reciprocidade, isto é, a cada estágio concedido a um estudante proveniente do estrangeiro, corresponde um estágio semelhante para um estudante dum estabelecimento do ensino superior português.

5 Áreas abrangidas pelo Programa As áreas abrangidas pelo Programa de Intercâmbio da IAESTE incluem todos os ramos da Engenharia, Química, Física, Matemática, Tecnologia, Gestão, entre outras. Destinatários Os estagiários da IAESTE são estudantes do Ensino Superior que, normalmente, estão na segunda metade dos estudos universitários e, em muitos casos, já estagiaram no país de origem. Na FEUP, apenas os alunos dos 4º e 5º anos de qualquer Licenciatura, poderão concorrer a este Programa.

6 Período e duração do estágio A duração deverá ser entre 6 semanas (mínimo) e 18 meses (máximo). Geralmente, os estudantes optam por realizar um estágio até 3 meses, entre início de Junho e o final de Setembro, tomando em consideração o período de aulas. Subsídio de estada As ofertas de estágios anunciadas pela IAESTE, todos os anos, definem o montante de remuneração que varia de acordo com o País e com a empresa. É equivalente a uma bolsa de estudo (isento de IRS).

7 Conhecimento de línguas A empresa determina a(s) língua(s) obrigatória(s) ou preferencial(ais). Habitualmente, o inglês é exigido pela maior parte das empresas acolhedoras, como língua principal. Na candidatura deve ser indicado o grau de aperfeiçoamento que o estudante tem de línguas. Tipo de estágio oferecido pela empresa A Empresa oferece um estágio na sua área de actuação, tendo o direito de impor as condições que entenda quanto ao curso, especialidade, ano de frequência e conhecimento de línguas. Estágios I&D actividades de laboratório; projectos finais de cursos Estágios Profissionais actividades dentro da especialidade do curso do estudante - em gabinetes de projecto e/ou na gestão técnica.

8 Encargos financeiros para o candidato Se o candidato for aceite pela IAESTE e pela Empresa acolhedora, terá como custo fixo a viagem (ida e volta) e o alojamento, independentemente de ser a IAESTE a providenciá-lo. Alojamento No momento da inscrição, o candidato deverá assinalar se pretende que a IAESTE providencie o seu alojamento, caso contrário, terá se ser o próprio a providenciá-lo.

9 Aceitação do candidato O candidato pode ser aceite pela IAESTE de um determinado país e não ser aceite pela empresa acolhedora desse país. O candidato deverá sempre aguardar a decisão de aceitação da Empresa. O candidato terá de pagar apenas uma caução no valor de 125 (valor em 2004/05) que funciona como garantia para a IAESTE portuguesa que o candidato irá realizar o estágio. No caso de não ser aceite pela empresa, a IAESTE devolverá a caução.

10 Período de aceitação dos candidatos Os candidatos são aceites pelas empresas estrangeiras durante os meses de Abril e Maio. Período se realização dos estágios A realização dos estágios decorre habitualmente durante os meses de Junho a Setembro.

11 Período de Pré-candidaturas (Época normal) Durante o mês de Novembro, os interessados devem entregar na DCoop área das Relações Empresariais o formulário de pré-candidatura, disponível on-line. Atribuição dos estágios pela IAESTE É realizada em reunião geral entre as instituições nacionais participantes no Programa, tomando em consideração os pedidos dos candidatos e em proporção ao número de candidaturas de cada instituição. Distribuição dos estágios na FEUP A distribuição dos estágios é feita durante os meses de Fevereiro e Março.

12 Critérios de seriação dos candidatos na FEUP 1. Opção de Licenciatura 2. Ordenação (melhores classificações) 3. País de Destino 4. Duração do Estágio 5. Requisitos exigidos (ex. língua) Numa situação em que a língua é um factor de decisão, os 4 primeiros critérios, acima referidos, não são contemplados.

13 Candidaturas época especial Nos casos de estágios que não foram atribuídos, quer pela rejeição das empresas estrangeiras, quer por falta de candidatos interessados, haverá uma época especial para novas candidaturas. Período para novas candidaturas em época especial A realização de novas candidaturas decorre durante o período de Março a Junho. Documentação a entregar no novo período de candidaturas Curriculum Vitae, Formulário de Inscrição, Carta de Apresentação e Lista das cadeiras concluídas.

14 Divulgação das ofertas de estágios Disponíveis na intranet da IAESTE. Os interessados poderão visualizar as ofertas existentes, apenas na Divisão área das Relações Empresariais (sala A213). Critério de atribuição dos estágios na época especial A data de apresentação da candidatura. Após a escolha dum estágio, o candidato deverá enviar, imediatamente, a sua candidatura para a IAESTE Lisboa, uma vez que a atribuição do estágio é feita de acordo com a celeridade na entrega da documentação.

15 Período de aceitação dos novos candidatos As aceitações por parte das empresas decorrem entre os meses de Abril e Junho. Período de realização dos estágios A realização dos estágios decorre no mesmo período para quem se candidatou na época normal, isto é, entre Junho e Setembro.

16 Estágios Internacionais da IAESTE As candidaturas para os Estágios encontram-se abertas entre o dia 1 e o dia 30 de Novembro Para mais informações e candidaturas, contacte: Divisão, Sala A208 Horário de atendimento: 9h00m às 12h30m

17 Programa IAESTE Contactos: Divisão - área das Relações Empresariais Dr.ª Cláudia Vinhais Edifício A Sala 213Tel.: Responsáveis da IAESTE na FEUP: Prof. Fernando Jorge Monteiro e Dr.ª Rosário Trindade FAQ s IAESTE: Página internacional da IAESTE:

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 Caro Participante, Seja bem-vindo ao Programa de intercâmbio de estágio oferecido mundialmente pela IAESTE! Leia atentamente este manual. Ele contém todas as

Leia mais

INSTRUTIVO N.º 01/2015 de 14 de Janeiro

INSTRUTIVO N.º 01/2015 de 14 de Janeiro INSTRUTIVO N.º 01/2015 de 14 de Janeiro ASSUNTO: CLASSIFICAÇÃO DE PAÍSES, BANCOS MULTILATERAIS DE DESENVOLVIMENTO E ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS Havendo necessidade de se estabelecerem critérios de classificação

Leia mais

Aos PAIS LEVANDO os FILHOS para o EXTERIOR, TRAZENDO os FILHOS para o JAPÃO

Aos PAIS LEVANDO os FILHOS para o EXTERIOR, TRAZENDO os FILHOS para o JAPÃO Aos PAIS LEVANDO os FILHOS para o EXTERIOR, TRAZENDO os FILHOS para o JAPÃO Problemas relacionados ao sequestro de crianças (Sistema jurídico de cada país e a Convenção de Haia) Ministério dos Negócios

Leia mais

ESTATÍSTICAS DA IMIGRAÇÃO 2009

ESTATÍSTICAS DA IMIGRAÇÃO 2009 ESTATÍSTICAS DA IMIGRAÇÃO 2009 Entrada e Permanência I. FONTES OFICIAIS NACIONAIS... 3 Vistos de Estada Temporária (VET) e de Residência (VR), emitidos em 2009, por Tipo de Visto... 4 Vistos de Estada

Leia mais

Prefixos dos destinos internacionais incluídos nos pacotes MEO

Prefixos dos destinos internacionais incluídos nos pacotes MEO País Tipo Destino ALASCA e Móvel ALEMANHA ANDORRA AUSTRÁLIA ÁUSTRIA BÉLGICA CANADA e Móvel CHILE CHINA e Móvel COREIA DO SUL CROÁCIA DINAMARCA ESLOVÉNIA ESPANHA EUA e Móvel FEDERAÇÃO RUSSA FINLÂNDIA FRANÇA

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Boletim Boletim Boletim informativo informativo informativo do do do GREXTE Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra SUPLEMENTO - APOIO A I&D 46 Edição: GREXTE - Gabinete de Relações

Leia mais

A lista que se segue mostra o sistema de definição de televisão standard utilizado na maioria dos Países do Mundo. American Forces Radio.

A lista que se segue mostra o sistema de definição de televisão standard utilizado na maioria dos Países do Mundo. American Forces Radio. SISTEMAS DE TV MUNDIAIS Países diferentes usam sistemas de TV diferentes. A diferença entre estes sistemas reside em parte na forma como a informação do sinal de cor é modulada com a informação de luminosidade

Leia mais

PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM

PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM 1 PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM 2 17. TABELA DE VISTOS Apresentamos a seguir uma tabela

Leia mais

TABELA PRÁTICA DAS CONVENÇÕES PARA EVITAR A DUPLA TRIBUTAÇÃO CELEBRADAS POR PORTUGAL REDUÇÃO DE TAXAS PAÍSES DIPLOMA LEGAL TROCA DOS

TABELA PRÁTICA DAS CONVENÇÕES PARA EVITAR A DUPLA TRIBUTAÇÃO CELEBRADAS POR PORTUGAL REDUÇÃO DE TAXAS PAÍSES DIPLOMA LEGAL TROCA DOS (orm ÁFRICA DO SUL n.º 53/08 22 Setembro n.º 222/2008 publicado em 20-11-2008 EM VIGOR DESDE 22-10-2008 ALEMANHA Lei 12/82 03 Junho publicado em 14-10-1982 EM VIGOR DESDE 08-10-1982 15% 11º 10% a) 12º

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2009 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 16 25 6 47

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2009 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 16 25 6 47 Quadro Número de empresas de seguros a operar em Portugal 29 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 22 52 3 87 Empresas de seguros de direito português 6 25 6 47 Empresas de seguros 6

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2010 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 24 7 46

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2010 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 24 7 46 Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal 21 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 21 5 12 83 Empresas de seguros de direito português 15 24 7 46 Empresas de seguros

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 24/11/2015) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 24/11/2015) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS 1º. Semestre 2013 O Google Analytics é um serviço gratuito oferecido pelo Google que permite analisar as estatísticas de visitação de um site. Este é o primeiro

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS A INICIATIVAS DE COOPERAÇÃO BILATERAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS A INICIATIVAS DE COOPERAÇÃO BILATERAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS A INICIATIVAS DE COOPERAÇÃO BILATERAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA Nos termos do Regulamento Geral do Programa Cidadania Ativa (doravante o Regulamento

Leia mais

Tarifário 2016 Em vigor a partir de 1/1/2016

Tarifário 2016 Em vigor a partir de 1/1/2016 Uzo Original Destino Preço por Minuto/SMS/MMS Voz Todas as redes nacionais 0,193 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,145 SMS Todas as redes nacionais 0,098 SMS (tarifa reduzida) Todas as redes

Leia mais

ANEXO 17 TABELA DENACIONALIDADES EPAÍSES (CARTÃO SUS)

ANEXO 17 TABELA DENACIONALIDADES EPAÍSES (CARTÃO SUS) ANEXO 17 TABELA DENACIONALIDADES EPAÍSES (CARTÃO SUS) NACIONALIDADES Cód. Afeganistão 101 África do Sul 102 Albânia 103 Alemanha 104 Ando ra 105 Angola 106 Angui la 107 Antigua e Barbuda 108 Antilhas Holandesas

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

A União Europeia contra a Exclusão Social. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Relatório

A União Europeia contra a Exclusão Social. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Inclusion Europe. Relatório Inclusion Europe The European Association of Societies of Persons with Intellectual Disability and their Families A União Europeia contra a Exclusão Social A Inclusion Europe representa as pessoas com

Leia mais

Como não organizar todos os países do mundo?

Como não organizar todos os países do mundo? Como não organizar todos os países do mundo? A FIFA tem federações de 186 países independentes, de 19 regiões não independentes e das 4 regiões do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte (abreviado

Leia mais

Federação Nacional dos Portuários. Boletim Econômico. (Agosto 2015)

Federação Nacional dos Portuários. Boletim Econômico. (Agosto 2015) Boletim Econômico (Agosto 2015) I. Movimentação Portuária As estatísticas de movimentação portuária, publicada pela ANTAQ, referente ao primeiro trimestre de 2015 mostram que os portos organizados e os

Leia mais

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Sonae Financial Services,

Leia mais

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL MENSAGEM Nº 142, DE 2005

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL MENSAGEM Nº 142, DE 2005 COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL MENSAGEM Nº 142, DE 2005 Submete à consideração do Congresso Nacional o texto do Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo

Leia mais

2015 Global Feed Survey

2015 Global Feed Survey 2015 Global Feed Survey 2015 RESULTADOS DA PESQUISA RESUMO EXECUTIVO 2015 é o quarto ano consecutivo que a Alltech realiza a pesquisa global sobre rações. Este empreendimento exige uma quantidade significativa

Leia mais

EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE ALGODÃO RELATÓRIO ABRIL 2015

EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE ALGODÃO RELATÓRIO ABRIL 2015 EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE ALGODÃO RELATÓRIO ABRIL 2015 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA DO ALGODÃO Abril/15 Abril/14 VARIAÇÃO RELATIVA ALGODÃO VALOR QUANT. VALOR QUANT. US$ Mil t US$ Mil t VALOR

Leia mais

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) MEMO/11/406 Bruxelas, 16 de Junho de 2011 Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Em férias nunca se sabe! Está a pensar viajar na UE ou na Islândia,

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa A educação para a cidadania nas escolas da Europa Em toda a Europa, o reforço da coesão social e a participação activa dos cidadãos na vida social estão no centro das preocupações

Leia mais

Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016

Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016 Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016 Introdução O Banco Santander, através da sua divisão Santander Universidades, promove o Programa de Bolsas Ibero-américa, um

Leia mais

México HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO

México HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO México ATENÇÃO VERIFIQUE ATENTAMENTE AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTA PÁGINA PARA FACILITAR SEU ATENDIMENTO. SEM A APRESENTAÇÃO DOS REQUISITOS OBRIGATÓRIOS, O ATENDIMENTO NÃO SERÁ REALIZADO. O Consulado Geral

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO PARA APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA REGULAMENTO. DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º

BOLSAS DE ESTUDO PARA APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA REGULAMENTO. DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º BOLSAS DE ESTUDO PARA APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º 1. Com o fim de estimular a valorização profissional e a especialização nos diversos domínios da Música, a Fundação

Leia mais

PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL MANUAL OPERACIONAL

PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL MANUAL OPERACIONAL 2015 PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL 2015 MANUAL OPERACIONAL Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2015 2/13 ÍNDICE 1. DEFINIÇÃO E JUSTIFICAÇÃO... 3 1.1. Um prémio que reconhece a excelência

Leia mais

Internacionalização da Carreira. www.inovcontacto.pt

Internacionalização da Carreira. www.inovcontacto.pt Internacionalização da Carreira www.inovcontacto.pt Portugal Mercados Estratégicos Qualificação de RH em matéria de internacionalização nas Multinacionais com potencial Aumentar a competitividade das Empresas

Leia mais

INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS

INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS C 390/10 PT Jornal Oficial da União Europeia 24.11.2015 INFORMAÇÕES DOS ESTADOS-MEMBROS Primeira atualização das informações referidas no artigo 76. o do Regulamento (UE) n. o 1215/2012 do Parlamento Europeu

Leia mais

Compaq Computer Corporation

Compaq Computer Corporation Compaq Computer Corporation 1. Principais Características Matriz: Compaq Computer Corporation Localização: Houston, Texas, Estados Unidos Ano de fundação: 1982 Internet: www.compaq.com Faturamento (2000):

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2016

Regulamento PAPSummer 2016 Regulamento PAPSummer 2016 Artigo 1º Objetivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses ( Estudante ) de desenvolver um

Leia mais

COMBATE À EVASÃO FISCAL INTERNACIONAL: A TROCA AUTOMÁTICA DE INFORMAÇÕES FINANCEIRAS

COMBATE À EVASÃO FISCAL INTERNACIONAL: A TROCA AUTOMÁTICA DE INFORMAÇÕES FINANCEIRAS COMBATE À EVASÃO FISCAL INTERNACIONAL: A TROCA AUTOMÁTICA DE INFORMAÇÕES FINANCEIRAS Uma verdadeira revolução está em curso relativamente à troca de informações financeiras em matéria fiscal. Até há muito

Leia mais

XI. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM

XI. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM Macau 2015 Livro do Ano XI. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de (países ordenados por continente) Ásia Brunei 14 dias --- Camboja 30 dias c) --- Coreia do Sul 90 dias --- Filipinas

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business 43,27

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/12 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático -Subsídio para Assistência a Filho

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Instituto Ciências da Saúde. da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

Instituto Ciências da Saúde. da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO Instituto Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO 1 CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

Inscrição de. Peregrinos. Jornada Mundial da Juventude

Inscrição de. Peregrinos. Jornada Mundial da Juventude Inscrição de Peregrinos Jornada Mundial da Juventude Bem-vindos à JMJ Rio2013 Em breve serão abertas as inscrições para a JMJ Rio2013. Organize seu grupo! A pouco menos de um ano para o início da JMJ Rio2013

Leia mais

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes Este folheto explica as regras que se aplicam ao Benefício de

Leia mais

Índice de desenvolvimento humano

Índice de desenvolvimento humano 1Monitorizar o desenvolvimento humano: aumentar as escolhas das pessoas... Índice de desenvolvimento humano a DESENVOLVIMENTO HUMANO ELEVADO Valor do índice de desenvolvimento humano (IDH) Esperança de

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO ALGARVE MESTRADO EM CONTABILIDADE

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO ALGARVE MESTRADO EM CONTABILIDADE FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO ALGARVE MESTRADO EM CONTABILIDADE EDIÇÃO 2011 / 2013 ÍNDICE 1. Apresentação.. 3 2. Objectivos...... 3 3. Condições de Acesso. 3 4. Organização do Curso e Plano de

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

IAESTE Para você que está antenado com o que o. jovem profissional. Paula Semer Prado Gerente Executiva

IAESTE Para você que está antenado com o que o. jovem profissional. Paula Semer Prado Gerente Executiva IAESTE Para você que está antenado com o que o mercado espera de um jovem profissional Paula Semer Prado Gerente Executiva Sobre a ABIPE Associação Brasileira de Intercâmbio Profissional e Estudantil:

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Classic 28,85 28,85 19,23 19,23 Isenção da 1.ª anuidade

Leia mais

UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UAPPG Edital de pré-seleção para o programa do Colégio Doutoral Tordesillas do Grupo Tordesillas

UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UAPPG Edital de pré-seleção para o programa do Colégio Doutoral Tordesillas do Grupo Tordesillas UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UAPPG Edital de pré-seleção para o programa do Colégio Doutoral Tordesillas do Grupo Tordesillas O Magnífico Reitor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Leia mais

DOSSIER FESTA DO VINHO E PRODUTOS REGIONAIS 2006-2011

DOSSIER FESTA DO VINHO E PRODUTOS REGIONAIS 2006-2011 FESTA DO VINHO PRODUTOS REGIONAIS & TURISMO DOSSIER FESTA DO VINHO E PRODUTOS REGIONAIS 2006-2011 Índice Parcerias 3 Breve Caracterização 4 Edição 2011 5 Edição 2010 7 Edição 2009 9 Edição 2008 10 Edição

Leia mais

CROs Club Survey LATAM A chave para o desenvolvimento de pacotes competitivos de Remuneração e Benefícios

CROs Club Survey LATAM A chave para o desenvolvimento de pacotes competitivos de Remuneração e Benefícios CROs Club Survey LATAM A chave para o desenvolvimento de pacotes competitivos de Remuneração e Benefícios Consulting. Outsourcing. Investments. CROs Club Survey LATAM A chave para o desenvolvimento de

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Redes onde o é Cartão BPI Prémio Cartão BPI e Multibanco Cartão BPI Gold e Multibanco Cartão BPI Campeões Cartão Visa FCP Cartão BPI Zoom Cartão ACPMaster Cartão BPI Premier 1.º

Leia mais

Realizados em Portugal no ano: 1998

Realizados em Portugal no ano: 1998 Realizados em Portugal no ano: 1998 Poule de Qualificação para o Campeonato da Europa JUNIORES MASCULINOS Esmoriz 1º - Jugoslávia 2º - Portugal 3º - Turquia 4º - Eslováquia 5º - Finlândia 6º - Suíça 27

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Portugal em Mudança Comissão de Acompanhamento do Programa Operacional Sociedade do Conhecimento

Sociedade da Informação e do Conhecimento Portugal em Mudança Comissão de Acompanhamento do Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Sociedade da Informação e do Conhecimento Portugal em Mudança Comissão de Acompanhamento do Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Lisboa, 25 Jan 2010 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade

Leia mais

Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu

Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu 1 Análise comparativa dos sistemas de avaliação do desempenho docente a nível europeu Jorge Lima (*) Eurydice é a rede de informação sobre a educação na Europa, criada por iniciativa da Comissão Europeia

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

MESTRADO EM PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES GUIA DE ORGANIZAÇÃO E DE FUNCIONAMENTO DOS ESTÁGIOS

MESTRADO EM PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES GUIA DE ORGANIZAÇÃO E DE FUNCIONAMENTO DOS ESTÁGIOS INSTI INSTUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES MESTRADO EM PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES GUIA DE ORGANIZAÇÃO E DE FUNCIONAMENTO

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROGRAMA DE GRADUAÇÃO / POSGRADUAÇÃO / MESTRADO E DOUTORADO / PESSOAL ACADEMICO FELLOW-MUNDUS Edital de Seleção de bolsas Fellow Mundus. 01.2015

Leia mais

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz Serviços Adicionais 12400 - Portal de Voz Descrição Totoloto, Totobola, Lotarias e Euro Milhões Pode conhecer os números do Euro Milhões meia hora antes do sorteio na TV. Saiba os resultados e o valor

Leia mais

Estatísticas básicas de turismo. Brasil

Estatísticas básicas de turismo. Brasil Estatísticas básicas de turismo Brasil Brasília, outubro de 2010 Estatísticas básicas de turismo Índice Páginas I - Turismo no mundo 1. Fluxo receptivo internacional 1.1 - Chegadas de turistas internacionais

Leia mais

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES PT PT PT COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 6.1.2010 COM(2009)708 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES sobre a aplicação

Leia mais

Serviço Móvel de Voz

Serviço Móvel de Voz Serviço Móvel de Voz Minuto 1. Origem Rede Móvel - Terminação Rede Móvel Intra-conta 0,00000 2. Origem Rede Móvel - Terminação PPCA Intra-conta 0,02000 3. Origem Rede Móvel - Terminação Rede Móvel On-et

Leia mais

Anexo 1. Solicitação de autorização para investigação

Anexo 1. Solicitação de autorização para investigação ANEXOS Anexo 1. Solicitação de autorização para investigação Anexo 2. Proposta de investigação apresentada à autarquia Anexo 3. Questionário em inglês Anexo 4. Questionário em português Anexo 5.

Leia mais

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido PROGRAMA ERASMUS+ AÇÃO 1 MOBILIDADE INDIVIDUAL PARA FINS DE APRENDIZAGEM ENSINO SUPERIOR 2015 TABELA DE BOLSAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES PARA ESTUDOS E ESTÁGIOS TABELA 1 De Portugal Continental para: Valor

Leia mais

Regulamento IST Summer Internships 2015

Regulamento IST Summer Internships 2015 Regulamento IST Summer Internships 2015 O programa de estágios do Instituto Superior Técnico, o IST Summer Internships, é um projeto que conta com a colaboração entre os Núcleos de Estudantes do IST e

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais MAR/15

Ranking Mundial de Juros Reais MAR/15 Ranking Mundial de Juros Reais MAR/15 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

A MAIORIDADE PENAL NO BRASIL E EM OUTROS PAÍSES

A MAIORIDADE PENAL NO BRASIL E EM OUTROS PAÍSES A MAIORIDADE PENAL NO BRASIL E EM OUTROS PAÍSES RIBAMAR SOARES Consultor Legislativo da Área II Direito Civil e Processual Civil, Direito Penal e Processual Penal, de Família, do Autor, de Sucessões, Internacional

Leia mais

Iniciativa Regional de PATENTES TECNOLÓGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO. Como criar conceitos tecnológicos patenteáveis desde a América Latina e o Caribe

Iniciativa Regional de PATENTES TECNOLÓGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO. Como criar conceitos tecnológicos patenteáveis desde a América Latina e o Caribe Iniciativa Regional de PATENTES TECNOLÓGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO Como criar conceitos tecnológicos patenteáveis desde a América Latina e o Caribe 1 Vice-presidência de Energia da CAF Hamilton Moss,

Leia mais

@Telmo Miller GOLDEN VISA. Autorização de Residência para Actividade de Investimento

@Telmo Miller GOLDEN VISA. Autorização de Residência para Actividade de Investimento @Telmo Miller GOLDEN VISA Autorização de Residência para Actividade de Investimento ÍNDICE I. SOBRE A BR (QUEM SOMOS) 3 II. BR INTERNATIONAL ALLIANCE (PRESENÇA NO ESTRANGEIRO) 3 III. AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA

Leia mais

Planos Voipten Ilimitados

Planos Voipten Ilimitados Planos Voipten Ilimitados Todos os Planos Voipten Ilimitados incluem: - Ligações gratuitas a outros telefones Voipten, bem como de outras operadoras VoIP credenciadas. - Encaminhar Chamadas Encaminhe suas

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE ACESSO A CURSOS DE MESTRADOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE ACESSO A CURSOS DE MESTRADOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA. INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE ACESSO A CURSOS DE MESTRADOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA Edição 2014-2016 Nos termos do Decreto -Lei n.º 42/2005, de pelo 22 de

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

IAESTE: contribuindo com a internacionalização das Instituições de Ensino, dos alunos e dos professores. Paula Semer Prado Gerente Executiva

IAESTE: contribuindo com a internacionalização das Instituições de Ensino, dos alunos e dos professores. Paula Semer Prado Gerente Executiva IAESTE: contribuindo com a internacionalização das Instituições de Ensino, dos alunos e dos professores Paula Semer Prado Gerente Executiva Sobre a ABIPE Quem é ABIPE? Associação Brasileira de Intercâmbio

Leia mais

Mestrado em Gerontologia Social

Mestrado em Gerontologia Social Mestrado em Gerontologia Social Apresentação O Programa de Mestrado em Gerontologia Social do Instituto Superior Bissaya Barreto (ISBB), com estrutura curricular e plano de estudos constantes do Despacho

Leia mais

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 5 Índice Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 S 163 ANEXO QUADROS DE CORRESPONDÊNCIA A QUE SE REFERE O ARTIGO 5.º DO

Leia mais

A liberalização do sector energético na perspetiva dos consumidores

A liberalização do sector energético na perspetiva dos consumidores A liberalização do sector energético na perspetiva dos consumidores Conferência do Diário Económico Vitor Santos Presidente da ERSE Hotel Sheraton, Lisboa 4 de Julho de 2012 Agenda 1. Liberalização efetiva

Leia mais

PROGRAMA SÓCRATES / ACÇÃO ERASMUS Gabinete de Relações Internacionais e Apoio a Projectos Europeus REGULAMENTO. Preâmbulo

PROGRAMA SÓCRATES / ACÇÃO ERASMUS Gabinete de Relações Internacionais e Apoio a Projectos Europeus REGULAMENTO. Preâmbulo PROGRAMA SÓCRATES / ACÇÃO ERASMUS Gabinete de Relações Internacionais e Apoio a Projectos Europeus REGULAMENTO Preâmbulo O Programa de Mobilidade de Estudantes SÓCRATES / ERASMUS é uma iniciativa da União

Leia mais

Compliance e o Desenvolvimento empresarial Marina Araújo 2013

Compliance e o Desenvolvimento empresarial Marina Araújo 2013 Compliance e o Desenvolvimento empresarial Marina Araújo 2013 Qual o impacto do Compliance para o desenvolvimento? Qual o impacto do Compliance para o desenvolvimento? Econômico Como o Compliance das empresas

Leia mais

PORTARIA Nº 174, de 06 de DEZEMBRO de 2012

PORTARIA Nº 174, de 06 de DEZEMBRO de 2012 PORTARIA Nº 174, de 06 de DEZEMBRO de 2012 Dispõe sobre o pagamento de bolsas e auxílios e a instituição do Adicional Localidade no âmbito dos programas e ações de fomento geridos pela Diretoria de Relações

Leia mais

UNWTO. World Tourism Barometer January August 2015. Análise e resultados estatísticos Turismo Mundial

UNWTO. World Tourism Barometer January August 2015. Análise e resultados estatísticos Turismo Mundial UNWTO World Tourism Barometer January August 2015 Análise e resultados estatísticos Turismo Mundial ÍNDICE Chegada de Turistas Internacionais ao Mundo e às Macro-regiões TOP 50 Chegadas de Turistas por

Leia mais

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO AVANÇADA E QUALIFICAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO AVANÇADA E QUALIFICAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO DA FORMAÇÃO AVANÇADA E QUALIFICAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS A formação avançada e a qualificação de recursos humanos é uma prioridade da política científica e tecnológica nacional que visa promover

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL 08/2014 - PROPIT/UNIFESSPA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL 08/2014 - PROPIT/UNIFESSPA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL 08/2014 - PROPIT/UNIFESSPA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS A Pró-Reitoria de Pós-Graduação,

Leia mais

Regulamento dos Estágios de Formação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.)

Regulamento dos Estágios de Formação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.) Regulamento dos Estágios de Formação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.) É atribuição do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.) no sector da

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1. Anuidades 1.º Titular Outros titulares Comissões (Euros) 2. Emissão de 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Pagamento devolvido NB Verde --

Leia mais

TRIGÉSIMO QUARTO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLÉIA GERAL DA OEA MANUAL PARA OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

TRIGÉSIMO QUARTO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLÉIA GERAL DA OEA MANUAL PARA OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO Organización de los Estados Americanos Organização dos Estados Americanos Organisation des États Américains Organization of American States 17 th and Constitution Ave., N.W. Washington, D.C. 20006 TRIGÉSIMO

Leia mais

Intervenção social com crianças refugiadas Estratégias profissionais do Serviço Social com crianças refugiadas em Portugal

Intervenção social com crianças refugiadas Estratégias profissionais do Serviço Social com crianças refugiadas em Portugal Estratégias profissionais do Serviço Social com crianças refugiadas em Portugal Ana Jesus Dissertação Apresentada ao ISMT para Obtenção do Grau de Mestre em Serviço Social Orientadora: Professora Doutora

Leia mais

Programa de Incentivo para Bancos em Países Emergentes Perguntas & Respostas Janeiro de 2016

Programa de Incentivo para Bancos em Países Emergentes Perguntas & Respostas Janeiro de 2016 Programa de Incentivo para Bancos em Países Emergentes Perguntas & Respostas Janeiro de 2016 1. O que é o Programa de Incentivo para bancos em Países Emergentes? O Programa de Incentivo para Bancos em

Leia mais

IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM. Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva

IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM. Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva Objetivo: analisar os imigrantes da área de no Brasil Justificativa Referencial

Leia mais

mídiakit www.tvgazeta.com.br

mídiakit www.tvgazeta.com.br mídiakit www.tvgazeta.com.br JUNHO / 2015 #HISTÓRIA Fundada no aniversário da cidade de São Paulo, a TV Gazeta fala com uma metrópole globalizada com a intimidade de quem esteve presente na vida e no coração

Leia mais

SISTEMAS DE ENERGIA E ECO-EFICIÊNCIA

SISTEMAS DE ENERGIA E ECO-EFICIÊNCIA PÓS-GRADUAÇÃO 2011/2012 Organização: IPA Instituto Superior Autónomo de Estudos Politécnicos Início e Duração do Curso: Março de 2012 a Dezembro de 2012 2 semestres (270 horas 60 ECTS) Horário: Sextas

Leia mais

UNA-SE AOS LÍDERES MUNDIAIS DA ORTOPEDIA

UNA-SE AOS LÍDERES MUNDIAIS DA ORTOPEDIA UNA-SE AOS LÍDERES MUNDIAIS DA ORTOPEDIA Ao se unir a ISAKOS, Você receberá: Assinatura anual automática da revista Arthroscopy: The Journal of Arthroscopic and Related Surgery Inscrição com desconto para

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo

Relatório sobre solicitações de informação feitas pelo governo Relatório sobre de informação feitas pelo governo º de janeiro a de junho de A Apple leva a sério o compromisso de proteger os seus dados e se esforça para fornecer hardware, software e os serviços mais

Leia mais

Começar Global e Internacionalização

Começar Global e Internacionalização Começar Global e Internacionalização Artur Alves Pereira Assessor do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Fevereiro 06, 2014 1 A aicep Portugal Global Missão. A aicep Portugal Global é uma

Leia mais

Fundo Monetário Internacional

Fundo Monetário Internacional Fundo Monetário Internacional É uma organização internacional que pretende assegurar o bom funcionamento do sistema financeiro mundial pelo monitoramento das taxas de câmbio e da balança de pagamentos,

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Médicas Conselho Científico

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Médicas Conselho Científico Equivalência à Licenciatura em Medicina e atribuição do Grau de Mestre em Medicina no âmbito do Decreto Lei Nº 283/83 de 21 de Junho PROCEDIMENTOS Por deliberação da Comissão Coordenadora do, foram aprovados

Leia mais

Equivalência à Licenciatura em Medicina e atribuição do Grau de Mestre em Medicina no âmbito do Decreto Lei Nº 283/83 de 21 de Junho PROCEDIMENTOS

Equivalência à Licenciatura em Medicina e atribuição do Grau de Mestre em Medicina no âmbito do Decreto Lei Nº 283/83 de 21 de Junho PROCEDIMENTOS Equivalência à Licenciatura em Medicina e atribuição do Grau de Mestre em Medicina no âmbito do Decreto Lei Nº 283/83 de 21 de Junho PROCEDIMENTOS Por deliberação da Comissão Coordenadora do Conselho Científico,

Leia mais

Ministro de Estado, das Actividades Económicas e do Trabalho, Ministro de Estado e da Presidência e Ministra Ciência e Ensino Superior

Ministro de Estado, das Actividades Económicas e do Trabalho, Ministro de Estado e da Presidência e Ministra Ciência e Ensino Superior DESPACHO CONJUNTO Ministro de Estado, das Actividades Económicas e do Trabalho, Ministro de Estado e da Presidência e Ministra Ciência e Ensino Superior Considerando a Decisão da Comissão nº C (2004) 5735,

Leia mais