S I M U L A D O UVA. Conhecimento Específico 1 Geografia INSTRUÇÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "S I M U L A D O UVA. Conhecimento Específico 1 Geografia INSTRUÇÕES"

Transcrição

1 Conhecimento Específico 1 Geografia INSTRUÇÕES UVA S I M U L A D O 1. Leia com atenção as instruções e observe se na sua prova encontram-se todas as questões previstas e se há falhas ou imperfeições gráficas que lhe causam dúvidas. Qualquer reclamação relativa à prova somente será aceita durante os 30 (trinta) minutos iniciais. 2. É terminantemente proibido ao candidato trazer corretivo, máquina de calcular, aparelho de escuta e telefone celular para o local das verificações, bem como qualquer outro material de consulta estranho à prova. 3. Durante a verificação, é terminantemente proibido ao candidato conversar ou se dirigir ao colega, por qualquer motivo. 4. O candidato só poderá entregar sua verificação e sair da sala decorrida 1 h do início da mesma. 5. Durante a prova, não tente emprestar ou trocar material de qualquer espécie com outros candidatos. 6. Não é permitido ao candidato copiar a resposta, nem mesmo na mão. 7. As soluções escritas a lápis não serão consideradas para efeito de correção. 8. Caso o candidato não atenda aos itens anteriores, esteja colando ou tentando colar, o professor ou fiscal atribuirá nota zero a todas as disciplinas da verificação. 9. Qualquer ato de indisciplina, dentro ou fora de sala, que venha a perturbar o andamento da mesma, será motivo para a expedição da transferência do candidato. 10. Terminada a verificação, o candidato assinará a lista de frequência e entregará a prova ao professor ou fiscal. 11. As verificações só poderão ser resolvidas e os gabaritos preenchidos com caneta azul ou preta, preenchendo, totalmente, apenas a quadrícula correspondente à sua opção, nas verificações do tipo A, B, C, D. 12. Não cometa rasuras, não tente apagar uma questão já marcada. NOME COMPLETO DO CANDIDATO (EM LETRA DE FORMA) ASSINATURA DO CANDIDATO DATA: / / MATRÍCULA SALA

2 01. O texto a seguir revela como a modernização dos agronegócios pede por novas tecnologias, tal como o monitoramento via satélites. Algumas técnicas de geografia e cartografia vêm sendo empregadas na análise e gestão agrícola, uma vez que novos satélites comerciais oferecem imagens cada vez mais precisas, detalhadas e atualizadas de qualquer localidade do território nacional brasileiro. Conhecido como Sensoriamento Remoto, esse conjunto de técnicas possibilita a obtenção de informações sobre alvos na superfície terrestre (objetos, áreas, fenômenos), através do registro da interação da radiação eletromagnética com a superfície, realizado por sensores distantes, ou remotos. Geralmente esses sensores estão presentes em plataformas orbitais ou satélites(...). (SEABRA, Felipe. O texto aponta para aspectos importantes, que podem ser relacionados à evolução moderna dos agronegócios. Pode-se afirmar CORRETAMENTE que, nos termos do texto: a. as informações obtidas por imagens de satélites não influenciam outras áreas, como as de abastecimento e distribuição de alimentos. b. além da agricultura extensiva, os segmentos de meio ambiente, recursos hídricos e segurança pública estão sendo beneficiados com a nova geração de satélites. c. o monitoramento de safras a partir de imagens de satélites é, atualmente, uma fonte importante de informações para melhor aproveitamento das áreas das lavouras modernas. d. o Sensoriamento Remoto favorece o manejo e o monitoramento das safras agrícolas, sem promover interferências na gestão logística da produção. 02. Rotação de culturas é uma técnica agrícola de conservação que visa diminuir a exaustão do solo. Isto é feito trocando as culturas a cada novo plantio de forma que as necessidades de adubação sejam diferentes a cada ciclo. Consiste em alternar espécies vegetais, numa mesma área agrícola. A rotação de culturas é vantajosa por que: a. viabiliza a possibilidade de produção de vários produtos na mesma safra. b. diminui a longo e médio prazo os gastos com recuperação de solo. c. garante, ao agricultor, maior lucratividade em curtíssimo prazo. d. aumenta a lucratividade do produtor por conta da qualidade do produto. 03. Leia com atenção o texto transcrito a seguir referente a uma das sub-regiões do Nordeste brasileiro. Esta sub-região do Nordeste brasileiro é de povoamento antigo. Compreende parte do Maranhão- bacias do Itapicuru e do Parnaíba-, quase todo o Piauí e o noroeste do Ceará, e é coberta por dois tipos de associações vegetais: a floresta dos cocais e o cerrado. Os cocais dominam as várzeas e os vales fluviais, assim como os baixos interflúvios dos cursos inferiores dos principais rios da sub-região, como o Itapicuru, o Parnaíba e o Acaraú. Esses cocais, nas áreas de clima menos úmido, são formados sobretudo por babaçuais, enquanto, nas áreas orientais, à proporção que o clima se torna mais seco, dominam os carnaubais, que se estendem até os vales dos sertões semiáridos do Jaguaribe, do Açu e do Apodi-Mossoró. Ao lado dessas palmeiras, com menos expressão numérica e econômica, encontram-se ainda a juçara ou açaí, a bacaba, o tucum, o buriti etc. (...) Essa sub-região destacou-se ainda no passado, ora por sua produção de arroz, ora de açúcar, ora de algodão, atividades agrícolas que, em certos períodos, contribuíram largamente para o povoamento dela e tiveram considerável influência na composição étnica da população. (Adaptado de: ANDRADE, Manuel Correia de. Geografia Econômica do Nordeste: o espaço e a economia nordestina. São Paulo: Atlas, 1987.) Pelos aspectos geográficos mencionados no texto, é CORRETO afirmar que o autor está se referindo à seguinte sub-região: a. Sertões Meridionais. b. Agreste Maranhense. c. Meio Norte. d. Sertões Semiáridos do Seridó. 04. Em um mapa, a distância entre duas cidades e de 3,1cm. Sabendo-se que a escala do mapa é de 1: , assinale a alternativa que indica corretamente, em linha reta, a distância real (em km) entre as cidades. a. 150 km. b. 15,5 km. c. 155 km. d. 155,5 km. 05. O Nordeste não é uma região homogênea. Nela convivem quatro sub-regiões nordestinas, que são: a. Zona da Mata, Sertão, Agreste, Mata de Cocais. b. Zona da Mata, Caatinga, Sertão, Meio- Norte. c. Zona da Mata, Sertão, Pré-Amazônia, Meio- Norte. d. Zona da Mata, Sertão, Agreste, Meio-Norte. 01

3 06. Vários estudantes do terceiro ano do Ensino Médio de uma determinada escola pernambucana formaram um grupo de estudo para analisar um tema abordado em Geografia no Ensino Médio. O tema refere-se à denominação do mapa a seguir: ESCALA Km Assinale a alternativa que contém esse tema. a. Bacias Hidrográficas do Brasil. b. Áreas Climáticas do Brasil. c. Áreas de Produção Agrícola do Brasil. d. Domínios Morfoclimáticos do Brasil. 07. Moradores de Maringá sentiram um tremor na manhã de sexta-feira, 2 de setembro de 2011, por volta das 11h, reflexo do terremoto de 6,7 graus na escala Richter que atingiu a região de Santiago Del Estero, no Norte da Argentina, a cerca de km de Maringá, ao Norte do Paraná, conforme mapa abaixo. Esta distância é representada no mapa por 4 cm. Determine a escala dessa representação. EPICENTRO 30 km a oeste de Añatuya, província de Santiago del Estero, Argentina BRASIL Maringá 16 S 20 S Paraguai km Uruguai PR Curitiba SC RS 24 S 28 S 32 S a. 1 : b. 1 : c. 1 : d. 1 : W 60 W 54 W 48 W Fonte: Adaptado de Jornal O diário de Maringá, acessado em 23/08/2011, 08. A primeira divisão regional oficial do Brasil foi estabelecida em 1942 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desde então diferentes classificações foram elaboradas com base em diferentes aspectos naturais e sociais do país. Sobre as propostas para a regionalização do país é correto afirmar apenas que: a. em 2007, o IBGE instituiu nova classificação, criando uma região além das cinco existentes, desmembrando o estado de Minas Gerais da região Sudeste, que juntamente com Espírito Santo e Bahia passaram a formar a região Leste. b. em 1969, o IBGE estabeleceu uma nova forma de divisão regional, baseado apenas nos aspectos naturais brasileiros, resultando em cinco regiões: Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. 02

4 c. em 1987, o IBGE propôs uma nova regionalização, desta vez baseado somente nos aspectos socioeconômicos brasileiros, não levando em consideração os aspectos naturais ou de ocupação do território. d. em 1967, o geógrafo Pedro Geiger propôs uma nova regionalização, não oficial, onde o espaço geográfico brasileiro está dividido em três áreas, denominadas complexos regionais: Amazônia, Nordeste e Centro-Sul. 09. Vidal de La Blache foi um dos nomes mais destacados da Corrente Possibilista da Geografia. O que preconiza, em linhas gerais, essa corrente teórica? a. Existem muitas possibilidades de a Natureza impor sérios obstáculos ao desenvolvimento do espaço geográfico. b. Nas relações entre o homem e o meio natural, aquele não é um mero elemento passivo; é sobretudo um agente, e sua ação é tanto mais antiga quando mais avançado seu grau de cultura e mais desenvolvida a técnica de que é portador. c. As sociedades humanas são um produto da superfície terrestre, dos elementos do meio natural; o desenvolvimento dessas sociedades é uma função inversa das adversidades naturais. d. As possibilidades dos conflitos sociais nos espaços geográficos tropicais são maiores na faixa de baixas latitudes, onde o meio natural é mais adverso. 10. Sobre a população brasileira, pode-se afirmar: I. No Censo de 2000, a população brasileira era de quase 170 milhões de habitantes. Em 2010, esse número aumentou para mais de 190 milhões. II. Na população brasileira, há aproximadamente 97 milhões de mulheres e 93 milhões de homens. III. A maioria das famílias brasileiras (91%) é formada por pessoas com laços de parentesco. Mas existem também as famílias sem parentesco, que podem ser duas ou mais pessoas ou unipessoais (apenas uma pessoa). O número de famílias unipessoais foi o que mais aumentou: de 2,4 milhões em 1991 para 4,1 milhões em IV. A taxa de fecundidade vem reduzindo, no Brasil, desde a década de Assinale a alternativa correta. a. Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. b. Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras. c. Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. d. Todas as afirmativas são verdadeiras. OSG _Maria 03

5 Quem passa aqui é Fera! E quem é Fera passa!

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação Geografia 7 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Nome: Data: 1. Complete o quadro com as características dos tipos de clima da região Nordeste. Tipo de clima Área de ocorrência Características

Leia mais

As atividades econômicas realizadas pelas pessoas costumam ser agrupadas em três setores.

As atividades econômicas realizadas pelas pessoas costumam ser agrupadas em três setores. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / 2 / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): TURMA: N.º: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº

1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº . 1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº Valor: 10 Nota:. ASSINALE AS ALTERNATIVAS CONFORME PEDEM OS ENUNCIADOS E DEPOIS PREENCHA O GABARITO

Leia mais

O TERRITÓRIO BRASILEIRO. 6. Fronteiras Terrestres

O TERRITÓRIO BRASILEIRO. 6. Fronteiras Terrestres O TERRITÓRIO BRASILEIRO 6. Fronteiras Terrestres Até o começo do século XVII, os colonizadores se concentraram em cidades fundadas na região litorânea do Brasil, principalmente no Nordeste. A principal

Leia mais

Questão 13 Questão 14

Questão 13 Questão 14 Questão 13 Questão 14 Observe a paisagem da cidade do Rio de Janeiro para responder à questão. O mapa representa dois graves problemas ambientais no Brasil. Identifique-os seqüencialmente: Assinale a alternativa

Leia mais

GEOGRAFIA Professores: Ronaldo e Marcus

GEOGRAFIA Professores: Ronaldo e Marcus GEOGRAFIA Professores: Ronaldo e Marcus Comentário Geral Prova com estruturação clássica com divisão entre questões de geografia física, econômica e humana com maior peso para os conceitos envolvendo o

Leia mais

Os pontos cardeais, colaterais e subcolaterais

Os pontos cardeais, colaterais e subcolaterais Os pontos cardeais, colaterais e subcolaterais Dois trópicos e dois círculos Polares Tipos de Escalas Gráfica Numérica 1 : 100.000 Principais projeções cartográficas Cilíndrica Cônica Azimutal ou Plana

Leia mais

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 1

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 1 Prova 3 QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado GEOGRAFIA 01 O episódio sobre a exploração

Leia mais

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 2

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 2 Prova 3 QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado 2 GEOGRAFIA 01 No Paraná, a Mata de Araucária,

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor:Anderson José Soares Série: 1º

Aluno(a): Nº. Professor:Anderson José Soares Série: 1º Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor:Anderson José Soares Série: 1º Disciplina: Geografia Data da prova: Questão 01) O Brasil está dividido em três grandes complexos econômicos regionais: Centro-Sul,

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS PSICOPEDAGÓGICOS DE MACEIÓ PROFª. MÔNICA GUIMARÃES GEOGRAFIA - 7º ANO

CENTRO DE ESTUDOS PSICOPEDAGÓGICOS DE MACEIÓ PROFª. MÔNICA GUIMARÃES GEOGRAFIA - 7º ANO CENTRO DE ESTUDOS PSICOPEDAGÓGICOS DE MACEIÓ PROFª. MÔNICA GUIMARÃES GEOGRAFIA - 7º ANO REGIÃO NORDESTE AS SUB-REGIÕES DO NORDESTE ZONA DA MATA AGRESTE SERTÃO MEIO-NORTE MEIO NORTE SERTÃO ZONA DA MATA

Leia mais

Sugestões de avaliação. Geografia 7 o ano Unidade 1

Sugestões de avaliação. Geografia 7 o ano Unidade 1 Sugestões de avaliação Geografia 7 o ano Unidade 1 5 Unidade 1 Nome: Data: 1. Verdadeiro ( V ) ou falso ( F )? Responda considerando a localização do território brasileiro no planeta. a) o oceano que banha

Leia mais

Prova bimestral 5 o ano 2 o Bimestre

Prova bimestral 5 o ano 2 o Bimestre Prova bimestral 5 o ano 2 o Bimestre geografia Escola: Nome: Data: / / Turma: Leia o trecho da letra da música abaixo e, em seguida, responda às questões. [...] Eu já cantei no Pará Toquei sanfona em Belém

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO - CAP. 04-7ºS ANOS

EXERCÍCIOS DE REVISÃO - CAP. 04-7ºS ANOS EXERCÍCIOS DE REVISÃO - CAP. 04-7ºS ANOS LEIA AS INFORMAÇÕES, CONSULTE O LIVRO PARA ADQUIRIR MAIS CONHECIMENTO E RESPONDA OS EXERCÍCIOS EM SEU CADERNO. 1- Quente e frio: um país de extremos O Brasil é

Leia mais

BRASIL REGIONALIZAÇÕES. Mapa II

BRASIL REGIONALIZAÇÕES. Mapa II BRASIL REGIONALIZAÇÕES QUESTÃO 01 - Baseado na regionalização brasileira, apresentados pelos dois mapas a seguir, é INCORRETO afirmar que: Mapa I Mapa II A B D C a. ( ) O mapa II apresenta a divisão do

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA

COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA As questões de Geografia da 1ª fase do vestibular UFPR 2014 foram conservadoras, apresentando pouca criatividade e repetição de assuntos cobrados nas últimas edições (caso

Leia mais

01. (FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se:

01. (FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se: 01. (FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se: I. Concentração nas baixas latitudes, associadas a elevadas precipitações. II. Distribuição

Leia mais

GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL

GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL 1. Posição e situação geográfica. O Rio Grande do Sul é o estado mais meridional do Brasil, localiza-se no extremo sul do país. Tem um território de 282.062 km 2, ou seja,

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Julho 2005-1ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 GEOGRAFIA QUESTÃO 21

Processo Seletivo/UFU - Julho 2005-1ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 GEOGRAFIA QUESTÃO 21 Observe a tabela. GEOGRAFIA QUESTÃO 21 POPULAÇÃO DE CONSUMIDORES NOS PAÍSES, EM 2002 País População da Classe de Participação nototal da Consumidores (em milhões) População (em %) Estados Unidos 242,5

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 3ª Etapa 2014. Ano: 7º Turma: 7.1

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 3ª Etapa 2014. Ano: 7º Turma: 7.1 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 3ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor (a): Fernando Parente Ano: 7º Turma: 7.1 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3

Prova 3 Geografia QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3 Prova 3 QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE GEOGRAFIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado GEOGRAFIA 01 Sobre as rochas que compõem

Leia mais

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base nas afirmações referentes à água potável no mundo.

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base nas afirmações referentes à água potável no mundo. GEOGRAFIA 16) Qual é a hora solar de uma cidade localizada 25º Oeste, sabendo-se que, no centro do fuso na qual está situada, a hora solar corresponde a 18 horas? A) 18 horas. B) 17 horas e 40 minutos.

Leia mais

A região Nordeste e seus aspectos econômicos e sociais. As atividades econômicas

A região Nordeste e seus aspectos econômicos e sociais. As atividades econômicas A região Nordeste e seus aspectos econômicos e sociais As atividades econômicas Conforme o mapa mostra, de todas as capitais nordestinas, apenas Teresina, capital do Piauí, não está voltada para o Oceano

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %)

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) GEOGRAFIA QUESTÃO 11 Observe a tabela. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) * Estimativa. Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, 2003. Com relação ao processo

Leia mais

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa D. alternativa B

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa D. alternativa B Questão 45 O aumento do número de mortes de soldados das forças de ocupação do Iraque, mesmo após o anúncio do final da guerra pelo governo dos Estados Unidos, deve-se à a) participação tardia da Rússia,

Leia mais

Material de apoio para o exame final

Material de apoio para o exame final Professor Rui Piassini Geografia 1º EM Material de apoio para o exame final Questão 01) Em toda a história da humanidade os agrupamentos humanos ou os indivíduos, isoladamente, se movimentam pelo espaço,

Leia mais

BRASIL NO MUNDO: FUSOS HORÁRIOS DO BRASIL. Nossas fronteiras-problema : Fusos horários Mundiais

BRASIL NO MUNDO: FUSOS HORÁRIOS DO BRASIL. Nossas fronteiras-problema : Fusos horários Mundiais BRASIL NO MUNDO: Linha do Equador: 93% Hemisfério Sul 7% Hemisfério Norte Trópico de Capricórnio: 92% zona Tropical 8% Zona temperada do Sul Nossas fronteiras-problema : ( FARC ) Colômbia: Narcotráfico

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 Institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da Caatinga. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da

Leia mais

Excercícios GEOGRAFIA DAVI PAULINO

Excercícios GEOGRAFIA DAVI PAULINO Excercícios GEOGRAFIA DAVI PAULINO UERN 2012 Em 1967, o geógrafo Pedro Pinchas Geiger propôs a divisão regional do Brasil, utilizando como critérios características históricas e econômicas. Desta forma,

Leia mais

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta. O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno.

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta. O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno. Questão 11 O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno. b) Porque há diferentes modos de ocupação do solo. Nas áreas onde a cobertura vegetal é mais densa, ocorre uma

Leia mais

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil.

1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. Marque com um a resposta correta. 1) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere as afirmativas a seguir, sobre a Região Nordeste do Brasil. I. A região Nordeste é a maior região do país, concentrando

Leia mais

Janeiro de 2013 Volume 01

Janeiro de 2013 Volume 01 Janeiro de 2013 Volume 01 Janeiro de 2013 Volume 01 2 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Companhia Nacional de Abastecimento - Conab Dipai - Diretoria de Política Agrícola e Informações

Leia mais

A respeito deste mapa sobre tráfego aéreo, são apresentadas as quatro afirmações seguintes.

A respeito deste mapa sobre tráfego aéreo, são apresentadas as quatro afirmações seguintes. 31 GEOGRAFIA c A respeito deste mapa sobre tráfego aéreo, são apresentadas as quatro afirmações seguintes. I. A elevada circulação de passageiros entre Paris e Nova Iorque resulta no principal eixo aéreo

Leia mais

GEOGRAFIA E FÍSICA. Primeiro ano integrado EDI 1 e INF 1-2009

GEOGRAFIA E FÍSICA. Primeiro ano integrado EDI 1 e INF 1-2009 GEOGRAFIA E FÍSICA Primeiro ano integrado EDI 1 e INF 1-2009 Instruções: Leia atentamente cada questão para resolvê-la com segurança. A marcação do gabarito deverá ser feita com caneta de tinta azul ou

Leia mais

2- (0,5) O acúmulo de lixo é um grave problema dos ambientes urbanos. Sobre o lixo responda: a) Quais são os principais destino do lixo?

2- (0,5) O acúmulo de lixo é um grave problema dos ambientes urbanos. Sobre o lixo responda: a) Quais são os principais destino do lixo? Data: /11/2014 Bimestre: 4 Nome: 7 ANO Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 9 1- (0,5) Sobre o ecossistema da caatinga do sertão do Nordeste, responda.

Leia mais

Questão 25. Questão 26 Questão 27. alternativa D. alternativa A

Questão 25. Questão 26 Questão 27. alternativa D. alternativa A Questão 25 De modo geral, os espaços geográficos cujo clima é influenciado pela maritimidade apresentam a) menor amplitude térmica anual. b) chuvas escassas e mal distribuídas durante o ano. c) maior amplitude

Leia mais

a elevação do nível dos oceanos devido ao derretimento das calotas polares.

a elevação do nível dos oceanos devido ao derretimento das calotas polares. QUESTÃO O impacto do aquecimento global será grave, abrangente e irreversível, segundo um relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC, na sigla em inglês) divulgado em

Leia mais

ROTAS INTERNAS DE PRODUTOS DE EXPORTAÇÃO: O CASO DA SOJA

ROTAS INTERNAS DE PRODUTOS DE EXPORTAÇÃO: O CASO DA SOJA 1 Outubro 2009 ROTAS INTERNAS DE PRODUTOS DE EXPORTAÇÃO: O CASO DA SOJA Fernando Raphael Ferro de Lima * INTRODUÇÃO Este trabalho busca compreender como se modificaram, no período recente, os fluxos internos

Leia mais

Profª:Sabrine V.Welzel

Profª:Sabrine V.Welzel Geografia 2 ano/ensino Médio Os Domínios Morfoclimáticos do Brasil 1) (FGV. SP) De acordo com o geógrafo Aziz N. Ab.Sáber, o território brasileiro é constituído por seis domínios morfoclimáticos e fitogeográficos,

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL GEOGRAFIA (1ª SÉRIE A)

LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL GEOGRAFIA (1ª SÉRIE A) 1. (Unesp 2013) Analise os climogramas dos principais tipos climáticos do Brasil e as fotos que retratam as formações vegetais correspondentes. Identifique o climograma e a respectiva foto que representa

Leia mais

Questão 41. Questão 43. Questão 42. alternativa B. alternativa A. alternativa D

Questão 41. Questão 43. Questão 42. alternativa B. alternativa A. alternativa D Questão 41 Os famosos Lençóis Maranhenses apresentam a) paisagem litorânea semelhante a um deserto com dunas, embora a pluviosidade da região forme lagoas doces. b) estuário em forma de delta, constituindo

Leia mais

Geografia. Exercícios de Revisão I

Geografia. Exercícios de Revisão I Nome: n o : E nsino: Médio S érie: T urma: Data: Profa: 1 a Geografia Exercícios de Revisão I 1 Analisando o mapa a seguir, correlacione a incidência de malária e da doença do sono com as condições naturais

Leia mais

Principais características geográficas do estado do Goiás

Principais características geográficas do estado do Goiás Principais características geográficas do estado do Goiás Laércio de Mello 1 Para iniciarmos o estudo sobre o estado de Goiás é importante primeiramente localizá-lo dentro do território brasileiro. Para

Leia mais

GEOGRAFIA-2009. Com base nas informações do texto, na análise do mapa e nos conhecimentos sobre os elementos e fatores geográficos do clima,

GEOGRAFIA-2009. Com base nas informações do texto, na análise do mapa e nos conhecimentos sobre os elementos e fatores geográficos do clima, UFBA UFBA- -2ª2ªFASE FASE 2009 2009-2009 01. A variação climática na superfície terrestre está diretamente ligada à localização de cada região nas diversas latitudes, sendo, portanto, resultante do comportamento

Leia mais

UFMS - PRÓ ENEM Matemática Estatística e Médias

UFMS - PRÓ ENEM Matemática Estatística e Médias 1. (Ufsm 01) O Brasil é o quarto produtor mundial de alimentos, produzindo mais do que o necessário para alimentar sua população. Entretanto, grande parte da produção é desperdiçada. O gráfico mostra o

Leia mais

3ª Série / Vestibular. 21. Vegetação típica do Brasil central, os cerrados caracterizam-se por:

3ª Série / Vestibular. 21. Vegetação típica do Brasil central, os cerrados caracterizam-se por: 3ª Série / Vestibular 21. Vegetação típica do Brasil central, os cerrados caracterizam-se por: (a) árvores de grande porte, matas densas, fechadas e úmidas; (b) vegetação heterogênea, com árvores que perdem

Leia mais

As transformações do relevo e as bacias hidrográficas.

As transformações do relevo e as bacias hidrográficas. As transformações do relevo e as bacias hidrográficas. Conteúdos do 3º bimestre para o 1º Ano do Ensino Médio na disciplina de Geografia, de acordo com o currículo mínimo estabelecido pela SEEDUC / RJ

Leia mais

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 3o Bimestre 5o ano Geografia Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia os dados e o gráfico do censo do

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA UFRGS 2010

PROVA DE GEOGRAFIA UFRGS 2010 PROVA DE GEOGRAFIA UFRGS 2010 51. Ainda é 31 de dezembro no Brasil quando a televisão noticia a chegada do Ano Novo em diferentes países. Entre os países que comemoram a chegada do Ano Novo antes do Brasil,

Leia mais

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.)

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) CARTOGRAFIA Sensoriamento Remoto (in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) Sensoriamento remoto é o conjunto de técnicas de captação e registro de imagens a distância

Leia mais

GEOGRAFIA LISTA DE RECUPERAÇÃO - 7º ANO RECUPERAÇÃO FINAL 2015 1. Objetivas:

GEOGRAFIA LISTA DE RECUPERAÇÃO - 7º ANO RECUPERAÇÃO FINAL 2015 1. Objetivas: GEOGRAFIA Objetivas: 01 No último século, o Brasil deixou de ser um país essencialmente rural e se tornou um país urbano-industrial. Nesse processo, foram muitas as mudanças em seu espaço geográfico, especialmente

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 2º SEMESTRE

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 2º SEMESTRE ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 2º SEMESTRE Nome: Nº 6º ano Data: / / 2015 Professor: Olga / Joelson Nota: (valor: 2,0 1,0 para cada bimestre ) 2 semestre A - Introdução Neste semestre, sua pontuação

Leia mais

Regionalização Brasileira

Regionalização Brasileira GEOGRAFIA DO BRASIL Regionalização Brasileira A República Federativa do Brasil é formada por 26 estados e pelo Distrito Federal. Os estados, por sua vez, dividem-se em municípios, os quais são as menores

Leia mais

GEOGRAFA 01. Esse autor, porém, traria a grande contribuição para a formulação esquemática do conhecimento geográfico, com seu livro Antropogeografia e com a propagação das idéias deterministas, que consideravam

Leia mais

Localizaçao brasileira, Divisao Politica e Regional e Aspectos Fisicos

Localizaçao brasileira, Divisao Politica e Regional e Aspectos Fisicos Localizaçao brasileira, Divisao Politica e Regional e Aspectos Fisicos LOCALIZAÇÃO BRASILEIRA O Brasil é um país que integra a América do Sul e apresenta extensão territorial de 8.514.876 km². É o quinto

Leia mais

USO DE GEOPROCESSAMENTO NA DELIMITAÇÃO DE CONFLITOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DO RIO VERÊ, MUNICÍPIO DE VERÊ PR.

USO DE GEOPROCESSAMENTO NA DELIMITAÇÃO DE CONFLITOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DO RIO VERÊ, MUNICÍPIO DE VERÊ PR. USO DE GEOPROCESSAMENTO NA DELIMITAÇÃO DE CONFLITOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DO RIO VERÊ, MUNICÍPIO DE VERÊ PR. Ivan Rodrigo Dal-Berti, Marcio Pigosso, Wanessa Suelen

Leia mais

Domínios Morfoclimáticos

Domínios Morfoclimáticos Domínios Morfoclimáticos Os domínios morfoclimáticos representam a interação e a integração do clima, relevo e vegetação que resultam na formação de uma paisagem passível de ser individualizada. Domínios

Leia mais

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal Brasil e suas Organizações políticas e administrativas GEOGRAFIA Em 1938 Getúlio Vargas almejando conhecer o território brasileiro e dados referentes a população deste país funda o IBGE ( Instituto Brasileiro

Leia mais

Atlas dos Municípios da Mata Atlântica

Atlas dos Municípios da Mata Atlântica Atlas dos Municípios da Mata Atlântica 2015 Realização: Patrocínio: Execução Técnica: MATA ATLÂNTICA De acordo com o Mapa da Área de Aplicação da Lei nº 11.428, de 2006, segundo Decreto nº 6.660, de 21

Leia mais

Questão 25. Questão 27. Questão 26. alternativa B. alternativa C

Questão 25. Questão 27. Questão 26. alternativa B. alternativa C Questão 25 No Brasil, no período 1990-91 a 2003-04, a produção de grãos apresentou crescimento de 125%, enquanto a área plantada aumentou apenas 24%, conforme mostra o gráfico. BRASIL _ ÁREA PLANTADA E

Leia mais

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL 1ª SÉRIE. Professor(a): Richard

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL 1ª SÉRIE. Professor(a): Richard COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL 1ª SÉRIE Professor(a): Richard 1) Sabendo-se que as coordenadas geográficas correspondem a um dos elementos básicos das representações cartográficas,

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na fgv

CPV O cursinho que mais aprova na fgv CPV O cursinho que mais aprova na fgv FGV economia 1 a Fase 05/dezembro/2010 GEOGRAFIA 61. O mundo necessita de novas fontes de energia, entre as quais o aproveitamento do lixo. Observe o mapa. 62. Analise

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA CULTURA DO CAFÉ

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA CULTURA DO CAFÉ MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO GERÊNCIA DE GEOTECNOLOGIA - GeoSafras RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA CULTURA DO CAFÉ 2007 Brasília 2007 INTRODUÇÃO

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Instruções gerais: Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

Complexo regional do Nordeste

Complexo regional do Nordeste Antônio Cruz/ Abr Luiz C. Ribeiro/ Shutterstock gary yim/ Shutterstock Valter Campanato/ ABr Complexo regional do Nordeste Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, MA. Sertão de Pai Pedro, MG. O norte

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER FAZENDO E APRENDENDO GEOGRAFIA. Aula 23.2 Conteúdo. Região Nordeste

CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER FAZENDO E APRENDENDO GEOGRAFIA. Aula 23.2 Conteúdo. Região Nordeste Aula 23.2 Conteúdo Região Nordeste 2 Habilidades Entender as principais características, físicas, econômicas e sociais da região Nordeste. 3 Sub-Regiões nordestinas Meio Norte: Área de transição entre

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar GEOGRAFIA

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar GEOGRAFIA Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar GEOGRAFIA A proposta A proposta do Material Didático Positivo é a de construir um entendimento do geográfico com a perspectiva de que os

Leia mais

IRRIGAÇÃO DO ALGODOEIRO NO CERRADO BAIANO. (ALGODÃO IRRIGADO NO CERRADO BAIANO) (ALGODÃO COM IRRIGAÇÃO COMPLEMENTAR NO CERRADO BAIANO) Pedro Brugnera*

IRRIGAÇÃO DO ALGODOEIRO NO CERRADO BAIANO. (ALGODÃO IRRIGADO NO CERRADO BAIANO) (ALGODÃO COM IRRIGAÇÃO COMPLEMENTAR NO CERRADO BAIANO) Pedro Brugnera* IRRIGAÇÃO DO ALGODOEIRO NO CERRADO BAIANO (ALGODÃO IRRIGADO NO CERRADO BAIANO) (ALGODÃO COM IRRIGAÇÃO COMPLEMENTAR NO CERRADO BAIANO) Pedro Brugnera* A história do algodão tecnificado no oeste da Bahia,

Leia mais

As diferentes características físicas (clima, vegetação, quantidade de chuva, etc.) encontradas no

As diferentes características físicas (clima, vegetação, quantidade de chuva, etc.) encontradas no COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Lições de Português e História - 4º ano Leia o texto abaixo para responder as questões de Língua Portuguesa da semana: Região Nordeste O Nordeste brasileiro ocupa uma área

Leia mais

ArcPlan S/S Ltda. Fone: 3262-3055 Al. Joaquim Eugênio de Lima, 696 cj 73.

ArcPlan S/S Ltda. Fone: 3262-3055 Al. Joaquim Eugênio de Lima, 696 cj 73. 1 de 27 GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA PROJETO: GERENCIAMENTO INTEGRADO DE AGROECOSSISTEMAS EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS DO NORTE-NOROESTE FLUMINENSE - RIO RURAL/GEF

Leia mais

Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais:

Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais: QUESTÃO 01 2 Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais: Um grupo de turistas, hospedado na pousada localizada nesse mapa, realizou uma caminhada ecológica

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor da prova: 2.0 Nota: Data: / /2015 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 9º 3º bimestre Trabalho de Recuperação de Geografia Orientações: - Leia atentamente

Leia mais

Questão 25 Questão 26

Questão 25 Questão 26 Questão 25 Questão 26 A Antártida apresenta um quadro natural com características marcantes: o inverno é longo, com seis meses sem luz solar e médias térmicas ao redor de 60ºC negativos; no verão, o albedo

Leia mais

Equipe de Geografia GEOGRAFIA

Equipe de Geografia GEOGRAFIA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 7B Ensino Médio Equipe de Geografia Data: GEOGRAFIA 1. Agricultura no Brasil: Breve histórico - Brasil Colônia: monocultura da cana se destacava como produto principal,

Leia mais

1. Seu município enfrenta problemas com a seca? 43 Sim... 53% 38 Não... 47%

1. Seu município enfrenta problemas com a seca? 43 Sim... 53% 38 Não... 47% O CASO DO MARANHÃO O Estado do Maranhão tem uma área territorial de pouco mais de 331 mil de km² e é o 2º maior estado do Nordeste em dimensões territoriais correspondente a 4% do tamanho do Brasil, e

Leia mais

GEOGRAFIA MÓDULO I do PISM (triênio 2004-2006)

GEOGRAFIA MÓDULO I do PISM (triênio 2004-2006) QUESTÕES OBJETIVAS 01. Leia o texto. GEOGRAFIA MÓDULO I do PISM (triênio 2004-2006) O Parque Estadual do Ibitipoca é uma área de preservação ambiental aberta à visitação, sob a guarda e administração do

Leia mais

GEOGRAFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA

GEOGRAFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA A UFPR em 2011 manteve a tradição de fazer uma boa prova de segunda fase. Prova abrangente, clara, com boa escolha de temas e abordando atualidades. Destacamos o coerente

Leia mais

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA Safra 2013/2014 Segundo Levantamento Agosto/2013 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia SPAE Departamento de CanadeAçúcar e Agroenergia DCAA Companhia

Leia mais

Profª: Sabrine V. Welzel

Profª: Sabrine V. Welzel As sub-regiões do Nordeste 7 ano O Nordeste, como as demais regiões do Brasil, não é homogêneo. Para efeito de estudo, costumamos dividir a região em quatro áreas definidas de acordo com o clima, a vegetação

Leia mais

GEOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS.

GEOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. 2 a Etapa GEOGRAFIA SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções que se

Leia mais

Tabela 01 Mundo Soja Área, produção e produtividade Safra 2009/10 a 2013/14

Tabela 01 Mundo Soja Área, produção e produtividade Safra 2009/10 a 2013/14 Soja Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro de 2013 MUNDO A economia mundial cada vez mais globalizada tem sido o principal propulsor responsável pelo aumento da produção de soja. Com o aumento do

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Geografia Trimestre: 1º O Brasil: - A extensão do território brasileiro - A localização do Brasil no continente e no planeta - As fronteiras nacionais (marítimas e terrestres) As regiões brasileiras:

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição SSTEMA SERADO DE AVALAÇÃO 3ª FASE VESTBULAR/2011 Não deixe de preencher as informações a seguir. DADOS DE DENTFCAÇÃO DO CANDDATO Prédio Sala Nome Nº de dentidade Órgão Expedidor UF Nº de nscrição ATENÇÃO

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 30 O CLIMA NO BRASIL

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 30 O CLIMA NO BRASIL GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 30 O CLIMA NO BRASIL Como pode cair no enem (PUC Adaptado) ºC 30 20 10 0 mm 500 350 250 150 1811 mm anuais 50 0 Baseado no climograma e nas afirmativas a seguir, responda a

Leia mais

GeoSafras - Geotecnologias aplicadas ao Monitoramento Agrícola. Diretor de Política Agrícola e Informações

GeoSafras - Geotecnologias aplicadas ao Monitoramento Agrícola. Diretor de Política Agrícola e Informações GeoSafras - Geotecnologias aplicadas ao Monitoramento Agrícola Diretor de Política Agrícola e Informações Mandato Legal Empresa pública, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

GEOGRAFIA. Analise, quanto à veracidade (V) ou falsidade (F), as proposições abaixo, sobre o GPS.

GEOGRAFIA. Analise, quanto à veracidade (V) ou falsidade (F), as proposições abaixo, sobre o GPS. GEOGRAFIA 0 O alinhamento do Sol, da Terra e da Lua provocam um fenômeno chamado eclipse. Em setembro de 007, a Região Sul foi privilegiada com a visibilidade de um eclipse parcial solar que encobriu mais

Leia mais

Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual

Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 2 1.1 A Cidade... 2 1.2 Padrão de mobilidade... 5 1.2.1 Frota

Leia mais

Questões Climáticas e Água

Questões Climáticas e Água Questões Climáticas e Água Material de apoio para Monitoria 1. (UNICAMP-2012) O mapa abaixo indica a ocorrência de queda de neve na América do Sul. Observe o mapa e responda às questões. a) Que fatores

Leia mais

CPF DO CANDIDATO (A): DATA: 17/11/2014. NOME DO CANDIDATO (A): PROVA ESCRITA

CPF DO CANDIDATO (A): DATA: 17/11/2014. NOME DO CANDIDATO (A): PROVA ESCRITA CPF DO CANDIDATO (A): DATA: 17/11/2014. NOME DO CANDIDATO (A): PROVA ESCRITA Processo Seletivo para Curso de Especialização em Controladoria e Finanças Edital nº 04/2014 INSTRUÇÕES: A prova é individual,

Leia mais

GEOGRAFIA. Professora Bianca

GEOGRAFIA. Professora Bianca GEOGRAFIA Professora Bianca TERRA E LUA MOVIMENTO DA LUA MOVIMENTOS DA TERRA TEMPO E CLIMA Tempo é o estado da atmosfera de um lugar num determinado momento. Ele muda constantemente. Clima é o conjunto

Leia mais

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente 7. o ANO FUNDAMENTAL Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ O OLHAR GEOGRÁFICO: LENTES NOVAS PARA ENTENDER NOSSO MUNDO 1. O espaço em transformação Geografia para quê? O espaço geográfico:

Leia mais

GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO

GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO GEOGRAFIA / 2º ANO PROF. SÉRGIO RICARDO Regionalização do Brasil e as Características Regionais As enormes diferenças naturais e as grandes disparidades sócio-econômicas são fatores que influenciam na

Leia mais

(GIANSANTI, Roberto. O desafio do desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atual, 1998. p. 13.)

(GIANSANTI, Roberto. O desafio do desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atual, 1998. p. 13.) PROCESSO SELETIVO/2006 1 O DIA GAB. 1 25 GEOGRAFIA QUESTÕES DE 41 A 50 41. Leia o trecho abaixo: Considera-se, em economia, o desenvolvimento sustentável como a capacidade de as sociedades sustentarem-se

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA Nº 2012.0730.00006-0

TERMOS DE REFERÊNCIA Nº 2012.0730.00006-0 TERMOS DE REFERÊNCIA Nº 212.73.6- Ref. Contratação de consultoria (pessoa física) para realizar a correção topológica dos dados espaciais dos projetos financiados pelo Projeto de Conservação e Utilização

Leia mais

Nome: ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nome: ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Disciplina: Geografia Ano / Série: 6ª ano Professor (a):gabriel Moreira Perona Data: / / 2014 Roteiro de Recuperação Nome: ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Professora Dra.Jussara dos Santos Rosendo Orientadora e Professora -Universidade Federal de Uberlândia UFU E-mail: jussara@facip.ufu.

Professora Dra.Jussara dos Santos Rosendo Orientadora e Professora -Universidade Federal de Uberlândia UFU E-mail: jussara@facip.ufu. O Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC) no Município de Ituiutaba MG Laíza Castro Brumano Viçoso Bolsista de IC/ FAPEMIG - Universidade Federal de Uberlândia UFU E-mail: laizabrumano@hotmail.com

Leia mais

A água nossa de cada dia

A água nossa de cada dia A água nossa de cada dia Marco Antonio Ferreira Gomes* Foto: Eliana Lima Considerações gerais A água é o constituinte mais característico e peculiar do Planeta Terra. Ingrediente essencial à vida, a água

Leia mais

2. A A FO F R O M R AÇ A ÃO Ã

2. A A FO F R O M R AÇ A ÃO Ã 2. A FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL 2.3 A cartografia e a definição das fronteiras no Brasil. 2.2 Os grandes eixos de ocupação do território e a cronologia do processo de formação territorial. 1 GPS: Global

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURO, PROAGRO E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURO, PROAGRO E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURO, PROAGRO E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS Por: Maria Silvia C. Digiovani, engenheira agrônoma do DTE/FAEP,Tânia Moreira, economista do DTR/FAEP e Pedro Loyola, economista e Coordenador

Leia mais