Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE Para o ajuizamento de ação sem advogado, via internet.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE Para o ajuizamento de ação sem advogado, via internet."

Transcrição

1 1 Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE Para o ajuizamento de ação sem advogado, via internet. O Serviço de Atermação Online (SAO) é o novo jeito que você tem de buscar atendimento do Juizado Especial Federal (JEF) sem a representação de advogado e, agora, sem precisar sair de casa! O mesmo atendimento que é feito no balcão do Juizado, agora qualquer cidadão pode ter pela internet, sem sair de casa. Tudo o que você precisa é de um computador com acesso à internet e seus documentos digitalizados em PDF. Como o Poder Judiciário tem muitas divisões e especialidades, a primeira coisa a fazer é saber se o seu pedido de ação é da competência do Juizado Especial Federal. Para isso, deve se perguntar: 1. Sua ação será contra a União, Autarquias Federais (ex.: INSS, Receita Federal, Anatel, Ibama); Fundações públicas federais (ex.: IBGE, Funai); Empresa pública federal (ex.: Caixa Econômica Federal, BNDES, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos)? 2. O valor pretendido em sua causa é igual ou inferior a 60 salários mínimos? Se você respondeu SIM às duas perguntas, possivelmente seu pedido está adequado. Se você ficou em dúvida, tudo bem. Sua atermação será analisada por nosso atendimento e, caso uma das condições acima sejam negativas, você será orientado pelo JEF. Além disso, se o seu pedido for maior que o limite, você poderá renunciar ou seja, abrir mão - do valor excedente para entrar com a ação no Juizado. Do contrário, sua ação deverá ser proposta na Justiça Federal comum, com a representação de um advogado ou defensor público federal. AVISOS IMPORTANTES O SERVIÇO DE ATERMAÇÃO ONLINE É UM SERVIÇO DA JUSTIÇA FEDERAL DA 3ª REGIÃO DISPONIBILIZADO A TODOS OS CIDADÃOS QUE QUEIRAM PROPOR AÇÃO SEM ADVOGADO. O SERVIÇO É GRATUITO E PODE SER FEITO DE QUALQUER COMPUTADOR COM ACESSO À INTERNET. VOCÊ PODE PEDIR AJUDA PARA ALGUÉM DE SUA FAMÍLIA OU DE SUA CONFIANÇA, MAS O CADASTRO DEVE SER FEITO EM SEU NOME E CPF. NÃO PEÇA AJUDA A TERCEIROS QUE PROMETEM AUXILIÁ-LO NOS JUIZADOS OU FAZER SEU PROCESSO TRAMITAR MAIS RÁPIDO. CUIDADO COM AGENCIADORES, QUE COBRAM VALORES PARA FAZER COISAS QUE NA VERDADE SÃO OFERECIDAS GRATUITAMENTE PELO JUIZADO. NÃO ENTREGUE SEUS DADOS, SUA SENHA OU SEUS DOCUMENTOS A TERCEIROS. VOCÊ NÃO DEVE ASSINAR NENHUM DOCUMENTO PARA QUE ALGUÉM FAÇA A ATERMAÇÃO POR VOCÊ. VOCÊ NÃO DEVE PAGAR PARA QUE ALGUÉM FAÇA A ATERMAÇÃO POR VOCÊ. O SERVIÇO É GRATUITO. SE TIVER DIFICULDADE, PEÇA AJUDA A ALGUM FAMILIAR OU ALGUÉM DE SUA CONFIANÇA. NO JEF DE SUA REGIÃO VOCÊ PODERÁ UTILIZAR UM EQUIPAMENTO PARA EFETUAR A ATERMAÇÃO E DIGITALIZAR OS DOCUMENTOS, COM A AJUDA DE UM FUNCIONÁRIO.

2 2 Cadastro de usuário O primeiro passo é se cadastrar no Sistema. O cadastro é essencial para garantir a segurança de seu acesso ao Juizado e servirá para as futuras comunicações do JEF para você. O cadastro é realizado no link: Você também pode acessar esse link pela página do JEF (www.jfsp.jus.br/jef/) no menu à esquerda, conforme imagem abaixo.

3 3 Clicando na opção Cadastrar usuário você será direcionado para a tela a seguir: Preencha com atenção seus dados e todos os campos exigidos, confira e clique em Cadastrar usuário. Você receberá a confirmação pelo informado no cadastro. Caso você não possua ou computador, seu cadastro pode ser feito por algum parente ou outra pessoa de sua confiança, mas atenção: mesmo que informe o de um familiar, o cadastro deverá ser feito em nome e CPF de quem pretende propor a ação, e todas as eventuais comunicações sobre seu processo serão enviadas para o que for informado no cadastro. ATENÇÃO: A veracidade das informações é de total responsabilidade do usuário. Informações falsas ou incorretas podem trazer prejuízos no processamento de possíveis ações. É importante, por isso, manter seus dados sempre corretos e atualizados (a opção alteração cadastral permite a você atualizar seus dados e alterar a sua senha sempre que necessário). Guarde bem a senha e não a passe a desconhecidos, para não ter problemas futuros de acesso.

4 4 Atermação para incapaz e pessoa jurídica Se a ação tiver como autor pessoa jurídica, menor de idade ou incapaz, a atermação poderá ser feita pelo representante legal. Nesses casos, o cadastro deve ser feito com os dados do representante, e deverá ser anexada toda a documentação que comprove a representação. * No caso de pessoa jurídica, além dos documentos pessoais do representante, enviar também cópia digitalizada do CNPJ e do contrato social. * No caso de menor ou incapaz, além dos documentos pessoais do autor, enviar também os documentos do representante e todos os que comprovarem a representação legal. Acesso ao Serviço Com o cadastro concluído, retorne à tela de entrada do SAO. Insira o seu CPF e a senha que você cadastrou. Clique em Entrar. Atermação online: Enviar seu pedido Na página do sistema, basta assinalar ou preencher os campos com as suas palavras e enviar o pedido juntamente com os documentos. Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Não precisa usar linguagem jurídica ou técnica. O mais importante é preencher os campos de maneira clara e objetiva, detalhando datas e valores, pois isso facilita a análise do seu pedido. A seguir, a instrução de preenchimento de cada campo. 1. Primeiro, você deverá indicar o juizado de sua cidade ou o mais próximo de seu domicílio, selecionando uma das opções que aparecem no menu assim que você clica na seta. (Em caso de dúvida, utilize o link que mostra o JEF competente para cada município).

5 5 2. Em seguida, deverá informar o assunto do seu pedido. Algumas opções já possuem modelo: Incapacidade (Auxílio-doença, Aposentadoria por Invalidez ou Auxílio-Acidente), Pensão por morte, Revisão de Benefício, Aposentadoria (idade ou tempo de contribuição). Se o seu assunto não se enquadra em um desses, selecione Outros e especifique no campo ao lado, diretamente. Por ex.: Dano moral e/ou material; Correção de FGTS; Restituição de IR; etc. 3. No campo seguinte, você deverá descrever com suas próprias palavras, de modo simples e objetivo, o histórico dos fatos que o fizeram buscar o Poder Judiciário. Sempre que possível, relate datas e valores referentes ao seu pedido. Não se preocupe com a linguagem técnica. O importante é que o Juiz consiga entender o motivo do seu pedido. Se o seu assunto for algum dos tipos previstos no item anterior (Incapacidade, Pensão por morte, Revisão de Benefício, Aposentadoria) o campo já vêm com uma guia de informações específicas para cada tipo de ação. Basta complementar. Ao lado do campo, há instruções sobre o preenchimento. Caso necessite, todos os dados requeridos podem ser obtidos no INSS. O exemplo abaixo mostra o campo para o caso do assunto Incapacidade.

6 6 4. A seguir, você deverá informar o pólo passivo, que é o possível réu da ação. Ou seja, contra quem você quer propor a ação. Lembre-se: nos Juizados Especiais Federais, só cabem ações contra a União; Autarquias Federais (ex.: INSS, Receita Federal, Anatel); fundações públicas federais (ex.: IBGE, Funai); empresas públicas federais (ex.: Caixa Econômica Federal, BNDES, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos). As entidades mais comuns nas causas dos JEFs já aparecem para seleção. Caso sua ação seja contra outra entidade FEDERAL, selecione Outros e especifique. Atenção: Se a ação for contra empresa privada ou de economia mista (Banco do Brasil, por exemplo), deverá procurar a Justiça Estadual. 5. No próximo campo você deverá informar, resumidamente, em tópicos, se possível, o que pretende obter como resultado desta ação. Por exemplo: revisão do valor de benefício e pagamento dos atrasados ; concessão de auxílio-doença ; correção do FGTS ; etc. 6. Como já foi explicado acima, os Juizados Especiais Federais só admitem causas com valor máximo de 60 salários mínimos. O valor final da causa será calculado pelo Juizado após o recebimento de sua atermação e com base em suas informações e documentos. Entretanto, no momento do cadastro, o usuário deve concordar que, independentemente do valor da causa, o máximo que ele poderá obter será o equivalente a 60 salários mínimos. Do contrário, a ação não poderá ser proposta no JEF. Por isso, será necessário assinalar o campo no final da tela, conforme imagem abaixo. 7. DOCUMENTOS: Preenchidos todos os campos, é necessário que você comprove sua identificação e seu direito através de documentos, que deverão ser digitalizados (ou escaneados ) em formato PDF, para envio no momento do cadastro. Alguns documentos precisam ser enviados em todo e qualquer caso. São eles: a) Documento de identificação pessoal com foto: RG, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Identidade Profissional (CRM, CREA, etc.), Passaporte ou Carteira de Trabalho. Atenção: Se o documento de identificação acima não contiver seu CPF, você deverá juntar, além dele, outro documento ou comprovante que indique o número do CPF;

7 7 b) Comprovante de residência atualizado (conta de água, luz, telefone, fatura, etc.). c) * No caso de estar representando pessoa jurídica, apresentar também CNPJ e contrato social. d) * No caso de estar representando menor ou incapaz, apresentar também os seus documentos e todos os que comprovarem a representação legal. Outros documentos dependerão do tipo de ação que você está propondo. Se o seu assunto for algum dos tipos previstos no item 2 (Incapacidade, Pensão por morte, Revisão de Benefício, Aposentadoria) os documentos necessários já serão indicados ao lado do campo para anexar. (Exemplo de documentação para ações de Incapacidade ). Se seu assunto for outro, junte toda a documentação que você achar que comprova o seu direito (extratos, comprovantes, notas fiscais, etc.), além dos documentos pessoais e comprovante de endereço indicados anteriormente. Caso você não saiba quais documentos deve enviar, não se preocupe. Envie pelo menos os essenciais (documentos pessoais e comprovante de endereço). Quando analisar seu pedido, o JEF avisará se está faltando algum documento e você poderá enviá-lo posteriormente. ATENÇÃO: Os documentos devem estar digitalizados em formato PDF, e devem ser enviados em um arquivo único, respeitando o limite de tamanho, que é de 250 Kb por página, em média. Ou seja, o tamanho máximo do seu arquivo em Kb será o número de páginas de documentos multiplicado por 250. Por exemplo, um PDF de 3 páginas deverá ter o tamanho máximo de 750 Kb. Para ver como digitalizar documentos nos limites do Juizado, consulte o manual Para enviá-los, clique em Procurar, localize o arquivo em PDF unificado, e clique em Abrir. ATENÇÃO: NOS ANEXOS AO PEDIDO DA ATERMAÇÃO DEVEM SER ENCAMINHADOS SOMENTE DOCUMENTOS PESSOAIS E PROVAS PARA O PROCESSO. NÃO ENVIE NENHUM TIPO DE PETIÇÃO OU TEXTO DE PEDIDO EM PDF. PARA O PEDIDO UTILIZE OS CAMPOS ESPECÍFICOS DE PREENCHIMENTO. DOCUMENTOS ANEXOS CONTENDO PETIÇÕES OU TEXTOS DE PEDIDO SERÃO DESCARTADOS.

8 8 Análise Ao enviar a atermação, você receberá um de confirmação do endereço conforme abaixo: Assim que recebido, seu pedido será analisado pelo JEF, e uma resposta será enviada ao seu e- mail. Seu pedido poderá ser rejeitado (Caso não seja possível identificar ou compreender qual é o seu pedido; caso sua ação não seja de competência do Juizado Especial Federal; ou caso já exista pedido idêntico cadastrado anteriormente pelo mesmo usuário) ou aceito. Se aceito, você receberá com o assunto Acatamento de pedido, com o seguinte teor: Após isso, seu pedido será convertido em ação judicial e distribuído para julgamento por um Juiz Federal. Neste caso, poderão também ser solicitados documentos adicionais e/ou a indicação de testemunhas para o processo.

9 9 ATENÇÃO: A análise do seu pedido depende do preenchimento correto dos campos e da documentação enviada. As informações fornecidas são de inteira responsabilidade do usuário e são imprescindíveis para a identificação de seu pedido. Por isso é importante preenchê-las com atenção. Lembramos que não é preciso usar linguagem formal ou técnica. Apenas seja objetivo e preencha os campos com suas palavras. Envio de documentos no processo Algumas vezes, para julgar um processo, o Juiz poderá pedir algum documento adicional, além daqueles que o autor já enviou quando registrou sua atermação. Neste caso, você receberá a solicitação de documentação, via carta, via ou sms e deverá preparar o seu arquivo com o(s) documento(s) em PDF, em um único arquivo. No menu à esquerda superior da tela, escolha a opção Enviar Documentos. Na tela que aparece, informe o número do seu processo (somente o número, sem pontos nem traços). Em Tipo de Petição, deixe a opção Documentos da Parte. Para escolher o arquivo, clique em Procurar, localize no seu computador o arquivo em PDF unificado, e clique em Abrir. (Para saber como digitalizar documentos dentro dos limites do Juizado, consulte o manual No campo Observações você pode listar ou descrever o(s) documento(s) que está anexando. Ao final, clique em Enviar. Você receberá, em seguida, um protocolo de confirmação do envio, que será enviado ao seu . ATENÇÃO: NÃO ENVIE NENHUM TIPO DE PETIÇÃO OU TEXTO EM FORMATO PDF. DOCUMENTOS ANEXOS CONTENDO PETIÇÕES OU TEXTOS DE PEDIDO SERÃO DESCARTADOS.

10 10 Envio de manifestação Em outras ocasiões, a pedido do Juiz ou por iniciativa própria, o autor poderá se manifestar no processo. Isso é feito através de um texto com as palavras do próprio autor. Neste caso, escolha a opção Manifestação da Parte. Na tela que aparece, informe o número do seu processo (somente o número, sem pontos nem traços). Digite ou copie e cole o tetxo de sua manifestação no respectivo campo. Você poderá utilizar as ferramentas de formatação disponíveis no editor, além de incluir tabelas e imagens inferiores a 250 Kb. Clique em Enviar. Você receberá um protocolo de confirmação, que será enviado ao seu . Caso deseje enviar uma manifestação e também documentos anexos, faça as operações de forma separada, seguindo os passos do item Enviar Documentos e Manifestação da Parte. Alteração cadastral Como você já sabe, o seu cadastro deve estar sempre correto e atualizado, para que você não deixe de receber as comunicações do JEF sobre o andamento de seu processo. Por isso, é muito importante que, qualquer mudança de endereço, telefone ou , seja informada em seu cadastro. Para isso, no menu à esquerda superior da tela, escolha a opção Alterar Dados Cadastrais. A tela de seu cadastro será aberta novamente, para que você possa alterar os dados necessários. Não se esqueça de confirmar a sua senha. Ao final, clique em Alterar Usuário.

11 11 Recuperação ou Alteração de senha Sem a senha, não é possível acessar o Sistema de Atermação Online. Nos casos de esquecimento ou perda, você deverá solicitar nova senha, na página de entrada do Sistema. Basta clicar em Esqueci minha senha. Uma nova senha será enviada ao informado em seu cadastro. Lembramos que, para isso, o "antispam" do deve estar desativado. Caso não esteja recebendo a senha no endereço informado, ou não utilize mais aquele , deverá comparecer ao JEF mais próximo para alteração cadastral. Por fim, salientamos que a senha enviada pelo sistema é provisória. Portanto, para que não ocorra a expiração da mesma, assim que recuperar acesso ao sistema, providencie a alteração para senha definitiva de sua escolha. Isso pode ser feito na opção acima, em Alterar Dados Cadastrais. Acompanhamento processual Como já informado acima, todos os pedidos, manifestações e documentos enviados passam por uma análise técnica, que verificará se o protocolo foi feito da forma correta. Havendo algum erro no envio ou no preenchimento, o Juizado informará por . Do contrário, seu protocolo será aceito distribuído. Assim que seu processo for distribuído, o acompanhamento também pode ser feito sem a necessidade de sair de casa. Basta acessar a página informar o número do processo (sem pontos nem traços), a chave de acesso que você recebe por e o código verificador que aparece na tela. Caso queira verificar todo o conteúdo nos autos, clique em Doc. Anexados. Dúvidas, reclamações e sugestões Dúvidas ou dificuldades referentes ao Sistema de Atermação Online devem ser reportadas à Coordenadoria dos Juizados Especiais Federais pelo com o assunto Serviço de Atermação Online e descrição detalhada do problema.

Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE SAO

Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE SAO Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE SAO Para o ajuizamento de ação no JEF e encaminhamento de manifestações/documentos para os JEFs, sem advogado, via internet. O mesmo atendimento que é feito no setor

Leia mais

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO 1 MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Srs. Advogados, O sistema de peticionamento online foi instituído com o fito de agilizar a análise das iniciais

Leia mais

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Resoluções nº 486435 e nº 511363

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Resoluções nº 486435 e nº 511363 1 MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Resoluções nº 486435 e nº 511363 Srs. Advogados, O sistema de peticionamento online (Res. nº 486435) foi instituído

Leia mais

Manual do Advogado Passo a passo

Manual do Advogado Passo a passo PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe Manual do Advogado Passo a passo Conteúdo: PARTE 01 - Respostas às principais dúvidas PARTE 02 - Como cadastrar um processo PARTE

Leia mais

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação.

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação. Bem vindo ao PJE O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática de atos pelos magistrados, servidores, advogados e demais

Leia mais

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES Natal/RN - Janeiro de 2015 Bem vindo ao PJe O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática

Leia mais

Procedimento de anexação de peças e envio

Procedimento de anexação de peças e envio 2014 Manual prático de Ajuizamento de Petições Intercorrentes Portal Processual Eletrônico Procedimento de anexação de peças e envio Orientações gerais para anexar arquivos e enviar petições intercorrentes

Leia mais

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br http://www.jef-rs.gov.br VANTAGENS DO SISTEMA ELETRÔNICO: DIRETAS INDIRETAS Diminuição de custos com papel, impressão, fotocópias; deslocamentos ao JEF; comodidade do acesso imediato aos autos no momento

Leia mais

Juizado Especial Digital - Creta v2.6

Juizado Especial Digital - Creta v2.6 Tribunal Regional Federal - 5ª Região Juizado Especial Digital - Creta v2.6 I Índice Parte I Manual do Advogado 2 1 Acesso ao Sistema... 2 2 Petição... 3 Petição Inicial... 4 Petição Inicial... (1/5)

Leia mais

Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico

Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico 2014 Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico Vs 01 Núcleo de Práticas Jurídicas 27/02/2014 Conteúdo PÁGINA INICIAL... 3 TELA DE LOGIN... 4 TELA DE CADASTRO... 5 TELA PETIÇÃO INICIAL

Leia mais

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO A partir do dia 17/09/2012 foi disponibilizado, no site da SJES, o acesso ao Portal Processual, que consolida as principais funcionalidades do sistema de acompanhamento

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO COORDENADORIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO COORDENADORIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO COORDENADORIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Coordenador dos Juizados Especiais Federais da 4ª Região: Desembargador Federal EDGARD ANTÔNIO LIPPMANN JÚNIOR Coordenador

Leia mais

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@)

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ Núcleo Seccional da ESMAFE - 5ª Região no Ceará Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) AMBIENTAÇÃO NA PLATAFORMA 1. Cadastro 2. Preenchimento

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br 1. Para protocolar recursos ou demais petições nos processos em trâmite, deve-se acessar o menu Peticionamento e depois escolher a opção Peticionamento Incidental. Atenção: o peticionamento eletrônico

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 1.0 1 >> 1º Passo: Para acessar o SalicWeb Para inscrever a sua iniciativa cultural nos editais do Ministério da Cultura acesse o Sistema SalicWeb no endereço

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14

Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14 Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14 Sistema Eletrônico de Informações SEI O que é o SEI? SEI Sistema Eletrônico de Informações é a plataforma adotada pelo Ministério das Comunicações para

Leia mais

Tribunal Regional Federal da 1 a Região

Tribunal Regional Federal da 1 a Região Tribunal Regional Federal da 1 a Região Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais e-proc Manual do Usuário 1 1. Disposições Provisórias O Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade MANUAL DO ADVOGADO Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda Corrigido por: Wanderley Andrade DAPI Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância. Março/2010 Atualizado pelo Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 Manual de operação revisão 20110205 Pagina 1/18 Login no Sistema Para poder utilizar o sistema. 1 - Receba com o gestor do sistema o endereço na WEB no qual

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

Manual. E-proc v2. Para Advogados

Manual. E-proc v2. Para Advogados Manual Do E-proc v2 Para Advogados FEVEREIRO/2010 1 S U M Á R I O 1. Acesso ao site 2. Cadastro no sistema 2.1. Validação do Cadastro 3. Acesso ao sistema 4. Painel do Advogado 4.1. Processos pendentes

Leia mais

Participantes. Passo a Passo Icatu Online -

Participantes. Passo a Passo Icatu Online - Participantes Passo a Passo Icatu Online - Participantes, Sejam bem vindos ao Icatu Online. Para a sua ajuda, formulamos esse passo a passo para que você navegue pelo nosso site com a máxima facilidade.

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO Orientações válidas apenas para faturamento de Notas fiscais de oficinas, decorrentes de Sinistros de Automóveis de clientes ou terceiros, de responsabilidade da

Leia mais

Manual de Distribuição Processual Eletrônica

Manual de Distribuição Processual Eletrônica Manual do Usuário Manual de Distribuição Processual Eletrônica Portal de Serviços Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Distribuição Eletrônica... 3 1.1 1.2 Acesso ao Sistema... 3 Distribuindo Eletronicamente

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO E PROCURADOR

MANUAL DO ADVOGADO E PROCURADOR MANUAL DO ADVOGADO E PROCURADOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Dezembro 2011 1 Conteúdo Elaboração do projeto... 4 1. Acesso ao Sistema.... 5 1.1. Tipo de Certificado.... 5 1.2. Navegador padrão para

Leia mais

Como Digitalizar e Enviar seus Documentos

Como Digitalizar e Enviar seus Documentos 1 Como Digitalizar e Enviar seus Documentos Informamos que para a efetivação do seu cadastro e principalmente para a solicitação de crédito Belcorp, é obrigatório o envio do cadastro e contrato impressos,

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br A funcionalidade proporciona aos advogados o peticionamento inicial e o peticionamento incidental somente para os juizados virtuais da Justiça do Estado do Amapá. Procedimentos: 1. Acessar o site do Tribunal

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

Comunidade de Suporte e Feedback

Comunidade de Suporte e Feedback Comunidade de Suporte e Feedback O objetivo deste complemento é criar um canal simples, barato e eficiente de suporte aos clientes, onde eles possam na maioria das vezes aproveitar dúvidas já respondidas,

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e 130729 SUMÁRIO EMISSÃO DE NFS-E... 2 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 SELEÇÃO DA EMPRESA... 4 CONFERÊNCIA DOS DADOS E EMISSÃO

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação Para o cadastro de uma nova ação no PROJUDI, primeiramente acessamos a tela inicial através do endereço, https://portal.tjpr.jus.br/projudi/, onde para entrarmos no sistema utilizamos o usuário e senha

Leia mais

Cadastro NOVO Bilhete Único - SPTRANS

Cadastro NOVO Bilhete Único - SPTRANS ÍNDICE 1. Objetivo...02 2. Cadastramento para emissão do NOVO Bilhete Único...3/10 3. Sessão Expirada...11/13 4. Etapas do Cadastro...14/16 5. Finalização do Cadastro...17/18 6. Pesquisa de Satisfação...19/19

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.3 11/02/2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Objetivos... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual do Consumidor Versão 1.2 28/12/2007 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 2 1.1 Definição 2 1.2

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Manual do Usuário (Perfil TJ) Sistema de Solicitação de Indicação

Manual do Usuário (Perfil TJ) Sistema de Solicitação de Indicação Manual do Usuário (Perfil TJ) Sistema de Solicitação de Indicação A Defensoria Pública do Estado, por meio de sua Assessoria de Convênios, comunica que desenvolveu sistema denominado Sistema de Solicitação

Leia mais

IPMJ INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE JACAREÍ Jacareí - Estado de São Paulo

IPMJ INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE JACAREÍ Jacareí - Estado de São Paulo SIPREV Sistema Integrado de Informações Previdenciárias Siprev é uma ferramenta gerencial de transparência na gestão Previdenciária dos Regimes Próprios de Previdência Social, é um banco de dados com todas

Leia mais

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL CONFORTO, AGILIDADE, ECONOMIA, SEGURANÇA 1ª Edição dezembro de 2009 Elaboração e Projeto Gráfico Subsecretaria de Informação e Documentação SID Arte Cristina Gerheim

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

Dúvidas frequentes do setor de Recursos Humanos

Dúvidas frequentes do setor de Recursos Humanos Dúvidas frequentes do setor de Recursos Humanos Dúvidas frequentes do setor de Recursos Humanos DÚVIDAS FREQUENTES DÚVIDAS FREQUENTES Este documento foi formulado de Este modo documento a esclarecer foi

Leia mais

- 2 - Olá, eu sou o. Zé Virtual. e estou aqui para tirar suas dúvidas quanto ao Juizado Central

- 2 - Olá, eu sou o. Zé Virtual. e estou aqui para tirar suas dúvidas quanto ao Juizado Central - 2 - Olá, eu sou o Zé Virtual e estou aqui para tirar suas dúvidas quanto ao Juizado Central - 3 - JUIZADO CENTRAL uma Justiça mais rápida e acessível O Juizado Central foi criado para solucionar, de

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Guia Rápido do PJe Para Advogados Porto Alegre 2015 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Cadastramento no sistema... 3 Visão geral

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Advogado/Procurador/Defensor Versão 1.2 Diretoria da Tecnologia da Informação DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe

Leia mais

Manual - Versão 1.2 1

Manual - Versão 1.2 1 Manual - Versão 1.2 1 2 Requisitos para emissão da Nota Fiscal de Consumidor eletrônica - Sistema Gerenciador Gestor Prime - Sistema Transmissor - Uninfe Instalado automaticamente pelo Gestor. - Internet

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO E DO PROCURADOR MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao sistema3 11 Acessando o PJe3 12 Quadro de Aviso5 13 Identificando

Leia mais

Guia Rápido do PJe Para Advogados

Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2014 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

Seja um Consultor Belcorp

Seja um Consultor Belcorp Seja um Consultor Belcorp 2 Como Fazer o seu Cadastro Índice O que fazer para se cadastrar....4 Principais orientações para o cadastro.5 1. Como se cadastrar pela Internet...6 2. Cadastro efetuado e Código

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO

CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO MANUAL DE SERVIDORES DE CORREGEDORIA Versão 1.2 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 4 USUÁRIOS... 5 1. ACESSO AO SISTEMA... 6 2. TELA DE LOGIN DO CADASTRO NACIONAL DE ADOÇÃO:... 8 2.0

Leia mais

APLICAÇÕES WEB GUIA DO USUÁRIO

APLICAÇÕES WEB GUIA DO USUÁRIO Parte:...................................... Gabarito Assunto:............................ Atualização: Original........................ Página: 1 SIA 7.5 - Sistema Integrado de Arrecadação APLICAÇÕES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N.

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. 49/2008 A Doutora Luciana de Souza Sanchez, Juíza Federal Titular,

Leia mais

PEA. Portal Eletronico do Advogado www.pea.tjmt.jus.br. Setor de Qualidade de Software Tribunal de Justiça de Mato Grosso TJMT 14/08/2013

PEA. Portal Eletronico do Advogado www.pea.tjmt.jus.br. Setor de Qualidade de Software Tribunal de Justiça de Mato Grosso TJMT 14/08/2013 2013 PEA Portal Eletronico do Advogado www.pea.tjmt.jus.br Setor de Qualidade de Software Tribunal de Justiça de Mato Grosso TJMT 14/08/2013 1- Introdução 3 2- PEA PORTAL ELETRÔNICO DO ADVOGADO... 3 3-

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2015 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

CPF Cadastro de Pessoas Físicas. Perguntas e Respostas

CPF Cadastro de Pessoas Físicas. Perguntas e Respostas CPF Cadastro de Pessoas Físicas Perguntas e Respostas 1. O QUE É CPF? É um banco de dados gerenciado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB que armazena informações cadastrais de contribuintes

Leia mais

PREFEITURA MUNCIPAL DE CONTAGEM MANUAL DO USUÁRIO. versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE

PREFEITURA MUNCIPAL DE CONTAGEM MANUAL DO USUÁRIO. versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE MANUAL DO USUÁRIO versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE Caro contribuinte, você acaba de acessar a página na internet da Prefeitura Municipal de Contagem que disponibiliza a prestação de serviços eletrônicos.

Leia mais

MANUAL DO INGRESSANTE Matrícula Online. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline

MANUAL DO INGRESSANTE Matrícula Online. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline MANUAL DO INGRESSANTE Matrícula Online www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline 1 Se você nunca acessou o sistema de matrícula, clique em: Não sei a senha 2 Digite seu CPF e clique em Pesquisar que

Leia mais

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade Versão 01 Ficha de Oportunidade HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 24/11/2011 01 Desenvolvimento do manual do usuário baseado nas informações do sistema junto com apoio dos técnicos de implantação.

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 2 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

Portal de Fornecedores Não-Revenda

Portal de Fornecedores Não-Revenda Portal de Fornecedores Não-Revenda Auto-Registro e Gestão de Usuários Consulte neste manual como realizar seu Auto-Registro e a manutenção (criação, alteração, exclusão) de usuários para acesso ao Portal

Leia mais

MANUAL DE PETICIONAMENTO ELETRONICO

MANUAL DE PETICIONAMENTO ELETRONICO MANUAL DE PETICIONAMENTO ELETRONICO Requisitos: 1. Ter instalado no PC Windows 2000 ou posterior; 2. Browser: Internet Explorer; Mozila Firefox; Google Chrome, etc. 3. Plugin JAVA atualizado; 4. Conversor

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual da Entidade Social V.2 28.07.2009 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 3 1.1 Definição 3 1.2

Leia mais

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Guia CD-18 Público Índice 1. Emissão dos Certificados Digitais PRODERJ... 3 2. Documentos Necessários para Emissão dos Certificados... 3 3. Responsabilidades...

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS Versão 1.0 Nota Salvador NFS-e Versão do Manual: 1.0 pág. 2 Manual do Sistema da Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS ÍNDICE 1. Acessando

Leia mais

Sistema Projudi - Manual do Projudi Manifestação em Processo

Sistema Projudi - Manual do Projudi Manifestação em Processo Para manifestação em ações em trâmite ou para que a parte anexe outros documentos, primeiramente acessamos a tela inicial através do endereço, https://portal.tjpr.jus.br/projudi/, onde para entrarmos no

Leia mais

Seja um Consultor Belcorp

Seja um Consultor Belcorp Seja um Consultor Belcorp 2 Como Fazer o seu Cadastro Índice O que fazer para se cadastrar....4 Principais orientações para o cadastro.5 1. Como se cadastrar pela Internet?...6 2. Cadastro efetuado e Código

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor Versão 1.0 07/11/2008 Índice Analítico 1. Considerações Gerais...

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Diretoria de Tecnologia da Informação Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR-IRB

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Diretoria de Tecnologia da Informação Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR-IRB Manual Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR- IRB. A Central de Relacionamento com o TCE é um sistema web. Devem ser utilizados os navegadores de Internet Explorer versão mínima 9 Google

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

1º ACESSO. 1 No site Avon, a Revendedora deverá clicar em ATIVE SUA CONTA NA INTERNET.

1º ACESSO. 1 No site Avon, a Revendedora deverá clicar em ATIVE SUA CONTA NA INTERNET. Para garantir a segurança do site Avon e tornar o acesso ainda mais simples, o cadastro para 1º acesso e o processo de recuperação de senha serão validados por e-mail ou SMS. Se necessário, conte com o

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 4 Sumário 1 Processo3 11 Consulta3 111 Consulta de Processo3 112 Localização Tarefa21 113 Retificação

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

Acessando o novo portal de. 19/08/2014 FGCT Federação Gaucha de Caça e Tiro 1

Acessando o novo portal de. 19/08/2014 FGCT Federação Gaucha de Caça e Tiro 1 Acessando o novo portal de Serviços do DFPC 19/08/2014 FGCT Federação Gaucha de Caça e Tiro 1 Serviços oferecido pelo portal DFPC Concessãoe Revalidação de CR; Apostilamento de atividades; Atualização

Leia mais

Protocolo Eletrônico. Ministério da Justiça. Sistema Eletrônico de Informações

Protocolo Eletrônico. Ministério da Justiça. Sistema Eletrônico de Informações Protocolo Eletrônico Ministério da Justiça Sistema Eletrônico de Informações Sumário 1. Processo Eletrônico Nacional 2. Protocolo Eletrônico do Ministério da Justiça 3. Cadastro de Pessoa Física 4. Cadastro

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA O Portal de Serviços Automatizados à Prefeitura disponibiliza ao contribuinte a emissão de faturas referente os débitos do IPTU, ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, do exercício e dívida ativa, tanto negociada (parcelamentos)

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

TUTORIAL PARA RELATORES DA COMISSÃO DE SOCIEDADES

TUTORIAL PARA RELATORES DA COMISSÃO DE SOCIEDADES 1 TUTORIAL PARA RELATORES DA COMISSÃO DE SOCIEDADES Acesso ao sistema HBConselhos O novo sistema administrativo da OAB-BA oferece diversos serviços para os advogados e estagiários de Direito, como geração

Leia mais

Consumidor.gov.br. Usuário: Consumidor

Consumidor.gov.br. Usuário: Consumidor Consumidor.gov.br Usuário: Consumidor O Consumidor.gov.br permite ao consumidor registrar reclamações direcionadas às empresas cadastradas. Para conhecê-las, clique em Empresas Participantes. Para iniciar

Leia mais

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo

Instruções de Acesso. Portal de Cliente. Próximo Instruções de Acesso Portal de Cliente Primeiramente, confira a configuração de pop-up e versão do seu navegador, conforme instruções abaixo: Os navegadores e versões homologadas, são: Internet Explorer

Leia mais

MANUAL DO CIDADÃO. Para acessar a página do E-SIC clique no link do e-sic na página inicial do site (figura 1):

MANUAL DO CIDADÃO. Para acessar a página do E-SIC clique no link do e-sic na página inicial do site (figura 1): MANUAL DO CIDADÃO O sistema permite que qualquer pessoa - física ou jurídica - encaminhe pedidos de acesso à informação para órgãos e entidades do Poder Executivo Municipal. Por meio do e-sic também é

Leia mais

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS SIASGnet - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 2.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 2.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 2.0 1 Atenção Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online >> 1º Passo: Acessar o SalicWeb Para inscrever

Leia mais

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL 2º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO GESTOR MUNICIPAL PROVAB 2015 Brasília/DF, 1 de setembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO AVALIAÇÃO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED Esta parte do sistema como descrito anteriormente neste manual permite que seus agentes tenham acesso á uma área exclusiva para acessar informações pessoais como: Meu Extrato

Leia mais

Visão Cliente da Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Cliente da Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Cliente da Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET)

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA... 3 3. USUÁRIO GESTOR... 3 4. AMBIENTE DO SISTEMA - CANAL DE COMUNICAÇÃO INTERNET...

Leia mais

Instruções para instalação e solicitação da ART. 1 Acesse o site www.creaba.org.br e clique no banner ART Eletrônica 2009 conforme imagem abaixo.

Instruções para instalação e solicitação da ART. 1 Acesse o site www.creaba.org.br e clique no banner ART Eletrônica 2009 conforme imagem abaixo. Instruções para instalação e solicitação da ART 1 Acesse o site www.creaba.org.br e clique no banner ART Eletrônica 2009 conforme imagem abaixo. 2 Para fazer o download, clique em Executar na caixa de

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

CARTILHA DO PAT Vantagens para a sua empresa e benefícios para os seus colaboradores. A gente trabalha em seu benefício

CARTILHA DO PAT Vantagens para a sua empresa e benefícios para os seus colaboradores. A gente trabalha em seu benefício CARTILHA DO PAT Vantagens para a sua empresa e benefícios para os seus colaboradores PAT - Programa de Alimentação ao Trabalhador A gente trabalha em seu benefício PAT Os cartões Alelo Refeição e Alelo

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR CAIXA SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 12-05/01/2015 1 ÍNDICE CAIXA CAIXA...1 CAIXA...2 CAIXA...2 1.Introdução... 2 2.Objetivo do Sistema...3 3.Usuário

Leia mais

Cadastramento de Proponente

Cadastramento de Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Cadastramento de Proponente

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Manual do Usuário Sistema APR Web Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Belo Horizonte Março de 2015 SUMÁRIO APR Web 1 Introdução... 5 2 Objetivo... 5 3 Acessar o sistema APR

Leia mais

anexar documentos? Justiça Federal da 5ª Região Tribunal Regional Federal da 5ª Região

anexar documentos? Justiça Federal da 5ª Região Tribunal Regional Federal da 5ª Região Como peticionar e anexar documentos? Para anexar documentos,escolhao processo e clique em 2 O usuário será direcionado para a tela Processo 1. Observe que, do seu lado direito, há a aba Anexar Documentos

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2

Manual SAGe Versão 1.2 Manual SAGe Versão 1.2 Cadastramento de Usuário (a partir da versão 12.08.01 ) Conteúdo Introdução... 2 Cadastramento... 2 Desvendando a tela inicial... 4 Completando seus dados cadastrais... 5 Não lembro

Leia mais