Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela"

Transcrição

1 Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela Jean Foucault Gloria Kirinus Appel à projet d écriture Chamado geral ao projeto de criação literária Août 2012 Agosto 2012 répondre à : Jean Foucault, ou então Gloria Kirinus

2 «Vu de ma fenêtre» Appel à projet d écriture ouverut aux poètes du Brésil, de France et du monde entier - I - Le projet initial Gloria Kirinus-Jean Foucault, mené pendant une semaine, dont trois jours de «fenêtres» figure dans la version pdf jointe, réalisée du 15 au 21 juillet 2012, à Curitiba. Nous avons donc réalisé des créations portant sur la «fenêtre», qui peut être «réelle» ou intérieure. Le texte est en prose, d un maximum de 500 caractères (espaces compris), non compris le titre, s il en a un, et l indication du lieu et du jour attribués à la création. Les textes ne se répondent pas. Mais ils sont donc datés et localisés Cela fait partie de ce qu on peut appeler une «poétique des territoires» Cet «essai» (évidemment réussi) va rejoindre less écritures croisées des jours précédents, formant un petit opuscule de format 10,5x10,5, que nous espérons pouvoir publier sur papier un prochain jour. - II A partir de cet essai nous proposons : 1) aux poètes de Curitiba, du Paraná et du Brésil 2) aux poètes de Picardie, de France et de Navarre 3) Aux poètes d autres pays qui auraient connaissance du projet et seraient intéressés De participer au projet suivant : - Chacun est invité à produire un texte sur une fenêtre de son choix. - le texte doit nous parvenir, soit en portugais, soit en français, d ici le 30 septembre Le texte doit être soit un conte ou une mini nouvelle, soit une réflexion - philosophique ou non -, une pensée développée à partir de ce qui est vu ou entendu ou senti, dans l atmosphère du moment. La seule description de ce que je «vois» de ma fenêtre sera exclue. Publication en ligne dans un premier temps, sur papier si nous en trouvons les moyens. Ainsi nous réaliserons une série de fenêtres croisées provenant tant de l hémisphère Nord et que de l hémisphère Sud. Durant l année , d autres projets seront proposées, pouvant notamment trouver leur expression dans la ville de Curitiba sur la saison, ou en France, en Picardie, la saison suivante. Il s agit donc de développer le nomadisme de la Poésie, notamment entre la Picardie et le Paraná.

3 «O que eu vejo da minha janela» Chamado geral ao projeto de criação literária, aberto a outros poetas do Brasil, da França e do mundo inteiro. -1- O projeto inicial, Gloria Kirinus - Jean Foucault, foi desenvolvido durante uma semana (15 a 21 de julho de 2012, em Curitiba). O mesmo que aqui figura com três dias de janelas, na versão pdf, que anexamos. Estas criações foram realizadas sobre aquilo que é visto tanto de nossas janelas reais, imaginárias ou de ambas. O texto foi escrito em prosa, com 500 caracteres ao máximo, incluindo os espaços, mas não o título. Achamos necessário indicar o lugar e o dia atribuído à criação do texto. Os textos não precisam de uma resposta ou continuação do texto anterior, do outro poeta. Isto faz parte do que nós podemos chamar uma poética dos territórios. Este ensaio (evidentemente, um resumo) se aproxima das escrituras cruzadas dos dias precedentes, organizadas num pequeno opúsculo de formato 10,5x10,,5 que nós esperamos publicar impresso, em outra oportunidade. - II A partir deste ensaio nós propomos: 1) aos poetas de Curitiba, do Paraná e do Brasil 2) aos poetas de Picardie, da França e de Navarre 3) Aos poetas de outros países que desejam conhecer o projeto e se interessem no mesmo: - Todos estão convidados a produzir um texto sobre uma janela de sua terra. - O texto deverá ser enviado em português ou em francês, a partir da data, até 30 de setembro. O texto pode ser um conto ou mini- notícia sobre uma reflexão filosófica ou não. Pode ser um pensamento que se desenvolve a partir daquilo que é visto, compreendido ou sentido, dentro da atmosfera do momento. Apenas a descrição do que eu vejo da minha janela será excluído. A publicação será on line, num primeiro momento. E será impressa, se nós encontrarmos os meios e as condições, para tal. Desta maneira, nós realizaremos uma série de janelas cruzadas, provenientes do hemisfério Norte e do hemisfério Sul. Outros projetos serão propostos durante os anos , permitindo que venha a tona a expressão criativa da cidade de Curitiba, num período, ou da França, Picardie, no período seguinte. Trata-se, assim, de desenvolver o nomadismo da Poesia, especificamente, entre o Picardie e o Paraná.

4 Vu de ma fenêtre Jean Foucault Hommes et arbres, nous n avons pas la même échelle de valeurs Deux immenses araucarias devant ma fenêtre. Dans la salle où je me trouve deux hommes et une immense échelle à dix barreaux. Ridicule face à ces arbres! Les deux hommes viennent remplacer une lampe du plafond, pas implanter une nouvelle pomme d araucarias pleine de pignões. Laissons l arbre faire sa graine! Une échelle de pompier ne parviendrait pas plus à effleurer les basses branches déjà à plus de trente mètres. N empêche! Une telle échelle posée contre le tronc, cela aurait fière allure! (Curitiba, Rede Rio Branco, ce mercredi 18 juillet 2012) De la fenêtre du bus bi-articulé Près de la station Antonio Cabobras un panneau noir sur fond jaune : «atençao sego», «Attention aux aveugles». J en déduis que c est ici et seulement ici que traversent les aveugles qui passent d une rive à l autre de Curitiba. Sinon quel sens aurait ce panneau ici et seulement ici? Mais aucun aveugle n est visible à notre passage. Est-ce le jour où ils ont interdiction de circuler? Je me console de cette absence avec le saule pleureur penché sur la station où maintenant l on s arrête. (19 juillet, vers 10h 30)

5 Paço da libertade, place de la liberté Voici à ma fenêtre deux lignes rouges longues et de soie : une échelle de corde, aux barreaux également rouges et de soie. Une longue échelle mobile où se poseront les pieds nus de la princesse charmante délivrée par son prince, un petit ramoneur de banlieue. Anne ma sœur Anne j attends à ma fenêtre et ne vois rien venir. Je ne vois plus la maison d en face, ni mon amoureuse de toujours, ni mon amie Gloria. Ah que je m en veux d attendre toujours l invisible alors que tant nous est donné! (20 juillet 2012, fenêtre de l après-midi) O que eu vejo da minha janela A Espera Desespera Gloria Kirinus Sentada na mureta da fonte de água, uma moça de pernas cruzadas espera. Ela consulta as horas a cada vinte segundos e balança as pernas no sentido dos ponteiros do relógio. Desde minha janela surrealista, onde uma escada de pano vermelho voa, acompanho sua espera. Quero gritar desde o alto da minha janela - olha aqui, olha a escada ondulada! Olha para o outro lado, veja as mil flores, veja o espetáculo da água que corre...desisto da ideia. Ela espera e eu entendo seu desespero. Curitiba, Paço da Liberdade, 20/07/2012 )

6 O que eu vejo da minha janela Gloria Kirinus Lua Minguante Canoa branca sobre o azul imenso. Quieta, ela me espia lá do alto e até parece que adivinha meu pensamento. Faço de conta que não a vejo, só para ter o susto de vê-la novamente. Agora presto atenção na sua brancura muda e lembro dos meus potes de aquarela. Mas, como chegar perto dela? Inutilmente procuro a escada infinita. Os degraus do sonho e da poesia, agentes do impossível, dão conta do meu intento. (Janela do carro. Itapoá, 21/07/2012) Voo Diagonal Névoa, bruma ou neblina? Cortina de tule, filó ou seda? Um pássaro voa em linha diagonal e descortina a manhã. Então, a casa de madeira velha dos meus vizinhos, pintada cor de laranja, me diz bom dia. Outro pássaro com seu voo diagonal rasga a manhã. E a placa: aluga-se, me acorda totalmente. Aprendo a voar diagonalmente com minhas perguntas em suspense: terei vizinhos de tule, filó ou seda? Serão vizinhos de névoa, bruma ou neblina? A placa aluga-se desaparece. Catarata nos meus olhos? Curitiba, desde minha rua 20/07/2012 Chinelo e Sapato de Salto Fino A moça bonita caminha apressada equilibrando sacolas. Ladeira íngreme e sapato de salto fino não combinam. Calçou os chinelos que retirou de uma das sacolas. Agora ela caminha devagar, diz bom bia a todos os passantes, presta atenção ao canto dos pássaros e ri do cachorro que late atrás do ciclista. Passa uma mulher humilde. A moça bonita lhe oferece algo que não identifico, desde minha janela. A mulher agradece e de repente tudo muda. Seu passo vira dança e a rua, um grande palco. Duas mulheres da ladeira íngreme se afastam do meu olhar. Curitiba, desde minha rua. 19/07/2012 Crédit photographique du document : Jean Foucault

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL A: Tous les acteurs de la filière du Commerce Equitable certifiés pour la mangue, la banane, la pulpe d araza / Produtores e Comerciantes certificados da manga, da banana e da polpa de araza de CJ Tous

Leia mais

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado Mateus Geraldo Xavier Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral Dissertação de Mestrado Programa de Pós-graduação em Teologia do Departamento de Teologia

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016.

FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016. FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016. L association In Extenso est historiquement liée aux projets «hors les murs» puisque sa

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens e

Leia mais

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Ce qui ne change pas O que não se altera entre o pré-escolar e o 1º ano no LFIP L organisation administrative/a organização administrativa -Les contacts

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15-20 minutos para cada grupo

Leia mais

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo.

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Pablo Diego Niederauer Bernardi * (UFPel) Isabella Mozzilo (UFPel) Aprender línguas pressupõe o desenvolvimento de

Leia mais

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments QUALIDADE Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments Identificação rápida e confiável de ligas e composições elementares para: Controle

Leia mais

Aviso... Esta compilação excombatentes para França nasce da trilogia de 2009 com o mesmo nome. residente na altura da criação destes 3 níveis de pensamento e abordagens musicais diferentes na Avenida comandante

Leia mais

Parlez-vous européen?

Parlez-vous européen? Parlez-vous européen? A BONECA BRAILLIN 1. Résumé Parece uma boneca normal mas não é. A Braillin possui seis botões em relevo correspondentes aos seis pontos base da linguagem braille (P.) / braile (B.).

Leia mais

Télécommande standard non polarisée 0 039 01

Télécommande standard non polarisée 0 039 01 01 Télécommande standard non polarisée R Caractéristiques techniques Alimentation...:230 V± 50/60 Hz 10 ma Capacité des bornes : 2 X 1,5 mm 2 Fixation...:surrailoméga Encombrement.... : 4 modules (70 mm)

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO DISCIPLINA: Francês ANO: 7º Nível 1 Curso: Ensino Básico Total de aulas previstas: 99 Manual adotado: Mots Clés Porto Editora 1º PERÍODO - AULAS PREVISTAS: 41 Competências

Leia mais

A formação do engenheiro para as próximas décadas

A formação do engenheiro para as próximas décadas Seminário Inovação Pedagógica na Formação do Engenheiro Universidade de São Paulo Maio de 2003 A formação do engenheiro para as próximas décadas Henrique Lindenberg Neto Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio como requisito

Leia mais

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 ESCOLA PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 I Lisez attentivement le texte ci-dessous et les questions pour avoir une vision globale de ce qu'on vous demande. Une eau pas très écolo!

Leia mais

Le maître ignorant : cinq lessons sur l émancipation intellectuelle (1987)

Le maître ignorant : cinq lessons sur l émancipation intellectuelle (1987) Le maître ignorant : cinq lessons sur l émancipation intellectuelle (1987) de Jacques Rancière O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual, de Jacques Rancière Grupo de leitura em

Leia mais

CabriWorld 2001-Montréal - Canada

CabriWorld 2001-Montréal - Canada - 1 - Cabri-géomètre à distance via Internet CabriWorld 2001-Montréal - Canada Alexandre Campos Silva alesilva@pucsp.br Vincenzo Bongiovanni vincenzo@atribuna.com.br PUC/SP- Brésil Résumé de l atelier

Leia mais

6 Não será permitido o uso de dicionário.

6 Não será permitido o uso de dicionário. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

6 Só será permitido o uso de dicionário FRANCÊS/FRANCÊS.

6 Só será permitido o uso de dicionário FRANCÊS/FRANCÊS. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 2 MENSAGEM DO CHEFE DE CONTINGENTE Meus caros Caminheiros, Companheiros e Dirigentes... Mais uma vez, uns quantos de nós, terão oportunidade

Leia mais

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini Instituto Marista Hoje Armando Luiz Bortolini IRMÃOS MARISTAS HOJE DIMENSÃO EDUCATIVA E MARIAL INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Fundador: S. Marcelino J. B. Champagnat Fundação

Leia mais

O USO E A IMPORTÂNCIA DA CANÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

O USO E A IMPORTÂNCIA DA CANÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS O USO E A IMPORTÂNCIA DA CANÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS Manoela Salles Nery de Castro Eriton Rodrigues de França Departamento de Letras - UFRN RESUMO: O artigo

Leia mais

O FIM DA FILOSOFIA EM M. HEIDEGGER. Universidade Federal da Bahia Programa de Pós-Graduação em Filosofia Mestrado em Filosofia

O FIM DA FILOSOFIA EM M. HEIDEGGER. Universidade Federal da Bahia Programa de Pós-Graduação em Filosofia Mestrado em Filosofia Universidade Federal da Bahia Programa de Pós-Graduação em Filosofia Mestrado em Filosofia Eduardo Boaventura de Souza O FIM DA FILOSOFIA EM M. HEIDEGGER Salvador 2005 Eduardo Boaventura de Souza O FIM

Leia mais

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 22 de Março de 2014 Assunto: 34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Exmºs Senhores: Como estabelecido no ponto 4 do meu Comunicado refª FG-005/2014,

Leia mais

Pré-maratona de. Prof. Igor Barca

Pré-maratona de. Prof. Igor Barca de FRANCÊS para o CACD Prof. Igor Barca Como estudar francês para a diplomacia? Slide 2 de 37 O que é estudar um idioma? Slide 3 de 37 Algumas possíveis respostas Aprender gramática e entender a língua.

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 VISTOS PARA MENORES O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 Taxa do visto ( não reembolsável) : Paga em Reais (espece),

Leia mais

VESTIBULAR 2014.1 REDAÇÃO/LÍNGUA FRANCESA

VESTIBULAR 2014.1 REDAÇÃO/LÍNGUA FRANCESA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ Comissão Executiva do Vestibular VESTIBULAR 2014.1 REDAÇÃO/LÍNGUA FRANCESA 2 a FASE-1 o DIA: 08 DE DEZEMBRO DE 2013 DURAÇÃO: 04 HORAS INÍCIO: 09 horas TÉRMINO: 13 horas Após

Leia mais

Le texte multimodal dans les manuels scolaires au Brésil: une approche méthodologique pour la construction et l analyse d un corpus de discours

Le texte multimodal dans les manuels scolaires au Brésil: une approche méthodologique pour la construction et l analyse d un corpus de discours Le texte multimodal dans les manuels scolaires au Brésil: une approche méthodologique pour la construction et l analyse d un corpus de discours Jocenilson Ribeiro Universidade Federal de São Carlos UFSCar-Brasil

Leia mais

Vous pouvez me montrer où c'est sur le plan? Vous pouvez me montrer où c'est sur le plan? Perguntando por uma locação específica no mapa

Vous pouvez me montrer où c'est sur le plan? Vous pouvez me montrer où c'est sur le plan? Perguntando por uma locação específica no mapa - Localização Je suis perdu. Sem saber onde você está Je suis perdu. Vous pouvez me montrer où c'est sur le plan? Vous pouvez me montrer où c'est sur le plan? Perguntando por uma locação específica no

Leia mais

A pedagogia da luz na recriação do cego de nascença Jo 9,1-12

A pedagogia da luz na recriação do cego de nascença Jo 9,1-12 Maria da Conceição Vieira A pedagogia da luz na recriação do cego de nascença Jo 9,1-12 Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao programa de Pós-Graduação em Teologia PUC-Rio, como requisito

Leia mais

Marquês de Pombal, et Restauradores. Avenida da Liberdade

Marquês de Pombal, et Restauradores. Avenida da Liberdade Marquês de Pombal, et Restauradores À voir, à faire 3 Cafés et restos 9 Bars et boîtes de nuit 11 Salles de spectacle et activités culturelles 11 Index 12 À voir, à faire 3 Marquês de Pombal, et Restauradores

Leia mais

CursoDidatas Nice 2012-

CursoDidatas Nice 2012- 1 CursoDidatas Nice 2012-1-Danse des hommes (Danse masculine) DescriptionA partir de la position génératrice de Valeur (bras croisés devant la poitrine). Lorsque la musique commence et induit une pulsation,

Leia mais

Prova F Grupo Porto 11º ano, Nível de Continuação

Prova F Grupo Porto 11º ano, Nível de Continuação Prova F Grupo Porto 11º ano, Nível de Continuação Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência: Information

Leia mais

CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO. O agendamento do seu pedido de visto é feito através do site: http://saopaulo.ambafrance-br.

CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO. O agendamento do seu pedido de visto é feito através do site: http://saopaulo.ambafrance-br. CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO (atualizado em : 29/08/2014) PEDIDO DE VISTO DE LONGA DURACAO (superior a 3 meses) MENORES ESCOLARIZADOS E DESACOMPAHADOS VIAGEMS ORGANIZADAS POR INTITUCOES OU AGENCIAS

Leia mais

V O T O - V I S T A. SEPÚLVEDA PERTENCE, negou provimento ao agravo. Entendeu que a

V O T O - V I S T A. SEPÚLVEDA PERTENCE, negou provimento ao agravo. Entendeu que a AG.REG.NA RECLAMAÇÃO 3.034-2 PARAÍBA RELATOR AGRAVANTE(S) AGRAVADO(A/S) INTERESSADO(A/S) : MIN. SEPÚLVEDA PERTENCE : ESTADO DA PARAÍBA : PGE-PB - LUCIANO JOSÉ NÓBREGA PIRES : RODRIGO DE SÁ QUEIROGA E OUTRO(A/S)

Leia mais

A POÉTICA DO CAOS-MUNDO: DIÁLOGOS ENTRE ORALIDADE E ESCRITA

A POÉTICA DO CAOS-MUNDO: DIÁLOGOS ENTRE ORALIDADE E ESCRITA A POÉTICA DO CAOS-MUNDO: DIÁLOGOS ENTRE ORALIDADE E ESCRITA Enilce Albergaria Rocha 1 RESUMO: Este trabalho tem como objetivo abordar a dialética constituída pelo binômio oralidade / escrita. Toda a mobilidade

Leia mais

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo.

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Organization: Support: Invitation Monsieur le Président, La Fédération Portugaise de Pêche Sportive a l honneur d inviter l équipe nationale de votre

Leia mais

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL Votre arrivée à l UFCSPA demande des procédures administratives nécessaires à votre séjour au Brésil (visa, CPF, RNE) et à votre confort et sécurité (santé et transports),

Leia mais

O corpo como imagem poética na paisagem urbana

O corpo como imagem poética na paisagem urbana BRITO, Marcelo Sousa. O corpo como imagem poética na paisagem urbana. Salvador: Universidade Federal da Bahia (UFBA); Capes; Bolsa de Doutorado; Doutorando em Artes Cênicas; Orientação: Eliene Benício;

Leia mais

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando *

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * São Domingos, março de 2012 Escrito especialmente para o blog de Sônia Mara: http://www.aventurasdasonia.blogspot.com/2012/03/brasileiro-doseculo-o-homem-livro.html

Leia mais

A experiência do ser humano cartesiano

A experiência do ser humano cartesiano A experiência do ser humano cartesiano Juliana da Silveira Pinheiro Data de submissão: 30 maio 2011 Data de aprovação: 18 jul. 2011 Resumo O presente artigo pretende apresentar a idéia de que o ser humano

Leia mais

COOPERATIVA DE TRABALHO DOMÉSTICO: MECANISMO ALTERNATIVO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DIARISTAS?

COOPERATIVA DE TRABALHO DOMÉSTICO: MECANISMO ALTERNATIVO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DIARISTAS? COOPERATIVA DE TRABALHO DOMÉSTICO: MECANISMO ALTERNATIVO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DIARISTAS? COOPERATIVE DE TRAVAIL DOMESTIQUE: AUTRE MÉCANISME DE PROTECTION SOCIALE POUR LES

Leia mais

Língua Estrangeira: FRANCÊS L alarme intelligente Finis les hurlements intempestifs, elle reconnaît les cambrioleurs Les alarmes, c est bien pratique Sauf quand ça se met à hurler à tout bout de champ

Leia mais

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens et m ont fait partager leurs connaissances et leurs expériences

Leia mais

FORMULÁRIO PORTUGUÊS-FRANCÊS DE PRÉ-DECLARAÇÃO DE QUEIXA

FORMULÁRIO PORTUGUÊS-FRANCÊS DE PRÉ-DECLARAÇÃO DE QUEIXA FORMULÁRIO PORTUGUÊS-FRANCÊS DE PRÉ-DECLARAÇÃO DE QUEIXA Por favor, queira proceder à criação de um recibo de declaração de queixa conforme indicado no relatório abaixo FORMULAIRE PORTUGAIS-FRANÇAIS DE

Leia mais

... Hervé Théry A população brasileira em 2007 La population brésilienne en 2007 ... ...

... Hervé Théry A população brasileira em 2007 La population brésilienne en 2007 ... ... Confins Numéro 2 (2008) Número 2 A população brasileira em 2007 La population brésilienne en 2007 Avertissement Le contenu de ce site relève de la législation française sur la propriété intellectuelle

Leia mais

O ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA FRANCESA: A ESCRITA SOB UMA PERSPECTIVA INTERACIONISTA

O ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA FRANCESA: A ESCRITA SOB UMA PERSPECTIVA INTERACIONISTA Artigo publicado nos Anais do X SEMANA DE LETRAS A Hora e a vez da Palavra, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Jandaia do Sul,Jandaia do Sul-PR, 25 a 29 de setembro de 2006. O ENSINO E APRENDIZAGEM

Leia mais

A tradução, segundo Mounin (1963), consiste em reproduzir, na língua de

A tradução, segundo Mounin (1963), consiste em reproduzir, na língua de Problemas tradutórios em um poema de Carlos Drummond de Andrade 51 Ivaldete de A. Passerieux * Resumo: Em qualquer atividade humana, por mais simples que ela seja, os problemas geralmente aparecem: simples

Leia mais

RESUMO. Palavras Chave: dança: gesto: corpo-leitor: corpo paradoxal. Resumé

RESUMO. Palavras Chave: dança: gesto: corpo-leitor: corpo paradoxal. Resumé CARVALHO, Eliane. O Corpo- Leitor: agenciamentos entre a palavra poética e o gesto dançado. Rio de Janeiro: UFF. Mestranda; PPGCA- UFF; dissertação em preparação para qualificação; orientação Beatriz Cerbino;

Leia mais

Supervisão no Ensino das Línguas Estrangeiras no 1º Ciclo Estudo de caso. Tratamento de Observação Naturalista nº 2

Supervisão no Ensino das Línguas Estrangeiras no 1º Ciclo Estudo de caso. Tratamento de Observação Naturalista nº 2 Anexo XXI Tratamento de Observação Naturalista nº 2 Tema da aula observada: Les pots de couleur - 18/11/05 Tempo Situação/Ocorrências Indicadores presentes 11h02m Hoje, deparamo-nos com os vinte e cinco

Leia mais

Conformidade regulatória e Informações de segurança importantes

Conformidade regulatória e Informações de segurança importantes Conformidade regulatória e Informações de segurança importantes Você encontra a Certificação regulatória/marcas de aprovação para o seu dispositivo em Configurações > Sobre o dispositivo > Garantia e questões

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E)

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) Ano Letivo 2012/2013 Temáticos Unité 0 JE COMMENCE Os pronomes pessoais Os números cardinais (1) ( 0-19) Conteúdos Nº

Leia mais

Da Arqueologia à Genealogia a questão do sujeito no percurso filosófico de Michel Foucault

Da Arqueologia à Genealogia a questão do sujeito no percurso filosófico de Michel Foucault Fabiane Marques de Carvalho Souza Da Arqueologia à Genealogia a questão do sujeito no percurso filosófico de Michel Foucault Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Filosofia

Leia mais

Logements. Innovation & Qualité

Logements. Innovation & Qualité Logements Innovation & Qualité Innovation & Qualité FCM - Cofragens e Construções, S.A.. FCM - Espagne. FCM - Cofraje si Constructii, SRL. FCM - Algérie. FCM & LC Construções, Lda.. FCM - Fôrmas e Construções,

Leia mais

Justiça Restaurativa, Experiências Brasileiras, Propostas e. Direitos Humanos

Justiça Restaurativa, Experiências Brasileiras, Propostas e. Direitos Humanos 1 Universidade Metodista de Piracicaba Faculdade de Direito Neemias Moretti Prudente Justiça Restaurativa, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos Piracicaba Fevereiro de 2009 2 Universidade

Leia mais

TEXTO E DISCURSO. Eni Puccinelli Orlandi

TEXTO E DISCURSO. Eni Puccinelli Orlandi TEXTO E DISCURSO Eni Puccinelli Orlandi RESUMO: Texte est un objet linguistique-historique qui établit des rapports avec soi même et l exteriorité. C est à dire: le texte est à la fois un objet empirique,

Leia mais

Prova H Grupo Aveiro 11º ano, Nível de continuação

Prova H Grupo Aveiro 11º ano, Nível de continuação Prova H Grupo Aveiro 11º ano, Nível de continuação Avaliação da Expressão Oral no Ensino Secundário Esta prova desenvolve-se em três momentos e tem uma duração aproximada de 15 minutos para cada grupo

Leia mais

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO O Lycée Français International de Porto, localizado num local excecional, com amplos espaços verdes, não tem parado

Leia mais

Boletim da Cooperação Brasil-França sobre Áreas Protegidas

Boletim da Cooperação Brasil-França sobre Áreas Protegidas Boletim da Cooperação Brasil-França sobre Áreas Protegidas Nº1 -Março/2009 Baixo rio Negro - Baixo Sul da Bahia - Extremo Sul da Bahia - Grande Sertão Veredas Peruaçu - Ibiapaba Sobral - Itabira - Jureia

Leia mais

Lisez attentivement le questionnaire et répondez sincèrement aux questions en indiquant la ou les réponses qui conviennent.

Lisez attentivement le questionnaire et répondez sincèrement aux questions en indiquant la ou les réponses qui conviennent. PROTOCOLE D ENQUÊTE DESTINÉ AUX PROFESSEURS DE FRANÇAIS À PRAIA Lisez attentivement le questionnaire et répondez sincèrement aux questions en indiquant la ou les réponses qui conviennent. Première partie

Leia mais

PRÉSENTATION DE LA SOCIÉTÉ

PRÉSENTATION DE LA SOCIÉTÉ PRÉSENTATION DE LA SOCIÉTÉ LA SOCIÉTÉ Première société portugaise de traitement et de récupération "in situ" des huiles industrielles ans d'expérience PURIFICADORA avec sa propre technologie de procédé

Leia mais

E S P A Ç. O L i. awesome hotel

E S P A Ç. O L i. awesome hotel E S P A Ç O L i b r i s awesome hotel PT EN FR Portefólio Portfolio Portefeuille www.espacolibris.com www.espacolibris.com www.espacolibris.com Í N D I C E PT EN FR I N D E X I N D E X Quem somos About

Leia mais

Língua : Português e Francês Tradução simultânea. Sinopses das Intervenções :

Língua : Português e Francês Tradução simultânea. Sinopses das Intervenções : Encontro - Debate «Jóia, Espelho da Sociedade» Instituto Franco Português 25 de Fevereiro 2010 15h - 18h Parceria : IFP Ar.Co Comissariado e Moderação: Cristina Filipe Língua : Português e Francês Tradução

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS 1 Confira se este caderno contém uma proposta de redação e 06 questões discursivas, distribuídas conforme o quadro abaixo. TIPO CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES E PROPOSTA Redação

Leia mais

Declaração de conformidade regulamentar

Declaração de conformidade regulamentar Declaração de conformidade regulamentar Declaração de conformidade com as diretivas e normas da UE Modelo N905 e Modelo N905B Modelo N905C A declaração de conformidade pode ser consultada em www.kobo.com/userguides

Leia mais

RESUMO ABSTRACT RÉSUMÉ

RESUMO ABSTRACT RÉSUMÉ ALMEIDA, Patrícia Neves. O Como e suas formas de manifestação na prática do jogo teatral. Sorocaba: Universidade de Sorocaba; Professora Assistente. Arte-Educadora. RESUMO O presente trabalho apresenta

Leia mais

Laurent FONBAUSTIER. Jeudi 18 octobre 2012

Laurent FONBAUSTIER. Jeudi 18 octobre 2012 Laurent FONBAUSTIER Jeudi 18 octobre 2012 France et Europe après Rio + 20 : Peut-on croire au développement durable? França e Europa pós Rio + 20 : Pode-se crer em desenvolvimento sustentável? I. UNE VOLONTÉ

Leia mais

Paulo Branco 53 filmes em CANNES

Paulo Branco 53 filmes em CANNES Paulo Branco 53 filmes em CANNES No total das várias secções do Festival de Cinema de Cannes, Paulo Branco esteve presente com 53 filmes: SELECÇÃO OFICIAL em Competição Cosmopolis de David Cronenberg Selecção

Leia mais

Verdade-correspondência e verdade-coerência 1

Verdade-correspondência e verdade-coerência 1 Verdade-correspondência e verdade-coerência 1 Jean-Louis Léonhardt jean-louis.leonhardt@mom.fr CNRS - MOM Tradução: Marly Segreto A partir de Aristóteles, uma certa concepção de verdade em ciência foi

Leia mais

RARI Construções Metálicas, Engenharia, Projectos e Soluções Industriais, SA. RARI TECH Septembre 2015

RARI Construções Metálicas, Engenharia, Projectos e Soluções Industriais, SA. RARI TECH Septembre 2015 RARI Construções Metálicas, Engenharia, Projectos e Soluções Industriais, SA. RARI TECH Septembre 2015 QUI SOMMES-NOUS? RARI Construções Metálicas, Engenharia, Projectos e Soluções Industriais SA. est

Leia mais

A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras *

A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras * A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras * Irene de Paula Resumo: O objetivo deste artigo é fazer uma análise dos temas que foram essenciais na elaboração e na trajetória literária do escritor

Leia mais

Maria Ines Saadi de Tozatto. TRANSMISSÃO PSÍQUICA Metamorfoses teórico-clínicas de um campo em movimento

Maria Ines Saadi de Tozatto. TRANSMISSÃO PSÍQUICA Metamorfoses teórico-clínicas de um campo em movimento Maria Ines Saadi de Tozatto TRANSMISSÃO PSÍQUICA Metamorfoses teórico-clínicas de um campo em movimento Tese de Doutorado DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica Rio

Leia mais

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE :

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : - 1 - MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS SOCIETE : RESPONSABLE FORMATION : TELEPHONE : FAX : NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : TELEPHONE : FAX : DATE DU

Leia mais

Giseli Barreto da Cruz. O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de pedagogos primordiais. Tese de Doutorado

Giseli Barreto da Cruz. O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de pedagogos primordiais. Tese de Doutorado Giseli Barreto da Cruz O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de pedagogos primordiais Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Educação da PUC-Rio como requisito parcial para

Leia mais

Índices para catálogo sistemático: Ordens religiosas e igrejas locais 250 Cristianismo 261.7

Índices para catálogo sistemático: Ordens religiosas e igrejas locais 250 Cristianismo 261.7 Conselho Editorial Profa. Dra. Andrea Domingues Prof. Dr. Antônio Carlos Giuliani Prof. Dr. Antonio Cesar Galhardi Profa. Dra. Benedita Cássia Sant anna Prof. Dr. Carlos Bauer Profa. Dra. Cristianne Famer

Leia mais

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE AZUL CADERNO DE PROVA 1.ª FASE Francês Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA

Leia mais

INVESTIGADORA DO CPIHTS DEFENDE TESE DE MESTRADO EM COIMBRA

INVESTIGADORA DO CPIHTS DEFENDE TESE DE MESTRADO EM COIMBRA INVESTIGADORA DO CPIHTS DEFENDE TESE DE MESTRADO EM COIMBRA A Dra. Sónia Maria dos Santos, Assistente Social, docente do Instituto Superior Miguel Torga, Investigadora do Centro Português de Investigação

Leia mais

Arte em Movimento...

Arte em Movimento... Leonardo Koury Martins Arte em Movimento... Arte em Movimento... Sabemos que por mais que queremos as coisas certas, todas no lugar, fáceis de tocar ou de compreender tudo estará em constante transformação.

Leia mais

Para uma fenomenologia do conhecimento: a superação do mentalismo em Merleau-Ponty

Para uma fenomenologia do conhecimento: a superação do mentalismo em Merleau-Ponty Para uma fenomenologia do conhecimento: a superação do mentalismo em Merleau-Ponty Para uma fenomenologia do conhecimento: a superação do mentalismo em Merleau-Ponty Romana Valente Pinho 1 Resumo Para

Leia mais

Voyage Se débrouiller

Voyage Se débrouiller - Lieux Eu estou perdido (a). Ne pas savoir où vous êtes Você pode me mostrar onde é isso no mapa? Demander un sur un plan Onde eu encontro? Demander où se trouve une en particulier... um banheiro?...

Leia mais

Olga, imigrante de leste, é empregada nessa casa. Está vestida com um uniforme de doméstica. Tem um ar atrapalhado e está nervosa.

Olga, imigrante de leste, é empregada nessa casa. Está vestida com um uniforme de doméstica. Tem um ar atrapalhado e está nervosa. A Criada Russa Sandra Pinheiro Interior. Noite. Uma sala de uma casa de família elegantemente decorada. Um sofá ao centro, virado para a boca de cena. Por detrás do sofá umas escadas que conduzem ao andar

Leia mais

Informações básicas e. política de salário mínimo. Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT

Informações básicas e. política de salário mínimo. Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT Informações básicas e parâmetros para adoção da política de salário mínimo em Cabo Verde : Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT STRUCTURE DE LA

Leia mais

A cidade como personagem: um estudo sobre passado e vanguarda na Buenos Aires do escritor Jorge Luis Borges

A cidade como personagem: um estudo sobre passado e vanguarda na Buenos Aires do escritor Jorge Luis Borges Alessandro Ventura da Silva A cidade como personagem: um estudo sobre passado e vanguarda na Buenos Aires do escritor Jorge Luis Borges Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

CONTRIBUTOS PARA O ESTUDO DO ENSINO DO PORTUGUÊS A FALANTES DE OUTRAS LÌNGUAS O CONCELHO DE ÉVORA. Ao meu pai, no meu coração, para sempre.

CONTRIBUTOS PARA O ESTUDO DO ENSINO DO PORTUGUÊS A FALANTES DE OUTRAS LÌNGUAS O CONCELHO DE ÉVORA. Ao meu pai, no meu coração, para sempre. Ao meu pai, no meu coração, para sempre. iii Agradecimento O meu primeiro agradecimento vai para a Professora Doutora Maria José Grosso que para além da orientação científica indispensável, sempre me apoiou,

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

VIDAS MULTILADAS: REFLEXÕES SOBRE A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE DO LAGO EM CAMPO MOURÃO/PR 1

VIDAS MULTILADAS: REFLEXÕES SOBRE A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE DO LAGO EM CAMPO MOURÃO/PR 1 VIDAS MULTILADAS: REFLEXÕES SOBRE A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE DO LAGO EM CAMPO MOURÃO/PR 1 PAROLIN, Eloisa Silva de Paula 2 PAROLIN, Mauro 3 RESUMO O trabalho é resultado de observações das condições

Leia mais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais 7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 Aux fins de l application de l article 6, paragraphe 5, les autorités compétentes sont le commandant en chef de la police («Komendant

Leia mais

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012 éduscol Annales zéro baccalauréat 2013 Ressources pour la classe de terminale Bac L - LV2 Portugais Ces documents peuvent être utilisés et modifiés librement dans le cadre des activités d'enseignement

Leia mais