Programa Analítico de Disciplina EPR420 Logística e Cadeia de Suprimentos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa Analítico de Disciplina EPR420 Logística e Cadeia de Suprimentos"

Transcrição

1 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 4 Períodos - oferecimento: I Carga horária total Ter cursado horas de disciplinas obrigatórias Pré-requisitos (Pré ou co-requisitos)* Ementa Introdução à logística colaborativa. Modelos de desempenho logístico. Cadeia de suprimento. Troca eletrônica de dados ou 'Eletronic Data Interchange - EDI'. Resposta rápida ao consumidor ou 'Eficiente Consumer Response - ECR'. Sistema de informação para controle de estoques. Jogos de empresas com ênfase em logística (GIZMO GAME). Modelos de colaboração na cadeia de suprimentos. Oferecimento aos Cursos Curso Modalidade Período Engenharia de Produção Optativa - 0

2 Seq Aulas Teóricas Horas/Aula 1 Introdução à logística colaborativa 3 Modelos de desempenho logístico 3 3 Cadeia de suprimento Origens e Evolução 3.. Efeito chicote: beer game (ou efeito da cerveja) 3.3. Modelos de Aplicação 4 Troca eletrônica de dados ou 'Eletronic Data Interchange - EDI' 4.1. Conceito, estrutura dos canais de comunicação 4.. Aplicação - estudo de caso de EDI 5 Resposta rápida ao consumidor ou 'Eficiente Consumer Response - ECR' 5.1. Conceito, evolução e estrutura 5.. Aplicação - estudo de caso 6 Sistema de informação para controle de estoques Gerenciamento de estoque pelo fornecedor ou Vendor Management Inventory (VMI): Conceito, estrutura e aplicação (estudo de caso) 6.. Sistemas de gerenciamento de estoque ou Wharehouse Management Systems (WMS) 7 Jogos de empresas com ênfase em logística (GIZMO GAME) Apresentação das regras do jogo 8 Modelos de colaboração na cadeia de suprimentos Cross-docking 8.. Previsão de demanda colaborativa 8.3. Collaborative Planning forecasting and Replanshiment (CPFR) Transporte colaborativo 8.4. Back Haul 8.5. Etiqueta inteligente ou Smart Tag (RFID) Conceito, estrutura, uso da tecnologia por rádio frequência ou Radio Frequency Identification (RFID), vídeo interativo e estudo de caso 8.6. Modelos avançados 8.7. Relatório de práticas e Sistemas colaborativos na rede de varejo 1

3

4 Seq Aulas Práticas Horas/Aula 1 Aplicação do jogo da cerveja Aplicação do GIZMO game 18 3 Aplicação de planilhas eletrônicas 10 3

5 Referências Bibliográficas Bibliografia Básica: 1 - BALLOU, R.H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos/Logística Empresarial. 5.ed. Porto Alegre: Bookman, p. [Exemplares disponíveis: 4] Bibliografia Complementar: - BOWERSOX, D.J.; CLOSS, D.J. e COOPER, M. Gestão Logística de Cadeias de Suprimentos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, p. [Exemplares disponíveis: ] 3 - CHRISTOPHER, M. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos. Pioneira, p. [Exemplares disponíveis: ] 4 - COYLE, J.J.; BARDI, E.J. e LANGLEY, J. Jr. The management of business logistics: a supply chain perspective. 7.ed. Mason: Thompson Learning, p. [Exemplares disponíveis: Não informado.] 5 - PIRES, S. R. S. Gestão da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management): Conceitos, Estratégias, Práticas e Casos. 1.ed.. São Paulo: Atlas, p. [Exemplares disponíveis: ] 6 - RIBEIRO, P.C.C.; GOMES, C.F.S. Gestão da cadeia de suprimentos integrada à tecnologia da informação. 1.ed. Pioneira, p. [Exemplares disponíveis: 1] 4

Tecnologia da Informação em Aplicações Logísticas. Professor: Msc. Marco Aurélio C. da Silva

Tecnologia da Informação em Aplicações Logísticas. Professor: Msc. Marco Aurélio C. da Silva Tecnologia da Informação em Aplicações Logísticas Professor: Msc. Marco Aurélio C. da Silva Importância da TI na Logística A TI foi um fator preponderante para o desenvolvimento da Logística nos últimos

Leia mais

3 CONTEÚDO PROGRMÁTICO

3 CONTEÚDO PROGRMÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação (X) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

ETIQUETA INTELIGENTE (RFID) A nova fronteira na cadeia de distribuição. Onde estamos, para onde vamos? Claudio Czapski, ECR Brasil

ETIQUETA INTELIGENTE (RFID) A nova fronteira na cadeia de distribuição. Onde estamos, para onde vamos? Claudio Czapski, ECR Brasil ETIQUETA INTELIGENTE (RFID) A nova fronteira na cadeia de distribuição Onde estamos, para onde vamos? Claudio Czapski, ECR Brasil 1 Plano Estratégico do Comitê -o que? (disseminação do conhecimento) -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS DOM PEDRITO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS DOM PEDRITO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS DOM PEDRITO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO DISCIPLINA: Logística em Agronegócio CÓDIGO: DP 0092 PROFESSOR: Nelson de Mello AULA 1 03/03/2016 Logística

Leia mais

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos JOGO DA CERVEJA Experimento e 2: Abordagem gerencial hierárquica e centralizada Planejamento Integrado de todos os Estágios de Produção e Distribuição Motivação para um novo Experimento Atender à demanda

Leia mais

Método: aulas expositivas, transparências e Estudo de Casos. Exercícios estruturados; Provas e trabalhos em grupo.

Método: aulas expositivas, transparências e Estudo de Casos. Exercícios estruturados; Provas e trabalhos em grupo. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CCJE Departamento de Administração Prof. Marcos Paulo Valadares de Oliveira marcos.p.oliveira@ufes.br ADM 2179 - Administração de Materiais - Programa 1 Semestre

Leia mais

Tecnologia Aplicada à Logística

Tecnologia Aplicada à Logística Tecnologia Aplicada à Logística Movimentação e TI Alunos: Keriton Leandro Fernando TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA Definição de Informação na Logística É um elemento de grande importância nas operações

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Definir embalagem de transporte. Desenvolver políticas que atendam conceitos, princípios e legislação específica a logística reversa.

Definir embalagem de transporte. Desenvolver políticas que atendam conceitos, princípios e legislação específica a logística reversa. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Professora: Renato de Castro Vivas Titulação: Engenheiro de Produção, Mestre em Meio Ambiente. PLANO DE CURSO

Professora: Renato de Castro Vivas Titulação: Engenheiro de Produção, Mestre em Meio Ambiente. PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Logística Empresarial Código: ENGP- 179 Pré-requisito:

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Aula 19 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 Unidade Universitária: FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA Curso: Sistemas de Informação Disciplina: SISTEMAS DE GESTÃO DE FINANÇAS E CUSTOS Etapa: 07 Carga horária: 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD Ementa:

Leia mais

Marcelo Caldeira Pedroso

Marcelo Caldeira Pedroso COLABORAÇÃO NA CADEIA DE VALOR DA SAÚDE Marcelo Caldeira Pedroso Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (USP) SETRM 2015 Seminário de tecnologia para rastreabilidade de medicamentos 27 de

Leia mais

Sistemas de Informações

Sistemas de Informações Sistemas de Informações Prof. Marco Pozam- mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Ementa da disciplina Sistemas de Informações Gerenciais: Conceitos e Operacionalização. Suporte ao processo decisório. ERP Sistemas

Leia mais

Disciplina: Curso: Período: Semestre: ADM02028 LOGISTICA Graduação em Adminstração 6º Nenhum

Disciplina: Curso: Período: Semestre: ADM02028 LOGISTICA Graduação em Adminstração 6º Nenhum MINI-CV DOS PROFESSORES ELABORADORES Professor Elaborador: Carga Horária: Horário das Aulas: Mini-CV do Professor Elaborador: Professor da FGV/EBAPE. Doutor em Engenharia Oceânica, com ênfase em Transportes

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091.01 Município: São Carlos (SP) Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de Auxiliar

Leia mais

PROGRAMA DE ENGENHARIA DE TRANSPORTE PET/COPPE/UFRJ

PROGRAMA DE ENGENHARIA DE TRANSPORTE PET/COPPE/UFRJ 1) IDENTIFICAÇÃO Período: 1º Ano: 2012 CURSO: Mestrado em Engenharia de Transporte ÁREA: Transporte de Carga LINHA DE PESQUISA: Gestão do Transporte de Carga na Cadeia de Suprimento DISCIPLINA: Introdução

Leia mais

Unidade II LOGÍSTICA INTEGRADA. Profa. Marinalva R. Barboza

Unidade II LOGÍSTICA INTEGRADA. Profa. Marinalva R. Barboza Unidade II LOGÍSTICA INTEGRADA Profa. Marinalva R. Barboza A logística integrada A expressão logística integrada surgiu nos EUA em um trabalho de três autores (Lambert, Stock e Ellram) Se destacou pela

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

PLANO DE ENSINO FICHA Nº 01 (PERMANENTE)

PLANO DE ENSINO FICHA Nº 01 (PERMANENTE) PLANO DE ENSINO FICHA Nº 01 (PERMANENTE) Departamento: Transportes Setor: Tecnologia Disciplina: Logística de Transportes Código: TT058 Natureza: Semestral Carga Horária: 04 Teóricas 00 Práticas 00 Estágio

Leia mais

29 de novembro de 2011

29 de novembro de 2011 Práticas Contemporâneas em Logística e SupplyChain 29 de novembro de Composição dogelog 1)- ALEXANDRE JOSÉ DO NASCIMENTO 2)- ANA CLAUDIA BELFORT 3)- DOMINGOS ALVES CORRÊA NETO 4)- EDSON VALTER BOYAMIAN

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EIN333 O Lúdico na Educação Infantil

Programa Analítico de Disciplina EIN333 O Lúdico na Educação Infantil Programa Analítico de Disciplina Departamento de Economia Doméstica - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Mensuração de desempenho logístico e o modelo World Class Logistics Parte 1

Mensuração de desempenho logístico e o modelo World Class Logistics Parte 1 Mensuração de desempenho logístico e o modelo World Class Logistics Parte 1 Maria Fernanda Hijjar Marina Helena Gervásio Kleber Fossatti Figueiredo O desenvolvimento de um bom sistema de monitoramento

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso SUPERIOR DE TECNOLOGIA

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR GESTÃO EM TI

MATRIZ CURRICULAR GESTÃO EM TI MATRIZ CURRICULAR GESTÃO EM TI MODULO: Módulo Básico COMPONENTE CURRICULAR: Pesquisa Científica CÓDIGO: 101001 Os tipos de Conhecimento. A Ciência e sua forma de Evolução. O Processo da Pesquisa Científica,

Leia mais

6 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

6 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 96 6 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVAREZ, M. Terceirização Parceria e Qualidade. Rio de Janeiro: Campus, 1996. ARAGÃO, A. Modelo Para SCM Baseado em Integração de Processos, Compartilhamento de Informação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Aula 01 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Sistemas de Informações com Enfoque nas Atividades Logísticas

Sistemas de Informações com Enfoque nas Atividades Logísticas Sistemas de Informações com Enfoque nas Atividades Logísticas Valquiria Lilian Santos 1 (EPA/FECILCAM) - valquiria_lili@hotmail.com Jéssica Lopes Rocha 1 (EPA/FECILCAM) jer_lr@hotmail.com Sabrina Chavarem

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EDU451 Estágio Supervisionado em Educação Infantil

Programa Analítico de Disciplina EDU451 Estágio Supervisionado em Educação Infantil Programa Analítico de Disciplina Departamento de Educação - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 8 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 2 6 8 Períodos

Leia mais

Organização da Aula. Tópicos em Logística. Aula 4. 1. Logística de Resposta. Contextualização. Ações por Parte da Empresa. Instrumentalização

Organização da Aula. Tópicos em Logística. Aula 4. 1. Logística de Resposta. Contextualização. Ações por Parte da Empresa. Instrumentalização Tópicos em Logística Organização da Aula Aula 4 1. Logística de Resposta Rápida 2. Envolvimento da mão de obra Profa. Rosinda Angela da Silva 3. Tecnologia envolvida 1. Logística de Resposta Rápida Contextualização

Leia mais

WMS - Warehouse Management System

WMS - Warehouse Management System Sistema de Gestão Empresarial LUSANA SOUZA NATÁLIA BATUTA MARIA DAS GRAÇAS TATIANE ROCHA GTI V Matutino Prof.: Itair Pereira Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. WMS... 2 3. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 2 4. POLÍTICA

Leia mais

Necessidade do cliente Análise. Logística. Reposição de materiais. Armazenamento. Recebimento

Necessidade do cliente Análise. Logística. Reposição de materiais. Armazenamento. Recebimento Capítulo 1 Gestão Materiais Apresentação do Tópico: A Importância da Administração A organização da área Análise de necessidades de clientes Reposição de materiais Recebimento de materiais Armazenamento

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina ECD312 Economia Familiar

Programa Analítico de Disciplina ECD312 Economia Familiar Programa Analítico de Disciplina Departamento de Economia Doméstica - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Case Baterias Moura. Liderança em Baterias. Previsão da demanda. Programação de produção. Insumos. MRP - Moura. Produtos em Processo.

Case Baterias Moura. Liderança em Baterias. Previsão da demanda. Programação de produção. Insumos. MRP - Moura. Produtos em Processo. Case Baterias Moura Liderança em Baterias Centro de Distribuição Planta de Reciclagem Planta de Baterias Porto Rico - USA Buenos Aires - Argentina Previsão da demanda Programação de produção VENDA DOS

Leia mais

Para simplificar o estudo da logística podemos dividi-la em três atividades primárias, de acordo com Ballou (1993):

Para simplificar o estudo da logística podemos dividi-la em três atividades primárias, de acordo com Ballou (1993): 2 Revisão bibliográfica 2.1 Logística A logística é um dos setores dentro das empresas que mais tem crescido nos últimos anos devido à necessidade das empresas de disponibilizar os produtos desejados pelos

Leia mais

Sistemas de Informações

Sistemas de Informações Sistemas de Informações UMC / EPN Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Maio / 2013 1 Ementa da Disciplina Sistemas de Informações Gerenciais: Conceitos e Operacionalização. Suporte ao processo

Leia mais

Logística Reversa de Materiais

Logística Reversa de Materiais Logística Reversa de Materiais Aplicação de ferramentas de gestão e operação da Cadeia de Abastecimento na Logística Reversa Apresentador: João Paulo Lopez Outubro / 2.008 Objetivos: Conceituar Logística

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOAS PRÓ-REIORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Liderança e Desenvolvimento de Equipes 0980004

Leia mais

Olá pessoal nesta fase vimos que a definição de Logística segundo Dornier (2000) é Logística é a gestão de fluxos entre funções de negócio.

Olá pessoal nesta fase vimos que a definição de Logística segundo Dornier (2000) é Logística é a gestão de fluxos entre funções de negócio. Gestão da Produção Industrial Módulo B Fase 1 2015 Logística Empresarial Olá pessoal nesta fase vimos que a definição de Logística segundo Dornier (2000) é Logística é a gestão de fluxos entre funções

Leia mais

Carga Horária: Total: 60 horas/aula Semanal: 04 aulas Créditos: 04 Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo pelas DCN: Formação Profissional

Carga Horária: Total: 60 horas/aula Semanal: 04 aulas Créditos: 04 Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo pelas DCN: Formação Profissional DISCIPLINA: Contabilidade Gerencial VALIDADE: a partir do 1º semestre de 007 TÉRMINO: CÓDIGO: ADM.0 Carga Horária: Total: 0 horas/aula Semanal: aulas Créditos: Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo

Leia mais

CUSTOS LOGÍSTICOS CUSTO PREÇO. Custo: Quanto a organização irá gastar para produzir o produto/serviço

CUSTOS LOGÍSTICOS CUSTO PREÇO. Custo: Quanto a organização irá gastar para produzir o produto/serviço OBSERVAÇÃO IMPORTANTE CUSTOS LOGÍSTICOS Prof., Ph.D. CUSTO PREÇO : Quanto a organização irá gastar para produzir o produto/serviço Preço: Decisão de negócio - Quanto a empresa cobrará pelo serviço SÍNTESE

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS 7ª ETAPA GESTÃO EMPRESARIAL: FOCO SISTEMAS CORPORATIVOS Disciplina: ESTRATÉGIAS EM SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL ENEX00614 (34) Teóricas 34 h/a Conceitos básicos de estratégia

Leia mais

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Tecnologia da Informação Aplicada à Logística Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Como garantir

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

A logística reversa nos centros de distribuição de lojas de departamento

A logística reversa nos centros de distribuição de lojas de departamento A logística reversa nos centros de distribuição de lojas de departamento Gisela Gonzaga Rodrigues (PUC-Rio) giselagonzaga@yahoo.com.br Nélio Domingues Pizzolato (PUC-Rio) ndp@ind.puc-rio.br Resumo Este

Leia mais

Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos

Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Prof. Fernando Augusto Silva Marins fmarins@feg.unesp.br www.feg.unesp.br/~fmarins 1 Sumário Logística Cenário Fatores para o Desenvolvimento da Logística

Leia mais

Os impactos do EDI e da Internet no desempenho logístico de empresas da indústria de alimentos

Os impactos do EDI e da Internet no desempenho logístico de empresas da indústria de alimentos Os impactos do EDI e da Internet no desempenho logístico de empresas da indústria de alimentos Karine Araújo Ferreira (UFSCar) karine@dep.ufscar.br Maria Rita Pontes Assumpção (UFSCar) rita@dep.ufscar.br

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Administração de Empresas 6º Período Resumo Introdução ao Conceito de Logística Logística Empresarial (ótica acadêmica e empresarial) Globalização e Comércio Internacional Infra-Estrutura

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2014.2

PLANO DE ENSINO 2014.2 Gestão de Estoque Semestre: 2º Ementa Conteúdo Bibliografia Básica: Bibliografia Complementar: Critério de Avaliação PLANO DE ENSINO 2014.2 Carga Horária: 50h Introdução ao conceito, objetivos e controles

Leia mais

LOGÍSTICA E GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: CONCEITOS E DIFERENÇAS

LOGÍSTICA E GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: CONCEITOS E DIFERENÇAS 46 LOGÍSTICA E GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: CONCEITOS E DIFERENÇAS Leandro Soares Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil Professor

Leia mais

Gerenciamento e Previsão de Demanda

Gerenciamento e Previsão de Demanda Gerenciamento e Previsão de Demanda Cadeia de valor de suprimento e Previsão de Demanda; Demanda (princípios básicos); Gerenciamento da demanda; Por que previsões de demanda são necessárias?; Previsão

Leia mais

Design and Performance Gestão da cadeia de suprimentos

Design and Performance Gestão da cadeia de suprimentos Design and Performance Gestão da cadeia de suprimentos 1 1. Supply Chain Structure 3. Componentes gerenciais 4. Supply Chain Performance Measurement (SCPM) 5. Hot topics in Supply Chain (SC) 6. Dell Case

Leia mais

Gestão de Estoques no Sistema Just in Time: Uma Adequação aos Novos Tempos

Gestão de Estoques no Sistema Just in Time: Uma Adequação aos Novos Tempos Gestão de Estoques no Sistema Just in Time: Uma Adequação aos Novos Tempos Rafael Marques Ribeiro 1 Resumo: Muitas organizações trabalham com o sistema de estoques, mas, no entanto, sentem a necessidade

Leia mais

Information management in the supply chain of a company in the food sector : the use of business games for the optimization of logistics system

Information management in the supply chain of a company in the food sector : the use of business games for the optimization of logistics system O gerenciamento da informação na cadeia de suprimentos de uma empresa do setor alimentício: uso de jogos empresariais para a otimização do sistema logístico Bárbara Helen Rodrigues Ramires Seribeli (UFGD)

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIA

ESCOLA DE ENGENHARIA Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção ESCOLA DE ENGENHARIA Disciplina: Tópicos em Logística Empresarial Professor(es): Celso Luchezzi Carga horária: 4 aulas (Teoria) DRT: 113599-4 Código

Leia mais

1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA. Prof. JAMIL MOYSÉS FILHO MSc. - Fundação Getulio Vargas 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA. Prof. JAMIL MOYSÉS FILHO MSc. - Fundação Getulio Vargas 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA Prof. JAMIL MOYSÉS FILHO MSc. - Fundação Getulio Vargas 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em 20 de dezembro de 1944,

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 - FUNDAMENTOS DA GESTÃO DE ESTOQUES 1

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 - FUNDAMENTOS DA GESTÃO DE ESTOQUES 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO XIll CAPÍTULO 1 - FUNDAMENTOS DA GESTÃO DE ESTOQUES 1 OBJETIVO DO CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1 APRESENTAÇÃO 1 BREVE HISTÓRICO DA ABORDAGEM SOBRE os ESTOQUES 4 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE ESTOQUES

Leia mais

ANÁLISE CRÍTICA DA COLABORAÇÃO EM CADEIAS DE SUPRIMENTOS: O CASO DA CADEIA AUTOMOTIVA GAÚCHA

ANÁLISE CRÍTICA DA COLABORAÇÃO EM CADEIAS DE SUPRIMENTOS: O CASO DA CADEIA AUTOMOTIVA GAÚCHA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ANÁLISE CRÍTICA DA COLABORAÇÃO EM CADEIAS DE SUPRIMENTOS: O CASO DA CADEIA AUTOMOTIVA

Leia mais

Palavras-chaves: Cadeia de Suprimentos, Planejamento Colaborativo, Programas de Resposta Rápida.

Palavras-chaves: Cadeia de Suprimentos, Planejamento Colaborativo, Programas de Resposta Rápida. UMA DISCUSSÃO SOBRE OS PROGRAMAS DE RESPOSTA RÁPIDA E O PLANEJAMENTO COLABORATIVO NO GERENCIAMENTO DE CADEIAS DE SUPRIMENTOS: EVOLUÇÃO, DEFINIÇÕES E IMPLICAÇÕES Diego Augusto de Jesus Pacheco (UNISINOS)

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão da Produção e Logística tem por objetivo fornecer

Leia mais

Sistemas de Informações. SCM Supply Chain Management

Sistemas de Informações. SCM Supply Chain Management Sistemas de Informações SCM Supply Chain Management Fontes Bozarth, C.; Handfield, R.B. Introduction to Operations and Supply Chain Management. Prentice Hall. 2nd. Edition Objetivos Fluxos de Informação

Leia mais

Logística Integrada. Esse termo refere-se ao papel da Logística como elemento de ligação entre todos os processos, desde o Fornecedor até o Cliente.

Logística Integrada. Esse termo refere-se ao papel da Logística como elemento de ligação entre todos os processos, desde o Fornecedor até o Cliente. Logística Integrada Esse termo refere-se ao papel da Logística como elemento de ligação entre todos os processos, desde o Fornecedor até o Cliente. Ballou (1993) Fonte: BALLOU, R. H. Logística Empresarial.

Leia mais

Uma estrutura para o gerenciamento da cadeia de suprimentos

Uma estrutura para o gerenciamento da cadeia de suprimentos Uma estrutura para o gerenciamento da cadeia de suprimentos Elizabete Ribeiro Sanches da Silva (FACESM/UFSC) beribeiro@uol.com.br Rafael Prudenciano da Silva (FACESM) rafaelprudenciano@hotmail.com Ronivaldo

Leia mais

Aplicado no Alinhamento da Cadeia Produtiva

Aplicado no Alinhamento da Cadeia Produtiva E-Business Aplicado no Alinhamento da Cadeia Produtiva Benefícios Quantificados do Caso Genexis George Paulus Pereira Dias Engenheiro e Mestrando de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP

Leia mais

9 Referências bibliográficas

9 Referências bibliográficas 136 9 Referências bibliográficas ALVARENGA, A. C. ; NOVAES, A. G. N. Logística aplicada: suprimento e distribuição física. 3. ed. 1. reimp. São Paulo: Edgard Blücher, 2000. 194 p. BAÍDYA, T. K. N. ; AIUBE,

Leia mais

Informática Industrial Aula 1 O Que é Automação. sábado, 4 de outubro de 2003

Informática Industrial Aula 1 O Que é Automação. sábado, 4 de outubro de 2003 Informática Industrial Aula 1 O Que é Automação sábado, 4 de outubro de 2003 Definição Engenharia de automação é o estudo das técnicas que visam otimizar um processo de negócio, aumentando sua produtividade,

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro Matheus de Aguiar Sillos matheus.sillos@pmlog.com.br AGV Logística Rua Edgar Marchiori, 255, Distrito

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE ENSINO Disciplina: FUNDAMENTOS DE LOGÍSTICA. Carga Horária:

Leia mais

Congresso de Logística Centro Paula Souza Tendências em Supply Chain e Logística

Congresso de Logística Centro Paula Souza Tendências em Supply Chain e Logística Congresso de Logística Centro Paula Souza Tendências em Supply Chain e Logística Wagner Salzano Marcos Maregatti 21.05.2016 1 PALESTRANTES Wagner Salzano Head Divisão Supply Chain Marcos Maregatti Gerente

Leia mais

Controle e visibilidade: Internet das Coisas Roberto Matsubayashi*

Controle e visibilidade: Internet das Coisas Roberto Matsubayashi* Controle e visibilidade: Internet das Coisas Roberto Matsubayashi* Existem diversas atividades fundamentais desempenhadas pelas empresas no cumprimento de sua missão, sempre com o objetivo de agregar de

Leia mais

MINOR SUPPLY CHAIN (LOGÍSTICA) Coordenador: Prof. Dr. Fabiano Rodrigues

MINOR SUPPLY CHAIN (LOGÍSTICA) Coordenador: Prof. Dr. Fabiano Rodrigues MINOR SUPPLY CHAIN (LOGÍSTICA) Coordenador: Prof. Dr. Fabiano Rodrigues Fundamentos do Supply Chain Management ESTRUTURA DA MINOR SUPPLY CHAIN Supply Chain: Modelagem de Decisões Minor Supply Chain Supply

Leia mais

9. Referencias Bibliográficas

9. Referencias Bibliográficas 96 9. Referencias Bibliográficas ADVFN Advanced Financial Network. Indicadores. Disponível em: . Acesso em: 15 Mar. 2012. Alvarenga, A. C.; Novaes, A. G. N. Logística Aplicada:

Leia mais

A Excelência no Supply Chain Management Como Vantagem Competitiva no Mercado Nacional de Flores

A Excelência no Supply Chain Management Como Vantagem Competitiva no Mercado Nacional de Flores A Excelência no Supply Chain Management Como Vantagem Competitiva no Mercado Nacional de Flores Ana Cristina de Oliveira Souza Assunto: Introdução e Conclusão Patrícia Francisca de Souza Assunto: Conceito,

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO EM PESQUISA OPERACIONAL 2º SEMESTRE/2013 A Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, em Limeira, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina GEO423 Geografia das Águas

Programa Analítico de Disciplina GEO423 Geografia das Águas Programa Analítico de Disciplina GEO23 Geografia das Águas Departamento de Geografia - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

Gestão de Recursos Materiais e Patrimoniais

Gestão de Recursos Materiais e Patrimoniais Gestão de Recursos Materiais e Patrimoniais Curso Superior de Tecnologia em Logística Disciplina: Gestão de Recursos Materiais e Patrimoniais Professor: Roberto Cézar Datrino Carga horária semanal: 4 h/a

Leia mais

A Integração da Cadeia de Suprimentos de uma Usina Siderúrgica e Sua Relação com o Desempenho Logístico

A Integração da Cadeia de Suprimentos de uma Usina Siderúrgica e Sua Relação com o Desempenho Logístico A Integração da Cadeia de Suprimentos de uma Usina Siderúrgica e Sua Relação com o Desempenho Logístico Jeová Alves Araújo jeova.a.a@unisantos.br UNISANTOS Ricardo Kenji Oi prof_oi@ymail.com UNISANTOS

Leia mais

SCM Supply Chain Management aplicada à logística

SCM Supply Chain Management aplicada à logística SCM Supply Chain Management aplicada à logística Patricia Jordão Zomar Antonio Trinta Gloria Jesus de Oliveira Centro Universitário da Cidade - UniverCidade RESUMO: O Supply Chain Management surgiu como

Leia mais

Evolução da Disciplina. Logística Empresarial. Aula 2. Logística de Resposta Rápida. Contextualização. Prof. Me. John Jackson Buettgen

Evolução da Disciplina. Logística Empresarial. Aula 2. Logística de Resposta Rápida. Contextualização. Prof. Me. John Jackson Buettgen Logística Empresarial Aula 2 Evolução da Disciplina O papel da Logística Empresarial Aula 1 A flexibilidade e a Resposta Rápida (RR) Aula 2 Operadores logísticos: conceitos e funções Aula 3 Prof. Me. John

Leia mais

TECNOLOGIA DE ENDEREÇAMENTO: OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS LOGÍSTICOS EM ARMAZÉNS

TECNOLOGIA DE ENDEREÇAMENTO: OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS LOGÍSTICOS EM ARMAZÉNS TECNOLOGIA DE ENDEREÇAMENTO: OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS LOGÍSTICOS EM ARMAZÉNS Alfredo Nazareno Pereira Boente, DSc. 1 Luis Otavio de Marins Ribeiro, MSc. 2 José Mauro Baptista Bianchi, MSc. 3 Resumo Diante

Leia mais

Gerenciamento da cadeia de suprimentos no setor automobilístico: iniciativas e práticas

Gerenciamento da cadeia de suprimentos no setor automobilístico: iniciativas e práticas Gerenciamento da cadeia de suprimentos no setor automobilístico: iniciativas e práticas Ana Carolina Cardoso Firmo (UNIFEI) carolinafirmo@yahoo.com.br Renato da Silva Lima (UNIFEI) rslima@unifei.edu.br

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

EFFICIENT CONSUMER RESPONSE (ECR) E A TECNOLOGIA DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS E AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA

EFFICIENT CONSUMER RESPONSE (ECR) E A TECNOLOGIA DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS E AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA EFFICIENT CONSUMER RESPONSE (ECR) E A TECNOLOGIA DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS E AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA JOÃO ÉDERSON CORRÊA 1 CARLOS HENRIQUE PEREIRA MELLO 2 RESUMO Este trabalho tem como objetivo

Leia mais

Da logística ao gerenciamento da cadeia de suprimentos

Da logística ao gerenciamento da cadeia de suprimentos Da logística ao gerenciamento da cadeia de suprimentos Prof. Jacques profjacques@jfsconsultoria.com.br FATEC-BS 2009 ções: Segundo Ballou (2006), antes de 1950, logística estava predominantemente associada

Leia mais

ANÁLISE DAS VANTAGENS DA IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA LOGÍSTICA VMI EM UMA MULTINACIONAL DO SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES

ANÁLISE DAS VANTAGENS DA IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA LOGÍSTICA VMI EM UMA MULTINACIONAL DO SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES ANÁLISE DAS VANTAGENS DA IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA LOGÍSTICA VMI EM UMA MULTINACIONAL DO SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES Nathalia Maciel Rosa (UEPA) nathmrosa@gmail.com Thais Souza Pelaes (UEPA) thaispelaes@gmail.com

Leia mais

Estratégias de gestão de estoques e distribuição aplicadas em uma empresa varejista através de um ERP: um estudo de caso

Estratégias de gestão de estoques e distribuição aplicadas em uma empresa varejista através de um ERP: um estudo de caso 1 Estratégias de gestão de estoques e distribuição aplicadas em uma empresa varejista através de um ERP: um estudo de caso André Luiz Anjos de Figueiredo Unigranrio anjoslogistica@yahoo.com.br RESUMO Desde

Leia mais

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management)

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br CADEIA DE SUPRIMENTOS 2 Cadeia de Suprimentos Cadeia de Fornecimento SCM

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

LOGÍSTICA INTEGRADA. DAS 5316 Integração de Sistemas Corporativos. Prof. Ricardo J. Rabelo. DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos

LOGÍSTICA INTEGRADA. DAS 5316 Integração de Sistemas Corporativos. Prof. Ricardo J. Rabelo. DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos LOGÍSTICA INTEGRADA DAS 5316 Integração de Sistemas Corporativos LOGÍSTICA INTEGRADA Paradoxo da LOGÍSTICA Antiga (Atividade econômica e militar) Moderna (Conceito Gerencial) estoques armazéns transportes

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA IDENTIFICAÇÃO (20140031) CURSOS A QUE ATENDE ENGENHARIA DE

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Tem sido estimado que as atividades associadas à preparação, à transmissão, à entrada e ao preenchimento

Leia mais

Análise dos custos logísticos na ótica do fornecedor supermercadista.

Análise dos custos logísticos na ótica do fornecedor supermercadista. Análise dos custos logísticos na ótica do fornecedor supermercadista. Romão del Cura Lopéz (OPET) romao_dcl@ig.com.br Rodrigo Perez Guerra (OPET) rodrigoguerra@softall.com.br Mari Regina Anastácio (PUCPR)

Leia mais

Logistica Empresarial 7/11/2013

Logistica Empresarial 7/11/2013 Logística mpresarial Apresentação Professor: Luiz Mottim Graduação: Ciências Contábeis 1.999 Pós Graduação: Gestão Logística 2.004 (3G) Pós Graduação: Gestão Industrial 2.007 Atividade profissional: 27

Leia mais

A LOGÍSTICA COMO INSTRUMENTO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO EM EMPRESAS FORNECEDORAS DE BENS DE CONSUMO NÃO DURÁVEIS.

A LOGÍSTICA COMO INSTRUMENTO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO EM EMPRESAS FORNECEDORAS DE BENS DE CONSUMO NÃO DURÁVEIS. A LOGÍSTICA COMO INSTRUMENTO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO EM EMPRESAS FORNECEDORAS DE BENS DE CONSUMO NÃO DURÁVEIS. Carolina Salem de OLIVEIRA 1 Cristiane Tarifa NÉSPOLIS 2 Jamile Machado GEA 3 Mayara Meliso

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Planejamento no Supply Chain - 2015 - Apresentação As empresas devem garantir que suas cadeias de suprimento estejam preparadas para um mercado em constante modificação. Planejar

Leia mais

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dayves Pereira Fernandes de Souza Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Introdução A A logística sempre existiu e está presente no dia a dia de todos nós, nas mais diversas

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO EM UMA EMPRESA DA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA: UM ESTUDO DE CASO

DIAGNÓSTICO DA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO EM UMA EMPRESA DA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA: UM ESTUDO DE CASO DIAGNÓSTICO DA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO EM UMA EMPRESA DA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA: UM ESTUDO DE CASO Marilene de Assis Sabino (UFOP) mari-shinoda@bol.com.br Karine Araujo Ferreira (UFOP) karineprod@yahoo.com.br

Leia mais