Medidor de temperatura multiponto Rosemount 848T

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Medidor de temperatura multiponto Rosemount 848T"

Transcrição

1 Folha de dados do produto Medidor de temperatura multiponto Rosemount 848T A medição inovadora de temperatura para aplicações de alta densidade que fornece economia na instalação e na operação Entradas configuráveis de modo independente que dão suporte a sinais de TERMORRESISTORES, termopar, ohm, mv, 0 a 10 volts e 4 a 20 ma Opções de carcaça e projeto intrinsecamente seguro possibilitam a instalação nas proximidades de qualquer processo, inclusive de áreas classificadas Recursos WirelessHART prolongam os benefícios totais da PlantWeb para locais anteriormente inacessíveis O melhor diagnóstico de validação de medição do setor pode identificar uma variedade de preocupações com o processo, inclusive degradação do sensor, conectividade da fiação do sensor, alta vibração (que afeta a medição) e variações anormais no processo. Índice Medições de temperatura multiponto página 2 O transmissor de temperatura Rosemount 848T FOUNDATION fieldbus página 4 Informações sobre pedidos página 4 Especificações página 6 Certificações do produto página 10 Desenhos dimensionais página 15 O transmissor de temperatura sem fio Rosemount 848T página 18 Informações sobre pedidos página 18 WirelessHART... O padrão Industrial página 20 Especificações página 21 Certificações do produto página 25 Desenhos dimensionais página 27

2 Folha de dados do produto Medições de temperatura multiponto Aumente o desempenho com transmissores para alta densidade Transmita várias medições com um conjunto transmissor Monte nas proximidades do processo para reduzir o comprimento da fiação do sensor e aumentar a confiabilidade da medição Aumente a precisão com correção de EMI, compensação de junção de referência e diagnóstico do dispositivo Reduza os custos de instalação em até 70 por cento Evite desligamentos desnecessários do processo, problemas relacionados à falha em escala e condições inseguras do processo com diagnóstico de validação de medições Detecte anormalidades nas medições e adote ações preventivas antes que seja necessário um desligamento Determine a validade dos pontos de dados que estão fora dos limites de alarme Identifique falhas em escala e tome ações antes que a eficiência e a segurança do processo sejam comprometidas Detecte taxas de alteração do processo anormalmente rápidas antes que o estado de alarme seja atingido Medições de temperatura em alta densidade Solução ideal para fazer várias medições próximas umas das outras, como: Temperatura de rolamentos em bombas e motores Colunas de destilação Fornos e caldeiras Reatores, tanques de armazenamento e muitos outros Simplifique a instalação e reduza os custos de fiação Elimine a os painéis de rearranjo Menos roteamento de fios e menos terminações Startups mais rápidos com menos dispositivos Acesse informações valiosas com novos painéis de dispositivos Aproveite as práticas de projeto para criar uma interface de usuário intuitiva Veja instantaneamente o status e a saída de cada sensor Links diretos para diagnósticos gráficos e ajuda com solução de problemas Reduza drasticamente o tempo de configuração 2

3 Folha de dados do produto O sistema sem fio inteligente oferece soluções sem fio inovadoras para a medição de temperatura A rede auto organizada proporciona informações valiosas com confiabilidade de dados superior a >99% e estabelece uma rede altamente estável Protocolo WirelessHART aprovado pelo IEC As soluções Emerson SmartPower fornecem um módulo de alimentação intrinsecamente seguro, permitindo substituições em campo, sem retirar o transmissor do processo, mantendo a segurança do pessoal e reduzindo os custos de manutenção A abordagem em camadas da Emerson Process Management para segurança de rede sem fio garante que as transmissões de dados sejam realizadas de forma segura. FOUNDATION fieldbus O FOUNDATION fieldbus oferece medições eficientes com redução nos custos de fiação Internacionalmente reconhecida, a Digital Network (IEC 61158) dá suporte à conexão de até 16 dispositivos em um único par trançado de fios Possibilita computação avançada com o uso de blocos de funções Fornece status contínuo da medição para cada ponto de medição Custos reduzidos com redução de fiação, terminais e número necessário de barreiras intrinsecamente seguras Explore os benefícios da solução completa da Rosemount em medições de temperatura A Emerson oferece uma seleção de termorresistores e termopares que conferem durabilidade superior e confiabilidade Rosemount à detecção de temperatura com sensores Uma ampla oferta de poços termométricos atende aos requisitos exigentes de uma variedade de aplicações do processo Aproveite a consistência global e o suporte local das unidades de fabricação de temperatura Rosemount em todo o mundo A fabricação de qualidade internacional fornece em todo o mundo produtos consistentes de cada fábrica e a capacidade de atender às necessidades de qualquer projeto Os experientes consultores de instrumentação ajudam a selecionar os produtos certos para cada aplicação de temperatura Uma ampla rede global do pessoal de serviço e suporte da Emerson pode estar no local quando e onde eles forem necessários 3

4 FOUNDATION fieldbus Folha de dados do produto O transmissor de temperatura Rosemount 848T FOUNDATION fieldbus O Rosemount 848T oferece uma solução de baixo custo para medições de alta densidade. O 848T aceita oito entradas de sensores que podem ser configuradas de modo independente e montadas nas proximidades do processo para melhorar a qualidade dos dados. A arquitetura do FOUNDATION fieldbus possibilita a transmissão de até 128 medições de temperatura em um único canal H1 fieldbus. Além disso, o 848T é alimentado pelo barramento, reduzindo ainda mais a quantidade de fiação necessária para instalar o dispositivo. O projeto robusto foi comprovado em centenas de instalações bem-sucedidas. Os recursos abrangem: Oito entradas que podem ser configuradas de modo independente, com sinais de termirresistores de 2 e 3 fios, termopares, mv, ohms de 2 e 3 fios e4 a 20mA O melhor diagnóstico de validação de medição do setor Recurso fieldbus com 8 blocos AI, 2 blocos MAI, 4 blocos ISEL e recursos de backups LAS (Link Active Scheduler, agendador ativo de links) Isolamento de 600 Vcc e proteção integral contra transientes Tabela 1. Tabela de pedidos do Rosemount 848T FOUNDATION fieldbus A oferta padrão representa as opções mais comuns. As opções com estrelas ( ) devem ser selecionadas para a melhor entrega. A oferta expandida está sujeita a prazo de entrega adicional. Modelo 848T Descrição do produto Família de medição de temperatura em alta densidade Saída do transmissor F Sinal digital FOUNDATION fieldbus (contém blocos de função AI, MAI e ISEL e Backups LAS) É necessária a caixa de derivação Certificações do produto (1) Rosemount? I1 Segurança intrínseca ATEX Não I3 Segurança intrínseca NEPSI Não I4 Segurança intrínseca TIIS (FISCO) tipo 1a Não H4 Segurança intrínseca TIIS (FISCO) tipo 1b Não I5 (2) Intrinsecamente seguro FM Não I6 (2) Intrinsecamente seguro CSA Não I7 Segurança intrínseca IECEx Não IA ATEX FISCO, segurança intrínseca Não IE Intrinsecamente seguro FM FISCO Não IF (2) Intrinsecamente seguro CSA FISCO, divisão 2 Não IG IECEx FISCO (Segurança intrínseca) Não N1 ATEX tipo n (Carcaça necessária) Sim N5 FM classe I, divisão 2 e à prova de ignição de poeira (carcaça necessária) Sim N6 CSA classe I, divisão 2 Não N7 IECEx tipo n (Carcaça necessária) Sim NC Componente ATEX tipo n (Ex na nl) Não (3) ND ATEX poeira (Carcaça necessária) Sim NJ Componente IECEx tipo n (Ex na nl) Não (3) NK FM classe 1, divisão 2 Não NA Sem certificado Não 4

5 Folha de dados do produto Tabela 1. Tabela de pedidos do Rosemount 848T FOUNDATION fieldbus A oferta padrão representa as opções mais comuns. As opções com estrelas ( ) devem ser selecionadas para a melhor entrega. A oferta expandida está sujeita a prazo de entrega adicional. Expandida E6 CSA à prova de explosões, à prova de ignição de poeira, divisão 2 (Carcaça JX3 necessária) Sim (4) Tipos de entrada S001 Entradas TERMORRESISTORES, termopar, mv, Ohm S002 (5) Entradas TERMORRESISTORES, termopar, mv, Ohm e 4 a 20 ma Opções (Inclua com o número do modelo selecionado) Diagnóstico avançado PlantWeb D04 Diagnóstico de validação de medição Proteção contra transientes T1 Protetor de transiente integral Suporte de montagem B6 Suporte de fixação para montagem em tubo de 2 polegadas suporte em aço inox e parafusos Opções de carcaça JP1 Caixa de derivação de plástico, sem entradas JP2 Caixa de plástico, prensa-cabos (prensa-cabos 9 x M20 de latão revestido com níquel para cabo não blindado de 7,5 a 11,9 mm) JP3 Caixa de plástico, entradas para conexão elétrica (5 furos fechados, ideal para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT) JA1 Caixa de derivação de alumínio, sem entradas JA2 Prensa-cabos de alumínio (prensa-cabos 9 x M20 de latão revestido com níquel para cabo não blindado de 7,5 a 11,9 mm) JA3 Entradas de alumínio para conexão elétrica (5 furos fechados, ideal para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT) JS1 Caixa de derivação de aço inoxidável, sem entradas JS2 Caixa de aço inoxidável, prensa-cabos (prensa-cabos 9 x M20 de latão revestido com níquel para cabo não blindado de 7,5 a 11,9 mm) JS3 Caixa de aço inoxidável, entradas para conexão elétrica (5 furos fechados, ideal para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT) JX3 (6) Caixa à prova de explosões, entradas para conexão elétrica (4 furos fechados, ideal para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT) Configuração do software C1 Configuração personalizada da Data, Descritor, Mensagem e Parâmetros sem fio (CDS é necessário com o pedido) Filtro de linha F5 Filtro de tensão de linha de 50 Hz Certificado de calibração Q4 Certificado de calibração (calibração de 3 pontos) Certificação de navegação SBS Aprovação tipo ABS (American Bureau of Shipping) SLL Aprovação tipo Lloyd s Register (LR) Teste especial de temperatura Expandida LT Teste para 51,1 C ( 60 F) Conector elétrico da conexão elétrica GE (7) M12, 4 pinos, conector macho (eurofast ) GM (7) Tamanho A Mini, 4 pinos, conector macho (minifast ) Número do modelo típico: 848T F I5 S001 T1 B6 JA2 FOUNDATION fieldbus (1) Consulte a disponibilidade na fábrica. (2) Disponível apenas com a opção S001. (3) O Rosemount 848T pedido com aprovação de componente não está aprovado como unidade independente. É necessária uma certificação adicional do sistema. (4) A opção de carcaça JX3 deve ser pedida com o código E6 de Certificação do produto. (Anel de vedação da carcaça JX3 classificado para 20 C). (5) S002 só está disponível com a Certificação do produto N5, N6, N1, NC, NK e NA. (6) Carcaça JX3 à prova de explosões classificada para 20 C ( 4 F). (7) Disponível sem aprovação ou apenas com certificados intrinsecamente seguros. Para FM Intrinsecamente seguro (código de opção I5), instale de acordo com o desenho Rosemount

6 Folha de dados do produto FOUNDATION fieldbus Instalação elétrica fios, TERMORRE- SISTORES e Ohms Diagrama de fiação do sensor Rosemount 848T fios, TERMORRE- Termopares/ohms e milivolts SISTORES e Ohms* TERMORRESIS- TORES com dois fios e circuito de compensação* * A Emerson Process Management fornece sensores de 4 fios para todos os TERMORRESISTORES de um único elemento. Use estes TERMORRESISTORES em configurações de 3 fios cortando o quarto fio ou deixando-o desconectado e isolado com fita isolante. ** Os transmissores devem ser configurados para um TERMORRESISTORES de 3 fios para que um TERMORRESISTORES seja reconhecido com um circuito de compensação. Configuração padrão A menos que especificado de outra forma, o transmissor será enviado como segue para todos os oito sensores: Configuração padrão Tipo de sensor (1) Termopar tipo J Amortecimento (1) 5 segundos Unidades de medição (1) C Saída (1) Linear com temperatura Filtro de tensão de linha (1) 60 Hz Blocos específicos de Bloco do transdutor do sensor (1) temperatura Blocos de funções do FOUNDATION fieldbus Filtro para transientes de entrada (1) Entrada analógica (8) Entrada analógica múltipla (2) Seletor de entrada (4) Ativado (1) Para todos os oito sensores. Especificações FUNCIONAIS Entradas Oito canais que podem ser configurados de modo independente, inclusive combinações de entradas de TERMORRESISTORES de 2 e 3 fios, termopares, mv e ohms de 2 e 3 fios. Entradas de 4 a 20 ma usando conector(es) opcional(is). Saídas Sinal digital codificado Manchester que satisfaz às exigências IEC e ISA Status Se o diagnóstico automático detectar um desgaste do sensor ou uma falha do transmissor, o estado da medição será atualizado de forma adequada. Limites de temperatura ambiente 40 a 85 C ( 40 a 185 F) Precisão (Pt 100 em condição de referência: 20 C) ± 0,30 C (± 0.54 F) Para obter a lista completa, consulte Precisão na página 8. Isolamento Isolamento de 600 Vcc canal a canal (1). Isolamento de 10 Vcc canal a canal para todas as condições de operação com no máximo 150 metros (500 pés) de comprimento do fio do sensor 18 AWG. (1) As condições de referência são 40 a 60 C ( 40 a 140 F) com 30 metros (100 pés) do comprimento do fio do sensor 18 AWG. Fonte de alimentação Alimentado por FOUNDATION fieldbus com fontes de alimentação fieldbus padrão. Os transmissores operam entre 9,0 e 32,0 Vcc, 22 ma no máximo. (Os terminais de alimentação do transmissor são classificados para 42,4 Vcc.) Proteção contra transientes O protetor contra transientes (código de opção T1) ajuda a evitar danos ao transmissor causados por transientes na fiação do circuito induzidos por relâmpagos, soldagem, equipamentos elétricos pesados ou chaveamentos. Esta opção é instalada na fábrica para o Rosemount 848T e não foi projetada para instalação em campo. Tempo de atualização Aproximadamente 1,5 segundos para ler todas as 8 entradas. Limites de umidade Umidade relativa de 0 a 99%, sem condensação. Tempo para ativação O desempenho dentro das especificações é obtido em menos de 30 segundos depois que energia for aplicada ao transmissor. Alarmes Os blocos de função AI e ISEL possibilitam que o usuário configure os alarmes para HI-HI (alto-alto), HI (alto), LO (baixo) ou LO-LO (baixo-baixo) com vários níveis de prioridade e configurações de histerese. Teste de conformidade com a compatibilidade eletromagnética Atende aos critérios da Diretriz da União Europeia 2004/108/EC Atende aos critérios da IEC 61326:

7 Folha de dados do produto Estabilidade ± 0,1% de leitura ou 0,1 C (0.18 F), o que for maior, durante 2 anos para TERMORRESISTORES. ± 0,1% de leitura ou 0,1 C (0.18 F), o que for maior, durante 1 ano para termopares. Autocalibração Os conversores analógico-digital do transmissor fazem a autocalibração para cada atualização de temperatura comparando a medição dinâmica a elementos de referência internos extremamente estáveis e precisos. Efeito de vibração Os transmissores são testados com altas especificações de vibração na tubulação de acordo com a IEC sem efeito sobre o desempenho. Agendador ativo de links (LAS) O transmissor é classificado como um link mestre de dispositivos, o que significa que ele pode funcionar como um agendador de link ativo (LAS) se o dispositivo do link mestre falhar ou for removido do segmento. O host ou outra ferramenta de configuração são usados para fazer o download do agendador para a aplicação no dispositivo de link mestre. Na falta de um link mestre primário, o transmissor pedirá o LAS e fornecerá controle permanente para o segmento H1. Atualização de software em campo É fácil fazer upgrade do software do Rosemount 848T com FOUNDATION fieldbus em campo com o procedimento comum de download do software para dispositivos comuns do FOUNDATION fieldbus. Parâmetros do FOUNDATION fieldbus Entradas programadas 20 Links 30 Relações de comunicação virtual (VCRs) 20 FÍSICAS Montagem O Rosemount 848T pode ser montado diretamente em um trilho DIN ou pode ser pedido com uma caixa de derivação opcional. Ao usar a caixa de derivação opcional, o transmissor pode ser montado em um painel ou suporte de tubos de 2 pol. (com código de opção B6). Materiais de construção para caixa de derivação opcional Tipo de caixa de derivação Pintura Alumínio Plástico Aço inoxidável Alumínio à prova de explosão Peso Conjunto Classificação ambiental Tipo 4X e IP66 com caixa de derivação opcional. Carcaça JX3 à prova de explosões classificada para 20 C ( 4 F). BLOCOS DE FUNÇÃO Entrada analógica (AI) Resina epóxi NA NA NA Peso oz lb kg Apenas o Rosemount 848T ,208 Alumínio (1) ,22 Plástico (1) ,65 Aço inoxidável (1) ,18 Alumínio à prova de ,5 explosão (1) Adicione 0,998 kg (35,2 oz, 2.2 lb) para prensa-cabo de latão. Processa a medição e a torna disponível no segmento fieldbus. Permite a filtragem, alarmes e mudanças de unidade de engenharia. Seletor de entrada (ISEL) Usado para selecionar entre as entradas e gerar uma saída utilizando estratégias de seleção específicas, como mínimo, máximo, ponto médio ou temperatura média. Como o valor de temperatura sempre contém o status de medição, este bloco permite que a seleção seja restrita à primeira medição boa. Bloco de entradas múltiplas analógicas (MAI) O bloco MAI possibilita que os oito blocos AI sejam multiplexados em conjunto para que sirvam como um bloco de função no segmento H1, tendo como resultado mais eficiência de rede. FOUNDATION fieldbus Entradas para a caixa de derivação opcional Sem entrada Usado para conexões personalizadas Prensa-cabo Prensas-cabo 9 x M20 de latão revestido com níquel para cabo não blindado de 7,5 a 11,9 mm Conduíte 5 furos de 0,86 pol. de diâmetro, fechados, ideais para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT 7

8 Folha de dados do produto PRECISÃO FOUNDATION fieldbus Tabela 2. Opções de entrada/precisão Faixas de entrada Precisão sobre a(s) faixa(s) Opção do sensor Referência do sensor C F C F TERMORRESISTORES de 2 e 3 fios Pt 50 ( = 0,00391) GOST a a 1022 ± 0,57 ± 1.03 Pt 100 ( = 0,00391) GOST a a 1022 ± 0,28 ± 0.50 Pt 100 ( = 0,00385) IEC 751; = 0,00385, a a 1562 ± 0,30 ± 0.54 Pt 100 ( = 0,003916) JIS 1604, a a 1193 ± 0,30 ± 0.54 Pt 200 ( = 0,00385) IEC 751; = 0,00385, a a 1562 ± 0,54 ± 0.98 Pt 200 ( = 0,003916) JIS 1604; = 0,003916, a a 1193 ± 0,54 ± 0.98 Pt 500 IEC 751; = 0,00385, a a 1562 ± 0,38 ± 0.68 Pt 1000 IEC 751; = 0,00385, a a 572 ± 0,40 ± 0.72 Ni 120 Curva de Edison Nº 7 70 a a 572 ± 0,30 ± 0.54 Cu 10 Enrolamento de cobre Edison Nº a a 482 ± 3,20 ± 5.76 Cu 100 (a = 428) GOST a a 392 ± 0,48 ± 0.86 Cu 50 (a = 428) GOST a a 392 ± 0,96 ± 1.73 Cu 100 (a = 426) GOST a a 392 ± 0,48 ± 0.86 Cu 50 (a = 426) GOST a a 392 ± 0,96 ± 1.73 Termopares junção fria adiciona + 0,5 C à precisão relacionada NIST tipo B (a precisão varia de acordo com a faixa de entrada) NIST monografia a a a a 3308 ± 6,00 ± 1,54 ± ± 2.78 NIST tipo E NIST monografia a a 1832 ± 0,40 ± 0.72 NIST tipo J NIST monografia a a 1400 ± 0,70 ± 1.26 NIST tipo K NIST monografia a a 2501 ± 1,00 ± 1.80 NIST tipo N NIST monografia a a 2372 ± 1,00 ± 1.80 NIST tipo R NIST monografia a a 3214 ± 1,50 ± 2.70 NIST tipo S NIST monografia a a 3214 ± 1,40 ± 2,52 NIST tipo T NIST monografia a a 752 ± 0,70 ± 1.26 DIN L DIN a a 1652 ± 0,70 ± 1.26 DIN U DIN a a 1112 ± 0,70 ± 1,26 w5re26/w26re ASTME a a 3632 ± 1,60 ± 2.88 Tipo L GOST R 8, a a 1472 ± 0,71 ± 1,28 Temperatura do terminal 50 a a 185 ± 0,50 ± 0,90 Entrada em milivolts Não aprovada para uso com o código de opção I6 CSA 10 a 100 mv ± 0,05 mv Entrada Ohm de 2 e 3 fios 0 a 2000 ohms ± 0,90 ohms 4 a 20 ma (Rosemount) (1) 4 a 20 ma ± 0,01 ma 4 a 20 ma (NAMUR) (1) 4 a 20 ma ± 0,01 ma (1) Requer um código de opção S002. Observações de configuração diferencial Existe o recurso de diferencial entre qualquer um dos dois tipos de sensor. Para todas as configurações de diferencial, a faixa de entrada é de X a Y, onde: X = Sensor A mínimo Sensor B máx. Y = Sensor A máximo Sensor B mín. Precisão para configurações de diferencial: Se os tipos de sensor forem semelhantes (por exemplo, ambos TERMORRESISTORES ou ambos termopares), a precisão = 1,5 vezes a precisão do pior caso de cada tipo de sensor. Se os tipos de sensor forem diferentes (por exemplo, um TERMORRESISTORES e um termopar), a precisão = precisão do sensor 1 + precisão do sensor 2. Sensores analógicos de 4 a 20 ma Estão disponíveis dois tipos de níveis de alarmes com sensores de 4 a 20 ma no 848T. Esses tipos devem ser pedidos com o código de opção S002 completo com um kit de conectores analógicos. Os níveis de alarme e a precisão de cada tipo estão relacionados na Tabela 3. Tabela 3. Sensores analógicos Níveis de Precisão Opção do sensor alarme 4 a 20 ma (padrão Rosemount) 3,9 a 20,8 ma ± 0,01 ma 4 a 20 ma (NAMUR) 3,8 a 20,5 ma ± 0,01 ma 8

9 Folha de dados do produto EFEITO DA TEMPERATURA AMBIENTE Os transmissores podem ser instalados em locais em que a temperatura ambiente esteja entre 40 e 85 C ( 40 e 185 F). Tabela 4. Efeitos da temperatura ambiente Tipo NIST Precisão por 1,0 C (1.8 F) de alteração na temperatura ambiente (1) Faixa de temperatura ( C) TERMORRESISTORES Pt 50 (α = 0,00391) 0,004 C ( F) NA Pt 100 (α = 0,00391) 0,002 C ( F) NA FOUNDATION fieldbus Pt 100 (α = 0,00385) 0,003 C ( F) NA Pt 100 (α = 0,003916) 0,003 C ( F) NA Pt 200 (α = 0,003916) 0,004 C ( F) NA Pt 200 (α = 0,00385) 0,004 C ( F) NA Pt 500 0,003 C ( F) NA Pt ,003 C ( F) NA Cu 10 0,03 C (0.054 F) NA Cu 100 (a=428) 0,002 C ( F) NA Cu 50 (a=428) 0,004 C ( F) NA Cu 100 (a=426) 0,002 C ( F) NA Cu 50 (a=426) 0,004 C ( F) NA Ni 120 0,003 C ( F) NA Termopar (R = o valor da leitura) Tipo B 0,014 C 0,032 C (0,0025% de (R 300)) 0,054 C (0,011% de (R 100)) Tipo E 0,005 C + (0,00043% de R) Todos R R < R < 300 Tipo J, DIN tipo L 0,0054 C + (0,00029% de R) 0,0054 C + (0,0025% de R ) Tipo K 0,0061 C + (0,00054% de R) 0,0061 C + (0,0025% de R ) R 0 R < 0 R 0 R < 0 Tipo N 0,0068 C + (0,00036% de R) Todos Tipo R, tipo S 0,016 C 0,023 C (0,0036% de R) Tipo T, DIN tipo U 0,0064 C 0,0064 C (0,0043% de R ) GOST Tipo L 0,007 C 0,007 C + (0,003% de IRI) Milivolts 0,0005 mv NA Ohm de 2 e 3 fios 0,0084 ohms NA 4 a 20 ma (Rosemount) 0,0001 ma NA 4 a 20 ma (NAMUR) 0,0001 ma NA R 200 R < 200 R 0 R < 0 R 0 R < 0 (1) Mudança no ambiente em referência à temperatura de calibração do transmissor (20 C (68 F) típica da fábrica). Observações sobre a temperatura ambiente Exemplos: Quando estiver usando uma entrada de sensor de Pt 100 (α = 0,00385) a uma temperatura ambiente de 30 C: Efeitos da temperatura ambiente: 0,003 C x (30 20) = 0,03 C Pior caso: Precisão do sensor + Efeitos da temperatura ambiente = 0,30 C + 0,03 C = 0,33 C Erro total provável 0, ,03 2 = 0,30 C 9

10 Folha de dados do produto Certificações do produto FOUNDATION fieldbus CERTIFICAÇÕES DE ÁREAS CLASSIFICADAS Certificações norte-americanas Aprovações da Factory Mutual (FM) I5 Intrinsecamente seguro e à prova de incêndio Intrinsecamente seguro para uso em Classe I, Divisão 1, Grupos A, B, C e D, quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T4 (T amb = 40 a 60 C); À prova de incêndio para uso em Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C e D (adequado para uso com fiação de campo à prova de incêndio) quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T4A (T amb = 40 a 85 C) T5 (T amb = 40 a 70 C) Necessária a carcaça Rosemount. Áreas classificadas confinadas (restritas). Tabela 5. Parâmetros de entidade FM aprovados Alimentação/barramento Sensor (1) V máx = 30 V V OC = 12,5 V I máx = 300 ma I SC = 4,8 ma P i = 1,3 W P o = 15 mw C i = 2,1 nf C A = 1,2 μf L i = 0 L A = 1 H (1) Os parâmetros de entidade aplicam-se a todo o dispositivo e não ao canal individual do sensor. Tabela 6. Parâmetros de entidade para fiação de campo à prova de incêndio Alimentação/barramento Sensor (1) V máx = 42,4 V V OC = 12,5 V C i = 2,1 nf I SC = 4,8 ma L i = 0 P o = 15 mw C A = 1,2 μf L A = 1 H (1) Os parâmetros de entidade aplicam-se a todo o dispositivo e não ao canal individual do sensor. Tabela 7. Parâmetros de entidade Alimentação/barramento Sensor (1) V máx = 17,5 V V OC = 12,5 V I máx = 380 ma I SC = 4,8 ma P i = 5,32 W P o = 15 mw C i = 2,1 nf C A = 1,2 μf L i = 0 L A = 1 H (1) Os parâmetros de entidade aplicam-se a todo o dispositivo e não aos canais individuais do sensor. N5 À prova de ignição de poeira Para uso em Classe II, III, Divisão 1, Grupos E, F, G. Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C, D; À prova de incêndio para Classe 1, Divisão 2, Grupos A, B, C, D quando instalado de acordo com o desenho de controle da Rosemount. Necessária a carcaça Rosemount. Válido com as opções S001 e S002. Código de temperatura: T4A (T amb = 40 a 85 C) T5 (T amb = 40 a 70 C) NK À prova de incêndio para uso em Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C e D (adequado para uso com fiação de campo à prova de incêndio) quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T4A (T amb = 40 a 85 C) T5 (T amb = 40 a 70 C) Necessária a carcaça Rosemount. Áreas classificadas confinadas (restritas). Tabela 8. Parâmetros de entidade FM aprovados (1) Alimentação/barramento V máx = 42,4 V C i = 2,1 μf L i = 0 H Sensor V OC = 12,5 V I SC = 4,8 ma P o = 15 mw C A = 1,2 μf L A = 1 H IE FISCO (conceito de Intrinsecamente seguro Fieldbus) Segurança intrínseca Intrinsecamente seguro para uso em Classe I, Divisão 1, Grupos A, B, C e D, quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T4 (T amb = 40 a 60 C); À prova de incêndio para uso em Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C e D (adequado para uso com fiação de campo à prova de incêndio) quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T4A (T amb = 40 a 85 C) T5 (T amb = 40 a 70 C) (1) Parâmetros para intrinsecamente seguro e à prova de incêndio Aprovações da CSA (Canadian Standards Association) E6 À prova de explosões e à prova de ignição de poeira Classe I, Divisão 1, Grupos B, C e D. Classe II, Divisão 1, Grupos E, F e G. Classe III Deve ser instalado na opção JX3 de carcaça. Instale conforme o desenho Não há necessidade de vedação de conduíte. 10

11 Folha de dados do produto Adequado para uso em Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C e D, quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T3C = ( 50 T amb 60 C) Deve ser instalado em uma carcaça adequada, aceita pela autoridade local de inspeção. I6 Intrinsecamente seguro, Divisão 2 Para uso em Classe I, Divisão 1, Grupos A, B, C e D, quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T3C (T amb = 50 a 60 C) Adequado para Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C, D. Classificado para 42,4 VCC máx. Não válido com a opção S002. Tabela 9. Parâmetros de entidade CSA aprovados Alimentação/barramento Sensor (1) V máx = 30 V V OC = 12,5 V I máx = 300 ma I SC = 4,8 ma C i = 2,1 nf P o = 15 mw L i = 0 C A = 1,2 μf L A = 1 H IF (1) Os parâmetros de entidade aplicam-se a todo o dispositivo e não aos canais individuais do sensor. FISCO (Intrinsecamente seguro) Para uso em Classe I, Divisão 1, Grupos A, B, C e D, quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T3C (T amb = 50 a 60 C) Adequado para Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C, D. Classificado para 42,4 VCC máx. Não válido com a opção S002. Tabela 10. Parâmetros de entidade CSA aprovados Alimentação/barramento Sensor (1) U i = 17,5 V V OC = 12,5 V I i = 380 ma I SC = 4,8 ma P i = 5,32 W P o = 15 mw C i = 2,1 nf C a = 1,2 μf L i = 0 L a = 1 H (1) Os parâmetros de entidade aplicam-se a todo o dispositivo e não aos canais individuais do sensor. N6 Classe I, Divisão 2 Adequado para uso em Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C e D, quando instalado de acordo com o desenho da Rosemount. Código de temperatura: T3C = ( 50 T a 60 C) Deve ser instalado em uma carcaça adequada, aceita pela autoridade local de inspeção. Certificações europeias Aprovações ATEX I1 Segurança intrínseca Número da certificação: Baseefa09ATEX0093X Marca ATEX II 1 G Ex ia IIC T4 (T amb = 50 a 60 C) 1180 Tabela 11. Parâmetros de entidade ATEX aprovados Alimentação/barramento Sensor (1) U i = 30 V U o = 12,5 V I i = 300 ma I o = 4,8 ma P i = 1,3 W P o = 15 mw C i = 0 C i = 1,2 μf L i = 0 L i = 1 H CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. Este equipamento deve ser instalado em uma carcaça que tenha um grau de proteção pelo menos IP20. As carcaças não metálicas devem ter uma resistência de superfície de menos de 1 Gohm. Carcaças de liga leve ou zircônio devem ser protegidas contra impactos e atritos quando instaladas. 2. O equipamento não é capaz de suportar o teste de isolamento de 500 Vrms exigido pela cláusula da EN :2007. Isso deve ser considerado ao instalar o equipamento. IA (1) Os parâmetros de entidade aplicam-se a todo o dispositivo e não aos canais individuais do sensor. FISCO (conceito de Intrinsecamente seguro Fieldbus) Segurança intrínseca Número do certificado: BASEEFA09ATEX0093X Marca ATEX II 1 G Ex ia IIC T4 (T amb = 50 a 60 C) 1180 Tabela 12. Parâmetros de entidade ATEX aprovados Alimentação/barramento U i = 17,5 V I i = 380 ma P i = 5,32 W C i = 0 L i = 0 Sensor U o = 12,5 V I o = 4,8 ma P o = 15 mw C i = 1,2 μf L i = 1 H CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. Este equipamento deve ser instalado em uma carcaça que tenha um grau de proteção pelo menos IP20. As carcaças não metálicas devem ter uma resistência de superfície de menos de 1 Gohm. Carcaças de liga leve ou zircônio devem ser protegidas contra impactos e atritos quando instaladas. 2. O equipamento não é capaz de suportar o teste de isolamento de 500 V rms exigido pela cláusula da EN :2007. Isso deve ser considerado ao instalar o equipamento. FOUNDATION fieldbus 11

12 Folha de dados do produto FOUNDATION fieldbus NE APROVAÇÃO ATEX TIPO n Número da certificação: BASEFFA09ATEX0095X Marca ATEX II 3 G Ex na nl IIC T5 (T amb = 40 a 65 C) Tabela 13. Parâmetros de entidade ATEX aprovados Alimentação/barramento U i = 42,4 Vcc C i = 0 L i = 0 Sensor U o = 5 Vcc I o = 2,5 ma C o = 1000 μf L o = 1 H CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. Deve-se tomar medidas externas ao equipamento para evitar que a tensão nominal (42,4 Vcc) seja ultrapassada por distúrbios transientes de mais de 40%. 2. A faixa de uso à temperatura ambiente deverá ser a mais restrita do equipamento, prensa-cabo ou tampões de vedação. OBSERVAÇÃO: NE é válido APENAS com o tipo de entrada S001 N1 ATEX Tipo n Número da certificação: Baseefa09ATEX0095X Marca ATEX II 3 G Ex nl IIC T5 (T amb = 40 a 65 C) Tabela 14. Parâmetros de entidade Alimentação/barramento U i = 42,4 Vcc C i = 0 L i = 0 Sensor U o = 12,5 Vcc I o = 4,8 ma P o = 15 mw C o = 1,2 μf L o = 1 H CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. O componente deve ser alojado em uma carcaça adequada e certificada que forneça um grau de proteção de no mínimo IP54 e atenda aos respectivos requisitos ambientais e de material da EN e da EN Deve-se tomar medidas externas ao equipamento para evitar que a tensão nominal (42,4 Vcc) seja ultrapassada por distúrbios transientes de mais de 40%. 3. O circuito elétrico está conectado diretamente ao aterramento. Isso deve ser considerado ao instalar o equipamento. ND À prova de ignição por poeira ATEX Número da certificação: BAS01ATEX1315X Marca ATEX II 1 D T90C (T amb = 40 a 65 C) IP66 CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. O usuário deve assegurar que a tensão e a corrente nominais máximas (42,4 Vcc, 22 ma) não sejam ultrapassadas. Todas as conexões a outros equipamentos ou equipamento associado deverão ter o controle sobre esta tensão e corrente equivalente a uma categoria de circuito ib de acordo com a EN : Devem ser usados Ex e entradas de cabos aprovados para os componentes que mantenham a proteção contra infiltração da carcaça até pelo menos IP Todos os furos para entrada de cabos não utilizados deverão ser preenchidos com Ex e tampões de vedação aprovados para os componentes. 4. A faixa de uso à temperatura ambiente deverá ser a mais restrita do equipamento, prensa-cabo ou tampões de vedação. CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. Deve-se tomar medidas externas ao equipamento para evitar que a tensão nominal da alimentação do equipamento não seja ultrapassada por distúrbios transientes de mais de 40%. 2. O circuito elétrico está conectado diretamente ao aterramento. Isso deve ser levado em consideração ao instalar o equipamento. NC Componente ATEX Tipo n Número da certificação: Baseefa09ATEX0094U Marca ATEX II 3 G Ex na nl IIC T4 (T amb = 50 a 85 C) Ex na nl IIC T5 (T amb = 50 a 70 C) OBSERVAÇÃO: NC É VÁLIDO APENAS COM O TIPO DE ENTRADA S001 12

13 Folha de dados do produto Certificações IECEx I7 Segurança intrínseca IECEx Certificado nº: IECExBAS X Ex ia IIC T4 (T amb = 50 a 60 C) Tabela 15. Parâmetros de entidade IECEx aprovados Alimentação/barramento Sensor U i = 30 V U o = 12,5 V I i = 300 ma I o = 4,8 ma P i = 1,3 W P o = 15 mw C i = 2,1 μf C i = 1,2 μf L i = 0 L i = 1 H CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. O equipamento deve ser instalado em uma carcaça que forneça um grau de proteção de pelo menos IP20. As carcaças não metálicas devem ser adequadas para evitar riscos eletrostáticos e as carcaças de liga de alumínio ou zircônio leves devem ser protegidas contra impacto e atrito quando instaladas. 2. O equipamento não é capaz de suportar o teste de isolamento de 500 V exigido pela Norma IEC : 2006 cláusula Isso deve ser considerado ao instalar o equipamento. IG IECEx FISCO Certificado nº: IECExBAS X Ex ia IIC T4 (T amb = 50 a 60 C) Tabela 16. Parâmetros de entidade IECEx aprovados Alimentação/barramento Sensor U i = 17,5 V I i = 380 ma P i = 5,32 W C i = 2,1 μf L i = 0 U o = 12,5 V I o = 4,8 ma P o = 15 mw C i = 1,2 μf L i = 1 H CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO (X): 1. O equipamento deve ser instalado em uma carcaça que forneça um grau de proteção de pelo menos IP20. As carcaças não metálicas devem ser adequadas para evitar riscos eletrostáticos e as carcaças de liga de alumínio ou zircônio leves devem ser protegidas contra impacto e atrito quando instaladas. 2. O equipamento não é capaz de suportar o teste de isolamento de 500 V exigido pela Norma IEC : 2006 cláusula Isso deve ser considerado ao instalar o equipamento. N7 Aprovação IECEx tipo n Certificado nº: IECExBAS X Ex Na nl IIC T5 (T amb = 40 a 65 C) OBSERVAÇÃO: N7 é válido com tipos de entrada S001 e S002 Tabela 17. Parâmetros de entidade IECEx aprovados Alimentação/barramento U i = 42,4 Vcc C i = 0 L i = 0 Sensor U o = 5 Vcc I o = 2,5 ma C o = 1000 μf L o = 1000 mh CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO: 1. O componente deve ser alojado em uma carcaça adequada e certificada que forneça um grau de proteção de no mínimo IP54 e atenda aos respectivos requisitos ambientais e de material da IEC : 2004 e IEC : Deve-se tomar medidas externas ao componente para garantir que a tensão nominal da alimentação do componente não seja ultrapassada por distúrbios transientes de mais de 40%. 3. O circuito elétrico está conectado diretamente ao aterramento. Isso deve ser levado em consideração ao instalar o componente. NJ Aprovação do COMPONENTE IECEx tipo n Número da certificação: IECExBAS U EEx na nl IIC T4 (T amb = 50 a 85 C) EEx na nl IIC T5 (T amb = 50 a 70 C) OBSERVAÇÃO: NJ é válido com tipos de entrada S001 e S002 Tabela 18. Parâmetros de entidade IECEx aprovados Alimentação/barramento U i = 42,4 Vcc C i = 0 L i = 0 Sensor U o = 5 Vcc I o = 2,5 ma C o = 1000 μf L o = 1000 mh CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO: 1. O componente deve ser alojado em uma carcaça adequada e certificada que forneça um grau de proteção de no mínimo IP54 e atenda aos respectivos requisitos ambientais e de material da IEC : 2004 e IEC : Deve-se tomar medidas externas ao componente para garantir que a tensão nominal da alimentação do componente não seja ultrapassada por distúrbios transientes de mais de 40%. 3. O circuito elétrico está conectado diretamente ao aterramento. Isso deve ser levado em consideração ao instalar o componente. Certificações China (NEPSI) I3 Segurança intrínseca Ex ia IIC T4 Número da certificação: GYJ111365X CONDIÇÕES ESPECIAIS DE USO SEGURO: 1. Somente quando o transmissor de temperatura for instalado em alojamento IP 20(GB ), ele pode ser usado em área classificada. O alojamento metálico deve observar os requisitos da GB Cláusula 8. O alojamento não metálico deve observar os requisitos da GB Cláusula 7.3. Este equipamento não é capaz de suportar o teste de isolamento de 500 Vrms exigido pela cláusula da GB A faixa de temperatura ambiente é: Saída Código T Temperatura ambiente F T4 50 C < Ta < + 60 C FOUNDATION fieldbus 13

14 Folha de dados do produto FOUNDATION fieldbus 3. Parâmetros: Terminais de alimentação/circuito (1 2): Saída Tensão máxima de saída: U o (V) Corrente máxima de saída: I o (ma) Alimentaçã o máxima de saída: P o (mw) Parâmetros externos máximos C o (μf) Lo (H) F ,3 2,1 0 F(FISCO) 17, ,32 2,1 0 Certificações japonesas I4 Segurança intrínseca TISS FISCO tipo 1a Ex ia IIC T4 Número da certificação: TC19713 H4 Segurança intrínseca TISS FISCO tipo 1b Ex ia IIB T4 Número da certificação: TC19714 OBSERVAÇÃO Os parâmetros não FISCO relacionados acima devem prover de uma alimentação linear com uma saída limitada por resistência. Saída Terminais do sensor: Terminais Tensão máxima de saída: U o (V) Corrente máxima de saída: I o (ma) Alimentaçã o máxima de saída: P o (mw) Parâmetros externos máximos: C o (μf) F ,5 4,8 15 1, O produto está em conformidade com os requisitos da FISCO para dispositivos de campo, especificados na IEC : Para a conexão de um circuito intrinsecamente seguro de acordo com o modelo da FISCO, os parâmetros da FISCO deste produto são os especificados acima. 5. O produto deve ser usado com equipamento associado certificado para Ex que estabeleça um sistema de proteção contra explosões e que possa ser usado em atmosferas de gases explosivos. A fiação e os terminais devem estar em conformidade com o manual de instruções do produto e equipamento associado. 6. Os cabos entre este produto e o equipamento associado devem ser cabos blindados (os cabos devem ter blindagem isolada). O cabo blindado deve ser aterrado de modo confiável em área não classificada. 7. Os usuários finais não têm permissão para alterar a parte interna de nenhum componente, mas resolver o problema em conjunto com o fabricante para evitar danos ao produto. 8. Durante a instalação, uso e manutenção deste produto, observe os seguintes padrões: GB Equipamento elétrico para atmosferas de gases explosivos, parte 13: reparo e revisão geral de equipamentos usados em atmosferas de gases explosivos. GB Equipamento elétrico para atmosferas de gases explosivos, parte 15: instalações elétricas em áreas classificadas (exceto minas). GB Equipamento elétrico para atmosferas explosivas, parte 16: inspeção e manutenção de instalação elétrica (exceto minas). GB Código para a construção e aceitação do dispositivo elétrico para atmosferas explosivas e engenharia de instalação de equipamentos elétricos perigosos. Lo (H) 14

15 Folha de dados do produto Desenhos dimensionais Caixas de derivação sem entradas (códigos de opção JP1, JA1 e JS1) as dimensões externas são as mesmas que as determinadas para os outros materiais de caixas de derivação desta seção. Rosemount 848T FOUNDATION fieldbus Vista superior Vista 3-D Vista lateral 43 Interruptor de segurança Interruptor de simulação (1.7) 170 (6.7) 93 (3.7) Conexão de fiação removível As dimensões estão em milímetros (polegadas) Caixa de derivação de alumínio/plástico prensa-cabo (códigos de opção JA2 e JP2) Vista superior Vista 3-D 260 (10,24) Vista dianteira Parafuso de aterramento Vista lateral 40 (1,57) 62 (2,44) 44 (1,73) 199,2 (7,84) 160 (6,30) 112 (4,41) 58 (2,28) 28 (1,10) 96 (3,78) As dimensões estão em milímetros (polegadas) 15

16 Folha de dados do produto Caixa de derivação de aço inoxidável prensa-cabo (código de opção JS2) FOUNDATION fieldbus Vista superior Vista 3-D 231 (9,91) 196 (7,7) Parafuso de aterramento Vista dianteira 46 (1,8) 28 (1,1) 44 (1,73) Vista lateral 232,2 (9,14) 196 (7,72) 168 (6,61) 62 (2,4) 30 (1,2) 102 (4,0) 47 (1,8) As dimensões estão em milímetros (polegadas) Caixa de derivação de alumínio/plástico entrada de conduíte (códigos de opção JA3 e JP3) Vista superior Vista 3-D 260 (10,2) Vista dianteira 40 (157) 62 (2,44) Vista lateral 260 (10,2) 89 (3,5) 42 (1,7) 5 furos de 0,86 pol. de diâmetro, fechados, ideais para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT As dimensões estão em milímetros (polegadas) 16

17 Folha de dados do produto Caixa de derivação de aço inoxidável entrada de conduíte (código de opção JS3) Vista superior Vista 3-D 231 (9,1) 196 (7,7) Vista dianteira 35 (1,4) 27 (1,1) 70 (2,8) Parafuso de aterramento Vista lateral 30 (1,2) WirelessHART 62 (2,4) 42 (1,6) 1,5 (0,06) 102 (4,0) 4,7 (1,8) 5 furos de 0,86 pol. de diâmetro, fechados, ideais para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT As dimensões estão em milímetros (polegadas) OPÇÕES DE MONTAGEM Caixa de derivação de alumínio/plástico (estilos JA e JP) Caixa de derivação de aço inoxidável (estilo JS) Vista dianteira Vista lateral Vista dianteira Vista lateral 130 (5,1) 260 (10,2) 167 (6,6) totalmente montado 119 (4,7) 190 (7,5) totalmente montado As dimensões estão em milímetros (polegadas) Caixa de derivação de alumínio/plástico montada em um tubo vertical Caixa de derivação de aço inoxidável montada em um tubo vertical 17

18 Folha de dados do produto O transmissor de temperatura sem fio Rosemount 848T WirelessHART O Rosemount 848T é a primeira opção em medição sem fio em alta densidade. Quatro entradas que podem ser configuradas de modo independente são transmitidas por meio do WirelessHART. Os custos por ponto são drasticamente reduzidos com o uso de redes sem fio inteligentes, com a mesma confiabilidade e segurança das soluções com fio. Além disso, a carcaça temperada em campo é ideal para instalação em áreas IS. Os recursos abrangem: Quatro entradas que podem ser configuradas de modo independente, incluindo: TERMORESISTORES de 2, 3 e 4 fios Termopares 0 a 1000 mv e 0 a 10 V Ohm de 2, 3 e 4 fios 4 a 20 ma Módulo de energia intrinsecamente seguro e de longa duração que utiliza a tecnologia SmartPower da Emerson Alertas alto e baixo configuráveis para melhorar o desempenho do processo Painel de dispositivos fácil de usar, utilizado para configurar, monitorar e resolver problemas do 848T sem fio Tabela 19. Tabela de pedidos de transmissores sem fio Rosemount 848T A oferta padrão representa as opções mais comuns. As opções com estrelas ( ) devem ser selecionadas para a melhor entrega. A oferta expandida está sujeita a prazo de entrega adicional. Modelo 848T Saída do transmissor Descrição do produto Família de medição de temperatura em alta densidade X Sem fio Certificações do produto I1 Segurança intrínseca ATEX I5 Intrinsecamente seguro FM I6 Intrinsecamente seguro CSA I7 Segurança intrínseca IECEx N5 FM classe I, divisão 2 e à prova de ignição de poeira (carcaça necessária) N6 CSA classe I, divisão 2 NA Sem certificado Tipo de entrada S001 Entradas de TERMORESISTORES, termopar, mv, Ohm S002 (1) Entradas de TERMORESISTORES, termopar, mv, Ohm e 4 a 20 ma S003 TERMORESISTORES, termopar, Ohm, mv e 2 adaptadores de voltagem de canal duplo S004 TERMORESISTORES, termopar, Ohm, mv e 1 adaptadores de voltagem de canal duplo 18

19 Folha de dados do produto Tabela 19. Tabela de pedidos de transmissores sem fio Rosemount 848T A oferta padrão representa as opções mais comuns. As opções com estrelas ( ) devem ser selecionadas para a melhor entrega. A oferta expandida está sujeita a prazo de entrega adicional. Opções (Inclua com o número do modelo selecionado) Taxa de ruptura sem fio, frequência operacional e protocolo WA3 (2) Taxa de ruptura configurável pelo usuário, 2,4 GHz DSSS, WirelessHART Antena sem fio onidirecional e SmartPower WK1 (3) Antena integral de longo alcance, módulo adaptador de alimentação, intrinsecamente seguro (módulo de alimentação em separado) WM1 (3) Antena integral de alcance ampliado, módulo adaptador de alimentação, intrinsecamente seguro (módulo de alimentação em separado) Suporte de montagem B6 Suporte de fixação para montagem em tubo de 2 polegadas suporte SST e parafusos Opções de carcaça HA1 (4) Alumínio com prensas-cabo (5 x 1 /2 pol. NPT para 7,5 a 11,9 mm) HA2 (4) Entradas de alumínio com conduítes (5 furos fechados, ideal para instalação de conexões de 1 /2 pol. NPT) Configuração do software C1 Configuração personalizada da Data, Descritor, Mensagem e Parâmetros sem fio (CDS necessário com o pedido) Filtro de linha F5 Filtro de tensão de linha de 50 Hz Calibração de 5 pontos Expandida C4 Calibração de 5 pontos (requer o código de opção Q4 para gerar um certificado de calibração) Certificado de calibração Q4 Certificado de calibração (calibração de 3 pontos) Número de modelo típico: 848T X I5 S001 WA3 WK1 B6 HA1 WirelessHART (1) Somente disponível com certificações do produto NA e N5. Incluídos resistores estáveis. (2) Necessário para sem fio. (3) WK1 ou WM1 necessários para sem fio (4) HA1 ou HA2 necessários para sem fio. 19

20 Folha de dados do produto WirelessHART... O padrão Industrial WirelessHART Roteamento de malha adaptativo com organização automática Não é necessária experiência com aparelhos sem fio, os dispositivos encontram automaticamente os melhores caminhos de comunicação A rede monitora continuamente os caminhos para verificar se há degradação e faz a autocorreção O comportamento adaptativo oferece operação confiável sem intervenção e simplifica a implementação, expansão e reconfiguração da rede Compatível com topologias em estrela e malha Obstrução Rádio padrão do setor com alternância de canais Rádios padrão IEEE Banda de 2,4 GHz ISM dividida em 16 canais de rádio Alternância contínua entre canais para evitar interferência e aumentar a confiabilidade A tecnologia de espectro de difusão de salto de frequência (FHSS) oferece alta confiabilidade no ambiente desafiador de rádio Redes de correção automática Se uma obstrução for introduzida na rede de malha, os dispositivos encontrarão automaticamente a melhor via de comunicação alternativa Isso possibilita que a rede mude imediatamente para o novo caminho sem nenhuma perda de dados Integração perfeita com os hosts existentes Integração transparente e perfeita Mesmas aplicações do sistema de controle Gateways se conectam através de protocolos do setor 20

21 Folha de dados do produto Especificações Especificações funcionais Especificações físicas Entrada Quatro canais de entrada que podem ser configurados de modo independente e que dão suporte a tipos de entrada de termopar, RTD, mv, 0 a 10 V, ohm e 4 a 20 ma. Consulte as opções de sensor em Precisão na página 23. Saída IEC (WirelessHART), 2,4 GHz DSSS. Limites de temperatura ambiente 40 a 85 C ( 40 a 185 F) Limites de umidade Umidade relativa de 0 a 99%, sem condensação Taxa de atualização Selecionável pelo usuário, 4 s a 60 min. Precisão (Pt 100 em condição de referência: 20 C) ± 0,30 C (± 0.54 F) Para obter a lista completa, consulte Precisão na página 23. Isolamento O isolamento entre todos os canais do sensor é classificado para 10 Vcc em todas as condições operacionais. Não ocorrerá nenhum dano ao dispositivo com até 250 Vcc entre qualquer canal do sensor. Alertas Mensagem enviada quando for detectado um sensor aberto ou em curto. Compatibilidade eletromagnética (EMC) Atende aos critérios da Diretriz da União Europeia 2004/108/EC Satisfaz a todos os requisitos relevantes da Norma EN Conexões elétricas Módulo de alimentação O módulo de alimentação SmartPower da Emerson é substituível em campo, com conexões chaveadas que eliminam o risco de instalação incorreta. O módulo de alimentação é uma solução intrinsecamente segura, contendo cloreto de lítio-tionila com carcaça de polibutileno tereftalato (PBT). O 848T sem fio tem 6 anos de vida útil nominal do módulo de alimentação com uma taxa de atualização de um minuto, em condições de referência. (1) Terminais do sensor Terminais de sensor permanentemente fixados ao bloco do terminal Conexões do Comunicador de campo Terminais de comunicação Grampos permanentemente fixados no bloco do terminal Materiais de construção Gabinete Alojamento Alumínio com baixo teor de cobre Pintura Poliuretano Anel de vedação da tampa Silicone Bloco do terminal e módulo de alimentação PBT Antena Antena onidirecional integrada de PBT/policarbonato (PC) Montagem O transmissor pode ser montado no painel ou montado em um suporte de tubos de 2 pol. (com o código de opção B6). Os sensores devem ser montados remotamente, já que as entradas do conduíte do transmissor não foram projetadas para montagem direta do sensor. Peso 848T sem fio 2,15 kg (4.75 lb) WirelessHART Estabilidade do transmissor ± 0,15% de leitura ou 0,15 C (0.27 F), o que for maior, durante 2 anos para RTDs. ± 0,15% de leitura ou 0,15 C (0.27 F), o que for maior, durante 1 ano para termopares. Autocalibração Os circuitos de medição analógico-digital fazem a autocalibração para cada atualização de temperatura comparando a medição dinâmica a elementos de referência internos extremamente estáveis e precisos. Efeito de vibração Testados com altas especificações de vibração na tubulação de acordo com a IEC sem efeito sobre o desempenho. Capacidade de carga da carcaça (848T sem fio) Os códigos de opção do alojamento HA1 ou HA2 são tipo 4x e IP66. (1) As condições de referência são 20 C (68 F) e roteamento de dados para três dispositivos de rede adicionais. OBSERVAÇÃO: A exposição contínua aos limites de temperatura ambiente ( 40 C ou 85 C) ( 40 F ou 185 F) pode reduzir a vida útil especificada para menos de 20%. 21

Transmissor de temperatura Rosemount 644

Transmissor de temperatura Rosemount 644 Folha de dados do produto Abril de 2014 00813-0122-4728, Rev. TA Transmissor de temperatura Rosemount 644 O mais versátil transmissor de temperatura Reduza a complexidade e simplifique as operações cotidianas

Leia mais

Transmissores de nível de pressão diferencial e sistemas de vedação Rosemount 1199

Transmissores de nível de pressão diferencial e sistemas de vedação Rosemount 1199 Folha de dados do produto Novembro de 2013 00813-0122-4016, Rev NA Transmissores de nível de pressão diferencial e sistemas de vedação Rosemount 1199 Aplicações Nível, fluxo, pressão, interface, densidade

Leia mais

Transmissor de temperatura wireless 248 da Rosemount

Transmissor de temperatura wireless 248 da Rosemount Folha de dados do produto O transmissor de temperatura padrão oferece uma solução wireless para a monitoração de processos Otimize a eficiência da planta e aumente a confiabilidade das medições com as

Leia mais

Medidores de vazão DP e elementos primários Rosemount

Medidores de vazão DP e elementos primários Rosemount Medidores de vazão DP e elementos primários Rosemount Os recursos MultiVariable permitem compensação total de massa e fluxo de energia em tempo real Os medidores de vazão wireless totalmente integrados

Leia mais

Sensores de temperatura e termopoços tipo DIN (métricos) da Rosemount

Sensores de temperatura e termopoços tipo DIN (métricos) da Rosemount Sensores de temperatura e termopoços tipo DIN (métricos) da Rosemount Folha de dados do produto Fevereiro de 2014 00813-0222-2654, Rev IA RTDs (0065) e termopares (0185) disponíveis para satisfazer quaisquer

Leia mais

Transmissor de temperatura wireless Rosemount 648

Transmissor de temperatura wireless Rosemount 648 Folha de dados do produto Rosemount 648 Transmissor de temperatura wireless Rosemount 648 O transmissor de temperatura líder do setor oferece confiabilidade em campo como uma solução de medição wireless

Leia mais

Transmissores ultrassônicos de nível 3107 e de vazão 3108 da Rosemount

Transmissores ultrassônicos de nível 3107 e de vazão 3108 da Rosemount Folha de dados do produto Rosemount 3107 e 3108 Transmissores ultrassônicos de nível 3107 e de vazão 3108 da Rosemount Medição sem contato e sem partes móveis Fáceis e rápidos de instalar e configurar

Leia mais

Sensor compacto Rosemount 1067 e poço termométrico Rosemount 1097

Sensor compacto Rosemount 1067 e poço termométrico Rosemount 1097 Folha de dados do produto Janeiro de 2014 00813-0122-4951, Rev CA Sensor compacto Rosemount 1067 e poço termométrico Rosemount 1097 Modelos de sensor de elemento simples e duplo RTD e com termopar (Modelo

Leia mais

Transmissor acústico wireless Rosemount 708

Transmissor acústico wireless Rosemount 708 Folha de dados do produto Rosemount 708 Transmissor acústico wireless Rosemount 708 O monitoramento acústico dos coletores de vapor e das válvulas de alívio de pressão melhoram a eficiência energética

Leia mais

Transmissor de pressão Rosemount 3051

Transmissor de pressão Rosemount 3051 Folha de dados do produto Rosemount 3051 Transmissor de pressão Rosemount 3051 LÍDER COMPROVADO DO SETOR EM MEDIÇÃO DE PRESSÃO O melhor desempenho da categoria com até 0,04% de precisão de referência O

Leia mais

Rosemount Série 3100 Transmissores de nível ultrassônicos

Rosemount Série 3100 Transmissores de nível ultrassônicos Transmissores de nível ultrassônicos Medição sem contato e sem partes móveis LCD integrado e botões como padrão para programação no local Medição contínua de nível ou distância até a superfície Cálculos

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Transmissores de Temperatura. ThermoTrans A 20210

Transmissores de Temperatura. ThermoTrans A 20210 Transmissores de Temperatura Transmissores standard em alojamento de 6 mm para medição de temperatura usando termômetros de resistência ou termopares. A Tarefa Em praticamente todas as áreas industriais,

Leia mais

Isoladores de Sinais Convencionais, Alimentados pela Malha

Isoladores de Sinais Convencionais, Alimentados pela Malha Isoladores de Sinais Convencionais, Alimentados pela Malha Isolação simples, fixação por grampos! Transmissão de 20 ma com isolação elétrica. A Tarefa Para prevenir erros de medição ou mesmo destruição

Leia mais

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD***

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD*** Instruções de segurança NCC 14.03234 X Ex d ia IIC T* Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 42731 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Especificações... 5 5 Proteção contra danos causados

Leia mais

Condicionadores de Sinais

Condicionadores de Sinais Transmissores/condicionadores de sinal de saída digital e analógica Séries idrn/idrx U Saída Analógica ou Digital U Modelos disponíveis para: termopar, RTD, tensão de processo e corrente, deformação/tensão

Leia mais

Transmissor de temperatura Rosemount 644 com FOUNDATION fieldbus

Transmissor de temperatura Rosemount 644 com FOUNDATION fieldbus Transmissor de temperatura Rosemount 644 com FOUNDATION fieldbus www.rosemount.com Rosemount 644 Conteúdo Manual de referência Seção 1 Introdução Seção 2 Instalação Seção 3 Configuração Mensagens de segurança..................................

Leia mais

Transmissor digital de temperatura com protocolo HART Modelo T32.1S, versão para montagem em cabeçote Modelo T32.3S, versão para montagem em trilho

Transmissor digital de temperatura com protocolo HART Modelo T32.1S, versão para montagem em cabeçote Modelo T32.3S, versão para montagem em trilho Medição elétrica de temperatura Transmissor digital de temperatura com protocolo HART Modelo T32.1S, versão para montagem em cabeçote Modelo T32.3S, versão para montagem em trilho WIKA folha de dados TE

Leia mais

Termopares para altas temperaturas Rosemount Séries 1075 e 1099

Termopares para altas temperaturas Rosemount Séries 1075 e 1099 Folha de dados do produto Termopares para altas temperaturas Medições precisas e confiáveis em aplicações a altas temperaturas, como tratamento térmico e processos de combustão Materiais cerâmicos para

Leia mais

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1 RTDs e termopares em modelos de sensores de elementos simples e duplos Poços termométricos em uma ampla gama de materiais e conexões de processo Recursos de calibração para aumentar a precisão de medições

Leia mais

Tradução do documento original. Uma nova versão do documento original está disponível. Série 3730 Posicionador Electropneumático Tipo 3730-1

Tradução do documento original. Uma nova versão do documento original está disponível. Série 3730 Posicionador Electropneumático Tipo 3730-1 Série 3730 Posicionador Electropneumático Tipo 3730-1 Aplicação Posicionador de simples efeito ou duplo efeito para ligação a válvulas de comando pneumáticas. Auto-calbragem, adaptação automática à válvula

Leia mais

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem robusta para aplicações industriais e em áreas classificadas

Leia mais

TRANSMISSOR INTELIGENTE DE TEMPERATURA TT301 TT301 TECNOLOGIA SMAR INTRODUÇÃO. Uma Família Completa de Instrumentos de Campo

TRANSMISSOR INTELIGENTE DE TEMPERATURA TT301 TT301 TECNOLOGIA SMAR INTRODUÇÃO. Uma Família Completa de Instrumentos de Campo TRANSMISSOR INTELIGENTE DE TEMPERATURA TECNOLOGIA SMAR Uma Família Completa de Instrumentos de Campo INTRODUÇÃO O é um transmissor de temperatura programável, extremamente versátil, que pode ser usado

Leia mais

Modelo GC 2109 T. Família GC 2009 Microcontrolado Indicador Digital de Temperatura 1/8 DIN - 98 x 50mm

Modelo GC 2109 T. Família GC 2009 Microcontrolado Indicador Digital de Temperatura 1/8 DIN - 98 x 50mm Modelo T Família GC 2009 Microcontrolado 1/8 DIN - 98 x 50mm Os Indicadores Digitais de Temperatura da Família GC 2009 são instrumentos precisos e compactos, baseados na moderna tecnologia dos microcontroladores,

Leia mais

Protetor contra transiente Rosemount 470

Protetor contra transiente Rosemount 470 Rosemount 470 Protetor contra transiente Rosemount 470 Para transmissores montados em campo Evita danos por relâmpagos Classificado para quedas repetidas de raios de até 5.000 A Funciona sob condições

Leia mais

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F****

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** TÜV 13.0533 X Ex ia IIC T* Ga * Ver tabela de temperatura 0044 Document ID: 43431 Índice 1 Validade... 4 2 Geral... 4 2.2 Instrumento EPL-Ga... 4 2.3

Leia mais

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Modelo RTT30 Transmissor de temperatura I/A Series com protocolo Fieldbus HART ou FOUNDATION Informações sobre segurança Índice 1. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1 G...

Leia mais

Analisador com interface FOUNDATION Fieldbus, medição de condutividade em áreas seguras e classificadas

Analisador com interface FOUNDATION Fieldbus, medição de condutividade em áreas seguras e classificadas Sistemas para Análise de Processo Quím. Energia Farm. Alim. Água Stratos FF 2231 X Cond Analisador com interface FOUNDATION Fieldbus, medição de condutividade em áreas seguras e classificadas Características

Leia mais

Rosemount 3051S Série de instrumentação

Rosemount 3051S Série de instrumentação Folha de especificação do produto Abril 2014 00813-0122-4801, Rev. SA Rosemount 3051S Série de instrumentação Soluções escaláveis para pressão, vazão e nível A inovação ao alcance das suas operações Com

Leia mais

Módulo 4 EA Termopar - 10 Bits

Módulo 4 EA Termopar - 10 Bits Módulo 4 EA Termopar - 1 Bits 119 Cód. Doc.: 61-41.3 Revisão: L 1. Descrição do Produto O módulo 119 é integrante das séries 6, 1 e 2 de controladores programáveis. Destina-se a leitura de temperaturas

Leia mais

TRANSMISSORES INTELIGENTES SÉRIE SMART CONTROL

TRANSMISSORES INTELIGENTES SÉRIE SMART CONTROL Instrumentação e Automação Industrial. FUNÇÕES: Transmissor Diferencial A medição da pressão diferencial é obtida através da aplicação de pressão aos lados de alta e de baixa do transmissor. Foram projetados

Leia mais

Medidores de Vazão Eletromagnéticos. E-Series da Rosemount DRAFT. Como causar um impacto positivo no seu processo.

Medidores de Vazão Eletromagnéticos. E-Series da Rosemount DRAFT. Como causar um impacto positivo no seu processo. Medidores de Vazão Eletromagnéticos E-Series da Rosemount DRAFT Como causar um impacto positivo no seu processo. A tecnologia E-Series faz muita diferença. A tecnologia E-Series da Rosemount realmente

Leia mais

Guia de configuração rápida dos switches de fonte de alimentação interna da HP 2530 de 8, 24 e 48 portas

Guia de configuração rápida dos switches de fonte de alimentação interna da HP 2530 de 8, 24 e 48 portas Guia de configuração rápida dos switches de fonte de alimentação interna da HP 2530 de 8, 24 e 48 portas Os desenhos neste documento são apenas para fins ilustrativos e podem não corresponder ao seu switch

Leia mais

Transmissor de pressão Rosemount 2051

Transmissor de pressão Rosemount 2051 Folha de dados do produto Abril de 2013 00813-0122-4101, Rev. JA Transmissor de pressão Rosemount 2051 A plataforma Coplanar possibilita a integração de elementos primários, coletores e soluções com vedação

Leia mais

Adaptador Smart Wireless THUM. Manual de referência 00809-0122-4075, Rev CA Março de 2014

Adaptador Smart Wireless THUM. Manual de referência 00809-0122-4075, Rev CA Março de 2014 Adaptador Smart Wireless THUM Manual de referência Manual de referência Adaptador Smart Wireless THUM Revisão do hardware do Adaptador Smart Wireless THUM 1 Revisão do dispositivo HART 1 Revisão do dispositivo

Leia mais

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule Sinalizador óptico à prova de explosão em Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 1.1 Fabricante...2 1.2 Informações relativas ao manual

Leia mais

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO O transmissor inteligente de pressão da série PT105 II é fabricado com uma célula capacitiva de alta confiabilidade e precisão para ser

Leia mais

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida 0102 Designação para encomenda Características Para montagem na caixa Montagem directa em accionamentos normais Directivas europeias para máquinas cumpridas Certificado de verificação de modelos TÜV99

Leia mais

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno ProLine P 44000 Medições Precisas de Temperatura em Altas Tensões, até 6,6 kv Quando as temperaturas precisam ser medidas com termômetros de resistência Pt100 em ambientes sob altas tensões, os transmissores

Leia mais

Transmissor de Pressão Diferencial NP800H

Transmissor de Pressão Diferencial NP800H Transmissor de Pressão Diferencial NP800H MANUAL DE INSTRUÇÕES V2 DESCRIÇÃO O transmissor inteligente NP800H é utilizado na medição e monitoração de pressão diferencial em ambientes agressivos, onde além

Leia mais

Adaptador Smart Wireless THUM

Adaptador Smart Wireless THUM Folha de dados do produto Dispositivos HART a 2 ou 4 fios Flexibilidade para atender às necessidades das aplicações mais exigentes A saída wireless com confiabilidade de dados acima de 99% fornece dados

Leia mais

Manual de Instruções de Operação e Manutenção. THP Transmissor de Posição Por Efeito Hall

Manual de Instruções de Operação e Manutenção. THP Transmissor de Posição Por Efeito Hall Manual de Instruções de Operação e Manutenção THP Transmissor de Posição Por Efeito Hall 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 3. DESENHO DIMENSIONAL... 4 3.1 DIMENSÕES THP ROTATIVO...

Leia mais

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C.

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C. 0102 Designação para encomenda Características 10 mm não nivelado forma plana Entalhe de montagem para agrupador de cabos Dados técnicos Dados gerais Função do elemento de comutação Contacto de trabalho

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. AQUISITOR DE DADOS Modelo A202 Versão 1.04 / Revisão 06

MANUAL DE INSTRUÇÕES. AQUISITOR DE DADOS Modelo A202 Versão 1.04 / Revisão 06 MANUAL DE INSTRUÇÕES AQUISITOR DE DADOS Modelo A202 Versão.04 / Revisão 06 2 ÍNDICE Item Página. Introdução...3 2. Características...4 3. Especificações...5 3. Entradas universais...5 3.2 Saídas a relé...5

Leia mais

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities.

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities. www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.0 014 Answers for infrastructure and cities. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação Transmissor de nível Cod: 073AA-005-122M Rev. A Série LT-200 Fevereiro / 2004 S/A. Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

CONDICIONADORES DE SINAIS

CONDICIONADORES DE SINAIS Condicionadores de Sinais de Montagem em Trilho DIN A/IN A/OUT Série DRG-SC U Modelos disponíveis para termopares, RTDs, tensão e corrente CC, frequência, ponte do sensor de deformação/tensão, tensão e

Leia mais

Termorresistores e termopares multiponto Rosemount

Termorresistores e termopares multiponto Rosemount Folha de dados do produto Sensores AIS Rosemount Termorresistores e termopares multiponto Rosemount CARACTERÍSTICAS Monitoram eficientemente um perfil de temperatura para uma grande variedade de aplicações,

Leia mais

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes 7 601 INTELLIGAS Sistema de deteção de fuga de gás para aquecimento de salas e ambientes semelhantes A unidade de controlo eletrónico para a deteção de fuga de gás com sensor individual destina-se a controlar

Leia mais

Módulo do sensor Rosemount 205 MultiVariable

Módulo do sensor Rosemount 205 MultiVariable Folha de dados do produto Rosemount 205 Módulo do sensor Rosemount 205 MultiVariable LÍDER COMPROVADA EM MEDIÇÃO MULTIVARIABLE Precisão na medição de pressão diferencial de ± 0,075% da amplitude Precisão

Leia mais

Tubos Traceados com Isolamento

Tubos Traceados com Isolamento Tubos Traceados com Isolamento www.swagelok.com Características Simplificam a instalação no campo Disponíveis com e sem costura nos tamanhos de 1/8" a 3/4" e 6 a 12 mm Em aço inoxidável 316/316L, Cobre

Leia mais

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional Visita 4B no Stand # 500 O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 Uma apresentação por Johnny

Leia mais

SISTEMA DE MONITORAMENTO ESTÉREO PERSONALIZADO PSM 300

SISTEMA DE MONITORAMENTO ESTÉREO PERSONALIZADO PSM 300 Sistemas de monitoramento pessoal PSM 300 SISTEMA DE MONITORAMENTO ESTÉREO PERSONALIZADO PSM 300 O sistema de monitoramento estéreo personalizado PSM 300 oferece áudio digital definido de 24 bits e liberdade

Leia mais

Posicionadores 3582 e 3582i, Conversor Electropneumático 582i e Transmissor de Posição da Haste da Válvula 3583 da Fisher

Posicionadores 3582 e 3582i, Conversor Electropneumático 582i e Transmissor de Posição da Haste da Válvula 3583 da Fisher Manual de Instruções 358, 58i, e 3583 Posicionadores 358 e 358i, Conversor Electropneumático 58i e Transmissor de Posição da Haste da Válvula 3583 da Fisher Conteúdo Introdução... Âmbito do Manual... Descrição...

Leia mais

TRANSMISSORES INTELIGENTES DE TEMPERATURA. smar

TRANSMISSORES INTELIGENTES DE TEMPERATURA. smar TRANSMISSORES INTELIGENTES DE TEMPERATURA CARACTERÍSTICAS Um único modelo aceita sinais de: - Termopares, Termoresistências (simples e diferencial) - mv (pirômetros de radiação, células de carga, etc.)

Leia mais

Manual de Instalação, Operação e Manutenção. Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92

Manual de Instalação, Operação e Manutenção. Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92 Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92 Manual de Instalação, Operação e Manutenção INFORMAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS Este documento não pode ser reproduzido, no todo ou em parte e por quaisquer meios, sem

Leia mais

Aula V Medição de Variáveis Mecânicas

Aula V Medição de Variáveis Mecânicas Aula V Medição de Variáveis Mecânicas Universidade Federal da Bahia Escola Politécnica Disciplina: Instrumentação e Automação Industrial I(ENGF99) Professor: Eduardo Simas(eduardo.simas@ufba.br) Sensores

Leia mais

Contatos Elétricos. Acessórios. Modelo 831, Indutivo. Aplicações. Características Especiais. Descrição. Opcionais

Contatos Elétricos. Acessórios. Modelo 831, Indutivo. Aplicações. Características Especiais. Descrição. Opcionais Contatos Elétricos Modelo 821, Magnético com ação rápida Modelo 831, Indutivo Acessórios Modelo 830 E, Eletrônico WIKA Folha de Dados AC 08.01 Aplicações Regular e controlar processos industriais Monitoramento

Leia mais

Transmissor de Pressão Higiénico 4500 da Rosemount ProdutoDescontinuado

Transmissor de Pressão Higiénico 4500 da Rosemount ProdutoDescontinuado Junho de 2007 Rosemount 4500 Transmissor de Pressão Higiénico 4500 da Rosemount ProdutoDescontinuado Início Passo 1: Monte o Transmissor Passo 2: Ajuste os Interruptores Passo 3: Faça a Ligação Eléctrica

Leia mais

Uni-Probe LB 490. Medição de Nível Sem Contato C O N T R O L E D E P R O C E S S O S

Uni-Probe LB 490. Medição de Nível Sem Contato C O N T R O L E D E P R O C E S S O S Uni-Probe LB 490 Medição de Nível Sem Contato C O N T R O L E D E P R O C E S S O S Transmissor de Nível LB 490 O sistema de medição LB 490 é usado para medição continua e sem contato em liquidos e materiala

Leia mais

857 Sistema de proteção. Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação

857 Sistema de proteção. Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação 857 Sistema de proteção Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação Sumário Seção Descrição Página 1.0 Funções de proteção... 1 Proteção Synchrocheck (25)... 1 Proteção

Leia mais

CONVERSORES DE FREQÜÊNCIA Instruções para Instalação de Conversores de Freqüência

CONVERSORES DE FREQÜÊNCIA Instruções para Instalação de Conversores de Freqüência CONVERSORES DE FREQÜÊNCIA Instruções para Instalação de Conversores de Freqüência Edição 08.2007 A&D CS Suporte Técnico Drives HotLine Índice 1. Introdução 2. Condições Ambientais de Operação 2.1 Poluição

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Descrição B. Cilindro sensor PD 40..

Descrição B. Cilindro sensor PD 40.. Descrição B Cilindro sensor PD 40.. PT 1. Segurança 2 2. unção 3 3. Transporte 8 4. Montagem 8 5. Instalação 9 6. Comissionamento 10 7. uncionamento/operação 10 8. Eliminação de falhas / Reparação 11 9.

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES UNIDADE: GERAL 1 de 14 ÍNDICE DE REVISÕES Rev. 0 EMISSÃO INICIAL DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS Rev. 0 Rev. 1 Rev. 2 Rev. 3 Rev. 4 Rev. 5 Rev. 6 Rev. 7 Rev. 8 DATA: 18/04/13 ELABORAÇÃO: Andre VERIFICAÇÃO:

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra

Descrição do Produto. Dados para Compra Descrição do Produto Os módulos supressores para pontos analógicos AL-3492 e AL-3493 foram desenvolvidos para oferecer alta proteção contra surtos de tensão em pontos de entrada ou saída analógicos. Por

Leia mais

Hand-held de temperatura Modelo CTH7000

Hand-held de temperatura Modelo CTH7000 Tecnologia de calibração Hand-held de temperatura Modelo CTH7000 Folha de dados WIKA CT 55.50 Aplicações Termômetro de precisão para medições de temperatura com alta exatidão em uma faixa de -200... +962

Leia mais

Transmissor de temperatura Rosemount 3144P

Transmissor de temperatura Rosemount 3144P Transmissor de temperatura Rosemount 3144P Folha de dados do produto Janeiro de 2014 00813-0122-4021, Rev MA O transmissor de temperatura líder do setor oferece confiabilidade inigualável de campo e soluções

Leia mais

SEÇÃO 7C Alternadores

SEÇÃO 7C Alternadores SEÇÃO 7C Alternadores Índice da Seção Página ALTERNADORES Tabela nº... Identificação, Descrição dos Sistemas... Teste de Saída de Tensão - Somente CA... 0 Teste de Saída de Tensão - Somente CC... 9 / A...

Leia mais

Ficha técnica: Série IntelliTone Pro 200 LAN Toner and Probe

Ficha técnica: Série IntelliTone Pro 200 LAN Toner and Probe Ficha técnica: Série IntelliTone Pro 200 LAN Toner and Probe Todos os dias, instaladores de cabeamento e técnicos da rede lidam com as deficiências de ferramentas de localização de cabos baseadas numa

Leia mais

BTL BTL. Transdutores Micropulse. Índice Série compacta de haste

BTL BTL. Transdutores Micropulse. Índice Série compacta de haste Índice compacta de haste..2 série..4 série..6..8 de pulso digital..10 SSI série série de pulso digital SSI..1 instruções de compacta de haste Pressão de trabalho de 600 bar, alta repetibilidade, sem contato,

Leia mais

Controladores de válvulas digitais Fisher FIELDVUE Série DVC6200

Controladores de válvulas digitais Fisher FIELDVUE Série DVC6200 Guia de início rápido Controladores de válvulas digitais DVC6200 Controladores de válvulas digitais Fisher FIELDVUE Série DVC6200 Conteúdo Antes de iniciar... 3 Etapa 1. Instale o DVC6200 na válvula...

Leia mais

Transmissor de Pressão Submersível 2.75

Transmissor de Pressão Submersível 2.75 Folha de Dados Transmissor de Pressão Submersível 2.75 Geral Os transmissores de pressão da MJK foram desenvolvidos para medição de nível pela imersão do transmissor de pressão em tanques abertos, poços

Leia mais

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto.

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto Característica Avaliação do sinal controlada por microprocessador Configuração automática de endereço sem definições do codificador ou chave DIP 2 entradas

Leia mais

Série de Transmissores Intrinsecamente Seguros de Umidade e Temperatura HMT360

Série de Transmissores Intrinsecamente Seguros de Umidade e Temperatura HMT360 www.vaisala.com Série de Transmissores Intrinsecamente Seguros de Umidade e Temperatura HMT360 série HMT360 é verdadeiramente flexível. Os clientes podem especificar a configuração do transmissor ao encomendar

Leia mais

CONVERSORES DE VOLUME: TIPO PTZ

CONVERSORES DE VOLUME: TIPO PTZ ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 440 5 de maio de 2015 Página 2 de 17 ÍNDICE Registo das revisões... 4 1. Objectivo... 5 2. Âmbito... 5 3. Referências... 5 4. Definições / Siglas... 6 5. Cumprimento normativo...

Leia mais

MANUAL RÁDIO MODEM COMPACTO 900 MHz RMC-900

MANUAL RÁDIO MODEM COMPACTO 900 MHz RMC-900 MANUAL RÁDIO MODEM COMPACTO 900 MHz RMC-900 Versão 1.01 Infinium Automação Industrial Ltda contato@infiniumautomacao.com.br 1. APRESENTAÇÃO O rádio modem RMC-900 foi projetado para utilização em sistemas

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F*****

Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F***** Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F***** NCC 13.02323 X Ex d ia IIC T6...T1 Ga/Gb 0044 Document ID: 47487 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

CAIXAS DE JUNÇÃO DE Ex d DE ZONA 1 IEC/ATEX/IEC NBR. Aplicações

CAIXAS DE JUNÇÃO DE Ex d DE ZONA 1 IEC/ATEX/IEC NBR. Aplicações Caixas de junção em poliéster reforçado com fibra de vidro para aplicações elétricas e de energia série NJBEP Aplicações As caixas de junção elétricas são usadas para distribuir energia para iluminação

Leia mais

Building Technologies

Building Technologies Building Technologies Detecção de Incêndio Catálogo de Produtos BC80 Índice Página 1. Central de Detecção e Alarme de Incêndio Série BC8001... 4 BC8001/e Central de Detecção e Alarme de Incêndio BC8001

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Adaptador Ethernet PoE+ Coaxial AXIS T8640 PORTUGUÊS

GUIA DO USUÁRIO. Adaptador Ethernet PoE+ Coaxial AXIS T8640 PORTUGUÊS GUIA DO USUÁRIO Adaptador Ethernet PoE+ Coaxial AXIS T8640 PORTUGUÊS Compatibilidade eletromagnética (EMC) Este equipamento gera, usa e pode irradiar energia de radiofrequência e, caso não seja instalado

Leia mais

Transmissor de pressão para painel de óleo e gás Rosemount 4600

Transmissor de pressão para painel de óleo e gás Rosemount 4600 Folha de especificação do produto Rosemount 4600 Transmissor de pressão para painel de óleo e gás Rosemount 4600 RECURSOS DO TRANSMISSOR: Projeto compacto, leve e em aço inoxidável totalmente soldado Rangeabilidade

Leia mais

Multicalibrador portátil Modelo CEP3000

Multicalibrador portátil Modelo CEP3000 Tecnologia de calibração Multicalibrador portátil Modelo CEP3000 Folha de dados WIKA CT 82.01 Aplicações Prestadores de serviços de calibração e testes Laboratórios de medição e controle Indústria (laboratório,

Leia mais

Medidores de viscosidade bifurcados Micro Motion

Medidores de viscosidade bifurcados Micro Motion Folha de dados do produto PS-001659, Rev B Junho de 2014 Medidores de viscosidade bifurcados Micro Motion Medidor de viscosidade de variáveis múltiplas de alto desempenho Medição robusta e precisa de variáveis

Leia mais

Contatos auxiliares retardados/adiantados adicionais garantem dupla segurança em caso de necessidade de chaveamento extrema.

Contatos auxiliares retardados/adiantados adicionais garantem dupla segurança em caso de necessidade de chaveamento extrema. h aol C t eê n Ss Ei em P de r iae be a D ue f, S ul m es V R ne bleitg I G eai no M O vreer S A o Sn U s toe T ck b i nddeu nfgo zr um m t ia ev r een?? Re GA À ipglue n NA (statd t Ah CeOi N sd s IaÇrÃbOeSi

Leia mais

Compressores de parafuso

Compressores de parafuso Construídos para toda a vida Compressores de parafuso SÉRIE SM Capacidade: 0.45 a 1.20 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os consumidores

Leia mais

Projetor Série PC À prova de explosão. Vapor metálico, vapor de sódio, vapor de mercúrio, halogênio

Projetor Série PC À prova de explosão. Vapor metálico, vapor de sódio, vapor de mercúrio, halogênio IP66 ou IK10 Aplicações Projetados para iluminação de ambientes amplos em áreas industriais externas e internas de risco. Ideal para uso nas Zonas 1 e 2, 21 e 22 na indústria de gás e petróleo. Em locais

Leia mais

Manual do Leitor ATG-Basic

Manual do Leitor ATG-Basic Manual do Leitor ATG-Basic O leitor ATG-Basic foi desenvolvido para uso em controle de acesso veicular. Esse leitor é para ser usado conectado à uma controladora através das interfaces Wiegand, Abatrack,

Leia mais

Manual da Comunicação Profibus DP

Manual da Comunicação Profibus DP Manual da Comunicação Profibus DP Relé Inteligente Série: SRW 01 Versão de Software: V1.3X Idioma: Português Documento: 10000089150 / 00 04/2008 Sumário SOBRE O MANUAL...5 1 A REDE PROFIBUS DP...6 1.1

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-801

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-801 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-801 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. Introdução... 02 2. Regras de segurança...

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. RÁDIO DIGITAL PDH SHF (1+1) 4x2, 8x2, 16x2 Mbps 02.112-TI/SI 1410. Revisão C

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. RÁDIO DIGITAL PDH SHF (1+1) 4x2, 8x2, 16x2 Mbps 02.112-TI/SI 1410. Revisão C ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA RÁDIO DIGITAL PDH SHF (1+1) 4x2, 8x2, 16x2 Mbps 02.112-TI/SI 1410 Revisão C SUPERINTENDÊNCIA DE TELECOMUNICAÇÕES E INFORMÁTICA - TI GERÊNCIA DE SUPORTE EM INFRA-ESTRUTURA DE TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

FLAMEVISION SÉRIE FV-40 DETECÇÃO DE CHAMA DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT

FLAMEVISION SÉRIE FV-40 DETECÇÃO DE CHAMA DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT FLAMEVISION SÉRIE FV-40 DETECÇÃO DE CHAMA DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT ÍNDICE FLAMEVISION SÉRIE Fv-40 Recursos e características padrão... 1 Detecção de chama Série FV-40 DETECÇÃO DE CHAMA SÉRIE FV-40...

Leia mais

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas Nobreak senoidal on-line trifásico dupla conversao ~ 10 a 100 kva PERFIL Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas de 10 a 60 kva 75 e 100 kva A linha de nobreaks SMS Sinus Triphases

Leia mais

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens.

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Totally Integrated Power SION Catálogo HG 11.0 Edição 015 siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG 11.0

Leia mais

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM...

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM... Motores H-Compact COMPACTO, REFRIGERAÇÃO EFICIENTE A importância crescente da economia de energia, dos requerimentos ambientais, da procura por dimensões menores e das imposições dos mercados nacionais

Leia mais

DigitalFlow GF868. Medidor ultrassônico de vazão mássico para gás de flare da Panametrics. GE Sensing. Características. Aplicações

DigitalFlow GF868. Medidor ultrassônico de vazão mássico para gás de flare da Panametrics. GE Sensing. Características. Aplicações Aplicações Características O medidor de vazão DigitalFlow GF868 é um sistema completo de medição de vazão ultrassônica para: Gás de flare Controlar ou impedir perdas em vazamentos, com identificação positiva

Leia mais

www.bluemedia.com.br MEDIDORES

www.bluemedia.com.br MEDIDORES www.bluemedia.com.br MEDIDORES Detector de Falhas e Analisador Preditivo - PA A linha PA de Detectores de Falhas e Analisadores Preditivos KRON traz uma nova abordagem para o conceito de monitoramento

Leia mais

DigitalFlow CTF878. Medidor ultrassônico de vazão de gás pelo princípio de correlação cruzada da Panametrics. GE Sensing. Aplicações.

DigitalFlow CTF878. Medidor ultrassônico de vazão de gás pelo princípio de correlação cruzada da Panametrics. GE Sensing. Aplicações. Aplicações O medidor de vazão de gás não-intrusivo DigitalFlow CTF878 é um sistema completo de medição de vazão ultrassônico para medir a maioria dos gases, incluindo: Gás natural Ar comprimido Gases combustíveis

Leia mais

Transmissor de Pressão Capacitivo

Transmissor de Pressão Capacitivo Opcional: Selo Flush Sensor cerâmico capacitivo com diafragma em AI203, 99,9% Circuito Eletrônico em compartimento isolado Fácil Programação - Totalmente acessível pela parte frontal do instrumento com

Leia mais

Manual de instalação e configuração do módulo de entradas WEBER-REP

Manual de instalação e configuração do módulo de entradas WEBER-REP Manual de instalação e configuração do módulo de entradas WEBER-REP Sumário CONVENÇÕES UTILIZADAS...3 DESCRIÇÃO GERAL...4 VANTAGENS...4 CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS...4 ESPECIFICAÇÕES GERAIS...5 LED DE STATUS

Leia mais