Guia Administrativo 12.3 Licenciamento Padrão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia Administrativo 12.3 Licenciamento Padrão"

Transcrição

1 Guia Administrativo 12.3 Licenciamento Padrão

2 Obrigado por usar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento ao cliente é nossa maior prioridade. Ajude-nos a oferecer um excelente serviço. Se tiver algum comentário a fazer, incluindo erros e omissões no manual, envie um para

3 Conteúdo Introdução à Administração da Bomgar 5 Logon do Usuário 6 Status 7 Informações 7 Técnicos de Suporte ao Cliente 8 Novidades 9 Minha Conta 10 Configuração 12 Opções 12 Problemas 14 Equipes de Suporte ao Cliente 15 Jumpoint 16 Jump Clients 22 Bomgar Buttons 25 Mensagens Pré-Configuradas 27 Scripts Pré-Configurados 28 Ações Especiais 29 Usuários e Segurança 30 Contas de Usuário 30 Convite do Técnico de Suporte ao Cliente 31 Provedores de Segurança 32 Políticas de Grupo 33 Informações de Configuração e Campo 36 Relatórios 42 Portal Público 44 Site Público 44 Modelo HTML 46 3

4 Armazenamento de Arquivo 47 Apple ios 48 Questionários de Saída 50 Cliente 51 Apresentação 54 Localização 56 Idiomas 56 Pesquisar 57 Gerenciamento 58 Gerenciamento de Software 58 Segurança 60 Configuração do Site 63 Configuração do 64 Eventos de Saída 65 Suporte Técnico 66 Portas e firewalls 67 Isenção de Responsabilidade, Restrições de Licenciamento e Suporte Técnico 68 4

5 Introdução à Administração da Bomgar Como apresentação de /login, este guia foi elaborado para ajudá-lo a administrar os usuários do Bomgar e o seu software Bomgar. O Aplicativo Bomgar atua como ponto central de administração para seu software Bomgar e permite que você se conecte de qualquer lugar com acesso à Internet para fazer o download do console de suporte técnico e oferecer suporte técnico virtual a seus usuários finais. Utilize este guia somente após realizar a instalação e a configuração inicial do Aplicativo Bomgar, conforme detalhado no Guia de Instalação do Hardware do Aplicativo Bomgar. Quando o Bomgar estiver devidamente instalado, você pode começar imediatamente a fornecer suporte aos clientes. Se precisar de assistência, entre em contato com o suporte técnico Bomgar em 5

6 Logon do Usuário A interface administrativa do usuário permite que os administradores criem contas de técnico de suporte ao cliente e configurem as definições do software. Conectese à interface administrativa do usuário acessando o URL público do seu aplicativo seguido por /login. Embora seu URL de aplicativo possa ser qualquer DNS registrado, ele provavelmente será um subdomínio do domínio principal da sua empresa (ex. suporte.exemplo.com/login). Nome de Usuário Padrão: admin Senha Padrão: password Como o Bomgar foi licenciado para usuários simultâneos, você pode configurar quantas contas precisar, cada uma com nomes de usuário e senhas exclusivos. Nota: Para fins de segurança, o nome de usuário administrativo e a senha usada para a interface /appliance são distintas das usadas para a interface /login e devem ser gerenciadas separadamente. 6

7 Status Informações A página principal da interface Bomgar /login fornece uma visão geral do seu Aplicativo Bomgar. Um administrador pode selecionar o fuso horário correto a partir de um menu flutuante, configurando a data e a hora corretas do aplicativo para a região selecionada. Você também poderá reiniciar o software Bomgar de forma remota. Adicionalmente, exiba o número e tipo de clientes Bomgar conectados. 7

8 Técnicos de Suporte ao Cliente Visualize uma lista de técnicos de suporte ao cliente conectados ao console de suporte técnico, juntamente com seu tempo de logon e se eles estão realizando sessões de suporte técnico ou apresentação. Você também pode encerrar a conexão de um técnico de suporte ao cliente no console de suporte técnico. Envie uma mensagem popup a todos os técnicos de suporte ao cliente conectados ao console de suporte técnico. 8

9 Novidades Consulte facilmente as capacidades e os recursos Bomgar disponibilizados a cada versão. Aprender mais sobre os novos recursos à medida que são disponibilizados poderá ajudá-lo a aproveitar ao máxima a sua implantação Bomgar. Na primeira vez em que você se conectar na interface administrativa após uma atualização do software Bomgar, a página Novidades será destacada, alertando-o de que novos recursos estão disponíveis em seu site. Você precisa ser um administrador para visualizar este guia. 9

10 Minha Conta Da página Minha Conta, você pode fazer o download do console de suporte técnico Bomgar. O tipo de arquivo terá como padrão o instalador apropriado para seu sistema operacional. Para administradores de sistema que precisam enviar o console de suporte técnico a um grande número de sistemas, o Microsoft Installer pode ser usado com ferramenta de gerenciamento de sistemas preferencial. No seu prompt de comando, ao compor o comando para instalar o console de suporte técnico usando um MSI, mude para o diretório onde o MSI foi baixado e insira o comando incluído na página Minha Conta. Você pode incluir parâmetros opcionais na sua instalação MSI. INSTALLDIR= aceita qualquer caminho de diretório válido onde você queira que o console de suporte técnico seja instalado. RUNATSTARTUP= aceita 0 (padrão) ou 1. Se você inserir 1, o console de suporte técnico será executado todas as vezes em que o computador iniciar. ALLUSERS= aceita ou 1 (padrão). Se você inserir 1, o console de suporte técnico será instalado para todos os usuários no computador; caso contrário, só instalará para o usuário atual. Se for instalar apenas para o usuário atual, você pode optar por ter o console de suporte técnico automaticamente atualizado sempre que o site for atualizado inserindo SHOULDAUTOUPDATE=1; um valor de 0 (padrão) não atualizará automaticamente e o console de suporte técnico precisará ser reinstalado manualmente sempre que o site for atualizado. Se você instalar o console de suporte técnico para todos os usuários, ele não será automaticamente atualizado. Você também pode fazer o download de um visualizador de gravação de sessão para visualizar sessões gravadas a partir do seu desktop, e não apenas na Web. Em cenários incomuns, nos quais o desempenho do driver de vídeo esteja provocando lentidão nas taxas de atualização de tela, descarregar o driver do monitor no sistema de destino pode melhorar bastante a velocidade de compartilhamento de tela. O driver do monitor deve ser instalado no computador cuja tela deverá ser exibida, seja o computador remoto para uma sessão de suporte técnico ou o computador do técnico de suporte ao cliente para uma apresentação. O driver do monitor funciona somente na plataforma Windows XP ou posterior e no Server 2003 ou posterior. 10

11 Você pode alterar sua senha, nome de exibição e pergunta de segurança e os usuários não administradores podem alterar a pergunta e resposta de segurança. A Bomgar recomenda mudar regularmente a senha. 11

12 Configuração Opções Caso você selecione Exigir Sessões Fechadas na Desconexão ou Encerramento, os técnicos de suporte ao cliente não poderão desconectar do console de suporte técnico até que suas filas de espera estejam vazias. Existem cinco regras para quando a conexão de um técnico de suporte ao cliente a uma sessão é perdida ou encerrada. (1) Se a sessão for compartilhada, ela será transferida para o técnico de suporte ao cliente que compartilha a sessão há mais tempo. Se não for compartilhada, ela será transferida para (2) a última fila em que estava, (3) a fila em que foi inserida ou (4) a fila de espera geral. Este segundo conjunto de regras pode ser ativado ou desativado para as sessões normais (com operador), sessões de Jump (sem operador) ou ambas. (5) Por fim, se não for encontrado nenhum técnico de suporte ao cliente, a sessão é encerrada. Escolha se quer oferecer sessões de suporte técnico e/ou prompts de comandos a serem gravados em formato de vídeo Flash (FLV). Defina a resolução em que a reprodução deverá ser visualizada. Observe que todas as gravações são salvas em formato bruto; o tamanho da resolução afeta apenas a reprodução. Você pode automaticamente obter informações do sistema de computação remota para disponibilizá-las no relatório da sessão em detalhes. Ao suportar plataformas móveis, selecione Padrão para obter um pequeno conjunto de dados ou Estendido para obter todas as informações disponíveis. Você também pode optar por gravar as apresentações. Você pode pedir para receber um alerta se o uso da sua licença Bomgar exceder um determinado número de técnicos de suporte ao cliente conectados simultaneamente. Isso é útil para monitorar o uso das licenças das suas equipes e manter seus técnicos de suporte ao cliente adequadamente cobertos. Se você optar por ser alertado, insira um endereço de e defina quando e com que frequência gostaria que isso ocorresse. Esse recurso requer uma configuração válida de SMTP para seu aplicativo, definida na página Configuração de , na guia Gerenciamento. Você poderá acessar a um link personalizado, que será exibido como um botão no console de suporte técnico durante uma sessão de suporte técnico. Um exemplo de utilização desta ligação é associar sessões a programas 12

13 externos, como sistemas de gestão de relações com o cliente (CRM). A variável %EXTERNAL_KEY% insere a chave externa da sessão no URL. Se, por exemplo, a chave externa corresponder ao identificador único de um caso no seu sistema CRM, clicar no link personalizado da sessão poderia exibir o caso associado neste sistema. É possível acessar um URL de Gateway de SMS seguro a partir do seu provedor de serviços da Internet ou outros provedores de gateway para fornecer aos técnicos de suporte ao cliente a opção de enviar chaves de acesso de suporte técnico através de mensagens de texto SMS. Também é possível enviar mensagens de suporte técnico através de SMS para um dispositivo móvel a partir do console de suporte técnico. As mensagens SMS enviadas através deste sistema para outros dispositivos móveis continuam a receber um link de sessão. A comunicação SMS não está conectada no aplicativo. 13

14 Problemas Crie problemas de suporte técnico para otimizar a experiência do seu cliente ao solicitar suporte técnico no portal público. Os problemas criados podem ser configurados para aparecerem no menu suspenso do formulário de envio de problemas e podem conter uma lista dos problemas de suporte técnico mais comuns dos seus clientes. Nota: Como os problemas de suporte técnico precisam ser encaminhados para Equipes de Suporte ao Cliente (consulte"equipes de Suporte ao Cliente" na página 15), você precisa criar equipes antes de criar problemas de suporte técnico. Clique em Adicionar Novo Problema de Suporte Técnico para criar um novo problema. Dê um título e um nome de código. Em seguida, use o menu suspenso Encaminhar para para que o problema seja encaminhado a uma equipe específica. Defina a prioridade do problema para Alta, Média ou Baixa, dependendo de como deseja que o problema seja tratado pelo sistema. O padrão é Média. 14

15 Equipes de Suporte ao Cliente Agrupar técnicos de suporte ao cliente em equipes aumenta a eficiência ajudando a direcionar os clientes ao técnico de suporte ao cliente mais bem preparado para solucionar um determinado problema. Atribua um nome à equipe e defina comentários para ajudar a identificar o objetivo desta equipe. Da lista de técnicos de suporte ao cliente disponíveis, selecione um ou mais usuários e clique na seta para movêlos para a equipe. Depois de ter salvado suas mudanças, você pode modificar uma equipe clicando em Editar Equipe ou remover inteiramente uma equipe clicando em Excluir Equipe. Excluir uma equipe não exclui as contas dos técnico de suporte ao cliente, apenas a equipe à qual eles estão associados. 15

16 Jumpoint A tecnologia Jump da Bomgar permite que um técnico de suporte ao cliente ofereça suporte técnico automático a computadores em uma rede remota sem precisar préinstalar software em todas as máquinas. Basta instalar um único agente Jumpoint em qualquer local da rede para obter acesso automático a qualquer PC dentro da rede. Na parte inferior da página Jumpoint, há a opção de Ativar Pesquisa na Rede. Se ela estiver selecionada, os técnicos de suporte ao cliente poderão visualizar e selecionar os sistemas na árvore de diretório da rede. Caso não esteja selecionada, os técnicos de suporte ao cliente só podem acessar um sistema através de um Jumpoint inserindo o nome de host ou o endereço IP do sistema. De qualquer forma, o técnico de suporte ao cliente deve fornecer credenciais válidas ao sistema remoto antes de obter acesso. Na parte superior da página, clique em Adicionar Novo Jumpoint. Atribui um nome ao Jumpoint que auxilia os usuários na sua identificação quando eles precisarem iniciar uma sessão com um computador na mesma rede deste Jumpoint. Se desejar que os técnicos de suporte ao cliente possam se conectar a dispositivos de rede com SSH e Telnet através deste Jumpoint, marque Habilitar Acesso Shell Jump. Autorize ao menos um técnico de suporte ao cliente a usar este Jumpoint. Após a criação do Jumpoint, você também pode conceder acesso aos grupos de técnicos de suporte ao cliente em Usuários e Segurança > Políticas de Grupo. Depois que você clicar no botão Adicionar Jumpoint, seu novo Jumpoint deve aparecer na lista de Jumpoints configurados, junto com um link para download do instalador do Jumpoint de 32 bits ou 64 bits. Clique em um link para instalar o agente Jumpoint em um único sistema na rede remota que deseja acessar. Este sistema servirá como ponto de início para sessões Jump com outros computadores na rede remota. Dessa forma, é importante que o sistema host NÃO seja um sistema que já esteja em uso como servidor, servidor de ou servidor de impressoras. Para fins de segurança, um Jumpoint deve fechar todas as conexões ativas da rede ao computador que ele precisa acessar antes de tentar um Jump para essa máquina. Sendo assim, se o sistema host estiver sendo usado como servidor, o Jumpoint pode ser incapaz de concluir um Jump porque algum outro software está ativamente usando uma conexão de rede crítica que o Jumpoint é incapaz de fechar, provocando falha do Jump. Em vez disso, a Bomgar recomenda implantar o agente Jumpoint em um sistema virtual como cenário ideal de configuração. Se um sistema virtual não estiver disponível, você pode implantar o agente Jumpoint no seu próprio servidor dedicado ou mesmo em um PC cliente normal, contanto que o sistema host tenha alta disponibilidade. 16

17 No sistema host, execute o assistente de instalação do Jumpoint para configurar outros ajustes e iniciar o serviço. Para alterar a configuração após a instalação, localize a pasta Bomgar no menu Windows > Todos os Programas, abra a sub-pasta do site e execute a Configuração de Jumpoint Bomgar. Quando o Jumpoint está ativo, qualquer técnico de suporte ao cliente com privilégios de acesso a este Jumpoint pode iniciar uma sessão Bomgar com qualquer dispositivo acessível nesta rede, desde que tenha credenciais válidas no sistema que está tentando acessar. Configurações de Proxy Para que um Jumpoint seja implementado em uma rede remota atrás de um proxy, talvez sejam necessárias informações de proxy adequadas para que o Jumpoint restabeleça a conexão ao Aplicativo Bomgar. Da lista de opções na aba Proxy, selecione Básico ou NLTM para configurar as definições de proxy. Insira o Host Proxy, Porta de Proxy, Usuário e Senha. O Jumpoint fornecerá essa informação de proxy sempre que executar o Jump para outro sistema na rede remota, fornecendo as credenciais necessárias para fazer o download e executar o cliente no sistema de destino. 17

18 Você também pode configurar este Jumpoint para funcionar como proxy selecionando Servidor Proxy de Jump Zone do menu suspenso na guia Proxy. Com Servidor Proxy de Jump Zone selecionado, este Jumpoint pode ser usado para conexões proxy para clientes na rede que não tenham uma conexão nativa à Internet, como os sistemas POS. Usar um Jumpoint como proxy direciona o tráfego apenas para o aplicativo. Um Jumpoint também pode ser usado para conexões proxy Jump Client. Nota: Para que um Jumpoint funcione como um Servidor Proxy Jump Zone, seu sistema host não pode estar atrás de um proxy. O Jumpoint deve conseguir acessar a Internet sem ter que fornecer informações de proxy para sua própria conexão. Insira o nome do host para usar na interface de áudio e defina que porta usar. IMPORTANTE! Os campos de host e porta devem ser definidos com cuidado já que todos os Jump Clients instalados usando este Jumpoint como servidor proxy usam as configurações disponíveis para ele no momento da instalação e não serão atualizados caso o host ou a porta mudem. Se o host ou porta precisarem ser alterados, o Jump Client terá que ser reinstalados. Defina para permitir todos os endereços IP ou para limitar os IPs que podem se conectar através desse proxy. Se permitir ou recusar acesso, insira um endereço IP ou um intervalo de sub-rede CIDR por linha. Nota: É recomendável criar uma exceção no Firewall do Windows para a porta que o servidor proxy ouvirá no processo de aceitação de conexões. 18

19 Configurações de Shell Jump A guia Shell Jump determina como este Jumpoint pode ser usado para se conectar aos dispositivos de rede com SSH e Telnet. Nota: O Shell Jump também deve ser ativado na página Configurações > Jumpoint da interface administrativa. Para um técnico de suporte ao cliente usar o Shell Jump, ele deverá ter acesso concedido a um Jumpoint com Shell Jump e ter a permissão da conta de usuário Autorizado a Usar Shell Jump habilitada. Na guia Políticas, se Acesso Aberto for selecionado, os técnicos de suporte ao cliente permitidos podem usar Shell Jump para qualquer dispositivo remoto inserindo o nome do seu host ou endereço IP ou selecionando-o em uma lista de dispositivos provisionados. Se Acesso Limitado for selecionado, os técnicos de suporte ao cliente podem aplicar Shell Jump a dispositivos provisionados ou inserir o nome de host ou o endereço IP de um dispositivo, contanto que ele obedeça aos parâmetros definidos pela lista de hosts na guia Limitado. Se Provisionado Apenas for selecionado, os técnicos de suporte ao cliente podem aplicar Shell Jump apenas a dispositivos provisionados. Se o acesso limitado for ativado na guia Política, a lista Limitada aceita os endereços IP e as máscaras de subrede CIDR aos quais o acesso a Shell Jump será limitado. 19

20 Configure o acesso às metas provisionadas do Shell Jump ao ir para a guia Fornecido e clicar em Adicionar. Insira um Nome que auxiliará os técnicos de suporte ao cliente a identificar este dispositivo ao iniciar uma sessão Shell Jump com ele. Insira o nome do host ou o endereço IP do dispositivo. Escolha o Protocolo a ser usado, SSH ou Telnet. A Porta automaticamente alterna para a porta padrão do protocolo selecionado, mas pode ser modificada para se adequar às suas configurações de rede. Selecione o Tipo de Terminal, xterm ou VT100. Se estiver usando o SSH, você pode optar por usar a Autenticação de Chave Pública. Neste caso, selecione uma Chave Privada para usar. As chaves privadas são configuradas a partir da guia Chaves Privadas. Técnicos de suporte ao cliente usando Shell Jump para este dispositivo provisionado podem se conectar somente com o nome de usuário que você fornecer. Você também pode optar por Enviar Pacotes Nulos para que as sessões ociosas não sejam encerradas. Insira o número de segundos de espera entre o envio de cada pacote. Se for usar o SSH, você pode carregar um arquivo de chaves para usar, acessando a guia Chaves Privadas e clicando em Adicionar. Forneça um Nome a esse código e navegue até o arquivo de código que quer usar. Os códigos devem estar no formato PuTTY (PPK). O PuTTYgen pode ser usado para gerar um arquivo PPK se necessário. Se for necessária uma Senha, você pode armazenar a senha do arquivo de chaves para todos os técnico de suporte ao cliente usarem, ou pode exigir que os técnicos de suporte ao cliente insiram a senha do arquivo de chaves cada vez que eles se conectarem a um dispositivo usando essa chave. 20

21 Você pode adicionar Chaves de Host SSH antes que um técnico de suporte ao cliente realize um Jump para aquele host. Se nenhuma chave host estiver armazenada no cache, o técnico de suporte ao cliente receberá uma mensagem alertando que a chave de host do servidor não está armazenada e que não é possível assegurar que a identidade do servidor. Armazenar a chave de host do servidor antes da conexão pode ajudar a evitar confusões. Insira o nome do host ou o endereço IP. Insira a Porta que o dispositivo usa. Em seguida, o servidor retornará a chave do host que você deve verificar. Clicar em Atualizar busca a chave de host do dispositivo e informa se ela foi alterada. Nota: Os computadores Mac e Linux usam Jump Clients, em vez de Jumpoints. Os sistemas Windows devem estar em um domínio e ter o Serviço de Registro Remoto para estarem ativados (desativado por padrão no Vista) para que o Jumpoint funcione de forma adequada. A tecnologia Jump não está disponível para dispositivos móveis. 21

22 Jump Clients O Assistente de implantação em massa permite que administradores e técnicos de suporte ao cliente privilegiados implantem Jump Clients em um ou mais computadores remotos para acesso automático posterior. Da lista de opções, selecione se deseja fixar o Jump Client à sua fila de espera, à fila de espera da equipe ou à fila de espera geral. A fixação à sua fila de espera pessoal significa que você só pode acessar esse computador remoto através de seu Jump Client. A fixação à fila de espera da equipe permite que todos os membros daquela equipe acessem esse computador através do seu Jump Client, enquanto a fixação à fila de espera geral permite o acesso de todos os técnico de suporte ao cliente. Adicionar um Nome de Grupo ajuda a organizar seus Jump Clients em categorias no console de suporte técnico. Defina a opção Tipo de Conexão para Ativa ou Passiva para os Jump Clients que serão implementados. Adicione Comentários que possam ser úteis na pesquisa e na identificação de computadores remotos. Note que todos os Jump Clients implementados por meio deste instalador terão os mesmos comentários definidos inicialmente. O instalador permanecerá utilizável apenas pelo período estabelecido em Este Instalador É Válido Por. Se alguém tentar executar o instalador Jump Client depois deste período de tempo, a instalação falhará e um novo instalador do Jump Client terá que ser criado. Este tempo pode ser definido entre 10 minutos e 1 ano. Este horário NÃO afeta o tempo que o Jump Client permanece ativo. Se Tentar Instalação Elevada se o Cliente Suportá-la for selecionado, o instalador tentará instalar os direitos administrativos, instalando o Jump Client como um serviço de sistema. Se a tentativa de instalação não for bem-sucedida ou se a essa opção estiver desmarcada, o instalador será executado com direitos de usuário, instalando o Jump Client como aplicativo. Esta opção aplica-se apenas aos sistemas operacionais Windows e Mac. Nota: Para computadores Windows e Mac, um Jump Client fixado no modo usuário está ativo apenas quando esse usuário estiver conectado. Por outro lado, um Jump Client fixado no modo serviço, com permissões elevadas, permitirá que o sistema esteja sempre disponível, independentemente de qual usuário esteja conectado. Se Avisar se Credenciais de Elevação forem Necessárias for marcada, o instalador pedirá que o usuário insira credenciais administrativas se o sistema exigir que essas credenciais sejam fornecidas de forma independente; caso contrário, ele instalará o Jump Client com os direitos de usuário. Isto se aplica apenas se estiver tentando realizar uma instalação elevada. Selecionando Iniciar Cliente Minimizado Durante o Início da Sessão, o cliente não aparecerá em primeiro plano e permanecerá minimizado na barra de tarefas ou na plataforma quando a sessão for iniciada através de um desses Jump Clients. Você também pode definir uma Senha para estes Jump Clients. Se uma senha for definida, ela deverá ser fornecida para modificar ou usar qualquer um destes Jump Clients. 22

23 Depois de clicar em Implementar, você pode baixar e instalar o Jump Client imediatamente se estiver no computador que precisa acessar posteriormente. Você também pode enviar o instalador por para um ou mais usuários remotos. Vários destinatários podem instalar o Jump Client do mesmo link. A opção Plataforma terá como padrão o instalador apropriado para seu sistema operacional. Para administradores de sistema que precisam enviar o instalador do Jump Client a um grande número de sistemas, a opção MSI pode ser usada com ferramenta de gerenciamento de sistemas preferida. No seu prompt de comando, ao compor o comando para instalar o Jump Client usando um MSI, mude para o diretório de onde o MSI foi obtido por download e insira o comando incluído na página Jump Clients. Você pode incluir um parâmetro opcional na sua instalação MSI. INSTALLDIR= aceita qualquer caminho de diretório válido para que o Jump Client seja instalado. Observe que ao contrário do console de suporte técnico, os Jump Clients instalados de uma MSI fazem atualização automática. O administrador pode escolher que estatísticas visualizar para todos os Jump Clients em todo o site. Estas estatísticas são exibidas no console de suporte técnico e incluem o sistema operacional, a disponibilidade, o console de usuário, a CPU, a utilização do disco e uma captura da tela remota. O Intervalo de Atualização de Estatísticas do Jump Client Ativo determina com que frequência essas estatísticas são atualizadas. Gerenciar que estatísticas são visualizadas e com que frequência pode ajudar a regular a quantidade de banda larga consumida. Quanto maior o número de Jump Clients ativos implementados, menor serão as estatísticas e maior terá que ser o intervalo. Além disso, defina o número máximo de Jump Clients para atualizar ao mesmo tempo. Observe que se tiver um grande número de Jump Clients implantado, você pode ter que limitar esse número para regular a quantidade de banda larga consumida. Você pode regular ainda mais a largura de banda usada durante atualizações de versões pela configuração Largura de banda máxima das atualizações simultâneas de Jump Client. Permitir acesso simultâneo de técnicos de suporte ao cliente a um único Jump Client é uma forma de vários técnicos de suporte ao cliente obterem acesso simultâneo ao mesmo Jump Client sem precisarem ser convidados para participar de uma sessão de suporte técnico ativa para outro técnico de suporte ao cliente. O primeiro técnico de suporte ao cliente a acessar o Jump Client mantém a propriedade da sessão. Os técnicos de suporte ao cliente em uma sessão Jump compartilhada poderão ver um ao outro e conversar. Restringir Desinstalação/Desativação Local dos Jump Clients limita a capacidade do usuário remoto desinstalar ou desativar Jump Clients do menu de contexto de clique direito, reduzindo a necessidade de reinstalar Jump Clients que não deveriam ter sido desinstalados. Se esta opção for ativada, somente os usuários com privilégios apropriados na máquina de destino poderão desinstalar o Jump Client através do mecanismo desinstalar programas do sistema host. Define se os Jump Clients fixos durante uma sessão devem ser ativos ou passivos. A Porta Jump Client Passivo especifica qual porta um Jump Client passivo usará para receber um comando de despertar do seu aplicativo. Garanta que as 23

24 configurações de firewall permitem entrada de tráfego nesta porta para seus hosts com Jump Clients passivos. Uma vez acordados, os Jump Clients sempre se conectam com o aplicativo nas portas 80 ou 443 para saída. 24

25 Bomgar Buttons Implantar um Bomgar Button no computador do seu cliente instala um computador de cliente na sua máquina, fornecendo um método direto e rápido de iniciar as sessões de suporte técnico. O Bomgar Button NÃO mantém uma conexão ao Aplicativo Bomgar, mas fornece um método iniciado pelo cliente para solicitar suporte técnico. Dependendo da configuração do Bomgar Button e do site de suporte técnico, clicar no Bomgar Button irá conectar o cliente com uma equipe ou um técnico de suporte ao cliente definidos previamente, permitir que o cliente insira um código de sessão ou permitir que o cliente envie um formulário de envio de problema. Os Bomgar Buttons podem ser instalados em computadores Windows, Mac e Linux, bem como Smartphones da BlackBerry. Para implantar em massa um Bomgar Button, primeiro insira um nome fácil para a Descrição. Isso é útil no gerenciamento de Bomgar Buttons implementados. Em seguida, especifique se iniciar uma sessão deste Bomgar Button deverá colocar o cliente na sua fila de espera pessoal ou em uma fila de espera de uma equipe. Defina o prazo de validade do botão. O cliente só poderá usar este botão para iniciar as sessões pelo período especificado aqui.. Se o cliente clicar neste botão após ele ter expirado, uma mensagem de código de sessão inválida será exibida, e o navegador será atualizado para o seu portal de suporte técnico. Este tempo NÃO afeta por quanto tempo o instalador permanece ativo ou quanto tempo uma sessão pode durar. Por fim, escolha a instalação do Bomgar Button para um único usuário ou todos os usuários no sistema remoto. Implementar um Bomgar Button para todos os usuários só está disponível para plataformas Windows. Também, se você fizer qualquer alteração em um perfil do Bomgar Button, um Bomgar Button de um único usuário irá incorporar automaticamente esta alterações da próxima vez em que se conectar, enquanto um Bomgar Button de todos os usuários terá que ser reimplementado para receber estas alterações. Para uma melhor experiência, reimplemente os Bomgar Buttons de todos os usuários cada vez que atualizar a versão de seu software Bomgar. Note que Bomgar Buttons para todos os usuários não podem ser removidos do console de suporte técnico; eles devem ser desinstalados em Programas e Recursos ou Adicionar ou Remover Programas. Depois de ter definido os parâmetros, clique em Criar e escolha fazer o download do Bomgar Button no computador local ou enviá-lo por para um ou mais destinatários. A opção Plataforma terá como padrão o instalador apropriado para seu sistema operacional. Selecione BlackBerry MDS no menu suspenso Plataforma para implementar o Bomgar Button através do BlackBerry Enterprise Server. Para administradores de sistema que precisam enviar o Bomgar Button a um grande número de sistemas, a opção MSI pode ser usada com sua ferramenta de gerenciamento de sistemas preferida. No seu prompt de comando, ao compor o comando para instalar o Bomgar Button usando um MSI, mude o diretório onde o MSI foi obtido por download e insira o comando incluído na página Bomgar Button. Observe que ao contrário do console de suporte técnico, os Bomgar Buttons instalados de um MSI fazem uma atualização automática. 25

26 Nota: Como alguns navegadores requerem que o instalador seja salvo para ser executado, pode haver alguma confusão sobre se o Bomgar Button está totalmente instalado. O arquivo bomgar-scc-{uid}.exe obtido por download não é o próprio botão, mas sim o instalador do botão. Este arquivo executável deverá ser executado para concluir a instalação. Personalize o Bomgar Button na seção Perfil do Bomgar Button. Carregue o arquivo que contém o ícone de botão personalizado; o arquivo deve estar no formato PNG, não superior a 150 KB e a altura e largura mínimas devem ser de 128 pixels. A largura e o comprimento devem ser iguais. Insira o Título do perfil. Este título será usado como o título da área de trabalho. Em seguida, insira o título curto; ele será usado quando o sistema operacional do cliente limitar o comprimento do título. Selecione onde pretende implementar o Bomgar Button, no ambiente de trabalho ou no menu. A opção de menu é suportada apenas em sistemas Windows, Mac e Linux. Em seguida, selecione se o cliente pode usar o Bomgar Button para estabelecer uma ligação direta a uma fila de espera especificada. Clique em Salvar Alterações. Os Bomgar Buttons implementados usarão, a partir de agora, este perfil atualizado. 26

27 Mensagens Pré-Configuradas Os administradores e técnicos de suporte ao cliente privilegiados podem criar mensagens pré-configuradas a serem usadas nas sessões de bate-papo. Do menu suspenso, selecione Global para exibir as mensagens que estiverem disponíveis para todos os técnicos de suporte ao cliente ou selecione um nome de equipe para ver as mensagens disponíveis apenas para os membros dessa equipe de suporte ao cliente. Clique em Adicionar Novo para adicionar uma subcategoria ou uma nova mensagem. Excluir remove a mensagem ou toda a categoria. Clique em um nome de subcategoria para mostrar ou ocultar as subcategorias e mensagens que ela contém. 27

28 Scripts Pré-Configurados Crie scripts personalizados a serem usados em sessões do shell de comando. O script será exibido na interface shell de comando enquanto estiver sendo executado. O primeiro passo para gerenciar os scripts pré-configurados é criar categorias para organizar seu script. Em seguida, adicione quaisquer arquivos de recursos que deseja acessar a partir dos scripts. Você pode carregar até 100 MB no seu diretório de arquivo de recursos. Ao criar um script, primeiro nomeie o script e depois adicione uma breve descrição sobre para que ele serve. Essa descrição é exibida no prompt para confirmar se o técnico de suporte ao cliente quer executar o script selecionado. Em seguida, escreva a sequência de comando. Os scripts devem ser escritos em formato de linha de comando, semelhante a um arquivo em lote ou script shell. Observe que somente a última linha do script pode ser interativa; você não pode solicitar entrada no meio do script. Selecione quais equipes de suporte ao cliente devem conseguir executar este script e selecione as categorias sob as quais esse script deve aparecer. Finalmente, selecione um arquivo de recurso a ser associado a este script. No próprio script, faça referência ao arquivo de recurso usando %RESOURCE_FILE%, sem esquecer de incluir aspas. Observe que a sequência de comando é sensível ao uso de maiúsculas e minúsculas. Você pode acessar o diretório temporário do arquivo de recurso usando %RESOURCE_DIR%. Quando você executa um script com um arquivo de recurso associado, esse arquivo é temporariamente carregado no computador do cliente. 28

29 Ações Especiais Crie Ações Especiais Personalizadas para acelerar seus processos de suporte técnico. Ações especiais personalizadas podem ser criadas para sistemas Windows, Mac e Linux. Para criar uma nova ação especial, clique em Adicionar Nova Ação Especial. Atribuir esta ação a um nome ajuda na sua identificação pelos técnicos de suporte ao cliente durante uma sessão de suporte técnico. No campo Comando, insira o caminho completo do aplicativo que deseja executar. Não use aspas; elas serão adicionadas conforme necessário. Sistemas Windows podem usar as macros fornecidas. Se o comando não puder ser localizado no sistema remoto, esta ação especial personalizada não aparecerá na lista de ações especiais do técnico de suporte ao cliente. Se o comando fornecido aceitar argumentos da linha de comando, você pode entrar estes argumentos em seguida. Argumentos podem usar aspas, se necessário, e argumentos para sistemas Windows podem usar as macros fornecidas. Para ajuda com argumentos Windows, procure opções da linha de comando em msdn.microsoft.com. Se você marcar a caixa Confirmar, os técnicos de suporte ao cliente serão solicitados a confirmar se eles querem executar esta ação especial antes. Caso contrário, selecionar a ação especial personalizada a partir do menu durante a sessão causará a execução imediata daquela ação especial. Marcar a caixa Executar Elevado fará esta ação especial ser exibida apenas quando o cliente estiver sendo executado em modo elevado. Quando executa uma ação especial no modo elevado, você será solicitado a executá-la como usuário do sistema ou a fornecer credenciais para outro usuário válido no sistema remoto. Quando concluído, clique em Adicionar Ação Especial. Se você deseja habilitar as ações especiais padrão incluídas pela Bomgar, marque Mostrar Ações Especiais Incluídas. Ou então, para habilitar apenas suas ações especiais personalizadas, desmarque desta opção. Nota: A ação especial Segurança Windows (Ctrl-Alt-Del) não pode ser desabilitada. Além disso, desabilitar as ações especiais incluídas não desabilitará as ações especiais padrão para os dispositivos móveis. 29

30 Usuários e Segurança Contas de Usuário Consulte as informações sobre todos os usuários que tenham acesso ao Aplicativo Bomgar, incluindo usuários locais e aqueles com acesso através da integração de fornecedor de segurança. Pesquise as contas de usuário com base no nome do usuário e no nome da exibição. Clique em um título de coluna para classificar as contas. Clique em Exibir Detalhes para ver mais informações ou Reduzir para voltar à vista normal. Editar permite alterar as definições da conta individual e Excluir remove os técnicos de suporte ao cliente do sistema (consulte "Informações de Configuração e Campo" na página 36). Você não pode excluir sua própria conta. Clique em Criar Novo Usuário para adicionar mais técnicos de suporte ao cliente ao seu sistema local. 30

31 Convite do Técnico de Suporte ao Cliente Com um convite do técnico de suporte ao cliente, um usuário privilegiado pode convidar um técnico de suporte ao cliente externo para participar de uma sessão apenas uma única vez. Quando o usuário fizer o convite, ele selecionará um perfil de segurança para determinar que nível de privilégios deve ser concedido ao técnico de suporte ao cliente externo. Esses perfis de segurança são configurados pelos administradores nesta página. Você pode editar o convite por que será enviado aos técnicos de suporte ao cliente externos quando convidá-los a ingressar em uma sessão. Você pode incluir macros para adicionar dinamicamente o nome do técnico de suporte ao cliente que está enviando o convite, o código de sessão e seu URL exclusivo e o URL do site público. É possível criar um novo perfil do zero ou copiá-lo de um perfil existente. Forneça um nome e descrição para esse perfil que ajude os usuários a identificá-lo ao fazer convites. Em seguida, atribua um conjunto limitado de privilégios ao perfil. 31

32 Provedores de Segurança Você pode configurar seu Aplicativo Bomgar para autenticar usuários em servidores LDAP existentes e também para atribuir privilégios com base na hierarquia pré-existente e nas definições de grupo já especificadas nos seus servidores. Clique em Configurar Novo Provedor para adicionar um usuário ou grupo de usuários e digite a informação adequada para sua conexão de servidor. Devido à complexidade técnica para integrar devidamente provedores de segurança com o Aplicativo Bomgar, a configuração exata não é discutida neste guia. Para instruções detalhadas, consulte os guias de configuração de provedor de segurança completos em Depois que seus provedores de segurança estiverem configurados, clique em Configurar Novo Provedor para configurar relações em grupos de cluster. Os clusters podem operar em modo Failover para redundância ou no modo Seleção Aleatória para balanceamento de carga. Da lista de provedores disponíveis, selecione com que servidores criar o cluster. Quando você salva suas alterações, os servidores agrupado em cluster aparecerão indentados abaixo do seu elemento principal. Arraste e solte os provedores de segurança para definir sua prioridade padrão. Você pode arrastar e soltar servidores em um cluster; os clusters podem ser arrastados e soltos em conjunto. Para uma configuração mais complexa, clique no botão Editar de um servidor ou cluster. Para três cenários Se o usuário não for encontrado, se o provedor não puder ser contatado ou se a autenticação falhar você pode optar por testar o próximo servidor na lista, testar um servidor específico ou recusar o logon. Se a autenticação tiver êxito, você pode simplesmente permitir o logon ou procurar as configurações de grupo do usuário em um servidor de grupo definido. Para associar os usuários a grupos, é preciso primeiro configurar os servidores de usuários e servidores de grupos separadamente, e depois permitir a busca em grupo da página Editar do seu provedor de usuários. IMPORTANTE: Cada usuário que autentica em um provedor de segurança deve ser membro de pelo menos uma política de grupo que tenha, no mínimo, uma configuração definida para se conectar ao Bomgar. Uma política de grupo padrão pode ser definida para todos os usuários em um provedor de segurança. Os grupos pré-existentes também podem ter políticas de grupo atribuídas a eles na página Políticas de Grupo. Os provedores de usuário e os provedores de grupo devem ser vinculados aos grupos para serem devidamente reconhecidos e aplicados. 32

33 Políticas de Grupo A página Políticas de Grupo permite configurar grupos de usuários que compartilhem privilégios comuns. Atribua usuários ao grupo, selecionando no seu sistema local ou em provedores de segurança configurados. Se seus provedores de segurança estiverem devidamente configurados, você também pode adicionar grupos inteiros para simplificar o processo. 33

34 Para cada definição, selecione se ela deve ser definida nesta política ou permanecer disponível para configuração de usuários individuais. Se for definido, você deverá modificar esse privilégio para um usuário individual da sua página de conta de usuário. Se você tiver uma política que defina uma permissão e não quiser que ela seja substituída por outra política, selecione uma opção que especifique que a permissão não pode ser alterada e a política deverá ter prioridade sobre as outras políticas que definem essa configuração. Digamos, por exemplo, que o seu grupo de Administradores tenha permissão para editar o modelo público e que essa política seja prioridade e não impeça substituição. Mesmo se os usuários no grupo de técnicos de suporte ao cliente forem definidos como não autorizados a editar o modelo público e a substituição também for evitada, os usuários que estão nos grupos de Administradores e Técnico de Suporte ao Cliente terão os privilégios do grupo de Administradores porque ele é um maior nível de prioridade. No entanto, se as permissões do grupo dos Administradores estiverem definidas para permitir a substituição e as permissões de grupo de Técnicos de Suporte ao Clientes não, as permissões do grupo de Técnico de suporte ao clientes terão prioridade, mesmo que tenham um grau de prioridade menor. Para fins de gerenciamento, a ordem recomendada das prioridades é definir políticas para grupos de usuários mais específicos com uma maior prioridade (impedindo a substituição) e a partir desse ponto definir os grupos da maior prioridade para a menor prioridade. Para definir prioridade, clique em Alterar Ordem na página principal e, em seguida, arraste e solte as políticas de grupo. Clique em Salvar Ordem para as mudanças de prioridade entrarem em vigor. Para acelerar a criação de políticas de grupo similares, clique em Copiar para criar uma nova política com permissões e membros idênticos. Você pode editar esta nova política para atender aos seus requisitos específicos. Clique em Salvar Política para colocar a política em vigor. 34

35 Além disso, você pode exportar uma política de grupo de um site e importar essas permissões para uma política em outro site. Edite a política que você deseja exportar e role até o final da página. Clique em Exportar Política e salve o arquivo. Nota: Ao exportar uma política de grupo, somente o nome da política, as configurações de conta e as permissões são exportadas. Membros de política, associações de equipe de suporte ao cliente e associações de Jumpoint não são incluídos na exportação. Você agora pode importar essas configurações de política para qualquer outro site da Bomgar que suporte a importação da política de grupo. Crie uma nova política de grupo ou edite uma política existente que contenham as permissões que você deseja substituir e role até o final da página. Vá até o arquivo de política e clique em Importar Política. Após o arquivo de política ser carregado, a página será atualizada, permitindo que você faça modificações. Clique em Salvar Política para colocar a política de grupo em vigor. Nota: Importar um arquivo de política para uma política de grupo existente substituirá todas as permissões previamente definidas, com a exceção dos membros da política, associações da equipe de suporte ao cliente e de Jumpoint. 35

36 Informações de Configuração e Campo O Bomgar oferece a administradores controle detalhado sobre as permissões do usuário. Esta tabela mostra em detalhe as definições e os campos de permissão disponíveis para Administradores Bomgar. 1 Nome do Usuário Identificador único usado para conexão. Permissão 2 Nome de Exibição O nome do técnico de suporte ao cliente como mostrado no site público, em bate-papos, etc. 3 Número de Exibição Digite um número de ID exclusivo ou deixe este campo em branco para selecionar automaticamente o próximo número disponível. Este número afeta a ordem em que os técnicos de suporte ao cliente são listados no site público. 4 Senha Senha usada com o nome de usuário para fazer conexão. 5 Deve redefinir a senha no próximo logon Força uma mudança de senha na próxima vez em que o técnico de suporte ao cliente se conectar. 6 A Senha Expira Em Faz a senha expirar após uma determinada data ou nunca expirar. 7 Pergunta de Segurança Permite que o técnico de suporte ao cliente redefina uma senha esquecida depois de responder corretamente a uma pergunta de segurança. 8 Resposta de Segurança Forneça uma resposta secreta para a pergunta de segurança. 9 Perfil/Nome da Política Crie um nome fácil para este perfil de segurança de convite do técnico de suporte ao cliente ou política de grupo. 10 Membros da Política Adicione usuários a esta política de grupo. Os usuários locais podem ser adicionados individualmente ou os usuários que autenticam em um fornecedor de segurança podem ser adicionados individualmente ou em grupos. 11 A Conta Expira em Faz a conta expirar após uma determinada data ou nunca expirar. 12 Conta Desativada Desativa a conta para que o técnico de suporte ao cliente não possa fazer a conexão. Desativar NÃO exclui a conta. 13 Comentários/Descrição Adiciona comentários sobre a conta. Usuário Convite do Técnico de Suporte ao Cliente Política de Grupo 36

37 Permissão 14 É administrador Concede ao técnico de suporte ao cliente todos os direitos administrativos. 15 Tem Permissão para Editar Jumpoints Permite que o técnico de suporte ao cliente crie ou edite Jumpoints. Esta opção não afeta a capacidade de o técnico de suporte ao cliente acessar comutadores remotos através do Jumpoint, que é configurado por Jumpoint ou política de grupo. 16 Autorizado a Alterar Nome de Exibição Permite que o técnico de suporte ao cliente mude seu nome de exibição. 17 Autorizado a Visualizar Relatórios Permite que o técnico de suporte ao cliente execute relatórios sobre as atividades de sessão, exibindo apenas sessões em que ele foi o técnico de suporte ao cliente principal, apenas as sessões em que uma das suas equipes era a principal equipe ou um de seus colegas de equipe foi o principal técnico de suporte ao cliente ou todas as sessões. 18 Autorizado a Visualizar Gravações de Sessão de Suporte Técnico Permite que o técnico de suporte ao cliente exiba as gravações de vídeo em Flash das sessões de compartilhamento de tela e sessões de shell de comando. 19 Autorizado a Usar a API de Relatórios Permite que as credenciais de técnico de suporte ao cliente sejam usadas para obter relatórios XML através da API, seguindo as regras definidas acima. 20 Autorizado a Usar a API de Comando Permite que as credenciais do técnico de suporte ao cliente sejam usadas para emitir comandos via API. 21 Autorizado a Editar Site Público Permite que o técnico de suporte ao cliente crie e modifique configurações de site público, edite modelos de HTML, exiba interface de tradução, etc. 22 Autorizado a Editar Armazenamento de Arquivos Permite que o técnico de suporte ao cliente adicione ou remova arquivos do armazenamento de arquivos. 23 Autorizado a Editar Mensagens Pré-Configuradas Permite que o técnico de suporte ao cliente crie ou edite as mensagens para todos os usuários ou suas equipes. 24 Autorizado a Editar Equipes de Suporte ao Cliente Permite que o técnico de suporte ao cliente crie ou edite as equipes de suporte ao cliente. 25 Autorizado a Editar Problemas Permite ao técnico de suporte ao cliente criar e editar problemas. 26 Tem Permissão para Editar Perfis do Bomgar Button Permite que o usuário edite o Bomgar Button. 27 Autorizado a Editar Scripts Pré-Configurados Permite que o usuário crie ou edite scripts pré-configurados para usar em sessões de shell de comando. Usuário Convite do Técnico de Suporte ao Cliente Política de Grupo 37

38 Permissão 28 Autorizado a Mostrar em Site Público Exibe o nome do técnico de suporte ao cliente em todos os sites públicos que tenham a lista de técnicos de suporte ao cliente ativada. 29 Autorizado a Editar Perfis Apple ios Permite que o técnico de suporte ao cliente crie, edite e carregue o conteúdo do perfil Bomgar Apple ios para distribuição aos usuários do dispositivo ios. 30 Autorizado a fornecer suporte técnico remoto Permite que o técnico de suporte ao cliente use o console de suporte técnico para executar sessões de suporte técnico. Caso a opção de suporte técnico esteja ativada, as opções referentes ao suporte técnico remoto também estarão disponíveis. Esta opção está sempre ativada para convite do técnico de suporte ao cliente. 31 Tem permissão para gerar código de sessão para sessões de suporte técnico. Permite que o técnico de suporte ao cliente gere código de sessão para permitir que os clientes iniciem sessões com ele diretamente. 32 Autorizado a Gerar Códigos de Acesso para Enviar Perfis ios Permite que o técnico de suporte ao cliente gere chaves de acesso para oferecer conteúdo do ios para usuários do dispositivo ios. 33 Autorizado a Participar na Fila de Espera Geral Permite que o técnico de suporte ao cliente interaja com outros técnicos de suporte ao cliente na fila de espera geral. 34 Autorizado a Transferir Sessões para Equipes a que Não Pertencem Permite que o técnico de suporte ao cliente transfira sessões para outras equipes que não as suas. Se desativado, a interação do técnico de suporte ao cliente fica restrita somente às equipes designadas ao técnico de suporte ao cliente. 35 Autorizado a Compartilhar Sessões com Membros de Equipes das Quais Não faz Parte Permite ao técnico de suporte ao cliente convidar um conjunto menos limitado de técnicos de suporte ao cliente a compartilhar sessões, não somente os membros de suas equipe ou membros da equipe Embassy. Combinada com a permissão de disponibilidade estendida, essa permissão expande a capacidade de compartilhamento da sessão. 36 Autorizado a Convidar Técnicos de Suporte ao Cliente de Suporte Externo Permite que o técnico de suporte ao cliente convite um outro técnico de suporte ao cliente para participar de uma sessão de suporte técnico uma única vez. 37 Autorizado a editar a Chave Externa Permite que o usuário modifique a chave externa da guia Resumo de uma sessão no console de suporte técnico. 38 Solicitar Aprovação do Cliente para Estas Ações em Sessões com Operador Em uma sessão de compartilhamento de tela, solicita permissão do cliente para usar quaisquer funções de suporte técnico remoto na seção Permissões do Técnico de Suporte ao Cliente. Usuário Convite do Técnico de Suporte ao Cliente Política de Grupo 38

Guia Administrativo 13.1

Guia Administrativo 13.1 Guia Administrativo 13.1 Licenciamento Padrão CONTEÚDO Bomgar Interface Administrativa 4 Logon do Usuário 5 Status 6 Informações 6 Técnicos de Suporte ao Cliente 7 Novidades 8 Minha Conta 9 Configuração

Leia mais

Guia Administrativo 12.3 Licenciamento corporativo

Guia Administrativo 12.3 Licenciamento corporativo Guia Administrativo 12.3 Licenciamento corporativo Obrigado por usar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento ao cliente é nossa maior prioridade. Ajude-nos a oferecer um excelente serviço. Se tiver algum comentário

Leia mais

Guia do Administrador do Bomgar Padrão. Bomgar TM 10.4

Guia do Administrador do Bomgar Padrão. Bomgar TM 10.4 Guia do Administrador do Bomgar Padrão Bomgar TM 10.4 Documento: 042810.03 Publicado: maio 2010 Documento: 042810.03 Publicado: maio 2010 Obrigado por usar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento ao cliente

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Sede das Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 EUA http://www.cisco.com Tel.: +1 408 526-4000

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Lync Acessando o Lync Web App

Lync Acessando o Lync Web App Lync Acessando o Lync Web App Saiba como ingressar em uma reunião, quais são os recursos disponíveis, as configurações e conheça o layout do Lync Web App. Sumário Lync Web App... 1 Ingressar em uma Reunião

Leia mais

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Maio de 2012 Conteúdo Capítulo 1: Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Introdução ao Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Instalando

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) IBM

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) IBM Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) IBM Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos do sistema........... 1 Código de autorização.......... 1 Instalando...............

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop, browser

Leia mais

Guia do Aplicativo Bomgar B200 Índice

Guia do Aplicativo Bomgar B200 Índice Guia do Aplicativo Bomgar B200 Índice Introdução 2 Configuração do Bomgar Box 2 Fundamentos 2 Armazenamento 3 Minha conta 3 Configuração do IP 4 Rotas estáticas 5 Administração de aplicativo 5 Configuração

Leia mais

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 Sumário Prefácio: Prefácio...vii Capítulo 1: Apresentação do MozyPro...9 Capítulo 2: Noções básicas sobre os Conceitos do MozyPro...11 Noções básicas

Leia mais

Splash RPX-iii Xerox 700 Digital Color Press. Guia de impressão

Splash RPX-iii Xerox 700 Digital Color Press. Guia de impressão Splash RPX-iii Xerox 700 Digital Color Press Guia de impressão 2008 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto.

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop,

Leia mais

Guia de instalação e configuração do Alteryx Server

Guia de instalação e configuração do Alteryx Server Guia de referência Guia de instalação e configuração do Alteryx Server v 1.5, novembro de 2015 Sumário Guia de instalação e configuração do Alteryx Server Sumário Capítulo 1 Visão geral do sistema... 5

Leia mais

Seu manual do usuário LOGMEIN RESCUE http://pt.yourpdfguides.com/dref/2874854

Seu manual do usuário LOGMEIN RESCUE http://pt.yourpdfguides.com/dref/2874854 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para LOGMEIN RESCUE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a LOGMEIN RESCUE

Leia mais

Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença será

Leia mais

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Móvel Versão 2.0 para Android

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Móvel Versão 2.0 para Android Guia do Usuário Avigilon Control Center Móvel Versão 2.0 para Android 2011-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. AVIGILON é marca comercial registrada e/ou não registrada da Avigilon

Leia mais

Fiery Driver Configurator

Fiery Driver Configurator 2015 Electronics For Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 16 de novembro de 2015 Conteúdo 3 Conteúdo Fiery Driver Configurator...5

Leia mais

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.2 SENHA 4 1.3 INSTALAÇÃO 4 1.3.1 INSTALAÇÃO PARA MODERADOR 4 1.3.2 INSTALAÇÃO PARA PARTICIPANTES 8 1.3.2.1 PELO

Leia mais

Lifesize Video Table of Contents

Lifesize Video Table of Contents Table of Contents Vamos começar Para quem devo ligar? Criar uma reunião Enviar um convite Ligar para alguém Vamos nos reunir Vamos conversar Compartilhando dados em uma chamada Como discar Tópicos avançados

Leia mais

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia de implementação

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia de implementação Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia de implementação Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes que ajudam você a usar melhor os recursos do computador. CUIDADO:

Leia mais

Configurar e gerenciar comunidades do Salesforce

Configurar e gerenciar comunidades do Salesforce Configurar e gerenciar comunidades do Salesforce Guia do usuário, Spring 16 @salesforcedocs Última atualização: 17/12/2015 A versão em Inglês deste documento tem precedência sobre a versão traduzida. Copyright

Leia mais

Software ConnectKey Share to Cloud Versão 1.0 Abril de 2013. Xerox ConnectKey Share to Cloud Guia do Usuário / Administrador

Software ConnectKey Share to Cloud Versão 1.0 Abril de 2013. Xerox ConnectKey Share to Cloud Guia do Usuário / Administrador Software ConnectKey Share to Cloud Versão 1.0 Abril de 2013 Xerox ConnectKey Share to Cloud Guia do Usuário / Administrador 2013 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. Xerox, Xerox and Design

Leia mais

Instalação do Aparelho Virtual Bomgar. Base 3.2

Instalação do Aparelho Virtual Bomgar. Base 3.2 Instalação do Aparelho Virtual Bomgar Base 3.2 Obrigado por utilizar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento ao cliente é prioridade máxima. Ajude-nos a oferecer um excelente serviço. Se tiver algum comentário

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Um serviço de diretório, como o Active Directory, fornece os métodos para armazenar os dados de diretório (informações sobre objetos

Leia mais

Sumário. 1 Introdução à administração do Windows Vista...27. 2 Gerenciando sistemas Windows Vista...51

Sumário. 1 Introdução à administração do Windows Vista...27. 2 Gerenciando sistemas Windows Vista...51 Sumário 1 Introdução à administração do Windows Vista...27 Começando a usar o Windows Vista... 28 Instalando e executando o Windows Vista... 30 Instalando o Windows Vista...30 Utilizando o Centro de Boas-vindas

Leia mais

FileMaker. Guia de instalação e novos recursos. do FileMaker Pro 15 e FileMaker Pro 15 Advanced

FileMaker. Guia de instalação e novos recursos. do FileMaker Pro 15 e FileMaker Pro 15 Advanced FileMaker Guia de instalação e novos recursos do FileMaker Pro 15 e FileMaker Pro 15 Advanced 2007-2016 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Fiery EXP8000 Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Impressão no Mac OS

Fiery EXP8000 Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Impressão no Mac OS Fiery EXP8000 Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Impressão no Mac OS 2005 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste

Leia mais

Guia de Início Rápido SystemTweaker

Guia de Início Rápido SystemTweaker Guia de Início Rápido SystemTweaker O SystemTweaker é uma ferramenta segura e fácil de usar para personalizar o Windows de acordo com as suas preferências. Este guia de início rápido irá ajudar você a

Leia mais

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis.

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. Capítulo 1 Guia de Início Rápido Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. PRIMEIRO PASSO: Entrando no ClaireMeeting Use o seu navegador e acesse: http://www.clairemeeting4.com.br

Leia mais

Solução Xerox NDPS para Novell NDPS Guia do Usuário Versão 2.3

Solução Xerox NDPS para Novell NDPS Guia do Usuário Versão 2.3 Solução Xerox NDPS para Novell NDPS Guia do Usuário Versão 2.3 1999-2003 by Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. A proteção do copyright aqui reclamada inclui todas as formas e assuntos de

Leia mais

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central.

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central. APRESENTAÇÃO O presente documento Aplicativos de E-mail / Webmail Nível Básico Perguntas e Respostas tem como principal objetivo disponibilizar aos servidores das Escolas Estaduais do Estado de Minas Gerais

Leia mais

Instruções de operação Guia de segurança

Instruções de operação Guia de segurança Instruções de operação Guia de segurança Para um uso seguro e correto, certifique-se de ler as Informações de segurança em 'Leia isto primeiro' antes de usar o equipamento. CONTEÚDO 1. Instruções iniciais

Leia mais

Interface Web do Aparelho Bomgar. Base 3.3.2

Interface Web do Aparelho Bomgar. Base 3.3.2 Interface Web do Aparelho Bomgar Base 3.3.2 Obrigado por usar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento ao cliente é prioridade máxima. Ajude-nos a oferecer um excelente serviço. Se tiver algum comentário a fazer,

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

CIBM. IBM SmartCloud Entry. Guia do Usuário - Versão 2.2

CIBM. IBM SmartCloud Entry. Guia do Usuário - Versão 2.2 CIBM Guia do Usuário - Versão 2.2 Esta edição aplica-se à versão 2, release 2, modificação 0 do (número do produto 5765-SKC) e a todos os releases e modificações subsequentes, até que seja indicado de

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

HP Visual Collaboration Desktop. Guia do usuário. HP Visual Collaboration Desktop v2.0

HP Visual Collaboration Desktop. Guia do usuário. HP Visual Collaboration Desktop v2.0 HP Visual Collaboration Desktop Guia do usuário HP Visual Collaboration Desktop v2.0 First edition: December 2010 Avisos legais Copyright 2010 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações aqui

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Insight Teacher Quickstart Guide

Insight Teacher Quickstart Guide 1 2 Site de Internet: www.faronics.com E-mail: sales@faronics.com Telefone: (+1) 800-943-6422 ou (+1) 604-637-3333 Fax: (+1) 800-943-6488 ou (+1) 604-637-8188 Horário: de segunda-feira a sexta-feira, das

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos...2 Antes da instalação Motorola Phone Tools...3 Instalar Motorola Phone Tools...4 Instalação e configuração do dispositivo móvel...6 Registro

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais PRERELEASE 03/07/2011 Avisos legais Avisos legais Para consultar avisos legais, acesse o site http://help.adobe.com/pt_br/legalnotices/index.html.

Leia mais

GOOGLE.COM.BR - PRIVACY POLICY

GOOGLE.COM.BR - PRIVACY POLICY Última modificação: 27 de julho de 2012 ( visualizar versões arquivadas) Existem muitas maneiras diferentes pelas quais você pode usar nossos serviços pesquisar e compartilhar informações, comunicar-se

Leia mais

Guia de iniciação Bomgar B400

Guia de iniciação Bomgar B400 Guia de iniciação Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio de 2010 Guia de iniciação Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio 2010 Obrigado por utilizar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. As informações

Leia mais

Início Rápido: Registar para o Centro de Negócios da Microsoft

Início Rápido: Registar para o Centro de Negócios da Microsoft Guia do Cliente O Centro de Negócios da Microsoft permite que as pessoas em sua organização exibam com segurança contratos de compras, exibam pedidos de licenciamento por volume, efetuem o download do

Leia mais

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Visão geral do conteúdo Sobre o PrintMe Mobile Requisitos do sistema Impressão Solução de problemas Sobre o PrintMe Mobile O PrintMe Mobile é uma solução empresarial

Leia mais

Guia de início rápido do Alteryx Server

Guia de início rápido do Alteryx Server Guia de início rápido do Alteryx Server A. Instalação e licenciamento Baixe o pacote de instalação do Alteryx Server e siga as instruções abaixo para instalar e ativar a licença. 2015 Alteryx, Inc. v1.4,

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.2. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.2. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.2 ExpressoMG 16/12/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS 29 de abril de 2014 Fiery Driver para Mac OS 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5

Leia mais

Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series. Utilitários

Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series. Utilitários Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series Utilitários 2013 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto.

Leia mais

Redes Ponto a Ponto. Os drivers das placas de rede devem estar instalados.

Redes Ponto a Ponto. Os drivers das placas de rede devem estar instalados. Redes Ponto a Ponto É fácil configurar uma rede ponto-a-ponto em qualquer versão do Windows. Antes entretanto é preciso tomar algumas providências em relação ao hardware: Todos os computadores devem estar

Leia mais

Manual de Instalação SIM/SINASC

Manual de Instalação SIM/SINASC Manual de Instalação SIM/SINASC Agosto/2009 Versão 2.2 Índice CAPÍTULO 01 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO 02 - PERFIL DO HARDWARE... 5 CAPÍTULO 03 INSTALADOR SIM SINASC 2.2... 6 CAPÍTULO 04 - MODO DE INSTALAÇÃO...

Leia mais

Manual do Usuário Publicador

Manual do Usuário Publicador Manual do Usuário Publicador Portal STN SERPRO Superintendência de Desenvolvimento SUPDE Setor de Desenvolvimento de Sítios e Portais DEDS2 Versão 1.1 Fevereiro 2014 Sumário Sobre o Manual... 3 Objetivo...

Leia mais

Gerenciador de Multi-Projetos. Manual do Usuário. 2000 GMP Corporation

Gerenciador de Multi-Projetos. Manual do Usuário. 2000 GMP Corporation GMP Corporation Gerenciador de Multi-Projetos Manual do Usuário 2000 GMP Corporation Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 24/08/2004 1.0 Versão inicial do documento Bárbara Siqueira Equipe

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD Salvador Bahia Março/2010 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL Este manual contém a descrição das

Leia mais

Driver da KODAK D4000 Duplex Photo Printer para WINDOWS

Driver da KODAK D4000 Duplex Photo Printer para WINDOWS ReadMe_Driver.pdf 11/2011 Driver da KODAK D4000 Duplex Photo Printer para WINDOWS Descrição O driver da D4000 Printer é um driver da impressora MICROSOFT personalizado para uso com a D4000 Duplex Photo

Leia mais

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre.

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre. Manual de Utilizador Caderno Recursos da Unidade Curricular Gabinete de Ensino à Distância do IPP http://eweb.ipportalegre.pt ged@ipportalegre.pt Índice RECURSOS... 1 ADICIONAR E CONFIGURAR RECURSOS...

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento do WebSphere websphere série 1.6 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente

Leia mais

Manual Carteiro Virtual

Manual Carteiro Virtual Manual Carteiro Virtual CONFIGURAÇÕES INICIAIS Introdução...3 Como acessar o Carteiro Virtual...4 Personalizando seus dados de acesso...6 LISTAS DE CONTATOS Criando Lista de Contatos...8 Inserindo contatos

Leia mais

Guia de Inicialização para a Web

Guia de Inicialização para a Web Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para a Web Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter os números

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Versão 1.2.3 27 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático CONTAS DE E GRUPOS DE O Microsoft Management Console - MMC Permissões de Segurança de um Console Contas de Usuários

Leia mais

Mobile Printing. Guia do usuário

Mobile Printing. Guia do usuário Mobile Printing Guia do usuário Dezembro de 2015 www.lexmark.com Conteúdo 2 Conteúdo Histórico de alterações... 4 Visão geral... 5 Aplicativo Lexmark Mobile Printing... 6 Primeiros passos...6 Requisitos

Leia mais

Mais configuração OptraImage

Mais configuração OptraImage 1 fax Personalizarconfiguraçõesdecópia...2 Definirmanualmenteasinformaçõesbásicasdofax...3 Criardestinospermanentesdefax...5 Alterarasconfiguraçõesderecebereenviarfax...7 Ajustarasopçõesdeenviodefax...8

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado)

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos do sistema........... 1 Código de autorização.......... 1 Instalando...............

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais

Use a mala direta para criar e imprimir cartas e outros

Use a mala direta para criar e imprimir cartas e outros Página 1 de 19 Word > Mala direta Use a mala direta para criar e imprimir cartas e outros documentos Ocultar tudo É possível usar a mala direta quando deseja criar um conjunto de documentos, como uma carta

Leia mais

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios Visão geral Quando você atualiza o software Polycom ou adquire opções adicionais do sistema, sua organização pode continuar

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Brainloop Secure Dataroom versão 8.30 App QR Code Scanner para ios e Android Guia rápido

Brainloop Secure Dataroom versão 8.30 App QR Code Scanner para ios e Android Guia rápido Guia rápido Brainloop Secure Dataroom Versão 8.30 Direitos autorais Brainloop AG, 2004-2016. Todos os direitos reservados. Versão do documento 1.3. Todas as marcas registradas, citadas neste documento

Leia mais

INSTALANDO UM SERVIDOR WINDOWS SERVER 2012 R2 SERVER CORE

INSTALANDO UM SERVIDOR WINDOWS SERVER 2012 R2 SERVER CORE INSTALANDO UM SERVIDOR WINDOWS SERVER 2012 R2 SERVER CORE A Microsoft disponibilizou em seu site, o link para download da versão Preview do Windows Server 2012 R2. A licença do produto irá expirar somente

Leia mais

Software das Ferramentas Cliente e dos Drivers do Servidor de Impressão Xerox FreeFlow Accxes Guia de Instalação

Software das Ferramentas Cliente e dos Drivers do Servidor de Impressão Xerox FreeFlow Accxes Guia de Instalação Servidor de Impressão FreeFlow Accxes V15.0 Agosto de 2010 701P50921 Software das Ferramentas Cliente e dos Drivers do Servidor de Impressão Xerox FreeFlow 2010 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Manual do usuário. SIM 5 Lite Versão 1.0 - Português

Manual do usuário. SIM 5 Lite Versão 1.0 - Português Manual do usuário SIM 5 Lite Versão 1.0 - Português Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Blinde seu caminho contra as ameaças digitais. Manual do Produto. Página 1

Blinde seu caminho contra as ameaças digitais. Manual do Produto. Página 1 ] Blinde seu caminho contra as ameaças digitais Manual do Produto Página 1 O Logon Blindado é um produto desenvolvido em conjunto com especialistas em segurança da informação para proteger os clientes

Leia mais

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Pró-Reitoria de Educação a Distância Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Como acessar o ambiente 1. Entre no Ambiente Virtual de Aprendizagem localizado na página principal do Portal

Leia mais

Atualizações de Software Guia do Usuário

Atualizações de Software Guia do Usuário Atualizações de Software Guia do Usuário Copyright 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows e Windows Vista são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. Aviso sobre o produto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Manual do Moodle- Sala virtual UNIFAP MACAPÁ-AP 2012 S U M Á R I O 1 Tela de Login...3 2 Tela Meus

Leia mais

Segurança. Guia do Usuário

Segurança. Guia do Usuário Segurança Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. As informações contidas neste documento

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Manual do Aluno Moodle

Manual do Aluno Moodle Manual do Aluno Moodle Site: Moodle PUCRS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Curso: Moodle PUCRS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Livro: Manual do Aluno Moodle Impresso

Leia mais

9 (build 9.6) Guia do Usuário. Nota importante sobre o conteúdo deste guia

9 (build 9.6) Guia do Usuário. Nota importante sobre o conteúdo deste guia 9 (build 9.6) Guia do Usuário Nota importante sobre o conteúdo deste guia O guia do usuário completo do IRISPowerscan está disponível em inglês, francês e alemão. As versões deste guia do usuário em outros

Leia mais

2 de maio de 2014. Remote Scan

2 de maio de 2014. Remote Scan 2 de maio de 2014 Remote Scan 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5 Acesso ao...5

Leia mais

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP Guia de instalação do software HP LaserJet Enterprise M4555 MFP Series Guia de instalação do software Direitos autorais e licença 2011 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais

Prezado aluno, 1 - ) Clique no link que segue: http://speedtest.net/ 2 - ) Clique em iniciar teste: 3-) Verifique a velocidade:

Prezado aluno, 1 - ) Clique no link que segue: http://speedtest.net/ 2 - ) Clique em iniciar teste: 3-) Verifique a velocidade: Prezado aluno, Primeiramente sugerimos que utilize o Google Chrome, um navegador mais rápido e seguro. https://www.google.com/intl/pt-br/chrome/browser/?hl=pt-br&brand=chmi Caso não resolva os problemas,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS COTAS DE DISCO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS COTAS DE DISCO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS Trabalhando com cotas Usando o Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos para criar uma cota em um volume ou uma pasta, você pode limitar o espaço em disco

Leia mais

Paragon NTFS para Mac OS X

Paragon NTFS para Mac OS X PARAGON Software GmbH Heinrich-von-Stephan-Str. 5c 79100 Freiburg, Germany Tel. +49 (0) 761 59018201 Fax +49 (0) 761 59018130 Internet www.paragon-software.com E-mail sales@paragon-software.com Paragon

Leia mais

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO GUIA DO PORTAL MAXIPAGO Versão 1.1.1 Sumário 1. Introdução... 4 2. Glossário... 5 3. Acesso ao Portal... 6 4. Mudando o Idioma do Portal... 6 5. Utilizando as Credenciais de Teste para Acesso ao Portal...

Leia mais

CA Clarity PPM. Guia do Usuário de Gestão de Demanda. Release 14.2.00

CA Clarity PPM. Guia do Usuário de Gestão de Demanda. Release 14.2.00 CA Clarity PPM Guia do Usuário de Gestão de Demanda Release 14.2.00 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais