Relação dos cursos de ciências humanas oferecidos pelas univers

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relação dos cursos de ciências humanas oferecidos pelas univers"

Transcrição

1 Relação dos cursos de ciências humanas oferecidos pelas univers Noticia postada em às 18h24 A revista Algomais deste mês traz o encarte Acerte o Rumo com informações importantes para ajudar os jovens na difícil tarefa de escolher uma profissão. Abaixo segue a lista dos cursos da área de ciências humanas oferecidos pelas universidades pernambucanas. CINEMA O Cineasta elabora audiovisuais, de curta ou longa metragem, para produções artísticas, publicitárias, jornalísticas, documentários etc.. Os enredos dos filmes que assistimos exigem do profissional a capacidade de articular roteiro, cenário, iluminação, fotografia, elenco, direção, filmagem, montagem e sonorização. Atualmente, é necessário, também, preparar-se para trabalhar com técnicas de vídeo e de computação gráfica. Em 2009, Cinema será um dos novos cursos a serem oferecidos pela UFPE, enfocando as áreas de direção, fotografia, roteiro, produção, som, edição, montagem, cenografia, figurino, animação e infografia, bem como, a elaboração de projetos de produção de obras em diferentes gêneros e formatos. Além de preparar para a pesquisa acadêmica nos campos da história, da estética, da crítica e da preservação. O profissional poderá também atuar no desenvolvimento de políticas públicas do setor, incluindo as etapas da gestão, produção, distribuição e exibição de obras, realizar críticas, organizar mostras, cineclubes e acervos na área cinematográfica. O QUE FAZ Direção: exerce a coordenação geral da produção, participa de todas as etapas da realização do filme, escolhe a história, contrata e orienta a equipe, decide aspectos técnicos, como enquadramento e ângulos de cada tomada. Direção e Arte: planeja e concebe visualmente o filme, definindo os ambientes, cores e iluminação de cada cena. Orienta o trabalho do cenógrafo, do figurinista e do maquiador. Fotografia: define o tipo de luz e a melhor localização dos focos de cada cena. Montagem: seleciona, organiza e reúne as cenas filmadas, escolhendo as melhores tomadas. Produção: planeja e coordena atividades de base e apoio à realização do filme. Elabora o plano de filmagem, capta recursos financeiros, respeitando o cronograma e o orçamento para contratação do pessoal, custeio do material necessário. Sonorização: elabora o som do filme, faz a gravação, montagem, mixagem e sincronização dos diálogos, sons ambientes, efeitos especiais e trilha sonoras. Argumentação e Roteiro: elabora textos resumidos sobre o tema (argumento), com a descrição de personagens, cenas, diálogos e movimentos de câmera. Critica e Pesquisa: estuda e analisa obras cinematográficas, para discussões em universidades, centros de pesquisa ou publicação de artigos veiculados pela imprensa. Animação: dá movimento aos objetos, usando computador, desenho ou fotografia. Interesse por cinema, talento, criatividade, imaginação fértil, sensibilidade para observar aspectos da realidade e transformá-los em linguagem cinematográfica, cultura geral, senso crítico, capacidade para trabalhar em equipe, sociabilidade, curiosidade, flexibilidade, iniciativa, persistência; gostar de ler e de fazer pesquisa, musicalidade, competência para vender idéias e para captar recursos financeiros.

2 MERCADO As produções pernambucanas têm crescido em número e em reconhecimento, nacional e internacional. Apesar da qualidade, do apoio da crítica e do público, a cadeia produtiva possui fragilidades como: deficiência de mão-de-obra técnica especializada, dificuldade de distribuição e de concorrência com filmes americanos exibidos no cinema e na TV. Estes estipulam preços mais acessíveis, marcam as datas da exibição e da retirada de cartaz dos concorrentes. Essa política atinge o mercado cinematográfico brasileiro, ainda que os nossos filmes estejam dando rendimento razoável para as salas, saem de cartaz o período comprado pelos americanos. Nossa média de mercado é em torno de 10 %. Viver exclusivamente de produção cinematográfica em Pernambuco é difícil. Este campo de atuação está se ampliando e inserindo-se em outras atividades de audiovisual: produção de documentários, institucionais e não institucionais, e produtos para televisão. Atualmente, os governos federal e estadual começam a considerar cinema como atividade estratégica para impulsionar a economia do país e da região. O governo do Estado, por exemplo, investiu R$ 53 milhões no setor, além de fomentar um conjunto de ações do Cinema e da produção audiovisual. Essa mudança de cenário cria diversas oportunidades de trabalho para fotógrafos, diretores, produtores, músicos e design. PRINCIPAIS LOCAIS DE TRABALHO NO ESTADO Produtoras, com vínculos fixos e nas produções cinematográficas, por projetos. O setor público, como é o caso do Museu de Imagem e Som do Estado, os novos projetos contratarão estagiários e profissionais. Empresas de distribuição, de exibição e de lançamento dos filmes. TVs contratam profissionais que oferecem serviços na área de audiovisual. A demanda tende a aumentar devido ao número de oportunidades que existe na produção de programas locais. ADMINISTRAÇÃO O curso de Administração tem como objetivo preparar profissionais para atuar em gestão de empresas públicas e privadas, de grande, pequeno e médio portes, em qualquer segmento, cujas funções exigem competência para organizar, planejar e orientar os investimentos em recursos financeiros, humanos, físicos e tecnológicos, garantindo a produção de resultados eficazes e de retorno financeiro. PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO Administração de Empresas gerencia, cria métodos e estratégias, planeja atividades e organiza o funcionamento de várias áreas da empresa. Hospitalar gerencia hospitais, clínicas e laboratórios, planejando e organizando todos os recursos utilizados nas instituições de saúde. Marketing faz pesquisa de mercado, posiciona o produto no mercado e planeja e executa estratégias de vendas. Recursos Humanos faz processos de seleção, admissão e treinamento de pessoal, além de políticas de cargos, salários e benefícios. Representa a empresa em negociação com sindicatos. Orçamento e Finanças organiza a vida financeira da empresa, define investimentos, controla despesas e receitas. Em instituições financeiras, atua no mercado de capitais. Comércio Exterior intermedia negócios (fusões, compras e vendas) de empresas de diversos países; realiza estudos de mercados internacionais. Produção controla o processo produtivo, analisa custos e qualidade. Facilidade para coordenar pessoas, fazer negociações e articulações internas e externas, capacidade para planejar, avaliar e produzir resultados. Disponibilidade para lidar com desafios, construindo estratégias adequadas à realidade, organização, controle, habilidade para mediar conflitos, iniciativa, objetividade, visão de futuro, perfil generalista, dinamismo, espírito

3 empreendedor, atualização sistemática dos acontecimentos. Gostar de ler e ter bom conhecimento de línguas estrangeiras. MERCADO Promissor, especialmente, para os profissionais que se qualificam de acordo com as exigências atuais. O Terceiro Setor vem oferecendo boas oportunidades de trabalho. Logística, RH, Comércio Exterior, também. ÁREAS PROMISSORAS, HOJE E NO FUTURO Administração possui um mercado dinâmico e em constante transformação. O mercado globalizado, com a introdução de capitais estrangeiros em diferentes organizações, aumenta as oportunidades e a competição na área. As melhores perspectivas estão nas áreas de Marketing, Recursos Humanos e Administração Financeira, devido à grande demanda que tem surgido no mercado. AÇÕES ESTRATÉGICAS Procurar se destacar, lendo bastante para aprofundar os conhecimentos de maneira permanente. Desenvolver a capacidade de ousar, envolver-se em projetos de pesquisas, falar línguas estrangeiras, fazer intercâmbios internacionais, monitorias e estágios extracurriculares, além de aproveitar as oportunidades surgidas ao longo do curso. São imprescindíveis criatividade, capacidade de solucionar problemas, de se adaptar às mudanças e ética. CURRÍCULO MÍNIMO Matemática, estatística, contabilidade, teoria econômica, economia brasileira, psicologia aplicada à administração, sociologia aplicada à administração, instituições de direito público e privado, legislação social e tributária, teoria geral da administração, ciências políticas, informática, administração financeira e orçamento, administração de pessoal. TURISMO O profissional de turismo atua nas áreas de planejamento, organização, promoção e divulgação de viagens, eventos e atividades culturais, científicas, de lazer e de negócios. A formação em Turismo é bastante plural, embora existam duas grandes áreas: Planejamento e Marketing. Ambas fundamentam o conhecimento do aluno sobre políticas públicas, planejamento (turístico direcionado para o meio ambiente, urbano, arquitetônico) e sustentabilidade. PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO Agências de Viagem: organiza viagens de lazer ou de negócios. Assessora os clientes na escolha de roteiros, hospedagem, atrações turísticas. Emite passagens e reserva hotéis, restaurantes, espetáculos artísticos e concertos. Acompanha grupos de turistas. Eventos: organiza congressos, feiras, exposições, convenções, seminários, festas, buscando acomodar, transportar e servir os participantes. Hotelaria: administra hotéis, pousadas e parques temáticos, coordenando recursos humanos e definindo plano de atração e serviços. Marketing Turístico: organiza campanhas de divulgação dos serviços. Planejamento: identifica o potencial turístico de um município, estado ou propriedade privada. Traça plano de exploração desse potencial, desde a atração de visitantes até o impacto da atividade turística na cultura e no meio ambiente. Interesse pela exploração da cultura e do meio ambiente, domínio de idiomas estrangeiros e de informática, gostar de conhecer pessoas e ambientes diferentes, empreendedorismo, capacidade para coordenar e administrar situações inusitadas, tomar decisões, trabalhar com gente e lidar com o público; dinamismo, facilidade para comunicação, paciência, cultura geral, extroversão, sociabilidade, firmeza e flexibilidade. Disposição para se dedicar ao lazer dos outros nos finais de semanas e feriados, além do conhecimento de todas as áreas ligadas ao turismo: serviço, gestão e planejamento.

4 MERCADO Turismo é uma das atividades que mais crescem no mundo. Os estudos apontam-na como uma atividade de futuro em Pernambuco. Quatro megaprojetos estão previstos para serem instalados em três municípios do Estado: Ipojuca, Barreiros e Cabo de Santo Agostinho. Em Barreiros, o espanhol Qualta Resorts erguerá um projeto estimado em R$ 1 bilhão. Estão previstos três hotéis e quatro mil casas de veraneio, ao final da obra, prevista para Em Porto de Galinhas, o grupo português Teixeira Duarte Hotels injetará 250 milhões para erguer dois hotéis, um deles cinco estrelas, mais um centro comercial e de convenção. O Cabo de Santo Agostinho receberá um condomínio residencial erguido numa área de 640 mil metros quadrados. No entanto, a despeito dessas oportunidades, o mercado ainda é pouco consolidado, exigindo do profissional um perfil empreendedor para oferecer serviços que possuam um diferencial competitivo e visão estratégica para viabilizá-los no mercado. ÁREAS PROMISSORAS, HOJE E NO FUTURO Possivelmente, o mercado local não absorverá a quantidade de turismólogos disponíveis. Planejamento e Serviços. Antes, o mercado estava voltado para a rede hoteleira. Agora, o foco da ação e da formação é o planejamento. Esse trabalho demanda articulação com diversos departamentos (saúde, cultura, segurança, planejamento etc). O papel da secretaria de turismo é construir atrativos para turistas, identificar de onde vêm as principais demandas, por que elas surgem, assim como, buscar outro tipo de turismo cultural, de negócios... Litoral de Pernambuco concentra o maior número de profissionais. Mas, surgem alternativas no turismo sertanejo, circuito do frio, que mudam o padrão do turismo sol e mar. Turismo de natureza, achados rupestres em Xingó. Turismo do vinho no Vale do São Francisco. Consultoria. Construção do próprio negócio: pousada, agência. AÇÕES ESTRATÉGICAS Entrar no mercado de trabalho, antes de terminar o curso, para não ficar em defasagem. A experiência abre oportunidades e dá visibilidade ao profissional sobre suas áreas de interesse e afinidades com a profissão. CURRÍCULO MÍNIMO Ciclo Geral: Língua Portuguesa; Língua Inglesa Instrumental; Metodologia do Estudo. Ciclo Profissional: História da Cultura; História e Cultura de Pernambuco; Sociologia do Turismo; Introdução à Administração; Teoria e Técnica do Turismo; Automação da Informação Turística; Geografia Turística; Turismo e Meio Ambiente; Etnologia; Relações Públicas; Comunicação Empresarial; Fundamentos de Marketing; Empreendedorismo; Técnica de Comunicação Publicitária; Turismo e Lazer; Turismo e Eventos; Economia e Turismo; Agências de Viagens e Turismo; Legislação e Ética do Turismo e da Hotelaria; Controle de Qualidade dos Serviços Turísticos. DESIGN Profissional que projeta sistemas de informações visuais, objetos e sistemas de objetos de uso. A formação acadêmica é generalista, porém, o curso se orienta para duas habilitações: Design Gráfico e Design de Produto. HABILITAÇÕES: DESIGN GRÁFICO: Cria sistemas visuais com a finalidade de facilitar a comunicação com as pessoas que transitam nos espaços públicos e nas empresas. Desenvolvem projetos gráficos de vinhetas para TV, jornais, revistas, livros, panfletos, peças publicitárias, anúncios e outdoors (escolhe o tipo e o tamanho das letras, define as cores, a padronização e as ilustrações), diagramando o texto e as imagens de acordo com a linha editorial da publicação e a preferência do leitor. Cria, também, logotipos, embalagens e papelaria para estabelecimentos comerciais e industriais, com o objetivo de torná-los mais atrativos. Na editoração digital, elabora websites (são sites, interativos ou não para a internet, considerando a melhor forma de transmitir a imagem,

5 informações e serviços oferecidos) e CDs-ROM. DESIGN DE PRODUTO: Cria produtos (de um simples lápis, sapato ou mala aos mais complexos equipamentos industriais), integrando estética e funcionalidade. Planeja e acompanha o desenvolvimento do produto, define o material e a tecnologia de fabricação, considerando a viabilidade da produção e da comercialização. Pode projetar móveis, detalhar portas, armários, estantes, maçanetas, torneiras, peças de banheiro, objetos de decoração... PERFIL PROFISSONAL Interesse pela área da comunicação, criatividade, visão estética, orientação espacial, interesse pelo desenho gráfico, atenção a detalhes, curiosidade, cultura geral, facilidade para se relacionar e articular redes de contatos. Também possuir um bom conhecimento de computação, pelo menos os softwares básicos de criação gráfica, já que o mercado vem apontando uma tendência de integração entre a produção gráfica e a criação de produtos. Acompanhar as tendências tecnológicas, saber de ergonomia, mercado, consumo. MERCADO Há perspectivas de crescimento na medida em que a comunicação atraente e o diferencial do produto são, atualmente, elementos estratégicos para as empresas enfrentarem os concorrentes. Em Pernambuco, o mercado de trabalho tende a crescer. Noventa por cento dos alunos, ao concluir o curso, estão inseridos no mercado de trabalho. Nos últimos 20 anos, novos campos de atuação e novas estratégias de mercado surgem, como é o caso da editoração eletrônica, direção de arte e design do mobiliário nos anos 80-90, Web Design nos anos 90 e, recentemente, hipermídia, cinema, gestão, design artesanato e ergonomia. Atuar como Designer de Produto é mais difícil, porque ainda encontra resistência dos empresários que avaliam mudanças como gastos, não como investimento. Já a atuação na Área Gráfica vem se expandindo rapidamente e apresenta uma demanda de mercado bastante superior a de Produto. No entanto, atualmente, há uma crescente tendência de articulação entre as duas áreas, Produto e Gráfica, exigindo uma formação mais completa do profissional. ÁREAS PROMISSORAS, HOJE E NO FUTURO Em Recife, existem vários e bons escritórios. Além disso, há a absorção de novos profissionais no serviço público. As prefeituras têm buscado pessoal qualificado. Design é um curso que oferece uma formação ampla, com flexibilidade para atuação em diversas áreas: fotografia, cenografia, produção de filmes e eventos. A área Gráfica e Web já são bem estabelecidas no mercado, com profissionais trabalhando nas áreas Editorial, Publicitária e Web. Centros de ponta, como o Porto Digital, também empregam recém-formados. A área de Produto começará a ter boas oportunidades no mercado de trabalho com a implantação de indústrias, como o Pólo Petroquímico e o Estaleiro. AÇÕES ESTRATÉGICAS O profissional precisa conversar com a sociedade, interagir com as demandas que são apresentadas de modo a possibilitar o seu desenvolvimento, sem perder de vista as implicações econômicas, sociais, antropológicas, ambientais, estéticas e éticas de sua atividade. Uma ação estratégica é investir na aquisição de cultura, ser conhecido entre os pares, ter uma visão ampla, dominar bem um idioma, entender de gestão e de relacionamento interpessoal. Ler revistas, jornais e usar a Internet como ferramenta de produção de conhecimento. CURRÍCULO O currículo oferece conhecimentos sobre arte, comunicação visual, história da tipografia, linguagem visual, fotografia tradicional e digital, desenho, física, matemática e estatística. Produto aprofunda os conhecimentos sobre ergonomia (adequação de objetos a seu uso) e Design Gráfico realça processos e softwares de editoração gráfica. PUBLICIDADE E PROPAGANDA* O Publicitário transforma conceitos e idéias em mensagens e imagens que podem vincular produtos e serviços a empresas, instituições, organizações públicas e privadas, assim como a pessoas físicas ligadas a qualquer tipo de atividade (política, moda, música...). Em todos os casos, a finalidade é divulgar, incentivar a aceitação, o consumo e estimular a comercialização. A atuação

6 responsável desse profissional contribui para a economia de mercado, na medida em que boas campanhas ampliam as vendas, estimulando a concorrência a competir por melhor qualidade e menores preços. PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO Criação: este setor elabora as campanhas publicitárias. Divide-se em duas funções: redator (elabora a mensagem/texto) e diretor de arte (dá forma ao processo, formula as mensagens e cria as imagens). O trabalho é desenvolvido em equipe e exige formação consistente, informação e cultura. Além do compromisso com a qualidade e com o resultado. Atendimento: pessoal responsável pelo primeiro contato do cliente com a agência, sua função é encantar e vender, ao mesmo tempo, identificar as necessidades do cliente, coordenando suas demandas, servindo de interface agência / cliente. Marketing/Planejamento: estuda o mercado para definir estratégias de lançamento, venda e sustentação publicitária dos produtos. Mídia: decide o meio mais adequado às campanhas, negocia a compra de espaços publicitários com base nas pesquisas, tiragem de revistas e jornais entre outros. Direciona a verba do cliente, o que deve ser feito de modo sintonizado com o que acontece no meio ambiente. Produção: setor que exige conhecimento técnico para analisar e contratar gráficas, produtoras e fornecedores, além da habilidade para negociar e lidar com a engrenagem da agência. Pesquisa de mercado: faz levantamento de dados sobre o consumidor (perfil, renda, comportamento, hábitos de consumo, cultura), para definir a linguagem adequada ao público alvo. Avalia os resultados das campanhas e sugere ajustes, quando necessários. Promoção e eventos: planeja e coordena as ações voltadas para a promoção e pontos de venda dos eventos. Interesses: comunicação direcionada para venda de produtos, serviços e imagem de pessoas jurídicas e físicas; por arte, cultura erudita e popular, música, cinema, fotografias, eventos, shows; leitura, informações, em geral; conhecimento do mercado e das tendências nacionais e globais; usar recursos tecnológicos e internet como ferramenta de trabalho. Disponibilidade para ficar antenado com fatos e novidades do ambiente. Criatividade, ousadia, capacidade para lidar com desafios, mudanças e ambiente competitivo; trabalhar sob pressão e fora dos horários convencionais; assimilar novidades e inovações da área de tecnologia da informação e comunicação. MERCADO A globalização e o crescimento do setor de serviço acirram a competição entre as empresas, exigindo investimento em propaganda e qualificação dos profissionais dessa área. Essa realidade, ao mesmo tempo em que impulsiona o mercado para Publicitários, não oferece oportunidades de trabalho compatíveis com a quantidade de profissionais que estão disponíveis. Outro fator relevante é a concorrência com profissionais que não têm essa formação. As perspectivas em Pernambuco são boas, na medida em que o desenvolvimento do Estado gera novos empreendimentos e, portanto, possibilidade de novos clientes e mais verba para a comunicação. RECOMENDAÇÕES Investir cedo nos estágios e nas oportunidades de aprender e de crescer pessoal e profissional. Entrar e sair com ética, não fechar as portas, cuidar da imagem profissional negativa, não adotar a prática de pular de galho em galho. Tirar o máximo da experiência. Sinceridade nas relações, controle da vaidade e do narcisismo. Não se deixa seduzir pelo encanto das relações virtuais. Cuidar do portifólio, especialmente, se optar pela área da criação. Brigar pelas melhores idéias, independente de ser sua. ÁREAS PROMISSORAS Atualmente, as agências se reestruturam. A Publicidade tradicional continua tendo importância, mas outros campos se mostram mais promissores, como a Área de Promoção e Internet, que vêm

7 crescendo muito. Essas áreas são interessantes porque suas ferramentas e geram respostas rápidas do consumidor, por meio de blogs, fotolog. Hoje, é mais interessante investir num evento do que em mídias tradicionais, por isso, as empresas têm optado por essa alternativa. LOCAIS DE TRABALHO Área de Marketing das empresas Área comercial dos veículos Veículos de comunicação: jornais, rádios, Tvs, mídia exterior, em geral. Fornecedores Gráficas, produtoras de vídeo, produtoras de áudio etc... Empresas de Web (Cartello, Portais, PE 360 Graus, JC Online) Empresas de design que atuam no campo da propaganda Agências de Publicidade e Propaganda Agencias de Promoção e Eventos Consultorias de Comunicação. AÇÕES ESTRATÉGICAS O aluno deve ser ousado, buscar conhecer as agências e os profissionais de referência ainda durante a formação.o uso de ferramentas como a Internet, o YouTube, fornecem informações que devem ser consultadas diariamente. Hoje, é estratégico, também, fazer uma pós-graduação e buscar se especializar em alguma área, como Administração, Marketing, Web. CURRÍCULO MÍNIMO Ciclo Geral: Historia das Artes; Língua Portuguesa; Fundamentos de Sociologia. Ciclo Profissional: Introdução à Filosofia; Sociologia da Comunicação; Introdução à Fotografia; Redação para os Meios de Comunicação; Introdução à Publicidade e Propaganda; Psicologia da Comunicação; Realidade Socioeconômica, Política e Cultural Brasileira; Criação Publicitária; Mercadologia; Produção Gráfica; Redação Publicitária; Administração em Publicidade e Propaganda; Fotopublicitária; Ética e Legislação Publicitária; Mídia; Produção Publicitária em Rádio. * As informações sobre essa profissão foram enriquecidas com dados da apresentação do publicitário Sérgio Pires para os estudantes que participaram do evento Acerte o Rumo JORNALISMO O Jornalista busca, registra e transmite notícias, democratizando as informações. Atualmente, a imprensa dispõe de recursos tecnológicos e de meios de comunicação sofisticados que diluem as distâncias e viabilizam o contato imediato com o que acontece no mundo. O QUE FAZ Reportagem: apura fatos, confere informações, investiga denúncias, faz entrevistas, examina documentos e escreve textos para serem veiculados. Assessoria de Impressa: promove o contato entre a imprensa e seus clientes. Fornece textos e fotos para editores e repórteres. Edita jornais de circulação interna e assessora outros jornalistas na busca de informações. Edição: decide a abordagem das matérias e as reportagens a serem veiculadas. Redige, seleciona fotos, edita imagem e som, dar a forma final às reportagens. Fotojornalismo: fotografa pessoas e eventos de interesse jornalístico. Chefe de Reportagem: coordena equipes de reportagem, orientando a abordagem dos assuntos e a forma de obter as informações. Pauta: orienta a escolha dos assuntos que o veículo deve cobrir, designando os repórteres que irão fazer a cobertura. Desejo de tratar a informação como objeto de trabalho, gerador de notícia. Ética e responsabilidade para usar o poder da comunicação. Para isso, precisa ler muito, inclusive, jornais e revistas; ver noticiários. Familiaridade com informática, com a Internet; consciência crítica. Capacidade e habilidade para a expressão oral e escrita, dinamismo, curiosidade, desembaraço, sociabilidade,

8 ousadia. Disponibilidade para trabalhar em equipe, dominar outros idiomas e ficar antenado com o que acontece no mundo. MERCADO No momento, o jornal impresso está precisando redefinir seu papel e buscar novos leitores. Hoje, a mídia eletrônica tem sido considerada como o principal meio de comunicação para quem a ela tem acesso. Nos grandes centros, as versões eletrônicas estão sendo utilizadas de maneira significativa, as empresas estão investindo, embora não tenham retorno financeiro ainda. O formato virtual exige adaptações, atualização constante, em tempo real. Um bom texto e o discernimento sobre o que é ou não notícia são fatores importantes, assim como as peculiaridades de cada veículo (jornal, revista, on-line, tv ou rádio). O mercado é restrito para revistas independentes especializadas em determinada área, como turismo e negócios. As redações são pequenas e a contratação dos profissionais é feita de maneiras diferentes. ÁREAS PROMISSORAS Atualmente, a informação segmenta pessoas e forma grupos. As novas gerações lêem pouco jornal, embora busquem informações constantemente por meio da comunicação eletrônica. Aliás, uma tendência que deve se consolidar no futuro. O jornal impresso deverá se modernizar para preservar seu público. Em Pernambuco, existe um público cativo da imprensa escrita. Locais de trabalho: redações dos jornais, revistas, rádio e TV, os portais de notícia on-line e as assessorias, tanto como parte do quadro funcional da empresa como terceirizadas. Assessores de imprensa cuidam da imagem das empresas e dos profissionais, constituindo-se num campo de trabalho interessante para quem deseja empreender. RECOMENDAÇÕES Durante o curso, procurar fazer estágios nos jornais locais: JC, Diário de Pernambuco, Folha de Pernambuco, na TV Rede Globo e empresas de assessoria. É na prática que o bom profissional se forma, adquire visão crítica, aprende a formular textos consistentes de maneira rápida. Procurar formar uma rede de contatos durante o período de estágio. Ousar: fazer estágios nos programas nacionais porque geram reconhecimento. Por exemplo, Estadão oferece 30 vagas anualmente, durante três meses. A Folha de São Paulo, também anualmente, oferece 12 ou 14 vagas. Buscar experiência nas diferentes mídias para adquirir uma competência e transitar em mais de um veículo. O mercado não mais aceita aqueles que só sabem escrever para jornal. Por isso, é importante adquirir competência para adequar os textos aos diferentes veículos. CURRÍCULO MÍNIMO Ciclo Geral: Historia das Artes; Língua Portuguesa; Fundamentos de Sociologia. Ciclo Profissional: Introdução à Filosofia; Sociologia da Comunicação; Introdução à Fotografia; Teoria da Comunicação; Redação para os Meios de Comunicação; Introdução ao Jornalismo; Método de Pesquisa em Comunicação; Realidade Socioeconômica, Política e Cultural Brasileira. DIREITO A matéria prima dessa profissão é a lei, que é utilizada para defender o direito das pessoas físicas, jurídicas e da sociedade, a partir da análise do que está estabelecido na constituição e nas leis que regulamentam a relação do homem em diferentes esferas da vida social. A proliferação das faculdades de Direito - são 19 na Região Metropolitana do Recife demandam que o profissional passe por dois filtros após a graduação. A prova da OAB, elaborada em alto nível, e os cursos de pós-graduação: especialização, mestrado e doutorado. Essas titulações conferem um diferencial para a inserção no mercado de trabalho. ÁREAS DE ATUAÇÃO Advocacia - Representa o cliente, defendendo, acusando, acompanhando processos, investigando casos, participando de audiências, fazendo consultoria ou ensinando. Essa atividade pode ser desenvolvida nos seguintes campos:

9 Arbitragem Internacional - Resolve disputas comerciais, fiscais e aduaneiras entre países ou empresas e instituições de diferentes nacionalidades. Área Civil - Essa área possibilita a atuação nas especializações discriminadas a seguir: Direito Civil - representa interesses individuais e particulares em ações referentes à propriedade e posse de bens, questões familiares, como divórcio, herança, ou transações de locação, compra e venda. Direito Comercial - intermedia as questões jurídicas no setor do comércio. Aplica a legislações federal, estadual e municipal, a estabelecimentos comerciais e providencia a abertura, o funcionamento e o encerramento de empresas. Direito Administrativo - aplica a legislação que regulamenta os órgãos e poderes públicos em sua relação com a sociedade. Direito Ambiental - lida com questões relacionadas ao meio ambiente, defendendo a ecologia. Direito do Consumidor - aplica as leis que concedem o direito das pessoas diante de empresas públicas e privadas fornecedoras de bens e serviços. Direito Contratual - representa pessoas físicas ou jurídicas a elaborar contratos de compra e venda de bens ou serviços. Direito de Propriedade Intelectual - preserva e defende os direitos de autores sobre sua obra (escritores, artistas, gravadoras de discos, fabricantes de software), protegendo-os de roubos e falsificações. Direito Penal ou Criminal defende ou acusa em ações referentes a crimes ou contravenções contra pessoas físicas ou jurídicas. Direito Trabalhista - representa pessoas físicas ou jurídicas em causas que envolvem interesses de empregado e empregador, questões sindicais ou da previdência social. Direito Previdenciário - representa pessoas físicas ou jurídicas em causas que envolvem questões da previdência social. Direito Tributário - cuida de princípios e normas relativos à arrecadação de impostos e taxas, obrigações tributárias e atribuições dos órgãos fiscalizadores. Carreira Jurídica: Atua em órgãos públicos de municípios, estados ou da União conduzindo investigações ou acompanhando e julgando ações. Essa atividade pose ser desenvolvida em quatro as áreas: Advocacia Pública - defende cidadãos carentes em causas criminais, de família ou propriedade. Atua como procurador municipal, estadual ou da União, representando seus interesses em todas as áreas do Direito, zelando pela legalidade dos atos do Poder Executivo em ações como licitações e concorrências públicas. Delegacia de Polícia - elabora inquéritos policiais, chefia investigações e emite documentos. Magistratura - julga processos e expede mandatos de prisão, busca e apreensão. Como juiz federal julga causas de interesse da União, que envolvem tributos federais e previdência social. O juiz da Justiça Comum decide conflitos entre pessoas físicas, jurídicas e o poder público que não se refere à União (questões de família, tributos estaduais e municipais). Ministério Público - defende os interesses da sociedade perante o juiz, promove ações penais, apura responsabilidades e fiscaliza o cumprimento da lei. O promotor representa os interesses dos deficientes e ausentes. Tutela os direitos da criança, do adolescente e da família.

10 Ocupa-se de causas sociais, como defesa do ambiente, dos direitos de consumidor e dos patrimônios culturais e históricos. Como procurador da justiça, exerce as mesmas funções de promotor em tribunais. Poder de argumentação, capacidade para comunicação oral e escrita, saber ouvir, disponibilidade para estudar e se envolver em situações de conflito, cultura geral (conhecimentos sobre filosofia, política, economia), capacidade de análise e para pensar estratégias, bom relacionamento interpessoal, ética. MERCADO Há uma demanda crescente, especialmente, para Direito de Propriedade Intelectual; Direito Ambiental, Tributário, Direito do Consumidor, Internacional e Comercial. ÁREAS PROMISSORAS, HOJE E NO FUTURO A maioria dos recém-formados opta por carreiras do Setor Público. Cerca de 80% exercem funções na área do Direito Público e 20% atua na área do Direito Privado. É extremamente difícil iniciar a carreira abrindo o próprio escritório de advocacia. É melhor fazer parte de uma equipe de advogados já existentes. No início de carreira, é bom atuar em Direito Trabalhista e Penal, embora não sejam áreas que apresentem maiores possibilidades no futuro. Em termos de retorno financeiro, Direito Tributário é a área mais promissora. Direito Cibernético apresenta possibilidade de crescimento. De qualquer modo, Direito está sempre mudando. Os novos ramos coexistem com os ramos tradicionais. Por isso, ambos podem ser boas opções. Tradicionais: Direito de Família, das Sucessões, Administrativo, Tributário e Internacional. Novos: Direito Ambiental, do Consumidor, Bio-Direito (investigações genéticas), Cibernético (informática) e Direito Educacional. AÇÕES ESTRATÉGICAS Estudar, habituar-se a ler, conhecer as leis, a doutrina e a jurisprudência, atualizar e aprofundar os conhecimentos, porque Direito é uma profissão que muda incessantemente. Saber escrever bem, argumentar, ser participativo em sala de aula e se inserir em debates e em grupos de pesquisa durante a graduação. Escolher uma especialização e fazer pós-graduação. Fazer concursos públicos, municipais, estaduais ou federais, para trabalhar no setor público. Existe uma infinidade de empregos públicos, como a Magistratura, o Ministério Público, dentre outros. Preparar-se bem. A grande quantidade de profissionais de Direito existente no mercado gera ampla concorrência. Apenas os mais bem preparados, que formam uma pequena parcela, conseguem ingressar nos concursos públicos. Trabalhar na iniciativa privada integrando equipes de grandes escritórios de advocacia como estagiário e, depois, como profissional ou sócio. CURRÍCULO O currículo enfatiza as Ciências Humanas (Sociologia, Teoria do Estado, Economia, Filosofia), além de matérias do Direito (civil, constitucional, penal, comercial, medicina legal...). São obrigatórios estágios e uma monografia no final do curso. RELAÇÕES INTERNACIONAIS Profissão que exige amplo conhecimento sobre economia, direito, política, cooperação e negócios internacionais para fazer análises adequadas sobre as relações internacionais contemporâneas, elaborar cenários e fazer previsão das tendências. Há duas grades no curso que são administradas simultaneamente: Comércio Exterior e Diplomacia. Na Diplomacia, a ênfase é no âmbito político e na esfera pública, reforçando a preparação para o ingresso no Instituto Rio Branco, em Brasília. A área do Comércio Exterior recai na atuação dentro da iniciativa privada. PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO Analista Internacional: levanta informações e faz relatórios sobre a conjuntura internacional para governos, empresas privadas ou organizações não-governamentais. Assessor Internacional: atua junto à área internacional de empresas e órgãos governamentais para desenvolver programas de cooperação com outros países.

11 Comércio Exterior: trabalha para empresas e governos em atividades voltadas a importação e exportação de produtos, identifica oportunidades de comércio com outros países eanalisa a legislação internacional. Agências Governamentais: planeja ações dos diferentes níveis de governo (federal, estadual e municipal) nas áreas política, econômica, comercial, social e cultural. Capacidade para comunicação, articulação, negociação, análise e síntese; dinamismo, facilidade para se articular e se relacionar com pessoas de culturas diferentes. Precisa ser uma pessoa desbravadora, que esteja apta para dialogar como o mundo. Ter sensibilidade e saber lidar com diferenças culturais, religiosas, morais, etc. Investimento permanente na aquisição de conhecimentos em diversas áreas da atualidade (economia, política, cultura,...); domínio de línguas estrangeiras, disponibilidade para viajar. Gostar de estudar, pesquisar, ler. MERCADO A abertura econômica do Brasil, iniciada há cerca de dez anos, a internacionalização dos fluxos financeiros e a globalização da economia, expandem o mercado de trabalho para quem faz Relações Internacionais. Todos os ministérios em Brasília, a Câmara dos Deputados, o Senado, governos de estado, municípios e organizações não-governamentais, trabalham com assessores internacionais que captam investimentos e estabelecem linhas de cooperação do exterior. Um campo promissor e em expansão, é o da Consultoria Internacional, que faz análises e atende instituições financeiras e empresas privadas de grande porte. O Mercosul é outra boa fonte de empregos. ÁREAS PROMISSORAS, HOJE E NO FUTURO No Brasil, Comércio Exterior oferece possibilidade de atuação profissional no segmento das empresas transnacionais (ou multinacionais). No Nordeste, Comércio Exterior é a área que mais emprega, especialmente, os complexos industriais e portuários, como o Porto de Suape, o Porto de Peçem, o Pólo de Camaçari na Bahia. Os pólos comerciais em expansão, em Pernambuco, são: Pólo do Gesso (Araripina); Pólo de Confecções (Toritama, Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe); Pólo de Serviços - artesanato, por exemplo - e Comércios (Caruaru) e Pólo de Móveis em consolidação (Gravatá). Pernambuco também se destaca pelo Pólo Médico (é o segundo ou terceiro melhor pólo médico do Brasil), o que aumenta a venda de serviços e, por conseqüência, movimenta a economia. O trabalho dos profissionais do campo de Relações Internacionais está se expandindo nas ONG s (AI Anistia Internacional; Greenpeace, dentre outras). No âmbito Nacional, os locais que mais empregam para quem faz Diplomacia são as Embaixadas, concentradas em Brasília, no Itamaraty, nos Ministérios da Justiça, da Indústria e Comércio Exterior, dentre outros. No Nordeste, o campo da Diplomacia é muito restrito. No âmbito internacional, o leque de oportunidades se amplia. O Brasil possui relações internacionais estreitas com diversos países no mundo, inclusive com grandes potências como: Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha, Japão, Portugal e Suíça. O crescimento da China e da Índia, por exemplo, tem movimentado o comércio internacional que vem se expandindo cada vez mais. Três setores apresentam possibilidades de empregos: o Estadual (ministérios, embaixadas); o Privado (empresas transnacionais) e a Sociedade Civil Organizada (ONG s e partidos políticos de âmbito internacional). AÇÕES ESTRATÉGICAS O profissional deve buscar um diferencial em sua capacitação, agregando valor à sua base de conhecimento. Deve aperfeiçoar o conhecimento e se articular em redes de contato para se inserir no mercado de trabalho. O profissional deve ter uma visão que lhe possibilite enxergar as oportunidades de negócios. Ter conhecimento amplo do que acontece no mundo, em relação às oportunidades de negócios e ao avanço do processo de globalização. CURRÍCULO Introdução às Relações Internacionais; História Moderna das Relações Internacionais; Introdução à Ciência Política; Antropologia Cultural; Economia Política; Teoria das Relações Internacionais; História Contemporânea das Relações Internacionais; Teoria Política Moderna; Sociologia e

12 Relações Internacionais; Macroeconomia Internacional.

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº /00-CEPE 1 Fixa o Currículo Pleno do Curso de Comunicação Social, Habilitações em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. O,

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Coordenador do Curso: Prof. Dirceu Tavares de Carvalho Lima Filho IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1.

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

EXAMES ÉPOCA ESPECIAL

EXAMES ÉPOCA ESPECIAL EXAMES ÉPOCA ESPECIAL ANO LETIVO 2014/2015 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO EXAMES ÉPOCA ESPECIAL 2014/2015 LICENCIATURA // AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 4º Semestre 1º Semestre Teorias da Comunicação

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de massa. Os tipos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL As Faculdades Integradas Barros Melo vêm tornar público aos alunos regularmente matriculados nos Cursos de Jornalismo,

Leia mais

HUMANAS. Página na web: www.fea.ufjf.br CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Apresentação:

HUMANAS. Página na web: www.fea.ufjf.br CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Apresentação: HUMANAS ADMINISTRAÇÃO Os alunos de Administração da UFJF graduam-se na modalidade Bacharelado e podem escolher entre as opções de especialização: Administração de Empresas e Administração Pública. O curso

Leia mais

INCISO IV COMPONENTES CURRICULARES DE CADA CURSO, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

INCISO IV COMPONENTES CURRICULARES DE CADA CURSO, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO INCISO IV COMPONENTES CURRICULARES DE CADA CURSO, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Graduação em Administração - FECAP Grade Curricular - 2º Semestre em 2013 (sujeita a alteração) 1 Semestre

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda

Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda Disciplinas Optativas Publicidade Carga horária total

Leia mais

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo Plano Educação LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO 1 Administração Comércio, Vendas e Negociações Administração de Mercado Exterior Administração Comércio, Vendas e Negociações Atendimento ao cliente

Leia mais

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Universidade Metodista de São Paulo Faculdade de Jornalismo e Relações Públicas Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Fábio França Maria Aparecida Ferrari Maio de 2006 1 Tradição

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS 1. Qualificação Social 100 horas INCLUSÃO DIGITAL - 30 horas (15 h de prática) Ementa: Introdução à informática, hardware e software. Descrição

Leia mais

1) A prática e o aprofundamento das habilidades comunicativas específicas que serão avaliadas nos exames.

1) A prática e o aprofundamento das habilidades comunicativas específicas que serão avaliadas nos exames. C U R S O S ESPECIAIS I n s t i t u t o C e r v a n t e s d e B r a s i l i a CURSOS ESPECIAIS O Instituto Cervantes de Brasília dispõe de uma ampla oferta de cursos especiais para se adaptar as necessidades

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

EXAMES ÉPOCA DE RECURSO

EXAMES ÉPOCA DE RECURSO EXAMES ÉPOCA DE RECURSO 2.º SEMESTRE ANO LETIVO 2014/2015 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO EXAMES ÉPOCA DE RECURSO 2.º, 4.º e 6.º SEMESTRES 2014/2015 LICENCIATURA // AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA Comunicação

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de

Leia mais

AOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA DO BRASIL PROPOSTAS DE POLÍTICAS PARA A ÁREA DAS COMUNICAÇÕES

AOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA DO BRASIL PROPOSTAS DE POLÍTICAS PARA A ÁREA DAS COMUNICAÇÕES AOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA DO BRASIL PROPOSTAS DE POLÍTICAS PARA A ÁREA DAS COMUNICAÇÕES 1 Apresentação 1. As comunicações, contemporaneamente, exercem crescentes determinações sobre a cultura,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

Apresentação da FAMA

Apresentação da FAMA Pós-Graduação Lato Sensu CURSO DE ESPECIIALIIZAÇÃO 444 horras/aulla 1 Apresentação da FAMA A FAMA nasceu como conseqüência do espírito inovador e criador que há mais de 5 anos aflorou numa família de empreendedores

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O presente

Leia mais

Administração 345A01 Administração ENADE 2006

Administração 345A01 Administração ENADE 2006 ENADE 2006 Relação das ÁREAS que serão avaliadas pelo ENADE 2006, em 12 de novembro de 2006, por determinação da Portaria nº 603, de 07 de março de 2006, e os respectivos cursos/habilitações conforme classificação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno)

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Disciplina Ementa Pré- requisito C.H. Curso Assessoria de Comunicação Conhecimento geral, reflexão e prática

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 002.15

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 002.15 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 002.15 O Centro Internacional de Energias Renováveis Biogás - CIBiogás-ER, torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 002.15 sob contratação

Leia mais

Curso de Pedagogia Portaria de Autorização ME nº 2415, de 14 de Setembro de 2001- Reconhecimento -Portaria ME. 58/2007. INÍCIO-01/08/2006 1º Semestre

Curso de Pedagogia Portaria de Autorização ME nº 2415, de 14 de Setembro de 2001- Reconhecimento -Portaria ME. 58/2007. INÍCIO-01/08/2006 1º Semestre Inciso II Programa de cada curso oferecido e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos e critérios de Avaliação: Instituto Educacional do Estado de São Paulo Autorização de Credenciamento:

Leia mais

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO O CEET - Centro Estadual de Educação Técnica Vasco Coutinho é uma Instituição de Ensino criada e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo e transferido através da lei n 9.971/12, para Secretaria

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 6 ANEXO II METODOLOGIAS (A) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 7 A) Metodologias utilizadas no Curso de Administração, bacharelado: a) Aulas Expositivas, Fórum de Debates, Dinâmica de Grupo, Seminários, Estudos de

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014 EMPREENDER NA MÚSICA COMO TRANSFORMAR UMA BANDA NUMA MICRO EMPRESA 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Sumário Ecossistema da música A música no Brasil Gestão da carreira musical O ecossistema

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FOTOGRAFIA E FILMAGEM

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FOTOGRAFIA E FILMAGEM OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FOTOGRAFIA E FILMAGEM 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013 Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: COMUNICAÇÃO SOCIAL BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR PUBLICIDADE E PROPAGANDA SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

Coordenador do Curso: Prof. Heitor Costa Lima da Rocha

Coordenador do Curso: Prof. Heitor Costa Lima da Rocha UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO CAC CURSO DE JORNALISMO Coordenador do Curso: Prof. Heitor Costa Lima da Rocha IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Denominação do Curso: Jornalismo.

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54 Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Comunicação Social (Noturno) Ano/Semestre: 011/1 09/05/011 1:5 COM.0000.0.000- COM.0001.0.001-0 COM.0019.01.001-7 FIL.0051.00.00-3

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS

RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS ABAP / IBGE 2009 FONTE: PSPP Pesquisa de Serviços de Publicidade e Promoção 1 ÍNDICE METODOLOGIA 5 NOTAS TÉCNICAS 6 OBJETIVO

Leia mais

2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA

2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA ESTRUTURA CURRICULAR Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campina Grande - Campus I DIURNO 1º SEMESTRE CARGA HORÁRIA História da Comunicação (básica) 30 02 Filosofia da Comunicação (complementar) 30 02

Leia mais

Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura BNDES Procult

Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura BNDES Procult Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura BNDES Procult IMPORTANTE O programa BNDES PSI reduziu as taxas de juros no apoio a bens de capital, inovação e exportação. Verifique se o seu

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 06/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de do Centro de Ciências Humanas, Letras

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM JORNALISMO JO 01 Agência Jr. de Jornalismo (conjunto/ série) Modalidade voltada a agências de jornalismo experimentais, criadas, desenvolvidas

Leia mais

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES APRESENTAÇÃO O curso oferece, a arquitetos e a profissionais de áreas afins, um perfil

Leia mais

Relação completa dos cursos do Estude Sem Fronteiras

Relação completa dos cursos do Estude Sem Fronteiras Relação completa dos cursos do Estude Sem Fronteiras Curso Carga horária Área: Direito Direito Coletivo do Trabalho 40 Direito Empresarial 40 Direito Municipal e Urbanístico Direito Tributário Aplicado

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio)

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) 1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

Diretrizes Curriculares ENADE 2012. Curso de: Publicidade e Propaganda

Diretrizes Curriculares ENADE 2012. Curso de: Publicidade e Propaganda Diretrizes Curriculares ENADE 2012 Curso de: Publicidade e Propaganda MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA MEC Nº207 DE 22 DE JUNHO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo REGIMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM JORNALISMO Capítulo I Da concepção de estágio O Estágio visa oportunizar

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

Site: WWW.fontecursos.com Tel. (68) 9977-1474 A cultura forma sábios; a educação, homens.

Site: WWW.fontecursos.com Tel. (68) 9977-1474 A cultura forma sábios; a educação, homens. Operador de Computador / Informática Os módulos que compõem o pacote Operador de Computador têm como objetivo desenvolver no aluno o conhecimento da informática para aplicação no mercado de trabalho, utilizando-se

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho Perfil do Curso É o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

26 Psicologia Aplicada à Administração - ADM 2 2 4 Relações Humanas no Trabalho - CTL 2 1 2 Psicologia da Comunicação - CS 3 1 3

26 Psicologia Aplicada à Administração - ADM 2 2 4 Relações Humanas no Trabalho - CTL 2 1 2 Psicologia da Comunicação - CS 3 1 3 1a vaga Vagas Regime trabalho semanal Disciplina Quadro I - Previsão para as designações/2011 1º Semestre 2º Semestre C/H semanal turma Nº turmas Total encargos disciplina Disciplina C/H semanal turma

Leia mais

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento I PRÊMIO CRIAR FTC O I Prêmio Criar FTC se destina a estimular a técnica e a criatividade na realização dos diversos formatos de propaganda, assim como a valorização dos alunos de todos os semestres e

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

Disciplinas Optativas Jornalismo

Disciplinas Optativas Jornalismo Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Jornalismo Disciplinas Optativas Jornalismo Carga horária total de optativas: 930

Leia mais

PORTARIA Nº 123 DE 28 DE JULHO DE

PORTARIA Nº 123 DE 28 DE JULHO DE PORTARIA Nº 123 DE 28 DE JULHO DE 2006. O Presidente, Substituto, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP, no uso de suas atribuições, tendo em vista a Lei nº 10.861,

Leia mais

ENADE 2009 RELAÇÃO DE ÁREAS E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA 20 DE FEVEREIRO DE 2008

ENADE 2009 RELAÇÃO DE ÁREAS E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA 20 DE FEVEREIRO DE 2008 ENADE 2009 RELAÇÃO DE ÁREAS E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA 20 DE FEVEREIRO DE 2008 Em cumprimento ao disposto no art. 2 o da Portaria Normativo MEC n o 1, de 29 de janeiro de 2009, divulga-se abaixo

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: 4001 Publicidade e Propaganda MISSÃO DO CURSO O curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem como missão formar

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO/ MÓDULO I OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO

ADMINISTRAÇÃO/ MÓDULO I OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO DISCIPLINAS Matemática Aplicada - ADM Teoria e Gestão das Organizações Tecnologia da Informação e Comunicação/(Tecnologias Educacionais) - ADM Metodologia da Ciência e da Pesquisa(Fundamentos do Trabalho

Leia mais

EMPREENDEDORISMO 2013

EMPREENDEDORISMO 2013 COLÉGIO CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE Rua Professor Pedreira de Freitas, 401/415 Fone 2942-1499 Tatuapé ORIENTAÇÕES AO PROJETO DE EMPREENDEDORISMO EMPREENDEDORISMO 2013 APRESENTAÇÃO Empreendedorismo é o estudo

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.958, DE 31 DE MARÇO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.958, DE 31 DE MARÇO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.958, DE 31 DE MARÇO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Cinema

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social Políticas Públicas de Comunicação...a presença ativa duma universidade, revigorada ao contato de seu núcleo mais vivo e ciosa do seu espaço

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ1134 EDITAL Nº 001/2014 1. Perfil: I - Consultoria para monitoramento e avaliação acerca de como se dá a apropriação de conteúdos, conceitos e novas

Leia mais

ANEXO II PERFIL DO CARGO FUNÇÃO

ANEXO II PERFIL DO CARGO FUNÇÃO ANEXO II PERFIL DO CARGO FUNÇÃO Página 1 de 165 PERFIL DE COMPETÊNCIAS E DESEMPENHO CARGO ANALISTA / FUNÇÃO ADVOGADO MISSÃO DO CARGO: Contribuir para o desenvolvimento institucional, por meio de ações

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL

Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Turismo

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 010/2013

ATO NORMATIVO Nº 010/2013 ATO NORMATIVO Nº 010/2013 Organiza as ações de comunicação social, no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia. OPROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

EXTERNATO COOPERATIVO DA BENEDITA * Oferta Educativa Ensino Secundário

EXTERNATO COOPERATIVO DA BENEDITA * Oferta Educativa Ensino Secundário 2014 / 2015 Ano Letivo EXTERNATO COOPERATIVO DA BENEDITA * Oferta Educativa Ensino Secundário * Estabelecimento de ensino integrado na rede pública. Financiado pelo Ministério da Educação ao abrigo do

Leia mais

ENADE 2009 RELAÇÃO DE ÁREAS E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA

ENADE 2009 RELAÇÃO DE ÁREAS E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA ENADE 2009 RELAÇÃO DE ÁREAS E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA Em cumprimento ao disposto no art. 2o da Portaria Normativo MEC no 1, de 29 de janeiro de 2009, divulga-se abaixo a relação das áreas e cursos

Leia mais

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO -

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - A estrutura a seguir foi desenvolvida com base no escopo da disciplina de Planejamento Estratégico de Comunicação,

Leia mais

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA JORNALISMO

Leia mais

CONSELHO CURADOR EBC RECOMENDAÇÃO Nº 02/2014. Considerando o inciso I do Art. 17 da Lei 11.652 de 2008;

CONSELHO CURADOR EBC RECOMENDAÇÃO Nº 02/2014. Considerando o inciso I do Art. 17 da Lei 11.652 de 2008; CONSELHO CURADOR EBC RECOMENDAÇÃO Nº 02/2014 Dispõe sobre propostas para adequação do Plano de Trabalho 2015 da EBC. Considerando o inciso I do Art. 17 da Lei 11.652 de 2008; Considerando que o Plano de

Leia mais

Palavras-chave: 1. Artes; 2. Audiovisual 3. Educação; 4. Rádio; 5. Vídeo

Palavras-chave: 1. Artes; 2. Audiovisual 3. Educação; 4. Rádio; 5. Vídeo Artes Audiovisuais: Estratégia cooperativa na modalidade Educação Jovem e Adulta - EJA STEFANELLI, Ricardo 1 Instituto Federal de Educação Tecnológica de São Paulo RESUMO O presente trabalho na disciplina

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

1. A comunicação é atividade institucional e deve ser regida pelo princípio da

1. A comunicação é atividade institucional e deve ser regida pelo princípio da 1 SUGESTÕES PARA UMA POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO COMITÊ DE POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO (CPCOM), REUNIÃO DE 30 DE MARÇO DE 2011 Redesenhado a partir da Constituição

Leia mais