Simulação de um tornado Construção de um termómetro e medição da temperatura ambiente Construção de um barómetro e medição da pressão atmosférica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Simulação de um tornado Construção de um termómetro e medição da temperatura ambiente Construção de um barómetro e medição da pressão atmosférica"

Transcrição

1

2 LABORATÓRIOS [2H00-5 /Aluno] Meteorologistas de Palmo e Meio Tal como verdadeiros meteorologistas, os participantes simulam alguns dos mais comuns e destrutivos fenómenos climatéricos. Constroem instrumentos de medição de parâmetros que influenciam diretamente o clima, tais como a temperatura e a pressão atmosférica. Materiais Curiosos Simulação de um tornado Construção de um termómetro e medição da temperatura ambiente Construção de um barómetro e medição da pressão atmosférica O Clima Temperatura e pressão atmosférica Nesta sessão são realizadas experiências que permitem explorar propriedades curiosas de materiais vulgarmente utilizados no quotidiano. Areias que não se molham, materiais superabsorventes e tecidos que não ardem, são alguns dos exemplos que surpreenderão as crianças participantes. Realização de ensaios de combustibilidade Estudo de propriedades dos materiais hidrófilos e hidrofóbicos Combustibilidade Descobre a Eletricidade Químicos Sabichões Cozinha Científica Materiais hidrófilos e hidrofóbicos A eletricidade e o magnetismo fazem parte do nosso dia-a-dia e dão vida a vários dos objetos, como sejam, motores, altifalantes, campainhas e computadores. Nesta atividade são construídos dispositivos elétricos simples, tais como um eletroíman, um circuito elétrico e até uma pilha utilizando batatas. Construção de um eletroíman, de um circuito elétrico e de uma pilha eletroquímica Magnetismo e Eletricidade Reações químicas Sessão na qual são utilizados materiais comuns para desenvolver experiências químicas presentes no quotidiano. A partir da produção de espumas coloridas, pegamonstros e bolas pinchonas, os participantes compreendem as transformações químicas ocorridas, contactam com materiais utilizados num laboratório e entendem noções como: reação química, reagente/produto, estados físicos da matéria e energia. Reações químicas simples Produção de uma borracha natural e silicone Transformações químicas Haverá melhor laboratório que a nossa cozinha? Nesta sessão os alunos deitam mãos à massa para preparar um menu muito saboroso. A química dá-nos uma mãozinha na preparação de coloridas gomas instantâneas, caviar de frutos e deliciosos bolos na caneca. Confeção de bolos instantâneos, deliciosas gomas e caviar de frutos Fermentação, gelificação e esferificação. 1

3 MINI LABS [1H00 3,5 /Aluno] Sólido, Líquido ou Gasoso Todos os materiais que nos rodeiam apresentam-se num dos estados físicos da matéria. Nesta sessão os participantes exploram as características básicas que permitem diferenciar os principais estados físicos e realizam experiências que demonstram algumas das principais mudanças de estado físico. Ensaios para determinação das características dos estados físicos Experiências de mudança de estado físico Estados físicos e suas propriedades Variação de estado físico Viagem ao Interior da Terra Nesta sessão são desenvolvidas atividades que permitem aos participantes conhecer e compreender a dinâmica interna da Terra. Para tal é construído um modelo que simula uma erupção vulcânica. As crianças têm ainda a oportunidade de criar uma rocha sedimentar e compreender o seu processo de formação. Simulação de uma erupção vulcânica Fabrico de uma rocha sedimentar consolidada a partir de sedimentos soltos Erupções vulcânicas e classificação de rochas (sedimentares, magmáticas e metamórficas). Curiosidades do Mundo Vegetal As plantas são seres vivos com diversas utilizações para o Homem. Nesta sessão os participantes preparam um meio de germinação, que lhes irá permitir observar o fenómeno de germinação em sementes de dicotiledóneas. Utilizando técnicas de extração, obtêm pigmentos e essências vegetais para a produção de tintas e de perfumes naturais. Germinação de sementes Extração de tintas vegetais Produção de um perfume Germinação, técnicas de extração, pigmentos vegetais, óleos essenciais 2

4 OFICINAS [2H00 4,5 /Aluno] Imagem Animada Nesta oficina os alunos desvendam os mistérios inerentes à ilusão ótica e compreendem a origem do cinema. São construídos brinquedos óticos que permitem visualizar animações. Têm ainda a oportunidade de criar os seus próprios filmes de animação. Quem sabe não será o início de uma carreira como realizador? Construção de instrumentos de imagem animada Ilusões de ótica, animação de imagens MINI OFICINAS [1H00 3 /Aluno] A luz e as Cores A cor dos objetos depende do material de que são feitos e da cor da luz que os ilumina. Com o objetivo de compreender o mecanismo de reflexão da luz, é construído um caleidoscópio utilizando materiais simples. As crianças utilizam diferentes filtros coloridos para testar o seu efeito na cor de diferentes objetos. Testar o efeito de filtros coloridos na cor de objetos Construção de um caleidoscópio Absorção e reflexão da luz Era uma vez o Sol, a Terra e a Lua Os pequenos astrónomos participam num jogo interativo onde relacionam objetos esféricos de diferentes tamanhos com os planetas do Sistema Solar. Utilizam um telúrio para compreender de que modo ocorrem as estações do ano e a sucessão dos dias e das noites. Por fim, constroem uma sonda que não chegará à Lua mas com certeza irá com cada um. Quiz temático, utilização do telúrio e construção de uma Sonda Lunar Isometrias Distinguir estrelas de planetas Movimento de translação e rotação Planetas do sistema Solar Em toda a parte é possível encontrar simetrias. Nesta sessão os participantes são desafiados a identificar as várias isometrias, encontrar eixos de simetria, explorar imagens simétricas e aplicar estes conceitos de uma forma criativa. Testar o efeito de filtros de coloridos na cor de objetos Construção de uma câmara escura Absorção e reflexão da luz Formação das imagens 3

5 OVERNIGHTS [1 NOITE - 25 /Aluno] Biólogos por uma Noite Na pele de biólogos os participantes exploram o mundo dos animais e das plantas para conhecer melhor características únicas e comportamentos surpreendentes de alguns seres vivos. Investigam pequenos organismos com aplicações surpreendentes no dia-adia. No Laboratorium e nos jardins decorrem inúmeras atividades experimentais onde o mote é a descoberta da Natureza. Químicos por uma Noite Estudo dos habitats dos diferentes seres vivos Observação de características morfológicas Análise do comportamento dos animais Classificação, morfologia e comportamento animal O Laboratorium é o local perfeito para os pequenos candidatos a futuros químicos. Entre tubos de ensaio, provetas e balões, criam mega reações para formar borbulhas fumegantes, espumas mágicas, gelo instantâneo e outras combustões. Porque ocorrem estas e outras reações químicas? Porque enferrujam os metais? De que são feitos os superabsorventes? O que é uma combustão espontânea? Reações químicas simples Síntese de materiais curiosos Transformações químicas EXPOSIÇÃO PERMANENTE [2H00-3 /Aluno] Exposição Permanente Visita de enquadramento e explicação geral, acompanhada por um monitor, às cinco salas de Exposição Permanente: Odisseia da Terra Odisseia da Matéria Odisseia da Vida Odisseia do Universo Odisseia Virtual 4

6 TRILHOS PELA FLORESTA [1H30-3 /Aluno] Insetos O Príncipe Odonata OBJETIVO Observar e identificar insetos em diferentes ambientes Conhecer as adaptações morfológicas dos insetos ao meio ambiente (camuflagem) Observar as características, modos de locomoção e diversidade de insetos Compreender as variações dos insetos com as estações do ano As cadeias alimentares Animais A Lenda do Bufo bufo OBJETIVO Observar e identificar os animais nos seus ambientes Distinguir animais selvagens de animais domésticos Identificar modos de vida de diferentes animais e suas características externas Plantas No Reino da Selaginella OBJETIVO Observar os diferentes tipos de plantas, os ambientes e como se reproduzem Observar os diferentes tipos de folhas, flores e frutos Compreender a variação das plantas com as estações do ano Compreender as cadeias alimentares Conhecer as utilizações das plantas Compreender a interferência do homem no ambiente 5

7 CAMPO CINÉTICO [A partir de 4 /Aluno] Atividades Aventura Preço/Pax AIR BUNGEE 5 BOLA ZORB 4 BTT 5 CAÇA AO TESOURO 4 CANOAGEM 4 CARREIRA DE TIRO 4 CIRCUITO DE CARROS A PEDAIS 4 ESCALADA 5 GAIVOTAS MINI 4 INSUFLÁVEIS 4 JOGO DE ORIENTAÇÃO 4 JOGOS TRADICIONAIS 4 MOTO 4 (1 HORA) 40 MOTO 4 MINI (1 HORA) 20 PAINTBALL BOLAS 12,5 PAINTBALL BOLAS 17,5 REDE ABORDAGEM 5 RAPEL 5 SALTO PENDULAR 10 SLIDE 7,5 SPLAT MASTER 12,5 TRAMPOLIM 4 Idade Packs Preço/Pax Maiores de 10 Anos PACK VERTICE Jogo de Orientação + Rede de Abordagem + Tiro PACK AVENTURA BTT + Canoagem + Escalada + Rapel

Simulação de um tornado Construção de um termómetro e medição da temperatura ambiente Construção de um barómetro e medição da pressão atmosférica

Simulação de um tornado Construção de um termómetro e medição da temperatura ambiente Construção de um barómetro e medição da pressão atmosférica LABORATÓRIOS [2H00-5 /Aluno] Meteorologistas de Palmo e Meio Tal como verdadeiros meteorologistas, os participantes simulam alguns dos mais comuns e destrutivos fenómenos climatéricos. Constroem instrumentos

Leia mais

LABORATÓRIOS MINI LABS OFICINAS MINI OFICINAS OVERNIGHTS

LABORATÓRIOS MINI LABS OFICINAS MINI OFICINAS OVERNIGHTS 2º CICLO LABORATÓRIOS MINI LABS OFICINAS MINI OFICINAS OVERNIGHTS EXPOSIÇÃO PERMANENTE EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA CAMPO CINÉTICO VIAGENS CIENTÍFICAS Visionarium Centro de Ciência do Europarque 4520 153 Santa

Leia mais

ANO LECTIVO 2011-12 LABORATÓRIOS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES

ANO LECTIVO 2011-12 LABORATÓRIOS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES ANO LECTIVO 2011-12 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES 1 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO Chefs no Laboratorium Muitos dos alimentos que fazem as delícias dos mais pequenos resultam

Leia mais

ANO LECTIVO 2011-12 MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES

ANO LECTIVO 2011-12 MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES ANO LECTIVO 2011-12 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES 1 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO Planeta Verde À Volta do Caracol O planeta Terra está seriamente ameaçado pela actividade

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO

PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO [2H00-5 /Aluno] Meteorologistas de Palmo e Meio Tal como verdadeiros meteorologistas, os participantes simulam alguns dos mais comuns e destrutivos fenómenos climatéricos. Constroem

Leia mais

MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO

MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO Visionarium Centro de Ciência do Europarque 4520 153 Santa Maria da Feira Tel. 256 370 605/9 Fax. 256 370 608 E-mail. Info.visionarium@aeportugal.com

Leia mais

LABORATÓRIOS MINI LABS OFICINAS MINI OFICINAS OVERNIGHTS

LABORATÓRIOS MINI LABS OFICINAS MINI OFICINAS OVERNIGHTS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO LABORATÓRIOS MINI LABS OFICINAS MINI OFICINAS OVERNIGHTS EXPOSIÇÃO PERMANENTE EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA CAMPO CINÉTICO VIAGENS CIENTÍFICAS Visionarium Centro de Ciência do Europarque

Leia mais

Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo -

Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo - Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo - Estudo do Meio 1º Ano 1º Período 2º Período 3º Período À descoberta de si mesmo - A sua identificação Conhecer a sua identificação Conhecer o seu nome

Leia mais

Atividades de educação ambiental

Atividades de educação ambiental 1213 Centro Atividades de educação ambiental Ambiental da Pena 1 Introdução / Com vista à preservação e gestão equilibrada dos recursos naturais existentes no nosso planeta e face às alterações que o mesmo

Leia mais

ANO LECTIVO 2011-12 OFICINAS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES

ANO LECTIVO 2011-12 OFICINAS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES ANO LECTIVO 2011-12 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES 1 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO Imagem Animada Nesta oficina os alunos desvendam os mistérios inerentes à ilusão óptica

Leia mais

CRIANÇAS QUÍMICOS SABICHÕES À DESCOBERTA DA FLORA. Actividades de Verão. 11:00 13:00 (excepto aos fins de semana) 16:30 18:00

CRIANÇAS QUÍMICOS SABICHÕES À DESCOBERTA DA FLORA. Actividades de Verão. 11:00 13:00 (excepto aos fins de semana) 16:30 18:00 CRIANÇAS Actividades de Verão 11:00 13:00 (excepto aos fins de semana) 16:30 18:00 QUÍMICOS SABICHÕES Durante esta actividade os participantes contactam com experiências que lhes permitirão compreender

Leia mais

ATIVIDADES 2015/2016

ATIVIDADES 2015/2016 ATIVIDADES 2015/2016 ASTRONOMIA GEOLOGIA CIÊNCIAS NATURAIS/ BIOLOGIA FÍSICA / QUÍMICA INFORMAÇÕES 02 03 04 08 12 01 ASTRONOMIA No Planetário móvel Articulação com as áreas de História, Ciências Naturais,

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 7 12 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!///////////////////// 3 CINEMA EM CASA!//////////////////////////////////////////////////// 4 QUE FEITIÇO É ESTE?/////////////////////////////////////////////////

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁLVARO VELHO LAVRADIO. Planeamento Curricular referente ao 1 º Período

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁLVARO VELHO LAVRADIO. Planeamento Curricular referente ao 1 º Período AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁLVARO VELHO LAVRADIO Planeamento Curricular referente ao 1 º Período Ano e Turma 5º Disciplina Ciências Naturais Prof. (a) N.º Aulas Previstas Domínio: ÁGUA, O AR, AS ROCHAS

Leia mais

Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar

Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL SOCIALIZAÇÃO Desenvolver atitudes procedimentos e conceitos Interiorizar valores espirituais morais e críticos Desenvolver

Leia mais

Sessões Temáticas. Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo

Sessões Temáticas. Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo Sessões Temáticas Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo Apresentação O Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) foi desenvolvido no âmbito do Programa Polis,

Leia mais

Escola Básica 2 Roberto Ivens. Informação da prova de equivalência à frequência da disciplina de Ciências da Natureza

Escola Básica 2 Roberto Ivens. Informação da prova de equivalência à frequência da disciplina de Ciências da Natureza SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CULTURA E CIÊNCIA DIRECÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA BÁSICA INTEGRADA ROBERTO IVENS Escola Básica 2 Roberto Ivens. Informação da prova de equivalência à frequência da

Leia mais

Rede de Centros de Educação Ambiental CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO NÚCLEO RURAL -

Rede de Centros de Educação Ambiental CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO NÚCLEO RURAL - CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO NÚCLEO RURAL - PARQUE DA CIDADE Apresentação do Centro Integrando território das freguesias de Aldoar e Nevogilde, o Parque da Cidade é o maior parque urbano do país, inserido

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 12 18 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!/////////////////////////////////////// 3 CINEMA EM CASA!////////////////////////////////////////////////////////////////////// 4 BRINQUEDOS ÓPTICOS///////////////////////////////////////////////////////////////

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016 DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual / Critérios de avaliação Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016 Domínio (Unidade/ tema) Subdomínio/Conteúdos Metas de Aprendizagem Estratégias/

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Planificação Anual Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação o Relacionar alimento

Leia mais

Porque os seus filhos merecem o melhor!

Porque os seus filhos merecem o melhor! Porque os seus filhos merecem o melhor! ATIVIDADES Piscina Atividade realizada na piscina principal do Clube por um professor e sempre acompanhada por um nadador salvador. Tem a duração de 1 hora ** onde

Leia mais

Ateliers de Verão Câmara Municipal do Barreiro

Ateliers de Verão Câmara Municipal do Barreiro Programação de Actividades Julho 02 (4ª) 15h00 Edifício Américo Marinho Hum! Hum! Hum! Que delícia!, sessão I 04 (6ª) 15h00 Auditório Municipal Augusto Cabrita Atelier de Movimento, sessão I 07 (2ª) 15h00

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio da Água, o ar, as rochas e o solo - materiais terrestres, o aluno deve ser capaz de: Compreender a Terra como um planeta especial

Leia mais

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 EXPOSIÇÕES Exposições Permanentes Exposições Temporárias Vencer a Distância - Cinco Séculos de Comunicações em Portugal História dos Correios e Telecomunicações

Leia mais

AMBIENTE E SAÚDE Ensino básico - 1º, 2º e 3º ciclos Ano letivo: 2012/2013

AMBIENTE E SAÚDE Ensino básico - 1º, 2º e 3º ciclos Ano letivo: 2012/2013 AMBIENTE E SAÚDE Ensino básico - 1º, 2º e 3º ciclos Ano letivo: 2012/2013 Em articulação com os conteúdos programáticos das disciplinas de Ciências, desenvolvem-se atividades de estudo, monitorização e

Leia mais

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar ACTIVIDADES 2014-2015 Público Escolar de Actividades 2014-2015 Actividades de Ano Lectivo de actividades desenvolvidas de acordo com os objectivos preconizados nos programas escolares em vigor para cada

Leia mais

ESCOLA BÁSICA D. DOMINGOS JARDO

ESCOLA BÁSICA D. DOMINGOS JARDO Unidade Didática: Terra Ambiente de Vida METODOLOGIAS/ SITUAÇÕES DE.Antes de começar.como trabalhar em Ciências Terra Ambiente de Vida.Onde existe vida.primeira abordagem ao conceito de biosfera.salientar

Leia mais

Programa de Educação Ambiental

Programa de Educação Ambiental Programa de Educação Ambiental 2015 / 2016 Escolas Centro de Formação Ambiental SEDE - Lisboa 2 Horário de Funcionamento das Actividades 2ª feira a 6ª feira: 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30 4 horários:

Leia mais

Planificação Curricular Pré-escolar

Planificação Curricular Pré-escolar PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ciclo/ Área/ Disciplina: Pré-escolar Ano Letivo 2012/2013 Área de Formação pessoal e Social Esboço Curricular para a Educação de Infância (segundo as Orientações Curriculares

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA PROVA FLORIPA CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA PROVA FLORIPA CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL D01 Interpretar situações de equilíbrio e desequilíbrio ambiental, provocadas pela ação humana. D02 Identificar o calor do sol como principal causa da

Leia mais

Rede de Centros de Educação Ambiental CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA QUINTA DO COVELO

Rede de Centros de Educação Ambiental CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA QUINTA DO COVELO CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA QUINTA DO COVELO Apresentação do Centro Há perto de 3 séculos, a Quinta do Covelo tinha o nome de Lindo Vale, ou Bela Vista. No século XIX foi comprada por um comerciante,

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá distinguir e recriar

Leia mais

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 Questão 1) Abaixo representa uma experiência com crisântemo, em que a planta foi iluminada, conforme mostra o esquema. Com base no esquema e seus conhecimentos,

Leia mais

SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS

SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS A Expo Celebrar Oeiras passado, presente e futuro, que irá estar patente ao público entre Maio e Dezembro, procura dar a conhecer aos visitantes o desenvolvimento

Leia mais

Sessão 2: 12/03/2012

Sessão 2: 12/03/2012 SLIDE 1 - Conhecer os morcegos Nº sessões: 9 sessões (7 de 90 minutos e 2 de 45 minutos) Como imaginam/desenham um morcego? O que sabem e gostavam de saber sobre estes quirópteros? Que fariam para proteger

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS

ACÇÃO DE FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS ESCOLA SECUNDÁRIA DE SÁ DA BANDEIRA ACÇÃO DE FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS Trabalho realizado por: Maria Adélia Esteves Paulo Amaro Esteves Rosa Carvalho Vanda Salvaterra INTRODUÇÃO

Leia mais

DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE

DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE CIENTISTAS DO AMANHÃ Descritores 1º Bimestre

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares OFERTA COMPLEMENTAR 1º e 2º anos de escolaridade Ano letivo 2015/2016 l -Introdução No presente ano letivo a Oferta Complementar

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1. Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Estudo do Universo Sistema Solar 2. Movimentos da Terra e da Lua Dia e noite Estações

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá

Leia mais

Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169

Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169 Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169 FOTOMICROGRAFIAS D518 Ranunculus, typical monocot ro t.s. of central stele D762 Motor nerve cells smear from spinal cord of cow with nerve cells and their

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor

PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor CELESTE: PRODUÇÃO DO UNIVERSO 1. Componentes básicos do Universo matéria e energia: - Matéria e energia dos astros luminosos e iluminados; - Sol:

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Processos vitais comuns aos seres vivos o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância de uma alimentação equilibrada

Leia mais

Plano Atividades Câmara Municipal do Funchal

Plano Atividades Câmara Municipal do Funchal 2015 Plano Atividades 1 Câmara Municipal do Funchal Departamento de Educação e Promoção Social 2 A Câmara Municipal do Funchal, no âmbito do seu Programa de Educação para a Cidadania, desenvolve, através

Leia mais

Programação anual de conteúdos

Programação anual de conteúdos Programação anual de conteúdos 6.ºa n o 1. De olho no Universo 2. Terra e Universo 3. Terra: lugar da vida 4. Relações ecológicas 5. Solo e vida Estrelas, constelações e galáxias História da Astronomia

Leia mais

!"#$%&'&()*(+#,-,)")*.(( /0112/01/((

!#$%&'&()*(+#,-,))*.(( /0112/01/(( !"#$%&'&()*(+#,-,)")*.(( /0112/01/((!"#$%&' +T4*.*3#"89&(PPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPP(1( A4&'4":".(+:;,*3#",.(PPPPPPPPPPPPPPPPPPPP(G( A4&'4":".(5.7&%".(3"(U"#64*V"(PPPP(P1F( A4&'4":".(WX),7&.(*()*(+-*3#64"(PP/1(

Leia mais

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015 PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Trocas nutricionais entre o organismo e o meio: nos animais. 1. Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura 1.1. Apresentar um conceito de

Leia mais

Guia do Professor As Fases da Lua

Guia do Professor As Fases da Lua Guia do Professor As Fases da Lua Introdução A difusão dos sistemas digitais pelos mais diferentes ramos do conhecimento é uma realidade, que indiscutivelmente facilitou todas as tarefas do dia-a-dia,

Leia mais

b) Represente um segmento de mrna usando como molde a cadeia de DNA complementar à do enunciado.

b) Represente um segmento de mrna usando como molde a cadeia de DNA complementar à do enunciado. Instituto Politécnico de Coimbra / ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Exame de Biologia para Avaliação da Capacidade para Acesso ao Ensino Superior dos maiores de 23 anos Data: 2 de Maio de 2013 Duração: 2 horas

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN DISCIPLINA : MUNDO NATURAL OBJETIVOS GERAIS Demonstrar interesse e curiosidade pelo mundo social e natural,

Leia mais

Gênero do NCM. 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos

Gênero do NCM. 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos 01 - Animais Vivos Gênero do NCM 02 - Carnes e miudezas 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos 04 - Produtos Comestiveis de origem animal 05 - Outros Produtos de Origem Animal

Leia mais

18-24 Novembro 2013. Programa de actividades

18-24 Novembro 2013. Programa de actividades 18-24 Novembro 2013 Programa de actividades CENTRO DE DIFUSÃO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA 2013 19Nov terça-feira LAB EXPERIENCE: TRANSFERÊNCIA DE ENERGIA NA COZINHA MOLECULAR Local de encontro: Datas: 19-11-2013

Leia mais

AMBIENTE E SAÚDE Ensino básico

AMBIENTE E SAÚDE Ensino básico AMBIENTE E SAÚDE Ensino básico Em articulação com os conteúdos programáticos das disciplinas de Ciências, desenvolvem-se atividades de estudo, monitorização e caracterização de parâmetros relacionados

Leia mais

O Plano de Educação Ambiental 2013 2015 pretende enriquecer a aposta da Câmara Municipal da Maia na Educação Ambiental e na Educação para o

O Plano de Educação Ambiental 2013 2015 pretende enriquecer a aposta da Câmara Municipal da Maia na Educação Ambiental e na Educação para o O Plano de Educação Ambiental 2013 2015 pretende enriquecer a aposta da Câmara Municipal da Maia na Educação Ambiental e na Educação para o Desenvolvimento Sustentável, promovendo a participação de toda

Leia mais

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração A UU L AL A Respiração A poluição do ar é um dos problemas ambientais que mais preocupam os governos de vários países e a população em geral. A queima intensiva de combustíveis gasolina, óleo e carvão,

Leia mais

2014/2015 3Ventos. 3Ventos. Curso Vocacional 3º Ciclo Ensino Básico

2014/2015 3Ventos. 3Ventos. Curso Vocacional 3º Ciclo Ensino Básico Curso Vocacional 3º Ciclo Ensino Básico B - Áreas Vocacionais Empregado(a) Comercial Acompanhante de Ação Educativa Operador(a) de Informática C - Matriz curricular Componentes de Formação Cada disciplina

Leia mais

ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM ESCOLAS PÚBLICAS DE JATAÍ GO: DIAGNÓSTICO E PERSPECTIVAS

ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM ESCOLAS PÚBLICAS DE JATAÍ GO: DIAGNÓSTICO E PERSPECTIVAS ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM ESCOLAS PÚBLICAS DE JATAÍ GO: DIAGNÓSTICO E PERSPECTIVAS Firmino Cardoso PEREIRA Universidade Federal de Goiás - Campus Jataí firminocpereira@gmail.com

Leia mais

Docentes responsáveis 1 Actividades 1. Workshops. 9. 19 Balanço final do projecto. 22

Docentes responsáveis 1 Actividades 1. Workshops. 9. 19 Balanço final do projecto. 22 Índice: Docentes responsáveis 1 Actividades 1 Grupo1: Actividades desenvolvidas durante as observações nocturnas... 1 Grupo 2: Construção de um espaço na Mediateca reservado à Astronomia, chamado de Cosmoteca

Leia mais

Data 23/01/2008. Guia do Professor. Introdução

Data 23/01/2008. Guia do Professor. Introdução Guia do Professor Data 23/01/2008 Introdução A inserção de tópicos da Eletricidade nas escolas de nível básico e médio é fundamental para a compreensão de alguns fenômenos da vida moderna. Você já imaginou

Leia mais

Férias de Verão no Museu da CARRIS Semanas Temáticas Expressão Plástica Expressão Corporal Expressão Musical

Férias de Verão no Museu da CARRIS Semanas Temáticas Expressão Plástica Expressão Corporal Expressão Musical A ação educativa nas Semanas Temáticas do Museu da CARRIS é vocacionada para crianças e jovens adolescentes. Propõe a realização de atividades lúdicas e interativas que estimulem o pensamento, sensações

Leia mais

Atividade de Enriquecimento Curricular. Área: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL. Nível escolaridade: 1º ciclo - 1º e 2º anos

Atividade de Enriquecimento Curricular. Área: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL. Nível escolaridade: 1º ciclo - 1º e 2º anos Atividade de Enriquecimento Curricular Área: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL Nível escolaridade: 1º ciclo - 1º e 2º anos Entidade: Associação de Defesa do Paul de Tornada - PATO A Educação Ambiental é determinante

Leia mais

Como as Coisas Funcionam Princípios de Engenharia e Arquitetura. Sala 10 Temas Diversificados EF II Integral. E. E. Olímpio Catão

Como as Coisas Funcionam Princípios de Engenharia e Arquitetura. Sala 10 Temas Diversificados EF II Integral. E. E. Olímpio Catão Como as Coisas Funcionam Princípios de Engenharia e Arquitetura Sala 10 Temas Diversificados EF II Integral E. E. Olímpio Catão Professora Apresentadora: Marisa Maria Nascimento Nóbrega Realização: Justificativa

Leia mais

CURSOS. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

CURSOS. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2007/1 BIOLOGIA CURSOS Agronomia, Ciências Biológicas, Curso Superior de Tecnologia em Agropecuária, Curso Superior de Tecnologia em Alimentos, Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia,

Leia mais

Grupo de Ecologia Ambiental

Grupo de Ecologia Ambiental Grupo de Ecologia Ambiental Queremos nosso planeta feliz! LUCAS MARTINS MIRANDA MATEUS MARQUES DOS SANTOS ORIENTAÇÃO: ELIAS ALVES DE SOUZA Goianésia, 2014 INTRODUÇÃO Atualmente, no planeta, o ser humano

Leia mais

Quadro de conteúdos CIÊNCIAS

Quadro de conteúdos CIÊNCIAS Quadro de conteúdos CIÊNCIAS 1 6 o ano UNIDADE CAPÍTULO CONTEÚDO 1 Ecologia: seres vivos e ambiente 2 Água: substância vital 3 O ar e a atmosfera 1 O mundo dos seres vivos 2 Os seres vivos e as suas interações

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Revelar curiosidade e desejo de saber; Explorar situações de descoberta e exploração do mundo físico; Compreender mundo exterior mais próximo e do

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PORTA DO MEZIO ARCOS DE VALDEVEZ PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Olá, sou o Lobito, a mascote da Porta do Mezio. Vem comigo descobrir as atividades que podes fazer na Porta do Mezio! 2013/2014 Localizado

Leia mais

Guia do Professor 2014/2015. Faça do Zoo Santo Inácio a sua sala de aula!!!

Guia do Professor 2014/2015. Faça do Zoo Santo Inácio a sua sala de aula!!! Guia do Professor 2014/2015 Faça do Zoo Santo Inácio a sua sala de aula!!! A 10 minutos do Porto, mais precisamente em Vila Nova de Gaia, situa-se o Zoo Santo Inácio, o maior e mais verde parque zoológico

Leia mais

Jogo: Ciclos Biogeoquímicos

Jogo: Ciclos Biogeoquímicos Jogo: Ciclos Biogeoquímicos Tema: Ciclagem de Nutrientes Autores: Daniele, Paola, Polyana e Sabrina. Público alvo: Sétima série do ensino fundamental. Objetivo: Transmitir os conceitos relacionados ciclos

Leia mais

Roteiro da Exposição. selecionar recolher descrever estimar interpretar

Roteiro da Exposição. selecionar recolher descrever estimar interpretar Roteiro da Exposição selecionar recolher descrever estimar interpretar Conteúdos: Pedro Campos (INE e Universidade do Porto), Eugénia Graça Martins (Universidade de Lisboa), Emília Oliveira, (Escola Secundária

Leia mais

Rede de Centros de Educação Ambiental

Rede de Centros de Educação Ambiental CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE DE S. ROQUE Apresentação do Centro Situado num espaço privilegiado da zona oriental da Cidade, a Quinta da Lameira, hoje conhecida por Parque de S. Roque, constitui

Leia mais

Reconhecimento e explicação da importância da evolução tecnológica no nosso conhecimento atual sobre o Universo.

Reconhecimento e explicação da importância da evolução tecnológica no nosso conhecimento atual sobre o Universo. ESCOLA BÁSICA2,3 EUGÉNIO DOS SANTOS 2013 2014 página 1 ESCOLA BÁSICA DO 2.º E 3.º CICLOS EUGÉNIO DOS SANTOS PLANIFICAÇÃO E METAS DE APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.º ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

Escola Secundária de Eça de Queirós-Póvoa de Varzim PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

Escola Secundária de Eça de Queirós-Póvoa de Varzim PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO 2015/201 1.º Período DISCIPLINA: Ciências Físico-Químicas ANO: 7.º CURSO: 3.º Ciclo do Ensino Básico Total de aulas previstas: 38 Domínio: I. Espaço Subdomínio: I.1. Universo Objetivo Geral: 1. Conhecer

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 3 7 Anos ONDE ESTÁ O ARCO-ÍRIS?//////////////////////////////////3 CAIXA MÁGICA////////////////////////////////////////////////////4 CASINHA, CASARÃO, ONDE É QUE ELES VIVERÃO?////////////////////////////5

Leia mais

Associação Viver a Ciência Av. da República, nº 34, 1º Lisboa rgaspar@viveraciencia.org

Associação Viver a Ciência Av. da República, nº 34, 1º Lisboa rgaspar@viveraciencia.org iência Viva, Portugal 12345678 Raquel Gaspar ssociação Viver a iência v. da República, nº 34, 1º Lisboa rgaspar@viveraciencia.org Menina do Mar O RNGUEJO 1. Observar e experimentar 2. Oficina de expressão

Leia mais

Planificação Anual 3º ano

Planificação Anual 3º ano ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA GRACIOSA Planificação Anual 3º ano Expressões e Cidadania Página1 Desenho de expressão livre Desenhar no chão do recreio; Desenhar no quadro da sala; Planificação Anual de

Leia mais

CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013. Telef: 238490000 Fax: 238490003 Av. Cidade da Covilhã Apto. 52 6290-322 Gouveia - www.abpg.

CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013. Telef: 238490000 Fax: 238490003 Av. Cidade da Covilhã Apto. 52 6290-322 Gouveia - www.abpg. CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013 Unidade 1 Vamos à escola PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013 Unidade 2 Uma árvore de Natal muito familiar Mês: Outubro/Novembro/Dezembro Objetivos

Leia mais

Provas de Conhecimento Específico. Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes: I, II e III) Programa

Provas de Conhecimento Específico. Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes: I, II e III) Programa Provas de Admissão para maiores de 23 anos Ano lectivo: 2012 Curso de Engenharia do Ambiente Provas de Conhecimento Específico Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes:

Leia mais

Índice. I. Vamos começar por estudar a bússola Página 7. II. E agora... vamos estudar ao ímanes Página 9

Índice. I. Vamos começar por estudar a bússola Página 7. II. E agora... vamos estudar ao ímanes Página 9 Índice Uma aventura no misterioso Mundo Magnético... página 3 Regras de segurança página 5 Um guia com Um pouco de Ciência pelo meio... página 6 I. Vamos começar por estudar a bússola Página 7 II. E agora...

Leia mais

Aprender Ciências a Brincar

Aprender Ciências a Brincar Aprender Ciências a Brincar Os conhecimentos serão transmitidos recorrendo à exploração do meio e através de experiências simples, com materiais de uso corrente. A realização de experiências permitirá

Leia mais

Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá.

Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá. Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá. A Unidade é muito rica em informações sobre os três países explorados e possibilita o desenvolvimento de pesquisas e ampliação

Leia mais

Período: Matutino. 1º semestre/2012. Professora: Giovana Barbosa de Souza. Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo

Período: Matutino. 1º semestre/2012. Professora: Giovana Barbosa de Souza. Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo Memórias de um Grupo 4 Período: Matutino 1º semestre/2012 Professora: Giovana Barbosa de Souza Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo Alimenta o fogo atormenta o mar arrepia o corpo joga

Leia mais

PROJETO SENTINDO A ÁGUA

PROJETO SENTINDO A ÁGUA PROJETO SENTINDO A ÁGUA Adriana Maria de Souza Geraldo Fernanda Daniela F. Rodrigues Juliana Aparecida Ribeiro Resumo O presente projeto foi desenvolvido em um Centro Municipal de Educação Infantil, com

Leia mais

ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS - ASTRONOMIA

ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS - ASTRONOMIA ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS - ASTRONOMIA Oficina Pedagógica construção de Instrumentos Datas e Locais: 5 e 6 de Agosto às 10:00 - Museu de Lagar Mário Gomes Figueira, Vila Franca da Serra, Gouveia 5 de Agosto

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO Período Nº semanas Nº de aulas Previstas 1º 13 37 2º 10 32 3º 9 27 TOTAL 96 Domínios Subdomínios

Leia mais

- Alunos do Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico do

- Alunos do Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico do Entidade Promotora: Público - Alvo: - Alunos do Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico do Externato Paraíso dos Pequeninos. Objectivos: - Divulgar e promover a cultura científica; - Estimular a implementação

Leia mais

02- Agrupamento de estrelas que juntas formam figuras imaginárias. R.: 03- Ciência que estudo os corpos celestes. R.:

02- Agrupamento de estrelas que juntas formam figuras imaginárias. R.: 03- Ciência que estudo os corpos celestes. R.: PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== De acordo com as dicas, responda: 01- Foi

Leia mais

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança Planificação Anual Professor: Gabriela Maria R. D. T. L. C. Silva Disciplina: Ano: préescolar Turma: I Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação Facilitar a adaptação

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de CIÊNCIAS do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos/2015

Conteúdo Básico Comum (CBC) de CIÊNCIAS do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO I A GRUPO I B GRUPO I C GRUPO I D

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 5º ANO

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 5º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 5º ANO 2010 Questão 1 PROVA DE CIÊNCIAS 5 ANO Em torno

Leia mais

www.cienciadivertida.pt Proposta 107_12 17/10/2012

www.cienciadivertida.pt Proposta 107_12 17/10/2012 1. Quem Somos Marca Europeia líder no setor da educação e do entretenimento juvenil, em Portugal desde 1998; Trabalhamos com crianças e jovens entre os 4 e os 14 anos; Criamos programas adaptados à idade

Leia mais

Gestão de Instalações Desportivas

Gestão de Instalações Desportivas Gestão de Instalações Desportivas Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Módulo 10 sessão 1 Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Objetivos de Aprendizagem 1. Participar ativamente

Leia mais

Professor Ventura Ensina Tecnologia

Professor Ventura Ensina Tecnologia Professor Ventura Ensina Tecnologia Experimento PV004 Aerobarco Ensino Fundamental Direitos Reservados = Newton C. Braga 1 Prof. Ventura Ensina Tecnologia Aerobarco Neste interessante experimento montaremos

Leia mais

Festa de Aniversário Tabela de Serviços

Festa de Aniversário Tabela de Serviços Festa de Aniversário Tabela de Serviços Serviço Condições Preço FESTA DA IMAGEM - bolo de aniversário brinde da casa para o aniversariante Sábado e Domingo: 8* FESTA DA CASA - bolo de aniversário brinde

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 Editora F-5MA2 Rua Floriano Peixoto Santos, 55 Morumbi CEP 05658-080 São Paulo - SP Tel.: (11) 3749 3250 Apresentação A população crescendo, florestas sumindo, calor aumentando,

Leia mais

Eclipse e outros fenômenos

Eclipse e outros fenômenos Eclipse e outros fenômenos Oficina de CNII/EF Presencial e EAD Todos os dias vários fenômenos ocorrem ao nosso redor, muito próximo de nós. Alguns são tão corriqueiros que nem percebemos sua ocorrência.

Leia mais