Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de fornecimento 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de fornecimento 2015"

Transcrição

1 Orientaçã às empresas Respndentes sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de frneciment 2015 C D P +44 (0)

2 Licença ds Questináris CDP Os direits autrais d(s) questinári(s) d CDP sã prpriedade d CDP Wrldwide, uma instituiçã sem fins lucrativs, registrada sb númer e uma cmpanhia limitada, registrada na Inglaterra sb númer O us de qualquer fragment d questinári, incluind as questões, deve ser autrizad pel CDP. O us nã autrizad é pribid e CDP se reserva n direit de prteger seus direits autrais pr mei de tds s recurss legais que se fizerem necessáris. Envie para para bter detalhes. Cntrle das Versões Versã Nº Data de Revisã 0,1 Dezembr de 2014 Publicada em Dezembr de 2014 Resum de Revisã Essa versã antecipada da rientaçã fi preparada para pssibilitar que as empresas vejam frmat cmplet e as exigências d questinári antes d períd de divulgaçã em fevereir de Entretant, algumas funcinalidades d Sistema de Respstas Online ainda estã em desenvlviment e, prtant, estã sujeitas a alterações. Quand este fr cas, estará indicad n dcument. 2

3 Cnteúd Intrduçã à Orientaçã de Intrduçã a este dcument...5 O que mudu para 2015?...5 Praz para entrega das respstas...6 Alterações das respstas...6 Ajuda para respnder a CDP...6 Feedback a CDP...9 Módul de Intrduçã CC0.Intrduçã Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões Módul de Gestã CC1.Gvernança Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC2. Estratégia Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC3. Metas & Iniciativas Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC4.Cmunicações Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC5.Riscs das Mudanças Climáticas Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC6.Oprtunidades das Mudanças Climáticas Fluxgrama das Questões

4 Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC7.Metdlgia de emissões Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC8.Dads de Emissões Fluxgrama das Questões Orientaçã Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC9.Divisã das Emissões d escp Fluxgrama das Questões Orientações Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC10.Divisã das Emissões d Escp Fluxgrama das Questões Orientações Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC11.Energia Fluxgrama das Questões Orientações Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC12.Desempenh das Emissões Fluxgrama das Questões Orientações Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC13. Cmérci de emissões Fluxgrama das Questões Orientações Gerais Orientações Específicas sbre as Questões CC14. Emissões de Escp Fluxgrama das Questões Orientações Gerais Orientações Específicas sbre as Questões

5 Intrduçã à Orientaçã de 2015 Intrduçã a este dcument Este dcument deve ser lid pr tds que respnderã a CDP em 2015, independentemente de já ter respndid a CDP anterirmente. Ele cntém infrmações imprtantes sbre prcess de divulgaçã deste an e principais fntes de infrmaçã que cntribuam para a preparaçã das questões para CDP em Se vcê nã estiver familiarizad cm nss Sistema On-line de Respsta (ORS), pr favr cnsulte guia ORS em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Cas vcê nunca tenha respndid a um pedid de infrmações d CDP, u queira bter mais infrmações sbre prcess d CDP em terms mais gerais, veja nss guia para as empresas que estã respndend pela primeira vez. Esse dcument fi elabrad para as empresas que respndem a pedid de infrmações sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de frneciment d CDP. Fram preparadas rientações à parte para ajudar as empresas que estã respndend a pedid de infrmações sbre águas e flrestas em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. O que mudu para 2015? Assim cm em 2014, CDP seguiu a abrdagem de alterações mínimas para O frmat principal da rientaçã cntinua mesm e as mudanças às questões d módul principal estã limitadas a: Na página de gvernança, a terceira cluna em CC1.2a (Indicadr de perfrmance incentivada) deixu de ser um camp de text livre e agra é uma lista suspensa. Há quatr nvas questões na página de Estratégia. CC2.2c e CC2.2d sã questões nvas para saberms se sua empresa pssui um preç intern de carbn, enquant CC2.4 e CC2.4a sã questões nvas para saberms se Cnselh de sua empresa apiaria um acrd internacinal sbre mudanças climáticas. Fram adicinadas duas nvas clunas à questã CC3.3b relacinadas às atividades de reduçã de emissões para melhrar nssa capacidade de analisar s dads desta questã. A primeira tem cm bjetiv saber a qual escp pertence a atividade de reduçã de emissões, enquant a segunda cluna pergunta se a atividade é vluntária u brigatória. Nã sã dads nvs, mas um dads que, anterirmente, era questinads em um camp de text dentr da tabela. Nas páginas de riscs e prtunidades, as rientações sbre mudanças climáticas físicas fram atualizadas em cnsnância cm Quint Relatóri de Avaliaçã d IPCC. Em 2015, CDP intrduziu limite de 70% de emissões ds escps 1 e 2 verificadas para pder bter a pntuaçã integral e para ser incluíd n Índice de Liderança em Desempenh Climátic (CPLI). Para bter a pntuaçã integral em relaçã à verificaçã, a empresa deverá ter relatad a inexistência de exclusões relevantes na questã CC8.4. 5

6 O praz de apresentaçã d relatóri passu para 30 de junh de Após cnsulta cm as partes interessadas nas primeiras três semanas d mês de setembr, CDP decidiu crdenar s prazs de entrega ds relatóris ds prgramas Flrestas, Água e Mudanças Climáticas. Praz para entrega das respstas O praz para iníci e términ diferem dependend d tip de slicitaçã a qual vcê está respndend. O pedid de infrmações em nme ds investidres será publicad em fevereir de 2015 e a data limite para entrega é 30 de junh de O pedid de infrmações em nme ds membrs da cadeia de frneciment d CDP será publicad em abril de 2015 e a data limite para entrega é 31 de julh de Se vcê está respndend as dis pedids, vcê pde cmeçar a respnder assim que s móduls estiverem dispníveis; mas vcê deve enviar suas respstas preparadas para s investidres antes de enviá-las as membrs da cadeia de frneciment. Alterações das respstas Alterações às respstas apresentadas antes d praz final Para as empresas que estã respndend a pedid de infrmaçã ds investidres, as respstas apresentadas antes d praz de divulgaçã de 30 de junh pdem ser alteradas pela empresa e reenviadas até a data final. Para as empresas que respnderã também a Módul da cadeia de frneciment, as questões pdem ser reenviadas até praz final d prgrama, 31 de julh. Cas precise fazer alterações às respstas enviadas antes ds prazs acima, envie um para Alterações de respstas após praz final Após s prazs acima, as alterações às respstas smente pderã ser efetuadas pel pessal d CDP e pdem incrrer em uma taxa de administraçã. O CDP nã aceitará alterações para tdas as questões. Prtant, se vcê descbrir um err em suas respstas após s prazs acima, entre em cntat cm CDP ( para verificar se é pssível alterar err. Pr favr, nte que essas alterações pdem nã aparecer ns relatóris anuais d CDP e que CDP se reserva a direit de utilizar as infrmações já apresentadas. Para bter mais infrmações sbre a plítica de alteraçã de respstas d CDP, cnsulte a seguinte página da web: https://www.cdp.net/en- US/Prgrammes/Pages/amendments-plicy.aspx. Pntuaçã A metdlgia de pntuaçã para 2015 pde ser emcntrada n site d CDP. Além diss, ferecems neste dcument as rientações básicas sbre as questões. Os princípis da pntuaçã estã detalhads n dcument Guidance fr first-time respnders em nss site. Outrs dcuments de rientaçã Preparams utras rientações para ajudar as empresas a respnderem as cinc móduls setriais (Petróle e Gás, Serviçs de Eletricidade, Autmóveis & Fabricaçã de Autpeças, TI e setr de Alimentaçã, Bebidas e Tabac) e para respnder a módul da Cadeia de frnecimentabasteciment (cm parte d pedid de infrmações ds membrs da cadeia de frneciment d CDP). Tds estes estã dispníveis em: https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Ajuda para respnder a CDP Além da rientaçã listada n iníci deste dcument, há uma série de utras fntes de api para que s participantes prepararem suas respstas a CDP. Os detalhes cmplets estã dispníveis em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx; alguns ds recurss principais sã descrits abaix. 6

7 Rteir da Divulgaçã Preparams um rteir de divulgaçã para ajudar as empresas a desenvlverem sua divulgaçã. Wrkshps e semináris nline O CDP faz uma série de wrkshps e pssui semináris n-line dispníveis n site para ajudar as empresas a respnderem a CDP. Vcê pde evitar errs em sua respsta, usand serviç de Verificaçã de Respstas (Respnse Check Service) O serviç de Verificaçã de Respstas é uma verificaçã de integridade anterir a apresentaçã final e verifica s prblemas que pdem afetar sua pntuaçã, u prblemas cm as infrmações que vcê está apresentand para seus stakehlders. O serviç de Verificaçã de Respstas é realizad pr cnsultrias parceiras credenciadas pel CDP que receberam treinament sbre a metdlgia e prcess de Verificaçã de Respstas d CDP. Para saber mais visite a página de verificaçã de respstas d CDP. Para prvidenciar sua Verificaçã de Respstas entre em cntat cm CDP Reprter Services Membership O Reprter Services Membership fi cncebid para capacitar sua rganizaçã a cnstruir uma prficiência interna em relaçã as infrmes ambientais. Vcê ganhará temp e pderá reduzir as emissões e melhrar desempenh ds negócis, receberá api a avançar em direçã à bservância da eficiência peracinal e pr fim, da vantagem estratégica. O pacte inclui: Um gerente de cnta dedicad para ferecer rientações sbre prcess de divulgaçã e metdlgia de pntuaçã, respnder suas questões técnicas em relaçã à divulgaçã e auxiliar a sua utilizaçã ds dads d CDP para garantir que vcê btenha plen valr da filiaçã. Acess aprimrad e ilimitad as dads d CDP para permitir benchmarking rápid e eficaz e análises para identificar as melhres práticas em relatóris e desempenh de seus pares e utrs líderes. Uma série de webinars especializads, bletins e events cm netwrking exclusiv e prtunidades de visibilidade. Verificaçã de respsta de uma cnsultria parceira d CDP antes d envi das respstas para garantir a mair integridade pssível das mesmas. Para mais infrmações e para ver quais empresas já estã se beneficiand desta assciaçã, visite nss site u envie um para: e agende uma apresentaçã para que vcê pssa realmente entender cm iss pde causar uma diferença significativa em seu desempenh ambiental. Parceirs Operacinais O CDP trabalha cm frnecedres de sftware que pdem auxiliar as empresas na cleta, mediçã, emissã de relatóris e gerenciament de seus dads sbre clima e sustentabilidade. Eles também pdem apiar as empresas n desenvlviment e implementaçã de uma estratégia relacinada às mudanças climáticas adequadas para reduzir seu impact e expsiçã ambientais. Tds s parceirs credenciads pel CDP satisfazem critéris específics de parceria de serviçs. Parcerias de Reduçã de Carbn: O CDP trabalha cm empresas que ferecem tecnlgias e serviçs que ajudam a reduzir as emissões de carbn em tds s setres. Para saber mais visite nssa página de parcerias para a reduçã de carbn. Parcerias de cnsultria: O CDP trabalha cm váris parceirs de cnsultria que demnstraram cmprmiss de trabalhar cm CDP para incentivar a alta qualidade da divulgaçã e ações relacinadas às mudanças climáticas. Os parceirs de cnsultria credenciads pel CDP têm uma ampla gama de cnheciments técnics e ferecem api para que as empresas elabrem e executem estratégias de sustentabilidade e relacinadas às mudanças climáticas. Os parceirs 7

8 de cnsultria credenciads pel CDP têm um históric cmprvad e pssuem uma bem sucedida carteira de clientes. Para saber mais visite nssa página de parceirs de cnsultria. Parcerias de Educaçã e Treinament: O CDP incentiva as rganizações glbais a empreenderem uma frmaçã em gestã de carbn de alta qualidade para melhrar a cnsciência e a cmpreensã ds funcináris sbre cm as mudanças climáticas afetam suas rganizações. Os parceirs credenciads d CDP frnecem uma ampla gama de prgramas de frmaçã para que as rganizações melhrem a qualidade de suas respstas a CDP. Para saber mais visite nssa página de parcerias de educaçã e treinament. Parcerias de Sftware: as ferramentas e serviçs ferecids pr essas rganizações parceiras fram submetids a uma avaliaçã baseada n mercad, incluind feedback ds clientes através de referências e, além diss, pde ferecer um valis auxíli para empresas em td prcess de cleta de dads. Os Parceirs de sftware d CDP pdem ferecer ajuda, trcand as cmplexas planilhas de Excel pr sistemas de gestã integrada para tda a empresa. Essa transfrmaçã permitirá que as empresas identifiquem eficiências a lng d prcess de cleta de dads e efetivamente aumentem a qualidade ds dads através da autmaçã e da arquitetura de infrmaçã adequada. Para saber mais visite nssa página de parceiras de sftware. Parcerias de verificaçã: Os serviçs de verificaçã ferecids pelas rganizações parceiras frnecem às empresas verificaçã de terceirs e garantia de dads sbre clima u sustentabilidade. O CDP incentiva a verificaçã/garantia (assurance) da infrmaçã divulgada. Em geral, a verificaçã e garantia de terceirs garante uma divulgaçã precisa e cmparável ds dads; esse deve ser bjetiv de tdas as empresas na geraçã de relatóris. Os serviçs ds parceirs de verificaçã d CDP sã certificads pr padrões recnhecids internacinalmente, incluind as nrmas ISO u ISAE pertinentes e estã credenciads para realizar certificações n âmbit de regimes cm EU ETS e a Western Climate Initiative. Os parceirs pertencem à Internatinal Federatin f Accuntants Cde f Ethics fr Prfessinal Accuntants (Códig de Ética da Federaçã Internacinal de Cntabilistas (IFAC)), entre utrs órgãs. Para saber mais visite nssa página de parceira de verificaçã. Verificaçã Ortgráfica O Sistema de Respstas On-line d CDP (ORS) funcina melhr cm Internet Explrer (IE). IE10 e IE11, pis ambs pssuem verificadres rtgráfics integrads. As versões anterires d IE nã pssuem crretr rtgráfic integrad, mas existem add-ns de terceirs que fazem iss pr vcê. Vcê pde utilizar seu mtr de busca favrit para prcurar pr add-ns de terceirs para efetuar a verificaçã rtgráfica. Limite de Caracteres ns Camps de Text O númer máxim de caracteres para s camps de text pde ser emcntrad na rientaçã específicas de cada questã a lng deste dcument. O limite de caracteres inclui s espaçs. Infrmações Adicinais Na parte inferir de cada página de respstas sbre mudanças climáticas há um camp chamad "Infrmações Adicinais". Este camp permite que a empresa frneça quaisquer infrmações adicinais u cntext relevante para as questões da página em referência. Nte que nã há pntuaçã para este camp. Cntate-ns Cas nã cnsiga reslver seus prblemas através de um ds recurss listads acima, entre em cntat cnsc: 8

9 Feedback a CDP Assim cm em 2014, será dada uma prtunidade para frnecer feedback a CDP pr mei de uma pequena pesquisa n-line. Um link para esta pesquisa será enviad para vcê pr depis que vcê enviar sua respsta. Qualquer feedback dad nã será assciad às suas respstas e nã será divulgad publicamente. 9

10 Módul de Intrduçã CC0.Intrduçã Fluxgrama das Questões As questões a seguir sã mstradas na página de intrduçã. CC0.1: 0,1: Intrduçã # # CC0.2: 0,2: An base # # CC0.3: Cnfiguraçã da lista de países # CC0.4: Seleçã da meda # Se vcê estiver respndend apenas para pedid de membrs de supply chain e nã se identificu cm PME Se vcê estiver respndend a pedid de frneciment da cadeia smente para membrs e identificu-se cm uma PME Se vcê estiver respndend a pedid ds investidres CC0.5: Selecine se vcê deseja cmpletar pedid de infrmações menr # CC0.6: Móduls FIM Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME 10

11 Orientaçã Gerais As infrmações inseridas na página de Intrduçã determinam aspects imprtantes d questinári. Essa é a razã pela qual vcê nã verá td cnjunt de questões antes de salvar cm êxit a página de intrduçã pel mens uma vez. Cas vcê já tenha respndid a CDP n an passad, as questões selecinadas nesta página pdem ser preenchidas autmaticamente (ver a rientaçã sbre questões específicas). Para fazer us dessa funçã, clique em cpy frm last year (cpiar d an passad) antes de intrduzir quaisquer dads na página. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC0.5. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Nã há mudança nas questões dessa página. Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC0.1, CC0.3 e CC0.4 nessa página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME As questões CC0.1, CC0.2, CC0.3, CC0.4 e CC0.5 nessa página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC0.1: Intrduçã Pr favr, faça uma descriçã e intrduçã geral de sua rganizaçã. Nã é necessári fazer uma intrduçã sbre sua empresa, mas pr favr, faça se assim quiser. CC0.2: An de Referência Q0.2: An base, pr favr infrme as datas de iníci e de fim d an para qual vcê está relatand dads. O an base atual é últim/mais recente períd de 12 meses para s quais s dads sã relatads. Insira as datas deste an em primeir lugar. Esse mesm períd de referência deve ser utilizad em suas respstas para Pedid de Infrmações, a mens que seja frnecid recurs para especificar utrs períds de declaraçã, pr exempl em móduls setriais específics. N mment CDP nã exige que as empresas alinhem an base cm seu an fiscal. Quand as empresas estiverem relatand a intensidade de emissões, usand uma métrica financeira, n entant, as infrmações sbre emissões e finanças frnecidas devem alinhar-se cm an base definid na respsta para esta questã. Pdems slicitar dads de mais de um períd para as questões de cntabilizaçã das emissões das páginas CC8, CC9 e CC10 d questinári. Pr favr, se vcê nã frneceu essa infrmaçã antes, u se fr a primeira vez que vcê respnde a um pedid de infrmações d CDP, frneça s dads ds três ans anterires a an atual. Se iss se aplica a vcê, frneça as datas desses mesms períds aqui. Tds s ans precisam ser inserids na rdem inversa, cmeçand pel an atual. Iss permitirá que vcê insira váris ans de dads quand chegar nas questões CC8, CC9 e CC10. A fim de reduzir a carga de trabalh assciada à preparaçã de relatóris das PME, este grup específic de empresas nã precisa frnecer s três ans de dads histórics. N entant, se a PME pssui s dads e s quer frnecer, elas devem seguir as instruções dadas acima. Em seguida, serã apresentadas cm questões que pedem pel ttal das emissões d Escp 1 d Escp 2 e a metdlgia utilizada para estimar essas emissões para s ans inserids na questã CC02. 11

12 Vcê também pde ptar pr reapresentar s dads anterirmente frnecids a CDP, pr exempl, para garantir que s dads histórics reflitam seu atual limite rganizacinal. Se quiser fazer iss, vcê deve frnecer períd da reapresentaçã aqui. Quand vcê atingir as páginas relativas a iss n questinári (páginas das questões CC8, CC9, CC10 e OG1-OG6 d módul setrial de Petróle & Gás para (s) an(s) para (s) qual(is) vcê deseja reapresentar s dads). Use camp de infrmações adicinais para infrmar-ns de que se trata de uma reapresentaçã e a razã para iss. Se huver uma mudança ns relatóris de ans anterires frnecids a CDP (pr exempl, de relatóri cm an civil para relatóri d exercíci financeir, u vice-versa) para que nv an de exercíci sbrepnha-se a an d relatóri d an passad, vcê deve antar tal fat n camp de infrmações adicinais na parte inferir da página de Intrduçã. Se frem frnecids diverss dads, apenas s relativs a an reprtad mais recente serã pntuads. Pr favr insira as datas n seguinte frmat: Dia(DD)/Mês(MM)/An(AAAA) na íntegra, u seja, 31/01/2001. Insira s dads de trás para frente, ist é, a partir d an de referência mais recente. Recmendams que as empresas frneçam, se pssível, um an em que elas tenham dads cmplets. N entant, cas nã temha s dads de td seu an de referência, vcê tem as seguintes pções: 1. Extraplar s dads para cbrir td an de referência. Esta fnte ptencial de imprecisã pde ser registrada na respsta à questã CC8.5; u 2. Deixar em branc as questões que slicitam dads de emissões. CC0.3: Cnfiguraçã da lista de países Esta questã é exclusiva para s respndentes d Módul de Serviçs de Eletricidade. Cas deseje, esta questã pde ser deixada em branc se vcê nã estiver respndend este módul. O CDP fez uma análise de cust/benefíci a respeit de pedir a tdas as empresas que relatassem suas cnfigurações de país na CC0.3 e, após feedback que recebems de na nssa cnsulta pública de setembr de 2013, reslvems restringir a aplicabilidade desta questã apenas para s respndentes d módul de serviçs de eletricidade (EU). Outr mtiv para a decisã é fat de que as empresas devem relatar na questã CC8.4 tdas as exclusões de seus limites e, prtant, as respstas incluem as perações em tds s países que se enquadram em seus limites rganizacinais. Nã há pntuaçã para a questã CC0.3 e as empresas que nã respndem a módul EU nã precisam respnde-la, pdend deixá-la em branc. Mas a respsta pde ser mantida se, pr qualquer mtiv, a sua empresa ainda deseja relatar esta infrmaçã, u se a infrmaçã fi cpiada da respsta d an passad e vcê nã deseja retirá-la. As empresas de energia elétrica devem respnder a questã CC0.3, pis a seleçã ds países que vcê fizer nesta questã será mantida n módul de serviçs elétrics. Se vcê está respndend a módul de Serviçs de Eletricidade, selecine tds s países que vcê pera n menu suspens. Estes países serã mvids adiante para estruturar as páginas deste módul setrial. Além diss, se vcê excluir país depis de ter intrduzid dads para aquele país, s dads assciads também serã excluíds. As pções em "Select cuntry" (Selecinar país) incluem uma lista de países, "Rest d mund", "Espaç aére internacinal" e "Águas internacinais", mas nã há a pçã "Outrs, especifique". CC0.4: Seleçã da meda Selecine a meda de suas respstas. Tdas as infrmações financeiras cntidas nas respstas (questões CC3.3b e CC12.2) devem estar na meda esclhida. Pr exempl, se vcê selecinar USD($), a apresentar seus parâmetrs financeirs de intensidade em respsta à questã CC12.2, 2, suas respstas deverã estar em tneladas métricas de CO2e pr US$. 12

13 CC0.5: Selecine se vcê deseja cmpletar pedid de infrmações menr Se vcê estiver respndend a pedid de infrmações exclusiv para s membrs da cadeia de abasteciment, vcê pde ter recebid a pçã de respnder um pedid mais curt pr ter-se identificad cm alguém que satisfaz s critéris das Pequenas e Médias Empresas (PME u, em inglês, SME) n prtal d ORS. Eles sã um subcnjunt da lista cmpleta de questões e retêm sua numeraçã a partir d questinári cmplet. Assim, a numeraçã das questões apresentadas n questinári para as PME nã será necessariamente sequencial. As empresas elegíveis para s Questináris PME sã bem-vindas a mstrar sua liderança n camp d reprte sbre as mudanças climáticas, preenchend questinári cmplet. Se este fr cas, pr favr, selecine "N" aqui. CC0.6: Móduls Cm parte da slicitaçã de infrmações d Investr CDP, as empresas que pssuem atividades u bens de serviçs de eletricidade, as empresas ds setres de fabricaçã de autpeças u de autmóveis, as empresas d setr de petróle e gás e as empresas ds setres de tecnlgia da infrmaçã e telecmunicações devem respnder às questões cmplementares além das questões ds móduls centrais. Esses móduls sã apenas para as empresas cm atividades nestes setres. Estes Móduls nã devem ser respndids pelas empresas que apenas utilizam em seu trabalh eletricidade, autmóveis, petróle & gás u hardware/serviçs/prduts de TI u Aliments, Bebidas & Tabac. As empresas cm atividades nesses setres devem respnder as questões CC1-15 para tds negócis dentr de seus limites cnslidads e frnecer infrmações específicas referentes as setres em respsta às perguntas adicinais. Para determinads setres listads na tabela a seguir, um módul específic d setr (TIC, petróle & gás, empresas de energia elétrica, ABT u autmtiv) será incluíd autmaticamente na respsta e, dessa frma, nã aparece na página de intrduçã cm uma pçã. Se sua empresa ainda está na página de intrduçã e nã há caixa de seleçã para esclha d módul relevante, salve a intrduçã e passe para a próxima página. O módul aparecerá ali. A apresentaçã ds móduls depende da classificaçã da empresa de acrd cm Glbal Industry Classificatin Standard (GICS). Os padrões aplicáveis sã: Códig GICS (em nível sub industrial u setrial) Serviçs públics de Eletricidade Utilidades públicas de Multisserviç Explraçã e Prduçã de Petróle e Gás Grup Integrad de Petróle e Gás Petróle e Gás - Refin e Marketing Petróle & Gas Armazenagem & Transprte Aut Peças & Equipaments Fabricantes de Autmóveis 50 Serviçs de Telecmunicações 45 Tecnlgia da Infrmaçã Móduls setriais Módul ds Serviçs de Eletricidade Módul de Petróle & Gás Módul de Autmóveis Módul de TI e Cmunicaçã 3020 Prduts Alimentícis, Bebidas & Tabac Módul ABT 13

14 Bx 1: Abrdagem setrial d CDP A fim de prduzir uma açã direcinada e eficaz sbre as questões ambientais, CDP está aumentand seu fc ns setres mais imprtantes da indústria, pririzads pr sua dependência e impact sbre as áreas ambientais para as quais CDP reúne infrmações crprativas. Essa abrdagem abrdagem setrial d CDP - fi intrduzida após cnsultarms s investidres, as empresas e utrs stakehlders. A intrduçã da abrdagem setrial será gradativa e crrerá ns próxims três ans, inicialmente seu fc estará n pedid de infrmaçã ds investidres sbre mudanças climáticas e, em seguida, a abrdagem será expandida para cbrir áreas ambientais adicinais. O bjetiv da abrdagem setrial é prduzir dads mais significativs para s investidres, atacar as precupações relacinadas a ônus da preparaçã de relatóris, alterand s requisits de reprte ds setres mais imprtantes e, pr fim, elabrar uma metdlgia de pntuaçã que incentive a transparência e as ações setriais relevantes e específicas. Vcê pde ver sua classificaçã GICS na página de seu perfil (Prfile page). Para cnsultar sua classificaçã, envie para CDP em Cas nã tenha recebid um módul de setr adequad para a sua empresa respnder, assinale a pçã para selecinar módul abaix. Se quiser ver as questões previamente, visite: https://www.cdp.net/en- US/Pages/guidance.aspx. 14

15 Módul de Gestã CC1.Gvernança Fluxgrama das Questões As questões a seguir sã mstradas na página de Gvernança. CC1.1: Onde se encntra nível mais elevad de respnsabilidade pelas mudanças climáticas na sua empresa? Cas haja um respnsável u cmitê indicad pel Cnselh; Gestr Sênir; u utr Gestr Se nã huver indivídu u Cmitê cm respnsabilidade glbal sbre mudanças climáticas CC1.1a Identifique a psiçã d respnsável u nme d cmitê cm essa atribuiçã. CC1.2 Há incentivs para a gestã de assunts relacinads cm mudanças climáticas, incluind alcance de metas relativas a gás cm efeit de estufa (GHG)? Sim Nã CC1.2a Frneça mais detalhes sbre s incentivs para a gestã das mudanças climáticas FIM 15

16 Orientaçã Gerais Esta página destina-a a capturar a estrutura de gvernança da empresa cm relaçã às mudanças climáticas e inclui a questã de saber cm s indivídus se respnsabilizam pels riscs da mudança climática, pelas prtunidades e pelas ações, bem cm saber cm as recmpensas estã assciadas às ações. N cntext da presente seçã, Cnselh (também cnhecid cm "Cnselh de Administraçã" u "Cnselh Executiv") é grup de pessas nmeadas cm respnsabilidades cnjuntas para dirigir e supervisinar s assunts da empresa. Tdas as respstas feitas nesta seçã devem basear-se nas infrmações mais recentes dispníveis dentr d períd de reprte. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: A pçã da lista suspensa em CC1.1 Individuall/sub-set f the Bard r ther cmmittee appinted by the Bard (Indivídu/subgrup d Cnselh u utr cmitê designad pel Cnselh) fi alterada para incluir Cnselh: Bard r individual/sub-set f the Bard r ther cmmittee appinted by the Bard (Cnselh u indívidu/subgrup d Cnselh u utr cmitê designad pel Cnselh). Em CC1.2a, a terceira cluna (Indicadr de desempenh incentivad - Incentivized perfrmance indicatr) passu a ser uma lista suspensa. Fi adicinada uma quarta cluna "Cmentári" na questã CC1.2a. Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC1.1, CC1.1a, CC1.2 e algumas clunas da CC1.2a nessa página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique em cpy frm last year (cpiar d an passad) antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME Nenhuma das questões desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC1.1: Onde se encntra nível mais elevad de respnsabilidade pelas mudanças climáticas na sua empresa? Em respsta a esta questã, selecine a pessa adequada, u grup, entre as seguintes pções: Cnselh u indivídu/subgrup d Cnselh u utr cmitê designad pel Cnselh de Administraçã; Diretr/Gerente Sênir; i.e., a pessa de mair carg na rganizaçã cm respnsabilidade direta sbre mudanças climáticas está na equipe de gerenciament sênir, mas nã n Cnselh de administraçã Outr Gerente/Diretr; ex., a pessa de mair carg na rganizaçã cm respnsabilidade direta pr mudanças climáticas é um gerente/diretr que nã está na equipe de gerenciament sênir u n Cnselh de Administraçã; pr exempl, este pderia ser um líder de equipe/disciplina Nenhum indivídu u Cmitê cm respnsabilidade glbal pela mudança climática. Nte que esta questã refere-se à pessa cm respnsabilidade direta. Em terms prátics, esta é a pessa que estaria n tp da cadeia, gerenciand especificamente as infrmações sbre mudanças

17 climáticas. O CEO é respnsável pr tud na empresa e, prtant, em última análise, será respnsável pr assunts sbre mudança climática, n entant, esta questã prcura identificar respnsabilidades específicas em questões relacinadas às mudanças climáticas Enquant essa pde ser CEO, esse nã é necessariamente cas. Sua respsta a esta questã leva a questã CC1.1a abaix. Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pnts pela seleçã de uma pçã d menu suspens. Pntuaçã de Desempenh: Nã existem pnts de desempenh assciads a esta questã, mas s pnts de desempenh para CC1.1 afetam a pntuaçã de desempenh em CC1.1a. CC1.1a Identifique a psiçã d respnsável u nme d cmitê cm essa atribuiçã. Esta questã só irá aparecer se vcê tiver selecinad uma das seguintes pções em respsta à questã CC1.1: Cnselh u Indivídu/subcmitê d Cnselh u cmitê indicad pel Cnselh; Gestr Sênir; u utr Gestr Use a caixa de text para identificar (i) títul d carg d indivídu u nme d Cmité e (ii) uma descriçã de sua psiçã na estrutura crprativa. Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Dentr da pntuaçã pssível para esta questã, a empresa receberá zer quand a respsta nã estiver em cnsnância cm a seleçã efetuada n menu suspens da questã CC1.1 Pntuaçã de Desempenh: Esta questã só será pntuada se fi apresentad para a empresa. Dentr da pntuaçã pssível para esta questã, a empresa receberá zer quand a respsta nã estiver em cnsnância cm a seleçã efetuada n menu suspens da questã CC1.1 CC1.2 Há incentivs para a gestã de assunts relacinads cm mudanças climáticas, incluind alcance de metas relativas a gás cm efeit de estufa (GHG)? Respnda a esta questã selecinand "Yes" u "N" n menu suspens. Observe que s incentivs pdem ser psitivs (u seja, dar alg às pessas) u negativ (barrar acess a alg). A selecinar "yes", vcê é direcinad para a questã CC1.2a abaix. Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pnts pela seleçã de uma pçã d menu suspens. Pntuaçã de Desempenh: Nã existem pnts para esta questã, mas s pnts de desempenh para CC1.2 afetam a pntuaçã de desempenh em CC1.2a. CC1.2a: Frneça mais detalhes sbre s incentivs para a gestã das mudanças climáticas Esta questã smente aparece se vcê respnder "yes" à questã CC1.2 (veja acima). O funcinári (selecinad na cluna 1) deve estar cmpatibilizad cm tip de incentiv e indicadr (cluna 2 e 3). As entradas nas clunas 1, 2 e 3 devem ser selecinadas a partir de listas mstradas na tabela a seguir. A Cluna 4 é uma caixa de text cm limite de caracteres. 17

18 Quem tem direit de se beneficiar desses incentivs? Selecine: Presidente d Cnselh Cnselh de Administraçã/Diretria Diretr d Cnselh Equipe de Executivs Chief Executive Officer (CEO) Diretr financeir (CFO) Diretr de Operações (COO) Diretr executiv Grup de gerenciament Gerentes de unidades de negócis Gestres de energia Gestres de ambiente/sustentabilidade Gerentes de instalações Gerentes de peraçã d prcess Gerentes de relações públicas Gestres de risc Tds s funcináris Outrs, especifique Tips de incentivs Selecine: Recmpensa mnetária Recnheciment (nã mnetári) Outra recmpensa nãmnetária Indicadr de desempenh incentivad Seleçã múltipla: Prjet de reduçã de emissões Meta de reduçã de emissões Prjet de reduçã de energia Meta de reduçã de energia Prjet de eficiência Meta de eficiência Indicadr de mudança cmprtamental Outr, especifique Cmentáris Camp de Text [Máx caracteres] Váris incentivs pdem ser selecinads, usand btã "Add rw" (Adicinar linha) n cant inferir direit da tabela. Tips de incentivs Selecine um ds seguintes incentivs: Mnetári: um bônus u alguma frma de remuneraçã financeira; Recnheciment (nã mnetári): Prêmi funcinári (pr exempl, funcinári d an) u regime de prgressã na carreira, mas nã ligad diretamente a qualquer frma de remuneraçã financeira; Outras recmpensas nã-mnetárias: incluind um mair subsídi de férias, atribuições especiais, estacinament, etc. Indicadres de desempenh incentivad Esta cluna aceita seleções múltiplas. Selecine uma u mais das seguintes pções marcand a caixa a lad d valr. Os indicadres de desempenh incentivads incluem A implementaçã de prjets que cnduzem a ecnmias de frma ativa nas emissões, energia, e/u que prmvem eficiência Metas: Desempenh que resulta em prgress da meta da sua empresa. Mudança de cmprtament: incluind indicadres que cntribuam para a melhria da reputaçã crprativa glbal, taxa de participaçã ds empregads em atividades ambientais, educaçã ds funcináris. Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; a tabela deve ser cmpletada para btençã de pntuaçã máxima. Pntuaçã de Desempenh: Esta questã recebe pntuaçã; para btençã de pntuaçã máxima, a tabela deve ser cmpletada e as respstas devem ser particulares. 18

19 CC2. Estratégia Fluxgrama das Questões As questões a seguir sã mstradas na página de Estratégia. CC2.1 Selecine a pçã que melhr descreve seus prcediments de gestã de riscs e prtunidades relacinads às mudanças climáticas Integrad a td prcess de gestã de riscs da cmpanhia u prcesss específics de gestã de riscs da mudança climática Cas selecine "Nã há nenhum prcess dcumentad para avaliar e gerenciar s riscs e as prtunidades relacinads à mudança CC2.1a: Frneça mais detalhes sbre seus prcediments de gestã de riscs e prtunidades relacinads às mudanças climáticas CC2.1b: Descreva cm seus prcesss de identificaçã de riscs e prtunidades sã aplicads na empresa e ns ativs CC2.1d: Explique pr que vcê nã tem um prcess ativ para avaliar e gerenciar s riscs e prtunidades gerads pela mudança climática, e infrme se vcê planeja intrduzir tal prcess n futur CC2.1c Cm vcê pririzar s riscs e as prtunidades identificadas? CC2.2: A mudança climática está integrada a sua estratégia de negócis?# Sim CC2.2a: Descreva prcess de cm a mudança climática está integrada em sua estratégia de negócis e quaisquer resultads d prcess# Nã CC2.2b Explique prque nã# CC2.2c Sua empresa utiliza preç intern de carbn? Sim CC2.2d Frneça detalhes e exempls de cm sua empresa utiliza preç intern de carbn CONTINUA Nã, mas pretendems utilizar ns próxims 2 ans Nã, e atualmente nã pretendems utilizar ns próxims 2 ans 19

20 CC2.3: Sua empresa está engajada em atividades que pssam, direta u indiretamente, influenciar a plítica na área de mudanças climáticas de alguma das seguintes maneiras? (Marque tdas que se aplicam) Envlviment diret cm plicy makers Assciações Cmerciais Financiament de rganizações de pesquisa Outr Nã CC2.3a: Em que aspects a empresa está envlvida? CC2.3d: A sua empresa divulga uma lista cm tdas as rganizações de pesquisa que financia? CC2.3b: A sua empresa faz parte d Cnselh de quaisquer assciações cmerciais u ferece api financeir além de assciaçã? CC2.3e: A sua empresa financia alguma rganizaçã para prduzir trabalhs públics sbre mudanças climáticas? Sim Nã Sim Nã CC2.3c: Pr favr, insira s detalhes sbre as assciações que estã mais prpensas a tmar uma psiçã em relaçã à legislaçã sbre mudanças climáticas CC2.3f: Pr favr descreva esse trabalh e cm ele se alinha cm a sua própria estratégia sbre as mudanças climáticas. CC2.3g: Favr frnecer detalhes sbre as utras atividades de envlviment CC2.3h: Que medidas sã tmadas para garantir que tdas as suas atividades diretas e indiretas sã cnsistentes cm a estratégia glbal de mudanças climáticas da sua empresa? CC2.3i: Explique pr que nã está envlvid cm s plicy makers CC2.4 O cnselh de diretres de sua rganizaçã apiaria um acrd internacinal entre s gverns sbre mudanças climáticas cuj bjetiv fsse limitar aument da temperatura glbal abaix ds dis graus Celsius ds níveis pré-industriais, em cnsnância cm s cenáris d IPCC, cm, pr exempl, RCP2.6? Nã Sim Sem piniã CC2.4a Descreva a psiçã d cnselh de sua empresa sbre as cnsequências de um acrd eficaz para sua rganizaçã e atividades empreendidas pr sua empresa para ajudar a frmalizar este acrd em 2015, na Cnferência das Nações Unidas sbre Mudanças Climáticas de Paris (COP 21). FIM 20

21 Ntes: # Questin included in the SME questinnaire Orientaçã Gerais Esta seçã cncentra-se sbre s prcesss e as estratégias que sua rganizaçã utiliza para estruturar sua abrdagem à mudança climática. As respstas dadas nesta seçã devem ser relativas a períd d relatóri, mesm que tenham sid feitas revisões para a estratégia entre períd d relatóri e mment da apresentaçã de sua respsta CDP. Quand fr cas, vcê pderá incluir mais infrmações atualizadas em further infrmatin na parte inferir da página. Essas infrmações nã irã gerar pntuaçã, mas estarã dispníveis para s investidres que lerã sua respsta. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: A pçã da lista suspensa em CC2.1a Individuall/sub-set f the Bard r ther cmmittee appinted by the Bard (Indivídu/subgrup d Cnselh u utr cmitê designad pel Cnselh) fi alterada para incluir Cnselh: Bard r individual/sub-set f the Bard r ther cmmittee appinted by the Bard (Cnselh u indívidu/subgrup d Cnselh u utr cmitê designad pel Cnselh). A Questã CC2.3d fi alterada para refletir as rientações de estil d CDP. CC2.2c e CC2.2d sã questões nvas. Desejams saber se sua empresa pssui preç intern de carbn. CC2.4 e 2.4a sã questões nvas para saberms se Cnselh de sua empresa apiaria um acrd internacinal sbre mudanças climáticas. Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC2.1, CC2.2, CC2.2a, CC2.2b nesta página estã qualificadas para pré-preenchiment. Além diss, alguns dads das seguintes questões serã qualificads para preenchiment autmátic: CC2.3, CC2.3a, CC2.3b, CC2.3c, CC2.3d, CC2.3e, CC2.3f, CC2.3g, CC2.3h e CC2.3i. Para utilizar essa funçã, clique em cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME As questões CC2.2, CC2.2a e CC2.2b nesta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC2.1 Selecine a pçã que melhr descreve seus prcediments de gestã de riscs e prtunidades relacinads às mudanças climáticas Esta questã deve ser respndida, selecinand uma das três pções dispníveis: Integrads as prcesss de gerenciament de risc multidisciplinares de tda a empresa Um prcess dcumentad em que s riscs e as prtunidades das mudanças climáticas estã integrads a prgrama de gerenciament de riscs crprativs centralizad da empresa, abrangend tds s tips/fntes de pssíveis riscs e prtunidades Um prcess específic de gerenciament de riscs de mudanças climáticas Um prcess dcumentad que leva em cnsideraçã s riscs e prtunidades da mudança climática de frma separada ds utrs riscs e prtunidades empresariais Nã há prcesss dcumentads para avaliaçã e gestã ds riscs e prtunidades das mudanças climáticas 21

22 Se vcê tiver mais de um prcediment em peraçã em sua rganizaçã, pr favr, selecine aquele que é empregad cm mair frequência. Sempre que huver um prcediment em funcinament vcê terá a prtunidade de frnecer mais detalhes em respsta à questã CC2.1a - CC2.1c (veja abaix). Se vcê nã tem um prcess em funcinament, vcê deverá explicar pr que nã em CC2.1 d. Pntuaçã de divulgaçã: Pnts sã cncedids para a seleçã de uma pçã d menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas a respsta dada em CC2.1 afetará a pntuaçã de desempenh de CC2.1a CC2.1a: Frneça mais detalhes sbre seus prcediments de gestã de riscs e prtunidades relacinads às mudanças climáticas Se questã smente aparecerá se vcê tiver selecinad integrad a td prcess de gestã de riscs da cmpanhia u prcesss específics de gestã de riscs da mudança climática na questã CC2.1 acima. Vcê deve respnder a esta Questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. Frequência de mnitrament Selecine: A cada seis meses u mais frequentemente Anualmente A cada dis ans Espradicamente, nã definid Nunca A quem sã relatads s resultads? Selecine: Cnselh u Indivídu/subgrup d Cnselh u utr cmitê designad pel Cnselh de Administraçã; Outr cmitê Diretr/Gerente Sênir; Outr Gerente/Diretr; Ninguém Áreas gegráficas cnsideradas Este é um camp de text abert, cm um limite de 500 caracteres. Em que limite tempral s riscs sã levads em cnta? Selecine: Até 1 an 1 a 3 ans 3 a 6 ans > 6 ans Descnhecid Cmentári Este é um camp de text abert, cm um limite de caracteres. A quem sã relatads s resultads? Sua respsta nesta cluna deve cnstar apenas de relatóris interns, excluind grups externs tais cm investidres e clientes. Pntuaçã de Divulgaçã: Pnts sã cncedids para preenchiment das clunas 1 a 4 Pntuaçã de desempenh: Esta questã será pntuada cas seja apresentada; s pnts sã cncedids cm base n nível de açã indicada pr clunas 1, 2 e 4. 22

23 CC2.1b: Descreva cm seus prcesss de identificaçã de riscs e prtunidades sã aplicads na empresa e ns ativs Esta questã smente aparecerá se vcê tiver selecinad integrad a td prcess de gestã de riscs da cmpanhia u prcesss específics de gestã de riscs da mudança climática na questã CC2.1 acima. Essa questã pergunta sbre prcess de identificaçã de riscs e prtunidades relacinads às mudanças climáticas e nã sbre s riscs e as prtunidades inerentes e específicas que sua rganizaçã pde enfrentar - estas serã divulgadas nas questões CC5.1 e CC6.1. N entant, se desejar, vcê pde usar exempls para ilustrar a sua descriçã d prcess. Cm s riscs/prtunidades sã avaliads na empresa prpriamente dita (pr exempl, risc à reputaçã pde ter impact na empresa tda), e cm s riscs/prtunidades sã avaliads em relaçã a nível d imbilizad (pr exempl, impacts físics pdem afetar instalações individuais). O nível d imbilizad é definid cm qualquer cisa abaix d nível empresarial, cm lcais individuais e subsidiárias. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida; sua respsta nã deve ter mais de caracteres. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. Pntuaçã de Divulgaçã: Pnts sã cncedids para preenchiment das clunas 1 a 4 Pntuaçã de desempenh: Esta questã será pntuada cas seja apresentada; s pnts sã cncedids cm base n nível de açã indicada pr clunas 1, 2 e 4. CC2.1c: Cm vcê pririza s riscs e as prtunidades identificadas? Esta questã smente aparecerá se vcê tiver selecinad integrad a td prcess de gestã de riscs da cmpanhia u prcesss específics de gestã de riscs da mudança climática na questã CC2.1 acima. O bjetiv desta questã é identificar s critéris para a determinaçã de priridades em relaçã as riscs e prtunidades da mudança climática. A respnder esta questã, as empresas devem ter em cnta seus prcesss de análise de riscs e avaliaçã de riscs. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida; sua respsta nã deve ter mais de caracteres. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. CC2.1d: Explique pr que vcê nã tem um prcess ativ para avaliar e gerenciar s riscs e prtunidades gerads pela mudança climática, e infrme se vcê planeja intrduzir tal prcess n futur Esta questã só aparecerá se vcê tiver selecinad "Nã há prcesss dcumentads para avaliaçã e gestã ds riscs e prtunidades relacinads às mudanças climáticas" na questã CC2.1 acima. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. 23

24 Principal mtiv pr nã ter um prcess Selecine: Recurss insuficientes para cmpletar a avaliaçã de risc Nã há exigência da gestã Dads suficientes sbre as perações Nenhum prcess de gestã de risc ativ Cnheciment insuficiente ds impacts da mudança climática Outrs, especifique Planeja intrduzir um prcess? Selecine: Sim Nã Cmentári Caixa de text (máxim: 1500 caracteres) Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Para bter pntuaçã máxima, preencha as clunas 1 e 2 Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas ela é apresentada às empresas que respnderam "Nã há prcesss dcumentads..." à questã CC2.1 e, prtant, receberã uma penalidade em sua pntuaçã de desempenh das questões anterires. CC2.2 A mudança climática está integrada a sua estratégia de negóci? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens. Vcê deve respnder "yes" quand a necessidade de reduzir as emissões de carbn, a necessidade de adaptaçã à mudança climática e as impacts energétics relacinads (psitivs u negativs), a necessidade de capitalizar as prtunidades apresentadas pela mudança climática u quand a necessidade de cmunicar/aprender mais sbre a mudança climática estiverem integrads na estratégia geral de negócis da empresa. Cm tal, é parte da estratégia de cresciment das receitas da empresa, a invés de ser tratada unicamente n nível peracinal. A respsta Yes" irá direciná-l à questã CC22a nde vcê terá a prtunidade de ferecer mais explicações. Vcê deve respnder "n" se s impacts/prtunidades das mudanças climáticas u as reduções de emissões de carbn nã tiverem qualquer influência na estratégia geral da empresa para desenvlviment de seu negóci. A respsta "n" irá direciná-l à questã CC2.2b, nde vcê terá a prtunidade de ferecer melhres explicações. Pntuaçã de Divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas a respsta dada em CC2.2 afetará a pntuaçã de desempenh de CC2.2a e CC2.2b. CC2.2a: Descreva prcess de cm a mudança climática está integrada em sua estratégia de negócis e quaisquer resultads d prcess Esta questã smente será apresentada se vcê respndeu "yes" à questã CC2.2 (veja acima). Respnda esta questã na caixa de text frnecida, nã utilize mais que caracteres. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. Esta questã pergunta sbre prcess pel qual a sua estratégia fi influenciada e s resultads desse prcess. Se desejar, vcê pde frnecer uma descriçã da sua estratégia de negócis para ferecer infrmações (petróle & gás, energia elétrica e empresas d setr de autpeças/autmóveis devem ver as slicitações de infrmações específicas de seus setres abaix). N entant, serã cncedids pnts 24

25 de divulgaçã e desempenh apenas para s dads relacinads a prcess e as resultads, cnfrme especificad abaix. Esta questã está fcada na estratégia de negócis d grup, u seja, a entidade empresarial cmpleta que vcê está relatand. N entant, cas seja mais aprpriad, vcê pde querer cmentar sbre as estratégias das divisões (unidades empresariais). Se vcê está respndend a pedid d Supply Chain, inclua também infrmações específicas sbre a entidade requerente, u seja, unidades de negóci relevantes. Sua respsta deve abranger s seguintes pnts: i. Cm a estratégia de negócis fi influenciada, u seja, s prcesss interns de cleta/reprte infrmações cm influência sbre a estratégia; ii. Quais aspects da mudança climática influenciaram a estratégia, pr exempl, a necessidade de adaptaçã, as mudanças regulatórias u prtunidades para desenvlver um green business? iii. Os cmpnentes mais imprtantes da estratégia de curt praz que fram influenciads pelas mudanças climáticas (pr exempl, mudanças nas práticas peracinais, mudanças na frma em que s negócis sã cmunicads, etc.). Curt praz pde significar atual. Se a mudança climática só afetu a estratégia de lng praz, este fat deve ser mencinad; iv. Os cmpnentes mais imprtantes da estratégia de lng praz que fram influenciads pelas mudanças climáticas (pr exempl, mudança de fc d núcle de negócis, desenvlviment e incrpraçã de nvas tecnlgias, etc.). Cas a mudança climática só tenha afetad a estratégia de curt praz, este fat deve ser mencinad; v. Cm iss está lhe ferecend vantagens estratégicas em relaçã as seus cncrrentes; vi. Quais fram as decisões de negócis mais imprtantes, tmadas durante an base, que fram influenciadas pr aspects direcinads às mudanças climáticas da estratégia (pr exempl, investiment, lcalizaçã, aquisições, M&A, R&D). A decisã de negócis e aspect das mudanças climáticas que influenciaram a decisã de negócis devem estar claras na respsta. Se nã huver nada a ser relatad, iss deve ser mencinad. A definiçã de curt e lng praz deve ser feita pela empresa, já que elas significam cisas diferentes em diferentes indústrias (digams, indústria da mda em relaçã à de infraestrutura). As empresas devem indicar que entendem pr curt u lng praz usand datas na respsta. Salv indicaçã em cntrári presume-se que "curt" e "lng praz" pssuem dez u mais ans de diferença. É preferível, embra nã essencial, que sua respsta seja frmatada para distinguir entre s pnts acima expsts, enumerand s parágrafs para cincidir cm s pnts relevantes. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. CC2.2b Explique prque a mudança climática nã está integrada em sua estratégia de negócis Esta questã smente aparece se vcê respnder "yes" à pergunta CC2.2 (veja acima). Pr favr respnda usand a caixa de text frnecida, detalhand (i) pr que a mudança climática nã está integrada na sua estratégia de negócis e (ii) se vcê espera integrá-la n futur. Pr exempl, a mudança climática pde ter puc efeit sbre s negócis pr causa da natureza de seus prduts e serviçs. A explicaçã deve ser a mais cmpleta pssível. Esta respsta tem um limite de caracteres. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. 25

26 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas smente será apresentada se as empresas respnderam N em CC2.2. Cas seja apresentada, haverá penalidade para a pntuaçã de desempenh. Orientaçã para as empresas d Setr de Petróle e gás, Serviçs Públics de Eletricidade e Fabricantes de Autpeças e Autmóveis. As empresas destes setres devem ler as rientações setriais específicas para as questões sbre riscs e prtunidades antes de respnder a esta questã. A rientaçã cntém uma série de pnts que s grups de investidres querem que estes setres cnsiderem em suas respstas às questões sbre s riscs e prtunidades e pde ser que vcê queria cnectar alguns desses pnts cm suas respstas às questões sbre a integraçã da mudança climática da seçã sbre estratégia de negócis. Nã faça referências cruzadas às respstas sbre riscs e prtunidades na sua respsta às questões acima. Pr favr, dê uma respsta cmpleta a essas questões na seçã de estratégia de negócis ns camps de entrada frnecids. Questões adicinais sã também abrdadas abaix. Empresas d Setr de Petróle e Gás: Discuta, se fr cas, a metdlgia para a integraçã ds riscs físics e regulatóris da mudança climática na estratégia da empresa, as decisões de investiment e gestã de riscs, incluind as premissas utilizadas. Sempre que pssível, frneça exempls ilustrativs das supsições feitas sbre as decisões específicas de investiment. Vcê deve também discutir - se relevantes - a diversificaçã da sua carteira cm prduts cmbustíveis nã fósseis e de baix carbn (pr exempl, gás natural, bicmbustível e energias renváveis) e a estratégia para desenvlviment da tecnlgia de captura e sequestr de carbn, incluind as áreas de tecnlgia em fc e áreas distintas de frça, as quais sua empresa acredita pssuir. Pr favr, frneça a metdlgia utilizada para a integraçã ds preçs futurs d carbn em suas estratégias de explraçã de hidrcarbnets e decisões de investiment, cm as supsições utilizadas. Sempre que pssível, frneça exempls ilustrativs das supsições feitas sbre as decisões específicas de investiment. Empresas d Setr Elétric: As empresas devem examinar tdas as ações em suas estratégias para a incrpraçã de uma energia renvável, captura & sequestr de carbn, tecnlgias de carvã mais limpas e armazenament de energia. Fabricantes de Autpeças e Autmóveis: Os fabricantes devem discutir: As ligações entre s riscs e as metas para s seus prduts n grup e, se fr esse cas, para s mercads específics na ecnmia de cmbustível u nas reduções de emissões de gases de efeit estufa pr unidade de distância (express em gco2e/unidade de distância) e incluir uma referência a quaisquer cntrles nrmativs e a linha de base cntra a qual desempenh é medid; Expansã para veículs híbrids u cmpletamente elétrics e tecnlgia de célula de cmbustível. 26

27 CC2.2c Sua empresa utiliza preç intern de carbn? Esta pergunta deve ser respndida, selecinand uma das três pções dispníveis: Sim Nã, mas pretendems utilizar ns próxims 2 ans Nã, e atualmente nã pretendems utilizar ns próxims 2 ans Se vcê selecinar "Sim" vcê será direcinad para a quesetã CC2.2d; Se vcê selecinar "nã, mas nós pretendems utilizar ns próxims 2 ans" u "nã, e atualmente nã pretendems utilizar ns próxims 2 ans" vcê pde prsseguir para a próxima questã (CC2.3). Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.2d Frneça detalhes e exempls de cm sua empresa utiliza preç intern de carbn Esta questã smente aparece se vcê respnder "Sim" à questã CC2.2c (Veja acima). Respnder utilizand a caixa de text frnecida, sempre que pssível detalhe {ut2}i) escp das emissões (Escp 1, 2 e/u 3); ii) a justificativa para a utilizaçã de um preç; iii) preç real utilizad; iv) variações ds preçs a lng d temp e entre regiões gegráficas; v) respnsável pela determinaçã d preç; e vi) exempls de cm preçs d carbn afetam as decisões de investiment. A explicaçã deve ser a mais cmpleta pssível. Esta respsta tem um limite de caracteres. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Bx 2: Preç intern d carbn Muits países estã explrand plíticas climáticas eficazes e, cada vez mais, cmeçam a utilizar s sinais d mercad - pr exempl, impsts sbre carbn e regimes de cap and trade, cm elements essenciais das ações direcinadas às mudanças climáticas. N cntext deste ambiente regulatóri mutante e incert, as grandes e as pequenas empresas de váris setres, incluind setr de energia, estã incrprand a prjeçã futura de mudanças n regulament de emissões de gases de efeit estufa em sua tmada de decisã estratégica, pr mei d preç intern d carbn, também cnhecid cm um preç smbra u preç scial. O preç intern d carbn é geralmente uma supsiçã cmercial de que a mudança climática e s regulaments assciads a carbn cnstituem um risc e uma prtunidade inerentes das empresas. Ele pde ser vist cm 27

28 uma estratégia para a gestã de risc a lng praz, e um mei de quantificar e cmunicar ptencial impact das nrmas atuais u futuras sbre mudanças climáticas as seus negócis. Cnfrme fi demnstrad em um relatóri redigid pel Pact Glbal da ONU, intitulad Business leadership criteria: carbn pricing (Critéris de liderança empresarial: precificaçã d carbn), independentemente d estad das nrmas atuais, a definiçã de um preç intern para carbn reduz de frma significativa as emissões, reduz s riscs da mudança climática e prprcina decisões de investiment em tecnlgias mais eficientes em terms energétics. O preç intern de carbn pde manifestar-se de diversar maneiras. Ele pde ser usad cm uma ferramenta de planejament, u cm um métd para gerar eficiência energética, reduçã das emissões e cm rientadr das decisões de investiment de capital. Mais exempls sbre cm as empresas líderes já precificam carbn internamente pdem ser encntrads n relatóri d CDP, intitulad Crprate use f carbn prices (Us crprativ ds preçs de carbn). As empresas que peram em ambientes regulamentads, tais cm a Eurpa, pdem já ter incrprad preç intern d carbn em suas decisões u mdels, tend cm base s preçs crrentes e suas prjeções futuras. Neste cas pr favr frneça detalhes cm ele fi incrprad em sua empresa. Para bter mais infrmações, pr favr, leia s seguintes dcuments: Use f internal carbn price by cmpanies as incentive and strategic planning tl. CDP, 2013 (Us d preç intern d carbn pr empresas cm ferramenta de planejament estratégica e incentiv). https://www.cdp.net/cdpresults/cmpanies-carbn-pricing-2013.pdf Para ver um exempl de cm utras rganizações já estã precificand carbn internamente, cnsulte: Crprate use f carbn prices. CDP, 2014 (Us crprativ ds preçs d carbn) https://www.cdp.net/cdpresults/cmpanies-carbn-pricing-implicatins-2014.pdf Business leadership criteria: carbn pricing UN Glbal Cmpact, 2014 (Critéris de liderança empresarial: precificaçã d carbn) https://www.unglbalcmpact.rg/dcs/issues_dc/envirnment/climate/carbn_pricing/c4c_carbnpricing_ 2014.pdf Statement: Putting a price n carbn. The Wrld Bank, (Prnunciament: um preç para crbn) CC2.3: Sua empresa está engajada em atividades que pssam, direta u indiretamente, influenciar a plítica na área de mudanças climáticas de alguma das seguintes maneiras? (Marque tdas que se aplicam) Envlviment diret cm frmuladres de plíticas Assciações Cmerciais Financiament de rganizações de pesquisa Outr Nã Se vcê se envlve em atividades que pdem, direta u indiretamente, influenciar as plíticas de mudanças climáticas selecine pel mens uma das quatr primeiras pções (Envlviment diret, Assciações Cmerciais, Organizações de financiament de pesquisa u utr) marcand a caixa adjacente. Se mais de uma se aplica a seu cas, vcê pde selecinar várias caixas. Esta questã está fcada n envlviment extern cm s frmuladres de plíticas, departaments gvernamentais u rganisms regulatóris em nível reginal, lcal, nacinal e internacinal. As respstas devem ser relevantes apenas para an de referência, e devem apenas ser reprtadas se vcê se envlveu em alguma das atividades acima mencinadas que pdem influenciar as plíticas de mudanças climáticas. Se vcê tem diversas atividades que nã pdem ser descritas cm envlviment diret, envlviment através de assciações cmerciais u envlviment através de rganizações de financiament de pesquisa, entã selecine Other (utr) - vcê terá a prtunidade de explicar tdas as atividades de envlviment que incluiu em Other em uma questã subsequente. 28

29 Haverá uma ampla gama de atividades a serem cnsideradas para enquadrar cada uma dessas pções. Em respsta a essa questã, pr favr, selecine tdas as que se aplicam, independentemente de seu papel e d quã significativas essas atividades sã para sua empresa u para terceirs. Para assciações cmercias e rganizações de financiament de pesquisa, vcê deve identificar quaisquer relações quand a utra parte tem um papel ativ nas mudanças climáticas mesm se sua relaçã cm a parte nã estiver fcada nas mudanças climáticas. Vcê terá a prtunidade de descrever seu envlviment em questões subsequentes. Maires rientações e exempls ds tips de atividade que pderiam se enquadrar em cada categria sã dads na Bx 3 abaix. Apenas se vcê nã se envlveu em nenhum relacinament cm frmuladres de plíticas, direta u indiretamente, selecine n marcand a caixa adjacente. Nã selecine n juntamente cm uma das utras pções, pis seria uma respsta ilógica. As seleções feitas nessa questã determinarã que utras questões irã aparecer nessa página, cnfrme detalhad n fluxgrama n iníci dessa seçã e na rientaçã à questã abaix. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; s pnts sã cncedids pela esclha de uma u mais caixas de seleçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Bx 3: Exempls de atividade de envlviment (engajament) Envlviment diret: Inclui tdas as atividades em que as empresas (u seus representantes, tais cm escritóris jurídics, u agências de relações públicas diretamente envlvidas cm a empresa) se envlvem cm frmuladres de plíticas n desenvlviment de leis. Os exempls de tais atividades incluem: respnder a cnsultas u participar de um grup de trabalh u atividades de lbby direcinadas a indivídus u grups que sã parte d prcess de frmulaçã de plíticas. O envlviment diret pde incluir qualquer etapa d prcess de desenvlviment da plítica, desde a seleçã de pções até s cmentáris finais da cnsulta, mas nã inclui cumpriment da legislaçã, uma vez que tenha entrad em vigr. Assciações Cmerciais: As assciações cmerciais (às vezes chamadas de assciações industriais) sã uma assciaçã de pessas u empresas em determinad negóci u cmérci, rganizadas para prmver seus interesses cmuns. Sua relevância nesse cntext é a de que elas representam uma vz da indústria n gvern cm bjetiv de influenciar as plíticas de desenvlviment. A mairia das rganizações é membr de diversas rganizações cmerciais, muitas das quais tmam psiçã nas mudanças climáticas e se envlvem ativamente cm frmuladres de plíticas n desenvlviment de plíticas e legislaçã em favr de seus membrs. Recnhecese que, em muits cass, as empresas sã membrs passivs das assciações cmerciais e, prtant, nã participam ativamente em seu trabalh sbre mudanças climáticas. Iss será investigad nas questões subsequentes e, prtant, se vcê é membr de uma assciaçã cmercial que se envlve cm mudanças climáticas, independentemente de seu própri envlviment, vcê deve marcar trade assciatins (assciações cmerciais) na questã CC2.3. Organizações de financiament de pesquisa: Nesse cntext, as rganizações de pesquisa pdem incluir instituts de pesquisa, grups de reflexã (think tanks) e utras cnsultrias que atuam na área de estud das mudanças climáticas em prjets destinads à divulgaçã pública que visam influenciar as plíticas. O trabalh que vcê delega u api que vcê ferece a 29

30 elas pde estar, u nã, relacinad às mudanças climáticas, entretant, se elas se envlvem n trabalh relacinad às mudanças climáticas, vcê deve identifica-las aqui. Outr: Exempls de ( Other ) utras atividades incluem, mas nã estã limitads a: Relacinament diret cm funcináris u departaments d gvern em questões que vã além da legislaçã relativa às mudanças climáticas, pr exempl, estratégias de aquisições verdes (u sustentáveis); Participaçã de prjets de mudanças climáticas em nme ds gverns; Realizaçã u participaçã de prjets de pesquisa cm intuit de infrmar sbre desenvlviment u a implementaçã de plíticas; Relacinar-se cm frmuladres de plíticas através de grups (lcal, nacinal u internacinal) além das assciações cmerciais (diretamente u através de financiament); Relacinament cm s gverns através de grups mntemátics cm um prpósit especial, pr exempl, cntra um prjet de lei em particular, u um prjet de desenvlviment; Patrcíni u participaçã em events sbre mudanças climáticas cm um públic cmpst pr frmuladres de plíticas; Prduçã de utrs meis de cmunicaçã (pr exempl, víde, blg, mídia scial) que visem influenciar s frmuladres de plíticas sbre as mudanças climáticas. Para bter mais infrmações, cnsulte "Guide fr Respnsible Crprate Engagement in Climate Plicy" (Orientações para Emvlviment Crprativ Respnsável em Plíticas Climáticas) prduzid em 2013 pel CDP juntamente cm Pact Glbal da ONU, Ceres, The Climate Grup, WWF e Wrld Resurces Institute: https://www.unglbalcmpact.rg/dcs/issues_dc/envirnment/climate/guide_respnsible_crprate_engage ment_climate_plicy.pdf CC2.3a: Em que aspects a empresa está envlvida cm frmuladres de plíticas? Esta questã aparece apenas se "Envlviment diret cm plicy makers" estiver marcad em respsta à questã CC2.3. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletad a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Fc em legislaçã Psiçã Crprativa Detalhes d envlviment Selecine: Selecine: Caixa de text Reprte brigatóri de carbn Api (máxim: 2400 Tampã e cmérci Api cm pequenas caracteres) Impst sbre carbn exceções Eficiência energética Api cm grandes Geraçã de energia limpa exceções Resiliência/Adaptaçã Neutr Financiament climátic Opsiçã Nrmas sbre emissã de Indecisã metan Outrs, especifique Sluçã legislativa prpsta Caixa de text (máxim: 2400 caracteres) É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Outras rientações sbre cm cncluir cada cluna é frnecida abaix. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Fc em legislaçã Essa cluna relacina a área geral à qual a legislaçã em que vcê está se envlvend se enquadra. Ist permite as investidres e utrs usuáris ds dads avaliarem evluções legislativas cmparáveis em várias lcalidades. Se nenhuma das pções se aplica, 30

31 selecine Other e insira fc da legislaçã na caixa de text que aparece. Observe que vcê terá a prtunidade de frnecer detalhes da legislaçã nas clunas subsequentes. Nã é necessári frnecer detalhes sbre tds s tips de leis apenas sbre as quais vcê se envlveu ativamente n an de referência. Psiçã Crprativa Essa deve refletir sua psiçã glbal sbre esse tip específic de legislaçã. Pr exempl: Pr exempl: Api selecine essa pçã se vcê está engajad cm api ttal a esse tip de legislaçã em tdas as lcalidades em que vcê está engajad. Api cm pequenas exceções selecine essa pçã se vcê está envlvid cm api a esse tip de legislaçã, quer seja cm pequenas exceções à abrdagem u cm pequenas exceções às lcalidades às quais está send prpsta e nde vcê está ativamente envlvid. Além diss, se vcê apia s princípis d impst sbre carbn, mas se põe a determinadas maneiras pelas quais ele está send aplicad, selecine essa pçã. Vcê terá a chance de explicar na próxima cluna. Api cm grandes exceções selecine essa pçã se vcê está envlvid cm api desse tip de legislaçã quer seja cm grandes exceções à abrdagem u cm grandes exceções às lcalidades às quais está send prpsta e nde vcê está ativamente envlvid. Neutr selecine essa pçã se tiver participad de atividades de envlviment cm esse tip de legislaçã, mas nã apresentu um pnt de vista. Opsiçã selecine essa pçã se vcê se envlveu em ações cntra esse tip de legislaçã em tdas as lcalidades relevantes. Indecisã selecine essa pçã se vcê se envlveu cm esse tip de legislaçã em um estági inicial d prcess de desenvlviment, mas ainda precisa frmular uma piniã u tentará influenciar prcess de desenvlviment da plítica em qualquer direçã. Detalhes d envlviment Essa cluna dá a prtunidade de frnecer mais detalhes sbre a legislaçã específica cm a qual vcê está envlvid. Use camp de text para frnecer detalhes de cm vcê está engajad (pr exempl, respndend a uma cnsulta, encntrandse diretamente cm s frmuladres de plíticas, etc.) e a legislaçã cm a qual vcê está engajad. Pr favr, dê nme da legislaçã e das lcalidades às quais se aplica. Pr favr, apenas detalhe a legislaçã cm a qual vcê esteve envlvid n an de referência. Esse camp tem um limite de 2400 caracteres. Sluçã legislativa prpsta Essa cluna dá a prtunidade de frnecer mais detalhes sbre as ações que vcê está defendend. Se vcê apia a legislaçã sem exceções, vcê pde afirmar iss. Entretant, se vcê a apia cm exceções vcê pde frnecer detalhes dessas exceções e que vcê gstaria de prpr em seu lugar. Se vcê se põe a legislaçã, pr favr, detalhe uma abrdagem legislativa alternativa que vcê sinta ser mais efetiva para a reduçã de emissões de carbn n setr crprativ. Esse camp tem um limite de 2400 caracteres. Bx 4: Exempl de respsta sbre envlviment diret (CC2.3) Fc em legislaçã Psiçã Crprativa Detalhes d envlviment Sluçã prpsta Reprte brigatóri de Api carbn Nós apiams s legisladres e frmuladres de plíticas na Diretiva Eurpeia sbre transparência das infrmações nãfinanceirias e de diversidade pr parte das grandes empresas e grups Nós apiams a legislaçã eurpeia sbre reprte brigatóri de carbn sem exceções. 31

32 Impst sbre Carbn Api Estams envlvids cm Gvern Federal Australian para cmunicar s benefícis cmerciais e s riscs de um impst sbre carbn em váris níveis. Inclusive a respeit da certeza cmercial que ele ferece. Nós apiams a precificaçã d carbn na Austrália, pis iss ferece uma estabilidade nrmativa mair d que a que existe atualmente. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; s pnts sã cncedids pela esclha de uma u mais caixas de seleçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Empresas d Setr de Petróle e Gás: Devem discutir, cnfrme sejam relevantes, sbre as principais questões relativas a envlviment de seu setr cm as plíticas públicas, pr exempl, plíticas de precificaçã d carbn, em especial impst sbre carbn, s regimes de cap and trade, reprte brigatóri d carbn e a regulamentaçã das emissões de metan. CC2.3b: A sua empresa faz parte d Cnselh de quaisquer assciações cmerciais u ferece api financeir além de assciaçã? Esta questã aparece apenas a pçã "Assciações cmerciais" estiver marcada em respsta à questã CC2.3. Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens d ORS. Se vcê selecinar "yes" vcê será apresentad cm mais questões sbre suas atividades cm as assciações de cmérci (questã CC2.3c (veja abaix). Se vcê Se vcê selecinar N nã serã apresentadas mais questões sbre assciações cmerciais. Nte que esta questã nã está perguntand sbre tdas as assciações cmerciais de que vcê é membr, apenas sbre aquelas em que vcê tem uma influência mais significativa devid a participaçã n Cnselh u através d financiament além da filiaçã. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.3c: Pr favr, insira s detalhes sbre as assciações que estã mais prpensas a tmar uma psiçã em relaçã à legislaçã sbre mudanças climáticas Esta questã aparece apenas se a pçã "Assciações cmerciais" estiver marcada em respsta à questã CC2.3 e "yes" fr selecinad em respsta à questã CC2.3b. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletad a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. 32

33 Assciações Cmerciais Caixa de text: digite nme da(s) assciaçã(ões) de cmérci das quais vcê faz parte d Cnselh Administrativ u frnece financiament além da adesã. A psiçã de sua empresa em relaçã às mudanças climáticas está de acrd cm a dessas assciações? Selecine: Cnsistente Incnsistente Mista Descnhecida Explique psicinament delas Caixa de text: frneça detalhes da psiçã da assciaçã de cmérci sbre as mudanças climáticas (e explique em que esta psiçã difere da sua própria). Quand pssível, dê exempls de atividades que a assciaçã cmercial assumiu n an de referência para influenciar a plítica de mudança climática. Utilize até 2400 caracteres. Cm vcê influencia u tenta influenciar nesse psicinament? Caixa de text: Use essa cluna para descrever cm vcê trabalhu, u está n prcess de trabalh cm a assciaçã cmercial para prmver a psiçã atual u alternativa, utilize até caracteres. Se vcê pssui diverss relacinaments cm assciações cmercias que se aplicam à situaçã, vcê pde usar btã Add Rw n cant inferir direit da tabela. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Bx 5: A psiçã sbre mudanças climáticas de assciações cmerciais O Centr para a Ciência e a Demcracia (Center fr Science and Demcracy) da Uniã ds Cientistas Precupads (Unin f Cncerned Scientists) vem desenvlvend atualmente uma análise fcada nas psições assumidas pelas assciações cmerciais e de negócis n discurs públic sbre a plítica e a ciência d clima ns últims ans; O intuit da CSD é ajudar as empresas na triagem da açã das assciações cmerciais relacinada a clima e na determinaçã de quais assunts sbre as mudanças climáticas s grups a que elas pertencem realmente se sbressaem, A ser lançad ns próxims meses, estud analisará muitas das maires e mais influentes assciações cmerciais e de negócis ds Estads Unids e d mund. As áreas a serem explradas incluem cm esses grups entendem a ciência das mudanças climáticas, as psições que tem sbre plíticas climáticas, e que ações tmaram em relaçã às prpstas de plíticas climáticas específicas ns últims ans. A análise cmpleta esta dispnível em Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; s pnts sã cncedids a cmpletar a tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.3d: A sua empresa divulga publicamente uma lista cm tdas as rganizações de pesquisa que financia? Esta questã aparece apenas se a pçã "Funding research rganizatins" estiver marcada em respsta à questã CC

34 Selecine Yes u N n menu suspens frnecid. Esta questã refere-se a tdas as rganizações de pesquisa que vcê financia e nã apenas àquelas relacinadas a mudanças climáticas Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.3e: A sua empresa financia alguma rganizaçã de pesquisa para prduzir trabalhs públics sbre mudanças climáticas? Esta questã aparece apenas se a pçã "Funding research rganizatins" estiver marcada em respsta à questã CC2.3. Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens d ORS. Se vcê selecinar "yes" vcê será apresentad cm mais questões sbre financiament de rganizações de pesquisa (questã CC2.3c (veja abaix). Se fi selecinad "n", vcê será enviad para a questã CC2.3h. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.3f: Pr favr descreva esse trabalh e cm ele se alinha cm a sua própria estratégia sbre as mudanças climáticas. Esta questã aparece apenas se a pçã "Funding research rganizatins" estiver marcada em respsta à questã CC2.3 e "yes" fr selecinad em respsta à questã CC2.3e. Use a caixa de text frnecida para detalhar trabalh públic que vcê tem financiad sbre mudanças climáticas que tenha sid lançad n an de referência. Pr favr, dê detalhes d títul e tema de trabalh, seu frmat final (ist é, relatóri, filme, nta infrmativa, cnteúd da web, etc.), que rganizaçã cncluiu e cm s resultads se alinham cm sua própria estratégia sbre mudanças climáticas (pr exempl, explicand sua psiçã e cm trabalh prduzid pde apiá-la u cntradizê-la). Essa caixa de text tem um limite de caracteres. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 34

35 CC2.3g: Favr frnecer detalhes sbre as utras atividades de envlviment Esta questã aparece apenas se a pçã "Other" estiver marcada em respsta à questã CC2.3. Pr favr, use a caixa de text frnecida para detalhar qualquer utra atividade em que vcê esteja envlvid n an base que pderia, direta u indiretamente, influenciar em plíticas de mudanças climáticas. Para cada atividade, identifique métd de envlviment (individual u através de um grup), assunt d envlviment (pr exempl, uma legislaçã u um impst), a natureza d envlviment (ist é, quais eram suas atividades) e as ações que vcê está defendend cm parte desse envlviment. Esta questã tem um limite de caracteres. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.3h: Que medidas sã tmadas para garantir que tdas as suas atividades diretas e indiretas sã cnsistentes cm a estratégia glbal de mudanças climáticas da sua empresa? Esta questã aparece smente se vcê selecinu "Envlviment diret", "Assciações cmerciais", "Financiament de rganizações de pesquisa" u "Outrs" em respsta à questã CC2.3. Essa questã aparece apenas uma vez, independentemente de quantas das quatr pções vcê tenha marcad em respsta à Questã CC23. A intençã é bter uma cmpreensã de cm vcê, cm rganizaçã, gerencia as múltiplas atividades de engajament relacinadas às mudanças climáticas em tdas as divisões de negócis e lcalidades para garantir que vcê tenha uma abrdagem cmum e que também seja cmpatível cm sua estratégia sbre as mudanças climáticas. Use a caixa de text frnecida para explicar s prcesss que vcê tem em vigr, u se vcê nã tem nenhum, cm vcê planeja reslver esse fatr de prvável cnflit n futur. Utilize até caracteres. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.3i: Explique pr que nã está engajad cm s frmuladres de plíticas (plicy makers) Esta questã aparece apenas se a pçã "N" estiver marcada em respsta à questã CC2.3. Use a caixa de text frnecida para, utilizand até caracteres, explicar prque vcê nã exerce atividades que tenham ptencial para influenciar uma plítica de mudanças climáticas. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. 35

36 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.4a O cnselh de diretres de sua rganizaçã apiaria um acrd internacinal entre s gverns sbre mudanças climáticas cuj bjetiv fsse limitar aument da temperatura glbal abaix ds dis graus celsius ds níveis pré-industriais, em cnsnância cm s cenáris d IPCC, cm, pr exempl, RCP2.6? Esta pergunta deve ser respndida, selecinand uma das três pções dispníveis: Yes (Sim) N (Nã) N pinin (Sem piniã) A Cnferência sbre Mudanças Climáticas das Nações Unidas, que se realizará em Paris, em 2015 é uma prtunidade para a realizaçã de um acrd bem sucedid que limite aqueciment glbal abaix de 2 C. Uma ambicisa respsta internacinal é necessária para reduzir risc regulatóri e incertezas que as empresas estã enfrentand, bem cm para permitir que elas façam a transiçã para uma ecnmia de baix carbn. Para bter mais infrmações, cnsulte Bx 6. Se vcê selecinar "Sim", "Nã" u "Sem piniã" vcê será direcinad para a questã CC2.4a; Se vcê nã selecinar uma pçã, prssiga para a próxima pergunta (CC3.1). Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC2.4a Descreva a psiçã d cnselh de sua empresa sbre as cnsequências de um acrd eficaz para sua rganizaçã e atividades empreendidas pr sua empresa para ajudar a frmalizar este acrd em 2015, na Cnferência das Nações Unidas sbre Mudanças Climáticas de Paris (COP 21). Esta questã aparece apenas se a pçã "Sim" fi marcada em respsta à pergunta CC2.4. Respnda na caixa de text frnecida, detalhand (i) pnt de vista de sua rganizaçã sbre as cnsequências de um acrd eficaz; (ii) as implicações que este acrd teria na sua empresa; e (iii) as ações que sua rganizaçã realiza ativamente para apiar a efetivaçã deste acrd. Vcê deve respnder a esta pergunta na caixa de text frnecida; sua respsta nã deve ter mais de caracteres. Bx 6: Cnferência das Nações Unidas sbre Mudanças Climáticas - Paris, 2015 (COP21) Abaix estã algumas perguntas frequentes sbre cntext em trn desta questã e mtiv pel qual CDP requer essas infrmações. O que é a Cnvençã-Quadr das Nações Unidas sbre a Mudança d Clima - CQNUMC (u UNFCCC, sigla em inglês)? Cnvençã-quadr das Nações Unidas sbre Mudança d Clima (UNFCCC) é um tratad ambiental internacinal que fi abert para assinatura na "Cúpula da Terra", realizada n Ri de Janeir em

37 A UNFCCC entru em vigr em 1994 e atualmente está ratificada pr 195 países. O bjetiv da Cnvençã destina-se a: "a estabilizaçã das cncentrações de gases de efeit de estufa na atmsfera a um nível que evite uma interferência antrpgénica perigsa n sistema climátic" Desde a sua ratificaçã, huve inúmers marcs imprtantes, principalmente desenvlviment d prtcl de Quit, um prtcl juridicamente vinculantende em que 27 países industrializads e a Cmunidade Eurpeia cmprmeteram-se a reduzir suas emissões em uma média de 5% em relaçã as níveis de 1990 até O Secretariad da cnvençã garante que a UNFCCC permanece n caminh para estabilizar a cncentraçã de gases de efeit estufa para e que "este nível deve ser alcançad dentr de um praz suficiente para permitir que s ecssistemas adaptem-se naturalmente às mudanças climáticas, para garantir que a prduçã de aliments nã seja ameaçada e para permitir que desenvlviment ecnômic cntinue de maneira sustentável"desenvlviment ecnômic prsseguir de maneira sustentável". Este é mais alt nível de autridade, frmada pela assciaçã de tds s países membrs que fazem parte da Cnvençã, cnhecida cm Cnferência das Partes (COP). A COP reúnese uma vez pr an, aa 21ª reuniã (COP21) está prgramada para crrer em 2015, em Paris. Prque a COP21 é imprtante? Após a cnclusã d prtcl de Quit, em 2020, será necessári um nv quadr juridicamente vinculante para reduzir as emissões de gás estufa, bjetivand evitar impacts catastrófics da mudança climática antrpgênica. As Cnferências de Cancun (2010), Durban (2011) e Dha (2012) estipularam as bases de um quadr pós-quit, n qual as empresas, gverns e investidres pderã perar cm nrmas recnhecidas a fazer a transiçã para uma ecnmia de baix carbn. Em 2011, as partes afirmaram seu cmprmiss para finalizar este nv acrd climátic em 2015, cm entrada em vigr prevista para A cnclusã de um acrd deste tip, prtant, é um mment crucial na transiçã para a ecnmia de baix carbn e evitar aument de 2 graus centígrads de acrd cm RCP2.6. O que é RCP2.6 e que é seu desenvlvedr, IPCC? O Painel Intergvernamental sbre mudanças climáticas (IPCC) é um órgã científic intergvernamental que avalia "as infrmações científicas, técnicas e sóci-ecnômicas relevantes para a cmpreensã ds riscs das mudanças climáticas induzidas pel hmem". O IPCC fi criad pr slicitaçã ds membrs da UNFCCC para ferecer uma visã científica clara sbre estad atual d cnheciment em sbre mudanças climáticas e seus ptenciais impacts sóci-ecnômics e ambientais. Até este mment, fram prduzids cinc relatóris de avaliaçã, mais recente é quint relatóri de avaliaçã (AR5) que apresentu uma mdelagem mais precisa sbre clima cm bjetiv de fazer previsões sbre as mudanças climáticas glbais, baseadas em uma variedade de cenáris atualizads (ver Bx 16 para mais detalhes sbre AR5). O IPCC descreve quatr cenáris, que sã mais cmumente referids cm Trajetórias Representativas de Cncentrações (Representative Cncentratin Pathways u RCP, na sigla em inglês). O cenári RCP2.6 cntém alta prbabilidade de cnseguirms evitar aument da temperatura glbal em 2 graus centígrads em relaçã as níveis pré-industriais. Neste cenári, as emissões glbais pdem atingir seu pic na próxima década, send reduzidas a zer em 60 ans. O IPCC afirma que a manutençã das temperaturas glbais abaix de 2 graus centígrads em relaçã às temperaturas pré-industriais pderá evitar impacts catastrófics das mudanças climáticas. Pr que CDP deseja que as empresas divulguem esta infrmaçã?? Os investidres, cnfrme descrit na Glbal Investr Statement sbre mudança climáticas, requerem que s gverns "prduzam um ambicis acrd glbal sbre mudanças climáticas até final de 2015". Cas se cnsiga chegar a um acrd ambicis na COP21, s investidres ficarã mais cnfiantes para ampliar seus investiments em eficiência energética, energias renváveis e adaptaçã às mudanças climáticas. Neste cntext, CDP deseja saber se as empresas apiariam um acrd internacinal que 37

38 fereça certeza nrmativa para as empresas e para a tmada de decisã ds investidres. Neste cntext, CDP deseja saber se as empresas apiariam um acrd internacinal que fereça certeza nrmativa para as empresas e para a tmada de decisã ds investidres. As empresas, juntamente cm utrs atres nã-estatais cm cidades, estads e regiões, estã cada vez mais tmand à frente e cncretizand acrds imprtantes para reduzir suas emissões u estã, n mínim, cnversand sbre assunt em api a um ambicis acrd glbal em Paris. Exempls de tais acrds, estã listads em um banc de dads gerenciad pela UNFCCC e lançad na COP20 em dezembr de Se sua empresa fez algum acrd desse tip, sinta-se a vntade para divulgá-l em respsta à questã CC2.4a. Mais Infrmações We Mean Business, The Climate Has Changed, The Glbal Cmmissin n the Ecnmy and Climate, The New Climate Ecnmy, Lista de acrds efetuads pr atres nã-estatais lançada na COP20, 11 de Dez. Glbal Investr Statement n Climate Change assinad pr 363 investidres que representam mais de US$ 24 trilhões em ativs. Para bter mais infrmações sbre cm sua rganizaçã pderá ferecer api a um acrd internacinal na COP 21, veja: Rad t Paris 2015: Highlight business leadership n climate change. CDP, https://www.cdp.net/en-us/pages/rad-t-paris-2015.aspx Financial Institutins taking actin n Climate Change. UNEP,

39 CC3. Metas & Iniciativas Fluxgrama das Questões As seguintes questões sã mstradas na Página de Metas e Iniciativas: CC3.1: A empresa tem uma meta de reduçã de emissões ativa (cncluída u atingida) n an de referência? # Nã Meta absluta Meta absluta & de intensidade Meta de intensidade CC3.1a: Frneça detalhes de sua meta absluta# CC3.1b: Frneça detalhes de sua meta de intensidade# CC3.1c: Indique que variações nas emissões abslutas esta meta de intensidade reflete CC3.1d: Frneça mais detalhes d prgress alcançad em relaçã a essa meta neste an de reprte# CC3.1e: Explique: (i) pr que nã; e (ii) preveja cm suas emissões vã mudar a lng ds próxims cinc ans CC3.2: O us ds prduts e serviçs da sua empresa permite que terceirs deixem de emitir GEE? Nã Sim CC3.2a: Frneça detalhes de cm us de seus bens e/u serviçs permitem que terceirs evitem emitir GEE diretamente CC3.3 Sua empresa pssui medidas para reduzir emissões que estavam ativas n an de referência (iss inclui aquelas em fase de planejament e/u fase de implementaçã)? # Nã Sim CC3.3a: Indique númer ttal de prjets em cada estági de desenvlviment e, para aqueles Nã em fase de implementaçã, infrme a reduçã de CO2e estimada. CC3.3b: Para as iniciativas implementadas n an de referência, pr favr frneça detalhes na tabela abaix# CC3.3c: Que métds sua empresa usa para direcinar s investiments em atividades de reduçã de emissões? Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME FIM CC3.3d: Se sua empresa nã pssui iniciativas de reduçã de emissões, pr favr explique prque nã# 39

40 Orientaçã Gerais Esta seçã abrda s seus bjetivs e as suas iniciativas para reduzir as emissões derivadas de suas atividades, direta u indiretamente. Carbn Actin As Questões CC3.1, CC3.1a, CC3.1b, CC3.1c, CC3.1d, CC3.1e, CC3.3, CC3.3a, CC3.3b, CC3.3c e CC3.3d sã usadas na análise da Carbn Actin Initiative. Se vcê recebeu uma carta de slicitaçã da açã d CDP em nme ds Signatáris da Carbn Actin, pr favr, respnda a essa questã nrmalmente n Sistema n-line de Respstas (ORS). Para bter mais detalhes sbre a Carbn Actin, veja https://www.cdp.net/en-us/prgrammes/pages/iniciatives-cdp-carbn-actin.aspx. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: A seleçã da cluna intitulada "Métrica" em CC3.1b suspensa fi atualizada. Fram adicinadas duas nvas clunas à questã CC3.3b relacinadas às atividades de reduçã de emissões para melhrar nssa capacidade de analisar s dads desta questã. A primeira tem cm bjetiv saber a qual escp pertence a atividade de reduçã de emissões, enquant a segunda cluna pergunta se a atividade é vluntária u brigatória. Estes nã sã dads nvs, mas infrmações que, anterirmente, eram questinadas em um camp de text dentr da tabela. Em CC3.3b, a nna cluna (Vida útil estimada da iniciativa{ut2}) fi alterada de um camp de text livre para uma lista suspensa para facilitar a análise e reduzir s encargs assciads à prestaçã de infrmações. Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC3.2, CC3.2a, CC3.3 e CC3.32 nessa página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME As Questões CC3.1, CC3.1a, CC3.1b, CC3.1d, CC3.3, CC3.3b e CC3.3d nessa página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC3.1: A empresa tinha uma meta de reduçã de emissões ativa (cncluída u atingida) n an de referência? Vcê tem uma "meta ativa de reduçã de emissões" se: Vcê tem uma meta que cmeçu n iníci d an de referência, u cmeçu antes d an de referência e termina depis dele, u vcê tem uma meta que acabu n an de referência, E A meta refere-se à reduçã das emissões u da intensidade de emissões Observe que, se vcê tem uma meta que espera bter em parte ppr mei da cntrapartida (incluind as metas de neutralidade de carbn), apenas a parte da meta que se relacina cm as reduções de emissões (e nã a cntrapartida de cmpras) deve ser cnsiderada aqui. Se vcê nã tiver certeza da parte que será alcançada através das reduções de emissões, faça uma estimativa cm base em iniciativas atuais u planejadas. As metas de reduçã das emissões na fase de utilizaçã d prdut u de reduçã das emissões da cadeia de frneciment pdem ser emtendidas cm metas d Escp 3. As metas baseadas em um an base futur d tip "business as usual" nã sã equivalentes às metas de reduçã de emissões e, prtant, nã devem ser relatadas aqui. 40

41 Sempre que sua meta estiver relacinada a uma fnte de emissões u atividade específica, vcê deve cnverter a meta em uma meta de reduçã de emissões. Pr exempl, se sua meta é reduzir cnsum de energia, iss prvavelmente resultará na reduçã das emissões e vcê deve usar essas reduções de emissões para relatar sua meta. Uma meta de reduçã d cnsum de energia em 20% até 2020 terá um valr crrespndente de percentagem de reduçã das emissões até 2020 Pr favr, veja s exempls n Bx 7. Vcê precisará selecinar uma das seguintes pções: Meta Absluta Selecine esta pçã se vcê tem u teve uma meta ativa de reduçã de emissões durante an de referência e ela é uma meta absluta. Uma meta absluta é aquela que descreve uma reduçã das emissões reais em um an futur quand cmparada a um an base. A meta pde se relacinar a seu Escp 1, Escp 2 e/u emissões d Escp 3, n td u em parte. Exempls de metas abslutas estã incluídas n Bx 7. Se vcê selecinar esta pçã, vcê será direcinad à questã CC3.1a e CC3.1 d. Meta de intensidade Selecine esta pçã se vcê tem u teve uma meta ativa de reduçã de emissões durante an de referência e ela é uma meta de intensidade. Uma meta de intensidade é aquela que descreve uma futura reduçã das emissões que fram nrmalizadas para uma métrica de negócis, quand cmparada às emissões nrmalizadas em determinad an base. Quant às metas abslutas, uma meta de intensidade pde se relacinar a seu Escp 1, Escp 2 e/u emissões d Escp 3, n td u em parte. Exempls de metas de intensidade estã incluídas n Bx 7. Se vcê selecinar esta pçã, vcê será direcinad às questões CC3.1b, CC3.1c e CC3.1 d. Meta absluta & de intensidade Nã Selecine esta pçã se vcê tem u teve metas de reduçã e de intensidade de emissões que estã/estavam ativas durante an de referência. Se vcê selecinar esta pçã, vcê será direcinad à questã CC3.1a-CC3.1 d. Selecine esta pçã se vcê tinha uma meta ativa de reduçã de emissões durante an de referência. Se vcê selecinar esta pçã, vcê será direcinad à questã CC3.1e. Empresa d Setr de Petróle e Gás Os investidres slicitam que as metas pr grup e filial/divisinal sejam divulgadas. Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade Investrs request that targets are expressed at grup level and where applicable at subsidiary/divisinal level and that intensity targets are als expressed as abslute targets where pssible. Empresas de Fabricaçã de Autmóveis Além de qualquer meta absluta, vcê deve divulgar suas metas de ecnmia de CO2 e/u cmbustível para prduts n nível d grup e, se fr cas, para mercads específics. As Metas devem ser expressas em gramas de CO2 pr quilômetr. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 41

42 Bx 7: Exempls de metas Exempls de metas abslutas: Tneladas métricas de CO2e u reduçã percentual n an de referência Tneladas métricas de CO2e em tneladas métricas u % de reduçã na fase de us d prdut relativas a an base Tneladas métricas de CO2e u % reduçã na cadeia de frneciment relativas a an base Tneladas métricas de CO2e u reduçã percentual pr an Tneladas métricas de CO2e u % de reduçã, relativas a média móvel de 5 ans de emissões Limite de emissões em tneladas métricas de CO2 Exempls de metas de intensidade: Tneladas métricas de CO2e u % de reduçã pr unidade de receita (também pr unidade de vlume cmercializad; pr unidade bruta de vendas) relativas a an base Tneladas métricas de CO2e u % de reduçã pel equivalente de um funcinári em temp integral (também pr hras trabalhadas; pr hra peracinal; pr nite de hspedagem; per capita; pr pacientes-dia) em relaçã a an base Tneladas de CO2e u % de reduçã pr unidade de prduçã (pr exempl, tnelada métrica de papel; tnelada métrica de alumíni) em relaçã a an base Tneladas de CO2e u % de reduçã pr passageir-quilômetr (também pr km; pr milha náutica) em relaçã a an base Tneladas de CO2e u % de reduçã pr pé quadrad em relaçã a an base Limite de emissões em relaçã a uma atividade (pr exempl, exempl, estabilizaçã das emissões em x tneladas de CO2e pr tnelada métrica de aç prduzid) Tneladas métricas de CO2e u reduçã percentual pr MWh Tneladas métricas CO2e u % de reduçã nas emissões de vs cmerciais pr trabalhadr Exempls preparads sbre a cnversã de metas de energia em metas de reduçã de emissões Muitas empresas têm metas relacinads a seu cnsum de energia. Cm a Reduçã d cnsum energétic é esperad a reduçã das emissões e, pr cnseguinte, essa meta pde ser cnvertida em uma meta de reduçã de emissões As reduções equivalentes de uma meta de energia sã estabelecidas em decrrência da abrdagem de cntabilizaçã. Assim, s princípis a serem seguids sã aqueles estabelecids n Prtcl d GHG Prject, embra rigr exigid nã seja mesm. Meta para a reduçã d cnsum de eletricidade Uma empresa tem um cnsume de eletricidade n an base da meta igual a MWh. N an base a empresa está send suprida pela rede e nã está cmprand nenhum instrument específic, prtant, está usand um fatr de emissã médi da rede, que cnsiderarems 0.55 tneladas métricas de CO2e pr MWh. Prtant, as emissões n an base d cnsum de eletricidade sã ( x 0.55) = tneladas métricas de CO2e. 42

43 A empresa estabeleceu uma meta de reduçã de energia de 20% n cnsum de eletricidade para s próxims 10 ans. Cnsiderand que fatr de emissã permanece mesm n an da meta, uma reduçã de 20% n cnsum de eletricidade resultará em uma reduçã de 20% em emissões. Prtant, as emissões de cnsum de energia n an da meta sã ( (663183*(20/100))) tneladas métricas CO2e.Prtant, as emissões de cnsum de eletricidade n an alv sã ( (663183*(20100))) tneladas métricas CO2e. Nte que a premissa fundamental aqui é que fatr de emissã permanece mesm. Na mairia ds cass, é muit imprvável que iss crra, entretant, para a finalidade de respsta a essa questã e rigr envlvid, essa premissa pde ser aceita Sb a perspectiva de um inventári de GEE, essa meta pderia também ser alcançada nã pela reduçã d cnsum de eletricidade, mas pela autgerarã de energia elétrica (diminuind as quantias cmpradas) u pela cmpra de energia renvável de um frnecedr usand instruments aprpriads de rastreament. A meta seria a mesma, mesm que s meis para alcança-la fssem diferentes. Pel fat de cada pçã ter sua própria cnsequência, é imprtante distinguir cm a meta é prpsta para que seja alcançada. Observe também que, se n an base, a empresa já está cntabilizand uma certa quantia de seu cnsum de eletricidade cm eletricidade de baixa emissã, entã, seguind mesm princípi de usar as cndições d an base da meta, essa quantia também precisa ser refletida para a finalidade d cálcul das reduções de emissões. Prtant, se 50% da eletricidade era eletricidade renvável cm um fatr de emissã de 0 t/co2e, as emissões n an base seriam: ( , ) = ,5 tco2e 2 Entã, há duas maneiras de calcular as reduções de emissões n an da meta. Uma, cnsiderand que a % de RE permanecerá a mesma; a utra, assumind que a quantia de RE cmprada permanecerá a mesma. N primeir cas, as emissões crrespndentes esperadas n an da meta seriam: [(1 0,2) ( , )] = ,6 tco2e 2 Cm n exempl anterir, a premissa é que fatr de emissã médi da eletricidade cntratada pela empresa permaneça mesm. N segund cas, as emissões crrespndentes esperadas n an da meta seriam: [((0, ) ) 0,55] = ,2 tco2e 2 Observe que neste exempl um cmprmiss é feit para manter a mesma quantidade cmprada de energia RE durante td períd da meta. 43

44 Cm ilustrad nesse exempl, as empresas pdem também reduzir as emissões a reduzir Fatr de Emissã da eletricidade (energy carrier) ist, é estabelecend níveis crescentes de cmpra de Energia Renvável. Para cmbustíveis, a trca de cmbustível é a pçã para diminuir fatr de emissã e ist pde também ser divulgad em Cmments (Cmentáris). CC3.1a: Frneça detalhes de sua meta absluta Esta questã aparece smente se vcê selecinar "Abslute Target" u "Abslute and intesnity targets " em respsta à questã CC3.1. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. Exempls prnts sã frnecids n Bx 8. ID Escp % das emissões d Escp % de reduçã d an base An base Emissões d an base (tneladas métricas de CO2e) An da meta Cmentári Se vcê tem diversas metas, vcê pde inseri-las na tabela, adicinand mais linhas pr mei d btã Add Rw n cant inferir direit da tela Orientaçã sbre cm respnder a cada uma das clunas é frnecida abaix: ID Escp N cas de empresas que pssuem múltiplas metas, elas devem inserir uma ID exclusiva neste camp pr mei d menu suspens para identificar a meta em questões subsequentes. Selecine as metas abslutas entre Abs1 e Abs15. Refere-se a(s) Escp(s) das emissões relacinad(s) à meta. Nte que ist nã precisa incluir tdas as emissões dentr de um escp específic iss é abrdad na cluna seguinte. Selecine um ds seguintes valres d menu suspens: Escp 1; Escp 2; Escp 1+2; Escp 1+2+3; Escp 3: Bens & serviçs adquirids Escp 3: Bens de capital Escp 3: Atividades relacinadas cm cmbustível e energia (nã incluídas ns Escps de 1 u 2) Escp 3: Transprte & distribuiçã a mntante (uptsream) Escp 3: Resídus gerads nas perações Escp 3: Viagens cmerciais Escp 3: Viagens diárias para trabalh Escp 3: Bens de prduçã alugads a mntante (uptsream) Escp 3: investiments Escp 3: Transprte e distribuiçã a jusante (dwnstream) Escp 3: Prcessament de prduts vendids Escp 3: Utilizaçã de prduts vendids Escp 3: Tratament de prduts fra de us vendids 44

45 Escp 3: Bens alugads a jusante (dwnstream) Escp 3: Franquias Outrs, especifique As categrias das emissões d Escp 3 fram tmadas das Nrmas de Cntabilidade e Relatóris da Cadeia de valr Crprativa (Escp 3) d Prtcl de Gases de Efeit de Estufa. As empresas devem cnsultar a nrma para infrmações sbre as fntes que cada categria englba e infrmações adicinais sbre cm calcular essas emissões. Se vcê estiver especificand uma fnte n Escp 3 na rubrica "Outrs", pr favr, deixar clar se se trata de fnte a mntante (uptsream) u a jusante (dwnstream). % das emissões d Escp Identificar a prcentagem d ttal das emissões medidas para escp específic para an em que sua meta se aplica. Pr exempl, se sua meta é reduzir as emissões d Escp 1 decrrentes de suas perações na Eurpa e essas perações na Eurpa representavam 80% de suas emissões ttais d Escp 1 n an base, vcê deverá digitar 80 nesta cluna. Outr exempl pderia ser de uma meta que se relacina a uma atividade de negóci em particular (pr exempl, instalaçã de prduçã, perações baseadas em escritóris, etc.) Se vcê selecinu uma subcategria d Escp na cluna anterir (pr exempl, Escp 3: viagens de negócis) vcê deve especificar as percentagens de emissões na subcategria em vez d Escp cm um td. % de reduçã d an base An base Insira suas metas de reduçã de emissões cm uma percentagem de reduçã das emissões a realizar n an da meta em cmparaçã cm an base. Pr exempl, se sua meta é reduzir suas emissões d Escp 1 em 3000 tneladas métricas de CO2e e suas emissões d an base fram tneladas de CO2e, vcê deve entrar 2 nesta cluna. Se sua meta é limitar as emissões na linha de base, deve digitar zer nesta cluna. Digite um númer inteir entre 1900 e Se an de sua empresa é an cm meta móvel seu an base será an d relatóri anterir. Se vcê tem uma meta cm base em exercícis, pr favr, selecine an em que se aplica para fim de seu exercíci. Se vcê tem uma meta cm base em uma média (pr exempl, média de 5 ans), pr favr, selecine an em que se aplica a fim d períd médi. Para esclher an financeir e a média de ans base, pr favr, use a cluna 'Cment' (Cmentári) n final da tabela para identificar iss. Nã é pssível inserir ans base futurs. Emissões d an base (tneladas métricas de CO2e) An da meta Insira as emissões d an base relevantes para a meta nesta cluna. Pr exempl, se sua meta fr a reduçã das emissões d Escp 1 decrrentes de suas perações na Eurpa, digite an base de emissões d Escp 1 para as perações na Eurpa apenas. As entradas para esta cluna devem ser em tneladas métricas de CO2e e devem ser valres numérics até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Digite um númer inteir entre 2000 e Se sua empresa utiliza an cm meta móvel, seu an base será an d relatóri anterir. Se vcê tem uma meta cm base em exercícis, pr favr, selecine an em que se aplica a fim de seu exercíci financeir. Se vcê tem uma meta cm base em uma média (pr exempl, média de 5 ans), pr favr, selecine an em que se aplica fim d períd médi. Para esclher an financeir e a média de ans base, pr favr, use a cluna 'Cment' (Cmentári) n final da tabela para identificar iss. 45

46 Cmentári Vcê pde usar esta cluna para frnecer qualquer cntext relevante de sua meta. Cm bservad acima, vcê pde usar esta cluna para identificar se sua empresa se an cmercial u um an médi basead na meta. Vcê também pderá frnecer a meta riginal, antes de ser cnvertida a frmat de % de reduçã para efeits desta tabela, u se sua meta é parte de um bjetiv mais ampl de neutralizaçã de carbn, um requisit regulamentar u um bjetiv de lng praz, vcê pde explicar iss aqui. Se sua meta refere-se à cmpra de energia renvável (u seja, seu cnsum permanecerá mesm u aumentará, mas vcê cmprará mais de fntes renváveis), pr favr, indique aqui se a meta está também assciada a quaisquer reduções n cnsum de eletricidade e se nã, pr que nã. Esta cluna também pde ser usada para identificar as metas de estabilizaçã, cnfrme demnstrad n Bx 2. Esta cluna é um camp de text livre; tdas as entradas devem ter mens de caracteres. Bx 8: Exempl de tabela de meta absluta A tabela a seguir mstra quatr exempls de meta absluta: Meta para reduzir as emissões ttais d Escp 1 em tneladas métricas de CO2e em cmparaçã cm as emissões de Escp 1 d an anterir de tneladas métricas de CO2e (ID = A-01); Meta para estabilizar as emissões de perações eurpeias as níveis de 2007 até 2015 (ID = A-02); Meta para reduzir emissões ttais d escp 2 de 10% em 2010 para 25% até 2015 (ID = A- 03); Meta para reduzir as emissões d us de prduts prvenientes de prduts alfa em 30% até 2020 relativamente a 2000 (ID = A-04). ID Escp % das emissões d Escp % de reduçã d an base An base Emissões d an base An da meta Cmentári Abs , Abs Meta de estabilizaçã; desejams estabilizar as emissões as níveis de 2007 em Abs Iss será alcançad através das reduções n cnsume de eletricidade. Abs4 3 - Utilizaçã de prduts vendids

47 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. As metas de um an base futur ( business as usual ) nã receberã pntuaçã de divulgaçã u desempenh. CC3.1b Pr favr, frneça detalhes da sua meta de intensidade Esta questã aparece smente se vcê selecinar "Intensity target" u "Abslute and intesnity targets" em respsta à questã CC3.1. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. ID Escp % das emissões d Escp % de reduçã d an base Padrã Métric An base Emissões nrmalizadas d an base An da meta Cmentári Se vcê tem diversas metas, vcê pde inseri-las na tabela, adicinand mais linhas pr mei d btã Add Rw n cant inferir direit da tela Orientaçã sbre cm respnder a cada uma das clunas é frnecida abaix: ID Escp N cas de empresas que pssuem múltiplas metas de intensidade, elas devem inserir uma ID exclusiva neste camp pr mei d menu suspens para identificar a meta em questões subsequentes. Selecine metas de intensidade entre Int1 e Int15. Veja a rientaçã para questã CC3.1a (metas abslutas) % das emissões d Escp Veja a rientaçã para a questã CC3.1a (metas abslutas) % de reduçã d an base Insira suas metas de reduçã de emissões cm uma percentagem de reduçã das emissões de intensidade (nrmalizada) a realizar n an da meta em cmparaçã cm an base. Pr exempl, se sua meta é reduzir suas emissões d Escp 1 pr funcinári em temp integral (ETI) equivalente a 7 tneladas métricas de CO2e pr empregad ETI e suas emissões d an base fram 9 tneladas pr trabalhadr ETI, vcê deve digitar 22 nesta cluna (u seja, ((9-7) /9) = 0.22; Entã multiplique pr 100 para bter valr percentual). Padrã Métric Selecine um ds seguintes valres d menu suspens: 47

48 An base Gramas de CO2e pr quilômetr Tneladas métricas de CO2e pr receitas de unidade (ist é análg à unidade de vendas u vlume de negócis de unidade) Tneladas métricas de CO2e pr empregad ETI Tneladas métricas de CO2e pr hra trabalhada Tneladas métricas de CO2e pr tnelada métrica de prdut Tneladas métricas de CO2e pr litr de prdut Tneladas métricas de CO2e pr unidade de prduçã Tneladas métricas de CO2e pr unidade de serviç prestad Tneladas métricas de CO2e pr pé quadrad Tneladas métricas de CO2e pr metr quadrad Tneladas métricas de CO2e pr quilômetr Tneladas métricas de CO2e pr passageir-quilómetr Gramas de CO2e pr passageir-quilómetr Tneladas métricas de CO2e pr megawatt-hra (MWh) Tneladas de CO2e pr barril de óle equivalente (BOE) Tneladas métricas de CO2e pr veícul prduzid Tneladas métricas de CO2e pr tnelada de alumíni Tneladas métricas de CO2e pr tnelada de minéri prcessad Tneladas métricas de CO2e pr nça de ur Tneladas métricas de CO2e pr nça de platina Tneladas métricas de CO2e pr tnelada de agregad Tneladas métricas de CO2e pr tnelada de aç Tneladas métricas de CO2e pr bilhã em funds (meda) sb gestã Outrs, especifique Se vcê selecinar 'Other, please specify' vcê deve digitar a métrica de sua meta na caixa de text frnecida. Utilize frmat de CO2E POR ATIVIDADE, cm nas pções acima. Veja a rientaçã para a questã CC3.1a (metas abslutas) Emissões nrmalizadas d an base Veja a rientaçã para a questã CC3.1a (metas abslutas). Observe que vcê deve digitar a intensidade (nrmalizada) das emissões d an base relevantes para a meta (ist é, ttal de emissões dividid pel denminadr de intensidade), nã as emissões ttais d escp. Pr exempl, se sua meta é reduzir as emissões pr empregad ETI, vcê deve digitar as emissões d an base pr empregad ETI aqui. Até 6 casas decimais pdem ser inseridas nesse camp. An da meta Veja a rientaçã para a questã CC3.1a (metas abslutas) Cmentári Veja a rientaçã para a questã CC3.1a (metas abslutas) Exempls prnts sã frnecids n Bx 9 abaix. 48

49 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. As metas de um an base futur ( business as usual ) nã receberã pntuaçã de divulgaçã u desempenh. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. 49

50 Bx 9: Exempl de tabela de meta de intensidade A tabela a seguir mstra quatr exempls de meta de intensidade: Uma meta em manter as emissões ttais (Escp 1 e 2) pr receita de US$ milhões em perações ns EUA n mesm nível d an passad (ID=I-01); Uma meta em reduzir as emissões ttais d Escp 1 e 2 de 2% a an pr funcinári ETI (ID=I-02); Uma meta de reduçã das emissões de 373 tneladas métricas de CO2e pr MWh prduzid em 2008 para 300 tneladas métricas de CO2e pr MWh prduzids até 2013 (ID=I-03); Uma meta de reduçã das emissões ds vs cmerciais pr trabalhadr FTE em 10% n an financeir a partir de um an base d exercíci financeir de (ID =I-04). ID Escp % das emissõe s d Escp % de reduçã d an base Padrã Métric An bas e Emissões nrmalizada s d an base An da met a Cmentári Int Tneladas métricas de CO2e pr receitas unitárias , Int Tneladas métricas de CO2e pr empregad ETI Esta é uma meta anual móvel Int Tneladas métricas de CO2e pr MWh , Int Viagens cmerciai s Tneladas métricas de CO2e pr empregad ETI An Fiscal (an-base) e AF (an da meta) CC3.1c: Indique as variações nas emissões abslutas que esta meta de intensidade reflete 50

51 Esta questã aparece smente se vcê selecinar "Intensity target" u "Abslute and intesnity targets" em respsta à questã CC3.1. Nte que esta questã refere-se apenas às metas de intensidade relatadas em CC3.1b e nã pertencem às metas abslutas relatadas em CC3.1a. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. ID Direçã da variaçã esperada em terms de emissões abslutas d Escp 1+ 2 na cnclusã da meta % de variaçã esperada em terms de emissões abslutas n Escp 1+ 2 Direçã da variaçã esperada nas emissões abslutas d Escp 3 na cnclusã da meta Variaçã % esperada das emissões abslutas d Escp 3 Cmentári Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Orientaçã sbre cm respnder a cada uma das clunas é frnecida abaix: ID Pr favr, selecine ID exclusiv para sua meta cnfrme definid em CC3.1b. Selecine entre Int1-Int15. Direçã da variaçã esperada em terms de emissões abslutas d Escp 1+2 na cnclusã da meta Preencha esta cluna se sua meta diz respeit às emissões d Escp 1 e/u 2. Selecine uma das seguintes pções d menu suspens: Aument; Diminuiçã, Nenhuma Cas vcê atinja sua meta de intensidade, vcê deve determinar a direçã da variaçã esperada em suas emissões abslutas ttais. Iss terá cm base s pressupsts das variações nas medições ds negócis em que sua meta está baseada. Pr exempl, se sua meta é reduzir suas emissões d Escp 1 pr funcinári em 10% até 2020, vcê precisará prever númer de funcináris que vcê espera ter em 2020 e, pressupnd que a meta seja atingida, saber se iss será um aument, diminuiçã u nã causará variaçã nas emissões ttais cmparadas cm an base de sua meta. Cas vcê tenha definid uma meta relacinada as escps 1+2+3, cmplete s Escps 1 e 2 da tabela. % de variaçã esperada em terms de emissões abslutas n Escp 1+ 2 Preencha esta cluna se sua meta diz respeit às emissões d Escp 1 e/u 2. Esta cluna pede a variaçã percentual das emissões abslutas esperadas, cm base ns cálculs descrits na cluna anterir. Esta cluna aceita valres numérics até 999 e permite até duas casas decimais. Iss deve refletir a variaçã percentual das emissões ttais medidas dentr da categria d Escp esclhida para a meta (u seja, cluna 2 da tabela CC3.1b.) Direçã esperada da variaçã nas emissões abslutas d Escp 3 na cnclusã d meta Preencha esta cluna se sua meta diz respeit às emissões d Escp 3. Selecine uma das seguintes pções d menu suspens: Aument; Diminuiçã, Nenhuma variaçã. Cas vcê atinja sua meta de intensidade, vcê deve determinar a direçã da variaçã esperada em suas emissões abslutas ttais. Iss terá cm base s pressupsts das variações nas medições ds negócis em que sua meta está baseada. Pr exempl, se sua meta é a reduçã das emissões de viagens cmerciais 51

52 d Escp 3 pr empregad em 10% até 2020, será necessári prever númer de funcináris que vcê espera ter em 2020 e, supnd que vcê atinja sua meta, se iss seria um aument, diminuiçã u nã causaria variaçã n ttal das emissões em relaçã a an base referência de sua meta. Cas vcê tenha definid uma meta relacinada as escps 1+2+3, cmplete Escps 3 da tabela. Variaçã % esperada das emissões abslutas d Escp 3 Preencha esta cluna se sua meta diz respeit apenas às emissões d Escp 3. Esta cluna pede a variaçã percentual das emissões abslutas esperadas, cm base ns cálculs descrits na cluna anterir. Esta cluna aceita valres numérics até 999 e permite até duas casas decimais. Iss deve refletir a variaçã percentual das emissões ttais medidas dentr da categria d Escp esclhida para a meta (u seja, cluna 2 da tabela CC3.1b.) Se sua meta inclui uma cmbinaçã de tds s escps, a percentagem de reduçã a ser cntabilizada nas reduções d Escp 1 e/u 2 deverá estar preenchida nas clunas 2-3 e a d Escp 3 preenchida nas clunas 4-5, cm base em estimativas/plans atuais. Vcê deve cmpletar uma linha desta tabela para cada meta de intensidade descrita na respsta da questã CC3.1b.) Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Cas haja metas múltiplas, marcadr de pnts deve ser capaz de identificar qual meta está send discutida, cas cntrári nã haverá cm atribuir pnts de divulgaçã u desempenh. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids para as respstas que façam referência a uma diminuiçã das emissões de carbn. CC3.1d: Frneça mais detalhes sbre prgress alcançad em relaçã a essa meta neste an de referência Esta questã aparece smente se vcê selecinar "Abslut target" u "Intensity target" u Abslute and intensity targets em respsta à questã CC3.1. Nte que esta questã refere-se a tdas metas abslutas e de intensidade relatadas em CC3.1a e 3.1b. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. ID % cmpleta (temp) % cmpleta (emissões) Cmentári Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Orientaçã sbre cm respnder a cada uma das clunas é frnecida abaix: ID Se vcê tiver infrmad as metas absluts em CC3.1a, selecine s IDs únics para essas metas entre Abs1 e Abs15. Se vcê tiver infrmad as metas de intensidade em CC3.1b, selecine um ID únic para elas entre Int1 e Int15. Os IDs selecinads para 52

53 cada meta em CC3.1a e CC3.1b deve ser usad cnsistentemente nas questões sbre metas. % cmpleta (temp) Essa cluna aceita apenas entradas numéricas cm duas casas decimais; nã é necessári inserir símbl de prcentagem. Vcê deve indicar, em que pnt de sua meta vcê está, indicand a prcentagem cncluída n temp. Pr exempl, se seu an base fr 2009, e seu an da meta é 2016 (um períd de meta de 7 ans) e an é 2014 (5 ans até a meta), vcê cmpletu 71% d temp (5/7) * 100). Se vcê tem um an cm meta, u se seu períd de sua meta fi cncluíd n an base, vcê terá 100% de seu temp já utilizad. % cmpleta (emissões) Cmentári Essa cluna aceita apenas entradas numéricas cm duas casas decimais; nã é necessári inserir símbl de prcentagem. Vcê deve indicar, em que pnt de sua meta vcê está, indicand a prcentagem cncluída de emissões. Pr exempl, se sua meta cnsiste em reduzir suas emissões de Escp 1 em 10% até 2016 a E n an de referência, suas emissões de Escp 1 diminuíram 3% em cmparaçã às metas daquele an base, vcê cmpletu 30% de suas emissões ((3/10) *100). Se vcê cncluiu sua meta n an de referência, suas emissões estarã 100% cmpletas. Nte que nã é pssível clcar valres superires a 100% neste camp, n entant, se vcê excedeu seu alv vcê pde explicar iss na cluna cmentári. Se vcê alcançu seu an da meta (u seja, vcê está cm temp 100% cncluíd) mas vcê nã atingiu sua meta, vcê deve digitar a prcentagem da meta cncluída. Cas vcê tenha uma meta absluta de estabilizaçã das emissões de gases de estufa cntra um cert an base, a mens que vcê esteja n an da meta, digite zer. Pr exempl, uma empresa estabelece uma meta absluta para evitar suas emissões usand 2008 cm an base e 2017 cm an da meta. Para s ans de referência até 2017, a empresa deverá digitar 0, antes de digitar 100% em 2017 cas tenha cnseguid cumprir a meta. Vcê pde usar este camp de text para inserir quaisquer utras infrmações que cnsidere relevantes. Iss pde incluir, pr exempl, cm vcê espera que sua trajetória de emissões siga n futur, u se vcê excedeu sua meta vcê pde frnecer detalhes aqui. Vcê deve utilizar até caracteres. Vcê deve cncluir uma linha desta tabela para cada meta descrita em respsta às questões CC3.1a u CC3.1b usand a cluna ID para identificá-las. Pntuaçã de divulgaçãp: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Cas haja metas múltiplas, marcadr de pnts deve ser capaz de identificar qual meta está send discutida, cas cntrári nã haverá cm atribuir pnts de divulgaçã u desempenh. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã; Nã serã cncedids pnts para as empresas que nã tenham cumprid suas metas. 53

54 CC3.1e: Explique: (i) pr que vcê nã pssui uma meta; e (ii) preveja cm suas emissões vã mudar a lng ds próxims cinc ans Esta questã aparece apenas se a pçã "N" estiver marcada em respsta à questã CC3.1. Respnda a esta questã na caixa de text frnecida, utilizand até caracteres. É preferível, embra nã essencial, que sua respsta seja rganizada sb s pnts acima expsts. Ferramentas de frmataçã estã dispníveis na parte superir da caixa de text. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant, esta questã aparece para as empresas que respnderam "Nã" em CC3.1 e serã penalizadas em sua pntuaçã de desempenh em questões anterires. CC3.2: O us ds prduts e serviçs da sua empresa permite que terceirs deixem de emitir GEE? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens. Se vcê selecinar esta pçã, vcê será direcinad à questã CC3.2a nde vcê será slicitad a frnecer mais infrmações (veja abaix); Se vcê respnder "N" vcê passar diretamente à questã CC3.3. Há várias circunstâncias em que uma empresa pde cnsiderar que us de seus bens e serviçs pr utrs tem ptencial para reduzir as emissões de gases de efeit estufa. Pr exempl, uma empresa de islament pde cnsiderar que a instalaçã de seu islament em instalações de utra rganizaçã pde reduzir cnsum de gás para aquecer edifíci, cm a cnsequente reduçã das emissões de GEE. Da mesma frma uma empresa de cnsultria que ferece sluções sbre reduções de emissões/eficiência energética, u um fabricante que prduz um prdut utilizand puc energia elétrica em relaçã as prduts equivalentes n mercad também pderiam cnsiderar-se agentes de reduçã das emissões de gases de efeit estufa de terceirs. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã efetuada n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC3.2a: Frneça detalhes de cm us de seus bens e/u serviçs permitem que terceirs evitem emitir GEE diretamente Esta questã aparece apenas se a pçã "Yes" estiver marcada em respsta à questã CC3.2. Pr favr, respnda a esta questã na caixa de text frnecida. Nte que a cpiar n ORS de utr dcument, a frmataçã nã é mantida. É preferível, embra nã essencial, que sua respsta seja frmatada para distinguir entre s pnts expsts abaix. A caixa de text tem um limite de caracteres. Para respnder a esta questã pr favr abrde s seguintes pnts: i. O Escp representad pelas emissões evitadas; ii. iii. Cm as emissões sã/fram evitadas pr terceirs; Uma estimativa da quantidade de emissões que sã/fram evitadas a lng d temp, pr exempl, x tneladas métricas de CO2e pr an cm uma linha de base de 2007; x tneladas métricas pr an a lng de um períd de 10 ans ( ); 54

55 iv. A metdlgia, s pressupsts, s fatres de emissã e ptenciais de aqueciment glbal (se vcê tiver express sua ecnmia de carbn em CO2e) usad para suas estimativas v. Se vcê está cnsiderand gerar CERs (RCE) u ERU (URE) n âmbit d CDM (MDL) u JI (UNFCCC). Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC3.3: Sua empresa pssui medidas para reduzir emissões que estavam ativas n an de referência (iss inclui aquelas em fase de planejament e/u fase de implementaçã)? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad às questões CC3.3a, CC3.3b e CC3.3c; Se vcê selecinar "N" vcê será direcinad para a questã CC3.3d. Admite-se que diversas empresas, muitas vezes, têm grande númer de iniciativas de reduçã de emissões, perand em escalas e períds de temp variáveis. As empresas devem respnder a esta questã n cntext d an de exercíci d relatóri. Iss pde incluir iniciativas que se trnaram peracinais dentr an base (pr exempl, instalaçã de nvs equipaments, u instigaçã de nvas práticas peracinais) u cmprmisss que fram feits n an de exercíci ds relatóris (pr exempl, investiments que ainda irã se trnar plenamente peracinais). Cm resultad das mudanças intrduzidas na cntabilizaçã d Escp 2, vcê pde agra refletir quaisquer plíticas de aquisiçã de energia renvável cm um cmpnente das atividades de reduçã de emissões. Tenha em mente, entretant, que se vcê já está cmprand instruments de energia renvável e s cntabilizand cm fatr de emissã zer, entã as atividades de reduçã de emissões pdem apenas ser alcançadas cm additinal purchases (cmpras adicinais) para que vcê já está fazend. Ist é, as atividades de reduçã de emissões sã estabelecidas cmparand que vcê fez em ans anterires e que vcê se prpõe a fazer ns próxims ans. As medidas tmadas para reduzir as emissões de escp 3 pdem ser relatadas aqui. Pr favr, nte que as iniciativas nã precisam estar relacinar cm metas específicas relatadas em CC3.1. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã d menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Nã existem pnts de desempenh assciads a esta questã, mas a respsta dada em CC3.3 afetará a pntuaçã de desempenh de CC3.3b CC3.3a: Indique númer ttal de prjets em cada estági de desenvlviment e, para aqueles em fase de implementaçã, infrme a reduçã de CO2e estimada. Esta questã aparece apenas se a pçã "Yes" estiver marcada em respsta à questã CC3.3. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. Ambas as clunas aceitam apenas dads numérics. Onde nã huver prjets em estági de desenvlviment, pr favr, marque zer. O bjetiv dessa questã é demnstrar a avaliaçã sistemática das iniciativas de reduçã de emissões. As empresas devem inserir númer ttal de prjets em cada fase da execuçã na cluna 2 e a ecnmia agregada estimada anual de CO2e na cluna 3 para tds s prjets que estã em estágis 55

56 marcads cm um asterisc (a ser implementad, implementaçã iniciada e implementad). É recnhecid que as ecnmias de CO2e serã uma estimativa. Na questã subsequente será slicitad mais detalhes sb e as atividades individuais (u prgramas de atividade) que fram implementadas n an d relatóri. Os prjets nã precisam estar relacinads a metas específicas divulgadas nesse questinári. Estági de desenvlviment Númer de prjets Ecnmia ttal estimada de CO2e em tneladas métricas de CO2e (apenas para as linhas marcadas cm *) Em fase de pesquisa A ser implementad* Implementaçã iniciada* Implementad* Nã implementad Estági de desenvlviment Sb investigaçã: um prjet ptencial para reduzir as emissões que está em prcess de ser avaliad, mas ainda nã fi aprvad pr sua empresa durante an de referência. A ser implementad: um prjet para reduzir as emissões que tenha sid aprvad para implementaçã pr sua empresa, mas sua aplicaçã nã havia cmeçad durante an de referência. Implementaçã iniciada: um prjet para reduzir as emissões iniciu/fi ativad n an de referência, mas a final d períd de referência ainda nã estava ttalmente ativ/funcinal em sua tarefa para reduzir as emissões. Implementad: um prjet ttalmente implementad durante an de referência, u seja, n an de referência, trnu-se ttalmente peracinal/funcinal em sua tarefa para reduzir emissões Nã implementad: um prjet ptencial para reduzir as emissões que fi avaliad, mas fi descartad pr sua empresa durante an de referência. As empresas devem relatar s estágis de desenvlviment d an de referência. Em utras palavras, s prjets nã devem ser relatads nvamente, a mens que prjet tenha acabad de entrar em uma das fases de desenvlviment n an de referência. N entant, pr exempl, um prjet que anterirmente tenha sid relatad cm "implementaçã iniciada" pderá ser relatad cm "implementad" neste an. Pntuaçã de divulgaçã Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Serã cncedids pnts se fr infrmad "númer d prjet" de tds s estágis de desenvlviment. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 56

57 ip de atividade Descriçã da atividade Estimativ a da ecnmia anual de CO2e em tneladas métricas Escp Vluntári/ brigatóri Ecnmia mnetária anual (valr em unidade mnetária cnfrme especificad em CC0.4) Investiment necessári (meda cnfrme especificad em Q0.4) Períd de retrn financeir (paybac k) Temp de vida estimad da iniciativa em ans Cment ári CC3.3b: Para as iniciativas implementadas n an de referência, pr favr frneça detalhes na tabela abaix. Esta questã aparece apenas se a pçã "Yes" estiver marcada em respsta à questã CC3.3. Vcê deve respnder a esta questã na caixa de text frnecida n ORS e reprduzida abaix. Nte que esta questã só se aplica a iniciativas que fram implementadas n an de exercíci d relatóri. Iniciativas que fram implementadas em um an anterir a exercíci d relatóri nã devem ser reprtadas aqui. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Nã é necessári infrmar cada açã as iniciativas pdem ser registradas em um nível prgramátic. As empresas cm um grande númer de iniciativas devem pririzar aquelas que fram implementadas n an de exercíci d relatóri e aquelas que têm ptencial para frnecer uma cntribuiçã significativa para as reduções de emissões. Admite-se que as atividades de manutençã pdem ter um impact benéfic sbre as emissões de carbn. Elas deverã ser relatadas aqui, apenas n cas dessas atividades terem sid parte de um prgrama definid de atividades de reduçã de emissões u de ter havid um investiment adicinal além da manutençã/substituiçã padrã para efeits de reduçã das emissões. As iniciativas nã precisam estar relacinadas a metas específicas divulgadas nesse questinári. As empresas estã cnvidadas a frnecer infrmações sbre retrn de quaisquer iniciativas de reduções de emissões. Iss deve ser feit através d preenchiment das clunas 6 (ecnmia mnetária anual), 7 (investiments necessáris), 8 (períd de retrn) e 9 (Temp de vida estimad da iniciativa em ans). Nte, n entant, que nem tdas as iniciativas de reduçã de emissões carregam em si um cust significativ muitas atividades, tais cm a eficiência de recurss têm custs de investiment bem insignificante e ainda ferecem ptencialmente uma elevada ecnmia mnetária. Essas iniciativas devem ser incluídas na tabela, cm mínim de investiment necessári refletid na cluna de investiment feit, u selecinand a pçã retrn inferir a uma d an (se este fr cas). Sempre que as iniciativas fizerem parte da manutençã de rtina u substituiçã de equipament necessári (pr exempl, Renvaçã necessária d equipament que tem um benefíci adicinal na reduçã das emissões), pr favr, digite s custs adicinais (prêmi) e a ecnmia mnetária adicinal assciada a mdel de emissões menres (se aplicável). Orientaçã sbre cm respnder a cada uma das clunas é frnecida abaix: Tip de atividade Pr favr, selecine uma das pções a seguir. Nte que essas sã categrias amplas apenas descrições mais detalhadas devem ser inscritas na cluna 2: Eficiência energética: Tecid de cnstruçã Também cnhecida cm estrutura d edifíci u envelpe da cnstruçã, pr exempl, islament, prgrama de manutençã. Eficiência energética: Serviçs de cnstruçã 57

58 Pr exempl, criaçã de cntrles, HVAC, iluminaçã, mtres e unidades de prduçã cmbinada de calr e energia, etc. Eficiência energética: Prcesss Pr exempl, recuperaçã de calr, refrigeraçã, timizaçã de prcesss, cmutadr de cmbustível, ar cmprimid, prduçã cmbinada de calr e eletricidade, tratament de águas residuais, ds resídus, água de prcess, substituiçã de máquinas etc. Reduções de emissões fugitivas Pr exempl, captura de metan da agricultura, reduções de N20 da agricultura, captura de metan de aterr, captura/prevençã de vazament de óle/gás metan natural, reduçã de fugas de fluids refrigerante, etc. Cmpra de energia de baix ter de carbn A rigem pderia ser bimassa, células de cmbustível, getérmica, hidr, slar, água quente slar, bigás, etc., Se a cmpra de energia de baix carbn é um cmpnente de suas atividades de reduçã de emissões, relate também as utras infrmações em CC8.3, CC10.1a e CC11.4; leia as infrmações frnecidas n Bx 26. Instalaçã de energia de baix ter de carbn Iss inclui a instalaçã de geradres de energia limpa em seu própri lcal u em utrs em nme de seus clientes. Reduções de emissões de prcess Iniciativas para reduzir as emissões de prcess da manufatura, pr exempl, nvs equipaments, mudanças nas perações, prcess de seleçã de materiais, etc. Transprte: frta Pr exempl, pr exempl veícul elétric, prgrama de gerenciament de frta, trca de cmbustível, veícul híbrid, melhrias de eficiência d veícul Transprte: utilizaçã Pr exempl, pr exempl viagens de negócis, viagens diárias, transprte, expediçã, etc. Design de prdut Mudança cmprtamental Outrs Descriçã da atividade Este é um camp de text abert, cm um limite de caracteres. Use essa cluna para descrever a atividade em curs u que vcê está planejand empreender. Identifique a natureza da atividade; se é escp 1, 2 u 3; se ela é vluntária u brigatória; e a expectativa de duraçã da iniciativa. Ecnmia anual estimada de CO2e Escp Digite a ecnmia anual esperada de CO2e em tneladas métricas que crrerá cm a iniciativa em execuçã. Admite-se que este númer é pssa ser uma estimativa. Pr favr Intrduza um númer até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Sempre que crrerem ecnmias de frma nã-anual, pr favr, faça uma média para que um númer anual pssa ser frnecid. 58

59 Esta cluna aceita seleções múltiplas. Selecine uma u mais dentre as seguintes pções: Escpe 1 Escpe 2 Escpe 3 Vluntári/Obrigatóri Esta cluna aceita seleções múltiplas. Selecine uma u mais dentre as seguintes pções: Vluntári Obrigatóri Ecnmia Mnetária Anual (unidade mnetária cnfrme especificad em CC0.4) Infrme a quantidade de ecnmia mnetária pr an esperada a partir da iniciativa (pr exempl, na reduçã ds custs de energia) quand estiver ttalmente peracinal. O númer digitad deve ser aprpriad à meda selecinada na questã CC0.4 na página de Intrduçã e deverá ser inserid na íntegra e sem pnts (pr exempl, exempl um milhã deve ser inserid cm ). Sempre que crrerem ecnmias de frma nã-anual, pr favr, faça uma média para que um númer anual pssa ser frnecid. Pdem ser inserids valres até sem casas decimais. Investiment necessári (unidade mnetária cnfrme especificad em CC0.4) Infrme investiment ttal necessári para a iniciativa a lng de sua duraçã. O númer digitad deve ser aprpriad à meda selecinada na questã CC0.4 na página de Intrduçã e deverá ser inserid na íntegra e sem pnts (pr exempl, exempl um milhã deve ser inserid cm ). Pdem ser inserids valres até sem casas decimais. Períd de retrn financeir (payback) O períd de retrn reflete temp necessári para que investiment feit seja cmpensad pela ecnmia mnetária da iniciativa, (Períd de Retrn=Investiment/Ecnmia mnetária). Selecine uma das pções a seguir para descrever períd de retrn da iniciativa: < 1 an 1 a 3 ans 4 a 10 ans 11 a 15 ans 16 a 20 ans 21 a 25 ans > 25 ans Temp de vida estimad da iniciativa em ans Esta cluna refere-se a duraçã das ecnmias crridas n flux de caixa a partir de investiments em mitigaçã de carbn. Esta infrmaçã, em ans, permite que s usuáris de dads calculem a taxa interna de retrn d prjet; também permitem a utilizaçã das infrmações sbre "ecnmia mnetária anual", "Investiment necessári" e "períd de retrn". Cas haja várias atividades de reduçã de emissões para cada tip de atividade, selecine a média para respnder a esta cluna. Selecine uma das pções a seguir para descrever períd de retrn da iniciativa: <1 an 1-2 ans 59

60 Cmentári 3-5 ans 6-10 ans ans ans ans > 30 ans Em andament Este é um camp de text abert, cm um limite de 1500 caracteres. Vcê pde usar esta cluna para frnecer qualquer cntext relevante. Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade N cas ds serviçs de eletricidade, as atividades para reduzir emissões/gast de energia pdem incluir mudança de cmbustível nas instalações existentes u investiment em métds de geraçã cm menres emissões. Pr favr, divulgue esta infrmaçã se fr cas. Para as empresas FBT (Aliments, Bebidas e Tabac) Pedims que as empresas d setr FBT infrmem especificamente sbre as iniciativas implementadas para reduzir as emissões agríclas, de prcessament, de distribuiçã e de cnsum. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Bx 10: Exempls de atividades de reduçã de emissões Exempl 1: Relat de uma atividade de reduçã de emissões implementada n an de referência A empresa "A" implementu 35 prjets individuais fcads na melhria da eficiência energética em váris lcais de prduçã na Eurpa e na América d Nrte. Estes prjets incluíram retrfits de iluminaçã, timizaçã de ar cmprimid e seu bjetiv principal era reduzir as emissões d escp 2. Os prjets glbais exigiram um investiment de cerca de US$ e fram implementads n an de referência. 60

61 Tip de Atividade Eficiência energétic a: Prcess s de cnstruçã Descriçã da atividade Implementu 35 prjets individuais fcads na melhria da eficiência energética em váris lcais de prduçã na Eurpa, na América d Nrte e na Asia (lad d Pacífic). These Estes prjets incluíram retrfits de iluminaçã e timizaçã de ar cmprimid. Estimativa da ecnmia anual de CO2e em tneladas métricas Escp Escp 2 Vluntári/ Obrigatóri Ecnmia mnetária anual (valr em unidade mnetária cnfrme especifica d em CC0.4) Investiment necessári (meda cnfrme especificad em Q0.4) Períd de retrn financeir (paybac k) Vluntári ans Temp de vida estimad da iniciativa em ans ans Cmentári Os prjets fram implementads apenas em nssas áreas de prduçã eurpeia e nrte americana. O praz ds prjets individuais vã de dis a mais de trinta ans. Prtant, fi utilizada a média para cálcul desta cluna. Exempl 2: Relat de uma atividade de reduçã de emissões reavaliada n an de referência A empresa "B" estabeleceu uma atividade de reduçã de emissões pr tda a empresa para garantir que 80% de suas instalações tenham alguma frma de instalaçã de baix carbn em Em 2013, eles cmeçaram a primeira fase cm a implementaçã da geraçã de energia ftvltaica em suas instalações eurpeias. Ist custu cerca de US$ 1,2 milhões, ecnmizu cerca de 400 tneladas métricas CO2e e fi relatad em sua respsta para CDP de Neste an, eles expandiram prjet para suas instalações da África Oriental, exigind um investiment adicinal de US$ e ecnmizand 262 tneladas adicinais de CO2e. Veja cm prjet fi relatad em 2015: 61

62 Tip de Atividad e Instalaç ã cm energia de baix carbn Descriçã da atividade Instalaçã de geraçã de energia ftvltaica nas nssas instalações da África Oriental Estimativa da ecnmia anual de CO2e em tneladas métricas Escp 262 Escp 2 Vluntári/ Obrigatóri Ecnmia mnetária anual (valr em unidade mnetária cnfrme especifica d em CC0.4) Investiment necessári (meda cnfrme especificad em Q0.4) Períd de retrn financeir (paybac k) Vluntári ans Temp de vida estimad da iniciativa em ans Cmentári >25 ans Esta instalaçã é parte de um prjet mais ampl para implementar instalações de baixa emissã de carbn em 80% das nssas fábricas. Há instalações preexistentes de baix carbn nas nssas instalações eurpeias. Exempl 3: Relat de uma atividade de reduçã de emissões em curs A Empresa "C" implementu um prjet de recuperaçã de calr residual, juntamente cm geraçã de eletricidade. O prjet utiliza calr residual d prcess químic de prduçã d ácid sulfúric. Os sistemas avançads de recuperaçã de calr cnvertem excess de calr em vapr para ser utilizad em funções mecânicas; também é usad em turbgeradres a vapr e fram relatads a CDP em Cm esta atividade já fi relatada a CDP em 2012, ela nã pde ser relatada para CDP em 2015, apesar d fat de que ela cntinua reduziind as emissões. Bx 11: Exempl de cm cntabilizar as cmpras de baix carbn cm uma atividade de reduçã de emissões Exempl 1 Em 2013 a empresa D cnsumiu MWh n an de referência, ds quais 8000MWh fam cntabilizads cm cnsum de baixa emissã de carbn através da cmpra de RECs em seus valres d escp 2. Este an, seu cnsum de energia glbal manteve-se estável em MWh, n entant fi cmprad MWh pr mei de RECs e essa cmpra fi cntabilizada ns valres d escp 2. Qualquer cmpra adicinal de energia renvável n an de referência (em cmparaçã cm an anterir) pde ser relatada cm uma atividade de reduçã de emissões. Neste cas seriam emissões de 2000 MWh. Assim, a energia renvável fi cntabilizada neste an em sua respsta a CDP cm uma atividade de reduçã de emissões da seguinte frma: Tip de Atividade Descriçã da atividade Estimativa da ecnmia anual de CO2e em tneladas métricas Escp Vluntári/ Obrigatóri Ecnmia mnetária anual (valr em unidade mnetária cnfrme Investimen t necessári (meda cnfrme especifica Períd de retrn financeir (paybac k) Temp de vida estimad da iniciativa em ans Cmentári 62

63 especifica d em CC0.4) d em Q0.4) Cmpras de energia de baix ter de carbn Cmpru 2000 MWh de energia renvável através de RECs e fram retirads pr nssa empresa 1100 Escp 2 Vluntári >25 ans <1 an Nssa empresa cmpra RECs desde As cmpras de RECs representam agra dis terçs d nss cnsum anual de energia Nte que a empresa "D" cantabilizau apenas as cmpra adicinais de RECs em sua respsta de A ecnmia estimada de 1100 CO2e (cluna 3) que fi atribuída a esta atividade de reduçã de emissões pde ser usada em CC12.1a para calcular a alteraçã glbal das emissões d an anterir devid às atividades de reduçã de emissões. A empresa "A" também deve relatar tds s MWh em suas respstas às questões CC10.1a e CC11.4. Exempl 2 A empresa "B" atua n Canadá, nde a electricidade frnecida à rede é 100% hidreléctrica. Cm mix de cmbustíveis da grade vem de energias renváveis, entã, naturalmente, as emissões de carbn pr MWh serã menres d que em utrs países que têm uma mair prprçã de misturas na grade, riginárias de fntes de cmbustíveis fósseis e, prtant, as suas emissões de escp 2 serã menres. N entant, tend em vista que a empresa "B" nã está cmprand energia diretamente de empresas de energia renvável cntrladas pr instruments aprpriads, ela nã deve relatar essa energia cm send de baix ter de carbn (CC8.3, CC10.1a e CC11.4) u cm uma atividade de reduçã de emissões em CC3.3. CC3.3c: Quais métds sua empresa usa para direcinar s investiments em atividades de reduçã de emissões? Esta questã aparece apenas se a pçã "Yes" estiver marcada em respsta à questã CC3.3. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletad a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Ela visa a reunir infrmações sbre as frmas cm capital é direcinad a atividades de reduçã de emissões n âmbit da empresa, em vez ds mtivadres para fazê-l, u a maneira em que as atividades sã identificadas. Se vcê utilizar recurs "cpy frm last year", reveja a sua respsta para garantir que ela cntinua adequada para an de referência e adicine quaisquer métds adicinais que vcê tem empregad. Métd Cnfrmidade cm s padrões/requisits nrmativs Orçament dedicad à eficiência energética Orçament dedicad para P&D de prdut cm baix carbn Orçament dedicad a utras atividades de reduçã de emissões Envlviment ds funcináris Cálculs de timizaçã financeira Preç intern d carbn Prgramas de incentiv/recnheciment intern Mecanisms de financiament intern Menr retrn na especificaçã d investiment (ROI) Cmentári 63

64 Curva de reduçã marginal de custs Parceria cm s gverns n desenvlviment de tecnlgia Outrs Vcê pde esclher mais de um métd usand btã 'Add Rw' (adicinar linha) n cant inferir direit da tabela. Na primeira cluna, vcê deve selecinar s tips de métds empregads para ajudar a canalizaçã de recurss para atividades de reduçã de emissões; na segunda cluna vcê pde frnecer mais detalhes e exempls, se necessári. A cluna 2 é um camp de text abert cm um limite de caracteres. O Bx 12 demnstra cm as Curvas de Cust Marginal de Reduçã de Emissões (MACC) pdem ajudar na identificaçã das iniciativas de reduçã de emissões mais rentáveis e, cm tal, seu investiment diret. Pntuaçã de divulgaçã Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh Esta questã recebe pntuaçã. CC3.3d: Se sua empresa nã pssui iniciativas de reduçã de emissões, pr favr explique pr que nã Esta questã aparece apenas se a pçã "N" estiver marcada em respsta à questã CC3.3. Pr favr, cmplete sua respsta na caixa de text frnecida, usand até caracteres. Frneça uma respsta abrangente a esta questã, explicand pr que sua cmpanhia nã está tmand medidas para reduzir as emissões. Pntuaçã de divulgaçã Esta questã recebe pntuaçã. Perfrmance scre: This questin is nt scred hwever cmpanies presented with this questin will have respnded N in CC3.3 and will be penalized in their perfrmance scre in previus questins. Bx 12: As Curvas de Custs Marginais de Abatiment As Curvas de Custs Marginais de Abatiment u MACCs, frnecem um métd de avaliar pssíveis atividades de reduçã de emissões. Elas frnecem uma cmparaçã visual ds custs marginais de abatiment para diferentes prjets. MACCs pdem ser geradas para avaliar as pções em qualquer nível da rganizaçã de divisões de negócis individuais, até s negócis em geral e s setres e países, avaliand prjets individuais, prgramas u plíticas. Os custs marginais de abatiment sã calculads dividind s custs d prjet (calculads a partir d cust inicial mens as ecnmias realizadas cm resultad d prjet), pelas emissões de gases de efeit de estufa ecnmizadas a lng de um períd de temp especificad de investiment. 64

65 MAC = Custs iniciais Ecnmia gerada Emissões de GEE ecnmizadas Sã, entã, rganizads, em seguida, cm menr cust (cust negativ em algum mment) d lad esquerd, e cm aument n cust à direita, criand a curva. Abaix está um exempl retirad d relatóri Building a UK Transprt Supply-side Marginal Abatement Cst Curve d Cmitê para as Mudanças Climáticas da Grã-Bretanha sbre mudanças climáticas (Janeir de 2008). Embra seja setrial e nã n âmbit da empresa, princípi é mesm. O "lad esquerd" d MACC Os prjets/iniciativas d "lad esquerd" d MACC sã aqueles em que há ecnmias de custs a serem feitas a lng da duraçã d prjet cm resultad da ecnmia de emissões e, prtant, mesm sem um cmprmiss de investiment em reduçã de carbn, deve ser implementada de um pnt de vista de reduçã de custs. Onde as barras se estendem acima da linha, há custs psitivs assciads cm as prpstas. Aqui a curva MACC pde ser usada para sugerir as pções de menr cust para se alcançar um destin específic. Usand exempl acima, uma ecnmia de 9.5MtCO2 pde ser feita pr um cust de mens de 40/tnelada de CO2. Assim cm em tds s métds de avaliaçã, a precisã d MACC dependerá ds dads de entrada. 65

66 CC4.Cmunicações Orientaçã Gerais Apenas uma questã está incluída nesta seçã, a qual slicita infrmações sbre a cmunicaçã da sua psiçã sbre mudança climática e sbre as emissões de carbn. Quand as infrmações relevantes estiverem na web, será necessári prduzir um dcument estátic para ser anexad. Essa exigência se dá devid à necessidade de manter uma respsta fixa a lng d temp que pssa ser acessada na íntegra e a qualquer mment n futur; uma URL é necessariamente dinâmica e, prtant, nã é pssível atender a esse requisit. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: A questã CC4.1 (CDP 2014 CC4.1) fi reestruturada para melhrar a autmaçã da pntuaçã e reduzir s encargs assciads à prestaçã de infrmações. A lista suspensa da primeira cluna (Publicaçã) fi revisada. Em 2015, a pntuaçã das duas principais pções de relatóri financeir será igual. Ist será revist em 2017, quand a diretiva cmunitária de relatóris financeira fr implementada. Fi adicinada uma nva cluna (Status). Ist permitirá que a empresa identifique a fase de desenvlviment em que sua publicaçã se encntra e trará melhrias para a clareza das divulgações. Pré-preenchiment Nenhuma das questões nessa página sã elegíveis para pré-preenchiment se vcê respndeu n an passad. Versã PME Nenhuma das questões desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC4.1: Sua empresa publicu alguma infrmaçã sbre sua respsta frente às mudanças climáticas e perfrmance de emissões de GEE neste an de referência além d reprte a CDP? Em cas afirmativ, pr favr, anexe a(s) publicaçã(ões) Pr favr, use a tabela frnecida n ORS (reprduzida abaix) para identificar seu anex. Publicaçã Status Página/Seçã de referência Selecine: Select frm: Caixa de text Nã Cmplet Ns relatóris financeirs principais em cnfrmidade cm quadr da CDSB Ns relatóris financeirs principais, mas ainda nã usei quadr CDSB Em utrs relatóris nrmativs Em andament an anterir anexad Anexar dcument Clique em Brwse para Identificar anex e entã clique Attach (Anexar). 66

67 Em cmunicações vluntárias Em andament este é nss primeir an Se vcê deseja inserir mais de um relatóri, pr favr, use btã Add rw n cant inferir direit da tabela. Pr favr, certifique-se de que seu apeg é abaix ds 500KB. Publicaçã Status Relatóris financeirs principais: O CDP utiliza a definiçã d CDSB e descreve s relatóris financeirs principais cm pactes de relatóris anuais ns quais certas empresas sã brigadas a entregar seus resultads financeirs auditads cm base nas leis relativas às empresas, à cnfrmidade u leis de valres mbiliáris d territóri u territóris ns quais pera. Recnhece-se que em alguns territóris, diverss dcuments pdem preencher essa definiçã. Pr favr, anexe apenas aqueles que fazem referência a infrmações sbre mudanças climáticas. Outrs relatóris nrmativs: Outrs relatóris nrmativs sã aqueles que sã brigatóris na legislaçã nacinal u reginal, mas que nã recaem na definiçã de relatóris financeirs principais, cnfrme afirmad acima. Exempls de relatóris: aqueles elabrads a partir das regras federais AB32, regulament ETS u Victrian Energy Efficiency Target (VEET) na Austrália. Cmunicações vluntárias: Exempls de cmunicações vluntárias pdem incluir relatóris vluntáris de Respnsabilidade Scial Empresarial (RSE) u sustentabilidade, publicações vltadas para cnsumidr e publicidade, websites das empresas, discurss executivs e apresentações. O relatóri deve estar relacinad cm an de referência embra se recnheça que ele pde nã ser publicad n an de referência. N cas de s relatóris nã estarem prnts para publicaçã n mment da apresentaçã da sua respsta para CDP, selecine uma das pções que indicam que relatóri está "em andament" (underway). Sempre que vcê puder anexar relatóri d an anterir para demnstrar que a infrmaçã é rtineiramente publicada dessa maneira, selecine " (underway) -... previus year attached" e cmplete as duas clunas restantes da tabela cm relaçã a este relatóri. Ns pnts nde fr primeir an que vcê irá publicar infrmações desta frma, marque " (underway) this is ur first year" e deixe as utras duas clunas da tabela em branc. Sempre que a publicaçã já estiver dispnível, selecine " (cmplete)" - cmplet. Página/Seçã de referência Identifique a(s) página (s) u seçã (ões) d relatóri anexad que refere(m)-se à mudança climática e/u desempenh de emissões de gases de efeit estufa. Cas s dcuments estejam relacinads na íntegra às mudanças climáticas u GEE, indique iss. Se seu dcument cntiver apenas 1 página, pr favr, ainda indique ist. Anexar dcument Para anexar dcument à Cluna 4, clique n btã Brwse para lcalizar dcument e entã clique n btã Attach para anexá-l à respsta. O nme d dcument entã aparecerá na cluna cm uma caixa de marcaçã vazia a lad. Para remver anex, marque essa caixa e clique Remve (Remver). Certifique-se de que seu anex está abaix de 500KB. Cm bservad acima na rientaçã geral para esta página, nã é pssível incluir URLs cm evidência de relatóris. A respsta a CDP deve ser cncluída a lng d temp e, prtant, links da web nã serã aceits. N entant, se este é frmat para a sua cmunicaçã, vcê pde frnecer 67

68 fts/screenshts das páginas relevantes cm anex. Observe também que s dcuments anexads pdem ser em idimas diferentes d inglês. Pntuaçã de divulgaçã Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 68

69 Bx 13: The Climate Disclsure Standards Bard (Cnselh de Nrmas de Divulgaçã sbre Clima) O que é? O Cnselh de Nrmas (CDSB) é um cnsórci de empresas e rganizações ambientais, frmad na reuniã anual d Fórum Ecnômic Mundial em O CDSB está empenhad em desenvlver mdel de cmunicaçã crprativ glbal para cntabilizar s impacts ambientais da atividade crprativa e melhrar a cnfiança das infrmações que impulsinam mercad de capitais d mund. O bjetiv d CDSB é fazer cm que: As rganizações relatem suas infrmações ambientais cm que fazem em relaçã às infrmações financeiras; Os investidres administrem ambiente da mesma frma que fazem cm capital financeir; e O capital natural seja igualad a capital financeir cm alg cletivamente essencial para a cmpreensã d desempenh das empresas e para a cntinuidade ds sistemas ecnômics, sciais e ambientais. A Missã d CDSB é bter infrmações ambientais úteis à tmada de decisões pr mei d mdel de relat crprativ principal para incentivar a alcaçã de capital em atividades que prtejam mei ambiente. O CDSB leva sua missã a frente através d desenvlviment e da defesa de nrmas internacinais de elabraçã de relatóris que pssam ser utilizads pelas rganizações quand estiverem divulgand infrmações ambientais em seus relatóris principais; A utilizaçã das nrmas d CDSB nã resulta na a elabraçã de um relatóri nv u separad. O framewrk d CDSB é retirad de utras nrmas e padrões de elabraçã de relatóris, bem cm de pedids de divulgaçã relacnads, s quais especificam s princípis e características ds resultads. O CDSB visa alinhar estes princípis, requisits e rientações de implementaçã, na medida d pssível, cm as nrmas mdels e práticas existentes e em desenvlviment. O desenvlviment das nrmas d CDSB é supervisinad pr um Grup de Trabalh Técnic. A primeira nrma d CDSB, publicada em 2010, salientava s riscs e prtunidades da mudança climática para a estratégia, desempenh e cndiçã financeira de uma rganizaçã. Em respsta à evluçã ds relatóris ambientais e crprativs, incluind a adçã da diretiva sbre elabraçã de relatóris nã financeirs da UE, a nrma d CDSB fi atualizada em 2015 para ferecer rientações sbre a elabraçã de relatóris ambientais. Para mais infrmações sbre as nrmas d CDSB pdem ser encntradas em seu site Pr que CDP apia as nrmas d CDSB? O CDP trabalha para transfrmar a maneira cm mund faz negócis para evitar mudanças climáticas perigsas e prteger nsss recurss naturais, particularmente, frnecend infrmações ambientais relevantes para s investidres. Tend em vista a frma particular cm que s investidres utilizam s dads, ist é, através ds relatóris financeirs principais, entã é parte integrante da missã d CDP fazer cm que as empresas utilizem as nrmas d CDSB para frnecer infrmações sbre seu capital natural as investidres através de seus relatóris financeirs principais. Prtant, a incluir as infrmações ns relatóris financeirs principais, CDSB trnu-se uma ferramenta imprtante para frmalizar e manter prgress significativ feit pel CDP a desenvlver relatóris relacinads a clima. O CDP atua cm secretári d CDSB, gerenciand seu prgrama de trabalh em nme ds membrs d Cnselh. 69

70 Riscs & Oprtunidades CC5.Riscs das Mudanças Climáticas Fluxgrama das Questões Riscs das mudanças ns Regulaments Riscs impulsinads pr mudanças ns Regulaments CC5.1a: Descreva seus riscs inerentes causads pr mudanças ns regulaments # CC5.1: Sua empresa identificu riscs inerentes relacinads às mudanças climáticas que têm ptencial de gerar uma mudança substancial ns seus negócis, faturament e gasts? Riscs causads pr mudanças físicas ns parâmetrs climátics Riscs das mudanças ds parâmetrs físics d clima CC5.1b: Descreva s riscs inerentes causads pr mudanças ns parâmetrs físics d clima # Riscs das mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima riscs das mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima CC5.1c: Descreva s riscs inerentes causads pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima # CC5.1d: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta a riscs inerentes, gerads pelas alterações ns regulaments que têm ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, receitas u despesas de seus negócis # FIM CC5.1e: Explique pr que vcê nã cnsiderar que sua empresa está expsta a riscs inerentes gerads pr parâmetrs físics d clima que têm ptencial para gerar uma frte mudança em suas perações de negóci, receitas u despesas # Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME CC5.1f: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta a riscs inerentes gerads pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads cm clima que têm ptencial de gerar uma alteraçã significativa em suas perações, negócis, receitas u despesas. # FIM 70

71 Orientaçã Gerais Muits ds desafis enfrentads a relatar sbre as questões de mudanças climáticas sã cmuns a utrs aspects d relatóri crprativ, que exige que vcê frneça declarações sbre sua cndiçã futura. Algumas rganizações, especialmente as empresas de cntabilidade e seus órgãs diretivs, publicaram rientações sbre cm preparar declarações que cntenham infrmaçã rientada para futur. Antes de cmpletar as questões que cbrem s riscs, vcê pde querer cnsultar s departaments financeir, jurídic e/u de cnfrmidade para acnselhament sbre a abrdagem geral da sua empresa para a prestaçã de declarações prspectivas e infrmações sbre riscs. Observe que as questões dizem respeit a risc "inerente" e nã a risc "residual", após as medidas de gestã terem sid levadas em cnsideraçã. O prcess de identificaçã e pririzaçã de riscs é tema da questã CC2.1 na página Estratégia d pedid de infrmações. Esta página pede que as empresas descrevam s riscs identificads nde exista ptencial de mudança significativa nas perações de negócis, receitas u despesas que surjam. Nã é necessári relatar tds s riscs identificads - sua respsta deve fcar naqueles que têm ptencial para gerar uma alteraçã significativa em suas perações de negócis, receitas u despesas. A maneira cm que s riscs sã classificads sã cmuns a tds s tips de riscs nesta seçã e sã descrits n Bx 14 abaix. Mais detalhes sbre s diferentes tips de risc sã frnecids nas Orientações Específicas sbre as Questões. Orientaçã para as empresas d Setr de petróle e gás, de eletricidade, de fabricaçã de autpeças e autmóveis e para as empresas de FBT. N final das seções de rientaçã sbre as questões de riscs e prtunidades, há, em muits cass, rientaçã específica para as empresas destes setres. Tal pnt especifica alguns fatres que sã de particular interesse as grups de investidres e, pr iss, desejam que s setres levem em cnsideraçã s referids cnteúds em suas respstas. Cas sua empresa cnsidere que algum fatr listad sb a rubrica "utras prtunidades" está, n cas de sua empresa, relacinad a regulament e que tal fatr pde ser melhr discutid nas questões sbre as prtunidades geradas pels regulaments ("regulatry pprtunities"), pr favr, faça assim e nã fique limitad às questões de risc e prtunidade que pssuem fatres listads. Principais Mudanças em relaçã a 2014 As seguintes alterações fram feitas: As questões CC5.1, CC5.1a, CC5.1b, CC5.1c, CC5.1d, CC5.1e e CC5.1f fram ligeiramente alteradas para incluir s riscs "inerentes" da mudança climática. Em CC5.1a, CC5.1b e CC5.1c limite de caracteres nas clunas "Implicações financeiras estimadas" e "Cust da gestã" fram aumentads de 500 para Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC5.1, CC5.1a, CC5.1b e CC5.1c nesta página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME As empresas que respndem a questinári SME apenas precisam respnder as questões CC5.1 e CC5.1a, b u c e CC5.1d, e e/u f, cas sejam relevantes. Bx 14: Descriçã d Risc 71

72 Esse quadr frnece mais detalhes sbre s diferentes aspects da descriçã d risc. Nte-se que tds s riscs devem ser cnsiderads cm risc "inerente", ist é, sem levar em cnta quaisquer medidas ptenciais de mitigaçã/gerenciament que fram u pderiam ser implementadas. Geradr de Risc geradr de risc descreve a rigem d risc e dependerá d tip de risc (nrmativ, físic, utr) esclhid. Mais detalhes sbre s diferentes tips de risc sã frnecids nas Orientações Específicas sbre as Questões. Impact Ptencial - impact ptencial é efeit que risc pderia ter sbre s negócis. Ist pderia crrer através d aument de custs, diminuiçã de receitas u acess mais limitad a capital. Uma lista mais detalhada das pções está dispnível n ORS e está descrita em Orientações Específicas sbre as Questões. Períd praz cnsiderad para impact, cm a cncretizaçã da prbabilidade e magnitude relatadas nas clunas 6 e 7. É recnhecid que s riscs para futur distante sejam suscetíveis de ter um mair grau de incerteza assciad a eles. Neste questinári s períds de temp sã definids cm: Até 1 an, 1 a 3 ans, 3 a 6 ans, >6 ans, u Descnhecid. Diret/Indiret alguns riscs terã um impact diret n seu negóci, pr exempl, events de aument d nível d mar u uma tempestade cm ptencial de afetar suas instalações csteiras. N entant, s utrs só afetarã seu negóci indiretamente, prque eles também afetam seus clientes (que pr sua vez, em seguida, afeta a necessidade deles pr seus prdut e serviçs) u prque afetam sua cadeia de frneciment (e, prtant, a capacidade de frnecerem prduts e serviçs a vcê a um preç adequad). Definir se s riscs estã relacinads cm impacts direts, indirets (Cadeia de frneciment) u indirets (Cliente). Prbabilidade d impact a prbabilidade de crrência d impact, juntamente cm a magnitude (veja abaix) sã s blcs de cnstruçã de uma matriz de risc/prtunidade um métd cmum de identificaçã e pririzaçã de riscs e prtunidades. A prbabilidade refere-se a impact que pde crrer em seus negócis dentr d praz previst, que, n cas de um risc inerente, pde ser semelhante à prbabilidade d event climátic em si. Pr exempl, quand risc se relacina cm uma parte de uma nva legislaçã que já fi preparada em frma de rascunh, a prbabilidade de impact assciad à crrência desse risc será relativamente elevada. Os terms usads para descrever a prbabilidade fram retirads d relatóri d Painel Intergvernamental Sbre Mudanças Climáticas (IPPC) de Eles estã assciads às prbabilidades, indicand a prbabilidade percentual da crrência d event. Nã é necessári que s respndentes calculem as prbabilidades para s riscs que estã cnsiderand, n entant, eles pdem dar uma indicaçã quant a significad ds terms. Os terms das prbabilidades sã: Virtualmente cert (mais de 99% de prbabilidade); Muit prvável (mais que 90% de prbabilidade); Prvável (mais que 66% de prbabilidade); Mais prvável d que nã (mais que 50% de prbabilidade); Tã prvável cm nã (entre 33% e 66% de prbabilidade); Imprvável (mens de 33% de prbabilidade); Muit imprvável (mens de 10%); Extremamente imprvável (mens de 1% de prbabilidade); Descnhecid. Magnitude d Impact a magnitude descreve grau a qual impact, se ele crresse, afetaria seus negócis. Ela cnsidera a empresa cm um td e, prtant, pde refletir dan causad e a expsiçã as ptenciais dans. Pr exempl, duas empresas pdem ter instalações idênticas lcalizadas na csta de uma área que é vulnerável a aument d nível d mar. N entant, se uma empresa A baseia-se nessa instalaçã para 90% da sua capacidade de prduçã e a empresa B recebe dela apenas 40% da sua capacidade de prduçã, a magnitude d impact de um aument d nível d mar na empresa A será muit mair. Nã é pssível definir cm precisã s terms para a magnitude, pis eles variam de empresa para empresa. Pr exempl, uma reduçã de 1% ds lucrs terá efeits diferentes para cada empresa, dependend das margens de lucr cm qual elas trabalham. Pr esse mtiv, pedims às cmpanhias que determinem a amplitude em uma escala qualitativa: alta, médi-alta, média, médi- baixa, baixa e descnhecida. Fatres a serem cnsiderads incluem: (a) a prprçã de unidades de negócis afetadas; (b) tamanh d impact sbre as unidades de negócis 72

73 e (c) ptencial de precupaçã ds acinistas u d cliente. Um impact de magnitude relativamente alta pderia crrer devid a um efeit grande em um desses aspects, u pequens efeits em tds s três cmbinads para criar um mair impact Implicações financeiras estimadas - estimativas quantitativas ds impacts financeirs inerentes as riscs sem levar em cnsideraçã quaisquer cntrles que vcê tenha implementad para mitigar s impacts. Um exempl seria cust da destruiçã de instalações pr cndições meterlógicas extremas, antes de levar em cnsideraçã a cbertura d segur. É recnhecid que estes valres serã uma estimativa. Métd de gestã métds que vcê está usand u pretende usar para gerenciar risc pderiam incluir a diversificaçã da ferta de prdut/serviç, pesquisa e desenvlviment em nvas linhas de prduts u lbby ds tmadres de decisã (decisin makers). Em tds s cass, identifique cm essa açã tem afetad (u espera-se que afete) a prbabilidade e/u a magnitude d risc e em que praz espera-se que risc seja reduzid u reduza. Cust de gestã - s custs assciads às ações de gerenciament descritas pr vcê e se eles sã custs anuais (e em cas afirmativ, pr quants ans incrrerã) u de capital. Sempre que nã huver custs adicinais para a açã, explicite que este é cas. Quand cust fr integrad em rçaments existentes, frneça uma estimativa da escala desses custs. Bx 15: Adaptaçã às Mudanças Climáticas O Painel Intergvernamental sbre mudanças climáticas (IPCC) define a adaptaçã cm " prcess de ajustament a clima atual u esperad e seus efeits. Ns sistemas humans, a adaptaçã visa mderar s dans u explrar prtunidades benéficas. Ns sistemas naturais, a intervençã humana pde facilitar a adaptaçã a clima esperada e seus efeits". Para as empresas, principal bjetiv da adaptaçã é a cnstruçã da resiliência (capacidade de respsta) às mudanças climáticas para a cntinuidade d serviç em tda a rganizaçã. Os benefícis adicinais da adaptaçã (e ds relatóris sbre a adaptaçã) pdem incluir seguinte: O Relatóri Stern (Stern Review n the ecnmics f climate change) recnhece a necessidade de agir agra para minimizar s custs e maximizar s benefícis futurs decrrentes da mudança climática. Pr exempl, pde ser mais car revitalizar e mdernizar (retrfit) s edifícis d que prjetá-ls de frma adequada já n iníci. Passar pr um prcess estabelecid de emissã de relatóris pde resultar em uma respsta mais planejada e ecnômica para a mudança climática. Através ds relatóris, as rganizações serã capazes de (i) envlver-se cm utrs setres sbre s quais as suas funções pdem depender indiretamente e (ii) certificar-se de que nã existem lacunas u barreiras para a adaptaçã. Encrajams as empresas a apresentar relatóris sbre seus plans de adaptaçã na cluna "Métd de gestã" da questã CC5.1a - CC5.1c sempre que iss fr relevante. Além diss, cas as empresas cnsigam tirar prveit ds efeits das mudanças climáticas, entã estes benefícis devem ser apresentads na seçã Oprtunidades da Mudança Climática, questã CC6.1a CC6.1c se este fr cas. Cnfrme recmendad pel Defra (Departament para assunts Ambientais, Alimentícis e Rurais d Rein Unid), a relatar sbre adaptaçã, as empresas devem frnecer uma declaraçã das plíticas e prpstas para a adaptaçã às mudanças climáticas e s prazs para implementaçã das prpstas e plíticas. 73

74 Fnte: Defra (2011) Adaptatin Reprting Pwer. Para bter mais infrmações sbre adaptaçã, cnsulte s seguintes sites: DEFRA: Adaptaçã à mudança climática IPCC Fifth Assessment Reprt: Impacts, adaptatin and vulnerability (n prel, març de 2014) EPA:Climate Change Impacts and Adapting t Change (Impacts da Mudança Climática e Adaptaçã à Mudança) Orientações Específicas sbre as Questões CC5.1: Sua empresa identificu riscs inerentes, relacinads às mudanças climáticas (atuais u futurs) que têm ptencial de gerar uma mudança substancial ns seus negócis, faturament e gasts? Riscs causads pr mudanças ns regulaments Riscs causads pr mudanças físicas ns parâmetrs climátics Riscs causads pr utrs fatres relacinads a clima Marque tdas as categrias de riscs que se aplicam a seu negóci. Os riscs pdem ser: Vivenciads atualmente u esperads n futur Já gerenciads e, prtant, nã geradres de impacts negativs residuais (pr exempl, pr causa de uma apólice de segur) Recentemente identificads Riscs que nã pdem ser gerenciads Bem cmpreendid u cm alts níveis de incerteza n que se refere à prbabilidade d risc crrer e a grau de seu impact sbre s negócis Os riscs regulatóris resultam plítica gvernamental municipal, estadual, reginal, nacinal u glbal atuais e/u esperadas, relacinadas às mudanças climáticas. Os riscs incluem a impsiçã de limites de emissões, nrmas de eficiência energética e s regimes de cmérci de carbn, além de utrs. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC5.1a. Riscs físics pdem ser causads cndições meterlógicas extremas u mudanças sutis ns padrões climátics. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC5.1b. Outrs riscs relacinads às mudanças climáticas incluem reputaçã, mudança d cmprtament d cnsumidr, mudanças induzidas em ambientes humans e culturais, flutuações das cndições sciecnômicas, aument da demanda humanitária, entre utrs. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC5.1c Para efeits desta respsta, s riscs identificads devem ser apenas aqueles que pdem atualmente u ptencialmente causar impacts cmerciais inerentemente significativs, independentemente de empresa ter tmad medidas para mitigá-ls u nã. Nte que nã há nenhuma necessidade de relatar tds s riscs, para respnder às questões desta página, basta identificar s riscs mais imprtantes. As seleções feitas em respsta a esta questã determinam as questões que aparecerã n restante da página d ORS. Observe que, se vcê inserir detalhes nas questões subsequentes e, em seguida, alterar a seleçã na questã CC5.1, seus dads serã perdids. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. 74

75 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC5.1a: Descreva seus riscs inerentes causads pr mudanças ns regulaments Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Risks driven by changes in regulatin em respsta à questã CC5.1. Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS. A tabela é apresentada a seguir cm rientações sbre cm cmpletar as clunas. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Geradr de risc Descriçã Impact ptencial Períd Diret/ Indiret Prbabilidade Magnitude d impact Implicações financeiras estimadas Métd de gestã Cust de gestã É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Geradr de risc Ver Bx 14. Selecine uma das pções a seguir. Acrds internacinais iss pde incluir acrds internacinalmente vinculantes, negciads dentr d quadr das cnvenções internacinais das Nações Unidas (pr Prtcl de Quit) u qualquer utr prtcl recnhecid internacinalmente exempl, Prtcl de Quit) u qualquer utr prtcl recnhecid internacinalmente Limites de pluiçã d ar - um tip de regulament que impõe sbre as emissões limites específics da cncentraçã de pluiçã d ar (cmand e cntrle); um exempl é plan de implementaçã da Oregn Clean Air Act. Impsts de carbn - um tip de regulament que a impõe incentivs ecnômics específics para pluidres. O cntrle d pluente é cnseguid pela internalizaçã d seu cust (sb a frma de um impst) pela entidade regulamentada; Os exempls incluem impst sbre carbn na França e na GB, impst Climate Change Levy (CCL). Regimes de Cap and Trade - Regulament que limita s níveis de emissões de um prdut/pluente. Também cnhecid cm regimes de cmérci de emissões. Licenças sã emitidas para cmercializar a capacidade de emissã de prduts/pluentes. Atua cm um incentiv ecnômic através da criaçã de um mercad específic pr mei d qual sã negciadas as licenças. Exempls incluem Regime de Cmercializaçã de Emissões da Cmunidade Eurpeia, Regime de Cmercializaçã de Emissões da Creia d Sul e Regime Obrigatóri de Cap and Trade d Japã. Obrigações de cmunicaçã das emissões - nrmas que exigem a divulgaçã de dads às autridades e/u a públic. Inclui registrs de liberaçã e transferências de pluentes. Pdem incluir brigações de cmunicaçã de energia bem cm relatóris de emissões. Os exempls incluem a Lei Australiana d Sistema Nacinal de Relatóris sbre Efeit Estufa e Energia de 2007 e Regulament de Relatóris Obrigatóris sbre GEE d estad d Nv Méxic, ns EUA. 75

76 Descriçã Impsts e regulaments sbre cmbustível/energia - regulaments dirigids principalmente a cnsum de cmbustível e/u utrs tips de energia, mas nã especificamente às emissões de gases de efeit estufa; um exempl é Regime de Eficiência Energética d CRC (Cmprmiss de Reduçã das Emissões Carbn Reductin Cmmitment) n Rein Unid. Regulaments e nrmas sbre eficiência ds prduts - regras u nrmas que exigem eficiência específica na prduçã u cmercializaçã de um prdut, pr exempl, regulaments em cnstruções civis relativs à eficiência energética, cm da diretiva eurpeia sbre desempenh energétic de edifícis. Nrmas e padrões de rtulagem de prduts - regulaments u nrmas que impõem requisits específics de rtulagem ds prduts, pr exempl, Diretiva da UE sbre a rtulagem de aparelhs elétrics. Acrds vluntáris - tip específic de instrument ambiental em que empresas e autridades d Estad estabelecem um acrd e bjetivs específics sã negciads entre as partes; um exempl é Acrd sbre as Mudanças climáticas d Rein Unid. Regulaments ambientais gerais, incluind planejament - inclui uma regulamentaçã mais ampla, cm nrmas de prteçã ambiental (u leis), planejament e utrs regulaments. Exempls incluem a lei de prteçã ambiental da República Ppular da China e a nrma sbre mudanças climáticas d Rein Unid. Regulaçã sbre energia renvável s bjetivs de regulamentaçã nacinal e internacinal sbre energia renvável u a regulamentaçã de api de energia renvável sã alguns ds principais geradres d cresciment d us de energia renvável. Incertezas ds Regulaments nvs embra regulament pssa gerar riscs para as atividades de negócis pr mei de custs adicinais necessáris para fins de cnfrmidade, uma incerteza quant às regulamentações pde criar dificuldades n desenvlviment de nvs prduts u iniciativas pel risc de incmpatibilidades futuras. Falta de regulamentaçã cnfrme descrit acima, a falta de uma estrutura plítica clara pde criar riscs relativamente alts quant a caminh futur e um mercad desequilibrad para as empresas. Outrs geradres nrmativs se s geradres nrmativs identificads pr sua empresa nã estiverem incluíds na lista, selecine esta pçã e frneça mais detalhes na cluna descriptin (descriçã). Use este camp de text para frnecer mais infrmações cntextuais sbre geradr de risc, incluind frneciment de mais detalhes sbre Regulament exat e quaisquer exempls gegráfics u reginais ntáveis. Sempre que pssível, frneça detalhes específics da empresa. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Impact ptencial Ver Bx 14. Selecine uma das pções a seguir. Observe que vcê tenha a expectativa de sfrer mais de um impact dentre s listads abaix, vcê deve selecinar apenas mais significativ. Aument d cust peracinal um aument ds custs nrmais d negóci Aument d cust d capital um aument nas despesas de capital necessárias para manter a cmpetitividade da empresa, pr exempl, para cmprar equipaments cm mais frequência, que implica uma despesa de capital mais elevada u que negóci talvez precise ser instalad em um nv lcal, que pderia implicar em investiments em terrens, edifícis e cnstruçã 76

77 Reduçã da demanda pr prduts e serviçs um declíni na demanda ds clientes pr seus prduts e serviçs Reduçã/interrupçã da capacidade de prduçã incapacidade de manter níveis de prduçã máxima Reduçã da dispnibilidade de capital vcê pde precisar fazer certs investiments e nã ter acess a capital u btê-l apenas a altas taxas de jurs. Reduçã ds preçs das ações (avaliaçã de mercad) diminuiçã d interesse ds investidres em seus prduts e serviçs Incapacidade de fazer negócis barreiras à participaçã de mercad pdem surgir, pr exempl, uma cmpanhia de segurs pde achar que eles sã incapazes de ferecer apólices devid as níveis extremamente elevads de incerteza Desigualdades sciais mais amplas desigualdades que nã fazem parte ds bjetivs financeirs principais de uma empresa Outrs, especifique Períd (interval de temp) Ver Bx 14. Selecine uma das pções a seguir: Diret/indiret Até 1 an 1 a 3 ans 3 a 6 ans > 6 ans Descnhecid Ver Bx 14. Selecine uma das pções a seguir: Prbabilidade Diret Indiret (Cadeia de frneciment) Indiret (Cliente) Ver Bx 14. Selecine uma das pções a seguir: Praticamente cert Muit prvável Prvável Mais prvável d que nã Tã prvável quant nã Imprvável Muit imprvável Excepcinalmente imprvável Descnhecida Magnitude d impact Ver Bx 14: Selecine entre as seguintes pções: Alta Média-alta Média Média-baixa Baixa 77

78 Descnhecida Implicações financeiras estimadas Ver Bx 14. Use este camp de text para frnecer infrmações sbre as implicações financeiras estimadas ds riscs. Sempre que pssível, frneça descrições financeiras numéricas (intervals aberts u fechads u % em relaçã a um valr declarad u dispnível publicamente). Se nã huver nenhuma implicaçã financeira, ist deve ficar clar. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Métd de gestã Ver Bx 14. Use este camp de text para frnecer infrmações sbre s métds que vcê está usand para gerenciar s riscs. Sempre que pssível, inclua referências a atividades específicas, prjets, prduts e/u serviçs cuj bjetiv é gerenciament ds riscs. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Cust de gestã Ver Bx 14. Use este camp de text para frnecer infrmações sbre cust de suas ações de gestã de risc. Sempre que pssível, frneça descrições financeiras numéricas (intervals aberts u fechads u % em relaçã a um valr declarad u dispnível publicamente). Cas nã existam custs de gestã ds riscs, ist deve ficar clar. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Empresa d Setr de Petróle e Gás Nas respstas às questões acima, cnsidere impact das metas de emissões nacinais e internacinais e cm elas pderiam afetar a demanda pr prduts de petróle e gás. Eles farã cm que sua empresa tenha uma mistura de cmbustível cm menr emissã de carbn? Os padrões de eficiência de cmbustível afetarã a demanda de cmbustível? Existem utras instâncias em que a demanda tenha a prbabilidade de diminuir devid as Regulaments? Sua empresa é afetada pr utrs tips de regulaments cm as restrições à queima u requisits para um determinad nível de desempenh relacinads cm clima para receber permissã para perar e/u cm cndiçã de acess as nvs recurss de petróle & recurss de gás, pr exempl um requisit para sequestr de carbn? As empresas sã encrajadas a explicar cm seu prtfóli de reservas está evluind em respsta a estes fatres. Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade Pedims que as empresas desse setr cnsiderem, entre utras, as seguintes questões: O md que as metas nacinais e internacinais na gestã da demanda pdem afetar a demanda pr eletricidade; O impact das decisões plíticas, pr exempl, impact das nrmas de cnstruçã que definem edifícis energeticamente mais eficientes; As plíticas para aumentar frneciment de eletricidade renvável u para apiar nvas sluções que pssam resultar em reduções de emissões de gases de efeit estufa, pr exempl, a captura e armazenament de CO2, as tecnlgias de carvã limp e armazenament de energia. 78

79 the impact f any emissins trading schemes and any emissin reductin targets yu have set r with which yu have t cmply, including the analysis f pssible scenaris f their effect n the cmpany; O efeit ds preçs d carbn sbre s preçs da energia n varej e n atacad ns diferentes mercads em que vcê pera e a quantidade ds preçs d carbn que sã repassads, u que pssam ser repassads n futur, para s preçs da eletricidade ns mercads, cm base ns requisits atuais u futurs ds regulaments. Fabricantes de Autpeças e Autmóveis: Pr favr, cnsidere as implicações financeiras e estratégicas das plíticas nacinais, reginais e internacinais atuais e planejadas para aumentar a eficiência de cmbustível ds autmóveis e para desenvlver mtres "limps" para cada um ds mercads em que vcê pera. Vcê também deve cnsiderar cm utras plíticas ambientais, tais cm regulaments e nrmas em matéria de qualidade d ar, utilizaçã de cmbustíveis alternativs e mbilidade sustentável, pderiam impactar ainda mais seu negóci. Especificamente, vcê deve levar em cnta md cm a plítica sbre mudança climática pderia causar impact em terms de vendas em seus negócis, cust financeir de qualquer perda u perda ptencial de participaçã n mercad, custs adicinais de cnfrmidade cm Regulament e, se fr cas, cm vcê já repassu u vai repassar aument ds custs para a cadeia de valr. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As empresas de FBT devem relatar sbre s riscs causads pr mudanças ns regulaments referentes às atividades agrícla, de prcessament, de transprte e de cnsum. CC5.1b: Descreva seus riscs inerentes causads pr mudanças ns parâmetrs físics d clima Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Risks driven by changes in physical climate parameters" (Riscs causads pela mudança ds parâmetrs físics d clima" em respsta à questã CC5.1 Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS. A tabela é apresentada a seguir cm rientações sbre cm cmpletar as clunas. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Geradr de risc Descriçã Impact ptencial Períd (interval de temp) Diret/ Indiret Prbabil idade Magnitude d impact Implicações financeiras estimadas Métd de gestã Cust de gestã É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Geradr de risc Ver Bx 14 sbre s geradres de riscs e Bx 16 (abaix) sbre as alterações ns parâmetrs físics d clima Selecine entre as seguintes pções: Alteraçã na temperatura média Alterações nas temperaturas máximas e mínimas Alteraçã da precipitaçã média Alteraçã d padrã de precipitaçã 79

80 Descriçã Alteraçã entre s extrems de precipitaçã e das secas Neve e gel Aument d nível d mar Ciclnes trpicais (furacões e tufões) Alterações induzidas em recurss naturais Incerteza ds riscs físics muitas mudanças físicas sã ainda cnsideradas especulativas já que s prblemas ptenciais estã interligads. Em um cntext de negócis, a incerteza pde causar dificuldades de planejament e de investiment. Outrs geradres (fatres) d clima físic Selecine esta pçã se tip de geradr de clima físic que vcê está enfrentand u espera experimentar nã está incluíd na lista acima e frneça mais detalhes na cluna "Descriçã". Observe que utrs tips de risc também estã incluíds sb risc regulatóri (questã CC5.1 a) e utrs desenvlviments climátics afins (questã CC5.1c) Use este camp de text para inserir mais detalhes sbre geradr de risc, pr exempl, a natureza e lcalizaçã d efeit físic em causa. Sempre que pssível, frneça detalhes específics da empresa. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Impact ptencial; Períd de temp; Direts/indirets; Prbabilidade; Magnitude d impact; Implicações financeiras estimadas, Cust de Gestã Ver Bx 14 e rientaçã da questã CC5.1a Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. 80

81 Bx 16: Mudança Climática Física O Quint Relatóri de Avaliaçã (AR5) d Painel Intergvernamental Sbre Mudanças Climáticas (IPCC) apresenta s resultads de uma mdelagem climática intensiva para fazer previsões de mudanças n clima glbal cm base em uma variedade de cenáris de desenvlviment/emissões. O text abaix resume as alterações n sistema d clima glbal esperadas para atual sécul cm base n presente relatóri. para iníci e final d sécul XXI em três cenáris de desenvlviment/emissões). Alteraçã na temperatura média: Espera-se que s auments da temperatura média glbal d ar da superfície cntinuem a lng d sécul XXI. A média de aqueciment para períd de ficará prvavelmente (>66%) entre + 0,3 C e + 0,7 C, em cmparaçã cm períd de ; {ut1}e pderá aumentar +4,8 C até final d sécul. Iss está de acrd cm as quatr Trajetórias Representativas de Cncentrações descritas n AR5, dentre as quais a RCP2.6 descreve um cenári nde há um resultad prvável em que pderems evitar aument glbal de 2{ut1} C{ut2}; a RCP8.5, na utra extremidade da escala, prjeta um resultad "business as usual". As previsões de lng praz das mudanças da temperatura da superfície dependem em grande medida d cenári relevante. Maires auments de temperatura sã esperads sbre a terra (na faixa de 1,4-1,7) e, cnfrme mstrad na figura abaix, existe grande variabilidade reginal cm previsã de mair aqueciment mair para Ártic (Figura SMP 7: O Relatóri de síntese d AR5 mstra as mudanças prjetadas das temperaturas médias da superfície Alterações nas máximas das temperaturas: É muit prvável que ndas de calr sejam mais intensas, mais frequentes e mais duraduras, um futur clima mais quente e episódis de fri bem mens frequentes. Quase em tds s lugares, as temperaturas mínimas diárias estã prjetadas para aumentar mais rapidamente d que as temperaturas máximas diárias, levand a uma diminuiçã da gama de temperaturas diurnas. Diminuições ds dias de geada estã prjetadas para crrerem em quase tds s lugares em latitudes médias e altas. O AR5 afirma que é prvável que a influência humana mais d que duplicu a prbabilidade de ndas de calr em alguns lcais. Mudança na precipitaçã média: As alterações na precipitaçã nã serã unificadas. Para um clima futur mais quente, a atual geraçã de mdels indica que a precipitaçã geralmente aumenta nas áreas de máximas de precipitaçã trpical reginal (p. ex, s regimes das mnções) e n Pacífic trpical em particular, cm diminuiçã geral na regiã subtrpical e auments em altas latitudes. Em 81

82 muitas regiões secas subtrpicais e de média latitudes, a precipitaçã médiai irá prvavelmente diminuir, enquant a precipitaçã média irá prvavelmente aumentar sb cenári RCP8.5 em muitas regiões úmidas de média latitude. Glbalmente, vapr de água médi, evapraçã e precipitaçã tem auments prjetads. N entant, nte que há mais variabilidade entre s mdels na previsã das precipitações d que nas mudanças de temperatura. Mudança n padrã de precipitaçã: Alterações previstas na precipitaçã média têm ptencial para mascarar as mudanças ns padrões de precipitaçã, que se pde argumentar ser mais imprtante d que a mudança glbal. Pr exempl, em áreas nde a precipitaçã média diminui (a mairia das regiões subtrpicais e regiões de latitude média), a intensidade de precipitaçã é prjetada para aumentar, mas haveria períds mais lngs entre s events de chuvas. A variabilidade interanual da mnçã asiática também deverá aumentar. Mudança ns extrems das precipitações e das secas: A intensidade de events de precipitaçã está prjetada para aumentar, especialmente em áreas trpicais e de alta latitude que experimentarã um aument da precipitaçã média. Há uma tendência para secas nas áreas mescntinentais durante verã, indicand um mair risc de secas nessas regiões. Existem cmplicações na previsã de padrões futurs das mnções, embra as expectativas atuais sejam de auments nas mnções da Ásia, África Ocidental (em parte) e australianas e diminuiçã da mnçã mexicana da América Central. Neve e gel: Os lençis de gel da Grnelândia e da Antártica perderam massa entre 1992 e 2011, tal fat fi cmplementad pela diminuiçã cntínua das geleiras em td mund. A cbertura de neve d hemisféri Nrte também cntinua a diminuir. Para futur, há uma reduçã prjetada d gel d mar para sécul XXI n Ártic e Antártic. A reduçã prjetada está acelerada n Ártic, nde alguns mdels prjetam desapareciment ttal da cbertura de gel n períd final d sécul XXI. Prevê-se que s auments generalizads da prfundidade de degel sbre grande parte das regiões de permafrst crram em respsta a aqueciment n próxim sécul. Aument d nível d mar: O AR5 frnece prjeções mais detalhadas e precisas sbre aument glbal d nível d mar. A cnfiança d mdel aumentu pr causa da "melhr cmpreensã física ds cmpnentes d nível d mar, da melhr cncrdância entre mdels baseads em prcesss cm bservações e pr causa da inclusã das alterações dinâmicas ds mants de gel". Usand dads mais preciss, AR5 afirma que durante períd entre 1901 e 2010, nível glbal médi d nível d mar subiu 0,19 metrs [0,17 para 0,21]. N entant, relatóri afirma que devid a aument da quantidade de calr capturad pels ceans, as previsões d nível d mar fram revisadas para um nível mais alt d que aquele que havia sid sugerid anterirmente pel mdel. Chegu-se a esta revisã a partir de dads que demsntram que cean tem expandid devid à transferência de gel da terra - pr exempl, das geleiras - para cean, bem cm em respsta física a calr absrvid. As bservações indicam que mair aument n armazenament de calr n sistema climátic nas últimas décadas tem crrid ns ceans e, assim, aument d nível d mar pr mei d aqueciment d cean é uma parte central da respsta da Terra para aument ds gases de efeit estufa. Mudanças ns Ciclnes trpicais (furacões e tufões) Os resultads de mdels de alta resluçã e mdels glbais prjetam um prvável aument das intensidades de pic ds vents e aument de precipitações (quase tempestades) em ciclnes trpicais futurs. Cm base n entendiment d prcess e cncrdância das prjeções para sécul XXI, é prvável que a frequência glbal da crrência de ciclnes trpicais diminua u permaneça essencialmente inalterada. Mudanças induzidas ns recurss naturais: Tend em vista que s parâmetrs de clima físic listads acima mudam, eles interagem e prvcam alterações ns recurss naturais, tais cm s fatres na agricultura, silvicultura e insets, pr exempl, prvcand mudanças na fase de cresciment e distribuiçã de espécies. 82

83 Incentivams as empresas a explicar cm seu prtfóli de reservas está evluind em respsta a esses geradres (drivers). Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade Devem cnsiderar especificamente: Cm s events climátics extrems afetaram u pdem afetar a capacidade de geraçã, prduçã, transmissã e distribuiçã; O impact das enchentes, secas, ndas de calr u tempestades em usinas hidrelétricas, sistemas de refrigeraçã a água, parques eólics, etc.; Cm as mudanças de temperatura de lng praz têm afetad, u pderã afetar, pic de carga, as flutuações saznais da prcura, u afetar a capacidade de carga de rede. Medidas para lidar cm a mudança das cndições climáticas, pr exempl, segur, cberturas, investiments em nvas tecnlgias. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) Uma grande parte da expsiçã de riscs d setr de FBT para a mudança climática está relacinada cm sua dependência de insums agríclas, independentemente de estas matérias-primas serem prduzidas pr perações diretas da empresa u em utr pnt das cadeias de valr agrícla. Mais especificamente, grau de expsiçã a risc e cnsequentes impacts dependem frtemente da prduçã agrícla, e esta requer insums essenciais d ecssistema natural e cndições tais cm quantidades e qualidade de água adequada, nutrientes d sl, bidiversidade, temperatura e dióxid de carbn atmsféric. Os serviçs ambientais (ecsystem services) que frnecem esses insums naturais e cndições sã direta e indiretamente afetads pels parâmetrs físics da mudança climática (ver Bx 16 acima), que agrava risc ns sistemas de prduçã agrícla. Encrajams as empresas d setr de FBT a infrmar sbre s riscs causads pela mudança de parâmetrs físics d clima relativs às atividades agríclas, seja em suas perações diretas u em sua cadeia de valr agrícla. As empresas de FBT também devem explicar s riscs resultantes da mudança de parâmetrs físics d clima nas atividades de prcessament, transprte e cnsum. CC5.1c: Descreva s riscs inerentes causads pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Risks driven by changes in ther climate-related develpments" (Riscs causads pr utrs parâmetrs d clima" em respsta à questã CC5.1. Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS. A tabela é apresentada a seguir cm rientações sbre cm cmpletar as clunas. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Geradr de risc Descriçã Impact ptencial Períd (interval de temp) Diret/ Indiret Prbabili dade Magnitude d impact Implicações financeiras estimadas Métd de gestã Cust gestã É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Geradr de risc 83

84 Ver Bx 14. Selecine entre as seguintes pções: Descriçã Reputaçã existem impacts ptenciais assciads às percepções negativas experimentadas pel públic (incluind grups de pressã), bem cm frnecedres e clientes em trn d desempenh de carbn de uma rganizaçã. Alteraçã d cmprtament d cnsumidr a mudança climática pde induzir alterações nas preferências ds clientes para prduts e serviçs Alterações induzidas em ambientes humans e culturais pr exempl, migraçã e mudanças culturais Cndições sciecnômicas flutuantes alterações na prsperidade ecnômica e scial que causam mudanças em alguma escala lcal u reginal em respsta as impacts regulatóris u d clima físic. Aument das demandas humanitárias cnfrme s efeits da mudança climática cmeçam a se trnar evidente, em particular n mund em desenvlviment, existe ptencial de que s funds sejam desviads para atender às questões humanitárias Incerteza ns fatres sciais pde ficar difícil perar eficazmente sb as incertezas que cercam s riscs reputacinais, cmprtamentais e sciecnômics listads acima. Incertezas ns sinais d mercad cnfrme s mercads respndem as impacts das mudanças climáticas e previsões, a vlatilidade pde ser induzida Outrs geradres regulatóris se s geradres regulatóris de sua experiência nã estiverem incluíds nesta lista, selecine esta pçã e frneça mais detalhes na cluna descriptin (descriçã). Use este camp de text para inserir ainda mais detalhes sbre geradr de risc, pr exempl, a natureza exata e lcal d efeit em questã. Sempre que pssível, frneça detalhes específics de sua a empresa. Utilize até caracteres em sua respsta. Impact ptencial; Períd de temp; Diret/indiret; Prbabilidade; Magnitude d impact; Implicações financeiras estimadas; Métd de Gestã; Cust da Gestã Ver Bx 14 e rientaçã da a questã CC5.1a Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment desta questã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Empresas d Setr de Petróle e Gás Vcê deve cnsiderar ptencial para mudar cmprtament ds cnsumidres, cnfrme aumenta a cnsciência sbre efeit ds cmbustíveis fósseis sbre clima e as intensidades relativas de carbn de cmbustíveis diferentes, e cnfrme aumentam s esfrçs para reduzir cnsum de energia. Pr favr, cnsidere também efeit d aument da cncrrência de energias renváveis e da cmercializaçã de veículs híbrids e ttalmente eléctrics. Fabricantes de Autpeças e Autmóveis: Nas respstas às questões acima, pedims que seja analisad impact ds custs mais elevads de cmbustível n mix de vendas e na demanda, bem cm as implicações para s vlumes de vendas, margens peracinais e a reputaçã da empresa. 84

85 As ações para aumentar a ecnmia de cmbustível e a reduçã das emissões de gases de efeit de estufa devem ser incluídas na CC5.1c. Essas pdem incluir: Investiments em pesquisa e desenvlviment; Prduçã em massa de tecnlgias mais limpas, pr exempl, híbrids, carrs elétrics, células de cmbustível (pr favr inclua linhas d temp); Mdels de negócis alternativs, pr exempl, Aluguel de carr, cmpartilhament de carrs, veículs de 2 u 3 rdas; Parcerias entre s fabricantes de autmóveis, de equipaments e frnecedres de energia, pr exempl, empresas de petróle e gás, prdutras de eletricidade Vcê também pderia estabelecer suas ações dentr d cntext ds bjetivs de sua empresa para um grup u, se necessári, para mercads específics de emissões de GEE pr unidade de distância u para empresas petrleiras. Ist pderia também fazer parte da sua respsta a CC2.2a sbre estratégia. Setr de FBT As empresas d setr de FBT deve relatar sbre s riscs causads pr utras mudanças relacinadas a clima referentes às atividades agríclas, de prcessament, de transprte e de cnsum. CC5.1d: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta a riscs inerentes, gerads pelas alterações ns regulaments que têm ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, receitas u despesas de seus negócis Esta questã só será exibida se vcê nã assinalu "Risks driven by changes in regulatin em respsta à questã CC5.1 Respnda a esta questã na caixa de text frnecida n ORS, utilizand até caracteres. Se nã fram identificads riscs, vcê deve afirmar iss de frma inequívca e explicar prque este é cas. Se existem riscs identificads, vcê deverá explicar prque sua empresa nã cnsidera que estes riscs tenham ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, ganhs u gasts de seus negócis. Há razões pssíveis: risc é cnsiderad pequen, u é prvável que crra num futur distante u se cncretizarã lentamente permitind a adaptaçã dentr de prcesss de negócis existentes. Enquant a infrmaçã que diz respeit a setr da empresa, em geral, é útil, as infrmações específicas de sua empresa sã preferíveis. Se sua empresa é cmpletamente típica d seu sectr em relaçã a esta categria de riscs e, pr cnseguinte, nã é pssível dar infrmações específicas da empresa, iss deve estar claramente indicad. Se vcê cnsidera que enfrenta riscs cm ptencial para gerar alterações significativas em suas perações, receitas u despesas ds negócis, mas vem tmand medidas para atenuá-ls, entã vcê deve assinalar a caixa na questã CC5.1 e respnder as questões subsequentes sbre s riscs inerentes a invés desta questã. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant as empresas que recebem esta questã nã selecinaram nenhum ds riscs em CC5.1 e pdem ser penalizadas em sua pntuaçã de desempenh em questões anterires cas nã tenham recebid pntuaçã integral na questã CC2.1a.. 85

86 CC5.1e: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta a riscs inerentes gerads pr parâmetrs de clima físic que têm ptencial para gerar uma alteraçã significativa em suas perações de negócis, receitas u despesas. Esta questã só será exibida se vcê nã assinalu "Risks driven by changes in physical climate parameters em respsta à questã CC5.1. Respnda a esta questã na caixa de text frnecida n ORS, utilizand até caracteres. Se nã fi identificad nenhum risc, vcê deve relatar iss sem ambiguidade e explicar pr que s riscs gerads pel clima físic nã sã relevantes para seu negóci. Se vcê identificu riscs, deverá explicar prque sua empresa nã cnsidera que estes riscs tenham ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, ganhs u gasts de seus negócis. Há razões pssíveis: risc é cnsiderad pequen, u é prvável que crra num futur distante u se cncretizarã lentamente permitind a adaptaçã dentr de prcesss de negócis existentes. Enquant a infrmaçã que diz respeit a setr da empresa, em geral, é útil, as infrmações específicas de sua empresa sã preferíveis. Se sua empresa é cmpletamente típica d seu setr em relaçã a esta categria de riscs e, pr cnseguinte, nã é pssível dar infrmações específicas da empresa, iss deve estar claramente indicad. Se vcê acredita que enfrenta riscs cm ptencial para gerar alterações significativas em suas perações, receitas u despesas ds negócis, mas vem tmand medidas para atenuá-ls, entã vcê deve assinalar a caixa na questã CC5.1 e respnder as questões subsequentes sbre s riscs inerentes, em vez desta questã Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant as empresas que recebem esta questã nã selecinaram nenhum ds riscs em CC5.1 e pdem ser penalizadas em sua pntuaçã de desempenh em questões anterires cas nã tenham recebid pntuaçã integral na questã CC2.1a.. CC5.1f: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta a riscs inerentes gerads pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads cm clima que têm ptencial de gerar uma alteraçã significativa em suas perações, negócis, receitas u despesas. Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Risks driven by changes in ther climate-related develpments" (Riscs causads pr utrs parâmetrs d clima" em respsta à questã CC5.1. Respnda a esta questã na caixa de text frnecida n ORS, utilizand até caracteres. Se nã fram identificads riscs, vcê deve afirmar iss de frma inequívca e explicar prque este é cas. Se existem riscs identificads, vcê deverá explicar prque sua empresa nã cnsidera que estes riscs tenham ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, receitas u despesas de seus negócis. Há razões pssíveis: risc é cnsiderad pequen, u é prvável que crra num futur distante u se cncretizarã lentamente permitind a adaptaçã dentr de prcesss de negócis existentes. 86

87 Enquant a infrmaçã que diz respeit a setr da empresa, em geral, é útil, as infrmações específicas de sua empresa sã preferíveis. Se sua empresa é cmpletamente típica d seu setr em relaçã a esta categria de riscs e, pr cnseguinte, nã é pssível dar infrmações específicas da empresa, iss deve estar claramente indicad. Se vcê acredita que enfrenta riscs cm ptencial para gerar alterações significativas nas perações, receitas u despesas de negócis, mas vem tmand medidas para atenuá-ls, entã vcê deve assinalar a caixa na questã CC5.1 e respnder as questões subsequentes sbre s riscs inerentes, em vez desta questã. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant as empresas que recebem esta questã nã selecinaram nenhum ds riscs em CC5.1 e pdem ser penalizadas em sua pntuaçã de desempenh em questões anterires cas nã tenham recebid pntuaçã integral na questã CC2.1a.. 87

88 CC6.Oprtunidades das Mudanças Climáticas Fluxgrama das Questões Oprtunidades pr mud. ns regulaments Oprtunidades pr mudanças ns regulaments parâm. relacinads a clima CC6.1: Vcê identificu prtunidades inerentes da mudança climática cm ptencial para gerar uma mudança substantiva em suas perações de negócis, receitas u despesas? Oprtunidades geradas pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima Oprtunidades geradas pr mudanças em utrs CC6.1a: Descreva suas prtunidades inerentes casusadas pr mudanças ns regulament # Oprtunidades causadas pr físicas ns parâmetrs climátics Oprtunidades causadas pr mudanças físicas ns parâmetrs climátics CC6.1c: Descreva as prtunidades inerentes causadas mudanças pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima # CC6.1b: Descreva suas prtunidades inerentes geradas pr mudanças ns parâmetrs físics d clima # CC6.1d: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta às prtunidades inerentess, geradas pelas alterações ns regulaments que têm ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, receitas u despesas de seus negócis # FIM CC6.1e: Explique pr que vcê nã cnsidera sua empresa para ser expst a prtunidades inerentes gerdas pr parâmetrs físics d clima que têm ptencial para gerar uma mudança substantiva em suas perações de negóci, receitas u despesas # CC6.1f: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta às prtunidades inerentes geradas pr mudanças em utrs fatres relacinads a clima que têm ptencial para gerar uma mudança substantiva em suas perações de negóci, receitas u despesas # FIM Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME 88

89 Orientaçã Gerais Sempre que uma empresa enfrenta riscs assciads às mudanças climáticas (reprtads na questã CC5.1) é pssível que elas também pssam detectar prtunidades. Ambs surgem de alterações n ambiente peracinal de uma empresa e cm algumas delas pdem representar custs adicinais, utras (u até mesm as mesmas alterações) pdem apresentar prtunidades de explrar nvs mercads u prduts. Muits ds desafis enfrentads a relatar sbre as questões de mudanças climáticas sã cmuns a utrs aspects d relatóri crprativ, que exige que vcê frneça relats sbre sua cndiçã futura. Algumas rganizações, especialmente as empresas de cntabilidade e seus órgãs diretivs, publicaram rientações sbre cm preparar declarações que cntenham infrmaçã rientada para futur. Antes de cmpletar as questões sbre as prtunidades, vcê pde querer cnsultar s departaments financeir, jurídic e/u de cnfrmidade para acnselhament sbre a abrdagem geral da sua empresa para a prestaçã de declarações prspectivas e infrmações sbre as prtunidades. O prcess de identificaçã e pririzaçã das prtunidades é tema da questã CC2.1 na página Estratégia d pedid de infrmações. Nesta página pede-se que as empresas descrevam as prtunidades identificadas nde exista ptencial de mudança significativa nas perações de negócis, receitas u despesas que surjam. A frma de classificaçã das prtunidades é a mesma a tds s tips de prtunidades nesta seçã e estã descritas n Quadr 17 abaix. Mais detalhes sbre as diferentes categrias de prtunidades sã frnecids nas Orientações Específicas sbre as Questões. Quadr 17: Descriçã das prtunidades Este quadr frnece mais detalhes sbre s diferentes aspects da descriçã das prtunidades. Geradr de Oprtunidade descreve a rigem da prtunidade que dependerá da categria esclhida (regulatória, física, utra). Mais detalhes sbre as diferentes categrias de prtunidades sã apresentads nas Orientações Específicas sbre as Questões. Impact Ptencial - é efeit que a prtunidade pderia ter sbre s negócis. Iss pde ser através da diminuiçã de custs, aument de receitas u mair acess a capital. Mais detalhes sbre s diferentes tips de pções sã frnecids n ORS e descrits nas Orientações Específicas sbre as Questões. Períd períd de temp que vcê cnsideru para a prbabilidade e magnitude relatadas nas clunas 6 e 7. É recnhecid que as prtunidades d futur distante sejam suscetíveis de ter um mair grau de incerteza assciad a elas. Os períds de temp definids sã s mesms d risc, u seja atual; 1-5 ans; 6-10 ans; > 10 ans; u, descnhecid. Direta/indireta algumas prtunidades estarã diretamente assciadas cm seu negóci, pr exempl, exempl, reduçã ds custs cm aqueciment. Embra utras se materializem indiretamente, prque elas também afetam seus clientes (que pr sua vez, aumentam a necessidade deles pr seus prdut e serviçs) u prque elas afetam sua cadeia de frneciment (e, prtant, permite a cmpra de bens e serviçs mais facilmente u mais barats). Vcê deverá definir se as prtunidades estã relacinadas as impacts direts, indirets (Cadeia de frneciment) u indirets (Cliente). Prbabilidade d impact a prbabilidade de crrência d impact, juntamente cm a magnitude (veja abaix) sã s blcs de cnstruçã de uma matriz de risc/prtunidade. A prbabilidade se refere a prbabilidade d impact as seus negócis que crram dentr d praz previst, que, n cas de um risc inerente, pde ser semelhante à prbabilidade d event climátic em si.. Pr exempl, havend a prtunidade de cnhecer uma nva legislaçã que já está preparada em frma 89

90 de rascunh, a prbabilidade de crrência da prtunidade será relativamente elevada. Quant à prtunidade, s terms usads para descrever as prbabilidades fram retirads ds Relatóris d Painel Intergvernamental Sbre a Mudança Climática (IPPC) Eles estã assciads cm prbabilidades, indicadas de acrd cm percentual da crrência d event. Nã é necessári que s respndentes calculem as prbabilidades para as prtunidades que estã cnsiderand, n entant, eles pdem dar uma indicaçã quant a significad ds terms. Os terms de prbabilidade sã: Virtualmente cert (mais de 99% de prbabilidade); Muit prvável (mais que 90% de prbabilidade); Prvável (mais que 66% de prbabilidade); Mais prvável d que nã (mais que 50% de prbabilidade); Tã prvável quant nã (entre 33% e 66% de prbabilidade); Imprvável (mens de 33% de prbabilidade); Muit imprvável (mens de 10%); Extremamente imprvável (mens de 1% de prbabilidade); Descnhecid. Magnitude d Impact descreve grau a qual impact, se ele crresse, afetaria seus negócis. Ist deve cnsiderar a empresa cm um td e, prtant, a magnitude pde refletir a prtunidade criada e em que medida ela se aplica a tda a rganizaçã. Os mesms fatres ptenciais que pdem afetar a magnitude d risc pdem afetar a magnitude da prtunidade, u seja (a) a prprçã de unidades de negócis afetadas; (b) tamanh d impact sbre as unidades de negócis e (c) ptencial de respsta d acinista u cliente (psitiv). Os terms sã nvamente s mesm ds riscs e sã qualitativs: Alta, média-alta, média, média-baixa, baixa e descnhecida. Sã as empresas que devem determinar que esses terms representam n cntext de suas atividades empresariais. Implicações financeiras estimadas as implicações financeiras da prtunidade devem, sempre que pssível, ser expressas quantitativamente. Recnhece-se que s valres serã estimads e, sempre que pssível, deve-se relatar as supsições feitas para chegar-se a valr d impact financeir Métd de gestã métds que vcê está utilizand u pretende usar para gerenciar a prtunidade e maximizar sua materializaçã ptencial pderiam incluir a diversificaçã da ferta de prdut/serviç, pesquisa e desenvlviment em nvas linhas de prduts u lbby ds tmadres de decisã (decisin makers). Em tds s cass, identifique cm essa açã tem afetad (u espera-se que afete) a prbabilidade e/u a magnitude d risc e em que praz espera-se que a prtunidade seja aumentada u aumente. Cust de gestã - s custs assciads às ações de gerenciament descritas pr vcê e se eles sã custs anuais (e em cas afirmativ, pr quants ans incrrerã) u de capital. Sempre que nã huver custs adicinais para a açã, explicite que este é cas. Principais Mudanças em relaçã a 2014 As seguintes alterações fram feitas: As questões CC6.1, CC6.1a, CC6.1b, CC6.1c, CC6.1d, CC6.1e e CC6.1f fram ligeiramente refrmulada para incluir a palavra "inerente" da divulgaçã das prtunidades. Em CC6.1a, CC6.1b e CC6.1c limite de caracteres nas clunas "Implicações financeiras estimadas" e "Cust da gestã" fram aumentads de 500 para Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC6.1, CC6.1a, CC6.1b e CC6.1c pdem ser pré-preenchidas. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME As empresas que respndem a questinári PME apenas precisam respnder as questões CC6.1 e CC6.1a, b e/u c e CC6.1d, e e/u f, cas sejam relevantes. 90

91 Orientações Específicas sbre as Questões CC6.1: Sua empresa identificu prtunidades inerentes das mudanças climáticas que têm ptencial para gerar uma mudança substantiva em suas perações de negócis, receitas u despesas? Assinale tdas as que se aplicam Oprtunidades geradas pr mudanças n regulament Oprtunidades causadas pr alterações físicas ns parâmetrs climátics; Oprtunidades direcinadas pr mudanças em utrs fatres relacinads a clima. Marque tdas as categrias de prtunidades que se aplicam a seu negóci. Oprtunidades pdem ser: Atuais u esperadas para futur Send gerenciads u recentemente identificadas Bem entendidas u cm alts níveis de incerteza n que se refere à prbabilidade da prtunidade crrer e à medida que seus impacts irã influenciar s negócis Regulament sbre itens relacinads às mudanças climáticas pderã apresentar prtunidades para a sua rganizaçã se ela estiver mais bem preparada d que seus cncrrentes para atender a esses regulaments, u tiver mair capacidade de ajudar s utrs a fazê-l. Cenáris pssíveis incluem uma empresa cujs prduts já satisfaçam antecipadamente as nrmas destinadas a reduzir as emissões, cmpanhias cujs prduts permitam que seus clientes atendam as requisits brigatóris u aquelas empresas que frnecem serviçs de ajuda a utras pessas para atender as requisits regulatóris. O regulament também pde criar nvs mercads, cm a cmercializaçã de carbn, levand a nvas prtunidades. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC6.1a. As mudanças físicas relacinadas às mudanças climáticas pdem gerar prtunidades em uma variedade de frmas. A reduçã d gel d mar pde permitir acess a nvas áreas para s navis. A mudança de temperatura e precipitaçã pde estender a temprada de cresciment para a agricultura. Cm alternativa, sua rganizaçã pde ter bens e serviçs que permitem que utras pessas se adaptem às mudanças físicas. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC6.1b. Outras prtunidades relacinadas a clima incluem aquelas clcadas pelas mudanças na atitude ds cnsumidres u uma melhria permanente devid à pstura da rganizaçã u ações relacinadas às mudanças climáticas. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC6.1c. Nte que nã há nenhuma necessidade de relatar as prtunidades, para respnder às questões desta página basta identificar s riscs mais imprtantes. As seleções feitas em respsta a esta questã determinam as questões que aparecerã n restante da página. Observe que, se vcê inserir detalhes nas questões subsequentes e, em seguida, alterar a seleçã na questã CC6. 1, seus dads serã perdids. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC6.1a: Descreva suas prtunidades inerentes causadas pr mudanças ns regulaments. 91

92 Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Opprtunities driven by changes in regulatin" em respsta à questã CC6.1. Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS. A tabela é apresentada a seguir cm rientações sbre cm cmpletar as clunas. Se vcê estiver usand a funcinalidade "cpy frm last year" reveja seus dads para garantir que eles permanecem aprpriads. Geradr de prtunida de Descriç ã Impact ptenci al Perí d de temp Direta / Indire ta Prbabilida de Magnitu de d impact Implicaçõ es financeira s estimada s Mét d de gestã Cust de gestã É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Geradr de prtunidade Ver Bx 17. Selecine entre as seguintes pções: Acrds internacinais iss pde incluir acrds internacinalmente vinculantes, negciads dentr d quadr das cnvenções internacinais das Nações Unidas (pr exempl, Prtcl de Quit) u qualquer utr prtcl recnhecid internacinalmente Limites de pluiçã d ar - um tip de regulament que impõe sbre as emissões limites específics da cncentraçã de pluiçã d ar (cmand e cntrle); um exempl é plan de implementaçã da Oregn Clean Air Act. Impsts de carbn - Um tip de regulament que a impõe incentivs ecnômics específics para pluidres. O cntrle d pluente é cnseguid pela internalizaçã d seu cust (sb a frma de um impst) pela entidade regulamentada; Os exempls incluem impst sbre carbn na França e na Grã Bretanha, Climate Change Levy (CCL). Regimes de Cap and Trade - Regulament que limita s níveis de emissões de um prdut/pluente. Também cnhecid cm regimes de cmérci de emissões. Licenças sã emitidas para cmercializar a capacidade de emissã de prduts/pluentes. Atua cm um incentiv ecnômic através da criaçã de um mercad específic pr mei d qual sã negciadas as licenças. Exempls incluem Regime de Cmercializaçã de Emissões da Cmunidade Eurpeia, Regime de Cmercializaçã de Emissões da Creia d Sul e Regime Obrigatóri de Cap and Trade d Japã. Obrigações de cmunicaçã das emissões - nrmas que exigem a divulgaçã de dads às autridades e/u a públic. Inclui registrs de liberaçã e transferências de pluentes. Pdem incluir brigações de cmunicaçã de energia bem cm relatóris de emissões. Os exempls incluem a Lei Australiana d Sistema Nacinal de Relatóris sbre Efeit Estufa e Energia de 2007 e Regulament de Relatóris Obrigatóris sbre GEE d estad d Nv Méxic, ns EUA. Impsts e regulaments sbre cmbustível/energia - regulaments dirigids principalmente a cnsum de cmbustível e/u utrs tips de energia, mas nã especificamente às emissões de gases de efeit estufa; um exempl é Regime de Eficiência Energética d CRC (Cmprmiss de Reduçã das Emissões Carbn Reductin Cmmitment) n Rein Unid. Regulaments e nrmas sbre eficiência ds prduts - regras u nrmas que exigem eficiência específica na prduçã u cmercializaçã de um prdut, pr exempl, 92

93 Descriçã regulaments em cnstruções civis relativs à eficiência energética, cm da diretiva eurpeia sbre desempenh energétic de edifícis. Nrmas e padrões de rtulage de prduts - regulaments u nrmas que impõem requisits específics de rtulagem ds prduts, pr exempl, Diretiva da UE sbre a rtulagem de aparelhs elétrics. Acrds vluntáris - tip específic de instrument ambiental em que empresas e autridades d Estad estabelecem um acrd e bjetivs específics sã negciads entre as partes; um exempl é Acrd sbre as Mudanças climáticas d Rein Unid. Regulaments ambientais gerais, incluind planejament - inclui uma regulamentaçã mais ampla, cm nrmas de prteçã ambiental (u leis), planejament e utrs regulaments. Exempls incluem a lei de prteçã ambiental da República Ppular da China e a nrma sbre mudanças climáticas d Rein Unid. Regulaçã sbre energia renvável s bjetivs de regulamentaçã nacinal e internacinal sbre energia renvável u a regulamentaçã de api de energia renvável sã alguns ds principais geradres d cresciment d us de energia renvável. Outrs fatres regulatóris selecine utr se tip de fatr regulatóri que vcê está vivenciand, u espera vivenciar, que nã esteja incluíd na lista acima. Observe que utrs tips de prtunidade também estã incluíds sb a rubrica mudanças n clima físic (questã CC6.1b) e utrs desenvlviments climátics afins (questã CC6.1c). Use este camp de text para inserir ainda mais detalhes sbre geradr de prtunidade, pr exempl, exat regulament em causa. Sempre que pssível, frneça detalhes específics da empresa. Utilize até caracteres em sua respsta. Impact ptencial Ver Bx 17. Pr favr, selecine uma das pções a seguir. Observe que vcê tenha a expectativa de sfrer mais de um impact dentre s listads abaix, vcê deve selecinar apenas mais significativ. Reduçã de custs peracinais uma reduçã ds custs d dia a dia na gestã d negóci Reduçã ds custs d capital uma reduçã na necessidade fazer despesas de capital para manter-se cmpetitiv Mair demanda pr prduts/serviçs existentes Oprtunidades de preç Premium uma prtunidade de bter mais lucr em prduts e serviçs existentes Aument de capacidade de prduçã Aument na dispnibilidade de capital prtunidades para atrair investiment de capital Mair preç da açã (avaliaçã de mercad) aument da atratividade da sua rganizaçã para investidres Nvs prduts/serviçs prtunidades de fazer nvas fertas a mercad a para discutir questões relacinadas às mudanças climáticas. Oprtunidades de investiment prtunidades para fazer investiment de capital Benefícis sciais mais ampls Outrs, especifique Períd de temp (interval) Ver Bx 17. Selecine entre as seguintes pções: Até 1 an 93

94 Direta/indireta 1 a 3 ans 3 a 6 ans > 6 ans Descnhecid Ver Bx 17. Selecine entre as seguintes pções: Prbabilidade Direta Indireta (Cadeia de frneciment) Indiret (Cliente) Ver Bx 17. Selecine entre as seguintes pções: Praticamente cert Muit prvável Prvável Mais prvável d que nã Tã prvável quant nã Imprvável Muit imprvável Excepcinalmente imprvável Descnhecid Magnitude d impact Ver Bx 17: Selecine entre as seguintes pções: Alta Média-alta Média Média-baixa Baixa Descnhecid Implicações financeiras estimadas Ver Bx 17. Use este camp de text para frnecer utras infrmações sbre as implicações financeiras estimadas das prtunidades. Sempre que pssível, frneça descrições financeiras numéricas (intervals aberts u fechads u % em relaçã a um valr declarad u dispnível publicamente). Se nã huver nenhuma implicaçã financeira, ist deve ficar clar. Nã use mais de 1000 caracteres em sua respsta. Métd de gestã Ver Bx 17. Use este camp de text para frnecer infrmações adicinais sbre s métds que vcê está usand u pretende usar para explrar as prtunidades e maximizar sua ptencial materializaçã. Sempre que pssível, inclua referências a atividades específicas, prjets, prduts e/u serviçs cuj bjetiv é gerenciament ds riscs. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Cust de gestã Ver Bx 17. Use este camp de text para frnecer infrmações adicinais sbre cust de sua prtunidade. Sempre que pssível, frneça descrições financeiras numéricas (intervals aberts u fechads u % em relaçã a um valr declarad u dispnível 94

95 publicamente). Cas nã existam custs de gestã ds riscs, ist deve ficar clar. Nã use mais de 1000 caracteres em sua respsta. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade A respnder as questões acima, pr favr, cnsidere: As prtunidades que pssam surgir a partir d cmérci de emissões; As prtunidades que as metas nacinais u internacinais da gestã de eficiência e da demanda de energia pdem apresentar para sua empresa, pr exempl, implicações de receita das unidades de negócis de serviçs de energia; O pnt de vista de sua empresa em tdas as prtunidades resultantes de plíticas sbre as energias renváveis u tecnlgias de baixa emissã, pr exempl, Investiments atuais u planejads nessas áreas; e A quantidade de incentivs financeirs recebids para reduzir us de eletricidade ds clientes. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As empresas de FBT devem relatar sbre as prtunidades causadas pr mudanças ns regulaments referentes às atividades agrícla, de prcessament, de transprte e de cnsum. CC6.1b: Descreva as prtunidades inerentes geradas pr mudanças ns parâmetrs físics d clima Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Opprtunities driven by changes in physical climate parameters" (Oprtunidades causadas pela mudança ds parâmetrs físics d clima" em respsta à questã CC6.1. Sã prtunidades geradas pr alterações ns parâmetrs físics d clima. Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS. A tabela é apresentada a seguir cm rientações sbre cm cmpletar as clunas. Reveja seus dads para garantir que ele cntinua aprpriad. Geradr de prtunid ade Descriç ã Impact ptenci al Períd de temp (interval ) Direta / Indire ta Prbabilid ade Magnitu de d impact Implicaçõ es financeir as estimada s Mét d de gestã Cust de gest ã É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Geradr de prtunidade 95

96 Ver Bx 17. Uma vasta gama de impacts d clima físic também está descrita n Bx 16. Selecine entre as seguintes pções: Descriçã IAlteraçã na temperatura média Alterações nas temperaturas máximas e mínimas Alteraçã da precipitaçã média Alteraçã d padrã de precipitaçã Alteraçã entre s extrems de precipitaçã e das secas Neve e gel Alterações induzidas em recurss naturais Outras prtunidades d clima físic - selecine Other se tip de geradr de clima físic que vcê está enfrentand u espera enfrentar nã estiver incluíd na lista acima. Observe que utrs tips de prtunidade também estã incluíds sb a rubrica "regulatry pprtunity" (prtunidades d regulament) (questã 6.1 a) 1a) e utras evluções climáticas afins (questã 6.1e). Use este camp de text para inserir ainda mais detalhes sbre geradr de prtunidade, pr exempl, a natureza e lcalizaçã d efeit físic em causa. Sempre que pssível, frneça detalhes específics da empresa. Utilize até caracteres em sua respsta. Impact ptencial; Períd de temp; Direts/indirets; Prbabilidade; Magnitude d impact; Implicações financeiras estimadas, Cust de Gestã Ver Bx 17 e rientaçã da a questã CC6.1a. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Para as empresas FBT (Aliments, Bebidas e Tabac) As empresas de FBT devem relatar sbre as prtunidades causadas pr mudanças ds parâmetrs físics d clima referentes às atividades agrícla, de prcessament, de transprte e de cnsum. CC6.1c: Descreva as prtunidades inerentes causadas pr mudanças em utrs parâmetrs relacinads a clima Esta questã só será exibida se vcê assinalar "Opprtunities driven by changes in ther climate-related develpments" (Oprtunidades causadas pr utrs parâmetrs d clima" em respsta à questã CC6.1. Geradr de prtunidade s Descriçã Impact ptencial Períd Direta/i ndireta Prbabilida de Magnitude d impact Implicações financeiras estimadas Métd de gerenciamen t Cust d Gerenciame nt Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS. A tabela é apresentada a seguir cm rientações sbre cm cmpletar as clunas. Reveja seus dads para garantir que ele cntinua aprpriad. 96

97 É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Geradr de prtunidade Ver Bx 17. Selecine entre as seguintes pções: Descriçã Reputaçã há impacts ptenciais assciads à percepçã psitiva ds clientes, frnecedres, parceirs e d públic em geral em relaçã a desempenh d carbn da empresa. Alteraçã d cmprtament d cnsumidr a mudança climática pde induzir alterações nas preferências ds clientes pr prduts e serviçs Alterações induzidas em ambientes humans e culturais pr exempl, migraçã e mudanças culturais Cndições sciecnômicas flutuantes alterações na prsperidade ecnômica e scial que causam mudanças em alguma escala lcal u reginal em respsta as impacts regulatóris u d clima físic. Aument das demandas humanitárias cnfrme s efeits da mudança climática cmeçam a se trnar evidente, em particular n mund em desenvlviment, existe ptencial de que s funds sejam desviads para atender às questões humanitárias Outrs geradres selecine utr se vcê tiver utr geradr de prtunidade que nã seja um resultad de mudanças n clima físic u n regulament Use este camp de text para inserir ainda mais detalhes sbre geradr de prtunidade, pr exempl, a natureza exata e lcal d efeit em questã. Sempre que pssível, frneça detalhes específics da empresa. Utilize até caracteres em sua respsta. Impact ptencial; Períd de temp; Direts/indirets; Prbabilidade; Magnitude d impact; Implicações financeiras estimadas, Cust de Gestã Ver Bx 17 e rientaçã da a questã CC6.1a.. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade Pr favr, divulgar qualquer investiment em pesquisa e desenvlviment, que pssam resultar em reduções de emissões de gases de efeit estufa, pr exempl, Captura e armazenament de CO2, tecnlgias de carvã limp e armazenament de energia. Fabricantes de Autpeças e Autmóveis: Pr favr, divulgue quaisquer ações u plans para intrduzir veículs híbrids/elétrics e células de cmbustível. Para as empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As empresas de FBT devem relatar sbre as prtunidades causadas pr mudanças de utrs parâmetrs físics d clima referentes às atividades agrícla, de prcessament, de transprte e de cnsum. 97

98 Q6.1d: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta às prtunidades inerentes, geradas pelas alterações ns regulaments que têm ptencial para gerar uma mudança significativa nas perações, receitas u despesas de seus negócis Esta questã só será exibida se vcê nã assinalar "Opprtunities driven by changes in regulatin" em respsta à questã CC6.1. Respnda a esta questã na caixa de text frnecida n ORS, utilizand até caracteres. Se nã fi identificada nenhuma prtunidade, vcê deve relatar iss sem ambiguidade e explicar pr que iss crreu. Se fram identificadas prtunidades, vcê deverá explicar pr que as prtunidades nã sã cnsideradas cm tend ptencial para gerar uma alteraçã significativa em suas perações de negócis, receitas u despesas. Pr exempl, cnsiderar s mercads ptenciais, u as ecnmias cm s custs, u a vantagem sbre s cncrrentes muit pequens, u muit distantes n futur, pde ser uma das prváveis razões. Enquant a infrmaçã que diz respeit a setr da empresa, em geral, é útil, as infrmações específicas de sua empresa sã preferíveis. Se sua empresa é cmpletamente típica d seu setr em relaçã a esta categria de prtunidades e, pr cnseguinte, nã é pssível dar infrmações específicas da empresa, iss deve estar claramente indicad. Se vcê acredita que enfrenta prtunidades cm ptencial para gerar alterações significativas nas perações, receitas u despesas de negócis, mas vem tmand medidas para atenuá-ls, entã vcê deve assinalar a caixa na questã CC6.1 e respnder as questões subsequentes sbre s riscs inerentes, em vez desta questã Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant as empresas que recebem esta questã nã selecinaram nenhuma das prtunidades em CC6.1 e pdem ser penalizadas em sua pntuaçã de desempenh em questões anterires cas nã tenham recebid pntuaçã integral na questã CC2.1a. CC6.1e: Explique pr que vcê nã cnsidera sua empresa para ser expst a prtunidades inerentes geradas pr parâmetrs físics d clima que têm ptencial para gerar uma mudança substantiva em suas perações de negóci, receitas u despesas Esta questã só será exibida se vcê nã assinalu "Opprtunities driven by changes in physical climate parameters" (Oprtunidades causadas pela mudança ds parâmetrs físics d clima" em respsta à questã CC6.1. Respnda a esta questã na caixa de text frnecida n ORS, utilizand até caracteres. Se nã fi identificada nenhuma prtunidade, vcê deve relatar iss sem ambiguidade e explicar pr que iss crreu. Se fram identificadas prtunidades, vcê deverá explicar pr que as prtunidades nã sã cnsideradas cm tend ptencial para gerar uma alteraçã significativa em suas perações de negócis, receitas u despesas. Pr exempl, cnsiderar s mercads ptenciais, u as ecnmias cm s custs, u a vantagem sbre s cncrrentes muit pequens, u muit distantes n futur, pde ser uma das prváveis razões. 98

99 Enquant a infrmaçã que diz respeit a setr da empresa, em geral, é útil, as infrmações específicas de sua empresa sã preferíveis. Se sua empresa é cmpletamente típica d seu setr em relaçã a esta categria de prtunidades e, pr cnseguinte, nã é pssível dar infrmações específicas da empresa, iss deve estar claramente indicad. Se vcê acredita que enfrenta prtunidades cm ptencial para gerar alterações significativas nas perações, receitas u despesas de negócis, mas vem tmand medidas para atenuá-ls, entã vcê deve assinalar a caixa na questã CC6.1 e respnder as questões subsequentes sbre s riscs inerentes, em vez desta questã Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant as empresas que recebem esta questã nã selecinaram nenhuma das prtunidades em CC6.1 e pdem ser penalizadas em sua pntuaçã de desempenh em questões anterires cas nã tenham recebid pntuaçã integral na questã CC2.1a. CC6.1f: Explique pr que vcê nã cnsidera que sua empresa esteja expsta às prtunidades inerentes geradas pr mudanças em utrs fatres relacinads a clima que têm ptencial para gerar uma mudança substantiva em suas perações de negóci, receitas u despesas Esta questã só será exibida se vcê nã assinalu "Opprtunities driven by changes in ther climaterelated develpments" (Oprtunidades causadas pr utrs parâmetrs d clima" em respsta à questã CC6.1. Respnda a esta questã na caixa de text frnecida n ORS, utilizand até caracteres. Se nã fi identificada nenhuma prtunidade, vcê deve relatar iss sem ambiguidade e explicar pr que iss crreu. Se fram identificadas prtunidades, vcê deverá explicar pr que as prtunidades nã sã cnsideradas cm tend ptencial para gerar uma alteraçã significativa em suas perações de negócis, receitas u despesas. Pr exempl, cnsiderar s mercads ptenciais, u as ecnmias cm s custs, u a vantagem sbre s cncrrentes muit pequens, u muit distantes n futur, pde ser uma das prváveis razões. Enquant a infrmaçã que diz respeit a setr da empresa, em geral, é útil, as infrmações específicas de sua empresa sã preferíveis. Se sua empresa é cmpletamente típica d seu setr em relaçã a esta categria de prtunidades e, pr cnseguinte, nã é pssível dar infrmações específicas da empresa, iss deve estar claramente indicad. Se vcê acredita que enfrenta prtunidades cm ptencial para gerar alterações significativas nas perações, receitas u despesas de negócis, mas vem tmand medidas para atenuá-ls, entã vcê deve assinalar a caixa na questã CC6.1 e respnder as questões subsequentes sbre s riscs inerentes, em vez desta questã Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, n entant as empresas que recebem esta questã nã selecinaram nenhuma das prtunidades em CC6.1 e pdem ser penalizadas em sua pntuaçã de desempenh 99

100 100 em questões anterires cas nã tenham recebid pntuaçã integral na questã CC2.1a.

101 Módul de Emissões CC7.Metdlgia de emissões Fluxgrama das Questões CC7.1: Infrme seu an base e as emissões crrespndentes (Escps 1 e 2) CC7.2: Indique nme d padrã, nrma, prtcl u metdlgia que utilizu para cletar dads de atividades e calcular as emissões de Escp 1 e Escp 2 # Se qualquer padrã publicad, Prtcl u metdlgia fi selecinad CC7.2a: Frneça detalhes d padrã, prtcl u metdlgia que vcê usu para cletar dads de atividade e calcular as emissões de Escp 1 e 2 CC7.3 Frneça ptencial de aqueciment glbal (GWP - Glbal Warming Ptential) que aplicu CC7.4 Indique s fatres de emissã que aplicu e a respectiva rigem; u entã, anexe uma planilha de Excel cm essa infrmaçã FIM Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME 101

102 Orientaçã Gerais A abreviatura "CO2e" refere-se a "Dióxid de carbn equivalente", uma unidade cmum usada para descrever qualquer quantidade e tip de gás de efeit estufa em terms da quantidade de CO2 que pderia ter mesm ptencial de aqueciment glbal. Para expressar uma quantidade de gases de efeit estufa em terms de CO2e, multiplica-se a quantidade de GEE pel seu ptencial de aqueciment glbal. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: A tabela da questã CC7.1 fi reestruturada para melhrar autmaçã da pntuaçã, melhrar a clareza e facilitar a análise ds dads. Nã há nvs dads nesta tabela. O menu suspens de CC7.3 fi revist para incluir quint relatóri de avaliaçã d IPCC na cluna "Publicações". Para manter-se alinhad cm GHG Prtcl, CDP alteru sua rientaçã para as empresas que usam Ptencial de Aqueciment Glbal (PAG, em prtuguês; GWP, em inglês) na questã CC7.3. As empresas devem utilizar s valres d GWP para 100 d IPCC, de preferência devem utilizar s valres mais recente d relatóri d IPCC (AR5). Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC7.1 e CC7.3 nessa página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Versã PME As questões CC7.2 e CC7.2a nessa página estã incluídas n questinári das PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC7.1: Infrme seu an base e as emissões crrespndentes (Escps 1 e 2) Use a tabela frnecida n ORS (reprduzida abaix) para preenchiment das questões O bjetiv desta questã é saber an base de seu inventári de gases de efeit estufa. Este pde ser mesm an base de suas metas (relatad na página 3 d ORS), mas nem sempre. Se sua empresa passu pr mudanças através de aquisições u alienações efetuadas, a metdlgia u limite usad para calcular suas emissões mudu, u se huve alterações em suas fntes excluídas, deve-se recalcular as emissões d an base para que elas pssam ser diretamente cmparadas cm seu nível atual de emissões. Cnsulte capítul 5 d GHG Prtcl para bter infrmações sbre a cnfiguraçã e sbre cm recalcular um an-base. A definiçã d an base é uma etapa essencial da cntabilizaçã ds GEE. A empresa deve passar pr ele para ser capaz de bservar as tendências de suas infrmações sbre emissões. De acrd cm GHG Prtcl, an base é "um dad históric (um an específic u uma média a lng de váris ans) cm base n qual as emissões da empresa sã rastreadas a lng d temp". Se uma empresa mediu suas emissões n passad, ela pde usar an mais antig cm infrmações de emissões dispníveis, preferencialmente verificad u garantid, cm an base. Se uma empresa está medind suas emissões pela primeira vez, ela pde esclher an de referência atual cm an base. O GHG Prtcl sugere que mudanças estruturais em uma rganizaçã devem desencadear um recálcul das emissões d an base. A empresa pde, n entant, decidir nã fazer iss se as nvas emissões nã sã significativas u imprtantes a cálcul. Cabe a empresa determinar quais sã s limites daquil que cnsidera significativ u imprtante. 102

103 Escp An base Emissões d an base (tneladas métricas de CO2e) Escp 1 Escp 2 Utilize btã de calendári u digite as datas manualmente, n frmat DD/MM/AAAA ns camps Frm e T Digite as emissões de Escp 1 d an base. Digite valres até (nã use pnts u vírgulas para separar s milhares) e cm até 2 casas decimais (separe cm um pnt). Se fr 0, digite esse valr aqui. Digite as emissões de Escp 2 d an base. Digite valres até (nã use pnts u vírgulas para separar s milhares) e cm até 2 casas decimais (separe cm um pnt). Se fr 0, digite esse valr aqui. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC7.2: Indique nme d padrã, nrma, prtcl u metdlgia que utilizu para cletar dads de atividades e calcular as emissões de Escp 1 e Escp 2 Há uma variedade de padrões, metdlgias e prtcls dispníveis para ajudar na cleta e reprte de emissões de GEE, mas a grande mairia apnta GHG Prtcl cm referência básica. O CDP encraja as empresas a cnsultarem GHG Prtcl, quand as nrmas nacinais nã frem aplicáveis. N ORS, vcê deverá nmear padrã, prtcl u metdlgia a partir de uma lista, reprduzida abaix, que cntém alguns ds prtcls publicads. Se padrã utilizad nã estiver na lista, u se fi utilizada uma cmbinaçã de metdlgias, selecine "Other"; vcê terá a prtunidade de frnecer mais detalhes na respsta da questã CC7.2a (veja abaix). O CDP nã julga s padrões u as metdlgias aplicadas pelas empresas para elabrar inventáris. Prtant, é impssível para CDP aceitar/recusar explicitamente uma metdlgia de cálcul específica. Adiantams que qualquer ferramenta usada para calcular emissões de um inventári cntinuará e respeitará às melhres práticas, e bservará aspects imprtantes de exatidã e exaustividade de princípis ds standards cm n cas d Prtcl GEE. Qualquer metdlgia usada tem que ser avaliada pr cada cas específic para dimensinar se sua aplicaçã é adequada, levand em cnta cust e s princípis de cntabilizaçã de GEE. Pr cnseguinte, cnsiderams que a avaliaçã de se uma certa prática é adequada para um dad prpósit, pde ser melhr cumprida pr verificadres/garantidres. Esperams que as empresas que seguem a melhr prática verifiquem/garantam seus inventáris, especificamente s métds usads para estimar as emissões e s dads subjacentes. Os verificadres/garantidres terã a capacidade necessária e as habilidades para estabelecer se as metdlgias usadas eram as adequadas u nã, em cada cas. Sb a perspectiva da classificaçã, atualmente a metdlgia de classificaçã d CDP nã se diferencia das metdlgias de cálcul aplicadas pelas empresas para prduzirem seus inventáris. 103

104 As pções dispníveis n ORS sã: ABI Energia Linee Guida Act n the Ratinal Use f Energy American Petrleum Institute Cmpendium f Greenhuse Gas Emissins Methdlgies fr the Oil and Natural Gas Industry, 2009) Natinal Greenhuse and Energy Reprting Act Bilan Carbne Prgrama brasileir de GHG Prtcl Canadian Assciatin f Petrleum Prducers, Calculating Greenhuse Gas Emissins, China Crprate Energy Cnservatin and GHG Management Prgramme Defra Vluntary Reprting Guidelines ENCORD: Cnstructin CO2e Measurement Prtcl) Energy Infrmatin Administratin 1605B Envirnment Canada, Sulphur hexafluride (SF6) Emissin Estimatin and Reprting Prtcl fr Electric Utilities Envirnment Canada, Aluminum Prductin, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins Envirnment Canada, Envirnment Canada, Base Metals Smelting/Refining, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins Envirnment Canada, Cement Prductin, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins Envirnment Canada, Primary Irn and Steel Prductin, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins Envirnment Canada, Lime Prductin, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins Primary Magnesium Prductin and Casting, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins Envirnment Canada, Metal Mining, Guidance Manual fr Estimating Greenhuse Gas Emissins EPRA guidelines 2011 Regime de Cmérci de Licenças de Emissã da Uniã Eurpeia (EU ETS): The Mnitring and Reprting Regulatin (MMR) General guidance frinstallatins Regime de Cmérci de Licenças de Emissã da Uniã Eurpeia: The Mnitring and Reprting Regulatin (MMR) General guidance fraircraft peratrs Departament de Prteçã Ambiental de Hng Kng, Guidelines t Accunt fr and Reprt n Greenhuse Gas Emissins andremvals fr Buildings, 2010 ICLEI - Lcal Gvernment GHG Prtcl India GHG inventry Prgramme Internatinal Wine Industry Greenhuse Gas Prtcl and Accunting Tl IPCC Guidelines fr Natinal Greenhuse Gas Inventries, 2006 IPIECA's Petrleum Industry Guidelines fr reprting GHG emissins, 2003 IPIECA s Petrleum Industry Guidelines fr reprting GHG emissins, 2 nd editin, 2011 ISO Ministéri d Mei Ambiente d Japã - Lei relativa à prmçã de medidas para lidar cm Aqueciment Glbal, substituída pela revisã da lei relativa à prmçã de cntramedidas a aqueciment glbais (alteraçã de 2005) 104

105 Krea GHG e Krea GHG and Energy Target Management System Operating Guidelines Nva Zelândia - rientaçã para relatóris empresariais e vluntáris de gás de efeit de estufa Philippine Greenhuse Gas Accunting and Reprting Prgramme (PhilGARP) Prgrama GEI Mexic Reginal Greenhuse Gas Initiative (RGGI) Mdel Rule Taiwan - GHG Reductin Act Thailand Greenhuse Gas Management Organizatin: The Natinal Guideline Carbn Ftprint fr rganizatin The Climate Registry: Electric Pwer Sectr (EPS) Prtcl The Climate Registry: General Reprting Prtcl The Climate Registry: Lcal Gvernment Operatins (LGO) Prtcl The Climate Registry: Oil & Gas Prtcl The Cl Farm Tl The GHG Indicatr: UNEP Guidelines fr Calculating Greenhuse Gas Emissins fr Businesses and Nn-Cmmercial Organisatins The Greenhuse Gas Prtcl: A Crprate Accunting and Reprting Standard (Revised Editin) The Greenhuse Gas Prtcl: Agriculture Guidance: Interpreting the Crprate Accunting and Reprting Standard fr the Agricultural Sectr The Greenhuse Gas Prtcl: Public Sectr Standard The Tky Cap-and Trade Prgram US EPA Climate Leaders: Direct Emissins frm Irn and Steel Prductin 1 US EPA Climate Leaders: Direct Emissins frm Municipal Slid Waste Landfilling 1 US EPA Climate Leaders: Direct HFC and PFC Emissins frm Manufacturing Refrigeratin and Air Cnditining Equipment 1 US EPA Climate Leaders: Direct HFC and PFC Emissins frm Use f Refrigeratin and Air Cnditining Equipment 1 US EPA Climate Leaders: Indirect Emissins frm Purchases/ Sales f Electricity and Steam 1 US EPA Climate Leaders: Direct Emissins frm Statinary Cmbustin 1 US EPA Climate Leaders: Direct Emissins frm Mbile Cmbustin Surces 1 US EPA Mandatry Greenhuse Gas Reprting Rule WBCSD: The Cement CO2 and Energy Prtcl Wrld Steel Assciatin CO2 emissins data cllectin guidelines Outr Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC7.2a: Cas tenha selecinad Other em CC7.2, Frneça detalhes d padrã, prtcl u metdlgia que vcê usu para cletar dads de atividade e calcular as emissões de Escp 1 e Escp 2. Utilize a caixa de text frnecida para descrever a metdlgia u metdlgias que vcê usu para 1 This prgram has nw ended but its methdlgies may still be in use. 105

106 cletar s dads de atividade e calcular suas emissões ds Escps 1 e 2. Digite nme da metdlgia publicada que nã está na lista da questã CC7.2 u descreva a metdlgia interna u a cmbinaçã de metdlgias internas e publicadas. Use até caracteres em sua respsta. Se vcê tiver selecinad qualquer utra pçã da questã CC7.2, deixe esta questã em branc. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC7.3: Frneça ptencial de aqueciment glbal (GWP - Glbal Warming Ptential) que aplicu O GHG Prtcl define ptencial de aqueciment glbal (PAG, u GWP em inglês) cm "um fatr que descreve impact da perturbaçã radiativa (radiative frcing) (grau de efeits ncivs para a atmsfera) de uma unidade de um determinad GEE relativ a uma unidade de CO2". Utilizand s PAGs, as emissões de GEE de váris gases pdem ser padrnizadas em dióxid de carbn equivalente (CO2e). Pr exempl, n Quint Relatóri de Avaliaçã d Painel Intergvernamental sbre Mudanças climáticas impact sbre a atmsfera de uma unidade de metan a lng de um períd de temp de 100 ans é 34 vezes mair d que uma unidade de CO2. Prtant, ptencial de aqueciment glbal d metan (PAG) durante um períd de 100 ans é 34. O dióxid de carbn tem um ptencial de aqueciment glbal de 1 em tds s relatóris d IPCC já que ele é usad cm um padrã cntra qual PAG de utrs GEE é medid. As estimativas ds PAGs mudam cm temp, cnfrme cnheciment científic se desenvlve. Os fatres d PAG (GWP) sã reavaliads a cada pucs ans ns relatóris de avaliaçã d IPCC, e, pr causa diss, CDP recmenda que as empresas usem ptencial mais recente dad n quint relatóri de avaliaçã (AR5). Esta abrdagem está alinhada cm GHG Prtcl, qual afirma que a crpraçã "deve usar valres d PAG para 100 ans d IPCC e devem utilizar s valres mais recentes d PAG, extraíds d Relatóri de Avaliaçã, mas pdem ptar pr usar utrs Relatóris de Avaliaçã d IPCC". Se vcê usu uma ferramenta de cálcul e nã sabe quais PAG fram aplicadas as seus dads, cnsulte as fntes de dcumentaçã u referência da ferramenta. Use a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix para sua respsta a esta questã sbre s gases de efeit estufa de Kyt, que sã metan (CH4), óxid nitrs (N2O), família de gases d hidrflurcarbnet (HFC), família de gases d Perflurcarbnet (PFC) e hexafluret de enxfre (SF6). O Trifluret de nitrgêni (NF3) fi incluíd na cesta de GEE brigatóris. Nf3 é cnsiderad um ptente cntribuinte da mudança climática e, prtant, tem inclusã brigatória ns inventáris nacinais n âmbit da Cnvençã-quadr das Nações Unidas sbre mudanças climáticas (CQNUAC)(UNFCCC). Na sequência de uma alteraçã emitida pel GHG Prtcl em mai de 2013, O NF3 também deve ser incluíd ns inventáris de gases de efeit estufa d Crprate Standard e d Crprate Value Chain Scpe 3) Standard. Os relatóris d CDP estã estreitamente alinhads cm essas rganizações e slicita que as empresas cmecem a relatar NF3. Nã é necessári inserir um valr para sext gás de Kyt, dióxid de carbn (CO2) a mens que tenha sid cpiad d an passad. Além diss, a pass que smente 6 gases sã slicitads, vcê pde inserir utrs se assim desejar, selecinand a pçã "Other" d menu flutuante, inserind nme d gás na caixa de text frnecida. Gás Selecine: CH4 Referência Selecine: Quint relatóri de avaliaçã d IPCC (AR5-100 ans) 106

107 N2O HFC PFC SF6 CO2 NF3 Outrs, especifique Quart relatóri de avaliaçã d IPCC (AR5-100 ans) Terceir relatóri de avaliaçã d IPCC (TAR ans) Segund relatóri de avaliaçã d IPCC (SAR ans) Quint relatóri de avaliaçã d IPCC (AR5-20 ans) Quart relatóri de avaliaçã d IPCC (AR4-50 ans) Terceir relatóri de avaliaçã d IPCC (TAR - 50 ans) Segund relatóri de avaliaçã d IPCC (SAR - 50 ans) Quart relatóri de avaliaçã d IPCC (AR4-20 ans) Terceir relatóri de avaliaçã d IPCC (TAR - 20 ans) Segund relatóri de avaliaçã d IPCC (SAR - 20 ans) Outr, especifique É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC7.4 Indique s fatres de emissã que aplicu e a respectiva rigem; u entã, anexe uma planilha de Excel cm essa infrmaçã Cm ntad na página 44 d GHG Prtcl, a "mediçã direta de emissões de GEE, pr mei d mnitrament da cncentraçã e da taxa de flux nã é cmum." Nrmalmente, a mediçã direta crre apenas em instalações cm sistemas de mnitrament das emissões cntínuas, cm usinas de energia. Em vez de mediçã direta, muitas empresas calculam as emissões de GEE aplicand fatres de emissã as dads da atividade (pr exempl, tneladas de carvã cnsumid u metrs cúbics de gás natural queimad). Fatres de emissã sã, pr vezes, referids cm fatres de cnversã. Dads da atividade (pr exempl, metrs cúbics de gás natural) sã multiplicads pr um fatr de emissã para estimar as emissões de gases de efeit estufa da cmbustã desse gás (pr exempl, cmbustã de gás natural). Uma das questões mais desafiadras na cntabilizaçã de GEE é identificar s fatres de emissã mais adequads e preciss para usar. Prtant, frnece cnselhs sbre fatres específics e cm esses deveria ser aplicads está fra d escp d CDP. Fatres de emissã variam de acrd cm a natureza exata d material envlvid. Pr exempl, um fatr de emissã irá variar cm tip de carvã queimad e tip de tecnlgia utilizada para queimar carvã. O GHG Prtcl encraja vcê a calcular seus própris fatres de emissã cm base em materiais e prcesss que vcê usar. Quand ist nã é pssível, vcê deveria se referir as fatres de emissã publicads pr rganizações d gvern e afins cm EPA ns Estads Unids, DEFRA na Inglaterra e IEA. Vcê também pde achar cnveniente se referir à base de dads de fatres de emissã cmpilada pr rganizações que ferecem servidões de cálculs de carbn. Para receber rientações adicinais, vcê pde se cmunicar cm um ds parceirs d CDP que fazem cálculs de carbn (https://www.cdprject.net/en-us/ournetwrk/pages/sftwarepartners.aspx). Os fatres de emissã também pdem ser incrprads nas ferramentas de cálcul que vcê utiliza (pr exempl, cnsulte https://www.cdprject.net/en-us/ournetwrk/pages/sftwarepartners.aspx). Nte que s fatres de emissã aplicam-se a an de referência. 107

108 Os fatres de emissã dependerã também da razã pela qual fram calculads. Iss é particularmente prblemátic a relatar sbre a eletricidade. Pde-se verificar a nta técnica Accunting f Scpe 2 emissins (Cntabilidade das emissões de Escp 2) d CDP para maires infrmações sbre s fatres de emissã de eletricidade, dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Em respsta a esta questã, é preferível que vcê insira s dads na tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Se vcê tiver um grande númer de fatres de emissã, talvez seja mais fácil anexar uma planilha d Excel em vez diss. Se vcê esclher esta pçã, certifique-se de que a planilha cntenha smente essas infrmações, seja apresentada da mesma frma cm a tabela a seguir e que anex esteja claramente nmead. Um mdel de planilha está dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Certifique-se de que seu anex tenha mens de 500KB. Cmbustível/Material/Energia Fatr de Emissã Unidade de referência Referência Selecine: Antracit; Asfalt/betume; Gaslina de aviaçã; Bidiesel; Bigás; Bigaslina; Carvã betumins; BKB; Gás de alt frn; Lenhite; Briquetes de lenhite; Butan; Carvã vegetal; Fragments de cque; Cque de frn de cque; Gás de cqueria; Cque de carvã; Petróle brut; Óle diesel/gás; Óle Cmbustível destilad n.1; Óle Cmbustível destilad n. 2; Óle Cmbustível destilad n. 3; Óle Cmbustível destilad n. 4; Óle Cmbustível destilad n. 5; Óle Cmbustível destilad n. 6; Etan; Gás prduzid em fábricas; Carbrreatres; Quersene para mtres de reaçã; Quersene; Gás de aterr; Lenhite; Cque de lenhite; Gás Natural Liquefeit(GNL); Gás de petróle liquefeit (GPL); Lubrificantes; Cque metalúrgic; Metan; Gaslina de carr; Resídus urbans; NAFTA; Gás natural; Xists e betume (areias petrlíferas); Orimulsin; Gás de frn de aciaria de xigêni; Cmbustível patentead; Turfa; Cque de petróle; Piche; Prpan; Matérias-primas de refinaria; Gás de refinaria; Cmbustível derivad de resídus; Óle cmbustível residual; Semicque; Óle de xist; Insira um valr numéric neste camp sem pnts u vírgulas para separar s milhares e cm até duas casas decimais. (Separada pr um pnt n frmat xxx.xx) Selecine: Tneladas métricas de CO2e pr m3 Tneladas métricas de CO2 pr m3 Tneladas métricas de CO2e pr litr Tneladas métricas de CO2 pr litr Tneladas métricas de CO2e pr MWh Tneladas métricas de CO2 pr MWh Kg de CO2e pr litr Kg de CO2 pr litr Kg de CO2 pr MWh Kg CO2 pr MWh Tneladas métricas de CO2e pr GJ Tneladas métricas de CO2 pr GJ Tneladas métricas de CO2e pr tnelada métrica Tneladas métricas de CO2e pr tnelada métrica Lb de CO2e pr 100 pés3 Lb de CO2 pr 1000 pés3 Lb de CO2 pr galã Lb de CO2 pr galã Lb de CO2 pr barril Lb de CO2 pr barril Lb de CO2e pr milhões de BTU Identifique a referência utilizada para fatr de emissões neste camp de text. A selecinar eletricidade, especifique país e a referência nesta cluna Gás de lamas; Carvã subbetumins; Lixívias sulfit 108

109 (lixívia negra); Alcatrã; Gás de cidade; Terebintina; Óles vegetais; Resídus de óles; Resídus plástics; Cmbustíveis derivads de resídus de pneus; Ceras; White spirit/sbp; Madeira u Resídus de madeira; Outrs, favr especificar Lb de CO2 pr milhões de BTU Lb de CO2e pr shrt tn Lb de CO2 pr shrt tn Lb de CO2e pr MWh Lb de CO2 pr MWh Outr, especifique É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 109

110 CC8.Dads de Emissões Fluxgrama das Questões CC8.1: Pr favr selecine limite que vcê está usand para seu inventári de Escp 1 e 2 de gases de estufa CC8.2: Infrme s valres bruts de emissões glbais d Escp 1 em tneladas métricas de CO2e # CC8.3: Frneça suas emissões ttais brutas d Escp 2 em tneladas métricas de CO2e # CC8.4: Existem fntes de emissões (pr exempl, instalações, gases de efeit estufa (GHG) específics, atividades, gegrafias, etc.) d Escp 1 e Escp 2 que fazem parte da categria selecinada, mas nã estã incluídas em sua divulgaçã (disclsure)? Sim Nã CC8.4a: Frneça detalhes das fntes de emissões de Escp 1 e Escp 2 que fazem parte da categria selecinada, mas que nã estã incluídas em sua divulgaçã (disclsure) CC8.5: Estime nível de incerteza ds resultads referentes a ttal abslut de emissões ds Escps 1 e 2 infrmads e especifique as fntes de incerteza na sua cleta de dads, manipulaçã e cálculs. CONTINUA NA PRÓXIMA PÁGINA 110

111 CC8.6: Indique status da verificaçã/garantia (assurance) que se aplica às emissões de Escp 1 Verificaçã u garantia de terceirs em andament para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess bienal anexada Verificaçã de terceirs u garantia em curs, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess trienal anexada Verificaçã/garantia de terceirs em curs para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã d an passad anexada Verificaçã de terceirs em curs, mas ainda nã cncluída primeir an em que é feita. Verificaçã de terceirs u garantia cmpleta Verificaçã de terceirs u garantia cmpleta CC8.6a: Frneça mais detalhes sbre a verificaçã/garantia utilizada para as emissões de Escp 1 e anexe s dcuments relevantes Nã há dads sbre as emissões Nã há verificaçã u garantia de terceirs Prcess bienal existente, mas sem verificaçã u garantia de terceirs sbre as emissões relatadas Prcess trienal existente mas sem verificaçã de terceirs u garantia de emissões relatadas verificatin r assurance f reprted emissins Nenhuma verificaçã u garantia de terceirs CEMS regulatóri requerid CC8.6b: Frneça mais detalhes sbre regime regulatóri seguid que especifica us d Sistema de Mnitrament Cntínu de Emissões (CEMS) CC8.7: Indique status da verificaçã/garantia (assurance) que se aplica às emissões de Escp 2 Verificaçã u garantia de terceirs em andament para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess bienal anexada Verificaçã de terceirs u garantia em curs, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess trienal anexada Verificaçã/garantia de terceirs em curs para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã d an passad anexada Verificaçã de terceirs em curs, mas ainda nã cncluída primeir an em que é feita. Verificaçã de terceirs u garantia cmpleta Veri Q8.7a: Frneça mais detalhes sbre a verificaçã/garantia utilizada para as emissões de Escp e anexe dcuments relevantes Nã há dads sbre as emissões Nã há verificaçã u garantia de terceirs Prcess bienal existente, mas sem verificaçã u garantia de terceirs sbre as emissões relatadas Prcess trienal existente mas sem verificaçã de terceirs u garantia de emissões relatadas CC8.8: Identifique se quaisquer dads, que nã sejam de emissões relatadas nas questões CC8.6, CC8.7 e CC 14.2, fram verificads cm parte d trabalh de verificaçã de terceirs CC8.9: As emissões de CO2 efetuadas a partir de carbn sequestrad bilgicamente sã relevantes para sua rganizaçã? Nã Sim FIM CC8.9a: Frneça as emissões efetuadas a partir de carbn sequestrad bilgicamente relevantes para sua rganizaçã em tneladas métricas de CO2 Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME 111

112 Orientaçã Gerais Principais Mudanças em relaçã a 2014 As seguintes alterações fram feitas para melhrar a capacidade d CDP em pntuar as respstas, reduzir s encargs assciads à prestaçã de infrmações e aumentar a qualidade ds dads: A questã CC8.8 fi alterada para ficar mais clara. O certificad internacinal de energias renváveis (I-REC) fi adicinad à lista de instruments adequads de acmpanhament. A tabela da questã CC8.5 fi reestruturada para melhrar autmaçã da pntuaçã, melhrar a clareza e facilitar a análise ds dads. Há duas nvas infrmações nesta tabela. Pré-preenchiment Nenhuma das questões nessa página sã elegíveis para pré-preenchiment, se vcê respndeu n an passad. Versã PME As questões CC8.2 e CC8.3 desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC8.1: Selecine limite que vcê está usand para seu inventári de Escp 1 e 2 de gases de efeit estufa A frma de identificaçã das empresas para inclusã dentr ds limites de reprte é cnhecida cm "abrdagem de cnslidaçã" prque, salv indicaçã em cntrári, as infrmações que vcê frnecer em respsta à slicitaçã d CDP 2015 devem ser apresentadas cm um resultad "cnslidad" que abrange tdas as empresas, entidades, empresas, etc., dentr de seus limites d relatóri de emissã. Para a determinaçã s limites de relat, CDP recmenda que vcê busque rientaçã junt as seus cnsultres legais u cntábeis. Selecine um ds seguintes valres d menu suspens d ORS: Cntrle Financeir Ist é, empresas etc., sbre as quais vcê tem cntrle financeir Cntrle Operacinal Ist é, empresas etc., sbre as quais vcê tem cntrle peracinal Participaçã acinária (equity share) Ist é, empresas etc., sbre as quais vcê tem participaçã peracinal Outr, especifique Maires esclareciments sbre s terms sã frnecids abaix. A abrdagem de cnslidaçã identificada para sua empresa em respsta à questã CC8.1 deve ser usada cnsistentemente para respnder a tdas as questões excet a CC13.1, nde slicita-se que vcê relate sbre s regimes de cmérci de emissões que sua empresa participa. Nesse cas slicitams reprte de acrd cm GHG Prtcl: "apesar de alguns regimes de cmérci de emissões serem aplicads unicamente as peradres das instalações, a situaçã financeira ds prprietáris de instalações também é afetada indiretamente pela peraçã d regime. Esta questã, prtant, aplica-se as prprietáris e peradres das instalações abrangidas pr regimes de cmérci. Mesm se sua 112

113 empresa nã seja prprietária da ttalidade da instalaçã, frneça númer ttal de subsídis e de emissões." As três primeiras pções apresentadas acima sã baseadas n GHG Prtcl e sã descritas mais detalhadamente abaix (text adaptad de GHG Prtcl): Uma rganizaçã pssui cntrle financeir sbre uma peraçã se ela tem a capacidade de dirigir as plíticas financeiras e peracinais da peraçã cm vista à btençã de benefícis ecnômics prvenientes das suas atividades. Geralmente uma rganizaçã tem cntrle financeir sbre uma peraçã para fins de cntabilizaçã de GEE se a peraçã é tratada cm uma empresa d grup u subsidiária para efeits de cnslidaçã financeira; Uma rganizaçã pssui cntrle peracinal sbre uma peraçã se ela u uma de suas subsidiárias tem a autridade ttal para intrduzir e implementar suas plíticas peracinais; Sb a abrdagem da participaçã acinária, uma empresa calcula suas emissões de gases de efeit estufa de perações de acrd cm a sua parte nas ações da peraçã. A participaçã acinária reflete interesse ecnômic, que é a extensã ds direits de uma empresa sbre s riscs e vantagens decrrentes de uma peraçã. Nrmalmente, cmpartilhament de riscs ecnômics e recmpensas em uma peraçã está alinhad à percentagem da participaçã da empresa na peraçã e a sua participaçã n capital será nrmalmente mesm que percentual de prpriedade. Se esse nã fr cas, a substância ecnômica d relacinament que a empresa tem cm a peraçã sempre substitui a frma legal de prpriedade para garantir que a participaçã n capital reflita a percentagem de interesse ecnômic. O princípi da substância ecnômica ter precedência sbre a frma jurídica é cerente cm as nrmas internacinais de relatóris financeirs. As empresas que utilizam Framewrk d CDSB devem selecinar "cntrle financeir" cm seu limite na questã CC8.1, relatar s Escps 1 e 2 das emissões em cnfrmidade e declarar suas divisões cm "Igual a declaraçã financeira" em CC9.2e e CC10.2d. N entant, pr favr, nte que esta pçã nã deve ser usada para explicar que algumas fntes de emissões dentr d limite ds relatóris fram excluídas d seu cálcul nesse cas, selecine a abrdagem de limite glbal usada e indique as exclusões deste limite em sua respsta à questã CC8.4. N cas de lcaçã financeira, pr favr, cnsulte apêndice de GEE: Categrizaçã das Emissões de GEE em Ativs Lcads e s Padrões Internacinais de Cntabilidade 17 (IAS) em Lcações, publicad pel Internatinal Financial Reprting Standards (IFRS) para determinar escp aprpriad dessas emissões. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC8.2: Infrme s valres bruts de emissões glbais d Escp 1 em tneladas métricas de CO2e Vcê deve respnder, inserind um númer ttal n camp numéric abaix da questã. Pr favr intrduza um númer menr que (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os Númers de emissã devem ser apenas d an de referência. Se vcê nã tem uma figura de emissões, vcê deve deixar a questã em branc. Se vcê nã tiver um númer de emissões, vcê deve deixar a questã em branc. Digitar zer irá sugerir que vcê mediu as suas emissões e que valr delas é zer. Sã frnecidas, n Bx 12, rientações imprtantes sbre cm relatar as emissões d Escp 1 Pntuaçã de divulgaçã: Pntuaçã de desempenh: 113

114 Esta questã nã recebe pntuaçã. Esta questã nã recebe pntuaçã. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As emissões diretas de atividades agríclas, de transfrmaçã e/u de transprte devem ser relatadas cm parte das emissões d escp 1 nesta questã. Bx 18: Orientaçã sbre relatóris de emissões d Escp 1 Pedims frneciment das Emissões Brutas para que s usuáris da infrmaçã pssam cntabilizar as emissões de GEE prvenientes de fntes pssuídas, u cntrladas, pr sua rganizaçã antes de quaisquer reduções para as cntrapartidas cnfrme GHG Prtcl Crprate Standard. Tal transparência serve para frnecer as usuáris retrat mais exat das emissões criadas dentr ds limites de sua empresa. O dióxid de carbn emitid pela cmbustã de bimassa/bicmbustível nã deve ser incluíd na sua respsta à questã CC8.2, mas deve ser relatad em respsta à questã CC8.9. As emissões glbais brutas d Escp 1 devem ser infrmadas em tneladas métricas de CO2e. Os fatres de emissã cmuns estã descrits nas Ntas Técnicas d tópic "Units f Measure Vnversins" (Unidades de Cnversã) em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Os requisits especiais para a fixaçã d carbn, CO2 capturad & armazenad e transferids, transfer in-transfer ut, recuperaçã melhrada de petróle e prvedres dinamarqueses de energia sã explicads na nta técnica "Special cnditins fr reprting Scpe 1 emissins" (Cndições Especiais para Relat das emissões d Escp 1), dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. CC8.3: Frneça suas emissões ttais brutas d Escp 2 em tneladas métricas de CO2e Vcê deve respnder, inserind um númer ttal n camp numéric abaix da questã. Pr favr intrduza um númer menr que (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Se vcê nã tem uma figura de emissões, vcê deve deixar a questã em branc. A Inserir númer 0, irems supr que vcê mediu suas emissões e que valr delas é 0. Os Númers de emissã devem ser apenas d an de referência. Sã frnecidas, n Bx 13, rientações imprtantes sbre cm relatar as emissões d Escp 2 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As emissões d escp 2 d us de eletricidade para as atividades agríclas, de transfrmaçã e/u de transprte devem ser relatadas cm parte das emissões d escp 2 nesta questã. Bx 19: Orientaçã sbre relatóris de emissões d Escp 2 114

115 As emissões indiretas de GEE crrem principalmente a partir da geraçã de eletricidade cmprada (mas também pde incluir calr, vapr e refrigeraçã cmprads) cnsumidas pela empresa, cnfrme GHG Prtcl Crprate Standard. A Eletricidade está usada aqui cnfrme a definiçã d Prtcl GEE [página 25/33, nta de rdapé da página 2], é term eletricidade é usad cm significad de eletricidade, vapr e aqueciment/refrigeraçã. A Eletricidade cmprada é definida cm a eletricidade que é cmprada u trazida até s limites rganizacinais da empresa. Emissões d Escp 2 crrem fisicamente na instalaçã nde a eletricidade é gerada. Empresas de grande cnsum energétic nã sã prpensas a ter valres d Escp 2 mais significativas d que s valres d Escp 1. O GHG Prtcl destaca que "a cntabilidade das emissões d Escp 2 permite que as empresas avaliem s riscs e prtunidades assciads cm s custs flutuantes da eletricidade e das emissões de GEE." Serã aceitas estimativas das emissões, desde que haja transparência n que diz respeit à abrdagem da estimativa ( que é estimad e cm) e s dads utilizads para a análise sã adequads para apiar s bjetivs d inventári. Se vcê quiser saber mais sbre as recmendações atuais d CDP para a cntabilizaçã da eletricidade, nde vcê pde encntrar s fatres de emissã e s diferentes tips que existem, pr favr cnsulte Ntas técnicas Cntabilizaçã para as emissões de Escp2, https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Se vcê nã tem certeza sbre as respstas frnecidas neste guia e ns anexs técnics, vcê pde cnsultar seus frnecedres de eletricidade, supervisr de carbn u verificadr/garantidr. O CDP recnhece que está atualmente em uma fase de transiçã e esclareciments sbre a cntabilizaçã d Escp 2 e que durante essa transiçã haverá dúvidas legitimas sbre as práticas a serem seguidas. A cntabilizaçã das emissões d Escp2 assciadas à energia cmprada e cnsumida pde apresentar muits desafis, tant cnceituais cm técnics. O Prtcl GEE está buscand ferecer métds aprpriads para s Guias Internacinais, a ser publicad n iníci de O GHG Prtcl publicu uma primeira versã desse dcument, mas até sua publicaçã, a recmendaçã para reprte a CDP reflete as práticas e s princípis que CDP e muits utrs stakehlders ativs apiaram n Prtcl de cnsulta de GEE. Pede-se às empresas que sejam ttalmente transparentes sbre sua estratégia atual. As mudanças d CDP em 2013 fram realizadas para prmver a transparência acerca da cntabilizaçã d Escp 2. Abrdagem d CDP: O CDP nã exige mais um valr para Escp 2 cntratual". As empresas que desejam frnecer valres alternativs d Escp 2 baseads em diferentes métds de atribuiçã estã cnvidadas a fazê-l cm parte de suas utras divulgações e brigações de reprte. Para reprtar tal prcess a CDP, pr favr, use camp Further Infrmatin u cm uma nta/dcument anexad à divulgaçã para CDP. Certifique-se de que seu anex tenha mens de 500KB. As empresas que cmpram energia renvável que é respaldada pr ferramentas aprpriadas de mnitrament pdem cmunicar essa cmpra em seus reprtes d Escp 2 se desejarem. Entende-se que enquant nã haja um cnsens ttal sbre a prática e enquant s fatres de emissã estejam em seu lugar, prvavelmente crrerá uma cntabilizaçã dupla das prpriedades. O CDP interpreta essa falha d sistema de cntabilizaçã cm uma transiçã necessária que está crrend. O CDP cntinuará trabalhand neste espaç cm tds s intervenientes d sistema (empresas, frnecedres, cnsultres, prfissinais ds GEE, ONGs e rganizações gvernamentais) para evitar esse tip de cálcul dupl. Entretant, é um requisit imprtante usar instruments que pdem mnitrar de frma rígida 115

116 a eletricidade, e prtant, serem usads para prduzir fatres de emissã crrigids que pssam evitar a cntabilizaçã dupla. Para mais infrmações cnsulte a nta técnica "Accunting f Scpe 2 emissins" (Cntabilizaçã das emissões d Escp 2", dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Danish Energy Prviders Se vcê estiver incluíd n âmbit da diretiva de ecnmia de energia dinamarquesa e vende suas ecnmias de energia certificadas, vcê pderá relatar um valr reduzid d Escp 2 para a CDP. Leitres e respndentes que queiram ver a abrdagem adtada pels utrs nesta questã pdem referir-se a seguinte: The Climate Registry, cnsulte "Capítul 14: Indirect emissins frm electricity use d General Reprting Prtcl (uma versã preliminar atualizada d prjet - atualmente em cnsulta pública - pde ser encntrada em The Carbn Trust Standard: cnsulte a seçã sbre a Metdlgia; e Publicly Available Specificatin 2050 (especificaçã para a avaliaçã das emissões de gases de efeit estufa d cicl de vida de bens e serviçs): ver de PAS 2050:2008. Prduct Envirnmental Ftprint (PEF) Guide prduzid ppr JRC (verifique pnt ). Bx 20: Apprpriate tracking instruments Os instruments de acmpanhament/mnitrament pdem ter nmes diferentes dependend d sistema específic de que sã prvenientes Eles pdem ser chamads de "certificad", "tags", "instrument", "crédits", "garantia de rigem", etc. Para s fins desta rientaçã vams utilizar a palavra "instruments" cm cnceit geral, abrangend tdas estas designações diferentes. A cntabilizar a energia renvável cm base em instrument de acmpanhament/mnitrament, as empresas devem ter cnheciment d que cnstitui um bm sistema de mnitrament de energia elétrica. D pnt de vista d CDP, há 4 critéris simples que devem ser cumprids: Há uma entidade respnsável pela geraçã de instruments (órgã emissr) que emite instrument em registr(s) públic(s) cntra a energia renvável distribuída pr um geradr. Apenas um instrument é emitid pr unidade de energia (pr exempl, MWh) e este víncul é devidamente auditad. Um cnjunt de atributs está presente n instrument (u pdem ser legitimamente inferids a partir dele), a saber: nme d prdutr, tip de tecnlgia; an de instalaçã; an de prduçã; ajuda/api d Estad; taxa de emissã; utras características ambientais. As prpriedades nã pdem ser desagregadas, pr exempl, nã é permitid que uma das partes cnte cm fatr de emissã de GEE e a utra parte cm fat de ser renvável na rigem. Há uma cadeia de custdia auditável. Iss significa que tdas as infrmações pdem ser verificadas/auditadas pels usuáris d sistema, e que td sistema é auditad pr partes externas, garantind assim que víncul entre geraçã, distribuiçã e cnsum final esteja efetivamente estabelecid e que nã haja a cntabilizaçã dupla. 116

117 As infrmações d sistema pdem ser usadas para evitar a dupla cntagem de atributs. O CDP geralmente cnsiderará s seguintes sistemas (e instruments) cm adequads para bjetiv de mnitrar a eletricidade renvável: Sistemas baseads nas Garantias de Origen Eurpeias (GOs) cm EECS (Sistema Eurpeu de Certificaçã de Energia) Sistemas baseads ns Certificads Nrte Americans de Energia Renvável cm Green-e Energy prgram ns Estads Unids. Sistemas baseads na nrma de acmpanhament internacinal REC (I-REC), incluind Israel, Taiwan e Turquia. Além da emissã, d mnitrament das prpriedades e da garantia da cadeia de custódia pdem existir estratégias de certificaçã que atestarã a utilizaçã adequada deu um instrument para um determinad fim. Mais infrmações sbre tais temas e sbre a terminlgia específica encntram- se na nta técnica "Accunting f Scpe 2 emissins dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. CC8.4: Existem fntes de emissões (pr exempl, instalações, gases de efeit estufa (GHG) específics, atividades, gegrafias, etc.) de Escp 1 e Escp 2 que fazem parte da categria selecinada, mas nã estã incluídas em sua divulgaçã (disclsure)? Vcê deverá identificar fntes que nrmalmente estariam dentr ds limites de cnslidaçã identificads para sua divulgaçã (ist é, cntrle financeir, cntrle peracinal, ações, CCRF u utr), mas para as quais s gases de efeit estufa nã fram relatads nesta divulgaçã. Fntes excluídas pdem estar em um determinad país u pdem representar um númer muit pequen de instalações, dificultand a cleta de dads. Pr utr lad, pde ser que vcê esteja relatand dads smente para as emissões de dióxid de carbn a invés de tds s gases abrangids pel GHG Prtcl. As exclusões devem ser relatadas nde elas frem ptencialmente imprtantes para a divulgaçã (individualmente u cletivamente). Razões nrmais para exclusões pdem ser, entre utras, as seguintes: Infrmações incmpletas para períd em questã; Mudanças estruturais na rganizaçã, incluind: Fusões, Aquisições, Desinvestiments; Terceirizaçã e/u internalizaçã de atividades; e Infrmações nã-cnfiáveis. Incentivams que vcê reveja a lista acima a identificar quais fntes (incluind mas nã se limitand a instalações, GEE específic, atividades e lcais) pdem ser excluídas ds limites de cnslidaçã. O GHG Prtcl, cmentand sbre reprte de exclusões, destaca que "qualquer cnfirmaçã deve ser feita n relatóri a cada an para aumentar a transparência; cas cntrári, nvs usuáris ds relatóris em dis u três ans após a mudança pderã fazer supsições incrretas sbre desempenh da empresa." 117

118 Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad à questã CC8.4a, nde vcê irá frnecer mais detalhes sbre as exclusões; Se vcê respnder "n", vcê será direcinad para a próxima questã, questã CC8.5. Se vcê nã mediu suas emissões d Escp 1 e Escp 2, deixe esta questã em branc. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas a seleçã em CC8.4 pde afetar a pntuaçã de desempenh das questões CC8.6 e CC8.7. CC8.4a: Frneça detalhes das fntes de emissões de Escp 1 e Escp 2 que fazem parte da categria selecinada, mas que nã estã incluídas em sua divulgaçã (disclsure) Esta questã smente aparece se vcê respnder "yes" à questã CC8.4. Frneça detalhes sbre as exclusões na tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Reveja a respstaexempl frnecida para esta questã n Bx 21. Fnte Relevância das emissões d escp 1 desta fnte Relevância das emissões d escp 2 desta fnte Explique pr que essa fnte fi excluída Use este camp de text para nmear e descrever brevemente a fnte que vcê está excluind. Utilize até caracteres. Nã há emissões exluídas Nã há emissões para esta fnte As emissões nã sã relevantes As emissões sã relevantes, mas ainda nã fram calculadas As emissões sã relevantes e fram calculadas, mas nã divulgadas. Emissões excluídas devid à recente aquisiçã Nã há emissões exluídas Nã há emissões para esta fnte As emissões nã sã relevantes As emissões sã relevantes, mas ainda nã fram calculadas As emissões sã relevantes e fram calculadas, mas nã divulgadas. Emissões excluídas devid à recente aquisiçã Pr favr, use este camp de text para descrever pr que a rigem fi excluída e a sua imprtância. Se pssível, frneça uma estimativa da percentagem d ttal das emissões cntidas dentr ds limites relatads e representads pela exclusã. Se tiver sid feita uma aquisiçã recente, inclua a data da aquisiçã neste camp de text. Utilize até caracteres. 118

119 As emissões nã fram avaliadas As emissões nã fram avaliadas Vcê pde inserir fntes de exclusões múltiplas na tabela, usand usand btã "Add Rw" n cant inferir direit da tabela. Relevância das emissões d escp 1 desta fnte Nã há emissões excluídas selecine esta pçã se vcê excluiu as emissões d escp 2 desta fnte (relate esta exclusã na cluna crreta da tabela), mas nã as emissões d Escp 1 desta fnte. Nã há emissões para esta fnte selecine esta pçã se vcê excluiu as emissões d Escp 2 desta fnte (e relate esta exclusã na cluna aprpriada da tabela), mas vcê nã tem emissões d Escp 1 dessa fnte. As emissões nã sã relevantes selecine esta pçã se vcê excluiu emissões d escp 1 identificadas cm nã relevantes para esta fnte. As emissões sã relevantes, mas ainda nã, fram calculadas selecine esta pçã se vcê excluiu emissões d Escp 1 desta fnte, apesar de ter identificad essas emissões cm relevantes e nã tê-las calculad. As emissões desta fnte sã relevantes e fram calculadas, mas nã estã divulgadas selecine esta pçã se vcê excluiu das respstas a CDP as suas emissões d Escp 1 que vcê havia calculad e identificad cm relevantes. Emissões excluídas devid a uma recente aquisiçã selecine esta pçã se vcê têm emissões d Escp 1 excluídas desta fnte devid a uma aquisiçã crrida ns últims 12 meses. As emissões nã fram avaliadas selecine esta pçã se vcê excluiu emissões d escp 1 desta fnte, mas nã avaliu a relevância destas emissões. Relevância das emissões d escp 2 desta fnte Nã há emissões excluídas selecine esta pçã se vcê excluiu as emissões d escp 1 desta fnte (relate esta exclusã na cluna crreta da tabela), mas nã as emissões d Escp 2 desta fnte. Nã há emissões para esta fnte selecine esta pçã se vcê excluiu as emissões d Escp 1 desta fnte (e relate esta exclusã na cluna aprpriada da tabela), mas vcê nã tem emissões d Escp 2 dessa fnte As emissões nã sã relevantes selecine esta pçã se vcê excluiu emissões d escp 2 identificadas cm nã relevantes para esta fnte. As emissões sã relevantes, mas ainda nã, fram calculadas selecine esta pçã se vcê excluiu emissões d Escp 2 desta fnte, apesar de ter identificad essas emissões cm relevantes e nã tê-las calculad. As emissões desta fnte sã relevantes e fram calculadas, mas nã estã divulgadas selecine esta pçã se vcê excluiu das respstas a CDP as suas emissões d Escp 2 que vcê havia calculad e identificad cm relevantes. Emissões excluídas devid a uma recente aquisiçã pr favr, selecine esta pçã se vcê tem emissões de escp 2 excluíds desta fnte devid a uma aquisiçã que tem crrid ns últims 12 meses. As emissões nã sã avaliadas pr favr, selecine esta pçã se vcê tem emissões de escp 2 excluídas desta fnte, mas nã avaliaram a relevância destas emissões. 119

120 Bx 21: exempl preenchid de CC8.4a - Exclusã Neste exempl presumims que a empresa selecinu 'Cntrle peracinal' em CC8.1. Fnte Excluíms as emissões de nssas perações diretas na Ásia, nde tems quatr fábricas. Relevância das emissões d escp 1 desta fnte As emissões nã fram avaliadas Relevância das emissões d escp 2 desta fnte As emissões sã relevantes, mas ainda nã fram calculadas Explique pr que essa fnte fi excluída Neste mment, sms capazes de divulgar apenas as emissões de nssas perações na Eurpa, mas nã nssas perações asiáticas. Em terms de emissões d Escp 1, estams cientes de que nssas perações de fabricaçã pdem estar assciadas a fugas de fluids refrigerantes, prém ainda nã cnseguims investigar e avaliar tal fat de frma cmpleta. Em terms das emissões d Escp 2, tems registrs da quantidade de eletricidade que cmprams para as nssas instalações asiáticas, mas ainda nã adtams uma abrdagem para cntabilizar as emissões d escp 2 assciadas a iss. Bx 22: "Relevância" ns relatóris de GEE O GHG Prtcl frnece a seguinte definiçã de relevância em relaçã as relatóris de GEE: "Um relatóri relevante cntém as infrmações que s usuáris - interns e externs - precisam para sua tmada de decisã. As empresas devem usar princípi da relevância quand frem determinar se desejam excluir quaisquer atividades ds limites d inventári. As empresas também devem usar princípi de relevância cm um guia para selecinar as fntes de dads. As empresas devem cletar dads de qualidade suficiente para garantir que inventári é relevante (u seja, que refletem as emissões de GEE da empresa de frma aprpriada e servem às necessidades de tmada de decisã ds usuáris) (...) e nã devem excluir d inventári quaisquer atividades que cmprmetam a relevância d inventári relatad." Uma regra prática, às vezes aplicada para avaliar a relevância de uma fnte u atividade de emissões, é cnsiderar as fntes que cntribuem para 95% d estque de emissões, uma vez que as fntes sã listadas pel tamanh das emissões. Esta regra é de valr prátic, em especial quand as fntes seguem uma "regra 80-20" para a qual um númer reduzid de fntes cntribui para uma grande prprçã das emissões ttais, enquant um grande númer de fntes cntribui para uma pequena prcentagem das emissões. Para utilizar limite de 95%, as emissões de tdas as fntes u atividades precisam ser quantificadas (u estimadas) para garantir que eles atendem a este limite. N entant, uma vez que as emissões sã quantificadas, a mairia ds benefícis de ter um limiar é indiscutivelmente perdida. Nã 120

121 bstante, a relevância deve ser aplicada tant para tamanh das emissões, cm também para utrs critéris, tais cm ptencial de gerar reduções das emissões, cust-benefíci de reclher dads, as expectativas ds stakehlders e s ptenciais uss ds dads. A Relevância das emissões nã deve ficar limitada as temas da sustentabilidade cm impact financeir significativ na sua rganizaçã, apesar de, muitas vezes, estar mais alinhada cm as definições financeiras de "materialidade". Exempls de circunstâncias nde as razões para excluir fntes cnhecidas de emissões da declaraçã de GEE nã sã justificáveis: A entidade tem emissões de escp 1 relevantes, mas inclui apenas as emissões d escp 2 em sua divulgaçã d CDP. O limite fi definid, mas particulares gegráficas dentr d limite nã fram relatadas, embra representem emissões pertinentes; As emissões relatadas excluem divisões/áreas de negóci da empresa cm emissões relevantes, mas sã apenas uma pequena prprçã d ttal das emissões incluídas na declaraçã de GEE. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas a seleçã em CC8.4 pde afetar a pntuaçã de desempenh das questões CC8.6 e CC8.7. Empresas d Setr de Petróle e Gás: pedims que vcês infrmem se nã estã divulgand as emissões de metan em geral, de quaisquer instalações específicas u de tips específics de equipament. CC8.5: Estime nível de incerteza ds resultads referentes a ttal abslut de emissões ds Escps 1 e 2 infrmads e especifique as fntes de incerteza na sua cleta de dads, manipulaçã e cálculs. As incertezas pdem surgir de lacunas ns dads, premissas, restrições na mnitraçã/mediçã, fatres de emissões publicad, gerenciament de dads, etc. Na sua respsta a CDP é prvável que vcê encntre três tips pssíveis de incerteza quand calcular seus númers de emissões: Incerteza assciada a cálcul ds ptenciais de aqueciment glbal (PAG); Incerteza assciada a cálcul de fatres de emissões publicads; e Incerteza ns dads de sua atividade u mediçã direta das emissões. Cm vcê nã pde cntrlar as incertezas assciadas a cálcul de PAG u fatres de emissões publicads, vcê nã deve relatar essas fntes em respsta a esta questã. Pr exempl, equipaments de mediçã estarã sempre limitad em seus mds de mediçã precisa. Além diss, as maneiras nas quais as amstragens ds gases e as técnicas de tratament estatístic de dads sã implementadas pdem afetar as estimativas de gases de efeit estufa. Essas limitações pdem ser cnhecidas e ptencialmente pderiam ter uma incidência significativa sbre a precisã ds cálculs de GEE da sua rganizaçã. Vcê pde pesquisar a ferramenta de rientaçã frnecida pel GHG Prtcl para bter assistência: Use a tabela frnecida n ORS (reprduzida abaix) para preenchiment das questões Se vcê avaliu as fntes de emissões e nã têm emissões em um u utr escp, para esse escp selecine "less r equal t 2%" para interval de incerteza, para as principais fntes de incerteza selecine "N Surces f Uncertainty" e cnfirme n camp de text que nã há emissões nesse escp. Se vcê nã mediu 121

122 suas emissões d Escp 1 e Escp 2, deixe esta questã em branc. Sã frnecidas, abaix, rientações para preenchiment de cada cluna da tabela. Escp Interval de incerteza Principais fntes de incerteza Dê mais infrmações sbre a incerteza em seus dads 1 2 Interval de incerteza (emissões d Escp 1 e Escp 2): Selecine entre s seguintes intervals de incerteza, arredndand valr de incerteza para númer inteir mais próxim (+ u -) se fr cas: Menr u igual a 2% Mais de 2%, mas inferir u igual a 5% Mais de 5%, mas inferir u igual a 10% Mais de 10%, mas inferir u igual a 20% Mais de 20%, mas inferir u igual a 30% Mais de 30%, mas inferir u igual a 40% Mais de 40%, mas inferir u igual a 50% Mais de 50%, mas inferir u igual a 60% Mais de 60%, mas inferir u igual a 70% Mais de 70% mas inferir u igual a 80% Mais de 80% mas inferir u igual a 90% Mais de 90%, mas inferir u igual a 100% Mair que 100% Principais fntes de incerteza (emissões de Escp 1 e Escp). Faça seleções múltiplas: Lacunas ns dads Premissas utilizadas Extraplaçã Restrições na mnitraçã/mediçã Amstragem Gerenciament ds dads. Nenhuma fnte de incerteza Outrs, especifique Dê mais infrmações sbre a incerteza de seus dads (emissões d Escp 1 e 2): Use este camp de text para indicar as fntes identificadas de incerteza e para relatar md pel qual elas sã específicas para sua empresa. Nã use mais de caracteres em sua respsta. Empresas de Serviçs de Eletricidade Investidres slicitam que, cas a precisã ds dads varie de acrd cm tip de instalaçã, s diferentes graus de precisã sejam frnecids. A quarta cluna da tabela pde ser usada para essa finalidade. Pntuaçã de divulgaçã: Pntuaçã de desempenh: 122

123 Esta questã recebe pntuaçã. Esta questã nã recebe pntuaçã. CC8.6: Indique status da verificaçã/garantia (assurance) que se aplica às emissões de Escp 1 Respnda a esta questã selecinand uma das pções na lista abaix que estará dispnível em frma de menu suspens n ORS. Nã há dads sbre as emissões Nã há verificaçã u garantia de terceirs Nenhuma verificaçã u garantia de terceirs CEMS regulatóri requerid Prcess bienal existente, mas sem verificaçã u garantia de terceirs sbre as emissões relatadas Prcess trienal existente mas sem verificaçã de terceirs u garantia de emissões relatadas Verificaçã u garantia de terceirs em andament para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess bienal anexada Verificaçã de terceirs u garantia em curs, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess trienal anexada Verificaçã/garantia de terceirs em curs para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã d an passad anexada Verificaçã de terceirs u garantia cmpleta Verificaçã de terceirs em curs, mas ainda nã cncluída primeir an em que é feita. Nta que esta questã se aplica apenas às emissões de escp 1. O CDP cnsidera a verificaçã/garantia cm um prcess realizad pr uma terceira parte. Indique apenas que está send efetuada u fi efetuada a garantia/verificaçã, se fr pr um terceir certificad para realizar a verificaçã/garantia ds dads de GEE. Se uma parte das suas emissões d Escp 1 fi verificada, selecine a pçã que se aplica a essas emissões; vcê terá a prtunidade na questã CC8.6a para frnecer mais detalhes sbre assunt. É recnhecid que para algumas empresas, agendament de verificaçã/garantia está fra de sincrnia cm prcess de divulgaçã d CDP e, pr cnseguinte, fica difícil cncluir prcess de verificaçã/garantia dentr d praz d CDP. Se este fr cas vcê deve selecinar a pçã de verificaçã u a garantia em curs que melhr descreva sua situaçã. Selecine prcess de verificaçã/garantia bienal quand as emissões d Escp 1 sã verificadas a cada dis ans; selecine prcess de verificaçã/garantia trienal quand as emissões d Escp 1 sã verificadas a cada três an. Reveja Bx 23 para mais infrmações sbre prcesss anuais, bienais e trienais e cm essas seleções serã pntuadas. As empresas que estã brigadas pels regimes de regulaçã sb s quais peram a cletar dads usand Sistema de Mnitrament Cntínu de Emissões (CEMS) e entregar esses dads à autridade reguladra sem verificaçã pdem indicá-l selecinand N third party verificatin r assurance regulatry CEMS required. Se vcê pera sb este regime mas a mesm temp recebe verificaçã, selecine a pçã que reflete sua verificaçã u garantia. Nas questões subsequentes será pedid que as empresas frneçam evidência da verificaçã u da regulaçã de CEMS que selecinarem aqui. As empresas devem verificar iss antes de respnder esta questã para cnfirmar que as suas atividades estã em cnfrmidade, pr exempl, cnsultand seu verificadr/garantidr. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã às questões CC8.6a e CC8.6b. Cas algumas infrmações nã estejam dispníveis na declaraçã de garantia padrã ferecida pr seu verificadr, CDP prduziu um mdel que pde ser usad em cnjunt cm a declaraçã de garantia riginal cnsulte Bx 23 para maires detalhes. A selecinar Third party verificatin r assurance underway fr the reprting year but nt yet cmplete previus statement f biennial prcess attached, Third party verificatin r assurance underway but nt yet cmplete previus statement f triennial prcess attached, Third party verificatin underway fr the reprting year but nt yet cmplete last year s statement attached r Third party verificatin r assurance 123

124 cmplete, vcê será redirecinad para a questã CC8.6a. Se vcê selecinar N third party verificatin r assurance regulatry CEMS required (nenhuma verificaçã de terceirs u garantia CEMS regulamentar necessária) vcê será direcinad à questã CC8.6b. A selecinar N emissins data prvided, " N third party verificatin r assurance, Biennial prcess in place but n third party verificatin r assurance f emissins r Triennial prcess in place but n third party verificatin r assurance f reprted emissins vcê será direcinad para a próxima questã, questã CC8.7. Seu anex deve cnter mens de 500KB e nã deve estar prtegid pr senha. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã, mas a respsta dada em CC8.6 afetará a pntuaçã de desempenh de CC8.6a e CC8.6b. Bx 23: Prcesss anuais, bienais e trienais Os gráfics abaix mstram dis exempls de um prcess trienal e dis exempls de um prcess anual para ilustrar as diferenças entre s dis: Prcesss trienais Se n an em que a verificaçã é cncluída (pr exempl, 3 ans), s dads de tdas as fntes durante cicl cmplet sã verificadas (pr exempl an 1, 2 e 3) a empresa pde relatar a verificaçã de 100% e deve anexar as declarações de verificaçã que cbrem exercíci de tdas as fntes. Iss seria cnsiderad um prcess trienal em que pnts integrais sã cncedids ss anexs frem frnecids: % year 1 100% year 2 100% year 3 Year 1 Underway Year 2 Underway Year 3 Verificatin cpmplete fr 3 years Verified Nt Verified 124

125 Se uma empresa verifica 100% das suas fntes e emissões a cada 3 ans, entã ela receberá pnts inteirs smente a cada 3 ans: 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Year 0 Year 1 Year 2 Year 3 Nt verified Verified Prcesss anuais Nem tds prcesss que crrem em três ans serã cnsiderads um prcess trienal. Os gráfics abaix ilustram s prcesss anuais que nã devem ser cnfundids cm triêni. Se a verificaçã fr cncluída (pr exempl, n An 3) e smente s dads desse an sã verificads (pr exempl, apenas an 3 é verificad para 1/3 das fntes, segund terç fi verificad n an 2 e terç restante n primeir an), entã, a empresa deve relatar smente 33% verificad. Este é um prcess anual, n qual 1/3 das fntes sã verificadas td an. Será recebida pntuaçã parcial a cada an: 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Year 0 Year 1 Year 2 Year 3 Nt verfiied Verified Da mesma frma, quand uma empresa tem 1/3 das emissões d an verificadas a cada an, este é um prcess anual e será cncedid pnts parciais a cada an: 125

126 100% 80% 60% 40% Nt verified Verified 20% 0% Year 1 Year 2 Year 3 Orientaçã para a prprçã verificada em 2015: A partir de 2015, a prprçã de emissões verificadas deve ser mair que 70% em relaçã às emissões ttais para a btençã de pntuaçã integral. A tabela abaix demnstra as implicações diss para s prcesss anuais, bienais e trienais em Cm s prcesss anuais, bienais e trienais serã pntuads? Prcesss anuais Prcess Bienal Prcesss trienais X % das emissões verificadas anualmente. Pntuaçã integral (se mais de 69% das emissões estiverem verificadas e huver uma declaraçã anexada). 1) % das emissões ns ans 1 e 2, tdas verificadas n an 2. Cada an receberá pntuaçã integral (se a declaraçã estiver anexada). 2) Mens de 70% das emissões d an 1 e mens de 70% das emissões d an 2, tdas verificadas n an 2. Cada an receberá pntuaçã parcial (se a declaraçã fr anexada). 3) % das emissões d an 1 está verificada mas nã há verificaçã d an 2. Será atribuída pntuaçã integral n an 1 (se a declaraçã fr anexada), mas nã haverá pntuaçã para an 2 4) Mens de 70% das emissões verificadas n an 1, mas sem verificaçã n an 2 - pntuaçã parcial n an 1, nenhuma pntuaçã n an 2 1) % das emissões ns ans 1, 2 e 3, tdas verificadas uma vez a cada três ans. 2) Mens de 70% das emissões d an 1, an 2 e an 3, tdas verificadas de uma vez n an 3. Cada an receberá pntuaçã parcial (se a declaraçã fr anexada). 3) % das emissões d an 1 verificadas n an 1, mas sem verificaçã ns ans 2 u 3. Pntuaçã parcial para an 1 (se a declaraçã fr anexada), mas nenhuma pntuaçã para s ans 2 e 3. 4) Mens d que 70% das emissões verificadas n an 1, mas sem verificaçã n an 2 e 3. Será atribuída pntuaçã parcial n an 1 (se a declaraçã fr anexada), mas nenhuma pntuaçã para s ans 2 e 3. CC8.6a: Frneça mais detalhes sbre a verificaçã/garantia utilizada para as emissões de Escp 1 e anexe s dcuments relevantes 126

127 Esta questã smente aparecerá se vcê slecinar Third party verificatin r assurance underway fr the reprting year but nt yet cmplete previus statement f biennial prcess attached, Third party verificatin r assurance underway but nt yet cmplete previus statement f triennial prcess attached, Third party verificatin underway fr the reprting year but nt yetcmplete last year s statement attached r Third party verificatin r assurance cmplete, em respsta à questã CC8.6. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. As infrmações necessárias devem estar dispníveis na sua declaraçã de verificaçã/garantia u, se a verificaçã/garantia está ainda em curs, devem estar dispníveis cm seu verificadr/garantidr. Se vcê está relatand a verificaçã u garantia de terceirs em curs, s dads de sua tabela devem refletir a prprçã das emissões que estã sujeitas à verificaçã/garantia n an de referência atual, cm exceçã da declaraçã. CDP entende que vcê pde prcurar a verificaçã pr razões diferentes que nã sejam a prestaçã de infrmações a CDP e que pdem infrmações cnfidenciais pdem estar incluídas em sua declaraçã de verificaçã detalhada. Se este fr cas, é suficiente que seu verificadr/garantidr ateste escp e nível de garantia/verificaçã através de crrespndência, tal cm uma declaraçã resumida, desde que esta abranja s detalhes mínims descrits abaix (veja a rientaçã sbre a cluna em que a declaraçã está anexada). Tip de verificaçã u garantia Selecine: Nã se aplica. Garantia limitada Garantia mderada Garantia razável Garantia alta Garantia/verificaçã de terceirs em andament. Anexe a declaraçã Anexe seu dcument aqui, veja abaix para mais detalhes. Página/Seçã de referência Caixa de text. Cnsulte as rientações para esta cluna abaix, Padrã/Nrma pertinente Selecine uma das pções cnstantes abaix na rientaçã para esta cluna. % de emissões de Escp 1 relatadas e verificadas Insira um valr numéric neste camp de 1 a 100, sem pnts u vírgulas para separar s milhares e sem casas decimais. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Veja abaix para bter instruções sbre cm preencher as clunas. Tip de verificaçã u garantia: esta cluna se relacina cm tip de verificaçã u de garantia. A pçã relevante dependerá d padrã de verificaçã para qual fi cncluíd prcess de verificaçã e d nível de garantia acrdad entre a empresa e verificadr. As empresas pdem selecinar as seguintes pções: (Observe que s exempls de padrões que se aplicam a cada nível de garantia nã sã exaustivs e sã frnecids para fins ilustrativs) Nã se aplica. Em puquíssims cass, geralmente para cumpriment de prgramas, a verificaçã padrã nã inclui um nível de garantia; Neste cas Selecine esta pçã. Garantia limitada Este é um ds níveis mais cmuns de garantia e, pr exempl, é aprpriad para a verificaçã efetuada de acrd cm ISO , ISAE3000, ASAE3000 e O Registr d Clima (The Climate Registry). Garantia mderada 127

128 Pr exempl, este nível de garantia é adequad para a verificaçã efetuada em cnfrmidade cm AA1000 e AT101 Garantia razável Pr exempl, é aprpriad para a verificaçã realizada n âmbit d ISO , ISAE3000, ASAE3000 e O Registr d Clima (The Climate Registry); tdas as verificações realizadas para fins de cnfrmidade cm RCLE-UE têm um nível de "garantia razável" (de acrd cm s requisits da EA-6/03). Garantia alta Pr exempl, este nível de garantia é adequad para a verificaçã efetuada em cnfrmidade cm AA1000 e AT101 Garantia/verificaçã de terceirs em andament. Selecine esta pçã se a verificaçã/garantia está em andament e ainda nã é sabid nível de garantia que está pretendend atingir. Para anexar dcument à Cluna 3, clique n btã Brwse para lcalizar dcument e entã clique n btã Attach para anexá-l à respsta. O dcument nã deve ter mais de 500KB. Observe s requisits da declaraçã detalhads abaix e a pçã de utilizar mdel d CDP. Se vcê tem váris dcuments para uma única verificaçã (pr exempl, Se vcê tiver relatóris de verificaçã de várias instalações abrangids pr um únic padrã de verificaçã) vcê deve anexar a estes dcuments em um arquiv zip. Tdas as empresas devem anexar uma declaraçã de verificaçã aqui a mens as que tenham selecinad "Third party verificatin r assurance underway but nt yet cmplete - first year it has taken place em respsta à questã CC8.6 neste cas as empresas devem deixar esta cluna em branc. A declaraçã deve: i. Declarar claramente que as emissões de gases de efeit estufa fram verificadas u garantidas cm parte d prcess. Se a declaraçã se refere a utrs dcuments verificads (tais cm relatóri de sustentabilidade, relatóri financeir, GRI etc.) nde s itens verificads sã especificads, pr favr anexe-s à questã ii. iii. iv. Relate escp relevante; Declare de frma clara a piniã e tip de verificaçã/garantia que lhe fi dad, bem cm padrã de verificaçã usad. Estas devem cincidir cm as seleções feitas nas clunas 1 e 2; Abrange an de referência atual u s 12 meses anterires se fi selecinad Third party verificatin r assurance underway fr the reprting year but nt yet cmplete previus statement f biennial prcess attached, Third party verificatin r assurance underway but nt yet cmplete previus statement f triennial prcess attached, Third party verificatin underway fr the reprting year but nt yetcmplete last year s statement attached, em respsta à questã CC8.6. Referência de página/seçã: Identificar a página e a seçã que cntém detalhes de sua verificaçã/garantia de emissões d escp 1. Nrma (Standard) Relevante: nesta cluna vai padrã de verificaçã cntra qual fi realizad prcess de verificaçã. Ela nã se refere à emissã de relatóris u padrã de cálcul. O CDP elabru critéris para que cnstitui uma verificaçã padrã aceitável. Tds s parâmetrs de verificaçã e exceções a seus uss estã listads n site d CDP (https://www.cdp.net/en- US/Respnd/Pages/verificatin-standards.aspx). A nrma de verificaçã deve ser indicada na declaraçã de verificaçã. Se a respsta fr enviada antes d praz ficial d CDP, CDP entã irá rever a nrma utilizad e adiciná-l n site em na rubrica "aceit" u "nã aceit", dependend d resultad da revisã padrã. Se a respsta fr apresentada após praz ficial, CDP nã pderá rever a nrma usada a temp para efeits de pntuaçã. Selecine as seguintes nrmas aceitas; usar "ther" se a nrma utilizada nã estiver incluída: 128

129 AA1000AS Airprt Carbn Accreditatin (ACA) des Airprts Cuncil Internatinal Eurpe Alberta specified gas emitters regulatin (SGER) ASAE3000 Assurance Standard 3410N Nrmas de certificaçã estabelecids pr AICPA (AT101) Australian Natinal GHG emissin regulatin (NGER) Califrnia Mandatry GHG Reprting Regulatins (CARB) Canadian Institute f Chartered Accuntants (CICA) Handbk: Assurance Sectin 5025 CCX verificatin standard Certified emissins measurement and reductin scheme (CEMARS) Chicag Climate Exchange verificatin standardcmpagnie Natinale des Cmmissaires aux Cmptes (CNCC) Crprate GHG verificatin guidelines frm ERT DNV Verisustain Prtcl/ Verificatin Prtcl fr Sustainability Reprting ERM GHG Perfrmance Data Assurance Methdlgy Eurpean Unin Emissins Trading System (EU ETS) ISAE3000 ISAE 3410 ISO Japan vluntary emissins trading scheme (JVETS) guideline fr verificatin Krean GHG and energy target management system RevR6 prcedure fr assurance f sustainability reprt SGS Sustainability Reprt Assurance Spanish Institute f Registered Auditrs (ICJCE) State f Israel Ministry f Envirnmental Prtectin, Verificatin f GHG and emissins reductin in Israel Guidance Dcument The Climate Registry's General Verificatin Prtcl Tky cap-and-trade guideline fr verificatin Verificaçã cm parte da certificaçã d Carbn Trust standard Standard 3410N Assurance engagements relating t sustainability reprts f the Ryal Netherlands Institute f Registered Accuntants Saitama Prefecture Target-Setting Emissins Trading Prgram Advanced technlgies prmtin Subsidy Scheme with Emissin reductin Target (ASSET) Outrs, especifique Prprçã das emissões d escp 1 relatadas e verificadas (%): pde crre de apenas uma subseçã das suas emissões terem sid verificadas/garantidas devid, pr exempl, as requisits nrmativs. Pr favr, identifique qual a prprçã de suas emissões de escp 1 bruts glbais ter sid sujeit a prcess de verificaçã/garantia descrit inserind a prprçã de que emissões de escp 1 verificad/certeza que está usand sem casas decimais. Nte que esta questã refere-se à prprçã de seu negóci sbre qual há verificaçã, nã regime de amstragem que empregad pel verificadr. Pr exempl, se vcê só efetuu a verificaçã sbre suas perações ns EUA, entã deve reprtar a prcentagem que as perações ds EUA representam. Alternativamente, se vcê efetuu uma verificaçã em tda a rganizaçã, digite 100%. Se vcê relatu td seu estque de GEE em seu material de cmunicaçã crprativa que fi verificad, digite 100%. Se vcê está relatand a verificaçã u garantia de terceirs em curs, sua respsta deve refletir a prprçã das emissões que estã sujeitas à verificaçã/garantia n an de referência atual. 129

130 Para bter infrmações sbre verificaçã, visite site d CDP: https://www.cdp.net/en- US/Respnd/Pages/verificatin.aspx Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; A pntuaçã máxima é cncedida pel preenchiment cmplet da tabela e pela anexaçã da declaraçã de verificaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. CC8.6b: Frneça mais detalhes sbre regime regulatóri seguid que especifica us d Sistema de Mnitrament Cntínu de Emissões (CEMS) Esta questã aparece smente se vcê tiver selecinad " N third party verificatin r assurance..." (nenhuma verificaçã de terceirs u garantia CEMS regulamentar necessária) em respsta à questã CC8.6. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Regulaçã Selecine: CFR 40 Part 75 Outrs, especifique % de emissões abrangidas pel sistema Insira um valr numéric neste camp de 1 a 100, sem pnts u vírgulas para separar s milhares e sem casas decimais. Períd de cumpriment Camp de data Prvas de envi Anexe seu dcument aqui, veja abaix para mais detalhes. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Veja abaix para bter instruções sbre cm preencher as clunas. Regulaçã: Essa deve ser a regulaçã sb a qual us d CEMS é brigatóri cm fim de medir s gases de efeit estufa. Selecine: CFR 40 Part 75 refere-se a Códig Federal de Regulações Títul 40 ds Estads Unids, Part 75 sbre Mnitrament das Emissões Cntínuas, administrad pela Agencia Nrte Americana de Prteçã Ambiental Outrs, especifique se vcê selecinar essa pçã, dê nme da regulaçã n quadr de text. % de emissões cbertas pel sistema: Identifique a prcentagem de suas emissões que estã cbertas pr esta regulaçã e para qual vcê cleta dads d CEMS. Períd de cumpriment: digite períd de cumpriment relativ as dads entregues. Se reguladr aceita dads cm frequências específicas insira períd relevante, pr exempl, 1º de Abril de 2012 a 31 de Març de 2013 para um prcess anual; 1º de Abril de de setembr de 2013 para um prcess bienal, etc. Se é um prcess cntínu, insira períd para qual vcê está reprtand a CDP e para qual vcê tem a dcumentaçã adequada para mstrar cumpriment durante esse períd Prva de Envi: Clique n btã Brwse para lcalizar dcument e entã clique n btã Attach para anexá-l à respsta. O anex nã deve ultrapassar 500KB. Se vcê tem váris dcuments para uma única verificaçã (pr exempl, Se vcê tiver múltiplas instalações sb um mesm regime regulatóri) vcê deve anexar estes cm um arquiv zip. O dcument deve frnecer evidências d seguinte: A data ds dads entregues cincide cm períd reprtad; 130

131 A regulaçã sb as qual s dads de CEMS fram entregues está declarada; Aceitaçã ds dads pela entidade reguladra; Os dads apresentads incluem as emissões de GEE. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela e prestaçã de prvas pr mei d anex. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Nã será cncedida pntuaçã de divulgaçã cas regime regulatóri nã exija CEMS (mesm que nã permita CEMS) u se a cleta de dads pel CEMS fi feita fra de um regime regulatóri. Se regime exige um nível adicinal de verificaçã pr terceirs, ist deve ser relatad em questã CC8.6a CC8.7: Indique status da verificaçã/garantia (assurance) que se aplica às emissões de Escp 2 Respnda a esta questã selecinand uma das pções na lista abaix que estará dispnível em frma de menu suspens n ORS. Nã há dads sbre as emissões Nã há verificaçã u garantia de terceirs Prcess bienal existente, mas sem verificaçã u garantia de terceirs sbre as emissões relatadas Prcess trienal existente mas sem verificaçã de terceirs u garantia de emissões relatadas Verificaçã u garantia de terceirs em andament para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess bienal anexada Verificaçã de terceirs u garantia em curs, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess trienal anexada Verificaçã de terceirs u garantia d an de referência em curs, mas ainda nã cncluída declaraçã d an passad anexada Verificaçã u garantia de terceirs cncluída Verificaçã de terceirs em curs, mas ainda nã cncluída primeir an em que é feita. Nta que esta questã se aplica apenas às emissões de escp 2. O CDP cnsidera a verificaçã/garantia cm um prcess realizad pr uma terceira parte. Indique apenas que está send efetuada u fi efetuada a garantia/verificaçã, se fr pr um terceir certificad para realizar a verificaçã/garantia ds dads de GEE. Se uma parte das suas emissões d Escp 2 fi verificada, selecine a pçã que se aplica a essas emissões; vcê terá a prtunidade na questã CC8.7a para frnecer mais detalhes sbre assunt. É recnhecid que para algumas empresas, agendament de verificaçã/garantia está fra de sincrnia cm prcess de divulgaçã d CDP e, pr cnseguinte, fica difícil cncluir prcess de verificaçã/garantia dentr d praz d CDP. Se este fr cas vcê deve selecinar a pçã de verificaçã u a garantia em curs que melhr descreva sua situaçã. Selecine prcess de verificaçã/garantia bienal quand as emissões d Escp 2 sã verificadas a cada dis ans; selecine prcess de verificaçã/garantia trienal quand as emissões d Escp 2 sã verificadas a cada três an. Vcê pde se referir-se a Bx 23 para mais infrmações sbre prcesss anuais, bienais e trienais, e cm essas seleções serã marcadas. 131

132 Nas questões subsequentes será pedid que as empresas frneçam evidência da verificaçã que selecinarem aqui. As empresas devem verificar iss antes de respnder esta questã para cnfirmar que as suas atividades estã em cnfrmidade, pr exempl, cnsultand seu verificadr/garantidr. Mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC8.7a. Cas alguns requeriments de infrmaçã nã estejam dispníveis na declaraçã de garantia padrã ferecida pr seu verificadr, CDP prduziu um mdel que pde ser usad em cnjunt cm a declaraçã de garantia riginal. Se vcê selecinar Third party verificatin r assurance underway fr the reprting year but nt yet cmplete previus statement f biennial prcess attached, Third party verificatin r assurance underway but nt yet cmplete previus statement f triennial prcess attached, Third party verificatin underway fr the reprting year but nt yetcmplete last year s statement attached r Third party verificatin r assurance cmplete vcê será direcinad à questã CC8.7a. A selecinar N emissins data prvided, " N third party verificatin r assurance, Biennial prcess in place but n third party verificatin r assurance f emissins r Triennial prcess in place but n third party verificatin r assurance f reprted emissins vcê será direcinad para a próxima questã, questã CC8.8. Seu anex nã deve ultrapassar 500KB e nã deve cnter senha. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Nã há pntuaçã de desempenh assciada a esta questã, mas a respsta dada em CC8.7 afetará a pntuaçã de desempenh de CC8.7a Q8.7a: Frneça mais detalhes sbre a verificaçã/garantia utilizada para as emissões de Escp e anexe dcuments relevantes Esta questã smente aparecerá se vcê slecinar Third party verificatin r assurance underway fr the reprting year but nt yet cmplete previus statement f biennial prcess attached, Third party verificatin r assurance underway but nt yet cmplete previus statement f triennial prcess attached, Third party verificatin underway fr the reprting year but nt yetcmplete last year s statement attached r Third party verificatin r assurance cmplete, em respsta à questã CC8.7. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. As infrmações necessárias devem estar dispníveis na sua declaraçã de verificaçã/garantia u, se a verificaçã/garantia está ainda em curs, devem estar dispníveis cm seu verificadr/garantidr. Se vcê está relatand a verificaçã u garantia de terceirs em curs, s dads de sua tabela devem refletir a prprçã das emissões que estã sujeitas à verificaçã/garantia n an de referência atual, cm exceçã da declaraçã. CDP entende que vcê pde prcurar a verificaçã pr razões diferentes que nã sejam a prestaçã de infrmações a CDP e que pdem infrmações cnfidenciais pdem estar incluídas em sua declaraçã de verificaçã detalhada. Se este fr cas, é suficiente que seu verificadr/garantidr ateste escp e nível de garantia/verificaçã através de crrespndência, tal cm uma declaraçã resumida, desde que esta abranja s detalhes mínims descrits abaix (veja as ntas sbre pntuaçã na próxima página). 132

133 Tip de verificaçã u garantia Selecine: Nã se aplica. Garantia limitada Garantia mderada Garantia razável Garantia alta Garantia/verificaçã de terceirs em andament. Anexe a declaraçã Anexe seu dcument aqui, veja abaix para mais detalhes. Página/Seçã de referência Caixa de text. Cnsulte as rientações para esta cluna abaix, Padrã/Nrma pertinente Selecine uma das pções cnstantes abaix na rientaçã para esta cluna. % de emissões de Escp 2 relatadas e verificadas Insira um valr numéric neste camp de 1 a 100, sem pnts u vírgulas para separar s milhares e sem casas decimais. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Veja abaix para bter instruções sbre cm preencher as clunas. Tip de verificaçã u garantia: Selecine uma das seguintes pções (ver questã CC8.6b para rientações adicinais) Nã se aplica. Garantia limitada Garantia mderada Garantia razável Garantia alta Garantia/verificaçã de terceirs em andament. Anexar dcument: Use s btões "brwse" e "attach" para anexar a declaraçã. Ver questã CC8.6a para rientaçã. O anex nã deve cnter mais de 500KB. Referência de página/seçã: Identificar a página e a seçã que cntém detalhes de sua verificaçã/garantia de emissões d escp 2. Ver questã CC8.6a para rientaçã. Nrma: ver questã CC8.6a para rientaçã. CC8.8: Identifique se quaisquer dads, que nã sejam de emissões relatadas nas questões CC8.6, CC8.7 e CC 14.2, fram verificads cm parte d trabalh de verificaçã de terceirs Pr favr, respnda a esta questã, cmpletad a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Dads adicinais verificads Cmentári Selecine: Caixa de text Variaçã das emissões (Escp 1) de um an para utr (máxim: Variaçã das emissões (Escp 2) de um an para utr 1500 Variaçã das emissões (Escp 1 e 2) de um an para utr caracteres) Variaçã das emissões (Escp 3) de um an para utr Variaçã d valr da intensidade de um an para utr Prgress em relaçã à meta de reduçã de emissões Variaçã das emissões d Escp 1 em um an base (nã relacinad à meta) 133

134 Variaçã das emissões d Escp 2 em um an base (nã relacinad à meta) Variaçã das emissões d Escp 3 em um an base (nã relacinad à meta) Verificaçã das pegadas ds prduts Atividades de reduçã de emissões Nenhum dad adicinal verificad Descnhecid Outrs, especifique Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC8.9: As emissões de CO2 efetuadas a partir de carbn sequestrad bilgicamente sã relevantes para sua rganizaçã? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad à questã CC8.9a (abaix); Se vcê selecinar "N", vcê irá para a próxima página d questinári. Vcê deve respnder "Yes" a esta questã se as emissões de dióxid derivadas de carbn sequestrad bilgicamente sã aplicáveis, independentemente de se ter s dads dispníveis para frnecer um valr de emissões ttais (este é tema da questã CC8.9a abaix). Neste cntext "pertinente u relevante" é definid n GHG Prtcl e significa que ele cntém as infrmações que s usuáris interns e externs à empresa precisam para a sua tmada de decisã. As empresas devem incluir as emissões derivadas da cmbustã de carbn sequestrad bilgicamente (u seja, emissã de dióxid de carbn da queima de bimassa/bicmbustíveis) e emissões de fermentaçã. O GHG Prtcl afirma que ist deve ser relatad separadamente ds três escps. Observe que ist representa uma mudança na estratégia d Prtcl GEE, que antes apenas reprtava separadamente as emissões de dióxid de carbn prvenientes da cmbustã de carbn sequestrad bilgicamente. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC8.9a: Frneça as emissões efetuadas a partir de carbn sequestrad bilgicamente relevantes para sua rganizaçã em tneladas métricas de CO2 Esta questã smente aparece se vcê respnder "yes" à questã CC8.9 (veja acima). Insira seu ttal de emissões de CO2 derivadas da cmbustã de carbn bilgicamente sequestrad n camp de dads frnecid, usand um valr menr que (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Pr favr, nã inclua utrs GEE emitids da cmbustã d carbn sequestrad bilgicamente (pr exempl, óxid nitrs e metan sã emitids da cmbustã de bimassa/bicmbustível). Estes devem ser cmunicads n escp 1, 2 u 3 ( que fr relevante para sua empresa). 134

135 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 135

136 CC9.Divisã das Emissões d escp 1 Fluxgrama das Questões CC9.1: Vcê tem fntes de emissões d Escp 1 em mais de um país? Nã Sim CC9.1a: Divida ttal das emissões de Escp 1 glbais pr país/regiã CC9.2: Indique quais utras divisões de emissões d Escp 1 vcê pde frnecer (assinalar tdas as que se aplicam) Pr unidade de negócis Pr Instalaçã Pr tip de GEE Pr Atividade Pr Estrutura Legal CC9.2a: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr unidade de negócis CC9.2b: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr Instalaçã CC9.2c: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr tip de GEE CC9.2d: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr pr atividade CC9.2e: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr Unidade de negócis FIM Orientações Gerais Principais Mudanças em relaçã a 2014 Nã há alterações. Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC9.1, CC9.1a, CC9.2, CC9.2a, CC9.2b, CC9.2c, CC9.2d e CC9.4 nesta página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Para as questões CC9.2a, CC9.2b, CC9.2c, CC9.2d e CC9.2e bserve que as divisões de negócis/instalações/tips de GEE/atividades que vcê frneceu n an passad serã cntabilizadas na primeira cluna, mas s dads das emissões relevantes terã que ser inserids manualmente na Cluna 2 das respectivas tabelas que fram selecinadas d an passad. 136

137 A utilizar a funçã "cpy frm last year" para respnder à questã CC9.1a, bserve que apenas s países que vcê selecinu n an passad serã preenchids. Onde huver sid selecinad Other, essa seleçã nã será incluída e vcê terá que adicinar uma linha e fazer as seleções adicinais adequadas da lista suspensa. Versã PME Nenhuma das questões desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC9.1: Vcê tem fntes de emissões d Escp 1 em mais de um país? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens d ORS. Nte que esta questã se aplica apenas às emissões de escp 1. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad à questã CC8. Se vcê selecinar "N" vcê irá para a questã CC9.2. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC9.1a: Divida ttal das emissões de Escp 1 glbais pr país/regiã Esta questã smente aparece se vcê respnder "yes" à questã CC9.1. Pr favr, us a tabela frnecida n ORS (e reprduzid abaix) para dar detalhes ds países/regiões na qual vcê pera e as suas emissões d Escp 1 em tneladas métricas de CO2e. Dividir as emissões a nível d país é útil para s investidres já este é frequentemente nível n qual a legislaçã relacinada às emissões é intrduzida. As emissões devem ser atribuídas a cada um ds países. Infrmar a divisã pr país é cnsiderad pel CDP uma ba prática e CDP cnsiderará ns próxims ans sua inclusã ns critéris de pntuaçã. Quand s Estads (u utras entidades subnacinais) tem direit de intrduzir legislaçã relacinada às emissões, as empresas que peram nesses Estads pdem cnsiderar que dividir as emissões em um nível subnacinal seja mais infrmativ. Uma quantidade limitada de empresas utilizu n passad a funçã "Other: please specify" que estava dispnível anterirmente nesta questã para revelar as emissões em nível subnacinal. Estas empresas estã cnvidadas a frnecer esta divisã cm um arquiv anex cm infrmaçã adicinal, já que ist nã será pssível n sistema atual. Quand as emissões sã suficientemente pequenas, u para prções d seu negóci em que inventári nã permite granularidade a nível d país, use a pçã de "Rest f the Wrld" n menu suspens para agrupar as emissões de váris países. Além diss, se as perações nã pdem ser atribuídas a um únic país vcê pde usar "Internatinal Waters" u "Internatinal Air Space". Pr favr, cnsulte a nta técnica "Cuntry Regins" para bter detalhes sbre as regiões dispníveis e seus países cnstituintes, https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Se vcê divulgar valr de uma regiã que sbrepõe-se a um país que vcê também está divulgand, vcê deve infrmar valr para a regiã mens as emissões desse país. Ist implica, que a sma ttal de tdas as suas divisões de emissões devem resultar n ttal de emissões d Escp

138 Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade As empresas d setr pdem esclher direcinar s usuáris de dads e pntuações para EU2 em respsta a esta questã. Para tant, selecine "We are an Electric Utilities cmpany..." - veja a nssa respsta à EU2 em vez de CC9.1a" d menu suspens da cluna 1 e deixa a cluna 2 em branc. País/Regiã Selecine a partir de uma lista suspensa de países e regiões. Pr favr, cnsulte a nta técnica "Cuntry Regins" para bter detalhes sbre as regiões dispníveis e seus países cnstituintes, https://www.cdp.net/en- US/Pages/guidance.aspx. Escp 1 em tneladas métricas de CO2e Insira as emissões ttais d Escp 1 para esse país u regiã em tneladas métricas de CO2e. Este camp aceita númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os Númers de emissã devem ser apenas d an de referência. É pssível fazer seleções múltiplas, clicand em "Add Rw" (adicinar linha), lcalizad n cant inferir direit da tabela. Nte que devid às dificuldades de delinear a Ásia, CDP nã ferece a categria "Ásia". As empresas pdem esclher Oriente Médi Asiátic (AME) u Pacífic Asiátic (u JAPA). Cnsulte a nta técnica "Países" para bter mais infrmações. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC9.2: Indique que utras divisões de emissões d Escp 1 vcê pde frnecer (assinalar tdas as que se aplicam) Vcê deve identificar aquelas que sã relevantes para s seus negócis e cm tal, s investidres cnsiderarã interessante. Identifique aquelas que sã relevantes assinaland as caixas n ORS adjacentes a cada uma das quatr pções ist levará para as questões CC9. Onde serã slicitadas infrmações mais detalhadas. As pções dispníveis sã: Pr unidade de negóci Este valr pde ferecer uma indicaçã d desempenh relativ de GEE das divisões da empresa. Quand relatad a lng d temp, s usuáris de infrmações e a sua empresa serã capazes de analisar as melhrias u quedas n desempenh da divisã. Pr Instalaçã O dcument sbre fntes fixas de cmbustã d GHG Prtcl afirma que uma "instalaçã inclui tds s edifícis, equipaments, estruturas e utrs itens estacináris que estã lcalizads em um únic lcal u em lcais adjacentes u cntígus e que sejam de prpriedade u perads pela mesma pessa u entidade (u pr qualquer pessa u entidade que cntrla, é cntrlada pr u está sb cntrle cmum cm tal pessa u entidade)" Instalações também pdem ser chamadas de facilities. Mais de uma atividade de negócis pde ser realizada em uma instalaçã e uma instalaçã pde incluir mais de uma unidade de cmbustã, tal cm uma caldeira. O relatóri desse nível pde frnecer um indicadr útil para fazer cmparações entre as instalações. Em alguns cass, instalações individuais pdem estar n âmbit de legislaçã específica, que exige estabelecer desempenh básic e subsequente 138

139 reduçã das emissões de gases de efeit estufa pr mei de melhrias na eficiência energética. Este é particularmente cas de instalações industriais. Cnsequentemente, frnecend valres de emissões das instalações pde ferecer as usuáris ds dads insight sbre a expsiçã atual/ptencial de sua rganizaçã as regulaments nesta área. Pel tip de GEE Pr Atividade Existem váris tips de gases de efeit estufa, mas prtcl de Quit incide sbre sete GEE recnhecids internacinalmente, a saber, Dióxid de carbn (CO2); Metan (CH4); Óxid nitrs (N2O); Hidrflurcarbnets (HFC); Perflurcarbnets (PFC), hexafluret de enxfre (SF6) e de trifluret de nitrgêni (NF3) O NF3 é a mais recente adiçã a esta lista e agra é cnsiderad um ptente cntribuinte à mudança climática e, prtant, deve ser brigatriamente incluíd ns inventáris nacinais n âmbit da Cnvençã-quadr das Nações Unidas sbre mudanças climáticas (CQNUAC) e também deve ser incluíd ns inventáris abrangids pelas Nrmas Crprativas d GHG Prtcl e Nrma d Crprate Value Chain (Escp 3). Os relatóris d CDP estã estreitamente alinhads cm essas rganizações e slicita que as empresas cmecem a relatar NF3. (Nta: as emissões de GEE dentr de uma "família" de gases devem ser smadas). Smente estes gases sã slicitads, mas as empresas pdem frnecer utrs GEE, utilizand a pçã "Other". As atividades relevantes devem ser definidas pela empresa, mas pdem incluir fntes fixas de cmbustã, cmbustã móvel (transprte), emissões fugitivas, atividades de prcess, atividades de escritóri, etc. Essas atividades pdem crrer através de várias divisões de negócis, países u instalações. Os relatóris pr atividade permitem um entendiment mais prfund d risc d negóci em relaçã a uma futura regulaçã. Pela estrutura legal As empresas que preferirem relatar a partir d Climate Change Reprting Framewrk (CCRF) pdem selecinar esta pçã. Empresas d Setr de Petróle e Gás As empresas d setr de petróle e gás devem infrmar as divisões das emissões pr segment da cadeia de valr na questã d módul Petróle & Gás OG2.3 e pr atividade em OG3.3. Vcê pde direcinar s usuáris de dads para as respstas a essas questões da cluna 1 das tabelas abaix, identificand a questã relevante n módul d setr e deixand a cluna 2 em branc. Para as empresas d setr de TI e de cmunicações: Empresas que estã respndend a módul de TI e Cmunicações pdem cmpletar questã CC9.2c, identificand suas áreas de atividade de negócis significativas n módul setrial para as empresas de TI e Cmunicações e, em seguida, respndend às questões subsequentes relativas às emissões para cada atividade de negócis relevante. As empresas, a respnderem desta frma, devem redirecinar s usuáris de dads, fazend referência a módul d setr de TI na cluna 1 d quadr pertinente. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As empresas que estã respndend a módul d setr de FBT pdem respnder a questã CC9.2c, relatand as emissões d escp 1 de atividades agríclas, de prcessament e de distribuiçã na questã FBT1.3, FBT2.3a e FBT3.3a n módul FBT. 139

140 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC9.2a: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr unidade de negócis Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by business divisin" em respsta à questã CC9.2. Respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Pr unidade de negóci Use este camp de text para digitar nme da sua divisã de negócis Emissões de Escp 1 d an base (tneladas métricas de CO2e) Insira as emissões ttais d Escp 1 para essa divisã, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC9.2b: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr Instalaçã Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by facility" em respsta à questã CC9.2. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Instalaçã Emissões d Escp 1 (tneladas métricas de CO2e) Latitude Lngitude Use este camp de text para digitar nme da sua instalaçã Insira as emissões ttais d Escp 1 para essa divisã, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Digite a latitude de sua instalaçã aqui usand númers entre e , pr exempl, Digite a lngitude de sua instalaçã aqui usand númers entre e , pr exempl, Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. O CDP agra ferece um lcal para que as empresas frneçam s dads básics para a lcalizaçã gegráfica de suas instalações. Nte que esta infrmaçã nã estará sujeita a pntuaçã. Esta infrmaçã será útil para vincular s dads d CDP cm utras fntes de infrmaçã e pde ser útil para s investidres que tentam s riscs físics das mudanças climáticas e a expsiçã de seus ativs. 140

141 Também será útil para que CDP vincule questinári ds Investidres às Cidades que estã preparand seus inventáris para CDP. Veja Bx 24 abaix para mais infrmações sbre s requisits de Latitude e Lngitude. Se as empresas desejarem, elas pdem anexar um arquiv em Excel cm a lcalizaçã (lngitude e latitude) de suas instalações na parte inferir da página. Bx 24: Latitude e Lngitude Latitude e lngitude sã as crdenadas gegráficas que especificam, respectivamente, a psiçã nrtesul e leste-este, de um pnt da superfície da Terra. Expressam-se cm medidas angulares e, prtant, a Latitude pde variar entre +90 e -90 e a Lngitude entre +180 e O sistema gedésic que deve ser utilizad é WGS 84, que é sistema utilizad pel GPS (Glbal Psitining System), Ggle Maps, Ggle Earth e pels aplicativs mais imprtantes da web que frnecem crdenadas as usuáris. Cas queira relatar esta infrmaçã a CDP, mas pssui as crdenadas em utr sistema gedésic (u datum), pedims que inclua esta infrmaçã em "Further Infrmatin". Cas nã dispnha desta infrmaçã e deseje lcalizar suas instalações na Internet, existem diversas ferramentas dispníveis na web para ajudar as empresas a bter as crdenadas de latitude e lngitude de acrd cm WGS84. Pr exempl, permite que vcê insira um endereç u identifique um lcal n mapa e prgrama infrma as crdenadas de latitude e lngitude. 141

142 O Ggle Maps também permite que vcê encntrar a latitude e a lngitude de qualquer lcal. Quand vcê está n Ggle Maps, se vcê clicar muse em qualquer lugar d mapa, vcê encntrará a pçã "O que há aqui?". Se vcê clicar essa pçã a latitude e a lngitude serã exibidas na barra de busca d Ggle. Neste exempl (a estaçã Kenningtn, em Lndres) a Latitude seria 51,5203 e a lngitude - 0, O valr negativ significa um lugar a este d meridian de Greenwich e um valr psitiv, um a leste d mesm meridian. Vcê pde ver na imagem seguinte cm a Latitude e a Lngitude variam de acrd cm s quadrantes em relaçã a meridian de Greenwich e à linha d Equadr. 142

143 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC9.2c: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr tip de GEE Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by GHG type" em respsta à questã CC9.2. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Tip de GEE Selecine: CO2 CH4 N2O HFC PFC SF6 NF3 Outrs, especifique Emissões d Escp 1 (tneladas métricas de CO2e) Insira as emissões ttais d Escp 1 pr tip de GEE, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 143

144 CC9.2d: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr atividade Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by activity" em respsta à questã CC9.2. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Atividade Emissões d Escp 1 (tneladas métricas de CO2e) Use este camp de text para digitar nme da sua atividade Insira as emissões ttais d Escp 1 para essa atividade, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Empresas d setr FBT pdem usar módul setrial para frnecer a divisã de suas emissões pr atividade CC9.2e: Divida as emissões ttais brutas d Escp 1 pr estrutura legal Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by legal structure" em respsta à questã CC9.2. Respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. As empresas que utilizam Framewrk d CDSB devem selecinar "cntrle financeir" cm seu limite em CC8.1, relatar s escps 1 e 2 das emissões em cnfrmidade e frnecer sua divisã sb "Igual a declaraçã financeira" em CC9.2e e CC10.2d. A versã mais recente d CCRF está dispnível em Estrutura legal A empresa, matriz e filiais, sb cntrle financeir que inclua ativs arrendads tratads cm ativs d grup cnslidad para efeits de cntabilidade financeira, Parte 1 Emissões d Escp 1 (tneladas métricas de CO2e) Em cada linha, insira as emissões ttais d Escp 1 para essa atividade, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Jint-ventures, Parte 1 Assciads, parte 2 As emissões das entidades peracinais cntrladas e/u entidades/atividades/instalações, Parte 2 Pntuaçã de divulgaçã: Pntuaçã de desempenh: 144

145 Esta questã nã recebe pntuaçã. Esta questã nã recebe pntuaçã. 145

146 CC10.Divisã das Emissões d Escp 2 Fluxgrama das Questões CC10.1: Vcê tem fntes de emissões d escp 2 em mais de um país? Nã Sim CC10.1a Divida ttal das emissões de Escp 2 glbais e cnsum de energia pr país/regiã CC10.2: Indique quais utras divisões de emissões d Escp 2 vcê pde frnecer (assinalar tdas as que se aplicam) Pr unidade de negócis Pr Instalaçã Pr Atividade Pr Estrutura Legal CC10.2a: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr unidade de negócis CC10.2b: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr Instalaçã CC10.2c: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr pr atividade CC10.2d: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr estrutura legal FIM Orientações Gerais Cnsulte Bx 13 para calcular as emissões d Escp 2. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Nã há alterações Pré-preenchiment Se vcê respndeu a CDP n an passad, as questões CC10.1, CC10.1a, CC10.2, CC10.2a, CC10.2b, CC10.2c e CC10.4 nessa página estã qualificadas para pré-preenchiment. Para utilizar essa funçã, clique cpy frm last year antes de inserir quaisquer dads na página. Para as questões CC10.2a, CC10.2b, 10.2c e CC10.2e bserve que as divisões de negócis/instalações/atividades/estrutura legal que vcê frneceu n an passad serã preenchidas na primeira cluna, mas s dads das emissões relevantes terã que ser inserids manualmente na Cluna 2 das respectivas tabelas que fram selecinadas d an passad. A utilizar a funçã "cpy frm last year" para respnder à questã CC10.1a, bserve que apenas s países que vcê selecinu n an passad serã preenchids. Onde huver sid selecinad Other, 146

147 essa seleçã nã será incluída e vcê terá que adicinar uma linha e fazer as seleções adicinais adequadas da lista suspensa. Versã PME Nenhuma das questões desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC10.1: Vcê tem fntes de emissões d escp 2 em mais de um país? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens d ORS. Nte que esta questã se aplica apenas às emissões de escp 2. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad à questã CC10. Se vcê selecinar "N" vcê irá para a questã CC10.2. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC10.1a Divida ttal das emissões de Escp 2 glbais e cnsum de energia pr país/regiã Esta questã smente aparece se vcê respnder "yes" à questã CC10.1. Pr favr, use a tabela frnecida n ORS (e reprduzida abaix) para dar detalhes ds países/regiões na qual vcê pera e as suas emissões d Escp 2 em tneladas métricas de CO2e. A divisã das emissões a nível d país é útil para s investidres, já que esta é uma fnte cmum de legislaçã em matéria de GEE. Quand as emissões sã muit pequenas, u para partes de seu negóci em que inventári nã permite divisã n nível d país, pde-se utilizar uma das regiões glbais pré-definidas pel CDP. Além diss, se suas perações nã pdem ser atribuídas a um só país pde-se utilizar Internatinal Waters - "águas internacinais" u Internatinal Air Space - "espaç aére internacinal". Pr favr, cnsulte a nta técnica "Cuntry Regins" para bter detalhes sbre as regiões dispníveis e seus países cnstituintes, https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. País/Regiã Escp 2 em tneladas métricas de CO2e Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã (MWh) cmprads e cnsumids Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn cntabilizads em CC8.3 (MWh) Selecine a partir de uma lista suspensa de países e regiões. Cnsulte a nta técnica "Cuntry Regins" para bter detalhes sbre Insira as emissões ttais d Escp 2 para esse país u regiã em tneladas Insira a quantidade de eletricidade, calr, vapr u Insira a quantidade de eletricidade, calr, vapr u 147

148 as regiões dispníveis e seus países cnstituintes, https://www.cdp.net/en- US/Pages/guidance.aspx. métricas de CO2e. Este camp aceita númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). refrigeraçã cmprad e cnsumid em MWh. Este camp aceita númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). refrigeraçã de baix carbn cmprad e cnsumid em MWh. Este camp aceita númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). As clunas eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã cmprads e cnsumids (MWh)" e " eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã(mwh) de baix carbn cmprads e cnsumids" intrduzem uma mair transparência para as empresas em relaçã a Escp 2. "Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã (MWh) cmpradas e cnsumidas" refere-se à quantidade ttal de energia cnsumida, a qual cnstitui s "dads de atividade" d valr d seu Escp 2. A eletricidade cnsumida cstuma ser a mair parte das emissões d Escp 2. Entretant, se sua empresa também incluiu vapr, calefaçã e refrigeraçã cmprads e cnsumids, estes dads de atividade também devem ser reprtads aqui. "Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn (MWh) cmprads e cnsumids" deve ser usad para divulgar as quantidades de eletricidade (e calr, vapr u refrigeraçã) que fram cnsiderads em um fatr de emissã zer (0 tco2e/mwh) u que pdem ser cnsiderads " de baix carbn" (veja Bx 25 para s critéris sbre que é cnsiderad "baix carbn") e que sã auxiliads pr instruments adequads de acmpanhament (veja Bx 20 para saber quais sã s "instruments adequads de acmpanhament"). Iss significa que nã devem ser cntabilizadas quaisquer quantidades de eletricidade (calr, vapr u refrigeraçã) que venham de fntes de carbn renváveis u fntes de baix carbn, sã incrpradas a uma mistura de redes de distribuiçã médias e residuais e que nã pssuem respald de algum tip de instrument baixads pela empresa u pr alguém que aja em seu nme. Nte que é lgicamente esperad que a "Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã (MWh) de baix carbn cmprads u cnsumids" seja um subcnjunt de "Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã (MWh) cmprads u cnsumids" u seja, primeir valr deve ser igual u menr d que segund. A razã para frnecer esta infrmaçã na divisã país/regiã é de rdem prática. As emissões d Escp 2 prvenientes da eletricidade sã geralmente calculadas usand alguns tips de fatres de emissã nacinais/reginais. Em países cm EUA, Canadá u Brasil, nde várias redes pdem existir dentr de um mesm país e em que s fatres de emissã sã calculads para s estads/sub-regiões, as empresas pdem frnecer mais detalhes sbre seus berakdwns (divisões) se assim desejarem. Tenha em cnta que as divulgações adicinais relacinadas cm as quantidades cntabilizadas em zer, sã exigidas na seçã Energia, cm bjetiv de ferecer uma transparência ttal em relaçã às afirmações sbre as cntabilizações d Escp Pr exempl, s EUA pssuem varias redes diferentes e, em geral, as empresas prestam infrmações pr mei ds fatres egrid sub-regin emissin factrs. Na Eurpa, cada país geralmente pertence a uma rede única e fatr de emissã é calculad para país, independentemente da rede. 148

149 Bx 25: Energia de baix carbn Infelizmente nã existe uma definiçã precisa e amplamente aceita d que é "energia de baix carbn". Nenhuma definiçã é encntrada nas nrmas d Prtcl de GEE u ISO. Nã bstante, pde-se se estabelecer que "a energia de baix carbn" será qualquer tip de energia que nã tem nenhuma emissã direta, cujas emissões indiretas, n geral, pdem ser cnsideradas cm insignificantes, cnsiderand cicl de vida da tecnlgia dada. Em geral aceita-se cm energia de baix carbn as tecnlgias de energia tais cm a eólica, a energia slar, a energia das marés, a getérmica e a mair parte da energia hidrelétrica. A energia nuclear também é nrmalmente cnsiderada de baix carbn, apesar de utras cnsiderações fazerem cm que ela seja tecnlgia mais cntrversa. O gás natural, a turbina a gás de cicl cmbinad e a cgeraçã de Calr e eletricidade, apesar de serem precisarem de mens carbn que s utrs meis de prduçã de eletricidade, cm carvã, nã sã cnsiderads nesta definiçã cm de baix em carbn. Certas jurisdições pdem cntar cm instruments de mnitrament de eletricidade para tds s tips de energia, tais cm cgeraçã de calr e energia (CHP), gás u carvã. Neste cas (que é excepcinal) as empresas pdem também divulgar us desses instruments na questã CC11.4, mas nã deve cnsiderar essa energia cm energia de baix carbn para prpósit da questã CC10.1a, em cnfrmidade cm as rientações dadas aqui sbre "energia de baix carbn". Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Q10.2: Indique que utras divisões de emissões d Escp 2 vcê pde frnecer (assinalar tdas as que se aplicam) Vcê deve identificar aquelas que sã relevantes para s seus negócis e cm tal, s investidres cnsiderarã interessante. Identifique aquelas que sã relevantes assinaland as caixas n ORS adjacentes a cada uma das quatr pções ist levará para as questões CC10. 2a-d, nde serã slicitadas infrmações mais detalhadas. As pções dispníveis sã: Pr unidade de negóci Este valr pde ferecer uma indicaçã d desempenh relativ de GEE das divisões da empresa. Quand relatad a lng d temp, s usuáris de infrmações e a sua empresa serã capazes de analisar as melhrias u quedas n desempenh da divisã. Pr Instalaçã O dcument sbre fntes fixas de cmbustã d GHG Prtcl afirma que uma "instalaçã inclui tds s edifícis, equipaments, estruturas e utrs itens estacináris que estã lcalizads em um únic lcal u em lcais adjacentes u cntígus e que sejam de prpriedade u perads pela mesma pessa u entidade (u pr qualquer pessa u entidade que cntrla, é cntrlada pr u está sb cntrle cmum cm tal pessa u entidade)". Instalações também pdem ser chamadas de facilities. Mais de uma atividade de negócis pde ser realizada em uma instalaçã e uma instalaçã pde incluir mais de uma unidade de cmbustã, tal cm uma caldeira. O relatóri desse nível pde frnecer um indicadr útil para fazer cmparações entre as instalações. Em alguns cass, instalações individuais pdem estar n âmbit de legislaçã específica, que exige estabelecer desempenh básic e subsequente 149

150 Pr Atividade reduçã das emissões de gases de efeit estufa pr mei de melhrias na eficiência energética. Este é particularmente cas de instalações industriais. Cnsequentemente, frnecend valres de emissões das instalações pde ferecer as usuáris ds dads insight sbre a expsiçã atual/ptencial de sua rganizaçã as regulaments nesta área. As atividades relevantes devem ser definidas pela empresa, mas pdem incluir fntes fixas de cmbustã, cmbustã móvel (transprte), emissões fugitivas, atividades de prcess, atividades de escritóri, etc. Essas atividades pdem crrer através de várias divisões de negócis, países u instalações. Os relatóris pr atividade permitem um entendiment mais prfund d risc d negóci em relaçã a uma futura regulaçã. Pr estrutura legal As empresas que preferirem relatar a partir d Climate Change Reprting Framewrk (CCRF) pdem selecinar esta pçã. Empresas d Setr de Petróle e Gás As Empresas d setr de Óle e Gás devem ferecer breakdwn (divisã) das emissões pr segment da cadeia de valr na questã OG2.4 d módul de Petróle e Gás. Para as empresas d setr de TI e de cmunicações: Empresas que estã respndend a módul de TI e Cmunicações pdem cmpletar questã CC10. 2c, identificand suas áreas de atividade de negócis significativa n módul d setr de TIC e entã respnder às questões subsequentes sbre emissões para cada atividade de negócis relevantes. As empresas, a respnderem desta frma, devem redirecinar s usuáris de dads, fazend referência a módul d setr de TI na cluna 1 d quadr pertinente. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC10.2a: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr unidade de negócis Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by business divisin" em respsta à questã CC10.2. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Pr unidade de negóci Use este camp de text para digitar nme da sua divisã de negócis Emissões d Escp 2 (tneladas métricas de CO2e) Insira as emissões ttais d Escp 2 para essa divisã, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 150

151 CC10.2b: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr Instalaçã Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by facility" em respsta à questã CC10.2. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Instalaçã Use este camp de text para digitar nme da sua instalaçã Emissões d Escp 2 (tneladas métricas de CO2e) Insira as emissões ttais d Escp 2 para essa divisã, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Q10.2c: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr atividade Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by activity" em respsta à questã CC10.2. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Atividade Emissões d Escp 2 (tneladas métricas de CO2e) Use este camp de text para digitar nme da sua atividade Insira as emissões ttais d Escp 2 para essa atividade, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) As empresas que estã respndend a módul d setr de FBT pdem respnder a questã CC10.2c, relatand as emissões d escp 2 de atividades agríclas, de prcessament e de distribuiçã nas questões FBT1.3a, FBT2.3a e FBT3.3a n módul FBT. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 151

152 CC10.2d: Divida as emissões ttais brutas d Escp 2 pr estrutura legal Esta questã aparece smente se vcê tiver assinalad "by legal structure" em respsta à questã CC10.2. As empresas que utilizam Framewrk d CDSB devem selecinar "cntrle financeir" cm seu limite em CC8.1, relatar s escps 1 e 2 das emissões em cnfrmidade e frnecer sua divisã sb "Igual a declaraçã financeira" em CC9.2e e CC10.2d. A versã mais recente d CCRF está dispnível em Respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Estrutura legal A empresa, matriz e filiais, sb cntrle financeir que inclua ativs arrendads tratads cm ativs d grup cnslidad para efeits de cntabilidade financeira, Parte 1 Emissões d Escp 2 (tneladas métricas de CO2e) Em cada linha, insira as emissões ttais d Escp 2 para essa atividade, usand númers até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e 2 casas decimais (separadas pr um pnt). Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Jint-ventures, Parte 1 Assciads, parte 2 As emissões das entidades peracinais cntrladas e/u entidades/atividades/instalações, Parte 2 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 152

153 CC11.Energia Fluxgrama das Questões CC11.1 Qual percentual d ttal de gasts das perações, durante an de referência, crrespnde a energia? CC11.2: Infrme a quantidade de cmbustível, eletricidade, calr, vapr e refrigeraçã em MWh cmprads e cnsumids durante an de referência CC11.3 Pr favr, na tabela abaix, detalhe dad anterir, infrmand a quantidade gasta pr tip de Cmbustível. CC11.4: Favr frnecer detalhes sbre s mntantes de eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã que fram cntabilizads n fatr de baixa emissã de carbn relatad em CC8.3. FIM Orientações Gerais Os dads de energia frnecids nesta seçã devem ser cerentes cm limite rganizacinal (e quaisquer exclusões) definid na seçã 8 d questinári. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: O menu suspens de "base para a aplicaçã de um fatr de emissã de baix carbn" em CC11.4 fi atualizad para incluir "Instruments de mnitrizaçã, I-REC (Israel, Taiwan e Turquia)". Pré-preenchiment Nenhuma das questões nessa página sã elegíveis para pré-preenchiment, se vcê respndeu n an passad. Versã PME Nenhuma das questões desta página estã incluídas n questinári PME. 153

154 Orientações Específicas sbre as Questões CC11.1 Qual percentual d ttal de gasts das perações, durante an de referência, crrespnde a energia? O bjetiv dessa questã é identificar grau em que as atividades da rganizaçã sã sensíveis à energia frneciment de energia e custs. Para este efeit a definiçã de "gast peracinal" deve ser a sma ds custs de energia seguids de dis tips de custs da empresa: Cust das mercadrias vendidas - também cnhecid cm "custs direts. Geralmente se refere a matérias-primas, energia e custs labrais identificads diretamente n cust d prdut final. Estes custs flutuam e variam de acrd cm númer u vlume de mercadrias vendidas; e Custs peracinais - também cnhecid cm custs indirets u despesas gerais. Geralmente se referem às despesas essenciais para manter negóci, incluind saláris, aluguel, transprte, energia (eletricidade, cmbustíveis, etc.), manutençã e assim pr diante. Essas despesas nã pdem ser atribuídas à manufatura de um determinad trabalh u a prestaçã de um serviç em particular - sã s custs padrões que se aplicam independentemente d vlume das mercadrias prduzidas. "Gast Operacinal" deve excluir as despesas extrardinárias tais cm ganhs u perdas na venda de ativs. O cálcul também deve excluir cust ds jurs u ds impsts sbre s lucrs. Respnda a esta questã, selecinand uma das pções ferecidas abaix: 0% Mais de 0%, mas inferir u igual a 5% Mais de 5%, mas inferir u igual a 10% Mais de 10%, mas inferir u igual a 15% Mais de 15%, mas inferir u igual a 20% Mais de 20%, mas inferir u igual a 25% Mais de 25%, mas inferir u igual a 30% Mais de 30%, mas inferir u igual a 35% Mais de 35%, mas inferir u igual a 40% Mais de 40%, mas inferir u igual a 45% Mais de 45%, mas inferir u igual a 50% Mais de 50%, mas inferir u igual a 55% Mais de 55%, mas inferir u igual a 60% Mais de 60%, mas inferir u igual a 65% Mais de 65%, mas inferir u igual a 70% Mais de 70% mas inferir u igual a 75% Mais de 75% mas inferir u igual a 80% Mais de 80% mas inferir u igual a 85% Mais de 85%, mas inferir u igual a 90% Mais de 90%, mas inferir u igual a 95% Mais de 95%, mas inferir u igual a 100% Certifique-se de que limite usad para calcular seu gast peracinal é mesm utilizad para sua energia gasta (u seja, inclui as mesmas instalações, lcais, etc.). 154

155 Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC11.2: Infrme a quantidade de cmbustível, eletricidade, calr, vapr e refrigeraçã em MWh cmprads e cnsumids durante an de referência Nem tds s tips de energia slicitads - cmbustível (Escp 1), eletricidade, calr, vapr e refrigeraçã (Escp 2) - sã relevantes para a sua empresa. Vcê deverá cmpletar sua respsta na tabela frnecida n ORS reprduzida a seguir. Se vcê nã cmpra e nã cnsme qualquer tip específic de energia, digite 0 (zer) na cluna 2; Se vcê cmpra e cnsume esse tip de energia, mas nã a mensuru, deixe a cluna 2 em branc. Abaix, há maires infrmações sbre s tips de energia especificads, sbre a terminlgia ligada a "cmpra e cnsum" e sbre a cnversã para MWh. As emissões de gases de efeit estufa estã intimamente relacinadas cm cnsum de energia. Atividades relacinadas a energia representam, para muits setres, as mais imprtantes fntes de gases de efeit estufa que as atividades emitem. Assim, mnitrament das emissões de gases de efeit estufa, junt cm cnsum de energia é de vital imprtância para entender perfil de emissões de GEE das empresas. Nesta questã, CDP tem cm bjetiv caracterizar perfil de cnsum energétic das empresas, de maneira que se ajuste cma s atuais diretrizes de cntabilidade de GEE, segund p prpst pel prtcl de gases de efeit estufa, e a mesm temp exigem uma quantidade mínima de infrmaçã energética das empresas. Tda a energia deve ser cntabilizada cm "energia secundária" - ist, representa cnteúd de energia ds vetres (prtadres) energétics que sã utilizads cm eficácia e devem estar relacinads cm cnsum u a cmpra e cnsum da empresa energética. A distinçã entre "cnsum" e "cmpra e cnsum" é muit imprtante e merece uma explicaçã adicinal. Para as emissões de Escp 1, uma empresa apresentará tdas as atividades energéticas que levam a cnsum de cmbustíveis fósseis cm fins energétics, independentemente de a empresa ter cmprad vetr (prtadr) energétic (cmbustível, óle, gás, etc.) u se a prduziu. Mais imprtante ainda, ela apresentará cnteúd de energia n pnt de sua primeira transfrmaçã. Ist é, se uma empresa queima gás natural para prduzir vapr, está clar que cnsum de energia crre pel vapr, entretant, que realmente deveria ser realmente cntabilizad é cnteúd energétic d gás natural que é usad para prduzir vapr. Só desta maneira, reprte de energia será cmpatível cm Prtcl GEE, dad que estas emissões serã cntabilizadas cm Escp 1. Da mesma frma, este vapr nã deve ser cntabilizad cm um valr d Escp 2, já que nã se fala em "vapr adquirid e cnsumid ", mas simplesmente "vapr cnsumid ". Nte que se sua empresa prduziu um vetr de dada energia (pr exempl, vapr) e vende a utras empresas, nã deve cntabilizar u relatar vetr energétic (vapr) cm cnsumid, mas vcê deve cntabilizar as emissões geradas para a sua prduçã (pr exempl, pela queima de gás natural) n valr d Escp 1; e cnteúd energétic d gás natural, cm cmbustível cnsumid. Cas queira fazer cmentáris sbre situações similares de transferência de energia entre s vetres energétics, pr favr faça em further infrmatin u anexe um dcument cm mais infrmaçã. O anex nã deve ultrapassar 500KB. Para emissões de escp 2, a empresa cntabilizará a quantidade de vetres (prtadres) de energia (eletricidade, vapr, calr, fri) que cmpru e cnsumiu (u fi desperdiçad através de perdas). Assim 155

156 cm em relaçã às fntes de energia d Escp 1, deve cntabilizar cnteúd de energia ds vetres n mment de sua cmpra, antes de qualquer transfrmaçã e, na mairia ds cass, de acrd cm a infrmaçã de faturament. Ist significa que s seguintes cass nã sã cntabilizads ns valres de energia prevists nesta questã: Eletricidade cnsumida e gerada a partir de fntes próprias, pr exempl, mediante us cmbinad de calr e as instalações de energia u pr fntes renváveis. Nesse cas, a eletricidade é apenas cnsumida e faz parte da intensidade da energia da cmpanhia, mas nã fi cmprada e, cm tal, nã deve ser cntabilizada n Escp 2 Eletricidade cmprada e revendida a utrs neste cas nã há cnsum efetiv d vetr de energia que se transmite as demais, assim, nenhuma emissã deve aparecer ns valres d Escp 2 excet s valres devids às perdas que serã cnsiderads equivalentes a um cnsum invluntári. Assim, nã há energia a ser infrmada. O CDP busca frtalecer a slidez de seus cnceits relacinads à energia, cm fim de estabelecer melhr víncul entre cnsum de energia e as emissões. A questã CC11.pede às empresas que infrmem sbre seu cnsum de eletricidade em MWh, prque esta é a unidade mais cmum para a mediçã da eletricidade. O CDP também pede às empresas que infrmem tds s utrs tips de energia - cmbustã e cnsum de calr, vapr e refrigeraçã - em MWh, já que iss permite a cmparaçã entre estes diferentes cmpnentes que, pr sua vez, facilita a análise das respstas. Assim, pr exempl, se uma fábrica de ciment cnsme MWh de eletricidade e MWh de energia primária para a cmbustã, fazend que estas duas medidas estejam na mesma unidade, pdems smálas e bter um valr d cnsum de energia ttal. O us de uma unidade cmum também permite a cmparaçã entre s valres de cnsum de energia entre diferentes empresas. Pr exempl, se uma instalaçã similar geru sua própria eletricidade em uma fábrica de cgeraçã de calr e energia e a eletricidade cnsumida também tivesse sid infrmada em MWh, entã seria muit fácil cmparar tais valres cm s valres de cnsum de energia de uma fábrica de ciment Tip de energia Cmbustível Eletricidade Calr Vapr Refrigeraçã MWh Nesta cluna, insira valr ttal de energia para cada tip de energia em MWh, utilizand até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Marque zer se vcê nã cnsumir este tip de energia. Tal cm acima Tal cm acima Tal cm acima Tal cm acima Cmbustível Se sua rganizaçã prduz cmbustível, entã vcê prvavelmente usará parte deste cmbustível para suas próprias necessidades em suas perações principais (pr exempl, usand este cmbustível para gerar eletricidade para a venda) u em perações auxiliares (pr exempl, para us intern u veículs). Esta questã refere-se as cmbustíveis adquirids e autprduzids que sua rganizaçã tem usad. Pr favr, adicine s númers para gerar valr ttal de cmbustível cnsumid. O Cmbustível pde ser medid, pr exempl, em terms de: Ter energétic: quil jules (KJ), unidades térmicas britânicas (Btu), u therms; Vlume: m 3 u litrs; e 156

157 Massa: tneladas métricas u shrt tns (=0,907 tneladas métricas). O CDP requer que as entradas de cmbustível estejam padrnizadas em megawatts-hra (MWh), que é cmumente usada para mediçã d cnsum de eletricidade. Maires infrmações estã dispníveis nas seguintes ntas técnicas, Cnversin f fuel data t MWh e Fuel Definitins, dispníveis em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Se nã pssui s dads exats de cnsum, vcê também pderá estimar cnsum de sua empresa mediante a revisã das rdens de cmpra de cmbustível e energia. Eletricidade Se vcê nã tiver seus dads sbre a eletricidade adquirida em MWh, ela facilmente pde ser cnvertida de kwh u GWh para MWh. Para cnverter de kwh em MWh, divida númer pr 1000; Para cnverter de GWh em MWh, multiplique númer pr Calr e vapr Calr e vapr pdem ser cmprads em unidades térmicas britânicas (Btu), jules (J) e therms, que pdem ser cnvertids em MWh usand uma ferramenta de cálcul, tal cm em O calr também, pr vezes, é cmprad em kwh, trnand a cnversã para MWh simples. O vapr também pde ser cmprad em unidades de libras. A cnversã é mais difícil, pis ter energétic d vapr varia cm a temperatura e pressã. Remetems as empresas para Prtcl Geral sbre Relatóris d The Climate Registry. Capítul 15, seçã 15.2, etapa 1, explica cm calcular a quantidade de energia de vapr. Refrigeraçã É frequentemente cmprada em tnelada-hra de refrigeraçã. 1 tnelada-hra = Btu = 0, MWh. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; A pntuaçã é cncedida pel preenchiment da tabela (Se tip de energia nã é cnsumid, marque zer) Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC11.3 Pr favr, na tabela abaix, detalhe dad anterir, infrmand a quantidade gasta pr tip de Cmbustível. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Cmbustíveis Selecine: Nenhum cmbustível cnsumid; Antracit; Asfalt/betume; Gaslina de aviaçã; Bidiesel; Bigás; Bigaslina; Carvã betumins; BKB; Gás de alt frn; Lenhite; Briquetes de lenhite; Butan; Carvã vegetal; Fragments de cque; Cque de frn de cque; Gás de cqueria; Cque de carvã; Petróle brut; Óle diesel/gás; Óle Cmbustível destilad n.1; Óle Cmbustível destilad n. 2; Óle Cmbustível destilad n. 3; Óle Cmbustível destilad n. 4; Óle Cmbustível destilad n. 5; Óle Cmbustível destilad n. 6; Etan; Gás prduzid em fábricas; Carbrreatres; Quersene para mtres de reaçã; Quersene; Gás de aterr; Lenhite; Cque de lenhite; Gás Natural Liquefeit(GNL); Gás de petróle liquefeit (GPL); Lubrificantes; Cque metalúrgic; Metan; Gaslina de MWh Nesta cluna, insira valr ttal para cada tip de cmbustível em MWh, utilizand até (sem pnts u vírgulas separand s 157

158 carr; Resídus urbans; NAFTA; Gás natural; Xists e piche; Orimulsin; Gás de frn de aciaria de xigêni; Cmbustível patentead; Turfa; Cque de petróle; Piche; Prpan; Matérias-primas de refinaria; Gás de refinaria; Cmbustível derivad de resídus; Óle cmbustível residual; Semicque; Óle de xist; Gás de lamas; Carvã sub-betumins; Lixívias sulfit (lixívia negra); Alcatrã; Gás de cidade; Terebintina; Óles vegetais; Resídus de óles; Resídus plástics; Cmbustíveis derivads de resídus de pneus; Ceras; White spirit/sbp; Madeira u Resídus de madeira; Outrs, favr especificar milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Se um cmbustível nã estiver listad, selecine a pçã "Other" e frneça nme d cmbustível. Além diss, tds s cmbustíveis (cm definições) estã dispníveis na nta técnica "Fuel definitins" em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Esta lista inclui s cmbustíveis da Statinary Cmbustin Tl d GHG Prtcl e utrs cmbustíveis cmuns a cmbustã móvel. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; A pntuaçã é cncedida pel preenchiment da tabela Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC11.4: Frneça detalhes sbre s mntantes de eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã que fram cntabilizads n fatr de baixa emissã de carbn relatad em CC8.3. Respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Base para a aplicaçã de um fatr de baixa emissã de carbn Selecine: Nã há cmpra u geraçã de eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn. Geraçã (de prpriedade da empresa) de calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn nã cnectads à rede. Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn nã cnectada à rede, nenhum instrument criad Geraçã (nã de prpriedade da empresa) de eletricidade nã cnectada à rede, nenhum instrument Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn cnectads à rede, nenhum instrument criad. Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn cnectada à rede. Instruments criads e retirads pela empresa MWh assciad cm a eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn Nesta cluna, insira valr ttal para cada base de baix carbn, utilizand até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Cmentári Até caracteres em cada linha. 158

159 Instruments de mnitrament, Garantias de rigem Instruments de mnitrament, RECS (EUA) Acrds de Cmpra de Energia (PPA) nã respaldad pr instruments Específic d Frnecedr, respaldad pr instruments Específic d Frnecedr, nã respaldad pr instruments Outr Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. O bjetiv desta questã d CDP é prprcinar uma ttal transparência na cntabilizaçã das práticas empresariais que utilizam energia renvável u baix carbn, mantend s dads em um nível bastante agregad cm fim de nã aumentar a carga de infrmaçã. A questã dcumenta as razões/causas que levaram as empresas a cntabilizarem a eletricidade (calr, vapr e refrigeraçã) cm valr zer u cm energia de baix carbn. A primeira cluna "Escp 2 - cas de cntabilizaçã" capta s cass mais cmuns na pratica real: que as empresas líderes em eletricidade cntabilizam a eletricidade (calr, vapr e refrigeraçã) a uma taxa de emissã zer. O significad de cada um ds valres é seguinte: Nã há cmpras u geraçã de eletricidade de baix carbn, calr, vapr u refrigeraçã: Se sua empresa nã cmpra especificamente eletricidade baixa em carbn (u calr, vapr e refrigeraçã) e apenas se abastece da rede. Geraçã (de prpriedade da empresa) de calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn nã cnectads à rede: Se vcê gera seu própri calr, vapr u refrigeraçã de baix zer carbn, reprte- aqui. Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn nã cnectada à rede e sem a criaçã de instruments: Se gera sua própria eletricidade renvável, que nã está cnectada à rede e nã gera nenhum instrument. Se as fntes sã de prpriedade da empresa, entã a energia nã deve ser cntabilizada para s fins d Escp 2 (nã é cmprada e cnsumida, mas apenas cnsumida - veja as rientações à questã CC11.2), mas pde ser relatad aqui, já que será interessante avaliar até que pnt a empresa é autssuficiente. Um exempl cmum diss será aquil que é cmumente chamad de "n-site renewables (apesar de as energias renváveis nas instalações pderem ser cnectadas à rede, que cnstituiria um cas diferente). Eletricidade de baix carbn nã cnectada à rede e nã pertencente à empresa, sem instruments criads: neste cas se aplica às fntes de energia renváveis que nã estã cnectadas na rede, nã sã prpriedade da empresa e nã geram quaisquer instruments. A empresa terá um cntrat especial cm frnecedr de energia renvável e é a única cliente, u uma de um númer limitad, dessas fntes. Este cas é fundamentalmente diferente de Tracking instruments, Pwer Purchase Agreements (PPA) nt backed by instruments já que este últim supõe que exista uma cnexã à rede e as fntes de energia renváveis nã precisam ser frnecidas diretamente à empresa. Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn cnectada à rede, nã existem instruments criads: Este cas se aplica quand as fntes de geraçã renváveis sã de prpriedade da empresa, as fntes estã cnectadas à rede e há geraçã de certificads assciads a essa eletricidade. Neste cas, a empresa vende a eletricidade à rede, mas pr uma 159

160 razã u utra, nã há instruments de mnitrament de eletricidade. Neste cas, CDP nã recmenda que a empresa cntabilize esta eletricidade cm energia de baix carbn cnsumida. A empresa pde, n entant, querer reprtar infrmações adicinais dizend que prduziu certa quantia de eletricidade verde e que a vendeu à rede Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn cnectada à rede, instruments criads e retirads pela empresa: Este cas se aplica quand as fntes de geraçã renváveis sã de prpriedade da empresa, as fntes estã cnectadas à rede e há a criaçã de certificads assciads a essa eletricidade. Neste cas, a empresa mantém e retira s certificads de eletricidade que é gerada em seu própri equipament, apesar de pder vender a eletricidade à rede e nã cnsumir a eletricidade. Este cas é fundamentalmente distint de Tracking instruments, RECS (USA) (instruments de mnitrament, RECS (USA)) u "Tracking instruments, guarantees f rigin" (Instruments de mnitrament, Garantias de rigem) já que nesses cas as fntes de geraçã nã sã de prpriedade da empresa, uma vez que a empresa apenas cmpra s certificads. Instruments de mnitrament (acmpanhament), garantias de rigem (Tracking instruments, Guarantees f Origin): neste cas, a empresa cmpra s instruments através de seu frnecedr e de utrs intermediáris, quer cm parte u cm uma crrente separada de sua eletricidade. As fntes nã sã prpriedade da empresa e geram instruments de acrd cm sistema eurpeu de garantia de rigem. Instruments de mnitrament (acmpanhament), RECS (EUA): neste cas, a empresa cmpra instruments através de seu frnecedr u utrs intermediáris, cm uma crrente separada de sua eletricidade. As fntes nã sã prpriedade da empresa e geram instruments de acrd cm sistema de certificads de energia renvável EUA (USA Renewable Energy Certificate System - RECS). Instruments de acmpanhament, I-REC (Israel, Taiwan e Turquia): Neste cas, a empresa cmpra instruments através de seu frnecedr u utrs intermediáris, cm uma crrente separada de sua eletricidade. As fntes nã sã prpriedade da empresa e geram instruments de acrd cm sistema internacinal de certificads de energia renvável. O I-REC destina-se a regiões sem certificads de mnitrament de energia existente u de cnfiança fra ds EUA, UE/EEE u Austrália e funcinaa atualmente em Taiwan, Turquia e Israel. Acrds de Cmpra de Energia (Pwer Purchase Agreements - PPA), nã respaldad pr instruments: neste cas, as fntes se encntram em países que nã peram cm um sistema adequad de mnitrament (acmpanhament) de certificads. Os acrds de cmpra sã realizads entre s prdutres e s cnsumidres, sem a emissã de nenhum tip de instrument. Este cas é diferente d cas em que um PPA existe e nde sã utilizads instruments e deve ser relatad em uma das pções de instruments de mnitrament. Específic d Frnecedr, respaldad pr instruments: neste cas, usuári cmpra uma tarifa específica de um frnecedr que se mistura à sua eletricidade cm instruments específics. A empresa cmpra a mistura cm um prdut únic e nã lida diretamente cm qualquer uma das questões relacinadas as certificads. O fatr de emissã baseia-se inteiramente em garantias de rigem. Específic d Frnecedr, nã respaldad pr instruments: fatr de emissã frnecid nã é respaldad pr garantias de rigem. Outrs: Quaisquer utrs instruments nã mencinads acima e que têm sid utilizads pel usuári para cntabilizar a eletricidade, calr, vapr u a refrigeraçã em um fatr de emissã zer. A segunda cluna "MWh assciad à eletricidade de baix carbn" pede que seja quantificada a eletricidade (em MWh) que fi utilizada e que crrespnde a cas selecinad na cluna

161 A terceira cluna "Cmentáris" ferece a prtunidade para explicar sua divulgaçã. Pr exempl, pde ser incluíd aqui qualquer utra infrmaçã relevante acerca da eletricidade de baix carbn que fi usada em cada um ds cass, pr exempl, tip de fnte de energia elétrica de baix carbn (eólica, slar, bimassa, hidráulica, getérmica, etc.) u qualquer infrmaçã particular relacinada cm s critéris de elegibilidade da fnte que pderia ser especialmente relevante para a plítica de sua empresa u para tda a empresa. Um exempl preparad pde ser encntrad n Bx 26 e há mais exempls na nta técnica "Accunting f Scpe 2 emissins", dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Vcê também pde encntrar ali uma discussã sbre papel ds critéris de elegibilidade na seleçã de instruments de mnitrament de energia renvável e recmendações d CDP para seu us. Caixa 26: Exempl de cntabilizaçã de energia verde: A questã CC11.4 frnece ainda mais transparência as dads relatads na questã CC10.1a. O exempl abaix mstra cm as duas questões estã ligadas e devem ser cncluídas. Na questã CC10.1a País Escp 2 Tneladas métricas de CO2e Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã (MWh) cmprads e cnsumids Eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn (MWh) cmprads e cnsumids Estads Unids da América Canadá Rein Unid Israel Para as quantidades de eletricidade, calr, vapr e refrigeraçã identificadas na cluna 4 de CC10.1a, mais detalhes sã frnecids na rientaçã à questã CC11.4, cm abaix: Base para a aplicaçã de um fatr de emissã de baix carbn Geraçã (de prpriedade da empresa) de eletricidade de baix carbn nã cnectada à rede, nenhum instrument criad Instruments de mnitrament, Garantias de rigem MWh assciad cm a eletricidade, calr, vapr u refrigeraçã de baix carbn Cmentáris Durante períd reprtad nssa instalaçã renvável da Espanha geru MWh, s quais fram ttalmente cnsumids pr nsss prcesss de prduçã interns Nssa filial alemã cmpru MWh de garantias de rigem para cbrir parte de nss cnsum de eletricidade na Alemanha. As Garantias de Origem sã de uma hidrelétrica na Nruega que cmeçu suas perações em Tds s certificads 161

162 Acrds de Cmpra de Energia (PPA), nã respaldad pr instruments Instruments de acmpanhament, I- REC (Israel, Taiwan e Turquia) Instruments de mnitrament, RECS (EUA) relacinam-se à energia prduzida durante an de referência Nsss escritóris na Índia, Chile e Clômbia estabeleceram Cntrats de Aquisiçã de Energia cm prdutres lcais de eletricidade para cmprar eletricidade renvável até uma quantia ttal de MWh Nssas perações em Israel cmpraram I-RECs para cbrir seu cnsum ttal de electricidade durante an de referência Nssas perações ns Estads Unids adquiriram RECs para cbrir parte d cnsum de eletricidade durante períd. Tds s RECs têm certificads Green-e. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã nã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. Observe que se a energia renvável fi cntabilizada na questã CC12.1, a questã CC11.4 deve ter sid preenchida e "nenhuma cmpra u geraçã de eletricidade de baix carbn, calr, vapr u refrigeraçã" nã pde ser selecinada. 162

163 CC12.Desempenh das Emissões Fluxgrama das Questões Este é nss primeir an de estimativa Nã tems dads das emissões CC12.1: Cm as emissões brutas (Escps 1 e 2 cmbinads) d an de referência variaram em cmparaçã cm an anterir? Aumentaram Diminuíram Nenhuma mudança CC12.1a: Identifique as razões para qualquer mudança de suas emissões brutas (Escp 1 e 2 cmbinads) e cmpare cada uma delas cm suas emissões d an anterir CC12.2: Descreva as emissões brutas cmbinadas de Escp 1 e 2, relacinadas às atividades d an base em tneladas métricas de CO2e pr unidade de ingresss ttais de receitas. # CC12.3: Descreva suas emissões brutas d Escp 1 e Escp 2 cmbinads d an de referência em tneladas métricas de CO2e pr empregad equivalente a temp cmplet (Full Time Equivalent - FTE) CC12.4 Pr favr, frneça uma medida de intensidade (nrmalizada) adicinal aprpriada para seu negóci e perações. FIM Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME Orientações Gerais Carbn Actin As questões CC12.1a, CC12.2, CC12.3 e CC12.4 sã usadas na análise da Carbn Actin Initiative. Se vcê recebeu uma carta de slicitaçã da açã d CDP em nme ds Signatáris da Carbn Actin, pr favr, respnda a essa questã nrmalmente n Sistema n-line de Respstas (ORS). Para bter mais detalhes sbre a Carbn Actin, veja https://www.cdp.net/en-us/prgrammes/pages/iniciatives-cdp- Carbn-Actin.aspx. 163

164 Principais Mudanças em relaçã a 2014 Nã há alterações. As questões CC12.1 e CC12.1a (CDP 2013 Q12.1 e Q12.8a) fram alteradas para ficarem mais claras. O menu suspens sbre a direçã da variaçã fi atualizad para incluir "Sem alteraçã". Pré-preenchiment Nenhuma das questões nessa página sã elegíveis para pré-preenchiment, se vcê respndeu n an passad. Versã PME A questã CC12.2 desta página está incluída n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC12.1: Cm as emissões brutas (Escps 1 e 2 cmbinads) d an de referência variaram em cmparaçã cm an anterir? Esta questã exige que vcê selecine a pçã d menu suspens que melhr descreva cm suas emissões cmbinadas ds Escps mudaram em cmparaçã a an anterir. A variaçã das emissões pde ser calculada usand a seguinte fórmula: Emissões Brutas ttais de Escp d períd de referência atual ( ) ttal brut de emissões ds Escps 1 +2 d an anterir (=) variaçã ttal das emissões Se valr resultante fr negativ, as emissões ttais de sua empresa diminuíram em cmparaçã a an anterir. Se valr resultante fr psitiva, as emissões ttais aumentaram em cmparaçã a an anterir. Se valr resultante fr igual a zer, as emissões ttais nã variaram em relaçã a an anterir. Neste cntext suas emissões d Escp 1 sã valr frnecid em respsta à questã CC8.2 e suas emissões d Escp 2 sã valr frnecid em respsta à questã CC8.3. Mesm que an base de seu inventári seja an anterir, ainda assim vcê deve preencher esta questã. Se an anterir fi recalculad, esses cálculs já cnsiderarã desinvestiment, as aquisições, as fusões, etc. Se este fr cas, utilize valr recalculad e ante iss na cluna "cmentári". O an anterir cmparad deve aplicar-se a períd de 12 meses imediatamente anterires a períd de referência, mesm que ele nã cincida cmpletamente cm períd infrmad anterirmente a CDP. As pções de menu sã: Aumentu Diminuíram Nenhuma variaçã Este é nss primeir an de estimativa Nã tems dads das emissões Se vcê selecinar "Aumentu", "Diminuiu" u "Nenhuma variaçã" vcê será direcinad para a questã CC12.1a (abaix); Se vcê selecinar qualquer utra pçã, vcê irá para a próxima questã (questã CC12.2). Pntuaçã de divulgaçã: Pntuaçã de desempenh: Nã existem pnts de desempenh assciads a esta questã, mas a respsta 164

165 Esta pergunta recebe pntuaçã; pnts sã cncedids para uma seleçã de menu suspens. dada em CC12.1 afetará a pntuaçã de desempenh de CC12.1a CC12.1a: Identifique as razões para qualquer variaçã de suas emissões brutas (Escp 1 e 2 cmbinads) e cmpare cada uma delas cm suas emissões d an anterir Esta questã aparece smente se vcê respndeu "Aument", "Diminuiu" u "Nenhuma alteraçã" em respsta à questã CC12.1. Respnda a esta questã categrizand as variações que crreram nas suas emissões, utilize a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix Pedims que vcê divida tds s diferentes fatres que influenciaram as variações que crreram n âmbit das emissões ds Escps 1 + 2, psitivamente u negativamente. Separe tds estes fatres, descreva cada um deles em uma linha separada e frneça valr para a variaçã nas emissões ttais que sã atribuídas a cada uma ds fatres. Nte que mesm nã tend havid nenhuma variaçã glbal das emissões abslutas ds Escps 1 e 2, CDP ainda quer que as empresas divulguem as atividades de reduçã. N cas imprvável de as empresas genuinamente nã terem passad pr qualquer alteraçã em qualquer uma das categrias, deverã selecinar "Outrs" na cluna 1, especificand "Sem alterações" na caixa de text frnecida e, em seguida, digite 0 na cluna 2 e uma das pções da cluna 3 (para garantir que nã sejam penalizadas na pntuaçã de divulgaçã Veja abaix).as atividades de reduçã de emissões pdem surgir de um númer de diferentes fntes, incluind reduções n cnsum de energia u equipaments/prcesss de baixa emissã. Se suas emissões mudaram em relaçã a an anterir devid a várias atividades de reduçã de emissões, agregue as alterações das emissões que crreram devid a essas atividades e frneça essas infrmações em uma linha em CC12.1a. N entant, diferentes razões para a variaçã devem ser preenchidas em linhas separadas e nã agregadas em respsta à esta questã Sã frnecidas, abaix, rientações para preenchiment de cada cluna e linha da tabela. Razã Valr das emissões (percentagem) Direçã da variaçã Cmentári Atividades de reduçã de emissões Desinvestiment Aquisições Fusões Variaçã n resultad Mudança na metdlgia Mudança n limite Mudança nas cndições físicas de peraçã Nã identificad Outr 165

166 Razã: Esta cluna é fixa. N entant, cas uma linha nã se aplique a vcê, pr exempl, sua empresa nã passu pr fusões u aquisições durante an de referência, entã deixe a linha em branc. É apresentad abaix mais detalhes sbre cada uma das pções: Atividades de reduçã de emissões Refere-se às variações nas emissões que crreram cm resultad de iniciativas u atividades prativas de reduçã de emissã, tais cm as detalhadas em respsta à questã CC3.3. Nte que devid à mudança de práticas de cntabilizaçã d Escp 2 e da energia de baix carbn, as empresas pdem ver uma diminuiçã de suas emissões d escp 2. Quand a causa diss fr apenas a mudança na cntabilizaçã, tal fat deve ser relatad em "Mudança na metdlgia" (veja abaix). Quand as empresas aumentaram a quantidade de emissões de energia de baix carbn adquirids de um an para an, iss pde ser infrmad aqui. Cas vcê tenha cmprad energia renvável, vcê pde incluí-la cm uma atividade de reduçã de emissões nessa linha. Iss deve ser efetuad se as cmpras de energia renvável em seu escp 2 na questã CC8.3 fram cntabilizadas e as cmpras relatadas aqui referem-se a cmpras adicinais efetuadas n an de an de referência. Cnsulte bx 19 para bter mais infrmações sbre cm as energias renváveis pdem ser cntabilizadas em seu escp 2. Desinvestiment Trata de alterações que crrem cm resultad d desinvestiment de certs aspects das empresas; Aquisições Trata de alterações que crrem cm resultad da aquisiçã de utra empresa/filial/instalaçã; Fusões Trata de alterações que crrem cm resultad de fusões de empresas; Variaçã n resultad Trata de alterações que crrem pr causa da variaçã (aument u diminuiçã) d resultad de sua empresa (u seja, um prdut u serviç); Iss pderia ser, pr exempl, cresciment rgânic, declínis nas vendas devid à recessã glbal, u lançament de um nv prdut. Mudança na metdlgia Trata-se de mudanças que crrem devid a alterações da frma que inventári é calculad, pr exempl alterações ns fatres de emissã utilizads u alterações n prtcl metdlógic seguid. As empresas que alteraram seu valr das emissões d Escp 2 cm resultad das mudanças nas práticas de cntabilizaçã d Escp 2 para a energia de baix carbn, devem relatar iss aqui. Mudança n limite Refere-se às mudanças n limite usad para cálcul d inventári, u seja, mudança d cntrle financeir para cntrle peracinal. Esta pçã pde também ser válida se vcê incrpru instalações a seu inventári que haviam sid excluídas ns ans anterires. Mudança nas cndições físicas de peraçã Refere-se à mudança climática cm influência significativa sbre cm a empresa pera, mas que nã pde ser cntabilizada sb as utras pções dispníveis, pr exempl, Aument da prduçã hidrelétrica pr causa d aument da precipitaçã. 166

167 Nã identificad Cmpletam esta linha se vcê nã cnsegue identificar a razã para a variaçã nas emissões de um an para an. Outr Cmplete esta linha se huver razã(ões) alternativa(s) que justifica(m) a mudança. Quand usar esta pçã, frneça na cluna "cmentári" detalhes sbre a(s) razã(ões) que justifica(m) a mudança. Valr das emissões (percentagem) Digite a mudança nas emissões atribuídas à razã (fatr) frnecida na cluna 1 cm uma Prcentagem das emissões cmbinadas ds Escps 1 e 2. Este valr nã deve ser mair d que 999 e nã deve ter mais de duas casas decimais. Nã é necessári inserir símbl de %. Esse valr deve ser calculad da seguinte frma: Variaçã das emissões ds Escps atribuídas à razã descrita na cluna 1 Emissões ds Escps 1+2 d an anterir x 100 Cnsulte exempl n Bx 27 para bter rientações adicinais. Direçã de variaçã: Selecine: Aumentu Diminuiu Nenhuma variaçã Cmentári: Use esta caixa de text para frnecer qualquer explicaçã adicinal que seja relevante para apreender a cmplexidade ttal das variaçõess das emissões, utilize até caracteres. Empresas de Serviçs de Eletricidade As variações nas emissões pdem ser atribuídas às mudanças na capacidade (que se traduz em mudanças n resultad), interrupções na fábrica (que também pde traduzir-se em mudanças n resultad) e s events climátics (mudanças nas cndições físicas das peraçã). Em cas afirmativ, iss deve ser incluíd em sua respsta a 12.1a. Vcê pde especificar s geradres específics (pr exempl, alterações n resultad devid a utilizaçã de capacidade adicinal que está entrand em peraçã) na caixa de cmentári. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã; sã atribuíds pnts sempre que a linha "Atividades de reduçã de emissões" cntenha dads em tdas as clunas e a direçã da mudança seja "Diminuir". 167

168 Caixa 27: Exempl das questões CC12.1 e CC12.1a Exempl 1: O ttal de emissões (Escp 1 + 2) da empresa X para este an de referência sã 208 tneladas métricas de CO2e. As emissões ttais d an de referência anterir fram 200 tneladas de CO2e. Iss significa que a variaçã ttal de emissões é de 8 tneladas métricas de CO2e, que equivale a um aument de 4%. ( /200) * 100 = 4% A variaçã de 200 a 208 tneladas métricas se atribuí a um aument de 12 tneladas métricas de emissões de CO2e devid a uma mair prduçã. Entretant, devid às atividades de reduçã de emissões, uma reduçã estimada de 4 tneladas métricas de CO2e fi alcançada. O valr de cada fatr individual pde ser calculad utilizand a seguinte fórmula: (Variaçã de Emissões devid a algum fatr individual / emissões d an anterir) * 100 = de variaçã percentual das emissões devid a esse fatr. A taxa de variaçã percentual das emissões devid a aument da prduçã: (12/200) * 100 = 6% Iss representa um aument de 6% nas emissões devid a aument da prduçã. A taxa de variaçã percentual das emissões devid às atividades de reduçã de emissões: (-4/200) * 100 =-2% Ist representa uma diminuiçã de 2% das emissões devid às atividades de reduçã de emissões. Esta empresa deve respnder da seguinte maneira às questões CC12.1 e CC12.1a CC12.1: Cm as emissões brutas (Escps 1 e 2 cmbinads) d an de referência variaram em cmparaçã cm an anterir? Aumentu CC12.1a Identifique as razões de quaisquer variações em suas emissões glbais brutas (Escps 1 e 2 cmbinads) e para cada um deles especificar cm suas emissões se cmparam cm an anterir Razã Valr das emissões (percentagem) Direçã variaçã da Cmentári Variaçã n resultad Atividades de reduçã de emissões 6 Aumentu Se nenhuma medida tivesse sid intrduzida, aument da demanda, levand a aument da prduçã, teria gerad 6% a mais de emissões. 2 Diminuiu Devid às atividades de reduçã de emissões implementadas durante an, apesar de um aument na prduçã, as emissões nã cresceram tant cm esperávams. O impact estimad das atividades de reduçã de emissã 168

169 é de 4 tneladas de CO2e, que representa 2% das emissões n an passad. Exempl 2: As empresas pdem estar acstumadas a ver estas infrmações apresentadas em um gráfic em que as reduções estã abaix d eix hrizntal. Um exempl mais detalhad mstra cm esses dads pdem ser usads para cmpletar a questã CC12.1a Ttal O que acnteceu durante an de referência ARE Aquisições Mudança de limites Outr 2011 Ttal % variaçã -0,11 0,10 0,02-0,0501-0,04 tco2e ,3 4211, , Razã Valr das emissões (percentagem) Direçã da variaçã Cmentári Atividades de reduçã de emissões (ARE) 11 Diminuiu As emissões brutas ds Escps 1 e 2 diminuíram 11%, devid às atividades de eficiência energética realizadas, principalmente em nss cnsum de energia elétrica. Atingims 14% na Nva Zelândia, 9% na Austrália e 8% de reduçã ns EUA. Ist resultu em eficiência energética em tds s nsss principais edifícis, que btiveram a certificaçã máxima da GreenStar e uma central de tripa geraçã (CCHP) que aumentu a eficiência d nss mair central de dads; e aprimru a mediçã e mnitrament d cnsum de energia. Pr tud iss, chegams a uma reduçã glbal d cnsum de eletricidade em nssas filiais. 169

170 Razã Valr das emissões (percentagem) Direçã da variaçã Cmentári Aquisições 10 Aumentu Mudança n limite 2 Aumentu Outr 5 Diminuiu As mudanças devid à variaçã ds fatres de emissã assciads à uma rede mista de energia também cntribuiu para a diminuiçã das emissões apesar diss nã ser cnsiderad aqui. Ns Estads Unids, a aquisiçã de um cncrrente empresarial imprtante resultu em cerca de 36% de aument das emissões ns EUA e 10% das nssas emissões glbais. Ist crre principalmente em virtude de s edifícis adicinais estarem incluíds cm nvas fntes de emissões de GEE. As emissões aumentaram 2% devid à inclusã de itens n inventári de nssas psições minritárias na Ásia. Pr exempl, nssa filial de Hng Kng relatu pela primeira vez as emissões de viagens de negócis e da frta de veículs. As emissões d Escp 1 de nssa perações ds EUA diminuíram 25% em relaçã a inventári d an anterir. Iss equivale a uma diminuiçã de tco2e. Esta diminuiçã deve-se à nva central elétrica a gás de tripla geraçã, substituind a antiga caldeira a óle cmbustível. CC12.2: Descreva as emissões brutas cmbinadas ds Escps 1 e 2, relacinadas às atividades d an de referência em tneladas métricas de CO2e pr unidade de ingresss ttais de receitas. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Outras rientações sbre preenchiment de cada uma das clunas pdem ser encntradas abaix da tabela. Incluíms um exempl, demnstrand cm calcular a intensidade n Bx 28 n final desta seçã. Se vcê nã respndeu a CDP n an passad, u nã utilizu esses dads, use inventári e as infrmações financeiras d an passad para apresentar um cálcul da variaçã percentual. Se vcê nã mediu suas emissões n an passad, cmplete a cluna 1 e explique na cluna 6 pr que vcê nã tem dads dispníveis. Se valr d an anterir fi divulgad, mas recalculad desde entã, usar valr recalculad para cálcul e ante iss na última cluna. O an anterir cmparad deve aplicar-se a períd de 12 meses imediatamente anterires a períd de referência, mesm que ele nã cincida cmpletamente cm períd infrmad anterirmente a CDP. Valr da intensidade Numeradr métric Denminadr métric % de variaçã em relaçã a an anterir Direçã da variaçã em relaçã a an anterir Mtiv da variaçã Tneladas métricas de CO2e Receita ttal Valr da intensidade 170

171 Use essa cluna para inserir valr da intensidade, calculada pel seu ttal de emissões d Escp 1 e Escp 2 (cnsulte próxim pnt) dividid pr sua receita. Certifique-se de que valr da receita se aplica a mesm limite rganizacinal de seus dads de emissões. Até 10 casas decimais sã permitidas nesta cluna. Numeradr métric Esta cluna é fixa e especifica que as emissões devem ser em tneladas métricas de CO2e, derivadas de seu valr brut glbal de emissões d Escp 1 (questã CC8.2) smad a valr de suas emissões brutas glbais d Escp 2 (questã CC8.3). Denminadr métric Esta cluna é fixa e demnstra que a unidade d denminadr é a "unidade de receita ttal"; u seja, pr unidade (1) da meda especificada na questã CC0.4 na página de intrduçã d ORS. Receitas, pr vezes, sã também chamadas de vlume de negócis u vendas brutas; para efeits d presente pedid de infrmações, estes terms sã cnsiderads sinônims. As receitas sã definidas cm as vendas, líquidas de impsts. As vendas referem-se a dinheir recebid pr sua empresa de bens e serviçs que prprcinam, depis de impsts, mas antes de subtrair s custs. Se vcê é um banc, é pssível se referir a essa figura cm resultad de explraçã ttal. % de variaçã em relaçã a an anterir Insira um valr de menr que 999 cm até duas casas decimais para descrever a variaçã em seu valr de intensidade de emissões. Nã há necessidade de utilizar númers negativs para identificar a reduçã já que tal aspect será atendid pela próxima cluna. Se nã huve nenhuma alteraçã, digite 0 (zer) nesta cluna. Direçã da variaçã em relaçã a an anterir Selecine uma das seguintes pções: Aumentu Diminuiu Nenhuma variaçã N/A Selecine esta pçã se vcê nã tem dads suficientes para calcular a variaçã d an anterir Mtiv da variaçã Utilize esta cluna para descrever pr que a intensidade das emissões mudu. As empresas devem explicar s principais mtivs pr trás da variaçã e grau cm que diferentes fatres têm influenciad ns valres. O grau deve ser express em percentagem. Este é um camp de text livre e aceita até caracteres. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Nta sbre marcadr de questões CC12.2, CC12.3 e CC12.4 Slicitams infrmações sbre três avaliações de intensidade de emissões. Tdas as três serã pntuadas, mas apenas as duas melhres pntuações serã salvas e a terceira será registrada, em tds s cass, cm 0/0 para que nã haja impact n resultad glbal da empresa. Esta abrdagem de pntuaçã recnhece que as empresas pdem nã ser capazes de frnecer tds s três valres, n entant, se tds s três estiverem dispníveis, as empresas pdem relatá-ls. 171

172 CC12.3: Descreva suas emissões brutas ds Escps 1 e 2 cmbinads d an de referência em tneladas métricas de CO2e pr empregad equivalente a temp cmplet (Full Time Equivalent - FTE) Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Outras rientações sbre preenchiment de cada uma das clunas pdem ser encntradas abaix da tabela. Incluíms um exempl, demnstrand cm calcular a intensidade n Bx 28 n final desta seçã. Se vcê nã respndeu a CDP n an passad, u nã utilizu esses dads, use inventári e as infrmações d an passad para apresentar um cálcul da variaçã percentual. Se vcê nã mediu suas emissões n an passad, cmplete a cluna 1 e explique na cluna 6 pr que vcê nã tem dads dispníveis. N cntext desta questã, FTE (equivalente em temp integral/cmplet - ETI) deve referir-se a td trabalh realizad atualmente dentr de seu limite rganizacinal esclhid, independentemente de saber se s funcináris fram empregads diretamente pr sua empresa. O limite rganizacinal aplicad nesta questã deve ser mesm que vcê aplicu para a cnslidaçã de emissões. Se valr d an anterir fi divulgad, mas recalculad desde entã, usar valr recalculad para cálcul e ante iss na última cluna. O an anterir cmparad deve aplicar-se a períd de 12 meses imediatamente anterires a períd de referência, mesm que ele nã cincida cmpletamente cm períd infrmad anterirmente a CDP. Valr da intensidade Numeradr métric Denminadr métric % de variaçã em relaçã a an anterir Direçã da variaçã em relaçã a an anterir Mtiv da variaçã Tneladas métricas de CO2e Funcináris FTE Valr da intensidade Use essa cluna para inserir valr da intensidade, calculad pel seu ttal de emissões d Escp 1 e escp 2, dividid pel ttal de funcináris FTE, certificand-se de que númer de funcináris utilizad se aplica a mesm limite rganizacinal de seus dads de emissões. Vcê deve cnsultar seu departament financeir para bter s dads sbre númer ttal de funcináris FTE. Até 10 casas decimais sã permitidas nesta cluna. Numeradr métric Veja a rientaçã para a questã CC12.2. Denminadr métric Esta cluna é fixa e demnstra que a unidade d denminadr é "Funcinári FTE"; u FTE (u equivalente em temp integral/cmplet) é uma maneira de cmparar s númers de funcináris entre empresas cm diferentes mdalidades de trabalh. % de variaçã em relaçã a an anterir Veja a rientaçã para a questã CC12.2. Direçã da variaçã em relaçã a an anterir Veja a rientaçã para a questã CC12.2. Mtiv da variaçã Veja a rientaçã para a questã CC12.2. Pntuaçã de divulgaçã: Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. 172

173 Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Ver também as ntas sbre pntuaçã nas questões CC12.2, CC12.3 e CC12.4 n final das rientações da questã CC12.2. CC12.4 Pr favr, frneça uma medida de intensidade (nrmalizada) adicinal aprpriada para seu negóci e perações. As questões CC12.2 e CC12.3 slicitaram dads das medidas mais cmuns e fáceis de calcular das intensidades de emissões, u medidas nrmalizadas. N entant estes nã sã necessariamente s mais adequads para as empresas individuais e, prtant, a questã CC12.4 ferece a prtunidade de relatar a intensidade adicinal u medida nrmalizada mais aprpriada para as suas próprias perações. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Outras rientações sbre preenchiment de cada uma das clunas pdem ser encntradas abaix da tabela. Incluíms um exempl, demnstrand cm calcular a intensidade n Bx 23 n final desta seçã. Se vcê nã respndeu a CDP n an passad, u nã utilizu esses dads, use inventári d an e utrs dads relevantes da empresa para apresentar um cálcul da variaçã percentual. Se vcê nã mediu suas emissões n an passad, cmplete a cluna 1 e explique na cluna 6 pr que vcê nã tem dads dispníveis. Se valr d an anterir fi divulgad, mas recalculad desde entã, usar valr recalculad para cálcul e ante iss na última cluna. O an anterir cmparad deve aplicar-se a períd de 12 meses imediatamente anterires a períd de referência, mesm que ele nã cincida cmpletamente cm períd infrmad anterirmente a CDP. Empresas d setr de TI e Cmunicações As Empresas que respndem a módul d setr de TI pdem frnecer as métricas de intensidade baseada em atividades n módul setrial em vez de frnecer aqui uma métrica adicinal de intensidade de tda a rganizaçã. Se fr este cas, as empresas devem redirecinar s usuáris de dads indicand númer da questã relevante d módul setrial de TI na cluna 6 d quadr. Valr da intensidade Numeradr métric Denminadr métric % de variaçã em relaçã a an anterir Direçã da variaçã em relaçã a an anterir Mtiv da variaçã Tneladas métricas de CO2e Se vcê deseja acrescentar mais linhas à tabela, pr favr, use btã Add Rw n cant inferir direit. Valr da intensidade Use essa cluna para inserir valr da intensidade, calculada pel seu ttal de emissões d Escp 1 e escp 2 dividid pr um denminadr esclhid pr vcê, certificand-se de que valr d denminadr esclhid se aplica a mesm limite rganizacinal de seus dads de emissões. Até 10 casas decimais sã permitidas nesta cluna. Numeradr métric Veja a rientaçã para a questã CC12.2. Denminadr métric Selecine um ds seguintes valres d menu suspens: Hra unitárias trabalhada 173

174 Tneladas métricas d prdut Litr de prdut Unidade de prduçã Unidade de serviç prestad Pé quadrad Metr quadrad Quilômetr Quilômetr-passageir Megawatt-hra (MWh) Barril de óle equivalente (BOE) Veícul prduzid Tnelada de alumíni Tnelada de minéri prcessad Onça de ur Onça de platina Tnelada de agregad Tnelada de aç Funds - bilhões (meda) sb gestã Outrs, especifique Se vcê selecinar 'Other, please specify' vcê deve digitar seu denminadr métric preferid na caixa de text frnecida. % de variaçã em relaçã a an anterir Veja a rientaçã para a questã CC12.2 Direçã da variaçã em relaçã a an anterir Veja a rientaçã para a questã CC12.2 Razã da variaçã Veja a rientaçã para a questã CC12.2. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. Ver também as ntas sbre pntuaçã nas questões CC12.2, CC12.3 e CC12.4 n final das rientações da questã CC12.2. Bx 28: Intensidade de CO2e As medidas de intensidade descrevem as emissões de CO2e da rganizaçã n cntext de uma utra métrica de negócis. Desta frma, as emissões sã nrmalizadas para a cntabilizar cresciment, etc. 174

175 A intensidade é calculada dividind-se valr de emissões de CO2e (numeradr) pr uma métrica de negócis alternativa (denminadr), tais cm númer de funcináris equivalentes em temp integral, a receita u as tneladas de agregads prduzids. Intensidade = Emissões (tneladas métricas de CO2e) (Numeradr) Métrica de negócis (pr exempl, receitas) (Denminadr) Pnts imprtantes para serem lembrads a calcular intensidade sã: Unidades d numeradr: Os valres de intensidade slicitads nas questões CC CC12.4 devem ter n numeradr as emissões em tneladas métricas de CO2e. Devem incluir as emissões d Escp 1 e Escp 2 cmbinadas. Este valr pde ser btid pela sma ds númers apresentads em respsta às questões CC8.2 e CC8.3 Unidades d denminadr: A calcular sua intensidade, vcê deve assegurar que as unidades ds dads crrespndem às especificadas na métrica de intensidade. Pr exempl, a questã CC12.2 pede pela intensidade em tneladas de CO2e pr receitas unitária de meda. Iss significa que seu valr de receita (denminadr) deve ser na meda especificada na intrduçã e em unidades simples, u seja, Se sua receita é de US$ 5 milhões, sua receita unitária é Outr exempl seria tneladas métricas de CO2e pr MWh - se s dads estiverem em kwh, vcê deve cnvertê-l para MWh antes de s utilizar n cálcul; Limites e exclusões: Vcê deve garantir que s limites rganizacinais e as exclusões especificadas n numeradr sejam s mesms d denminadr. Pr exempl, a digitar suas emissões pr funcináris FTE, vcê deve garantir que incluiu apenas s funcináris FTE que estã dentr das seções da rganizaçã abrangidas pel limite rganizacinal das suas emissões e levar em cnta quaisquer exclusões (cm especificad na questã CC8.4). Exempls de cálcul de intensidade de CO2e Uma empresa tem tneladas de CO2e cm ttal brut de emissões cmbinadas ds Escps 1 e 2, receitas de US$ 5 milhões e 3000 funcináris FTE. Neste cas, a empresa deve calcular seus valres de intensidade de emissã cm segue: Métrica 1 (CC12.2): Intensidade em tneladas de CO2e pr receita unitária ttal de meda. Intensidade = (tneladas métricas de CO2e) = 0, (US$) Métrica 2 (CC12.3): Intensidade de emissões em tneladas métricas de CO2e pr funcinári em temp equivalente integral (FTE) Intensidade = (tneladas métricas de CO2e) = (Funcináris FTE) 175

176 CC13. Cmérci de emissões Fluxgrama das Questões CC13.1: Participa de algum regime de cmérci de emissões? Nã, e atualmente nã pretendems participar ns próxims 2 ans Nã, mas pretendems participar ns próxims 2 ans Sim CC13.1a Preencha a seguinte tabela para cada um ds regimes de cmercializaçã de emissões em que participa. CC13.1b: Qual é a sua estratégia para cumpriment ds regimes em que vcê participa u pretende participar? CC13.2: Sua empresa deu rigem a quaisquer crédits de carbn baseads em prjet u adquiriu créditss dentr d períd de divulgaçã de infrmaçã? Nã Sim CC13.2a: Frneça detalhes sbre s crédits de carbn baseads em prjets riginads u cmprads pr sua rganizaçã n períd de divulgaçã de infrmaçã FIM Orientações Gerais Cnfrme s regulaments se trnam lei, as empresas cada vez mais serã cnduzidas para esquemas cm RCLE-UE, Tóqui Cap and Trade e a Iniciativa Reginal de gás de efeit de estufa (RGGI). Aqueles que desejam reduzir seu impact ambiental também pdem participar em um regime vluntári de cmérci de emissões, tal cm Regime Vluntári de Cmérci de Emissões d Japã. Os regimes cm este sã geralmente de participaçã vluntária e as reduções/negciaçã trnam-se requisits para permanecer n regime. Uma das maneiras que empresas têm para permaneçam é através de empréstims e/u cmpra de crédits de carbn. As cmpras de licenças d regime de cmérci de emissões sã tratadas separadamente ds utrs crédits de carbn, já que as empresas que participam d regime brigatóri enfrentam diferentes níveis de risc em cmparaçã às empresas que se cmprmetem vluntariamente a cmpensar as emissões. Pr iss, acreditams que é aprpriad diferenciar entre s mntantes atribuíds u utilizads para fins de 176

177 cnfrmidade n âmbit de um regime brigatóri e geraçã u utilizaçã de crédits n mercad vluntári. Observe que alguns regimes de cmérci de emissões pdem aplicar-se unicamente as peradres de instalações, mas a psiçã financeira d prprietári da instalaçã será também indiretamente afetada pela peraçã d regime. Esta questã, prtant, aplica-se as prprietáris e peradres de instalações abrangidas pr regimes de cmérci. Mesm que sua empresa nã seja prprietária integral de instalações, pr favr, dê númer ttal de emissões e licenças. Principais Mudanças em relaçã a 2014 Nã há alterações. Pré-preenchiment Nenhuma das questões nessa página sã elegíveis para pré-preenchiment, se vcê respndeu n an passad. Versã PME Nenhuma das questões desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC13.1: Participa de algum regime de cmérci de emissões? Pr favr respnda a esta questã, selecinand a respsta mais aprpriada n menu suspens d ORS. As pções frnecidas sã: Sim Nã, mas pretendems participar ns próxims 2 ans Nã, e atualmente nã pretendems participar ns próxims 2 ans Observe que "participar" significa que vcê está participand (u pretende participar) das atividades para as quais será necessári adquirir u atribuir crédits. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad à questã CC13.1a e CC13. Se vcê selecinar "nã, mas pretendems participar ns próxims 2 ans" vcê será direcinad para a questã CC13. E, se vcê selecinar "nã, e atualmente nã pretende participar ns próxims 2 ans" vcê pde prsseguir para a próxima questã (CC13.2). Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC13.1a: Preencha a seguinte tabela para cada um ds regimes de cmercializaçã de emissões em que participa. Esta questã aparece apenas se a pçã "Yes" estiver marcada em respsta à questã CC13.1. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Cnfrme dit acima, alguns regimes de cmérci de emissões pdem aplicar-se unicamente as peradres de instalações, mas a psiçã financeira d prprietári da instalaçã será também indiretamente afetada pela peraçã d regime. Esta questã, prtant, aplica-se as prprietáris e peradres das instalações abrangidas pr regimes de cmérci. Mesm que sua empresa nã seja prprietária integral de instalações, pr favr, dê númer ttal de emissões e licenças. 177

178 Se é a primeira vez que vcê respnde a CDP, pede-se que vcê frneça 3 ans de dads histórics cas seja relevante, inserind diversas linhas na tabela. Slicita-se também as empresas que frneçam s dads cm visã a futur para Maires infrmações sbre cm cmpletar cada cluna estã dispníveis a baix da tabela. As empresas n Rein Unid devem bservar que Cmprmiss de Reduçã de Carbn (Carbn Reductin Cmmitment) (CRC), mesm que riginalmente tenha sid prpst cm um regime de Cap and Trade, nã está funcinand dessa maneira e é apenas um regime de relat. Nme d regime Períd de Temp para qual s dads fram frnecids Licenças alcadas Licenças adquiridas Emissões verificadas em tneladas métricas de CO2e Detalhes da prpriedade Para inserir s dads para esquemas individuais e/u ans individuais, vcê pde inserir várias linhas usand btã "Add Rw" n cant inferir direit da tabela. Nme d regime Selecine uma das seguintes pções: Alberta Emissins Trading Regulatin Califrnia's Greenhuse Gas Cap and Trade Prgram Eurpean Unin ETS Japan Vluntary ETS New Zealand ETS Reginal Greenhuse Gas Initiative Tky Cap-and-Trade Outrs, especifique Períd de Temp para qual s dads fram frnecids Inserir a data de iníci e de términ ds dads na linha, usand a caixa de text Inserir datas n frmat DD/MM/AAAA u usand calendári. Nte que períd relatad deve sbrepr-se a an de referência. Licenças alcadas Insira númer de licenças alcadas gratuitamente, inserind apenas númers inteirs. Licenças adquiridas Insira númer de licenças adquiridas, inserind apenas númers inteirs. Emissões verificadas em tneladas métricas de CO2e Insira a quantidade de emissões que tenham sid verificadas ns terms d regime identificad, em tneladas métricas de CO2e. Este camp aceita númers até e até duas casas decimais; vírgulas nã sã permitidas. Devid à dificuldade de prtunidade e fat de que CDP nã pretende punir empresas pr alg fra de seu cntrle, recmendams que as empresas que participam d Prgrama de Cap and Trade da Califórnia façam uma estimativa da percentagem verificada. Vcê pde usar camp "infrmações adicinais" para crrigir quaisquer relats anterires, estimads incrretamente. Detalhes da prpriedade Selecine a pçã que melhr descreve seu regime de prpriedade para as instalações sujeitas a regime identificad entre as seguintes pções: 178

179 Instalações que pssuíms e perams Instalações que pssuíms e nã perams Instalações que perams mas nã pssuíms Outrs, especifique Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. 179

180 Caixa 29: Regimes de Cmérci de Emissões (ETS - Emissins Trading Schemes) Sistema de Cmérci de Emissões da Uniã Eurpeia (Eurpean Unin (EU) Emissins Trading System) O EU ETS é atualmente mair ETS e mais desenvlvid. O sistema inclui emissres médis e grandes e está se expandind cm relaçã às industrias incluídas, cm a aviaçã e a prduçã de alumíni que se agregaram em 2012 e 2013 respectivamente. As licenças sã atribuídas às empresas cm a base em Plans Nacinais de Licenças (Natinal Allcatin Plans) determinads pr cada país. Entretant, a partir de 2013 as licenças serã crdenadas centralizadamente pela Cmissã Eurpeia. As empresas que emitem licenças em númer mair que atribuíd a elas devem cmprar licenças das empresas que queiram vender u cmprar crédits cmpensads ds mecanisms flexíveis d Prtcl de Kyt. Cm indicad acima as empresas devem usar a questã CC13.1a para relatar suas as licenças alcadas e as cmpradas n an de referência. Alberta Emissins Trading Scheme O regime de cmercializaçã de Alberta é um puc diferente ds demais regimes (tal cm EU ETS) prque pis tem a intensidade das emissões cm base. A cada an, as empresas participantes recebem uma meta de emissões (baseada na intensidade das emissões). Se nã cnseguem cumprir a meta, as empresas devem cmprar crédits baseads em prjets, licenças de participantes que excederam a meta u devem pagar a um fund. N cntext da respsta a CDP, as emissões de destin devem ser cnvertidas em emissões abslutas e entã pdem ser relatadas cm "licenças alcadas". As emissões que sã cntabilizadas através de crédits basead em prjets, de licenças cmpradas das empresas que excederam a meta u d pagament para fund devem ser cnvertidas em emissões abslutas e entã pdem ser relatadas cm "licenças cmpradas". Mais infrmações sbre s regimes de cmercializaçã de emissões, atuais e prpsts, pdem ser encntradas n seguinte artig: Internatinal Energy Agency (IEA), Reviewing Existing and Prpsed Emissins Trading Systems (Nvember 2010) CC13.1b: Qual é a sua estratégia para cumpriment ds regimes em que vcê participa u pretende participar? Esta questã aparece smente se vcê selecinar "sim" u "nã, mas esperams participar ns próxims 2 ans" em respsta à questã CC13.1. Pr favr, cmplete sua respsta na caixa de text frnecida, usand até caracteres. Algumas das pções de cnfrmidade incluem atualizações de eficiência, cmpra de licenças e a cmpra de crédits de carbn. Dependend d temp de participaçã de sua empresa em regimes de cmérci, as atualizações de eficiência pdem nã frnecer mntante das reduções necessárias para cumprir s regulaments. Se fr esse cas, sua empresa inclua estas infrmações, se pssível. Também incentivams que vcê detalhe a estratégia de cnfrmidade a lng praz da empresa. 180

181 Vcê também pderá identificar se negóci deve ser integralmente cmpatível u se s regimes de cmérci só se aplicam a determinadas partes d negóci. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC13.2: Sua empresa deu rigem a quaisquer crédits de carbn baseads em prjets u adquiriu crédits dentr d períd de divulgaçã de infrmaçã? Respnda a esta questã selecinand "yes" u "n" n menu suspens d ORS. Se vcê selecinar "yes", vcê será direcinad à questã CC13.2a; Se vcê selecinar "N" vcê pde prsseguir para a próxima página d ORS. Esta questã só se aplica a empresas que deram rigem a crédits de carbn u que s tenha cmprad para fins de cnfrmidade u cm cmpensaçã vluntária de carbn. Ela nã tem cm bjetiv saber sbre suas atividades cmerciais e, pr cnseguinte, se a sua única razã para a cmpra de crédits é vendê-ls, vcê deve respnder "N" a esta questã. Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pela seleçã de uma pçã n menu suspens. Pntuaçã de desempenh: Esta questã nã recebe pntuaçã. CC13.2a: Frneça detalhes sbre s crédits de carbn baseads em prjets riginads u cmprads pr sua rganizaçã n períd de divulgaçã de infrmaçã Esta questã aparece apenas se a pçã "Yes" estiver marcada em respsta à questã CC13.2. Os crédits pdem ter sid riginads pr mei de uma variedade de prjets e em váris mercads, que cnfigura váris tips de crédit de carbn baseads em prjets. Exempls de crédits de carbn basead em prjets: Reduções de emissões certificadas (RCEs) geradas pr atividades sb Clean Develpment Mechanism (CDM); Unidades de reduçã de emissões (RCE) geradas pr atividades n âmbit d Jint Implementatin Mechanism; e Reduções Vluntárias de Emissões (VERs) geradas pr atividades que reduzem as emissões, mas nã resultam na criaçã de unidades de carbn cm grau de cnfrmidade. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Maires infrmações sbre cm cmpletar cada cluna estã dispníveis a baix da tabela. Geraçã u cmpra de crédits Tip d prjet Identific açã d prjet Nrma de verificaçã Númer de crédits (tneladas métricas de CO2e) Númer de crédits (tneladas métricas de CO2e): Vlume ajustad a risc Crédit s cancel ads Prpósit, pr exempl, cnfrmida de Vcê pde inserir várias linhas, selecinand btã "Add Rw" n cant inferir direit. 181

182 Criaçã u aquisiçã de crédits Se vcê é a empresa para a qual s crédits sã riginalmente emitids (pr exempl, vcê é uma das entidades participantes de um prjet d Mecanism de Desenvlviment Limp (MDL, CDM) e vcê tem direit a uma parte ds crédits emitids pel CDM, entã vcê deve selecinar "rigem de crédit". Cas cntrári, se vcê cmpru s crédits de utra empresa, vcê deve selecinar "cmpra de crédit". Tip d prjet Selecine uma das seguintes pções 3 : Identificaçã d prjet Agricultura Energia de bimassa Ciment Us de CO2 Mina/jazida de carvã CH4 Distribuiçã de energia Eficiência energética: famílias Eficiência energética: indústria Eficiência energética: geraçã própria Eficiência energética: serviç Eficiência energética: lad da ferta Flrestas Mudança d cmbustível fóssil Fugitiv Energia getérmica HFC Hidr Gás de aterr Evasã de metan N20 PFC e SF6 Slar Maré Transprte Vent Outrs, especifique Pr favr, digite nme d prjet Nrma de verificaçã Selecine entre as pções a seguir (Observe que iss nã é uma lista exaustiva; use "Outr" se a nrma nã estiver incluída): CDM (Clean Develpment Mechanism) JI (Jint Implementatin) Gld Standard VCS (Verified Carbn Standard) VER+ (TÜV SÜD standard) CAR (The Climate Actin Reserve) 3 Lista prvenientes de 182

183 CCBS (desenvlvid pr e Climate, Cmmunity and Bidiversity Alliance, CCBA) Ainda nã verificad Outrs, especifique Númer de crédits (tneladas métricas de CO2e) Digite númer ttal de crédits anuais que vcê tenha dad rigem u cmprad em tneladas métricas de CO2e cm base em dads frnecids ns acrds. O númer de crédits relatad deve ser ds crédits que fram riginads n períd de infrmaçã identificad na página de Intrduçã d ORS, independentemente de já terem sid vendids u retirads. Os valres pdem ser inserids até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Númer de crédits (tneladas métricas de CO2e): Vlume ajustad a risc Os crédits sã vendids em diferentes fases d cicl de vida de um prjet e, pr cnseguinte, vlume de crédits prevists será ajustad, de acrd cm diferentes critéris, tais cm setr de prjet, a fase de prjet, etc. Use essa cluna para inserir númer de crédits anuais que vcê deu rigem (em preparaçã) u se vcê cmpru prjets/crédits que estã ainda em curs e frnecem um valr ajustad de risc (em tneladas de CO2e) de acrd cm nível de risc. Os valres pdem ser inserids até (sem pnts u vírgulas separand s milhares) e até duas casas decimais (separadas pr um pnt). Em sua mair parte, está cluna se aplica as prjets d CDM que estã em preparaçã, mas ainda nã fram aprvads. Muitas vezes as reduções de GEE reais de um prjet sã menres d que as previstas inicialmente, nrmalmente pr causa da materializaçã ds riscs assciads a prjet. Esta incerteza significa que estes crédits geralmente pdem ser cmprads a preçs significativamente inferires as ds crédits referentes a estágis mais avançads de um prjet. Crédits que ainda nã fram prduzids n CDM u, em utras palavras, aqueles que pertencem a um prjet em seus estágis iniciais, sã ajustads de acrd cm s fatres de risc e medids em "vlume ajustad a risc". Se as empresas nã têm riscs assciads à sua carteira de crédit, entã vlume ajustad a risc pde ser igual a "númer de crédits". Crédits cancelads "Cancelad" significa que certificad nã pde ser usad nvamente. Para mais infrmações, cnsulte a nta técnica "Retirement vs. cancellatin f instruments", dispnível em https://www.cdp.net/en-us/pages/guidance.aspx. Selecine: Sim Nã Nã relevante Prpósit, pr exempl, cnfrmidade Selecine: Cnfrmidade Cmpensaçã vluntária Nã aplicável Outrs, especifique Pntuaçã de divulgaçã: Esta questã recebe pntuaçã; pnts sã cncedids pel preenchiment da tabela. Pntuaçã de desempenh: Esta questã recebe pntuaçã. 183

184 184

185 CC14. Emissões de Escp 3 Fluxgrama das Questões CC14.1: Declare as emissões de escp 3 de sua empresa, explicand quaisquer exclusões. # CC14.2: Indique status da verificaçã/garantia (assurance) que se aplica às emissões de Escp 3 Nã há dads sbre as emissões Nã há verificaçã u garantia de terceirs Prcess bienal existente, mas sem verificaçã u garantia de terceirs sbre as emissões Prcess trienal existente mas sem verificaçã de terceirs u garantia de emissões relatadas Verificaçã u garantia de terceirs em andament para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess bienal anexada Verificaçã de terceirs u garantia em curs, mas ainda nã cncluída declaraçã anterir d prcess trienal anexada Verificaçã de terceirs em curs para an de referência, mas ainda nã cncluída declaraçã d an passad anexada Verificaçã u garantia de terceirs cncluída CC14.2a: Frneça mais detalhes sbre a verificaçã/assurance utilizada e anexe dcuments relevantes CC14.3: Vcê é capaz de cmparar suas emissões d escp 3 deste an base cm as d an anterir? Este é nss primeir an de estimativa Nã tems dads das emissões Sim CC14.3a: Identifique as razões de quaisquer variações de suas emissões d Escp 3 e cmpare cada uma delas cm suas emissões d an anterir CC14.4 A sua empresa se envlve em sua cadeia de valr cm algum element das estratégias em relaçã a tema das emissões de GEE e estratégias de mudanças climáticas? (Marque tdas que se aplicam) CONTINUA NA PRÓXIMA PÁGINA 185

186 Sim, frnecedres Sim, nsss clientes Sim, utrs parceirs nã, nós nã ns envlvems da cadeia de valr CC14.4a: Frneça detalhes sbre s métds de envlviment, suas estratégias para pririzar s envlviments e medidas de sucess. CC14.4d: Explique pr que nã, e se tem plans desenvlver uma estratégia de envlviment n futur # CC14.4b Para dar uma nçã de escala d envlviment atual, declare númer de frnecedres cm s quais a empresa está envlvida e a prprçã de gast que eles representam. CC14.4c: Se a sua empresa tiver dads sbre as emissões de GEE de seus frnecedres e suas estratégias em relaçã às mudanças climáticas, explique cm sua empresa faz us desses dads # FIM Ntas: # Questões incluídas n questinári das PME Orientações Gerais O Escp 3, assim cm escp 2, é uma categria de emissões indiretas que surgem em cnsequência das atividades de uma rganizaçã, mas de fntes de GEE pssuídas u cntrladas pr utras pessas. O Escp 2 abrange as emissões emitidas indiretamente pr uma empresa geralmente pela cmpra de eletricidade, calr, refrigeraçã e vapr para seu própri cnsum. O Escp 3 abrange tdas as utras emissões indiretas prvenientes de fntes que nã sã pssuídas u cntrladas pr uma empresa, mas que crrem cm resultad de suas atividades. O Wrld Resurces Institute e Cnselh Empresarial Mundial para Desenvlviment Sustentável (Institute and Wrld Business Cuncil fr Sustainable Develpment) prduziram uma Nrma de Cntabilidade e Relatóris da Cadeia de Valr das Empresas (escp 3) cm um suplement das Nrmas de Cntabilidade e Relatóri d GHG Prtcl. Este dcument frnece rientaçã detalhada para a cntabilidade das emissões d Escp 3. Cnsulte https://www.ghgprtcl.rg/standards/scpe-3- standard para mais detalhes. Além das nrmas d escp 3, GHG Prtcl também prduziu um dcument extens relativ a cálcul das emissões da cadeia de valr. Pr favr, cnsulte Principais Mudanças em relaçã a 2014 Fram feitas as seguintes alterações: A cluna quatr da questã CC14.1 fi renmeada para "Prcentagem das emissões calculadas utilizand dads btids de frnecedres u parceirs da cadeia de valr". Iss está alinhad a GHG Prtcl. 186

187 Pré-preenchiment Nã há questões dispníveis para preenchiment prévi nesta página. Versã PME As questões CC14.1, CC14.4, CC14.4a, CC14.4b, CC14.4c, e CC14.4d desta página estã incluídas n questinári PME. Orientações Específicas sbre as Questões CC14.1: Declare as emissões d Escp 3 de sua empresa, declarand e explicand quaisquer exclusões. Pr favr, respnda a esta questã, cmpletand a tabela frnecida n ORS e reprduzida abaix. Segund a nva nrma d Escp 3 (Crprate Value Chain [Scpe 3] Accunting and Reprting Standard): Qualquer estimativa de emissões evitadas tem que ser reprtada separadamente a partir das emissões d Escp 1, Escp 2 e Escp 3 de uma empresa, em vez de ser incluída u deduzida d inventari d Escp 3. N cntext de sua respsta a CDP, vcê pde frnecer infrmações sbre as ações que adta para reduzir suas emissões d Escp 3, na questã CC14.3a sbre atividades de reduçã de emissões. Nessa tabela vcê pde se relatar a razã da variaçã nas emissões para cada categria d Escp 3. Pr favr dê nme da categria d Escp 3 pertinente na cluna "Observações" da tabela. Fntes de emissões d Escp 3 Bens e Serviçs adquirids Status da avaliaçã Tneladas métricas de CO2e Metdlgia d cálcul das emissões Prcentagem das emissões calculadas utilizand dads btids de frnecedres u parceirs da cadeia de valr Explicaçã Bens de capital Atividades relacinadas cm cmbustível e energia (nã incluídas ns Escps 1 e 2) Transprte e distribuiçã a mntante Resídus prduzids nas perações Viagens de negócis Deslcament de empregads Ativs arrendads a mntante 187

188 Distribuiçã e transprte a jusante Prcessament de prduts vendids Utilizaçã de prduts vendids Tratament de prduts vendids em fim de vida útil Bens arrendads a jusante Franquias Investiments Outrs (a mntante) Outrs (a jusante) Vcê deve cmpletar tdas as linhas da tabela (cm exceçã as duas últimas linhas (utr (a mntante) e utr (a jusante), que sã pcinais), mas nã necessariamente tdas as clunas. Há Instruções sbre quais clunas devem ser preenchidas n Bx 30. Outras rientações sbre cm preencher as clunas relevantes sã frnecidas abaix. Caixa 30: Preenchiment das clunas As clunas que vcê precisa para cmpletar em respsta à questã CC14.1 dependerã de sua seleçã na cluna "Status da avaliaçã" e estã resumids a seguir. Status da avaliaçã Tneladas métricas de CO2e Metdlgia Percentual de emissões calculad usand dads primáris Explicaçã Relevantes, calculad Sim Sim Opcinal Opcinal Relevante, ainda nã calculad Nã Nã Nã Opcinal Nã relevante, calculad Sim Sim Opcinal Opcinal Nã é relevante, explicaçã frnecida Nã Nã Nã Sim Nã avaliad Nã Nã Nã Opcinal 188

189 Fntes de emissões d Escp 3: Essa cluna já está preenchida n ORS e aparecerã tdas as fntes. As categrias das emissões d Escp 3 fram tmadas das Nrmas de Cntabilidade e Relatóris da Cadeia de valr Crprativa (Escp 3) d Prtcl de Gases de Efeit de Estufa, publicada em setembr de As empresas devem cnsultar a nrma para infrmações sbre as fntes que cada categria englba e infrmações adicinais sbre cm calcular essas emissões. O dcument pde ser encntrad aqui. Status da avaliaçã: Essa cluna deve ser preenchida para tdas as fntes d Escp 3, excet pr Outr (a mntante) e utr (a jusante) - estas últimas duas categrias devem ser usadas apenas se as empresas pssuírem uma fnte de emissões d Escp 3 que nã está na lista acima. O status de avaliaçã pssui dis cmpnentes: se a fnte d Escp 3 é relevante para seus negócis e que vcê fez para investigar aquela fnte. A relevância deveria ser determinada cm referência a Scpe 3 Standard d GHG Prtcl ver Bx 31 para s critéris de relevância. Selecine: Relevantes, calculad: Selecine esta pçã se a categria d escp 3 é relevante e vcê calculu as emissões de pel mens uma parte desta fnte. Relevante, ainda nã calculad: Selecine esta pçã se vcê está ciente de que a fnte d Escp 3 é relevante para seu negóci, mas ainda nã calculu as emissões assciadas a ele. Nã é relevante, calculad: Selecine esta pçã se vcê sabe que essa fnte nã é uma das mais imprtantes para seu negóci, mas cm parte de seu trabalh cm Escp 3 vcê teve a prtunidade de calcular as emissões assciadas a ele. Nã relevante, explicaçã frnecida: Selecine esta pçã se vcê pesquisu essa fnte de emissões de Escp 3 e pôde determinar que ela nã é relevante. Ist pde estar basead em investigações qualitativas u quantitativas. Nã avaliad: Selecine essa pçã se vcê nã pesquisu a fnte d Escp 3 e pr iss nã sabe se é relevante para seu negóci. Tneladas métricas CO2e: Cmplete essa cluna para tdas as fntes que vcê identificu cm Relevante, calculad u Nã é relevante, calculad na cluna de Status da Avaliaçã. Preencha cm as emissões adequadas para cada fnte identificada em tneladas métricas de CO2e, registrand apenas s númers até sem vírgulas e até duas casas decimais. Númers negativs nã sã permitids, pis s relatóris precisam ter númers bruts e nã líquids. Os valres das emissões devem ser apenas d an de referência. Metdlgia d cálcul: Cmplete esta cluna para tdas as fntes que vcê identificu cm Relevante, calculad u Nã relevante, calculad na cluna de Status da Avaliaçã. Sua respsta deve incluir uma descriçã de tds s tips e fntes de dads usads para calcular as emissões, pr exempl, dads da atividade, fatres de emissã e valres d GWP - ptencial de aqueciment glbal) e uma breve descriçã ds pressupsts, metdlgias e métds de alcaçã utilizads para calcular as emissões. Utilize até caracteres para cmpletar esta respsta. Prcentagem das emissões calculadas utilizand dads btids de frnecedres u parceirs da cadeia de valr. Digite valr da prcentagem nessa cluna, nã é necessári inserir símbl de prcentagem. Sã aceits valres até 100 cm duas casas decimais. Explicações: preencha essa cluna para tdas as fntes que vcê identificu cm Nã relevante, explicaçã frnecida na cluna Status da Avaliaçã. Frneça, se pssível, detalhes sbre cm chegu à cnclusã de que a fnte nã é relevante e inclua as razões qualitativas e quantitativas. Se desejar frnecer infrmações adicinais sbre cntext a qualquer uma das demais linhas na tabela, vcê também pde fazê-l nessa cluna. Use até caracteres em sua respsta. Empresas d Setr de Serviçs de Eletricidade 189

190 As empresas d setr devem direcinar-se às nrmas acima referidas para bter rientaçã sbre quais emissões devem ser relatadas n Escp 3. Em particular, cnsulte a seçã sbre "Fuel- and Energy- Related Emissins Nt Included in Scpe 1 r 2" na página 41 e seguintes Fabricantes de Autpeças e Autmóveis: Os fabricantes de autmóveis pdem verificar as infrmações sbre metdlgia dadas em respsta à questã AU2.2 em sua respsta à CC14.1. Esta infrmaçã receberá pnts desde que s usuáris de dads sejam direcinads da cluna Metdlgia de CC14.1 para a questã AU2.2.Empresas FBT (Aliments, bebidas e Tabac) Encrajams as Empresas d setr de FBT a frnecerem dads de emissões de tdas as categrias relevantes para eles, especificamente s dads referentes às atividades agríclas, de prcessament, de distribuiçã e de cnsum. Categrias que pderã ter particular imprtância para setr de FBT sã "Bens e serviçs cmprads", "Prcessament de prduts vendids", "transprte e distribuiçã a mntante", "Transprte e distribuiçã a jusante", "us ds prduts vendids" e "Tratament de prduts vendids em final vida útil". Cas nã pssa relatar s valres das emissões das atividades, frneça uma explicaçã na cluna 'Explicaçã'. Bx 31: Critéri de Relevância para as fntes de emissões d Escp 3: extraíd da Nrma Cadeia de Valr Crprativa (Escp 3) de Cntabilizaçã e Relatóri (WRI/WBCSD) - Crprate Value Chain (Scpe 3) Accunting and Reprting Standard 190

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de fornecimento 2015

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de fornecimento 2015 Orientaçã às empresas Respndentes sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de frneciment 2015 C D P inf@cdp.net. +44 (0) 20 3818 3900 www.cdp.net. Licença ds Questináris CDP Os

Leia mais

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2014

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2014 Orientaçã às empresas Respndentes sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de abasteciment 2014 inf@cdp.net. + 44 (0) 20 7970 5660 www.cdp.net. C D P Licença ds Questináris CDP

Leia mais

Orientação às empresas respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2016

Orientação às empresas respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2016 Orientaçã às empresas respndentes sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de abasteciment 2016 CDP inf@cdp.net +44 (0) 20 3818 3900 www.cdp.net Licença ds Questináris CDP Os direits

Leia mais

PLATAFORMA EMPRESAS PELO CLIMA

PLATAFORMA EMPRESAS PELO CLIMA PLATAFORMA EMPRESAS PELO CLIMA CAMINHO PARA ELABORAÇÃO DE AGENDAS EMPRESARIAIS EM ADAPTAÇÃO ÀS MUDANÇAS DO CLIMA Prpsta de Framewrk Resultad d diálg crrid em 26 de junh de 2013, n Fórum Latin-American

Leia mais

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2014

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2014 Orientaçã às empresas Respndentes sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de abasteciment 2014 inf@cdp.net. + 44 (0) 20 7970 5660 www.cdp.net. C D P Licença ds Questináris CDP

Leia mais

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000 ISO 9001:2008 alterações à versã de 2000 Já passaram quase it ans desde que a versã da ISO 9001 d an 2000 fi publicada, que cnduziu à necessidade de uma grande mudança para muitas rganizações, incluind

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versã 0.0 25/10/2010 Sumári 1 Objetivs... 3 2 Cnceits... 3 3 Referências... 3 4 Princípis... 3 5 Diretrizes d Prcess... 4 6 Respnsabilidades... 5 7

Leia mais

Projetos, Programas e Portfólios

Projetos, Programas e Portfólios Prjets, Prgramas e Prtfólis pr Juliana Klb em julianaklb.cm Prjet Segund PMBOK (2008): um prjet é um esfrç temprári empreendid para criar um nv prdut, serviç u resultad exclusiv. Esta definiçã, apesar

Leia mais

Academia FI Finanças

Academia FI Finanças Academia FI Finanças A Academia é melhr caminh para especializaçã dentr de um tema n ERP da SAP. Para quem busca uma frmaçã cm certificaçã em finanças, mais indicad é participar da próxima Academia de

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR 1. Históric da Jrnada AGIR Ns ambientes crprativs atuais, a adçã de um mdel de gestã integrada é uma decisã estratégica n api às tmadas

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Uma visão geral Baseado nas diretrizes do PMI

GESTÃO DE PROJETOS. Uma visão geral Baseado nas diretrizes do PMI GESTÃO DE PROJETOS Uma visã geral Bead n diretrizes d PMI 1 Intrduçã Objetiv da Apresentaçã O bjetiv é frnecer uma visã geral ds prcesss de Gestã de Prjets aplicads à Gestã de Empreendiments. O que é Prjet?

Leia mais

PLATAFORMA EMPRESAS PELO CLIMA

PLATAFORMA EMPRESAS PELO CLIMA PLATAFORMA EMPRESAS PELO CLIMA CICLO DE ELABORAÇÃO DE AGENDAS EMPRESARIAIS EM ADAPTAÇÃO ÀS MUDANÇAS DO CLIMA Prpsta de Framewrk A partir d diálg crrid em 26 de junh de 2013, n Fórum Latin-American de Adaptaçã

Leia mais

Gestão do Escopo 1. Planejamento da Gestão do Escopo: 2. Definição do Escopo: 3. Elaboração da EDT(EAP): 4. Verificação do Escopo:

Gestão do Escopo 1. Planejamento da Gestão do Escopo: 2. Definição do Escopo: 3. Elaboração da EDT(EAP): 4. Verificação do Escopo: Gestã d Escp 1. Planejament da Gestã d Escp: i. Autrizaçã d prjet ii. Definiçã d escp (preliminar) iii. Ativs em cnheciments rganizacinais iv. Fatres ambientais e rganizacinais v. Plan d prjet i. Plan

Leia mais

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social Anex 03 Recmendaçã nº 3: estatut padrã, estatut fundamental e cntrat scial 1. Resum 01 Atualmente, Estatut da Crpraçã da Internet para a atribuiçã de nmes e númers (ICANN) tem um mecanism únic para alterações.

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

Todos os direitos reservados Versão 1.2

Todos os direitos reservados Versão 1.2 Guia de Relatóris Tds s direits reservads Versã 1.2 1 Guia de Relatóris Índice 1 Pedids... 3 1.1 Mnitr de Pedids... 3 1.2 Pedids... 4 1.3 Estatísticas de Pedids... 5 1.4 Acess e Cnsum... 7 1.5 Pedids pr

Leia mais

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento Aliança Estratégica cm a Delta Dezembr, 2011 Uma Cnsistente História de Investiment 1 Agenda Resum da Operaçã 1 Benefícis da Operaçã 2 2 Disclaimer O material a seguir é uma apresentaçã cnfidencial cntend

Leia mais

Por favor, considere a proteção ao meio ambiente antes de imprimir esse documento

Por favor, considere a proteção ao meio ambiente antes de imprimir esse documento Interbrs Tecnlgia e Sluções de Internet Ltda. Rua Dr. Guilherme Bannitz, 126 2º andar Cnj. 21 /179 Itaim Bibi - Sã Paul- SP - 04532-060 Fne: 55 11 9209-3717 / 55 11 8162-0161 Pr favr, cnsidere a prteçã

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Projeto Censo GIFE 2005/2006

Nome do programa, pesquisa ou produto: Projeto Censo GIFE 2005/2006 1 GIFE Grup de Instituts, Fundações e Empresas Dads da rganizaçã Data de elabraçã da ficha: Fev 2008 Nme: GIFE Grup de Instituts, Fundações e Empresas Endereç: Av. Brigadeir Faria Lima, 2.413 1º andar

Leia mais

Novas Salvaguardas Ambientais e Sociais

Novas Salvaguardas Ambientais e Sociais Nvas Salvaguardas Ambientais e Sciais Discussões Técnicas de Gvern ESS1 Avaliaçã e Gerenciament de Riscs e Impacts Sciais e Ambientais 15 de utubr, 2014 Objetivs da ESS1 Identificar, avaliar e gerir s

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO. Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2016

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO. Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2016 Sua hra chegu. Faça a sua jgada. REGULAMENTO Prêmi de Empreendedrism James McGuire 2016 Salvadr, nvembr de 2015. REGULAMENTO Prêmi de Empreendedrism James McGuire 2016 é uma cmpetiçã interna da Laureate

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E DE ÉTICA POLÍTICA SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E DE ÉTICA POLÍTICA SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E DE ÉTICA POLÍTICA SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO POLÍTICA SOBRE PRESENTESE ENTRETENIMENTO Oferecer u receber presentes cmerciais e entreteniment é frequentemente uma frma aprpriada

Leia mais

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO 1 de 7 1. OBJETIVO Este prcediment estabelece prcess para cncessã, manutençã, exclusã e extensã da certificaçã de sistema de segurança cnfrme ABNT NBR 15540. 2. DOCUMENTOS COMPLEMENTARES - ABNT NBR 15540:2013:

Leia mais

Novas Salvaguardas Ambientais e Sociais

Novas Salvaguardas Ambientais e Sociais Nvas Salvaguardas Ambientais e Sciais Discussões Técnicas de Gvern ESS10 Acess a Infrmaçã e engajament de stakehlders 15 de utubr, 2014 Objetivs da ESS10 (1/2) Delinear uma abrdagem sistemática para engajament

Leia mais

REQUISITOS PRINCIPAIS: Regulamentação final sobre controles preventivos de alimentos para consumo humano Visão rápida

REQUISITOS PRINCIPAIS: Regulamentação final sobre controles preventivos de alimentos para consumo humano Visão rápida O FDA ferece esta traduçã cm um serviç para um grande públic internacinal. Esperams que vcê a ache útil. Embra a agência tenha tentad bter uma traduçã mais fiel pssível à versã em inglês, recnhecems que

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação Os nvs uss da tecnlgia da infrmaçã nas empresas Sistemas de Infrmaçã Prf. Marcel da Silveira Siedler siedler@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Planejament

Leia mais

Política de Privacidade Qrush Cards

Política de Privacidade Qrush Cards Plítica de Privacidade Qrush Cards Última atualizaçã em 21/09/2013 A Qrush Tecnlgia e Serviçs Ltda repeita a privacidade de seus clientes e usuáris e desenvlveu esta Plítica de Privacidade para demnstrar

Leia mais

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida O que é invaçã? Para a atividade humana: é a intrduçã de alg nv, que atua cm um vetr para desenvlviment human e melhria da qualidade de vida Para as empresas: invar significa intrduzir alg nv u mdificar

Leia mais

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição Eletrónica Médica - Aplicação

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição Eletrónica Médica - Aplicação Mdel de Cmunicaçã Prescriçã Eletrónica Médica - Aplicaçã Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes da aplicaçã de Prescriçã Eletrónica Médica

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

CERTIFICAÇÃO DE RESPONSABILIDADE AMBIENTAL Pól Mveleir de Arapngas PR Revisã: 00 Pól Mveleir de Arapngas PR Revisã: 01 TERMOS DE USO DO ECOSELO EQUIPE TÉCNICA RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DESTE DOCUMENTO: Irineu Antni Brrasca Presidente d CETEC

Leia mais

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso Universidade Federal d Ceará Campus de Sbral Curs de Engenharia da Cmputaçã Regulament para realizaçã d Trabalh de Cnclusã de Curs Intrduçã Este dcument estabelece as regras básicas para funcinament das

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas SGCT - Sistema de Gerenciament de Cnferências Tecnlógicas Versã 1.0 09 de Setembr de 2009 Institut de Cmputaçã - UNICAMP Grup 02 Andre Petris Esteve - 070168 Henrique Baggi - 071139 Rafael Ghussn Can -

Leia mais

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes

Leia mais

WEB MANAGER. Conhecendo o Web Manager!

WEB MANAGER. Conhecendo o Web Manager! WEB MANAGER Cnhecend Web Manager! O Web Manager é uma pdersa ferramenta para gestã de Sites, prtais, intranets, extranets e htsites. Cm ela é pssível gerenciar ttalmente seus ambientes web. Integrad ttalmente

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Prcediments Prcediments para Submissã de Prjets de MDL à Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Secretaria Executiva Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Prcediments para

Leia mais

Channel. Colaboradores. Tutorial. Atualizado com a versão 3.9

Channel. Colaboradores. Tutorial. Atualizado com a versão 3.9 Channel Clabradres Tutrial Atualizad cm a versã 3.9 Cpyright 2009 pr JExperts Tecnlgia Ltda. tds direits reservads. É pribida a reprduçã deste manual sem autrizaçã prévia e pr escrit da JExperts Tecnlgia

Leia mais

MANUAL DE APRESENTAÇÃO DA INICIATIVA 3º Prêmio Braztoa de Sustentabilidade

MANUAL DE APRESENTAÇÃO DA INICIATIVA 3º Prêmio Braztoa de Sustentabilidade MANUAL DE APRESENTAÇÃO DA INICIATIVA 3º Prêmi Brazta de Sustentabilidade Sã Paul - 2014 Seja bem vind a 3 Prêmi Brazta de Sustentabilidade É ntória as crescentes demandas que setr de turism tem cm tema

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA 1. Intrduçã e Objetivs a) O Cncurs de Ideias OESTECIM a minha empresa pretende ptenciar apareciment de prjets invadres na regiã d Oeste sempre numa perspetiva de desenvlviment ecnómic e scial. b) O Cncurs

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Data: 17-09-2008 Data: Aprvad: Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Events.dc

Leia mais

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde Anex V Sftware de Registr Eletrônic em Saúde Implantaçã em 2 (duas) Unidades de Saúde Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESTRATÉGIAS E PROCEDIMENTOS DE IMPLANTAÇÃO... 3 4 INFRAESTRUTURA NAS UNIDADES DE SAÚDE -

Leia mais

MANUAL DOS GESTORES DAA

MANUAL DOS GESTORES DAA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI MANUAL DOS GESTORES DAA MÓDULOS: M atrícula e P rgramas e C DP [Digite resum d dcument aqui. Em geral, um resum é um apanhad

Leia mais

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco Orientações e Recmendações Orientações relativas à infrmaçã periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de ntaçã de risc 23/06/15 ESMA/2015/609 Índice 1 Âmbit de aplicaçã... 3 2 Definições... 3 3 Objetiv

Leia mais

1 Criando uma conta no EndNote

1 Criando uma conta no EndNote O EndNte Basic (anterirmente cnhecid pr EndNte Web), é um sftware gerenciadr de referências desenvlvid pela Editra Thmsn Reuters. Permite rganizar referências bibligráficas para citaçã em artigs, mngrafias,

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO

DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO V2.04 S4 Página 1 de 14 INDICE ALTERAÇÕES IMPLEMENTADAS NA VERSÃO 2.04 DO SST...3 ITENS DE MENU CRIADOS PARA A VERSÃO 2.04...3 PRESTADOR...3 Relatóri de Metas...3 CLIENTE...4 Tela

Leia mais

REGULAMENTO 1- OBJETIVO

REGULAMENTO 1- OBJETIVO REGULAMENTO 1- OBJETIVO O Prgrama Nv Temp é um iniciativa da Cargill Agricla SA, que visa ferecer as seus funcináris e das empresas patrcinadras ds plans de previdência sb a gestã da CargillPrev Sciedade

Leia mais

Carbon Disclosure Project 2010 - Pedido de Informações ao Fornecedor

Carbon Disclosure Project 2010 - Pedido de Informações ao Fornecedor Carbn Disclsure Prject 2010 - Pedid de Infrmações a Frnecedr Slicitams uma respsta às questões que se seguem até 31 de Julh de 2010. Respnda a pedid de infrmações através d nss Sistema de Respstas Online

Leia mais

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Eikn Dcuments 2007 Service Pack 5 (2.9.5) Fevereir de 2010 DATA DE REFERÊNCIA DESCRIÇÃO Sftware para implantaçã de sistemas em GED / ECM (Gerenciament Eletrônic

Leia mais

Apresentação do Curso

Apresentação do Curso At endi m ent acl i ent e Apr es ent aç ãdc ur s Apresentaçã d Curs O curs Atendiment a Cliente fi elabrad cm bjetiv de criar cndições para que vcê desenvlva cmpetências para: Identificar s aspects que

Leia mais

Roteiro de Implantação Estoque

Roteiro de Implantação Estoque Rteir de Implantaçã Estque Revisã: 23/07/2004 Abrangência Versã 7.10 Cadastrs Básics Dicas: Explique a necessidade d preenchiment ds brigatóris (camps na cr azul). Verifique se cliente necessita que mais

Leia mais

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização Bletim Técnic CAGED Prtaria 1129/2014 MTE Prdut : TOTVS 11 Flha de Pagament (MFP) Chamad : TPRQRW Data da criaçã : 26/08/2014 Data da revisã : 12/11/2014 País : Brasil Bancs de Dads : Prgress, Oracle e

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatóri de Gerenciament de Riscs 2º Semestre de 2014 1 Sumári 1. Intrduçã... 3 2. Gerenciament de Riscs... 3 3. Risc de Crédit... 4 3.1. Definiçã... 4 3.2. Gerenciament... 4 3.3. Limites de expsiçã à

Leia mais

PROCESSO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE DO GRUPO HISPASAT

PROCESSO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE DO GRUPO HISPASAT PROCESSO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE DO GRUPO HISPASAT GRUPO HISPASAT Mai de 2014 PRIVADO PRIVADO E CONFIDENCIAL E Dcument Dcument prpriedade prpriedade HISPASAT,S.A. da 1 Prcess de atendiment a cliente

Leia mais

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013.

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013. Serviç de Acess as Móduls d Sistema HK (SAR e SCF) Desenvlvems uma nva ferramenta cm bjetiv de direcinar acess ds usuáris apenas as Móduls que devem ser de direit, levand em cnsideraçã departament de cada

Leia mais

Dissídio Retroativo. Cálculos INSS, FGTS e geração da SEFIP

Dissídio Retroativo. Cálculos INSS, FGTS e geração da SEFIP Dissídi Retrativ Cálculs INSS, FGTS e geraçã da SEFIP A rtina de Cálcul de Dissídi Retrativ fi reestruturada para atender a legislaçã da Previdência Scial. A rtina de Aument Salarial (GPER200) deve ser

Leia mais

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Plan de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Escla Clégi Eng Juarez Wanderley Prfessr Fernand Nishimura de Aragã Disciplina Infrmática Objetivs Cnstruçã de um website pessal para publicaçã de atividades

Leia mais

MODALIDADE DE FORMAÇÃO

MODALIDADE DE FORMAÇÃO CURSO 7855 PLANO DE NEGÓCIO - CRIAÇÃO DE PEQUENOS E MÉDIOS NEGÓCIOS Iníci ------ Duraçã 50h Hrári(s) ------ OBJECTIVOS GERAIS - Identificar s principais métds e técnicas de gestã d temp e d trabalh. -

Leia mais

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social;

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social; Mdel de Cmunicaçã Certificads de Incapacidade Temprária Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes n âmbit ds CIT Certificads de Incapacidade Temprária.

Leia mais

CAPÍTULO IV. Valores, Crenças, Missão, Visão.e Política da Qualidade. Waldemar Faria de Oliveira

CAPÍTULO IV. Valores, Crenças, Missão, Visão.e Política da Qualidade. Waldemar Faria de Oliveira CAPÍTULO IV Valres, Crenças, Missã, Visã.e Plítica da Qualidade. Waldemar Faria de Oliveira Há alguns ans, quand tínhams ótims atletas, perdíams a Cpa d Mund de futebl, as Olimpíadas, errand em cisas básicas.

Leia mais

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis PCP Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Data: 11/09/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Antecedentes_Criminais.dc

Leia mais

Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher E s c r i t ó r i o R e g i o n a l p a r a o B r a s i l e o C o n e S u l

Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher E s c r i t ó r i o R e g i o n a l p a r a o B r a s i l e o C o n e S u l Fund de Desenvlviment das Nações Unidas para a Mulher E s c r i t ó r i R e g i n a l p a r a B r a s i l e C n e S u l Fnd de Desarrll de las Nacines Unidas para la Mujer O f i c i n a R e g i n a l p

Leia mais

Promover a obtenção de AIM (Autorização de Introdução no Mercado) no estrangeiro de medicamentos criados e desenvolvidos em Portugal.

Promover a obtenção de AIM (Autorização de Introdução no Mercado) no estrangeiro de medicamentos criados e desenvolvidos em Portugal. SIUPI SISTEMA DE INCENTIVOS À UTILIZAÇÃO DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL FICHA DE MEDIDA Apia prjects que visem estimular investiment em factres dinâmics de cmpetitividade, assciads à invaçã tecnlógica, a design

Leia mais

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO:

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5.1 INTRODUÇÃO A rganizaçã da manutençã era cnceituada, até há puc temp, cm planejament e administraçã ds recurss para a adequaçã à carga de trabalh esperada.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Manual de Us (Para Detentres de Bens) Infrmações adicinais n Prtal da Crdenaçã de Patrimôni: www.cpa.unir.br 2013 Cnteúd O que papel Detentr de Bem pde fazer?... 2 Objetiv...

Leia mais

1ª EDIÇÃO. Regulamento

1ª EDIÇÃO. Regulamento 1ª EDIÇÃO Regulament 1. OBJETIVO O Prêmi BRASILIDADE é uma iniciativa d Serviç de Api às Micr e Pequenas Empresas n Estad d Ri de Janeir SEBRAE/RJ, idealizad pr Izabella Figueired Braunschweiger e cm a

Leia mais

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta www.masterhuse.cm.br Prpsta Cm Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Apresentaçã Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Cpyright 2011-2012

Leia mais

GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisão: 000

GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisão: 000 GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisã: 000 A Mercur S.A., empresa estabelecida desde 1924, se precupa em cnduzir as suas relações de acrd cm padrões étics e cmerciais, através d cumpriment da legislaçã

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014

Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014 Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014 A Diretria d SEBRAE/RS trna públic presente edital e cnvida Artesãs representads pr Assciações e/u Cperativas de Artesanat d Ri Grande d Sul a inscreverem-se

Leia mais

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios.

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios. Prêmi Data Pint de Criatividade e Invaçã - 2011 N an em que cmpleta 15 ans de atuaçã n mercad de treinament em infrmática, a Data Pint ferece à cmunidade a prtunidade de participar d Prêmi Data Pint de

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatóri de Gerenciament de Riscs 2º Semestre de 2015 1 Sumári 1. Intrduçã... 3 2. Gerenciament de Riscs... 3 2.1. Organgrama... 4 3. Risc de Crédit... 4 3.1. Definiçã... 4 3.2. Gerenciament... 4 3.3.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS CONTEÚDO 1. Intrduçã... 3 2. Requisits de Sftware e Hardware:... 3 3. Usuári e Grups:... 3 3.1. Cnfigurand cm Micrsft AD:... 3 3.2. Cnfigurand s Grups e Usuáris:...

Leia mais

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL ÍNDICE I. Apresentaçã e bjectivs d wrkshp II. III. Resultads ds inquérits Ambiente cmpetitiv Negóci Suprte Prcesss

Leia mais

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras FKcrreisg2_cp1 - Cmplement Transprtadras Instalaçã d módul Faça dwnlad d arquiv FKcrreisg2_cp1.zip, salvand- em uma pasta em seu cmputadr. Entre na área administrativa de sua lja: Entre n menu Móduls/Móduls.

Leia mais

Autocalibração com erros relacionados ao Sistema, Auto CQ e Troca de Reagente

Autocalibração com erros relacionados ao Sistema, Auto CQ e Troca de Reagente As Clientes ds Sistemas de Química ADVIA. Referente: Ntificaçã Urgente de Segurança em Camp CHSW 13 03 10816443 Rev. A Data Nvembr / 2013 E-mail assunts.regulatris.br@siemens.cm Internet www.siemens.cm

Leia mais

CONTROLE INTERNO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: Um Estudo de Caso

CONTROLE INTERNO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: Um Estudo de Caso CONTROLE INTERNO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: Um Estud de Cas Camila Gmes da Silva 1, Vilma da Silva Sant 2, Paul César Ribeir Quintairs 3, Edsn Aparecida de Araúj Querid Oliveira 4 1 Pós-graduada em

Leia mais

REGULAMENTO TOP CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2015 CATEGORIA ESTUDANTE

REGULAMENTO TOP CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2015 CATEGORIA ESTUDANTE REGULAMENTO TOP CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2015 CATEGORIA ESTUDANTE ARTIGO I DEFINIÇÃO E NATUREZA O Prêmi Cidadania, categria Estudante, premia trabalhs de caráter técnic u científic, referente a implementaçã

Leia mais

SEGURANÇA NO TRABALHO CONTRATADOS E TERCEIROS DO CLIENTE

SEGURANÇA NO TRABALHO CONTRATADOS E TERCEIROS DO CLIENTE Flha 1 de 8 Rev. Data Cnteúd Elabrad pr Aprvad pr 0 16/06/2004 Emissã inicial englband a parte técnica d GEN PSE 004 Luiz C. Sants Cmitê da Qualidade 1 31/01/2006 Revisã geral Luiz C. Sants Cmitê da Qualidade

Leia mais

SDK (Software Development Kit) do Microsoft Kinect para Windows

SDK (Software Development Kit) do Microsoft Kinect para Windows SDK (Sftware Develpment Kit) d Micrsft Kinect para Windws Os presentes terms de licença cnstituem um acrd entre a Micrsft Crpratin (u, dependend d lcal n qual vcê esteja dmiciliad, uma de suas afiliadas)

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs)

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs) MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE Técnics de Instalaçã e Manutençã de Edifícis e Sistemas (TIMs) NO SISTEMA INFORMÁTICO DO SISTEMA NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS (SCE) 17/07/2014

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA Nme: Nº 8ºAn Data: / / 2015 Prfessres: Fabiana, Mayra e Olga. Nta: (valr: 2.0) A - Intrduçã Neste an, sua nta fi inferir a 60 pnts e vcê nã assimilu s cnteúds

Leia mais

1 Institucional. 1.1 Sobre a Vensis. 1.2 Missão, Políticas e Valores. 1.2.1 Missão. 1.2.2 Política da Qualidade

1 Institucional. 1.1 Sobre a Vensis. 1.2 Missão, Políticas e Valores. 1.2.1 Missão. 1.2.2 Política da Qualidade Institucinal 1 Institucinal 1.1 Sbre a Vensis A Vensis é uma empresa especializada n desenvlviment de sluções integradas para gestã de empresas. Atuand n mercad de tecnlgia da infrmaçã desde 1998, a empresa

Leia mais

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de Faculdade de Ciências Sciais Aplicadas de Bel Hriznte Institut Superir de Educaçã Curs de Pedaggia ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA O ENCONTROCAS é um event semestral

Leia mais

Versão 14.0 Junho 2015 www.psr-inc.com Contato: sddp@psr-inc.com. Representação mais detalhada da operação em cada estágio: 21 blocos

Versão 14.0 Junho 2015 www.psr-inc.com Contato: sddp@psr-inc.com. Representação mais detalhada da operação em cada estágio: 21 blocos Versã 14.0 Junh 2015 www.psr-inc.cm Cntat: sddp@psr-inc.cm SDDP VERSÃO 14.0 Nvidades Representaçã mais detalhada da peraçã em cada estági: 21 blcs Tradicinalmente, a peraçã de cada estági (semana u mês)

Leia mais

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões:

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões: Pessal, vislumbr recurss na prva de cnheciments específics de Gestã Scial para as seguintes questões: Questã 01 Questã 11 Questã 45 Questã 51 Questã 56 Vejams as questões e arguments: LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO C e n t r d e I n f r m á t i c a NORMAS DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA A FMUP dispõe de salas e labratóris de infrmática gerids pel Centr

Leia mais

3 Formulação da Metodologia 3.1. Considerações Iniciais

3 Formulação da Metodologia 3.1. Considerações Iniciais 53 3 Frmulaçã da Metdlgia 3.1. Cnsiderações Iniciais O presente capítul tem cm finalidade prpr e descrever um mdel de referencia para gerenciament de prjets de sftware que pssa ser mensurável e repetível,

Leia mais

Sistema de Gestão de BPM

Sistema de Gestão de BPM 1/13 ESTA FOLHA ÍNDICE INDICA EM QUE REVISÃO ESTÁ CADA FOLHA NA EMISSÃO CITADA R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 FL. FL. 01 X 26 02 X 27 03 X 28 04 X 29 05 X 30 06 X

Leia mais

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação Guia Sphinx: Instalaçã, Repsiçã e Renvaçã V 5.1.0.8 Instalaçã Antes de instalar Sphinx Se vcê pssuir uma versã anterir d Sphinx (versões 1.x, 2.x, 3.x, 4.x, 5.0, 5.1.0.X) u entã a versã de Demnstraçã d

Leia mais

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Supply Chain Game EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autr: Prf. Dr. Daniel Bertli Gnçalves Exercíci Prátic Simuland Cadeias de Supriments v2.0 Lcal: em sala de aula Material Necessári:

Leia mais

Número de cédula profissional (se médico); Nome completo; 20/06/2014 1/7

Número de cédula profissional (se médico); Nome completo; 20/06/2014 1/7 Mdel de Cmunicaçã Sistema Nacinal de Vigilância Epidemilógica Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes d Sistema Nacinal de Vigilância Epidemilógica.

Leia mais

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira A atuaçã d Síndic Prfissinal é a busca d plen funcinament d cndmíni Manuel Pereira Missã e Atividades Habilidade - Cnhecems prfundamente a rtina ds cndmínis e seus prblemas administrativs. A atuaçã é feita

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid

Leia mais

Banco Industrial do Brasil S.A. Gerenciamento de Capital

Banco Industrial do Brasil S.A. Gerenciamento de Capital Banc Industrial d Brasil S.A. Gerenciament de Capital 2014 1 Sumári 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL... 4 4. PLANO DE CAPITAL... 5 5. RESPONSABILIDADES... 6

Leia mais

GESTÃO DE LABORATÓRIOS

GESTÃO DE LABORATÓRIOS Seminári Luanda, 26,27,28,29 e 30 de Mai de 2014 - Htel **** Guia Prática GESTÃO DE LABORATÓRIOS Finanças Assegure uma gestã eficaz de tdas as áreas 40 hras de Frmaçã Especializada Cnceits ecnómic-financeirs

Leia mais