CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013"

Transcrição

1 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE DEFINIÇÕES E INTERPRETAÇÕES

2 1 Para interpretação dos anexos que fazem parte desse documento os termos abaixo terão a interpretação que os acompanha: AMBIENTE DE PRODUÇÃO: Ambiente do Sistema Integrado de Gestão (SIG) onde os usuários executam suas transações. ÁRVORE DE DECISÃO: Uma árvore de decisão é uma representação de uma tabela de decisão sob a forma de uma árvore. Trata-se de uma maneira alternativa de descrever como regras devem ser aplicadas. BACKUP: Em informática, cópia de segurança (em inglês: backup) é a cópia de dados de um dispositivo de armazenamento a outro para que os dados possam ser restaurados em caso da perda dos dados originais, o que pode envolver apagamentos acidentais ou corrupção de dados. BASELINE: Base contratada de serviços, expressa em volumes, que afeta diretamente o dimensionamento de recursos humanos, físicos e computacionais alocados para a prestação de serviços. BI: Business Inteligence. Acrônimo que identifica sistemas de suporte à decisão tática e estratégica de uma operação. CHAMADO: É uma solicitação feita pelo usuário através de ou ligação telefônica registrada no sistema de gestão de chamados, solicitando a prestação de determinado serviço ou resolução de um incidente. COMITÊS DE GOVERNANÇA: Equipe composta pela Concessionária e pelo Poder Concedente responsável pela gestão, coordenação, integração, disciplina e controle dos esforços das Partes voltados à adequada execução dos Serviços e que tem como objetivo instituir e divulgar regras, fluxos e métodos de trabalho com o objetivo de eliminar conflitos e divergências entre as equipes da Concessionária e do Poder Concedente. COMPONENTES TÉCNOLOGICOS: Consiste em todos os softwares necessários para a operação do Sistema Integrado de Gestão. CONCESSIONÁRIA: Empresa responsável pela prestação dos serviços escopo desse edital CONTINGÊNCIA: Fato possível, mas incerto. Devido a não ser possível prever todos os fatos, a contingência serve para minimizar os impactos ou resultados de um evento não previsto. CONTRAPRESTAÇÃO MENSAL: Significa a Contraprestação Pecuniária a ser paga pela Administração Pública composta por duas parcelas: Parcela A e Parcela B. CONTRAPRESTAÇÃO MENSAL PARCELA A: Significa o valor mensal fixo a ser pago pelo Poder Concedente à Concessionária para a remuneração da Concessionária e amortização dos investimentos e custos dos Serviços. CONTRAPRESTAÇÃO MENSAL PARCELA B: Significa o valor a ser pago pelo Poder Concedente à Concessionária relativa à remuneração da Concessionária pela prestação dos

3 2 Serviços de consultoria, calculado pelo volume de horas a ser consumido sob demanda, na forma do Anexo 7 Mecanismos de Pagamento. DATACENTER: Centro de Processamento de Dados (CPD). Local onde são concentrados os equipamentos de processamento e armazenamento de dados de uma empresa ou organização. DEMANDA CORRETIVA: Correção de defeitos em sistemas em produção. Abrange comportamentos inadequados que causem problemas de uso ou de funcionamento do sistema e quaisquer desvios em relação aos requisitos levantados para a funcionalidade que apresenta defeito DEMANDA EVOLUTIVA: Inclusão, alteração e exclusão de características e/ou funcionalidades em sistemas e suas integrações em produção, decorrentes de alterações de regras de negocio e/ou imposições legais. DEMANDA EVENTUAL: Demandas que ocorrem esporadicamente/eventualmente e não são planejadas devido à falta de previsão de quando podem ocorrer. ENTRADA EM PRODUÇÃO: disponibilização do Sistema Integrado de Gestão para os usuários finais no ambiente de produção. FASE DE OPERAÇÃO: Fase da prestação dos serviços de operação; FASE DE IMPLANTAÇÃO: Fase de prestação dos serviços de implantação; FASE DE REINVESTIMENTOS: Fases onde ocorre atualização tecnológica da Solução, ou seja, Sistema Integrado de Gestão e Infraestrutura Tecnológica; FIRMWARE: Conjunto de instruções operacionais programadas diretamente no hardware de um equipamento eletrônico. FUNÇÃO DE NEGÓCIOS: Corresponde a uma série de atividades relacionadas, realizadas com o objetivo de se cumprir um ou mais objetivos. FUNÇÃO CRÍTICA DE NEGÓCIOS: Corresponde a uma série de atividades relacionadas, realizadas com o objetivo de se cumprir um ou mais objetivos considerados como críticos. FUNÇÃO NÃO CRÍTICA DE NEGÓCIOS: Corresponde a uma série de atividades relacionadas, realizadas com o objetivo de se cumprir um ou mais objetivos considerados como não críticos. GESTÃO DE INCIDENTES: Processo ITIL que tem como principal objetivo restaurar a operação normal do serviço o mais rápido possível, minimizando prejuízos e objetivando o melhor nível de serviço e disponibilidade. INCIDENTE: é definido como incidente toda falha dos Itens de Configuração de TI que impossibilite, totalmente ou parcialmente, as atividades comuns do usuário, ou qualquer requisição de informações dos usuários junto à Central de Atendimento. ÍNDICE DE DESEMPENHO FINAL: Índice composto pelos Indicadores de Desempenho IRC: Cesta de Indicadores Índice de Reajuste da Contraprestação:

4 3 ITIL: ITIL é um acrônimo de Information Technology Infrastructure Library (Biblioteca de Infraestrutura de Tecnologia da Informação). Constitui-se de uma descrição de práticas integradas de gerenciamento de serviços de TI. Essas práticas ajudam a implantar e manter um gerenciamento de serviços focando em pessoas, processos, tecnologia e parceiros que são usados na entrega de serviços que atendam às necessidades dos clientes. JOB SCHEDULING: Ferramenta de agendamento de execução de programas do Sistema Integrado de Gestão. NÍVEIS DE SERVIÇO (SLA: SERVICE LEVEL AGREEEMENT): São as exigências consideras pelo Poder Concedente para a execução dos serviços pela Concessionára, cujo não atendimento poderão sujeitar a Concessionária ao pagamento de penalidades. O Atendimento ao nível de serviços é medido através da apuração ponderada dos Indicadores de Desempenho. OPERAÇÃO ASSISTIDA: Período de estabilização de sistemas após implantação em ambiente de produção. ORDEM DE SERVIÇO: É uma solicitação emitida pelo Poder Concedente de uma atividade de serviço a ser executada pela Concessionária. PMBOK: Project Management Body of Knowledge, é um conjunto de práticas em gerência de projetos levantado pelo Project Management Institute (PMI) e constituem a base da metodologia de gerência de projetos do PMI. PMI: Project Management Institute é uma instituição internacional sem fins lucrativos que associa profissionais de gestão de projetos. Tem o objetivo de desenvolver e divulgar métodos e melhores práticas de gerenciamento de programas, projetos e portfólio. PODER CONCEDENTE: significa o Município de Belo Horizonte PRODABEL: Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte PRODUTO: partes ou conjuntos funcionais que integram o Sistema Integrado de Gestão e contemplam total ou parcialmente os requerimentos técnicos e funcionais previstos no Contrato e Anexos. PRODUTO ESTABILIZADO: produto já disponibilizado ampla e oficialmente ao mercado e que tenha sofrido rigoroso processo de validação e testes em fóruns de clientes beta ou pilotos. PROVA DE CONCEITO: Em inglês, Proof of Concept (PoC) que é um termo utilizado para denominar um modelo prático que possa provar o conceito (teórico) estabelecido por uma pesquisa, artigo técnico. Pode ser considerado também uma implementação, em geral resumida ou incompleta, de um método ou de uma ideia, realizada com o propósito de verificar que o conceito ou teoria em questão é suscetível de ser explorado de uma maneira útil. Em Sistemas da Informação, o termo Prova de Conceito geralmente refere-se ao desenvolvimento de uma ferramenta prática para provar a funcionalidade teórica de um

5 4 sistema de informação. Deve ser implementado de forma geralmente incompleta, com o objetivo de fazer testes probatórios, minimizando mitigar riscos no sistema completo; RACK: um gabinete padronizado para montagem de módulos de equipamentos múltiplos. REGIME 24X7: Serviço prestado de forma ininterrupta, 24 (vinte e quatro) horas por dia, 7 (sete) dias por semana e 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias por ano. RELATÓRIO DE DESEMPENHO: Relatório contendo os resultados atuais e históricos dos Indicadores de Desempenho. REQUISIÇÕES DE SERVIÇO/MUDANÇA: Solicitação de um membro da Comunidade Usuária dos Serviços escopo deste edital, relativo a um evento diferente de falha ou erro na infraestrutura, mas sim uma solicitação de intervenção ou modificação na infraestrutura em funcionamento. ROTINAS BATCH: O processamento Batch é um modo de execução que não tem qualquer interação com o usuário, e as instruções ou programas são enfileirados e executados através de um estímulo. Esse estímulo pode ser uma data e horário programado ou a execução de outro programa. SCRIPT DE ATENDIMENTO: Script de atendimento é um conjunto de instruções para uma determinada ação que deverá ser executada. SERVICE DESK (SUPORTE NÍVEL 1): Ponto único de contato entre os usuários e a PRODABEL, com o objetivo de prover uma comunicação efetiva entre os usuários e a PRODABEL. SERVIÇOS DE OPERAÇÃO: Serviços de operação da Solução que consistem em Serviços de Manutenção e Suporte ao SIG e Serviços de Infraestrutura Tecnológica. SERVIÇOS DE IMPLANTAÇÃO: Serviços a serem prestados pela Concessionária para Implantação da Solução. SERVIÇOS DE MODERNIZAÇÃO, DESBUROCRATIZAÇÃO e SUPORTE: Serviços a serem prestados pela Concessionária, sob demanda do Poder Concedente, relacionados à melhorias dos processos do Poder Concedente relacionados ao escopo da Concessão; SISTEMA INOPERANTE: Sistema fora do ar devido algum erro ou problema na operação SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO (SIG): em inglês, Enterprise Resource Planning (ERP) que consiste no software que integra dados e processos de uma organização em um único sistema por meio do uso de um banco de dados único para toda a organização. O SIG deverá atender aos Requerimentos Técnicos e Funcionais listados no Anexo 6 A. SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO INOPERANTE: Sistema Integrado de Gestão fora do ar, devido a alguma falha ou erro. SOFTWARE ANTIVÍRUS: Os antivírus são programas de computador concebidos para prevenir, detectar e eliminar vírus de computador. SOLUÇÃO: solução a ser implantada e operada pela Concessionária que contempla o Sistema Integrado de Gestão (SIG) e a Infraestrutura Tecnológica que consiste em

6 5 servidores, Storage, roteadores, Switchs e demais componentes hospedados no Data Center da Concessionária; SPOC (SINGLE POINT OF CONTACT): Ponto único de contato. STORAGE: Armazenamento de dados. SWITCH: Comutador. Dispositivo utilizado em redes de computadores para reencaminhar módulos (frames) entre os diversos nós. TRANSIÇÃO PARA OS SERVIÇOS DE OPERAÇÃO: Período necessário para que a Concessionária opere os sistemas escopo desse Edital no novo modelo de operação. TEMPO DE RESPOSTA: Inicia-se quando os chamados são registrados no Sistema de Gestão de Chamados da Concessionária e é finalizado quando esta inicia o tratamento do chamado. TI: Significa Tecnologia da Informação, conjunto de conhecimentos e recursos tecnológicos e computacionais aplicados à geração, processamento e uso da informação. TIC: Tecnologias da Informação e Comunicação TICKET: Chamado registrado no sistema de gestão de Chamados da Concessionária USUÁRIO: Todos os profissionais que utilizam os sistemas escopo deste Edital, sejam estes empregados, contratados ou subcontratados, ou seja, todas as pessoas físicas que, por qualquer modo ou motivo, utilizem a estrutura da TI do Poder Concedente. USUÁRIOS CHAVE: Profissionais do Poder Concedente, conforme quantidades definidas neste Anexo, selecionados pelo próprio Poder Concedente por possuírem conhecimento consolidado dos processos da organização e serem aquelas pessoas se destacam nas suas áreas. Eles devem fazer parte da equipe de implantação do sistema, fornecendo informações sobre os processos de trabalho, avaliar como o sistema se integra nas atividades e atende os requisitos de cada área de trabalho com foco no negócio. Tais Usuários Chave recomendam, ainda, a melhor forma de adequação do sistema às necessidades do Poder Concedente, propõem melhorias, participam dos testes e homologam a implantação do sistema. Na fase de treinamento eles recebem o treinamento mais aprofundado do sistema para, posteriormente, efetuarem (repassarem) o treinamento dos usuários restantes, os denominados usuários finais. WORKAROUND: Solução de contorno, ou seja, mudanças operacionais temporárias que necessitam ser implantadas com o propósito de restaurar a disponibilidade dos Serviços, até que o problema seja resolvido de forma definitiva.

Gledson Pompeu 1. Cenário de TI nas organizações. ITIL IT Infrastructure Library. A solução, segundo o ITIL

Gledson Pompeu 1. Cenário de TI nas organizações. ITIL IT Infrastructure Library. A solução, segundo o ITIL Cenário de TI nas organizações Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

ITIL v3 - Operação de Serviço - Parte 1

ITIL v3 - Operação de Serviço - Parte 1 ITIL v3 - Operação de Serviço - Parte 1 É na Operação de Serviço que se coordena e realiza as atividades e processos necessários para fornecer e gerenciar serviços em níveis acordados com o usuário e clientes

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 Gerência de Níveis de Serviço Manter e aprimorar a qualidade dos serviços de TI Revisar continuamente os custos e os resultados dos serviços para garantir a sua adequação Processo

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Ministério Público do Estado de Goiás

Ministério Público do Estado de Goiás Ministério Público do Estado de Goiás Apresentação Inicial PMO Institucional MP-GO 1 Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Em muitos casos

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos.

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos. ITIL V3 Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender o gerenciamento de riscos. Porquê Governança? Porque suas ações e seus requisitos

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2015

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2015 MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2015 NOME DA INSTITUIÇÃO: Cast Informática S.A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL EMENTA: obter contribuições para a especificação

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 2011 1 1. APRESENTAÇÃO No momento de sua concepção não haviam informações detalhadas e organizadas sobre os serviços de Tecnologia da

Leia mais

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Unidade III GOVERNANÇA DE TI Information Technology Infrastructure Library ITIL Criado pelo governo do Reino Unido, tem como objetivo a criação de um guia com as melhores práticas

Leia mais

CobiT. MBA em Sistemas de Informação. Conteúdo. 1. Sumário Executivo. 2. Estrutura. 3. Objetivos de Controle. 4. Diretrizes de Gerenciamento

CobiT. MBA em Sistemas de Informação. Conteúdo. 1. Sumário Executivo. 2. Estrutura. 3. Objetivos de Controle. 4. Diretrizes de Gerenciamento MBA em Sistemas de Informação CobiT Conteúdo 1. Sumário Executivo 2. Estrutura 3. Objetivos de Controle 4. Diretrizes de Gerenciamento 5. Modelo de Maturidade 6. Guia de Certificação de TI 7. Implementação

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

CIO;Executivo de N 5 Identificar as dependências críticas e o desempenho atual 1 dia? Qua 01/09/10 Qua 01/09/10

CIO;Executivo de N 5 Identificar as dependências críticas e o desempenho atual 1 dia? Qua 01/09/10 Qua 01/09/10 Id Nome da tarefa Duração Início Término Predecessoras Qua, 01/Set Qui, 02/Set 18 0 6 12 18 0 6 12 1 Projeto de Implantacão da Governanca de TI com CobiT (Nível 3) 3 dias? Qua 01/09/10 Sex 03/09/10 2 PO

Leia mais

Project Management Body of Knowledge

Project Management Body of Knowledge PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PUCMINAS (UNIDADE BARREIRO) CURSOS: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS / LOGÍSTICA Project Management Body of Knowledge Definição Também conhecido como PMBOK é um

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais, PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 583/2011 Institui o Comitê Técnico Temático de Configuração e Ativos de Serviço - ctconf. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Adriano Olimpio Tonelli Redes & Cia 1. Introdução A crescente dependência entre os negócios das organizações e a TI e o conseqüente aumento

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Módulo 12 Gerenciamento Financeiro Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a

Leia mais

Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso.

Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso. Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso. Somos a FIDELITY IT, seu novo parceiro nas próximas vitórias e conquistas. Mais

Leia mais

Serviço de gestão, operação, monitoramento e. atividades do datacenter interno

Serviço de gestão, operação, monitoramento e. atividades do datacenter interno Serviço de gestão, operação, monitoramento e documentação das atividades do datacenter interno VISÃO POR TECNOLOGIA MODELO DE OPERAÇÃO IN LOCO -ASSISTIDA A LPCti disponibiliza uma equipe de profissionais

Leia mais

Information Technology Infrastructure Library. Breno Torres Bruno Ferys Denio Brasileiro Pedro Araújo Pedro Lucena

Information Technology Infrastructure Library. Breno Torres Bruno Ferys Denio Brasileiro Pedro Araújo Pedro Lucena Information Technology Infrastructure Library Breno Torres Bruno Ferys Denio Brasileiro Pedro Araújo Pedro Lucena Roteiro Introdução O que é ITIL Vantagens e Benefícios Estrutura da ITIL Versões Níveis

Leia mais

Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades:

Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades: Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades: Perfil 1 - Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Master) Implantar boas práticas de gerenciamento de

Leia mais

Governança de TI. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de TI. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de TI Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança Governar Governança Ato de governar(-se), governo, governação Governar ter mando, direção, dirigir, administrar tratar

Leia mais

Experiência de contratação de empresa de contagem de Pontos de Função para auxílio na gestão de contrato administrativo

Experiência de contratação de empresa de contagem de Pontos de Função para auxílio na gestão de contrato administrativo Experiência de contratação de empresa de contagem de Pontos de Função para auxílio na gestão de contrato administrativo Ricardo Gaspar (21) 2172-8078 ricardo.gaspar@bndes.gov.br 22 de Julho de 2014 Objetivo

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR DA CONTRATAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aquisição de sistema de videoconferência para todo o IFRO 2. DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 2.1. Necessidade

Leia mais

DISASTER RECOVERY PLAN. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

DISASTER RECOVERY PLAN. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com DISASTER RECOVERY PLAN Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com 1. Introdução O principal objetivo de um plano de continuidade de negócios (BCP Business Continuity Plan) é garantir a operação

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Revisa o Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI para o período 2013-2018 e dá outras providências. O Presidente do TRE-RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

Plano de Segurança da Informação

Plano de Segurança da Informação Faculdade de Tecnologia Plano de Segurança da Informação Alunos: Anderson Mota, André Luiz Misael Bezerra Rodrigo Damasceno. GTI 5 Noturno Governança de tecnologia da informação Prof. Marcelo Faustino

Leia mais

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA Profa. Reane Franco Goulart Administrador de banco de dados O Administrador de banco de dados (DBA - DataBase Administrator) é responsável por manter e gerenciar bancos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. Dispõe sobre o processo de contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. O SECRETÁRIO

Leia mais

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 1 CobIT Modelo abrangente aplicável para a auditoria e controle de processo de TI, desde o planejamento da tecnologia até a monitoração e auditoria de

Leia mais

Manual de Atendimento

Manual de Atendimento Manual de Atendimento Ambiente de Comunicação e Colaboração Office 365 Manual de Atendimento Ambiente de Comunicação e Colaboração Office 365 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 1. OBJETIVO... 4 2. GERENCIAMENTO

Leia mais

PERGUNTA: [...] 1. Entendemos que a abrangência do trabalho deve considerar os seguintes órgãos do MEC:

PERGUNTA: [...] 1. Entendemos que a abrangência do trabalho deve considerar os seguintes órgãos do MEC: ESCLARECIMENTO II AOS INTERESSADOS. Brasília, 24 de outubro de 2008. REFERÊNCIA: PREGÃO 45/2008 Proc. nº: 23000.011534/2008-22 ASSUNTO: Respostas aos Questionamentos. Prezados Senhores interessados, Em

Leia mais

Secretaria Municipal de Fazenda

Secretaria Municipal de Fazenda ANEXO VI TERMO DE REFERENCIA 1. Justificativa A Secretaria Municipal de Fazenda, no cumprimento de sua missão institucional é responsável por garantir a arrecadação dos tributos municipais e de outras

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

esafios e Oportunidades atuais de TIC

esafios e Oportunidades atuais de TIC AS AÇÕES DA TI esafios e Oportunidades atuais de TIC Computação em Nuvem Segurança de Dispositivos e Dados Automatização e Racionalização de Processos Continuidade de Negócios Regulação Trabalho Segmentado

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Contrato nº xxx/201x ANEXO 1 Acesso ao estudo do BI (Business Intelligence) Municípios - XXXXXX

Contrato nº xxx/201x ANEXO 1 Acesso ao estudo do BI (Business Intelligence) Municípios - XXXXXX Contrato nº xxx/201x ANEXO 1 Acesso ao estudo do BI (Business Intelligence) Municípios - XXXXXX 1. Resumo Executivo Disponibilizar acesso ao estudo do BI (Business Intelligence) da CELEPAR, baseado nas

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO CONTRATO Nº. 03/2015 Termo de Contrato que entre si celebram, a Câmara Municipal da Estância Climática de São Bento do Sapucaí e Rogério Aparecido Castilho MEI, objetivando a prestação de serviços de consultoria,

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS

CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS 1 CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS QUESTÃO 1 2. DESCRIÇÃO DO OBJETO 2.1. Aquisição do SISTEMA DE RISCO 2.1.1. Fornecimento e cessão de direito de uso definitivo, não exclusivo,

Leia mais

Gerenciamento de Problemas

Gerenciamento de Problemas Gerenciamento de Problemas O processo de Gerenciamento de Problemas se concentra em encontrar os erros conhecidos da infra-estrutura de TI. Tudo que é realizado neste processo está voltado a: Encontrar

Leia mais

ITIL Overview. Gestão de Serviços de TI

ITIL Overview. Gestão de Serviços de TI ITIL Overview Gestão de Serviços de TI Sobre a ILUMNA Atuando na área Gerenciamento de Serviços em TI (ITSM) desde 1997, a ILUMNA presta serviços de Consultoria, Educação e Tecnologia, com o objetivo de

Leia mais

Nossa relação com o Mercado TIC

Nossa relação com o Mercado TIC Nossa relação com o Mercado TIC Consulting Services Consultoria Técnica e Gerencial em Processos de TI e Aplicações, redesenhando-os à maximização de resultados. Gestão Estratégica: Outsourcing do Desenvolvimento,

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE Introdução O administrador de redes geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Gerenciamento de redes Gerenciamento de rede é o ato de iniciar, monitorar e modificar

Leia mais

Pequeno Resumo ( è o link de abertura da pagina principal do site e o resumo do facebook e linkedin)

Pequeno Resumo ( è o link de abertura da pagina principal do site e o resumo do facebook e linkedin) Pequeno Resumo ( è o link de abertura da pagina principal do site e o resumo do facebook e linkedin) A HAUSCHILD é uma empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) que possui profissionais com

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos Contatos: E-mail: profanadeinformatica@yahoo.com.br Blog: http://profanadeinformatica.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/anapinf Concurso da Prefeitura São Paulo Curso Gestão de Processos,

Leia mais

AVALIAÇÃO COMPARATIVA DE FERRAMENTAS OPEN SOURCE BASEADAS NO ITIL PARA GERENCIAMENTO DE INCIDENTES EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: resultados finais 1

AVALIAÇÃO COMPARATIVA DE FERRAMENTAS OPEN SOURCE BASEADAS NO ITIL PARA GERENCIAMENTO DE INCIDENTES EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: resultados finais 1 AVALIAÇÃO COMPARATIVA DE FERRAMENTAS OPEN SOURCE BASEADAS NO ITIL PARA GERENCIAMENTO DE INCIDENTES EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: resultados finais 1 Janio Luiz Antunes 2 ; Aujor Tadeu Cavalca Andrade 3

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO ESTADO DE MATO GROSSO INSTRUÇÃO NORMATIVA STI Nº 01/2011 Versão: 01 Publicação: DJE nº de / /2011 Unidade Responsável: Coordenadoria de Tecnologia da Informação - CTI I FINALIDADE Instituir a Metodologia

Leia mais

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente;

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL Mas o que gerenciar? Gerenciamento de Serviço de TI. Infra-estrutura

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS GEO 01 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS GEO 01 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS GEO 01 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria para apoiar as ações do Programa Nacional de Crédito Fundiário

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 18/05/2016 16:38:00 Endereço IP: 200.198.193.162

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL RESOLUÇÃO CUNI Nº 054, DE 5 DE JULHO DE 2011. Dispõe sobre a Política de Segurança da Informação e Comunicações da Universidade Federal de Lavras. O Conselho Universitário da Universidade

Leia mais

Portaria nº 111, de 23 de janeiro de 2014.

Portaria nº 111, de 23 de janeiro de 2014. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO Portaria nº 111, de 23 de janeiro de 2014. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

Portfólio de Serviços Dominit 2016

Portfólio de Serviços Dominit 2016 Portfólio de Serviços Dominit 2016 A Dominit é uma empresa nacional que atua como integradora de soluções de tecnologia da informação. Temos como diferencial a proposta de parceria para nossos clientes

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Soluções CA Technologies suportam a governança de TI na Marisa

Soluções CA Technologies suportam a governança de TI na Marisa CUSTOMER SUCCESS STORY Soluções CA Technologies suportam a governança de TI na Marisa PERFIL DO CLIENTE Indústria: Varejo Companhia: Marisa Lojas S/A Empregados: aproximadamente 15 mil Receita líquida

Leia mais

O SECRETÁRIO DA ADMINISTRAÇÃO, no uso da atribuição que lhe é conferida pelo Decreto n 15.348, de 06 de agosto de 2014, resolve expedir a seguinte,

O SECRETÁRIO DA ADMINISTRAÇÃO, no uso da atribuição que lhe é conferida pelo Decreto n 15.348, de 06 de agosto de 2014, resolve expedir a seguinte, INSTRUÇÃO Nº 011/2015 Orienta os órgãos e entidades da Pública do Poder Executivo Estadual sobre os procedimentos referentes às contratações de serviços da Companhia de Processamento de Dados do Estado

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS IS-CGMI-02/2005 Aprovada pela Portaria nº 1494 de 22/11/2005 Histórico de Versões Data Versão Descrição Autor

Leia mais

UPAEP Otimiza Serviços de TI a 17.000 Usuários com Soluções CA Technologies

UPAEP Otimiza Serviços de TI a 17.000 Usuários com Soluções CA Technologies CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2013 UPAEP Otimiza Serviços de TI a 17.000 Usuários com Soluções CA Technologies CUSTOMER LOGO HERE EMPRESA Fundada em 1973, no México, a UPAEP oferece importantes serviços

Leia mais

(OBRIGATÓRIO TRANSCREVER TODO O CONTEÚDO DESTA MINUTA) ANEXO 04 CARTA-PROPOSTA. Ref.: CONCORRÊNCIA CONSÓRCIO DATACENTER Nº 2009/001 Carta- Proposta

(OBRIGATÓRIO TRANSCREVER TODO O CONTEÚDO DESTA MINUTA) ANEXO 04 CARTA-PROPOSTA. Ref.: CONCORRÊNCIA CONSÓRCIO DATACENTER Nº 2009/001 Carta- Proposta (OBRIGATÓRIO TRANSCREVER TODO O CONTEÚDO DESTA MINUTA) ANEXO 04 CARTA-PROPOSTA CONSÓRCIO DATACENTER Prezados Senhores, Ref.: CONCORRÊNCIA CONSÓRCIO DATACENTER Nº 2009/001 Carta- Proposta Apresentamos nossa

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 Gerenciamento de Serviços de TI Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 A Informática, ou Tecnologia da Informação, antigamente era vista como apenas mais um departamento, como um apoio à empresa. Hoje, qualquer

Leia mais

PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK. PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos

PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK. PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos Objetivos Gerência de Projeto PMI PMBOK PMP Gerenciamento de Projetos É a aplicação de conhecimento, habilidades,

Leia mais

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe 1 FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe ITIL V2 Service Support Aracaju, Setembro de 2009 EDUARDO DA PAIXÃO RODRIGUES LUCIELMO DE AQUINO SANTOS 2 ITIL V2 Service Support Trabalho de graduação

Leia mais

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE INCIDENTE GERENCIAMENTO DE PROBLEMA

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE INCIDENTE GERENCIAMENTO DE PROBLEMA ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE INCIDENTE GERENCIAMENTO DE PROBLEMA Padronizando Conceitos Risco: é a medida para um fator de incerteza Avaliação: considera a pior situação, no pior momento,

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Conteúdo Gerenciais Direcionadores de Arquitetura de TI Tipologia dos sistemas da informação Prof. Ms. Maria C. Lage marialage.prof@gmail.com As preocupações corporativas Gerenciar Mudanças Crescimento

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 20/05/2016 17:15:31 Endereço IP: 201.76.165.227

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br)

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br) Obrigado por acessar esta pesquisa. Sei como é escasso o seu tempo, mas tenha a certeza que você estará contribuindo não somente para uma tese de doutorado, mas também para a melhoria das práticas da Comunidade

Leia mais

Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo Núcleo detecnologia da Informação (NUTI)

Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo Núcleo detecnologia da Informação (NUTI) Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo Núcleo detecnologia da Informação (NUTI) Coordenador: Paulo Celso Budri Freire Aprovada pelo Conselho do Departamento de Dermatologia da

Leia mais

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos Básicos e Implementação Pref. Mun. Vitória 2007 Analista de Suporte 120 A ITIL (information technology infrastructure library) visa documentar as melhores práticas na gerência, no suporte e na

Leia mais

Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos

Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos Antonio Mendes da Silva Filho * The most important thing in communication is to hear what isn't being said. Peter Drucker

Leia mais

IT SERVICES PORTFOLIO. SPEKTRUM IT Services Portfolio 1

IT SERVICES PORTFOLIO. SPEKTRUM IT Services Portfolio 1 IT SERVICES PORTFOLIO SPEKTRUM IT Services Portfolio 1 Ser a única no Brasil a ser certificada pela SAP, mostra como estamos à frente no que tange à transparência em todos os nossos processos e, especialmente,

Leia mais

Planejamento de Projeto Gestão de Projetos

Planejamento de Projeto Gestão de Projetos Planejamento de Projeto Gestão de Projetos O gerenciamento de projetos consiste na aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas adequadas às atividades do projeto, a fim de cumprir seus

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2016

Questionário de Governança de TI 2016 Questionário de Governança de TI 2016 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

Título I Das Disposições Gerais

Título I Das Disposições Gerais PORTARIA Nº 207 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009 Dispõe sobre as Diretrizes Básicas de Segurança da Informação no âmbito da Fundação Cultural Palmares. O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES, no uso de suas

Leia mais

MANUAL DO GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

MANUAL DO GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL MANUAL DO GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL Introdução O Gerenciamento do Risco Operacional no Grupo Didier Levy, considerando as empresas BEXS Banco de Câmbio S/A e BEXS Corretora de Câmbio S/A está

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

Anexo II Descrição da Área/Processo. Cargos de Nível Médio

Anexo II Descrição da Área/Processo. Cargos de Nível Médio Anexo II Descrição da Área/Processo Cargos Cargo Área Pré-requisito Trajetória Processo de Agrimensura de Edificações/ Construção Civil de Edificações de Edificações Agrimensura. Edificações. Edificações.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 26/2011-CUn ANÁLISE DOS PROJETOS DO PDTIC 2006-2011

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 26/2011-CUn ANÁLISE DOS PROJETOS DO PDTIC 2006-2011 ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 26/2011-CUn ANÁLISE DOS PROJETOS DO PDTIC 2006-2011 I) Arquitetura e segurança de rede 1. Ampliar a Rede UFES a. Elaboração de projeto de ampliação da Rede UFES com vistas à disponibilização

Leia mais

Garantia da qualidade em projeto de construção e montagem eletromecânica

Garantia da qualidade em projeto de construção e montagem eletromecânica Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos - Turma nº 151 30 de novembro 2015 Garantia da qualidade em projeto de construção e montagem eletromecânica Renata Maciel da Silva renata.maciel55@gmail.com

Leia mais

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Empresa Municipal de Informática S.A. - IplanRio Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos

Leia mais

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Estrutura: 1. Método de elaboração deste Plano de Trabalho e do respectivo Cronograma. 2. Cronograma. 3. Detalhamento das atividades

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES 39 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology C O B I T Control Objectives for Information and related Technology Goiânia, 05 de Janeiro de 2009. Agenda Evolução da TI Desafios da TI para o negócio O que é governança Escopo da governança Modelos de

Leia mais

SUMÁRIO. White Paper - NETGLOBE 2

SUMÁRIO. White Paper - NETGLOBE 2 SUMÁRIO Conhecendo a Telepresença... 3 A nova era da Videoconferência: Telepresença... 3 Como viabilizar um projeto de Telepresença... 4 Telepresença oferece excelente qualidade em uma fantástica experiência,

Leia mais