A ONLY ONE tem como missão proporcionar aos seus clientes soluções simples e eficazes na terceirização de Serviços Gerais e Recursos Humanos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A ONLY ONE tem como missão proporcionar aos seus clientes soluções simples e eficazes na terceirização de Serviços Gerais e Recursos Humanos."

Transcrição

1

2 INSTITUCIONAL A ONLY ONE tem como missão proporcionar aos seus clientes soluções simples e eficazes na terceirização de Serviços Gerais e Recursos Humanos. Um líder não surge apenas da qualidade dos serviços prestados, mas também da dedicação dos colaboradores, o qual é a razão da existência da ONLY ONE. Desde sua fundação entende a importância em acreditar, ousar, estabelecer relações de qualidade, realizar seus serviços com competência, visão de longo prazo e confiança em seus parceiros e clientes na busca contínua da fidelização. Oferece know-how de ponta, custos competitivos, logística diferenciada e atendimento personalizado. Desenvolve práticas administrativas que facilitam eventuais auditorias e proporcionam segurança em relação aos aspectos legais que envolvem a prestação de serviços. Agradecemos a oportunidade. Daniela Alix Diretora Comercial Alexandre Alix Diretor Administrativo Operacional 2

3 3

4 TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS A ONLY ONE tem como missão proporcionar aos seus clientes soluções simples e eficazes na terceirização de serviços. Custos competitivos, logística inteligente e infra-estrutura adequada. Desenvolvemos práticas administrativas que facilitam eventuais auditorias e proporcionam segurança em relação aos aspectos legais que envolvem a prestação de serviços. Levantamento técnico criterioso antes da apresentação da proposta, que tem por objetivo: - Criar novos conceitos de operação; - Desenvolver um projeto de Serviços inteligente e exclusivo; - Perceber as necessidades de cada cliente dentro do seu segmento. Treinamentos ministrados in loco ; Desenvolvimento de laudos técnicos com objetivo de apontar todos os riscos internos e externos da organização. ALGUNS SETORES QUE PODEMOS TERCEIRIZAR Auxiliares de Limpeza; Auxiliares de Serviços Gerais; Copeiras; Limpadores de Vidros; Líderes de Limpeza; Encarregados de Limpeza; Recepcionistas; Porteiros; 4

5 DEPARTAMENTO DE OPERAÇÕES Na Only One Serviços, o processo de inovação é constante, integrando suas áreas estratégicas e racionalizando processos, obtendo soluções imediatas com seus clientes por meio da utilização de equipamentos mais modernos, gerando economia, menor impacto ambiental e maior aproveitamento na prestação dos serviços. Sistema para a gestão de contratos que contempla desde o planejamento operacional, ao orçamento de projetos e gestão de contratos, integrando as diversas áreas da empresa envolvidas em todo o processo operacional e comercial, permitindo um tempo de resposta compatível com as necessidades cada vez mais dinâmicas do nosso mercado. 5

6 6

7 EQUIPAMENTOS E INSUMOS DE LIMPEZA O Grupo Only One mantém dentro do Município de Jaguariúna, empresa do Grupo para o fornecimento e controle dos Insumos de Limpeza, Equipamentos, EPIs e EPCs. Rua Ceará, 75 Tel (19)

8 8

9 RECRUTAMENTO E SELEÇÃO É necessário que a empresa nos envie via o Perfil do Candidato, contendo no mínimo função que ele irá ocupar, grau de escolaridade, tempo de experiência necessária, trabalho que ele irá desenvolver, local que deverá residir, cursos necessários, horário de trabalho, salário e benefícios; Será feita à Seleção dos Currículos de acordo com o perfil estipulado pela empresa. Estaremos enviando os candidatos devidamente entrevistados, anexos a Laudos psicológicos e Sínteses das Entrevistas. Porém, a empresa poderá solicitar outras analises ou provas de acordo com a função; Os prazos para o envio de candidatos variam de 03 a 15 dias de acordo com o Perfil solicitado; A Empresa Cliente deverá retornar feedback em até 10 dias após o recebimento das Sínteses das Entrevistas; Após a análise, a Empresa Cliente poderá entrevistar o candidato que melhor convir, ou na própria empresa, ou na Only One RH em Salas para entrevistas climatizadas à disposição de nossos clientes; A empresa Aprovando um dos candidatos selecionados pela Only One RH, ela deverá solicitar do candidato toda à documentação necessária para efetivá-lo diretamente pela sua Empresa; A Fatura com vencimento para 10 (dez) dias, após a aprovação do candidato; O Prazo para substituição sem custo é de 30 (trinta) dias, podendo ser feita uma única vez. A partir desta data será cobrado um novo Recrutamento; 9

10 LOCAÇÃO DE MÃO DE-OBRA-TEMPORÁRIA Lei 6.019: "Trabalho temporário é aquele prestado por pessoa física a uma empresa, para atender a necessidade transitória de substituição de pessoal regular e permanente ou acréscimo extraordinário de serviço. (Lei 6019 de 03/01/1974) Selecionamos e recrutamos funcionários dentro dos critérios estabelecidos pelo Cliente, assegurando todos os direitos que dispõe Lei A empresa de trabalho temporário é obrigada a celebrar contrato individual escrito de trabalho temporário com o trabalhador no período de 01 a 90 dias, podendo o mesmo ser prorrogado por mais 90 dias com prévia autorização do Ministério do Trabalho. Vantagens do trabalho Temporário: Redução de custos; As multas contratuais (FGTS) não são devidas ao término do contrato, o que proporciona total flexibilidade para substituição e cancelamento do contrato; Não é devido o Aviso Prévio; A rescisão já está provisionada mensalmente; Maior concentração nos negócios da empresa; Evita custos fixos e excesso de mão-de-obra em período de menos produção; Melhoria da qualidade dos produtos fabricados e no prazo de entrega. O recrutamento, a seleção, a contratação, a administração de pessoal e o vínculo empregatício são de responsabilidade da ONLY ONE; Verbas Rescisórias pagas em até 10 dias após seu desligamento: Dias Trabalhados; 13º proporcional ao período trabalhado; Férias proporcionais ao período trabalhado; FGTS 10

11 RELAÇÃO DE ALGUNS CLIENTES ONLY ONE 11

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br APRESENTAÇÃO COMERCIAL Porque o GrupoSec? Grande parte do combustível das empresas são os seus colaboradores. Para contratá-los e mantê-los treinados e eficientes é trabalhoso e custa caro? E se dissermos

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 8 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes e as atividades relativas à identificação, avaliação e desenvolvimento da competência das pessoas, por meio de ações de treinamento e conscientização.

Leia mais

- PROJETO CRESCER - - CONTRATO DE INCLUSÃO - QUE ENTRE SI CELEBRAM O SINDICATO DOS CONTABILISTAS DE PORTO ALEGRE SCPA E.

- PROJETO CRESCER - - CONTRATO DE INCLUSÃO - QUE ENTRE SI CELEBRAM O SINDICATO DOS CONTABILISTAS DE PORTO ALEGRE SCPA E. - PROJETO CRESCER - - CONTRATO DE INCLUSÃO - QUE ENTRE SI CELEBRAM O SINDICATO DOS CONTABILISTAS DE PORTO ALEGRE SCPA E. SINDICATO DOS CONTABILISTAS DE PORTO ALEGRE com sede na Rua Riachuelo 1.641 1º andar,

Leia mais

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO-ALVO: Os Cursos Técnicos são destinados a todos que estão cursando o 2º ano ou já completaram o Ensino Médio e que desejam aprender uma profissão, entrar no mercado de trabalho ou buscar uma melhor

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº 03/2013

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº 03/2013 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº 03/2013 A Diretora de Recursos Humanos do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde IABAS, no uso das atribuições conferidas pela Legislação em vigor, considerando

Leia mais

FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA GUAMÁ

FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA GUAMÁ ANEXO I ATO CONVOCATÓRIO Nº 002/2012 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: Contratação de Empresa para Recrutamento, Seleção e Contratação de Pessoal para Treinamento, Capacitação e Consultoria à Fundação de Ciência

Leia mais

Aserviços de Limpeza e Terceirização, temos o compromisso

Aserviços de Limpeza e Terceirização, temos o compromisso Nossa Empresa STANDARD CLEAN BRASIL é uma empresa prestadora de Aserviços de Limpeza e Terceirização, temos o compromisso com a Qualidade Total na Execução de Nossos Serviços. Oferecemos Soluções integradas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO 0800 PROGRESSIVO CLÁUSULA PRIMEIRA DOCUMENTO INTEGRANTE DO CONTRATO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO 0800 PROGRESSIVO CLÁUSULA PRIMEIRA DOCUMENTO INTEGRANTE DO CONTRATO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO 0800 PROGRESSIVO Pelo presente instrumento, de um lado a TELEFÔNICA BRASIL S.A., inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 02.558.157/0001-62, com sede na Av. Engenheiro Luiz Carlos

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL PLANOS DE SERVIÇO CLARO FIXO.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL PLANOS DE SERVIÇO CLARO FIXO. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL PLANOS DE SERVIÇO CLARO FIXO. Objeto O objeto do presente Contrato é a prestação, pela EMBRATEL, do Serviço Telefônico Fixo

Leia mais

EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES

EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES ABRIL 2011 A CEMEPOL - EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAS, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior de

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Data de emissão: Associação Paulista de Gestão Pública - APGP Elaborado por: Aprovado por: Francis da Silva Recursos Humanos Diretoria Geral // Sumário

Leia mais

Deixe sua folha de pagamento com a gente e dedique-se ao seu negócio.

Deixe sua folha de pagamento com a gente e dedique-se ao seu negócio. Deixe sua folha de pagamento com a gente e dedique-se ao seu negócio. Quem Somos Fundada em 2005, A EXÍMIA faz a gestão operacional da sua Folha de Pagamento aliando a mais avançada tecnologia com a expertise

Leia mais

RODA DE DIÁLOGOS. Uma Proposta Ética, Técnica e Política para a Profissão

RODA DE DIÁLOGOS. Uma Proposta Ética, Técnica e Política para a Profissão RODA DE DIÁLOGOS Uma Proposta Ética, Técnica e Política para a Profissão Comissão de Orientação e Fiscalização - COF Núcleo Técnico Político - NUTEP 2014 Por que conhecer as Resoluções do CFP? Você sabia

Leia mais

POLÍTICA DE FORNECIMENTO DE BENS E SERVIÇOS DA DURATEX S.A.

POLÍTICA DE FORNECIMENTO DE BENS E SERVIÇOS DA DURATEX S.A. ÍNDICE DURATEX S/A POLÍTICA DE FORNECIMENTO DE BENS E SERVIÇOS DA DURATEX S.A. 1. OBJETIVO 2. PRINCÍPIOS GERAIS 3. REFERÊNCIAS 4. DEFINIÇÕES 4.1. DURATEX 4.2. UNIDADE REQUISITANTE 4.3. UNIDADE DESTINATÁRIA

Leia mais

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami Tel.: +55 11 3848 588o Rua Major Quedinho 90 Fax: + 55 11 3045 7363 Consolação São Paulo, SP - Brasil www.bdobrazil.com.br 01050-030 0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro

Leia mais

Proposta Comercial AP 0216/15 A. Empresa: JBS S/A. Sra. Camila Castiglio de Souza

Proposta Comercial AP 0216/15 A. Empresa: JBS S/A. Sra. Camila Castiglio de Souza Proposta Comercial AP 0216/15 A Empresa: JBS S/A A/C: Sra. Camila Castiglio de Souza Proposta AP 0216/15 A 26 de Março de 2015. JBS S/A Av. Marginal Direita do Tietê, 500 Vila Jaguara São Paulo - SP A/C:

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CLIENTES

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CLIENTES I. OBJETIVO A PLUS CONTÁBIL preparou o presente manual para distribuição aos nossos clientes, com o objetivo de: Auxiliá-los no relacionamento com nosso escritório Estabelecer alguns procedimentos básicos

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. 1 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. Este código de ética e conduta foi aprovado pelo Conselho de Administração da INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. ( Companhia

Leia mais

Regulamento Interno. Artigo 1º (Missão)

Regulamento Interno. Artigo 1º (Missão) Regulamento Interno O presente regulamento aplica-se a todos os Cursos de formação concebidos, organizados e desenvolvidos pelo Nucaminho - Núcleo dos Camionistas do Minho, com o objetivo de promover o

Leia mais

PAAR - Consultoria & Treinamentos

PAAR - Consultoria & Treinamentos CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO Pelo presente instrumento particular, de um lado PINKO E MILER TREINAMENTOS LTDA, com sede na Rua Miranda, 893 Liberdade CEP 93330 390 Novo Hamburgo RS,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL - N.º 084/2015

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL - N.º 084/2015 PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL - N.º 084/2015 O Professor Miguel Archanjo de Freitas Júnior, Pró-Reitor de Graduação da Universidade Estadual de Ponta Grossa, no uso de suas atribuições, tendo em vista

Leia mais

RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL

RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL Por quê o lado humano dos negócios está emergindo como uma indispensável vantagem competitiva? Era Industrial Taylor e Fayol Era do Conhecimento Tecnologia

Leia mais

A quem se destina a aprendizagem industrial

A quem se destina a aprendizagem industrial Instituto da Aprendizagem Política pública de Estado, convergência de políticas de inserção do jovem no mercado de trabalho, resultado de ações multilaterais e internacionais de combate à exploração do

Leia mais

A/C: Dra. Carolina Pecorari

A/C: Dra. Carolina Pecorari Proposta Comercial SP 0190/14 E Empresa: AMBEV S/A A/C: Dra. Carolina Pecorari Proposta SP 0190/14 E São Paulo, 25 de julho de 2014. AMBEV S/A Rua Dr. Renato Paes de Barros, 1017-4º andar Itaim Bibi São

Leia mais

PROGRAMA DE DESLIGAMENTO INCENTIVADO PDI

PROGRAMA DE DESLIGAMENTO INCENTIVADO PDI PROGRAMA DE DESLIGAMENTO INCENTIVADO PDI BRASÍLIA - DF MARÇO/2007 PROGRAMA DE DESLIGAMENTO INCENTIVADO - PDI A Diretoria Executiva da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Código de Classificação: 13.02.01.15 1 DO OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de cobertura securitária (seguro) para assegurar

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PREÂMBULO. A Faculdade Cenecista de Osório, no uso de suas atribuições decorrentes da Resolução nº. 1 de junho

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC 1. CONTEXTO A Catho Educação Executiva é focada no desenvolvimento de talentos, na melhora do desempenho das organizações e na criação de processos

Leia mais

a) MORTE POR ACIDENTE Garante aos beneficiários do segurado o pagamento do valor do capital contratado;

a) MORTE POR ACIDENTE Garante aos beneficiários do segurado o pagamento do valor do capital contratado; TERMO DE REFERÊNCIA Código de Classificação: 13.02.01.15 1 DO OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de cobertura securitária (seguro) para assegurar

Leia mais

1º DIA FASE INTERNA DA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

1º DIA FASE INTERNA DA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS 1º DIA FASE INTERNA DA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS 1. Qual a legislação básica que regula a prestação de serviços terceirizados? R. Constituição Federal, artigo 37, Decreto Lei 200/67, Decreto

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET 1 SEJA BEM-VINDO à net! Caro cliente, Este guia foi desenvolvido para você conhecer um pouco mais sobre os produtos e serviços NET que estão à sua disposição. Aproveite

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 026

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 026 1/7 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão dos Indicadores 02 Revisão geral do documento 03 Item 4.1: Foi inserida uma aprovação final da Diretoria após o Gestor

Leia mais

Roteiro de Diagnóstico Descritivo para o ESA I

Roteiro de Diagnóstico Descritivo para o ESA I Roteiro de Diagnóstico Descritivo para o ESA I Seqüência das partes Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Folha de rosto (obrigatório) ERRATA (opcional) TERMO DE AROVAÇÃO (obrigatório) Dedicatória(s) (opcional)

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis 8 Nível: Médio Reporte: Coordenador Sumário Executar atividades administrativas de apoio às diversas áreas da empresa. Atividades Arquivar documentos Arquivar documentos, classificando-os em pastas específicas,

Leia mais

1.OBJETIVO 2.APLICAÇÃO 3.ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4.DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5.TERMINOLOGIA 6.DESCRIÇÃO DO PROCESSO

1.OBJETIVO 2.APLICAÇÃO 3.ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4.DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5.TERMINOLOGIA 6.DESCRIÇÃO DO PROCESSO Aprovado ' Elaborado por Fernando Cianci/BRA/VERITAS em 28/11/2014 Verificado por Jose Eduardo em 28/11/2014 Aprovado por Sandro de Luca/BRA/VERITAS em 04/12/2014 ÁREA GFI Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

Art. 1º - Aprovar Norma que Regulamenta o Programa de Monitoria da Universidade Vale do Rio Doce- UNIVALE.

Art. 1º - Aprovar Norma que Regulamenta o Programa de Monitoria da Universidade Vale do Rio Doce- UNIVALE. Resolução CONSEPE: Nº. 049/2014 Aprova Norma que Regulamenta o Programa de Monitoria da Universidade Vale do Rio Doce. O Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Universidade Vale do Rio Doce

Leia mais

c Designação do corpo docente, auxiliares, e dos demais profissionais que a atividade necessitar;

c Designação do corpo docente, auxiliares, e dos demais profissionais que a atividade necessitar; CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS 2015 Pelo presente instrumento particular de Contrato de Prestação de Serviços Educacionais de um lado o Centro de Ensino São José Ltda., inscrito no CNPJ:

Leia mais

Regulamento de Formação da B-Training, Consulting

Regulamento de Formação da B-Training, Consulting Regulamento de Formação da B-Training, Consulting Desde já seja bem-vindo à B-Training, Consulting! Agradecemos a sua preferência e desejamos que o Curso corresponda às suas expectativas e que obtenha

Leia mais

CADASTRE SEU CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.BR

CADASTRE SEU CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.BR Auxiliar Contábil - Chapecó/SC Remuneração: R$ 950.00 Benefícios: Vale Transporte + Plano de Saúde Descrição: DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE TAREFAS: - Lançamentos de documentos fiscais no sistema da empresa. -

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS DADOS CADASTRAIS: Nome de fantasia: Ativa Serviços Nome empresarial: ATIVA SERVIÇOS DE LIMPEZA E APOIO A PREVENÇÃO DE ACIDENTES EM EMPRESAS EVENTOS E PRAÇAS ESPORTIVAS LTDA ME

Leia mais

PARCERIA COMERCIAL 1

PARCERIA COMERCIAL 1 PARCERIA COMERCIAL 1 1. POLÍTICA COMERCIAL Seja um parceiro da TECNO SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA LTDA e ofereça ao mercado o JPONTO5 para a informatização de controle de cartão ponto de colaboradores. O programa

Leia mais

Manual PME. de Movimentação Cadastral e Faturamento

Manual PME. de Movimentação Cadastral e Faturamento Manual PME de Movimentação Cadastral e Faturamento 2 Caro cliente Obrigado por escolher a NotreDame Intermédica como a operadora de saúde dos seus colaboradores. Este Manual de Utilização do PME On-line

Leia mais

e-social Alexandre Corrêa

e-social Alexandre Corrêa e-social Alexandre Corrêa e-social O e-social consiste na escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Permitirá uma fiscalização muito mais eficaz,

Leia mais

QualiHosp Curso Pré-Congresso

QualiHosp Curso Pré-Congresso QualiHosp Curso Pré-Congresso Desempenho Organizacional Foco: Gestão do Desempenho da Gestão de Pessoas Reflexões teóricas e o nosso caminho no HSL... Questão-chave: Como avaliar o desempenho da gestão

Leia mais

Manual de Recursos Humanos

Manual de Recursos Humanos Manual de Recursos Humanos 1º Edição 01/2016 SUMÁRIO INTRODUÇÃO CAPÍTULO I - RECRUTAMENTO E SELEÇÃO CAPÍTULO II - TREINAMENTO & DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO III CARGOS & SALÁRIOS CAPÍTULO IV BENEFÍCIOS CAPÍTULO

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO SITE DA CERTIFICAÇÃO

MANUAL DE ACESSO AO SITE DA CERTIFICAÇÃO MANUAL DE ACESSO AO SITE DA CERTIFICAÇÃO Para acesso das instituições participantes ao site da certificação Data da Elaboração: 01/11/2009 Última atualização: 29/01/2014 D.04.34.00 APROVADOR: Gerência

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO Art. 1º A monitoria é uma atividade acadêmica, no âmbito da graduação, que pretende oferecer ao aluno experiência de iniciação à docência. 1º A monitoria

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 009/2005-ProGRAD

INSTRUÇÃO NORMATIVA 009/2005-ProGRAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA 009/2005-ProGRAD Dispõe sobre princípios reguladores para o desenvolvimento de estágio não obrigatório dos cursos de

Leia mais

PROPOSTA Piratininga em 13/07/2012

PROPOSTA Piratininga em 13/07/2012 1. Reajuste Salarial: Os salários-bases de todos os empregados, vigentes em 31 de maio de 2012, serão corrigidos com o percentual de 6,1% e mais 0,2% da verba de movimentação de pessoal, perfazendo um

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS.

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS. ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS. 1.1. Objeto: Prestação de serviços mão de obra terceirazada para apoio operacional, limpeza e conservação do escritório

Leia mais

Curso de média duração: (*) Poderão ocorrer alterações nas datas de conclusão dos cursos em função do calendário do Vestibular da Cásper

Curso de média duração: (*) Poderão ocorrer alterações nas datas de conclusão dos cursos em função do calendário do Vestibular da Cásper - 1 - ALUNO: RG: CPF: e-mail: Tel. Fixo: Tel. Celular: Tel. Com.: CONTRATANTE: RG: CPF: e-mail: ENDEREÇO: Compl. Bl. CEP: Bairro: Cidade: Tel. Fixo: Tel. Celular: Tel. Com.: CONTRATADO: INTELIGENTE CURSOS

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO PARA APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA REGULAMENTO. DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º

BOLSAS DE ESTUDO PARA APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA REGULAMENTO. DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º BOLSAS DE ESTUDO PARA APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º 1. Com o fim de estimular a valorização profissional e a especialização nos diversos domínios da Música, a Fundação

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis Assistente - Laboratorista 09 Nível: Médio Reporte: Coordenador Sumário Realizar análises físico-químicas e bacteriológicas em amostras de águas e efluentes, determinando os elementos químicos existentes,

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade

Sistema de Gestão da Qualidade Versão: 07 Folha: 1 de 6 Processo: Recrutamento & Seleção, Movimentação e Treinamento de Pessoal Alterar logomarca 1. OBJETIVO: Identificar as competências necessárias para as funções que compõe a grade

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 15/2014

EDITAL FAPEMIG 15/2014 EDITAL FAPEMIG 15/2014 PROGRAMA DE ATRAÇÃO DE ESTUDANTES DO MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY - MIT PARA INTERCÂMBIO EM EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA EM MINAS GERAIS A Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

Prezamos pela Transparência, Excelência, Profissionalismo, Ética, Respeito e Solidariedade.

Prezamos pela Transparência, Excelência, Profissionalismo, Ética, Respeito e Solidariedade. JOVEM APRENDIZ A SERCIDADÃO Somos uma organização sem fins lucrativos, certificada como OSCIP que nasceu a partir da atuação de diversos profissionais das diferentes áreas de atuação. Nossos projetos buscam,

Leia mais

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SPDM MATRIZ Nº 012/2015

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SPDM MATRIZ Nº 012/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SPDM MATRIZ Nº 012/2015 PROCESSO SELETIVO DE PROFISSIONAIS PARA TRABALHAREM NA SEDE ADMINISTRATIVA DO PROJETO DE SAÚDE INDÍGENA DA SPDM DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Cargos/Funções:

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO SERVIÇO SEM PARAR Consulte a Proposta de Adesão com as regras específicas do Plano de Serviços escolhido.

TERMO DE ADESÃO AO SERVIÇO SEM PARAR Consulte a Proposta de Adesão com as regras específicas do Plano de Serviços escolhido. TERMO DE ADESÃO AO SERVIÇO SEM PARAR Consulte a Proposta de Adesão com as regras específicas do Plano de Serviços escolhido. 1. DAS DEFINIÇÕES 1.1. São aplicáveis as seguintes definições: (I) AUTOATENDIMENTO:

Leia mais

TERMOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO. Todas as aquisições realizadas no site NegociosDigitais.xyz estarão de acordo com esses termos de serviço.

TERMOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO. Todas as aquisições realizadas no site NegociosDigitais.xyz estarão de acordo com esses termos de serviço. TERMOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Todas as aquisições realizadas no site NegociosDigitais.xyz estarão de acordo com esses termos de serviço. Abaixo segue detalhamento dos itens inclusos em cada pacote e serviço

Leia mais

VISÃO Ser a melhor empresa danossa região em gestão e consultoria em telecomunicações.

VISÃO Ser a melhor empresa danossa região em gestão e consultoria em telecomunicações. kkk A EMPRESA A Ayusso Telecom - Consultoria em Telefonia Corporativa oferece ao mercado um avançado sistema voltado à Gestão contínua de telefonia fixa, móvel e dados. Com experiência a mais de 10 anos

Leia mais

Implantação do Sistema SIG/UFRN na UNIFESP

Implantação do Sistema SIG/UFRN na UNIFESP Implantação do Sistema SIG/UFRN na UNIFESP Assessoria de Planejamento Departamento de Tecnologia da Informação DTI Maio/2013 Assessoria de Planejamento - DTI Planejar e gerenciar as atividades de governança

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS

CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS 1 CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS QUESTÃO 1 2. DESCRIÇÃO DO OBJETO 2.1. Aquisição do SISTEMA DE RISCO 2.1.1. Fornecimento e cessão de direito de uso definitivo, não exclusivo,

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO PROGRAMAS DE TREINAMENTO/ DESENVOLVIMENTO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO PROGRAMAS DE TREINAMENTO/ DESENVOLVIMENTO PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO PROGRAMAS DE TREINAMENTO/ DESENVOLVIMENTO Data de emissão: Associação Paulista de Gestão Pública - APGP Elaborado por: Aprovado por: Francis da Silva Recursos Humanos Diretoria

Leia mais

Bolsa de Qualificação Profissional para Trabalhador com Contrato de Trabalho Suspenso

Bolsa de Qualificação Profissional para Trabalhador com Contrato de Trabalho Suspenso Programa 0099 Novo Emprego e Seguro-desemprego Objetivo Elevar o número de trabalhadores colocados pelo Sistema Nacional de Emprego - SINE, reduzir o tempo de espera do trabalhador por um posto de trabalho

Leia mais

Termos e Condições Gerais para utilizadores (desde setembro de 2015)

Termos e Condições Gerais para utilizadores (desde setembro de 2015) Termos e Condições Gerais para utilizadores (desde setembro de 2015) Estes Termos e Condições Gerais a seguir designados "TCG" regem os direitos e obrigações do utilizador no uso do website da Matool AG

Leia mais

PLANEJAMENTO DE ESCALA DE TRABALHO NO SETOR DE GOVERNANÇA

PLANEJAMENTO DE ESCALA DE TRABALHO NO SETOR DE GOVERNANÇA PLANEJAMENTO DE ESCALA DE TRABALHO NO SETOR DE GOVERNANÇA Adevair Aparecido Dutra Junior 1 Universidade Estadual do Oeste do Paraná UNIOESTE Resumo: O objetivo deste artigo é contribuir para a compreensão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (HANGAR TÁXI AÉREO)

TERMO DE REFERÊNCIA (HANGAR TÁXI AÉREO) CONTROLE DE REVISÕES AEROPORTO SANTOS-DUMONT GERÊNCIA COMERCIAL TERMO DE REFERÊNCIA (HANGAR TÁXI AÉREO) ELABORADO: Robson Moura Sales MATRÍCULA: 98.982-40 VALIDADO: Kátia Rodrigues Andrade MATRÍCULA: 5.863-18

Leia mais

EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES JUNHO 2015 A CHRONOS JR - EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior do

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO

HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO ELABORAÇÃO ASSINATURA APROVAÇÃO ASSINATURA ÍNDICE CAPÍTULO 1. POLÍTICA E ESTRATÉGIA/ÂMBITO... 3 1.1 POLÍTICA E ESTRATÉGIA DA ENTIDADE... 3 1.2 OBJECTIVO

Leia mais

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO PROJETO JOVENS EM MOVIMENTO 2016

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO PROJETO JOVENS EM MOVIMENTO 2016 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO PROJETO JOVENS EM MOVIMENTO 2016 ENQUADRAMENTO O Departamento de Ambiente e Equipamento, através do Núcleo de Promoção e Sensibilização Ambiental (NPSA), tem como incumbência,

Leia mais

REGULAMENTO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - EMPRESAS DO GRUPO METALCON -

REGULAMENTO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - EMPRESAS DO GRUPO METALCON - REGULAMENTO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - EMPRESAS DO GRUPO METALCON - 1 ÍNDICE 1. Enquadramento. 3 3. Princípios orientadores da Politica de Gestão de Recursos Humanos..... 4 A) Recrutamento..... 6 B)

Leia mais

LEI MUNICIPAL 563/73

LEI MUNICIPAL 563/73 LEI MUNICIPAL 563/73 Dispõe sobre a organização administrativa da PREFEITURA MUNICIPAL DE TAQUARA e dá outras providências. ALCEU MARTINS, Prefeito Municipal de Taquara: Faço saber que a Câmara Municipal,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unidade

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unidade TERMO DE REFERÊNCIA 1 OBJETO 1.1 Descrição: Renovação de subscrição do software Citrix XenApp (360 licenças) 1.2 Detalhamento dos Bens e Serviços que compõem a Solução: Item Descrição Unidade 1 2 3 4 5

Leia mais

CIRCULAR DE OFERTA DE FRANQUIA EMPRESARIAL FORMULA PIZZARIA

CIRCULAR DE OFERTA DE FRANQUIA EMPRESARIAL FORMULA PIZZARIA CIRCULAR DE OFERTA CIRCULAR DE OFERTA DE FRANQUIA EMPRESARIAL FORMULA PIZZARIA A COF Circular de Oferta de Franquia FORMULA PIZZARIA é um exemplar com todas as informações e dados relevantes direcionados

Leia mais

Ideia Tecnologia. Consultoria LIMITE DE CRÉDITO. Autor: Jonas Santos Silva

Ideia Tecnologia. Consultoria LIMITE DE CRÉDITO. Autor: Jonas Santos Silva Ideia Tecnologia Consultoria LIMITE DE CRÉDITO Autor: Jonas Santos Silva Prezado cliente, com o objetivo de tornar a sua experiência com nosso software cada vez melhor e produtiva, nós estamos desenvolvendo

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX. Contabilistas NBC T 13.2 Aprovação

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX. Contabilistas NBC T 13.2 Aprovação VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX Contabilistas NBC T 13.2 Aprovação Orientador Empresarial RESOLUÇÃO CFC 1.021, DE 18 DE MARÇO DE 2005 - DOU 22.04.2005 (Íntegra) Aprova

Leia mais

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology C O B I T Control Objectives for Information and related Technology Goiânia, 05 de Janeiro de 2009. Agenda Evolução da TI Desafios da TI para o negócio O que é governança Escopo da governança Modelos de

Leia mais

REGULAMENTO DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

REGULAMENTO DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE PESSOAL 1 OBJETIVO Definir as premissas para captação, seleção e contratação de recursos humanos, objetivando suprir as demandas das vagas previstas no Instituto Sócrates Guanaes ISG, incluídas aquelas oriundas

Leia mais

Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina. MANUAL DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO: Procedimentos e Obrigações Legais

Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina. MANUAL DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO: Procedimentos e Obrigações Legais Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina MANUAL DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO: Procedimentos e Obrigações Legais 2009 APRESENTAÇÃO Este manual tem por objetivo disciplinar, orientar e facilitar os

Leia mais

Versão 1.0 2013 Todos os direitos reservados. www.jordaoengenharia.com.br

Versão 1.0 2013 Todos os direitos reservados. www.jordaoengenharia.com.br Versão 1.0 2013 Todos os direitos reservados. www.jordaoengenharia.com.br O Programa de P&D da Aneel foi instituído pela Aneel em 1999, e posteriormente foi regulamentado pela Lei 9.991 de 2000, tendo

Leia mais

REGULAMENTO COMPLETO

REGULAMENTO COMPLETO REGULAMENTO COMPLETO 1) PROGRAMA INDIQUE UM AMIGO INTERSEPT (REGULAMENTO CLIENTES DO SETOR DE MONITORAMENTO) 1. DEFINIÇÕES 1.1. Neste REGULAMENTO: a) PROGRAMA significa PROGRAMA INDIQUE UM AMIGO INTERSEPT

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO CULTURAL E LINGUÍSTICO ENTRE A UFPR E PUCPR COM OS INSTITUTOS EDUCACIONAIS TAKAHASHI E KAKE 29 DE JUNHO A 22 DE JULHO DE 2015

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO CULTURAL E LINGUÍSTICO ENTRE A UFPR E PUCPR COM OS INSTITUTOS EDUCACIONAIS TAKAHASHI E KAKE 29 DE JUNHO A 22 DE JULHO DE 2015 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO CULTURAL E LINGUÍSTICO ENTRE A UFPR E PUCPR COM OS INSTITUTOS EDUCACIONAIS TAKAHASHI E KAKE 29 DE JUNHO A 22 DE JULHO DE 2015 EDITAL UFPR / 2015 O intercâmbio entre estudantes universitários

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI-DR/TO Nº 19/2013

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI-DR/TO Nº 19/2013 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI-DR/TO Nº 19/2013 O SESI Serviço Social da Indústria Departamento Regional do Estado do Tocantins para suprir vagas em seu quadro de colaboradores, realizará processo

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.682, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2013

CIRCULAR Nº 3.682, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2013 CIRCULAR Nº 3.682, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2013 Aprova o regulamento que disciplina a prestação de serviço de pagamento no âmbito dos arranjos de pagamentos integrantes do Sistema de Pagamentos Brasileiro

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2016 CURSOS DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA, ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA ELETRICA, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, ENGENHARIA MECÂNICA, ARQUITETURA E URBANISMO E AGRONOMIA.

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º. A Bradesco Vida e Previdência S.A., doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Morte, estruturado no Regime

Leia mais

REGULAMENTO. Promoção 3G Pooling

REGULAMENTO. Promoção 3G Pooling REGULAMENTO Promoção 3G Pooling Esta promoção é comercializada pela NEXTEL TELECOMUNICAÇÕES Ltda., prestadora do Serviço Móvel Pessoal SMP, doravante denominada simplesmente NEXTEL, situada na Alameda

Leia mais

EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016

EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016 EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016 SELEÇÃO DE NOVOS PROJETOS / EMPRESAS, PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS E PROJETOS DO INATEL INSTITUTO NACIONAL DE

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA SEMPRE TORCEDOR

REGULAMENTO PROGRAMA SEMPRE TORCEDOR REGULAMENTO PROGRAMA SEMPRE TORCEDOR Edição: 1.1. Data de aprovação: 19 de Janeiro de 2011, Revogam-se todos os regulamentos ou resoluções do PROGRAMA SEMPRE TORCEDOR anteriores a esta edição e data. Nota:

Leia mais

Com alegria e gratidão pela caminhada de 2015.

Com alegria e gratidão pela caminhada de 2015. Circular: Matrícula 2016 Taguatinga, 01 de dezembro de 2015 Prezados pais/responsáveis, Com alegria e gratidão pela caminhada de 2015. Enviamos informações sobre o processo de renovação de matrícula para

Leia mais

Nº XXXXX-XX/201X (código: XXXX) CONVÊNIO PARA ELABORAÇÃO DOS PROGRAMAS PCMSO (NR-7) E PPRA (NR-9)

Nº XXXXX-XX/201X (código: XXXX) CONVÊNIO PARA ELABORAÇÃO DOS PROGRAMAS PCMSO (NR-7) E PPRA (NR-9) Nº XXXXX-XX/201X (código: XXXX) CONVÊNIO PARA ELABORAÇÃO DOS PROGRAMAS PCMSO (NR-7) E PPRA (NR-9) Pelo presente instrumento particular, o SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO DO RIO DE JANEIRO - SECONCI-RIO,

Leia mais

PROCESSOS SELETIVOS 1 OBJETIVO

PROCESSOS SELETIVOS 1 OBJETIVO PROCESSOS SELETIVOS 1 OBJETIVO Estabelecer a sistemática de recrutamento e seleção dos colaboradores de Unidades Educacionais e Departamento Regional do SENAC-RS, atendendo aos princípios da publicidade,

Leia mais

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH A Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí, no uso de suas atribuições legais, com a cooperação da Prefeitura municipal de Jataí e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE,

Leia mais

EDITAL PROPI Nº 007/2014 - Bolsas de Doutorado e Auxílio Moradia na Modalidade do Novo Programa de Formação Doutoral Docente/CAPES (Novo Prodoutoral)

EDITAL PROPI Nº 007/2014 - Bolsas de Doutorado e Auxílio Moradia na Modalidade do Novo Programa de Formação Doutoral Docente/CAPES (Novo Prodoutoral) EDITAL PROPI Nº 007/2014 - Bolsas de Doutorado e Auxílio Moradia na Modalidade do Novo Programa de Formação Doutoral Docente/CAPES (Novo Prodoutoral) O Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal

Leia mais

REGULAMENTO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL CAPÍTULO I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL CAPÍTULO I INTRODUÇÃO Código: Ed.001/2016 Versão: 01 Página: 1 / 8 REGULAMENTO DE CAPÍTULO I INTRODUÇÃO Art. 1º Este regulamento estabelece as regras de Recrutamento e Seleção para o preenchimento de vagas para pessoal administrativo

Leia mais

ética Programa de Integridade Última atualização em: Circular Bancoob 1ª Edição em: Circular Bancoob 2.377 Página: 1/15

ética Programa de Integridade Última atualização em: Circular Bancoob 1ª Edição em: Circular Bancoob 2.377 Página: 1/15 ética Programa de Integridade 1ª Edição em: Circular Bancoob 2.377 Última atualização em: Circular Bancoob Página: 1/15 Índice Título 1: Apresentação... 3 Título 2: Risco da prática de atos lesivos contra

Leia mais