GUIA DE PÓS-PROCESSAMENTO DA NUVEM DE PONTOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GUIA DE PÓS-PROCESSAMENTO DA NUVEM DE PONTOS"

Transcrição

1 GUIA DE PÓS-PROCESSAMENTO DA NUVEM DE PONTOS

2 Índice Índice 3 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab 16 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare 2

3 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab 1 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Introdução ao MeshLab 1 O MeshLab é um sistema de software avançado de processamento de malhas 3D que é frequentemente utilizado nos domínios mais técnicos do desenvolvimento e manuseamento de dados 3D. O MeshLab é software de código-fonte aberto que está disponível gratuitamente com a licença GNU (GPL). É utilizado como programa completo e também como biblioteca para outros programas de software. O MeshLab foi desenvolvido pelo centro de investigação ISTI-CNR. Foi inicialmente criado como trabalho de curso na Universidade de Pisa em finais de O sistema está concebido para transformar modelos 3D tipicamente não estruturados derivados da digitalização 3D de tubagens. O MeshLab está concebido para gerir e processar malhas não estruturadas de grandes dimensões. Dispõe de um conjunto de ferramentas para editar, limpar, reparar, inspecionar, compor e converter este tipo de malha. Os filtros de limpeza automática de malhas incluem: a remoção de vértices não referenciados duplicados, arestas non-manifold e faces nulas (null faces). Ferramentas de remeshing baseadas na medição do erro quadrático, superfícies de subdivisão e algoritmos de reconstrução de superfícies de nuvens de pontos com base na técnica de ball-pivoting e na abordagem da reconstrução de superfícies de Poisson. Para a remoção de ruído, o MeshLab oferece vários filtros para atenuar o ruído, bem como ferramentas para análise e visualização de curvas. Inclui uma ferramenta de alinhamento de mapas de distâncias com base no algoritmo iterativo do ponto mais próximo. O MeshLab também inclui um sistema de pintura de malhas interativo, permitindo realçar áreas e atenuar quaisquer efeitos de ruído. O MeshLab está disponível para a maioria dos sistemas operativos, incluindo o Windows, Linux e Mac OS X, com funcionalidade reduzida para o ios e Android. O sistema é compatível com os seguintes formatos, tanto para entradas como para saídas: PLY, STL, OFF, OBJ, 3DS, VRML 2.0, U3D, X3D e COLLADA. O MeshLab também permite importar nuvens de pontos reconstruídas com o Photosynth. Abrir ficheiros PLY no MeshLab Abra a nuvem de pontos no MeshLab. A nuvem de pontos tem a extensão.ply. Abrir o MeshLab: Verá um menu no topo da janela principal do programa, uma barra de ferramentas por baixo e, por último, um viewfinder 3D que ocupa grande parte da janela. 3 1 Introdução ao MeshLab (27 de fevereiro de 2015)

4 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Importar um ficheiro de malha: File > Import Mesh (Ficheiro > Importar Malha). Selecionar o modelo de pontos (.ply): Aceda a Import Mesh (Importar Malha), selecione o ficheiro de nuvem de pontos que pretende importar e, em seguida, clique em Open (Abrir). Por predefinição, o software de digitalização Horus guarda as nuvens de pontos como ficheiros.ply. Visualizar a nuvem de pontos: Uma vez importado o ficheiro, aparece uma visualização 3D dessa nuvem no espaço. Se a nuvem de pontos foi gerada a partir de uma digitalização de textura, a nuvem de pontos reflete as cores da digitalização. Se foi gerada a partir de uma digitalização simples sem textura, todos os pontos serão apresentados na cor selecionada na altura da digitalização. 4

5 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Limpar a nuvem de pontos A nuvem de pontos pode conter imperfeições e ruído ou simplesmente pontos que não se pretende que façam parte do modelo final. O MeshLab permite-lhe selecionar pontos da nuvem e eliminá-los. Selecionar a ferramenta de vértices: Clique no ícone Select Vertexes (Selecionar Vértices) na barra de ferramentas, que lhe permite selecionar pontos num espaço tridimensional utilizando uma forma retangular bidimensional. Selecionar vértices: Pode adicionar mais pontos à seleção mantendo premida a tecla Ctrl ao mesmo tempo que desloca o rato premindo o botão esquerdo do mesmo. Aparece o símbolo + ao lado do cursor. Também pode desmarcar pontos que já tenha selecionado mantendo premida a tecla Shift ao mesmo tempo que desloca o rato premindo o botão esquerdo do mesmo. Aparece o símbolo - ao lado do cursor. Pode selecionar os vértices mantendo premido o botão esquerdo do rato e deslocando o cursor no ecrã. Os vértices selecionados ficam vermelhos. Uma vez selecionados os vértices que pretende eliminar, liberte o botão esquerdo do rato. Eliminar vértices não desejados: Uma vez selecionados os vértices que pretende eliminar, clique no ícone Delete Selected Vertex (Eliminar Vértice Selecionado) na barra de ferramentas. 5

6 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Limpar a nuvem de pontos: É importante que a nuvem de pontos a ser reconstruída esteja maioritariamente sem ruído. O algoritmo de reconstrução filtra o ruído parcialmente, mas, se a nuvem tiver muitos pontos que não pertencem ao modelo, os resultados da reconstrução não serão exatos. Processar a nuvem de pontos Para processar uma nuvem de pontos, tem de criar as normais do objeto: Menu de cálculo de normais: Filters > Normals, Curvatures and Orientation > Compute normals for point sets (Filtros > Normais, Curvaturas e Orientação > Calcular normais para conjuntos de pontos). Janela de cálculo de normais: Nesta janela, terá de alterar o campo Neighbour number (Número de vizinhos), que reflete o número de pontos próximos necessário para calcular a normal. Os valores iniciais recomendados são 10, 50 ou 100. Poderá ser necessário ajusta este valor mais tarde. É aconselhável manter as predefinições para os restantes valores. Depois de ter feito o ajuste, clique no botão Apply (Aplicar). O programa demora alguns segundos a calcular as normais. Terminado esse cálculo, clique no botão Close (Fechar). 6

7 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Mostrar as normais: As melhores reconstruções são geralmente obtidas quando o sentido das normais é o sentido oposto ao do objeto. Para apresentar as normais, aceda a Render > Show Normal/Curvature (Compor > Mostrar Normal/ Curvatura). Para ocultá-las, volte ao mesmo separador e clique novamente na mesma definição para desmarcá-la. Visualizar as normais: As normais surgem como linhas azuis sobre a superfície da nuvem de pontos. Pode acontecer que algumas normais não estão viradas no sentido oposto ao exterior do objeto. A geometria, a densidade da nuvem e o número de vizinhos na altura do cálculo das normais afetam o resultado. Se algumas normais não estiverem viradas no sentido oposto ao exterior do objeto, é aconselhável recalcular as normais variando o número de vizinhos até se obter resultados válidos. Reconstruir o objeto a partir da nuvem de pontos Utilizando as normais geradas na secção anterior, pode agora reconstruir o objeto. Menu de filtros de reconstrução: Filters > Remeshing, Simplification and Reconstruction > Surface Reconstruction: Poisson (Filtros > Remeshing, Simplificação e Reconstrução > Reconstrução de Superfícies: Poisson). 7

8 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Janela de filtros de reconstrução: Nesta janela, pode modificar os valores da profundidade da Octree (Octree Depth) e da divisão do solucionador (Solver Divide). Os valores iniciais recomendados situam-se entre 6 e 12 (se o computador não for muito potente, o máximo valor recomendado é 11). É aconselhável manter as predefinições para os restantes valores. À medida que estas variáveis são aumentadas, a exatidão do modelo final também aumenta; porém, o tempo de processamento também será mais longo. Depois de ter feito o ajuste, clique no botão Apply (Aplicar). O tempo de processamento pode variar entre alguns segundos e vários minutos. Durante este período, pode aparecer a janela Not responding (que indica que o sistema não está a responder). A menos que surja outra janela, não feche esta janela. O tempo de processamento depende das especificações do computador que executa o programa. Não é aconselhável utilizar um computador de especificações baixas para processar nuvens de pontos. Terminado o processo de reconstrução, clique no botão Close (Fechar). Visualizar os resultados da reconstrução Concluída a reconstrução, as camadas da nuvem de pontos e o objeto reconstruído estarão sobrepostos. Para ver apenas os resultados da reconstrução, basta ocultar a camada da nuvem de pontos. 8

9 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Janela de visualização de camadas: Para mostrar a janela de visualização de camadas, clique em View > Show Layer Dialog (Ver > Mostrar Caixa de Diálogo das Camadas). Ocultar a camada da nuvem de pontos: O ícone do olho que aparece à esquerda do nome de cada camada pode ser utilizado para ver cada camada. Clique no ícone para mostrar ou ocultar as camadas. A camada que contém a nuvem de pontos fica oculta para melhorar a visualização da reconstrução. Guardar os resultados da reconstrução Menu de exportação da malha: Esta opção está em File > Export Mesh (Ficheiro > Exportar Malha). 9

10 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Janela de exportação: Selecione a opção Export Mesh As (Exportar Malha como) para exportar um ficheiro no formato STL, selecione a localização onde pretende guardá-lo e depois clique no botão Save (Guardar). Deve escolher o formato STL porque todos os programas de software de cortes utilizados na impressão 3D podem abri-lo corretamente. Se quiser exportar o ficheiro para outras utilizações, pode selecionar outro formato. Unir nuvens de pontos com o MeshLab Por vezes, a nuvem de pontos pode estar incompleta devido à geometria do objeto digitalizado ou ao número de lasers utilizados durante o processo de digitalização. A solução consiste em digitalizar o objeto novamente colocando-o numa posição diferente na plataforma ou utilizando outro laser. Depois, una as duas nuvens de pontos. Para explicar como funciona este método, utilizámos duas nuvens de pontos; porém, este processo pode ser executado com o número de nuvens de pontos que desejar o procedimento é igual. Abra os ficheiros.ply das nuvens de pontos dos dois processos de digitalização. Na janela de visualização de camadas (CTRL + L), selecione uma camada e calcule as normais. Terminado o processo, faça o mesmo com a outra camada. Verifique se a forma gráfica foi corretamente calculada (visualizando as normais de cada camada). Ferramenta de alinhamento: Para aceder à ferramenta de alinhamento, aceda a Edit > Align (Editar > Alinhar). 10

11 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Painel de alinhamento: Clique na primeira camada no painel da ferramenta Align (Alinhar) e depois no botão Glue Here Mesh (Colar Malha Aqui). Esta ação corrige a primeira nuvem de pontos no espaço. Em seguida, selecione a segunda camada e prima o botão Point Based Glueing (Colagem Baseada em Pontos); aparece uma nova janela. Esta janela permite-lhe posicionar as nuvens de pontos de modo a ser mais fácil alinhar os pontos. Depois, selecione pelo menos quatro pares de pontos correspondentes em cada uma das nuvens de pontos. Para selecionar um ponto, basta fazer duplo clique sobre a nuvem de pontos. Os pontos selecionados serão indicados numericamente para prevenir a ocorrência de erros. Se um ponto não for válido, terá de clicar em Cancel (Cancelar) e abrir novamente a janela, visto que não há opção de anulação (Undo). Uma vez selecionados os pontos correspondentes em ambas as nuvens, clique em OK. Após o passo anterior, verifique se as nuvens de pontos estão alinhadas. Se não estiverem, repita o passo anterior até que estejam corretamente alinhadas. Para concluir o alinhamento, clique em Process (Processar). 11

12 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Visualização das nuvens de pontos alinhadas: Para verificar os resultados do alinhamento, basta visualizá-lo; os detalhes melhoram e os pontos em falta são corrigidos. Unir nuvens de pontos As nuvens de pontos alinhadas no passo anterior não estão unidas, o que significa que são duas nuvens de pontos individuais. Terá de as unir para poder reconstruir o objeto. Menu de união de camadas Unir camadas visíveis: Para aceder à ferramenta de união de camadas visíveis, aceda ao menu Filters (Filtros): Filters > Mesh Layer > Flatten Visible Layers (Filtros > Camada de Malha > Aplanar Camadas Visíveis). Menu de união de camadas visíveis: Nesta janela, selecione a opção Keep unreferenced vertices (Manter vértices não referenciados). Depois, clique em Apply (Aplicar). 12

13 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab O resultado da união das nuvens de pontos é uma nova nuvem de pontos com melhor resolução. Uma vez unidas as camadas, recalcule as normais da nova nuvem de pontos. Para obter o modelo reconstruído, siga o procedimento explicado acima. Suavização dos resultados da reconstrução Quando os objetos são reconstruídos a partir de uma nuvem de pontos, o resultado pode não ser totalmente preciso. Os pontos em falta afetam a reconstrução e a falta de pontos nem sempre pode ser resolvida unindo várias nuvens de pontos. Um exemplo desse tipo de objeto pode ser o objeto apresentado acima; a parte inferior do objeto não pode ser digitalizada (porque está apoiada na base) e a parte superior não tem pontos devido à geometria. Contudo, o algoritmo de reconstrução tenta sempre fechar as faces com vista a obter uma superfície fechada. Parte superior antes da reconstrução Parte inferior antes da reconstrução Parte superior após a reconstrução Parte inferior após a reconstrução Como pode ver, o processo de reconstrução fechou as partes superior e inferior, mas ainda é possível melhorar. Para melhorar os resultados, pode aplicar filtros de suavização a qualquer área que tenha sido reconstruída de forma inadequada. 13

14 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Ferramenta de seleção de faces: Esta ferramenta funciona da mesma forma que a opção Select Vertexes (Selecionar Vértices); a única diferença é que ela seleciona faces em vez de vértices. Selecionar faces inexatas: Tal como acontece com a outra ferramenta, clique com o botão direito do rato e desloque o cursor para selecionar as faces que pretende suavizar. É importante lembrar que, além de selecionar as faces visíveis, também terá de selecionar as faces na caixa retangular, que não estão visíveis neste ponto de vista. Para desmarcar faces que já tenha selecionado, mas que não pretende modificar, clique novamente com o botão esquerdo do rato em Select Faces (Selecionar Faces) numa região retangular na barra de ferramentas. A posição do objeto muda; clique novamente na ferramenta de seleção de faces. Durante este processo, as faces previamente selecionadas permanecem selecionadas. Por fim, prima a tecla Shift ao mesmo tempo que desloca o cursor sobre as faces que não pretende modificar. Depois de se ter certificado de que apenas as faces a serem suavizadas estão selecionadas, clique em Select Faces (Selecionar Faces) numa região retangular. As faces permanecem selecionadas. Menu de filtros de suavização: O filtro Taubin Smooth (Suavização Taubin) é aplicado às faces selecionadas, podendo aceder-se ao filtro em Filters > Smoothing, Fairing and Deformation > Taubin Smooth (Filtros > Suavização, Fairing e Deformação > Suavização Taubin). 14

15 Reconstruir a nuvem de pontos com o MeshLab Filtro de suavização Taubin: Na janela Taubin Smooth (Suavização Taubin), é possível ajustar vários parâmetros. Recomenda-se ativar a opção Preview (Pré-Visualização) selecionando a respetiva caixa, de modo a que os efeitos do ajuste dos parâmetros no objeto possam ser visualizados em tempo real. Também se recomenda manter a predefinição Lamda. No exemplo, os parâmetros Mu e Smoothing Steps (Passos de Suavização) foram modificados. Os parâmetros serão diferentes consoante o erro das faces criadas durante a reprodução, pelo que é aconselhável experimentar diferentes valores até obter o resultado certo. Depois de ter ajustado os parâmetros com os valores pretendidos, clique no botão Apply (Aplicar). O resultado da aplicação do filtro de suavização é significativo. A aplicação do filtro de suavização em todas as faces reduz o detalhe do objeto, pelo que é importante aplicá-lo apenas nas faces que não estão exatas. Parte superior depois de aplicado o filtro de suavização Parte inferior depois de aplicado o filtro de suavização 15

16 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare 2 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Introdução ao CloudCompare 2 O CloudCompare é um programa de processamento de nuvens de pontos (como as nuvens de pontos que são obtidas com um digitalizador 3D). Também processa malhas triangulares e imagens calibradas. Este software foi criado durante a colaboração entre a Telecom ParisTech e a divisão de P&D da EDF. O projeto CloudCompare foi iniciado em 2003 com a tese de doutoramento de Daniel Girardeau-Montaut sobre a deteção de alterações em dados geométricos 3D. Nessa altura, o seu principal objetivo era detetar rapidamente alterações em nuvens de pontos de alta densidade geradas por digitalizadores a laser em instalações industriais (como centrais elétricas) ou estaleiros de construção. Mais tarde, evoluiu para um programa de software de processamento de dados 3D mais genérico e avançado. Agora, é um software independente e gratuito de códigofonte aberto. O CloudCompare proporciona um conjunto básico de ferramentas para editar e compor nuvens de pontos e malhas triangulares. Também oferece vários algoritmos de processamento avançados para executar tarefas como: projeções, registos, cálculos de distâncias, estatísticas, segmentação ou estimativa de características geométricas. O CloudCompare está disponível para Windows, Linux e Mac OS X, nas arquiteturas de 32 bits e de 64 bits. Foi programado em C ++ com Qt. Abrir ficheiros PLY no CloudCompare Abra a nuvem de pontos com a extensão.ply no CloudCompare. Abrir o CloudCompare: Verá um menu no topo da janela principal do programa, uma barra de ferramentas por baixo, à esquerda, uma consola no topo e, por último, um viewfinder 3D Introdução ao CloudCompare (27 de fevereiro de 2015).

17 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Importar um ficheiro de malha: Aceda a File > Open (Ficheiro > Abrir). Selecionar o modelo de pontos (.ply): Na janela Open (Abrir), selecione o ficheiro de nuvem de pontos que pretende processar. Uma vez selecionado o ficheiro, clique em Open (Abrir). Por predefinição, o software de digitalização Horus guarda as nuvens de pontos como ficheiros.ply. Tem de selecionar este tipo de ficheiro no menu pendente. Propriedades dos ficheiros.ply : Esta janela, com opções de configuração avançadas, aparece quando se abre um ficheiro.ply. Recomenda-se manter as predefinições. Para continuar e abrir o ficheiro, clique em Apply (Aplicar). 17

18 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Visualizar a nuvem de pontos: Uma vez importada a nuvem de pontos, poderá vê-la na janela do viewfinder 3D. Se a nuvem de pontos foi gerada a partir de uma digitalização de textura, verá a nuvem de pontos nas cores da digitalização. Se foi gerada a partir de uma digitalização simples sem textura, todos os pontos serão apresentados na cor selecionada na altura da digitalização. Limpar a nuvem de pontos A nuvem de pontos pode conter imperfeições e ruído ou simplesmente pontos que não se pretende que façam parte do modelo final. O CloudCompare permite-lhe selecionar pontos da nuvem e eliminá-los. Ferramenta de segmentação: O primeiro passo para limpar a nuvem de pontos é selecionar a camada que contém a nuvem de pontos. Clique na camada com Cloud (Nuvem) no nome, na árvore de ficheiros do lado esquerdo. Depois, clique no ícone Segment (Segmentar) na barra de ferramentas. Esta ferramenta permite-lhe selecionar pontos num espaço tridimensional utilizando um polígono ou retângulo bidimensional. Como? Pense nesta ferramenta como uma caixa para modificar uma das faces, que seleciona todos os pontos que ela contém da frente para trás. 18

19 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Pausa e posição: Ocasionalmente, os pontos a eliminar podem não estar visíveis na vista inicial. A ferramenta Segment (Segmentar) consiste em várias ações, que incluem: Pause (Pausa), Selection (Seleção), Segment In (Segmentar Dentro), Segment Out (Segmentar Fora), Clear segmentation (Limpar segmentação), Confirm segmentation (Confirmar segmentação), Confirm and delete hidden points (Confirmar e eliminar pontos ocultos) e Cancel (Cancelar). O botão Pause (Pausa) permite-lhe deslocar-se livremente na nuvem de pontos sem selecionar pontos. Quando a nuvem estiver na posição pretendida, clique em Pause novamente para começar a selecionar pontos. Segmentar Fora: A opção Selection (Seleção) permite-lhe selecionar os pontos utilizando um polígono com os vértices marcados ou utilizando o retângulo. Para utilizar a opção Polygonal selection (Seleção poligonal), clique com o botão esquerdo do rato onde pretende localizar o primeiro vértice e depois clique novamente onde pretende localizar o segundo vértice, e por aí adiante. Uma vez definida a seleção poligonal, clique com o botão direito do rato. Em seguida, clique numa das opções de segmentação. Há duas opções de segmentação: Segment In (Segmentar Dentro) ou Segment Out (Segmentar Fora). Com a opção Segment Out (Segmentar Fora), os pontos fora do polígono de seleção permanecem visíveis, ao passo que os pontos que estão dentro passam para outra camada oculta. 19

20 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Segment In (Segmentar Dentro): Pelo contrário, com a opção Segment In, os pontos dentro do polígono de seleção permanecem visíveis e os que estão fora passam para outra camada oculta. Limpar as nuvens de pontos: Os pontos não pretendidos deixam de aparecer após a segmentação. Há duas opções para concluir o processo de segmentação. A primeira opção consiste em eliminar pontos ocultos (Delete hidden points), o que remove quaisquer pontos previamente selecionados e que estejam ocultos. A segunda opção consiste em confirmar a segmentação (Confirm segmentation), o que separa os pontos não pretendidos dos pontos a manter em diferentes camadas. Eliminar a camada de pontos não pretendidos: Se selecionou Confirm segmentation (Confirmar segmentação), é aconselhável eliminar a camada de pontos não pretendidos. Para tal, clique na camada que os contém e depois clique na mesma com o botão direito do rato. Selecione Delete (Eliminar) no menu pendente. 20

21 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Resultados da limpeza das nuvens de pontos: Uma vez limpa a nuvem de pontos, verá que as extremidades amarelas da caixa que contém a nuvem de pontos ajustam-se muito melhor do que no início. Limpar as nuvens de pontos é importante se quiser obter os melhores resultados. Processar a nuvem de pontos Para processar uma nuvem de pontos, tem de criar as normais do objeto: Menu de cálculo de normais: O primeiro passo é selecionar a camada que contém a nuvem de pontos cujas normais pretende calcular. Aceda a Edit > Normals > Compute (Editar > Normais > Calcular). Janela de cálculo de normais: Aqui, será necessário ajustar a orientação. Recomenda-se utilizar a orientação Barycenter (Baricentro) e manter as predefinições para o resto. Uma vez ajustadas as definições, clique em Apply (Aplicar). O programa demora alguns segundos a calcular as normais. Terminado esse cálculo, clique no botão Close (Fechar). 21

22 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Mostrar as normais: Por predefinição, a visualização das normais está ativada. Caso contrário, pode ativá-la clicando com o botão direito do rato na camada para a qual se calcularam as normais e depois clique em Toggle normals (Alternar normais). Para ocultá-las, clique novamente no mesmo separador. Para uma reconstrução exata, as normais têm de estar viradas no sentido oposto ao do objeto, o que significa que o objeto estará preto (a cor das normais). Se o exterior do objeto não estiver preto, mas o interior sim, isso significa que as normais foram calculadas ao contrário. Nos testes realizados, Barycenter (Baricentro) é selecionado como o parâmetro de orientação e as normais são sempre calculadas no sentido oposto ao do objeto. Contudo, se foram calculadas ao contrário, podem ser invertidas acedendo a Edit > Normals > Invert (Editar > Normais > Inverter). Reconstruir o objeto a partir da nuvem de pontos A partir das normais geradas na secção anterior, pode avançar para reconstruir o objeto. Menu da ferramenta de reconstrução: Pode aceder à ferramenta de reconstrução de nuvens de pontos através de Plugins > Poisson Surface Reconstruction (Plugins > Reconstrução de Superfícies de Poisson). Clique na ferramenta para abrir a respetiva janela. 22

23 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Janela da ferramenta de reconstrução: Nesta janela, pode modificar o valor da profundidade da Octree (Octree Depth). Os valores recomendados situam-se entre 6 e 12 (se o computador não for muito potente, o máximo valor recomendado é 11). É aconselhável manter as predefinições para os restantes valores. À medida que estas variáveis são aumentadas, a exatidão do modelo final também aumenta; porém, o tempo de processamento também será mais longo. Uma vez ajustado o valor, clique em OK. O tempo de processamento pode variar entre vários segundos e vários minutos, dependendo das especificações do computador que executa o programa. Importar cores da nuvem de pontos para a reconstrução: Uma vez concluído o processo de reconstrução, aparece uma janela a perguntar se quer importar as cores da nuvem de pontos para a reconstrução. Se fez uma digitalização com textura, ou sem textura, mas quer manter a cor da nuvem de pontos, clique em Yes (Sim). O processo de importação da cor pode demorar uns segundos ou uns minutos, consoante o número de pontos que a nuvem tem e as especificações do computador que executa o processo. Se não quiser importar a cor, clique em No (Não). 23

24 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Guardar os resultados da reconstrução Menu de gravação: Para guardar os resultados da reconstrução, é importante selecionar a camada de malha. Em seguida, clique em File > Save (Ficheiro > Guardar). Janela de gravação: Guarde a reconstrução no formato STL; selecione a localização onde pretende guardá-la e depois clique no botão Save (Guardar). Deve escolher o formato STL porque todos os programas de software de cortes utilizados na impressão 3D podem abri-lo corretamente. Se quiser exportar o ficheiro para outras utilizações, pode selecionar outro formato. Unir nuvens de pontos com o CloudCompare Por vezes, a nuvem de pontos pode estar incompleta devido à geometria do objeto digitalizado ou ao número de lasers utilizados durante o processo de digitalização. A solução consiste em digitalizar o objeto novamente colocando-o numa posição diferente na plataforma ou utilizando outro laser. Depois, una as duas nuvens de pontos. Para explicar como funciona este método, utilizámos duas nuvens de pontos; porém, este processo pode ser executado com o número de nuvens de pontos que desejar o procedimento é igual. Abra os ficheiros.ply das nuvens de pontos dos dois processos de digitalização. 24

25 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Ferramenta de alinhamento: Selecione as camadas que pretende alinhar e clique para abrir a ferramenta. O ícone Align (Alinhar) está na barra de ferramentas. Aparece uma janela a mostrar a camada de referência (amarela) e a camada a alinhar (vermelha). Clique em Swap (Trocar). A camada de referência e a camada a alinhar trocam de lugar. Clique em OK para continuar a alinhar as camadas. Selecionar os pontos na camada a serem alinhados: Nesta janela, as nuvens de pontos podem ser orientadas de forma a facilitar o alinhamento dos pontos. Depois, selecione pelo menos quatro pares de pontos correspondentes em cada uma das nuvens de pontos para serem alinhados. Estando sobrepostas, recomendamos selecionar a caixa Show reference cloud (Mostrar nuvem de referência) para ocultá-la e facilitar a seleção dos pontos. Para selecionar um ponto da nuvem, basta clicar no mesmo. Se quiser desmarcar um determinado ponto, clique no botão assinalado com um X, à direita das coordenadas dos pontos. Os pontos são acompanhados por uma letra e um número. A letra A indica um ponto que pertence à camada a ser alinhada e o número indica a ordem pela qual os pontos foram selecionados. 25

26 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Selecionar pontos na camada de referência: uquando os pontos estiverem selecionados na camada a alinhar, selecione os pontos correspondentes na camada de referência. Para poder selecionar pontos na camada de referência, é útil ocultar a outra camada, apesar de ser útil visualizá-la de vez em quando para recordar a localização do ponto nessa camada. Os pontos têm de ser selecionados pela mesma ordem, visto que a ordem de seleção é muito importante. Para obter bons resultados, é preciso selecionar pontos muito semelhantes em ambas as camadas. Tal como acontece com a outra camada, os pontos selecionados são acompanhados por uma letra e um número. A letra R indica um ponto que pertence à camada a ser alinhada e o número indica a ordem pela qual os pontos foram selecionados. Quando os pontos estiverem selecionados em ambas as camadas, clique em Confirm (Confirmar). Informações sobre o alinhamento: Aparece uma janela com informações sobre o processo de alinhamento da nuvem. Clique em OK para continuar. Ver os resultados do alinhamento: Pelo simples olhar, é possível ver que a nuvem de pontos resultante do processo de alinhamento é mais densa, o que torna os resultados da reconstrução mais exatos. 26

27 Reconstruir a nuvem de pontos com o CloudCompare Unir nuvens de pontos: As nuvens estão agora alinhadas, mas ainda não foram unidas. Para unir as nuvens, tem de as selecionar e depois clicar em: Edit > Merge (Editar > Unir). Agora, as normais podem ser calculadas e o objeto reconstruído, conforme explicado anteriormente. Imprimir os resultados da reconstrução Há uma desvantagem no processamento de nuvens de pontos no CloudCompare: em geral, o programa não fecha os objetos. Tomando o totem como exemplo, uma vez reconstruídas as partes superior e inferior, elas permanecem abertas e o objeto está oco por dentro. Isto pode causar problemas ao imprimir o modelo 3D, visto que o programa pode reconhecer o objeto como um cilindro oco, imprimindo apenas as paredes. Explicaremos como resolver este problema mais adiante, utilizando o software Cura de cortes e impressão. Executar o Cura: Esta é a janela principal do programa Cura. Há um menu no topo, um painel com quatro separadores à esquerda e um viewfinder 3D que ocupa a maior parte da janela. Abrir um modelo 3D: Para abrir um modelo 3D, clique em File > Load model file... (Ficheiro > Carregar ficheiro de modelo...). 27

Tutorial do Sistema GeoOffice. Todos os direitos reservados (1999-2002)

Tutorial do Sistema GeoOffice. Todos os direitos reservados (1999-2002) Tutorial do Sistema GeoOffice Todos os direitos reservados (1999-2002) Sistema GeoOffice Sistema Topográfico Solution Softwares Tutorial Passo a Passo Conteúdo I Tabela de Conteúdos Foreword 0 Parte I

Leia mais

Acer econsole Manual do Utilizador

Acer econsole Manual do Utilizador Acer econsole Manual do Utilizador 1 Informações sobre software de outras empresas ou software gratuito O software pré-instalado, integrado ou distribuído com os produtos fornecidos pela Acer contém programas

Leia mais

Introdução à aplicação móvel da plataforma Android. Instalação

Introdução à aplicação móvel da plataforma Android. Instalação Introdução à aplicação móvel da plataforma Android A aplicação (app) móvel SanDisk +Cloud Mobile App permite-lhe aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta a partir do seu dispositivo móvel. Com a aplicação

Leia mais

Trabalhar com Layers em Photoshop

Trabalhar com Layers em Photoshop Painel Layers / Camadas Trabalhar com Layers em Photoshop Existem cinco tipos de layers / camadas, que podem estar listados neste painel: - de imagem, contendo pixéis - de texto, com texto editável - de

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS

GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS 1 GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS Visão Geral O software para telemóvel Guarding Expert (Android) V3.2, foi projetado para telemóveis com base no sistema operativo Android (versão 2.3.3

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Versão deste documento: 1 1 Data de edição deste documento: 20 de Julho de 2011 1. Vá ao Iniciar -> Todos os Programas -> Movie Maker 2..Este é o aspecto do Movie

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Ladibug Software de Imagem para o Apresentador Virtual Manual do Utilizador

Ladibug Software de Imagem para o Apresentador Virtual Manual do Utilizador Ladibug Software de Imagem para o Apresentador Virtual Manual do Utilizador Índice 1. Introdução... 2 2. Requisito do Sistema... 2 3. Instalar Ladibug... 3 4. Ligação... 6 5. Iniciar a utilização do Ladibug...

Leia mais

TUTORIAL CORTADORA LASER. Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR. 1. Abrir o programa ADOBE ILLUSTRATOR localizado na barra de tarefas

TUTORIAL CORTADORA LASER. Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR. 1. Abrir o programa ADOBE ILLUSTRATOR localizado na barra de tarefas TUTORIAL CORTADORA LASER Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR 1. Abrir o programa ADOBE ILLUSTRATOR localizado na barra de tarefas 2. Para iniciar a edição do trabalho para enviar para o equipamento,

Leia mais

Manual de Utilização. Site Manager. Tecnologia ao serviço do Mundo Rural

Manual de Utilização. Site Manager. Tecnologia ao serviço do Mundo Rural Manual de Utilização Site Manager Tecnologia ao serviço do Mundo Rural Índice 1. Acesso ao Site Manager...3 2. Construção/Alteração do Menu Principal...4 3. Inserção/ Alteração de Conteúdos...7 4. Upload

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

Início Rápido. Nero SoundTrax. Ahead Software AG

Início Rápido. Nero SoundTrax. Ahead Software AG Início Rápido Nero SoundTrax Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Soundtrax e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright

Leia mais

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE FORMAÇÃO E ADAPTAÇÕES TECNOLÓGICAS DIVISÃO DE ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Evolution3.0. Manual do Utilizador

Evolution3.0. Manual do Utilizador Evolution3.0 Manual do Utilizador 1 Conteúdos Conteúdos... 2 Principais Características... 3 Requisitos de Sistema... 4 Instalar e Desinstalar a Aplicação... 5 Instalar... 5 Desinstalar... 8 Evolution

Leia mais

Guia de consulta rápida DVR HD

Guia de consulta rápida DVR HD Guia de consulta rápida DVR HD Primeira parte: Operações Básicas... 2 1. Instalação básica... 2 2. Arranque... 2 3. Desligar... 2 4. Iniciar sessão... 2 5. Pré- visualização... 3 6. Configuração da gravação...

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Introdução à aplicação móvel da plataforma ios. Instalação

Introdução à aplicação móvel da plataforma ios. Instalação Introdução à aplicação móvel da plataforma ios A aplicação (app) móvel SanDisk +Cloud Mobile App permite-lhe aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta a partir do seu dispositivo móvel. Com a aplicação

Leia mais

O Software... 3. Ferramentas Fixas...7 Ajuda...7 Atualização automática...7 Info...7. Configurações... 8 Verificar conexões... 8

O Software... 3. Ferramentas Fixas...7 Ajuda...7 Atualização automática...7 Info...7. Configurações... 8 Verificar conexões... 8 Sumário O Software... 3 O IrrigaCAD...3 Versões do AutoCAD...3 Configurações Mínimas...3 Acionamento... 4 Elementos Gráficos... 4 Apresentando as Ferrametas...5 Barra de Títulos e Agrupamentos...5 Ferramentas

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

Button Manager V2 Manual do Utilizador

Button Manager V2 Manual do Utilizador Button Manager V2 Manual do Utilizador Versão A POR Direitos de autor 201 Brother Industries, Ltd. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste documento estão sujeitas a alteração sem aviso

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

HeadMouse. Grupo de Investigação em Robótica. Universidade de Lérida

HeadMouse. Grupo de Investigação em Robótica. Universidade de Lérida HeadMouse Grupo de Investigação em Robótica Universidade de Lérida Manual de utilização e perguntas frequentes O que é o HeadMouse? O HeadMouse é um programa gratuito desenhado para substituir o rato convencional.

Leia mais

Como iniciar o P-touch Editor

Como iniciar o P-touch Editor Como iniciar o P-touch Editor Versão 0 POR Introdução Nota importante O conteúdo deste documento e as especificações do produto estão sujeitos a alteração sem aviso prévio. A Brother reserva o direito

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

PAINT SHOP PRO. No mundo do SOLUÇÕES

PAINT SHOP PRO. No mundo do SOLUÇÕES Edição de fotografias SOLUÇÕES No mundo do PAINT SHOP PRO Aprenda a alterar os fundos das suas fotos com muita imaginação. Tudo com o Paint Shop Pro que pode encontrar no CD/DVD deste mês. P n Texto Pedro

Leia mais

Manual do Utilizador do Scanner

Manual do Utilizador do Scanner Manual do Utilizador do Scanner A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 A caixa de diálogo TWAIN... 3 Obter (Adquirir) e utilizar a caixa de diálogo TWAIN... 4 Desempenhar uma digitalização simples...

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica;

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica; Mapas Destinado especialmente aos Utilizadores do GEOPORTAL, nele são descritas e explicadas as diferentes funcionalidades existentes no FrontOffice (GEOPORTAL). O GEOPORTAL é baseado em tecnologia Web,

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

Witbox. Manual de Repetier-Host. Witbox

Witbox. Manual de Repetier-Host. Witbox Manual de Repetier-Host Manual de Repetier-Host Português CONTEÚDO 3 Instalação e configuração do programa Repetier-Host 4 Instalação 4 Instalação em Linux 5 Instalação em MacOS 5 Instalação em Windows

Leia mais

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo Índice 1. O que é o Windows XP 1 2. Para que serve o Windows XP 1 3. O Ambiente de Trabalho 2 4. Menu Iniciar 3 5. Janelas 4 6. Vistas 5 7. Iniciar 10 8. Encerrar

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6 Página 1 Conteúdo Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6... 1 O que é o EasyReader?... 4 Atalhos Gerais do Windows... 5 Teclas de Atalho para Windows...

Leia mais

Manual do PDFCreator Versão 1

Manual do PDFCreator Versão 1 Manual do PDFCreator Versão 1 O PDFCreator é um software livre que permite criar documentos em formato PDF a partir outras aplicações. Centro de Formação de Penalva e Azurara www.cfpa.pt 2006 Índice Índice...

Leia mais

Programa de pesquisa de preços, em tabelas de referências de obras, para elaboração e análise de orçamentos. Manual do usuário

Programa de pesquisa de preços, em tabelas de referências de obras, para elaboração e análise de orçamentos. Manual do usuário Versão 4 Programa de pesquisa de preços, em tabelas de referências de obras, para elaboração e análise de orçamentos Manual do usuário Copyright 2013 GENESIS Todos direitos reservados Índice 1. Introdução...

Leia mais

Photoshop - Actions algumas dicas

Photoshop - Actions algumas dicas Photoshop - Actions algumas dicas O painel Actions é um gravador... de acções! 1 Activar/Desactivar 2 Abrir caixa de diálogo 3 Parar a gravação 1 2 4 Begin recording: quando vermelho, indica que uma acção

Leia mais

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual.

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. 604 wifi FUNÇÕES WIFI e Internet Suplemento ao Manual do Utilizador ARCHOS 504/604 Versão 1.2 Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. Este manual contém informações

Leia mais

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Métodos de digitalização: São disponibilizadas duas ferramentas de software para digitalização. O Painel do BearPaw é ideal

Leia mais

Modelando um Rinoceronte no Max

Modelando um Rinoceronte no Max tutorial por Fabio S. D'A. Forti Modelando um Rinoceronte no Max F ora o bom conhecimento técnico do software utilizado, o mais importante quando vamos modelar, texturizar ou animar alguma coisa que existe

Leia mais

Introdução à aplicação Web

Introdução à aplicação Web Introdução à aplicação Web A aplicação Web SanDisk +Cloud é uma interface com base na Web para aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta. Com a aplicação Web poderá reproduzir música, ver filmes, ver

Leia mais

Button Manager V2 Manual do Utilizador

Button Manager V2 Manual do Utilizador Button Manager V2 Manual do Utilizador Versão 0 POR Direitos de autor 201 Brother Industries, Ltd. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste documento estão sujeitas a alteração sem aviso

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão G POR Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado o seguinte ícone: As Notas indicam o que fazer perante

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Ferramentas Gratuitas de Fotografia e de Pesquisa

Ferramentas Gratuitas de Fotografia e de Pesquisa Ferramentas Gratuitas de Fotografia e de Pesquisa Passo-a-passo para Professores Galeria de Fotos Windows Live Obtenha a Galeria de Fotos Windows Live 1. Visite o site http://explore.live.com/windows-live-photo-gallery

Leia mais

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento.

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento. Sessão nº 2 Iniciar um novo documento Objectivos: No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento. Iniciar um novo documento Ao iniciar-se o Word, este apresenta

Leia mais

Manual do Utilizador de Software. Introdução. Criar Etiquetas. Anexo

Manual do Utilizador de Software. Introdução. Criar Etiquetas. Anexo Manual do Utilizador de Software O conteúdo deste manual e as especificações do produto estão sujeitos a alteração sem aviso prévio. A Brother reserva o direito de alterar sem aviso prévio as especificações

Leia mais

Início rápido. Ahead Software AG

Início rápido. Ahead Software AG Início rápido Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Cover Designer e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e são propriedade

Leia mais

Manual Brother Image Viewer para Android

Manual Brother Image Viewer para Android Manual Brother Image Viewer para Android Versão 0 POR Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado o seguinte ícone: NOTA As Notas indicam o que fazer perante uma determinada situação

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP

O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP O GIMP (GNU Image Manipulation Program) (http://www.gimp.org/) é uma aplicação de Software Livre para desenho e edição de imagem digital.

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Pesquisa e organização de informação

Pesquisa e organização de informação Pesquisa e organização de informação Capítulo 3 A capacidade e a variedade de dispositivos de armazenamento que qualquer computador atual possui, tornam a pesquisa de informação um desafio cada vez maior

Leia mais

Manual Simulador de Loja

Manual Simulador de Loja Manual Simulador de Loja Índice Início Menu Loja Modelo Loja Modelo Menu Criar Minha Loja Criar Minha Loja Abrir Projeto Salvo Teste Seu Conhecimento 0 04 05 08 09 8 9 0 Início 5 4 Figura 00. Tela inicial.

Leia mais

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Utilitário de Ajuda do Software Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Introdução ao Software O software do registrador de dados é um programa que coleta dados do registrador

Leia mais

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento Configurar o Word FIGURA 1.26 Serviços ligados 1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento O Microsoft Office 2013 apenas tem disponíveis ligações a serviços de armazenamento proprietários da Microsoft.

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto

OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto ICHA OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto O objectivo principal deste exercício consiste em alterar o fundo de uma foto. No final deste exercício o utilizador deverá estar apto a realizar as seguintes

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 3 Elementos necessários 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Verificar se existem actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Guia de Introdução. Obtenha ajuda Clique no ponto de interrogação para encontrar conteúdos de ajuda.

Guia de Introdução. Obtenha ajuda Clique no ponto de interrogação para encontrar conteúdos de ajuda. Guia de Introdução O Microsoft Access 2013 tem uma aparência diferente das versões anteriores, pelo que criámos este guia para o orientar na aprendizagem. Altere o tamanho do ecrã ou feche uma base de

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

Índice QUICKSTORE PORTABLE. 1. Características. 2. Especificações. 3. Componentes e acessórios. 4. Resumo do dispositivo

Índice QUICKSTORE PORTABLE. 1. Características. 2. Especificações. 3. Componentes e acessórios. 4. Resumo do dispositivo Guia usário Índice 1. Características 2. Especificações 3. Componentes e acessórios 4. Resumo do dispositivo 5. Instalação de uma unidade de disco rígido SATA 6. Software de cópia de segurança 6.1 Instalação

Leia mais

QNAP Surveillance Client para MAC

QNAP Surveillance Client para MAC QNAP Surveillance Client para MAC Chapter 1. Instalar o QNAP Surveillance Client 1. Clique duas vezes em "QNAP Surveillance Client V1.0.1 Build 5411.dmg". Após alguns segundos, é exibida a seguinte imagem.

Leia mais

Z13 Color Jetprinter Z23 Color Jetprinter Z33 Color Jetprinter

Z13 Color Jetprinter Z23 Color Jetprinter Z33 Color Jetprinter Z13 Color Jetprinter Z23 Color Jetprinter Z33 Color Jetprinter Da instalação até a impressão Da instalação até a impressão para Windows 98, Windows Me, Windows 2000, Mac OS 8.6 à 9.1 e Mac OS X Abril 2001

Leia mais

Manual Usuário Sistema Audatex

Manual Usuário Sistema Audatex Manual Usuário Sistema Audatex Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 24.08.2010 MT Versão

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

INOVATELL Documentação sobre a Transferência da Solução Tecnológica (Manual do Utilizador)

INOVATELL Documentação sobre a Transferência da Solução Tecnológica (Manual do Utilizador) Leonardo da Vinci, Projeto de Transferência de Inovação INOVATELL: INOVAtive Touchless technologies in Lifelong Learning for people with severe disabilities Acordo N.º LLP-LDV-TOI-2013-LT-0144 INOVATELL

Leia mais

Comece aqui. Alinhar os tinteiros sem um computador

Comece aqui. Alinhar os tinteiros sem um computador Comece aqui Alinhar os tinteiros sem um computador Certifique-se de que segue os passos descritos na Folha de Instalação para instalar o hardware. Para optimizar a qualidade de impressão, proceda do modo

Leia mais

POWERPOINT BÁSICO. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br

POWERPOINT BÁSICO. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br POWERPOINT BÁSICO Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br POWER POINT INICIANDO O POWERPOINT 2000 Para iniciar o PowerPoint 2000. A partir

Leia mais

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção. João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção. João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca de seleção 2 Objetivos Aumentar e diminuir a visualização de um desenho por diferentes

Leia mais

Início rápido. Ahead Software AG

Início rápido. Ahead Software AG Início rápido Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Cover Designer e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e são propriedade

Leia mais

Windows Live Movie Maker

Windows Live Movie Maker Windows Live Movie Maker Passo-a-passo para Professores Criar um filme com o Windows Live Movie Maker Descarregue o programa 1. Visite o site http://explore.live.com/windows-live-movie-maker e descarregue

Leia mais

ScanTo3D. www.istsistemas.com.br

ScanTo3D. www.istsistemas.com.br ScanTo3D www.istsistemas.com.br O ScanTo3D do SolidWorks permite abrir dados escaneados por qualquer scanner (arquivos de malha ou nuvem de pontos) ou dados de curva de software matemáticos, preparar os

Leia mais

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre 17:47:08 Introdução à Informática com Software Livre 1 17:47:09 Audacity 2 Audacity 17:47:09 Audacity é um Software Livre de edição digital de áudio, disponível principalmente nas plataformas: Windows,

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão I POR Definições de notas Ao longo deste manual do utilizador, é utilizado o seguinte estilo de nota: especifica o ambiente operativo,

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices 2 Índice Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

Ladibug TM 2.0 Software de Imagem para a Câmara de Documento Manual do Utilizador

Ladibug TM 2.0 Software de Imagem para a Câmara de Documento Manual do Utilizador Ladibug TM 2.0 Software de Imagem para a Câmara de Documento Manual do Utilizador Índice 1. Introdução... 2 2. Requisitos do Sistema... 2 3. Instalação de Ladibug... 3 4. Ligação ao hardware... 8 5. Iniciar

Leia mais

MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO

MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO Manual do Xtra Controller Pro 1/10 ÍNDICE Clique em qualquer título deste índice para avançar até à secção correspondente 1. INTRODUÇÃO...3 2. FUNÇÃO TRAVELLING ZOOM...5 3.

Leia mais

Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR E SILHOUETTE STUDIO. File > Open > Escolher a pasta ou local onde se encontre o ficheiro

Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR E SILHOUETTE STUDIO. File > Open > Escolher a pasta ou local onde se encontre o ficheiro TUTORIAL CORTADORA DE VINIL Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR E SILHOUETTE STUDIO 1. Abrir o programa ADOBE ILLUSTRATOR localizado na barra de tarefas 2. Abrir o ficheiro a cortar no ADOBE

Leia mais

BlueStacks Guia do usuário

BlueStacks Guia do usuário BlueStacks Guia do usuário Model No. VS14140 Índice 1. Introdução...2 1.1 Visão geral do BlueStacks...2 1.2 A quem se destina...2 2. Execução do BlueStacks...2 2.1 Executar o BlueStacks...2 2.2 Ecrã principal...3

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Digitalização no laboratório da barra de sobredentadura de implantes NobelProcera Implant Bars Overdenture

Digitalização no laboratório da barra de sobredentadura de implantes NobelProcera Implant Bars Overdenture Digitalização no laboratório da barra de sobredentadura de implantes NobelProcera Implant Bars Overdenture Guia Rápido versão 2 Desfrute da melhor eficiência proporcionada pela NobelProcera com a digitalização

Leia mais

Atualização para Windows 8.1

Atualização para Windows 8.1 Atualização para Windows 8.1 Português Atualização para Windows 8.1 Antes de começar Antes de começar, prepare o seu Tesla W8 Recomendamos seguir estes passos preliminares para preparar o seu tablet antes

Leia mais

Tutorial Blender. por Luis Carlos Retondaro (yudeen) yudeen@gmail.com http://www.retondaro.pro.br

Tutorial Blender. por Luis Carlos Retondaro (yudeen) yudeen@gmail.com http://www.retondaro.pro.br Tutorial Blender por Luis Carlos Retondaro (yudeen) yudeen@gmail.com http://www.retondaro.pro.br Modelagem de cabeça estilo cartoon para animação (box modelling) Este tutorial foi adaptado de um vídeo

Leia mais

Sistema topograph 98. Tutorial Módulo Projetos

Sistema topograph 98. Tutorial Módulo Projetos Sistema topograph 98 Tutorial Módulo Projetos Como abrir um projeto existente _ 1. Na área de trabalho do Windows, procure o ícone do topograph e dê um duplo clique sobre ele para carregar o programa.

Leia mais

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca de seleção 2 Objetivos Aumentar e diminuir a visualização de um desenho por diferentes

Leia mais

Conversão do POC para o SNC

Conversão do POC para o SNC Manual do Utilizador Conversão do POC para o SNC Data última versão: 18.02.2010 Versão: 128 Data criação: 3.12.2009 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX Introdução Este tutorial vai-te ajudar a compreender os princípios básicos do Flash MX - tal como layers, tweens, cores, texto, linhas e formas. No final deste tutorial

Leia mais

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1 JURÍDICO Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário versão 1 Sumário Introdução 1 Operação básica do aplicativo 2 Formulários 2 Filtros de busca 2 Telas simples, consultas e relatórios 3 Parametrização

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro NCE/PGTIAE. Tutorial SweetHome3D

Universidade Federal do Rio de Janeiro NCE/PGTIAE. Tutorial SweetHome3D Universidade Federal do Rio de Janeiro NCE/PGTIAE Tutorial SweetHome3D Trabalho apresentado ao Prof. Carlo na Disciplina de Software Livre no curso Pós Graduação em Tecnologia da Informação Aplicada a

Leia mais

AutoLISP - IV Ambiente de programação Visual Lisp. João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca

AutoLISP - IV Ambiente de programação Visual Lisp. João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca AutoLISP - IV Ambiente de programação Visual Lisp João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca Ambiente de programação Visual Lisp O software Visual Lisp é um ambiente de programação para a linguagem

Leia mais