VIII Jornada Unisuz. Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VIII Jornada Unisuz. Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN: 1984-9060"

Transcrição

1

2

3 VIII Jornada Unisuz A JORNADA UNISUZ, evento acadêmico de caráter científico-cultural, é uma atividade anual da UNISUZ, tendo como proposta atender à missão: ser um agente estimulador do processo de formação do profissional cidadão e ético. Na construção desse profissional, além da constante busca pela excelência na formação teórico-prática dos futuros profissionais, oferece um espaço em que se aprofundam as concepções teóricas, vivenciam-se experiências diversificadas, estimula-se a produção científica, valoriza-se a cultura local, enfim, produz-se conhecimento e enriquece-se a bagagem científica e cultural dos alunos. São objetivos do evento, oferecer atividades científicas, como palestras, conferências, mesas redondas, comunicações, painéis; atividades didático-culturais, como exposições, minicursos, oficinas, apresentações teatrais, musicais e ainda outras atividades selecionadas, todas com qualidade comprovada, tendo como autores ou responsáveis profissionais e pesquisadores de renomada qualificação. Além de atender a uma necessidade da própria instituição, ou seja, a formação de seus alunos, a JORNADA UNISUZ caracteriza-se por atender também a comunidade, já que é um espaço aberto a todos aqueles que dele queiram participar, contando com inscrições de custo mínimo, a fim de atender a todos públicos, e com ampla divulgação externa, utilizando recursos audio-visuais e digitais. Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

4 JORNADA UNISUZ FACULDADE UNIDA DE SUZANO ANAIS JORNADA UNISUZ ISSN: ANUAL Educação. 2. Ciências da Computação 3-Licenciatura 4-Direito 5- Ciências Contábeis 6- Administração 7- Marketing 8-Gestão Exemplares impressos desta publicação podem ser solicitadas e consultadas na: Biblioteca da UNISUZ Rua: José Correia Gonçalves, 57 - Centro - Suzano - SP CEP: Telefone: Site: Disponível para download no site: Tiragem: Versão digital disponível para download em Aspx A redação e ortografia dos artigos são de inteira responsabilidade dos respectivos autores. As opiniões contidas nas palestras não expressam necessariamente a opinião da instituição. 2 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

5 SUMÁRIO Palestras Partículas elementares...11 Pesquisas em ensino de física e o imaginário de estudantes e professores de física.. 11 Inteligencia criativa e inteligencia espiritual...12 Proatividade e sucesso profissional...12 Aprendendo a calcular...13 Vendas: um processo contínuo...14 Marketing não só uma tendência, uma necessidade atual...15 Razões para simplificar a vida empreendedora...16 Contrato de compra e venda: peculiaridades e questões relevantes...17 Liderança de resultados...18 Planejar e agir para uma vida melhor...18 A palavra comunica...19 Coaching...20 Como organizar as finanças da família para o pagamento de dívidas...21 Liderança...22 Inserção no mercado de trabalho e planejamento de carreira...23 BI - uma tecnologia em ascenção...24 As três revoluções industriais e seus impactos sobre a educação...25 Aquisições e contratos entre pessoas jurídicas de direito privado...25 O novo papel da policia judiciária na defesa do estado democrático de direito...27 Comentários ao estatuto da cidade, diretrizes e instrumentos jurídicos...30 O atleta profissional à luz do direito do trabalho e sua diferenciação frente ao atleta não profissional...36 Execução penal e o cumprimento da pena em estabelecimento adequado...41 A importância da previdência privada para a aposentadoria do brasileiro...42 Comunicações Direito penal do inimigo no Brasil...47 Educação ambiental e a formação cidadã...47 Jogo patológico e o universo do jogo on-line...48 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

6 SUMÁRIO Os recursos lúdicos no ensino da geometria...49 Criação de empresa e estudo de viabilidade...50 O ensino dos números inteiros...50 Números complexos: teoria e aplicações...51 Inteligências múltiplas presentes nas pessoas especiais...53 Pedagogia hospitalar...53 Plano de marketing...54 Importância da emoção como canal de comunicação...55 A importância da emoção como canal de expressão...55 Emoção e expressão...56 O surdo x deficiente auditivo...57 Comportamento do consumidor x personalidade...57 Comunidade surda x sociedade de ouvintes...58 Conhecimento do professor do ensino fundamental sobre a dislexia...59 O lúdico nos processos de desenvolvimento de aprendizagem: a percepção das crianças sobre a aprendizagem lúdica...59 O currículo escolar na visão dos professores de ensino fundamental...60 Liderança no mercado de trabalho...61 Teoria de Maslow...61 Relacionamento interpessoal na liderança...62 Projeto interdisciplinaridade pedagogia/5º semestre: disciplinas fundamentos da prática docente matemática I e fundamentos da prática docente língua português Metodologia de ensino para a alfabetização de surdos...64 Libras: da educação infantil a inserção no mercado de trabalho...64 A gestão por competências como ferramenta estratégica de gestão de pessoas...65 Lavanderia RAP As percepções do professor de educação infantil frente às concepções de educar, cuidar e acolher...66 Paradigma e prática docente: formação continuada dos professores do ensino básico da rede municipal de ensino de mogi das cruzes...67 Mandala de saberes: uma abordagem integradora para a educação infantil...68 TCC - Pisos ecológicos...69 O ensino das equações do 2º grau...70 As vantagens da inclusão na educação infantil Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

7 SUMÁRIO O consumidor infantil...71 Empresa fênix perfilados...72 A interjeição como processo de identificação social e cultural...73 Academia e Estética Foco ltda...73 CBVAM Transportes executivos ltda...74 JBRAR Pisos recicláveis ltda...75 Reciclagem de lixo eletrônico...76 Maná alimentação empresarial ltda...77 Projeto Lirios Massagens ltda...78 JBRAR Pisos Recicláveis ltda...79 Projeto de empresa de consultoria...80 Star Photo...81 Hotel Executive Green...81 Gospel Café - bar/ pub/ lanchonete...82 Plano de marketing - J&D Propagandas...83 Confecção de moda intima La Belle...84 JBRAR Pisos Recicláveis ltda...84 A produção de textos na educação de jovens e adultos: sobre métodos de alfabetização e linguagem...86 Oficinas A nova visão sobre o currículo de biologia...89 Jogos ortográficos: uma nova perspectiva na educação...89 Múltiplas versões de se contar história...90 O uso do geoplano no ensino fundamental...90 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

8 COMISSÕES ORGANIZADORAS Comissão Científica Comissão Científica tem como objetivo: 1) Coordenar a equipe de pareceristas dos trabalhos encaminhados para o evento. 2)Analisar as propostas de palestras. 3) Organizar e publicar os anais do evento. 4) Avaliar os minicursos propostos. Antonio Luis Mometti Dario Reisinger Ferreira Douglas de Matteu Geraldo Ribeiro Filho Jairo José Matozinho Cubas (Coordenador) Jean Carlos Cavaleiro José Eduardo Morello Lobo Mauricio Teodoro de Souza Paula Barbosa Pudo Renata Alves Orselli Robson Rodrigues da Silva Ronaldo Gonçalves de Oliveira Rosália Maria Netto Prados Solange Tomiyama Telma Maria Vieira Comissão de Infra-estrutura A comissão de infra estrutura cria as condições logísticas para que o evento ocorra de forma satisfatória. Cristiane Gomes Fontana Fernanda Eugenia Fernandes Cardoso (Coordenadora) Fernando Avila Giane Bidóia Jairo José Matozinho Cubas Silmara Matsumoto Vânia Barbosa Matias Comissão de Divulgação A Comissão de Divulgação tem como objetivo criar mecanismos de comunicação e orientação sobre os procedimentos para a participação no evento Cheila Bragadin Jairo José Matozinho Cubas Jane Gatti de Campos (Coordenadora) Maria de Lourdes Gomes Pereira Maria Luciana Savino Vagner Zaramello Comissão de Recepção A comissão de recepção tem como objetivo criar um ambiente agradável para os palestrantes que chegam ao evento orientandoos, encaminhando-os para as respectivas salas e esclarecendo dúvidas. Dario Reisinger Ferreira Eugenia Maria Zandonai Bou Assi Rogério Rodrigues da Silva Rosa Yamada (Coordenadora) Comissão Financeira Tem como objetivo buscar parcerias que patrocinem e viabilizem economicamente o evento Ângelo Velika (Coordenador) Douglas de Matteu José Sandro de Brito Leon Rivail de Andrade Assis Luiz Messias Maria de Lourdes Gomes Pereira Wilson Nascimento APOIO NUPE - Núcleo de Pesquisa e Extensão da UNISUZ 6 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

9 Caro Participante É com grande satisfação que entrego a você os Anais da VIII Jornada UNISUZ, da Faculdade Unida de Suzano- UNISUZ, de Suzano. A publicação destes Anais vem coroar o evento, realizado de 25 a 28 de outubro do corrente, que mobilizou alunos, professores, funcionários, durante quatro noites de palestras, comunicações, oficinas e atividades variadas. Nesse período, passaram pela UNISUZ pesquisadores, profissionais da empresa pública e privada, professores, alunos, todos trazendo sua contribuição para o enriquecimento cultural, técnico, científico e profissional daqueles que tiveram a oportunidade de participar da sua programação. É importante lembrar que um evento desse porte somente se realiza quando existe um ideal comum: o de que a busca por conhecimento é essencial para o crescimento individual e coletivo. Esse ideal esteve sempre presente, desde a organização da primeira Semana de Palestras, em Por isso, agradeço àqueles que estiveram juntos na organização da VII Jornada UNISUZ, e principalmente àqueles que dela participaram, com sua palavra e sua contribuição comprometida e competente. Agradeço especialmente a você, participante, que tornou este evento uma realidade. O sucesso de mais esta Jornada UNISUZ anima a todos desta casa, ampliando o desejo de continuar e melhorar sempre, na busca constante de cumprir a Missão Institucional: estimular o processo de formação do profissional, cidadão ético, comprometido com seu tempo e seu espaço. Suzano, outubro de Nazih Youssef Franciss Diretor Geral Faculdade Unida de Suzano - UNISUZ Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

10 INSTITUIÇÕES REPRESENTADAS NOS ANAIS DA IV JORNADA UNISUZ POR MEIO DE PALESTRANTES E PESQUISADORES Universidade de São Paulo IPE- Instituto de Pesquisas Evolutivas Universidade De Mogi das Cruzes UMC Levesa Leste Veículos Delegacia de Polícia de Itaquaquecetuba Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba Defensoria pública Universidade Brás Cubas- UBC Diretoria de ensino - Região de Suzano Procuradoria do Estado de São Paulo ABPM - Associação Brasileira de Profissionais de Marketing 8 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

11 Palestras Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

12 10 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

13 Maria Teresa Thomaz USP PARTÍCULAS ELEMENTARES Apresentamos uma visão geral sobre as partículas elementares a partir das quais todas as substâncias são constituídas. Os gregos começaram a busca dessas partículas a anos atrás: os tijolos da Natureza. Para entendermos a compreensão atual das partículas elementares mostramos a evolução histórica do conceito do átomo desde a Escola Atomista grega representada Demócrito e Leucipo até a pesquisa atual nos grandes aceleradores internacionais de partículas elementares. A descoberta do mundo atômico e a aplicação tecnológica de suas propriedades é a base das facilidades que temos no nosso mundo diário. Esta grande revolução começou no final do século 19 quando os químicos começaram a desvendar o átomo. Os resultados experimentais dos grandes aceleradores de partículas nos permitem saber hoje que partículas sub-atômicas são elementares e quais são estados ligados de outras partículas elementares. Continuamos nesses aceleradores a busca de todos os verdadeiros tijolos da Natureza. PESQUISAS EM ENSINO DE FÍSICA E O IMAGINÁRIO DE ESTUDANTES E PROFESSORES DE FÍSICA Mônica Maria Biancolin USP A palestra tem dois focos: fazer o licenciando de matemática entrar em contato com as pesquisas em Ensino de Física e apresentar o imaginário como possibilidade de objeto de pesquisa em ensino de ciências. A primeira parte consistirá da apresentação de algumas pesquisas recentes em Ensino de Física no Brasil e suas metodologias: vamos apresentar estudos sobre o processo ensino-aprendizagem em sala de aula; trabalhos relacionados às interações discursivas em sala de aula; metodologias para o estudo de modelos mentais; trabalhos que trazem contribuições da psicanálise para uma metodologia de ensino; e subsídios teóricos e metodológicos para a pesquisa sobre as relações entre educação científica e cultura. A segunda parte será dedicada ao estudo do imaginário, compreendido a partir da visão antropológica de Gilbert Durand. Vamos apresentar alguns imaginários de alunos de física do Ensino Médio, acessados a partir da metodologia de brasões de Pascal Galvani, e imaginários de professores de física do Ensino Médio, acessados a partir do teste AT-9 de Yves Durand. Finalizamos tecendo algumas considerações sobre o imaginário de estudantes e de professores e o processo ensino-aprendizagem de Física. Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

14 INTELIGENCIA CRIATIVA E INTELIGENCIA ESPIRITUAL Rossana R. da Graça Kikuti IPE - Instituto de Pesquisas Evolutivas Todo ser é dotado de inteligência, que pode se manifestar de variadas maneiras e graus, segundo sua capacidade de combinar as suas experiências de vida e observar as informações que lhe chegam através dos mais diferentes meios. Esta inteligência manifesta-se não somente de forma abstrata, na execução de habilidades físicas, emocionais e mentais, mas também espiritualmente falando, na forma como nos relacionamos com as pessoas e com o meio. Ela se expressa de forma particular e distinta, de acordo com a qualidade das experiências de cada um. Cada um estabelece a forma e ordem em que quer viver, o que pode implicar em desenvolvimento de um ou mais aspectos da inteligência, o que, fatalmente, causará desequilíbrio. Portanto, cada ser, para se desenvolver de forma integral, necessita estar atento para o desenvolvimento da inteligência em todos os aspectos e isso só é possível através do pensamento organizado, coerente e positivo, que cria a vida em que cada um se encontra. Quanto mais se utiliza a engrenagem da inteligência, mais conexões mentais são realizadas, tecendo uma grande rede de informações que se conectam para que o homem possa entender a vida e o mundo em que está inserido e transformá-la segundo suas necessidades e desejos. Portanto, a inteligência criativa é o exercício para o desenvolvimento da inteligência espiritual, ou seja, aquela inteligência que podemos observar na natureza, na perfeição dos ciclos, no florescimento das plantas, na condução de vida dos animais... Tudo está para ser observado e refletido e, a partir disto, criar para cada um, sistemas mais simples e perfeitos de vida. PROATIVIDADE E SUCESSO PROFISSIONAL Roseli Marques da Silva IPE- Instituto de Pesquisas Evolutivas Não existe alguém que não deseje ter sucesso no que faz. Este é resultado da melhor ação em cada área de atuação da vida. Para isso, o homem precisa sentir-se motivado, ou seja, ter um referencial que o leve a agir e superar-se diariamente. Muitas vezes, as pessoas focam o sucesso profissional apenas no lucro financeiro, mas ele é muito mais do que isso. É a capacidade de sentir-se satisfeito em fazer o que faz, recebendo todos os benefícios desta ação, inclusive os monetários, que são uma pequena parte. Os aspectos físico, emocional, mental, social e espiritual têm que ser beneficiados neste movimento. Portanto, ter sucesso é muito mais que o acúmulo de bens materiais, é ser alguém de produção, ou seja, um homem capaz de traçar objetivos, não apenas profissionais, mas para a vida como um todo e assumir a responsabilidade por fazer acontecer o planejado, sem esperar que o outro faça e sem culpá-lo por não ter feito. Quem não tem claro o que quer e aonde quer chegar, jamais será uma pessoa de sucesso, em nenhum aspecto de sua vida. Para isso, uma característica fundamental é a proatividade. Uma pessoa pró-ativa estabelece objetivos, 12 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

15 prevê dificuldades e as soluciona; sabe lidar com o que não previu, pois é capaz de parar, pensar e reorganizar sua ação, sem perder seu objetivo de foco. A forma mais fácil de iniciar o processo em favor da proatividade é a organização física. Arrumar a mesa, os armários, o carro... favorece a identificação de dificuldades, organiza ideias e apresenta o problema em sua dimensão real e não maior do que realmente é. Ter sucesso não é chegar ao objetivo, mas sim, gerar conhecimento ao longo do processo, o que facilitará a resolução de outros problemas ou conclusão de novos propósitos, pois na consecução de objetivos menores as qualidades que se possui são evidenciadas e podem ser colocadas em favor da resolução das dificuldades. Para que o sucesso se torne real, é preciso cultivar a qualidade de vida em todos os seus aspectos, físico, emocional, mental e espiritual e isto depende da forma como a vida é valorizada e da atividade necessária para a transformação dos elementos que fazem parte da jornada. Isso quer dizer que, uma pessoa de sucesso é aquela que age de forma a favorecer e facilitar o trabalho de seus pares e superiores. Desta forma, será sempre reconhecida e valorizada no grupo, o que lhe trará prosperidade, pois o que precisar, será providenciado, porque este é o movimento que faz por todos. Isso vale também para qualquer relacionamento, inclusive na família. Já que o sucesso é um caminho e ninguém consegue, em nenhum aspecto da vida, caminhar sozinho. Portanto, o cultivo de um ambiente de colaboração mútua, respeito, facilitação da vida do outro é uma consequência natural do ser de sucesso. Conclui-se que, aquele que tem sucesso sempre está se movimentando para desenvolver-se e se realizar como pessoa, para cumprir seu propósito de existência e determinou-se a ser feliz. APRENDENDO A CALCULAR Eugenia Maria Zandonai Bou Assi Faculdade Unida de Suzano - UNISUZ Esse texto é um ensaio sobre a linguagem matemática, como utilizar os vários recursos com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento cognitivo. As relações entre entidades definidas abstratas e concretas, ferramenta para compreender e mudar o mundo. A Matemática é uma linguagem universal caracterizada por algumas crianças de difícil entendimento, antes mesmo de a conhecerem como disciplina. Alunos demonstram o desinteresse através do mau comportamento em sala de aula, não entendem a matéria teórica, e tantas variáveis, é uma construção abstrata em que as noções fundamentais têm origem na percepção humana, a história da matemática começa em três mil anos a.c. e tornar-se referencia de qualquer ciência, na indústria, comércio, tecnologia, medicina, eco nomia, administração pública, entre outras. Neste cenário é importante demonstrar que podemos utilizar diversos jogos com opções concretas e lúdicas tornando o aprendizado prazeroso. Com estímulos corretos as crianças e jovens desenvolvem o conceito de matemática com memorização, atenção, recursos internos e externos, flexibilidade cognitiva para a percepção de estratégias para atingir os resultados. Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

16 Elcio Assis Cardoso Junior Faculdade Unida de Suzano- UNISUZ VENDAS: UM PROCESSO CONTÍNUO Segundo Cobra: A venda tem sido entendida ao longo do tempo como uma transação entre duas partes, ditas o comprador e vendedor, onde existe a transferência de posse de um produto, serviço, ou mesmo de uma ideia. Nos dias de hoje somos bombardeados constantemente pelos esforços de Marketing a toda hora, em todos os momentos da nossa vida. E é por isto que o profissional de vendas tem que possuir habilidades que proporcionam a ele a capacidade de convencer o consumidor de suas escolhas. O Marketing é uma ferramenta facilitadora das ações de troca e neste cenário existe um indivíduo que detêm o poder decisório entre o sucesso e o fracasso de sua empresa, este indivíduo é o consumidor. Portanto, devemos tentar compreendê-lo da melhor maneira possível. Como Las Casas menciona em seu livro sobre administração de vendas: A teoria de Maslow tem sido alvo de muitas críticas e uma delas é que não houve comprovação de sua aplicação na prática. Para os administradores de Marketing, permite constatar que muitos produtos podem ser vendidos para atender cada uma destas necessidades. Tudo depende da capacidade do vendedor de utilizar esta ferramenta parafazer o consumidor enxergar sua necessidade deste ou daquele produto. O mercado mudou e hoje o profissional de vendas deve ser treinado para fazer Marketing, e se possível possuir habilidades extras que possam ajudar a executar o processo de vendas de uma forma mais competente. Dentre todas as formas de venda, a venda pessoal é uma das mais eficientes pois ela envolve as duas partes interessadas em um mesmo ambiente, e num cenário onde o critério de abordagem de venda escolhido pode ser crucial para o sucesso da negociação. Existem quatro formas de abordagem de venda: Estímulo-resposta, estado mental, satisfação das necessidades, e solução de problemas. Estimulo-resposta é aquela venda onde o vendedor estimula através de palavras ou ações a resposta desejada, normalmente é aquela venda chamada de enlatada, pois tem um roteiro a ser seguido e normalmente possui uma dramatização ensaiada visando comover o cliente. Estado mental é uma abordagem de vendaque como o próprio nome diz visa conduzir o consumidor a um processo de estado mental que termina pela ação de compra. Primeiro, desperta-se a atenção do consumidor, depois o interesse, seguido pelo desejo, e finalizando pela ação. Satisfação das necessidades requer a identificação destas necessidades que normalmente é feita através de perguntas feitas ao consumidor. Após a identificação das necessidades proporciona-se ao consumidor a satisfação delas, e se este processo é bem feito o cliente sai do estabelecimento fidelizado. Solução de problemas requer a mesma abordagem da satisfação das necessidades. Este tipo de abordagem quando bem feito, pode gerar um processo de fidelização também. Nos dias atuais o processo de vendas não termina com o fechamento do negócio, mas sim começa, pois com a concorrência acirrada em todos os seguimentos, é necessário fidelizar os clientes e o pós-venda hoje é uma ferramenta crucial para isto. Para concluir, o processo de vendas é um processo cíclico e continuo onde em um espaço de tempo determinado pelo 14 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

17 produto ou serviço vendido, este processo deve se reiniciar e de preferência se propagar em outras direções, caso ele tenha sido efetuado de uma forma competente e tenha proporcionado um grau elevado de satisfação no consumidor. MARKETING NÃO SÓ UMA TENDÊNCIA, UMA NEECSSIDADE ATUAL Rafael R. Bueno Faculdade Unida de Suzano UNISUZ Nos dias atuais sabemos que o Marketing deixou de ser apenas uma ferramenta, inserida no processo administrativo. O Marketing tem se tornado cada vez mais, um verdadeiro processo. Além de suas várias ramificações, existem alguns pontos chaves, nos quais suas ferramentas, tem se tornado uma espécie de obrigação a serem utilizadas por todos os profissionais. A maior prova da importância de algumas ferramentas do Marketing é o Marketing Pessoal e Redes Sociais. O primeiro deve-se ao fato de termos e estarmos sempre atentos as mudanças comportamentais de acordo com cada situação. Não devemos nos esquecer que primeiramente, nunca devemos deixar de ser quem realmente somos. Aquilo que nos formou nossa ética, dentre outros pontos, devem ficar intactos. Todavia, se faz necessário uma mudança postural, vestimenta, fala, e outros tal posicionamento, deve ser utilizado. E fomentando todo este processo que vai muito além dos poucos pontos citados acima, devemos reverberar tais situações, com as Redes Sociais. Principalmente os mais jovens, aqueles que são conhecidos tecnicamente como Geração X e Y e também, Baby Boomers. Tal geração é realmente fantástica no domínio de todas as ferramentas existentes nas redes sociais, mais também em novas criações, porém lhes falta em alguns momentos, a forma correta de utilização delas. Temos a consciência, que por se tratar de algo que facilita e agiliza todas as informações e afazeres de uma grande empresa, sabemos que estas mesmas estão cada vez mais envolvidas com o mundo virtual. Elas fazem promoções, criam propagandas, dão starts em ações de marketing e demais fatores que são de suma importância para sua consolidação e manutenção de mercado. Mais para por ai? Não. Atualmente grandes corporações, utilizam as redes sociais para delinear o perfil de jovens talentos. Como eles são como profissionais? Será que fora do ambiente de trabalho, estes mesmos têm uma postura exequível? O que eles estão falando? Usam uma linguagem adequada para o nível da empresa pela qual estão atuando? A intenção aqui, não é podar ou coibir os jovens de serem autênticos em suas redes sociais, mais fomentar a ideia de que devem se preocupar mais com aquilo que postam, falam ou quem segue em suas redes sociais. Às vezes, um simples comentário pode fazer com que sem Marketing Pessoal, sofra ranhuras prejudiciais em seu ambiente de trabalho. Abrir um leque ainda maior de todas as opções que o Marketing oferece ao seu profissional. Mais principalmente alertar os mesmos, da importância e o peso que o Marketing Pessoal e as Redes Sociais, têm em nosso dia a dia. Essas duas ferramentas são absurdamente impactantes em nosso processo de formação. Conclui-se que o Marketing a cada Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

18 dia, tem adquirido uma fatia de mercado cada vez maior. Deixando de ser uma simples ferramenta de trabalho, para se tornar um processo executável de alta responsabilidade. Porém, para que possamos obter sucesso em todas as suas ramificações, jamais poderemos deixar de trabalhar de forma imparcial, nosso Marketing Pessoal, que é mutável de acordo com a situação e as Redes Sociais. As Redes Sociais, podem se tornar uma aliada fantástica, todavia, se utilizada de forma irregular, sofremos efeitos que podem ser irreversíveis. Referências bibliográficas: MORAIS, Felipe Planejamento estratégico digital: a importância de planejar a comunicação da marca no ambiente digital / Felipe Morais. Rio de Janeiro: Brasport, KOTLER, Philip, 1931 Marketing Manegement: Administração de Marketing - tradução H. de Barros; revisão técnica Dilson Gabriel dos Santos e Marcos Cortez Camponar. - - Ed. Compacta. - - São Paulo: Atlas, PORTER, Michael E. Estratégia Competitiva: Técnicas para análise da indústria e da concorrência/ Michael E. Porter: tradução de Elizabeth Maria de Pinto Braga; revisão técnica Jorge A. Garcia Gomez 7º ed. Rio de Janeiro: Campus, 1991 RAZÕES PARA SIMPLIFICAR A VIDA EMPREENDEDORA Leandro Henrique Silva ABPM - Associação Brasileira de Profissionais de Marketing Empreendedor é todo aquele que se decide realizar, que propõe tornar algo real para si e os demais de forma que todos ganhem. O empreendedor pode ser visto não apenas em narrativas de sucesso empresarial, pois este pode empreender também grandes mudanças comportamentais em sua vida íntima e os efeitos vão repercutir em todos ao seu redor. Independente do grau de empreendedorismo alcançado, todo ser humano carrega consigo características de personalidade, caráter, conduta e moral, alguns mais bem desenvolvidos, outros ainda neste caminho. Estas características levam em consideração manifestações do ego individual, que pode simplificar a própria vida ou, ao invés, colocar empecilhos criados por si mesmo. O objetivo então deve ser aprender a se conhecer e verificar comportamentos que não devem atrapalhar a convivência, pois, por mais comuns que possam parecer, muitas reações tomadas desestabilizam relacionamentos mais do que se possa perceber sem uma autoanálise mais apurada. Alguns destes comportamentos notados podem estar em uma reação defensiva, comparativa, de falsa necessidade em exibir superioridade ou de busca de aceitação, como citam Marcum e Smith (2009) sobre o fator ego. Todos estes aspectos devem ser reorientados para o aspecto positivo. Muitas vezes estão tão enraizados que o empreendedor não os percebe e não consegue medir a real qualidade dos relacionamentos, mesmo guiado pelo foco em outras qualidades como arrojo, determinação, objetividade, criatividade e planos bem estruturados. Por isso a importância de simplificar os caminhos e as posturas escolhidas, o que não significa ser simplista, mas sim aproveitar melhor as possibilidades de vida ao adotar posturas mais humildes, equilibradas e que permitam a vida fluir em todos os sentidos como lembra Chopra 16 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

19 (1994) através das sete leis espirituais do sucesso. Estas leis estão relacionadas a reconhecer a potencialidade de oportunidades; a importância de doar-se; a lei das conseqüências em causa e efeito; o mínimo esforço como forma de fluir melhor para os objetivos; a lei da intenção e do desejo; lei do distanciamento e; o reconhecimento do propósito de vida. Aprofundar estas questões e buscar praticá-las requer tempo, disposição e disciplina em se aperfeiçoar como pessoa e conseqüentemente como empreendedor. Os resultados devem ser os melhores e ganham todos ao redor sempre que a vida flui e a intenção em evoluir é sincera, espontânea e verídica. CONTRATO DE COMPRA E VENDA: PECULIARIDADES E QUES- TÕES RELEVANTES Suely Mitie Kusano Procuradoria do Estado de São Paulo Dentre os modos de aquisição da propriedade imobiliária, destaca-se o CON- TRATO DE COMPRA E VENDA, bastante utilizado por todas pessoas, de todas as classes sociais, senão a principal forma de aquisição de imóveis. Embora muito difundido há séculos, ainda é comum os contratantes serem surpreendidos com questões que concordaram sem nenhum conhecimento das consequências. Assim, para que a transação seja um negócio jurídico seguro e não traga aborrecimentos futuros, convém diligenciar a existência de ônus processuais, reais e pessoais que podem gravar o imóvel, além da escolha de cláusulas que podem ser inseridas no contrato de compra e venda de imóveis. Ainda que se admita a validade da escritura particular de compra e venda, que gera direitos e deveres entre os contratantes, aconselhamos seja registrada perante o Cartório Imobiliário competente para que se erija a direito real. Ressalta-se, ainda, que a escritura pública é o documento hábil à transmissão da propriedade imobiliária inter vivos, mediante registro, em função dos atributos conferidos ao sistema registral brasileiro. Sem a pretensão de esgotar as implicações que o tema suscita, alguns pontos são de extrema relevância:investigar débitos e pendências administrativas ou judiciais do vendedor, verificando se o vendedor pode ser sócio de empresa, quando há possibilidade de ser responsabilizado pelas dívidas da pessoa jurídica que não é a vendedora; Investigar ônus judiciais (a exemplo de penhora, arresto, embargos) ou reais (como o usufruto, hipoteca, alienação fiduciária) que recaem sobre o imóvel; Vícios redibitórios (defeitos ocultos que diminuem o valor do imóvel ou o torna imprestável para a finalidade visada), processos judiciais voltados à recuperação do prejuízo, prazos para adoção das providências; Evicção, que é a perda do imóvel comprado, determinada por decisão judicial em processo não motivado pelo comprador; o que pode dar ensejo à indenização através da ação de evicção, se atendidos os requisitos legais ou através de ação de reparação de danos; Preço nas compras ad corpus e ad mensuram, condições do negócio, exigências com relação ao vendedor casado, civilmente incapaz, venda entre ascendente e descendente, Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

20 com pendência de inventário ou arrolamento, obrigação de pagar corretagem e despesas do negócio; Arras e cláusula penal, direito de arrependimento de compra ou de venda, possibilidade de incidir outros valores a título de reparação de danos ou de multa contratual; Cláusulas especiais de venda e compra, como a retrovenda, a venda a contento sujeita à prova, preferência, reserva de domínio, venda sobre documentos; Sistema registral e atributos do registro imobiliário, exigência de documentos, regularização, conferências que, por vezes, impedem que a aquisição seja registrada no Cartório Imobiliário competente, não se conferindo o título de proprietário. Sem discutir as vantagens econômicas e de oportunidade, muitos são os problemas e dificuldades para se concluir um bom negócio jurídico. Assim, a orientação profissional de advogado irá prevenir muitos dissabores a quem pretende vender ou comprar imóvel, levando em consideração que se trata de um negócio cujo valor costuma ser considerável, comprometendo as economias de trabalho por longos anos. Romulo Gutierrez LIDERANÇA DE RESULTADOS O escopo desta palestra consiste em despertar os participantes para os novos paradigmas do fenômeno comportamental da Liderança de Equipes no ambiente organizacional, tendo em vista, as diversas exigências que líderes dos mais variados segmentos e setores econômicos convivem diariamente. Dentre tais exigências podem-se elencar como sustentáculos mais relevantes: Relacionamentos interpessoais entre líder-liderados e suas interfaces com os resultados das equipes; Liderança Transacional x Liderança Transformacional; A comunicação assertiva nos relacionamentos entre líder-liderados; A importância da motivação das equipes para o alcance dos resultados organizacionais; O líder enquanto Administrados dos Sentidos; A prática do feedback no contexto da liderança; Princípios e prática da Liderança Empreendedora. É importante aclarar que no transcurso desta palestra serão utilizadas práticas vivenciais, dinâmicas de grupo, fábulas, histórias e um conjunto de exemplos práticos e simples com o objetivo de ampliar o nível de abstração de todos os participantes. Muito embora a linguagem utilizada em muitos momentos da palestra seja coloquial, todas as bases conteudistas explicitadas estão sedimentadas nas bases cientificas das ciências comportamentais, tratando assim o tema com abordagens acadêmicas, descartando modismos e conceitos de auto-ajuda. PLANEJAR E AGIR PARA UMA VIDA MELHOR Antonia Cyrillo IPE - Instituto de Pesquisas Evolutivas A vida nos apresenta inúmeras lições a cada dia e muitas vezes, situações do nosso convívio diário demonstram qual a reflexão a fazer ou o melhor caminho 18 Anais - VIII Jornada UNISUZ - ISSN:

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores Coordenação Acadêmica: Prof. Edmarson Bacelar Mota, M. A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios

Leia mais

Gestão de Pessoas Diversidade e Competências

Gestão de Pessoas Diversidade e Competências Gestão de Pessoas Diversidade e Competências Gestão de Pessoas ESTRATEGICA 1985 a hoje Aumentar o envolvimento dos colaboradores e integrar sistemas de suporte ADMINISTRATIVA 1965 a 1985 Foco: indivíduos

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES

O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES Dione Nunes Franciscato 1 ;

Leia mais

Câmpus Alfenas SUMÁRIO. Cláudio Novaes... 2. Eliane Souza dos Santos... 3. Elizabeth Aparecida Santos de Oliveira... 4. Fernanda Alice de Santana...

Câmpus Alfenas SUMÁRIO. Cláudio Novaes... 2. Eliane Souza dos Santos... 3. Elizabeth Aparecida Santos de Oliveira... 4. Fernanda Alice de Santana... Câmpus Alfenas 14 de agosto de 2010 SUMÁRIO Cláudio Novaes... 2 Eliane Souza dos Santos... 3 Elizabeth Aparecida Santos de Oliveira... 4 Fernanda Alice de Santana...5 Mary Silva Faria... 6 Valéria de Oliveira

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS Cesar Aparecido Silva 1 Patrícia Santos Fonseca 1 Samira Gama Silva 2 RESUMO O presente artigo trata da importância do capital

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO

MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO O programa irá desenvolver no aluno competências sobre planejamento e força de Vendas, bem como habilidades para liderar, trabalhar em equipe, negociar

Leia mais

A MOTIVAÇÃO É A ESSÊNCIA PARA APRENDER MATEMÁTICA

A MOTIVAÇÃO É A ESSÊNCIA PARA APRENDER MATEMÁTICA A MOTIVAÇÃO É A ESSÊNCIA PARA APRENDER MATEMÁTICA Sandro Onofre Cavalcante sandro-professor@hotmal.com José Carlos Lourenço FIP Faculdade Integrada de Patos JCLS956@hotmail.com Adriano Alves da Silveira

Leia mais

Articulando saberes e transformando a prática

Articulando saberes e transformando a prática Articulando saberes e transformando a prática Maria Elisabette Brisola Brito Prado Na sociedade do conhecimento e da tecnologia torna-se necessário repensar o papel da escola, mais especificamente as questões

Leia mais

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos.

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos. Apresentação AVS Training Telefone: 11 3637 3139 Web site: Emails: http:// avst@khalanet.com khala@khalanet.com CNPJ: 12.808.691/0001-33 AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento

Leia mais

APOSTILA DE FILOSOFIA E ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES

APOSTILA DE FILOSOFIA E ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES APOSTILA DE FILOSOFIA E ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES 2º. Bimestre Capítulos: I Ética: noções e conceitos básicos II Processo de Decisão Ética III - Responsabilidade Social Apostila elaborada pela Profa. Ana

Leia mais

P R O P O S TA C O M E R C I A L

P R O P O S TA C O M E R C I A L P R O P O S TA C O M E R C I A L Joinville, 03 de setembro de 2014. Proposta para: treinamento líder coach Prezado, Temos o prazer de enviar a proposta do Treinamento Líder Coach, para sua análise e apreciação.

Leia mais

A POSSIBILIDADE DE ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NA CONTEMPORANEIDADE

A POSSIBILIDADE DE ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NA CONTEMPORANEIDADE A POSSIBILIDADE DE ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NA CONTEMPORANEIDADE Ana Paula Moura da Silva (UNEAL / SENAI-AL) Israel Silva de Macêdo (SENAI-AL, UNIAFRA, FRM) Resumo Esta pesquisa apresenta uma reflexão sobre

Leia mais

A GESTÃO DE UM CURSO SUPERIOR: DESAFIOS OU FRUSTRAÇÕES?

A GESTÃO DE UM CURSO SUPERIOR: DESAFIOS OU FRUSTRAÇÕES? A GESTÃO DE UM CURSO SUPERIOR: DESAFIOS OU FRUSTRAÇÕES? BARREIROS, Marat Guedes Especialização em Gestão Estratégica de Recursos Humanos Coordenador de Curso, Professor Faculdade do Guarujá GODOY, Valdir

Leia mais

IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES

IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES Ednilson Zanini 1 O serviço logístico tornou-se uma ferramenta importante para o desenvolvimento de relacionamentos

Leia mais

Para a citação deste material como referência, favor seguir conforme abaixo:

Para a citação deste material como referência, favor seguir conforme abaixo: Para a citação deste material como referência, favor seguir conforme abaixo: ALVARELI, Luciani Vieira Gomes. Novo roteiro para elaboração do projeto de trabalho de graduação. Cruzeiro: Centro Paula Souza,

Leia mais

MADRINA-Desenvolvimento Infantil e Parental 1

MADRINA-Desenvolvimento Infantil e Parental 1 MADRINA-Desenvolvimento Infantil e Parental 1 PROJETO MEU TEMPO DE CRIANÇA Missão Visão Valores Colaborar com a importante tarefa de educar as crianças, nesse momento único de suas jovens vidas, onde os

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Camila Cristina S. Honório 1 Maristela Perpétua Ferreira 1 Rosecleia Perpétua Gomes dos Santos 1 RESUMO O presente artigo tem por finalidade mostrar a importância de ser

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO * César Raeder Este artigo é uma revisão de literatura que aborda questões relativas ao papel do administrador frente à tecnologia da informação (TI) e sua

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO DO

PLANO DE CAPACITAÇÃO DO www.unp.br PLANO DE CAPACITAÇÃO do Corpo Técnico-Administrativo 2015 Plano de Capacitação do Corpo Técnico-Administrativo 2015 Natal/RN 2015 DIRIGENTES DA UNIVERSIDADE POTIGUAR PRESIDENTE Prof. Marcus

Leia mais

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO 1 ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO Por Regina Stela Almeida Dias Mendes NOVEMBRO 2004 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA 2 ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 O COACHING...4 ORIGENS...5 DEFINIÇÕES DE COACHING...6 TERMOS ESPECÍFICOS E SUAS DEFINIÇÕES...7 O QUE FAZ UM COACH?...8 NICHOS DE ATUAÇÃO DO COACHING...9 OBJETIVOS DO COACHING...10

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores NÚCLEO AVANÇADO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores De acordo com a Resolução n o 1 de 08/06/2007 da CES do CNE do MEC Coordenação

Leia mais

A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA

A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA A escola católica será uma instituiçao com mística evangelizadora UMA ESCOLA A SERVIÇO DA PESSOA E ABERTA A TODOS UMA ESCOLA COM

Leia mais

Gestão escolar: revendo conceitos

Gestão escolar: revendo conceitos Gestão escolar: revendo conceitos Myrtes Alonso É um equívoco pensar que o desempenho da escola se expressa apenas nos resultados da aprendizagem obtidos nas disciplinas e que é fruto exclusivo do trabalho

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Recursos Humanos 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Recursos Humanos 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Recursos Humanos 2011-1 DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO LIDERANÇA AUTOCRÁTICA: O RELACIONAMENTO

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

Como fazer o seu primeiro MBA?

Como fazer o seu primeiro MBA? GRADE CURRICULAR Como fazer o seu primeiro MBA? Escolha o MBA desejado no seu escritório virtual e confira a Grade Curricular do curso. Faça um a um, todos os módulos referentes ao MBA escolhido baseando-se

Leia mais

sonhando nova escola nova sociedade com uma e uma Atividade de leitura de clássicos da literatura. Pai voluntário em sala de aula.

sonhando nova escola nova sociedade com uma e uma Atividade de leitura de clássicos da literatura. Pai voluntário em sala de aula. Atividade de leitura de clássicos da literatura. Pai voluntário em sala de aula. 01_IN_CA_FolderTecnico180x230_capa.indd 3 sonhando com uma nova escola e uma nova sociedade 7/24/13 2:16 PM comunidade de

Leia mais

11. A importância da produtividade e eficiência no Pós-Venda

11. A importância da produtividade e eficiência no Pós-Venda CURSOS FENABRAVE 1. Bem vindo ao setor automotivo 2. Relacionamento Interpessoal e Equipes de Trabalho 3. Qualidade no Atendimento ao cliente no Pós-Venda 4. Qualidade no Atendimento ao cliente em Vendas

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

PROPOSTA PEDAGOGICA CENETEC Educação Profissional. Índice Sistemático. Capitulo I Da apresentação...02. Capitulo II

PROPOSTA PEDAGOGICA CENETEC Educação Profissional. Índice Sistemático. Capitulo I Da apresentação...02. Capitulo II Índice Sistemático Capitulo I Da apresentação...02 Capitulo II Dos objetivos da proposta pedagógica...02 Capitulo III Dos fundamentos da proposta pedagógica...02 Capitulo IV Da sinopse histórica...03 Capitulo

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 51/2014 UNIFESSPA, DE 21 DE JULHO DE 2014 ANEXO I

Leia mais

PÚBLICO ALVO: Todos os profissionais da área de agenciamento de viagens.

PÚBLICO ALVO: Todos os profissionais da área de agenciamento de viagens. 6. Gestão Empresarial 6.1 Inovando para crescer: turismo nos novos tempos INSTRUTOR(A): Carlos Silvério Todos os profissionais da área de agenciamento de viagens. Proporcionar uma reflexão sobre o panorama

Leia mais

Resumo Aula-tema 08: Ideário ético. Desafios, questionamentos e propostas.

Resumo Aula-tema 08: Ideário ético. Desafios, questionamentos e propostas. Resumo Aula-tema 08: Ideário ético. Desafios, questionamentos e propostas. O ideário ético é um conjunto essencial de valores que deve ser conscientizado por todos na Organização para que se consiga implantar

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS

COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS RESUMO Priscila Alves Moreira Robésio Teixeira Gomes Partindo do pressuposto de que o coaching

Leia mais

Qualidade de Vida no Trabalho

Qualidade de Vida no Trabalho 1 Qualidade de Vida no Trabalho Alessandra Cristina Rubio¹ Thiago Silva Guimarães² Simone Cristina Fernandes Naves³ RESUMO O presente artigo tem como tema central a Qualidade de Vida no Trabalho, com um

Leia mais

Discutir liderança feminina em pleno século

Discutir liderança feminina em pleno século Liderança feminina Discutir liderança feminina em pleno século XXI parece ultrapassado, mas apenas agora as mulheres começam a ser reconhecidas como líderes eficazes. Somente neste século o reconhecimento

Leia mais

COACHING: UMA NOVA FERRAMENTA PARA O SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA.

COACHING: UMA NOVA FERRAMENTA PARA O SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA. COACHING: UMA NOVA FERRAMENTA PARA O SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA. Prof. Dr. Edson Marques Oliveira, Doutor em Serviço Social pela Unesp-Franca-SP, mestre em Serviço Social pela PUC-SP e bacharel em Serviço

Leia mais

Corpo e Fala EMPRESAS

Corpo e Fala EMPRESAS Corpo e Fala EMPRESAS A Corpo e Fala Empresas é o braço de serviços voltado para o desenvolvimento das pessoas dentro das organizações. Embasado nos pilares institucionais do negócio, ele está estruturado

Leia mais

QUEM SOMOS. Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa.

QUEM SOMOS. Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa. QUEM SOMOS Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa. Há mais de 10 anos desenvolvemos soluções para recursos humanos e administração estratégica.

Leia mais

Coleção ajuda no sucesso profissional

Coleção ajuda no sucesso profissional COLEÇÃO Unic Josafá Vilarouca Renata Tomasetti (11) 5051-6639 josafa@unicbuilding.com.br renata@unicbuilding.com.br Coleção ajuda no sucesso profissional Série lançada pela Publifolha possui 36 títulos,

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO Porto Alegre RS Abril 2010 Bianca Smith Pilla Instituto Federal de Educação,

Leia mais

INFLUÊNCIAS DE APARELHOS DIGITAIS MÓVEIS NO PROCESSO ENSINO - APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1

INFLUÊNCIAS DE APARELHOS DIGITAIS MÓVEIS NO PROCESSO ENSINO - APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 Resumo: INFLUÊNCIAS DE APARELHOS DIGITAIS MÓVEIS NO PROCESSO ENSINO - APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 QUEIROZ, Joyce Duarte joyceduart@hotmail.com QUEIROZ, Antônia Márcia Duarte Instituto

Leia mais

Como comprar o seu imóvel. Um jeito único de vender.

Como comprar o seu imóvel. Um jeito único de vender. Como comprar o seu imóvel Um jeito único de vender. NOSSA MISSÃO A Impacto Engenharia investe constantemente em um relacionamento mais estreito com seus clientes e assim oferece um jeito único de servir,

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Empreendedorismo de Negócios com Informática

Empreendedorismo de Negócios com Informática Empreendedorismo de Negócios com Informática Aula 5 Cultura Organizacional para Inovação Empreendedorismo de Negócios com Informática - Cultura Organizacional para Inovação 1 Conteúdo Intraempreendedorismo

Leia mais

Liderança Pessoal para alunos do ensino superior: novos paradigmas para ensino, aprendizagem e carreira.

Liderança Pessoal para alunos do ensino superior: novos paradigmas para ensino, aprendizagem e carreira. Liderança Pessoal para alunos do ensino superior: novos paradigmas para ensino, aprendizagem e carreira. Escrito por: Maria de Lurdes Zamora Damião e Isabel Macarenco Cenário: jovens recém-formados que

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Missão, Visão e Objetivo Organizacional (Cultura Organizacional)

Estratégias em Tecnologia da Informação. Missão, Visão e Objetivo Organizacional (Cultura Organizacional) Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 2 Missão, Visão e Objetivo Organizacional (Cultura Organizacional) Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

PROJETO PEDAGÓGICO DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PROJETO PEDAGÓGICO DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO APRESENTAÇÃO O Projeto Político Pedagógico da Escola foi elaborado com a participação da comunidade escolar, professores e funcionários, voltada para a

Leia mais

OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A ESCOLA HOJE

OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A ESCOLA HOJE OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A ESCOLA HOJE KOGUT, Maria Cristina - PUCPR Cristina.k@pucpr.br SOUZA, Franciely Prudente de Oliveira - PUCPR franciely.oliveira@pucpr.br TREVISOL,

Leia mais

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA Constata-se que o novo arranjo da economia mundial provocado pelo processo de globalização tem afetado as empresas a fim de disponibilizar

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues.

Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues. Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues. Ao longo da historia da Administração, desde seus primórdios, a partir dos trabalhos de Taylor e Fayol, muito se pensou em termos

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Atendimento Eficaz ao Cliente

Atendimento Eficaz ao Cliente Atendimento Eficaz ao Cliente Aquele que conhece os outros é inteligente, Aquele que conhece a si mesmo é sábio. (Lao-Tsé, filósofo chinês, séc. IV a. C.) Conhece-te a ti mesmo. (Sócrates, filósofo grego,

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

Atividade Extra. Como fazer seu Projeto de Vida

Atividade Extra. Como fazer seu Projeto de Vida Atividade Extra Criação Andrea Fiuza - 2011 Como fazer seu Projeto de Vida Por definição projeto é um empreendimento único, com inicio e fim determinados, que utiliza recursos e é conduzido por pessoas,

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC FLORIANÓPOLIS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC FLORIANÓPOLIS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC FLORIANÓPOLIS PORTARIA DE CREDENCIAMENTO DA FACULDADE Portaria Nº 3.544 de 13 de dezembro de 2002, publicada no DOU em 16 de dezembro de 2002. Diretor da Faculdade: José Carlos

Leia mais

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS Guia CARREIRAS E SALÁRIOS em contabilidade Guia Carreiras e Salários Se você é gestor de alguma empresa contábil, está procurando melhorar sua posição profissional ou é dono de um escritório de contabilidade:

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional,

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Planejamento Estratégico e Governança Corporativa Palestras Temáticas e Motivacionais v.03/15 Neurotreinamentos Neurobusiness

Leia mais

POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 1 PROJETO CPA POLICIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 2 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Com o propósito de integrar alunos, professores e a administração, cada turma elege um

Leia mais

MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G)

MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G) MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G) Resumo: Este artigo procurou abordar o ensino da matemática na Educação Infantil através de brincadeiras,

Leia mais

RE SIGNIFICANDO A AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

RE SIGNIFICANDO A AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RE SIGNIFICANDO A AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Maria Celina Melchior Dados da autora Mestre em Educação, Avaliadora Institucional do INEP/SINAES/MEC, atuou como avaliadora in loco do Prêmio Inovação em Gestão

Leia mais

FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL. João Rodrigues de Souza

FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL. João Rodrigues de Souza FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL João Rodrigues de Souza A PSICOPEDAGOGIA E A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL CUIABÁ- MT JULHO 2015 2 RESUMO

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES Cassia Uhler FOLTRAN 1 RGM: 079313 Helen C. Alves LOURENÇO¹ RGM: 085342 Jêissi Sabta GAVIOLLI¹ RGM: 079312 Rogério Bueno ROSA¹ RGM:

Leia mais

Perfil do Líder no Paraná

Perfil do Líder no Paraná Perfil do Líder no Paraná O importante é não parar nunca de questionar Albert Einstein Em 2006, a Caliper do Brasil, empresa multinacional de consultoria em gestão estratégica de talentos, buscando inovar,

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha MODERNA.COMPARTILHA: INTEGRAR TECNOLOGIA E CONTEÚDOS A FAVOR DO APRENDIZADO. Os alunos deste século estão conectados com novas ideias, novas

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL MBA e Pós-Graduação Cursos inovadores e alinhados às tendências globais Nossos cursos seguem modelos globais e inovadores de educação. Os professores

Leia mais

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o desempenho de um indivíduo, grupo ou empresa, possibilitando o alcance de resultados planejados, através de metodologias, ferramentas e técnicas, conduzidas

Leia mais

www.avstraining.com.br

www.avstraining.com.br Apresentação A AVS Training é uma empresa cujo foco é a excelência em treinamentos corporativos. No mercado atual, a grande concorrência, o mercado globalizado e as recentes inovações tecnológicas que

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

Ajudar uma pessoa a mudar da maneira que deseja, e a ir na direção que quer.

Ajudar uma pessoa a mudar da maneira que deseja, e a ir na direção que quer. Introdução Coaching é, na prática, fornecer apoio e feedback positivo ao mesmo tempo oferecendo algum tipo de aconselhamento a um indivíduo ou grupo, a fim de levá-los a perceber as formas de melhorar

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais