I FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE MURIALDO 1º SEMESTRE DE 2014 Resumos de Trabalhos da Atividade Prática Supervisionada (APS)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE MURIALDO 1º SEMESTRE DE 2014 Resumos de Trabalhos da Atividade Prática Supervisionada (APS)"

Transcrição

1 ANAIS 1

2 I FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE MURIALDO 1º SEMESTRE DE 2014 Resumos de Trabalhos da Atividade Prática Supervisionada (APS) Organizadora Juliana Rossa Professora Coordenadora da Central de Atividade Prática Supervisionada (APS) da Faculdade Murialdo Faculdade Murialdo Caxias do Sul

3 F745a Fórum de iniciação científica da Faculdade Murialdo (2014 Caxias do Sul, RS) Anais do I Forum de iniciação científica da Faculdade Murialdo: resumos de trabalhos da atividade prática supervisionada (APS) / Organizadora Juliana Rossa Caxias do Sul, RS: Murialdo, p.: ; 30 cm. Organização de Juliana Rossa 1. Empreendedorismo social - ANAIS 2. Iniciação Científica - Fórum 3. ROSSA, Juliana (Org.) I. Título CDU: Catalogação elaborada pelo Bibliotecário Cauê Maruri Dalle Molle CRB10/1848 3

4 Equipe Editorial Juliana Rossa Roberta Lopes Augustin Pe. Joacir Della Giustina Bernardete Chiesa Ir. Pedro Paulo da Silva Agradecimento: Rodrigo Pauletti (bolsista acadêmico de Sistemas para Internet) 4

5 Pe. Ernesto Camerini Presidente da Mantenedora Pe. Joacir Della Giustina Diretor Pe. Raimundo Pauletti Vice-Diretor Ir. Pedro Paulo da Silva Secretário Executivo e Coordenador de Extensão e Pós-Graduação Pe. Adelar Francisco Dias Tesoureiro Verônica Mantovani Baldasso Secretária Geral Profª Roberta L. Augustin Coordenadora Acadêmico-Pedagógica Profª. Margarete Luisa Arbugeri Menegotto Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração Prof. Flavio Gomes de Oliveira Coordenador do Curso de Tecnólogo em Agronegócio Profª. Marinês Refosco Severo Bertola Coordenadora do Curso de Tecnólogo em Sistemas para Internet Prof. Rafael Festugatto Coordenador do Curso de Bacharelado em Medicina Veterinária Profª. Janay Caon Pieruccini Coordenador do Curso de Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos Prof. Pedro Paulo da Silva Junior Coordenador do Curso de Licenciatura em Pedagogia Bernardete Chiesa Coordenadora de Comunicação e Marketing Elaine Sironi Supervisora de Atendimento ao Cliente Clarissa Padovani Bibliotecária Vivian Krindges Coordenadora de Recursos Humanos 5

6 APRESENTAÇÃO É com muita satisfação que apresentamos os anais dos resumos dos trabalhos apresentados por 58 grupos de acadêmicos 1 no I Fórum de Iniciação Científica da Faculdade Murialdo, realizado nos dias 24 e 25 de junho de Podemos afirmar que, após dois anos de importantes vivências com a realização das Atividades Práticas Supervisionadas (APSs) 2 Institucionais, percebemos que a iniciação científica ganhou maturidade na FAMUR. E muito desse sucesso deve-se às experiências desenvolvidas com o já consolidado Seminário de Empreendedorismo Social 3, que chegou à sua quinta edição nesta primeira edição do Fórum. Esses são eventos de grande valor, pois são neles que nossos acadêmicos apresentam os resultados de suas APSs. Nascida em 2012, a Faculdade Murialdo passa por um contínuo aumento no número de acadêmicos matriculados. Até o segundo semestre de 2013, algumas das Atividades Práticas Supervisionadas eram realizadas de forma interdisciplinar, inclusive intercursos. Com essa demanda crescente, houve a necessidade de se pensar a execução das APSs dentro de cada curso, inseridas em um contexto institucional. Assim, articulou-se um novo projeto para as Atividades Práticas Supervisionadas, com todas as ações executadas dentro de cada um dos seus três cursos: Administração, Sistemas para Internet e Agronegócio. É válido se ressaltar que a Atividade Prática Supervisionada (APS) Institucional da FAMUR é uma ação baseada nas vivências dos acadêmicos em formação. Assim, pretende-se vislumbrar novas perspectivas de atuação profissional em consonância com o perfil desejado do egresso. Destacamos que essa atividade tem como premissa executar a transversalidade do currículo dos cursos de graduação. Para tal, a FAMUR articula a APS Institucional como uma ação interdisciplinar que tem como objetivo desenvolver a formação integral para alcançar 1 Cada grupo, em média, teve três integrantes do mesmo curso de graduação. 2 A Atividade Prática Supervisionada (APS) é uma atividade de ensino investigativo que o acadêmico deve realizar, extraclasse, todos os semestres, sob a orientação de um professor orientador. A APS é regulamentada pela Resolução Nº 3, de 2 de julho de 2007 do Ministério da Educação. 3 Ver publicação de anais da I, II, III e IV edições do SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO SOCIAL DA FACULDADE MURIALDO (2012 e 2013). 6

7 um egresso socialmente responsável e crítico-reflexivo na sua área de atuação profissional. Para isso, a APS Institucional é organizada em cada curso de graduação como uma ferramenta que compõe as seguintes orientações institucionais: a) todos os cursos de graduação têm em sua construção a matriz curricular orientada por eixos temáticos e temáticas voltadas para os perfis desejados; b) para o desenvolvimento do perfil institucional, os cursos têm a obrigatoriedade de, nos dois primeiros semestres do acadêmico, executar as atividades de ensino referentes ao eixo temático: Empreendedorismo Social - com as temáticas de Responsabilidade Social e Socioambiental; c) a partir do terceiro semestre do acadêmico, o eixo temático volta-se às temáticas de interesse de atuação profissional, contemplando, dessa forma, a perspectiva teórico-prática descrita acima; d) para essa execução, a atividade de ensino identificada APS Institucional compõe a avaliação de todos os componentes curriculares, nos quais o acadêmico está matriculado, tendo como peso avaliativo 2,5 sobre dez. Sistemática de desenvolvimento das Atividades Práticas Supervisionadas Institucionais 1º semestre Eixo Temático Temática Empreendedorismo Social Responsabilidade Social 2º semestre Eixo Temático Temática Empreendedorismo Social Responsabilidade Socioambiental A partir do 3º semestre Eixo Temático Temática Profissional Específica para cada curso, conforme as diretrizes dos seus componentes curriculares 7

8 Esse processo está em consonância com as orientações pedagógicas institucionais, que procuram instigar o pensamento crítico a respeito da realidade social em que vivemos. A execução dos processos de aprendizagem está pautada na problematização, construindo saberes a partir de situações reais, suscitadoras da dúvida científica, tencionando teoria e prática. Dessa forma, são utilizadas ferramentas de ensino para uma significativa construção do conhecimento, por meio de uma visão interdisciplinar que tem como objetivos: a) fazer com que o aluno perceba as interligações entre os conteúdos dos componentes curriculares; b) fomentar a cultura da pesquisa acadêmica e profissional; c) realizar estudos de campo em casos práticos, junto às empresas públicas e privadas; d) possibilitar a aplicação prática dos conhecimentos construídos em sala de aula; e) fomentar o pensamento crítico dos alunos. Acreditamos que é esse o caminho para a consolidação do perfil do nosso egresso, por meio de um ensino investigativo que visa, na vivência, a integração entre ensino, pesquisa e extensão. Roberta Lopes Augustin Professora Coordenadora Acadêmico-Pedagógica Juliana Rossa Professora Coordenadora da Central de Atividade Prática Supervisionada (APS) 8

9 SUMÁRIO I FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA V SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO SOCIAL...12 CURSO: SISTEMAS PARA INTERNET Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social Passado moldando o Futuro Considerações acerca dos aplicativos tradutores de Libras Avaliação do app Headmouse: acessibilidade digital para pessoas mobilidade reduzida Alfabetização digital de crianças das Casas Lares Murialdo Faça o bem Construção social assistencial para Lar de Idosos provida através de jogos de futebol beneficente Temática: Responsabilidade Socioambiental Recicle-Sites informativo sobre locais e formas de reciclagem Biblioteca virtual FAMUR Greengo Construção de minisisterna para aproveitamento da agua da chuva nas instituições Casas Lar Assistência socioambiental a uma escola de ensino fundamental, baseando-se na utilização de materiais recicláveis CURSO: AGRONEGÓCIO Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social Desenvolvendo Qualidade de Vida com a Natureza Reciclando o presente, preservando o futuro Biblioteca: um lugar para ler, aprender e conviver Aquecendo seu Coração Somos todos iguais - APAE de Cambará Cultivando o saber Jogos educativos: ferrametas de lazer e educação Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Socioambiental Aumentar a vida util do aterro sanitário de Caxias do Sul Sustentabilidade da safra recorde brasileira - Soja

10 CURSO: ADMINISTRAÇÃO Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social O sorriso deles quem faz é você #Crianças on line:concetando as crianças da Casa Lar Casa segura:um estudo sobre os fatores de risco de queda de idosos em domicilios Leitos hospitalares para idosos na cidade de Caxias do Sul - Um panorama entre o SUS e a Saúde Suplementar Viver: arrecadação de alimentos para a Casa Lar Colorizando momentos Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social Somos todos padrinhos Despertando a Vontade De Fazer o Bem Lei sobre inclusão de PCDs: conchecer para respeitar Inverno Limpo e sem Fome Mais comida para quem precisa: estratégias para o Banco de Alimentos de Caxias do Sul 24 Triturar para bem alimentar:campanha para doação de liquidificadores para as Casas Lar 24 Crianças no Desenvolvimentos Social:uma proposta para o Banco de Alimentos de Caxias do Sul Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Socioambiental Cascalho Ecológico Práticas de tratamento de residuos liquidos: um estudo de caso da empresa Conventya A sustentabilidade da maior fabricante de cosméticos do Brasil: Natura Captação de água da chuva e sistemas de aquecimento de água com garrafas pet Lojística reversa de resíduos sólidos I FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA (APS) INSTITUCIONAL: TEMÁTICAS PROFISSIONAIS CURSO SISTEMAS PARA INTERNET Eixo temático: Análise e Projeto de Sistemas Web Temática: Projeto de Aplicações Web Blog Assistência Social CRAS Esperança - Flores da Cunha - RS Análise do projeto de sistemas de agendamento para clínica odontológica PrevMAster: um estudo de caso

11 CURSO AGRONEGÓCIO Eixo temático: Profissional Temática: Fruticultura/Olericultura Alternativas para os produtos da uva Mecanização na Fruticultura Oliveiras:uma nova alternativa na cadeia produtiva do Agronegócio CURSO ADMINISTRAÇÃO Eixo temático: Profissional Temática: Empreendedorismo Spé: o spa do pé O inverno que aquece as vendas Assessoria de imprensa: um estudo sob forma de plano de negócios O impacto dos custos da saúde privada Como nasce um empreendedor Churrasco Tchê Planejamento tributário: formas de tributação Eixo temático: Profissional Temática: Liderança Identificando lideranças no mercado de Caxias do Sul A liderança na gestão organiza empowerment. Dar poder "A" A importância da liderança no meio rural A importância da capacitação dos gestores em liderança e gestão de equipes O foco: o estudo, a inclusão dos PPDs no ambiente organizacional Como desenvolver líderes com diferencial competitivo Liderança: o líder coach O que é mais importante planejar ou executar?

12 1 I FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA V SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO SOCIAL Resumo dos Trabalhos CURSO: SISTEMAS PARA INTERNET Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social Data: 24 de junho de 2014 Local: Sala de aula Banca avaliadora: Rosana R. P. Tondolo/ Paulo Braz/ Joacir Della Giustina 1) Título: Passado moldando o Futuro Autores: Leonardo Silva, Fabio Paim Barboza, Iago Palhano Borges Professor orientador: Claudio Cristiano Liell Resumo: Após visita do grupo ao projeto Entidade de Assistência à Criança e ao Adolescente (ENCA), em Caxias do Sul, percebeu-se a necessidade de ações de recreação aos sábados para os atendidos. Dessa forma, programou-se uma série de atividades com o trabalho voluntário do próprio grupo, como medida para suprir a falta de profissionais na Instituição. Dentre as atividades, estão a exibição de desenhos antigos, da época da infância dos integrantes do grupo, e oficinas de pintura. Além disso, planejou-se auxílio na limpeza do local. Até o momento, já foram realizadas cinco visitas com trabalho voluntário. 2) Título: Considerações acerca dos aplicativos tradutores de Libras Autores: Diogo Barboza, Édipo Correa dos Santos, Fernando Bernarde Vieira Professor orientador: Ingrid Lopes Augustin Resumo: Este projeto visa elaborar um quadro com considerações a respeito dos aplicativos tradutores disponíveis na internet, que facilitam o conhecimento da Língua Brasileira de Sinais Libras. Assim, pretende-se criar um recurso importante 12

13 para as pessoas que necessitam da comunicação com deficientes auditivos. Como o aprendizado de tal língua não é algo que possuímos no nosso dia a dia ou por indisponibilidade particular, apontou-se então, alguns aplicativos que podem auxiliar esse intermédio. Desta forma, após a análise das considerações feitas, temos o intuito de divulgar os resultados à comunidade. 3) Título: Avaliação do aplicativo Headmouse:acessibilidade digital para pessoas mobilidade reduzida Autores: Irlane Evangelista de Jesus, Paulo Ricardo Lopes Rodrigues, Everton de Souza Professor orientador: Ingrid Lopes Augustin Resumo: O presente projeto tem como intuito avaliar e construir considerações a cerca do aplicativo HeadMouse. O aplicativo HeadMouse auxilia e permite que as pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida possam usar o computador e navegar pela internet de forma independente, sem ajuda de outras pessoas. Dessa forma, essas pessoas podem integrar-se à sociedade de maneira mais igualitária, através de recursos tecnológicos e de comunicação. 4) Título: Alfabetização digital de crianças das Casas Lares Murialdo Autores: Cristiano Diniz Pinto, Jaymes Forcelini Professor orientador: Marinês Refosco Severo Resumo: Efetivar uma ação social através da capacitação de informática básica às crianças e adolescentes abrigados nas Casa Lar Murialdo é o objetivo deste projeto. Além disso, o projeto considera o engajamento de alunos da FAMUR como instrutores voluntários dos cursos, podendo reverter essa atividade em horas complementares do seu curso, conforme regulamento da Instituição. O intuito é beneficiar colaboradores, crianças, acadêmicos e a comunidade, que, indiretamente, também será agraciada pelo projeto. 5) Título: Faça o bem Autores: Matheus Orlandi Barbosa, Marcos Cazanato Rodrigues, Vítor Traut Professor orientador: Peter Rizzon Resumo: Entende-se que a tecnologia pode ser aliada à integração social e distribuição de recursos para organizações sociais e filantrópicas. Este projeto tem 13

14 como objetivo auxiliar todo tipo de instituições sociais como Casas Lares, asilos, orfanatos e ONG s que auxiliam pessoas com carência de recursos financeiros, deficiências físicas ou mentais, ou outros problemas sociais. Pretende-se criar um site e um aplicativo que irão angariar fundos para ajudar a essas instituições previamente cadastradas no site. 6) Título: Construção social assistencial para Lar de Idosos provida através de jogos de futebol beneficente Autores: Alexandre Ghiotti, Jonathan Bolzan Mariane, Mateus da Silva Rodrigues Professor orientador: Tatiele Bolson Moro Resumo: Este trabalho apresenta um estudo de caso, que inclui a realização de entrevistas e questionários, análise e projeto com modelo lógico e de classes. O objetivo é a construção de um Sistema de Agendamento de Consultas Odontológicas. Com ele, será possível aperfeiçoar o fluxo de pacientes e a organização do trabalho da Clínica PrevMaster, além de disponibilizar maior flexibilidade nos agendamentos e assim melhor controlar a prestação de serviços oferecidos pela mesma. Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Socioambiental Data: 25 de junho de 2014 Local: Sala de aula Banca avaliadora: Nilton Camargo/ Marines R. Severo/ Everaldo L. Daronco 1) Título: Recicle-Sites informativo sobre locais e formas de reciclagem Autores: Márcio Balotin, Josiane Gonçalves Rodrigues, James de Vargas Rodrigues Professor orientador: Nilton Camargo Resumo: O objetivo do projeto é informar a maneira correta de descarte de diversos tipos de materiais, fornecendo informações de locais e contatos com as empresas responsáveis por realizar esse serviço. Para tanto, realizou-se contato direto com fornecedores para obtenção de informações. Como resultado das pesquisas, foi criado um site com as devidas informações para o consumidor poder exercer seus 14

15 direitos como cidadão com consciência ambiental. Concluiu-se que o projeto contribui para sanar uma das maiores dificuldades dos consumidores que é a falta de informações por parte dos fornecedores e também evitar o descarte de produtos em locais que possam contaminar e prejudicar o meio ambiente. 2) Título: Biblioteca virtual FAMUR Autores: Marcelo de Castro Pagnon, Juan Carlos Paulino da Silva, Rodrigo Pauletti Professor orientador: Nilton Camargo Resumo: A oferta de e-books hoje é muito grande na internet. Em vista disso, este projeto tem como objetivo aproximar, possibilitar e facilitar que as pessoas tenham acesso a esses livros em um único ambiente. Para isso, este trabalho prevê a aquisição de um servidor e de um software. Para a customização do mesmo haverá a contribuição dos acadêmicos do curso de Sistemas para Internet, com auxílio da bibliotecária. 3) Título: Greengo Autores: Jones Heckler, Mayron Dal'la Santa de Carvalho, Rafael Nora Junior Professor orientador: Peter Rizzon Resumo: Fundamentado no alto consumo de combustíveis e seus respectivos impactos no ambiente e na sociedade de consumo de um modo geral, este projeto visa otimizar a utilização de automóveis nos espaços urbanos, com a finalidade de reduzir o número de veículos, refletindo no tempo de deslocamento gerado pelo menor tráfego. Pretende-se reduzir os custos de deslocamento, realizando a divisão dos valores, tudo isso facilitado por um aplicativo que será desenvolvido para utilização em computadores e em dispositivos móveis. O aplicatico disponibilizará informações compartilhadas de rotas e horários, bem como contato de pessoas interessadas em participar dessa forma verde de locomoção. 4) Título: Construção de minisisterna para aproveitamento da agua da chuva nas instituições Casas Lar Autores: Valquiria Cristina dos Santos, Patrick Rasia Professor orientador: Rafael Denicol Resumo: As instituições públicas e privadas estão em permanente movimento em busca da sustentabilidade e devem gerenciar de modo conjunto os impactos 15

16 econômicos e sociais no meio ambiente. Nesse sentido, o objetivo central desta pesquisa é analisar a construção de minicisternas e propor suas instalações nas seis Casas Lares mantidas pelo Instituto Leonardo Murialdo. Dessa forma, pretende-se diminuir o consumo de água potável nas Casas Lares; reaproveitar as águas da chuva para a descarga do vaso sanitário, lavagem de carro e pátio, rega de hortas e jardins; e garantir maior economia financeira para a Instituição. 5) Título: Assistência socioambiental a uma escola de ensino fundamental, baseando-se na utilização de materiais recicláveis Autores: Ricardo Busnello, Laerte Leandro dos Reis, Andressa Scariot Professor orientador: Tatiele Bolson Moro Resumo: Este projeto apresenta as atividades desenvolvidas com uma turma de sexta série em uma Escola de Ensino Fundamental Estadual. O grupo realizou palestra, apresentação de vídeo e uma brincadeira de para se trabalhar a consciência ambiental nos adolescentes e, posteriormente, desenvolveu-se com os alunos a criação do jogo Torre de Hanói, com material reciclado. Também foram apresentadas novas possibilidades de criação de jogos com materiais reciclados, como garrafa pet, por exemplo. CURSO: AGRONEGÓCIO Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social Data: 24 de junho de 2014 Local: Sala de aula Banca avaliadora: Nicolas M. Rodrigo/Bernadete Chiesa/Ingrid. R. L. Augustin 1) Título: Desenvolvendo Qualidade de Vida com a Natureza Autores: Rudimar Jose Menegoto, André Turella, Darci Sadi Menegotto Professor orientador: Carmo Andre Meinertz 16

17 Resumo: O objetivo deste projeto é possibilitar que os atendidos na Casa Lar Murialdo conheçam a realidade de como se produz alimentos em uma horta caseira, em convívio com a natureza, de uma forma com que elas possam realizar atividades pedagógicas diferentes do dia a dia. As crianças e adolescentes acompanharão todo trabalho, desde o preparo do solo, o plantio, o desenvolvimento, a produção, a colheita e, por fim, o consumo dos alimentos saudáveis. 2) Título: Reciclando o presente, preservando o futuro Autores: Jaqueline de Almeida, Valdir Antonio Maia, Alisson Paim da Silva Professor orientador: Carmo Andre Meinertz Resumo: O presente projeto consiste no trabalho de conscientização ambiental, por meio do trabalhado de separação, descarte e destino final do lixo doméstico produzido na Casa Lar Murialdo. O grupo realizará visitas ao local e entregará materiais impressos explicativos, os quais fornecerão informações sobre a reciclagem adequada do lixo doméstico. Num próximo encontro ocorrerá uma prática de separação do lixo seletivo. Também haverá a confecção de brinquedos feitos com as sucatas. No último encontro será realizada uma prática com o lixo orgânico, com a execução de compostagem na horta da casa. 3) Título: Biblioteca: um lugar para ler, aprender e conviver Autores: Pamela Tais Oliveira, Josué Gonçalvino Perini, Érica Almeida de Aguiar Professor orientador: Claudio Cristiano Liell Resumo: Em visita à Casa Lar Murialdo, percebeu-se que as crianças e adolescentes atendidos no local poderiam ter uma biblioteca para estudos em melhor estado. Assim, o grupo elaborou este projeto com o objetivo de reformar a biblioteca, deixando o ambiente mais aconchegante. Pretende-se organizar o local, fazer uma campanha para arrecadação de livros e realizar nova pintura nas paredes. 4) Título: Aquecendo seu Coração Autores: Valdiane de Castilhos,Tulio Cardoso Andrade Professor orientador: Claudio Cristiano Liell Resumo: Nosso projeto vem para aquecer nesse frio da Serra as crianças de Casa Lar nº5. Essa casa vem recebendo auxilio de algumas pessoas, mas após a visita e 17

18 conversa com o coordenador Eloy, coordenador do local, uma das dificuldades nesse inverno é em relação à falta de cobertores e agasalhos. Então, comovidos com as histórias de algumas crianças, resolvemos buscar auxilio, através de campanhas de arrecadação, e meta do grupo já está sendo foi alcançada, pois já arrecadaram-se roupas e cobertores, conforme a necessidade da casa Lar. No dia16 de junho realizamos a entrega de alguns cobertores e agasalhos à Casa Lar. Ver o sorriso e os olhos brilhando das crianças com os novos cobertores foi inesquecível. Daqui para frente, o grupo fará novas campanhas e continuará auxiliando a casa e as crianças. 5) Título: Somos todos iguais - APAE de Cambará Autores: Claudio de Oliveira Reis Júnior, Cassiano de Oliveira Quadros, Marilia de Souza Castilhos Professor orientador: Joacir Della Giustina Resumo: Após visita à APAE de Cambará, o grupo identificou a necessidade de recursos financeiros para o bom desenvolvimento das atividades da Instituição. Assim, criou-se uma rifa beneficente, tendo como prêmio um leitão, doado por um colaborador. Diversas pessoas colaboraram com a ação, como colegas da FAMUR, parentes e amigos. 6) Título: Cultivando o saber Autores: Rafael Henz, Mikael Andreetta Cearon, Daniel Vieira Trindade Professor orientador: Juliana Rossa Resumo: O projeto Cultivando o Saber foi criado e desenvolvido com o intuito de incentivar as crianças acolhidas na Casa Lar Murialdo, e demais envolvidos, a cultivarem seus próprios alimentos em um espaço que anteriormente era considerado ocioso e sem aplicação, reduzindo assim os custos alimentícios e desenvolvendo-se um conhecimento novo e de valor imensurável para o futuro. Com o objetivo de criar um pensamento ecológico e sustentável, foi realizada uma oficina, na qual as crianças e envolvidos puderam aprender de que forma se realiza a implantação de uma horta vertical. Além disso, nessa oficina, as crianças, dispondo de tintas e pincéis, realizaram a pintura das garrafas pet. 18

19 7) Título: Jogos educativos: ferrametas de lazer e educação Autores: Maria Teles, Noeli Basso, Paulo Roberto Mauri Professor orientador: Juliana Rossa Resumo: O projeto consiste na arrecadação de recursos financeiros para aquisição de jogos educativos para entretenimento de crianças e adolescentes das Casas Lares Murialdo nas horas vagas. Atualmente, identificou-se que os mesmos possuem televisão como forma de lazer. Na etapa inicial, serão arrecadados recursos, após será efetuada a compra desses jogos e distribuídos nas Casas Lares. Após algum tempo será feito um levantamento dos resultados de satisfação obtidos com essa implementação dos jogos. Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Socioambiental Data: 25 de junho de 2014 Local: Sala de aula Banca avaliadora: Flavio Gomes de Oliveira/ Nicolas M. Rodirgo/ Murilo Santos 1) Título: Aumentar a vida util do aterro sanitário de Caxias do Sul Autores: Tânia Maria Bof, Plinio Casagrande, João Pedro Feijo Macedo Professor orientador: Nicolas Miguel Rodrigo Resumo: Este projeto tem como objetivo encontrar alternativas para o tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos com vista a aumentar a vida útil do aterro sanitário da cidade de Caxias do Sul. A pesquisa descreve a história da urbanização do país e da cidade, a competência legislativa e legislação referente à disposição e tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos. Mostra entrevistas que relatam pontos de vista, ideias e formas de trabalho de pessoas e instituições que tratam desses resíduos na cidade. 2) Título: Sustentabilidade da safra recorde brasileira - Soja Autores: Douglas César Bernardi, Vinicius Henrique Mattana Piccoli, Mateus Abreu da Silveira 19

20 Professor orientador: Nicolas Miguel Rodrigo Resumo: Este trabalho visa apresentar dados referentes à safra recorde da soja no Brasil no período do primeiro semestre de Apresenta-se um levantamento bibliográfico referente às principais regiões produtoras, como é o caso do Rio Grande do Sul. Destaca-se a questão da preocupação com a sustentabilidade no processo do desenvolvimento econômico da cadeia da soja no País. CURSO: ADMINISTRAÇÃO Eixo temático: Empreendedorismo Social Temática: Responsabilidade Social Data: 25 de junho de 2014 Local: Sala de aula Banca avaliadora: Paulo Braz/Carmo Meinertz/ Gládis Bortoli 1) Título: O sorriso deles quem faz é você Autores: Claudiane Fenner, Gabriela Galafassi de Lima, Jéssica de Melo Caregnato Professor orientador: Bernardete Chiesa Resumo: Este projeto busca melhorar a qualidade de vida aos idosos do Lar da Velhice São Francisco, através da arrecadação de alimentos, materiais de higiene, limpeza e medicamentos, além da realização de visitas semanais aos idosos, auxiliando-os no corte das unhas, arrumação dos cabelos, higiene bucal, entre outros cuidados. Também, o grupo pretende dar atenção, carinho, abraços e ouvir as histórias de vida dos idosos que possuem uma vida cheia de experiência, marcados pela saudade de seus familiares. 2) Título: #Crianças on line: concetando as crianças da Casa Lar Autores: Débora Cristina Maciel Keiel, Lisandra Silva Affonso, Tainara Sirene Professor orientador: Carmo Andre Meinertz Resumo: Em visita a Casa Família Lar, foi identificada a falta de recursos na sala de estudos da instituição, com carência de computadores, sendo estes mecanismos importantes para o desenvolvimento da aprendizagem das crianças e adolescentes, 20

21 assim como a inserção delas na sociedade, em ambiente escolar e familiar. O grupo contou com o apoio das empresas Coopertech Informática, que doou mão-de-obra, Usina Materiais Elétricos, com a doação de material elétrico, e o Sindilojas, com a doação dos microcomputadores e telas usadas. Assim, houve a instalação completa dos computadores, reconstruindo e instalando novos pontos da internet, além da substituição da rede telefônica. 3) Título: Casa segura:um estudo sobre os fatores de risco de queda de idosos em domicilios Autores: Daisy Rossi, Maria Vaniza Schwartzhaupt Rigotti, Felipe Mollardi Almeida Professor orientador: Darla Ranna Resumo: O presente projeto visa adequação dos sanitários dos idosos atendidos pelo CAI (Centro de Atendimento a Idosos) de Caxias do Sul, com a instalação de barras de apoio próximo ao vaso sanitário, dentro da área do chuveiro e próximo à pia, uma vez que, conforme estudos recentes, as áreas de piso escorregadio, como os banheiros, apresentam o maior índice de queda de pessoas idosas. 4) Título: Leitos hospitalares para idosos na cidade de Caxias do Sul - Um panorama entre o SUS e a Saúde Suplementar Autores: Etiele Gimenes Rocha Professor orientador: Darla Ranna Resumo: O Brasil, por ser um país em desenvolvimento, tem muito a melhorar em relação à saúde e bem-estar do idoso. O idoso tem mais vulnerabilidade a doenças e agravos crônicos não transmissíveis, e uma doença simples pode acabar se tornando um grande incômodo. Em meados da década de 90, foi criado e aperfeiçoado o Estatuto do Idoso, que oportunizou discussões importantes sobre o tema. Em Caxias do Sul existem leitos, pelo SUS e 835 pela saúde suplementar. Em pesquisa feita para este trabalho, identificou-se que nenhum dos hospitais possui quartos exclusivos para idosos, mas todos têm atendimento e adaptação para o mesmo. 21

Banca avaliadora: prof. Diogo Zapparoli Manenti (Coord.) e prof. Padre Geraldo e D

Banca avaliadora: prof. Diogo Zapparoli Manenti (Coord.) e prof. Padre Geraldo e D Dia: //0 - terça-feira Sala: 0 Banca avaliadora: prof. Diogo Zapparoli Manenti (Coord.) e prof. Padre Geraldo e D Eixo temático Temática Título Comnentes Resnsabilid ade Ong Gênesis Consultoria Marcelo

Leia mais

III FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO DIA 25/06/2015 LOCAL: SALA 203

III FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO DIA 25/06/2015 LOCAL: SALA 203 LOCAL: SALA 203 BANCA: Prof. Peter (Coord. Banca) e Prof. Mauricio CURSO: SISTEMAS PARA INTERNET 1 Profissional: Análise e Projeto 2 Profissional: Análise e Projeto 3 Profissional: Análise e Projeto 4

Leia mais

ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL

ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL Izelia Mayara Maia CASTELLAIN 1, Vitória Imai AMORIM 1, Professora coordenadora Michele C. AREND 2 Identificação autores: 1 Aluna Bolsista PIBIC-EM/CNPq IFC-Campus Camboriú,

Leia mais

ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL

ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL MENDONÇA, Ana Maria Gonçalves Duarte. Universidade Federal de Campina Grande. E-mail: Ana.duartemendonca@gmail.com RESUMO

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: O CASO DE UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: O CASO DE UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: O CASO DE UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA Angelica Raquel Negrele de Faria (UNICENTRO), Izamara de Oliveira Ferreira (UNICENTRO), Prof. Silvio Roberto Stefano (Orientador),

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Lixo que não é Lixo

Mostra de Projetos 2011. Lixo que não é Lixo Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Lixo que não é Lixo Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: APMF Escola Municipal Plínio

Leia mais

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto?

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto? Projetos Sociais da Faculdade Campo Real A promoção da cidadania é qualidade de toda instituição de ensino consciente de sua relevância e capacidade de atuação social. Considerando a importância da Faculdade

Leia mais

O ENSINO DA GEOGRAFIA NA INTERFACE DA PEDAGOGIA DE PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS E DO MACROCAMPO INTEGRAÇÃO CURRICULAR.

O ENSINO DA GEOGRAFIA NA INTERFACE DA PEDAGOGIA DE PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS E DO MACROCAMPO INTEGRAÇÃO CURRICULAR. O ENSINO DA GEOGRAFIA NA INTERFACE DA PEDAGOGIA DE PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS E DO MACROCAMPO INTEGRAÇÃO CURRICULAR. Wedell Jackson de Caldas Monteiro E.E.M.I. Auzanir Lacerda wedellprofessor@gmail.com Nadia

Leia mais

Projeto Escola com Celular

Projeto Escola com Celular Projeto Escola com Celular Rede Social de Sustentabilidade Autores: Beatriz Scavazza, Fernando Silva, Ghisleine Trigo, Luis Marcio Barbosa e Renata Simões 1 Resumo: O projeto ESCOLA COM CELULAR propõe

Leia mais

ARTIGO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO

ARTIGO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO ARTIGO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO Resumo: O presente artigo pretende refletir sobre os problemas ambientais em nossa sociedade, em especial, sobre o

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

29 de novembro de 2013 SUMÁRIO

29 de novembro de 2013 SUMÁRIO Câmpus Alfenas 29 de novembro de 2013 SUMÁRIO GRUPO 1: Aline, Angélica, Daniele, Eliana, Fabiana e Juciara... 2 GRUPO 2: Danielle, Fernanda, Izilda, Luciene, Luísa, Mariana, Rosana, Sidnea, Viviane Carvalho

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

PROBLEMÁTICA DO LIXO: PEQUENAS ATITUDES, UM BOM COMEÇO

PROBLEMÁTICA DO LIXO: PEQUENAS ATITUDES, UM BOM COMEÇO PROBLEMÁTICA DO LIXO: PEQUENAS ATITUDES, UM BOM COMEÇO Janelene Freire Diniz, Adeilton Padre de Paz, Hellen Regina Guimarães da Silva, Verônica Evangelista de Lima RESUMO Departamento de Química, Universidade

Leia mais

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Elaborada pela Diretoria de Assuntos Estudantis 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias

Leia mais

III FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO DIA 23/06/2015 LOCAL: SALA 201

III FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO DIA 23/06/2015 LOCAL: SALA 201 LOCAL: SALA 201 BANCA: Profa. Janay Pieruccini (Coord. de Banca) e Profa. Pavlova Leonardelli CURSO: RECURSOS HUMANOS 1 2 3 4 5 Empreendedorismo Socioambiental Graziela Isoton, Jucéli Lemos. Empreendedorismo

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário: Allyson Pacelli (83) 88252115 e Mariana Oliveira.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário: Allyson Pacelli (83) 88252115 e Mariana Oliveira. Dados da empresa PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Razão Social: Capacita Empreendimentos Educacionais Nome Fantasia: SOS Educação Profissional

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

Polo de Valoração - Crateús

Polo de Valoração - Crateús Polo de Valoração - Crateús 1998, nasce um sonho... Xingu - Expedição Trilha Brasil No ano 2000, com apoio dos primeiros patrocinadores, a Expedição Trilha Brasil percorreu 25 mil km em 14 estados das

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

RESUMO. Elaine Peres da Silva 1 Viviane Silva Nunes 2

RESUMO. Elaine Peres da Silva 1 Viviane Silva Nunes 2 Educação Ambiental sob a Perspectiva do trabalho coletivo dentro da Escola Elaine Peres da Silva 1 Viviane Silva Nunes 2 RESUMO A educação ambiental aplicada ao currículo escolar vem demonstrando resultados

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

SUSTENTABILIDADE NO COTIDIANO ESCOLAR: Desafios da construção de uma proposta interdisciplinar

SUSTENTABILIDADE NO COTIDIANO ESCOLAR: Desafios da construção de uma proposta interdisciplinar SUSTENTABILIDADE NO COTIDIANO ESCOLAR: Desafios da construção de uma proposta interdisciplinar Mariely Rodrigues Anger 1 Ana Carla Ferreira Nicola Gomes 2 Jussara Aparecida da Fonseca 3 Resumo: Apresentam-se

Leia mais

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática Serviço Público Manutenção e Suporte em Informática Wilson Pedro Coordenador do Curso de Serviço Público etec_sp@ifma.edu.br Carla Gomes de Faria Coordenadora do Curso de Manutenção e Suporte em Informática

Leia mais

PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCIMENTO ECONÔMICO

PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCIMENTO ECONÔMICO UNIVERSIDADE DE CAIAS DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Produção mais Limpa: O Caso do Arranjo Produtivo Local Metal-Mecânico Mecânico Automotivo da Serra Gaúcha Eliana Andréa

Leia mais

Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Concepção

Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Concepção Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Marcello de Oliveira Pinto (UERJ) Márcia Magarinos (UERJ) Marina Dias O presente trabalho tem como objetivo apresentar

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 DISCIPLINA - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Integrantes: Adriano de Oliveira RA: 14759 Karina

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO Maria Salete da Silva Josiane dos Santos O Programa Assistência Sócio-Jurídica, extensão do Departamento de Serviço Social, funciona no Núcleo

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE: CONSCIENTIZAR PARA PRESERVAR - RELATO DA EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA COM ALUNOS DO 3ºANO NA EEEF ANTENOR NAVARRO

PROJETO MEIO AMBIENTE: CONSCIENTIZAR PARA PRESERVAR - RELATO DA EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA COM ALUNOS DO 3ºANO NA EEEF ANTENOR NAVARRO PROJETO MEIO AMBIENTE: CONSCIENTIZAR PARA PRESERVAR - RELATO DA EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA COM ALUNOS DO 3ºANO NA EEEF ANTENOR NAVARRO OLIVEIRA, Khomar Tander s (Bolsista do PIBID) PAULINO, Jailson da Silva

Leia mais

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental.

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental. PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados e Setores da Sociedade. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Inverno Solidário Cocamar

Mostra de Projetos 2011. Inverno Solidário Cocamar Mostra de Projetos 2011 Inverno Solidário Cocamar Mostra Local de: Maringá Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Cocamar Inverno Solidário Cidade: Maringá Contato: thainara.melo@cocamar.br

Leia mais

MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012

MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012 MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012 Simone Machado Firme FURG 1 Karine Vargas Oliveira FURG 2 Michele Fernanda Silveira

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE Experiências educativas no gerenciamento de resíduos gerados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre Tainá Flôres da Rosa contato: tfrosa@hcpa.ufrgs.br telefone:(51)81414438

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

SEGURANÇA ALIMENTAR, SUSTENTABILIDADE, EDUCAÇÃO AMBIENTAL: REFLEXÕES A CERCA DA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.

SEGURANÇA ALIMENTAR, SUSTENTABILIDADE, EDUCAÇÃO AMBIENTAL: REFLEXÕES A CERCA DA FORMAÇÃO DO PROFESSOR. SEGURANÇA ALIMENTAR, SUSTENTABILIDADE, EDUCAÇÃO AMBIENTAL: REFLEXÕES A CERCA DA FORMAÇÃO DO PROFESSOR. Jonas da Silva Santos Universidade do Estado da Bahia UNEB DEDC XV jonasnhsilva@hotmail.com jonas.ss@inec.org.br

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O E. M. E. F. P R O F ª. D I R C E B O E M E R G U E D E S D E A Z E V E D O P

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: FLY IDIOMAS Nome Fantasia: WIZARD Data de fundação: 10/07/2010 Número de funcionários:

Leia mais

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados, o Primeiro e o Segundo Setor da Sociedade. Tem como objetivo

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CENTRO DE ENSINO ATENAS MARANHENSE FACULDADE ATENAS MARANHESE DIRETORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE ASSESSORAMENTO E DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO - NADEP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL SÃO

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Construindo a Sociedade que Queremos

Mostra de Projetos 2011. Construindo a Sociedade que Queremos Mostra de Projetos 2011 Construindo a Sociedade que Queremos Mostra Local de: Piraquara Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º 806/2007. (publicada no DOE nº 236, de 13 de dezembro de 2007) Dispõe sobre o Programa de Gerenciamento

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IZAIAS RAFAEL DA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL COLHENDO INFORMAÇÕES E PLANTANDO QUALIDADE DE VIDA

ESCOLA ESTADUAL IZAIAS RAFAEL DA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL COLHENDO INFORMAÇÕES E PLANTANDO QUALIDADE DE VIDA ESCOLA ESTADUAL IZAIAS RAFAEL DA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL COLHENDO INFORMAÇÕES E PLANTANDO QUALIDADE DE VIDA Projeto realizado por: Vanderlei Ferreira da Silva Thiago de Toledo Alves ORTIGUEIRA PARANÁ

Leia mais

FORMULÁRIOS DR PARANÁ ELABORAÇÃO DE SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM

FORMULÁRIOS DR PARANÁ ELABORAÇÃO DE SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM FORMULÁRIOS DR PARANÁ ELABORAÇÃO DE SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM SENAI/PR 1 PLANO DE SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM N.º 1 (1) Seleção de capacidades, conteúdos formativos e definição da estratégia Unidade do SENAI:

Leia mais

PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL PRS-FACIIP

PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL PRS-FACIIP PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL PRS-FACIIP Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Responsabilidade Social das Faculdades Integradas Ipitanga (PRS- FACIIP) é construído a partir

Leia mais

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA 1- DO CURSO O Curso de Especialização em Gestão em Análise Sanitária destina-se a profissionais com curso superior em áreas correlatas

Leia mais

Jardim Escola Aladdin

Jardim Escola Aladdin Jardim Escola Aladdin Os 4 Rs da Sustentabilidade Rio de janeiro 2016 Objetivo geral Esse projeto tem como objetivo promover o envolvimento dos alunos, professores, pais e comunidade em defesa à sustentabilidade

Leia mais

FIC SEM LIXO - Projeto de Educação Ambiental desenvolvido na Escola Estadual Professor Francisco Ivo Cavalcanti em Natal/RN

FIC SEM LIXO - Projeto de Educação Ambiental desenvolvido na Escola Estadual Professor Francisco Ivo Cavalcanti em Natal/RN FIC SEM LIXO - Projeto de Educação Ambiental desenvolvido na Escola Estadual Professor Francisco Ivo Cavalcanti em Natal/RN Brenda Luíza Patriota Lima e Silva¹ André Elias Nóbrega² João Batista dos Santos³

Leia mais

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE Sérgio Dal-Ri Moreira Pontifícia Universidade Católica do Paraná Palavras-chave: Educação Física, Educação, Escola,

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13008 10 E Técnico de Instalações Elétricas Carlos Jorge Oliveira Rodrigues Escola Secundária de São Pedro do Sul 13791 10 E Técnico de Instalações Elétricas Daniel dos Santos Rodrigues Escola Secundária

Leia mais

Educação Ambiental INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Luis Eduardo Salvatore. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

Educação Ambiental INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Luis Eduardo Salvatore. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Educação Ambiental Luis Eduardo Salvatore O Instituto Brasil Solidário IBS é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - e desenvolve formação continuada em Educação em comunidades

Leia mais

Discente IFRS Câmpus Porto Alegre; Bolsista PET (MEC/SESu, SECADI)

Discente IFRS Câmpus Porto Alegre; Bolsista PET (MEC/SESu, SECADI) Grupo Pet Conexões Gestão Ambiental e o Programa Mulheres Mil: Conectando Vivências Autores: Ivan Francisco Diehl 1 ; Débora de Lurdes Millos Rodrigues 1 ; Émerson Silva 1 ; Jéssica Alberche de Menezes

Leia mais

MÚLTIPLAS LEITURAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES

MÚLTIPLAS LEITURAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES MÚLTIPLAS LEITURAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES EDIT MARIA ALVES SIQUEIRA (UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA). Resumo Diferentes instrumentos de avaliação (ENEM, SIMAVE) tem diagnosticado o despreparo dos alunos

Leia mais

RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO. GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional

RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO. GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Maria Madalena Dullius, madalena@univates.br Daniela Cristina Schossler,

Leia mais

Mostra de Projetos 2011 BRINQUEDOTECA: O LÚDICO NO RESGATE

Mostra de Projetos 2011 BRINQUEDOTECA: O LÚDICO NO RESGATE Mostra de Projetos 2011 BRINQUEDOTECA: O LÚDICO NO RESGATE Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos finalizados. Nome da Instituição/Empresa: (Campo não preenchido). Cidade: Londrina.

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

HORTA VERTICAL EM GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)/ AREIA - PB

HORTA VERTICAL EM GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)/ AREIA - PB HORTA VERTICAL EM GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)/ AREIA - PB Tatiana Ferreira de Lima Brito; Universidade Federal da Paraíba (UFPB); tathattinha@hotmail.com Introdução

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO 30.1. O comércio e a indústria, inclusive as empresas transnacionais,

Leia mais

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior 5.1 Nome da iniciativa ou Projeto Academia Popular da Pessoa idosa 5.2 Caracterização da Situação Anterior O envelhecimento é uma realidade da maioria das sociedades. No Brasil, estima-se que exista, atualmente,

Leia mais

Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas.

Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas. Justificativa Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas. A Escola de Ensino Fundamental Mondrian, fundada em 2011, começou suas atividades em

Leia mais

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são:

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são: 1) Formas de participação do Corpo Discente: O Colegiado do Curso é um órgão consultivo, deliberativo e normativo, onde é possível a participação do corpo discente nas decisões que competem a exposição

Leia mais

COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental.

COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental. COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental. PANZENHAGEN, Liane Margarete 1, VALE, Giovane Maia 2 ; MOREIRA, Ilson 3. Palavras-chave: composteira, meio ambiente, comunidade escolar. Introdução

Leia mais

MONITORAMENTO DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA NA UFPB

MONITORAMENTO DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA NA UFPB MONITORAMENTO DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA NA UFPB PAIVA ANDRADE, Leandro DE ARAUJO MORAIS, Joácio Júnior RESUMO A coleta seletiva e a reciclagem de lixo têm um papel muito importante para

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Redes de Computadores MISSÃO DO CURSO Com a modernização tecnológica e com o surgimento destes novos serviços e produtos, fica clara a necessidade de profissionais

Leia mais

Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP

Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP ALVES, Crislaine 1; CARVALHO, Daiane 1; CRUZ, Júlia 1, FÉLIX, Michelle 1; FERREIRA, Juliane

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise dos resultados

Leia mais

Resumo. O caminho da sustentabilidade

Resumo. O caminho da sustentabilidade Resumo O caminho da sustentabilidade Termos recorrentes em debates e pesquisas, na mídia e no mundo dos negócios da atualidade, como sustentabilidade, desenvolvimento sustentável, responsabilidade empresarial

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

CONSCIENTIZAÇÃO DO USO E DESCARTE DAS PILHAS E BATERIAS

CONSCIENTIZAÇÃO DO USO E DESCARTE DAS PILHAS E BATERIAS CONSCIENTIZAÇÃO DO USO E DESCARTE DAS PILHAS E BATERIAS 1 João Lopes da Silva Neto; 2 Juciery Samara Campos Oliveira; 3 Thayana Santiago Mendes; 4 Geovana do Socorro Vasconcelos Martins 1 (AUTOR) Discente

Leia mais

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004)

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004) 1 Segurança Alimentar e Nutricional Segurança alimentar é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a

Leia mais

Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor

Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor Resumo: A finalidade desse documento é apresentar o projeto de planejamento

Leia mais

Amanda Cardoso de Melo

Amanda Cardoso de Melo Aime Pinheiro Pires participou da palestra: Empreendedor De Sucesso, Amanda Cardoso de Melo Amanda Loschiavo Amoiré Santos Ribeiro Ana Carolina Pereira Pires Ana Carolina Pioto Magalhães Ana Cristina Angelo

Leia mais

Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes

Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES Diretriz 01 - Promoção da cultura do respeito e da garantia dos direitos humanos de

Leia mais

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 Parceria Inova - BH Odebrecht & Junior Achievem ent de Minas Gerais 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas

Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas Responsável pelo Projeto: Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas. 2015 CONCEITOS DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR!

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! Eleições 2014 Faculdade de Odontologia UFRJ VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! PLANO DE TRABALHO EQUIPE - CHAPA 1: Diretor - Maria Cynésia Medeiros de Barros Substituto Eventual do Diretor - Ednilson

Leia mais

A PRÁTICA DE ENSINO EM QUÍMICA: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE COMO TEMA TRANSVERSAL

A PRÁTICA DE ENSINO EM QUÍMICA: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE COMO TEMA TRANSVERSAL A PRÁTICA DE ENSINO EM QUÍMICA: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE COMO TEMA TRANSVERSAL Ana Maria G. D. MENDONÇA 1, Darling L. PEREIRA 2,,José J. MENDONÇA 3, Aluska M. C. RAMOS 4 Maria S. B. DUARTE

Leia mais

PROJETO ESCOLA E CIDADANIA

PROJETO ESCOLA E CIDADANIA PROJETO DE AQUISIÇÃO DE KIT ESCOLAR PROJETO ESCOLA E CIDADANIA 1. HISTÓRICO A preocupação com a causa da criança e do adolescente em situação de risco, faz nascer instituições proféticas espalhadas pelo

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anais. III Seminário Internacional Sociedade Inclusiva. Ações Inclusivas de Sucesso

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anais. III Seminário Internacional Sociedade Inclusiva. Ações Inclusivas de Sucesso Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Anais III Seminário Internacional Sociedade Inclusiva Ações Inclusivas de Sucesso Belo Horizonte 24 a 28 de maio de 2004 Realização: Pró-reitoria de Extensão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica

XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica Mesa-Redonda: Responsabilidade Social Empresarial 23-24 de Novembro de 2006 Mário Páscoa (Wyeth/ Painel Febrafarma) E-mail: pascoam@hotmail.com

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL LÚDICO-EXPOSITIVA PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Josiane Teresinha Cardoso 1 (Coordenador da Ação de Extensão)

EDUCAÇÃO AMBIENTAL LÚDICO-EXPOSITIVA PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Josiane Teresinha Cardoso 1 (Coordenador da Ação de Extensão) EDUCAÇÃO AMBIENTAL LÚDICO-EXPOSITIVA PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL Área Temática: Meio Ambiente Josiane Teresinha Cardoso 1 (Coordenador da Ação de Extensão) Moira Ramos Rabeschini 2 Helen Hayra

Leia mais

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA Autores: FIGUEIREDO 1, Maria do Amparo Caetano de LIMA 2, Luana Rodrigues de LIMA 3, Thalita Silva Centro de Educação/

Leia mais

Faculdade Monteiro Lobato

Faculdade Monteiro Lobato RELATÓRIO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2015 Porto Alegre, fevereiro de 2016 I DADOS E APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO Nome/ Código da IES: SOCIEDADE EDUCACIONAL MONTEIRO LOBATO / 2198 Caracterização de IES: Instituição

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente Programa é um instrumento que visa à minimização de resíduos sólidos, tendo como escopo para tanto a educação ambiental voltada

Leia mais

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem 1) COMO FUNCIONA? O PROBLEMA OU SITUAÇÃO ANTERIOR Anteriormente, todos os resíduos recicláveis ou não (com exceção do papelão), ou seja, papel, plásticos, vidros,

Leia mais

MEU NEGÓCIO É RECICLAR A EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE ALAGOINHAS - BAHIA NO APOIO AO MOVIMENTO DE CATADORES DE RUA

MEU NEGÓCIO É RECICLAR A EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE ALAGOINHAS - BAHIA NO APOIO AO MOVIMENTO DE CATADORES DE RUA MEU NEGÓCIO É RECICLAR A EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE ALAGOINHAS - BAHIA NO APOIO AO MOVIMENTO DE CATADORES DE RUA Patrícia Cristina de Lima Moreira (1) Assistente Social (UNIT), Assistente Social do Serviço

Leia mais

PROJETO BOQUINHA ALEGRE

PROJETO BOQUINHA ALEGRE PROJETO BOQUINHA ALEGRE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A instituição Casas Lares Humberto de Campos é uma entidade, na modalidade de associação, sem fins lucrativos, mantida pelo Grupo Educacional e Assistencial

Leia mais

Eixo Temático ET-13-003 - Educação Ambiental

Eixo Temático ET-13-003 - Educação Ambiental 482 Anais do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - Vol. 2: Congestas 2014 Eixo Temático ET-13-003 - Educação Ambiental OS DESAFIOS DO LIXO NOS DIVERSOS AMBIENTES Viviane Susy de

Leia mais