A Pastoral da Legião. todos para a reza do. terço e ofício da Imaculada Conceição toda 2ª quarta feira do mês, às 14 horas, na Matriz Santo Antonio.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Pastoral da Legião. todos para a reza do. terço e ofício da Imaculada Conceição toda 2ª quarta feira do mês, às 14 horas, na Matriz Santo Antonio."

Transcrição

1

2 2 O P R E G A D O R Agosto 2013 PÁGINA 2 Editorial Jovens estrangeiros - JMJ Convite Coroinhas Convite Legião de Maria PÁGINA 3 Pastoral dos Coroinhas Todos somos iguais e ninguem é inutil Transfi guração do Senhor PÁGINA 4 Pai um exemplo de amor Nossa Senhora da Agonia Dízimo O Rei e o Mendigo PÁGINA 5 Dia do Catequista 23 Jornada Diocesana Homenagem ao pároco NESTA EDIÇÃO PÁGINA 6 Formação Os Sete Pecados Capitais Liturgia Diária Convite Missa da Família PÁGINA 7 Assunção de Nossa Senhora Aniversariantes - Batizados - Casamentos Terço dos Homens Alcoólicos Anônimos PÁGINA 8 Aconteceu na Paróquia JORNAL O PREGADOR Órgão Informativo da Paróquia Santo Antônio SUGESTÕES PARA: Praça Padre Longino Wastbinder, 48 Mogi Guaçu SP Visite o site: Fones: (19) Cel HORÁRIO DE ATENDIMENTO SECRETARIA PAROQUIAL: De 2ª à 5ª-feira das 08:00 às 17:00 hs Sexta-feira das 07:30 às 16:00 hs Sábado: 08:00 às 11:00 hs A novidade sempre nos causa um pouco de medo, porque nos sentimos mais seguros se temos tudo sob nosso controle, se somos nós a construir, programar, projetar a nossa vida de acordo com os nossos esquemas, nossas seguranças, nosso gosto, e isto se verifi ca também quando se trata de Deus. Muitas vezes O seguimos, acolhemos e confi amos Nele até certo ponto, pois sentimos muita difi culdade em nos abandonar no colo do Pai, com o coração cheio de confi ança deixando-nos ser conduzidos pelo Espírito Santo. O caminhar juntos na Igreja, guiados pelos nossos Pastores, que foram especialmente ungidos para esse Ministério, é sinal da ação do Espírito Santo, que guia nossas vidas em todos os momentos, pois é Ele que sempre vai à frente da Igreja. Em toda História da Salvação, quando Deus se revela, Ele traz novidade, a boa nova, que desde que abrimos o nosso coração, nos Editorial Deixar-se abandonar em Deus! transforma e exige de nós total confi ança Nele. Pousando sobre os Apóstolos no Cenáculo em Jerusalém, O Espírito Santo, faz com que eles saiam de onde estavam fechados e com medo, levando-os a seguir a missão corajosamente, transformando-os em anunciadores e testemunhas do Reino de Deus. Caríssimos irmãos em Cristo, diante dessa realidade, estamos nós hoje, nos deixando também ser guiados pelo Espírito Santo, de modo que nossa vida e o nosso testemunho de fé, sejam de unidade e comunhão? Peçamos que o Espírito Santo de Deus nos ajude, a nos despojarmos de tudo aquilo que nos amarra, aprisiona e nos impede de sermos verdadeiros anunciadores e testemunhas da Boa Nova do Reino de Deus, e que Maria, Mãe da Igreja conduza-nos sempre ao seu Filho Jesus! LUÍS CARLOS COLLA - MESC JOVENS ESTRANGEIROS VISITAM A JMJ Alguns jovens italianos e um espanhol estão sendo acompanhados pe - lo Pe. William e pelo Pe. Eduardo para participar da JMJ no Rio de Janeiro. Pe. William é da Paroquia de Santo Antônio de Mogi Guaçu. Pe. Eduardo é da Diocese de Sao Miguel Paulista, zona lesta da capital. Os jovens italianos provêm de Milão, do norte da Italia. O espanhol vem da Galicia. Os jovens são: Silvia Fregoso, Stefano Pastori, Roberto Zambelli, Elena Fux e Jesus Garcia. Eles se empenharam bastante, apesar das difi culdades para poderem vir ao Brasil e participar da JMJ, pois acreditam, um pouco pela experiência, na importância deste evento para a fé do jovem. Nosso percurso se compõe de três etapas. A primeira foi realizada na Diocese de Sao João da Boa Vista, onde visitamos algumas paróquias e grupos jovens. Também fomos em Campinas para encontrar a expressão de Igreja que existe naquela Diocese. Agora estamos na segunda etapa, que é conhecer a realidade de Igreja (e mundo) que existe em Sao Paulo, capital. Depois, fi nalmente, passando em Aparecida, iremos ao Rio de Janeiro, onde viveremos o momento culminante desta peregrinação com o encontro com santo padre Francisco. Contamos e desejamos com as orações de todos para o êxito deste encontro com muitos frutos para a Igreja e para o mundo. Paz e Bem PE. WILLIAM PASCOM Djair Henrique M. Gualdevi Luciana Borges Gualdevi Emerson Apª Cardoso Mary Hellen Cola Cardoso Alessandro César Rosa Fabiana Florindo Bueno Rosa João Carlos Gomes Vilma Apª Mendes Gomes Humberto Angelo de Andrade Daniela Gualdevi Andrade Alessandra Zaganin Falaschi de Barros Tatiana Mangili Ricardo Mangili Site Rafael Alves Giseli Maria Perina Alves Divulgação Marcelo de Luiz Luciana Maximiano de Luiz Liturgia - Caio Felipe Lima de Oliveira Elizangela de Souza Filmagem - Fabrício Leme de Morais Maria Carolina Coghi Morais COLABORADORES: Patrocínios Hélio Donizete Fortunato Fotos - Marília Alvarenga de Oliveira Cristiano Zuliane Lima Renan Henrique da Silva Vivian Matielo DIRIGENTE ESPIRITUAL: Padre Denilso Seco COORDENADORES: Marcelo Adriano Diniz Patrícia Apª Gomes de Oliveira Diniz Convite Convite A Pastoral da Legião de Maria convida a todos de para Maria a convida reza do a terço e ofício da Imaculada Conceição toda 2ª quarta feira do mês, às 14 horas, na Matriz Santo. Santo. A Pastoral da Legião todos para a reza do terço e ofício da Imaculada Conceição toda 2ª quarta feira do mês, às 14 horas, na Matriz VANILLA ICE s o r v e t e r i a R. 7 de Setembro, Vila Paraíso - Tel R. Ver. José B. Bueno, Jd. Novo I - Tel.: d r o g a r i a Crianças Venham ser coroinha da Paróquia Santo Próximas reuniões: 04/08 Igreja Santo 10 h 18/08 Igreja São 10 h Informações Nelson/ Lurdes/Tatiana DROGAMINAS Tudo em Medicamentos e Perfumaria Praça Longino Wastbinder, 33 - Vila Paraíso Mogi Guaçu - SP - Fone: (19) Dr. Pinto Júnior Ginecologia Obstetrícia Débora de Fátima G. Pinto Psicologia Psicanálise Coaching Rua Chico de Paula, Fone

3 Agosto 2013 O P R E G A D O R 3 Pastoral dos Coroinhas N o ano de1987 foi criada a atual Paróquia de Santo Antônio, tendo como primeiro Pároco o Pe. Paulo e foi daí que surgiu a Pastoral dos Coroinhas. Há 2 anos quando o Padre Denilso nos fez o convite para coordenarmos a Pastoral dos Coroinhas foi um desafi o muito grande pois nunca tínhamos trabalhado com crianças. Coordenar a Pastoral dos Coroinhas não é mandar neles e sim saber orientá-los e fazer com que eles tenham capacidade e respeito um com o outro. E fazer com que eles nunca façam as A Igreja não é um <<enredo de coisas ou interesses>>, mas o <<Templo do Espírito Santo>>, onde todos são iguais e ninguém é inútil, afirmou o Papa Francisco na catequese durante a audiência geral da quarta-feira 26 de junho, na praça de São Pedro. Prezados irmãos e irmãs, bom dia! Hoje gostaria de fazer uma breve referencia a mais uma imagem que nos ajuda a explicar o mistério da Igreja: a do templo (cf. Conc. Ecum. Vat. II, Const. dogm. Lumen gentium, 6). No que nos faz pensar a palavra templo? Faz-nos pensar num edifício, numa construção. De modo particular, a mente de muitas pessoas vai à historia do Povo de Israel, narrada no Antigo Testamento. Em Jerusalém, o grande Templo de Salomão era o lugar do encontro com Deus na oração; no interior do Templo encontrava-se a Arca da Aliança, sinal da presença de Deus no meio do povo; e a Arca continha as Tábuas da Lei, o maná e a vara de Araão: uma referencia ao facto de que Deus, sempre esteve no seio da história do seu povo, acompanhando o seu caminho e orientando os seus passos. O templo recorda esta historia: quando vamos ao tempo, também nós devemos recordar esta historia, cada qual a sua própria historia, como Jesus me encontrou, como Jesus caminhou comigo, como Jesus me ama e me abençoa. Eis que quanto se tinha prenunciado no antigo Tempo é realizado pelo poder do Espírito Santo na Igreja: a Igreja é a <<casa de Deus>>, o lugar da sua presença, onde podemos encontrar o Senhor; a Igreja é o Templo onde habita o Espirito Santo que a anima, orienta e sustém. Se nos perguntarmos: onde podemos encontrar Deus? Onde podemos encontrara luz do Espírito Santo que ilumina a nossa vida? A resposta é: no Povo de Deus, no meio de nós, que somos Igreja. É aqui que encontraremos Jesus, o Espírito Santo e o Pai. O antigo Templo foi edifi cado pelas mãos dos homens: desejava-se <<dar uma casa>> a Deus, para ter um sinal visível da sua presença no meio do povo. Mediante a Encarnação do Filho de Deus coisas sozinhos, mas sempre em equipe. E que eles possam ter sempre um senso de responsabilidade e fazer tudo cumpre-se a profecia de Natã ao rei Davi (cf. 2 Sm 7, I-29): não é o rei, não somos nós que <<damos uma casa a Deus>>, mas é o próprio Deus que <<constrói a sua casa>> para vir habitar no meio de nós como escreve São João no seu Evangelho (cf. I, 14). Cristo é o Templo vivo do Pai, e é o próprio Cristo que edifi ca a sua <<casa espiritual>>, a Igreja, feita não de pedras materiais, mas de <<pedras vivas>>, que somos nós mesmos. O apóstolo Paulo diz aos cristãos de Éfeso: vós sois <<edifi cados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo por pedra angular o próprio Cristo Jesus. É nele que todo o edifício, harmonicamente disposto, se levanta ate formar um templo santo no Senhor. É nele que também vós entrais conjuntamente, pelo Espírito, na estrutura do edifício que se transforma na morada de Deus:: (Ef. 2, 20-22). Isto é bonito! Nós somos as pedras vivas do edifício de Deus, profundamente unidas a Cristo, que é a pedra fundamental, e também de apoio entre nós. O que signifi ca isto? Quer dizer que o templo somos nós mesmos, nós somos a Igreja viva, o templo vivo, e quando estamos unidos entre nós está também o Espírito Santo, que nos ajuda a crescer como Igreja. Nós não estamos isolados, mas somos Povo de Deus: esta é a Igreja! E é o Espírito Santo, com os seus dons, que defi ne a variedade. Isto é importante: o que faz o Espírito Santo no meio de nós? Defi ne a variedade, que é a riqueza da Igreja, e une tudo e todos, de maneira a constituir um templo espiritual, no não qual oferecemos sacrifícios materiais, mas nós mesmos, a nossa vida (cf. I Pd 2, 4-5). A Igreja não é um enredo de coisas e de interesses, mas é o Templo do Espírito Santo, o Templo onde Deus age, o Templo onde cada um de nós com o dom do Batismo, é uma pedra viva. Isto diz-nos que na Igreja ninguém é inútil e se alguém, porventura, disser ao outro: <<Vai para casa, tu és inútil>>, isto não é verdade, porque na Igreja ninguém é inútil, todos nós somos necessários para construir esse Templo! Ninguém é secundário! Ninguém é o mais importante na Igreja, pois aos olhos de Deus todos são iguais. Um de vós poderia o que foi ensaiado nas reuniões. Preparamos os coroinhas para auxiliar o sacerdote no altar. É desta pastoral que surgem as vocações sacerdotais. Ser coroinha é um ato de amor com a igreja, porque só ela é o caminho para as crianças e adolescentes no mundo de hoje. Nós Coordenadores rezamos sempre para São Dominguito Del Val, Patrono dos Coroinhas, que possa derramar benção sobre eles para que a fé deles em Jesus Cristo aumente cada vez mais Nelson, Lourdes e Tati Pastoral dos Coroinhas TODOS SOMOS IGUAIS E NINGUEM É INUTIL dizer: <<Ouça, Senhor Papa, Vossa Santidade não é igual a nós!>>. Sim, sou como cada um de vós, todos nós somos iguais, somos irmãos! Ninguém é anônimo: todos nós formamos e constituímos a Igreja. Isto convida-nos também a meditar sobre o fato de que se falta o tijolo da nossa vida cristã, faltará também algo da beleza da Igreja. Alguns afi rmam: <<Nada tenho a ver com a Igreja>>, mas assim falta o tijolo de uma vida neste bonito Templo. Ninguém pode ir embora, todos nós devemos oferecer à Igreja a nossa vida, o nosso coração, o nosso amor, o nosso pensamento e o nosso trabalho: todos juntos! Então, gostaria que nos interrogássemos: como vivemos o nosso ser Igreja? Somos pedras vivas ou, por assim dizer, pedras cansadas, entediadas, indiferentes? Vistes como é desagradável ver um cristão cansado, entediado e indiferente? Um cristão assim não está bem, o cristão deve ser vivo, sentir-se feliz por ser cristão; deve viver esta beleza de fazer parte do Povo de Deus, que é a Igreja. Abrimo-nos à ação do Espírito Santo para ser parte concreta nas nossas comunidades, ou fechemo-nos em nós mesmos, dizendo: <<Tenho muitas coisas pra fazer, isto não é tarefa que me compete>>? O Senhor conceda a todos nós a sua graça e a sua força, a fi m de podermos estar profundamente unidos a Cristo, que é a pedra angular, o pilar, a pedra fundamental da nossa existência e de toda a vida da Igreja. Oremos a fi m de que, animados pelo seu Espírito, sejamos sempre pedras vivas da sua Igreja. No final da audiência, o Santo Padre saudou as vários grupos de fiéis presentes, dirigindo aos de expressão lusófona estas palavras: Queridos peregrinos de língua portuguesa, particularmente vós, brasileiros de Goiânia e Santa Maria: sede bem-vindos! Saúdo- -vos, como pedras vivas do edifício espiritual que é a Igreja, encorajando-vos a permanecer profundamente unidos a Cristo para que, animados pelo seu Espírito, possais contribuir na edifi cação de uma Igreja sempre mais bela. Abençôo-vos a vós e as vossas comunidades. Av. Padre Jaime, 275 Jd. Selma - Mogi Guaçu - SP Festa da Transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo A festa da Transfi guração do Senhor acontece no mundo cristão desde o século V. Ela nos convida a dirigir o olhar para o rosto do Filho de Deus, como o fi zeram os apóstolos Pedro, Tiago e João, que viram a sua transfi guração no alto do monte Tabor, localizado no coração da Galiléia. O episódio bíblico é relatado distintamente pelos evangelistas Mateus, Marcos e Lucas.Assim, segundo São Mateus 9,2-10, temos: Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e conduziu-os a sós a um alto monte. E transfi gurou-se diante deles.suas vestes tornaram-se resplandecentes e de uma brancura tal, que nenhum lavadeiro sobre a terra as poderia fazer assim tão brancas. Apareceram-lhes Elias e Moisés, e falavam com Jesus. Pedro tomou a palavra: Mestre, é bom para nós estarmos aqui; faremos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias. Com efeito, não sabia o que falava, porque estavam sobremaneira atemorizados. Formou-se então uma nuvem que os encobriu com a sua sombra; e da nuvem veio uma voz: Este é o meu Filho muito amado; ouvi-o. E olhando eles logo em derredor, já não viram ninguém, senão só a Jesus com eles. Ao descerem do monte, proibiu-lhes Jesus que contassem a quem quer que fosse o que tinham visto, até que o Filho do homem houvesse ressurgido dos mortos. E guardaram esta recomendação consigo, perguntando entre si o que signifi caria: Ser ressuscitado dentre os mortos. A intenção de Jesus era a de fortalecer a fé destes três apóstolos, para que suportassem o terrível desfecho de sua paixão, antecipando-lhes o esplendor e glória da vida eterna. Também foi Pedro, que depois, recordando com emoção o evento, nos afi rmou: Fomos testemunhas oculares da Sua majestade (2 Pd 1, 16).Somente em 1457, esta celebração se estendeu para toda a cristandade, por determinação do Papa Calisto III, que quis enaltecer a vitória, do ano anterior, das tropas cristãs sobre os turcos muçulmanos que ameaçavam a liberdade na Europa. A Transfi guração é um dos milagres de Jesus nos evangelhos, diferente dos demais, pois neste caso, o objeto do milagre é o próprio Jesus. Tomás de Aquino considerava a Transfi guração como o maior dos milagres, uma vez que ele complementou o batismo e mostrou a perfeição da vida no céu. A Transfi guração é também um dos cinco grandes marcos da vida de Jesus na narrativa dos evangelhos (os outros são o batismo, a crucifi cação, a ressurreição e a ascensão).a Liturgia da Palavra orienta que a Transfi guração do Senhor aponta para o nosso destino vitorioso. Após termos visto brilhar a glória do Senhor, como os Apóstolos, devemos descer do monte e assumir os desafi os próprios de nossa missão, mesmo que implique sofrimento, como foi no caso do Senhor.Quando passarmos por momentos duros e difíceis, não nos desesperemos: abracemos a Cruz do Senhor, rezemos intensamente e esperemos com paciência o novo nascimento do Sol, o triunfo do Senhor em nossas vidas. Tatiana e Ricardo O Pregador DRA. JOSIÉLI DA ROSA SOUZA Nutricionista CRN Reeducação Alimentar DRA. PRISCILLA MAYARA LOPES Psicóloga CRP 06/72765 Psicoterapia de crianças,adolescentes e Adultos DRA. IZAMARA A. FAUSTIONI ISBRISSE Cirurgiã Dentista CROSP Clinica Geral e Ortondontia Tel. (19) R. Catanduva, 44 Jd. Itacolomy Mogi Guaçu - SP

4 4 O P R E G A D O R Agosto de Agosto Nossa Senhora da Agonia F oi nas vésperas do Natal de 1994, que a imagem de Nossa Senhora da Agonia chegou como um grande presente no Brasil. Tudo começou, quando um rico português radicado no Brasil, Sr. Antônio de Lima Costa, nascido em Lanheses - cidade próxima a Viana do Castelo, onde existe um Santuário dedicado à Nossa Senhora da Agonia, teve a inspiração de trazer para o Brasil, uma réplica da imagem de Portugal, para ser venerada numa Igreja, cujo terreno, no alto de um monte, ele próprio doaria à Diocese. Tão logo se tomou conhecimento da existência desse terreno (mesmo sem a imagem ter chegado a Itajubá/MG), as pessoas começaram a fazer Vias-Sacras, saindo da porteira da fazenda do Sr. Costa, seguindo as estações por uma estradinha de terra que contorna o monte, sendo rezada a última estação no local do futuro Santuário. Só mais tarde, no Brasil, se soube que também em Portugal, tudo começou com uma Via-Sacra que, partindo do Convento Franciscano de Santo Antônio, terminava no Morro da Forca, onde se rezava a décima quarta estação no local que, mais tarde, se construiu a Igreja. A devoção à Nossa Senhora da Agonia em Viana do Castelo é tão fervorosa que, durante três dias, toda a cidade trabalha dia e noite para cobrir de tapetes de fl ores, o trajeto que Nossa Senhora faz até o mar, onde se realiza uma linda procissão de barcos. Nossa Senhora da Agonia, em Portugal, é protetora dos pescadores, que a Ela confi am as suas agonias (lutas) travadas com o mar bravio daquela região e, por isso, não medem esforços para realizar essa maravilhosa festa que recebe, todos os anos, cerca de duzentos e cinqüenta mil romeiros nos três dias de festa: 18, 19 e 20 de agosto (dia de Nossa Senhora da Agonia). As sete estrelas da coroa de Nossa Senhora da Agonia simbolizam as SETE DORES DE MARIA SANTÍSSIMA, que são: 1ª - A profecia de Simeão; 2ª - A perseguição de Herodes e a fuga da Sagrada Família para o Egito; 3ª - A perda do Menino Jesus no Templo de Jerusalém 4ª - O encontro desta Mãe admirável com Seu Filho, carregando a Cruz, no caminho para o Calvário; 5ª - A crucifi xão de Nosso Senhor; 6ª - Quando recebeu nos Seus braços o corpo de Jesus Cristo, descido da Cruz; 7ª - Quando depositou Jesus no sepulcro, fi cando Ela em triste solidão. Santa Brígida diz-nos, nas suas Revelações aprovadas pela Igreja, que Nossa Senhora lhe prometeu conceder sete graças a quem rezar, em cada dia, sete Ave-Maria em honra das Suas Dores e Lágrimas. Eis as promessas: Porei a paz em suas famílias; Serão iluminados sobre os Divinos Mistérios; Consolá-los-ei em suas penas e acompanhá-los-ei nas suas afl ições; Conceder-lhes-ei tudo o que me peçam contanto que não às oponha à vontade adorável do Meu Divino Filho e à santifi cação das suas almas; Defendê-los-ei nos combates espirituais contra o inimigo infernal e protegê-los-ei em todos os instantes da vida. Assistir-lhes-ei visivelmente no momento da morte e verão o rosto da Sua Mãe Santíssima. Obtive do Meu Filho que, os que propaguem esta devoção (às Minhas Lágrimas e Dores) sejam transladados desta vida terrena à felicidade eterna, diretamente, pois ser-lhes-ão apagados todos os seus pecados e o Meu Filho e Eu seremos a sua eterna consolação e alegria. Como rezar a Coroa das Dores de Nossa Senhora Esta coroa, na verdade, é um tercinho formado por sete mistérios, contendo cada um, sete contas. Em cada mistério contempla-se uma dor de Maria Santíssima. ORAÇÃO INICIAL Virgem Dolorosíssima, seríamos ingratos se não nos esforçássemos em promover a memória e o culto de Vossas Dores. Vosso Divino Filho tem vinculado à devoção de Vossas Dores, particulares graças para uma sincera penitência, oportunos auxílios e socorros em todas as necessidades e perigos. Alcançai-nos, Senhora, de vosso Divino Filho, pelos méritos de Vossas Dores e Lágrimas, a graça Creio, 01 Pai-Nosso e 03 Ave- -Marias em honra da Santíssima Trindade 1ª dor: A PROFECIA DE SIMEÃO - Pela dor que sofrestes ao ouvir a profecia de Simeão, de que uma espada de dor transpassaria o Vosso Coração, Mãe de Deus, ouvi a nossa prece! Pai Nosso... 7 Ave-Marias... Glória... 2ª dor: A PERSEGUIÇÃO DE HERO- DES E A FUGA DA SAGRADA FAMÍ- LIA - Pela dor que sofrestes quando fugistes para o Egito, apertando ao peito virginal o Menino Jesus, para o salvar das fúrias do ímpio Herodes, Virgem Imaculada, ouvi a nossa prece! Pai Nosso... 7 Ave-Marias-... Glória... 3ª dor: A PERDA DO MENINO JESUS NO TEMPLO DE JERUSALÉM - Pela dor que sofrestes quando da perda do Menino Jesus por três dias, Santíssima Senhora, ouvi a nossa prece! Pai Nosso... 7 Ave-Marias... Glória... 4ª dor: O ENCONTRO DESTA MÃE ADMIRÁVEL COM SEU FILHO, CAR- REGANDO A CRUZ, NO CAMINHO DO CALVÁRIO - Pela dor que sofrestes quando viste O querido Jesus com a Cruz ao ombro, a caminho do Calvário, Virgem Mãe das Dores, ouvi a nossa prece! Pai Nosso... 7 Ave-Marias... Glória... 5ª dor: A CRUCIFIXÃO DE NOS- SO SENHOR - Pela dor que sofrestes quando assististes à morte de Jesus, crucifi cado entre dois ladrões, Mãe da Divina Graça, ouvi a nossa prece! Pai Nosso... 7 Ave-Marias... Glória... 6ª dor: QUANDO RECEBEU NOS SEUS BRAÇOS O CORPO DE JESUS CRISTO, DESCIDO DA CRUZ - Pela dor que sofrestes quando recebestes em vossos braços o corpo inanimado de Jesus, descido da Cruz, Mãe dos Pecadores, ouvi a nossa prece! Pai Nosso... 7 Ave-Marias... Glória... 7ª dor: QUANDO DEPOSITOU JE- SUS NO SEPULCRO, FICANDO ELA EM TRISTE SOLIDÃO - Pela dor que sofrestes quando o corpo de Jesus foi depositado no sepulcro, fi cando Vós na mais triste solidão, Senhora de Todos os Povos, ouvi a nossa prece. Pai Nosso... 7 Ave-Marias... Glória... ORAÇÃO FINAL Dai-nos, Senhora, a graça de compreender o oceano de angústias que fi zeram de Vós a Mãe das Dores, para que possamos participar de Vossos sofrimentos e Vos consolemos pelo nosso amor e nossa fi delidade. Choramos convosco, ó Rainha dos Mártires, na esperança de ter a felicidade de um dia nos alegrarmos convosco no céu. Amém. (Com aprovação eclesiástica) Oração à Nossa Senhora da Agonia Ó Maria, Rainha dos Mártires, SE- NHORA DA AGONIA, Vós que permanecestes de pé junto à Cruz de Vosso Divino Filho JESUS e, às Suas palavras: - Mulher, eis aí o Teu fi lho - Filho, eis aí Tua Mãe, - tornastes-vos nossa MÃE; acolhei, com bondade, nossa prece fi lial. Ó Senhora da Agonia, assim como o discípulo acolheu-vos em sua casa, também nós queremos abrir-vos as portas de nossos corações, de nossos lares, CONSAGRANDO-VOS toda a nossa vida: passada, presente e futura. Exercei, pois, Vossa função de Mãe, ensinando-nos a viver, em todos os momentos, a vontade de Deus, levando-nos, assim, a imitar o Vosso SIM de Nazaré, que culminou com o SIM do Calvário. Vinde, ó Mãe, em socorro de nossas angústias, não permitindo que nos desviemos do caminho do bem, da verdade, do amor! Conduzi nossas vidas ao porto seguro da salvação, que é JESUS! Ousando somar nossas agonias às Vossas, diante desta difi culdade... (dizer o pedido), recorremos à Vossa maternal proteção, com a confi ança de que não fi caremos decepcionados em nossas súplicas. Amém. Nossa Senhora da Agonia, rogai por nós! PATRÍCIA E MARCELO O Pregador PAI UM EXEMPLO DE AMOR Nesses estes dias, assistindo a televisão em minha casa, vi uma reportagem que dizia assim: garoto de dois anos é um fenômeno na internet, pois consegue cantar um trecho de uma música dos Beatles e seu vídeo teve um milhão de acessos em um mês. Pesquisando pela internet pude ver o vídeo tão comentado do garotinho do Paraná que, com apoio de uma violinha de plástico, cantarolava um pequeno trecho de uma música famosa dos Beatles, fi quei impressionado com a capacidade daquele garoto que, desde pequeno, consegue copiar com destreza aquilo que seu pai faz. Aquele garoto cantava aquela música porque seu pai era um eterno apaixonado pelos Beatles. O que as pessoas não conseguiram enxergar naquele vídeo é a capacidade de ensinar que um pai tem. Aquela criança jamais conseguiria desenvolver aquela habilidade se seu pai não fosse tão fã assim daquele grupo. Isto está implícito na capacidade de ser pai.quando criança eu observava em meu pai a força nos braços ao construir uma casa, ele era pedreiro. Eu perguntava: - pai isso tudo não vai cair? Ele respondia meio carrancudo: - jamais meu fi lho, você não confi a em seu pai. Essa era a resposta que eu queria ouvir.aí está então o porquê daquele garoto ser tão desenvolto na música, porque segue os passos de seu pai que, com certeza, se orgulha em ver seu pequeno herdeiro empunhar a violinha e cantar aquela música. Portanto, pai pense muito antes de abrir uma cerveja, mesmo que bem gelada em um dia de calor, ou em acender um cigarro próximo de seu fi lho, pois os fi lhos imitam seus pais em tudo, no jeito de falar, de andar, de se vestir e copiam, principalmente, seus bons e maus exemplos.seja um pai amoroso com seus fi lhos e no futuro receberá amor de cada um deles, chame sua atenção, mas sem castigos dolorosos que possam trazer mágoa ou rancor, converse, se possível, se não, apenas ame e o tempo irá te mostrar fi lhos perfeitos não somente na parte física e psicológica, mas também no espírito e na verdade que você pai pode mostrar para eles.encontre um jeito de ser pai e não carrasco, ame e somente ame seus fi lhos, pois é dessa cumplicidade que é feita uma família cristã.que Deus possa abençoar cada dia mais sua missão de pai exemplo de amor JOÃO E VILMA O Pregador O REI E O MENDIGO U m mendigo estava pedindo esmola de porta em porta na aldeia, quando a carruagem dourada do rei surgiu à distância, como um sonho deslumbrante. O mendigo pensou: - Até que enfi m! Tirarei a barriga da miséria! O rei vai se compadecer de mim e vai presentear-me com uma oferta super-generosa. Seu coração disparou, quando a carruagem se deteve no lugar onde ele estava! O rei desceu com um sorriso, e seu olhar posou sobre ele. O pobre teve a confi r- mação de que o dia da sorte tinha chegado, enfi m. E fi cou fi tando a mão do rei. Mas, inesperadamente, o rei estendeu-lhe sua mão vazia e lhe disse: - O que tens para me dar? Ah, que extravagância foi esta do rei abrir a palma de sua mão para pedir... a um pedinte? Ficou confuso e parou indeciso. Em seguida, abriu devagar sua sacola e tirou dela o menor de todos os grãos de trigo para oferecê-lo ao rei. Sempre sorrindo, o rei recebeu a insignifi cante oferta, agradeceu e foi embora na sua carruagem. Mas qual não foi a surpresa do mendigo quando, ao fi m do dia, revirando sua sacola, viu que o menor dos grãos arrecadados era de ouro! Chorou amargamente e lamentou sua avareza PASTORAL DO DÍZIMO (19) Rua Bartolomeu Bueno da Silva, V. Paraíso CONSULTORIA E ASSESSORIA EMPRESARIAL CURSOS ONLINE NA ÁREA DE: Contábil, Fiscal e Financeiro FAZEMOS IRPF - XEROX - Tel.: EM BREVE PAPELARIA R. Sete de Setembro, Vila Paraíso - Mogi Guaçu - SP Dra. Ana Laura Coser Bridi Cirurgiã-Dentista Clínica Geral - CROSP Rua José Pedrini, 39 - Sala 03 Centro -Mogi Guaçu SP Fone: (19) Cel.:

5 O PREGADOR Agosto MENSAGEM AO NOSSO PÁROCO E naquele dia aquele menino nasceu... mais um dentre tantos que nascem todos os dias. Nasceu em uma família parecida com nossas famílias; nasceu como nascemos, isto é, sem aparatos reais e ou vestes principescas. O que haveria de tão especial nisso? A vida? Claro, a vida é sempre especial, contudo, será que aquela vida faria alguma diferença? Ao olhar para aquele menino assim também acontece em nossas casas muitos devem ter se perguntado: mas o que há de ser este menino? e, simultaneamente, talvez outros tenham feito apostas: aposto que será médico, Médico não! Engenheiro outro ainda teria dito... talvez... O fato é que aquele menino cresceu igual aos nossos meninos, envolto nas mesmas circunstâncias do tempo presente, realizando as mesmas estripulias e brincando com as mesmas brincadeiras de nossos meninos. Mas um dia, quando esse menino era mais moço, na profundidade de seu coração uma voz se fez ouvir; voz serena, mas que ardia e esperava uma resposta. E a resposta foi sendo dada aos poucos, através de atitudes que exigiram algumas renúncias e outras que demandaram esforços, todavia, o fato é que nessa busca por responder àquela voz, um conforto bem vindo e constante foi se achegando, conforto semelhante àquele abraço que queremos nas horas difíceis ou quem sabe ainda àquela mão que desejamos que esteja sobre nossas cabeças. Assim, dia após dia, esse menino foi respondendo àquela voz e, se não me engano, ainda hoje continua a responder... porém, o que talvez aquele menino não imaginasse é que aquela voz iria colocá-lo à frente de um povo, iria conduzi-lo para dar conforto aos desanimados, esperança aos desesperados, ensino aos sedentos e, mais que isso, iria fazê-lo padre. Padre...pai... é a isso que aquela Voz levou o menino Denilso. Ela o tirou do meio dos seus, o educou, o preparou e o devolveu ao povo para que ele fosse seu representante. E aqui está ele, no nosso meio, já não tão menino, mas sim adulto, maduro, pastor, amigo e pai de todos nós. Neste mês de Agosto, nós somos convidados a agradecer àquela Voz pelo chamado que um dia foi feito a ele, isto é, primeiramente por tê-lo chamado à vida e depois por tê-lo chamado para o sacerdócio. Mas queremos também agradecer a ti, caro padre Denilso, por não ter deixado aquela Voz gritar no vazio e por ter respondido afirmativamente ao apelo que ela lhe fazia. Nós sabemos que não és anjo; sabemos que és humano e que possuis a mesma limitação que a natureza humana a nós aplica, entretanto, sabemos também que aquele óleo que um dia te ungiu, aliado àquela imposição de mãos, te fez e te faz agir na pessoa da Voz que te chamou. Então padre, receba nossos parabéns pelo dia do padre (04 de Agosto) e também pelo teu aniversário natalício (09 de Agosto) e que aquela Voz sempre te acompanhe e não se canse de fazer teu coração arder pelo desejo de dar-lhe uma resposta. Nós, seus filhos e rebanho que administras, vamos louvando ao Senhor pelas consequências de tua resposta e fazemos o firme propósito de sempre rezar pelo teu ministério. É! Aquele menino não se tornou engenheiro, mas edificou e edifica a muitos sobre a rocha firme de Cristo. Aquele menino não se tornou médico, mas cura a muitos agindo in persona Christi, aconselhando, perdoando e distribuindo o Santo Alimento Celestial. Em suma, aquela Vida fez sim diferença e a cada dia vai deixando marcas por onde passa... marcas que fazem diferença, marcas que merecem ser lembradas, principalmente nos corações daqueles que, antes de julgá-lo, buscam compreendê-lo. Padre Denilso, obrigado por tudo que és para nós, e que o senhor possa ser sempre fiel...ao teu povo, a ti mesmo e àquela Voz... bendita Voz que um dia sussurrou no teu ouvido e no teu coração a mesma frase que sussurrou aos apóstolos quando se fez carne e esteve entre nós: Segue-me, e eu farei de ti pescador de homens. Feliz Aniversário! Feliz dia do padre e que Deus te abençoe sempre mais! Comunidade paroquial de Santo e São 23 JORNADA DIOCESANA DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO EM TAMBAÚ/SP N o dia 30 de junho de 2013 aconteceu em Tambaú a 23 Jornada Diocesana do Apostolado da Oração com o tema: Coração de Jesus, fonte de vida e santidade e o lema: As maravilhas realizadas pelo servo de Deus, Padre Donizeti Tavares de Lima. Nós fomos acolhidos pelo Padre Jose Roberto da Paróquia Santo de Tambaú/SP, que nos deu as boas vindas e cantou: Só porque você veio é festa no céu, é festa aqui. Ele disse que o Imaculado Coração de Maria é igual ao Coração de Jesus, porque estão unidos, e que o Coração de Maria também é manso e humilde como o de Jesus. Foi um dia de muita oração e o Monsenhor Orlando de São João da CONTABILIDADE Boa Vista nos disse que a Diocese é uma porção do povo de Deus, que tem a sua frente o Bispo, e que a Catedral de São João da Boa Vista é a Igreja Mãe de nossa Diocese, e que nossas Paróquias fazem parte dessa Igreja Mãe e nosso Pastor é o Dom Davi. Nos disse que a missão do Apostolado da Oração é rezar para que os Padres tenham um coração apaixonado pelo Coração de Jesus e também rezar pela conversão da humanidade. O Padre Anderson de Tambaú, nos falou sobre a vida do Padre Donizeti, que ele era muito devoto de Nossa Senhora Aparecida, e que a imagem que ganhou de sua mãe carregou a vida toda, para onde ia ele le- Abertura de Empresas Consultoria Fiscal e Contábil Departamento Pessoal e RH Imposto de Renda Prestação de Contas Inventário Consultoria Financeira (19) / Avenida Bandeirantes, 305 -Mogi Guaçu - SP vava e abençoava as pessoas pedindo a intercessão dela junto a Jesus e as graças e mais graças aconteciam. Padre Donizeti faleceu em 16/06/1961 e em 01/06/2009 começou o processo de beatificação. Essa jornada foi um dia intenso de oração e louvor. Pedimos que Jesus nos desse um coração novo, que nos desse força para carregarmos a cruz do dia-a-dia, e também um coração simples, manso e humilde, como o Coração de Jesus. Venha você também fazer parte do Apostolado da Oração. Sagrado Coração de Jesus, venha a nós o Vosso Reino Maria Lucia P. Zacariotto Secretaria do Apostolado da Oração DIA 25 DE AGOSTO DIA DO CATEQUISTA O QUE É SER CATEQUISTA? Ser catequista é antes de tudo ser discípulo e missionário de Cristo, é responder sim ao chamado de DEUS. É uma vocação, é estar sempre a disposição de JESUS para ecoar sua palavra e conseguir levar seus catequizandos a uma fascinante experiência com JESUS. Esse chamado não é algo pessoal, mas obra divina, graça. Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi (JO 15,16). Se fomos escolhidos, não podemos guardar para nós o tesouro que recebemos, é aí que nossa missão começa, temos o dever de transmitir e compartilhar com nossos catequizandos a boa nova. O próprio JESUS nos diz: Proclamai o evangelho a toda criatura.ser catequista é experimentar JESUS e, assim como Paulo, dizer Não sou eu que vivo, mas Cristo que vive em mim, fazendo nova todas as coisas. Mas como? Evangelizando não só com palavras, mas também com exemplos e atitudes, transformando a realidade na qual vive, não sendo simples comunicador da fé, mas autêntico transformador das verdades reveladas por Cristo. É uma grande responsabilidade, principalmente nos tempos atuais onde nossos jovens se encontram desorientados, angustiados, carentes de valores verdadeiros. É nossa missão despertá-los e encaminhá-los para o encontro pessoal com JESUS. Não é uma missão fácil, mas é muito gratificante. Principalmente quando encontramos um (a) jovem que foi nosso(a) catequizando (a), dedicando-se a algum movimento ou pastoral da comunidade, percebemos então que nossa dedicação rendeu frutos. Sempre digo aos meus catequizandos que a catequese não termina com a Crisma, pois continuaremos sendo evangelizados ao longo de nossa vida, é só se colocar à disposição de nossa comunidade e participar de alguma pastoral.que Maria nossa Mãe, e 1ª catequista sempre caminhe a nossa frente, e que JESUS CRISTO nos fortaleça, nos dê perseverança e um coração alegre para continuar nossa missão.parabéns A TODOS OS CATEQUISTAS CATARINA Pastoral Catequética Errata Na edição do mês de Julho, foi publicado erroneamente o Testemunho Trezena de Santo como sendo do Padre Denilso, quando na verdade, foi de uma Paroquiana. Mônica Wohlers Cirurgiã Dentista CRO SP Clínica Geral (Adulto e Criança) Clareamento Implante Rua Cláudio Manoel da Costa, Vila Paraíso - Mogi Guaçu - SP Fone: (19) O MELHOR CURSO DE INGLÊS PARA CRIANÇAS Marcela Gualdevi - Diretora Pedagógica (19) INGLÊS PARA CRIANÇAS A PARTIR DE 2 ANOS Unidade Mogi Guaçu: Rua Leopoldo Seckler, Jd. Planalto Verde ANUNCIE AQUI Fone: ANUNCIE AQUI ANUNCIE AQUI ANUNCIE AQUI

6 6 O P R E G A D O R Agosto 2013 Q uando a Acídia ou preguiça já dominou as nossas atitudes é porque ela já se insta_ lou no coração e na vontade. E ninguém esta livre dela. O Catecismo da Igreja Católica nos diz sobre este pecado, que hoje é tão banalizado que é quase normal e natural ter e nos entregarmos à preguiça. A preguiça é muito mais que falta do que fazer, indolência ou letargia, embora essas atitudes acompanhem muitos preguiçosos. A preguiça dos sete pecados capitais também não é a desocupação nem a despreocupação (que em excesso torna a pessoa relapsa). O espírito está pronto, mas a carne é fraca (Mt 26,41).A preguiça, que era descrita nas primeiras relações PECADOS CAPITAIS: ACÍDIA - PREGUIÇA dos pecados capitais como acídia, é uma condição de desânimo espiritual explícito de quem desistiu de buscar a Deus, ao bom e ao belo.preguiça espiritual: Pode-se pecar de diversas maneiras contra o amor de Deus: a indiferença, a negligencia ou a recusa à consideração da caridade divina, o menosprezo à iniciativa (de Deus em nos amar) e a negação de sua força. A acídia ou preguiça espiritual chega a recusar até a alegria que vem de Deus e a ter horror ao bem divino. O ódio a Deus vem do orgulho. Opõe-se ao amor de Deus, cuja bondade nega, e atreve-se a maldizê-lo como aquele que proíbe os pecados e infl ige às penas.após o pecado ter entrado na nossa história, Deus impôs ao homem a lei severa e redentora do trabalho, como disse o Papa Paulo VI. Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra de que foste tirado (Gn. 3,19). Todo trabalho é uma continuação da atividade criadora de Deus. E Deus derrama a sua graça sobre aquele que trabalha com diligência. O trabalho é a sentinela da virtude. Se com humildade oferecemos a Deus o nosso trabalho, este adquire um valor eterno.a preguiça joga por terra toda esta riqueza. Querer viver sem trabalhar é como desejar a própria maldição nesta vida. São Paulo disse aos tessalonicenses: Procurai viver com serenidade, trabalhando com vossas mãos, como vo-lo temos recomendado. É assim que vivereis honrosamente em presença dos de fora e não sereis pesados a ninguém. (1Tes 4,11-12). O Talmud dos judeus diz que: Não ensinar ao fi lho a trabalhar é como ensinar-lhe a roubar. Trabalhando, como homem, Jesus tornou sagrado o trabalho humano e fonte de santifi cação. Por isso, o lema de vida de São Bento de Nurcia, nos mosteiros, era: Ora et Labora! (Reza e Trabalha!). Um mau trabalhador é um mal cristão. Um operário displicente é um mal cristão. Um professor cristão e relapso é um contra testemunho cristão O pecado da omissão é fruto da preguiça. É por preguiça que o fi lho não obedece a seus pais. É por preguiça que os pais, muitas vezes, não educam bem os seus fi lhos. É por preguiça que o trabalhador faz o seu serviço de maneira desleixada, prejudicando os outros que dependem dele. É por preguiça que o estudante não estuda as suas lições e se arrasta na sua caminhada e prejudica a sua formação. Duas tentações frequentes ameaçam a oração: a falta de fé e a acídia, que é uma forma de depressão devida ao relaxamento da ascese, que leva ao desânimo.o preguiçoso morre desejando, porque as suas mãos recusam trabalhar.(provérbios21:25)é por preguiça que o cristão deixa de ir à missa, de rezar, de conhecer a doutrina da Igreja, de trabalhar na sua comunidade. Há um provérbio chinês que afi rma que não é a erva daninha que mata a planta, mas a preguiça do agricultor Henrique e Lu O Pregador Fonte de pesquisa: Internet VENHA PARTICIPAR CONOSCO E REZAR PELA SUA FAMÍLIA. SERÁ UMA SEMANA DE BENÇÃOS PARA TODA A IGREJA. A FAMÍLIA É ILUMINADA PELA FÉ. VAMOS REZAR PELAS NOSSAS FAMÍLIAS. SEMANA DA FAMÍLIA de 12 a 17 de agosto 12/08 SEGUNDA-FEIRA TEMA: Pais: os primeiros catequistas dos fi lhos Benção: para os fi lhos CELEBRANTE: PE. PAULO MOCOCA 13/08 TERÇA-FEIRA TEMA: Nossa Senhora na vida das famílias Benção: para as mães CELEBRANTE: PE. JOSÉ CAR- LOS MOGI GUAÇU 14/08 QUARTA-FEIRA TEMA: Família, Fé e Santidade Benção: para os pais CELEBRANTE: PE. NILZO MOGI GUAÇU 15/08 QUINTA-FEIRA TEMA: A importância do perdão na família Benção: para os avós CELEBRANTE: PE. CÉLIO SÃO JOÃO DA BOA VISTA 16/08 SEXTA-FEIRA TEMA: A Fidelidade Matrimonial Benção: para as gestantes CELEBRANTE: PE. LUCIANO LAGOA BRANCA 17/08 SÁBADO TEMA: Eu e minha casa serviremos ao Senhor Benção: para as famílias CELEBRANTE: PE. DENILSO 04 de agosto de º Domingo do Tempo Comum Tenham cuidado com qualquer tipo de ganância. 11 de agosto de º Domingo do Tempo Comum Felizes dos empregados que o Senhor encontra acordado quando chega. O EVANGELHO NA COMUNIDADE 18 de agosto de Assunção de Nossa Senhora Minha alma proclama a grandeza do Senhor. 25 de agosto de º Domingo do Tempo Comum Senhor é verdade que são poucos aqueles que se salvam? SALÃO 4 Estações CABELO & ESTÉTICA ATENDIMENTO COM HORA MARCADA LILIAN - FONE: Av. Antônio Patáro, Jd. Casagrande - Mogi Guaçu Compra - Vende Troca - Financia (19) Aqui não é promoção. A transferência é grátis!! Av. Mogi Mirim, Pq. Guainco - Mogi Guaçu SUPERMERCADO ZULIANI Fone (19) Rua Prof. Armando dos Santos, Jardim Bandeirantes - Mogi Guaçu - SP FINALVE$ Notebooks Online informática Venda e Assistência Técnica Computadores - Impressoras Fone: (19) Av. Emília Marchi Martini, Jd. Presidente - Mogi Guaçu - SP Site: ELABORAÇÃO Site: E EXECUÇÃO de P.P.R.A., L.T.C.A.T., P.C.M.S.O., A.P.R., P.P.P., dentre outros. Especializada em Mudança de Função, Avaliação de atestado médico. Segurança do Trabalho EXAMES MÉDICOS: Admissional, Periódicos, Retorno ao Trabalho, Telefones: (19) / Fones: (19) / Avenida Marechal Castelo Branco, 99, Centro, Mogi Guaçu - SP (atrás da DPASCHOAL)

7 O PREGADOR Agosto Janeiro Assunção de Nossa Senhora 15 de agosto A Assunção de Nossa Se-nhora é um dogma de fé, proclamado pelo papa Pio XII, no ano santo de Através desse dogma a Igreja afirma a especialidade de Maria, levada em corpo e alma ao céu, recompensa por sua vida, por sua aceitação à vontade do Senhor e pela santificação de seu coração, onde o pecado nunca tocou. A festa da Assunção é, pois a festa de toda a humanidade: Maria, gente como nós, sujeita às dores e aflições, às alegrias e surpresas da vida humana é levada ao céu como pessoa inteira corpo e alma para participar da glória do Senhor. Esta é a grande promessa da ressurreição, da nossa vida futura na glória de Deus. Maria já vive essa vida e, por isso tornou-se nossa intercessora junto ao Pai e ao Filho. Mãe amorosa, não esquece dos homens e mulheres que ainda vivem e que precisam de seu carinho e olhar maternal. A certeza de sua presença junto à Trindade nos dá a certeza de que também nós podemos ser glorificados e presenteados com a vida eterna.o canto do Magnificat que Maria entoou em visita à sua prima Isabel será o tema do Evangelho da Liturgia Eucarística da Assunção. Naquela época, a Virgem de Nazaré já conhecia o clamor de seu povo e sabia que só de seu Deus poderia vir a Salvação. Palavras atuais que ainda podem nos recordar das maravilhas que o Senhor faz por nós e que com Ele, por Ele e nele poderemos também experimentar a salvação. Meditemos, pois sobre as palavras de uma mãe que intercede por seu povo e que, com toda certeza, continua a em meu favor. O seu nome é santo, e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o respeitam. Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. Encheu de bens os famintos e despediu os ricos de mãos vazias. Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre. - Lc 1, recitá-las, pedindo por cada um de nós: A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque o todo poderoso fez grandes coisas ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO: Ó dulcíssima soberana, Rainha dos Anjos, bem sabemos que, miseráveis pecadores, não éramos dignos de vos possuir neste vale de lágrimas, mas sabemos também que a vossa grandeza não vos faz es- quecer a nossa miséria e, no meio de tanta glória, a vossa compaixão, longe de diminuir, aumenta cada vez mais para conosco. Do alto desse trono em que reinas sobre todos os anjos e santos, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos; vede a quantas tempestades e mil perigos estaremos, sem cessar, expostos até o fim de nossa vida! Pelos merecimentos de vossa bendita morte obtende-nos o aumento da fé, da confiança e da santa perseverança na amizade de Deus, para que possamos, um dia, ir beijar os vossos pés e unir as nossas vozes às dos espíritos celestes, para louvar e cantar as vossas glórias eternamente no céu.que Assim Seja HUMBERTO E DANI O PREGADOR Aniversariantes dizimistas e Catequizandos do mês de Agosto FABRICIO JESUS ALMEIDA FELIPETO / ROZA BUZON LOURENÇO ALZIRA MARQUES COELHO / HELENA R. SOARES / ISAEL JOÃO ZACARIOTO / IVONE APARECIDA CONTESSOTO DA SILVA / JOÃO MATEUS XAVIER / ORMINDA BENSI / ROSIMEIRE APARECIDA INÁCIO VALANDRO ANDRÉ DE MORAES SALVI / JOSÉ CIANCAGLIO / PEDRO WOHLERS / RISIÊ CRISTINA TENÓRIO GUSMÃO JOSÉ ALVES / SÉRGIO APARECIDO DA PAULA JOSÉ DONIZETI SALVI / MARIA DE JESUS MAINETI HERMINIO SETIM / JORGINA G. PERCEBOM / JOSÉ CARLOS LIMA DE OLIVEIRA ANA MARIA DINIZ PINTO / ADRIANA MADALENA D. RIBEIRO / CELSO SOUZA CAMPOS / JOSÉ CAETANO MONTEIRO / LOURDES TEIXEIRO LOPES / MARCELO DOS SANTOS JÚNIOR / MARIA JOSÉ FRANCO DOS SANTOS AMÁBILE CRUZ G. S. ALVES / EFIGÊNIA DUARTE HONÓRIO / JEWEL SOARES / LEANDRO GOMES / MARIA EDUARDA SANTOS MACEDO / PE. DENILSO SECO ANA LAURA ZULIANI / ANA MARIA GODOI SILVA / CÉLIO V. DA SILVA / DIRCE ERVILHA CARVALHO / FÁBIO A. SOUZA / JESUÍNA MARQUES DE BRITO / JULIANA BULGARELLI / LOURENÇO CONTESSOTO / MARIA LÍVIA LAZARINI / RAFAEL CORRÊA DUARTE ANTONIO DE LUIZ / WANYR HELENA DE ARRUDA LONGUINI / FELIPE ANTONIO COSTA DA SILVA / JAMIR SECO / SILVANA JORDÃO MARQUES JOSÉ INÁCIO DE JESUS / MARIA V. DE ALMEIDA / VANESSA DEARO GUERRA JOSÉ FELIPE DE VILAS BOAS JOSÉ ROBERTO RIBEIRO JÚNIOR CONCEIÇÃO APARECIDA VILAS BOAS / ELOÁ PEREIRA DO NASCIMENTO / GISELE CRISTINA PALIARES DINIZ / MAGALI APARECIDA PARDINI DE CARVALHO / MARIA APARECIDA G. CONTESSOTO / MARIA APARECIDA SILVESTRE ERMILA DE MORAES PIZA / ROBERTA DE CÁSSIA FAGANELO / VANESSA LEANDRO MARQUES 17 ACIDÁLIA FERREIRA DOS SANTOS / JANDIRA DA SILVA MAXIMIANO / VALTENCIR SAHU DA SILVA 18 HELOISA HELENA DE ALMEIDA / MARIA CECILIA F. DEPIERRI / MARIO BIAZOTTO / ROSMEIRE GOMES ALVES BARBOSA 19 ANA MARIA I. S. MIRANDA / MANOEL DO NASCIMENTO / RODOLFO M. RODRIGUES 20 MARIA APARECIDA BENDASOLE 21 ALESSANDRA DA CUNHA FERREIRA / ANGELA APARECIDA DE O. RESTANI / ANTONIA APARECIDA O. BONOMI / AUREA FRANCATO DE SOUZA GODOY / MADALENA PEREIRA LEALDINI / MARIA DA PENHA CARDOSO BRAGA / ÉRIC GABRIEL DE AGUIAR MAXIMIANO 22 JOSEFINA LOPES RODRIGUES / MÁRCIA REGINA DE PIETRO / THAÍSSA HELENA CANAVESI DE MORAES 24 GISLAINE APARECIDA DA CRUZ RISSI / ILZA AMORIM DE SOUZA MOREIRA / JAIR DE MORAIS 25 DANIEL ZACARIOTTO / GISELE MARIA PERINA ALVES / INÊS AUGUSTO LEALDINI / JORGE ALVES FILHO / MERY DA CUNHA SILVA / VILMA SIMOSO ZULIANI 26 CARLOS ALBERTO GUARDIA / NAIR BASSANI 27 ALICE SCHIAVI QUARESMA / ANA MARIA V. VILARONGA / ANA MACIEL DO P. S. VASCONCELOS / JUVENAL DA SILVA / KLEBER ROMEU FARIA / MARIANA QUEIROZ RONCOLATO / NELSON SIMOSO / VICTOR RICARDO PINTOR ROSSATTI 28 AUGUSTINHO G. GONÇALVES / MÁRCIA AP. BENTO / SÔNIA VANZELA RODRIGUES 29 ANA PAULA GOULART DA SILVA / JOÃO CARLOS GAIOTTO / LUCAS CEZÁRIO MATIELO / LUZIA ISAIAS / MARIA JOSÉ DOS SANTOS MARTINS / MARIA JOSÉ DE A. OLIVEIRA / NAIR B. DOMINGUES 30 JOÃO PAULO GOMES DEPIERRI / SILVIO ANTONIO DOS SANTOS / JOÃO VÍTOR ESTEVAM PINTO / SALVATINO PEREIRA DA SILVA 31 BIANCA WOHLERS SIMIONATO / JOÃO FAGUNDES DA SILVA / VINÍCIUS COLLA DO NASCIMENTO Batizados e Casamentos BATIZADOS 07/07 - CLARA DOS SANTOS BARRO 21/07 - ANA LUIZA BORGES DE ANDRADE EMILLY GOMES LOPES GIULIA ZANCO MORTAIS IGOR MOUTINHO DA SILVA JOÃO PAULO ANDRADE COCOVILO JOSÉ NICOLAS PINTOR ROSSATTI VICTOR PUTINI LOBATO PROGRAMAÇÃO DO TERÇO DOS HOMENS PARA O MÊS DE AGOSTO /08 20:00HS ERMIDA DA MÃE RAINHA 14/08 20:00HS IGREJA SÃO SEBASTIÃO 21/08 20:00HS IGREJA SÃO SEBASTIÃO 28/08 20:00HS IGREJA SÃO SEBASTIÃO 04/09 20:00HS ERMIDA DA MÃE RAINHA CASAMENTOS REALIZADOS 05/07 - ANDRÉ LUIZ APARECIDO FRANCATTO & ADELITA PAULA DEVECHIO 06/07 - WAGNER LUIZ MAGIOLI & LAURIENE RODRIGUES 12/07 - RAFAEL RODRIGO GIRALDIN & AMANDA ANDRADE DA SILVA 19/07 - RODRIGO BARBOSA DA SILVA & MARCIA AP. BENTO DA SILVA 27/07 - WILLIANS SILVA SOARES & LARISSA GALHARDONI ALCOÓLICOS ANÔNIMOS - GRUPO MÃO AMIGA Rua Sgto. Aviador Oswaldo Fernandes, nº 18 Salão Paroquial da Igreja Matriz Imaculada Conceição Centro Mogi Guaçu SP Segunda, Quarta e Sexta 20:00hs às 22:00hs ALCOÓLICOS ANÔNIMOS - GRUPO RENASCER Rua Vereador Pedro Franco de Campos, 486 Jd. Novo I Mogi Guaçu SP (CEI MAESTRO GERALDO VEDOVELO) Terça / Quinta 20:00hs às 22:00hs - Domingo 10:00hs às 12:00hs

8 8 O P R E G A D O R Agosto 2013 ACONTECEU NA PARÓQUIA Formação Forania Jovens estrangeiros visitam a Paróquia Festa Junina TLC Festa Julina Mini-TLC Missa da Família

9 Calendário de Agosto 2013 Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado 4 07:00 hs Missa na Igreja 08:30 hs Missa na Igreja São 18:00 hs Missa na Igreja 20:00 hs Missa na Igreja 11 07:00 hs Missa na 08:30 hs Missa na Igreja São 18:00 hs Missa na Igreja 20:00 hs Missa na Igreja 18 07:00 hs Missa na Igreja 08:30 hs Missa na Igreja São 18:00 hs Missa na Igreja Matriz Santo e Mãe Rainha 20:00 hs Missa na Igreja Matriz Santo 25 07:00 hs Missa na 08:30 hs Missa na Igreja São 18:00 hs Missa na Igreja Matriz Santo e Mãe Rainha 20:00 hs Missa na Igreja 5 Confraternização pelo Dia do Padre 6 Missa na Igreja São :30 hs Missa de Missa e Semana da Família na Semana da 26 Início do Retiro Anual dos Padres Nossa Senhora Rosa Mística e Semana da Família na Igreja Família na Paróquia Sta Tereza D Avila Celebração na Igreja São 27 Celebração na Igreja São Retiro Anual dos Padres Atendimento e Confissões Atendimento e Confissões 14:00 hs - Adoração ao Santíssimo Sacramento 15:00 hs - Missa do Sagrado Coração de Jesus 7 15:00 hs Missa na Atendimento e e Novena do Perpetuo Socorro Semana da Família na Paróquia Nossa Senhora Aparecida Missa e Semana da Família na Igreja 15:00 hs Missa na Igreja Matriz Santo e Novena do Perpetuo Socorro 19:30 hs - Formação com a Pastoral da Acolhida Confissões 20:00 hs Missa na Comunidade Santa Clara em Moji Mirim Atendimento e Confissões Missa e Semana da Família na 07:00 hs Missa na Igreja Matri z Santo Missa e Semana da Família na Igreja :00 hs Missa na :00 hs 07:00 hs Celebração Adoração dos Missa na Igreja e Novena do Perpetuo Socorro na Retiro Anual dos Padres Ministros da Eucaristia Término do Retiro Anual dos Padres Matriz Santo 19:30 hs - Missa da Familia da Forania Imaculada Conceição 18:00 hs Missa na Igreja São Missa na Igreja 18:00 hs Missa na Igreja São Missa na Igreja Missa da Família 21:00 hs - CASAMENTO FÁBIO E JÉSSICA 18:00 hs Missa na Igreja São Missa na e Encerramento da Semana da Família 18:00 hs Missa na Igreja São Missa na Igreja 21- CASAMENTO JU- NIOR E PRISCILA 18:00 hs Missa na Igreja de São Missa na Igreja Matriz de Santo e 21:00 hs CASAMENTO DANILO E FABIANA CANTINHO DA CRIANÇA PARA COLORIR Encontre as palavras do caça palavras: Feliz Dia dos Pais!!! Vocês são luz na vida de cada filho. Deus Feliz abençoe dia dos imensamente Pais!!! Vocês são cada luz na vida de cada filho. Pai neste dia especial Deus abençoe imensamente cada Pai neste dia especial. ALESSANDRO E FABIANA - O PREGADOR Alessandro e Fabiana O Pregador

Maria Maria Maria Maria

Maria Maria Maria Maria 1 Ave, Maria! 2 Introdução Poucas vezes, Maria é citada nas Escrituras Sagradas. Na verdade, são apenas 17 passagens, algumas relativas aos mesmos fatos, distribuídas nos quatro Evangelhos, e uma passagem

Leia mais

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe.

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe. NOVENA O verdadeiro crente deve conscientizar-se da importância da oração em sua vida. O senhor Jesus disse : Rogai sem cessar ; quando fazemos uma novena que é uma de oração, estamos seguindo um ensinamento

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

Sagrado Coração de Jesus

Sagrado Coração de Jesus Trezena em honra ao Sagrado Coração de Jesus Com reflexões sobre suas doze promessas a Santa Margarida Maria de Alacoque EDITORA AVE-MARIA Introdução Antes de o prezado leitor iniciar esta Trezena em honra

Leia mais

Sumário Rosário de Nossa Senhora

Sumário Rosário de Nossa Senhora Sumário PRECES DIÁRIAS DO CRISTÃO... 13 1. Sinal da Cruz... 13 2. Pai-Nosso... 14 3. Ave-Maria... 15 4. Glória ao Pai... 16 5. Creio... 16 6. Invocação ao Espírito Santo... 17 7. Bênção contra a Tristeza...

Leia mais

Nossa Senhora da Assunção

Nossa Senhora da Assunção Série Pe. Roque Vicente Beraldi, CMF Novena milagrosa a Nossa Senhora da Assunção Dia da festa: 15 de agosto EDITORA AVE-MARIA Introdução Contemplações sobre a Sagrada Escritura, sem conteúdo comprovado,

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

DEVOÇÃO ÀS SETE DORES DE NOSSA SENHORA

DEVOÇÃO ÀS SETE DORES DE NOSSA SENHORA 1 DEVOÇÃO ÀS SETE DORES DE NOSSA SENHORA Editoria Perfeita Devoção www.perfeitadevocao.org É fundamental a todo católico e mais ainda a todo escravo do Divino Amor aprimorar-se em sua terna devoção Àquela

Leia mais

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40.

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Como no dia de ontem, o grupo reuniu-se às 19h30 para iniciar a tarefa de

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária Caro jovem,, Que alegria saber que como você muitos jovens estão encontrando um caminho para a oração pessoal e diária. Continue animado com a busca de um relacionamento mais pessoal

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MISSA DO DIA DOS PAIS

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MISSA DO DIA DOS PAIS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MISSA DO DIA DOS PAIS RITOS INICIAIS ANIM.: Celebramos hoje a Eucaristia, ação de graças a Deus, nosso Pai, por todos os pais do colégio.

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10.

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Vigília Jubilar Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Material: Uma Bíblia Vela da missão Velas para todas as pessoas ou pedir que cada pessoa

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

1ª ESTAÇÃO: JESUS É CONDENADO À MORTE

1ª ESTAÇÃO: JESUS É CONDENADO À MORTE Romeiros da Matriz de Vila Franc a do Campo VIA SACRA EUCARÍSTICA Quaresma 2014 D: Graças e louvores se dêem a todo o momento! (3x) Todos: Ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento! D: Em nome do Pai, do

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal 1 PARÓQUIA DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO, MATRIZ DE PORTIMÃO ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal (O Ícone da Sagrada Família deve ser colocado na sala, num lugar de relevo e devidamente preparado com uma

Leia mais

Rosarium Virginis Mariae

Rosarium Virginis Mariae EDITORA AVE-MARIA Introdução O Rosário da Virgem Maria, que ao sopro do Espírito Santo de Deus se foi formando gradualmente no segundo milênio, é oração amada por numerosos santos e estimulada pelo magistério.

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

NOVENA DE NOSSA SENHORA AUXILIADORA. 7º DIA: Sonho da jangada (MB VIII, 275-282) Nossa Senhora não abandona quem nela confia.

NOVENA DE NOSSA SENHORA AUXILIADORA. 7º DIA: Sonho da jangada (MB VIII, 275-282) Nossa Senhora não abandona quem nela confia. NOVENA DE NOSSA SENHORA AUXILIADORA 7º DIA: Sonho da jangada (MB VIII, 275-282) Nossa Senhora não abandona quem nela confia. ACOLHIDA FICO FELIZ Fico feliz em vir em tua casa, erguer minha voz e cantar.

Leia mais

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014 Adoração ao Santíssimo Sacramento Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa 4 de Março de 2014 Leitor: Quando nós, cristãos, confessamos a Trindade de Deus, queremos afirmar que Deus não é um ser solitário,

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL SUGESTÃO DE CELEBRAÇÃO DE NATAL 2013 ADORAÇÃO Prelúdio HE 21 Dirigente: Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA

CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA Assim nós invocamos a presença de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém. Hino: HPD II 330 Abraço de

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

Mensagem aos Fiéis Paroquianos

Mensagem aos Fiéis Paroquianos Mensagem aos Fiéis Paroquianos O ano já está terminando! Ao olhar para trás, quantas coisas realizamos. Ao olhar para frente, quantas oportunidades se aproximam a favor da evangelização do nosso povo.

Leia mais

- Pela manhã - Transmissão de missas em cada emissora local. - 11h45 Benção das famílias pelos freis Capuchinhos da Paróquia Imaculada Conceição.

- Pela manhã - Transmissão de missas em cada emissora local. - 11h45 Benção das famílias pelos freis Capuchinhos da Paróquia Imaculada Conceição. REDE SUL DE RÁDIO Programação da RedeSul de Rádio para a semana santa Dia 28 de março Quinta-feira Santa - Ato do lava-pés transmissão pelas emissoras locais Dia 30 de março Sexta-feira Santa Das 7h às

Leia mais

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Produção executiva: MK Music / Masterização: Max Motta no MK Studio /

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

(3 de outubro quinta-feira) Maria: Mulher consagrada ao serviço do Senhor!

(3 de outubro quinta-feira) Maria: Mulher consagrada ao serviço do Senhor! 1º Dia (3 de outubro quinta-feira) Maria: Mulher consagrada ao serviço do Senhor! Batismo de Jesus Jesus foi batizado por João no rio Jordão. A partir desse momento assumiu o anúncio público do Reino de

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

MARIA, MÃE DA MISERICÓRDIA! INTRODUÇÃO

MARIA, MÃE DA MISERICÓRDIA! INTRODUÇÃO MARIA, MÃE DA MISERICÓRDIA! INTRODUÇÃO A pessoa de Maria foi desde os primeiros séculos do cristianismo uma grade fonte de inspiração para o povo cristão. De fato nas catacumbas de Roma, onde os cristãos

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

APOSTOLADO DA ORAÇÃO

APOSTOLADO DA ORAÇÃO APOSTOLADO DA ORAÇÃO INFORMATIVO APOSTOLADO DA ORAÇÃO ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS - SC Outubro: Mês Missionário A missão é feita: com os pés dos que partem... com os joelhos dos que rezam... e as mãos

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO Disponível em: www.seminariomaiordebrasilia.com.br Acesso em 13/03/2014 A palavra Quaresma surge no século IV e tem um significado profundo e simbólico para os cristãos

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Janeiro 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 02 S 03 S 15h00 Reunião de Coordenação da Catequese 04 D Solenidade Epifania do Senhor

Leia mais

TEMPO DO NATAL I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA HINOS. Vésperas

TEMPO DO NATAL I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA HINOS. Vésperas I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA No Ofício dominical e ferial, desde as Vésperas I do Natal do Senhor até às Vésperas I da Epifania do Senhor, a não ser que haja hinos próprios: HINOS Vésperas Oh admirável

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

I CONGRESSO EUCARÍSTICO PAROQUIAL

I CONGRESSO EUCARÍSTICO PAROQUIAL I CONGRESSO EUCARÍSTICO PAROQUIAL De 20 a 27 de Setembro de 2009 TEMA: Fazei isto em memória de mim (Lc 22,19b) PROGRAMAÇÃO Dia 20 de Setembro DOMINGO ABERTURA DO CONGRESSO 19h30min Celebração Eucarística

Leia mais

Diocese de Guaxupé. Hora Santa. Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

Diocese de Guaxupé. Hora Santa. Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes Diocese de Guaxupé Hora Santa Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes para exposição do Santíssimo Sacramento Glória a Jesus na Hóstia Santa (ou outro a escolha) Dirigente: Graças e louvores se

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015. Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelos catequistas

SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015. Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelos catequistas SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015 Admonição de entrada [Matilde Carvalho] Entrada: toca o Sino Toca o sino pequenino Sino de Belém Já nasceu o Deus menino Para o nosso bem

Leia mais

S. Luís Maria Grignion de Montfort. Método para rezar com fruto o Santo Rosário, segundo São Luís Maria de Montfort

S. Luís Maria Grignion de Montfort. Método para rezar com fruto o Santo Rosário, segundo São Luís Maria de Montfort S. Luís Maria Grignion de Montfort Método para rezar com fruto o Santo Rosário, segundo São Luís Maria de Montfort "Não é possível expressar quanto a Santíssima irgem estima o Rosário sobre todas as demais

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO ORAÇÃO DO INÍCIO DA NOVENA SENHOR JESUS CRISTO, Vós nos encorajastes a Vos trazer nossa preocupação na oração. Se me pedirdes alguma coisa em meu

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

O Canto Litúrgico. Como escolher os cantos para nossas celebrações?

O Canto Litúrgico. Como escolher os cantos para nossas celebrações? O Canto Litúrgico Como escolher os cantos para nossas celebrações? O que é Liturgia? Liturgia é antes de tudo "serviço do povo", essa experiência é fruto de uma vivencia fraterna, ou seja, é o culto, é

Leia mais

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor!

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor! TUDO POR AMOR A dor, o espinho vil, as lágrimas, o seu sofrer, o meu Senhor na cruz está. Não posso suportar! O que o fez se entregar, pagar o preço lá na cruz? Como um cordeiro foi morrer pra vir me resgatar!

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

"Maria!"! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist!

Maria!! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist! CartadePentecostes2015 AbadeGeralOCist "Maria" Carissimos, vos escrevo repensando na Semana Santa que passei em Jerusalém, na Basílica do Santo Sepulcro, hóspede dos Franciscanos. Colhi esta ocasião para

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

Hora Santa pela santificação do Clero

Hora Santa pela santificação do Clero Hora Santa pela santificação do Clero Solenidade do Sagrado Coração de Jesus - 12 de Junho de 2015 1. ABERTURA Animador: Caríssimos irmãos e irmãos, neste dia em que a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado

Leia mais

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Como o Pai me enviou, também Eu vos envio (Jo 20,21) Outubro de 2011 / Ano MMXI 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Com grande alegria que terminamos mais um mês

Leia mais

AS VIRTUDES TEOLOGAIS. A VIRTUDE DA FÉ. Catecismo de São Pio X.

AS VIRTUDES TEOLOGAIS. A VIRTUDE DA FÉ. Catecismo de São Pio X. 1 AS VIRTUDES TEOLOGAIS. A VIRTUDE DA FÉ. Catecismo de São Pio X. Precisamos aprender como devemos agir. Já que Deus nos deu tantas coisas boas, é normal que procuremos viver dentro de Sua Lei, praticando

Leia mais

Oração celebrativa para 16 Agosto 2013 com toda a Família Salesiana

Oração celebrativa para 16 Agosto 2013 com toda a Família Salesiana Oração celebrativa para 16 Agosto 2013 com toda a Família Salesiana «Da mihi animas, cetera tolle» Vamos à fonte da experiência espiritual de Dom Bosco, para caminharmos na santidade, segundo a nossa vocação

Leia mais

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre Caridade e partilha Vivemos em nossa arquidiocese o Ano da Caridade. Neste tempo, dentro daquilo que programou o Plano de Pastoral, somos chamados a nos organizar melhor em nossos trabalhos de caridade

Leia mais

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Edição oficial do CICLUMIG Flor do Céu De acordo com revisão feita pelo Sr. Luiz Mendes do Nascimento, zelador do hinário. www.mestreirineu.org 1 01 - DIVINO PAI

Leia mais

COMISSÃO BÍBLICA PASTORAL 1º DOMINGO DO ADVENTO ANO B

COMISSÃO BÍBLICA PASTORAL 1º DOMINGO DO ADVENTO ANO B COMISSÃO BÍBLICA PASTORAL 1º DOMINGO DO ADVENTO ANO B Tema: Ficai atentos, pois não sabeis quando chegará o momento. Acolhida: Sejam todos bem-vindos. Vamos refletir e rezar em comunidade, acolhendo a

Leia mais

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente!

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente! Círculo de Casais - Dirigentes: Abel e Lourdinha Passos Paróquia são Francisco Xavier Niterói RJ 19/12/03 Comentarista: Chegou o Natal! Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para

Leia mais

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor!

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 2º ROTEIRO EUCARISTIA Mistério Pascal celebrado na comunidade de fé! 3º ENCONTRO EVANGELHO Amor para anunciar e transformar o mundo! 1915-2015 SUBSÍDIOS

Leia mais

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa)

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) Cântico de Entrada SAUDAÇÃO E MONIÇÃO INICIAL DIÁLOGO COM OS PAIS E PADRINHOS Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais: (dizem o nome do filho). Que pedis à Igreja

Leia mais

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira)

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira) Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira) Queridos filhos, afastai-vos de todo mal e voltai-vos ao Senhor que vos espera com alegria. Limpai vossos corações

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

ROTEIRO PARA INTERCESSÃO NOS EVENTOS

ROTEIRO PARA INTERCESSÃO NOS EVENTOS ROTEIRO PARA INTERCESSÃO NOS EVENTOS 1. Por se tratar de uma batalha espiritual os membros da equipe de intercessão devem preparar se no período que anteceder o evento através das práticas espirituais

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA:

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA: CANTO DE ENTRADA: CANTOS PARA O NATAL 01. PEQUENINO SE FEZ (SL 95): J.Thomaz Filho e Fr.Fabretti Pequenino se fez nosso irmão, Deus-conosco! Brilhou nova luz! Quem chorou venha ver que o Menino tem razão

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP-

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- 1 ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- DIA 15.06.2010 MOMENTO ORANTE ECUMÊNICO PELA PASSAGEM DO 59º ANIVERSÁRIO DA ACHUAP (para propiciar momento de silêncio e

Leia mais

VII DOMINGO DA PÁSCOA - Ano C Ascensão do Senhor

VII DOMINGO DA PÁSCOA - Ano C Ascensão do Senhor VII DOMINGO DA PÁSCOA - Ano C Ascensão do Senhor Enquanto os abençoava, foi elevado ao Céu 8 de Maio de 2016 Admonição Inicial - Cântico Inicial - Eu acredito Nós sabemos porquê, porquê seguir esta estrada

Leia mais

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito 9.9 Jesus Cristo é homem perfeito Aula 48 Assim como é importante verificarmos na Palavra de Deus e crermos que Jesus Cristo é Deus, também é importante verificarmos e crermos na humanidade de Jesus após

Leia mais

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ SEIA 23 DE JUNHO 2013 ENTRADA NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, POVO SACERDOTAL, IGREJA SANTA

Leia mais

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes 17º DOMINGO DO TEMPO COMUM 26 de julho de 2015 Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes Leituras: Segundo Livro dos Reis 4, 42-44; Salmo 144 (145),

Leia mais