SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA DE ABRIL DE 2014 DOCUMENTO SÍNTESE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA 23-25 DE ABRIL DE 2014 DOCUMENTO SÍNTESE"

Transcrição

1 SA11658 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: Fax: website : union.org SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA DE ABRIL DE 2014 Tema: «Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo» Original: Inglês DOCUMENTO SÍNTESE

2 1 A. INTRODUÇÃO/ANTECEDENTES 1. O Acto Constitutivo da União Africana (UA), nos seus Artigos 14 o e 16 o, estabeleceu Comités Técnicos Especializados (CTE), como importantes órgãos da União Africana. Os CTE foram originalmente criados ao abrigo do Artigo 25 o do Tratado da Comunidade Económica Africana (o Tratado de Abuja) e com a transformação da OUA para UA, estes foram inseridos no âmbito do Acto Constitutivo da União Africana. Espera-se que os CTE trabalhem em estreita colaboração com os vários Departamentos da Comissão da UA, no sentido de proporcionar contributos bem informados nas suas áreas de especialização, quanto ao trabalho do Conselho Executivo. Devem ainda, em nome do Conselho Executivo, envolver-se na monitorização da elaboração e implementação dos programas da UA e das CER. 2. A Conferência, mediante a sua decisão Assembly/AU/Dec.227 (XII), adoptada em Fevereiro de 2009, reconfigurou os CTE. No âmbito desta reconfiguração, a Comissão do Trabalho e Assuntos Sociais fará parte dos CTE sobre Desenvolvimento Social, Trabalho e Emprego. A operacionalização dos CTE, devia ter iniciado em Todavia, o Conselho Executivo, através da sua decisão EX.CL/Dec.701 (XXI), deferira a sua operacionalização para Janeiro de De facto, esta Sessão Especial da Comissão de Trabalho e Assuntos Sociais, será a última a ser composta apenas por Ministros do Trabalho. Em Abril de 2015, altura em que se realizaria a 10 a Sessão Ordinária da LSAC, os Ministros do Trabalho e os parceiros sociais, irão reunir-se com os Ministros do Desenvolvimento Social, como Comité Técnico Especializado sobre Desenvolvimento Especial, Trabalho e Emprego. 4. Em conformidade com a decisão (EX.CL/Dec.648 (XIX), a 19 a Sessão Ordinária do Conselho Executivo da UA decidiu realizar uma Sessão Especial da Comissão de Trabalho e Assuntos Sociais (LSAC) com o objectivo de avaliar a implementação da Declaração e Plano de Acção de Ouagadougou de 2004, sobre a Promoção de Emprego e Alívio da Pobreza. A 9 a Sessão Ordinária da LSAC (de Abril de 2013, em Adis Abeba), deliberou a realização da referida Sessão Especial em Windhoek, Namíbia, de 23 a 25 de Abril de A Sessão Especial realiza-se à margem das comemorações do 50 o Aniversário da União Africana que teve início em 2013 e, durante a qual está sendo elaborada uma Agenda Africana para os próximos 50 anos (Agenda Africana para 2063). A Sessão Especial, realiza-se, igualmente, aquando do engajamento da comunidade internacional na definição da Agenda de Desenvolvimento Pós Assim, a Sessão Especial, poderá tirar proveito da riqueza das linhas de pensamento e informações contemporâneas, com vista a enriquecer os seus resultados, particularmente, no que diz respeito ao desenvolvimento do capital humano, criação de empregos, protecção social e desenvolvimento inclusivo.

3 2 B. A SITUAÇÃO DO EMPREGO E DA POBREZA, 10 ANOS APÓS OUAGADOUGOU Em conformidade com o Relatório sobre o progresso que a África logrou em torno dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio em , não obstante o declínio da proporção de pessoas empregadas que vivem abaixo do valor de referência da pobreza de 1,25$EU por dia, com excepção da África do Norte, a África, está mal encaminhada no que respeita à redução da pobreza pela metade até O emprego é reconhecido como uma caminho para a saída da pobreza. Por conseguinte, surge a necessidade de se aumentar o ritmo e inclusão do processo de crescimento, bem como investimentos no serviços e infra-estruturas sociais, tendo em vista melhorar a saúde, os rendimentos e a produtividade da maioria da força de trabalho activa. O continente continua dificultado com uma elevada concentração da maioria da camada trabalhadora nos sectores da economia informal e rural, com uma baixa cobertura de protecção social (caso possuam), baixa produtividade e baixo poder de geração de rendimentos. Ademais, apesar do notável progresso, a África permanece como uma das regiões menos produtivas do mundo. C. RELATÓRIOS DE SEGUIMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO PELOS ESTADOS- MEMBROS 7. De acordo com vários relatórios bienais e dois relatórios de seguimento (2009 e 2014), as Principais Áreas Prioritárias (KPA) 1, 2, 4, 5 e 6 da Declaração e Plano de Acção de Ouagadougou de 2004 sobre a Promoção do Emprego e Alívio da Pobreza, centraram-se nos esforços de implementação dos Estados-membros. No seu diálogo político e particularmente na formulação ou revisão das suas políticas de emprego, os Estados Membros elevaram os seus perfis de promoção do emprego. Aumentaram as suas capacidades no que tange à Monitorização e Avaliação (M&A) e seguimento das políticas de emprego. Foram, igualmente, capazes de procurar por mais coerência e coordenação na área do trabalho e emprego. 8. Os principais desafios na implementação do Plano de Acção de Ouagadougou de 2004, foram: (i) o número elevado de KPA, Estratégias e Recomendações; (ii) a falta de recursos financeiros em todos os níveis; (iii) a debilidade das instituições do mercado de trabalho; (iv) a persistente fraca vontade política para com um compromisso concreto; (v) a pobre coordenação entre as relevantes instituições preocupadas com os desafios do mercado de trabalho. As Comunidades Económicas Regionais (CER) deviam ter desempenhado um papel fulcral no processo de implementação do Plano de Acção relativamente 1 Sexta Reunião Conjunta da Conferência da CEA dos Ministros Africanos das Finanças, Planificação e Desenvolvimento e da Conferência dos Ministros da Economia e Finanças da UA, Abidjan, de Março de 2013

4 3 aos desafios supracitados. Contundo, não possuíam a capacidade humana necessária para assim o fazer. 9. No âmbito do processo de implementação do Plano de Acção (PA) de Ouagadougou de 2004, foi elaborado um conjunto de vários outros instrumentos políticos e programas/projectos. Tendo como preocupação o facto de a África ser uma das regiões menos produtivas do mundo, o Conselho Executivo da UA engajou-se numa estratégia com duas abordagens possíveis, mediante a adopção da Agenda de Produtividade para a África, associada às Directrizes para o Diálogo Social. Em consonância com a Área Prioritária 4 do PA de Ouagadougou de 2004, foram promulgados dois instrumentos: o Programa sobre a Modernização da Economia Informal e o Plano de Protecção Social para os Trabalhadores da Economia Informal e Rural (SPIREWORK). Estes reflectem as prioridades da Liderança Política da UA em prol de um crescimento inclusivo, igualdade e respeito pelos direitos de todas as categorias de trabalhadores no mercado do emprego dominado pelos sectores da economia informal e rural. 10. Dez (10) anos após Ouagadougou de 2004 e, tendo em linha de conta as concretizações e retrocessos, os líderes da UA estão determinados a acelerar a criação de empregos no continente, particularmente, para a juventude e mulheres. Decidiram, entretanto, levar a cabo a avaliação abrangente desses dez anos de implementação, de modo a calcular as concretizações e os desafios enfrentados, bem como acções concretas a serem tomadas na década seguinte, para que se criem empregos decentes e se acelere a erradicação da pobreza, visando garantir o desenvolvimento inclusivo. É neste contexto que a Sessão Especial da Comissão do Trabalho e Assuntos Sociais, realizar-se-á em Abril de 2014 em Windhoek, Namíbia, de 23 a 25 de Abril de 2014, de forma a proceder aos preparativos de uma Sessão Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo em Setembro de 2014, em Burkina Faso. D. OBJECTIVOS DA SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DO TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS 11. A Sessão Especial tem como objectivos gerais: a. Conceder uma oportunidade para uma Avaliação Participativa de Alto Nível da Declaração e Plano de Acção de Ouagadougou de 2004; b. Facilitar a chegada à um Acordo/Consenso em torno dos actuais e futuros desafios dos mercados de trabalho e perspectivas em termos de políticas em todos os níveis; c. Adoptar um Quadro Político Revisto para a próxima década do Trabalho e Protecção Social e do Emprego: Uma nova Declaração, Plano de Acção e Mecanismo de Seguimento; e d. Abordar as Modalidades de preparação da Cimeira Extraordinária de Setembro de 2014.

5 4 12. Para se concretizar os objectivos acima mencionados, o debate político Ouagadougou + 10, focalizar-se-á em 6 Principais Áreas e Metas Prioritárias relacionadas com: a. Emprego para a Juventude e Mulheres b. Protecção Social e Crescimento Inclusivo, Economia Informal, Economia Social e Emprego Rural c. Produtividade, Competitividade e Diálogo Social d. Governação do Mercado de Trabalho e. Migração Laboral e Integração Económica Regional f. Parcerias e Financiamento para a implementação de políticas de emprego E. RESULTADOS ESPERADOS 13. A Sessão Especial tem como resultados esperados a adopção dos seguintes projectos de documentos revistos: a. A Declaração Revista sobre Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo b. O Plano de Acção Revisto sobre Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo c. O Mecanismo de Seguimento Revisto 11. Um outro resultado importante, prende-se com as modalidades da organização da Cimeira Extraordinária em Ouagadougou, em Setembro de 2014, com a finalidade de garantir maior compromisso político relativamente à implementação dos resultados (instrumentos políticos). F. FORMATO DA REUNIÃO 12. A reunião será organizada em duas fases: a. Reunião dos Peritos: de Abril de 2014 Durante os primeiros dois dias, a Conferência, os peritos/altos funcionários e os parceiros sociais dos Estados-membros, procederão à análise dos relevantes documentos e tecerão as recomendações adequadas à análise e aprovação pelos Ministros. b. Reunião dos Ministros: 25 de Abril de 2014 Os Ministros analisarão o Relatório da Reunião de Peritos, bem como a documentação complementar, inclusivamente as recomendações relacionadas com a implementação da Declaração, o Plano de Acção e o

6 5 Mecanismo de Seguimento Revistos. O Relatório dos Ministros será adoptado no dia 25 de Abril de G. AGENDA E DOCUMENTAÇÃO: 13. A Sessão Especial procederá à análise dos seguinte pontos principais: i. Documento Temático: "Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo"; ii. A Declaração sobre Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo e o Mecanismo de Seguimento revistos; iii. Preparação da Cimeira Extraordinária; iv. Implementação do Pacto de Emprego para a Juventude e as Mulheres pela CUA, CER, BAD e parceiros internacionais; Projecto de Programa Conjunto CUA-OIT-OIM-CEA sobre a Migração Laboral; v. Transformação da economia informal para a formal: Como levar avante os instrumentos Políticos da UA; vi. Preparação de uma Posição Comum relativa aos pontos da Agenda da 103 a Conferência Internacional do Trabalho (CIT), em Junho de 2014: Eleição do Conselho de Administração da OIT e; vii. Documento sobre os Comités Técnicos Especializados. 14. A seguir listam-se os documentos de trabalho para a Sessão: a) Documento de Base para o painel de debate temático b) O Projecto de Declaração Revista sobre Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo; c) O Projecto de Plano de Acção sobre Emprego, Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Inclusivo e o Mecanismo de Seguimento; d) Documento da Comissão sobre a Implementação da Pacto de Emprego para a Juventude e Mulheres pela CUA e CER, BAD e parceiros internacionais; e) Documento da CUA sobre a preparação da Cimeira Extraordinária; f) Documento da CUA sobre o rumo a seguir em torno da implementação dos instrumentos Políticos relativos à Economia Informal em preparação para a CIT, a ter lugar em Genebra, em Junho de 2014; g) Documento da CUA sobre Projecto de Programa Conjunto CUA-OIT- OIM-CEA sobre a Migração Laboral. 15. A seguir listam-se os Documentos de Referência para a Conferência: a) Declaração e Plano de Acção e o Mecanismo de Seguimento de Ouagadougou de 2004; b) Programa sobre a Modernização da Economia Informal; c) Plano de Protecção Social para os Trabalhadores da Economia Informal e Rural (SPIREWORK);

7 6 d) Quadro Político de Migração da UA; e) A Agenda de Produtividade para a África; f) Documento Estratégico sobre a Mobilização de Recursos para a Implementação do Plano de Acção de Ouagadougou de 2004; g) Estratégia de Comunicação do SPIREWORK; h) Quadro de Harmonização e Coordenação dos Sistemas de Informação do Mercado de Trabalho (LMIS-HCF) i) Pacto de Emprego para a Juventude e Mulheres; j) Plataforma de Cooperação Intra-Africana; e k) Relatórios de Bienais e Completos de Seguimento sobre a implementação da Declaração e Plano de Acção de Ouagadougou 2004; l) Declaração de Malabo sobre a Criação de Empregos para Acelerar o Desenvolvimento e Capacitação da Juventude m) Boas Práticas sobre o Emprego para a Juventude e Mulheres e sobre o desenvolvimento da capacidade institucional do mercado de Trabalho n) Resolução L6 sobre a Promoção do crescimento sustentável ao alto nível, com vista a reduzir o desemprego em África, da Conferência dos Ministros das Finanças, Economia e Planeamento, em Março de 2010, em Lilongwe e; o) Documentos contributivos das Agências da ONU H. METODOLOGIA I. Consultas a Nível Nacional: 16. Espera-se que os Estados-membros estabeleçam órgãos Nacionais Intersectoriais para coordenar as actividades preparatórias da Sessão Especial e da Cimeira Extraordinária, sobretudo, no que abarca os documentos a serem apresentados à Cimeira. O Ministério de tutela coordenará e encabeçará as consultas a nível nacional, bem como a realização de reuniões consultivas no seio dos Estados-membros. O objectivo é o de apoiar a participação dos Estados-membros no processo Ouagadougou + 10 e facilitar a adesão e protagonismo, respeitantemente aos resultados do processo durante a fase mais importante da implementação. II. Plataforma Web da Sessão Especial: 17. A CUA criará uma plataforma Web para apoiar o processo de consulta que, por sua vez, possibilitará ampla participação dos principais intervenientes a nível nacional, regional e continental.

8 7 III. Eventos Paralelos: 18. Serão organizados eventos paralelos em forma de almoços de trabalho e intercâmbios profundos sobre as seguintes questões: (i) Protecção Social e Crescimento Inclusivo; (ii) Migração Laboral e; (iii) Emprego para a Juventude e Mulheres. I. PARTICIPANTES 19. A Sessão Especial terá como participantes: os 54 Estados-membros da UA com as suas Delegações Tripartidas, em conformidade com Regimento Interno da LSAC, as CER, o PAP, a ECOSOCC, a NEPAD, parceiros internacionais, ONG e OSC, Organizações Religiosas, etc. 20. Serão convidados os seguintes parceiros internacionais: BAD, CEA, OIT, ONUDI ONU-Mulheres, UNICEF, FAO, PAM, OIM, UNFPA, Banco Mundial, FMI, UE, Liga Árabe, etc. J. QUESTÕES ORGANIZATIVAS 21. A CUA encarregar-se-á dos convites aos Estados-membros, a preparação de documentos, bem como colocará à disposição, serviços de tradução e interpretação e um secretariado de apoio. K. ORÇAMENTO E OUTROS RECURSOS 22. Embora a Comissão da UA contribuirá com o montante reservado no orçamento para a realização da Conferência, poderá contar-se com apoio financeiro e técnico das organizações parceiras, de forma a facilitar a preparação de documentos e a participação de representantes OSC, peritos independentes e pessoas de recurso. L. INFORMAÇÕES ADICIONAIS 23. Informações adicionais para a Sessão Especial podem ser adquiridas a partir de: Dr. Olawale Maiyegun Director do Departamento de Assuntos Sociais da CUA Adis Abeba, Etiópia Fax: / Tel.: Ext: 300/

2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO PARA JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTO 13 17 DE JUNHO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA

2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO PARA JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTO 13 17 DE JUNHO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115182072 Website: www.au.int SA17218 76/76/9/10 2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA, P. O. Box 3243 Telephone 115517 700 Fax : 115517844 www.afica-union.org

Addis Ababa, ETHIOPIA, P. O. Box 3243 Telephone 115517 700 Fax : 115517844 www.afica-union.org AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA, P. O. Box 3243 Telephone 115517 700 Fax : 115517844 www.afica-union.org QUARTA SESSÃO DA CONFERÊNCIA DA UA DOS MINISTROS DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Tema: Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo

Tema: Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org PRIMEIRA SESSÃO DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone +251 11 5517700 Website : www.au.int

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone +251 11 5517700 Website : www.au.int AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone +251 11 5517700 Website : www.au.int A União Africana, estabelecida como um único órgão continental Pan-africano

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO PARA O EMPREGO E ALÍVIO DA POBREZA

PLANO DE ACÇÃO PARA O EMPREGO E ALÍVIO DA POBREZA SA11757 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 PLANO DE ACÇÃO PARA O EMPREGO E ALÍVIO DA POBREZA Antecedentes/Introdução: 1. Em 2004,

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 SA11715 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 MECANISMO REVISTO DE ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DO PLANO

Leia mais

Declaração tripartida de Yaoundé sobre a instituição de um Pacote de Base de Protecção Social

Declaração tripartida de Yaoundé sobre a instituição de um Pacote de Base de Protecção Social Declaração tripartida de Yaoundé sobre a instituição de um Pacote de Base de Protecção Social Nós, os delegados tripartidos de 47 Estados Africanos membros da Organização Internacional do Trabalho ao Segundo

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 5517 700 Fax : 517844 website : www. au.int

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 5517 700 Fax : 517844 website : www. au.int AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 5517 700 Fax : 517844 website : www. au.int A União Africana, estabelecida como um único órgão continental

Leia mais

TEMA: - DESAFIOS PARA O ACESSO INCLUSIVO E UNIVERSAL NOTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A RESPOSTA AO ÉBOLA

TEMA: - DESAFIOS PARA O ACESSO INCLUSIVO E UNIVERSAL NOTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A RESPOSTA AO ÉBOLA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org PRIMEIRA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL SÉNIOR DE PROGRAMAS, ADVOCACIA E MOBILIZAÇÃO DE PARTES INTERESSADAS - NO.VA/NPCA/14/15

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL SÉNIOR DE PROGRAMAS, ADVOCACIA E MOBILIZAÇÃO DE PARTES INTERESSADAS - NO.VA/NPCA/14/15 ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL SÉNIOR DE PROGRAMAS, ADVOCACIA E MOBILIZAÇÃO DE PARTES INTERESSADAS - NO.VA/NPCA/14/15 A União Africana (UA), estabelecida como um órgão continental Pan-Africano único, é encarregada

Leia mais

PAN-AFRICAN PARLIAMENT PARLEMENT PANAFRICAIN

PAN-AFRICAN PARLIAMENT PARLEMENT PANAFRICAIN PAN-AFRICAN PARLIAMENT PARLEMENT PANAFRICAIN االبرلمانن االا فريیقي PARLAMENTO PAN-AFRICANO MOÇÃO SOBRE A DECLARAÇÃO DE EMPENHO DA CONFERÊNCIA DOS PRESIDENTES DE PARLAMENTOS NACIONAIS NA PRIORITAZAÇÃO

Leia mais

P. O. Box 3243 Telephone +251 115 517 700 Website: www.african-union.org Fax: +251 115 517 844 Addis Ababa, ETHIOPIA ANÚNCIO DE VAGA

P. O. Box 3243 Telephone +251 115 517 700 Website: www.african-union.org Fax: +251 115 517 844 Addis Ababa, ETHIOPIA ANÚNCIO DE VAGA RE6785 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE ANÚNCIO DE VAGA UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243 Telephone +251 115 517 700 Website: www.african-union.org Fax: +251 115 517 844 Addis Ababa, ETHIOPIA COORDENADOR DO PROJECTO

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES. N Recomendação Estado de Implementação Desafios. Comissão da União Africana

ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES. N Recomendação Estado de Implementação Desafios. Comissão da União Africana Comissão da União Africana 1. Solicitar à CUA para que organize, enquanto aguardar-se pela implementação plena das decisões pertinentes sobre a operacionalização dos Comités Técnicos Especializados (CTE),

Leia mais

Propriedade, Prestação de Contas e Sustentabilidade na Resposta de VIH/SIDA, Tuberculose e Malária em África: Passado, Presente e o Futuro

Propriedade, Prestação de Contas e Sustentabilidade na Resposta de VIH/SIDA, Tuberculose e Malária em África: Passado, Presente e o Futuro SA10179 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA CIMEIRA ESPECIAL DA UNIÃO AFRICANA SOBRE O VIH/SIDA, TUBERCULOSE E MALÁRIA 12-16 DE JULHO DE 2013 ABUJA, NIGÉRIA Tema: Propriedade, Prestação de Contas

Leia mais

NOTA CONCEPTUAL Rev.5

NOTA CONCEPTUAL Rev.5 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 517 700 Fax : 517844 website: www. africa-union.org SEGUNDO FÓRUM PAN-AFRICANO SOBRE A POSIÇÃO COMUM AFRICANA

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL DE PROGRAMAS PARA A SEGURANÇA ALIMENTAR NO.VA/NPCA/12/03

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL DE PROGRAMAS PARA A SEGURANÇA ALIMENTAR NO.VA/NPCA/12/03 www.nepad.org info@nepad.org Tel: +27 (0) 11 256 3600 Fax: +27 (0) 11 206 3762 P.O. Box 1234 Halfway House 1685 Midrand, Johannesburg South Africa ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL DE PROGRAMAS PARA A SEGURANÇA

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: ASSESSOR TÉCNICO PARA A PROMOÇÃO DE AGRONEGÓCIOS NO.VA/NPCA/13/09

ANÚNCIO DE VAGA: ASSESSOR TÉCNICO PARA A PROMOÇÃO DE AGRONEGÓCIOS NO.VA/NPCA/13/09 ANÚNCIO DE VAGA: ASSESSOR TÉCNICO PARA A PROMOÇÃO DE AGRONEGÓCIOS NO.VA/NPCA/13/09 A União Africana (UA), estabelecida como órgão singular continental Pan-Africano, procura assegurar a vanguarda do processo

Leia mais

9ª SESSÃO ORDINÁRIA DA COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS E DO TRABALHO DA UNIÃO AFRICANA de Abril de 2013 ADIS ABEBA, ETIÓPIA DOCUMENTO SÍNTESE

9ª SESSÃO ORDINÁRIA DA COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS E DO TRABALHO DA UNIÃO AFRICANA de Abril de 2013 ADIS ABEBA, ETIÓPIA DOCUMENTO SÍNTESE SC8954 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, ETIÓPIA C. P. 3243 Tel: 5517 700 Fax: 5517844 www.africa-union.org 9ª SESSÃO ORDINÁRIA DA COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS E DO TRABALHO DA UNIÃO

Leia mais

Tema: Promover a Inclusão Social para a Energia Sustentável para Todos

Tema: Promover a Inclusão Social para a Energia Sustentável para Todos Nota explicativa CEDEAO - Workshop sobre Gênero e Energia para Validação da Política da CEDEAO para a Integração do Género no acesso à energia Tema: Promover a Inclusão Social para a Energia Sustentável

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS PT PT PT COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, COM(2008)XXX COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES UE, África e

Leia mais

DOCUMENTO SÍNTESE 20º DIA DA INDUSTRIALIZAÇÃO DE ÁFRICA

DOCUMENTO SÍNTESE 20º DIA DA INDUSTRIALIZAÇÃO DE ÁFRICA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 5517700 Fax : 5517844 Website: www. africa-union.org AU/TD/AID.CN DOCUMENTO SÍNTESE 20º DIA DA INDUSTRIALIZAÇÃO

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL DE PROGRAMAS (QUESTÕES JURÍDICAS E POLÍCAS NA ÁREA DA BIOSSEGURANÇA NO.VA/NPCA/11/14

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL DE PROGRAMAS (QUESTÕES JURÍDICAS E POLÍCAS NA ÁREA DA BIOSSEGURANÇA NO.VA/NPCA/11/14 ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL DE PROGRAMAS (QUESTÕES JURÍDICAS E POLÍCAS NA ÁREA DA BIOSSEGURANÇA NO.VA/NPCA/11/14 A União Africana (UA), estabelecida como órgão singular continental Pan-Africano, procura assegurar

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA, IOLANDA CINTURA SEUANE, MINISTRA DA MULHER E DA ACÇÃO SOCIAL DE MOÇAMBIQUE SOBRE O TEMA DESAFIOS DA PROTECÇÃO SOCIAL PARA ALCANÇAR A SEGURANÇA ALIMENTAR

Leia mais

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.org

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.org WG11036 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.org ANÚNCIO E CONVITE PARA APRESENTAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO DA REUNIÃO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE A CARTA AFRICANA DE TRANSPORTE MARÍTIMO ABIDJAN, COSTA DO MARFIM, 18 A 19 DE DEZEMBRO DE 2013

RELATÓRIO DA REUNIÃO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE A CARTA AFRICANA DE TRANSPORTE MARÍTIMO ABIDJAN, COSTA DO MARFIM, 18 A 19 DE DEZEMBRO DE 2013 COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA ORGANIZAÇÃO MARÍTIMA DA ÁFRICA OCIDENTAL E CENTRAL IE12046 RELATÓRIO DA REUNIÃO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE A CARTA AFRICANA DE TRANSPORTE MARÍTIMO ABIDJAN, COSTA DO MARFIM, 18

Leia mais

PTOJECTO DO RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DO CADM

PTOJECTO DO RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DO CADM TI13422 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 011-551 7700 Fax : 011-551 7844 website : www. africa- union.org 1 a SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA CONFERÊNCIA

Leia mais

DECLARAÇÃO DE LUANDA

DECLARAÇÃO DE LUANDA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5525849 Fax: (251-11) 5525855 Website: www.africa-union.org SEGUNDA SESSÃO DA CONFERÊNCIA DOS MINISTROS

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 251 11 551 77 00 Fax :251 11 551 78 44

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 251 11 551 77 00 Fax :251 11 551 78 44 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 251 11 551 77 00 Fax :251 11 551 78 44 SA14397 PRIMEIRA SESSÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: CHEFE DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS - NO.VA/P5/11/01

ANÚNCIO DE VAGA: CHEFE DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS - NO.VA/P5/11/01 ANÚNCIO DE VAGA: CHEFE DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS - NO.VA/P5/11/01 A União Africana (UA), estabelecida como órgão singular continental Pan-Africano, procura assegurar a vanguarda do processo da rápida integração

Leia mais

O Impacto das Doenças Não-Transmissíveis (DNT) e Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN) no Desenvolvimento em África NOTA CONCEPTUAL

O Impacto das Doenças Não-Transmissíveis (DNT) e Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN) no Desenvolvimento em África NOTA CONCEPTUAL SA9208 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Tele: +251-11-5517 700 Fax: +251-11-5517844 Website: www.au.int SEXTA SESSÃO DA CONFERÊNCIA DA UNIÃO AFRICANA DOS

Leia mais

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE SA9430 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P.O. Box 3243 Telephone: 5517 700 Fax: 5517844 www.africa-union.org CONFERÊNCIA DA UA DOS MINISTROS DA SAÚDE (CAMH6) Sexta Sessão

Leia mais

DECISÕES E RECOMENDAÇÃO

DECISÕES E RECOMENDAÇÃO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA CONSELHO EXECUTIVO Vigésima - Quarta Sessão Ordinária 21-28 de Janeiro de 2014 Adis Abeba, ETIÓPIA EX.CL/Dec.783-812 (XXIV) EX.CL/Recom (XXIV) DECISÕES E RECOMENDAÇÃO

Leia mais

ANÚ NCIO DE VAGA: COORDENADOR DO PROGRAMA AFRICANO DE INDICADORES PARA A CIÊ NCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇ Ã O NO.VA/NPCA/11/13

ANÚ NCIO DE VAGA: COORDENADOR DO PROGRAMA AFRICANO DE INDICADORES PARA A CIÊ NCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇ Ã O NO.VA/NPCA/11/13 ANÚ NCIO DE VAGA: COORDENADOR DO PROGRAMA AFRICANO DE INDICADORES PARA A CIÊ NCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇ Ã O NO.VA/NPCA/11/13 A União Africana (UA), estabelecida como órgão singular continental Pan-Africano,

Leia mais

Avaliação final: Desenvolvimento Empresarial das Mulheres e Igualdade do Género na África Austral

Avaliação final: Desenvolvimento Empresarial das Mulheres e Igualdade do Género na África Austral Avaliação final: Desenvolvimento Empresarial das Mulheres e Igualdade do Género na África Austral Factos rápidos Países: Lesoto, Malawi, Moçambique, África do Sul Avaliação final Modo de avaliação: Independente

Leia mais

ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE

ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE Adoptada pelos Ministros da Saúde e Ministros do Ambiente na Segunda Conferência Interministerial sobre Saúde e

Leia mais

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA IE13255 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5182402 Fax: (251-11) 5182400 Website: www.au.int CONFERÊNCIA DA CUA/AFCAC/AFRAA DE TRANSPORTES

Leia mais

UM NEW DEAL para o envolvimento em Estados frágeis

UM NEW DEAL para o envolvimento em Estados frágeis UM NEW DEAL para o envolvimento em Estados frágeis CONSTATAÇÕES 1.5 mil milhões de pessoas vivem em Estados frágeis ou afetados por conflitos. Cerca de 70% dos Estados em situação de fragilidade passaram

Leia mais

RELATÓRIO DO PRESIDENTE DA COMISSÃO SOBRE A 2ª CONFERÊNCIA DOS MINISTROS AFRICANOS RESPONSÁVEIS PELAS QUESTÕES FRONTEIRIÇAS

RELATÓRIO DO PRESIDENTE DA COMISSÃO SOBRE A 2ª CONFERÊNCIA DOS MINISTROS AFRICANOS RESPONSÁVEIS PELAS QUESTÕES FRONTEIRIÇAS AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia, P.O. Box: 3243 Tel.: (251-11) 5513 822 Fax: (251-11) 5519 321 Email: situationroom@africa-union.org, situationroom@ausitroom-psd.org

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL SÉNIOR DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO (TI) NO.VA/NPCA/12/04

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL SÉNIOR DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO (TI) NO.VA/NPCA/12/04 www.nepad.org info@nepad.org Tel: +27 (0) 11 256 3600 Fax: +27 (0) 11 206 3762 P.O. Box 1234 Halfway House 1685 Midrand, Johannesburg South Africa ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL SÉNIOR DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Síntese da Conferência

Síntese da Conferência Síntese da Conferência Sob o lema Saneamento para Todos, Responsabilidade de Todos realizou-se de 14 a 16 de Maio de 2014, a Conferência Nacional de Saneamento, no Centro de Conferências Joaquim Chissano,

Leia mais

SEGUNDO FÓRUM DA UNIÃO AFRICANA SOBRE O DIREITO INTERNACIONAL E O DIREITO DA UNIÃO AFRICANA 11-12 de Novembro de 2013 ADIS ABEBA (ETIÓPIA)

SEGUNDO FÓRUM DA UNIÃO AFRICANA SOBRE O DIREITO INTERNACIONAL E O DIREITO DA UNIÃO AFRICANA 11-12 de Novembro de 2013 ADIS ABEBA (ETIÓPIA) LC10630 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 011-551 7700 Fax : 011-551 7844 website : www. africa-union.org SEGUNDO FÓRUM DA UNIÃO AFRICANA SOBRE

Leia mais

Moçambique. Estratégia da Suécia para a cooperação para o desenvolvimento com 2015-2020 MFA

Moçambique. Estratégia da Suécia para a cooperação para o desenvolvimento com 2015-2020 MFA MINISTRY FOR FOREIGN AFFAIRS, SWEDEN UTRIKESDEPARTEMENTET Estratégia da Suécia para a cooperação para o desenvolvimento com Moçambique 2015-2020 MFA 103 39 Stockholm Telephone: +46 8 405 10 00, Web site:

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. QREN: uma oportunidade para a Igualdade entre homens e mulheres

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. QREN: uma oportunidade para a Igualdade entre homens e mulheres PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS QREN: uma oportunidade para a Igualdade entre homens e mulheres PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS QREN: uma oportunidade para a Igualdade entre homens e mulheres

Leia mais

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 011-551 7700 Fax : 011-551 7844 website : www. au.int Criada como um organismo Pan-africano continental único,

Leia mais

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que:

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que: C 297/6 Resolução do Conselho e dos Representantes Governos dos Estados-Membros, reunidos no Conselho, relativa à realização dos objectivos comuns em matéria de participação e informação dos jovens para

Leia mais

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite que a FCT me dirigiu para

Leia mais

PROJECTO DE RELATÓRIO

PROJECTO DE RELATÓRIO ASSEMBLEIA PARLAMENTAR PARITÁRIA ACP-UE Comissão do Desenvolvimento Económico, das Finanças e do Comércio ACP-EU/101.516/B/13 18.08.2013 PROJECTO DE RELATÓRIO sobre a cooperação Sul-Sul e a cooperação

Leia mais

P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5525849 Fax: (251-11) 5525855

P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5525849 Fax: (251-11) 5525855 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5525849 Fax: (251-11) 5525855 DOCUMENTO-SÍNTESE SOBRE A PROMOÇÃO DO COMÉRCIO INTRA- AFRICANO E ACELERAÇÃO

Leia mais

INOVAÇÃO PORTUGAL PROPOSTA DE PROGRAMA

INOVAÇÃO PORTUGAL PROPOSTA DE PROGRAMA INOVAÇÃO PORTUGAL PROPOSTA DE PROGRAMA FACTORES CRÍTICOS DE SUCESSO DE UMA POLÍTICA DE INTENSIFICAÇÃO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO EMPRESARIAL EM PORTUGAL E POTENCIAÇÃO DOS SEUS RESULTADOS 0. EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

Leia mais

Conferência Regional sobre a Apatrídia na África Ocidental. Nota Conceitual

Conferência Regional sobre a Apatrídia na África Ocidental. Nota Conceitual Conferência Regional sobre a Apatrídia na África Ocidental Nota Conceitual 1. Introdução A apátrida não e um fenómeno recente. Ele é tão antigo quanto o conceito de nacionalidade. A apatrídia constitui

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA SECERTÁRIO DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA PARA O DIREITO INTERNACIONAL -10000517

ANÚNCIO DE VAGA SECERTÁRIO DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA PARA O DIREITO INTERNACIONAL -10000517 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis-Abeba (ETHIOPIE) P. O. Box 3243 Téléphone (251-11) 5517 700 Fax : 551 78 44 Website : www.au.int ANÚNCIO DE VAGA SECERTÁRIO DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA

Leia mais

AGÊNCIA NEPAD DE PLANEAMENTO E COORDENAÇÃO ANÚNCIO DE VAGA: ASSITENTE PESSOAL/SECRETÁRIO(A) - NO.VA/NPCA/14/30

AGÊNCIA NEPAD DE PLANEAMENTO E COORDENAÇÃO ANÚNCIO DE VAGA: ASSITENTE PESSOAL/SECRETÁRIO(A) - NO.VA/NPCA/14/30 AGÊNCIA NEPAD DE PLANEAMENTO E COORDENAÇÃO ANÚNCIO DE VAGA: ASSITENTE PESSOAL/SECRETÁRIO(A) - NO.VA/NPCA/14/30 A União Africana (UA), estabelecida como um órgão continental Pan-Africano único, é encarregada

Leia mais

Medidas específicas para as PME Concessão de verbas na fase exploratória (Etapa 1)

Medidas específicas para as PME Concessão de verbas na fase exploratória (Etapa 1) Comissão Europeia Investigação Comunitária Brochura informativa QUINTO PROGRAMA-QUADRO DE ACÇÕES DA COMUNIDADE EUROPEIA EM MATÉRIA DE INVESTIGAÇÃO, DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E DE DEMONSTRAÇÃO PROPOSTA

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 30 de Novembro de 2000 (13.10) (OR. fr) 14110/00 LIMITE SOC 470

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 30 de Novembro de 2000 (13.10) (OR. fr) 14110/00 LIMITE SOC 470 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 30 de Novembro de 2000 (13.10) (OR. fr) 14110/00 LIMITE SOC 470 ENVIO DE TEXTO de: Conselho (Emprego e Política Social) para: Conselho Europeu de Nice Nº doc. ant.:

Leia mais

ACORDO PARA O ESTABELECIMENTO DA AGÊNCIA DA CAPACIDADE AFRICANA DE RISCO (ARC)

ACORDO PARA O ESTABELECIMENTO DA AGÊNCIA DA CAPACIDADE AFRICANA DE RISCO (ARC) ACORDO PARA O ESTABELECIMENTO DA AGÊNCIA DA CAPACIDADE AFRICANA DE RISCO (ARC) PREÂMBULO AS PARTES CIENTES QUE os Eventos Climáticos Extremos precipitados pelas alterações climáticas poderão resultar num

Leia mais

PROJECTO DE RELATÓRIO

PROJECTO DE RELATÓRIO ASSEMBLEIA PARLAMENTAR PARITÁRIA ACP- UE Comissão de Desenvolvimento Económico, Finanças e Comércio 3.9.2007 PROJECTO DE RELATÓRIO sobre o impacto do investimento directo estrangeiro (IDE) nos Estados

Leia mais

TEMA: AS DROGAS MATAM MAS AS MÁS POLÍTICAS MATAM MAIS INTENSIFICAÇÃO DE RESPOSTAS EQUILIBRADAS E INTEGRADAS PARA O CONTROLO DE DROGAS EM ÁFRICA

TEMA: AS DROGAS MATAM MAS AS MÁS POLÍTICAS MATAM MAIS INTENSIFICAÇÃO DE RESPOSTAS EQUILIBRADAS E INTEGRADAS PARA O CONTROLO DE DROGAS EM ÁFRICA SA12826 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251 11 551 77 00 Fax: 251 11 551 78 44 SEXTA SESSÃO DA CONFERÊNCIA DA UNIÃO AFRICANA DOS MINISTROS DE

Leia mais

ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE

ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE Projecto IMCHE/2/CP2 1 ALIANÇA ESTRATÉGICA DA SAÚDE E AMBIENTE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE LIBREVILLE

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL Gabinete do Ministro

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL Gabinete do Ministro Parecer do Governo Português relativo ao Livro Verde Modernizar o direito do trabalho para enfrentar os desafios do sec. XXI Introdução O presente documento consubstancia o parecer do Governo Português

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO GERAL DA FORMAÇÃO

TURISMO DE PORTUGAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO GERAL DA FORMAÇÃO TURISMO DE PORTUGAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO GERAL DA FORMAÇÃO INDICE 1 NOTA PRÉVIA 3 2 LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA 4 3 PLANO DE FORMAÇÃO 4 4 FREQUÊNCIA DE ACÇÕES DE FORMAÇÃO 6

Leia mais

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE. Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: (251 11) 5517700 Fax: (251 11) 5517844 website: www. africa union.

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE. Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: (251 11) 5517700 Fax: (251 11) 5517844 website: www. africa union. AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: (251 11) 5517700 Fax: (251 11) 5517844 website: www. africa union.org CONFERÊNCIA DA UNIÃO AFRICANA Primeira

Leia mais

SEGUNDA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO EM DESENVOLVIMENTO SOCIAL, TRABALHO E EMPREGO (CTE-DSTE-2) ARGEL, ARGÉLIA DE ABRIL DE 2017 TEMA:

SEGUNDA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO EM DESENVOLVIMENTO SOCIAL, TRABALHO E EMPREGO (CTE-DSTE-2) ARGEL, ARGÉLIA DE ABRIL DE 2017 TEMA: SA19067 88/9/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 / Fax: +251 11 5 517 844 website: www.au.int SEGUNDA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL A Amnistia Internacional Portugal defende a manutenção Formação Cívica nos 2.º

Leia mais

Secretaria de Estado para o Desenvolvimento Rural

Secretaria de Estado para o Desenvolvimento Rural Secretaria de Estado para o Desenvolvimento Rural Decreto-Lei n.º 1/09 de 28 de Abril Tendo em conta a nova orgânica do Governo que de entre outros órgãos institui a Secretaria de Estado para o Desenvolvimento

Leia mais

Perguntas e Respostas: O Pacote ODM (Objectivos de Desenvolvimento do Milénio) da Comissão

Perguntas e Respostas: O Pacote ODM (Objectivos de Desenvolvimento do Milénio) da Comissão MEMO/05/124 Bruxelas, 12 de Abril de 2005 Perguntas e Respostas: O Pacote ODM (Objectivos de Desenvolvimento do Milénio) da Comissão 1. Em que consiste este pacote? A Comissão aprovou hoje 3 comunicações

Leia mais

Portugal. 2. Quadro institucional e jurídico 2.1 Legislação

Portugal. 2. Quadro institucional e jurídico 2.1 Legislação Portugal 1. Informações gerais Em finais dos anos 90, algumas organizações não-governamentais começaram a detectar mudanças na prostituição de rua no norte de Portugal. Novos projectos tentaram identificar

Leia mais

Innovations Against Poverty

Innovations Against Poverty Distribution www.sida.se Sustainability Training Partnership segments Cost Model Innovations Against Poverty Guia para Candidatos 2011/2012 Introdução Terminologia Negócio Inclusivo O programa Innovations

Leia mais

Linhas Gerais do Processo de Atualização do EDIC DE CABO VERDE

Linhas Gerais do Processo de Atualização do EDIC DE CABO VERDE Linhas Gerais do Processo de Atualização do EDIC DE CABO VERDE ATUALIZAÇÃO DO EDIC - ESTUDO DIAGNÓSTICO SOBRE A INTEGRAÇÃO DO COMÉRCIO DE CABO VERDE CONVITE / CONCURSO I. ENQUADRAMENTO Cabo Verde é beneficiário

Leia mais

Introdução aos três subtemas da Trienal

Introdução aos três subtemas da Trienal Introdução aos três subtemas da Trienal 2/9 Introdução aos três subtemas da Trienal A Trienal 2012 : rumo a sistemas de ensino e de formação em prol do desenvolvimento sustentável em África A Trienal de

Leia mais

CONFERÊNCIA DOS MINISTROS DO TRABALHO E SEGURANÇA SOCIAL E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP

CONFERÊNCIA DOS MINISTROS DO TRABALHO E SEGURANÇA SOCIAL E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP CONFERÊNCIA DOS MINISTROS DO TRABALHO E SEGURANÇA SOCIAL E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP INTERVENÇÃO DO SENHOR EMBAIXADOR DOMINGOS DIAS PEREIRA MASCARENHAS, CHEFE DA DELEGAÇÃO, SOBRE O TEMA CENTRAL OS DESAFIOS

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA POLÍTICAS PÚBLICAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 1. Concepções e diretrizes políticas para áreas; Quando falamos de economia solidária não estamos apenas falando de geração de trabalho e renda através de empreendimentos

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP)

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) Lisboa, 29 de Agosto de 2009 DECLARAÇÃO FINAL Os Ministros responsáveis

Leia mais

As regiões Portuguesas: Lisboa: Competitividade e Emprego; Madeira: Phasing-in; Algarve: Phasing-out; Norte, Centro, Alentejo, Açores: Convergência

As regiões Portuguesas: Lisboa: Competitividade e Emprego; Madeira: Phasing-in; Algarve: Phasing-out; Norte, Centro, Alentejo, Açores: Convergência A Nova Agenda da Política de Coesão no Espaço Europeu Nuno Teixeira CCDR-LVT 26.Novembro.2010 A Nova Agenda da Política de Coesão no Espaço Europeu 1 ÍNDICE I. A coesão no espaço europeu II. O Tratado

Leia mais

GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS ECOSSISTEMAS FLORESTAIS

GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS ECOSSISTEMAS FLORESTAIS TRATADO RELATIVO à CONSERVAÇÃO à GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS ECOSSISTEMAS FLORESTAIS de ÁFRICA CENTRALE INSTITUINDO a COMISSÃO DAS FLORESTAS de ÁFRICA CENTRAL (COMIFAC) PREÂMBULO A década passada conhe u profundas

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.africa-union.org

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.africa-union.org AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.africa-union.org CONFERÊNCIA DA UNIÃO Décima-Nona Sessão Ordinária 15-16

Leia mais

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union. AFRICAN UNION UNION AFRICAINE PRIMEIRO PROJECTO DO CONVITE PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS SOBRE O TEMA: EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA Ao abrigo das Decisões da Conferência da União Africana Assembly/AU/Dec.277(XVI)

Leia mais

Relatório síntese da reunião de trabalho da PC-CPLP Maputo, 19-07-2012

Relatório síntese da reunião de trabalho da PC-CPLP Maputo, 19-07-2012 Relatório síntese da reunião de trabalho da PC-CPLP Maputo, 19-07-2012 I- Introdução A convite da Associação ACTUAR, a Federação Camponesa KAFO (FEDE/KAFO) e a ONG Acção para o Desenvolvimento (AD), representadas

Leia mais

TRIGÉSIMA PRIMEIRA SESSĂO DO COMITE INTERGOVERNAMENTAL DE PERITOS

TRIGÉSIMA PRIMEIRA SESSĂO DO COMITE INTERGOVERNAMENTAL DE PERITOS République du Congo TRIGÉSIMA PRIMEIRA SESSĂO DO COMITE INTERGOVERNAMENTAL DE PERITOS «Desenvolver a Indústria Florestal para a Transformação Estrutural das Económias da Àfrica Central» Brazzaville, Congo,

Leia mais

Agenda Nacional de Trabalho Decente

Agenda Nacional de Trabalho Decente Agenda Nacional de Trabalho Decente Brasília, 2006 Sumário Gerar Trabalho Decente para Combater a Pobreza e as Desigualdades Sociais A. Antecedentes...5 B. Prioridades...9 B.1. Prioridade 1: Gerar mais

Leia mais

D SCUR CU S R O O DE D SUA U A EXCE

D SCUR CU S R O O DE D SUA U A EXCE DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, DR. RUI MARIA DE ARAÚJO, POR OCASIÃO DA ATRIBUIÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA CONFEDERAÇÃO EMPRESARIAL DA CPLP A

Leia mais

ESTUDO STERN: Aspectos Económicos das Alterações Climáticas

ESTUDO STERN: Aspectos Económicos das Alterações Climáticas Resumo das Conclusões Ainda vamos a tempo de evitar os piores impactos das alterações climáticas, se tomarmos desde já medidas rigorosas. As provas científicas são presentemente esmagadoras: as alterações

Leia mais

Documento final das consultas regionais sobre o Programa de Desenvolvimento pós-2015, Dacar, Senegal 10/11 de dezembro de 2012

Documento final das consultas regionais sobre o Programa de Desenvolvimento pós-2015, Dacar, Senegal 10/11 de dezembro de 2012 Documento final das consultas regionais sobre o Programa de Desenvolvimento pós-2015, Dacar, Senegal 10/11 de dezembro de 2012 Contexto Os objetivos do Milénio para o desenvolvimento (OMD) tiveram como

Leia mais

MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO

MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO República de Angola MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA, DR. PAULINO BAPTISTA, SECRETÁRIO DE ESTADO PARA A HOTELARIA DA REPÚBLICA DE ANGOLA, DURANTE A VIII REUNIÃO DE MINISTROS

Leia mais

PEJ AÇORES. Associação Regional Parlamento Europeu dos Jovens Núcleo Açores

PEJ AÇORES. Associação Regional Parlamento Europeu dos Jovens Núcleo Açores CONTRIBUTO DA ASSOCIAÇÃO REGIONAL PARLAMENTO EUROPEU DOS JOVENS NÚCLEO AÇORES PARA O LIVRO BRANCO DO COMITÉ DAS REGIÕES SOBRE GOVERNAÇÃO A VÁRIOS NÍVEIS A (PEJ-A) responde ao desafio do Comité das Regiões

Leia mais

CARTA DE SÃO PAULO SOBRE SAÚDE BUCAL NAS AMÉRICAS

CARTA DE SÃO PAULO SOBRE SAÚDE BUCAL NAS AMÉRICAS 1 CARTA DE SÃO PAULO SOBRE SAÚDE BUCAL NAS AMÉRICAS ENCONTRO LATINO AMERICANO DE COORDENADORES NACIONAIS DE SAÚDE BUCAL SÃO PAULO 28/01 a 01/02/06 Encontro Latino - Americano de Coordenadores Nacionais

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL PRINCIPAL DE PROGRAMAS (ANALISTA NA ÁREA DA SEGURANÇA ALIMENTAR NO.VA/NPCA/11/04

ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL PRINCIPAL DE PROGRAMAS (ANALISTA NA ÁREA DA SEGURANÇA ALIMENTAR NO.VA/NPCA/11/04 ANÚNCIO DE VAGA: OFICIAL PRINCIPAL DE PROGRAMAS (ANALISTA NA ÁREA DA SEGURANÇA ALIMENTAR NO.VA/NPCA/11/04 A União Africana (UA), estabelecida como órgão singular continental Pan-Africano, procura assegurar

Leia mais

DIRECTIVA N 01/2009/CM/UEMOA Sobre o Código de Transparência na Gestão das Finanças Públicas NO SEIO DA UEMOA

DIRECTIVA N 01/2009/CM/UEMOA Sobre o Código de Transparência na Gestão das Finanças Públicas NO SEIO DA UEMOA UNIÃO ECONÓMICA E MONETÁRIA OESTE AFRICANA O Conselho de Ministros DIRECTIVA N 01/2009/CM/UEMOA Sobre o Código de Transparência na Gestão das Finanças Públicas NO SEIO DA UEMOA O CONSELHO DE MINISTROS

Leia mais

AFRICAN UNION RELATÓRIO

AFRICAN UNION RELATÓRIO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251 11) 551 38 22 Fax: (251 11) 551 93 21 Email: situationroom@africa union.org CONSELHO DE PAZ E SEGURANÇA 349ª

Leia mais

P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5525849 Fax: (251-11) 5525855 Website: www.africa-union.org

P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5525849 Fax: (251-11) 5525855 Website: www.africa-union.org AFRICAN UNION UNION AFRICAINE CONFERÊNCIA DA UNIÃO Vigésima Terceira Sessão Ordinária 26 27 de Junho de 2014 Malabo, GUINÉ EQUATORIAL UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11)

Leia mais

Relatora: Maureen O'NEILL

Relatora: Maureen O'NEILL C 248/130 Jornal Oficial da União Europeia 25.8.2011 Parecer do Comité Económico e Social Europeu sobre a «Comunicação da Comissão ao Parlamento Europeu, ao Conselho, ao Comité Económico e Social Europeu

Leia mais

RELATÓRIO DA COMISSÃO SOBRE A AGENDA 2063 DA UNIÃO AFRICANA

RELATÓRIO DA COMISSÃO SOBRE A AGENDA 2063 DA UNIÃO AFRICANA RELATÓRIO DA COMISSÃO SOBRE A AGENDA 2063 DA UNIÃO AFRICANA Introdução 1. Importa recordar que em Janeiro de 2014, durante a reunião realizada em Adis Abeba, Etiópia, os Órgãos Deliberativos da UA (através

Leia mais

Como construir uma DLA?

Como construir uma DLA? Como construir uma DLA? Conteúdo Como construir uma DLA?... 2 Introdução... 2 Metodologia DLA... 3 1.Preparação da DLA... 3 2.Planeamento da DLA... 6 2.1. Avaliação do estado actual... 6 2.3. Desenvolvimento

Leia mais

CIMEIRA DE PARIS DE DEZEMBRO DE 1974: UM MARCO NA HISTÓRIA DAS COMUNIDADES

CIMEIRA DE PARIS DE DEZEMBRO DE 1974: UM MARCO NA HISTÓRIA DAS COMUNIDADES CIMEIRA DE PARIS DE DEZEMBRO DE 1974: UM MARCO NA HISTÓRIA DAS COMUNIDADES Nº 43 Sétima cimeira da Comunidade desde o Tratado de Roma, a Cimeira de Paris produziu algumas das mais importantes decisões

Leia mais

DOCUMENTO DE TRABALHO

DOCUMENTO DE TRABALHO Asamblea Parlamentaria Euro-Latinoamericana Euro-Latin American Parliamentary Assembly Assemblée Parlementaire Euro-Latino Américaine Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana Parlamentarische Versammlung

Leia mais

AGÊNCIA DE COORDENAÇÃO E PLANEAMENTO NEPAD

AGÊNCIA DE COORDENAÇÃO E PLANEAMENTO NEPAD AGÊNCIA DE COORDENAÇÃO E PLANEAMENTO NEPAD ANÚNCIO DE VAGA: CHEFE DE PROGRAMA ABRANGENTE DE DESENVOLVIMENTO DE AGRICULTURA EM ÁFRICA (CAADP) NO.VA/NPCA/14/16 A União Africana (UA), estabelecida como um

Leia mais

A Década das Nações Unidas para a Educação em Matéria de Direitos Humanos 1995 2004

A Década das Nações Unidas para a Educação em Matéria de Direitos Humanos 1995 2004 N Ú M E R O I Série Década das Nações Unidas para a Educação em matéria de Direitos Humanos 1995 2004 DIREITOS HUMANOS A Década das Nações Unidas para a Educação em Matéria de Direitos Humanos 1995 2004

Leia mais

Intervenção do Secretário Regional da Presidência Apresentação do projecto Incube = Incubadora de Empresas + Júnior Empresa.

Intervenção do Secretário Regional da Presidência Apresentação do projecto Incube = Incubadora de Empresas + Júnior Empresa. Intervenção do Secretário Regional da Presidência Apresentação do projecto Incube = Incubadora de Empresas + Júnior Empresa. 17 de Março de 2011, Salão Nobre da Reitoria da Universidade dos Açores Magnífico

Leia mais

Ministro da Ecologia, do Desenvolvimento Sustentável e da Energia da República Francesa. Ministro da Indústria, da Energia e do Turismo da Espanha

Ministro da Ecologia, do Desenvolvimento Sustentável e da Energia da República Francesa. Ministro da Indústria, da Energia e do Turismo da Espanha Memorando de Entendimento sobre a criação de um Grupo de Alto Nível em matéria de interconexões no Sudoeste da Europa Partes: Comissão Europeia Ministro da Ecologia, do Desenvolvimento Sustentável e da

Leia mais