CURSO BÁSICO DE LAMINAÇÃO DE PRODUTOS LONGOS.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO BÁSICO DE LAMINAÇÃO DE PRODUTOS LONGOS."

Transcrição

1 CURSO CURSO BÁSICO DE LAMINAÇÃO DE PRODUTOS LONGOS. Tiradentes A 08h às 17h Estudantes e engenheiros que queiram aprimorar seus conhecimentos na área de laminação de produtos longos, bem como profissionais que atuam na área. O objetivo do curso é oferecer aos participantes uma visão geral dos produtos de longos utilizados na indústria e na construção civil, através de um panorama geral de todos os processos básicos pertinentes (normas, calibração, lay-out, equipamento e guiagem) e discutir as práticas operacionais destes produtos. Português e Inglês Haverá tradução simultânea. Aula expositiva com recursos audiovisuais. Apostila com os slides das apresentações.

2 Horários Programação 8h 10h30 Produtos longos e calibração José Aparecido -ArcelorMittal 10h30 11h Coffee Break 11h 12h30 Laminadores Elmar Krieg SMS Meer GmbH 12h30 13h30 Almoço 13h30 15h Laminadores Miguel Furlaneto - Danieli 15h 15h30 Coffee Break 15h30 17h Laminadores - Karl Berger Consultor Módulo I Produtos longos e calibração - ARCELORMITTAL Caracterização dos produtos longos: Range; Normas; Perfis médios e pesados; Trilhos; Perfis especiais; Perfis leves MBQ; Barras SBQ; Vergalhão; Fio máquina; Vergalhão em rolo. Processos de calibração: Métodos de desenvolvimento de calibração: Ekelund; Simuladores; Simulador por elemento finito; Calibração de desbastadores trios, contínuos e reversíveis; Calibração de redondos e quadrados; Calibração de hexágonos; Calibração de barras chatas; Calibração de vergalhão Slitting; Calibração de cantoneiras; Calibração de ferro T;

3 Calibração de perfil U; Calibração de perfil I; Calibração universal; Calibração de trilhos. Módulo II Laminadores SMS Laminadores DANIELI Laminadores SIEMENS VAI Perfis médios e pesados Perfis leves - MBQ Fio máquina Perfis de abas paralelas; Perfis de abas paralelas; Vergalhão em rolo Perfis jumbo; Perfil U; Laminadores combinados Perfil U; Cantoneiras; Fio máquina barras Cantoneiras. Barras chatas; Capacidade nominal Trilhos Barras redondas; Range de produtos Trilhos convencionais; Quadrados e hexágonos. Lay-out Trilhos especiais. Barras - SBQ Novas tecnologias e tendências Perfis especiais Barras redondas; Avanços de qualidade Estaca prancha; Aço mola. Consumo de energia Dormente metálico; Vergalhão Equipamentos Ancora de mina. Vergalhão em leito convencional; Tipo de forno; Capacidade nominal Vergalhão em blocos (HSD); Descarepador; Range de produtos Vergalhão spooler. Desbastador; Lay-out Capacidade nominal Trem intermediário; Novas tecnologias e tendências Range de produtos Trem acabador; Avanços de qualidade Lay-out Bloco acabador; Consumo de energia Novas tecnologias e tendências Sizing mill; Equipamentos Avanços de qualidade Sistema de guiagem; Tipos de forno; Consumo de energia Tesouras de desponte; Descarepador; Equipamentos Medidor de bitola; Desbastador; Tipo de forno; Detector de defeitos; Trem intermediário; Descarepador; Tratamento térmico em linha; Trem acabador; Desbastador; Linhas de resfriamento; Sistema de guiagem; Trem intermediário; Tesouras de alta velocidade; Medidor de bitola; Trem acabador; Formador de espiras; Tratamento térmico em linha; Sizing mill; Coletor de espiras; Serra a quente; Sistema de guiagem; Compactadoras; Leito de resfriamento; Tesouras de desponte; Transportadores; Desempenadeira; Medidor de bitola; Endireitadeiras de vergalhão. Serra a frio; Tratamento térmico em linha; Empacotadora; Tesoura divisora; Amarradora; Leito de resfriamento; Estocagem. Desempenadeira; Tesoura a frio; Empacotadora; Amarradora; Acabamento fora de linha.

4 Elmar Krieg Gerente geral de propostas e vendas de laminadores de perfis e tarugos SMS Meer GmbH Nascido em 30 de março de 1966 em Saalfeld, Alemanha. Graduado em Engenharia Mecânica pela Technical University Magdeburg, Alemanha (1992). Designer na Plakoma GmbH em Dillingen, Alemanha ( ). Gerente da seção de propostas e vendas e usina de tarugos da SMS Demag AG, Duesseldorf, Alemanhã ( ). Desde 2001 Gerente geral da seção de propostas e vendas e usina de tarugos da SMS Meer GmbH, Moenchengladbach, Alemanha. José Aparecido Pereira Consultor de laminação ArceloMittal Cariacica Engenheiro Mecânico pelo IPUC-UCMG, Técnico metalurgista pela (ETFOP) e formação 6 Sigma (FDG), experiência de 40 anos na laminação de longos, englobando vergalhão, barras, cantoneiras e perfis. Trabalha há 16 anos na ArcelorMittal Cariacica nas funções de engenheiro de processo, assistente técnico, gerente de laminação e consultor de

5 laminação. Grande experiência em implantação e melhoria de calibração de produtos existentes e novos produtos, implantação e melhoria do sistema de guiagem e aumento da robustez dos processos. Participação na modernização do laminador leve e implantação de desempenadeira e empacotamento em linha, bem como em processos de automação. Participação no grupo de trabalho para implantação de laminadores de perfis pesados no Brasil e Canadá. Experiência internacional através de visitas a laminadores na Américas, Europa e China. Assistência técnica a laminadores da Costa Rica e USA. Coordenador para América Central e do Sul do KMP (Knowledge Management Program - ArcelorMittal) de perfis, barras e fio máquina. Representante AM Brasil Longos na Comissão de Laminação da ABM. Karl Berger Consultor Engenheiro eletricista, formado em Linz, Áustria. Experiência em plantas siderúrgicas, laminação, aciaria, lingotamento continuo. Trabalhado na Voest Alpine, Áustria, na VAI. Fundador da VAI-MS no Brasil / Belo Horizonte. Gerente de Tecnologia na SIEMENS VAI em Belo Horizonte. Atualmente consultor. Casado, 1 filha e 2 netos.

6 Miguel Henrique N. Furlaneto. Gerente de vendas de indústria de metais ferrosos e não-ferrosos Danieli Engenheiro metalurgista, formado em 2006 pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI. Atuou como engenheiro de processo de aciaria na ThyssenKrupp AG (Duisburg, Alemanha) e na CSA (Rio de Janeiro, Brasil) no período de 2006 a Como engenheiro de assistência técnica e vendas de laminadores de produtos longos na Siemens VAI de 2009 a 2011 e atualmente atua como gerente de vendas de indústria de metais ferrosos e nãoferrosos na Danieli. Autor de três trabalhos técnicos inscritos e apresentados em seminários internacionais. Foi presidente, na vigência de 2004/2005 do Centro de Estudos Metalúrgicos, Faculdade de Engenharia Industrial FEI. Diretor na vigência de 2003/2006 da ABM Júnior, onde foi responsável pelo ENEMET Encontro nacional de estudantes de engenharia de metalurgia, materiais e de minas.

Gestão de Água. Soluções de processo orientadas para usinas metalúrgicas e siderúrgicas. Metals Technologies

Gestão de Água. Soluções de processo orientadas para usinas metalúrgicas e siderúrgicas. Metals Technologies Gestão de Água Soluções de processo orientadas para usinas metalúrgicas e siderúrgicas Metals Technologies Gestão de Água Eficiência econômica e ecológica O desafio: As exigências de proteção ambiental

Leia mais

Tradição o Futuro precisa das origens

Tradição o Futuro precisa das origens 1825 Tradição o Futuro precisa das origens No centro de cada acontecimento está sempre a cooperação entre as pessoas. Isto é demonstrado pela longa história da empresa familiar Gontermann-Peipers, ou seja,

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA 19/08/2008 1 CONFORMAÇÃO MECÂNICA Em um ambiente industrial, a conformação mecânica é qualquer operação durante a qual se aplicam esforços mecânicos

Leia mais

Assuma o controle com as soluções SKF para o setor de siderurgia

Assuma o controle com as soluções SKF para o setor de siderurgia Assuma o controle com as soluções SKF para o setor de siderurgia O Poder do Conhecimento em Engenharia A única coisa mais intensa que o calor é a sua concorrência Poucos ambientes industriais têm condições

Leia mais

Competência em serviços metalúrgicos

Competência em serviços metalúrgicos Competência em serviços metalúrgicos Suporte operacional, melhoria de plantas e serviços de manutenção de uma única fonte seu parceiro ao longo de todo o ciclo de vida de sua planta. Metals Technologies

Leia mais

Escola Politécnica de Pernambuco Departamento de Ensino Básico PROGRAMA

Escola Politécnica de Pernambuco Departamento de Ensino Básico PROGRAMA PROGRAMA Disciplina: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO MECÂNICA Código: MECN0039 Carga Horária Semestral: 45 HORAS Número de Créditos: TEÓRICOS: 00; PRÁTICOS: 03; TOTAL: 03 Pré-Requisito: MECN0004 CIÊNCIA DOS MATERIAIS

Leia mais

PRODUTOS PARA CONsTRUçãO CIVIL E MECÂNICA

PRODUTOS PARA CONsTRUçãO CIVIL E MECÂNICA PRODUTOS PARA CONsTRUçãO CIVIL E MECÂNICA VOTORAÇO VS 50 Construção Civil Principais características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto, conforme a ABNT NBR 7480. Especificação Diâmetro

Leia mais

PLANEJAMENTO INTEGRADO GERDAU. Dez/ 05

PLANEJAMENTO INTEGRADO GERDAU. Dez/ 05 PLANEJAMENTO INTEGRADO GERDAU Dez/ 05 Sinopse Nesta apresentação iremos abordar como a Gerdau realiza, de forma integrada, o planejamento de operações de suas usinas, conciliando os interesses das áreas

Leia mais

Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras

Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras Aço o para Concreto O que é o aço a o? O aço é uma combinação de SUCATA, FERRO GUSA E OUTROS.

Leia mais

AÇOS PARA FERRAMENTAS

AÇOS PARA FERRAMENTAS AÇOS PARA FERRAMENTAS FEA Processo de Fabricação de Aços Convencionais e s Lingotamento Convencional Forno Panela VD Lingotamento Contínuo ACIARIA Processo Fusão (Convencional): FEA (Forno Elétrico Arco)

Leia mais

NORMA DE REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE TÉCNICOS DE INSPEÇÃO DA QUALIDADE E TÉCNICOS DE JULGAMENTO DE PRODUTOS

NORMA DE REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE TÉCNICOS DE INSPEÇÃO DA QUALIDADE E TÉCNICOS DE JULGAMENTO DE PRODUTOS NORMA DE REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE TÉCNICOS DE INSPEÇÃO DA QUALIDADE E TÉCNICOS DE JULGAMENTO DE PRODUTOS N. º DOCUMENTO: PNCO-IQ-CS-0 1 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. APLICAÇÃO...3 3.

Leia mais

Local do evento. Sede da ABM Rua Antonio Comparato, 218 Campo Belo São Paulo -SP

Local do evento. Sede da ABM Rua Antonio Comparato, 218 Campo Belo São Paulo -SP Resumo Local do evento Sede da ABM Rua Antonio Comparato, 218 Campo Belo São Paulo -SP Comissão organizadora Membros Coordenador Carlos Humberto Cappellotto Votorantim Metais - CBA Coordenador Salvador

Leia mais

PRIMUS Tecnologia para Reciclagem de Resíduos. ABM - Março / 2008

PRIMUS Tecnologia para Reciclagem de Resíduos. ABM - Março / 2008 PRIMUS Tecnologia para Reciclagem de Resíduos ABM - Março / 2008 SUSTENTABILIDADE DO SETOR SIDERÚRGICO BRASILEIRO Paul Wurth 2008 Residuos siderúrgicos: Onde estão? A industria siderúrgica tem uma longa

Leia mais

PLANTAS PARA FABRICAÇÃO DE TUBOS HELICOIDAIS. Soluções sob medida com benefícios mensuráveis para o cliente

PLANTAS PARA FABRICAÇÃO DE TUBOS HELICOIDAIS. Soluções sob medida com benefícios mensuráveis para o cliente PLANTAS PARA FABRICAÇÃO DE TUBOS HELICOIDAIS Soluções sob medida com benefícios mensuráveis para o cliente SMS GROUP Líder na fabricação de equipamentos e máquinas Sob o amparo da SMS Holding GmbH, o SMS

Leia mais

ASPECTOS TECNOLÓGICOS DOS AÇOS ESTRUTURAIS

ASPECTOS TECNOLÓGICOS DOS AÇOS ESTRUTURAIS Estruturas de aço. Aspectos tecnológicos e de concepção. Prof. Edson Lubas Silva Agradecimento ao Prof. Dr. Valdir Pignatta pelo material cedido ASPECTOS TECNOLÓGICOS DOS AÇOS ESTRUTURAIS 1 O que é o aço?

Leia mais

MATERIAIS PARA ENGENHARIA DE PETRÓLEO - EPET069 - Conformação dos Metais

MATERIAIS PARA ENGENHARIA DE PETRÓLEO - EPET069 - Conformação dos Metais MATERIAIS PARA ENGENHARIA DE PETRÓLEO - EPET069 - Conformação dos Metais CONFORMAÇÃO DOS METAIS Fundamentos da Conformação Plástica Diagrama Tensão x Deformação CONFORMAÇÃO DOS METAIS Fundamentos da Conformação

Leia mais

Perfis Extrudados de Alumínio PERFIS STANDARD

Perfis Extrudados de Alumínio PERFIS STANDARD Perfis Extrudados de Alumínio PERFIS STANDARD A Alcoa Alumínio está na liderança mundial, na fabricação e na transformação do Alumínio, atuando nos mercados aeroespacial, automotivo, embalagens, construção,

Leia mais

REDUÇÃO DA OCORRÊNCIA DE TRINCAS NAS BORDAS DE TIRAS DURANTE LAMINAÇÃO A FRIO ATRAVÉS DA PADRONIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE CORTE 1

REDUÇÃO DA OCORRÊNCIA DE TRINCAS NAS BORDAS DE TIRAS DURANTE LAMINAÇÃO A FRIO ATRAVÉS DA PADRONIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE CORTE 1 1 REDUÇÃO DA OCORRÊNCIA DE TRINCAS NAS BORDAS DE TIRAS DURANTE LAMINAÇÃO A FRIO ATRAVÉS DA PADRONIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE CORTE 1 Thiago Focosi 2 Fernando Suzumura Kawata 3 Eduardo Franco Monlevade 4 Luis

Leia mais

PIRÔMETROS RESUMO. Palavras-chaves: pirometria, temperatura, pirômetro, radiação eletromagnética.

PIRÔMETROS RESUMO. Palavras-chaves: pirometria, temperatura, pirômetro, radiação eletromagnética. PIRÔMETROS ISABELLE PEREIRA GOMES 1 RAPHAEL RIBEIRO PEREIRA² KATHLEEN VASCONCELLOS³ PROFESSOR ORIENTADOR: LEONARDO VIDAL RESUMO Este artigo trata sobre a medição de temperatura pelo processo de pirometria,

Leia mais

40.000 empregados Em mais de 250 municípios Brasileiros Presença em mais de 20 países

40.000 empregados Em mais de 250 municípios Brasileiros Presença em mais de 20 países 42º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ACIARIA 42º STEELMAKING SEMINAR - INTERNATIONAL NOVOS PROJETOS SIDERÚRGICOS Iran Oliveira de Medeiros GRUPO VOTORANTIM 1918 2010 Canadá Estados Unidos México Bahamas Colômbia

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com.

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com. F o n e : ( 4 1 ) 3 0 9 1-6 9 0 0 Rua Des. Antonio de Paula 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br w w w. a c o s s u l n o r t e. c o m. b r CATÁLOGO DE PRODUTOS MATRIZ BARRAS CANTONEIRAS

Leia mais

Conformação Mecânica LAMINAÇÃO

Conformação Mecânica LAMINAÇÃO Conformação Mecânica LAMINAÇÃO Conformação por Laminação O que é? A laminação é um processo de conformação mecânica pelo qual um lingote de metal é forçado a passar por entre dois cilindros que giram

Leia mais

Processo de Fabricação Belgo 50 e Belgo 60

Processo de Fabricação Belgo 50 e Belgo 60 Processo de Fabricação Belgo 50 e Belgo 60 Introdução A segurança de uma edificação está diretamente ligada à qualidade dos produtos utilizados e à sua correta aplicação pela mão-de-obra contratada. Uma

Leia mais

Aços Longos. Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria

Aços Longos. Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Aços Longos Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Padrão de Qualidade O padrão de qualidade dos produtos ArcelorMittal está presente também na linha

Leia mais

METALMECÂNICO DO ESPÍRITO SANTO. Francisco Ramaldes Gerente de Arranjos Produtivos

METALMECÂNICO DO ESPÍRITO SANTO. Francisco Ramaldes Gerente de Arranjos Produtivos METALMECÂNICO DO ESPÍRITO SANTO Francisco Ramaldes Gerente de Arranjos Produtivos 1 CAPACIDADE DE PRODUÇÃO MENSAL ATIVIDADES INDICADORES GRANDE VITÓRIA REGIÃO NORTE REGIÃO SUL TOTAL Empresas Nº 47 31 46

Leia mais

12º ENEMET 12º - ENEMET

12º ENEMET 12º - ENEMET RESUMO DO EVENTO 12º ENEMET O 12º Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas - ENEMET é um importante fórum de debates e intercâmbio de conhecimento para os estudantes,

Leia mais

Para a integração de todos os processos produtivos de sua fábrica, é preciso um parceiro que possa lhe oferecer soluções completas em intralogística.

Para a integração de todos os processos produtivos de sua fábrica, é preciso um parceiro que possa lhe oferecer soluções completas em intralogística. Para a integração de todos os processos produtivos de sua fábrica, é preciso um parceiro que possa lhe oferecer soluções completas em intralogística. De Weinsberg para o mundo: os sistemas Vollert são

Leia mais

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE BARRAS E PERFIS AÇO PARA INDÚSTRIA TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE Quando você usa a ampla linha de barras e perfis Gerdau, você coloca mais qualidade no seu trabalho. Cada produto foi desenvolvido

Leia mais

Desempenho e Precisão Para Indústria Siderúrgica

Desempenho e Precisão Para Indústria Siderúrgica Pittsburgh, PA 15235, USA Tel : 412-242-5903 fax : 412-242-5908 PRECISOS E CONFIÁVEIS CARACTERÍSTICAS INTRÍNSECAS DOS SENSORES INFRAVERMELHORS E A LASER FABRICADOS PELA ASC PARA: RASTREAMENTO POSICIONAMENTO

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE DISPOSITIVO DE CORREÇÃO DE TELESCOPICIDADE EM BOBINAS A QUENTE

IMPLANTAÇÃO DE DISPOSITIVO DE CORREÇÃO DE TELESCOPICIDADE EM BOBINAS A QUENTE IMPLANTAÇÃO DE DISPOSITIVO DE CORREÇÃO DE TELESCOPICIDADE EM BOBINAS A QUENTE NO LTQ DA ArcelorMittal Tubarão 1 doi: 10.4322/tmm.00303002 Sergio de Oliveira Lima Júnior 2 James William Laranja Ribeiro

Leia mais

Siderurgia no Brasil

Siderurgia no Brasil www.pwc.com.br Siderurgia no Brasil Um panorama do setor siderúrgico brasileiro SICETEL Sindicato Nacional da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos IABR Instituto Aço Brasil 1 Setor de

Leia mais

Apresentação para Investidores. Novembro de 2014

Apresentação para Investidores. Novembro de 2014 Apresentação para Investidores Novembro de 2014 1 Agenda Diferenciais Gerdau Estratégia Destaques Operacionais e Financeiros Perspectivas Diferenciais Gerdau Mais de 110 anos de atuação no mercado do aço

Leia mais

APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO. Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC. 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública

APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO. Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC. 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública Agenda Usiminas em linhas gerais Informações de Mercado Usiminas

Leia mais

Catálogo de produtos

Catálogo de produtos Catálogo de produtos 2 a bernifer A Bernifer Perfilados de Aço, com mais de 40 anos de experiência em siderurgia, distribui e processa aço para diversos segmentos, tais como: construção civil, óleo e gás,

Leia mais

PROCESSOS METALÚRGICOS DE FABRICAÇÃO

PROCESSOS METALÚRGICOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS METALÚRGICOS DE FABRICAÇÃO Amanda Alves PEIXOTO 1 Chelinton Silva SANTOS 1 Daniel Moreira da COSTA 1 Rosângela Chaves dos Santos GUISELINI 1 Eduardo Tambasco MONACO 2 RESUMO Este trabalho visa

Leia mais

Prezado (a), Atenciosamente, Marco Polo de Mello Lopes Presidente Executivo Instituto Aço Brasil. Preparado para Instituto Aço Brasil

Prezado (a), Atenciosamente, Marco Polo de Mello Lopes Presidente Executivo Instituto Aço Brasil. Preparado para Instituto Aço Brasil OUTUBRO 2012 INTRODUÇÃO Prezado (a), Manter a competitividade da indústria brasileira em uma economia cada vez mais globalizada tem sido um de nossos principais desafios. Para tal, é importante conhecer

Leia mais

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE BARRAS E PERFIS AÇO PARA INDÚSTRIA TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE Ao usar a ampla linha de Barras e Perfis Gerdau, você coloca mais qualidade no seu trabalho. Cada produto foi desenvolvido

Leia mais

Referência para Ajuste (Automático) dos Rolos da Desempenadeira na Laminação da VSB

Referência para Ajuste (Automático) dos Rolos da Desempenadeira na Laminação da VSB Referência para Ajuste (Automático) dos Rolos da Desempenadeira na Laminação da VSB Presented by Walberth Ferreira Cláudio Carmo Copyr i ght 2015 O SIs oft, LLC. 1 Agenda APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DA

Leia mais

Local do evento. Dayrell Hotel e Centro de Convenções Rua Espírito Santo, 901 Centro Belo Horizonte - MG

Local do evento. Dayrell Hotel e Centro de Convenções Rua Espírito Santo, 901 Centro Belo Horizonte - MG Resumo Local do evento Dayrell Hotel e Centro de Convenções Rua Espírito Santo, 901 Centro Belo Horizonte - MG Comissão organizadora Coordenador Edvaldo Toledo de Oliveira GERDAU AÇOMINAS Membros Alessandro

Leia mais

Companhia Siderúrgica Nacional. Maio / 2011

Companhia Siderúrgica Nacional. Maio / 2011 Companhia Siderúrgica Nacional Maio / 2011 Histórico CSN Pioneirismo na Industrialização do Brasil Incorporada em 1941 - um marco no processo de industrialização brasileiro; Operações iniciadas em 1946;

Leia mais

Local do evento. Dayrell Hotel e Centro de Convenções Rua Espírito Santo, 901 Centro Belo Horizonte - MG

Local do evento. Dayrell Hotel e Centro de Convenções Rua Espírito Santo, 901 Centro Belo Horizonte - MG Resumo Local do evento Dayrell Hotel e Centro de Convenções Rua Espírito Santo, 901 Centro Belo Horizonte - MG Comissão organizadora 33º Seminário de Balanços Energéticos Globais e Utilidades Membros Coordenador

Leia mais

Serviços. Assistência técnica: Maior facilidade e agilidade das informações:

Serviços. Assistência técnica: Maior facilidade e agilidade das informações: Aços para Fixadores Laboratório para ensaios mecânicos Serviços Assistência técnica: Dispomos de engenheiros de aplicação exclusivos para assistir o mercado na assistência técnica tanto corretiva como

Leia mais

Edfer, soluções em ferro e aço

Edfer, soluções em ferro e aço Edfer, soluções em ferro e aço Inaugurada em 2007, na cidade de Coronel Fabriciano, Vale do Aço - MG, a EDFER é uma empresa que atua no mercado de ferro e aço para estruturas metálicas, caldeiraria, usinagem,

Leia mais

Aços Longos. Aços Especiais

Aços Longos. Aços Especiais Aços Longos Aços Especiais Transformar o amanhã. Mais do que um desafio, um compromisso ArcelorMittal. A Belgo agora é ArcelorMittal. Essa nova denominação é o resultado da união dos dois maiores fabricantes

Leia mais

PLANTAS PARA FABRICAÇÃO DE TUBOS HELICOIDAIS. Soluções sob medida com benefícios mensuráveis para o cliente

PLANTAS PARA FABRICAÇÃO DE TUBOS HELICOIDAIS. Soluções sob medida com benefícios mensuráveis para o cliente PLANTAS PARA FABRICAÇÃO DE TUBOS HELICOIDAIS Soluções sob medida com benefícios mensuráveis para o cliente GRUPO SMS Líder na fabricação de equipamentos e máquinas Sob o amparo da SMS Holding GmbH, o Grupo

Leia mais

Número 19 Janeiro 2012

Número 19 Janeiro 2012 Broner Messenger Número 19 Janeiro 2012 Newsletter da Broner Metals Solutions para produtores de aço e alumínio dedicada exclusivamente para soluções de negócios para produção de. Feliz Ano Novo! Broner

Leia mais

Ramo de Negócio. Montagem eletromecânica, hidráulica, Instrumentação e comissionamento de Equipamentos para Siderurgia, Mineração, Petróleo e Gás.

Ramo de Negócio. Montagem eletromecânica, hidráulica, Instrumentação e comissionamento de Equipamentos para Siderurgia, Mineração, Petróleo e Gás. Ramo de Negócio Montagem eletromecânica, hidráulica, Instrumentação e comissionamento de Equipamentos para Siderurgia, Mineração, Petróleo e Gás. Missão Oferecer serviços com elevados padrões de qualidade

Leia mais

limpo seguro flexível

limpo seguro flexível limpo seguro flexível Sistemas de Ventilação para o Processo Industrial Técnica de Ventilação, Separação e Filtração. Schuh Anlagentechnik Página 2 Mais do que ar limpo Fiável. Preserva o meio ambiente.

Leia mais

TECNOLOGIA PARA BENEFICIAMENTO

TECNOLOGIA PARA BENEFICIAMENTO TECNOLOGIA PARA BENEFICIAMENTO de Matérias-Primas na Indústria Siderúrgica Tecnologia confiável Disponibilidade elevada 60 anos de experiência As melhores referências CARVÃO COQUE ArcelorMittal Tubarão,

Leia mais

CRITÉRIO PARA CLASSIFICAÇÃO DE NÃO CONFORMIDADES

CRITÉRIO PARA CLASSIFICAÇÃO DE NÃO CONFORMIDADES R. Sebastião Fabiano Dias, nº 210 sl 1201 Belvedere BH MG PROJETO E CÁLCULO DE PONTES ROLANTES BREVE DESCRIÇÃO A análise de Pontes Rolantes visa o aumento de capacidade, repotenciação/modernização, análise

Leia mais

Voestalpine Stahl, Linz, Áustria. Redução Maximizada de Emissões de Sinterização - Planta SIMETAL CIS MEROS. Metals Technologies

Voestalpine Stahl, Linz, Áustria. Redução Maximizada de Emissões de Sinterização - Planta SIMETAL CIS MEROS. Metals Technologies Voestalpine Stahl, Linz, Áustria Redução Maximizada de Emissões de Sinterização - Planta SIMETAL CIS MEROS Metals Technologies 1 Atendendo agora às futuras demandas ambientais! O desafio As exigências

Leia mais

Aços Longos. Barras Trefiladas

Aços Longos. Barras Trefiladas Aços Longos Barras Trefiladas Soluções em aço seguro e sustentável. Resultado da união dos dois maiores fabricantes mundiais de aço, a ArcelorMittal está presente em mais de 60 países, fabricando Aços

Leia mais

SISTEMAS DE DESPOEIRAMENTO

SISTEMAS DE DESPOEIRAMENTO SISTEMAS DE DESPOEIRAMENTO para Alto-Forno, Aciaria e Fundição Captação eficiente das emissões Redução do consumo de energia Proteção do meio ambiente OTIMIZAÇÃO DO FLUXO: REDUÇÃO DE CUSTOS Placa de bocal

Leia mais

metais não ferrosos aluminio-cobre-latão - aço inoxidável

metais não ferrosos aluminio-cobre-latão - aço inoxidável metais não ferrosos aluminio-cobre-latão - aço inoxidável Arames Barras chatas Bobinas Cantoneiras Chapas Discos Perfis Buchas Tubos Tubos de cobre para refrigeração Vergalhões, redondos, sextavados e

Leia mais

Laboratório de transformação Mecânica LdTM / UFRGS Treinamento em Forjamento Versão:02/09/2013

Laboratório de transformação Mecânica LdTM / UFRGS Treinamento em Forjamento Versão:02/09/2013 Fundação Empresa Escola de Engenharia em colaboração Centro Brasileiro de Conformação Mecânica Av. Bento Gonçalves, 9500 - Caixa Postal: 15021 CEP: 91501-970 - Porto Alegre RS Tel.: +55 (51) 3308 6134

Leia mais

Manual do Processo de Fabricação de CA50S, CA25 e CA60 Nervurado

Manual do Processo de Fabricação de CA50S, CA25 e CA60 Nervurado Manual do Processo de Fabricação de CA50S, CA25 e CA60 Nervurado Introdução A segurança de uma edificação está diretamente ligada à qualidade dos produtos utilizados e à sua correta aplicação pela mão

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo TREFILAÇÃO

Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo TREFILAÇÃO Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo TREFILAÇÃO Histórico O processo de trefilação foi descoberto a partir do momento, que se verificou a dificuldade de se fabricar fios metálicos com

Leia mais

Estruturas de Aço - Dimensionamento Prático - 7ª Ed. Walter Pfeil Ed. LTC

Estruturas de Aço - Dimensionamento Prático - 7ª Ed. Walter Pfeil Ed. LTC Aula 1: Aula 01 Bibliografia Estruturas de Aço - Dimensionamento Prático - 7ª Ed. Walter Pfeil Ed. LTC Estruturas de aço, concreto e madeira : atendimento da expectativa dimensional Rebello, Yopanan Conrado

Leia mais

CURSO GESTÃO DE COMPRAS & SUPRIMENTOS

CURSO GESTÃO DE COMPRAS & SUPRIMENTOS CURSO GESTÃO DE COMPRAS & SUPRIMENTOS Venha participar desta capacitação que abrange as principais etapas que geralmente não são bem preparadas antes do desenvolvimento e implementação de uma Organização

Leia mais

PRIMETALS TECHNOLOGIES A NOVA AUTORIDADE GLOBAL NA EXCELÊNCIA EM METAIS

PRIMETALS TECHNOLOGIES A NOVA AUTORIDADE GLOBAL NA EXCELÊNCIA EM METAIS PRIMETALS TECHNOLOGIES A NOVA AUTORIDADE GLOBAL NA EXCELÊNCIA EM METAIS 2 CRIANDO O FUTURO DOS METAIS 3 AS ONE Em resposta às sempre crescentes demandas no setor de metais, a Mitsubishi-Hitachi Metal Machinery

Leia mais

Tema: Aciaria Elétrica Situação Atual e Tendência 2025

Tema: Aciaria Elétrica Situação Atual e Tendência 2025 Centro de Gestão e Estudos Estratégicos Ciência, Tecnologia e Inovação TR-24 - Aciaria Elétrica Situação Atual e Tendência 2025 Fase I Panorama Setorial TR - 24 Tema: Aciaria Elétrica Situação Atual e

Leia mais

Plano de curso Tecnologia em Trator de Esteira

Plano de curso Tecnologia em Trator de Esteira PLANO DE CURSO MSOBRFDTRE08 PAG1 Plano de curso Tecnologia em Trator de Esteira Justificativa do curso Os tratores de esteira são facilmente reconhecidos dentro do segmento de máquinas e equipamentos pela

Leia mais

Competitividade e Desafios da Indústria do Aço

Competitividade e Desafios da Indústria do Aço Competitividade e Desafios da Indústria do Aço Harley Scardoelli 25 de maio de 2014 As economias devem se recuperar de forma gradual ao longo dos próximos anos 6,0 5,0 4,0 3,0 3,2 5,1 3,0 4,7 3,6 4,9 3,9

Leia mais

3 A ArcelorMittal Tubarão

3 A ArcelorMittal Tubarão 3 A ArcelorMittal Tubarão 3.1. Breve histórico A ArcelorMittal Tubarão, reconhecida no País e no exterior como a maior produtora de semi-acabados de aço instalada no Brasil, foi constituída em Junho de

Leia mais

42º Seminário de Aciaria Internacional ABM. A Vale na Siderurgia

42º Seminário de Aciaria Internacional ABM. A Vale na Siderurgia 42º Seminário de Aciaria Internacional ABM A Vale na Siderurgia 1 Localização A Vale participa do desenvolvimento da siderurgia no Brasil. Quando implantados, os projetos representarão uma produção adicional

Leia mais

SIMETAL DynaJet. Bicos de pulverização de resfriamento secundário de alta precisão eficiência de resfriamento através de soluções completas

SIMETAL DynaJet. Bicos de pulverização de resfriamento secundário de alta precisão eficiência de resfriamento através de soluções completas siemens-vai.com SIMETAL DynaJet Bicos de pulverização de resfriamento secundário de alta precisão eficiência de resfriamento através de soluções completas Answers for industry. A máxima flexibilidade atende

Leia mais

Desempenho ao longo da linha. Sistemas Schuler de automação. Forming the Future

Desempenho ao longo da linha. Sistemas Schuler de automação. Forming the Future Desempenho ao longo da linha. Sistemas Schuler de automação. Forming the Future Desempenho ao longo da linha Sistemas Schuler de automação Automaticamente mais Know-how. Bem-vindo à Schuler. Como líder

Leia mais

SIDERURGIA. 1- Introdução

SIDERURGIA. 1- Introdução SIDERURGIA Siderurgia 1 1- Introdução Os metais encontrados no estado nativo são o ouro, a prata, a platina, o cobre, o arsênico e o bismuto. Estes metais eram encontrados na superfície ou próximo desta,

Leia mais

Passado, presente e futuro

Passado, presente e futuro Passado, presente e futuro A SteelPack iniciou suas atividades em 1989 com beneficiamento de bobinas laminadas a quente e a frio, decapadas, zincadas e alumínio. Em 2011 ampliou sua capacidade produtiva,

Leia mais

Tabela - Produtos x Aplicação x Equipamentos. Tipo de indústria produtos aplicação

Tabela - Produtos x Aplicação x Equipamentos. Tipo de indústria produtos aplicação Tabela - Produtos x Aplicação x Equipamentos Tipo de indústria produtos aplicação - Equipamentos para - Laboratórios ensaios de trafos e capacitores - Reguladores e estabilizadores de tensão, tipo indução

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Área Profissional: Indústria Habilitação Profissional: Ensino

Leia mais

EXPOMONEY 2007. São Paulo, 28 de setembro de 2007

EXPOMONEY 2007. São Paulo, 28 de setembro de 2007 EXPOMONEY 2007 São Paulo, 28 de setembro de 2007 Afirmações sobre o Futuro Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Tubulações Standard Industriais Materiais & Requisitos de Inspeção. Jurandir Primo. Copyright @ 2012. 1ª edição junho de 2012. Capa: Jurandir Primo

Tubulações Standard Industriais Materiais & Requisitos de Inspeção. Jurandir Primo. Copyright @ 2012. 1ª edição junho de 2012. Capa: Jurandir Primo Jurandir Primo Tubulações Standard Industriais Materiais & Requisitos de Inspeção Primo, Jurandir Jurandir Primo Copyright @ 2012 1ª edição junho de 2012 Capa: Jurandir Primo Tubulações Standard Industriais

Leia mais

PPRPS - 1- GERENCIADORES

PPRPS - 1- GERENCIADORES PPRPS - 1- GERENCIADORES OBJETIVOS Capacitar profissionais para a implantação, desenvolvimento e gerenciamento do PPRPS (Programa de Prevenção de Riscos em Prensas e Similares); com atendimento do PPRPS,

Leia mais

3 Estudo de caso: um processo de laminação a frio

3 Estudo de caso: um processo de laminação a frio 35 3 Estudo de caso: um processo de laminação a frio Neste capítulo é apresentado um estudo de caso em um processo de laminação a frio que produz chapas para a confecção de latas de bebidas. Trata-se de

Leia mais

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min ISO 9001 : 2008 Modernização (Retrofit) de Sistemas de Ar Condicionado De 22/10/2012 a 26/10/2012 Local: Hotel a definir Rio de Janeiro Carga Horária: 40 horas Horário: das 8h30min às 17h30min Objetivo:

Leia mais

Negócios. Gerdau aprimora gestão para ampliar resultados operacionais. 18,5 milhões de toneladas

Negócios. Gerdau aprimora gestão para ampliar resultados operacionais. 18,5 milhões de toneladas Negócios Gerdau inicia produção própria de bobinas a quente na usina Ouro Branco (MG). DESEMPENHO DAS OPERAÇÕES Gerdau aprimora gestão para ampliar resultados operacionais Ao longo de 2013, as vendas físicas

Leia mais

ALEXANDRE PUREZA DE ALMEIDA, MBA

ALEXANDRE PUREZA DE ALMEIDA, MBA ALEXANDRE PUREZA DE ALMEIDA, MBA Nascido: Volta Redonda - RJ Em: 22/08/1973 Endereço: Rua Geografo Amora, 501, 5D Cidade: Niterói RJ Telefones: (21) 2619-1478/ (21) 99782-5102 / (81) 7812-9434 E-mail:

Leia mais

Mabem Comércio em Geral Ltda. CNPJ: 04.138.024/0001-62 Insc. Estadual: 082.931.90-9 Rua Tabajara, nº99, Vila Velha ES, CEP: 29114-090

Mabem Comércio em Geral Ltda. CNPJ: 04.138.024/0001-62 Insc. Estadual: 082.931.90-9 Rua Tabajara, nº99, Vila Velha ES, CEP: 29114-090 1 Contato Financeiro: financeiro@mabem.com.br Contato Comercial: Contato@mabem.com.br Telefone: +55 (27) 3246-0888 Endereço: Rua Tabajara, nº99, São Torquato, Vila Velha ES CEP: 29114-090 Observações:

Leia mais

Inspiro a nova geração de metrôs da Siemens para o trânsito de massa

Inspiro a nova geração de metrôs da Siemens para o trânsito de massa Papel de fundo Inspiro a nova geração de metrôs da Siemens para o trânsito de massa Os desafios do futuro são claros: fluxos de tráfego nas áreas metropolitanas devem ser otimizados, sistemas de transporte

Leia mais

Cesar Lima - Gerdau Açominas.

Cesar Lima - Gerdau Açominas. Cesar Lima - Gerdau Açominas. A Gerdau Açominas. - Usina siderúrgica integrada. - Capacidade instalada de 3.000.000 t./ano de aço liquido. - Produz 2.750.000 t./ano de acabados em forma de blocos, placas,

Leia mais

Seminário Regional 2010. São Paulo, Brasil

Seminário Regional 2010. São Paulo, Brasil Seminário Regional 2010 São Paulo, Brasil Date : 27 e 28/10/2010 Presentation Title : O Cenário Industrial de Negócios da CSN em expansão, utilizando ferramentas da OSIsoft Speaker Name : Resilene Mansur,

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

Indústria Brasileira do Aço Situação Atual e Principais Desafios

Indústria Brasileira do Aço Situação Atual e Principais Desafios Indústria Brasileira do Aço Situação Atual e Principais Desafios Marco Polo de Mello Lopes Presidente Executivo ABM Maio 2011 1 PIB x Consumo de Aço x Desenvolvimento Econômico 2 Conversa entre Lula e

Leia mais

No que diz respeito à siderurgia em nível mundial, podemos destacar como principais pontos:

No que diz respeito à siderurgia em nível mundial, podemos destacar como principais pontos: Setor Siderúrgico 1 O setor siderúrgico brasileiro passou por profundas transformações na década de 90, tendo como principal elemento de mudança o processo de privatização do setor, que desencadeou, num

Leia mais

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral Imprensa São Paulo, 16 de junho de 2015 Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral O estudo foi baseado em uma pesquisa realizada

Leia mais

Curso de Gerenciamento de Inspeções Termográficas em Sistemas Elétricos

Curso de Gerenciamento de Inspeções Termográficas em Sistemas Elétricos Convite Especial de Inscrição A ICON Tecnologia, a Interativa Multimídia e o site Termonautas apresentam: Curso de Gerenciamento de Inspeções Termográficas em Sistemas Elétricos Princípios Casos Práticos

Leia mais

A utilização dos roletes ESI no Brasil

A utilização dos roletes ESI no Brasil Universidade Federal de São João Del-Rei MG 26 a 28 de maio de 2010 Associação Brasileira de Métodos Computacionais em Engenharia A utilização dos roletes ESI no Brasil M.P. Porto 1 1 Departamento de Engenharia

Leia mais

Relatório de Análise. CSN: Boas perspectivas operacionais, mas duas incertezas. 4T12 Preços melhores e maior volume de minério

Relatório de Análise. CSN: Boas perspectivas operacionais, mas duas incertezas. 4T12 Preços melhores e maior volume de minério CSN: Boas perspectivas operacionais, mas duas incertezas A CSN teve um ano difícil em 2012, com perdas contábeis elevadas em seu investimento na Usiminas, expressiva redução na geração de caixa, aumento

Leia mais

NORMA DE REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO OPERADORES DE LAMINAÇÃO A QUENTE N. º DOCUMENTO: PNCO-LQ-CS-002

NORMA DE REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO OPERADORES DE LAMINAÇÃO A QUENTE N. º DOCUMENTO: PNCO-LQ-CS-002 NORMA DE REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO OPERADORES DE LAMINAÇÃO A QUENTE N. º DOCUMENTO: PNCO-LQ-CS-002 1 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 4 2. APLICAÇÃO... 4 3. NORMAS E/OU DOCUMENTOS COMPLEMENTARES...

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

Tubos Leves/Pesados. Cortatubos. Serviço Pesado. Rodas Cortadoras. Serviço Pesado. Máquina para Cortar Tubos. Escariador de Tubos 2 Serras

Tubos Leves/Pesados. Cortatubos. Serviço Pesado. Rodas Cortadoras. Serviço Pesado. Máquina para Cortar Tubos. Escariador de Tubos 2 Serras Tubos Leves/esados Tubos Leves/esados Tipos Cortatubos Número de s (ol. ) ág. Serviço esado 3 ½ / 3.2 Articulado 2 2 3.2 Cerâmica e Ferro Fundido 2 ½ 3.3 Ensamblador de Tubos ½ 3.3 Rodas Cortadoras Serviço

Leia mais

LOCAL / VENUE Ouro Minas Palace Hotel

LOCAL / VENUE Ouro Minas Palace Hotel LOCAL / VENUE Ouro Minas Palace Hotel INFORMAÇÕES GERAIS / GENERAL INFORMATION: 287 participantes / attendees 36 patrocinadores / sponsor 09 entidades de apoio / support entities 23 expositores / exhibitors

Leia mais

HJK CONSULTING ENGINEERS. Gestão de Projetos Tecnologia Operações Consultoria de Excelência

HJK CONSULTING ENGINEERS. Gestão de Projetos Tecnologia Operações Consultoria de Excelência HJK CONSULTING ENGINEERS Gestão de Projetos Tecnologia Operações Consultoria de Excelência Fundador e Proprietário Hans Joerg Klapf Consultor Sénior Tecnologias Gestão de Projetos Gestão de Contratos Gestão

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE NOVO CONTROLE E GERENCIAMENTO PARA O PROCESSO DOS FORNOS DE RECOZIMENTO EM CAIXA N.º 1 DA CSN

DESENVOLVIMENTO DE NOVO CONTROLE E GERENCIAMENTO PARA O PROCESSO DOS FORNOS DE RECOZIMENTO EM CAIXA N.º 1 DA CSN doi: 0.4/tmm.000009 DESENVOLVIMENTO DE NOVO CONTROLE E GERENCIAMENTO PARA O PROCESSO DOS FORNOS DE RECOZIMENTO EM CAIXA N.º DA CSN Vinicius Santos de Deus Eduardo Amorim Eliezer Natal Francisco de Assis

Leia mais

A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA DE FUNDIÇÃO. Associação Brasileira de Fundição ABIFA Devanir Brichesi Presidente São Paulo Brasil outubro/2011 1

A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA DE FUNDIÇÃO. Associação Brasileira de Fundição ABIFA Devanir Brichesi Presidente São Paulo Brasil outubro/2011 1 A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA DE FUNDIÇÃO Associação Brasileira de Fundição ABIFA Devanir Brichesi Presidente São Paulo Brasil outubro/2011 1 Associação Brasileira de Fundição VISÃO Incentivar o crescimento

Leia mais

SAIP 2015 DIA 07/10/2015. Horário 8h30m 10h00m

SAIP 2015 DIA 07/10/2015. Horário 8h30m 10h00m SAIP 2015 DIA 07/10/2015 Horário 8h30m 10h00m 1. Auditório: TUCA Título: Túneis Tema: Túneis Palestrante: Luiz Guilherme Isfer Maciel 2. Auditório: Sobral Pinto Palestra: Contaminação das águas por cafeína.

Leia mais

Mineração GLOSSÁRIO. Aço: liga de ferro contendo carbono, manganês, silício e outros elementos.

Mineração GLOSSÁRIO. Aço: liga de ferro contendo carbono, manganês, silício e outros elementos. GLOSSÁRIO Mineração Acabamento: a aparência superficial dos produtos laminados é determinado pelas características superficiais do aço base juntamente com as condições do revestimento que, no caso das

Leia mais

Seminário TAV Brasil Trem de Alta Velocidade

Seminário TAV Brasil Trem de Alta Velocidade Seminário TAV Brasil Trem de Alta Velocidade A PARTICIPAÇÃO DA INDÚSTRIA BRASILEIRA E A NECESSIDADE DE MÃO DE OBRA ESPECIALIZADA Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 18 de abril de 2011 APRESENTAÇÃO

Leia mais