MANUAL DO COLABORADOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO COLABORADOR"

Transcrição

1 MANUAL DO COLABORADOR

2 Aos Clientes, colaboradores, fornecedores, prestadores de serviços e comunidade. Este código contém as principais informações sobre o GRUPO GWL. São normas, procedimentos e dicas que deverão pautar a sua atuação e fazer parte de seu dia-a-dia em nossa empresa. O GRUPO GWL confia e aposta nos integrantes de seu time. Sempre que precisar de apoio, esclarecimentos e quiser nos dar sugestões, converse com o seu gerente Administrativo ou Diretoria. Bem-vindo ao GRUPO GWL!!

3 01 Conheça o GRUPO GWL Fundada em 1999, o GRUPO GWL oferece aos seus clientes e parceiros, assessoria nas áreas de cerimonial para formaturas, eventos empresariais e organização e produção de eventos. Desde sua fundação, o GRUPO cresceu no número de funcionários e em sua estrutura física, além de possuir hoje um extenso portfólio de clientes. A Atuação Implantação O GRUPO GWL é referência para clientes e parceiros em prestação de serviços, ao aliar tecnologia de ponta com excelência de gestão e produção de eventos. Competências: Assessoria e consultoria em cerimonial. Produção de eventos em geral. Gerência em projetos empresariais. Gerenciamento de projetos em diversas áreas. Fábrica de relatórios O GRUPO GWL produz em série relatórios e planilhas colocando em prática o MANUAL DE PROCESSOS utilizando ferramentas como o cronograma físico financeiro e o cronograma de processos. A solução é ágil e transparente para os clientes. Consultoria para comissões de formatura. Desenvolvimento e evolução do manual de processos. Desenvolvimento e produção de projetos para empresas Rotinas baseadas no CRM para otimizar o tratamento da Informação

4 Infra-estrutura O GRUPO GWL estuda as reais necessidades dos clientes, indicando e configurando os Processos para a implantação do CRM. Ourtsourcing O GRUPO GWL terceiriza mão-de-obra altamente capacitada para manter o sistema CRM e outros programas sempre em produtividade máxima e de forma otimizada. CRM Microsoft O GRUPO GWL é certificada da Microsoft para a utilização e treinamento do Microsoft CRM na empresa. O Microsoft CRM permite construir relações produtivas e duradouras entre empresa e clientes. Graças aos módulos de Marketing, Vendas e Atendimento ao Cliente, os funcionários podem compartilhar informações e, dessa maneira, melhorar a performance das atividades de geração de demanda e vendas e a eficiência na prestação de serviços. B - Parcerias O GRUPO GWL possui parcerias com as principais empresas dos seus respectivos segmentos buscando levar qualidade e otimização para nossos clientes.

5 Em 2011 o GRUPO GWL ingressará no programa Microsoft CRM. Esta nova parceria visa oferecer soluções Microsoft para nossos clientes, principalmente na linha de serviços de banco de dados, acesso e trabalho em grupo. C Diretoria A diretoria do GRUPO GWL é formada por: Laurence Gustavo Pinto Neto Sócio-Diretor Administrativo/Financeiro Wellington Leal Mol Sócio-Diretor Comercial D Missão Transformar sonhos em realidade, por isso, valorizamos as conquistas de objetivos através de nossos eventos inovadores e personalizados, expressados nas emoções das pessoas através da alegria de uma realização. O GRUPO GWL está apto a oferecer: E Princípios Básicos Projetos personalizados A empresa aplica conhecimento e informações em favor de projetos exclusivos para os clientes. Atendimento superior Oferece envolvimento e comprometimento com as necessidades dos clientes. Integração, colaboração e cordialidade Um ótimo relacionamento entre os colaboradores e acesso livre a gerências e diretoria é a preocupação permanente do GRUPO GWL. O GRUPO GWL busca manter um ótimo relacionamento entre seus colaboradores

6 02 Segurança na Informação A informação é um dos maiores bens das empresas. Assegure-se de que você está protegendo as que estão sob sua responsabilidade seguindo as regras de segurança do GRUPO GWL. A Política Toda informação é confidencial e deve ser protegida contra acessos não autorizados, manipulação e exposição indevidas, devendo ser usada em conformidade com os objetivos do GRUPO GWL. Deve-se ter atenção às informações repassadas ao cliente. Essas informações: não devem ser de caráter particular do GRUPO GWL; não devem denegrir o sistema operacional e os parceiros do GRUPO GWL; não devem manchar a imagem de outro colaborador; não devem denegrir a imagem da empresa. É dever de todo funcionário seguir essa política e contribuir para a utilização adequada dos recursos operacionais oferecidos. Não é permitido fazer cópia de nenhum sistema operacional, informações ou dados sem autorização prévia da diretoria da empresa. É dever de todo funcionário seguir essa política e contribuir para a utilização adequada dos recursos computacionais e operacionais oferecidos. REGRAS B Violações São violações da Política de Segurança da informação Praticar qualquer tentativa e/ou acesso a informações computadorizadas para as quais o usuário não tenha autorização;

7 manipular informações ou utilizar recursos computacionais de forma indevida, afetando a moral, a integridade pessoal, a crença, a raça ou a religião de nossos colaboradores, clientes e parceiros; possibilitar que usuários não autorizados acessem as informações confidenciais do GRUPO GWL; expor, manipular ou destruir indevidamente informações; infectar propositalmente a rede, causando danos ao servidor; infringir os direitos da propriedade intelectual do software do GRUPO GWL. Se, por algum descuido, acontecer qualquer ação do usuário que desrespeite a Política de Segurança da Informação, ele estará sujeito a: revogação de seus acessos; ação corretiva e/ou disciplinar;. advertência administrativa; Siga essas dicas de Segurança: Não passe suas senhas a outras pessoas. Não deixe o seu microcomputador aberto em sua senha quando você não está por perto. Acessos indevidos podem ser feitos em seu nome. Siga sempre as normas de segurança e ética para melhor utilização dos recursos tecnológicos oferecidos pela empresa. Qualquer ação ou atitude que desrespeitem as regras de Segurança da Informação serão consideradas falta grave, podendo o infrator ser punido de acordo com a legislação específica. 03 Relacionamento com o Colaborador O GRUPO GWL considera seu time de colaboradores o seu maior aliado para a conquista de mais espaço no mercado. Por isso, busca constantemente proporcionar o mais alto nível de satisfação à sua equipe.

8 Leiam a seguir como funcionam alguns processos internos: A Pagamento de Salário O pagamento do salário é efetuado através de crédito em conta corrente do colaborador. É de responsabilidade do GRUPO GWL a abertura dessa conta no momento de admissão, e é de responsabilidade do colaborador o fornecimento de toda a documentação necessária. O modo como será efetuado o primeiro pagamento será administrado pelo departamento responsável, caso a conta não fique aberta dentro do prazo. B Benefícios Vale Transporte Conforme estipulado pelo Departamento Administrativo. Cartão Refeição/Alimentação É fornecido para os colaboradores que trabalham em horário integral, por dia trabalhado. Seguro de Vida ( EM CASO DE ESTÀGIO ) O GRUPO GWL subsidia para cada estagiário um seguro de vida global. O valor da apólice e especificações a respeito do seguro deverão ser conferidas no Departamento Administrativo.

9 Plano Corporativo de celular A empresa libera linhas de celular dentro do Plano Corporativo para seus colaboradores com a finalidade de utilização exclusivamente profissional. Ligações particulares não devem ser feitas através do telefone corporativo. O funcionário tem direito a certa* quantidade de minutos para falar com ligações locais para celular. As mensagens e ligações interurbanas não se incluem no pacote e tem pagamento à parte. Esse Plano ainda tem a vantagem de falar gratuitamente entre os telefones que fazem parte do Plano, ou seja, o colaborador terá facilidade para se comunicar com seus colegas de trabalho, gerência e diretoria para troca de informações. * A quantidade de minutos (pacote de minutos) deverão ser verificados com o Departamento Administrativo, assim como demais informações sobre o Plano. C - Horário de Trabalho O horário padrão controlado pelo Banco de Horas e seguido por toda empresa é das 9:00 às 18:00 horas com 1 hora de almoço*. Se o colaborador encerrar seu expediente no cliente antes das 18:00 horas, deverá retornar para a empresa para cumprimento de sua carga horária. As horas trabalhadas são controladas pelo Banco de Horas através do Ponto Eletrônico, para quem estiver interno na empresa, e através da RAC Relatório de Atendimento ao Cliente, para quem estiver em atendimento ao cliente externamente e envio de para o financeiro. Situações que fujam a essas duas regras deverão ser comunicadas e identificadas ao Setor Administrativo. *O horário poderá ser alterado conforme o cargo exercido. D 13º Salário (De acordo com a CLT Consolidação das Leis Trabalhistas) O 13º Salário é proporcional aos meses trabalhados no ano em exercício e o pagamento é efetuado conforme estabelecido Lei.

10 E Férias Após o período de 12 meses trabalhados, o GRUPO GWL tem até onze meses para conceder os 30 dias de férias. Ao final do ano, o GRUPO GWL concede 20 dias de férias coletivas, sendo os outros 10 dias restantes negociados diretamente com o gerente, sendo que cada setor poderá ter no máximo 1 membro em férias. Por lei o aviso de férias sai com antecedência e o seu pagamento é feito dois dias antes da entrada em férias. F Hora Extra As horas extras são registradas pelo Banco de Horas, através do Ponto Eletrônico ou da RAC (Relatório de Atendimento ao Cliente) e compensadas com horas de descanso. G Feriados São considerados feriados os estabelecidos no calendário nacional. Os feriados facultativos serão comunicados previamente pela Diretoria. H Reembolso Só serão permitidos reembolsos de despesas com viagem, transporte, alimentação, etc, vinculados ao exercício do trabalho, aprovados pela Diretoria Administrativa e mediante apresentação do relatório de viagens preenchidos e com as notas fiscais anexas. I Treinamentos Não basta ter disposição, também é preciso ter conhecimento e buscar o auto desenvolvimento. É importante que todos estejam sempre sintonizados e atualizados com o mercado e suas exigências e busquem constantemente aprimorar suas capacidades e competências.

11 É importante que os colaboradores estejam sempre sintonizados e atualizados com o mercado e suas exigências. GWL J Plano de Cargos, Salários e Bonificações O PCSB - Plano de Cargos, Salários e Bonificações do GRUPO GWL tem o objetivo de valorizar o trabalho e empenho do funcionário e a retenção de talentos. O PCSB também permite ao funcionário a perspectiva de crescimento dentro da empresa. O Plano é composto por níveis salariais de atuação. Níveis ATENDIMENTO: Gerente de Atendimento SAC ( Serviço de Atendimento ao Cliente) Central de Desenvolvimento COMERCIAL: Gerente Comercial Pré Vendas PRODUÇÃO: Produção Assistente de Produção RECEPÇÃO ADMINISTRATIVO: Gerente Administrativo FINANCEIRO: Gerente Financeiro Assistente Financeiro

12 COMUNICAÇÃO Assessora de Comunicação GESTOR DE PRODUTOS Áreas funcionais do GRUPO GWL (faixas) Mudança de Nível Para a mudança de nível dentro na empresa, serão seguidos os seguintes critérios: Pelo menos 1 ano na função 90% de aproveitamento no total da Avaliação de Desempenho; Disponibilidade de vaga; Escolaridade compatível com a nova função;. Aprovação pelo RH; Atender os pré-requisitos da vaga.

13 04 Ambiente de Trabalho Um bom ambiente de trabalho é resultado, principalmente, do comportamento das pessoas. Ser cordial e manter a organização do seu espaço já é um primeiro passo para a instalação de uma atmosférica harmônica e produtiva. A Atitudes do time GRUPO GWL Como em um jogo de futebol, cada integrante do nosso time tem um papel definido. Porém, a meta é uma só: fazer gols e vencer a partida. E, para isso, é necessário juntar as competências de todos os jogadores, garantindo o passe perfeito e as boas colocações dentro do campo. Para o GRUPO GWL, um integrante do nosso time deve ser : Responsável A produtividade do GRUPO GWL é também as de todos os seus colaboradores. Por isso é muito importante para a empresa saber que o colaborador se sente responsável pelos resultados, pela qualidade do nosso atendimento e produto e pela sustentação do bom clima interno. Leal Um funcionário leal compartilha e deseja o sucesso dos nossos projetos e tem orgulho de fazer parte do nosso time. Ele também defende a organização contra críticas injustas e valoriza a boa imagem da empresa. Lealdade não é sinônimo de obediência cega. Lealdade significa fazer críticas construtivas e agir com a convicção de que seu comportamento vai promover os legítimos interesses da organização. Confiável As bases de todos os nossos relacionamentos sejam com clientes, com parceiros e até com a concorrência são formadas a partir da confiança que somos capazes de inspirar. Trabalhamos com informações que nos são confiadas, e o sigilo é obrigatório. Documentos, registros contábeis, projetos e planos, pesquisas e hábitos pessoais, dentre outros, devem ser mantidos em sigilo e sua revelação pode representar sérios problemas para a empresa ou para os clientes.

14 A Base de todos os nossos relacionamentos são formadas a partir da confiança que somos capazes de inspirar. Flexível A flexibilidade é, muitas vezes, confundida com a falta de limites. Ser flexível é ser capaz de novas negociações que atendam às expectativas do cliente, do colega de trabalho e às suas. Otimista Acreditar na capacidade de realização das pessoas, no poder de crescimento, enfrentando o futuro com energia e bom-humor. Prudente Todo trabalho, para ser executado, exige muita segurança. Ser prudente significa ser capaz de analisar situações complexas antes de tomar decisões. Humildade A humildade representa a auto-análise que todo profissional deve praticar para reconhecer suas limitações e dispor-se a aprender coisas novas, numa busca constante por seu aperfeiçoamento. Organizado e cuidadoso Usar uniformes sempre limpos e passados; Usar calçados limpos; Ter cabelos limpos e apresentáveis; Manter unhas limpas e aparadas. Roer as unhas transmite a idéia de desleixo consigo mesmo; Ter cuidado com o tipo de roupas utilizado durante o atendimento ao cliente.

15 Procure sempre usar o seu uniforme. Quando não for possível, vista roupas discretas e menos colantes. Evite roupas muito decotadas e camisas de time de futebol. Assim evitamos possíveis reclamações de clientes; Manter o hálito puro e os dentes limpos é imprescindível; Todos já devem ter lido em algum lugar a frase Sujou, limpou. E é desse jeito que manda o bom comportamento. Então se sujar, limpe; Não coloque os pés sobre a cadeira; Lave talheres, pratos e copos que sujar; Tirou do lugar, após utilização guarde novamente. Pontual A pontualidade mostra muito da execução do nosso trabalho. Afinal, se somos capazes de cumprir nossos compromissos com a hora, somos capazes de estender essa qualidade para os nossos serviços. COMPORTAMENTO ESPERADO DURANTE ATENDIMENTO AO CLIENTE: Cumprir os horários combinados com o cliente e que foi marcado na agenda. Evitar atender telefone quando estamos no cliente (salvo se o assunto for relativo ao cliente) Não manipular as informações diretamente no banco de dados do GRUPO GWL sem autorização da Diretoria. Não usar: UPdates, delete e insert. Somente acessar as paginas do GRUPO GWL. É proibido tanto no cliente como na GWL: PENSE LIMPO! Utilizar MSN ou similar Utilizar Orkut ou similar Navegar em páginas pessoais. Utilização de qualquer tipo de servidor de Proxi virtual

16 O descumprimento dessas regras resultará em advertência para o funcionário. Importante! Nossa rede é monitorada 24 horas por dia por um sistema, e semanalmente este programa emite um relatório com dados de todos os acessos via Web. B Integração do time Para promover a integração de nossos colaboradores, a empresa promoverá atividades regulares: Café com o GRUPO GWL : É um café da tarde oferecido uma vez por mês a todos os colaboradores GWL. Como grande parte da equipe da empresa trabalha externamente, aproveitamos esse momento para estarmos juntos, trocarmos experiências e firmarmos o nosso relacionamento. Comemoração de Aniversário : Nas datas de aniversário dos colaboradores, realizamos uma comemoração para os aniversariantes do mês, valorizando assim o nosso colaborador. Notícias do GRUPO GWL : Este Boletim tem o objetivo de manter nosso colaborador informado das atividades de nossa empresa. Será um boletim trimestral e divulgado via internet. Encontro GRUPO GWL : é um evento em que reunimos todos nossos colaboradores, para atualizá-los dos procedimentos da empresa, apresentarmos novos colaboradores, esclarecermos dúvidas e trocarmos idéias sobre temas de interesse comum e da empresa. Festa de Final de Ano e Festa Junina : Já é tradicional do GRUPO GWL promover uma festa de fim de ano e a festa Junina para seus colaboradores como forma de reconhecimento por todo esforço e dedicação. As festas da GWL são as mais esperadas.

17 C Segurança Patrimonial Todos os recursos que o GRUPO GWL oferece aos seus colaboradores visam o bem-estar do funcionário e a melhor execução do seu trabalho. Por isso, é imprescindível que cada usuário zele pelos equipamentos (telefones, computadores, impressoras e outros) ou materiais (cds, livros etc.) que estão dentro das nossas instalações. A retirada de qualquer tipo de material ou equipamento das dependências do Grupo deverá ser autorizada por escrito pela produção. Não existem exceções a essa regra. Também é importante cuidar do nosso ambiente, não danificando móveis, materiais de escritório ou de uso comum como bebedouros, banheiros e utensílios de cozinha. 05 Relacionamento com o Mercado O GRUPO GWL trabalha em parceria com as mais importantes empresas e faculdades de Minas Gerais na área de eventos. Além disso, conta com toda uma estrutura de atendimento. A nossa relação com os clientes deve ser orientada para atender às suas necessidades e colaborar para o crescimento de nossa empresa. A Produtividade O GRUPO GWL depende muito de seu comprometimento e dedicação no atendimento ao cliente. Com base na escolha e caráter de seus colaboradores, a empresa espera de cada um: Que cumpra sua agenda no cliente com dedicação, pontualidade e responsabilidade; Tente não ficar ocioso nas dependências do GRUPO GWL, pois sempre existe algo a se fazer; Ficar após o horário de serviço somente em casos de reuniões; Somente se for necessário, faça hora extra. E o colaborador que se dedica aos projetos da empresa, só tem a ganhar. Os colaboradores que trabalham externamente e diretamente com atendimento ao cliente, recebem, além do salário fixo, bonificações de desempenho ( As bonificações são concedidas aos colaborados que

18 estiverem efetivos na data da entrega do premio). Ou seja, a sua dedicação no atendimento ao cliente é recompensada com a sua bonificação. Mas além da bonificação, as horas extras desse atendimento são revertidas em horas de descanso, que é controlado pelo Banco de Horas da empresa. Por essa razão o colaborador que veste realmente a camisa da empresa só tem a ganhar! B RAC (Relatório de Atendimento ao Cliente) A RAC Relatório de Atendimento ao Cliente, é uma ata desenvolvida pelo GRUPO GWL para controle e documentação das horas de atendimento ao cliente e pauta da reunião. Com a RAC, o GRUPO GWL consegue controlar início e término do atendimento. O relatório preenchido deverá ser impresso em uma via e anexada na pasta do cliente. Em casos de reuniões externas no qual o colaborador não bateu o ponto eletrônico, o mesmo, deverá receber o carimbo do financeiro como justificativa do seu horário de saída escrito na RAC assinada pelo cliente. Importante! O colaborador que descumprir com esse procedimento terá seu ponto final às 18:00 horas. C Deslocamento para o cliente O deslocamento para o atendimento ao cliente deverá ser feito: Carro da empresa,( respeitando sua respectiva agenda) Ônibus : utilizando o cartão BH BUS da empresa; Carona com outro colaborador que esteja em atendimento: Aproveitar o mesmo trajeto de outro consultor que esteja utilizando o carro da empresa. Nesses casos o consultor deverá respeitar o horário do consultor que agendou primeiro.

19 D Ética Para orientar a nossa relação com nossos clientes e parceiros, adotamos este código de ética e moral. É claro que o bom senso de cada um deve ser também considerado. Afinal, ao ser selecionado para integrar nosso time, você foi avaliado como um profissional competente e um individuo de qualidades e valores inquestionáveis. Temos orgulho da nossa escolha e esperamos que você também sinta orgulho por fazer parte do nosso time. Compromisso do Colaborador com o GRUPO GWL: O Colaborador não deve expressar interesse ou aceitar proposta de trabalho do cliente, a não ser situação em que o GRUPO GWL seja avisada e esteja de acordo. O Colaborador não deve aceitar bonificações e comissões de parceiros e clientes. O colaborador não deve aceitar convite para trabalhar em eventos de outras empresas do mesmo segmento. O descumprimento dessa, resultará em desligamento da empresa. São deveres dos profissionais do GRUPO GWL Interessar-se pelo GRUPO GWL e, com tal finalidade, contribuir com seus conhecimentos, capacidade e experiência para melhor servir os nossos clientes. Exercer o trabalho profissional com lealdade, dedicação e honestidade para com seus clientes e empregadores e com espírito de justiça para com seus subordinados. Não praticar e nem permitir a prática de atos que comprometam a sua dignidade e a integridade da equipe do GRUPO GWL. Não praticar quaisquer atos que possam comprometer a confiança que lhe é depositada pelo seu cliente ou empregador. Na qualidade de consultor, somente expressar a sua opinião se baseada em conhecimentos adequados e convicção honesta. Considerar como confidencial toda informação técnica, financeira ou de outra natureza de seu cliente ou empregador. Honrar contratos, acordos e responsabilidades assumidas. Notificar gerentes ou responsáveis pela área sobre a necessidade de alteração de acordos firmados. Notificar o cliente sobre atrasos de tempo. Não prejudicar, direta ou indiretamente, a reputação, a situação ou as atividades de um concorrente. Não se aproveitar nem deixar que se aproveitem de idéias, planos ou projetos de autoria de outros profissionais, sem a necessária citação ou autorização expressa. Não exercer atividade paralela em seu horário de trabalho, nem atividade comercial externa concorrente ou conflitante com o GRUPO GWL.

20 Não cometer, ou contribuir para que se cometam injustiças com colegas. Não discriminar sexo, raça, religião, cor ou opção sexual. Saber separar assuntos pessoais dos profissionais. Assegurar que seu trabalho não cause danos a terceiros ou interfira com os direitos deles. Procurar alcançar a maior qualidade tanto nos processos quanto nos produtos do trabalho profissional. Representar adequadamente o GRUPO GWL. 06 Equipamentos, recursos e outros A Rede O GRUPO GWL utiliza a sua rede para facilitar a comunicação e a transferência de dados entre funcionários. Uma rede é formada por equipamentos de informática que, interligados, se comunicam e trabalham em conjunto. Em sua maioria, esses equipamentos são computadores. Mas também existem impressoras, coletores de dados, programas, correio eletrônico etc. A rede funciona baseada em dois tipos de computadores aqueles que estão em sua mesa de trabalho e o servidor equipamento maior que armazena sistemas, programas e dados e ainda controla os acessos. Acesso à rede Todo colaborador tem direito de acesso à rede. Mas para acessá-la, é necessário utilizar uma senha pessoal e intransferível. Atenção: A rede é monitorada constantemente. Por isso, lembre se sempre de que todo acesso feito em seu nome e senha é de sua inteira responsabilidade. A sua senha e orientações para utilização de outros recursos de informática, serão dados a você em seu primeiro dia de trabalho.

21 Importante! Não guarde seus arquivos no drive C ou A de sua máquina, pois não há como garantir que, em caso de falha do seu equipamento, esses dados sejam recuperados. Todo funcionário tem um diretório na rede para guardar as informações relativas ao trabalho. Você não deve ter documentos particulares, figuras, programas ou qualquer outro tipo de arquivo que não tenham relação com o seu trabalho arquivados nos drives da empresa. É bom lembrar que os espaços da rede são limitados. Delete sempre s ou informações que não tenha mais interesse. Siga as dicas: Reavalie constantemente a validade de seus arquivos; Limpe constantemente a sua caixa de correio eletrônico; Guarde somente informações de que irá necessitar, sem exageros, para que o recurso esteja sempre disponível para todos. B Vírus de computador Os vírus são programas que se instalam no computador e modificam o funcionamento do sistema operacional ou de outros programas instalados. Quando trabalhamos com documentos sempre estamos sujeitos a ter contato com os vírus de computador. Eles chegam até a sua máquina pela rede ou principalmente pela internet. Para evitá-los, nunca abra arquivos ou mensagens de correio eletrônico cuja procedência você desconheça. C Atendimento telefônico É muito importante manter sempre um bom relacionamento com os diversos públicos da empresa, interno e externo. É um dos pontos de contato mais importante é o telefone. Segue algumas dicas para auxiliá-lo tanto no fazer, quanto ao receber uma ligação.

22 Transmita o assunto de forma objetiva. Tenha a certeza de que está sendo claro e que seu interlocutor está entendendo suas palavras. O passa-passa de ligações é uma das coisas que mais desagradam quem está aguardando. Então, ouça atentamente a solicitação e resolva o problema você mesmo ou transfira a ligação para a pessoa certa. Não confie na memória, anote o recado e transmita-o por imediatamente ao interessado. Não use os telefones da empresa para assuntos particulares. D Como usar o correio eletrônico As comunicações internas e externas também são feitas por s, através de um programa de correio eletrônico. Confirmação de recebimento de A imagem da empresa depende principalmente das pessoas que nela trabalham. Assim, o nosso comportamento ao telefone demonstra aos clientes, a qualidades de nossos serviços. Para garantia de que o enviado chegou ao seu destinatário, solicite sempre confirmação de leitura. Confirmação de leitura é uma opção que existe dentro do seu correio eletrônico. Mas caso o destinatário não tenha confirmado a leitura do seu , ligue imediatamente. Assim evitamos atrasos nas informações e transtornos futuros. As comunicações internas e externas também podem ser feitas por . Esta é uma forma de documentar uma comunicação.

23 CONCLUSÃO Todo cliente, colaborador, fornecedor, prestador de serviço e comunidade deve conhecer e cumprir os preceitos contidos nestas Diretrizes de Comportamento Ético, cabendo à gerencia da empresa informar à Diretoria de sua área sobre qualquer fato contrário às presentes recomendações. Todas as atividades que contrariem as normas da empresa podem resultar em ações disciplinares ou em rescisão contratual. Normas de Segurança e Código de Ética da GWL Todos os direitos reservados

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO CÓDIGO DE ÉTICA G UPO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 2 1. APLICABILIDADE... 3 ESCLARECIMENTOS... 3 O COMITÊ DE ÉTICA... 3 ATRIBUIÇÕES DO COMITÊ... 3,4 2. ASSUNTOS INTERNOS... 4 OUVIDORIA... 4 PRECONCEITO...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução.

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. CÓDIGO DE ÉTICA Introdução. Os princípios Éticos que formam a consciência e fundamentam nossa imagem no segmento de recuperação de crédito e Call Center na conduta de nossa imagem sólida e confiável. Este

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Por estar inserida em uma sociedade, a Interact Solutions preza por padrões de conduta ética em suas atividades, quando se relaciona com clientes, fornecedores, canais de distribuição,

Leia mais

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO APRESENTAÇÃO COLABORADORES Princípios éticos funcionais Emprego e Ambiente de trabalho Conflito de interesses Segredos e informações comerciais SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Leia mais

Introdução: Código de Conduta Corporativa

Introdução: Código de Conduta Corporativa Transporte Excelsior Ltda Código de Conduta Corporativa Introdução: A Transporte Excelsior através desse Código Corporativo de Conduta busca alinhar e apoiar o cumprimento de nossa Missão, Visão e Valores,

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00 Páginas 1/8 1. OBJETIVO O Código de Ética é um conjunto de diretrizes e regras de atuação, que define como os empregados e contratados da AQCES devem agir em diferentes situações no que diz respeito à

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA REV. 01-28/08/2009 Sumário Sumário... Erro! Indicador não definido. 1 Introdução e Princípios Gerais... 3 2 Relações da Empresa... 3 2.1 Com os colaboradores... 3 2.2 Com os clientes...

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação NORMAS DE CONDUTA Apresentação Adequando-se às melhores práticas de Governança Corporativa, a TITO está definindo e formalizando as suas normas de conduta ( Normas ). Estas estabelecem as relações, comportamentos

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta O Código de Ética e Conduta do ESA - Externato Santo Antônio estabelece o comportamento esperado de todos aqueles que trabalham na, para e com a instituição, e tem por objetivo

Leia mais

Padrões Nidera para Parceiros de Negócio

Padrões Nidera para Parceiros de Negócio Padrões Nidera para Parceiros de Negócio Caro Parceiro de Negócio, A história da nossa empresa inclui um compromisso de longa data em estar de acordo com as leis onde quer que atuemos e realizar nossos

Leia mais

Artigo 1º - Aprovar revisão da Política de Segurança da PRODEB, que com esta se publica.

Artigo 1º - Aprovar revisão da Política de Segurança da PRODEB, que com esta se publica. Classificação: RESOLUÇÃO Código: RP.2007.077 Data de Emissão: 01/08/2007 O DIRETOR PRESIDENTE da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia - PRODEB, no uso de suas atribuições e considerando

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Grupo PETRA S.A. Departamento de Tecnologia da Informação POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Início da Vigência: 01/Maio/2010 Propriedade do Grupo PETRA S.A. 1. INTRODUÇÃO Este documento foi elaborado

Leia mais

MANUAL DO COLABORADOR

MANUAL DO COLABORADOR MANUAL DO COLABORADOR 2 SUMÁRIO 1. Apresentação ---------------------------------------------------------- 3 2. Histórico da empresa ----------------------------------------------- 4 3. Serviços prestados

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS 1 Política de segurança da informação 1.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COGEM, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção de políticas

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR INTRODUÇÃO Ciente de sua responsabilidade como fornecedora de refeições coletivas e prestadora de serviços, o Grupo Vivo Sabor divulga seu Manual

Leia mais

PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS

PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS AGI.01 1ª 1 / 7 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. INTRODUÇÃO... 2 3. ABRANGÊNCIA E APLICABILIDADE... 2 4. PRINCÍPIOS GERAIS... 2 5. COLABORADORES... 3 A Conduta Pessoal e Profissional... 3 B Condutas não Aceitáveis...

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Nº de Páginas: 1 / 5 1. OBJETIVOS Os objetivos desta Política de Segurança da Informação são estabelecer orientações gerais de segurança da informação no âmbito da Braslight, fornecendo o apoio conceitual

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética Página 1 de 5 Código de Conduta e Ética 2012 Resumo A SAVEWAY acredita que seu sucesso está pautado na prática diária de elevados valores éticos e morais, bem como respeito às pessoas, em toda sua cadeia

Leia mais

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda.

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda. Código de Ética SPL Consultoria e Informática Ltda. Introdução Segundo o dicionário Aurélio ética é o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana suscetível de qualificação do ponto

Leia mais

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO 2015 A LINHA CRIATIVA é uma solução de TI focada em produtos inteligentes e simples, actuando no sector de empresas de médio e pequeno porte, nas áreas

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta Ética das Empresas Concremat contempla os princípios que devem estar presentes nas relações da empresa com seus colaboradores, clientes,

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética SUMÁRIO 1 Objetivo... 03 2 Abrangência... 03 3 Valores... 03 4 - Conduta ética da PPL com os diversos públicos 4.1 - Cliente: Foco de nossa atuação... 03 4.2 - Relação e interação com fornecedores e parceiros...

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA BC CONSULT Página 1 de 9 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PRINCÍPIOS... 4 INTEGRIDADE... 4 DISCRIMINAÇÃO... 4 CONFLITO DE INTERESSE... 4 CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÕES... 5 PROTEÇÃO AO

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS

CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região Central do Centro do Rio Grande do Sul CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS Outubro de 2013 MISSÃO Fortalecer, qualificar,

Leia mais

Por que ouvir a sua voz é tão importante?

Por que ouvir a sua voz é tão importante? RESULTADOS Por que ouvir a sua voz é tão importante? Visão Tokio Marine Ser escolhida pelos Corretores e Assessorias como a melhor Seguradora pela transparência, simplicidade e excelência em oferecer soluções,

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas.

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas. INTRODUÇÃO Você, provavelmente, já sabe que colaboradores felizes produzem mais. Mas o que sua empresa tem feito com esse conhecimento? Existem estratégias que de fato busquem o bem-estar dos funcionários

Leia mais

IINSTRUÇÃO DO SISTEMA. Código de conduta

IINSTRUÇÃO DO SISTEMA. Código de conduta 1 de 7 Revisão Data Assunto / revisão / modificação 00 16/04/15 Emissão Inicial. Nome Cargo Data Assinatura Consultor / Gerente EMITENTE Maciel Amaro Técnico / RD Valéria Ap. R. Amaro Diretora administrativa

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Quanto mais informações você disponibiliza na Internet, mais difícil se torna preservar a sua privacidade Nada impede que você abra mão de sua privacidade e, de livre e espontânea

Leia mais

FLEXPAG - Política de Privacidade

FLEXPAG - Política de Privacidade FLEXPAG - Política de Privacidade A infocusweb/flexpag tem um compromisso com o respeito à sua privacidade. Política de Privacidade Nós reconhecemos que ao optar por nos informar alguns de seus dados pessoais,

Leia mais

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA Guia Prático Sistema EAD PRO-CREA Educação a Distância (EAD) Conheça a seguir algumas dicas de Netiqueta para uma convivência sociável e boas maneiras na web. Sugerimos fazer um teste para saber como você

Leia mais

Fundação Professor Francisco Pulido Valente CÓDIGO DE CONDUTA

Fundação Professor Francisco Pulido Valente CÓDIGO DE CONDUTA Fundação Professor Francisco Pulido Valente CÓDIGO DE CONDUTA Dezembro de 2012 INTRODUÇÃO As fundações são instituições privadas sem fins lucrativos que visam contribuir para o bem comum, para o desenvolvimento

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta Introdução A Eucatex, através deste Código de Ética e Conduta, coloca à disposição de seus colaboradores, fornecedores e comunidade, um guia de orientação para tomada de decisões

Leia mais

DIRECIONADORES DA AÇÃO EMPRESARIAL

DIRECIONADORES DA AÇÃO EMPRESARIAL DIRECIONADORES DA AÇÃO EMPRESARIAL Na ASBRASIL, já foram estabelecidas as direções básicas da ação empresarial, conforme estabelecido em nosso plano de negócios que deseja se consolidar em uma cultura

Leia mais

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 2 Sumário 1. Introdução...3 2. Postura pessoal e profissional...4 3. Relacionamento com público interno...6 4. Relacionamento

Leia mais

EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Janeiro 2016 O NÃO CUMPRIMENTO DESTE MANUAL PODERÁ RESULTAR EM AÇÕES DISCIPLINARES APROPRIADAS, INCLUINDO ADVERTÊNCIAS, QUE PODERÃO

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Índice Nossos princípios diretivos 03 Proteção do patrimônio e uso dos ativos 04 Informação confidencial 05 Gestão e Tratamento dos Colaboradores 06 Conflitos de interesse 07

Leia mais

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE PRÁTICAS DIGITAIS

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE PRÁTICAS DIGITAIS NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE PRÁTICAS DIGITAIS I - DA NATUREZA (da finalidade) Artigo 1 O Laboratório de Práticas Digitais (LPD) caracteriza-se por sua natureza didático-pedagógica, servindo

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA SUMÁRIO 1 ÉTICA...03 2 APRESENTAÇÃO...04 3 APLICAÇÃO...05 4 FINALIDADES...06 5 DEFINIÇÕES...07 6 CULTURA ORGANIZACIONAL...08 6.1 MISSÃO...08 6.2 VISÃO...08 6.3 VALORES...08 6.4

Leia mais

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte!

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte! Câmara Municipal de Barueri Conheça a Norma SA8000 Você faz parte! O que é a Norma SA 8000? A SA 8000 é uma norma internacional que visa aprimorar as condições do ambiente de trabalho e das relações da

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO MAGNA INTERNATIONAL INC. DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO Oferecer ou receber presentes e entretenimento é muitas vezes uma

Leia mais

Código de Ética Rastru

Código de Ética Rastru CÓDIGO DE ÉTICA RASTRU O objetivo desse Código de É tica é definir com clareza os princípios éticos que norteiam as ações e os compromissos da organização Rastru, tanto da parte institucional como da parte

Leia mais

Mensagem do presidente

Mensagem do presidente Mensagem do presidente A giroflex-forma está em um novo momento. Renovada, focada em resultados e nas pessoas, ágil e mais competitiva no mercado de assentos e de mobiliário corporativo. Representando

Leia mais

Apresentação... Introdução... 2. Observância às leis e regulamentos... 4. Política Anticorrupção... 4. Relacionamentos com clientes...

Apresentação... Introdução... 2. Observância às leis e regulamentos... 4. Política Anticorrupção... 4. Relacionamentos com clientes... SUMÁRIO Apresentação... Introdução... 2 Observância às leis e regulamentos... 4 Política Anticorrupção... 4 Relacionamentos com clientes... 6 Ambiente de Trabalho... 7 E-mail e Internet... 8 Saúde e Segurança

Leia mais

Este Código de Conduta Ética foi impresso em papel couché, com tiragem de 1500 exemplares, em português.

Este Código de Conduta Ética foi impresso em papel couché, com tiragem de 1500 exemplares, em português. Este Código de Conduta Ética foi impresso em papel couché, com tiragem de 1500 exemplares, em português. Esta publicação é distribuída para os colaboradores da Recuperadora Sales Gama Ltda e seu público

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 2013

CÓDIGO DE CONDUTA 2013 CÓDIGO DE CONDUTA 2013 CARTA DO PRESIDENTE A, traduzimos nossos valores e damos diretrizes à, de modo a garantir um relacionamento transparente e harmonioso com clientes, e e cotidianas de trabalho., aqui

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos esse manual, significa que você adquiriu um certificado digital AC Link. Manual do Usuário 1 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO invepar índice Apresentação Visão, Missão, Valores Objetivos Princípios Básicos Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 8 Abrangência / Funcionários Empresas do Grupo Sociedade / Comunidade

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA NORMAS DE USO I - DA NATUREZA (da finalidade) art 1 - O Laboratório caracteriza-se por sua natureza didático-pedagógica, servindo de complemento aos

Leia mais

COMPROMISSO HONESTIDADE PARCERIA TRANSPARÊNCIA CÓDIGO DE ÉTICA INTEGRIDADE VALORES RESPEITO SUCESSO. Versão 01-13

COMPROMISSO HONESTIDADE PARCERIA TRANSPARÊNCIA CÓDIGO DE ÉTICA INTEGRIDADE VALORES RESPEITO SUCESSO. Versão 01-13 COMPROMISSO HONESTIDADE PARCERIA TRANSPARÊNCIA CÓDIGO DE ÉTICA INTEGRIDADE VALORES RESPEITO SUCESSO Versão 01-13 1 C Ó D I G O D E É T I C A Introdução A ÉTICA é o ideal de conduta humana, desenvolvido

Leia mais

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - 2015

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - 2015 REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - 2015 Os laboratórios de informática utilizados pelos alunos das Faculdades Integradas Camões se encontram nas duas sedes: Treze de Maio e Muricy, funcionando

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Carta do CEO Caros colaboradores, Apresento a vocês o nosso código de ética. Este importante documento é um conjunto de atitudes a serem praticadas por todos nós no exercício da nossa atividade profissional.

Leia mais

ARTEC FACULDADE DE IMPERATRIZ

ARTEC FACULDADE DE IMPERATRIZ POLÍTICA DE USO DE EQUIPAMENTO DE INFORMATICA Objetivo: Definir responsabilidades e orientar a conduta dos técnicos administrativos, alunos e professores da FACIMP na utilização dos recursos computacionais,

Leia mais

ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA

ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA MANUAL DE VISITA DE ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA Material exclusivo para uso interno. O QUE LEVA UMA EMPRESA OU GERENTE A INVESTIR EM UM ERP? Implantar um ERP exige tempo, dinheiro e envolve diversos

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL TÍTULO I - DO LABORATÓRIO DIDÁTICO CAPÍTULO I - DA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA VOLUNTARIADO. Regulamento do Voluntariado

REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA VOLUNTARIADO. Regulamento do Voluntariado REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO Índice 1. Enquadramento... 3 2. Definição... 3 3. Princípios... 4 4. Objetivos... 4 5. Direitos... 4 6. Deveres... 5 7. Inscrição... 7 8. Candidatura...

Leia mais

Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker. 1 Aker Security Solutions www.aker.com.br

Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker. 1 Aker Security Solutions www.aker.com.br Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker 1 Importante Este guia faz parte da política interna da Aker Security Solutions e sua utilização é restrita a colaboradores e prestadores de serviço

Leia mais

Manual de SQUI Uso da Internet

Manual de SQUI Uso da Internet PE Manual de SQUI Uso da Internet Conteúdo Introdução...3 Finalidade... 3 Internet...4 Regras e Normas... 4 Monitoramento.....9 Causas à Desrespeito das Regras...10 Declaração de Acordo...11 Copyright

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

[CÓDIGO DE ÉTICA] Interinvest

[CÓDIGO DE ÉTICA] Interinvest [CÓDIGO DE ÉTICA] Este documento determina as práticas, padrões éticos e regras a serem seguidos pelos colaboradores, fornecedores e a todos aqueles que, direta ou indiretamente, se relacionem com a Interinvest.

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Página1 Certificado Digital e-cpf Manual do Usuário Página2 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?... 03 Instalando o Certificado... 04 Conteúdo do Certificado... 07 Utilização, guarda

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA GADE SOLUTION Tatiana Lúcia Santana GADE SOLUTION 1. Conceituação: A informação é um dos principais patrimônios do mundo dos negócios. Um fluxo de informação de qualidade é capaz

Leia mais

Proteger as informações da empresa para a qual trabalhamos é um dever de todos nós!

Proteger as informações da empresa para a qual trabalhamos é um dever de todos nós! Prezado Colaborador, O conteúdo desta cartilha tem como objetivo compartilhar alguns conceitos relacionados ao tema Segurança da Informação. Além de dicas de como tratar os recursos e as informações corporativas

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DA DIRETORIA A todos os dirigentes e empregados A Companhia de Seguros Aliança do Brasil acredita no Respeito aos princípios éticos e à transparência de conduta com as

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013

CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013 CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013 Se surgirem dúvidas sobre a prática dos princípios éticos ou desvios de condutas, não hesite em contatar o seu superior ou o Comitê de Ética. SUMÁRIO O CÓDIGO DE

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Abril/ Certificado Digital A1 Geração Página 1 de 32 Abril/ Pré requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário obedecer aos

Leia mais

GESPÚBLICA Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização NEP-MA- Núcleo da Excelência Pública no Estado do Maranhão

GESPÚBLICA Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização NEP-MA- Núcleo da Excelência Pública no Estado do Maranhão Código de Conduta do NEP-MA Nosso Credo Visão Ser reconhecido como Centro de Produção de Conhecimento na Área da Gestão Pública baseado em Padrões Internacionais de Excelência até 2020. Missão Apoiar a

Leia mais

SOBRE A NOSSA EMPRESA

SOBRE A NOSSA EMPRESA SOBRE A NOSSA EMPRESA A Resolve Serviços Empresariais Ltda., fundou-se em 1991, com o propósito de oferecer o serviço de mão de obra temporária fundamentada na Lei 6019/74, destacando-se pela ética, agilidade,

Leia mais

Política de privacidade do Movimento Certo Ginástica Laboral Online Última atualização: 17 de março de 2015

Política de privacidade do Movimento Certo Ginástica Laboral Online Última atualização: 17 de março de 2015 Política de privacidade do Movimento Certo Ginástica Laboral Online Última atualização: 17 de março de 2015 Esta Política de privacidade estabelece nossas políticas e procedimentos para coletar, usar e

Leia mais

Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais

Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais Nós, Hilti (Brasil) Comercial Ltda. (coletivamente, referido como Hilti, "nós", "nosso" ou "a gente") nessa Política

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Segurança da Informação Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Histórico O BSi (British Standard Institute) criou a norma BS 7799,

Leia mais

Código de Conduta do Fornecedor. Em vigor a partir de 2 de julho de 2012. Ethics. Matters

Código de Conduta do Fornecedor. Em vigor a partir de 2 de julho de 2012. Ethics. Matters Código de Conduta do Fornecedor Em vigor a partir de 2 de julho de 2012 Ethics Matters Mensagem do CPO [Chief Procurement Officer - Diretor de Compras] A Duke Energy está comprometida com a segurança,

Leia mais

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Manual do usuário Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Índice Apresentação 03 O que é um Certificado Digital? 04 Instalando

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO Este Código de Ética é público e reúne diretrizes que norteiam o comportamento dos Conselheiros, Dirigentes e Colaboradores

Leia mais

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL Março de 2015 1ª edição MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta da RIP ( Código ) é a declaração formal das expectativas que servem

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA SOMMA INVESTIMENTOS

CÓDIGO DE ÉTICA DA SOMMA INVESTIMENTOS 1. O CÓDIGO Este Código de Ética (Código) determina as práticas e padrões éticos a serem seguidos por todos os colaboradores da SOMMA INVESTIMENTOS. 2. APLICABILIDADE Esta política é aplicável: 2.1. A

Leia mais

Proteger a informação de uma ameaça inclui evitar o seu corrompimento, o seu acesso às pessoas não autorizadas e seu furto ou deleção indevida.

Proteger a informação de uma ameaça inclui evitar o seu corrompimento, o seu acesso às pessoas não autorizadas e seu furto ou deleção indevida. Segurança da Informação é a proteção das informações contra os vários tipos de ameaças as quais estão expostas, para garantir a continuidade do negócio, minimizar o risco ao negócio, maximizar o retorno

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Governança em T.I. GTI-V Noturno - 2015. Alunos: Douglas de Souza Braga Rafael vitor Hugo Bastos Kaysmier Walessa

Governança em T.I. GTI-V Noturno - 2015. Alunos: Douglas de Souza Braga Rafael vitor Hugo Bastos Kaysmier Walessa Governança em T.I GTI-V Noturno - 2015 Alunos: Douglas de Souza Braga Rafael vitor Hugo Bastos Kaysmier Walessa Politica de Segurança Ativos: Computadores: Sistema \ Hardwere \Segurança A infraestrutura

Leia mais

Manual Wincall Atualizado em 19/09/2007 Pág. 1

Manual Wincall Atualizado em 19/09/2007 Pág. 1 MANUAL CALL CENTER Pág. 1 INTRODUÇÃO AO MODULO CALL CENTER Esse módulo do Sistema gerencia todo relacionamento da empresa com seus clientes, registrando todos os contatos realizados, controlando todo o

Leia mais

Código de Ética Profissional do Designer Gráfico ADG Brasil - Associação dos Designers Gráficos

Código de Ética Profissional do Designer Gráfico ADG Brasil - Associação dos Designers Gráficos Código de Ética Profissional do Designer Gráfico ADG Brasil - Associação dos Designers Gráficos Capítulo I - Dos Objetivos Artigo 1º - O Código de Ética Profissional do Designer Gráfico tem por objetivo

Leia mais

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador Política de TI A Política de segurança da informação da OPERARIO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO aplica-se a todos os colaboradores e prestadores de serviços, incluindo trabalhos executados externamente ou por

Leia mais

REF.: POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CORRESPONDENTE BANCÁRIO DO SANTANDER.

REF.: POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CORRESPONDENTE BANCÁRIO DO SANTANDER. REF.: POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CORRESPONDENTE BANCÁRIO DO SANTANDER. 1. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO A informação é um dos principais patrimônios do mundo dos negócios. Um fluxo de informação

Leia mais

Caro parceiro, Queremos fornecedores e parceiros que tenham nível de comprometimento com a sociedade tão amplo quanto o do Rio 2016.

Caro parceiro, Queremos fornecedores e parceiros que tenham nível de comprometimento com a sociedade tão amplo quanto o do Rio 2016. Caro parceiro, O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 trabalha para entregar Jogos excelentes, com celebrações memoráveis que irão promover a imagem global do Brasil, baseados

Leia mais

Certificado Digital. Manual do Usuário

Certificado Digital. Manual do Usuário Certificado Digital Manual do Usuário Índice Importante... 03 O que é um Certificado Digital?... 04 Instalação do Certificado... 05 Revogação do Certificado... 07 Senhas do Certificado... 08 Renovação

Leia mais

TI - Política de Segurança da Informação FSB Comunicações

TI - Política de Segurança da Informação FSB Comunicações T TI - Política de Segurança da Informação FSB Comunicações Versão 1.2 24/08/2015 1 1. Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a FSB Comunicações, devendo ser adequadamente utilizada

Leia mais

REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO

REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO Artigo 1º A unidade acadêmico-gerencial modelo designado Escritório de Práticas de Gestão e com nome fantasia

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA APRESENTAÇÃO Este é o Código de Conduta da Net Serviços de Comunicação S.A. e de suas controladas ( NET ). A NET instituiu este Código de Conduta norteado

Leia mais

Código de Conduta de Negócios & Ética. Efetivo a partir de 1º de abril de 2014

Código de Conduta de Negócios & Ética. Efetivo a partir de 1º de abril de 2014 Código de Conduta de Negócios & Ética Efetivo a partir de 1º de abril de 2014 Mensagem do Presidente & CEO A integridade pessoal, os valores compartilhados e a conduta ética dos negócios por todos os funcionários

Leia mais

Apresentação...4. Glossário...5. Princípios Éticos Suzano...6. Governança Corporativa...6. Integridade...7. Igualdade...9. Transparência...

Apresentação...4. Glossário...5. Princípios Éticos Suzano...6. Governança Corporativa...6. Integridade...7. Igualdade...9. Transparência... Índice Apresentação...4 Glossário...5 Princípios Éticos Suzano...6 Governança Corporativa...6 Integridade...7 Igualdade...9 Transparência...10 Desenvolvimento Sustentável...10 Valorização Profissional...11

Leia mais