A VISÃO DOS ALUNOS DE SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGUE SOBRE A LINGUAGEM DIALÓGICA NA EAD* 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A VISÃO DOS ALUNOS DE SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGUE SOBRE A LINGUAGEM DIALÓGICA NA EAD* 1"

Transcrição

1 A VISÃO DOS ALUNOS DE SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGUE SOBRE A LINGUAGEM DIALÓGICA NA EAD* 1 Mariana Tonhato** 2 Orientadora: Adriana dos Santos Souza Crevelin*** 3 RESUMO Este trabalho consiste em analisar as percepções dos alunos que cursam componentes curriculares na modalidade a distância - EaD. Serão analisados também, por meio de questionário, alguns aspectos que podem influenciar nas considerações acerca da visão que se tem do material didático, tais como comprometimento com o estudo, dedicação à realização das atividades propostas na ferramenta Moodle. Busca-se, com isso, observar a linguagem dialógica em si, mas, ainda que brevemente, também como o aluno dedica-se à leitura desses materiais didáticos, pois a hipótese das pesquisadoras é de que o comportamento e dedicação dos alunos para com o estudo na modalidade a distância influencia na avaliação do material e, por consequência, no método. Palavras-Chave: Educação a Distância, Linguagem dialógica, Aprendizagem e Método de ensino. INTRODUÇÃO Desde a implantação dos semipresenciais na IES pesquisada, têm havido observações dos alunos quanto à linguagem presente nos materiais didáticos produzidos para os componentes curriculares ofertados na modalidade a distância na IES. Os acadêmicos teriam verificado que, em certos materiais, a linguagem empregada não possibilita o aprendizado adequado. Assim, este artigo, oriundo de * 1 Este trabalho é resultado de Projeto de Iniciação científica desenvolvido no ano de 2015 no Programa de Iniciação científica da FAMMA. ** 2 Acadêmica do 7º semestre do curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Faculdade Metropolitana de Maringá. *** 3 Doutora em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina-PR, Mestre em Letras pela Universidade Estadual de Maringá-PR. Diretora de Ensino e Docente na Faculdade Metropolitana de Maringá- FAMMA.

2 projeto de pesquisa junto à Iniciação científica, busca observar a visão dos alunos sobre a linguagem dialógica utilizada na EAD, com vistas a verificar se a linguagem empregada apresenta problemas, a partir da visão e reflexão dos alunos sobre o material de Ciência Política, ofertado a alunos matriculados no curso de Secretariado Executivo Trilíngue, turma noturna. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A RESPEITO DA EAD Considera-se como marco inicial da EaD no Brasil a criação da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro e de um plano sistemático de utilização educacional da radiofusão como forma de ampliar o acesso à educação. As duas instituições pioneiras na EaD são o Instituto Rádio monitor e o Instituto Universal Brasileiro. Em 1904, deu início à primeira modalidade a distância com cursos ofertados por escolas privadas internacionais. Eram cursos técnicos que possibilitavam o ingresso de muitas pessoas ao mercado de trabalho (COSTA; ZANATA, 2008). Os registros de programas de EaD desenvolvidos no Brasil são encontrados a partir da década de Com exigência da demanda na expansão dos estudos e a barreira existem para essa expansão, foi criado à radiofonia, onde alguns cursos foram implantados e transmitidos. Os alunos adquiriam o conhecimento por esse meio, pois era um meio de comunicação de massa, de grande abrangência e praticidade, e esclareciam suas duvidas entrando em contato com o professor via correspondência (COSTA; ZANATA, 2008). Dentre eles, estão o projeto Minerva, cujo objetivo era levar formação para todos que não tinham o conhecimento básico, principalmente em regiões onde o número de escolas e professores eram inferiores à quantidade de alunos. Assim, o Governo implementou o projeto com o objetivo de diminuir o alto índice de analfabetismo existem no Brasil na década de 19. No decorrer dos anos, esse projeto foi sofrendo alterações e atualizações de tecnologias, como a dos microcomputadores, vídeos e fitas k-7, como forma de autoaprendizagem. Como exemplo, temos o telecurso 2000, da fundação Roberto Marinho (ALVES, 2011).

3 Em 1996, a educação a distância deixa de ter um caráter emergencial e supletivo para adquirir um reconhecimento legal em uma série de documentos. No mesmo Ano é criado a Secretaria de Educação a Distância como órgão integrante da estrutura regimental do MEC. No entanto, em 2011, por motivo de reforma ministerial a presidenta Dilma Roussef fez com que essa secretaria fosse extinta (COSTA; ZANATA, 2008). Um marco importante, em 1990, é o envolvimento das instituições superiores com essa nova modalidade de ensino e a ação efetiva do MEC. A Educação a distância foi crescendo, no entanto, devido à falta de amparo da legislação, não obteve avanço satisfatório e deixou de atender a todos que necessitavam e almejavam tornar um cidadão estudado. Com o passar dos anos, a visão política e legislativa a respeito da EaD foi adaptada e essa modalidade de ensino ganhou respaldo da lei, com dificuldades e muitas luta, pois muito tem que se provar que o ensino a distância obtém resultados tanto quanto o ensino presencial (BELLONI, 2009; CORREIA, 2007). No entanto, a demanda de pessoas que almejam essa oportunidade de estudo é grande. Com o contínuo da luta, essa modalidade ganhará ainda mais força e formará muitos cidadãos capacitados a exercerem funções como aquele que possui estudo no ensino presencial. LINGUAGEM DIALÓGICA Os processos para a transmissão do ensino online é por meio da linguagem verbal, sendo ela de forma escrita ou por meio de vídeo aulas. No entanto, para que o objetivo do conteúdo intencionado pelo professor seja alcançado pelo aluno, essa linguagem tem que estar o mais próximo possível da realidade desse aprendiz. Sendo a partir da fala ou texto emitido pelo educador, a clareza é fundamental para a maior possibilidade de ele atingir o conhecimento inicialmente proposto. Para Freire (2001), a base da pedagogia é o diálogo. A relação pedagógica, acima de tudo, tem que ser uma relação dialógica. Com interação total entre o emissor do conteúdo e seu receptor, para que o conhecimento seja atingido com êxodo. A partir disso, Paulo Freire afirma também que a prática educativa não pode ficar reduzida à

4 pura técnica nem à transferência de conhecimentos, mas o ato do ensinar precisa levar em consideração o inacabamento do ser ou sua inconclusão como próprio da experiência vital. É necessário abrir-se à realidade dos sujeitos que partilham a atividade pedagógica. MATERIAL DIALÓGICO Ao pensar em material didático, no século XVIII, nos remete a imaginar o livro impresso, que foi substituído pelos manuscritos, tomando a forma de leitura mais circulada dentro da sala de aula. No entanto, devido à falta de condições financeiras, esses livros eram usados como material apenas de leitura e não para servir ao ensino, pois cada aluno possuía um diferente dos outros com conhecimentos diferentes (PETERS, 1999). No campo da EaD, antigamente esse material didático consistia na radiofônica que era uma comunição de massa e de acesso a todos. No entanto, nos tempo atuais, esse material varia entre três tipos: impressos (livros, revistas, jornais, exercícios impressos, texto fotocopiado etc.), áudio visual ( vídeo, videoaula, videoconferência, teleconferência, entre outros.) e material para ambientes virtuais de ensino e aprendizagem (aulas virtuais, objetivos de aprendizagem, fóruns, salas de batepapo, tarefas virtuais, textos colaborativos, animações entre outros ). Com base nisso, podemos conceituar material didático como toda ferramenta utilizada em um meio de aprendizagem para auxiliar no desenvolvimento do conhecimento (BAKHTIN, 2010). ANÁLISE DOS DADOS OBTIDOS Foi aplicado questionário aos alunos de uma turma, em 2014, do curso de Secretariado Executivo Trilíngue de uma Faculdade particular da cidade de Maringá, onde estão implantadas as semipresenciais, de acordo com a portaria n.º

5 4059/2004. Os alunos assinaram termo de consentimento livre e esclarecido para responderem o questionário apresentado. Dos 11 (onze) participantes, somente 08 (oito responderam). Apresentamos, a seguir, as questões aplicadas e os resultados obtidos, bem como a análise dos dados. A questão 1 - Antes de cursar as disciplinas EaD da faculdade, você já tinha feito algum curso a distância? Se sim, como foi? Quais vantagens e desvantagens de fazê-lo? A partir da questão acima, 04 alunos nunca haviam feito cursos na modalidade a distância antes da faculdade; 02 pessoas começaram a fazer cursos EaD, porém não viram vantagens, mas concluíram; 01 pessoa começou o curso de graduação em EAD, porém não viu vantagem e desistiu e 01 pessoa começou o curso em EAD, viu vantagem e concluiu. Dessa forma, verifica-se que metade dos respondentes já tinham um contato com a modalidade a distância. Sobre a questão 2 - Quando soube que estudaria algumas disciplinas EaD, qual foi sua opinião sobre a modalidade? Hoje esse pensamento mudou? Cinco pessoas consideram o aprendizado em EAD mais difícil, pois depende muito da autonomia e disciplina do aluno e a maioria não está preparada para isso; 02 pessoas não consideram o aprendizado em EAD tão bom, no entanto estão em processo de mudança e 01 pessoa não vê estranhamento devido ao fato de ter contato prévio com a EaD, mas não gosta do método de ensino. Verifica-se, assim, que os alunos não estão preparados para a metodologia da EaD, a qual pressupõe maior comprometimento dos discentes com relação aos estudos. Sobre a pergunta 3 - Ao começar a cursar a disciplina Ciências políticas em EaD, surgiram dificuldades em relação ao aprendizado? Como você considera a sua aprendizagem nas aulas presenciais comparadas às aulas a distancia? Todos os entrevistados responderam que tiveram dificuldades em relação às matérias em EAD, pois acham mais válidas e de melhor aprendizado as aulas presenciais, devido a interação mais rápida e eficaz entre aluno e professor.

6 Para a quarta questão - Caso sim para a pergunta anterior essas dificuldades já foram superadas? Como?, alguns alunos responderam (3); 04 alunos persistem com as mesmas dificuldades desde o começo do curso e 01 aluno superou as dificuldades devido à considerável mudança sofrida pela plataforma. Nesse sentido, verifica-se que ainda há resistência por parte dos alunos em relação à EaD. Na questão 5 - Qual sua avaliação sobre o material didático (apostilas) da disciplina EaD que você cursa atualmente? O material tem problemas? Se sim, quais? os respondentes observaram que o material didático ótimo, com textos bem elaborados, com uma linguagem de fácil entendimento, didática e rica em informações consistentes (04 alunos); 03 alunos acreditam que o material didático pode ser melhorado, com textos mais claros e exemplos que facilitem o aprendizado e 01 pessoa considera o material ruim, pois a apostila foge do foco. A partir desses resultados, verifica-se que o material utilizado, em si, não é fator para a resistência ou a visão de que a EaD é ruim ou difícil. A sexta questão - Qual sua avaliação das videoaulas da disciplina EaD que você cursa atualmente? As videoaulas possuem problemas? Se sim, quais? - 04 alunos consideram que as videoaulas poderiam ser melhoradas, com uma linguagem mais didática e menos mecânica e principalmente com duração maior; 01 aluno não vê problemas nas videoaulas e 03 alunos não utilizam esse mecanismo para estudo. Dessa forma, não se pode estabelecer um parâmetro de comparação sobre as videoaulas, pois 50% dos alunos não veem problemas nas videoaulas e 50% acreditam que elas podem ser melhoradas. Para questão 7 - Qual sua avaliação do atendimento do tutor da disciplina EaD que você cursa atualmente? Teve alguma dificuldade em relação ao tutor?, nenhum dos alunos tentou contato com o tutor, no entanto, avaliam o atendimento dele a partir dos que ele encaminha (alterações de aulas, comunicado de datas de provas, comunicado de material disponível na plataforma) como sempre muito atencioso e presente todas as semanas.

7 Na oitava questão - Você lê o material e assiste as videoaulas antes de realizar as atividades na plataforma moodle? 05 alunos não leem o material previamente, caso sintam dificuldades ao fazerem as atividades é a partir daí que vão ler ou pesquisar sobre o assunto e 03 alunos leem o material antes de realizar as atividades propostas. Nesse aspecto, podem-se estabelecer algumas hipóteses: as atividades propostas no AVA são fáceis de responder, dispensando leitura da matéria; o aluno não se preocupa em estudar previamente, deixando para responder aos questionários ao final do prazo estabelecido pelo sistema. Na nona questão - Como você avalia a linguagem usada na disciplina EaD comparada a utilizada nas aulas presenciais? - 04 alunos notam diferenças entre as linguagens e considera a linguagem em EAD mais difícil, mecânica e pouco dialógica; 02 alunos consideram as duas linguagens iguais e 02 alunos avaliam a linguagem utilizada em EAD ótima, didática e de fácil aprendizagem. Novamente, há divisão entre opiniões dos alunos, uma vez que metade dos entrevistados não gosta da linguagem apresentada ou a consideram inadequada, enquanto metade não vê diferença ou a classificam como fácil e didática. A décima questão - Você busca mais informações sobre o assunto do módulo que você está estudando ou apenas usa as informações do material didático para responder as atividades e estudar para prova? Caso busque material extra, quais são as fontes? - 04 alunos utilizam do material proposto, mas também pesquisam para complementar o conhecimento e 04 alunos não utilizam do método de pesquisa. Verifica-se novamente a divisão da sala quanto às práticas de autoestudo e opiniões sobre a EaD. Por fim, a última questão - Quantas vezes por semana você acessa a plataforma moodle para estudar e realizar as atividades da disciplina EaD?- Todos os alunos acessam a plataforma apenas uma vez na semana, no dia de realização das atividades e eventualmente acessam mais vezes em semanas de provas, com a finalidade de relembrar e estudar os assuntos já estudados.

8 CONSIDERAÇÕES FINAIS Se atentarmos ao resultado obtido com a aplicação do questionário, podemos destacar que os alunos têm um baixo comprometimento com o estudo e dedicação à realização das atividades propostas na ferramenta Moodle, dado este que são perceptíveis e refletidos no final de cada curso por meio de seu desempenho. No entanto, esse baixo desempenho não vem apenas desse fator, mas sim acarretado de outros fatores ligados, como o material ofertado. O material ofertado pela IES, segundo resultados, contém baixo conteúdo midiático, sobretudo a questão das videoaulas. Algumas das sugestões dos próprios pesquisados é a implantação de vídeos explicativos. Essa implantação não deve ser feita pelo fato de que o material tenha um conteúdo ruim; pelo contrário, 80% responderam que o conteúdo ofertado é muito bom e muito bem explicado. No entanto, os vídeos viriam com a intenção de complementar e tornar o conteúdo ainda mais didático. Assim, não se constatou significativos problemas com a linguagem dialógica dos materiais, mas um problema de comportamento disciplinar e visão sobre a EaD em geral. REFERÊNCIAS ALVES, Lucinéia. Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. Revista da Associação Brasileira de Educação a Distância. Vol. 10, BAKHTIN, M. M. Marxismo e filosofia da linguagem. 10. ed. São Paulo: Hucitec, BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB n 9394/96. Brasília: MEC,1996. BELLONI, Maria Luíza. Educação a Distância. Campinas: Ed. Autores Associados, CÔRREA, Juliane (Org.). Educação a Distância: orientações metodológicas. São Paulo: Artmed, 2007.

9 COSTA, Maria Luíza Furlan; ZANATA, Regina M. Educação a Distância no Brasil: aspectos históricos, legais, políticos e metodológicos. Maringá: EDUEM, FREIRE, Paulo. Política e Educação. São Paulo: Cortez, Disponível em cacao.pdf VIANNEY, João. A universidade virtual no Brasil: o ensino superior a distância no país. Tubarão, SC: Unisul, PETERS, Otto. Didática do Ensino a Distância. São Leopoldo: Ed. Unisinos, 1999.

Resolução nº 111, de 20 de dezembro de 2011.

Resolução nº 111, de 20 de dezembro de 2011. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 051/2015 DE 19 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 051/2015 DE 19 DE JUNHO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 051/2015 DE 19

Leia mais

PROJETO DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS

PROJETO DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PROJETO DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS FACULDADE CASTELO BRANCO Portaria MEC nº 304, de 16/04/2008 D.O.U de 17/04/2008 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 02 2 JUSTIFICATIVA... 04 3 OBJETIVOS... 06 4 PROPOSTA PEDAGÓGICA...

Leia mais

PROPOSTA PARA MINIMIZAÇÃO DA EVASÃO ESCOLAR COM O USO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PROPOSTA PARA MINIMIZAÇÃO DA EVASÃO ESCOLAR COM O USO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 1 PROPOSTA PARA MINIMIZAÇÃO DA EVASÃO ESCOLAR COM O USO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA São Paulo SP 04/2012 Categoria: C - Métodos e Tecnologias Setor Educacional: 3 Educação Universitária Natureza do Trabalho:

Leia mais

Estratégias de e-learning no Ensino Superior

Estratégias de e-learning no Ensino Superior Estratégias de e-learning no Ensino Superior Sanmya Feitosa Tajra Mestre em Educação (Currículo)/PUC-SP Professora de Novas Tecnologias da Anhanguera Educacional (Jacareí) RESUMO Apresentar e refletir

Leia mais

Planejamento e Gestão das disciplinas na modalidade a distância em Cursos de Graduação Presencial: Conteúdo, Aprendizagem e Construção do Conhecimento

Planejamento e Gestão das disciplinas na modalidade a distância em Cursos de Graduação Presencial: Conteúdo, Aprendizagem e Construção do Conhecimento Planejamento e Gestão das disciplinas na modalidade a distância em Cursos de Graduação Presencial: Conteúdo, Aprendizagem e Construção do Conhecimento Maio/2010 AMARAL, Rita de Cássia Borges de Magalhães

Leia mais

MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL

MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL Prezado(a) aluno(a); Este material que você está começando a ler trata-se do manual do aluno, referente às disciplinas que serão ministradas através

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O PROJETO DP MATICE

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O PROJETO DP MATICE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O PROJETO DP MATICE LEITE, Cristiane Luiza Köb PUCPR cristiane.leite@pucpr.br TORRES, Patrícia Lupion - PUCPR patorres@terra.com.br Resumo: Este artigo apresenta uma breve contextualização

Leia mais

G1 Formação de Professores. Julia de Cassia Pereira do Nascimento (DO)/ juliacpn@interacaosp.com.br Edda Curi/ edda.curi@cruzeirodosul.edu.

G1 Formação de Professores. Julia de Cassia Pereira do Nascimento (DO)/ juliacpn@interacaosp.com.br Edda Curi/ edda.curi@cruzeirodosul.edu. CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: INDICATIVOS DA LEGISLAÇÃO VIGENTE E DA ORGANIZAÇÃO DO ESTÁGIO NUM CURSO DE PEDAGOGIA G1 Formação de Professores

Leia mais

Mais tarde, o Decreto 5.622, de 19/12/2005, vem definir a educação a distância, afirmando que é:

Mais tarde, o Decreto 5.622, de 19/12/2005, vem definir a educação a distância, afirmando que é: Expectativas dos alunos recém-ingressados no curso de Licenciatura em Química da UFMG modalidade a distância Cristiane Martins Pereira dos Santos (FM), Luciana Campos Miranda (PG), Nilma Soares da Silva

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE AUTOAPRENDIZAGEM

MÉTODOS E TÉCNICAS DE AUTOAPRENDIZAGEM MÉTODOS E TÉCNICAS DE AUTOAPRENDIZAGEM Maiêutica - Cursos de Gestão Claudete Teixeira Fernandes 1 Sirlésia Vigarani Scalco 2 Rodrigo Borsatto Sommer da Silva 3 RESUMO A partir da consideração de que existem

Leia mais

EdUECE- Livro 1 03430

EdUECE- Livro 1 03430 OS SABERES E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Maria Irene Miranda Universidade Federal de Uberlândia RESUMO O trabalho aborda o Curso de Pedagogia

Leia mais

LICENCIATURA EM PEDAGOGIA A DISTÂNCIA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA FORMAÇÃO DOCENTE RESUMO

LICENCIATURA EM PEDAGOGIA A DISTÂNCIA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA FORMAÇÃO DOCENTE RESUMO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA A DISTÂNCIA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA FORMAÇÃO DOCENTE RESUMO Bergson Pereira Utta * Universidade Federal do Maranhão Este trabalho de pesquisa tem por objetivo analisar em

Leia mais

www.upf.br/virtual Modalidade semipresencial de ensino: alguns resultados da implantação em disciplinas de graduação da UPF

www.upf.br/virtual Modalidade semipresencial de ensino: alguns resultados da implantação em disciplinas de graduação da UPF www.upf.br/virtual Modalidade semipresencial de ensino: alguns resultados da implantação em disciplinas de graduação da UPF Ana Carolina B. De Marchi Daniela De David Araújo Isléia Rössler Streit ROTEIRO

Leia mais

Educação à Distância: Possibilidades e Desafios

Educação à Distância: Possibilidades e Desafios Educação à Distância: Possibilidades e Desafios Resumo André Alves Freitas Andressa Guimarães Melo Maxwell Sarmento de Carvalho Pollyanna de Sousa Silva Regiane Souza de Carvalho Samira Oliveira Os cursos

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE EAD

ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE EAD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO NÚCLEO

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE SAÚDE UTILIZANDO FERRAMENTAS ONLINE

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE SAÚDE UTILIZANDO FERRAMENTAS ONLINE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE SAÚDE UTILIZANDO FERRAMENTAS ONLINE Maceió AL Maio 2011 2.3.1. Educação Universitária 2.3.2.3. Interação e Comunicação em Comunidades de Aprendizagem 2.3.2.2. Tecnologia

Leia mais

DISCIPLINAS ONLINE EM CURSOS PRESENCIAIS: ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS

DISCIPLINAS ONLINE EM CURSOS PRESENCIAIS: ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS 1 DISCIPLINAS ONLINE EM CURSOS PRESENCIAIS: ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS Resende - RJ - Abril - 2014 Miguel Carlos Damasco dos Santos Associação Educacional Dom Bosco contato@profdamasco.site.br.com

Leia mais

Educação à Distância - Superando Barreira

Educação à Distância - Superando Barreira Educação à Distância - Superando Barreira Autora: Rosilene da Silva Oliveira (UNITINS) * Coautor: Juliano Ciebre dos Santos (FSA) * Resumo: O presente artigo tem como objetivo a finalidade da conclusão

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ SILVIA APARECIDA RAMOS SUELLEN RODRIGUES EDUCAÇÃO MATEMÁTICA A DISTÂNCIA: ESTUDO DE CASO GTR

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ SILVIA APARECIDA RAMOS SUELLEN RODRIGUES EDUCAÇÃO MATEMÁTICA A DISTÂNCIA: ESTUDO DE CASO GTR UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ SILVIA APARECIDA RAMOS SUELLEN RODRIGUES EDUCAÇÃO MATEMÁTICA A DISTÂNCIA: ESTUDO DE CASO GTR CURITIBA 2012 RESUMO A educação a distância (EAD) é hoje uma ferramenta muito

Leia mais

DIDÁTICA E COMPETÊNCIAS DOCENTES: UM ESTUDO SOBRE TUTORIA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

DIDÁTICA E COMPETÊNCIAS DOCENTES: UM ESTUDO SOBRE TUTORIA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA N 429 - OLIVEIRA Eloiza da Silva Gomes, SANTOS Lázaro, ENCARNAÇÃO Aline Pereira da. DIDÁTICA E COMPETÊNCIAS DOCENTES: UM ESTUDO SOBRE TUTORIA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA O conhecimento, bem como os demais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2016 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2016 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2016 (*) Define Diretrizes Operacionais Nacionais para o credenciamento institucional

Leia mais

A PRESENTAÇÃO SUMÁRIO

A PRESENTAÇÃO SUMÁRIO SUMÁRIO Apresentação Como ter sucesso na educação à distância A postura do aluno online Critérios de Avaliação da aprendizagem do aluno Como acessar a plataforma Perguntas freqüentes A PRESENTAÇÃO O Manual

Leia mais

Osasco - SP 04/2015. Classe B1 Estudo de Caso. Setor Educacional - c) Educação Superior

Osasco - SP 04/2015. Classe B1 Estudo de Caso. Setor Educacional - c) Educação Superior EaD DE DENTRO PARA FORA: O APROVEITAMENTO E INTEGRAÇÃO DOS DOCENTES PRESENCIAIS COMO FORMA DE MELHORAR O ENVOLVIMENTO E ENFRENTAR OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PROJETO BÁSICO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRODUÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDO NA EAD CURSO PARA DOCENTES DA UFOP

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PROJETO BÁSICO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRODUÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDO NA EAD CURSO PARA DOCENTES DA UFOP UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTANCIA PROJETO BÁSICO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRODUÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDO NA EAD CURSO PARA DOCENTES DA UFOP 2007 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) no Estado do Rio de Janeiro: uma nova realidade Marianna Bernstein e Julia Fernandes Lopes

Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) no Estado do Rio de Janeiro: uma nova realidade Marianna Bernstein e Julia Fernandes Lopes Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) no Estado do Rio de Janeiro: uma nova realidade Marianna Bernstein e Julia Fernandes Lopes Coordenação Acadêmica Rede CEJA-Fundação CECIERJ ... a educação

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO BRASIL

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO BRASIL POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO BRASIL Ana Paula Domingos Baladeli 1 Introdução As transformações científicas e tecnológicas vivenciadas atualmente impulsionam cada vez mais

Leia mais

Curso: Formação de Formadores em Educação a Distância

Curso: Formação de Formadores em Educação a Distância Curso: Formação de Formadores em Educação a Distância Data de início: 28 de março de 2012 Data de término: 6 de maio de 2012 CARGA HORÁRIA: 40 horas DESCRIÇÃO: O curso de Formação de Formadores em Educação

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ABORDAGEM HISTÓRICA E CONTRIBUIÇÕES DO NEAD/UFMA AO ESTADO DO MARANHÃO

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ABORDAGEM HISTÓRICA E CONTRIBUIÇÕES DO NEAD/UFMA AO ESTADO DO MARANHÃO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ABORDAGEM HISTÓRICA E CONTRIBUIÇÕES DO NEAD/UFMA AO ESTADO DO MARANHÃO São Luís MA, 05/2012 Categoria: F - Pesquisa e Avaliação Setor Educacional: 3 - Educação Universitária Classificação

Leia mais

Belém PA, Maio 2012. Categoria: Pesquisa e Avaliação. Setor Educacional: Educação Universitária. Macro: Sistemas e Instituições de EAD

Belém PA, Maio 2012. Categoria: Pesquisa e Avaliação. Setor Educacional: Educação Universitária. Macro: Sistemas e Instituições de EAD 1 A QUALIDADE DOS CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA: CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS E BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB Belém PA, Maio 2012 Categoria: Pesquisa e Avaliação

Leia mais

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA 2015 INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA - Rua Torquato Laranja, nº 92 Centro CEP 29100-370 - Vila - Velha ES - Tel: (27) 3320-3400 Seja

Leia mais

EaD = O futuro é agora!

EaD = O futuro é agora! Objetivos EaD = O futuro é agora! Apresentar e discutir os princípios fundamentais da EaD; Mostrar a evolução desta tecnologia no Brasil; Apresentar a proposta de EaD para os Formadores do Saber. Prof.

Leia mais

POR UMA EAD INCLUSIVA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES.

POR UMA EAD INCLUSIVA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES. 1 POR UMA EAD INCLUSIVA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES. Indaial, Maio, 2011. Tatiana dos Santos da Silveira - UNIASSELVI silsa@terra.com.br Educação Universitária Nível Meso Gerenciamento, Organização e Tecnologia

Leia mais

O ENSINO A DISTÂNCIA EM GEOGRAFIA NA UNIMONTES: UM ESTUDO DE CASO

O ENSINO A DISTÂNCIA EM GEOGRAFIA NA UNIMONTES: UM ESTUDO DE CASO O ENSINO A DISTÂNCIA EM GEOGRAFIA NA UNIMONTES: UM ESTUDO DE CASO BARROS, Joselita Ferreira Batista 1 ; NEVES, Lisa Vany Figueiredo Ribeiro 2 1 Especialista em Geografia, Ensino e Meio Ambiente e em Educação

Leia mais

A VIRTUALIZAÇÃO DO ENSINO DA ENGENHARIA PROF. DR. WANDERSON GOMES DE SOUZA UNIS VARGINHA - MG

A VIRTUALIZAÇÃO DO ENSINO DA ENGENHARIA PROF. DR. WANDERSON GOMES DE SOUZA UNIS VARGINHA - MG A VIRTUALIZAÇÃO DO ENSINO DA ENGENHARIA PROF. DR. WANDERSON GOMES DE SOUZA UNIS VARGINHA - MG ESTAR PRESENTE E ESTAR DISTANTE É UMA QUESTÃO DE ESPÍRITO O QUE VEREMOS? Um pouco de história da EAD Ead no

Leia mais

Manual de Atividades dos Bolsistas da DEaD/IFPR

Manual de Atividades dos Bolsistas da DEaD/IFPR Manual de Atividades dos Bolsistas da DEaD/IFPR Diretoria de Educação a Distância - IFPR Descrição das atividades desenvolvidas pelos bolsistas vinculados à Diretoria de Educação a Distância do Instituto

Leia mais

Carta Aberta aos Estudantes e Trabalhadores dos Cursos de Graduação a Distância em Serviço Social no Brasil

Carta Aberta aos Estudantes e Trabalhadores dos Cursos de Graduação a Distância em Serviço Social no Brasil 1 Carta Aberta aos Estudantes e Trabalhadores dos Cursos de Graduação a Distância em Serviço Social no Brasil Os delegados, observadores e convidados reunidos entre os dias 6 e 9 de setembro de 2009, em

Leia mais

O USO DO AMBIENTE ON-LINE COMO SUPORTE PARA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO PRESENCIAL, NO CURSO SUPERIOR DE PEDAGOGIA

O USO DO AMBIENTE ON-LINE COMO SUPORTE PARA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO PRESENCIAL, NO CURSO SUPERIOR DE PEDAGOGIA O USO DO AMBIENTE ON-LINE COMO SUPORTE PARA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO PRESENCIAL, NO CURSO SUPERIOR DE PEDAGOGIA Vanessa Carvalho 1, Ludhiana Bertoncello 2 RESUMO: Essa pesquisa tem como objetivo verificar

Leia mais

A VISÃO DOS TUTORES NA EAD DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS - uma sugestão de formação corporativa ao serviço público

A VISÃO DOS TUTORES NA EAD DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS - uma sugestão de formação corporativa ao serviço público 1 A VISÃO DOS TUTORES NA EAD DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS - uma sugestão de formação corporativa ao serviço público Goiânia GO abril/2015 Dayse Mysmar Tavares Rodrigues TJGO dmysmar@hotmail.com

Leia mais

PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO A DISTÂNCIA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UCPEL VIRTUAL

PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO A DISTÂNCIA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UCPEL VIRTUAL PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO A DISTÂNCIA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UCPEL VIRTUAL Gabriela Jurak de Castro UCPel gabriela.jurak@ucpel.tche.br Letícia Marques Vargas UCPel lvargas@ucpel.tche.br

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

RELATO DAS ESTRATÉGIAS DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO EM CURSOS LATO SENSU À DISTÂNCIA

RELATO DAS ESTRATÉGIAS DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO EM CURSOS LATO SENSU À DISTÂNCIA RELATO DAS ESTRATÉGIAS DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO EM CURSOS LATO SENSU À DISTÂNCIA Curitiba Paraná - 05/2011 Silvia Teresa Sparano Reich UFPR tccmidias@gmail.com Sandramara Scandelari Kusano

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO: CCHS PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO: CCHS PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO: CCHS PLANO DE ENSINO Curso/Habilitação: NUCLEO COMUM Disciplina: Modalidade: Período: EAD FILOSOFIA Créditos: 4 Horas-aula: 72 Semestre Letivo:

Leia mais

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão 2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos

Leia mais

crítica do funcionamento do dia-a-dia da escola amparado no projeto pedagógico da

crítica do funcionamento do dia-a-dia da escola amparado no projeto pedagógico da Normas para realização, desenvolvimento e avaliação do Estágio Supervisionado obrigatório do curso de licenciatura em Educação Física EaD, da Universidade FUMEC. O PRESIDENTE DO COLEGIADO DE CURSOS DA

Leia mais

11 a 14 de dezembro de 2012 Campus de Palmas

11 a 14 de dezembro de 2012 Campus de Palmas EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM ESTUDO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA, NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, NO CAMPUS DE GURUPI. Nome dos autores: Josilia Ferreira Dos Santos,

Leia mais

REUNIÃO DO FÓRUM NACIONAL DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE - REGIÃO NORDESTE

REUNIÃO DO FÓRUM NACIONAL DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE - REGIÃO NORDESTE REUNIÃO DO FÓRUM NACIONAL DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE - REGIÃO NORDESTE Política Nacional de EAD e a Colaboração inter Sistemas Francisco Aparecido Cordão facordao@uol.com.br EAD: dispositivos

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE Bacharelado em Administração Modalidade a Distância

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE Bacharelado em Administração Modalidade a Distância REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE Bacharelado em Administração Modalidade a Distância I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Bacharelado em Administração Modalidade a Distância é uma

Leia mais

Estatística à Distância: uma experiência

Estatística à Distância: uma experiência Estatística à Distância: uma experiência Luciana Neves Nunes 1 Departamento de Estatística UFRGS Programa de Pós Graduação em Ensino de Matemática Introdução A disciplina de Estatística Básica oferecida

Leia mais

ENSINO A DISTÂNCIA NA WEB : UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO

ENSINO A DISTÂNCIA NA WEB : UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO 1 ENSINO A DISTÂNCIA NA WEB : UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO CELINA APARECIDA ALMEIDA PEREIRA ABAR Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Brasil abarcaap@pucsp.br - VIRTUAL EDUCA 2003-1 INTRODUÇÃO

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 60-GR/UNICENTRO, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2012. ESTA RESOLUÇÃO ESTÁ RATIFICADA PELA RESOLUÇÃO Nº 7/2013- CEPE/UNICENTRO. Aprova, ad referendum do CEPE, o Curso de Especialização em Educação a

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão Social: Políticas Públicas, Redes e Defesa de Direitos, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp,

Leia mais

PESSOA COM DEFICIENCIA VISUAL E EDUCAÇÃO A DISTANCIA: POSSIBILIDADES E ADVERSIDADES

PESSOA COM DEFICIENCIA VISUAL E EDUCAÇÃO A DISTANCIA: POSSIBILIDADES E ADVERSIDADES PESSOA COM DEFICIENCIA VISUAL E EDUCAÇÃO A DISTANCIA: POSSIBILIDADES E ADVERSIDADES Eurides Miranda Edna Aparecida Carvalho Pacheco Diego de Morais Batista Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM

Leia mais

Universidade Federal de Roraima Centro de Educação CEDUC Curso de Pedagogia Laboratório de Informática

Universidade Federal de Roraima Centro de Educação CEDUC Curso de Pedagogia Laboratório de Informática Universidade Federal de Roraima Centro de Educação CEDUC Curso de Pedagogia Laboratório de Informática Fundação Universidade Virtual de Roraima UNIVIRR Boa Vista 2010 Daniely Rodrigues Padilha Lenise Carvalho

Leia mais

A IMPLEMENTAÇÃO DA PORTARIA n.º 4059 E A VISÃO DOS ACADÊMICOS

A IMPLEMENTAÇÃO DA PORTARIA n.º 4059 E A VISÃO DOS ACADÊMICOS 1 A IMPLEMENTAÇÃO DA PORTARIA n.º 4059 E A VISÃO DOS ACADÊMICOS Curitiba PR 05/2014 Alessandra de Paula - GRUPO UNINTER - alessandra_rs1@hotmail.com Ivonete Ferreira Haiduke - FACEL ivonetehaiduke@ig.com.br

Leia mais

CALENDÁRIO - PED EDUCAÇÃO INFANTIL Grupo 092 - Janeiro/2012 CursoID 345 - GradeID 458

CALENDÁRIO - PED EDUCAÇÃO INFANTIL Grupo 092 - Janeiro/2012 CursoID 345 - GradeID 458 Grupo 85 - CALENDÁRIO - PED EDUCAÇÃO INFANTIL CursoID 345 - GradeID 458 Estrutura do Calendário Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno de EAD para que possa entender

Leia mais

12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos

12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos 12. POLÍTICA DE EaD 12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem,

Leia mais

O ENSINO DE ESTATÍSTICA NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO OFERECIDO NA MODALIDADE À DISTÂNCIA: AVALIAÇÃO DE UMA EXPERIÊNCIA

O ENSINO DE ESTATÍSTICA NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO OFERECIDO NA MODALIDADE À DISTÂNCIA: AVALIAÇÃO DE UMA EXPERIÊNCIA 1 O ENSINO DE ESTATÍSTICA NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO OFERECIDO NA MODALIDADE À DISTÂNCIA: AVALIAÇÃO DE UMA EXPERIÊNCIA Rio Grande/RS, maio de 2009 Suzi Samá Pinto Universidade Federal de Rio Grande (FURG)

Leia mais

CURSO DE DEPENDÊNCIA DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I DA UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI 05/2005 035-TC-C3

CURSO DE DEPENDÊNCIA DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I DA UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI 05/2005 035-TC-C3 CURSO DE DEPENDÊNCIA DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I DA UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI 05/2005 035-TC-C3 Categoria: Métodos e Tecnologias Setor Educacional: Educação Universitária Natureza do Trabalho:

Leia mais

Educação a Distância e Ensino de Graduação Presenci al: interfaces, alternativas e recursos tecnol ógicos. Profa. Apuena Vieira Gomes SEDIS-UFRN

Educação a Distância e Ensino de Graduação Presenci al: interfaces, alternativas e recursos tecnol ógicos. Profa. Apuena Vieira Gomes SEDIS-UFRN Educação a Distância e Ensino de Graduação Presenci al: interfaces, alternativas e recursos tecnol ógicos Profa. Apuena Vieira Gomes SEDIS-UFRN Pontos para o Debate Educação a Distância O que é? Características

Leia mais

GUIA DE PERCURSO DO ALUNO PARA DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAL

GUIA DE PERCURSO DO ALUNO PARA DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAL CESA Centro de Estudo Superior de Apucarana Sistema de Ensino a Distancia Diretor: Danilo Lemos Freire Coordenadora de EAD: Inês Aparecida Ferreira GUIA DE PERCURSO DO ALUNO PARA DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAL

Leia mais

Pedagogia das Diferenças: Um Olhar sobre a Inclusão

Pedagogia das Diferenças: Um Olhar sobre a Inclusão Pedagogia das Diferenças: Um Olhar sobre a Inclusão Autor: Brena Samyly S. de Paula, Élida Mônica S. da Silva, Karlianne Sousa Silva Falção e Marilia Moreira Pinho Data: 13/05/2010 Resumo Nosso trabalho

Leia mais

A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES E O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO NA PERSPECTIVA DOCENTE

A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES E O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO NA PERSPECTIVA DOCENTE A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES E O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO NA PERSPECTIVA DOCENTE Raquel Silva Borges, Bolsista PET (Re) Conectando Saberes - UFU Ana Paula de Assis, Bolsista PIBID- Subprojeto

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR ASSISTENTE. Anexo 1 PROGRAMA DO CONCURSO

CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR ASSISTENTE. Anexo 1 PROGRAMA DO CONCURSO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG INSTITUTO DE MATEMÁTICA, ESTATÍSTICA E FÍSICA CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR ASSISTENTE MATÉRIA: Ensino de Física e Educação a Distância

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEISDA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEISDA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEISDA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico

Leia mais

profunda. São questões que nortearam a pesquisa: Como o aluno se percebe no processo de interatividade do curso? Como se dá o acesso ao conhecimento?

profunda. São questões que nortearam a pesquisa: Como o aluno se percebe no processo de interatividade do curso? Como se dá o acesso ao conhecimento? EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA: A CULTURA (DE) ORGANIZADORA DO REAL THOMAZ, Sueli Barbosa UNIRIO BITTENCOURT, Cristiane UNIRIO GT-11: Política de Educação Superior I Introdução Este texto é parte integrante

Leia mais

Título: O EAD no Serviço Social e suas implicações para a implementação do Projeto de Formação Profissional.

Título: O EAD no Serviço Social e suas implicações para a implementação do Projeto de Formação Profissional. ROTEIRO PALESTRA SEMINÁRIO SOBRE EAD DATA: 29/06/2011 LOCAL: BRASÍLIA Título: O EAD no Serviço Social e suas implicações para a implementação do Projeto de Formação Profissional. O mote de minha palestra

Leia mais

O PROCESSO AVALIATIVO NA EaD, NO ENSINO SUPERIOR: UM ESTUDO DE CASO

O PROCESSO AVALIATIVO NA EaD, NO ENSINO SUPERIOR: UM ESTUDO DE CASO 1 O PROCESSO AVALIATIVO NA EaD, NO ENSINO SUPERIOR: UM ESTUDO DE CASO Criciúma, SC Maio 2015 Elisa Netto Zanette Unesc enz@unesc.net Michele Domingos Schneider Unesc michele.schneider@unesc.net Nara Cristine

Leia mais

Proposta de Curso de Especialização em Gestão e Avaliação da Educação Profissional

Proposta de Curso de Especialização em Gestão e Avaliação da Educação Profissional Proposta de Curso de Especialização em Gestão e Avaliação da Educação Profissional A Educação Profissional analisada sob a ótica de sua gestão e de sua avaliação de modo a instrumentalizar gestores educacionais

Leia mais

PERFIL DO ALUNO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO CURSO DE DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR

PERFIL DO ALUNO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO CURSO DE DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR PERFIL DO ALUNO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO CURSO DE DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Ribeirão Preto, 06 de Março de 2011. Adriana da Silva Ferreira Centro Universitário Barão de Mauá - e-mail: adriana1fisio@yahoo.com.br

Leia mais

CONCEPÇÕES DOS ALUNOS DE EAD SOBRE O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR

CONCEPÇÕES DOS ALUNOS DE EAD SOBRE O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR CONCEPÇÕES DOS ALUNOS DE EAD SOBRE O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR FERRAZ, Dirce Huf (dirce.ferraz @iap.org.br) IAP CHAVES, Sônia Maria Haracemiv (sharacemiv@gmail.com) Universidade

Leia mais

DIFICULDADES ENFRENTADAS POR PROFESSORES E ALUNOS DA EJA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA

DIFICULDADES ENFRENTADAS POR PROFESSORES E ALUNOS DA EJA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA 27 a 30 de Agosto de 2014. DIFICULDADES ENFRENTADAS POR PROFESSORES E ALUNOS DA EJA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Resumo: MACHADO, Diana dos Santos 1 Ifes - Campus Cachoeiro de Itapemirim

Leia mais

Perspectivas de Formação de Formadores com apoio da EaD: emprego de métodos ativos e avaliação formativa

Perspectivas de Formação de Formadores com apoio da EaD: emprego de métodos ativos e avaliação formativa 1 Perspectivas de Formação de Formadores com apoio da EaD: emprego de métodos ativos e avaliação formativa Solange Rauchbach Garani Escola da Magistratura do Paraná E-mail: solangergarani@yahoo.com.br

Leia mais

CALENDÁRIO - PED EDUCAÇÃO INFANTIL- SISTEMA EAD

CALENDÁRIO - PED EDUCAÇÃO INFANTIL- SISTEMA EAD Estrutura do Calendário Atualizado em 04/06/2010 Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno de EAD para que possa entender o processo de avaliação, disciplinas, estrutura

Leia mais

A modalidade de ensino que cresce a passos largos no Brasil, ainda provoca desconfiança em muita gente. VOCÊ ESTUDARIA A DISTÂNCIA?

A modalidade de ensino que cresce a passos largos no Brasil, ainda provoca desconfiança em muita gente. VOCÊ ESTUDARIA A DISTÂNCIA? O formato é bem antigo, mas ele voltou a ganhar notoriedade na década de 90, com o avanço da tecnologia e, principalmente, devido ao alcance da internet pela população. Ainda assim, ele está longe de ser

Leia mais

RESOLVE: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO ESPECIAL

RESOLVE: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO ESPECIAL RESOLUÇÃO 003, de 06 de abril de 2006. Fixa normas para a Educação Especial na Educação Básica do Sistema Municipal de Ensino Teresina. O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA, no uso de suas atribuições

Leia mais

DO EMAIL AO SITE: TECNOLOGIA EDUCACIONAL NO CURSO DE PEDAGOGIA

DO EMAIL AO SITE: TECNOLOGIA EDUCACIONAL NO CURSO DE PEDAGOGIA DO EMAIL AO SITE: TECNOLOGIA EDUCACIONAL NO CURSO DE PEDAGOGIA SILVA, José Roberto Alves da 1 - UEPA Resumo Grupo de Trabalho - Didática: Teorias, Metodologias e Práticas Agência Financiadora: não contou

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS EM EAD: O CASO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DA UECE (PROJETO PILOTO)

GESTÃO DE SISTEMAS EM EAD: O CASO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DA UECE (PROJETO PILOTO) GESTÃO DE SISTEMAS EM EAD: O CASO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DA UECE (PROJETO PILOTO) 1. Introdução Adriana Teixeira Bastos Antonio Germano Magalhães Junior Igor Lima Rodrigues

Leia mais

Processo de Descentralização da Educação a Distância no Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes: desafios e avanços. Vitória ES - 05/2012

Processo de Descentralização da Educação a Distância no Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes: desafios e avanços. Vitória ES - 05/2012 1 Processo de Descentralização da Educação a Distância no Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes: desafios e avanços Vitória ES - 05/2012 Categoria: Estratégias e Políticas Setor Educacional: Educação

Leia mais

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E AS DIFICULDADES ENFRENTADAS POR PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE FORTALEZA

A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E AS DIFICULDADES ENFRENTADAS POR PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE FORTALEZA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E AS DIFICULDADES ENFRENTADAS POR PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE FORTALEZA Gabriela de Aguiar Carvalho, UFC Orientadora: Maria José Costa dos Santos, UFC INTRODUÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O PROGRAMA ESCOLA DE GESTORES, ALGUMAS PERCEPÇÕES *

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O PROGRAMA ESCOLA DE GESTORES, ALGUMAS PERCEPÇÕES * EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O PROGRAMA ESCOLA DE GESTORES, ALGUMAS PERCEPÇÕES * Waleska Medeiros de Souza UFOP Universidade Federal de Ouro Preto Warley Anderson Oliveira UFOP Universidade Federal de Ouro Preto

Leia mais

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UFSCar SOB O OLHAR DOS ALUNOS DA TURMA 2013 DO POLO DE FRANCA (SP)

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UFSCar SOB O OLHAR DOS ALUNOS DA TURMA 2013 DO POLO DE FRANCA (SP) 1 O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UFSCar SOB O OLHAR DOS ALUNOS DA TURMA 2013 DO POLO DE FRANCA (SP) São Carlos - SP - maio/2015 Daniela Salgado Gonçalves da Silva - UFSCar - danisalgadoead@gmail.com Glauco

Leia mais

PROPOSTA PARA CURSOS DE ENSINO SUPERIOR NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: MODELO EM DISCUSSÃO

PROPOSTA PARA CURSOS DE ENSINO SUPERIOR NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: MODELO EM DISCUSSÃO PROPOSTA PARA CURSOS DE ENSINO SUPERIOR NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: MODELO EM DISCUSSÃO Curitiba, 05/2010. Elton Ivan Schneider 1 Mestrando EGC UFSC eschneider@grupouninter.com.br Luciano Frontino

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM DESIGN EDUCACIONAL 2º SEMESTRE 2012 - Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM DESIGN EDUCACIONAL 2º SEMESTRE 2012 - Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM DESIGN EDUCACIONAL 2º SEMESTRE 2012 - Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS E SUA ATUAÇÃO COM CRIANÇAS DE 0 A 5 ANOS

FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS E SUA ATUAÇÃO COM CRIANÇAS DE 0 A 5 ANOS FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS E SUA ATUAÇÃO COM CRIANÇAS DE 0 A 5 ANOS Thyanna Silva dos Passos (Graduada/UFRB) Resumo Este trabalho tem como objetivo analisar a formação de professores e sua atuação na sala

Leia mais

A MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR EM PERNAMBUCO

A MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR EM PERNAMBUCO A MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR EM PERNAMBUCO Adriana Alves Moreira dos Santos i (UFPE) Marcelo Sabbatini ii (UFPE) Resumo: O presente trabalho

Leia mais

Calendário Acadêmico 2015

Calendário Acadêmico 2015 Calendário Acadêmico 2015 Julho 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 01 a 03 Período de realização das avaliações substitutivas dos módulos X.1 e X.2. 01

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO nº. 03/2014/DEAD EDITAL PARA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA A Reitora do Instituto Federal

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE ACESSIBILIDADE DOS SURDOS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

UM ESTUDO SOBRE ACESSIBILIDADE DOS SURDOS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA UM ESTUDO SOBRE ACESSIBILIDADE DOS SURDOS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Marisa Dias Lima 1 ; Márcia Dias Lima 2 ; Fernanda Grazielle Aparecida Soares de Castro 3 Universidade Federal de Uberlândia; Universidade

Leia mais

Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE. Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014

Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE. Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014 Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014 Meta 1 Educação Infantil Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 4 e

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA E INCLUSÃO DIGITAL NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA/PB

FORMAÇÃO CONTINUADA E INCLUSÃO DIGITAL NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA/PB FORMAÇÃO CONTINUADA E INCLUSÃO DIGITAL NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA/PB Telma Cristina Gomes da Silva (PROLING/UFPB) telmapedist@hotmail.com Introdução A Cultura Digital impõe novos desafios pedagógicos

Leia mais

Conforme decisão ministerial, o Parecer 259/2004 não necessita de homologação, trata-se de IES já credenciada.

Conforme decisão ministerial, o Parecer 259/2004 não necessita de homologação, trata-se de IES já credenciada. Conforme decisão ministerial, o Parecer 259/2004 não necessita de homologação, trata-se de IES já credenciada. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Ação Educacional Claretiana

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: Educação de Jovens e Adultos Professor: LUIZ FERNANDO PINTO BAHIA Carga horária: 1h30 Ementa: Teórica

Leia mais

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: A IMPLANTAÇÃO E A GESTÃO NA MODALIDADE A DISTÃNCIA. Araras, maio de 2011.

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: A IMPLANTAÇÃO E A GESTÃO NA MODALIDADE A DISTÃNCIA. Araras, maio de 2011. 1 CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: A IMPLANTAÇÃO E A GESTÃO NA MODALIDADE A DISTÃNCIA Araras, maio de 2011. Fernando da Silva Pereira Centro Universitário Hermínio Ometto UNIARARAS SP fernandosilper@uniararas.br

Leia mais

Perspectivas de Formação de Formadores com apoio da EaD: emprego de métodos ativos e avaliação formativa

Perspectivas de Formação de Formadores com apoio da EaD: emprego de métodos ativos e avaliação formativa Perspectivas de Formação de Formadores com apoio da EaD: emprego de métodos ativos e avaliação formativa Texto revisto pela autora, quanto ao conteúdo. Retirada a indicação da instituição pois não atua

Leia mais

Coordenação-Geral de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior

Coordenação-Geral de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior CAPA 1 República Federativa do Brasil Ministério da Educação Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Diretoria de Avaliação

Leia mais

A tutoria no Programa de Capacitação a Distância de Gestores Escolares PROGESTÃO. Danielle X. P. Nogueira

A tutoria no Programa de Capacitação a Distância de Gestores Escolares PROGESTÃO. Danielle X. P. Nogueira A tutoria no Programa de Capacitação a Distância de Gestores Escolares Danielle X. P. Nogueira Objetivo geral: Analisar a tutoria no Programa de Capacitação a, em sua primeira edição na modalidade de especialização,

Leia mais

O projeto piloto de acompanhamento pedagógico dos estudantes do CTISM/UFSM

O projeto piloto de acompanhamento pedagógico dos estudantes do CTISM/UFSM UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA O projeto piloto de acompanhamento pedagógico dos estudantes do CTISM/UFSM Mariglei Severo Maraschin CTISM/UFSM Camila Sehnem - CTISM/UFSM Débora Marschal CTISM/UFSM

Leia mais

A ATUAÇÃO DO DOCENTE TUTOR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A ATUAÇÃO DO DOCENTE TUTOR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A ATUAÇÃO DO DOCENTE TUTOR NA DUTRA, Regina Maria¹, PEREIRA, Valdir¹ 1 Docente da Universidade Estadual de Montes Claros Unimontes. RESUMO A Educação a Distância (EAD) sofreu novo impulso com o surgimento

Leia mais