Titulo: Fluxo de Caixa Fernando Nunes. Todos os direitos reservados Ilustração: Jackson Santos. Edição: Glaciele Kaufmann 1 Edição

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Titulo: Fluxo de Caixa. 2016 Fernando Nunes. Todos os direitos reservados Ilustração: Jackson Santos. Edição: Glaciele Kaufmann 1 Edição"

Transcrição

1

2 Titulo: Fluxo de Caixa Todos os direitos reservados Ilustração: Jackson Santos Edição: Glaciele Kaufmann 1 Edição

3

4 Introdução Pedro era um pequeno empresário que trabalhava muito em seu negócio. Controlava a produção, fazia as principais vendas do negócio, controlava os pagamentos aos fornecedores, negociava as condições de venda com seus clientes. Além disso, controlava o saldo no banco. Estava com a sensação que trabalhava muito, trabalhava, trabalhava e não via sobrar dinheiro, enfim, não via a cor do dinheiro. Não conseguia realizar seus novos investimentos, melhorias na empresa e na vida pessoal(seus sonhos). Mais ainda, o dinheiro da empresa estava misturado com o dinheiro do empresário e ele não sabia como estavam seus gastos e despesas nem da empresa.

5 Estava desanimado com o negócio, muito desanimado! Alguma vez você já se sentiu assim? Você está em uma situação parecida? Então vamos mudar esta realidade e isto depende de você! Leia atentamente o conteúdo deste e-book para mudar tua vida.

6 FLUXO DE CAIXA 1 - O Fluxo de caixa O fluxo de caixa é uma ferramenta gerencial extremamente importante na gestão financeira de qualquer empresa e qualquer setor: comércio, indústria, prestação serviços e agronegócios. Mas afinal, o que é o fluxo de caixa? O fluxo de caixa é o registro do saldo inicial do período (quanto de dinheiro existe), de todas as entradas, de todas as saídas e do saldo final do período (quanto de dinheiro ficou). Além disso, faz projeções do saldo inicial, entradas, saídas e saldo final. Para que serve o fluxo de caixa? Além de registrar o que entrou e saiu (passado), projeta os lançamentos futuros com objetivo de prever, antever o fluxo de

7 dinheiro na empresa, mostrando se a empresa terá ou não dinheiro nos períodos futuros (saldo final). Com estas informações o empresário poderá tomar decisões com antecedência ao problema de falta de caixa para melhorar o desempeno financeiro da empresa. Caso a empresa tenha um saldo positivo, poderá aplicar para reforçar o capital de giro, poderá fazer negócios a vista com descontos beneficiando o resultado, entre outras ações. O saldo final de um período é o saldo inicial do período seguinte. O período de controle do fluxo de caixa pode ser diário, semanal ou quinzenal. Qual período de controle é o mais indicado? Depende da natureza do negócio: empresas que tem várias transações diariamente, é necessário fazer um fluxo de caixa diário. Agora, empresas que não tem várias transações diariamente, podem se

8 organizar fazendo o fluxo de caixa semanal ou quinzenal como por exemplos escritório de arquitetura, advocacia ou propriedade rural onde as transações não são tão frequentes. 2 Benefícios e objetivos O fluxo de caixa possibilita atingir vários objetivos que beneficiarão a empresa. Como exemplo de benefícios, podemos citar: - Visão completa dos recursos financeiros da empresa; - Planejar e controlar as entradas e saídas da empresa; - Pagar as contas em dia; - Saber rapidamente dos clientes inadimplentes e fazer as cobranças; - Equilibrar as contas em termos de entradas e saídas; - Visualizar a necessidade de capital de giro;

9 - Projetar as entradas e saída futuras; - Estipular metas; Existem alguns fatores internos e externos que afetam o fluxo de caixa. Fatores Internos: - Prazos de recebimento das vendas muito longos afetam negativamente o fluxo de caixa, pois mais capital de giro a empresa terá que ter para financiar o ciclo operacional. - Prazos de pagamento dos fornecedores: quanto maior o prazo, melhor para o fluxo de caixa. - Inadimplência alta prejudica o fluxo de caixa. - Retirada de pró-labore pelo(s) sócio(s) muita alta em relação à capacidade financeira da empresa.

10 - Despesas desnecessárias prejudicam o fluxo de caixa. - Descontroles dos gastos e despesas. Fatores Externos: - Diminuição das vendas afetam negativamente o fluxo de caixa. - Aumento dos custos sem poder repassar para os preços dos produtos. - Crises econômicas: diminuição do poder aquisitivo dos clientes. - Aumento da carga tributária da empresa. Por exemplo, a empresa que atua no regime tributário do simples, quando aumenta seu faturamento a alíquota (percentual do imposto) pode aumentar. - Mudanças de hábitos e gostos dos consumidores.

11 3 PROBLEMAS FREQUENTES QUE AFETAM O FLUXO DE CAIXA DAS EMPRESAS - Dinheiro do empresário junto (misturado) com o dinheiro da empresa (Pessoa Jurídica PJ):tal situação pode mascarar o resultado da empresa e comprometer o fluxo de caixa, não ficando claro o que o sócio retira da empresa. Além disso, a organização financeira da empresa fica comprometida, pois não se sabe quanto é a retirada do empresário (sócio). Acrescentando, o que o empresário retira a empresa comporta ou fica comprometida financeiramente? - Será que as entradas de recursos futuras serão suficientes para cobrir os gastos futuros? Quem não tem o fluxo de caixa não consegue responder com precisão esta pergunta. O fluxo de caixa é uma ferramenta que possibilita responder esta pergunta, pois projeta o saldo inicial, (+) entradas de recursos, (-) saídas de recursos

12 e o saldo final do período. Portanto se este saldo final for positivo, a empresa tem recursos suficientes, caso seja negativo, a empresa terá que atrasar pagamentos ou solicitar recursos extras para pagar suas obrigações. Caso o empresário consiga ver com antecedência uma, duas ou três semanas ou meses, ele pode tomar decisão para reverter a situação de falta de recursos. - Não sabe onde gasta todo o dinheiro da empresa? Caso o empresário implemente o fluxo de caixa, estará tudo registrado, mas o que é tudo? Tudo são todas as transações financeiras de entrada e saída do caixa com seu saldo inicial e saldo final. Logo, o empresário terá tudo registrado ajudando na organização financeira da empresa. Com estas informações o empresário saberá exatamente em que a empresa gasta ( para onde vai o dinheiro da empresa).

13 Outras situações que levam a falta de recursos nas empresas: - Expansão descontroladas das compras, aumentando estoques; - Imobilização de capital em obras e outros investimentos; - Insuficiência de capital próprio; - Ciclo de recebimento das vendas muito maior do que o de pagamentos de fornecedores; - Alto custo financeiro. 4 - SOLUÇÃO: IMPLEMENTAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA PARA MOSTRAR AS FINANÇAS DA EMPRESA, PARA O EMPRESÁRIO PODER DECIDIR EM FUNÇÃO DA ATUAL REALIDADE.

14 A seguir, um exemplo de uma planilha (em Excel) de um fluxo de caixa. Fluxo de caixa MÊS: JANEIRO DIAS: PREVISÃO REAL PREVISÃO REAL PREVISÃO REAL SALDO INICIAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 ENTRADAS 0,00 0,00 ENTRADAS 0,00 0,00 ENTRADAS 0,00 0,00 SAÍDAS 0,00 0,00 SAÍDAS 0,00 0,00 SAÍDAS 0,00 0,00 SALDO FINAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 O fluxo de caixa registra o que passou (REAL) saldo inicial, entradas, saídas e saldo final e projeta (PREVISÃO) saldo inicial, entradas, saídas e saldo final. Logo, informa com precisão como está ou estará o financeiro da empresa. O saldo inicial é quanto de dinheiro a empresa tem, onde buscarei esta informação? No saldo bancário

15 somado aos recursos que empresa tem no caixa. Este é saldo inicial e devemos colocar na local onde diz saldo inicial, tanto na PREVISÂO quanto no REAL. Entradas: são os recebimentos das vendas. Nas entradas podemos colocar o que já foi vendido e as metas de venda. A previsão será o futuro, logo vou lançar na PREVISÃO aquilo que tenho que receber (que já foi vendido) e as metas estipuladas pela empresa. As saídas são os pagamentos que a empresa tem que efetuar, logo será lançado na PREVISÂO. Na planilha do Excel, as entradas serão somadas para cima totalizando as entradas. As saídas a mesma coisa, será somada para cima calculando o total. O SALDO FINAL será o resultado do SALDO INICIAL + ENTRADAS SAÍDAS. A planilha soma automaticamente, só é preciso fazer o lançamento dos valores. Cada lançamento tem sua descrição (o que está recebendo ou o que está se pagando)e na coluna da

16 PREVISÃO coloca-se valores, por exemplo: descrição de SAÍDA: conta de luz, PREVISÃO: 180,00 (valores). A seguir exemplos de lançamentos do fluxo Fluxo de caixa MÊS: JANEIRO DIAS: 1 2 PREVISÃO REAL PREVISÃO REAL SALDO INICIAL 1.000, ,00-420, ,00 ENTRADAS 1.000,00 0,00 ENTRADAS 0,00 0,00 Paulo 450,00 Pedro 350,00 Luis 200,00 SAÍDAS 2.420,00 0,00 SAÍDAS 0,00 0,00 Conta luz 180,00 Retirada 400,00 Contador 340,00 Fornecedor 1.500,00 SALDO FINAL -420, ,00-420, ,00 de caixa. Começamos do dia com o SALDO INICIAL de R$ 1.000,00 e as ENTRADAS somam R$ 1.000,00. As SAÍDAS somam R$ 2.420,00 e

17 o SALDO FINAL da PREVISÃO é de R$ - 420,00. Talvez a previsão não se confirme, pode acontecer de ter uma venda à vista (R$ 550,00) que não estava na previsão, mudando o fluxo de caixa: Fluxo de caixa MÊS JANEIRO DIAS 1 2 PREVISÃO REAL PREVISÃO REAL SALDO INICIAL 1.000, ,00-420,00 130,00 ENTRADAS 1.000, ,00 ENTRADAS 0,00 0,00 Paulo 450,00 450,00 Pedro 350,00 350,00 Luis 200,00 200,00 Venda a vista 550,00 SAÍDAS 2.420, ,00 SAÍDAS 0,00 0,00 Conta luz 180,00 180,00 Retirada 400,00 400,00 Contador 340,00 340,00 Fornecedor 1.500, ,00 SALDO FINAL -420,00 130,00-420,00 130,00

18 Logo, o SALDO FINAL da PREVISÃO ficou de -420,00 e do REAL 130,00. Portanto, precisamos atualizar o SALDO INICIAL do dia 2 de janeiro, pois a PREVISÃO não se Confirmou e devemos projetar o saldo REAL de 130,00 ficando assim: Fluxo de caixa MÊS JANEIRO DIAS 1 2 PREVISÃO REAL PREVISÃO REAL SALDO INICIAL 1.000, ,00 130,00 130,00 ENTRADAS 1.000, ,00 ENTRADAS 0,00 0,00 Paulo 450,00 450,00 Pedro 350,00 350,00 Luis 200,00 200,00 Venda a vista 550,00 SAÍDAS 2.420, ,00 SAÍDAS 0,00 0,00 Conta luz 180,00 180,00 Retirada 400,00 400,00 Contador 340,00 340,00 Fornecedor 1.500, ,00 SALDO FINAL -420,00 130,00 130,00 130,00

19 CONCLUSÃO O Fluxo de caixa é uma ferramenta que mostrará para onde está indo o dinheiro da empresa e qual é a previsão futura, das semanas e meses seguintes. Com isto o empresário terá um controle das finanças completo e preciso.

Fluxo de Caixa O dia-a-dia das finanças em sua empresa!

Fluxo de Caixa O dia-a-dia das finanças em sua empresa! Fluxo de Caixa O dia-a-dia das finanças em sua empresa! É muito frequente, no ambiente do SEBRAE-SP, o empresário chegar com muitas dúvidas sobre as finanças da sua empresa. E finanças, como sabemos, é

Leia mais

Controle Financeiro. 7 dicas poderosas para um controle financeiro eficaz. Emerson Machado Salvalagio. www.guiadomicroempreendedor.com.

Controle Financeiro. 7 dicas poderosas para um controle financeiro eficaz. Emerson Machado Salvalagio. www.guiadomicroempreendedor.com. Controle Financeiro 7 dicas poderosas para um controle financeiro eficaz Emerson Machado Salvalagio Quando abrimos uma empresa e montamos nosso próprio negócio ou quando nos formalizamos, após algum tempo

Leia mais

ESSE CURSO FOI CRIADO E É PROMOVIDO PELA INSTITUIÇÃO. Todos os Direitos Reservados

ESSE CURSO FOI CRIADO E É PROMOVIDO PELA INSTITUIÇÃO. Todos os Direitos Reservados Curso Online 1 2 ESSE CURSO FOI CRIADO E É PROMOVIDO PELA INSTITUIÇÃO Todos os Direitos Reservados 3 1 O Que é Fluxo de Caixa _Fatores que Afetam o Fluxo de Caixa (Internos e Externos) _Desequilíbrio Financeiro

Leia mais

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM

Leia mais

O que é Fluxo de Caixa?

O que é Fluxo de Caixa? O que é Fluxo de Caixa? O Fluxo de Caixa é um relatório gerencial que informa toda a movimentação de dinheiro (entradas e saídas), sempre considerando um período determinado, que pode ser um dia, uma semana

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 CONTROLE DE CONTAS 04 ENTENDER E CONTROLAR AS DESPESAS FIXAS E VARIÁVEIS 05 DEFINIR PRIORIDADES 07 IDENTIFICAR

Leia mais

O desafio de gerenciar o fluxo de caixa. Gilvânia Banker

O desafio de gerenciar o fluxo de caixa. Gilvânia Banker Gilvânia Banker Manter as contas em dia é um grande desafio para quase todos os empreendedores. O fluxo de caixa de uma empresa, de acordo com o consultor contábil Charles Tessmann, é praticamente o coração

Leia mais

EM PONTOS: vale a pena planejar

EM PONTOS: vale a pena planejar NO NEGÓCIO TEXTO DE MARCELO CASAGRANDE 5 EM PONTOS: vale a pena planejar A Gestão&Negócios reuniu cinco importantes motivos pelos quais o planejamento financeiro é fundamental para uma empresa. Saber o

Leia mais

RELATÓRIOS GERENCIAIS

RELATÓRIOS GERENCIAIS RELATÓRIOS GERENCIAIS Neste treinamento vamos abordar o funcionamento dos seguintes relatórios gerenciais do SisMoura: Curva ABC Fluxo de Caixa Semanal Análise de Lucratividade Análise Financeira o Ponto

Leia mais

Conseguimos te ajudar?

Conseguimos te ajudar? Controlar suas finanças deve ser um hábito. Não com o objetivo de restringir seus sonhos de consumo, mas sim de convidá-lo a planejar melhor a realização da cada um deles, gastando o seu dinheiro de maneira

Leia mais

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO No Modelo de Plano de Negócio, disponível no seu ambiente do Concurso você terá um passo a passo para elaborar o seu Plano, bem como todo o conteúdo necessário

Leia mais

[ GUIA ] GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES

[ GUIA ] GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES [ GUIA ] GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES D e s c u b r a c o m o m a n t e r o c a p i t a l d a e m p r e s a s o b c o n t r o l e p a r a f a z e r o n e g ó c i o c r e s c e r. Uma boa gestão

Leia mais

COMO COMEÇAR 2016 se organizando?

COMO COMEÇAR 2016 se organizando? COMO COMEÇAR 2016 se organizando? Como começar 2016 se organizando? Conheça estratégias simples para iniciar o novo ano com o pé direito Você sabia que, de acordo com o Sebrae, os principais motivos que

Leia mais

GERA GESTÃO E CONTROLE DE TÍTULOS: parte I

GERA GESTÃO E CONTROLE DE TÍTULOS: parte I Olá! Você verá a seguir um importante treinamento que vai facilitar suas atividades diárias! Ao acessá-lo pela primeira vez, procure assistir até o final. Caso não consiga, você poderá reiniciar de onde

Leia mais

SIMULADOR COLISEUM INDÚSTRIA

SIMULADOR COLISEUM INDÚSTRIA Sumário SIMULADOR COLISEUM INDÚSTRIA... 3 INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE COLCHÕES... 4 Laminação (corte) de blocos de espuma... 4 Fechamento e costura dos colchões... 5 ROTEIRO DE DECISÃO... 7

Leia mais

Vantagens e Cuidados na utilização do Valor Econômico Agregado - EVA

Vantagens e Cuidados na utilização do Valor Econômico Agregado - EVA Vantagens e Cuidados na utilização do Valor Econômico Agregado - EVA REVISANDO O CÁLCULO DO EVA QUAIS AS VANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DA MÉTRICA EVA? COMO FAZER OS AJUSTES NA AVALIAÇÃO DOS S / INVESTIMENTOS?

Leia mais

Para demonstrar melhor essa relação dos descontroles, abaixo destacaremos os fatores importante de que trataremos nesta etapa de finanças pessoais:

Para demonstrar melhor essa relação dos descontroles, abaixo destacaremos os fatores importante de que trataremos nesta etapa de finanças pessoais: FINANÇAS PESSOAIS Finanças na corda bamba Muitas vezes o desequilíbrio financeiro não está ligado necessariamente a aspectos financeiro, mas sim a aspectos psicológicos, ou seja, você até elabora seus

Leia mais

Use o crédito de forma consciente

Use o crédito de forma consciente Guia Financeiro 2 Use o crédito de forma consciente O crédito pode ser muito útil, tanto para realizar sonhos, quanto resolver algumas pendências financeiras, desde que você tenha um orçamento controlado

Leia mais

se o tratamento foi adequado, ficaremos curados e felizes por termos solucionado a doença que estava nos prejudicando. No campo empresarial a

se o tratamento foi adequado, ficaremos curados e felizes por termos solucionado a doença que estava nos prejudicando. No campo empresarial a Gestão Financeira Quando temos problemas de saúde procuramos um médico, sendo ele clínico geral ou especialista, conforme o caso. Normalmente, selecionamos um médico bastante conhecido e com boas referências

Leia mais

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN.

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN. VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE ACD2016 FINALIZAÇÃO: 10 JUN. 13 04 NOV.2014 FEV. 201313 JUN. 2016 PUBLICAÇÃO: Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades

Leia mais

1. QUAL O VALOR MÁXIMO DE MULTA A SER COBRADO NO PAGAMENTO DE CONTAS EM ATRASO?

1. QUAL O VALOR MÁXIMO DE MULTA A SER COBRADO NO PAGAMENTO DE CONTAS EM ATRASO? 1. QUAL O VALOR MÁXIMO DE MULTA A SER COBRADO NO PAGAMENTO DE CONTAS EM ATRASO? Depende de cada caso. De acordo com o art. 52, 1, do CDC - Código de Defesa do Consumidor, quando o fornecimento de produtos

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1 negociecomseubanco.com.br 1 Sumário Negocie Com Seu Banco... 3 Quem Somos... 3 Nossa Missão... 3 Este Ebook... 3 Introdução... 4 Como negociar... 6 1. Pesquise as taxas de juros na Negocie Com Seu Banco...

Leia mais

O TÊRMOMETRO DA EMPRESA

O TÊRMOMETRO DA EMPRESA O TÊRMOMETRO DA EMPRESA O dinheiro é sempre curto e caro. Esta verdade, velha conhecida dos pequenos e médios empresários, só reforça a necessidade de acompanhar cuidadosamente e rotineiramente o fluxo

Leia mais

Saia do vermelho. Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? Fora de controle? Vire o jogo

Saia do vermelho. Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? Fora de controle? Vire o jogo 1016325-1 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

PASSO 8 IMPLANTANDO OS CONTROLES

PASSO 8 IMPLANTANDO OS CONTROLES PASSO 8 IMPLANTANDO OS CONTROLES Ter o controle da situação é dominar ou ter o poder sobre o que está acontecendo. WWW.SIGNIFICADOS.COM.BR Controle é uma das funções que compõem o processo administrativo.

Leia mais

PLANEJAR, ELABORAR E CUMPRIR METAS

PLANEJAR, ELABORAR E CUMPRIR METAS PLANEJAR, ELABORAR E CUMPRIR METAS Fernanda Micaela Ribeiro Theiss Prof. Ademar Lima Júnior Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI Bacharelado em Ciências Contábeis (CTB 561) 14/05/2012 RESUMO

Leia mais

Salve sua Vida Financeira

Salve sua Vida Financeira Salve sua Vida Financeira 7 Dicas MATADORAS E-BOOK Edição 2015 Tatiane Zechel www.dinheiroemforma.com.br Apresentação Olá, sou Tatiane Zechel, fundadora do blog www.dinheiroemforma.com.br e trago este

Leia mais

QUALIDADE DA INFORMAÇÃO Sem Precisar Trocar o Sistema da Sua Empresa

QUALIDADE DA INFORMAÇÃO Sem Precisar Trocar o Sistema da Sua Empresa PERFIL Nome: SILVIO LUIZ DO PRADO Contato: (062) 8201-2226 - Goiânia GO E-mail: silvio.controller@terra.com.br Skype: silvio.prado1 Profissão: Contador CRC-GO 60645 Formação: Bacharel em Ciências Contábeis

Leia mais

Análise Econômico-Financeira

Análise Econômico-Financeira Universidade Federal do Pará Curso de Ciências Contábeis Departamento de Contabilidade Análise Econômico-Financeira Gilvan Pereira Brito 0301007601 Belém-Pará 2007 1 Universidade Federal do Pará Curso

Leia mais

1 DESENVOLVIMENTO Conforme Tófoli (2008), o instrumento do fluxo de caixa é uma planilha que

1 DESENVOLVIMENTO Conforme Tófoli (2008), o instrumento do fluxo de caixa é uma planilha que FLUXO DE CAIXA Aline Angeli Gimenes - alineangeli@terra.com.br Dayane Fernandes Francisco - dayane_fernandes@hotmail.com Éric Tadeu Gimenes da Silva - ericofera@hotmail.com Irso Tófoli - irsotofoli@unisalesiano.edu.br

Leia mais

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível Para quem é este livro? Este livro é para todas aquelas pessoas que fazem o que amam em seu trabalho mas não estão tendo o retorno que gostariam. Este mini guia com 21 sacadas é um resumo dos atendimentos

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ÍNDICE PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO Página 2 CRÉDITO Página 12 CRÉDITO RESPONSÁVEL Página 16 A EDUCAÇÃO FINANCEIRA E SEUS FILHOS Página 18 PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO O planejamento

Leia mais

OBJETIVOS DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

OBJETIVOS DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Gestão Financeira O Principal: OBJETIVOS DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Maximizar a riqueza dos proprietários da empresa (privado). Ou a maximização dos recursos (público). rentabilidade - retorno sobre o

Leia mais

Bem-vindo ao tópico sobre devolução e devoluções da nota fiscal de entrada.

Bem-vindo ao tópico sobre devolução e devoluções da nota fiscal de entrada. Bem-vindo ao tópico sobre devolução e devoluções da nota fiscal de entrada. Neste tópico, vamos analisar como e quando você deve criar uma devolução ou devolução de nota fiscal de entrada para compras.

Leia mais

08 Capital de giro e fluxo de caixa

08 Capital de giro e fluxo de caixa 08 Capital de giro e fluxo de caixa Qual o capital que sua empresa precisa para funcionar antes de receber o pagamento dos clientes? Como calcular os gastos, as entradas de dinheiro, e as variações de

Leia mais

RESPOSTA: Atividade Operacional

RESPOSTA: Atividade Operacional PARTE 2 57. Os Balanços Patrimoniais em 31/12/2013 e 31/12/2014 e a Demonstração do Resultado do ano 2014 da empresa Armas da Paz S.A. são apresentados nos dois quadros a seguir (Valores em reais): Sabe-se

Leia mais

SIND PME 4.0 SIMULAÇÃO INDUSTRIAL DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

SIND PME 4.0 SIMULAÇÃO INDUSTRIAL DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SIND PME 4.0 SIMULAÇÃO INDUSTRIAL DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS MANUAL DA EMPRESA TODOS OS DIREITOS SÃO RESERVADOS À BERNARD SISTEMAS LTDA. BERNARD SISTEMAS LTDA. Florianópolis, Julho de 2007. Todos os

Leia mais

GESTÃO DE OPERAÇÕES EM OUTRA MOEDA

GESTÃO DE OPERAÇÕES EM OUTRA MOEDA GESTÃO DE OPERAÇÕES EM OUTRA MOEDA Diante da importância do controle de vendas, compras e custos em outras moedas resolvemos elaborar um material informativo mais detalhado sobre o assunto. O SIAGRI Agribusiness

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Quem não sabe administrar tostões, não sabe administrar milhões. Atenção para estas perguntas: Como você acompanha suas vendas? Quanto você vendeu hoje? E ontem? E no mês passado?

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul GESTÃO FINANCEIRA para ficar no azul índice 03 Introdução 04 Capítulo 1 O que é gestão financeira? 06 Capítulo 2 Gestão financeira e tomada de decisões 11 13 18 Capítulo 3 Como projetar seu fluxo financeiro

Leia mais

Release 3.83. Resumo das alterações. Gerais. Contabilidade. Estoque. ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis.

Release 3.83. Resumo das alterações. Gerais. Contabilidade. Estoque. ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis. Release 3.83 Resumo das alterações Gerais Contabilidade ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis. 1. Corrigido processo de alteração do lançamento contábil em lotes manuais, nos casos

Leia mais

Gestão dos Pequenos Negócios

Gestão dos Pequenos Negócios Gestão dos Pequenos Negócios x Rangel Miranda Gerente Regional do Sebrae Porto Velho, RO, 20 de outubro de 2015 A Conjuntura Atual Queda na produção industrial Desemprego Alta dos juros Restrição ao crédito

Leia mais

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante)

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) FLUXO DE CAIXA Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) Brainstorming: Chuva de ideias ou Toró de parpite: O QUE É FLUXO DE CAIXA? (Objetivo: Saber

Leia mais

Gestão de Eventos AULA 7. Temas: Captação de Patrocínios

Gestão de Eventos AULA 7. Temas: Captação de Patrocínios Gestão de Eventos AULA 7 Temas: Captação de Patrocínios Captação de Patrocínios Patrocínio é quando uma empresa investe em algo, esperando um retorno positivo, principalmente, para a sua imagem. Para solicitar

Leia mais

Cenário positivo. Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37. Texto: Lucas Rizzi

Cenário positivo. Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37. Texto: Lucas Rizzi Cenário positivo Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37 Texto: Lucas Rizzi Crescimento econômico, redução da pobreza, renda em expansão e dois grandes eventos esportivos vindo

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre Educação Financeira Planejando seu orçamento Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis - não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras 77 5 EDI - As montadores e suas distribuidoras No mundo, o setor automobilístico passa por uma forte transformação decorrente do processo de globalização associado à revolução tecnológica, que vem alterando

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o Módulo... 3 Contas... 3 Conta Caixa... 5 Aba Geral... 5 Aba Empresas... 8 Conta Banco... 9 Aba Geral... 9 Aba Conta Banco... 10 Aba Empresas... 12 Tipos de

Leia mais

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso Nesse artigo quero lhe ensinar a fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso. Elaborei 10 dicas para você fazer um excelente

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento

! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento CAVALCANTE & COMO MONTAR O FLUXO DE CAIXA EM! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento Autores: Francisco

Leia mais

PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/2013 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis

PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/2013 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/201 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis Com 4,27 no mes, Minas Gerais e Paraná registraram as maiores taxas de juros

Leia mais

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Módulo 12 Gerenciamento Financeiro Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a

Leia mais

COMO SIMULAR PROJEÇOES FINANCEIRAS ATRAVÉS DO METODO DE MONTE CARLO

COMO SIMULAR PROJEÇOES FINANCEIRAS ATRAVÉS DO METODO DE MONTE CARLO COMO SIMULAR PROJEÇOES FINANCEIRAS ATRAVÉS! O que é o método de simulação de Monte Carlo?! Como utilizar números aleatórios para testar uma simulação financeira?! Como gerar números aleatórios pelo Excel?!

Leia mais

Balanço Patrimonial: Grupo de Contas

Balanço Patrimonial: Grupo de Contas 3 Balanço Patrimonial: Grupo de Contas 3.1 JUSTIFICATIVAS Como foi visto no capítulo anterior, o Balanço Patrimonial é constituído de Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido. O Ativo, por sua vez, compõe-se

Leia mais

Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul

Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul O segredo do sucesso da sua empresa é conhecer e entender o que entra e o que sai do caixa durante um dia, um mês ou um ano. 1 Fluxo de caixa: organize

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

APRENDENDO A PLANEJAR

APRENDENDO A PLANEJAR APRENDENDO A PLANEJAR A melhor e talvez a única llmaneira de ter um fffffffffffffff orçamento realista, que o ajude a controlar as contas no dia-a-dia e a realizar sonhos, é fazer um dddddd inventário

Leia mais

T D P. Escrita Contábil ALUNO PROFESSOR TURMA

T D P. Escrita Contábil ALUNO PROFESSOR TURMA T D P Escrita Contábil ALUNO TURMA PROFESSOR 1 1) Com base no dia-a-dia da empresa abaixo, responda as questões que seguem: Rômulo e Arnaldo são sócios da empresa TUDO ERRADO LTDA. A loja exerce suas atividades

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Administração Financeira MÓDULO 6: DECISÕES DE FINANCIAMENTO A CURTO PRAZO Nossa experiência, após centenas de demonstrações financeiras examinadas, sinaliza que as empresas entram num cenário de dificuldades

Leia mais

Treinamento de Tesouraria Gestão 2013/14

Treinamento de Tesouraria Gestão 2013/14 2 Treinamento de Tesouraria Gestão 2013/14 Willian Vinícius Peixoto Tesoureiro Distrital Gestão 2013/14 Tesoureiro Rotaract de Itaúna Cidade Universitária Gestão 2012/13 Tesoureiro Rotaract de Itaúna Cidade

Leia mais

Economia Doméstica - Finanças Pessoais -

Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Parte A Introdução e Visão Geral Parte B Planejamento e Acompanhamento - Técnicas Prof. Maurício Cury POUPAR x GASTAR Situação: Dois casais amigos onde, cada casal

Leia mais

CAPITAL DE GIRO: ESSÊNCIA DA VIDA EMPRESARIAL

CAPITAL DE GIRO: ESSÊNCIA DA VIDA EMPRESARIAL CAPITAL DE GIRO: ESSÊNCIA DA VIDA EMPRESARIAL Renara Tavares da Silva* RESUMO: Trata-se de maneira ampla da vitalidade da empresa fazer referência ao Capital de Giro, pois é através deste que a mesma pode

Leia mais

Manual - Relatórios Gerenciais.

Manual - Relatórios Gerenciais. Manual - Relatórios Gerenciais. Perguntas que temos que responder quase que diariamente sobre: Vendas Financeiro Produção Emissão: 04/02/2014 Revisão: 28/05/2015 Revisado por: Juliana 1 Área de Vendas

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS E JOVENS PROJETO É TEMPO...

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS E JOVENS PROJETO É TEMPO... EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS E JOVENS PROJETO É TEMPO... O que se pensava que era o século XXI Os carros voam por estradas àreas O teletransporte é comum Fazem-se excursões a Marte A economia é sempre

Leia mais

Etapas para a preparação de um plano de negócios

Etapas para a preparação de um plano de negócios 1 Centro Ensino Superior do Amapá Curso de Administração Disciplina: EMPREENDEDORISMO Turma: 5 ADN Professor: NAZARÉ DA SILVA DIAS FERRÃO Aluno: O PLANO DE NEGÓCIO A necessidade de um plano de negócio

Leia mais

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro...

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro... FASCÍCULO IV VAMOS PLANEJAR... Se você ainda não iniciou seu planejamento financeiro, é importante fazê-lo agora, definindo muito bem seus objetivos, pois, independentemente da sua idade, nunca é cedo

Leia mais

FLUXO DE CAIXA INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO

FLUXO DE CAIXA INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO FLUXO DE CAIXA INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO Lúcia de Fátima de Lima Lisboa RESUMO O presente artigo apresenta o fluxo de caixa como uma ferramenta indispensável para a gestão financeira

Leia mais

Indice. 01- Alterando o visual da loja 1. 02- Inserindo seus dados pessoais e redes sociais 1. 03- Produtos 2. 3.1- Categorias de produtos 2

Indice. 01- Alterando o visual da loja 1. 02- Inserindo seus dados pessoais e redes sociais 1. 03- Produtos 2. 3.1- Categorias de produtos 2 Indice 01- Alterando o visual da loja 1 02- Inserindo seus dados pessoais e redes sociais 1 03- Produtos 2 3.1- Categorias de produtos 2 3.2- Variações de produtos 2 3.3- Inserindo Produtos 3 3.4- Produtos

Leia mais

Prof. Cleber Oliveira Gestão Financeira

Prof. Cleber Oliveira Gestão Financeira Aula 2 Gestão de Fluxo de Caixa Introdução Ao estudarmos este capítulo, teremos que nos transportar aos conceitos de contabilidade geral sobre as principais contas contábeis, tais como: contas do ativo

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

Análise financeira da carteira de recebíveis

Análise financeira da carteira de recebíveis Análise financeira da carteira de recebíveis Por Carlos Alexandre Sá A análise e interpretação do desempenho da carteira de recebíveis é de extrema importância não só para o pessoal da área financeira,

Leia mais

Índice. - Introdução... 3. - Economize em Gastos... 7 com Supérfluos. - Controle Seus Sentimentos... 11

Índice. - Introdução... 3. - Economize em Gastos... 7 com Supérfluos. - Controle Seus Sentimentos... 11 1 Índice - Introdução... 3 - Economize em Gastos... 7 com Supérfluos - Controle Seus Sentimentos... 11 - Quite suas Dívidas, mesmo... 14 que Seja Necessário Fazer um Empréstimo - Não Siga a Massa, Existem...

Leia mais

Unidade II. Unidade II

Unidade II. Unidade II Unidade II REESTRUTURAÇÃO FINANCEIRA NAS ORGANIZAÇÕES Neste módulo, estudaremos como ocorre a reestruturação financeira nas empresas, apresentando um modelo de planejamento de revitalização, com suas características

Leia mais

Planejamento Financeiro de Estoques. Introdução ao Planejamento de Estoque:

Planejamento Financeiro de Estoques. Introdução ao Planejamento de Estoque: Planejamento Financeiro de Estoques Introdução ao Planejamento de Estoque: O Planejamento Financeiro realizado anualmente para determinar os caminhos do exercício seguinte são a melhor forma de uma sociedade

Leia mais

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 ÍNDICE 1. Meios de Pagamento disponíveis 1.1 Notificação de Pagamento 03 03 2. Moip 2.1 Benefícios 2.2 Como criar uma conta no Moip 2.2.1. Verificação da conta

Leia mais

O custo financeiro do Estado brasileiro

O custo financeiro do Estado brasileiro Boletim Econômico Edição nº 48 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico O custo financeiro do Estado brasileiro 1 O comportamento dos juros da dívida pública A gastança

Leia mais

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UMA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS 1

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UMA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS 1 ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UMA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS 1 Jéssica Schreiber Boniati 2, Eusélia Pavéglio Vieira 3. 1 Trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso

Leia mais

SIND 4.0 SIMULAÇÃO INDUSTRIAL MANUAL DA EMPRESA TODOS OS DIREITOS SÃO RESERVADOS À BERNARD SISTEMAS LTDA.

SIND 4.0 SIMULAÇÃO INDUSTRIAL MANUAL DA EMPRESA TODOS OS DIREITOS SÃO RESERVADOS À BERNARD SISTEMAS LTDA. SIND 4.0 SIMULAÇÃO INDUSTRIAL MANUAL DA EMPRESA TODOS OS DIREITOS SÃO RESERVADOS À BERNARD SISTEMAS LTDA. BERNARD SISTEMAS LTDA. Florianópolis, Fevereiro de 2007. Todos os direitos são reservados. Nenhuma

Leia mais

Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Escritório Contábil

Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Escritório Contábil Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Escritório Contábil Oportunidade para os escritórios contábeis Pagga Domésticos é um serviço inovador, lançado em 2013, desenvolvido especialmente

Leia mais

Viver de renda hoje exige ser três vezes mais rico do que em 2003

Viver de renda hoje exige ser três vezes mais rico do que em 2003 Veículo: Uol Data: 24.10.13 Viver de renda hoje exige ser três vezes mais rico do que em 2003 Viver de renda é um sonho cada vez mais distante dos brasileiros. Para ficar sem trabalhar o resto da vida,

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS - MAIO As taxas de juros das operações de crédito ficaram estáveis em maio/2013. Vale destacar que em maio o Banco Central voltou a elevar

Leia mais

Guia de Finanças Pessoais

Guia de Finanças Pessoais Guia de Finanças Pessoais GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS Como estão suas FinanÇas? De onde vem o dinheiro não costuma ser um mistério. Em geral, as pessoas têm uma boa noção de suas receitas, provenientes do

Leia mais

BEM VINDAS NOVAS CONSULTORAS

BEM VINDAS NOVAS CONSULTORAS BEM VINDAS NOVAS CONSULTORAS Os produtos Mary Kay tem 2 grandes defeitos: Não tem boca e Não tem pernas!! Mas você tem!! CONTROLE FINANCEIRO Para saúde do seu negócio independente Não ter um CONTROLE financeiro

Leia mais

ASPECTOS AVANÇADOS NA ANÁLISE

ASPECTOS AVANÇADOS NA ANÁLISE ASPECTOS AVANÇADOS NA ANÁLISE! O que é Necessidade de Capital de Giro (NCG)! Como se determina a NCG! Reclassificação das contas do Ativo e Passivo Circulante! Causas das variações da NCG Autores: Francisco

Leia mais

GESTÃO CONFLITUOSA ADMINISTRAÇÃO

GESTÃO CONFLITUOSA ADMINISTRAÇÃO 1 ADMINISTRAÇÃO GESTÃO CONFLITUOSA A administração das empresas de transportes de cargas está assentada basicamente, em quatro pés: área operacional; área comercial; área financeira e RH. A departamentalização,

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

OS NEGÓCIOS LUCRO = VOLUME PRODUZIDO X PREÇO - CUSTO

OS NEGÓCIOS LUCRO = VOLUME PRODUZIDO X PREÇO - CUSTO OS NEGÓCIOS Odilio Sepulcri* INTRODUÇÃO A sobrevivência dos negócios, dentre outros fatores, se dará pela sua capacidade de gerar lucro. O lucro, para um determinado produto, independente da forma como

Leia mais

2.2 Resultado com mercadorias 2.3 Impostos que afetam as mercadorias 2.4 Critérios de avaliação do estoque

2.2 Resultado com mercadorias 2.3 Impostos que afetam as mercadorias 2.4 Critérios de avaliação do estoque Disciplina: Contabilidade Comercial I Período: 2º Tipo: I Professor: Evaldo Modesto de Ávila Curso: Ciências Contábeis Assunto: Texto Semestre: 2º Nome: Nº: Apostila : Turma: ÚNICA Turno: NOITE Data: 002

Leia mais

PREÇO DE VENDA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

PREÇO DE VENDA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PREÇO DE VENDA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Estabelecer o preço de venda é um dos mais importantes momentos nas decisões a serem implantadas na empresa. A simples questão Por quanto devem ser vendidos os serviços

Leia mais

4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente

4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente 4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente Saiba como melhorar a gestão financeira da sua empresa e manter o fluxo de caixa sob controle Ciclo Financeiro Introdução Uma boa gestão financeira é um dos

Leia mais

Administrando o Fluxo de Caixa

Administrando o Fluxo de Caixa Administrando o Fluxo de Caixa O contexto econômico do momento interfere no cotidiano das empresas, independente do seu tamanho mercadológico e, principalmente nas questões que afetam diretamente o Fluxo

Leia mais

DAVI BARRETO E FERNANDO GRAEFF

DAVI BARRETO E FERNANDO GRAEFF OS TRECHOS EM FONTE NA COR VERMELHA SÃO AS NOVIDADES ACRESCENTADAS PELO AUTOR. CAPÍTULO 2 2.1. QUANDO A AUDITORIA INDEPENDENTE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS É NECESSÁRIA? Vimos que a auditoria tornou se

Leia mais

http://www.comoorganizarcasamento.com

http://www.comoorganizarcasamento.com Como Planejar seu Casamento Sem Stress Copyright 2014 Este e- book é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), é proibida a reprodução do livro por meio eletrônico ou impresso. O e- book

Leia mais