Gestão de workflow em um sistema de trabalho colaborativo síncrono

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de workflow em um sistema de trabalho colaborativo síncrono"

Transcrição

1 AUTOR Nome : Céline AUSSOURD RA : Gestão de workflow em um sistema de trabalho colaborativo síncrono PALAVRAS-CHAVE : gerenciamento de documento, workflow, CSCW (Computer Supported Cooperative Work), controle de acesso

2 Roteiro 1. RESUMO TRABALHOS CORRELATOS SOLUÇÃO A SER ABORDADA CONCLUSÕES Contribuições resultantes Problemas que poderão ser encontrados no desenrolar do sistema Continuação trabalhos futuros e/ou aplicabilidade do sistema REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ANEO 1 : GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS Problemas no gerenciamento eletrônico de documentos A conservação da informação A procura de documentos O ciclo de vida do documento As várias áreas do GED Captação Armazenamento Gerenciamento Distribuição Preservação Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 2

3 1. Resumo Como é apresentado no Anexo 1, o gerenciamento eletrônico de documentos (GED) é tradicionalmente dividido em cinco funcionalidades básicas : captação, armazenamento, gerenciamento, distribuição e preservação. O nosso trabalho se foca no domínio do gerenciamento. No contexto de publicação de artigos ou de criação de qualquer documento técnico que requer a presencia de revisores, os documentos são submetidos a um processo de workflow : o autor pode começar a edição de uma parte de um artigo e depois requerer a revisão desta parte sem parar a edição do resto do documento. Muitas vezes tais documentos (uma página de jornal, uma página web, um dossiê de definição dos requisitos...) são elaborados por vários autores. Deve ser possível que eles possam modificar o documento ao mesmo tempo e trocar idéias para a elaboração do documento. Hoje em dia o documento é sempre mais envolvido em sistemas de workflows (Gerenciamento de Processo de Negócio). Um workflow permite a automação de processos de negócio no todo ou em parte, em que documentos, informação ou tarefas são passadas de um participante a outro para ação, de acordo com regras estabelecidas. No caso de um documento texto, sua modificação pode envolver uma mudança no seu estado : o documento vai passar uma nova etapa no processo de workflow. No sistema de workflow a noção de papéis é importante pois cada pessoa só pode fazer o que é permitido para ela. Por exemplo uma pessoa que possui o papel de redator não vai ter o direito de publicar o documento que ela criou. A condição para poder publicar um documento seria de ter o papel de revisor. Algumas ações podem envolver uma mudança no workflow do documento. Além disso, o surgimento de tecnologias para o suporte de trabalho colaborativo e CSCW (Computer Supported Cooperative Work) têm permitido a mobilidade de pessoas e a realização de tarefas síncronas comuns. Desta maneira, é possível ter um espaço de trabalho compartilhado para a criação de um documento em co-autoria. Os autores vão poder editar o mesmo documento no mesmo tempo sabendo qual parte do documento os outros estão modificando e vendo as modificações que foram feitas. Neste caso a noção de awareness (ou consciência) é usada (os participantes têm consciência do estado do trabalho). No entanto, as ferramentas de trabalho colaborativo são geralmente independentes das ferramentas correlatas ao workflow. É por esta razão que vamos estudar a possibilidade de um sistema de trabalho colaborativo síncrono que seja capaz de gerar o workflow. 2. Trabalhos correlatos Para o gerenciamento do workflow, existem ferramentas especificadas. Em geral, estas ferramentas integram o conteúdo que elas gerenciam. Existe uma visão sobre o conteúdo e o processo de workflow. Desta maneira, se acontece uma modificação que envolve um avanço no processo de workflow, o sistema vai facilmente detectá-la e executar as ações necessárias. Por exemplo, o sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) Plone [1] integra um sistema de workflow. No Plone, o workflow corresponde ao processo de publicação de conteúdo num site web. Por padrão um documento pode ter os estados seguintes : privado, visível, pendente (em espera) ou publicado. Cada usuário do sistema é associado a um papel. Os papéis padrão são : anônimo, membro, proprietário, revisor e administrador. Um mesmo usuário pode possuir vários papéis. Cada papel é associado a direitos sobre os objetos em função dos seus estados. Por exemplo um revisor vai poder publicar ou rejeitar um objeto pendente. Para definir o workflow, transações são estabelecidas. Por exemplo um objeto pode passar do estado pendente ao estado publicado. Esta transição é associada a um nome de ação (publicar) e aos papéis que são autorizados a fazer esta operação (os revisores). Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 3

4 As transações padrão em Plone (podem ser personalizadas) : Quando um objeto passa de um estado a outro, os usuários envolvidos são avisados. Por exemplo se um membro muda o estado de um objeto para pendente, o revisor vai ser avisado que há um objeto para ele publicar ou rejeitar. Um objeto que aparece no espaço de trabalho de um usuário é o mesmo que está visível no espaço de trabalho de um outro usuário. Por isso não há problema de integridade de conteúdo. Mas dois usuários não vão poder editar o mesmo objeto ao mesmo tempo. O trabalho colaborativo síncrono não é possível. Além disso, o Plone armazena os objetos no seu próprio banco de dados. Um documento fora deste banco de objetos não pode ser gerenciado pelo workflow. Para que o documento seja independente da ferramenta de workflow, La Marca et al. [2] propuseram colocar as funcionalidades de coordenação necessária para o workflow junto com o documento. Ele pode ser editado pelos usuários com ferramentas diferentes. Por exemplo um texto pode ser modificado com Word por um usuário ou com OpenOffice por um outro. Para entrar no processo de workflow, o arquivo deve ser colocado em um lugar especifico no sistema de arquivos. Quando uma pessoa envolvida no processo de workflow abrir o documento, uma pergunta poderá aparecer em relação ao workflow (do tipo aceitar ou não esta proposta). Este sistema funciona com uma middleware layer que se situa entre o documento e o sistema de arquivos. A vantagem desta proposta é que o documento é independente de uma ferramenta de workflow. No entanto, há a desvantagem deste sistema não parecer muito flexível quanto à definição de um novo processo de workflow. Ele se restringe a um processo específico. Esta mesma solução foi adaptada para gerar o trabalho colaborativo no contexto do desenvolvimento de software. Neste caso de uso, cada usuário dispõe do seu próprio arquivo fonte. Quando ele editá-lo, ele pode ver as partes que os outros usuários estão modificando nos seus arquivos. Mas ele não é impedido de reescrever em cima do texto do outro usuário. Nesta implementação especifica do sistema não há nenhum workflow. No entanto, este ferramenta tem sempre a ver com awareness e coordenação. Nesta experiência de adaptação ao trabalho colaborativo, o sistema parece limitado e envolve várias instâncias do mesmo documento o que pode atingir a sua integridade. Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 4

5 Para o controle de acesso, o modelo RBAC (role-based access control) [3] parece o mais adaptado aos sistemas de workflow. Ele usa as noções de papel e direito associado que são usadas por Plone por exemplo. Bhatti et al. [4] propuseram a criação de arquivos ML para controlar o acesso a serviços web. Na figura embaixo (extraída de [4]), é apresentado um exemplo de arquivos ML para definir um usuário (a), os papéis (b) e as permissões (c). Esta solução é totalmente baseada nas especificações funcionais de RBAC. Geralmente os documentos gerenciados por workflow contém textos. É por esta razão que nossa pesquisa em ferramenta de trabalho colaborativo será restringida a editores de textos. Quilt [5], por exemplo, é um sistema de co-autoria assíncrona. Quilt dá a possibilidade de adicionar anotações, de identificar e revisar o que fizeram os outros e oferece a possibilidade de se comunicar com os outros usuários por ou conferência. Quilt usa a noção de papéis para definir as permissões de cada um sobre o documento. Uma desvantagem de Quilt é que estes papéis são dificilmente modificados. Por definição, este sistema é assíncrono, o que quer dizer que vários autores não podem editar simultaneamente o mesmo texto. Por outro lado, o editor de texto ShrEdit [6] permite o trabalho colaborativo síncrono. Neste sistema os usuários podem dispor de tantas janelas quantas queiram. Uma janela pode ser compartilhada ou privada. Numa janela privada aperece um documento que só o usuário pode ver e editar. Numa janela compartilhada, aparece um documento compartilhado. Cada usuário tem o seu cursor em uma posição no documento compartilhado. Dois cursores não podem ficar no mesmo lugar e nenhum usuário pode modificar o texto que foi selecionado por um outro usuário. Todas as ações feitas pelos outros usuários aparecem na janela compartilhada. ShrEdit não implementa a noção de papel : cada usuário tem os mesmos direitos. Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 5

6 Tabela recapitulativa : Plone [1] La Marca et al. [2] (aplicação 1 : workflow) La Marca et al. [2] (aplicação 2: trabalho colaborativo) Bhatti et al. [4] Quilt [5] ShrEdit [6] Workflow Papéis/Direitos Trabalho colaborativo síncrono 3. Solução a ser abordada O nosso sistema deve incluir os seguintes requisitos: Deve ser possível definir as etapas de workflow para um documento (transições) Estas etapas de workflow devem ser dependentes dos papéis dos usuários (os papéis são associados às etapas do workflow) Pode existir vários workflows. Deve ser possível definir qual workflow se aplica a qual documento. Papéis devem ser atribuídos a cada usuário. Em função destes papéis um usuário poderá executar algumas ações sobre o documento (edição, validação...). Deve ser fácil a alteração de papéis e direitos para um usuário. Um usuário deve ter a possibilidade de autorizar ou não os avisos relativos aos documentos que estão em espera de uma ação dele. Um documento não definitivo (em elaboração) deve ter um único exemplar para garantir a sua integridade (o sistema facilita isso oferecendo a possibilidade de trabalho síncrono mas não pode garantir a não replicação de um documento). No entanto, podem existir várias versões do mesmo documento. As versões antigas podem ser arquivadas e salvadas. No entanto a gestão das versões é de responsabilidade dos usuários e não de nosso sistema. Vários usuários podem editar um documento texto simultaneamente. Algumas ações devem ser proibidas em função das ações dos outros usuários. Por exemplo deve ser proibido a possibilidade de editar a mesma parte do texto do que um outro autor, mas é possível lê-la. Os usuários devem ser avisados e saber quais partes são ou foram modificadas pelos outros usuários. Ao executar ações, um documento pode avançar no processo de workflow. As ações relativas ao workflow podem ser aplicadas quando o arquivo está aberto por diferentes usuários. Ao longo do processo de workflow, as permissões dos usuários devem mudar em conseqüência da alteração do estado dos documentos. As definições das permissões são importantes para garantir a segurança e integridade do documento. Para nosso sistema deve ser possível a definição dos direitos de maneira dinâmica. Um arquivo ML que define as permissões sobre um documento pode ser associado a ele. Mas deve ser possível a modificação automática deste arquivo ao alterar o documento. Por exemplo se um autor quiser submeter um parágrafo para a revisão, o arquivo ML deverá ser modificado de maneira que o autor não possa mais editar o texto que ele submeteu e permitir a um revisor validar este texto. Contrariamente ao artigo de pesquisa [4] as permissões não vão se aplicar ao objeto inteiro mas a trechos dele. Por exemplo deve ser possível submeter só um parágrafo. Por esta razão o ML deve Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 6

7 integrar a noção de parágrafos e não aplicar as regras ao documento inteiro mas dar a possibilidade de aplicá-las a uma parte só. Para nosso projeto, o modelo RBAC parece ser o mais adaptado. Em nosso caso, parece difícil a possibilidade de uma solução sem a presencia de um sistema gerenciador pois deve ser possível avisar um usuário da modificação do estado de um documento sem que ele tenha que fazer uma ação específica. Também a submissão de um documento para revisão deve ser fácil. De maneira similar aos sistemas GED existentes os usuários poderão entrar no sistema usando um nome de usuário e senha associada. O sistema deverá fazer o mapeamento entre o nome do usuário e os papéis que são associados a ele. Um controle de sessão pode ser usado para controlar as atividades do usuário enquanto estiver trabalhando no sistema. Para permitir tal controle a presença de um sistema global é necessário. Uma arquitetura como foi apresentado no artigo [2] (com uma middleware layer entre o documento e o sistema de arquivos) não permite tal controle. No entanto surgem problemas relativos ao armazenamento do documento. Ele deve ter num formato que permite a sua edição com a ferramenta de co-autoria síncrona. Deverá ser estudada a possibilidade de armazenar o documento no sistema de arquivos clássico (neste caso deve ser possível o mapeamento entre o arquivo e as definições das permissões associadas quando ele for aberto no sistema). Uma outra solução a ser abordada será o armazenamento do documento em um tipo de banco de dados gerenciado pelo sistema. Neste caso o sistema terá mais controle sobre o documento e as características dele e poderá ele mesmo proteger o acesso ao documento, o que não é possível quando o arquivo está armazenado fora do sistema. Neste caso o controle de acesso ao documento é delegado a um outro sistema, como o sistema de arquivos, por exemplo. A ferramenta de edição síncrona de um documento pode ser similar ao editor ShrEdit [6] pois ele possui as características requisitadas. No entanto várias funcionalidades vão ser adicionadas a ele : definição de papéis, possibilidade de ação de workflow... Apresentação do sistema global : Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 7

8 Apresentação de um caso de uso : Um primeiro trabalho em nossa solução vai ser de definir a estrutura do arquivo ML (ou outra tecnologia) que vai permitir definir as permissões sobre o documento. Uma outra etapa será a definição do sub-sistema que vai permitir a modificação ativa das permissões associadas ao documento de acordo com o que foi definido no workflow. Deve ser também elaborado o sistema que vai permitir avisar a posição do documento no workflow os usuários relacionados. Um terceiro passo será a elaboração da interface de trabalho colaborativo que deve incluir funcionalidades relativas ao workflow (submeter, aceitar, rejeitar um texto) e ter as funcionalidades clássicas de uma ferramenta de trabalho colaborativo : identificação dos outros usuários e das ações deles. Uma última possibilidade será a integração de funcionalidades para comunicar-se com os outros usuários (de maneira síncrona como um sistema de conferência ou de maneira assíncrona como um sistema de ). 4. Conclusões 4.1.Contribuições resultantes Um tal sistema vai permitir que um documento seja gerenciado por um workflow e ao mesmo tempo possa ser modificado e estar sempre evoluindo. Nos sistemas de workflow tradicionais um documento que vai ser revisado por exemplo não pode ser editado ao mesmo tempo. Geralmente existe um usuário único que vai modificar o arquivo no momento x. Por conseqüência, um sistema deste tipo é inovador na área das ferramentas de trabalho colaborativo ou awereness. Tal sistema é útil hoje em dia para agilizar as atividades de jornalismo ou qualquer atividade de elaboração de documento. O trabalho colaborativo é sempre mais presente e permite uma eficiência melhor. Este sistema contribui ao desenvolvimento das possibilidades ofertadas pelas ferramentas de trabalho colaborativo. Tal sistema permite controlar totalmente um documento cuidando das ações de cada usuário sobre o documento (para certificar de que unicamente as pessoas que tem o direito de executar ações sobre o documento podem realizá-las). O sistema também garante a integridade do documento cuidando das modificações que são feitas. 4.2.Problemas que poderão ser encontrados no desenrolar do sistema Tal sistema inclui várias funcionalidades que são dificilmente gerenciadas juntas. Hoje em dia as ferramentas de trabalho colaborativo síncrono não são muito usadas pois elas ainda não respondem aos requisitos dos usuários. As ferramentas de trabalho colaborativo mais complexas não aparecem no uso cotidiano. Por conseqüência, um sistema como este que inclui um sistema de workflow de maneira dinâmica apresenta um nível de complexidade alto que pode envolver problemas. A maneira como o gerenciamento do workflow foi projetado é inovadora e pode criar problemas na implementação. Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 8

9 4.3.Continuação trabalhos futuros e/ou aplicabilidade do sistema Este sistema se aplica no contexto de co-autoria de documento textual. Este sistema poderá ser modificado para que suas funcionalidades sejam aplicáveis a outros tipos de documentos. Por exemplo imagens são um tipo de dados sempre mais usado. Uma imagem pode ser elaborada por várias pessoas (caso de um esquema técnico, do design de um web site ou outro). Tal sistema deverá incluir as mesmas características que o presente sistema mas a novidade será o editor de imagens colaborativo síncrono. 5. Referências bibliográficas [1] [2] A. LaMarca, W. K. Edwards, P. Dourish, J. Lamping, I. Smith and J. Thornton, Taking the work out of workflow: mechanisms for document-centered collaboration, Proceedings of the Sixth European conference on Computer supported cooperative work, p.1-20, August 1999, Copenghagen, Denmark. [3] 5. R.S. Sandhu et al., Role-Based Access Control Models, Computer, Feb. 1996, pp [4] Rafae Bhatti, James B. D. Joshi, Elisa Bertino, Arif Ghafoor, "ML-Based Specification for Web Services Document Security", IEEE Computer, Vol. 37, Number 4, April, 2004, pp [5] Robert S. Fish, Robert E. Kraut, Mary D. P. Leland and Michael Cohen, Quilt A Collaborative Tool for Cooperative Writing, Proc. COIS 88 Office Information Systems (Palo Alto, Ca, March 1988). [6] Lola McGuffin and Gary Olson, ShrEdit: A Shared Electronic Workspace, CSMIL Technical Report, Cognitive Science and Machine Intelligence Laboratory, University of Michigan, Anexo 1 : Gerenciamento eletrônico de documentos 6.1.Problemas no gerenciamento eletrônico de documentos A conservação da informação Hoje em dia as empresas se dão conta que a gestão da informação é essencial. Os princípios relacionados ao Knowledge Management (KM) se espalham. O KM ou Gerenciamento do Conhecimento, é o processo de se obter, gerenciar e compartilhar a experiência e especialização dos funcionários. É importante ter a capacidade de gerenciar todo o capital intelectual da empresa. Muitas vezes, o conhecimento fica restrito ao funcionário que o adquiriu e não o compartilhou na empresa. O objetivo é ter acesso a melhor informação no tempo certo, utilizando-se tecnologias de forma corporativa. O KM torna necessário a criação de documentos para formallizar os processos de trabalho. A quantidade de documentos gerenciados por uma empresa é sempre maior. Os processos de Knowledge Management são uma razão entre outras. A Web trouxe também uma grande quantidade de informação dificilmente gerenciada. Além disso, é necessário gerar os antigos documentos que eram em papel e os novos que são digitais A procura de documentos Em frente a esta grande quantidade de documentos, o problema que surge é a procura eficiente da informação. Trabalhadores que utilizam conhecimento como principal ferramenta de trabalho gastam 30% de seu tempo procurando informações segundo pesquisa do Delphi Group. É importante encontrar um documento de maneira rápida para responder às necessidades. Deve ser possível fazer procura de documentos a partir de um conjunto de atributos previamente definidos (metadados), mas também deve ser suportada a recuperação através de palavras e frases contidas Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 9

10 nos documentos. A pesquisa deve ser realizada de forma unificada, de modo que os documentos sejam acessados, recuperados, e visualizados independente do local de armazenamento O ciclo de vida do documento Nos sistemas atuais, um documento tem um estado associado que corresponde a seu posicionamento no ciclo de vida. Exemplo do ciclo de vida de um documento (www.atsolutions.com.br) : Os workflows vão definir quais serão as diferentes etapas de tratamento de um documento, desde sua criação até o arquivamento final. O Gerenciamento de Processo de Negócio também chamado de workflow permite a automação de processos de negócio no todo ou em parte, em que documentos, informação ou tarefas são passadas de um participante a outro para ação, de acordo com regras estabelecidas. 6.2.As várias áreas do GED Para resolver todos estes problemas de gerenciamento, existe o GED que é um conjunto de tecnologias que permitem o gerenciamento de documentos de forma digital. Tais documentos podem ser das mais variadas origens e mídias, como papel, microfilme, som, imagem e mesmo arquivos já criados na forma digital. Tradicionalmente o GED é dividido em cinco funcionalidades básicas : captação, armazenamento, gerenciamento, distribuição e preservação. Dentro dessas funcionalidades, cada tecnologia tem uma função específica. Essas tecnologias, trabalhando reunidas ou isoladamente, promovem a organização de informações não-estruturadas. Segue uma breve descrição de cada funcionalidade relativa ao GED : Captação É o modo como as informações e documentos, eletrônicos ou em papel, passam para um repositório de conteúdo para reutilizar, distribuir e armazenar. São correlatas a esta funcionalidade todas as tecnologias de digitalização de documentos, reconhecimento de caracteres digitais ou manuscritos (ICR, OCR, HCR), extração de dados que provêm de formulários (Forms Processing, Eforms/WebForms), organização e indexação (COLD/ERM), etc. Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 10

11 6.2.2.Armazenamento É onde se coloca o conteúdo e como você o encontra novamente. Os dados podem ser armazenados num sistema de arquivo com uma estrutura hierárquica de arvore ou num Data Warehouse ou banco de dados para os dados estruturados. Os sistemas gerenciador de conteúdo CMS (Content Management System) usam geralmente repositórios específicos para armazenar os dados que podem ser arquivos. Os principais objetivos do CMS são permitir fácil criação, publicação e retorno de conteúdo que se ajuste às necessidades requeridas Gerenciamento O gerenciamento de documentos é o conjunto de ferramentas e técnicas para mover conteúdo pela organização e monitorar o desempenho. O sistema GED deve ser capaz de gerenciar qualquer formato eletrônico, incluindo diferentes formatos de imagens, textos, documentos compostos, arquivos eletrônicos, áudio digital, vídeos etc. São correlatos a esta funcionalidade o conceito de colaboração com todas as ferramentas associadas (autoria colaborativa, videoconferência, quadros compartilhados etc) que permitem aos usuários trabalharem o mesmo conteúdo num ambiente comum. O workflow faz também parte do processo de gerenciamento do documento Distribuição A distribuição é como conseguir o conteúdo certo para o público certo no dispositivo certo. As tecnologias de gerenciamento de direitos digitais permitem a distribuição segura de conteúdo. Existem outros conceitos relativos à distribuição como a noção de personalização que relaciona o individuo com o conteúdo. Para conseguir a distribuição dos documentos, o processo de transformação é essencial : ele vai permitir a troca de formato de um conteúdo para outro, conforme a necessidade. O formato PDF (Portable Document Format), por exemplo, é conhecido para a publicação de documentos Preservação Para o armazenamento a longo-prazo do conteúdo, existem várias opções. O papel, secular, é sempre muito usado para guardar documentos e assegurar que eles sejam lidos daqui a cem anos ou mais. O micro-filme é também muito usado pois é um dos mídias com a durabilidade a mais alta (até 500 anos num ambiente com uma temperatura de 10 C e 25% de umidade). Céline AUSSOURD DD/12/YYYY 11

GED. Conceito: Razões Para o Uso do GED:

GED. Conceito: Razões Para o Uso do GED: GED Conceito: Gerenciamento Eletrônico de Documentos, ou somente GED, é um conjunto de tecnologias e procedimentos para o gerenciamento de documentos e informações em meio digital. O GED é implementado

Leia mais

Luciano Rocha Diretor Técnico Enial Coord..de TI Sec. Geral Mesa da ALES www.al.es.gov.br - luciano@al.es.gov.br Tel.: 027 3382.

Luciano Rocha Diretor Técnico Enial Coord..de TI Sec. Geral Mesa da ALES www.al.es.gov.br - luciano@al.es.gov.br Tel.: 027 3382. Luciano Rocha Diretor Técnico Enial Coord..de TI Sec. Geral Mesa da ALES www.al.es.gov.br - luciano@al.es.gov.br Tel.: 027 3382.3858-99712845 GED - ECM Estatísticas: Gasta-se 400 horas por ano procurando

Leia mais

Sistemas Cooperativos. Professor Alan Alves Oliveira

Sistemas Cooperativos. Professor Alan Alves Oliveira Sistemas Cooperativos Professor Alan Alves Oliveira 1. Sistemas de Informação e Sistemas Cooperativos 2 Sistemas de Informação 3 Sistemas de Informação Sistemas ampamente utilizados em organizações para

Leia mais

Prof a. Lillian Alvares. Curso de Arquivologia

Prof a. Lillian Alvares. Curso de Arquivologia Prof a. Lillian Alvares Curso de Arquivologia Universidade id d de Brasília Datasul Collecta Gartner Group Universidade Federal de Pernambuco, Departamento de Ciência da Informação Estatísticas Estatísticas

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos. Resumo. Palavras-chave. Summary. Word-key

Gerenciamento Eletrônico de Documentos. Resumo. Palavras-chave. Summary. Word-key Gerenciamento Eletrônico de Documentos Alexandra Holanda Jaber 1 Marina Vaz Cunha da Silva 1 Rogério Rodrigues de Andrade 1 Pedro Nogueira de Souza 1 Resumo O GED é um Sistema desenvolvido para agilizar

Leia mais

Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação

Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação O SoftExpert ECM Suite provê as tecnologias utilizadas para criar, capturar, gerenciar, armazenar, preservar e distribuir todos os

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

Sistemas Colaborativos: Conceito, Característicasdes e Funcionalidades

Sistemas Colaborativos: Conceito, Característicasdes e Funcionalidades Sistemas Colaborativos: Conceito, Característicasdes e Funcionalidades Carla Oliveira (e-mail) é formada pela FATEC - Faculdade de Tecnologia de São Paulo, no curso de Automação de Escritórios e Secretariado.

Leia mais

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging Aplicações de GED Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Gerenciamento de documentos (Document Management) Sistema de Gerenciamento de documentos técnicos (engineering

Leia mais

Dealer Platinum: SOLUÇÕES PAPERLESS GED ECM BPMS

Dealer Platinum: SOLUÇÕES PAPERLESS GED ECM BPMS Dealer Platinum: SOLUÇÕES PAPERLESS GED ECM BPMS A EMPRESA A ECMDOC é empresa focada em Soluções Paperless para o Gerenciamento de Documentos, Conteúdo, Informações e Processos para pequenas, médias e

Leia mais

Groupware. Protocolos e Artefatos de Coordenação em CSCW Cleidson de Souza cdesouza@ufpa.br. Exemplos. Protocolos e Artefatos de Coordenação

Groupware. Protocolos e Artefatos de Coordenação em CSCW Cleidson de Souza cdesouza@ufpa.br. Exemplos. Protocolos e Artefatos de Coordenação Groupware Protocolos e Artefatos de Coordenação em CSCW Cleidson de Souza cdesouza@ufpa.br Tecnologia computacional para auxiliar o trabalho cooperativo Mas Como o trabalho cooperativo é executado? Como

Leia mais

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos Curso de Introdução ao Plone Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Modulo A Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves

Leia mais

Construindo portais com Plone. Módulo Workflow

Construindo portais com Plone. Módulo Workflow Construindo portais com Plone Módulo Workflow Introdução Workflow = fluxo de trabalho Um workflow é uma série de interações que devem ocorrer para se completar uma tarefa. Qualquer organização possui workflows:

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

Módulo Administrativo

Módulo Administrativo Módulo Administrativo GED Gestão Eletrônica de Documentos Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Administrativo GED Gestão Eletrônica de Documentos. Todas informações aqui

Leia mais

Portais corporativos: evolução, aplicação, tendências e casos. de implantação. Fernando Silva Parreiras

Portais corporativos: evolução, aplicação, tendências e casos. de implantação. Fernando Silva Parreiras Portais corporativos: evolução, aplicação, tendências e casos de implantação Fernando Silva Parreiras Fernando Silva Parreiras Mestrando em ciência da informação pela ECI UFMG Especialista em gestão financeira

Leia mais

Proposta de um sistema para ranqueamento para sistemas gerenciadores de conteúdo baseado em análises comparativas

Proposta de um sistema para ranqueamento para sistemas gerenciadores de conteúdo baseado em análises comparativas André Luiz França Batista Orientador: José Monserrat Neto Proposta de um sistema para ranqueamento para sistemas gerenciadores de conteúdo baseado em análises comparativas Departamento de Ciência da Computação

Leia mais

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE 1 Índice Dicas iniciais O que é o Plone? 3 Formulário de Solicitação 6 Acesso ao Plone 6 Configurações do Site 14 Inserindo Conteúdo Inserir Pastas

Leia mais

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Curso de Introdução ao Plone Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Parte IV - Criação

Leia mais

Explorando o SharePoint como ferramenta de uma nova Gestão de Documentos Corporativos

Explorando o SharePoint como ferramenta de uma nova Gestão de Documentos Corporativos Explorando o SharePoint como ferramenta de uma nova Gestão de Documentos Marcos Moysés da Cunha marcos.cunha@eletrobras.com (21) 2514-5695 Gestão de Documentos SharePoint GED... caminho... Gestão de Documentos

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

GED / ECM / EIM. Gerenciamento Eletrônico de Documentos ou Gestão Eletrônica de Documentos. Por: Marcelo Vasconcelos Fatudo

GED / ECM / EIM. Gerenciamento Eletrônico de Documentos ou Gestão Eletrônica de Documentos. Por: Marcelo Vasconcelos Fatudo Gerenciamento Eletrônico de Documentos ou Gestão Eletrônica de Documentos Por: Marcelo Vasconcelos Fatudo OBJETIVOS: GERAR ARMAZENAR CONTROLAR COMPARTILHAR RECUPERAR DADOS E/OU INFORMAÇÕES DADO / INFORMAÇÃO

Leia mais

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia.

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia. A Empresa A GDDoc é uma empresa especializada na gestão de documentos digitais e arquivos, auxilia as empresas a administrar através da tecnologia o uso de papel, para alcançar estes objetivos fazemos

Leia mais

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Sumário Access 2010... 2 Excel Core 2010... 3 Excel Expert 2010... 4 Outlook 2010... 5 PowerPoint 2010... 8 Word Core 2010... 9 Word Expert 2010... 10 Access 2010 1. Gerenciando

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM RECURSOS HUMANOS

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM RECURSOS HUMANOS GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM RECURSOS HUMANOS Currículos, correspondência, recomendações, declarações de rendimentos, e muito mais montanhas de papéis que chegam

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO DOCUMENTOS JURÍDICOS

BOLETIM INFORMATIVO DOCUMENTOS JURÍDICOS BOLETIM INFORMATIVO DOCUMENTOS JURÍDICOS 10 passos para implantação de projetos de Gestão da informação no setor Jurídico outubro/2013 A AUTOMAÇÃO DE DOCUMENTOS JURÍDICOS É VITAL PARA O PRÓPRIO PROCESSO

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Leve seus formulários... Não o papel! Documentos corporativos nunca foram tão leves e fáceis de carregar.

Leve seus formulários... Não o papel! Documentos corporativos nunca foram tão leves e fáceis de carregar. Leve seus formulários... Não o papel! Documentos corporativos nunca foram tão leves e fáceis de carregar. Você sabia que? 80% da impressão corporativa está relacionada a transações* Tal como: - Faturas

Leia mais

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Março de 2015 Introdução O acesso móvel ao site do Novell Vibe pode ser desativado por seu administrador do Vibe. Se não conseguir acessar a interface móvel do

Leia mais

Visão geral do Microsoft Office Word 2007. Crie conteúdo com aparência profissional

Visão geral do Microsoft Office Word 2007. Crie conteúdo com aparência profissional Visão geral do Microsoft Office Word 2007 Bem vindo ao Microsoft Office Word 2007, incluído na versão 2007 do Microsoft Office system. O Office Word 2007 é um poderoso programa de criação de documentos

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

O Sistema mais completo. de Captura e GED. do Mercado. MegaGED

O Sistema mais completo. de Captura e GED. do Mercado. MegaGED O Sistema mais completo de Captura e GED do Mercado AutoStore O AutoStore é um software de captura e distribuição de documentos (Texto, Imagens e Arquivos Eletrônicos) Com o AutoStore é possível automatizar

Leia mais

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Comunidades de Prática Grupos informais e interdisciplinares de pessoas unidas em torno de um interesse

Leia mais

Digitalização de Documentos. Wilton Tamane

Digitalização de Documentos. Wilton Tamane Digitalização de Documentos Wilton Tamane Digitalização de Documentos Índices Campo Texto Imagens XaaS Cloud BPM BI KPI BAM BPMS Workflow KM Inovação Colaboração Compartilhamento Mobile BYOD SoLoMo Repositório

Leia mais

Sistemas Cooperativos

Sistemas Cooperativos Comércio Eletrônico e Sistemas Cooperativos Sistemas Cooperativos Prof. Hélio de Sousa Lima Filho helio.slfilho@hotmail.com 1. Definição Sistemas mais dinâmicos Exige maior interação entre os usuários

Leia mais

Principais diferenciais do Office 365

Principais diferenciais do Office 365 Guia de compras O que é? é um pacote de soluções composto por software e serviços, conectados à nuvem, que fornece total mobilidade e flexibilidade para o negócio. Acessível de qualquer dispositivo e qualquer

Leia mais

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign.

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign. O e-docs Uma ferramenta com interface intuitiva, simples e dinâmica para você que necessita: Centralizar e estruturar o conhecimento corporativo. Manter a flexibilidade necessária para a colaboração. Permite

Leia mais

Disciplina: Tecnologias de Informação e Comunicação Ano Letivo 2014/2015

Disciplina: Tecnologias de Informação e Comunicação Ano Letivo 2014/2015 A informação, o conhecimento e o mundo das tecnologias. (I7.1) Utilização do computador e/ou dispositivos eletrónicos similares em segurança. (I7.2) 1. Compreender a evolução das tecnologias de informação

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

Gestão Documental e Governança da Informação - O Debate Necessário

Gestão Documental e Governança da Informação - O Debate Necessário Gestão Documental e 11 de novembro de 2014 Auditório da Torre do Tombo PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI Critérios de Avaliação e Tendências dos ECM Luís Vidigal (APDSI) Lisboa 11 de Novembro

Leia mais

Image Enable: conceito

Image Enable: conceito Image Enable Gestão Eletrônica de Documentos - GED Image Enable: conceito Empresas possuem diversos sistemas para controlar suas operações Sistemas integrados de gestão; Sistemas de Recursos humanos, Contabilidade,

Leia mais

Fase III Iteração II

Fase III Iteração II Fase III Iteração II Gerenciamento de Usuários e Workflow do Portal 1) Introdução Para que um portal ofereça um eficiente gerenciamento de conteúdo é necessário que as funções dos usuários e os processos

Leia mais

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias Semântica para Sharepoint Busca semântica utilizando ontologias Índice 1 Introdução... 2 2 Arquitetura... 3 3 Componentes do Produto... 4 3.1 OntoBroker... 4 3.2 OntoStudio... 4 3.3 SemanticCore para SharePoint...

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT O PowerPoint é uma poderosa ferramenta que faz parte do pacote Office da Microsoft. O principal uso desse programa é a criação de apresentação de slides, para mostrar

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

Xerox DocuShare 7.0. Gerenciamento de Conteúdo Empresarial para Todas as Organizações

Xerox DocuShare 7.0. Gerenciamento de Conteúdo Empresarial para Todas as Organizações Serviços de Automação de Fluxo de Trabalho Xerox Folheto de Soluções Xerox DocuShare 7.0 Gerenciamento de Conteúdo Empresarial para Todas as Organizações O trabalho no escritório pode funcionar melhor.

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM Reduza Custos, aumente produtividade e melhore processos com a Gestão Eletrônica de Documentos para a área Jurídica. Com o Docsystem

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM CONTÁBIL

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM CONTÁBIL GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM CONTÁBIL Digitalize e Gerencie de forma estruturada e simples os documentos Contábeis de sua empresa em uma plataforma segura e totalmente

Leia mais

EKM Visão Geral. Vinicius Strugata João Aguirre Ricardo Damian

EKM Visão Geral. Vinicius Strugata João Aguirre Ricardo Damian EKM Visão Geral Vinicius Strugata João Aguirre Ricardo Damian EKM 2.0 Desafios na Simulação de Engenharia PAGE 2? Cenário 1: Colaboração Cenário 2: Reutilização Vários analistas trabalhando no mesmo Projeto

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Serviços DHCP Server: O DHCP ("Dynamic Host Configuration Protocol" ou "protocolo de configuração

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas

Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas Versão 0.1 08/09/09 Instituto de Computação - UNICAMP Grupo: Alexandre Tolstenko 072737 Eddy Nakamura 074822 Letícia Feniman 074165 Marcel Carlos 071675

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED)

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) Automação em Arquivos GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) O que é GED GED é a tecnologia que provê um meio de facilmente armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados 1 O que o Plone é? Um Sistema Gerenciador de Conteúdo (CMS - Content Management System) livre e de código aberto. Possui sistema

Leia mais

Thalita Moraes PPGI Novembro 2007

Thalita Moraes PPGI Novembro 2007 Thalita Moraes PPGI Novembro 2007 A capacidade dos portais corporativos em capturar, organizar e compartilhar informação e conhecimento explícito é interessante especialmente para empresas intensivas

Leia mais

Consoles do Adobe Experience Manager

Consoles do Adobe Experience Manager Consoles do Adobe Experience Manager Overview / Adobe Experience Manager / Adobe Experience Manager 6.0 / Criação / Trabalhar com o ambiente de criação / Vários consoles especializados

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar a iniciação ao OneNote 1 O MICROSOFT OFFICE ONENOTE 2003 OPTIMIZA A PRODUTIVIDADE AO PERMITIR QUE OS UTILIZADORES CAPTEM, ORGANIZEM

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

"Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014

Manual de Acesso ao Moodle - Discente 2014 "Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014 Para acessar a plataforma, acesse: http://www.fem.com.br/moodle. A página inicial da plataforma é a que segue abaixo: Para fazer o login, clique no link Acesso

Leia mais

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 13/AGO/2012 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital

O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Tipos de GED: Document imaging Document management Document Imaging / Document Management O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital

Leia mais

CONTROL YOUR INFORMATION BEFORE IT CONTROLS YOU

CONTROL YOUR INFORMATION BEFORE IT CONTROLS YOU CONTROL YOUR INFORMATION BEFORE IT CONTROLS YOU Gestão integrada de documentos e processos A gestão de documentos é um processo essencial ao bom desempenho de uma em pres a e um reflexo de sua organização

Leia mais

Ambientes ecléticos na nuvem - uma abordagem de integração tecnológica. Estudo de caso: GooPortal na Arquivística

Ambientes ecléticos na nuvem - uma abordagem de integração tecnológica. Estudo de caso: GooPortal na Arquivística Ambientes ecléticos na nuvem - uma abordagem de integração tecnológica Universidade de Évora, 4 de Outubro de 2014 Estudo de caso: GooPortal na Arquivística PLATAFORMA COMPUTACIONAL DE REDE Desmaterialização

Leia mais

Seu dia é mais inteligente

Seu dia é mais inteligente Seu dia é mais inteligente O 2007 Microsoft Office system é uma plataforma de soluções inteligentes para tarefas operacionais, estratégicas e organizacionais. O conjunto de aplicativos e servidores e a

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 24/08/2011 No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

Groupware. Protocolos e Artefatos de Coordenação. Mecanismo de Coordenação. Cleidson de Souza cdesouza@ufpa.br. Artefatos.

Groupware. Protocolos e Artefatos de Coordenação. Mecanismo de Coordenação. Cleidson de Souza cdesouza@ufpa.br. Artefatos. Groupware Tecnologia computacional para auxiliar o trabalho cooperativo Mas Como o trabalho cooperativo é executado? Como as pessoas trabalham em conjunto? Como a tecnologia existente facilita (ou dificulta)

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos O gerenciamento de informações é crucial para o sucesso de qualquer organização.

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012 Florianópolis, 05 de dezembro de 2012. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.10.1.8-05-12-2012 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela Aula 01 - Formatações prontas e Sumário Formatar como Tabela Formatar como Tabela (cont.) Alterando as formatações aplicadas e adicionando novos itens Removendo a formatação de tabela aplicada Formatação

Leia mais

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN S U M Á R I O 1Tela de Login...2 2 Painel......3 3 Post...4 4 Ferramentas de Post...10 5 Páginas...14 6 Ferramentas de páginas...21 7 Mídias...25 8 Links......30 1 1- TELA DE LOGIN Para ter acesso ao wordpress

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

Apresentação Prática

Apresentação Prática Apresentação Prática Este curso contém exercícios com editor de texto Word e também exemplos de acesso à Internet e deve ser utilizado para a apresentação do Método de ensino a pessoas que já tenham tido

Leia mais

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Aviso sobre direitos autorais 2004 Copyright Hewlett-Packard Development Company, L.P. A reprodução, adaptação ou tradução sem permissão

Leia mais

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos O gerenciamento de informações é crucial para o sucesso de qualquer organização.

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando

1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando QUESTÕES WORD 2007/2010 PROF.JULIO RAMOS PAG.1 1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando na opção da guia Arquivo, por meio de uma janela padronizada. Essa janela

Leia mais

GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS CORRELATAS.

GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS CORRELATAS. informacao tecnologia GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS CORRELATAS. edição 2009 2 Objetivo da apresentação O objetivo desta apresentação é transmitir a importância

Leia mais

Manual de Iniciaça o. Índice

Manual de Iniciaça o. Índice Manual de Iniciaça o Índice Passo 1- Definir... 2 Definir grupos de tarefas... 2 Definir funções... 6 Definir utilizadores... 11 Definir o Workflow... 14 Definir tarefas... 18 Passo 2 - Planear... 21 Planear

Leia mais

Introdução ao Tableau Server 7.0

Introdução ao Tableau Server 7.0 Introdução ao Tableau Server 7.0 Bem-vindo ao Tableau Server; Este guia orientará você pelas etapas básicas de instalação e configuração do Tableau Server. Em seguida, usará alguns dados de exemplo para

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Módulo Faturamento. Da prestação de serviço à remuneração dos médicos. www.centralxclinic.com.br. 1 Configuração do faturamento

Módulo Faturamento. Da prestação de serviço à remuneração dos médicos. www.centralxclinic.com.br. 1 Configuração do faturamento Centralx Clinic O ciclo de trabalho completo em um só sistema. Para ambientes de alta produtividade, do agendamento à consulta, do faturamento ao rateio entre prestadores de serviço, o Centralx Clinic

Leia mais

Usando o Adobe Acrobat X para aumentar a colaboração com o Microsoft SharePoint e o Microsoft Office

Usando o Adobe Acrobat X para aumentar a colaboração com o Microsoft SharePoint e o Microsoft Office Usando o Adobe Acrobat X para aumentar a colaboração com o Microsoft SharePoint e o Microsoft Office Acelere os ciclos de revisão de projetos, integrando os fluxos de trabalho para o SharePoint e plataforma

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word PowerPoint 2013 Sumário Introdução... 1 Iniciando o PowerPoint 2013... 2 Criando Nova Apresentação... 10 Inserindo Novo Slide... 13 Formatando Slides... 15 Inserindo Imagem e Clip-art... 16 Inserindo Formas...

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

Manual de utilização do Zimbra

Manual de utilização do Zimbra Manual de utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web ( Firefox, Chrome e Internet Explorer ) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário,

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Notícia de privacidade da Johnson Controls

Notícia de privacidade da Johnson Controls Notícia de privacidade da Johnson Controls A Johnson Controls, Inc. e companhias filiadas (coletivamente, Johnson Controls, nós ou nossa) respeitam sua privacidade e estão comprometidas em processar suas

Leia mais

Biblioteca Digital da UNIVATES utilizando a ferramenta DSpace. Alexandre Stürmer Wolf, Ana Paula Lisboa Monteiro, Willian Valmorbida

Biblioteca Digital da UNIVATES utilizando a ferramenta DSpace. Alexandre Stürmer Wolf, Ana Paula Lisboa Monteiro, Willian Valmorbida Biblioteca Digital da UNIVATES utilizando a ferramenta DSpace Alexandre Stürmer Wolf, Ana Paula Lisboa Monteiro, Willian Valmorbida Roteiro Biblioteca Digital da UNIVATES Bibliotecas: Conceitos Metas da

Leia mais

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Power Point ÍNDICE ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4 Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Guia Design... 14 Cores... 15 Fonte... 16 Efeitos... 17 Estilos de Planos

Leia mais