ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão"

Transcrição

1 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 42/2012 REGISTRO DE PREÇOS Nº. 62/2012 OBJETO: MEDICAMENTOS ATA DE JULGAMENTO DO PROCESSO MVP Nº 3.192/2012 RECURSO ADMINISTRATIVO INTERPOSTO PELA EMPRESA: WAM-MED DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA. Aos trinta dias do mês de janeiro do ano de dois mil e treze, na sala de licitações da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão, sito na Rua Frei Orlando, 199, 4º andar, Canoas (RS), reuniu-se a Comissão do Registro de Preços, designada por Decreto, para analisar o recurso, de número acima mencionado, registra-se que o mesmo foi impetrado tempestivamente, cujas razões apresentadas no sentido de requerer a reforma da decisão que inabilitou a empresa na Concorrência nº 42/2012, Registro de Preços nº 62/2012, cujo objeto é Medicamentos para Farmácia Básica, pelos motivos expostos em Ata de Julgamento da Fase de Habilitação. Alega a recorrente o que segue, resumidamente: [...]Edital nº 365/2012, Concorrência Pública nº 42/2012, Registro de Preços nº 42/2012. WAM-MED DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob nº / , com sede na Rua Irmão Félix Roberto nº 181, Depósito 01, Bairro Humaitá, Município de Porto Alegre, RS, neste ato representada por CARLA CASAGRANDE CANOVA, sóciaproprietária, que recebe intimações à Avenida Padra Anchieta nº 1584, conjunto 301, Bairro Centro, Município de Encantado, Estado do Rio Grande do Sul, CEP nº , vem, ante a elevada presença de Vossa Excelência, apresentar RECURSO AO RESULTADO DO JULGAMENTO DA FASE DE HABILITAÇÃO do Edital de nº 365/2012, Concorrência Pública nº 42/2012 e Registro de Preços nº 42/2012, nos termos que doravante passa a expor. DOS FATOS E FUNDAMENTOS DE MÉRITO. A requerente possui como atividade econômica principal o comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano e não fabricação de fármacos. Dito isto, impende destacar que Vossa Administração publicou o Edita de nº 365/23012, de sorte a realizar licitação que possui como objeto o REGISTRO DE PREÇOS processada através da Concorrência Pública nº 42/2012, com o critério de julgamento do TIPO MENOR PREÇO POR ITEM. Com efeito, por saber-se estrita cumpridora dos requisitos exigidos no Edital de nº 365/2012, a Requerente habilitou-se a participar do certame, apresentando, para tanto, todos os itens exigidos no Edital Convocatório. Ocorre, todavia, que a Comissão de Registro de Preços entendeu por inabilitar a Requerente, pois a análise da servidora da SMPG, Contadora, Sra. Mahra Bobsin, CRC/RS , Matr , analisou os documentos em atendimento às exigências dos itens ao , do Edital entendeu que a Requerente possui ILC = 1,0, ILG = 0,9, ISG = 0,9. Licitante não atendeu patamares de liquidez e solvência exigidos pelo Decreto

2 Municipal 589/2005, por consequência, não comprovou capacidade econômicofinanceira a participar do certame,, ou seja, supostamente sem as exigências contidas no edital. Ocorre, todavia, que o parecer exarado pela Sra. Contadora apresenta-se, s.m.j., equivocado e precipitado, merecendo imediata reforma, sob pena de afronta do Edital Convocatório nº 365/2012. Demonstra-se a convicção. Ao abordar a qualificação econômico-financeira das licitantes, o item de nº e , do Edital assim exige: Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei, que comprovem a boa situação financeira da licitante, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizados por índices oficiais quando encerrados há mais de 03 meses da data de apresentação da proposta. Com base nos dados extraídos do balanço será avaliada a capacidade financeira da licitante na forma do Decreto Municipal nº 589 de 15/07/2005. a) Índice de Liquidez Corrente (ILC) deverá ser igual ou superior a 1,0 conforme fórmula abaixo: ILC = Ativo Circulante dividido pelo Passivo Circulante. b) Índice de Liquidez Geral (ILG) deverá ser igual ou superior a 1,0, conforme fórmula abaixo: ILG = Ativo Circulante + Ativo Realizável a Longo Prazo dividido pelo Passivo Circulante + Passivo Exigível a Longo Prazo. c) Índice de Solvência Geral (ISG) deverá ser igual ou superior a 1,0, conforme fórmula abaixo: ISG = Ativo Total dividido pelo Passivo Circulante + Passivo Exigível a Longo Prazo A documentação necessária para a comprovação da capacidade econômico-financeira da licitante será constituída pelas demostrações contábeis constante do balanço patrimonial, demonstração de resultado do exercício e notas explicativas, referente ao último exercício encerrado. De acordo com a data de abertura da licitação, há a impossibilidade de se exigir o balanço patrimonial antes do decurso do prazo de quatro meses seguintes ao término deste. Neste caso, poderão ser apresentadas as demonstrações contábeis do penúltimo exercício social. No caso das Sociedades Anônimas ou de empresas que publicarem seus balanços na forma da Lei 6404/76, deverá ser apresentada somente a publicação no Diário oficial. Para as demais empresas, as demonstrações contábeis deverão apresentar comprovação de registro no órgão competente. A documentação das sociedades comerciais deverá atender também aos dispositivos das INDNRC 102/06 e INDNRC 107/2008 (Instrução Normativa do Departamento Nacional de Registro do Comércio). Procedendo a análise dos itens acima colacionado, há que se destacar que o Decreto Municipal nº 589/2005, assim preceitua: Art. 2º. Os editais de licitações, bem como os contratos, acordos, convênios ou ajustes, para os quais for pertinente a utilização de indicadores para a verificação de situação econômico-financeira, deverão aplicar ou seguintes critérios a serem obtidos através do exame do Balanço Patrimonial e do Demonstrativo dos Resultados do último exercício social: Índice de Liquidez Corrente LC, Índice de Liquidez Geral LG, Solvência Geral SG. É o inciso II do mesmo dispositivo legal prevê os seguintes quantitativos: II Para demais contratações de bens e serviços: LC = AC/PC LC deve ser igual ou superior a 1,0(um virgula zero). LG = (AC +RLP)/(PC+ELP) LG deve ser igual ou superior a 1,0 (um virgula zero). SG = AT(PC +ELP) SG deve ser igual ou superior a 1,0 (um virgula zero). 1º Para efeito de avaliação será considerado o valor calculado mediante a aplicação dos critérios previstos no Art. 2º, inc. I e II, mantida apenas a primeira casa decimal após a virgula sem qualquer critério de arredondamento, desprezadas as demais casas decimais após a virgula. Deverá ser considerado, também

3 que: Sendo que LC, LG e SG assim são denominadas: LC= avalia a capacidade de empresa de saldar suas obrigações a curdo prazo. LG = avalia a capacidade da empresa em liquidar sua dívidas a longo prazo. SG = avalia a capacidade financeira da empresa e longo prazo para satisfazer as obrigações assumidas perante terceiros, exigíveis a qualquer prazo. AC = é o Ativo Circulante verificado para a empresa. PC = é o Passivo Circulante verificado para a empresa. RLP = é o Realizável a Longo Prazo verificado para a empresa. ELP = é o Exigível a Longo prazo verificado para a empresa. AT = é o Ativo Total verificado para empresa. Neste Norte, tem-se que LC = ativo circulante/passivo circulante (com resultado igual ou superior a 1,0); LG = ativo circulante + realizável a longo prazo, divido pela soma de passivo circulante e exigível a longo prazo (com resultado igual ou superior a 1,0); e, por fim, SG = ativo total dividido pela soma de passivo circulante e exigível a longo prazo(com resultado igual ou superior a 1,0). E a contadora responsável pela análise dos documentos julgou que a Requerente apresentou ILC = 1,0, ILG = 0,9, ISG = 0,9, ou seja, o índice de liquidez geral e o índice de solvência geral estão hipotéticamente abaixo do solicitado, ou seja, igual ou superior a 1,0(um vírgula zero). Entretanto, importante informar que índice de liquidez corrente(ilc), índice de liquidez geral(ilg) e índice de solvência geral (ISG) apresentados pela empresa na Concorrência pública 42/2012, contemplados no art. 2º do Decreto Municipal nº 589/2005, estão acima dos indicadores mínimos exigidos pela legislação do Município de Canoas, conforme se pode verificar no relatório anexo das demonstrações dos índice econômicos financeiros. Salienta-se que no cálculo do índice de liquidez corrente (ILC), índice de liquidez geral(ilg) e do índice de solvência geral(isg) apresentados pela empresa e todas as contas utilizadas e exigidas pelo Decreto Municipal nº 589/2005 estão contempladas no cálculo, sendo extraídas do balanço Patrimonial escriturado no Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), que contempla o período de 01 de Janeiro de 2011 a 31 de Dezembro de Portanto, a empresa atendeu todas as exigências no que tange aos índices que comprovam a sua capacidade econômico-financeira, apresentando o ILC (índice de liquidez corrente) de 1,12 acima do indicador exigido de 1,0, ILG(índice de liquidez geral) de 1,04 acima do indicador exigido de 1,0 e o ISG (índice de solvência geral) de 1,07 também acima do indicador mínimo de 1,00. Assim, impossível admitir que o Edital Convocatório seja desobedecido, sendo imperiosa a nulidade do procedimento, em respeito a Lei nº 8.666/93, que assim refere no seu artigo 3º caput: Art. 3º A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos (Redação dada pela Lei nº , de 2010). Assim, o edital é a lei. No caso, por ser observada, necessário seja desconstituída a decisão de inabilitação, pois contrária ao exigido no instrumento convocatório. Destarte, os formalismos impostos pela douta contadora vão além do indispensável para o cumprimento das obrigações, bem como violam a competitividade do procedimento licitatório. Além disso, importante destacar que o artigo 27 da Lei de Licitações estabelece que, para a habilitação dos licitantes, será obrigatória exclusivamente a documentação ali prevista, qual seja, qualificação técnica, habilitação jurídica,

4 qualificação econômico-financeira, regularidade fiscal e entendimento ao disposto no inciso XXXIII, do artigo 7º da CRFB. Com efeito, a Requerente atende, satisfatoriamente, ao que seria legal e razoavelmente necessário para a execução do objeto contratual, não tendo meras formalidades o condão de inabilitar a licitante. Desse modo, resta patente que o edital infringe principalmente os princípios da isonomia e da seleção da proposta mais vantajosa, bem como a competitividade do certame. DOS PEDIDOS FINAIS. DIANTE DO EXPOSTO, considerando que a empresa cumpriu com o solicitado no edital convocatório, especialmente com as cláusulas de nºs e , bem como com o Decreto Municipal nº 589/2005, a Requerente deseja de Sua Senhoria: 1. Seja habilitada na Concorrência Pública nº 42/2012 e no Registro de Preços nº 42/2012, conforme fundamentos expostos; 2. Seja autorizada a produção de todos os meios de provas admitidos. Nestes termos, Pede deferimento. Porto Alegre/RS, 15 de janeiro de Carla Casagrande Canova.[...]. Como pode ser constatado o motivo da inabilitação da recorrente foi não ter atendido as exigências dos itens do Edital. O recurso em tela refere questões de ordem de qualificação econômico-financeira. A CRP fez a juntada de todos os documentos da recorrente do Processo 56217/2012, e submeteu à nova análise da Sra. Mahra Bobsin, Contadora da SMPG, Matrícula , CRC/RS nº , que em 09/04/2012 assim manifestou: Senhor Presidente. Trata-se de recurso impetrado pela licitante WAM-MED DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA, inabilitada conforme Ata de Julgamento da Fase de Habilitação de 09/01/2013. Inconformada com o parecer desfavorável, recorrente alega apresentar condição superior ao estabelecido em Decreto Municipal nº. 589/2005, arguindo estar apta no certame quanto à situação econômico-financeira. Apresentou para tal, índices contábeis calculados pelo profissional contabilista, responsável pela elaboração das demonstrações contábeis, nos quais verificamos que os indicadores foram obtidos sem a observância das regras estabelecidas no Decreto Municipal nº 589/2005, especificamente ao 1º, art.2º, no qual é aproveitada somente a primeira casa decimal após a vírgula, sendo desprezadas as demais, sem critério de arredondamento, bem como, quanto ao critério de verificação dos respectivos grupos (Ativo Circulante, Passivo Circulante, Ativo e Passivo de Longo Prazo e Ativo Total), no mesmo parágrafo. No caso, a regra desta técnica contábil indica se as empresas participantes apresentam capacidade para adjudicação do objeto que está sendo licitado, restando estabelecido que cada participante deverá não só comprovar liquidez, mas também não deve apresentar risco de insolvência, o que foi verificado na presente análise. Em nova revisão dos cálculos por ocasião deste recurso, novamente chamou a atenção os valores registrados em conta caixa, incomuns ao ramo de atividade da recorrente, ao que esta Administração entendeu por bem, solicitar esclarecimentos em diligência. Em grau de recurso, licitante protocolou Processo nº 5.691/2013, no qual busca esclarecer que houve ingresso diretamente à conta caixa, por conta de aporte pelos sócios para futuro aumento de capital, a propiciar realizar transações comerciais com maior rentabilidade financeira. Entretanto, deixou de justificar na mesma diligência em que medida há maior rentabilidade financeira existir recursos sem remuneração à conta caixa quando foram tomados empréstimos a juros no curto prazo. Cumpre aqui esclarecer que o Decreto Municipal nº 589/2005, quando dita que o AC = é o Ativo Circulante verificado para a empresa, o PC = é o Passivo Circulante verificado para a empresa, e assim por diante, é porque ordena ao analista que justamente identifique os

5 aspectos que trazem risco na futura adjudicação. Assim que, como não restou justificado no presente processo fato incomum à atividade operacional de empresa atacadista, tal valor significativo, uma vez não considerado no cálculo, trouxe à luz o risco da contratação identificado pela mesma regra, a qual não permite o arredondamento e prevê o aproveitamento do decimal somente da primeira casa após a vírgula. Nestes termos, manifestamos pela manutenção de não comprovação da boa situação financeira, uma vez que não restaram justificadas razões que pudessem subsidiar opinião diversa da anterior. A Administração não pode habilitar empresas que não atenderam tais requisitos: A Licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e a selecionar a proposta mais vantajosa para a administração e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos. 1º - É vedados aos agentes públicos: Inc. I - admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o seu caráter competitivo e estabeleçam preferências ou distinções em razão da naturalidade, da sede ou domicílio dos licitantes ou qualquer outra circunstância impertinente ou irrelevante para o específico objeto do contrato. Assim sendo, amparada no parecer técnico da Contadora que opinou pelo não provimento do recurso da impetrante e por todas as razões expostas, a CRP decide, por unanimidade, não acolher as razões recursais da recorrente, julga o presente recurso improcedente, pois os argumentos apresentados na sua peça recursal não formaram elementos necessários que viessem a modificar a decisão proferida na ata de julgamento da fase de habilitação, ou seja, MANTÉM A INABILITAÇÃO DA LICITANTE WAM- MED DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA, POR NÃO TER ATENDIDO ÀS EXIGÊNCIAS DO EDITAL. O presente recurso seguirá para a Procuradoria Geral do Município para chancela da decisão e posteriormente será encaminhado ao Senhor Prefeito para homologação da decisão. Após homologação da presente decisão a CRP dará a devida publicidade da reabertura do certame através de Comunicação a todos os interessados na licitação. Nada mais havendo digno de registro, encerra-se a sessão na qual foi lavrada a presente Ata, e assim sendo assinada pelos integrantes da Comissão de Registro de Preços. x.x.x.x.x.x.x COMISSÃO DE REGISTRO DE PREÇOS

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS C.C.P TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO ESPITIRO SANTO

Leia mais

4. No item 15 onde se lê: Prazo final para apresentação do cronograma e do orçamento de construção das INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO

4. No item 15 onde se lê: Prazo final para apresentação do cronograma e do orçamento de construção das INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO TEL: 55 (61) 426 5743 Ouvidoria: 0800727 2010 PARA: Fax: ASSUNTO: EDITAL DE LEILÃO N o 002/2004-ANEEL ADENDO N o 03 - ESCLARECIMENTO DE: Rosângela Lago TEL: (61) 426-5743 FAX: (61) 426-5778 FAX N 0 206/2004-CEL/ANEEL

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA MUNICIPAL DE LICITAÇÕES

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA MUNICIPAL DE LICITAÇÕES PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 14.03565/2013 CONCORRÊNCIA Nº 003/2013/CPLGERAL A empresa EXPRESSO ITAMARATI S/A, Pessoa Jurídica de Direito Privado, encaminhou via e-mail, pedido de esclarecimento endereçado

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO MP

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO MP ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO MP PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2014 PROCESSO Nº 05100.004824/2013 7 DISTRIBUIÇÃO URGENTE TCI BPO Tecnologia,

Leia mais

OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO

OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO FECAM Escola de Gestão Pública Municipal OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO Módulo II Chapecó, março/2012 1 Aspectos Legais da Licitação de Obras Denise Regina Struecker Auditora

Leia mais

ILUSTRISSÍMO SENHOR PREGOEIRO OFICIAL DO CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 8º REGIÃO. Edital pregão eletrônico nº 008/2014

ILUSTRISSÍMO SENHOR PREGOEIRO OFICIAL DO CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 8º REGIÃO. Edital pregão eletrônico nº 008/2014 ILUSTRISSÍMO SENHOR PREGOEIRO OFICIAL DO CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 8º REGIÃO. Edital pregão eletrônico nº 008/2014 FEACONSPAR - FEDERAÇÃO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR REF.: Pregão Eletrônico nº 019/2015 A empresa Cabral Consultoria em Recursos Humanos Ltda,

Leia mais

EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS 1 EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 30/2011 PROCESSO Nº. 23042.000448/2011-01 M. DO ESPIRITO

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO ILUSTRÍSSIMO SENHOR ABDIAS DA SILVA OLIVEIRA DESIGNADO PREGOEIRO PARA O PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR PREGÃO ELETRÔNICO: 4/2015 COQUEIRO &

Leia mais

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O MANIFESTAÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 075/2012-MP/PA PREGOEIRA: ANDRÉA MARA CICCIO EMPRESA RECORRENTE: PREMIUM SERVICE LTDA CONTRARRAZÕES: TREVO COMERCIO E SERVICO LTDA - ME OBJETO:

Leia mais

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009 RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009 Trata-se de procedimento licitatório, modalidade Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa do ramo da construção civil para execução

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Belo Horizonte, 19 de outubro de 2015. ASSUNTO: ENCAMINHAMENTO AO PRESIDENTE: DECISÃO DA PREGOEIRA EM RELAÇÃO AO RECURSO ADMINISTRATIVO APRESENTADO

Leia mais

ILMO. SR. CELSO DE SOUZA SIMÃO PREGOEIRO RESPONSÁVEL DO DEPARTAMENTO NACIONAL INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DO MATO GROSSO DO SUL DNIT/MS

ILMO. SR. CELSO DE SOUZA SIMÃO PREGOEIRO RESPONSÁVEL DO DEPARTAMENTO NACIONAL INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DO MATO GROSSO DO SUL DNIT/MS ILMO. SR. CELSO DE SOUZA SIMÃO PREGOEIRO RESPONSÁVEL DO DEPARTAMENTO NACIONAL INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DO MATO GROSSO DO SUL DNIT/MS REF.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 EMPRESA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA

Leia mais

No que dispõe sobre a tempestividade recursal, o artigo 26 do Decreto 5.450/2005 regulamentador do Pregão Eletrônico estabelece que;

No que dispõe sobre a tempestividade recursal, o artigo 26 do Decreto 5.450/2005 regulamentador do Pregão Eletrônico estabelece que; Pregão Eletrônico Visualização de Recursos, Contra Razões e Decisõess RECURSO: A CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS 3ª REGIÃO (SP e MS) PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 003/2014

Leia mais

Mario Luis Coutinho de Araujo Araujo Enviado em: terça-feira, 2 de agosto de 2011 16:38 Para:

Mario Luis Coutinho de Araujo Araujo <araujo.m40@gmail.com> Enviado em: terça-feira, 2 de agosto de 2011 16:38 Para: Marcelino David Bandt Da Costa De: Mario Luis Coutinho de Araujo Araujo Enviado em: terça-feira, 2 de agosto de 2011 16:38 Para: Marcelino David Bandt Da Costa Assunto: Pedido de

Leia mais

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA CLAUDIA CRUVINEL MARQUES SANTIAGO PREGOEIRA DA PREFEITURA DE RIO VERDE GO

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA CLAUDIA CRUVINEL MARQUES SANTIAGO PREGOEIRA DA PREFEITURA DE RIO VERDE GO A ILUSTRÍSSIMA SENHORA CLAUDIA CRUVINEL MARQUES SANTIAGO PREGOEIRA DA PREFEITURA DE RIO VERDE GO C.C.P TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIAS - OUVIDORIA@TCE.GO.GOV.BR PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 037/2015

Leia mais

À CPRM COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS (SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL SEDE RJ)

À CPRM COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS (SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL SEDE RJ) À CPRM COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS (SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL SEDE RJ) LEVIT COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS TECNOLÓGICOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, devidamente

Leia mais

DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2013 Terceirização de Mão de Obra

DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2013 Terceirização de Mão de Obra DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2013 Terceirização de Mão de Obra Recurso apresentado nos autos do Pregão Presencial nº 04/2013, contra a decisão de desabilitação da empresa L&S SOLUÇÕES E SERVIÇOS

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO Ref.: Pregão Eletrônico N 096/2015 A PORTAL TURISMO E SERVIÇOS LTDA EPP, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ

Leia mais

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Processo n 23042.001420/2011-83 Pregão Eletrônico 004/2013-Licitação/DAP. DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Aos cinco dias do mês de junho de 2013, às 16:00 horas, reuniram-se a Pregoeira,

Leia mais

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17 RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17 DO OBJETO Trata-se de procedimento licitatório na modalidade Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa

Leia mais

Carlos Alberto de Oliveira Paes Consultor Jurídico da OCB-SESCOOP/MT

Carlos Alberto de Oliveira Paes Consultor Jurídico da OCB-SESCOOP/MT Carlos Alberto de Oliveira Paes Consultor Jurídico da OCB-SESCOOP/MT Sociedades de Pessoas Lei 5764/1971. Art. 3º. Celebram contrato de sociedade cooperativa as pessoas que reciprocamente se obrigam a

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 5

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 5 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 5 PROCESSO RPL 06/00331939 UNIDADE GESTORA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA - SEF INTERESSADO

Leia mais

PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS

PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Pregão Presencial n. 031/2013-2ª Edição Prefei tura Municipal de Presidente Epitácio/SP. Pedido de esclarecimentos formulado pela TELEFÔNICA BRASIL S/A Ao (À) Sr. (a) Pregoeiro

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO

ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO ILUSTRÍSSIMO PREGOEIRO BSB TIC SOLUÇÕES LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com sede no SCS QD. 01 BLOCO C SALAS 1212/14, Brasília - DF, inscrita no CNPJ/MF sob o n.º 04.202.019/0001-71, vem respeitosamente

Leia mais

ATA DE SESSÃO DA CONCORRÊNCIA Nº 15/2014

ATA DE SESSÃO DA CONCORRÊNCIA Nº 15/2014 ATA DE SESSÃO DA CONCORRÊNCIA Nº 15/2014 PROCESSO: Nº 062/2014 OBJETO: Contratação de empresa de engenharia especializada para o fornecimento, instalação e montagem dos sistemas de exaustão e captação

Leia mais

AO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO

AO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO AO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO REF: PREGÃO ELETRÔNICO No 1512007 DATA: 26.03.07 LASER TONER DO BRASIL LTDA, inscrita no CNPJ sob o n003.474.684/0001-51, com sede em Belo HorizontelMG,

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ilustríssima Senhora Pregoeira, EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL No 09/2013-SESAPI ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DO MOBILIÁRIO

Leia mais

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda.

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda. ILMO. SR. DR. PREGOEIRO DO PREGÃO ELETRÔNICO N. 79/2012 DA FUNDAÇÃO DE APOIO A PESQUISA E A EXTENSAO - FAPEX Pregão Eletrônico nº 79/2012 WEGH ASSESSORIA E LOGISTICA INTERNACIONAL LTDA, com sede na Rua

Leia mais

Resposta a Pedido de Impugnação ao Edital Nº 01/2013

Resposta a Pedido de Impugnação ao Edital Nº 01/2013 Resposta a Pedido de Impugnação ao Edital Nº 01/2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2013 Objeto: Contratação de empresa(s) cadastrada junto ao Ministério do Turismo (Cadastur), para prestação de serviços de agenciamento,

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

2. A recorrente pede vênia para ressaltar que a exigência dos itens 3.2.1, afrontam contra o caráter competitivo da licitação.

2. A recorrente pede vênia para ressaltar que a exigência dos itens 3.2.1, afrontam contra o caráter competitivo da licitação. AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS PREGÃO ELETRÔNICO N. 11/2007 PROCESSO Nº. 23000.000318/2007-71 A/C: PREGOEIRO SR. SEVERINO BATISTA DE ALMEIDA JR.

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República na Paraíba PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 Referência: Processo n.º 1.24.000.001591/2011-14. Interessado: OMEGATI COMÉRCIO

Leia mais

Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006

Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006 1/6 Processo: A 06/166 Interessado: Gerência Administrativa Assunto: Aquisição de Toner Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006 A empresa JDM dos Anjos Cartuchos ME, inscrita

Leia mais

PARECER JURÍDICO N 017/2015 - ASJUR

PARECER JURÍDICO N 017/2015 - ASJUR PROCESSO N: 53735231/2013 60489491/2015 INTERESSADO: Comercial de Materiais Elétricos Luz e Fio Ltda. ASSUNTO: Recurso Pregão Presencial n 008/2014 PARECER JURÍDICO N 017/2015 - ASJUR Os autos aportaram

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão EDITAL Nº. 25/2014 PREGÃO PRESENCIAL Nº. 10/2014. REGISTRO DE PREÇOS Nº. 3/2014. OBJETO: Registro de Preços para Aquisição de 150(cento e cinquenta) licenças do pacote de programas Office que possua em

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS.

À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS. Ao PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS. Ao SR. PREGOEIRO. PROCESSO LICITATÓRIO TRT/DSAA/029/2014 PREGÃO

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2153/2015 CAEMA CONCORRÊNCIA Nº 001/2015-PRL ASSUNTO: IMPUGNAÇAO AO EDITAL

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2153/2015 CAEMA CONCORRÊNCIA Nº 001/2015-PRL ASSUNTO: IMPUGNAÇAO AO EDITAL PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2153/2015 CAEMA CONCORRÊNCIA Nº 001/2015-PRL ASSUNTO: IMPUGNAÇAO AO EDITAL Trata-se de resposta ao pedido de impugnação ao Edital, referente a Concorrência 001/2015-PRL, cujo

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR - PREVIC

SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR - PREVIC A SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR - PREVIC Esplanada dos Ministérios Bloco F - CEP: 70059-900 Brasília - DF Telefone: (61) 2021-5000 Referente: CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA Dr. Heitor Mendes do Nascimento, nº 040 - Telefax: (32) 3462-6733 ALÉM PARAÍBA/ MG - CEP: 36.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA Dr. Heitor Mendes do Nascimento, nº 040 - Telefax: (32) 3462-6733 ALÉM PARAÍBA/ MG - CEP: 36. Aos interessados no certame. Processo n.º: 073/2015 Pregão Presencial nº 026/2015 Além Paraíba, 17 de junho de 2015. Objeto: compra de relógio de ponto biométrico e no-break, atendendo pedidos das Secretarias

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009.

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009. Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL Em 4 de setembro de 2009. Processo nº: 48500.000496/2009-53 Licitação: Pregão Eletrônico nº 49/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela Ductbusters Engenharia

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS Pregão Eletrônico n. 36/2015 P&P TURISMO LTDA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

concomitantemente, conforme condições, quantidades e exigências estabelecidas no Edital e seus anexos RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO

concomitantemente, conforme condições, quantidades e exigências estabelecidas no Edital e seus anexos RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

01) NOME DA EMPRESA COM PEDIDO DE ALTERAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO. LUPPA Administradora de Serviços e Representações Comerciais LTDA

01) NOME DA EMPRESA COM PEDIDO DE ALTERAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO. LUPPA Administradora de Serviços e Representações Comerciais LTDA RELATÓRIO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Empresa: LUPPA Administradora de Serviços e Representações Comerciais LTDA CNPJ: 00.081.160/0001-02 Edital n.º 106/2012 O Pregoeiro e a equipe técnica estiveram em

Leia mais

NOTA JURÍDICA Nº03/2015 COSEMS GO

NOTA JURÍDICA Nº03/2015 COSEMS GO Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Goiás Rua 26, nº521, Bairro Santo Antônio CEP: 74.853-070, Goiânia GO Site: http://www.cosemsgo.org.br E-mail: cosemsgoias@gmail.com Fone: (62)

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE.

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. AO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE CPL - Comissão Permanente de Licitação SAS Quadra

Leia mais

EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇO

EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇO O cadastro de fornecedores na CELESC é unificado, sendo válido para Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A, Celesc Distribuição S/A e Celesc Geração S/A. Poderão se inscrever no cadastro de fornecedores

Leia mais

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSOS RECURSO CONTRA DECISÃO DA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSOS RECURSO CONTRA DECISÃO DA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSOS ASSUNTO: RECURSO CONTRA DECISÃO DA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO RECORRENTE: AGÊNCIA DE REVISTAS AEROPORTO DA PAMPULHA COMERCIAL LTDA - ME REF.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 131/ADSU/SBNF/2013

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DNIT JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO RAZÕES: JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Nº.

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DNIT JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO RAZÕES: JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Nº. SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DNIT JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO FEITO: IMPUGNAÇÃO ADMINISTRATIVA REFERÊNCIA: EDITAL Nº. 0026/2014 RAZÕES: JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Nº. 0026/2014

Leia mais

Manaus, 14 de agosto de 2015. RECURSO ADMINISTRATIVO. Pregão Eletrônico SRP Nº 06/2015. Protocolos nº 4681/2015 e 4701/2015 Recurso e

Manaus, 14 de agosto de 2015. RECURSO ADMINISTRATIVO. Pregão Eletrônico SRP Nº 06/2015. Protocolos nº 4681/2015 e 4701/2015 Recurso e Manaus, 14 de agosto de 2015. RECURSO ADMINISTRATIVO. Pregão Eletrônico SRP Nº 06/2015. Protocolos nº 4681/2015 e 4701/2015 Recurso e Protocolo nº 4835/2015 - Contrarrazões À Autoridade competente da PRODAM

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A - CERON COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A - CERON COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Assunto: JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Impetrante: CONSÓRCIO DAIMON ENGENHARIA E SISTEMAS S/S LTDA E MATRIX ENGENHARIA EM ENERGIA LTDA. Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 013/2008. Objeto: Contratação

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO:

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: Impugnação ao Edital oferecida pela empresa QATIVE TECNOLOGIA E EVENTOS LTDA. DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrida: HITACHI KOKUSAI LINEAR EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS S/A.

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrida: HITACHI KOKUSAI LINEAR EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS S/A. PROCESSO: 0366/2012 PREGÃO ELETRÔNICO: Nº 001/2012 JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO EMENTA: Recurso interposto contra o Pregão Eletrônico nº 001/2012 (AQUISIÇÃO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO DIGITAL EM

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS.

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS. ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS. Ref. Contra Razões ao Recurso administrativo do Edital de pregão Eletrônico nº 068-A/2012 CONTRARRAZÕES AO RECURSO ADMINISTRATIVO

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DNIT

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DNIT SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DNIT JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO FEITO: IMPUGNAÇÃO ADMINISTRATIVA REFERÊNCIA: EDITAL Nº. 435/2015 RAZÕES: JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Nº. 435/2015

Leia mais

Dentemed Equipamentos Odontológicos ltda. CNPJ: 07.897.039/0001-00 INSC. EST.: 001.005.921-0010 PREFEITURA MUNICIPAL DE CARBONITA PREGOEIRA

Dentemed Equipamentos Odontológicos ltda. CNPJ: 07.897.039/0001-00 INSC. EST.: 001.005.921-0010 PREFEITURA MUNICIPAL DE CARBONITA PREGOEIRA PREFEITURA MUNICIPAL DE CARBONITA PREGOEIRA REFERENTE: PREGÃO PRESENCIAL N 021/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 043/2014 DENTEMED EQUIPAMENTOS ODONTOLÓGICOS LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES Processo n. º 01158-5.2006.001 Interessado: PORTO SEGURO CIA. DE SEGUROS GERAIS Referência: Recurso Administrativo. Modalidade

Leia mais

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF Ofício nº 1-0020/2009 GILIC/BR - Licitação Brasília, 6 de abril

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DE PREGAO Nº 25/2013

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DE PREGAO Nº 25/2013 Ao SAE-SERVIÇO AUTONOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE SOROCABA/SP Att. Pregoeiro Oficial e Equipe de Apoio Assunto: Impugnação do Edital do Processo Administrativo nº 1.497/13 Modalidade PREGAO ELETRÔNICO nº 25/2013

Leia mais

PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO

PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO Cuida-se de processo de licitação na modalidade Pregão Presencial 04/2015, tipo Menor Preço por Item, para aquisição de 05 (cinco)

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria-Geral de Justiça COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria-Geral de Justiça COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL RELATÓRIO E INFORMAÇÕES À AUTORIDADE SUPERIOR RECURSO ADMINISTRATIVO/CONTRARRAZÕES FEITO: RECURSO ADMINISTRATIVO/CONTRARRAZÕES REFERÊNCIA: CONCORRÊNCIA 001/2013 RAZÕES: DESOBEDIÊNCIA A ITENS EDITALÍCIOS

Leia mais

Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS.

Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS. Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS. Sr. Sandoval Luiz de Souza Referência: Pregão N.º 06/2006 VOETUR CARGAS E ENCOMENDAS LTDA.,

Leia mais

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO De: Para: Assunto: Pregoeira e Equipe de Apoio Superintendente de Suporte Administrativo de Manaus - SUMN Instrução de Recurso Administrativo Referente:

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA ESTADO DE MINAS GERAIS

CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA ESTADO DE MINAS GERAIS JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO LICITATÓRIO Nº. 01/2011 PREGÃO PRESENCIAL Nº. 01/2011 RECORRENTES: SERVIÇOS ESPECIALIZADOS E ADMINSITRAÇÃO PÚBLICA E PROJETOS LTDA SEAP e PERSONA CAPACITAÇÃO

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: Decisório FEITO: Recurso Administrativo REFERÊNCIA: Edital Tomada de Preço 08/2011 PROCESSO: 138/2011 OBJETO: Contratação de empresa, em regime de empreitada

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 006/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: ATLAS CONSTRUÇÕES ELÉTRICOS LTDA - EPP. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas

Leia mais

I. DO ACOLHIMENTO E DA TEMPESTIVIDADE

I. DO ACOLHIMENTO E DA TEMPESTIVIDADE PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 07.04486/2014 MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 012.2015 EMPRESA RECORRENTE: BRITAMAR EXTRAÇÃO DE PEDRAS E AREIA LTDA RECORRIDOS: COORDENADORIA MUNICIPAL DE LICITAÇÕES SEMAD

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 02 SESECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 02 SESECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 02 SESECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO Referência: Pregão Eletrônico n 001/2013 Processo Administrativo n : 2012/2508/0000017 1. Cuida-se

Leia mais

SECRETARIA DO PLENO. data de armação em( ssinatura/matricula. Questão de Ordem n 01/2009 - RELT 3.

SECRETARIA DO PLENO. data de armação em( ssinatura/matricula. Questão de Ordem n 01/2009 - RELT 3. SECRETARIA DO PLENO «- data de armação em( TRIBUNAL DE CONTAS RESOLUÇÃO N ssinatura/matricula /2009 - TCE - PLENO 1. Processo n 2. Classe de Assunto: 6. Representante do MP: 7. Advogado: 8. Competência

Leia mais

JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA

JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA FEITO: REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA REFERÊNCIA: EDITAL DA CONCORRÊNCIA Nº 001/2014 - COMPEL RAZÕES: JULGAMENTO DA PROPOSTA DE PREÇOS OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA

Leia mais

Impugnação apresentada pela Promotional

Impugnação apresentada pela Promotional Impugnação apresentada pela Promotional PROMOTIONAL TRAVEL VIAGENS E TURISMO LTDA, pessoa jurídica dedireito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 40.434.458/0001-73, situada à Rua São José nº 90, Salas 1505/06/07/08,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA PROCESSO N 1632-0900/14-9 ORIGEM: COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES ASSUNTO: ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO PARECER RECURSO ADMINISTRATIVO. PREGÃO ELETRÔNICO Nº 36/2014. CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Palhoça

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Palhoça TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Fls 109. PROCESSO Nº: REP-12/00376967 UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Palhoça RESPONSÁVEL: Ronério

Leia mais

Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil

Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil Como faço para concorrer a uma bolsa? O processo seletivo de alunos está sendo realizado pela Secretaria de Aviação Civil SAC/PR.

Leia mais

A cláusula editalícia em questão é ilegal, pois fere a norma estampada no 1º do art. 3º, da Lei 8.666/93. Senão vejamos.

A cláusula editalícia em questão é ilegal, pois fere a norma estampada no 1º do art. 3º, da Lei 8.666/93. Senão vejamos. A/C: Sra. Pregoeira Taina Zanchet Ref: Pregão Presencial 001/2011 Assunto: Pedido de impugnação de edital A CBDS Companhia Brasileira de Desenvolvimento de Software vem por meio desta, apresentar suas

Leia mais

Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013

Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013 Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013 Solicitação: ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO EDITAL DE PREGÃO

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO Página 1 de 6 JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PREGÃO PRESENCIAL Nº 042/2013 Objeto: Contratação de serviços de prestação de serviços de locação de frota de veículos para uso urbano e rodoviário para

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

Câmara Municipal De Natividade Da Serra

Câmara Municipal De Natividade Da Serra DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): PESSOA JURÍDICA 1 - Documentação Relativa

Leia mais

I - RESUMO DOS FATOS. A decisão de inabilitação foi proferida da seguinte forma:

I - RESUMO DOS FATOS. A decisão de inabilitação foi proferida da seguinte forma: ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DA CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON PREGÃO ELETRÔNICO nº 002/2014 ORGANIZAÇÃO LEVÍN DO BRASIL LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com sua sede estabelecida

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA, DEPARTAMENTO REGIONAL DO PARANÁ E DO SERVIÇO NACIONAL DE APREDIZAGEM INDUSTRIAL, DEPARATMENTO REGIONAL DO PARANÁ.

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL

JULGAMENTO DE RECURSO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA PROCESSO: 23249.023345/2011-95. REFERENTE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 01/2011 IMPUGNANTE: LTM CONSTRUÇÕES LTDA JULGAMENTO DE RECURSO

Leia mais

ptonto. EXCELENTíSSIMO(A) SENHOR(A) PREGOEIRO(A) DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO.

ptonto. EXCELENTíSSIMO(A) SENHOR(A) PREGOEIRO(A) DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. EXCELENTíSSIMO(A) SENHOR(A) PREGOEIRO(A) DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Referências: Pregão Eletrônico no74/2014 FRANCISCA MARQUES DE LIMA - EIRELI - ME, pessoa jurídica de direito

Leia mais

Isto posto, temos que:

Isto posto, temos que: TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DA BAHIA AJU: ASSESSORIA JURÍDICA ORIGEM: GABINETE DO CONSELHEIRO FERNANDO VITA PROCESSO Nº 49188-13 PARECER Nº 02180-13 (AD Nº 70/13) EMENTA: Consulta Interna.

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL: 063/2015 JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL OBJETO: Aquisição de equipamentos, sistemas, serviços e outros itens necessários à implantação do gerenciamento eletrônico da freqüência dos

Leia mais

econômicos e sem vinculação político partidária, que tem por missão promover ações que

econômicos e sem vinculação político partidária, que tem por missão promover ações que Ofício nº. 082/2014 OSM/OP Maringá, 30 de abril de 2014 Senhor Diretor, O Observatório Social de Maringá OSM, organização não governamental, sem fins econômicos e sem vinculação político partidária, que

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007 Processo: A 07/204 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços em implementação de windows server 2003 enterprise, active directory,

Leia mais

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA 1. Na renovação a empresa deverá informar, por escrito, se houve ou não alteração dos documentos de Qualificação Técnica

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL ILMO EXCELENTISSIMO SR. ALCEU RICARDO SWAROWSKI PREFEITO MUNICIPAL DO MUNICIPIO DE RIO NEGRO DO ESTADO DO PARANÁ REFERENTE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 117/2010 IMPUGNAÇÃO AO EDITAL A empresa STERMAX PRODUTOS

Leia mais

..., respeitosamente, à presença do CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO - CNPQ, por seu representante legal, inconformada, data vênia, com a especificação contida nos Itens 1.0

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ao Secretário de Administração do MPF MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referente: Pregão 141/2009 - Processo 1.00.000.009848/2009-95

Leia mais

Regulamento de Aquisição de Bens e Serviços

Regulamento de Aquisição de Bens e Serviços 1 Regulamento de Aquisição de Bens e Serviços Número 1/2013 Regulamento de Contratações, Compras e Alienações da Academia Brasileira de Ciências - ABC 2 1. OBJETO 1.1 Este Regulamento, em atendimento às

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 006/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: EPLAN ENG. PLANEJAMENTO E ELETRICIDADE LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais

Leia mais

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Pregão Presencial nº. 003/2008 Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EMENTA: AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

Leia mais

Recurso Administrativo

Recurso Administrativo ILMO. SR PRESIDENTE DA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO DA PROCURADORIA DA REPÚBLICA DO ESTDO DO TOCANTINS Referencia: Concorrência nº 01/2014 SQUADRA ENGENHARIA E INCORPORAÇÃO LTDA, CNPJ n 08.997.155/0001-56,

Leia mais

DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO

DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 071/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 010/2015 RECORRENTE: LAFAIETE PROVEDOR DE INTERNET E TELECOMUNICAÇÕES LTDA. RECORRIDA: OI MÓVEL S/A Em 27 de novembro

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008 Processo: A 08/376 Interessado: Gerência de Recursos Humanos Assunto: Contratação de Empresa Especializada em administração, gerenciamento, emissão, distribuição e fornecimento de documentos de legitimação,

Leia mais

1. Do impedimento quanto aos critérios de Qualificação Econômico-Financeira:

1. Do impedimento quanto aos critérios de Qualificação Econômico-Financeira: ILMO. SR. EDUARDO ABI-NADER SIMÃO GERENTE DE LICITAÇÕES E CONTRATOS, RESPONSÁVEL DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DO RJ. REF.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2015 EMPRESA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais