4 Definições, siglas e símbolos SES/MG - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "4 Definições, siglas e símbolos SES/MG - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais"

Transcrição

1 1 Objetivo Tipo de documento Codificação Página POP POP 001/2012 s 09 Data de emissão Substitui anterior Previsão de revisão 08/03/2012 Sim 12 meses Data de implantação Assunto 08/03/2012 Rede Farmácia de Minas: Monitoramento das obras através das fotos e elaboração de álbum na web. Estabelecer os procedimentos acerca das atividades referentes ao monitoramento das obras das Unidades da Rede Farmácia de Minas através de relatórios fotográficos via Picasaweb (álbuns virtuais do Google). Garantir que o município parceiro execute o projeto arquitetônico padrão conforme estabelecido, tendo em vista que o não cumprimento das especificações pode acarretar na inutilização da edificação da Unidade da Rede Farmácia de Minas. 2 Aplicação Este Manual deverá ser aplicado durante a execução das Unidades da Rede Farmácia de Minas, nos municípios contemplados pelo Programa Rede Farmácia de Minas. 3 Responsabilidade A execução dos procedimentos estará sob a supervisão e responsabilidade do Farmacêutico, Diretor Técnico da Rede Farmácia de Minas. 4 Definições, siglas e símbolos SES/MG - Pé-direito - distância do piso até ao teto (laje ou forro). Platibanda - parede acima da laje que esconde o telhado I.S. - Instalação Sanitária 5 Referências Não se aplica. 1

2 6 Recursos necessários 6.1 Recursos humanos 01 farmacêutico para tirar as fotos e montar o álbum na web. 6.2 Equipamento e materiais Câmera fotográfica digital e Computador com acesso a internet. 7 DESCRIÇÃO 7.1 PICASA3 E PICASAWEBTM: Ferramentas de monitoramento das Obras Com o objetivo de acompanharmos o andamento das obras e o cumprimento das especificações estabelecidas no projeto arquitetônico padrão e memorial descritivo das unidades da Rede Farmácia de Minas, implantamos o sistema de monitoramento fotográfico por meio da criação de álbuns virtuais para cada Município Parceiro integrante do programa. Assim, o Farmacêutico Diretor Técnico deverá, periodicamente, tirar fotos das etapas de execução das obras e postá-las no álbum virtual conforme este POP. Dessa forma, todos os demais municípios, além da Diretoria de Medicamentos Básicos/Superintendência de Assistência Farmacêutica DMB/SAF e as Gerências Regionais de Saúde GRS/SRS, podem acompanhar o andamento das obras. 7.2 Gerenciamento das Fotos: Para facilitar o gerenciamento das fotos recomendamos a instalação do programa gratuito: PICASA, que poderá ser baixado por meio do site: Apesar de não obrigatória a instalação, o programa facilita e muito o gerenciamento (baixar as fotos da máquina, rotacioná-las) e o upload das fotos para o álbum da web. Atenção: o datador automático da câmera digital deverá estar desligado, para que não ocorra nenhuma dúvida na data em que foi tirada a foto (já que às vezes a data da máquina está errada). NORMAS PARA UPLOAD DAS FOTOS: 1) Rotacionar as fotos que forem tiradas com a câmera na vertical antes do upload. Fotos não rotacionadas não serão aceitas; e 2) Seguir as posições e ângulos conforme ilustrado em cada etapa. Eventualmente, devido às características próprias de cada município os ângulos deverão ser 2

3 alterados para que possamos visualizar a obra da Unidade. 7.3 Instalação e Procedimentos PICASA 3.8: Instalação Tela de acesso para download do programa PICASA Criação do Álbum na Web A: Para criação do álbum no PICASA WEB (GOOGLE), Seguir os seguintes passos: 1. Acessar a página do picasaweb: 3

4 B: Como pode ser observado na figura acima, para a utilização do Álbum Picasaweb, será necessária a criação uma conta no Google. Para os municípios o padrão dos s deverá obedecer à seguinte regra: NOME DO MUNICÍPIO. RFM 4

5 Lembramos que como se tratam de várias obras, não aceitaremos álbuns ou contas fora do padrão estabelecido neste POP. Cada conta deverá possuir um álbum de fotos para cada etapa da obra, conforme descrito abaixo no item

6 POP 01/12 RFM Monitoramento das obras: Etapas e Fotos Cada município deverá possuirá um álbum no PICASAWEB. TM É através deste álbum que a equipe de monitoramento da obra acompanhará a evolução das obras de dos municípios, adicionando os álbuns aos seus favoritos, deixando comentários nas fotos e auxiliando os municípios na criação e manutenção de seus próprios álbuns. Qualquer dúvida ou esclarecimentos poderá ser feita através do seguinte C: Tela final que indica que o álbum foi criado e está pronto para o upload das fotos. Belo Horizonte/MG Fone: (31) / / Fax: (31) /

7 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS G Secretaria de Estado de Saúde de Minas M Gerais Superintendência de Assistência Faarmacêutica SAF/SES/MG Procedimento Op peracional Padrão POP 01/12 RFM Monitoramento das obras: s: Etapas e Fotos D: Após a criação do álbum e a instalação do PICASA3, o município deverá iniciar o procedimento para upload das fotos. E: Abrir o programa PICASA3 e efetuar o login no álbum criado canto superior direito. Assim garantirá que o upload ocorrerá no álbum correto. Gerência Medicamentos Básicos/ SAF/SES SAF Rodovia Prefeito Américo Gianette S/N- 112º andar CEP P: Prédio Minas Belo Horizonte/MG Fone: F (31) / / Fax: (31) /

8 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS G Secretaria de Estado de Saúde de Minas M Gerais Superintendência de Assistência Faarmacêutica SAF/SES/MG Procedimento Op peracional Padrão POP 01/12 RFM Monitoramento das obras: s: Etapas e Fotos F: Preparar as fotos para upload se necessário rotacionando as mesmas. Selecionar as fotos que serão enviadas para o álbum e clicar no botão para upload localizado na parte inferior e representado por uma seta verde. G: Preencher as informações e selecionar o cadeado vermelho login necessário para visualizar. Gerência Medicamentos Básicos/ SAF/SES SAF Rodovia Prefeito Américo Gianette S/N- 112º andar CEP P: Prédio Minas Belo Horizonte/MG Fone: F (31) / / Fax: (31) /

9 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS G Secretaria de Estado de Saúde de Minas M Gerais Superintendência de Assistência Faarmacêutica SAF/SES/MG Procedimento Op peracional Padrão POP 01/12 RFM Monitoramento das obras: s: Etapas e Fotos G: O programa efetuará o upload das fotos selecionadas. O tempo poderá variar de acordo com a quantidade de fotos e velocidade da conexão. Gerência Medicamentos Básicos/ SAF/SES SAF Rodovia Prefeito Américo Gianette S/N- 112º andar CEP P: Prédio Minas Belo Horizonte/MG Fone: F (31) / / Fax: (31) /

10 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS G Secretaria de Estado de Saúde de Minas M Gerais Superintendência de Assistência Faarmacêutica SAF/SES/MG Procedimento Op peracional Padrão POP 01/12 RFM Monitoramento das obras: s: Etapas e Fotos H: Para facilitar o gerenciamento/acompanhamento as fotos enviadas ficam marcadas com uma seta verde, indicando que o upload foi efetuado com sucesso. I: Entrar no álbum da etapa, confirmar se o upload foi efetuado. Gerência Medicamentos Básicos/ SAF/SES SAF Rodovia Prefeito Américo Gianette S/N- 112º andar CEP P: Prédio Minas Belo Horizonte/MG Fone: F (31) / / Fax: (31) /

11 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS G Secretaria de Estado de Saúde de Minas M Gerais Superintendência de Assistência Faarmacêutica SAF/SES/MG Procedimento Op peracional Padrão POP 01/12 RFM Monitoramento das obras: s: Etapas e Fotos J: Compartilhar o álbum, enviado o link para o ; Gerência Medicamentos Básicos/ SAF/SES SAF Rodovia Prefeito Américo Gianette S/N- 112º andar CEP P: Prédio Minas Belo Horizonte/MG Fone: F (31) / / Fax: (31) /

12 L: Aguardar a avaliação das fotos pela Diretoria de Medicamentos Básicos (Monitoramento das obras) que enviará para o um relatório de pendências (RIP). M: Havendo pendências no RIP, os responsáveis pela obra no município deverão ser comunicados para correção das mesmas. Lembrando que: A obra de construção da Unidade da Rede farmácia de Minas deverá obedecer ao projeto arquitetônico completo (planta baixa, corte, fachada e detalhes), projeto elétrico e Hidráulico conforme modelo padrão aprovado pela Superintendência de Assistência Farmacêutica/SES-MG e GEINF-VISA; O Memorial Descritivo da Rede farmácia de Minas, documento obrigatório para o processo licitatório, quaisquer alterações dos projetos e/ou das especificações deverão ser comunicadas, via ofício, para prévia aprovação da Diretoria de medicamentos Básicos/Rede Farmácia de Minas. Todo o mobiliário e equipamentos são adquiridos conforme o projeto arquitetônico padrão, quaisquer alterações, por mínimas que sejam, poderão acarretar na inutilização da edificação. Verificadas irregularidades na execução do Termo de compromisso a SES/MG poderá optar por seu cancelamento, ficando o Parceiro obrigado a restituir integralmente os recursos repassados para sua execução devidamente corrigidos. 12

13 7.2 Etapas de obra, ângulos e freqüência das fotos Locação e Fundação Após a contratação da Construtora, a mesma efetuará a limpeza do terreno (capina, demolições, retiradas de entulho, terraplanagem,...), execução do gabarito para a demarcação da obra e posterior início das mesmas. Após a locação a construtora deverá iniciar as escavações para a execução das fundações (alicerces). Nome do álbum: LOCAÇÃO E FUNDAÇÃO Relevância: Atentar para a correta demarcação da farmácia. Freqüência: Após as escavações da fundação e antes a concretagem das mesmas. Ângulos: 13

14 7.2.2 Alvenarias Após o término das fundações, as alvenarias (paredes) começam a ser executadas. Nome do álbum: ALVENARIAS Relevância: Verificar o correto posicionamento de portas e janelas, além do pé-direito. Freqüência: A cada 15 (quinze dias). E no final da execução das alvenarias e antes da execução da laje. Ângulos: 14

15 7.2.3 Laje e Platibanda Depois de levantar as paredes, esta na hora de executar a laje e marquise (para cidades com o modelo de fachada Não-Histórico) e a platibanda. Nome do álbum: LAJE E PLATIBANDA Identificar o correto posicionamento da laje e marquise (altura Relevância: interna e dimensões) e as alturas da platibanda. Freqüência: Na concretagem da laje. E no final da execução da platibanda Ângulos: Acabamento e Pintura Fase crítica da obra é onde serão finalizados todos os ambientes, execução do forro de gesso acartonado (FGA), a colocação do piso de porcelanato, dos azulejos nas paredes, pintura das portas e ambientes e instalação das bancadas, louças e metais. 15

16 Nome do álbum: ACABAMENTO E PINTURA Relevância: De extrema importância para a padronização das farmácias que os acabamentos fiquem de acordo com especificado em projeto. Freqüência: Toda semana. Ângulos: Demais fotos: A: 01 (uma) foto da execução do forro de gesso da sala de espera e da sala do farmacêutico, fracionamento e almoxarifado. B: 01 (uma) do piso, devendo esta abranger uma área de pelo menos 1x1m e o mesmo estar limpo (para que possamos identificar a correta especificação do piso). C: 02 (duas) fotos da cobertura uma mostrando o volume da caixa d água e a outra mostrando o telhado e a calha central. 16

17 7.2.5 Aceite Técnico para Inauguração Após o término da obra, enviaremos os mobiliários, placas e equipamentos. O ar- condicionado e a geladeira serão entregues e instalados por empresas terceirizadas diretamente no município. Após o término da montagem da Unidade retirar e postar as fotos conforme abaixo para que possamos prosseguir com os tramites da inauguração. Nome do álbum: UNIDADE MONTADA Relevância: De extrema importância para a padronização das farmácias que a montagem da Unidade ocorra de acordo com o especificado. Freqüência: Ao final da Montagem. Ângulos: Demais fotos: A: 01 (uma) foto dos equipamentos de ar-condicionado (dois evaporadores e a condensadora). 17

18 B: 01 (uma) da geladeira de porta de vidro do Almoxarifado, devidamente instalada. C: 01 (uma) foto da placa de inauguração, devidamente instalada, e legível. 8 Anexos Não se aplica. 9 Controles de distribuição de cópias Não se aplica. 10 Bibliografia Não se aplica. 11 Registros da qualidade Não se aplica. 12 Histórico das Revisões A primeira versão deste documento foi aprovada em 28 de janeiro de Responsável Data Elaborado por: Luís Moreira 28/01/2008 Revisado por: Josilene Pereira 26/03/2012 Aprovado por: Grazielle Dias 26/03/2012 Implantado por: Diretor Responsável Técnico 26/03/

Procedimento Operacional Padrão POP 01/13 RFM Monitoramento das Obras Unidade Integrada: Etapas e Fotos. Data de implantação

Procedimento Operacional Padrão POP 01/13 RFM Monitoramento das Obras Unidade Integrada: Etapas e Fotos. Data de implantação Tipo de documento POP Data de emissão Substitui anterior Previsão de revisão 27/Maio/2013 Sim 27/Maio/2014 Data de implantação 27/Maio/2013 Assunto Rede Farmácia de Minas Unidade Integrada: Monitoramento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS. Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE

GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS. Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE CGIMP 06/09/2013 Como consultar e preencher o Modulo Monitoramento de Obras Simec 2.0 Sumário 2 Definições Apresentando o Sistema Integrado

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

Manual Passo a Passo

Manual Passo a Passo Manual Passo a Passo 2014 Passa a passo Loja Virtual 2014 ACESSO SELEÇÃO DE RA CARRINHO DE COMPRAS VISUALIZAR LIVROS DO KIT FECHAR PEDIDO ENDEREÇO DE ENTREGA FECHAR PEDIDO CARTÃO DE CRÉDITO FECHAR PEDIDO

Leia mais

ANEXO VI CHAMAMENTO PÚBLICO 001/2011 TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO VI CHAMAMENTO PÚBLICO 001/2011 TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO VI CHAMAMENTO PÚBLICO 001/2011 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETIVO O presente Termo de Referência estabelece as orientações necessárias ao edital de Chamamento Público SECIDADES Nº 001/2011 para credenciamento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL SMART Versão 1.1

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL SMART Versão 1.1 MANUAL DO USUÁRIO PORTAL SMART Versão 1.1 1- OBJETIVO Apresentar ao cliente o procedimento de como utilizar o Portal SMART e realizar gestão de ocorrências apresentadas durante o monitoramento. 2- ACESSANDO

Leia mais

Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização

Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização Acesso WEB 1. Primeiro acesso Para acessar o sistema, abra seu navegador de internet e vá até o site http://sistemart.crmv pr.org.br. Você

Leia mais

Manual Passo a Passo

Manual Passo a Passo Manual Passo a Passo 2015 ACESSO SELEÇÃO DE RA SELEÇÃO DO PRODUTO CARRINHO DE COMPRAS FECHAR PEDIDO ENDEREÇO DE ENTREGA TIPO DE FRETE INFORMAÇÃO DE PAGAMENTO PAGAMENTO CARTÃO DE CRÉDITO PAGAMENTO BOLETO

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 6 1. OBJETIVO Realizar o gerenciamento dos projetos desde o seu planejamento, desenvolvimento, recebimento, análise crítica, controle e distribuição nas obras. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO Curso Técnico de Edificações Profª Engª Civil Alexandra Müller Barbosa EMENTA Estudos de procedimentos executivos: Estruturas portantes, Elementos vedantes, Coberturas, Impermeabilização,

Leia mais

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site Tutorial USERADM Inserindo conteúdos no site Como acessar o Administrador de Conteúdos do site? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar o site da Prefeitura de Aliança-TO,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Julho / 2015. Escola Básica Municipal Encano Central Reforma da Cobertura Indaial / SC

MEMORIAL DESCRITIVO Julho / 2015. Escola Básica Municipal Encano Central Reforma da Cobertura Indaial / SC MEMORIAL DESCRITIVO Julho / 2015 Escola Básica Municipal Encano Central Reforma da Cobertura Indaial / SC 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES 1.1. RESPONSÁVEL TÉCNICO PELO PROJETO Carlos Henrique Nagel Engenheiro

Leia mais

Acessando a Plataforma de Rastreamento

Acessando a Plataforma de Rastreamento Acessando a Plataforma de Rastreamento Para acessar a plataforma digite no seu navegador preferido o endereço: xxxxxxxx.mloc.com.br onde xxxxxxxx é o nome da sua empresa de rastreamento. Ex: rastreadora.mloc.com.br

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

PROFORMAÇÃO II Pré-Inscrição

PROFORMAÇÃO II Pré-Inscrição PROFORMAÇÃO II Pré-Inscrição A CNP desenvolveu o programa Pré-Inscrição que objetiva registrar as informações da Ficha de Inscrição dos professores cursistas que participarão do Proformação II. As instruções

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Módulo Consulta de Contribuinte Internet

Módulo Consulta de Contribuinte Internet SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA Módulo Consulta de Contribuinte Internet ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO CONSULTA DE CONTRIBUINTE... 3 2.1 SEGURANÇA... 3 2.2 BOTÕES...

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Vivo 2013 http://vivosync.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Vivo Sync... 5 3 Vivo Sync Web... 6 3.1 Página Inicial... 6 3.1.1 Novo Contato... 7 3.1.2 Editar Contato...

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital O cadastro de Empresas permite cadastrar quais empresas estarão configuradas para utilizar o SIGLA Digital. Caso necessário cadastrar uma

Leia mais

Manual de Utilização Site Peper

Manual de Utilização Site Peper Manual de Utilização Site Peper - Corretor - Introdução Com o objetivo de otimizar a produção e o controle operacional ligados ao PEPER Proteção Escolar Permanente, a Patente Seguros e o Colégio 24 Horas,

Leia mais

M A N U A L D O U S U Á R I O

M A N U A L D O U S U Á R I O M A N U A L D O U S U Á R I O S I S T E M A D E A B E R T U R A D E C H A M A D O S D E S E R V I Ç O S Sumário 1. Apresentação... 3 2. Introdução do GLPI... 4 3. Acessando o GLPI... 5 4. Abertura e Registro

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

Manual Software Controle de Jukebox. Manual. Software Controle de Jukebox

Manual Software Controle de Jukebox. Manual. Software Controle de Jukebox Manual Software Controle de Jukebox Versão 1.0 2014 Sumário 1. Principais Características... 2 2. Software Controle de Jukebox... 3 I. Tela Principal... 4 1 Data Cobrança... 4 2 Linha... 4 3 Cobrador...

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/

Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/ 1 Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/ 1) O acesso ao sistema é realizado através do link: http://www.semarhtemplate.go.gov.br/sistema/ obs.: após o lançamento do

Leia mais

Roteiro para configuração de conta de e-mail do CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL dos seguintes domínios:

Roteiro para configuração de conta de e-mail do CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL dos seguintes domínios: TUTORIAL DE CONFIGURAÇÃO DE CONTAS DE EMAIL DO CEFETSVS Roteiro para configuração de conta de e-mail do CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL dos seguintes domínios: CEFET-SVS (Sede)

Leia mais

ÍNDICE. 1. SAM Sistema de Auto Atendimento Millennium. 2. Apresentação. 3. Acessos 3.1. Via Internet 3.2. Via link direto

ÍNDICE. 1. SAM Sistema de Auto Atendimento Millennium. 2. Apresentação. 3. Acessos 3.1. Via Internet 3.2. Via link direto ÍNDICE 1. SAM Sistema de Auto Atendimento Millennium 2. Apresentação 3. Acessos 3.1. Via Internet 3.2. Via link direto 4. Inclusão de chamados 4.1. Incluindo um novo chamado 5. Analisando chamados em aberto

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Introdução O presente documento descreverá de forma objetiva as principais operações para abertura e consulta de uma solicitação ao Setor de Desenvolvimento

Leia mais

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Nextel 2014 http://nextelcloud.nextel.com.br 1 Nextel Cloud... 4 2 Nextel Cloud Web... 5 2.1 Página Inicial... 6 2.1.1 Meu Perfil... 7 2.1.2 Meu Dispositivo...

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor Guia de Consulta Rápida Portal do Professor Última atualização: 07/12/2015 ÍNDICE 1. Acessando o Portal... 3 2. Quadro de Horários... 5 3. Alterando a Senha... 6 4. Alterando a Filial... 7 5. Fale Conosco...

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS CIVIS PERÍODO OUTUBRO DE 2015

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS CIVIS PERÍODO OUTUBRO DE 2015 PERÍODO OUTUBRO DE 2015 Andamento das Obras Execução dos barracões e Mobilização de canteiro de obras quantidade a executar 70% - quantidade acumulada ao final do período 70%; Durante o período executaremos

Leia mais

Guia de usuário Auvo @

Guia de usuário Auvo @ Guia de usuário Auvo @ Sobre a Auvo O Auvo é um serviço gratuito que comunica todas as pessoas de sua empresa em todas as plataformas (desktop, web e mobile) de maneira muito fácil. Além disso nós ajudamos

Leia mais

PICPICS PASSO A PASSO

PICPICS PASSO A PASSO PICPICS PASSO A PASSO 2. Faça login em sua conta. 1. Crie sua conta no PicPics, informando os seus dados ou dados da sua empresa. Informe também os dados que você usará para acesso ao site. 3. Após fazer

Leia mais

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Macaé, Outubro de 2010 SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Página 1 de 38 Controle de Revisões Data Comentário Responsável 01/10/2010 Revisão e correção de texto Marcos Lemos 01/10/2010 Correção

Leia mais

Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo

Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo O é a ferramenta de abertura e acompanhamento de chamados, com os recursos: Sistema de Ajuda online

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão: 24/05/2010 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para vendas no balcão por ser uma venda rápida, mais simples, onde não é necessário

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO DOMICILIAR

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO DOMICILIAR MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO DOMICILIAR SAF SUL Qd. 02, Bl. E/F, Ed. Premium Torre II Auditório Sala 05 Telefone: (61) 3315 9052

Leia mais

Sistema de Acompanhamento e Gestao Tecnologica SAGETEC TELAS

Sistema de Acompanhamento e Gestao Tecnologica SAGETEC TELAS SAG TE SAGE T C-SC Sistema de Acompanhamento e Gestao Tecnologica SAGETEC O SAGETEC (Sistema de Acompanhamento e Gestão Tecnológica) é um sistema para cadastramento dos equipamentos e recursos das escolas,

Leia mais

MANUAL ISS DIGITAL Av. Augusto de Lima, 479-15º Andar - Sala 1511 Centro - Belo Horizonte/MG CEP: 30.190-000 (31) 3201-1639 / Fax: (31) 3212-1215

MANUAL ISS DIGITAL Av. Augusto de Lima, 479-15º Andar - Sala 1511 Centro - Belo Horizonte/MG CEP: 30.190-000 (31) 3201-1639 / Fax: (31) 3212-1215 Av. Augusto de Lima, 479-15º Andar - Sala 1511 Centro - Belo Horizonte/MG CEP: 30.190-000 (31) 3201-1639 / Fax: (31) 3212-1215 1. INTRODUÇÃO Dispõe sobre o sistema eletrônico de gerenciamento de dados

Leia mais

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização TRANSMISSOR ECF Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista Manual de Utilização 1. Histórico de alterações Data Versão Alteração 04/12/2012 1 Criação do documento 28/02/2013 2 Revisão 2. Proposta

Leia mais

PROCEDIMENTO Cadastro de Produtos. Café com Arte Móveis

PROCEDIMENTO Cadastro de Produtos. Café com Arte Móveis Cadastro de Produtos Café com Arte Móveis Valinhos, 22 de Abril de 2015 Versão: 1.0 Página 1 de 28 Alliati Soluções em TI. Controle de Alteração do Procedimento Versão Observações Responsável Data 1.0

Leia mais

Acessar em tempo real seus boletos de cobrança, extratos financeiros e demonstrativos do IRPF;

Acessar em tempo real seus boletos de cobrança, extratos financeiros e demonstrativos do IRPF; PARA VOCÊ CLIENTE www.plaenge.com.vc 2 Prezado Cliente, Seja bem-vindo ao Para Você Cliente, um portal digital desenvolvido para que você tenha informações sobre o seu empreendimento com mais facilidade

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA AULA 01 PROF ALINE FERNANDES

DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA AULA 01 PROF ALINE FERNANDES DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PROJETO ARQUITETÔNICO SÍMBOLOS GRÁFICOS PASSOS PARA MONTAGEM DE PLANTA BAIXA: 1. Deve-se estimar o tamanho

Leia mais

Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA. Service Desk

Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA. Service Desk Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA Service Desk Sumário Apresentação O que é o Service Desk? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial

Leia mais

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos.

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos. Histórico de Alterações Versão Data Autor Função Descrição 1 14/09/2012 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Criação inicial 2 19/11/2013 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Atualização A partir de

Leia mais

Sumário. Aviso. Para evitar risco de incêndio ou choque elétrico, não exponha este PRODUTO à chuva ou à umidade.

Sumário. Aviso. Para evitar risco de incêndio ou choque elétrico, não exponha este PRODUTO à chuva ou à umidade. Sumário Este símbolo destina-se a alertar o usuário quanto à presença de tensão perigosa não isolada dentro do gabinete do produto, a qual pode ser de magnitude suficiente para constituir risco de choque

Leia mais

Como obter Ajuda e Suporte

Como obter Ajuda e Suporte Como obter Ajuda e Suporte Durante a utilização dos Sistemas comercializados pela Domínio Sistemas, você e sua equipe poderão ter dúvidas sobre algum processo ou alguma tela em específico. Estas dúvidas

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

OPERADORA ON-LINE Manual de funcionamento do sistema para agente de viagens

OPERADORA ON-LINE Manual de funcionamento do sistema para agente de viagens OPERADORA ON-LINE Manual de funcionamento do sistema para agente de viagens v.1.0 RUA DR. LIRÁUCIO GOMES, 55 CAMBUÍ CAMPINAS SP Índice Como entrar no sistema...3 Tela inicial do sistema...3 Iniciando um

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Windows Live Mail Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap

Leia mais

Kit Médias Empresas WEB: Unificação dos Cotadores

Kit Médias Empresas WEB: Unificação dos Cotadores Kit Médias Empresas WEB: Unificação dos Cotadores Kit de Cálculo Empresarial - WEB Manual do Usuário Este manual destina-se a tirar as duvidas básicas de utilização do sistema. Duvidas? Acesse atendimento

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE.

Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE. Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE. Gerência de Autorização de Funcionamento GEAFE Brasília, junho de 2014 1º passo: acesse o sítio da ANVISA através do endereço eletrônico

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM GINECOLÓGICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS BALTIMORE OFFICE PARK CLIENTE DATA: 27/10/2011 VERSÃO:

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS BALTIMORE OFFICE PARK CLIENTE DATA: 27/10/2011 VERSÃO: MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS BALTIMORE OFFICE PARK CLIENTE DATA: 27/10/2011 VERSÃO: 03 PÁGINA: 1 de 8 ÍNDICE 1- Descrição dos acabamentos das unidades 1.1 - Conjuntos do pavimento

Leia mais

MANUAL INSTRUTIVO CADASTRO DE NOVAS PROPOSTAS DE REFORMA, AMPLIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS)

MANUAL INSTRUTIVO CADASTRO DE NOVAS PROPOSTAS DE REFORMA, AMPLIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) MANUAL INSTRUTIVO CADASTRO DE NOVAS PROPOSTAS DE REFORMA, AMPLIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) APRESENTAÇÃO Este Manual

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO PARA DRIVER DE COMUNICAÇÃO USB Versão 2.0 IF ST120 IF ST200 IF ST 2000 IF ST 2500

GUIA DE INSTALAÇÃO PARA DRIVER DE COMUNICAÇÃO USB Versão 2.0 IF ST120 IF ST200 IF ST 2000 IF ST 2500 GUIA DE INSTALAÇÃO PARA DRIVER DE COMUNICAÇÃO USB Versão 2.0 IF ST120 IF ST200 IF ST 2000 IF ST 2500 JANEIRO 2012 Sumário Introdução...3 Preparativos para a instalação...3 Instalação no Windows 98...4

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Introdução. Vantagens. Utilização

Introdução. Vantagens. Utilização Introdução O Sistema de Transferência de Propriedade online permite ao Proprietário transferir a Propriedade de um animal de forma alienada ou não, sem a necessidade de encaminhamento da Guia de Transferência

Leia mais

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Vivo 2013 http://vivosync.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Vivo Sync... 4 3 Vivo Sync Web... 5 3.1 Página Inicial... 5 3.1.1 Novo Contato... 6 3.1.2 Editar Contato...

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA REPRESENTAÇÕES DE DESENHO TÉCNICO E APROVAÇÃO DE PROJETOS SETOR DE ENGENHARIA

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA REPRESENTAÇÕES DE DESENHO TÉCNICO E APROVAÇÃO DE PROJETOS SETOR DE ENGENHARIA ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA REPRESENTAÇÕES DE DESENHO TÉCNICO E APROVAÇÃO DE PROJETOS SETOR DE ENGENHARIA ANEXO II DO DECRETO N 80/2011 DE 02/05/2011 PARTE 01: OBRA NOVA OU AMPLIAÇÃO 1. Planta de situação

Leia mais

PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO

PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO Produto Aquisição de empreendimentos habitacionais na planta Sem custos de comercialização para o construtor Recursos do Fundo do Novo Programa Habitacional Público Alvo:

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

REQUERIMENTO DE EMPRESÁRIO PROCEDIMENTOS DO USUÁRIO Nota: O Empresário poderá fazer a pesquisa de nome previamente ou concomitante ao processo.

REQUERIMENTO DE EMPRESÁRIO PROCEDIMENTOS DO USUÁRIO Nota: O Empresário poderá fazer a pesquisa de nome previamente ou concomitante ao processo. REQUERIMENTO DE EMPRESÁRIO PROCEDIMENTOS DO USUÁRIO Nota: O Empresário poderá fazer a pesquisa de nome previamente ou concomitante ao processo. 1. O USUÁRIO DEVERÁ ACESSAR O SITE DA JUNTA COMERCIAL (www.jucepa.com),

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 03

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 03 Curitiba, 12 de Dezembro de 2014. DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 03 TOMADA DE PREÇOS 2014/15001(7419) - Contratação de reforma, sem ampliação, incluindo pavimentação, alvenaria,

Leia mais

Importação de Dados para o Educacenso 2013

Importação de Dados para o Educacenso 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS Importação de Dados para o Educacenso 2013 Objetivo Apresentar a forma

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 Manual de operação revisão 20110205 Pagina 1/18 Login no Sistema Para poder utilizar o sistema. 1 - Receba com o gestor do sistema o endereço na WEB no qual

Leia mais

Atualização De Mapas GPS Apontador. 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito.

Atualização De Mapas GPS Apontador. 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito. Atualização De Mapas GPS Apontador 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito. 3º Clique na Opção Registrar 4º Selecione o Dispositivo Apontador e o Modelo

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS Antes de configurar o Outlook, é necessário fazer a instalação do certificado de segurança. Veja a seguir como fazer 1 Faça o download do arquivo: https://www.pae.sc.gov.br/down/caciasc.crt

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa. Nele, nossos clientes poderão acessar

Leia mais

v1.3 Guia rápido para sala virtual Para palestrantes e convidados NEaD - Núcleo de Educação a Distância da Unesp Núcleo de Educação a Distância

v1.3 Guia rápido para sala virtual Para palestrantes e convidados NEaD - Núcleo de Educação a Distância da Unesp Núcleo de Educação a Distância NEaD - Núcleo de Educação a Distância da Unesp Guia rápido para sala virtual Para palestrantes e convidados Núcleo de Educação a Distância nead@unesp.br v1.3 Sumário Revisões... 3 I - Sala Virtual-Preparação

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Id Nome da tarefa Trabalho Duração Início Término Predecessoras Nomes dos recursos

Id Nome da tarefa Trabalho Duração Início Término Predecessoras Nomes dos recursos 0 Cronograma A CASA 16.263 hrs 654 dias Ter 01/09/09 Qui 12/04/12 1 1 Gerenciamento do Projeto 904 hrs 56,5 dias Ter 01/09/09 Seg 23/11/09 2 1.1 Gerenciamento de Integrações 32 hrs 2 dias Ter 01/09/09

Leia mais

Manual TIM PROTECT BACKUP. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright TIM PROTECT BACKUP 2013. http://timprotect.com.br/

Manual TIM PROTECT BACKUP. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright TIM PROTECT BACKUP 2013. http://timprotect.com.br/ Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright TIM PROTECT BACKUP 2013 http://timprotect.com.br/ 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 TIM PROTECT BACKUP...Erro! Indicador não definido. 3 TIM PROTECT BACKUP Web... 6 3.1

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DA FARMÁCIA AGHU

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DA FARMÁCIA AGHU MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DA FARMÁCIA AGHU Pré- requisitos: - Perfil de acesso do funcionário - Cadastro do funcionário na farmácia que poderá ocorrer a dispensação. - Cadastro das unidades de internação.

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Outlook Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap e smtp da DAC foram

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

MINAS OLÍMPICA INCENTIVO AO ESPORTE. Passo a Passo para a emissão do CERTIFICADO DE REGULARIDADE NO CAGEC E SIAFI

MINAS OLÍMPICA INCENTIVO AO ESPORTE. Passo a Passo para a emissão do CERTIFICADO DE REGULARIDADE NO CAGEC E SIAFI MINAS OLÍMPICA INCENTIVO AO ESPORTE Passo a Passo para a emissão do MINAS OLÍMPICA INCENTIVO AO ESPORTE Passo a Passo para a emissão do Conforme Edital de Seleção de Projetos Esportivos 01/2014, cabe ao

Leia mais

CASA CIVIL DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO PARANÁ DETRAN/PR SISTEMA DETRAN/PR APLICATIVO DE VISTORIA ELETRÔNICA DE VEÍCULOS MANUAL DO USUÁRIO

CASA CIVIL DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO PARANÁ DETRAN/PR SISTEMA DETRAN/PR APLICATIVO DE VISTORIA ELETRÔNICA DE VEÍCULOS MANUAL DO USUÁRIO CASA CIVIL DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO PARANÁ DETRAN/PR SISTEMA DETRAN/PR APLICATIVO DE VISTORIA ELETRÔNICA DE VEÍCULOS MANUAL DO USUÁRIO SETEMBRO 2015 Versão 1.00 Manual do usuário elaborado pela Coordenadoria

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio

Manual do Sistema de Apoio Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli SISTEMA DE APOIO O Sistema

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.3 11/02/2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Objetivos... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp)

1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp) SUMÁRIO 1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp)... 3 2 REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA... 4 3 ACESSO AO SISTEMA (ATORES: TRANSPES/ CLIENTE)... 5 4 PRIMEIROS PASSOS (CADASTROS)... 7 4.1 Cadastros de

Leia mais