UNIDADE I Conhecendo o Computador: Hardware e Software

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIDADE I Conhecendo o Computador: Hardware e Software"

Transcrição

1 UNIDADE I Conhecendo o Computador: Hardware e Software 1.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, explicitaremos um pouco da história da computação e da evolução dos computadores, desde o ábaco até os modernos equipamentos disponíveis na atualidade. Além disto, serão mostrados os fundamentos sobre o hardware, de modo que se possa entender e utilizar os dispositivos, ferramentas e sistemas que o computador possui. Conhecer estes fundamentos auxiliará no desempenho futuro com o computador, pois o conhecimento e a prática levam o indivíduo a ter segurança na utilização deste equipamento. É importante também conhecermos o histórico para podermos entender como esta máquina fantástica foi composta e como hoje está presente em nossa vida diária, desempenhando as mais diferentes funções e nos auxiliando a trabalhar e viver melhor. Você sabia que o computador já faz parte da sua vida há muito tempo? A tecnologia sempre esteve atrelada ao ser humano. Muitas vezes lidamos com ela sem nos dar conta disso: quando ligamos uma TV, ouvimos música, pegamos um ônibus, usamos um caixa eletrônico estamos de alguma forma utilizando a tecnologia. Mas o que vem a ser um computador? O que é informática? A história da informática é tão antiga quanto a capacidade humana de contar itens e relacionar isto com quantidades estipuladas, onde a palavra Informática é a junção de duas palavras: Informação + automática, ou seja, é a Informação automatizada. A Informática é o ramo da ciência contemporânea que mais tem evoluído nas últimas décadas e envolve o domínio de equipamentos cada vez mais inteligentes que integrados são utilizados em diversas áreas: comércio, saúde, comunicação, engenharia e também na educação. Presente em quase todos os lugares essa máquina capaz de processar dados será nosso parceiro durante nosso curso. Por isso é importante con- Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 1

2 hecer um pouco mais acerca desse companheiro de estudo. Nessa unidade também apresentaremos uma visão geral sobre a internet, ou a rede mundial como também é conhecida, o que motivou o desenvolvimento desse tipo de rede e sua evolução. Além disso, vamos ver os principais serviços utilizados, como , chat, fórum e outras aplicações. Os Primórdios da Informática Ábaco O termo Computador vem do latim computare e significa calcular. Na Antiguidade, o computador não era uma máquina, mas uma pessoa que tinha função de fazer contas e dirimir conflitos, muito próximo dos contabilistas atuais. Nesse período, estes indivíduos utilizavam o ábaco, considerado o ascentral do computador, isso em 2000 a.c. Os ábacos, utilizados pelo povo Sumério e na Babilônia, são considerados os precursores dos atuais computadores, mas sua evolução passou por séculos de aprimoramentos para obtermos o que hoje encontramos em praticamente todos os lugares. Na atualidade o ábaco ainda é muito utilizado nas escolas para ensinar matemática e em países do Oriente. LEITURA COMPLEMENTAR Leitura complementar - História da informática Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 2

3 1.2 O Computador Qualquer equipamento que execute algum processamento e possua memória pode ser considerado um computador. São exemplos de computadores: Desktop, Tablets, smartphones e laptops. VOCÊ SABIA QUE... Os computadores de mesa são chamados também de PC Personal Computer ou Desktop? Já os computadores portáteis são chamados de notebooks, tablets ou netbooks. Cada um possui sua particularidade. Veja no Glossário, ao final dessa unidade, o que significa cada um. Desktop ou Computador de mesa Smartphone Notebook Tablet LEITURA COMPLEMENTAR Bits e Bytes Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 3

4 O Hardware e seus componentes O hardware é parte física do computador, são os componentes eletrônicos e peças que formam o computador, como o monitor, a CPU, o mouse etc. Podemos dizer que tudo que podemos tocar pode ser chamado de hardware. A origem desta palavra, da língua inglesa: Hard = rígido, duro Ware = parte de algo ou elemento/mercadoria para algum uso Os componentes do computador Como vimos, Hardware é parte física do computador formada pelos componentes eletrônicos como peças e fios. Cada dispositivo tem uma função específica. O computador é formado basicamente pelo gabinete, CPU, teclado, mouse e monitor. O Hardware e seus componentes (Parte 2) O Gabinete é a parte onde se encontram as partes do computador que são responsáveis por armazenar e processar as informações. A maioria possui um botão de ligar/desligar e outro denominado resert, usado para reiniciar o computador. Dentro do gabinete em geral, temos: placa mãe, o processador ou CPU, memória, disco rígido, placas de vídeo, de som, leitores e/ou gravadores de CD ou DVD. Unidade de Processamento de Dados ou CPU A CPU, do inglês Central Processing Unit, é um circuito integrado que controla todas as operações e o funcionamento do computador. Ele é responsável pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções que resultam em todas as tarefas que um computador pode fazer. Tudo que fazemos no computador passa pela CPU, ao assistimos um vídeo, ao acessarmos a internet, ao digitarmos um arquivo de texto, ao enviarmos um etc. Atualmente, todos os componentes que compõem a CPU estão integrados em uma única peça chamado microprocessador. Podemos apontar a Intel e a AMD como as principais empresas desenvolvedoras de microprocessadores. É importante lembrar que um microprocessador é um processador, mas nem todo processador é um microprocessador. Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 4

5 Geralmente o processador é o que batiza o computador, ou seja, em anúncios as lojas ao venderem computadores usam o nome do processador como sinônimo do nome do computador. Ex: Um computador Dual Core significa dizer que seu processador é da marca Intel Dual Core de 2.5Ghz. LEITURA COMPLEMENTAR Leia mais sobre os componentes do processador Memória Podemos dividir a memoria do computador em: Memória Principal e Memória Secundária. É na memória principal onde o processador irá buscar as instruções necessárias para executar e armazenar os dados do processamento. A Memória Secundária, por sua vez, servirá como apoio, trazendo segmentos inativos de programas para a Memória Principal quando necessário. Em um computador comum encontramos dois tipos de memórias principais. O primeiro tipo de memória é utilizado apenas para leitura e é conhecida como memória ROM. Esse tipo de memória é conhecida como uma memória não-volátil, pois as informações contidas nela não se perdem quando o computador é desligado. Esse tipo de memória é importante por garantir o carregamento de programas indispensáveis para o computador, como o BIOS, o POST e o SETUP. O segundo tipo de memória é utilizado para o armazenamento temporário de informações e é conhecida como memória RAM. Esse tipo de memória é conhecida como uma memória volátil, pois os dados que estão nelas são perdidos assim que o computador é desligado. Quando nos referimos à Memória RAM HD (Hard Disk) ou Disco Rígido Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 5

6 capacidade de memória de um computador, estamos na verdade nos referindo à quantidade de memória RAM instalada no computador. O Hardware e seus componentes (Parte 3) Também conhecidos como winchester ou HD (HDD, do inglês Hard Disk Drive), são dispositivos de armazenamento de dados que estão enquadrados na categoria chamada de dispositivos de memória secundária.podem ser internos ou externos. A capacidade também é medida em bytes. O disco rígido é uma memória não volátil, ou seja, dados inseridos não são perdidos quando o computador é desligado. Estes dispositivos são os responsáveis pela gravação da informação para que possamos recuperá-la posteriormente. Esta gravação é executada, por exemplo, quando pressionamos a tecla salvar nos programas de computador. Existem vários tipos de discos rígidos, sendo identificados pelas siglas: IDE/ATA, Serial ATA, SCSI, Fibre Channel, SAS, SSD. Monitor O Monitor o equipamento responsável pela interface gráfica, ou seja, tudo que você faz no computador aparece na tela do monitor. Existem diferentes modelos no mercado, cada um com sua vantagem e desvantagem. Ultimamente são utilizados monitores do tipo LCD, pois eles oferecem uma melhor resolução da imagem e ocupam menos espaço por serem mais finos. Monitor Placa Mãe Placa mãe É também conhecida como mainboard ou motherboard. A Placa mãe trata-se de uma placa de circuito impresso que serve de base para a instalação dos demais com- Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 6

7 ponentes de um computador, tais como as memórias RAM, o processador, as placas controladoras, os barramentos e o chipset. É na placa-mãe que se encontram também as portas de conexão, como as portas USB que possibilitam a conexão de hardwares externos ao computador, como as impressoras, as câmeras digitais e os pen-drives. A principal função da placa-mãe é interconectar todos os outros componentes do computador e fornecer as corretas condições de funcionamento de todos estes componentes. Impressora A Impressora é o dispositivo responsável pela impressão em folhas de papel. Atualmente, muitas impressoras passaram a englobar outras funcionalidades como, por exemplo, Scanner, passando a serem chamadas de Multifuncionais, por desempenharem mais de uma função. As impressoras mais antigas eram conectadas ao computador através de uma porta paralela, porém as impressoras mais novas e as multifuncionais são conectadas ao computador através de uma conexão USB. Mouse O Mouse é um dispositivo de apontamento conectado ao computador mediante um cabo (a cauda). Recebe este nome por se assemelhar a um rato. O mouse se tornou dispositivo indispensável, principalmente pela popularização das interfaces gráficas, que requerem muita utilização deste tipo de equipamento. Existem também diversos modelos, com dois ou três botões, com um botão de rolamento (para facilitar a passagem de telas de programas), e até mesmo mouse sem fio (wireless). Os mouses podem ser conectados ao computador através de uma conexão USB ou através de uma porta PS/2 localizada na placa-mãe. LEITURA COMPLEMENTAR Aprenda mais sobre as funções do mouse. Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 7

8 Mouse Teclado Teclado Um dos componentes do computador com que teremos mais contato do que com qualquer outro. Existem diversos padrões, a exemplo dos teclados QWERTY (assim chamados por causa da disposição destas letras no teclado), com configurações diferenciadas, para atender a necessidades específicas de linguagem, como a língua portuguesa, que possui as configurações ABNT e ABNT2. Os teclados podem ser conectados ao computador através de uma porta USB ou através de uma porta PS/2. Se quiser conhecer mais sobre o assunto, clique aqui e veja o vídeo. VOCÊ SABIA QUE... A disposição das letras do teclado lembram as antigas máquinas de datilografia? Você chegou a usar uma delas? Ligando o computador Agora que você conhece as partes do computador está na hora de ligá-lo. Após verificar se o computador está alimentado na tomada, à primeira coisa a fazer é ligar o estabilizador. Este irá controlar a energia elétrica fornecida ao computador permitindo que os próximos componentes do computador sejam ligados. Ao ligar o estabilizador uma luz verde será acessa no equipamento. Se a luz es- Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 8

9 tiver vermelha observe se não há sobrecarga de energia nessa tomada. Depois ligue a CPU do computador, apertando um botão no gabinete, que pode ter a mesma indicação deste símbolo. Pronto, o computador deverá ligar normalmente. VOCÊ SABIA QUE... O gabinete costuma ter 2 luzes, uma verde e uma vermelha? A verde indica que o computador está ligado, e a vermelha indica que o computador está lendo ou escrevendo dados no HD dele. Antes de ligar a CPU verifique se o estabilizador está ligado. Para desligar o computador é muito simples. Não se desliga da mesma forma que liga. Procure o botão inicar (no Windows) e menu K (no Linux) e procure a opção desligar. Pronto aguarde que o computador desligará sozinho após alguns segundos. Depois que todas as luzes estiverem desligadas é que você poderá desligar o estabilizador. O Software Softwares são um conjunto de procedimentos que que desempenham funções que possibilitam o funcionamento do computador, sejam essas funções simples, como uma conta na calculadora, ou complexas, como gerenciar os prcessos do Sistema Operacional. Essas ordens preestabelecidas chamamos de programas. São exemplos de softwares ou programas: Windows, Word, Linux, LibreOffice, Firefox e Chrome. É a combinação entre software e hardware que faz nosso computador funcionar perfeitamente. Milhares de programas são disponibilizados todos os dias. Os softwares são divididos por categorias: os Sistemas Operacionais e os Softwares Aplicativos. O software básico para o funcionamento do computador é o Sistema Operacional. Os programas aplicativos e utilitários também serão apresentados para que você tenha conhecimento e saiba distinguir e utilizar estes itens que auxiliam o computador a funcionar.lembre-se de que os objetivos desta unidade são fazer com que você: > Conheça os diferentes tipos de sistemas operacionais que existem; > Identifique os principais componentes dos sistemas operacionais e seu funcionamento básico; > Utilize os principais softwares aplicativos e utilitários que os sistemas computacionais oferecem. Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 9

10 LEITURA COMPLEMENTAR leitura complementar - Os sistemas operacionais LEITURA COMPLEMENTAR leitura complementar - Softwares aplicativos LEITURA COMPLEMENTAR leitura complementar - Software Livre e o Linux Resumo Nesta unidade você conheceu um pouco da história do computador, de seu funcionamento básico e terminologias da área de informática.você também viu um pouco sobre os principais componentes e periféricos do computador, além de se apronfundar um pouco mais sobre Sistemas Operacionais e Softwares Livres. 1.3 A Internet Histórico A internet surgiu de um projeto do Departamento de Defesa dos Estados Unidos em 1969, quando cientistas iniciaram a pesquisa sobre a conexão de computadores em rede. O objetivo do projeto era desenvolver um sistema distribuído de comunicação entre computadores, ou seja, uma rede de computadores que poderia sobreviver a um ataque e que conseguisse ligar pontos considerados estratégicos para o país, como bases militares e centros de pesquisa e tecnologia. Resumindo, que fosse garantida a continuidade das comunicações militares em caso de guerra. No início, a internet estava restrita aos militares e a algumas universidades que realizavam pesquisas militares. Como as pesquisas nessa área foram bem sucedidas, várias universidades ficaram interessadas em ter acesso à internet. Com isso passaram Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 10

11 a existir duas redes: uma militar chamada de milnet e outra civil, a Agência de Projetos de Pesquisas Avançadas, a ARPA, criou uma rede de comunicações a ARPANET. Para que essas redes pudessem se comunicar e trocar informações entre si, houve a necessidade de criar uma padronização. Chamamos essa padronização de protocolo de comunicação. O objetivo de um protocolo de comunicação é permitir que redes distintas troquem informações. Na década de 70 surgiu o protocolo que permitiu que diferentes tipos de redes de computadores se interligassem à distância, surgindo assim, a World Wide Web WWW que quer dizer: Teia de Alcance Mundial a Internet que a gente conhece hoje. Como funciona? Inicialmente, para se ter acesso a internet era necessário ter um computador, um modem, uma linha telefônica e um provedor (pago ou não) de acesso à internet. O modem é um equipamento eletrônico com a função de modular e demodular dados, ou seja, modula um sinal digital (computador) em um sinal analógico (linha telefônica) para que as informações possam ser transmitidas pela linha telefônica. Quando a informação é recebida, é necessário realizar o processo inverso, chamado de demodulação. Esse processo que ocorre é utilizado pelos modems de acesso discado (por linha telefônica). Um provedor é uma empresa que fornece o acesso à rede mundial de computadores, além do acesso à internet, que, dependendo do provedor que é pago ou não, oferece ainda outros serviços, como o . Hoje podemos utilizar outros meios de conexão para ter acesso à internet, como ADSL (Linha Digital Assimétrica para Assinante), cabos de fibra ótica, tv a cabo, por satélite ou pelo rádio. Termos mais comuns utilizados na net A tecnologia, em especial a internet trouxe muitos termos novos para nosso cotidiano, vamos conhecer alguns deles? World Wide Web_ Também é conhecida como WWW, W3 ou simplesmente Web, que, traduzido Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 11

12 para o português, fica rede de alcance mundial. Podemos dizer que a Web é uma referência a todo conteúdo que está conectado pela internet, fornece as informações em forma de hipertexto, ou seja, é um sistema de documento (textos, imagens, vídeos, sons e outros) em multimídia interativa ligados por hiperlinks que são conectados na internet. Hiperlink Hiperlink_ É o recurso que permite redirecionar para outra página na Internet ou para um atalho entre documentos. Para saber quando há um link em uma página multimídia, basta posicionar o cursor do mouse sobre um elemento gráfico ou uma palavra destacada com uma cor diferente do conjunto de texto o cursor do mouse muda para a forma de uma mãozinha. Hipertexto_ É um texto que apresenta diversos recursos hipermídia (textos, imagens, sons, etc.), interligado a outros documentos por meio de links programados em pontos chaves, de modo que o usuário possa passar de uma informação para outra, conforme seu interesse. Estabelecendo uma comparação a um jornal, seria o correspondente ao leitor ler uma notícia na página 2 que traz referência a outra notícia contida na página 20, possibilitando ao leitor o acesso a essa nova página imediatamente, no caso da internet, através de um clique de mouse. Html_ Abreviação de HyperText Markup Language, em português: Linguagem de Marcação para Hipertexto, é a linguagem de programação para escrever páginas na Web. Browser ou navegador_ São programas de computador que permitem acessar a internet. Também chamado de browsers ( exploradores,em inglês) os mais conhecidos são o Internet Explorer, Google Chrome e o Mozila Firefox. Os browsers são responsáveis por interpretar as páginas HTML e mostrá-las na tela. Download_ Em inglês load significa carregar e down para baixo. Fazer um download significa baixar um arquivo de um servidor, descarregando-o para o nosso computador. Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 12

13 Spam_ É o envio de s não solicitados e um dos grandes problemas na Internet. Normalmente os clientes de movem automaticamente os spams para a lixeira. Homepage_ É a página inicial de um website. Comparando com uma revista, a homepage seria a capa e o site a revista inteira com todo o seu conteúdo. Site_ É a abreviatura de Website, é o local na Internet identificado por um nome de domínio, constituído por uma ou mais páginas de hipertexto, que podem conter textos, gráficos e informações em multimídia. Um site na Internet é formado por uma ou diversas páginas. A tecnologia, em especial a internet trouxe muitos termos novos para nosso cotidiano, vamos conhecer alguns deles? Podemos dizer que o sucesso da World Wide Web se deve ao hipertexto, ou seja, textos e imagens que são interligados por meio de palavras-chave, tornando a navegação simples e agradável. As duas letras no final do endereço eletrônico, neste caso, BR, significam que é um site de origem brasileira, se fosse PT seria português, AR da Argentina e assim por diante. Ressalta-se que os sites americanos não têm essa obrigatoriedade, portanto, estão dispensados de informar o país de origem por serem os criadores da internet. Por exemplo: https://www.facebook.com/ Significa que este site hospedado em um servidor americano. VOCÊ SABIA QUE... cada domínio sugere um tipo de instituição diferente? Veja a lista:.com - Sugere que o site é de uma instituição comercial;.gov - Sugere que é uma instituição governamental;.edu - Sugere que o site é uma instituição educacional; Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 13

14 .org - Sugere que o site é uma instituição social;.ind - Sugere que o site é uma instituição industrial;.net - Sugere que o site é uma instituição de redes;.mil - Sugere que o site é uma instituição militar. Para entrar na internet, siga os seguintes passos: > Certifique que o modem está conectado (geralmente se pede uma senha). Se o modem for roteado, entra direto sem senha > Clique no menu Iniciar (Windows) ou K (no Linux) > Procure a opção Internet e o navegador Internet Explorer (no Windows) ou Mozilla Firefox (no Linux e Windows) > Digite a página que queira entrar na barra de endereços do Browser e aperte Enter. 1.4 O , nosso canal de comunicação O , ou correio eletrônico, é um sistema de comunicação disponível na internet que possibilita o envio e o recebimento de mensagens, ou seja, é a identificação pessoal ou institucional na Rede Mundial de Computadores. Podemos anexar a essas mensagens arquivos de qualquer formato, texto, imagens, vídeo, sons, entre outros. Para enviar uma mensagem é necessário ter um endereço de e conhecer o do destinatário. Para gerenciar os s que você envia ou recebe, seu provedor de internet possui os chamados servidores de . Atualmente existem s gratuitos, que nem sempre são do provedor que você usa. Deve ser escrito todo em letras minúsculas, sem acentos gráficos ou cedilha. O é constituído de 5 partes, como no exemplo: > aluno: é a login que identifica o internauta; arroba; > yahoo: é o site onde está hospedado seu ; > com: significa que é um site comercial; > br: que está hospedado em um website brasileiro. Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 14

15 Criando um Criando um (Gmail). Para criar um é fácil, basta: > Acessar a página inicial da Google. > Em seguida clique em CRIAR UMA CONTA, próximo ao centro da tela e preencha os campos obrigatórios. Logo em seguida irá aparecer uma tela, você deverá preenchê-la com o seus dados pessoais. Tela incial do Gmail > Lembre-se que ao escolher um nome de usuário, você não poderá mais alterar a não ser que crie um novo . Tela para criação de conta no Gmail > Depois é só aceitar os termos da Google e clicando nas Próximas etapas. > Você receberá uma mensagem de boas vindas do Gmail. Para ter acesso a sua conta de é só clicar em Prosseguir para Gmail. Seu irá carregar ate abrir a pagina inicial de sua conta. Nesta página você terá as opções de Escrever, Ler (Entrada), Enviadas, Rascunhos, etc.. Além de um bate-papo que é gratuito para os usuários Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 15

16 do Gmail, o Google Talk. Pronto criado, agora é só configurar o seu perfil, colocando fotos, mensagem de apresentação etc. Tela inicial do seu Gmail Enviando um tela. Para escrever uma mensagem basta clicar na opção Escrever, abrirá uma nova Para (ou To)_ É o destinatário, ou seja, o campo no qual digitamos o endereço eletrônico ( ) da pessoa ou instituição para a qual queremos enviar a mensagem. Assunto_ Descreve o objetivo da mensagem. Sempre deve estar especificado para agilizar a resposta, porém é possível enviar um com o campo assunto em branco, ele aparecerá na caixa de entrada do destinatário como Sem assunto. CC (Carbon copy)_ Envia uma cópia do para outra pessoa além do já informado. CCo (Cópia oculta)_ Através desse recurso podemos indicar um novo para enviarmos uma cópia da mensagem sem que este endereço seja compartilhado com outras pessoas. Anexar arquivos_ Para anexar arquivos no , deve-se clicar no ícone em formato de clipe na parte de baixo da janela do . Depois de clicar uma janela será aberta e você podeá Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 16

17 escolher o arquivo que queira enviar. Obs.: Ao preencher o conteúdo do não deixe de clicar em enviar. 1.5 EAD Planejamento e Comprometimento A educação a distância vem crescendo rapidamente em todo o mundo. Incentivados pelas possibilidades decorrentes das novas Tecnologias da Informação e das Comunicações TICs e por sua inserção em todos os processos produtivos, cada vez mais cidadãos e instituições vêem nessa forma de educação um meio de democratizar o acesso ao conhecimento e de expandir oportunidades de trabalho e aprendizagem ao longo da vida. De forma simples, educação a distância significa educação independente de distâncias. Assim, o aluno de EaD, aprende e desenvolve competências, habilidades, atitudes e hábitos relativos ao estudo, à profissão e à sua própria vida, no tempo e local que lhe são adequados, não com a ajuda em tempo integral da aula de um professor, mas com a mediação de professores (orientadores ou tutores), atuando ora a distância, ora em presença física ou virtual. Portanto agora é hora de se engajar a fundo em seus estudos, saber o que é esperado de você, o que você precisa fazer, e como fazer. Em resumo, é hora de desenvolver o hábito de planejar e de organizar sua aprendizagem e, com isso, criar as melhores condições de aprendizado e de manter-se no controle de seus estudos. No diagrama a seguir, quais atitudes e tarefas são importantes para um aluno da modalidade de ensino a distância: Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 17

18 O aluno de EaD necessita ter o controle sobre sua aprendizagem. Para isso, deve desenvolver-se uma série de aptidões, habilidades, hábitos, atitudes e competências que lhe ajudem a obter bons resultados em sua aprendizagem. A falta de planejamento é um fator que impede seu sucesso no curso a distância. Portanto é preciso desenvolvê-lo continuamente no decorrer do curso! O aluno deverá agir como seu próprio regente agora, ou seja, seus esforços devem ser voltados para sua aprendizagem. Comprometimento e planejamento do tempo para estudar a distância serão as duas coisas mais exigidas de você. Para avaliar e melhorar seu grau de comprometimento pense em seu objetivo de concluir seu curso. Para isso, será necessário: > Ter disciplina e realizar as atividades do curso; > Valorizar o curso que escolheu se dedicando para que ele se mantenha em um ótimo padrão de qualidade; > Confiar em si mesmo para superar seus limites e buscar soluções para as dificuldades encontradas ao longo de sua aprendizagem; Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 18

19 > Ser sujeito e participante ativo do curso, não se limitar a receber passivamente a informação e exercer continuamente seu espírito crítico, valorizando suas opiniões e as dos colegas. Planejamento Na realidade o bom aluno de EaD precisa de duas características fundamentais: autonomia e disciplina. Alunos da modalidade EaD compõe o universo de pessoas que tem sabem controlar suas horas de estudo. Sou aluno de EaD e agora? Como fazer? A resposta é planejar! O planejamento é a chave para seu sucesso no curso, nas disciplinas e também na vida! Para isso, comece por aprender a planejar seu tempo. > Estabelecer objetivos e prioridades claras e realizáveis dentro do cronograma do curso e do tempo de que você dispõe para estudar; > Planejar e gerenciar seus estudos, seu tempo e seu ritmo para o cumprimento das atividades curriculares do curso; > Calcular/ organizar o tempo para os estudos; Avaliar as condições que você tem disponível e aquilo de que precisa para melhor se aplicar nos estudos; > Criar as condições (físicas, psicológicas e emocionais) favoráveis a seus estudos; > Controlar e avaliar constantemente sua maneira de aprender, melhorando-a no que for necessário. Modelo de Pedagogia a Distância A metodologia da EaD, diferente do presencial, foi planejada e produzida para dar ao aluno o maior controle possível sobre sua aprendizagem. Assim, é você quem escolhe o momento, o lugar, o seu ritmo de aprendizagem, levando em conta que o ritmo precisa estar de acordo com o cronograma da disciplina que você está cursando. Neste curso, você contará com uma diversidade de ambientes de ensino e aprendizagem, mediado por tecnologias impressa e digital, além dos momentos presenciais nos polos. Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 19

20 Diferente do curso presencial/tradicional em sala de aula, a formação que você agora inicia o torna o mestre de sua aprendizagem, o GESTOR do seu tempo e ritmo. A EaD é uma metodologia baseada na Andragogia que é a arte e a ciência da educação de adultos, sendo os adultos, independentes, contam com sua experiência de vida que influencia diretamente sua aprendizagem autônoma, e assim a Andragogia, ao estudar as características do adulto em situação de aprendizagem, consegue determinar quais as melhores condições para aprender. Nessa metodologia é necessário que você, alunos, e nós, professores, compreendam que essa educação busca uma aprendizagem colaborativa e autônoma. 1.6 Conceitos e Evolução em Educação a Distância A Educação a Distância ou EaD é uma designação usada no Brasil para caracterizar modos de formação ou de aprendizagem cuja mediação estudante-professor-conteúdo é feita por alguma tecnologia e que, por isso, diferencia-se do modelo clássico presencial. Educação a Distância (EaD), Formação a Distância (FaD), Aprendizagem Aberta e a Distância (AAD), E-Learning e, mais recentemente, U-learning ou U-formação: os termos e escrita demonstram que, quando se fala dessa modalidade educacional, não há como dissociá-la dos meios de entrega do conteúdo e de interação, ou seja, das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). VOCÊ SABIA QUE... E vem de eletronic, como o e de . Significa uma modalidade de EAD baseada na internet e em outros meios digitais, como Educação Online, no Brasil. Isso porque há outros modelos de EAD como cursos semipresenciais e/ou que utilizam outras mídias além da internet. Já o U é bem novo e significa ubiquos, ubiquitous, ou simplesmente mobility (de mobilidade). No U-learning você pode acessar os conteúdos, fazer as atividades, etc. pelo celular. Ainda há o b-learning (blended-learning), híbrido entre presencial e à distância. A Educação a distância, simplificada no termo EaD, segundo o Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005, que regulamenta o art. 80 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, em que se estabelecem as diretrizes e bases da educação nacional, é Introdução ao Curso e às Tecnologias Digitais na Educação Unidade I 20

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES URI CAMPUS SANTO ÂNGELO NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET Disciplina: Informática Instrumental Profa: M. Sc. Regiane Klidzio CONTEÚDO Março, 2010

Leia mais

Oficina de Software Livre.

Oficina de Software Livre. Professor: Igor Patrick Silva Contato: (38)88037610 E-Mail: igorsilva88037610@hotmail.com 1 Índice CAP. 1 O computador e seus componentes 2 CAP. 2 O que é software livre e o que é software proprietário

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

Introdução à Informática Professor: Juliano Dornelles

Introdução à Informática Professor: Juliano Dornelles Pra que serve o computador? O computador é uma extensão dos sentidos humanos. Pode ser utilizado no trabalho, nos estudos e no entretenimento. Com finalidades de interação, comunicação, construção de conteúdo,

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 -

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 - DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO - Professor Esp. Wellington de Oliveira Graduação em Ciência da Computação Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior Pós-Graduação MBA em Gerenciamento de

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de informática.

Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de informática. Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de informática. AULA 1 Noções básicas de Informática Componentes básicos Hardware Componentes básicos Software Noções de MS Word

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?...

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 1 Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 6 Usando os programas... 7 Partes da janela:... 7 Fechando as janelas...

Leia mais

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Sumário Capítulo 1 Como usar este Livro?... 1 O que este livro não é?...1 O que este livro é?...1 Como estudar os assuntos...2 Acredite, você

Leia mais

Princípios de Informática

Princípios de Informática Princípios de Informática Aula 1 Introdução à Informática Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Técnico em Alimentos Prof. Bruno B. Boniati www.cafw.ufsm.br/~bruno

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 ÍNDICE Aula 1 Conhecendo o Linux... 3 Apresentação... 3 Tela de Logon... 4 Área de trabalho... 5 Explorando o Menu

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

Informática :: Presencial

Informática :: Presencial MAPA DO PORTAL (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CNI/MAPADOSIT E /) SITES DO SISTEMA INDÚSTRIA (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CANAIS/) CONT AT O (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Periférico de entrada/saída, memória, vírus, Windows, barra tarefas. Prof: Lucas Aureo Guidastre Memória A memória RAM é um componente essencial

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) É necessário criar várias cópias de documentos importantes em locais diferentes. Esses locais podem ser pastas no HD interno ou HD externo, ou então em

Leia mais

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Hardware e Software Conceitos Básicos ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Conceitos Básicos Hardware É a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Queridos alunos, vencem o desafio os 3 primeiros alunos a enviar as respostas corretas para o meu e-mail, mas tem que acertar todas... ;-) Vou começar a responder os e-mails

Leia mais

1 Como seu Cérebro Funciona?

1 Como seu Cérebro Funciona? 1 Como seu Cérebro Funciona? UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) O cérebro humano é capaz de processar as informações recebidas pelos cinco sentidos, analisá-las com base em uma vida inteira de experiências,

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

nós fazemos o Windows

nós fazemos o Windows GUIA DO APRENDIZ Obrigado! Obrigado por sua aquisição! Nós queremos fazer de sua experiência a mais satisfatória, por isso reunimos dicas para ajudar você a iniciar com o seu computador Gateway. Conteúdo

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO FCC 2012 NOÇÕES DE : 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é Internet Conceitos básicos de internet

Leia mais

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Disciplina: Informática. Professor: Denis Henrique Caixeta. Valor: 4 pontos Visto no caderno 1) Quais são as características dos primeiros computadores?

Leia mais

Instrutor(a): Nilcéa Lima

Instrutor(a): Nilcéa Lima Instrutor(a): Nilcéa Lima João Pessoa, abril de 2008 HORÁRIO TURMA TARDE: 14h00 18h00 1ª SEMANA: SEGUNDA TERÇA QUINTA 2ª SEMANA: SEGUNDA - QUINTA HORÁRIO TURMA NOITE: 18h00 22h00 1ª SEMANA: SEGUNDA TERÇA

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

NAVEGANDO NA INTERNET

NAVEGANDO NA INTERNET UNIDADE 2 NAVEGANDO NA INTERNET OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar esta Unidade você deverá ser capaz de: Definir a forma de utilizar um software de navegação; Debater os conteúdos disponibilizados

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

Sobre a troca de mensagens por e-mail (eletronic mail) é correto afirmar que:

Sobre a troca de mensagens por e-mail (eletronic mail) é correto afirmar que: Assinale abaixo qual é o único exemplo de senha não segura. a) &8ufnrofm7 b) Mttpocs$%4 c) 1234deus d) **ddavmas! e)!@3oppepnp Sobre segurança na internet e antivírus é correto afirmar que: a) No sistema

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Programa A busca da formação integral de adolescentes que habitam as periferias e bolsões de miséria em Cascavel/PR através da saúde, do meio

Programa A busca da formação integral de adolescentes que habitam as periferias e bolsões de miséria em Cascavel/PR através da saúde, do meio Programa A busca da formação integral de adolescentes que habitam as periferias e bolsões de miséria em Cascavel/PR através da saúde, do meio ambiente, da cultura e da tecnologia O que é computador? O

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br Hardware e Software Professor: Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.br Agenda Hardware Definição Tipos Arquitetura Exercícios Software Definição Tipos Distribuição Exercícios 2 Componentesde um

Leia mais

Aula Au 3 la 3 Windows-Internet

Aula Au 3 la 3 Windows-Internet Aula 33 Aula O QUE É INFORMÁTICA? O meio mais comum da utilização da informática são os computadores que tratam informações de maneira automática. Informática Informação Automática TIPOS DE SOFTWARES Parte

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO DIRETORIA DE INCLUSÃO DIGITAL DIRETORIA DE GOVERNO ELETRÔNICO APOSTILA LINUX EDUCACIONAL (Conteúdo fornecido pelo Ministério da Educação e pela Pró-Reitoria de Extensão da UNEB)

Leia mais

Apostilas OBJETIVA - Concurso Público 2015 MTE Ministério do Trabalho e Emprego Cargo: Agente Administrativo. 4º Caderno. Índice

Apostilas OBJETIVA - Concurso Público 2015 MTE Ministério do Trabalho e Emprego Cargo: Agente Administrativo. 4º Caderno. Índice 4º Caderno Índice Programas de navegação: Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome... Exercícios pertinentes... 02 48 Programas de correio eletrônico Outlook Express, Mozilla Thunderbird... 58

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES LINUX EDUCACIONAL

CADERNO DE ATIVIDADES LINUX EDUCACIONAL UFPB VIRTUAL JOÃO PESSOA/PB CURSO LINUX EDUCACIONAL Instrutor (a): Nilcéa Lima 1 CADERNO DE ATIVIDADES LINUX EDUCACIONAL Ambiente Gráfico KDE 3.5 BrOffice Writer BrOffice Impress BrOffice Calc Navegador

Leia mais

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 -

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 - DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO - Professor Esp. Wellington de Oliveira Graduação em Ciência da Computação Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior Pós-Graduação MBA em Gerenciamento de

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD)

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD) ******* O que são computadores? São máquinas que executam tarefas ou cálculos de acordo com um conjunto de instruções (os chamados programas). Possui uma linguagem especifica chamada Linguagem de programação

Leia mais

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br QUESTÕES TRE / TJ FCC 2007 CARGO: TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA QUESTÃO 11 -. Com relação a hardware, é correto afirmar que: (A) Computadores com placas-mãe alimentadas por fontes ATX suportam o uso do comando

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Assinale a alternativa que apresenta as fórmulas CORRETAS para calcular E4 e D6, respectivamente:

Assinale a alternativa que apresenta as fórmulas CORRETAS para calcular E4 e D6, respectivamente: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO 6 INFORMÁTICA QUESTÕES DE 21 A 40 21. Dentre as alternativas abaixo, assinale a que apresenta CORRETAMENTE ferramentas existentes em softwares de escritório (BrOffice ou Microsoft

Leia mais

BrOffice Módulo 01 ÍNDICE

BrOffice Módulo 01 ÍNDICE ÍNDICE Vídeo 01: Introdução ao BrOffice Vídeo 02: Componentes Vídeo 03: Outras funções Vídeo 04: Formato de arquivo Vídeo 05: Uso Vídeo 06: Multiplataforma Vídeo 07: Conhecendo a interface Vídeo 08: Experimentando

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 4 INTERNET

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 4 INTERNET CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 4 INTERNET O que é a Internet? É a ligação em escala mundial de milhões de computadores para a troca de informações. As informações, na Internet, trafegam quase que instantaneamente.

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

editor Writer, do BrOffice

editor Writer, do BrOffice editor Writer, do BrOffice Utilizar o editor Writer, do BrOffice, para editar textos e inserir tabelas; Conscientizar sobre o cuidado com os direitos autorais, citando sempre as fontes de onde foram retirados

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

Manual Sistema WEB 1

Manual Sistema WEB 1 Manual Sistema WEB 1 APRESENTAÇÃO Nosso site na internet é o www.tercred.com.br onde apresentamos um pouco da nossa história, nossos produtos, a rede credenciada e outros serviços. Para acessar o Sistema

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO TUTORIAL PARA TUTORES PLATAFORMA MOODLE OURO PRETO 2014 1 SUMÁRIO 1. PRIMEIRO ACESSO À PLATAFORMA... 03 2. PLATAFORMA DO CURSO... 07 2.1 Barra de Navegação...

Leia mais

www.proinfocamamu.com.br

www.proinfocamamu.com.br www.proinfocamamu.com.br Prof. Miquéias Reale - www.proinfocamamu.com.br Professor: Miquéias Reale Diretor de Tecnologia da Reale Tech Telefone: (75) 3641-0056 / 8838-1300 E-mail: miqueias@realetech.com.br

Leia mais

FAQ Estude Sem Dúvidas

FAQ Estude Sem Dúvidas FAQ Estude Sem Dúvidas Núcleo de Educação a Distância Faculdade Flamingo São Paulo Atualizado em: Outubro/2015 2 Estude sem dúvidas FAQ para os alunos de Pedagogia Presencial Caros alunos e alunas do curso

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO SIMPLES

Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO SIMPLES Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO SIMPLES ATUALIZAÇÃO SIMPLES O processo de Atualização Simples mantém configurações do Windows, arquivos pessoais e aplicativos compatíveis com

Leia mais

Google Apps para o Office 365 para empresas

Google Apps para o Office 365 para empresas Google Apps para o Office 365 para empresas Faça a migração O Office 365 para empresas tem uma aparência diferente do Google Apps, de modo que, ao entrar, você poderá obter esta exibição para começar.

Leia mais

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento MÓDULO II Memórias e Processamento Esse módulo irá relatar sobre as memórias seus tipos e a ligação com os tipos variados de processamento. Leia atentamente todo o conteúdo e participe dos fóruns de discursão,

Leia mais

Operador de Computador. Informática Básica

Operador de Computador. Informática Básica Operador de Computador Informática Básica Instalação de Software e Periféricos Podemos ter diversos tipos de software que nos auxiliam no desenvolvimento das nossas tarefas diárias, seja ela em casa, no

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Introdução a Informática

Introdução a Informática Inclusão Projeto Digital do Jovem Agricultor Introdução a Informática Projeto 1/18 Inclusão Projeto Digital do Jovem Agricultor Conteúdo Programático Introdução; História do computador; Hardware, Software

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

GUIA PRA TICO DO ALUNO

GUIA PRA TICO DO ALUNO GUIA PRA TICO DO ALUNO Sistema de Avaliação, Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA e Portal ÚNICO Guia prático e de conhecimento do Sistema de Avaliação, utilização das ferramentas tecnológicas Ambiente

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

Sistemas de Informação James A. O Brien Editora Saraiva Capítulo 4

Sistemas de Informação James A. O Brien Editora Saraiva Capítulo 4 Os sistemas de informação dependem de recursos de software para ajudar os usuários finais a utilizar o hardware do computador para transformar dados em produtos de informação. O software manipula e dirige

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1

Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1 Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1 O Windows 8.1 foi concebido para ser uma atualização para o sistema operacional Windows 8. O processo de atualização mantém configurações

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Hardware e Software. Exemplos de software:

Hardware e Software. Exemplos de software: Hardware e Software O hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em complemento ao

Leia mais

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios.

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Aplicativos Informatizados da Administração Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Habilidades, Competências e Bases Tecnológicas Bases tecnológicas: Fundamentos de equipamentos

Leia mais