Troncos de Cone e de Pirâmide

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Troncos de Cone e de Pirâmide"

Transcrição

1 Troncos de Cone e de Pirâmide 1. (Uerj 015) Um recipiente com a forma de um cone circular reto de eixo vertical recebe água na razão constante de 1 cm s. A altura do cone mede 4 cm, e o raio de sua base mede cm. Conforme ilustra a imagem, a altura h do nível da água no recipiente varia em função do tempo t em que a torneira fica aberta. A medida de h corresponde à distância entre o vértice do cone e a superfície livre do líquido. Admitindo π, a equação que relaciona a altura h, em centímetros, e o tempo t, em segundos, é representada por: a) h 4 t b) h t c) h t d) h 4 t. (Unesp 014) A imagem mostra uma taça e um copo. A forma da taça é, aproximadamente, de um cilindro de altura e raio medindo R e de um tronco de cone de altura R e raios das bases medindo R e r. A forma do copo é, aproximadamente, de um tronco de cone de altura R e raios das bases medindo R e r. Sabendo que o volume de um tronco de cone de altura h e raios 1 das bases B e b é h (B B b b ) π e dado que 65 8, determine o raio aproximado da base do copo, em função de R, para que a capacidade da taça seja da capacidade do copo. Página 1 de

2 . (Uel 014) Uma empresa que produz embalagens plásticas está elaborando um recipiente de formato cônico com uma determinada capacidade, conforme o modelo a seguir. Sabendo que o raio desse recipiente mede 6 cm e que sua altura é de 48 cm, a que distância do vértice deve ser feita uma marca na superfície lateral do recipiente para indicar a metade de sua capacidade? Despreze a espessura do material do qual é feito o recipiente. Apresente os cálculos realizados na resolução desta questão. 4. (Ita 014) Considere o sólido de revolução obtido pela rotação de um triângulo isósceles ABC em torno de uma reta paralela à base BC que dista 0, 5 cm do vértice A e 0, 75 cm da base BC. Se o lado AB mede a) b) c) 7. 4 d) 9. 4 e) π 1 cm, o volume desse sólido, em cm, é igual a π 5. (Mackenzie 014) Para construir um funil a partir de um disco de alumيnio de centro O e raio R 16 cm, retira-se do disco um setor circular de ângulo central θ 5. Em seguida, remove-se um outro setor circular, de raio r مo tseل linuf od e BD. O processo de construç.oxiaba sarugif san odatneserper 1 cm. Para finalizar, soldam-se as bordas AC A medida da altura do funil é a) 9 cm b) 15 9 cm 8 c) 55 cm 8 d) 55 cm e) cm 8 Página de

3 6. (Espm 014) Uma indústria de bebidas criou um brinde para seus clientes com a forma exata da garrafa de um de seus produtos, mas com medidas reduzidas a 0% das originais. Se em cada garrafinha brinde cabem 7 ml de bebida, podemos concluir que a capacidade da garrafa original é de: a) 875 ml b) 98 ml c) 74 ml d) 69 ml e) 567 ml 7. (Uem 014) A superfície de uma piscina tem o formato de um círculo de raio 4 metros. A profundidade abaixo de cada ponto na superfície da piscina é descrita pela função x p(x) se 0 x se x 4 em que x é a distância, em metros, do ponto na superfície da piscina até a borda da piscina. Assinale o que for correto. 01) A profundidade da piscina em um ponto que está a metros da borda é de,5 metros. 0) Uma pessoa que não deseje ir a uma parte da piscina que tenha profundidade acima de 1,5 metro pode afastar-se, no máximo, 1,5 metro da borda. 04) Se dois pontos estão a distâncias distintas da borda da piscina, então as profundidades abaixo deles também são distintas. 08) O sólido que descreve a piscina é a união de dois cilindros com um tronco de cone. 16) O volume de água que cabe dentro da piscina é 4π m. 8. (Ufg 01) Uma fábrica de embalagens resolveu produzir um copo no formato de tronco de cone circular reto, com diâmetros superior e inferior de 6 cm e 4 cm, respectivamente. A parte central do fundo do copo é côncava, em formato de semiesfera, com 1,5 cm de raio, como indica a figura a seguir. Considerando-se o exposto, desenvolva a expressão que fornece o volume do tronco de cone em função da altura e dos raios das bases e calcule a altura aproximada desse copo para que ele tenha capacidade de 157 ml. Dados: π,14, πrh V cone, 4πr V esfera. Página de

4 9. (Esc. Naval 01) A Marinha do Brasil comprou um reservatório para armazenar combustível com o formato de um tronco de cone conforme figura abaixo. Qual é a capacidade em litros desse reservatório? 40 a) 10 π 19 b) 10 5 π c) 49 10π 49 d) 10 4 π 19 e) 10 π 10. (Espcex (Aman) 01) Um recipiente em forma de cone circular reto, com raio da base R e altura h, está completamente cheio com água e óleo. Sabe-se que a superfície de contato entre os líquidos está inicialmente na metade da altura do cone. O recipiente dispõe de uma torneira que permite escoar os líquidos de seu interior, conforme indicado na figura. Se essa torneira for aberta, exatamente até o instante em que toda água e nenhum óleo escoar, a altura do nível do óleo, medida a partir do vértice será a) b) c) d) e) 7 h 7 h 1 h h h Página 4 de

5 11. (Ufg 01) Em um período de festas, pretende-se decorar um poste de uma praça com fios de luzes pisca-piscas. A estrutura da decoração possui o formato de tronco de cone circular reto com,4 m de altura e diâmetros de m na base e 0,6 m no topo. Os fios de luzes serão esticados, do aro superior ao inferior, ao longo de geratrizes do tronco de cone e, para distribuílos de maneira uniforme, marcam-se na circunferência da base pontos igualmente espaçados, de modo que o comprimento do arco entre dois pontos consecutivos seja no máximo 10 cm. De acordo com os dados apresentados, determine o número mínimo de fios de luzes necessário para cobrir a superfície lateral do tronco de cone e a soma total de seus comprimentos. Dado: π, (Fgv 01) Um cilindro circular reto de base contida em um plano α foi seccionado por um plano β, formando 0 com α, gerando um tronco de cilindro. Sabe-se que BD e CE são, respectivamente, eixo maior da elipse de centro P contida em β, e raio da circunferência de centro Q contida em α. Os pontos A, B, P e D são colineares e estão em β, e os pontos A, C, Q e E são colineares e estão em α. Sendo BC = 1 m e CQ m, o menor caminho pela superfície lateral do tronco ligando os pontos C e D mede, em metros, a) 1 π b) π c) d) e) 1 π 9 π 9 π 1. (Enem 01) Uma cozinheira, especialista em fazer bolos, utiliza uma forma no formato representado na figura: Nela identifica-se a representação de duas figuras geométricas tridimensionais. Essas figuras são a) um tronco de cone e um cilindro. b) um cone e um cilindro. c) um tronco de pirâmide e um cilindro. d) dois troncos de cone. e) dois cilindros. Página 5 de

6 14. (Fgv 01) No poliedro ABCDEFGH, as arestas AE, BF, CG e DH são perpendiculares ao plano que contém a face retangular ABCD, conforme indica a figura. Sabe-se ainda que AE 1, AB DH 4 e AD BF CG 6. a) Calcule a distância entre os pontos A e G. b) Calcule o volume do poliedro ABCDEFGH. 15. (Udesc 01) Se a geratriz, a altura e o raio menor de um tronco de cone reto são, respectivamente, 1 cm, cm e cm, então o volume do cone original é: a) b) c) d) e) 98π cm 49π cm 1,5π cm 6,5π cm 76π cm 16. (Ufmg 01) Um funil é formado por um tronco de cone e um cilindro circular retos, como representado na figura abaixo Sabe-se que g = 8 cm, R = 5 cm, r = 1 cm e h 4 cm. Considerando essas informações, a) Calcule o volume do tronco de cone, ou seja, do corpo do funil. b) Calcule o volume total do funil. c) Suponha que o funil, inicialmente vazio, começa a receber água a 17 ml/s. Sabendo que a vazão do funil é de 4 ml/s, calcule quantos segundos são necessários para que o funil fique cheio. Página 6 de

7 17. (Uem 01) Um determinado funil de plástico tem a forma de um tronco de cone cujas circunferências dos furos que o delimitam possuem raios cm e 0,5 cm, e a altura do funil é de 6 cm. Considerando essas informações, e desprezando a espessura do funil, assinale o que for correto. 01) O volume (capacidade) do funil é maior do que 0 cm. 0) A área lateral do funil é superior a 60 cm. 04) Se o funil estiver em posição vertical, com o furo menor voltado para baixo e tampado, para encher o funil até metade da altura com água, serão necessários menos de 10 cm de água. 08) Se o funil foi obtido de um cone, removendo-se sua ponta, a altura do cone original era de 10cm. 16) A razão entre as áreas respectivas do círculo maior e menor que formam os furos do funil é igual a (Ufg 01) Pretende-se instalar, em uma via de tráfego intenso, um redutor de velocidade formado por 14 blocos idênticos em forma de tronco de pirâmide. Cada tronco de pirâmide é obtido a partir de uma pirâmide de base retangular após seccioná-la por um plano paralelo à base e distante do vértice da altura da pirâmide. Ao término da instalação, a face superior (base menor) de cada tronco de pirâmide será pintada com tinta amarela. Cada litro de tinta custa R$10,00, sendo suficiente para pintar 10 m. Sabendo-se que a área da base maior de cada tronco de pirâmide utilizado na construção do redutor é de 60 cm, calcule o custo da tinta amarela utilizada. 19. (Enem PPL 01) Nas empresas em geral, são utilizados dois tipos de copos plásticos descartáveis, ambos com a forma de troncos de cones circulares retos: - copos pequenos, para a ingestão de café: raios das bases iguais a,4cm e 1,8cm e altura igual a,6cm; - copos grandes, para a ingestão de água: raios das bases iguais a,6cm e,4cm e altura igual a 8,0cm. Uma dessas empresas resolve substituir os dois modelos de copos descartáveis, fornecendo para cada um de seus funcionários canecas com a forma de um cilindro circular reto de altura igual a 6cm e raio da base de comprimento igual a y centímetros. Tais canecas serão usadas tanto para beber café como para beber água. Sabe-se que o volume de um tronco de cone circular reto, cujos raios das bases são respectivamente iguais a R e r e a altura é h, é dado pela expressão: πh V troncodecone (R r Rr) O raio y da base dessas canecas deve ser tal que y seja, no mínimo, igual a a),664 cm. b) 7,41 cm. c) 1,160 cm. d) 14,84 cm. e) 19,840cm. Página 7 de

8 0. (Udesc 01) Um recipiente de uso culinário com 16 cm de altura possui o formato de um tronco de cone reto (conforme ilustra a figura) e está com água até a metade da sua altura. Sabendo que a geratriz desse recipiente é igual a 0 cm e que o diâmetro de sua base é igual a 4 cm, classifique as proposições abaixo e assinale (V) para verdadeira ou (F) para falsa. ( ) O volume de água no recipiente corresponde à quarta parte da quantidade necessária para enchê-lo totalmente. ( ) Se a água do recipiente for retirada à taxa constante de 8 cm por segundo, então o tempo necessário para esvaziá-lo será superior a 0 segundos. ( ) Para aumentar 4 cm do nível de água no recipiente, é necessário acrescentar mais 64 π cm de água. A alternativa correta, de cima para baixo, é: a) V F F b) F V F c) F V V d) F F V e) V V F 1. (Udesc 01) Uma caixa de um perfume tem o formato de um tronco de pirâmide quadrangular regular fechado. Para embrulhá-la, Pedro tirou as seguintes medidas: aresta lateral 5 cm e arestas das bases 8 cm e cm. A quantidade total de papel para embrulhar esta caixa, supondo que não haja desperdício e nem sobreposição de material, foi: a) 88 cm b) c) d) e) 168 cm 80 cm 68 cm 148 cm Página 8 de

9 . (Ufu 01) Considere um balde para colocação de gelo no formato de um tronco de cone circular reto apresentando as medidas indicadas na figura a seguir. Considerando que esse balde esteja com 5% de sua capacidade ocupada com gelo derretido (água) e, consequentemente, com um volume de água igual a 0,097π litros, qual é o valor (em cm) do raio da base maior R? a) 8,5 b) 9 c) 8 d) 7,5. (Ita 01) Um cone circular reto de altura 1 cm e geratriz é interceptado por um plano paralelo à sua base, sendo determinado, assim, um novo cone. Para que este novo cone tenha 1 π o mesmo volume de um cubo de aresta 4 cm, é necessário que a distância do plano à base do cone original seja, em cm, igual a a) 1 4 b) 1 c) 1 d) e) 4 Página 9 de

10 Gabarito: Resposta da questão 1: [A] Sejam h e r, respectivamente, a altura e o raio da base do cone semelhante ao cone de altura 4cm e altura cm. Logo, temos r h r. h 4 8 O volume desse cone é dado por 1 h h V π h cm Por outro lado, como a vazão da torneira é igual a 1cm s, segue-se que V 1t tcm, com t em segundos. Em consequência, encontramos h t h 4 t cm. 64 Resposta da questão : Utilizando a fórmula dada temos: Capacidade da Taça: Capacidade do copo: 4π R π R r π R r VT Vc π R π R r 4 πr r Fazendo V T = /(V C ), temos: 7R r R R R 0 Resolvendo a equação na incógnita r, temos: 4 R 65 R 5 R r 14 R 14 ou 4 R 65 R 11 R r 14 R 14 (não convém) Portanto, o raio do copo será: 5 R 5 R Página 10 de

11 Resposta da questão : Seja G a geratriz da embalagem. Como 6 1 e , segue-se que G 51 60cm. Portanto, se g é o resultado pedido, então g 1 60 g 60 g 0 4 cm. Resposta da questão 4: [C] No triângulo AMC, temos: 1 π x x e h π π π Volume do cilindro: 1 9 VC π cm 4 π 16 Volume de cada tronco de cone: VT π cm π Portanto, o volume pedido será dado por: V V C V T cm Resposta da questão 5: [E] Tem-se que π AOB 60 θ rad. 4 Logo, Página 11 de

12 π AB AOB AO 16 1πcm 4 e π π CD AOB OC 1 cm. 4 4 Daí, se R é o raio maior do funil e r é o raio menor do funil, então πr 1π R 6cm e π πr r cm. 4 8 Portanto, sendo h a altura do funil e AC OA OC 15cm a sua geratriz, pelo Teorema de Pitágoras, vem 05 h 15 6 h h Resposta da questão 6: [A] h cm. 8 Seja c a capacidade da garrafa original, em mililitros. Como os sólidos são semelhantes, tem-se que c 1 c 875mL. 7 0, Resposta da questão 7: = 6. [01] Falsa, pois p () ( ) / 5 /, 5. [0] Verdadeira, pois p(1,5) (1, 5 ) / 1,5m. [04] Falsa, pois f() f( 4) m. [08] Verdadeira, de acordo com o texto a figura abaixo representa tal piscina. Página 1 de

13 [16] Verdadeira, pois Volume do cilindro maior: V1 π πm 1 Volume do tronco de cone: V m π π Volume do cone menor: V π1 1 πm Volume total: V V1 V V 16π 7π π 4π m Resposta da questão 8: Sabendo que o volume de um tronco de cone de altura h e raios das bases R e r é dado por h (R Rr r ), segue que o volume do copo é dado pela expressão h (R Rr r ) r e, com r e sendo o raio da esfera. Portanto, considerando a aproximação fornecida, a altura pedida é tal que,14 h,14 ( ) (1,5) 157,14 (19h 6,75) ,75 h 19 h 8,5cm. Página 1 de

14 Resposta da questão 9: [D] x ΔADE ~ ΔABC x 15 x 10 5 O volume V pedido (em m ) é a diferença entre os volumes dos cones de raios 5m e m, respectivamente π 49 4 V π 5 5 π 15 m 10 πl. Resposta da questão 10: [A] Como a superfície de contato entre os líquidos está inicialmente na metade da altura do cone, segue que a razão entre o volume de água e a capacidade V do recipiente é tal que Desse modo, o volume de óleo é dado por v H 0 1 v V H 0. V 8 V 7V V vho V. 8 8 Portanto, quando toda a água e nenhum óleo escoar, a altura x atingida pelo óleo é tal que 7V 8 x x 7 V h h 8 7 x h. Página 14 de

15 Resposta da questão 11: Comprimento da base maior: C,14 1 6,8m 68cm Número de fios: 68 : 10 6,8 6 fios Tamanho de cada fio: x,4 0,7 x,5m Logo, a soma dos comprimentos será dada por: 6,5 157,5m Resposta da questão 1: [D] Planificando a metade da superfície lateral do tronco, obtemos a figura abaixo. O resultado procurado é a hipotenusa do triângulo CDE. O cateto EC é o semiperímetro da base do tronco. Logo, EC π m. Dado que CQ é raio da circunferência de centro Q, temos EQ m. Sabendo que BC 1m, do triângulo retângulo ABC, vem BC tg0 AC m. AC Página 15 de

16 Da semelhança dos triângulos ADE e ABC, obtemos DE AE DE BC AC 1 DE m. Portanto, aplicando o Teorema de Pitágoras no triângulo CDE, encontramos CD DE EC CD ( π) CD 9 π m. Resposta da questão 1: [D] É fácil ver que o sólido da figura é constituído por dois troncos de cone. Resposta da questão 14: a) Como ABCD é retângulo, AB 4 e AD, é imediato que AC 5. Logo, aplicando o Teorema de Pitágoras no triângulo ACG, obtemos AG AC CG AG 5 6 AG 61. b) Decompondo o poliedro ABCDEFGH em dois troncos de prisma triangular, ADCGEH e ABCGEF, temos [ABCDEFGH] [ADCGEH] [ABCGEF] AD CD AE DH CG AB BC AE BF CG (11 10) 4 u.v. Página 16 de

17 Resposta da questão 15: [D] Sabendo que g 1 cm, h cm e r cm, e sendo R o raio maior do tronco de cone, pelo Teorema de Pitágoras, vem g h (R r) ( 1) (R ) (R ) 4 R 5cm. Seja H a altura do cone original. Logo, H R H 5 H h r H 15 H cm e, portanto, segue-se que o volume do cone original é igual a 1 15 π 5 6,5πcm. Resposta da questão 16: a) (8) (4) H H 4 cm H VTronco R r Rr π π π 4 V Tronco π(5) π(1) π(5)(1) 14π VTronco cm b) VFunil Vtronco Vcilindro π π π π 4 V Funil (5) (1) (5)(1) (1) 4 14π 16π VFunil 4π cm c) Se o funil recebe 17 ml/s de água e a sua vazão é de 4 ml/s, então: 17-4 = 85 ml/s ficam em acumulo por segundo. Para encher o funil, temos: 16π VFunil Tempo para encher o funil,9s Página 17 de

18 Resposta da questão 17: = 05. Dados Iniciais (01) Verdadeiro. h V πr πr πrr 6 V π(0,5) π() π(0,5)() V 10,5πcm 0cm (0) Falso. S πr πr a l l l l S π(0,5) π() ( 8,5) S,5 π ( 8,5) t S 48,6cm 60cm (04) Verdadeiro. 0,5 x 1,5 cm Portanto, h V πr πr πrr V π(0,5) π(1,5) π(0,5)(1,5) V 1 π(0,5) π(1,565) π(0,5)(1,5) V,475π 10cm Página 18 de

19 (08) Falso. x x 6 x cm 0,5 Logo, a altura do cone original era de x 6 6 8cm. (16) Falso. SM πr SM π() 16 S m πr Sm π(0,5) Resposta da questão 18: Seja A a área da base menor de cada tronco de pirâmide. Sabendo que a área base maior de cada tronco de pirâmide mede 60cm, e que a distância do vértice da pirâmide à base menor do tronco é H, temos com H sendo a altura da pirâmide, H 60 H A A 80cm. Portanto, como R$ 0, Resposta da questão 19: [C] 1m de área pintada custa R$ 1,00, o resultado é dado por Supondo que o raio da base das canecas deve ser tal que a capacidade de uma caneca seja maior do que ou igual à capacidade de um copo grande, temos π 8 4 π y 6 (,4,6,4,6) y 1, (4 9 6) 9 y 0,64 19 y 1,16cm. Observação: Se o raio das canecas estiver expresso em centímetros, então em centímetros quadrados. y será expresso Página 19 de

20 Resposta da questão 0: [C] Considere a figura. Sabendo que AD 16cm e que o recipiente está com água até a metade da sua altura, segue que AE ED 8cm. Além disso, como AC 0cm e EB é base média do triângulo ACD, vem AB BC 10cm. Desse modo, BE 6cm e CD 1cm. Sabendo ainda que AO DF cm, temos que o volume do recipiente é dado por πad π16 (BG BG AO AO ) (14 14 ) 116πcm. Por outro lado, o volume de água no recipiente é πae π8 (BG BG AO AO ) (8 8 ) 4πcm. Assim, a quantidade necessária de água para encher totalmente o recipiente é 116π 4π 99π cm. Portanto, 4π π 1 4 Se a água do recipiente for retirada à taxa constante de necessário para esvaziá-lo será 4π s cm por segundo, então o tempo Para aumentar 4cm o nível de água no recipiente, é necessário acrescentar mais π 4 ( ) 64 cm π de água. Página 0 de

21 Resposta da questão 1: [E] Considere a figura. Sendo M o ponto médio de AD, e M o ponto médio de BC, segue que A'B 4 1 cm. Logo, como AB 5cm, vem AA' 4cm. Portanto, a quantidade total de papel utilizada para embrulhar a caixa, supondo que não haja desperdício e nem sobreposição de material, é igual a AD BC 8 AD BC 4 AA ' cm. Resposta da questão : [C] Como 0,097π litros correspondem a capacidade do balde é igual a 1 5% da capacidade do balde, temos que a 4 4 0,097π L 0,88 πl 88πcm. Portanto, sabendo que a altura do balde mede 1cm e o raio da base menor mede cm, vem 1π 88 π (R R ) R R 88 0 R 8cm. Página 1 de

22 Resposta da questão : [D] Seja v o volume do cone determinado pelo plano. Sabendo que o volume desse cone é igual ao volume do cubo de aresta 1 π π v cm. 4 4 Considere a figura abaixo. π 4 1 cm, obtemos Como AO 1cm e que AB cm, do Teorema de Pitágoras aplicado no triângulo AOB segue 4 1 OB 1 1. O volume do cone maior é dado por π V πob AO π 1 cm. 9 Daí, como os cones são semelhantes, vem π v AO' 4 AO' 1 AO' cm. V AO π 1 9 Portanto, o resultado pedido é 1 O'O AO AO' 1 cm. Página de

Rua 13 de junho,

Rua 13 de junho, NOME: QUESTÕES 1. Um recipiente em forma de cone circular reto, com raio da base R e altura h, está completamente cheio com água e óleo. Sabe-se que a superfície de contato entre os líquidos está inicialmente

Leia mais

MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE REVISÃO GEOMETRIA SÓLIDA

MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE REVISÃO GEOMETRIA SÓLIDA 1 MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE REVISÃO GEOMETRIA SÓLIDA ===================================================== 1) As dimensões de um paralelepípedo retângulo são dadas por números inteiros em P.A. de razão

Leia mais

Exercícios de Matemática Troncos

Exercícios de Matemática Troncos Exercícios de Matemática Troncos 1. (Ufscar) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk shake com as dimensões mostradas no desenho. 4. (Ufpe) Um cone circular reto, com

Leia mais

1. (Ufscar 2003) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk

1. (Ufscar 2003) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk GEOMETRIA ESPACIAL: TRONCO 1. (Ufscar 2003) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk shake com as dimensões mostradas no desenho. a) Sabendo-se que a taça estava totalmente

Leia mais

# Cone Elementos #Cone Reto (ou de Revolução) #Panificação do Cone Reto. Altura. Raio. Base

# Cone Elementos #Cone Reto (ou de Revolução) #Panificação do Cone Reto. Altura. Raio. Base # Cone Elementos #Cone Reto (ou de Revolução) #Panificação do Cone Reto Eixo eratriz Superfície Lateral eratriz eratriz Altura eratriz Altura Raio Base Raio Base Raio Base Raio # Secção Meridiana do Cone

Leia mais

QUESTÕES ÁREAS DE POLÍGONOS

QUESTÕES ÁREAS DE POLÍGONOS QUESTÕES ÁREAS DE POLÍGONOS 1. (Unicamp 014) O perímetro de um triângulo retângulo é igual a 6,0 m e as medidas dos lados estão em progressão aritmética (PA). A área desse triângulo é igual a a),0 m. b),0

Leia mais

Semelhança de Triângulos

Semelhança de Triângulos Semelhança de Triângulos 1. (Pucrj 2013) O retângulo DEFG está inscrito no triângulo isósceles ABC, como na figura abaixo: Assumindo DE = GF =12, EF = DG = 8 e AB =15, a altura do triângulo ABC é: a) 35

Leia mais

Arcos na Circunferência

Arcos na Circunferência Arcos na Circunferência 1. (Uerj 015) Um tubo cilíndrico cuja base tem centro F e raio r rola sem deslizar sobre um obstáculo com a forma de um prisma triangular regular. As vistas das bases do cilindro

Leia mais

Cilindro. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 13

Cilindro. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 13 Cilindro 1. (Ueg 01) Uma coluna de sustentação de determinada ponte é um cilindro circular reto. Sabendo-se que na maquete que representa essa ponte, construída na escala 1:100, a base da coluna possui

Leia mais

MAT 240- Lista de Exercícios. 1. Dado o ABC, seja G o baricentro deste triângulo e M o ponto médio do lado BC. Prove que AG = 2GM.

MAT 240- Lista de Exercícios. 1. Dado o ABC, seja G o baricentro deste triângulo e M o ponto médio do lado BC. Prove que AG = 2GM. 1 MAT 240- Lista de Exercícios 1. Dado o ABC, seja G o baricentro deste triângulo e M o ponto médio do lado BC. Prove que AG = 2GM. 2. Seja G o baricentro e O o circuncentro do ABC. Na reta que contém

Leia mais

valdivinomat@yahoo.com.br Rua 13 de junho, 1882-3043-0109

valdivinomat@yahoo.com.br Rua 13 de junho, 1882-3043-0109 LISTA 17 RELAÇÕES MÉTRICAS 1. (Uerj 01) Um modelo de macaco, ferramenta utilizada para levantar carros, consiste em uma estrutura composta por dois triângulos isósceles congruentes, AMN e BMN, e por um

Leia mais

1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra

1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra GEOMETRIA PLANA: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS 2 1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra a figura. A rodovia AC tem 40km, a rodovia AB tem 50km, os ângulos

Leia mais

Pirâmide. P e R pertencem, respectivamente, às faces ABCD e EFGH; Q pertence à aresta EH; T é baricentro do triângulo ERQ e pertence à diagonal EG RF

Pirâmide. P e R pertencem, respectivamente, às faces ABCD e EFGH; Q pertence à aresta EH; T é baricentro do triângulo ERQ e pertence à diagonal EG RF Pirâmide 1. (Unifesp 01) Na figura, ABCDEFGH é um paralelepípedo reto-retângulo, e PQRE é um tetraedro regular de lado 6cm, conforme indica a figura. Sabe-se ainda que: P e R pertencem, respectivamente,

Leia mais

Aula 10 Triângulo Retângulo

Aula 10 Triângulo Retângulo Aula 10 Triângulo Retângulo Projeção ortogonal Em um plano, consideremos um ponto e uma reta. Chama-se projeção ortogonal desse ponto sobre essa reta o pé da perpendicular traçada do ponto à reta. Na figura,

Leia mais

Colégio Anglo de Sete Lagoas Professor: Luiz Daniel (31) 2106-1750

Colégio Anglo de Sete Lagoas Professor: Luiz Daniel (31) 2106-1750 Lista de exercícios de Geometria Espacial PRISMAS 1) Calcular a medida da diagonal de um paralelepípedo retângulo de dimensões 10 cm, 8 cm e 6 cm 10 2 cm 2) Determine a capacidade em dm 3 de um paralelepípedo

Leia mais

XXVI Olimpíada de Matemática da Unicamp. Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual de Campinas

XXVI Olimpíada de Matemática da Unicamp. Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual de Campinas Gabarito da Prova da Primeira Fase 15 de Maio de 010 1 Questão 1 Um tanque de combustível, cuja capacidade é de 000 litros, tinha 600 litros de uma mistura homogênea formada por 5 % de álcool e 75 % de

Leia mais

Revisão: Geometria Espacial MATEMÁTICA

Revisão: Geometria Espacial MATEMÁTICA Professor: Revisão: Geometria Espacial ARGENTINO o ano DATA: 6 / 10 / 015 MATEMÁTICA 1. (Unisc 015) Um reservatório cúbico de 60 cm de 1 de água e precisa ser totalmente esvaziado. O volume de água a ser

Leia mais

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 16/06/12 PROFESSOR: MALTEZ

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 16/06/12 PROFESSOR: MALTEZ RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 6/06/ PROFESSOR: MALTEZ Uma pirâmide quadrangular regular possui área da base igual a 6 e altura igual a. A área total da pirâmide é igual

Leia mais

GEOMETRIA ESPACIAL - PIRÂMIDES

GEOMETRIA ESPACIAL - PIRÂMIDES GEOMETRIA ESPACIAL - PIRÂMIDES Questão 0 - (FAMERP SP) O gráfico indica uma reta r, que intersecta o eixo y no ponto de coordenadas (0, n). De acordo com os dados disponíveis nesse gráfico, n é igual a

Leia mais

Matemática SSA 2 REVISÃO GERAL 1

Matemática SSA 2 REVISÃO GERAL 1 1. REVISÃO 01 Matemática SSA REVISÃO GERAL 1. Um recipiente com a forma de um cone circular reto de eixo vertical recebe água na razão constante de 1 cm s. A altura do cone mede cm, e o raio de sua base

Leia mais

Poliedros, Prismas e Cilindros

Poliedros, Prismas e Cilindros 1. (G1 - ifsp 2013) A figura mostra uma peça feita em 1587 por Stefano Buonsignori, e está exposta no Museu Galileo, em Florença, na Itália. Esse instrumento tem a forma de um dodecaedro regular e, em

Leia mais

9 é MATEMÁTICA. 26. O algarismo das unidades de (A) 0. (B) 1. (C) 3. (D) 6. (E) 9.

9 é MATEMÁTICA. 26. O algarismo das unidades de (A) 0. (B) 1. (C) 3. (D) 6. (E) 9. MATEMÁTICA 6. O algarismo das unidades de (A) 0. (B) 1. (C) 3. (D) 6. (E) 9. 10 9 é 7. A atmosfera terrestre contém 1.900 quilômetros cúbicos de água. Esse valor corresponde, em litros, a (A) (B) (C) (D)

Leia mais

b) 2. c) 4. d) 8. e) 3 π. 5. (Ita 2014) Uma pirâmide de altura h= 1cm e

b) 2. c) 4. d) 8. e) 3 π. 5. (Ita 2014) Uma pirâmide de altura h= 1cm e Geometria Espacial 1. (Uerj 015) Um funil, com a forma de cone circular reto, é utilizado na passagem de óleo para um recipiente com a forma de cilindro circular reto. O funil e o recipiente possuem a

Leia mais

MATEMÁTICA 3. Resposta: 29

MATEMÁTICA 3. Resposta: 29 MATEMÁTICA 3 17. Uma ponte deve ser construída sobre um rio, unindo os pontos A e, como ilustrado na figura abaixo. Para calcular o comprimento A, escolhe-se um ponto C, na mesma margem em que está, e

Leia mais

ESFERA. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 21. cm 9

ESFERA. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 21. cm 9 ESFERA 1. (Espcex (Aman) 014) Considere que uma laranja tem a forma de uma esfera de raio 4 cm, composta de 1 gomos exatamente Iguais. A superfície total de cada gomo mede: a) b) c) 4 π cm 4 π cm 9 4 π

Leia mais

Matemática Régis Cortes GEOMETRIA ESPACIAL

Matemática Régis Cortes GEOMETRIA ESPACIAL GEOMETRIA ESPACIAL 1 GEOMETRIA ESPACIAL PIRÂMIDE g g = apótema da pirâmide ; a p = apótema da base h g 2 = h 2 + a p 2 a p Al = p. g At = Al + Ab V = Ab. h 3 triangular quadrangular pentagonal hexagonal

Leia mais

ITA - 2004 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

ITA - 2004 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR ITA - 2004 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Matemática Questão 01 Considere as seguintes afirmações sobre o conjunto U = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9} I. U e n(u) = 10 III. 5 U e {5}

Leia mais

CPV especializado na ESPM ESPM Resolvida Prova E 10/novembro/2013

CPV especializado na ESPM ESPM Resolvida Prova E 10/novembro/2013 CPV especializado na ESPM ESPM Resolvida Prova E 0/novembro/03 Matemática. As soluções da equação x + 3 x = 3x + são dois números: x + 3 a) primos b) positivos c) negativos d) pares e) ímpares x + 3 x

Leia mais

12) A círculo = π r 2. 13) A lateral cone = π.r.g. 16) V esfera = 18) A lateral pirâmide = 19) (y y 0 ) = m(x x 0 ) 20) T p+1 = a

12) A círculo = π r 2. 13) A lateral cone = π.r.g. 16) V esfera = 18) A lateral pirâmide = 19) (y y 0 ) = m(x x 0 ) 20) T p+1 = a MATEMÁTICA FORMULÁRIO 0 o 45 o 60 o sen cos tg base altura ) A triângulo = ) A círculo = π r x y ) A triângulo = D, onde D = x y x y ) A lateral cone = π.r.g ) sen (x)+ cos (x)= 4) A retângulo = base altura

Leia mais

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 25/05/13 PROFESSOR: MALTEZ

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 25/05/13 PROFESSOR: MALTEZ RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 5/05/ PROFESSOR: MALTEZ QUESTÃO 0 O piso de uma cozinha retangular de m de largura e m de comprimento deverá ser revestido por cerâmicas

Leia mais

Se o ABC é isóscele de base AC, determine x.

Se o ABC é isóscele de base AC, determine x. LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA PROFESSOR MOABI QUESTÃO I Nas figuras abaixo, o CBA é congruente ao CDE. Determine o valor de x e y. QUESTÃO II Num triângulo, o maior lado mede 26 cm,

Leia mais

RESOLUÇÀO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR DA FUVEST_2007_ 2A FASE. RESOLUÇÃO PELA PROFA. MARIA ANTÔNIA CONCEIÇÃO GOUVEIA

RESOLUÇÀO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR DA FUVEST_2007_ 2A FASE. RESOLUÇÃO PELA PROFA. MARIA ANTÔNIA CONCEIÇÃO GOUVEIA RESOLUÇÀO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR DA FUVEST_007_ A FASE RESOLUÇÃO PELA PROFA MARIA ANTÔNIA CONCEIÇÃO GOUVEIA Questão Se Amélia der R$3,00 a Lúcia, então ambas ficarão com a mesma quantia Se Maria

Leia mais

MATEMÁTICA. 1. A figura 1 representa um prisma obtido após a secção do paralelepípedo reto-retângulo ADFCGJLI representado na figura 2.

MATEMÁTICA. 1. A figura 1 representa um prisma obtido após a secção do paralelepípedo reto-retângulo ADFCGJLI representado na figura 2. MATEMÁTICA Prof. Favalessa. A figura representa um prisma obtido após a secção do paralelepípedo reto-retângulo ADFCGJLI representado na figura. a) Sendo que AB = BC = DE = EF e HI = KL = JL = JG = AG

Leia mais

PROVA DO VESTIBULAR ESAMC-2003-1 RESOLUÇÃO E COMENTÁRIO DA PROFA. MARIA ANTÔNIA GOUVEIA M A T E M Á T I C A

PROVA DO VESTIBULAR ESAMC-2003-1 RESOLUÇÃO E COMENTÁRIO DA PROFA. MARIA ANTÔNIA GOUVEIA M A T E M Á T I C A PROVA DO VESTIBULAR ESAMC-- RESOLUÇÃO E COMENTÁRIO DA PROFA. MARIA ANTÔNIA GOUVEIA M A T E M Á T I C A Q. O valor da epressão para = é : A, B, C, D, E, ( (,..., ( ( RESPOSTA: Alternativa A. Q. Sejam A

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Mat Geom Espacial

Exercícios de Aprofundamento Mat Geom Espacial 1. (Fuvest 015) No cubo ABCDEFGH, representado na figura abaixo, cada aresta tem medida 1. Seja M um ponto na semirreta de origem A que passa por E. Denote por θ o ângulo BMH e por x a medida do segmento

Leia mais

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV FGV Economia 1 a Fase /nov/014 MATEMÁTICA 01. Observe o diagrama com 5 organizações intergovernamentais de integração sul-americana: Dos 1 países que compõem esse diagrama,

Leia mais

a = 6 m + = a + 6 3 3a + m = 18 3 a m 3a 2m = 0 = 2 3 = 18 a = 6 m = 36 3a 2m = 0 a = 24 m = 36

a = 6 m + = a + 6 3 3a + m = 18 3 a m 3a 2m = 0 = 2 3 = 18 a = 6 m = 36 3a 2m = 0 a = 24 m = 36 MATEMÁTICA Se Amélia der R$ 3,00 a Lúcia, então ambas ficarão com a mesma quantia. Se Maria der um terço do que tem a Lúcia, então esta ficará com R$ 6,00 a mais do que Amélia. Se Amélia perder a metade

Leia mais

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura.

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura. NOME: ANO: º Nº: POFESSO(A): Ana Luiza Ozores DATA: Algumas definições Áreas: Quadrado: EVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência A, onde representa o lado etângulo: A b h, onde b representa a

Leia mais

Geometria Métrica Espacial. Geometria Métrica Espacial

Geometria Métrica Espacial. Geometria Métrica Espacial UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA 1. Prismas Geometria Métrica

Leia mais

Geometria Espacial - Troncos

Geometria Espacial - Troncos Geometria Espacial - Troncos ) (SpeedSoft) ) (Fuvest) A altura de um cone circular reto é H. Seja α um plano que é paralelo à base e que divide o cone em dois sólidos de mesmo volume. Calcule a distância

Leia mais

NOME :... NÚMERO :... TURMA :...

NOME :... NÚMERO :... TURMA :... 1 TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO Relações métricas envolvendo a circunferência Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :... X - RELAÇÕES MÉTRICAS NO DISCO (Potência de Ponto) X.1) Relação

Leia mais

M t matica d. Geometria Geometria Plana Semelhança de Triângulos Lista 01. BC 15 e DE 7. Os ângulos DEA, ˆ BCA ˆ e BFA ˆ

M t matica d. Geometria Geometria Plana Semelhança de Triângulos Lista 01. BC 15 e DE 7. Os ângulos DEA, ˆ BCA ˆ e BFA ˆ Mtmaticad Geometria Geometria Plana Semelhança de Triângulos Lista 01 01. (INSPER/1) Duas cidades X e Y são interligadas pela rodovia R101, que é retilínea e apresenta 00 km de extensão. A 160 km de X,

Leia mais

1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro.

1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro. 1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro. 3. (Ufrrj) Milena, diante da configuração representada abaixo, pede ajuda aos vestibulandos para calcular o comprimento

Leia mais

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%)

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%) Distribuição das.08 Questões do I T A 9 (8,97%) 0 (9,9%) 69 (6,58%) Equações Irracionais 09 (0,86%) Equações Exponenciais (, 0 (9,6%) Geo. Analítica Conjuntos (,96%) Geo. Espacial Funções Binômio de Newton

Leia mais

Volumes parte 02. Isabelle Araujo

Volumes parte 02. Isabelle Araujo olumes parte 02 Isabelle Araujo olume da pirâmide O princípio de Cavalieri afirma que: Pirâmides com áreas das bases iguais e com mesma altura têm volumes iguais. A fórmula para determinar o volume de

Leia mais

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Matemática e suas Tecnologias Matemática

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Matemática e suas Tecnologias Matemática Atividade extra Exercício 1 A figura ilustra a planificação da superfície lateral de um cilindro reto de 10 metros de altura. Considere π = 3,14. Qual o valor da área total desse cilindro, em metros quadrados?

Leia mais

Aula 12 Áreas de Superfícies Planas

Aula 12 Áreas de Superfícies Planas MODULO 1 - AULA 1 Aula 1 Áreas de Superfícies Planas Superfície de um polígono é a reunião do polígono com o seu interior. A figura mostra uma superfície retangular. Área de uma superfície é um número

Leia mais

Escola Básica de Santa Catarina

Escola Básica de Santa Catarina Escola Básica de Santa Catarina Matemática Assunto Sólidos geométricos. Áreas e Volumes. 9º ano Nome: Nº. Turma: data / / GRUPO I 1. 2. 3. 4. 1 5. 6. 7. 8. 9. 10. GRUPO II 2 GRUPO II (Exame Nacional de

Leia mais

Bolsistas: Karla Kamila Maia dos Santos, Edwin Castro Fernandes dos Santos e Lucas Vinicius de Lucena. Supervisor: Jonimar Pereira de Araújo

Bolsistas: Karla Kamila Maia dos Santos, Edwin Castro Fernandes dos Santos e Lucas Vinicius de Lucena. Supervisor: Jonimar Pereira de Araújo UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ANTÔNIO ALADIM DE ARAÚJO EEAA Bolsistas: Karla Kamila Maia dos Santos,

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Insper 01) De cada vértice de um prisma hexagonal regular foi retirado um tetraedro, como exemplificado para um dos vértices do prisma desenhado a seguir. O plano que definiu cada corte feito para

Leia mais

Refração da Luz Prismas

Refração da Luz Prismas Refração da Luz Prismas 1. (Fuvest 014) Um prisma triangular desvia um feixe de luz verde de um ângulo θ A, em relação à direção de incidência, como ilustra a figura A, abaixo. Se uma placa plana, do mesmo

Leia mais

Prova Final de Matemática. 3.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 92/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Prova Final de Matemática. 3.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 92/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos. PROVA FINAL DO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 92/1.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI

Leia mais

Nestas condições, determine a) as coordenadas dos vértices B, C, D, E e F e a área do hexágono ABCDEF. b) o valor do cosseno do ângulo AÔB.

Nestas condições, determine a) as coordenadas dos vértices B, C, D, E e F e a área do hexágono ABCDEF. b) o valor do cosseno do ângulo AÔB. MATEMÁTICA 0 A figura representa, em um sistema ortogonal de coordenadas, duas retas, r e s, simétricas em relação ao eixo Oy, uma circunferência com centro na origem do sistema, e os pontos A = (1, ),

Leia mais

AULÃO ENEM 2014 MATEMÁTICA OSWALDO

AULÃO ENEM 2014 MATEMÁTICA OSWALDO AULÃO ENEM 2014 MATEMÁTICA OSWALDO 1) Se o litro da gasolina aumentou 10% e um proprietário de carro o abastecia com 55 litros de gasolina, após o aumento, com a mesma quantia de dinheiro, ele abastecerá

Leia mais

Capítulo 5: Aplicações da Derivada

Capítulo 5: Aplicações da Derivada Instituto de Ciências Exatas - Departamento de Matemática Cálculo I Profª Maria Julieta Ventura Carvalho de Araujo Capítulo 5: Aplicações da Derivada 5- Acréscimos e Diferenciais - Acréscimos Seja y f

Leia mais

Caderno de Respostas

Caderno de Respostas Caderno de Respostas DESENHO TÉCNICO BÁSICO Prof. Dr.Roberto Alcarria do Nascimento Ms. Luís Renato do Nascimento CAPÍTULO 1: ELEMENTOS BÁSICOS DO DESENHO TÉCNICO 1. A figura ilustra um cubo ao lado de

Leia mais

GRADUAÇÃO FGV 2005 PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA

GRADUAÇÃO FGV 2005 PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA GRADUAÇÃO FGV 005 PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA PREENCHA AS QUADRÍCULAS ABAIXO: NOME DO CANDIDATO: NÚMERO DE INSCRIÇÃO: Assinatura 1 Você receberá do fiscal este caderno com o enunciado de 10 questões,

Leia mais

Aula 4 Ângulos em uma Circunferência

Aula 4 Ângulos em uma Circunferência MODULO 1 - AULA 4 Aula 4 Ângulos em uma Circunferência Circunferência Definição: Circunferência é o conjunto de todos os pontos de um plano cuja distância a um ponto fixo desse plano é uma constante positiva.

Leia mais

Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo. Seno, Cosseno e Tangente

Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo. Seno, Cosseno e Tangente Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo Seno, Cosseno e Tangente 1. (Ufrn 01) A escadaria a seguir tem oito batentes no primeiro lance e seis, no segundo lance de escada. Sabendo que cada batente

Leia mais

Prova Final 2012 1.ª chamada

Prova Final 2012 1.ª chamada Prova Final 01 1.ª chamada 1. Num acampamento de verão, estão jovens de três nacionalidades: jovens portugueses, espanhóis e italianos. Nenhum dos jovens tem dupla nacionalidade. Metade dos jovens do acampamento

Leia mais

a soma dois números anteriores da primeira coluna está na segunda coluna: (3m +1) + (3n +1) = 3(m + n) + 2.

a soma dois números anteriores da primeira coluna está na segunda coluna: (3m +1) + (3n +1) = 3(m + n) + 2. OBMEP 01 Nível 3 1 QUESTÃO 1 ALTERNATIVA A Basta verificar que após oito giros sucessivos o quadrado menor retorna à sua posição inicial. Como 01 = 8 1+ 4, após o 01º giro o quadrado cinza terá dado 1

Leia mais

OBJETIVOS: Definir área de figuras geométricas. Calcular a área de figuras geométricas básicas, triângulos e paralelogramos.

OBJETIVOS: Definir área de figuras geométricas. Calcular a área de figuras geométricas básicas, triângulos e paralelogramos. META: Definir e calcular área de figuras geométricas. AULA 8 OBJETIVOS: Definir área de figuras geométricas. Calcular a área de figuras geométricas básicas, triângulos e paralelogramos. PRÉ-REQUISITOS

Leia mais

PRISMAS Prisma é um poliedro com duas bases paralelas formadas por polígonos iguais e faces laterais que são paralelogramos.

PRISMAS Prisma é um poliedro com duas bases paralelas formadas por polígonos iguais e faces laterais que são paralelogramos. GEOMETRIA ESPACIAL Geometria Espacial é o estudo da geometria no espaço tridimensional (as 3 dimensões são: largura, comprimento e profundidade). Essas figuras recebem o nome de sólidos geométricos ou

Leia mais

GEOMETRIA GRÁFICA TIPO A GEOMETRIA GRÁFICA TIPO B

GEOMETRIA GRÁFICA TIPO A GEOMETRIA GRÁFICA TIPO B 1 GEOMETRIA GRÁFICA TIPO A GEOMETRIA GRÁFICA 1. Considere um quadrilátero RSTU, satisfazendo RS = ST = TU = UR, como o exemplo ilustrado abaixo. Considerando esses dados, podemos afirmar que: 0-0) SU é

Leia mais

Basta duplicar o apótema dado e utilizar o problema 1 (pág.: 45).

Basta duplicar o apótema dado e utilizar o problema 1 (pág.: 45). Aula 12 Exercício 1: Basta duplicar o apótema dado e utilizar o problema 1 (pág.: 45). Exercício 2: Traçar a diagonal AB, traçar a mediatriz de AB achando M (ponto médio de AB). Com centro em AB M e raio

Leia mais

FUVEST 2008 1 a Fase Matemática RESOLUÇÃO: Professora Maria Antônia Gouveia.

FUVEST 2008 1 a Fase Matemática RESOLUÇÃO: Professora Maria Antônia Gouveia. FUVEST 008 a Fase Matemática Professora Maria Antônia Gouveia..0. Sabendo que os anos bissextos são os múltiplos de 4 e que o primeiro dia de 007 foi segunda-feira, o próximo ano a começar também em uma

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA UNIDADE ESCOLAR HUMAITÁ II. Notas de aula de Matemática. 3º ano/ensino Médio. Prof.

COLÉGIO PEDRO II DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA UNIDADE ESCOLAR HUMAITÁ II. Notas de aula de Matemática. 3º ano/ensino Médio. Prof. COLÉGIO PEDRO II DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA UNIDADE ESCOLAR HUMAITÁ II Notas de aula de Matemática 3º ano/ensino Médio Prof. Andrezinho NOÇÕES DE GEOMETRIA ESPACIAL Notas de aula de Matemática Prof. André

Leia mais

Rectas e Planos. Áreas e Volumes.

Rectas e Planos. Áreas e Volumes. Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira Rio Maior Ano Lectivo 2008/2009 Ficha de Trabalho n.º 17 Nome: N.º Data / / Rectas e Planos. Áreas e Volumes. A parte da Geometria a que proponho que

Leia mais

TRABALHO DE DEPENDÊNCIA TURMA: 2ª SÉRIE CONTEÚDOS RELATIVOS AO 1º E 2º BIMESTRE MATEMÁTICA 2 PROFESSOR ROGERIO

TRABALHO DE DEPENDÊNCIA TURMA: 2ª SÉRIE CONTEÚDOS RELATIVOS AO 1º E 2º BIMESTRE MATEMÁTICA 2 PROFESSOR ROGERIO TRABALHO DE DEPENDÊNCIA TURMA: 2ª SÉRIE CONTEÚDOS RELATIVOS AO 1º E 2º BIMESTRE MATEMÁTICA 2 PROFESSOR ROGERIO OBSERVAÇÕES: 1) AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA A PARTE COM

Leia mais

FÍSICA. Exatas/Tarde Física e Matemática Prova A Página 1

FÍSICA. Exatas/Tarde Física e Matemática Prova A Página 1 FÍSICA 01 - A figura a seguir representa um eletroímã e um pêndulo, cuja massa presa à extremidade é um pequeno imã. Ao fechar a chave C, é correto afirmar que C N S (001) o imã do pêndulo será repelido

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 2011 1 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia.

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 2011 1 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR a Fase Profa. Maria Antônia Gouveia. Questão. Considerando-se as funções f: R R e g: R R definidas por f(x) = x e g(x) = log(x² + ), é correto afirmar: () A função

Leia mais

MA.01. 4. Sejam a e b esses números naturais: (a + b) 3 (a 3 + b 3 ) = a 3 + 3a 2 b + 3ab 2 + b 3 a 3 b 3 = = 3a 2 b + 3ab 2 = 3ab (a + b)

MA.01. 4. Sejam a e b esses números naturais: (a + b) 3 (a 3 + b 3 ) = a 3 + 3a 2 b + 3ab 2 + b 3 a 3 b 3 = = 3a 2 b + 3ab 2 = 3ab (a + b) Reformulação Pré-Vestibular matemática Cad. 1 Mega OP 1 OP MA.01 1.. 3. 4. Sejam a e b esses números naturais: (a + b) 3 (a 3 + b 3 ) a 3 + 3a b + 3ab + b 3 a 3 b 3 3a b + 3ab 3ab (a + b) Reformulação

Leia mais

1 a QUESTÃO Valor 1,0

1 a QUESTÃO Valor 1,0 1 a QUESTÃO Valor 1,0 Um esquimó aguarda a passagem de um peixe sob um platô de gelo, como mostra a figura abaixo. Ao avistá-lo, ele dispara sua lança, que viaja com uma velocidade constante de 50 m/s,

Leia mais

GA Estudo das Retas. 1. (Pucrj 2013) O triângulo ABC da figura abaixo tem área 25 e vértices A = (4, 5), B = (4, 0) e C = (c, 0).

GA Estudo das Retas. 1. (Pucrj 2013) O triângulo ABC da figura abaixo tem área 25 e vértices A = (4, 5), B = (4, 0) e C = (c, 0). GA Estudo das Retas 1. (Pucrj 01) O triângulo ABC da figura abaixo tem área 5 e vértices A = (, 5), B = (, 0) e C = (c, 0). A equação da reta r que passa pelos vértices A e C é: a) y x 7 x b) y 5 x c)

Leia mais

AULA 2 - ÁREAS. h sen a h a sen b h a b sen A. L L sen60 A

AULA 2 - ÁREAS. h sen a h a sen b h a b sen A. L L sen60 A AULA - ÁREAS Área de um Triângulo - A área de um triângulo pode ser calculada a partir de dois lados consecutivos e o ângulo entre eles. h sen a h a sen b h a b sen A - A área de um triângulo eqüilátero

Leia mais

Matemática. Subtraindo a primeira equação da terceira obtemos x = 1. Substituindo x = 1 na primeira e na segunda equação obtém-se o sistema

Matemática. Subtraindo a primeira equação da terceira obtemos x = 1. Substituindo x = 1 na primeira e na segunda equação obtém-se o sistema Matemática 01. A ilustração a seguir é de um cubo com aresta medindo 6 cm. A, B, C e D são os vértices indicados do cubo, E é o centro da face contendo C e D, e F é o pé da perpendicular a BD traçada a

Leia mais

Campo Magnético gerado por um condutor (fio) reto

Campo Magnético gerado por um condutor (fio) reto Campo Magnético gerado por um condutor (fio) reto 1. (Unesp 2015) Dois fios longos e retilíneos, 1 e 2, são dispostos no vácuo, fixos e paralelos um ao outro, em uma direção perpendicular ao plano da folha.

Leia mais

3 ÁREAS E VOLUME DO TRONCO DE CONE 1 TRONCO DE CONE 2 SEMELHANÇA ENTRE OS CONES. 3.1 Área lateral. 3.2 Área das bases. 3.3 Área total. 3.

3 ÁREAS E VOLUME DO TRONCO DE CONE 1 TRONCO DE CONE 2 SEMELHANÇA ENTRE OS CONES. 3.1 Área lateral. 3.2 Área das bases. 3.3 Área total. 3. Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL IX 1 TRONCO DE CONE Chamaremos de tronco de cone de bases paralelas a porção do cone limitada por sua base e por uma secção transversal qualquer deste cone. A

Leia mais

A B C F G H I. Apresente todas as soluções possíveis. Solução

A B C F G H I. Apresente todas as soluções possíveis. Solução 19a Olimpíada de Matemática do Estado do Rio Grande do Norte - 008 Segunda Etapa Em 7/09/008 Prova do Nível I (6 o ou 7 o Séries) (antigas 5ª ou 6ª séries) 1 a Questão: Substitua as nove letras da figura

Leia mais

2. Na figura, ANM é um triângulo e ABCD é um quadrado. Calcule a área do quadrado:

2. Na figura, ANM é um triângulo e ABCD é um quadrado. Calcule a área do quadrado: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS 1. Duas cidades X e Y são interligadas pela rodovia R101, que é retilínea e apresenta 300 km de extensão. A 160 km de X, à beira da R101, fica a cidade Z, por onde passa a rodovia

Leia mais

EXERCICIOS APROFUNDAMENTO MATEMATICA TRIGONOMETRIA

EXERCICIOS APROFUNDAMENTO MATEMATICA TRIGONOMETRIA 1. (Unifesp 015) O metano (CH 4) possui molécula de geometria tetraédrica (figura 1). Do ponto de vista matemático, isso significa que, em uma molécula de metano, os 4 átomos de hidrogênio localizam-se

Leia mais

MATEMÁTICA PARA CONCURSOS II

MATEMÁTICA PARA CONCURSOS II 1 MATEMÁTICA PARA CONCURSOS II Fonte: http://www.migmeg.com.br/ MÓDULO II Estudaremos neste módulo geometria espacial e volume dos principais sólidos geométricos. Mas antes de começar a aula, segue uma

Leia mais

01- Assunto: Matrizes. Dadas as matrizes A = e B =, calcule AB + A t.

01- Assunto: Matrizes. Dadas as matrizes A = e B =, calcule AB + A t. EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES - MATEMÁTICA - ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== - Assunto: Matrizes 5 Dadas as matrizes A

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão Carlos, Luís e Sílvio tinham, juntos, 00 mil reais para investir por um ano. Carlos escolheu uma aplicação que rendia 5% ao ano. Luís, uma que rendia 0% ao ano. Sílvio aplicou metade de seu dinheiro

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos

Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos Gabarito da a Prova de Geometria I - Matemática - Monica 9/05/015 1 a Questão: (4,5 pontos) (solução na

Leia mais

1. Sendo (x+2, 2y-4) = (8x, 3y-10), determine o valor de x e de y. 2. Dado A x B = { (1,0); (1,1); (1,2) } determine os conjuntos A e B. 3. (Fuvest) Sejam A=(1, 2) e B=(3, 2) dois pontos do plano cartesiano.

Leia mais

Bilhete de Identidade n.º Emitido em (Localidade) Classificação em percentagem % ( por cento) Correspondente ao nível ( ) Data

Bilhete de Identidade n.º Emitido em (Localidade) Classificação em percentagem % ( por cento) Correspondente ao nível ( ) Data EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO Prova 23 / 1.ª Chamada / 2009 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome Completo Bilhete de Identidade n.º Emitido em (Localidade) Assinatura

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática PROVA FINAL DO 3.º CICLO do Ensino BÁSICO Decreto-Lei n.º 139/01, de 5 de julho Prova Final de Matemática 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 9/1.ª Chamada 8 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância:

Leia mais

POLÍGONOS E FIGURAS GEOMÉTRICAS ESPACIAIS

POLÍGONOS E FIGURAS GEOMÉTRICAS ESPACIAIS http://apostilas.netsaber.com.br/ver_apostila.php?c=622 ANGELO ROBERTO BONFIETI JUNIOR - MATRÍCULA 97003133 - BM3 01-011 POLÍGONOS E FIGURAS GEOMÉTRICAS ESPACIAIS ANGELO ROBERTO BONFIETI JUNIOR - MATRÍCULA

Leia mais

Relações Métricas nos. Dimas Crescencio. Triângulos

Relações Métricas nos. Dimas Crescencio. Triângulos Relações Métricas nos Dimas Crescencio Triângulos Trigonometria A palavra trigonometria é de origem grega, onde: Trigonos = Triângulo Metrein = Mensuração - Relação entre ângulos e distâncias; - Origem

Leia mais

Óptica Geométrica. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Dr. Edalmy Oliveira de Almeida

Óptica Geométrica. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Dr. Edalmy Oliveira de Almeida Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Rua Almino Afonso, 478 - Centro Mossoró / RN CEP: 59.610-210 www.uern.br email: reitoria@uern.br ou Fone: (84) 3315-2145 3342-4802 Óptica Geométrica Dr. Edalmy

Leia mais

Com base nos dados apresentados nessa figura, é correto afirmar que a área do terreno reservado para o parque mede:

Com base nos dados apresentados nessa figura, é correto afirmar que a área do terreno reservado para o parque mede: ÁREAS 1. A prefeitura de certa cidade reservou um terreno plano, com o formato de um quadrilátero, para construir um parque, que servirá de área de lazer para os habitantes dessa cidade. O quadrilátero

Leia mais

(Exames Nacionais 2000)

(Exames Nacionais 2000) (Eames Nacionais 000) 1.a) Seja [ABC] um triângulo O ângulo, assinalado na figura, tem o seu vértice no centro isósceles em que BA = BC. Seja α da Terra; o seu lado origem passa no perigeu, o seu lado

Leia mais

O quadrado ABCD, inscrito no círculo de raio r é formado por 4 triângulos retângulos (AOB, BOC, COD e DOA),

O quadrado ABCD, inscrito no círculo de raio r é formado por 4 triângulos retângulos (AOB, BOC, COD e DOA), 0 - (UERN) A AVALIAÇÃO UNIDADE I -05 COLÉGIO ANCHIETA-BA ELABORAÇÃO: PROF. ADRIANO CARIBÉ e WALTER PORTO. PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA Em uma sorveteria, há x sabores de sorvete e y sabores de cobertura.

Leia mais

V = 0,30. 0,20. 0,50 (m 3 ) = 0,030m 3. b) A pressão exercida pelo bloco sobre a superfície da mesa é dada por: P 75. 10 p = = (N/m 2 ) A 0,20.

V = 0,30. 0,20. 0,50 (m 3 ) = 0,030m 3. b) A pressão exercida pelo bloco sobre a superfície da mesa é dada por: P 75. 10 p = = (N/m 2 ) A 0,20. 11 FÍSICA Um bloco de granito com formato de um paralelepípedo retângulo, com altura de 30 cm e base de 20 cm de largura por 50 cm de comprimento, encontra-se em repouso sobre uma superfície plana horizontal.

Leia mais

Física. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Física. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Física Questão 1 (Unirio 2000) Um aluno pegou um fina placa metálica e nela recortou um disco de raio r. Em seguida, fez um anel também de raio r com um fio

Leia mais

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 (OBMEP RJ) Num triângulo retângulo, definimos o cosseno de seus ângulos agudos O triângulo retângulo da figura

Leia mais

AMARELA EFOMM-2008 AMARELA

AMARELA EFOMM-2008 AMARELA PROVA DE MATEMÁTICA EFOMM-008 1ª Questão: A figura acima representa uma caixa de presente de papelão que mede 16 por 30 centímetros. Ao cortarmos fora os quadrados do mesmo tamanho dos quatro cantos e

Leia mais

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 05/04/14 PROFESSOR: MALTEZ

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 05/04/14 PROFESSOR: MALTEZ RESOLUÇÃO VLIÇÃO E MTEMÁTI o NO O ENSINO MÉIO T: 05/0/1 PROFESSOR: MLTEZ QUESTÃO 01 São dados os triângulos retângulos E e TE conforme a figura ao lado; T se = E = E = 60 cm, então: E Os triângulos e TE

Leia mais

Se ele optar pelo pagamento em duas vezes, pode aplicar o restante à taxa de 25% ao mês (30 dias), então. tem-se

Se ele optar pelo pagamento em duas vezes, pode aplicar o restante à taxa de 25% ao mês (30 dias), então. tem-se "Gigante pela própria natureza, És belo, és forte, impávido colosso, E o teu futuro espelha essa grandeza Terra adorada." 01. Um consumidor necessita comprar um determinado produto. Na loja, o vendedor

Leia mais