HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. EDGARD SANTOS- UFBA - HUPES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. EDGARD SANTOS- UFBA - HUPES"

Transcrição

1 DADOS DO PROJETO DE PESQUISA Pesquisador: PARECER CONSUBSTANCIADO DO CEP Título da Pesquisa: IMPACTO DE EXERCÍCIOS BASEADOS NO PILATES SOLO VERSUS EXERCÍCIO AERÓBICO NA DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA, ENZIMAS E RESISTÊNCIA À INSULINA Área Temática: Versão: 2 Maria Isabel Schinoni CAAE: Instituição Proponente: Hospital Universitário Prof. Edgard Santos-UFBA Patrocinador Principal: Financiamento Próprio DADOS DO PARECER Número do Parecer: Data da Relatoria: 27/03/2014 Apresentação do Projeto: Trata-se de um ensaio clínico randomizado, simples cego, para avaliar o efeito de dois tipos de intervenção baseada em atividades físicas em parâmetros antropométricos, bioquímicos e de qualidade de vida em pacientes adultos com Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica (DHGNA). Os participantes serão divididos em dois grupos e assim serão submetidos a um sorteio quando então será definido o grupo pilates solo (GP) e o grupo exercício aeróbico (GA). As variáveis independentes ativas estudadas são: Pilates solo e exercício aeróbico. As variáveis independentes atributivas estão relacionadas aos fatores sociodemográficos que são: sexo, idade e comorbidades. As variáveis dependentes correspondem aos graus da estatose hepática, aos exames bioquímicos: PCR-us,insulina (HOMA-IR), AST, ALT, ferritina, bilirrubina e GGT, às medidas de adiposidades (circunferência abdominal e relação cintura quadril). Objetivo da Pesquisa: Objetivo Primário: - Comparar os efeitos de duas propostas de intervenção, exercícios baseados no Pilates solo (EP) e exercício aeróbico (EA) sobre a doença hepática gordurosa não alcoólica, enzimas hepáticas e Página 01 de 06

2 resistência a insulina em adultos. Objetivo Secundário: 1 - Comparar o grau da esteatose hepática por meio da ultra-sonografia, antes e após intervenção com EP e EA; 2 - Mensurar os índices plasmáticos da aspartato transaminase (AST), alanina transaminase (ALT), ferritina, bilirrubina e gama-glutamiltransferase (GGt) antes e após intervenção com EP e EA; 3 - Mensurar os índices plasmáticos da resistência a insulina antes e após intervenção com o EP e EA; 4 - Investigar a associação dos índices plasmáticos da resistência a insulina e os diferentes graus da esteatose hepática; 5- Comparar os efeitos do método EP e EA sobre as medidas de adiposidades (circunferência abdominal (CA), relação cintura quadril (RCQ); 6 - Avaliar a qualidade de vida utilizando o instrumento Sf-36 (Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey), antes e após intervenção EA e EP; 7- Comparar o gasto metabólico por meio do monitoramento da frequência cardíaca, durante as sessões do EA e EP. Avaliação dos Riscos e Benefícios: Segundo os autores, constituí "risco ao paciente, que seja submetido à técnica de Pilates ou exercício aeróbio; no início do tratamento, o paciente poderá sentir dores musculares ou desconforto, e estes sintomas devem desaparecer na segunda semana de tratamento, quando o paciente já deverá estar adaptado aos exercícios. Ao realizar os exames de laboratório poderá acontecer uma pequena inflamação no local, mesmo que sejam tomadas as precauções devidas para evitá-la; caso aconteça, o participante terá a assistência médica devida". Como benefícios, descrevem que "a atividade física pode ser uma alternativa de prevenção e redução de doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade, bem como da mortalidade, melhorando a saúde e a qualidade de vida da população". Comentários e Considerações sobre a Pesquisa: Pesquisa com intervenção, comparando os efeitos de dois tipos deferentes de atividade física (pilates versus aeróbia) na melhora de parâmetros relacionados a doença gordurosa não alcoólica do fígado e fatores associados a esta. Para isto fará coleta de dados de anamnese e laboratoriais diversos, a serem repetidos no final da intervenção. Página 02 de 06

3 Considerações sobre os Termos de apresentação obrigatória: Vide Conclusões. Recomendações: Vide Conclusões. Conclusões ou Pendências e Lista de Inadequações: Em relação ao TCLE: 1) Em cumprimento ao item IV.3.a da Res. CNS 466/12 ("a) justificativa, os objetivos e os procedimentos que serão utilizados na pesquisa, com o detalhamento dos métodos a serem utilizados, informando a possibilidade de inclusão em grupo controle ou experimental, quando aplicável"). PENDÊNCIA RESOLVIDA. a) O TCLE deve explicitar as justificativas para a pesquisa bem como informar como será feita a forma de alocação dos grupos de intervenção. PENDÊNCIA RESOLVIDA. b) Não está claro no TCLE o tempo total da intervenção. Apesar de estar referido ser de "aproximadamente 8 meses", não fica totalmente esclarecido se os participantes serão submetidos a oito meses de atividades. PENDÊNCIA RESOLVIDA. 2) Em cumprimento ao item IV.3.b da Res. CNS 466/12 ("explicitação dos possíveis desconfortos e riscos decorrentes da participação na pesquisa, além dos benefícios esperados dessa participação e apresentação das providências e cautelas a serem empregadas para evitar e/ou reduzir efeitos e condições adversas que possam causar dano, considerando características e contexto do participante da pesquisa"), o TCLE na página 3, item Risco potenciais, Efeitos colaterais e Desconfortos, na frase "Cuidados devem ser tomados para minimizar esses riscos" não esclarece que providências e cautelas serão empregadas para evitar e/ou reduzir as condições adversas". PENDÊNCIA RESOLVIDA. 3) Ainda em relação ao item IV.3.b e ao item III.2.b ("buscar sempre que prevaleçam os benefícios esperados sobre os riscos e/ou desconfortos previsíveis;"), no TCLE, sub-tópico "Benefícios para o participante", há confusão em relação ao benefício esperado, sendo descrito no início que "Não há benefício direto para o participante deste estudo" e no segundo parágrafo "Somente no final do estudo poderemos concluir a presença de algum benefício". PERGUNTA-SE: Não se espera Página 03 de 06

4 benefício da atividade física na redução da resistência à insulina, um dos desfechos do estudo?. Existe a possibilidade do pilates não trazer benefício (hipótese do do trabalho), como descrito pelos pesquisadores. SOLICITA-SE ESCLARECIMENTO E ADEQUAÇÃO NO TCLE, no sentido de esclarecimento completo dos Participantes; PENDÊNCIA RESOLVIDA. 4) Em cumprimento ao item III.2.n da Res. 466/12 ("assegurar aos participantes da pesquisa os benefícios resultantes do projeto, seja em termos de retorno social, acesso aos procedimentos, produtos ou agentes da pesquisa"), acrescentar no TCLE os mecanismos de acesso aos possíveis benefícios caso os mesmos sejam demonstrados. PENDÊNCIA RESOLVIDA. A utilização dos serviços do SUS para a realização da pesquisa está aprovada pelos gestores conforme termo de ciência apresentado no documentos anexados. PENDÊNCIA RESOLVIDA. 5) Em cumprimento ao item III.3.c da Res. 466/12 ("utilizar o material biológico e os dados obtidos na pesquisa exclusivamente para a finalidade prevista no seu protocolo, ou conforme o consentimento dado pelo participante da pesquisa"), no TCLE não está claro como será a utilização, armazenamento e descarte no material biológico a ser coletado. PENDÊNCIA RESOLVIDA. 6) Em cumprimento ao item IV.3.g da Res. 466/12 ("explicitação da garantia de ressarcimento e como serão cobertas as despesas tidas pelos participantes da pesquisa e dela decorrentes"), não está claro no TCLE como e se as despesas decorrentes da pesquisa aos participantes serão ressarcidas. Ao propor uma intervenção espera-se algumas despesas adicionais. PENDÊNCIA RESOLVIDA. 7) Observa-se uma discordância na descrição dos pesquisadores responsáveis entre o escrito na página 1 e o descrito na página 5 do TCLE. PENDÊNCIA RESOLVIDA. 8) Em cumprimento ao item IV.5.d ("ser elaborado em duas vias, rubricadas em todas as suas páginas e assinadas, ao seu término, pelo convidado a participar da pesquisa, ou por seu representante legal, assim como pelo pesquisador responsável, ou pela (s) pessoa (s) por ele delegada (s), devendo as páginas de assinaturas estar na mesma folha. Em ambas as vias deverão Página 04 de 06

5 constar o endereço e contato telefônico ou outro, dos responsáveis pela pesquisa e do CEP local e da CONEP, quando pertinente'), o TCLE deve ter os contatos do CEP, bem como deixar claro os horários e dias nos quais os pesquisadores responsáveis estão disponíveis, informar que será feito em duas vias, rubricado em todas as páginas, sendo estas numeradas. PENDÊNCIAS RESOLVIDAS. 9) Atualizar a Resolução 196/96 para a 466/12 na primeira página do TCLE. SOLICITA-SE ADEQUAÇÃO. PENDÊNCIA RESOLVIDA. Situação do Parecer: Aprovado Necessita Apreciação da CONEP: Não Considerações Finais a critério do CEP: O participante da pesquisa tem a liberdade de recusar-se a participar ou de retirar seu consentimento em qualquer fase da pesquisa, sem penalização alguma e sem prejuízo ao seu cuidado (Res. CNS 466/12) e deve receber uma cópia do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, na íntegra, por ele assinado. O pesquisador deve desenvolver a pesquisa conforme delineada no protocolo aprovado e descontinuar o estudo somente após análise das razões da descontinuidade pelo CEP que o aprovou, aguardando seu parecer, exceto quando perceber risco ou dano não previsto ao sujeito participante ou quando constatar a superioridade de regime oferecido a um dos grupos da pesquisa que requeiram ação imediata. O CEP deve ser informado de todos os efeitos adversos ou fatos relevantes que alterem o curso normal do estudo. É papel do pesquisador assegurar medidas imediatas adequadas frente a evento adverso grave ocorrido (mesmo que tenha sido em outro centro) e enviar notificação ao CEP e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA junto com seu posicionamento. Eventuais modificações ou emendas ao protocolo devem ser apresentadas ao CEP de forma clara e sucinta, identificando a parte do protocolo a ser modificada e suas justificativas. Página 05 de 06

6 Relatórios parciais e final devem ser apresentados ao CEP, inicialmente em / / e ao término do estudo. Situação: Projeto Aprovado. SALVADOR, 26 de Junho de 2014 Assinado por: REGINA SANTOS (Coordenador) Página 06 de 06

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PÁRA PROTOCOLAR PROJETOS DE PESQUISA NO COMITÊ DE ÉTICA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PÁRA PROTOCOLAR PROJETOS DE PESQUISA NO COMITÊ DE ÉTICA - SOMENTE PODERÃO SER SUBMETIDOS PARA ANÁLISE DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA, PROJETOS QUE NÃO INICIARAM COLETA DE DADOS; - PROJETOS JÁ CONCLUÍDOS NÃO SERÃO ANALISADOS. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PÁRA PROTOCOLAR

Leia mais

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ 1. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) A importância do TCLE. A Resolução CNS 196/96 afirma

Leia mais

NOME DA INSTITUIÇÃO QUE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO OU QUE O PESQUISADOR PRINCIPAL ESTÁ VINCULADO

NOME DA INSTITUIÇÃO QUE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO OU QUE O PESQUISADOR PRINCIPAL ESTÁ VINCULADO NOME DA INSTITUIÇÃO QUE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO OU QUE O PESQUISADOR PRINCIPAL ESTÁ VINCULADO TÍTULO DO PROJETO DEVE SER IDÊNTICO AO RELATADO NA FOLHA DE ROSTO Pesquisadora Responsável R.G.: C.P.F.:

Leia mais

Roteiro para encaminhamento de Projeto de Pesquisa ao CEP-FIPA

Roteiro para encaminhamento de Projeto de Pesquisa ao CEP-FIPA 1 Prezado Pesquisador: Comitê de Ética em Pesquisa CEP / FIPA Faculdades Integradas Padre Albino Fundação Padre Albino Rua dos Estudantes, 225 - Cep - 15.809-144 Catanduva SP Fone (17) 33113229 e-mail:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA UNIARA COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA UNIARA COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA ROTEIRO SUGERIDO PELA RESOLUÇÃO Nº 466/12 O respeito à dignidade humana exige que toda pesquisa se processe após o consentimento livre e esclarecido dos sujeitos, indivíduos ou grupos que por si e/ou por

Leia mais

Resolução nº 023/2006

Resolução nº 023/2006 Resolução nº 023/2006 Dispõe sobre a instituição de Subcomitês de Ética e Pesquisa dos Cursos das Faculdades mantidas pela Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu e dá outras providências O Diretor Geral

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa CONEP GLOSSÁRIO

MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa CONEP GLOSSÁRIO MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa CONEP GLOSSÁRIO A Aguardando apreciação do colegiado Situação do projeto visível apenas para os membros do CEP,

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA

INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA Este texto tem por finalidade orientar a preparação dos Protocolos de Pesquisa que devem ser analisados pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TCLE

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TCLE TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TCLE O TCLE não é apenas um texto jurídico com a assinatura do sujeito da pesquisa afixada. É um instrumento que se usa para facilitar a comunicação entre pesquisador

Leia mais

Descrever de forma resumida a relevância e os objetivos da pesquisa;

Descrever de forma resumida a relevância e os objetivos da pesquisa; TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TÍTULO DO PROJETO Você está sendo convidado a participar de uma pesquisa desenvolvida por Elisabete Teixeira,Letícia Gonzaga, Ilana Citolin,Juliana Padilha,alunos

Leia mais

ROTEIRO DE PARECER CONSUBSTANCIADO

ROTEIRO DE PARECER CONSUBSTANCIADO ROTEIRO DE PARECER CONSUBSTANCIADO De consubstanciar ligar, unir, unificar, consolidar - o parecer do CEP ou CONEP sobre o projeto de pesquisa é o fruto do confronto, mescla e convergência de opiniões

Leia mais

Para cadastrar seu Projeto de Pesquisa no site da Plataforma Brasil, você deve:

Para cadastrar seu Projeto de Pesquisa no site da Plataforma Brasil, você deve: ORIENTAÇÕES PARA O ENCAMINHAMENTO DE PROJETOS DE PESQUISA VIA PLATAFORMA BRASIL Prezado (a) Pesquisador (a), com o intuito de auxiliá-lo na submissão dos projetos de pesquisa que serão avaliados por nosso

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA

FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA TUTORIAL DE PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS A SEREM ENTREGUES PARA A OBTENÇÃO DO PARECER DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA COM SERES HUMANOS INTRODUÇÃO. O Comitê de

Leia mais

LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA

LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA Roteiro de procedimentos para submissão ao CEP 1. Deve haver adequação do enquadramento na área temática e o número de sujeitos indicado na folha de rosto deve

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO DO PROJETO DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL 1 A. CADASTRO DO PESQUISADOR NA PLATAFORMA BRASIL

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO DO PROJETO DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL 1 A. CADASTRO DO PESQUISADOR NA PLATAFORMA BRASIL ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO DO PROJETO DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL 1 A. CADASTRO DO PESQUISADOR NA PLATAFORMA BRASIL 1.1. O pesquisador deve se cadastrar no site: www.saude.gov.br/plataformabrasil.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL PLATAFORMA BRASIL A Plataforma Brasil é uma base nacional e unificada de registros de pesquisas envolvendo seres humanos para todo

Leia mais

DECLARAÇÃO DE HELSINQUE DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA MUNDIAL (WMA) Princípios Éticos para Pesquisa Médica envolvendo Seres Humanos

DECLARAÇÃO DE HELSINQUE DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA MUNDIAL (WMA) Princípios Éticos para Pesquisa Médica envolvendo Seres Humanos DECLARAÇÃO DE HELSINQUE DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA MUNDIAL (WMA) Princípios Éticos para Pesquisa Médica envolvendo Seres Humanos Adotada pela 18ª Assembleia Geral da Associação Médica Mundial (Helsinque, Finlândia,

Leia mais

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA PARA USO DE HUMANO PROTOCOLO DE PLANOS DE AULAS PARA USO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA PARA USO DE HUMANO PROTOCOLO DE PLANOS DE AULAS PARA USO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA PARA USO DE HUMANO PROTOCOLO DE PLANOS DE AULAS PARA USO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS Data de entrada: No. Protocolo: Nível de abrangência do projeto: ( ) TC ( ) Iniciação Científica

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE Coordenadoria de Serviços de Saúde INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE Coordenadoria de Serviços de Saúde INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANÁLISE DE PROJETOS DE PESQUISA 1 Folha de Rosto http://portal2.saude.gov.br/sisnep/pesquisador - está folha de rosto deverá ser impressa em 3 vias; deverá ser assinada pelo

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE)

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) (Responsável por paciente com idade 24 meses) TÍTULO DA PESQUISA: IDENTIFICAÇÃO DE ALTERAÇÕES IMUNOFENOTÍPICAS E MOLECULARES DAS LEUCEMIAS DE CÉLULAS-T

Leia mais

ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS

ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS Délio José Kipper, PhD djkipper@pucrs.br Edmund Jenner - 1796 Pasteur (1822-1895) 1895) Tuskegee 1930-1970 1970 Walter Reed 1901 Auto-Experimenta Experimentação

Leia mais

Lista de checagem do protocolo

Lista de checagem do protocolo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA Comitê de Ética em Pesquisa Lista de checagem do protocolo A avaliação do projeto

Leia mais

FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE ESTUDOS NO INCA

FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE ESTUDOS NO INCA FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE ESTUDOS NO INCA Prezado Pesquisador, No cadastro do seu estudo na Plataforma Brasil (http://www.saude.gov.br/plataformabrasil), você deverá: 1. Anexar cópia digitalizada deste

Leia mais

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL.

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Período 2015/2016 O Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Sobral,

Leia mais

REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA

REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA TÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1º - O Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Unida de Vitória CEP/FACULDADE UNIDA, reger-se-á pelo presente Regulamento,

Leia mais

CHAMADA PARA CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº 001/2015-DG, de 16 de março de 2015

CHAMADA PARA CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº 001/2015-DG, de 16 de março de 2015 CHAMADA PARA CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO EDITAL Nº 001/2015-DG, de 16 de março de 2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás Câmpus Anápolis, por meio do Departamento de Áreas

Leia mais

Protocolo de Pesquisa

Protocolo de Pesquisa I.1. Título do Projeto: _ I.2. Pesquisador Responsável* Nome: Identidade: _ CPF: _ Endereço: _ Correspondência: _ Telefone: Fax: Correio eletrônico: * Orientador(a) e Aluno(a) em caso de programas de mestrado

Leia mais

ANEXO I Programa de Iniciação Científica da UNILA

ANEXO I Programa de Iniciação Científica da UNILA ANEXO I Programa de Iniciação Científica da UNILA Formulário para declaração de produtividade intelectual do pesquisador: (ANEXO I DA RESOLUÇÃO COSUP nº 06/015) Identificação do pesquisador: Robson Zazula

Leia mais

MODELOS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS (De acordo com as exigências da Res. nº. 466/2012 CNS/CONEP)

MODELOS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS (De acordo com as exigências da Res. nº. 466/2012 CNS/CONEP) MODELOS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS (De acordo com as exigências da Res. nº. 466/2012 CNS/CONEP) APÊNDICES Termo de Consentimento Livre e Esclarecido TCLE O Termo de Consentimento Livre e Esclarecido deve

Leia mais

A Avaliação Ética da Investigação Científica de Novas Drogas:

A Avaliação Ética da Investigação Científica de Novas Drogas: Unidade de Pesquisa Clínica A Avaliação Ética da Investigação Científica de Novas Drogas: A importância da caracterização adequada das Fases da Pesquisa Rev. HCPA, 2007 José Roberto Goldim Apresentado

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA DO USO DE ANIMAIS DA MERCOLAB LABORATÓRIOS LTDA

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA DO USO DE ANIMAIS DA MERCOLAB LABORATÓRIOS LTDA 1 REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA DO USO DE ANIMAIS DA MERCOLAB LABORATÓRIOS LTDA Aprova o Regimento Interno do Comitê de Ética no Uso de Animais, da MercoLab Laboratórios Ltda. O conselho de pesquisa

Leia mais

ROTEIRO E ESCLARECIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM ANIMAIS A COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA UNIFRA

ROTEIRO E ESCLARECIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM ANIMAIS A COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA UNIFRA ROTEIRO E ESCLARECIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM ANIMAIS A COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA UNIFRA Antes de preencher o formulário para submissão de projeto de pesquisa em animais,

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

SUGESTÕES AO PESQUISADOR

SUGESTÕES AO PESQUISADOR SUGESTÕES AO PESQUISADOR Para registrar seu protocolo junto ao COEP, todos os pesquisadores devem estar registrados junto ao SISNEP e você deverá entregar os documentos abaixo, devidamente ordenados, mas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 466, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 466, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2012. PESQUISAS COM PRONTUÁRIOS: Conforme determinação da CONEP/CNS/MS Para a obtenção de dados do participante de pesquisa, mesmo em prontuários, faz-se necessário o preenchimento do TCLE pelo participante

Leia mais

Definição e caracterização de opções para enfrentar o problema

Definição e caracterização de opções para enfrentar o problema Oficina Estratégica - EVIPNet Brasil Ferramentas SUPPORT para Políticas Informadas por Evidências Definição e caracterização de opções para enfrentar o problema Sessão 6 Definição e caracterização de opções

Leia mais

Documentos Necessários ao Protocolo de Pesquisa

Documentos Necessários ao Protocolo de Pesquisa Documentos Necessários ao Protocolo de Pesquisa 3. PROTOCOLO DE PESQUISA 3.1) Protocolo de pesquisa: é o conjunto de documentos, que pode ser variável a depender do tema, incluindo o projeto, e que apresenta

Leia mais

Breves considerações sobre análise dos riscos e dos benefícios nas pesquisas envolvendo seres humanos no Brasil

Breves considerações sobre análise dos riscos e dos benefícios nas pesquisas envolvendo seres humanos no Brasil Breves considerações sobre análise dos riscos e dos benefícios nas pesquisas envolvendo seres humanos no Brasil Marcelle Coelho do Rosario 1 Primordial na construção da eticidade nas pesquisas, baseada

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU- USP

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU- USP PARECER CONSUBSTANCIADO DO CEP DADOS DO PROJETO DE PESQUISA Título da Pesquisa: TERAPIA FOTODINÂMICA ANTIMICROBIANA NO TRATAMENTO DA DOENÇA PERIODONTAL EM PACIENTES COM SÍNDROME DE DOWN Pesquisador: Carla

Leia mais

SAÚDE NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE NORMAS

SAÚDE NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE NORMAS NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS DA 1. INFORMAÇÕES GERAIS A submissão dos manuscritos deverá ser efetuada pelo envio do material para o e-mail revista.saude@uscs.edu.br, sob a responsabilidade

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná CEP - Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Título do projeto: Incidência de Queixas Músculo-esqueléticas em Profissionais Intensivistas.

Título do projeto: Incidência de Queixas Músculo-esqueléticas em Profissionais Intensivistas. PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E AÇÃO COMUNITÁRIA. COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA Anápolis, 4 de junho de 2009. OFÍCIO 127 / 2009 CEP Número de Protocolo: 0031/2009 Título do projeto: Incidência

Leia mais

Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá

Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá INSTITUTO DE PESQUISAS CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS DO ESTADO DO AMAPÁ IEPA REGIMENTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1628/CUN/2011.

RESOLUÇÃO Nº 1628/CUN/2011. RESOLUÇÃO Nº 1628/CUN/2011. Dispõe sobre Criação de Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais - CEUA/URI. O Reitor da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI,

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO PARA SUBMISSÃO AO CEP/IH

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO PARA SUBMISSÃO AO CEP/IH INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO PARA SUBMISSÃO AO CEP/IH Utilize a folha de rosto disponível no site do CEP/IH (http://www.cepih.org.br/pesquisador.htm). O CEP/IH é registrado na CONEP

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS - CEP-CH -

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS - CEP-CH - SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS Estrada de São Lázaro, 197. Federação. Salvador/Bahia. CEP.: 40210-730. Tel/Fax: +55 71 3331-2755 REGIMENTO

Leia mais

Relatório do estudo - Notificação

Relatório do estudo - Notificação Relatório do estudo - Notificação Título do estudo: Data de início: 25/6/2007 Responsável pelo relatório: Data de Conclusão: CPF: Prioridade: Nenhuma Status: Recrutando Protocolo: Processo (ID): Patrocinador

Leia mais

Brasília, 28 de Janeiro de 2015

Brasília, 28 de Janeiro de 2015 Brasília, 28 de Janeiro de 2015 Prezada Sra. Iara Guerriero, Coordenadora do Grupo de Trabalho da Resolução sobre Pesquisas em Ciências Humanas e Sociais, Da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep/CNS/MS)

Leia mais

PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED EDITAL DE PESQUISA/IC IMED - 2014

PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED EDITAL DE PESQUISA/IC IMED - 2014 EDITAL 001/2014 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED EDITAL DE PESQUISA/IC IMED - 2014 PROCESSO SELETIVO DE PROJETOS DE PESQUISA E PROJETOS DE EXTENSÃO A Faculdade Meridional / IMED, integrante do sistema

Leia mais

Projeto de Pesquisa. Pesquisa. Pesquisa. Protocolo de Pesquisa

Projeto de Pesquisa. Pesquisa. Pesquisa. Protocolo de Pesquisa Projeto de http://www.evidencias.com/planejamento Objetivos da aula O que é a pesquisa e o projeto de pesquisa? Quais são as etapas de uma pesquisa? Quais são os componentes do projeto de pesquisa? Qual

Leia mais

ABERTURA DE PROJETOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO. Normas e Procedimentos NP04

ABERTURA DE PROJETOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO. Normas e Procedimentos NP04 PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO Normas e Procedimentos NP04 I - INSTRODUÇÃO A FUSP na qualidade de Entidade de Apoio quanto à gestão administrativa-financeira dos recursos destinados aos projetos

Leia mais

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos.

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos. REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos. APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O X Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar, realizado

Leia mais

Chamada de Propostas. Comitê Técnico de Videocolaboração CT-Vídeo

Chamada de Propostas. Comitê Técnico de Videocolaboração CT-Vídeo Chamada de Propostas Comitê Técnico de Videocolaboração CT-Vídeo Introdução A RNP mantem, desde 2014, o Comitê Técnico de Videocolaboração (CT-Vídeo), cujo objetivo é estudar o futuro das aplicações em

Leia mais

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA DE INCLUSÃO DIGITAL AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 02, DE 4 DE OUTUBRO DE 2012 PROGRAMA COMPUTADORES PARA INCLUSÃO A União, por intermédio da Secretaria de Inclusão

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS

REGULAMENTO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS REGULAMENTO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS 1-Apresentação A coordenação do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) torna público o edital de inscrições de trabalhos científicos, na modalidade

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS PESQUISADORES

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS PESQUISADORES ORIENTAÇÕES GERAIS AOS PESQUISADORES 1 Pesquisador responsável é a pessoa responsável pela coordenação e realização da pesquisa e pela integridade e bem-estar dos sujeitos da pesquisa (Res.196/96 II.4).

Leia mais

PORTARIA CVS 05 de 05 de fevereiro de 2010

PORTARIA CVS 05 de 05 de fevereiro de 2010 PORTARIA CVS 05 de 05 de fevereiro de 2010 Atualização do fluxo de notificações em farmacovigilância para os Detentores de Registro de Medicamentos no Estado de São Paulo e dá providências correlatas;

Leia mais

EDITAL N. 09/2006 FAPEMA/FINEP

EDITAL N. 09/2006 FAPEMA/FINEP EDITAL N. 09/2006 FAPEMA/FINEP FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLOGICO DO MARANHÃO FAPEMA, em parceria com a FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS FINEP, tornam público

Leia mais

Universidade Aberta do Brasil Edital Nº. 02 de 31 de julho de 2009 DED/CAPES Edital Pró-Equipamentos

Universidade Aberta do Brasil Edital Nº. 02 de 31 de julho de 2009 DED/CAPES Edital Pró-Equipamentos Universidade Aberta do Brasil Edital Nº. 02 de 31 de julho de 2009 DED/CAPES Edital Pró-Equipamentos A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, sediada no Setor Bancário

Leia mais

PROCEDIMENTO DE COMITÊ DE ÉTICA

PROCEDIMENTO DE COMITÊ DE ÉTICA COMPANHIA DOS CURSOS Página: 1 de 9 1.0 OBJETIVO A Companhia dos Cursos tem como objetivo informar o aluno sobre o trâmite de entrada do pré-projeto do trabalho de conclusão de curso no comitê de ética

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa GLOSSÁRIO

MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa GLOSSÁRIO MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa GLOSSÁRIO A Aguardando apreciação do colegiado Situação do projeto visível apenas para os membros do CEP, neste

Leia mais

No mesmo sentido é recente o surgimento da Aliança Pesquisa Clínica Brasil, entidade que agrega várias associações de pacientes, pesquisadores,

No mesmo sentido é recente o surgimento da Aliança Pesquisa Clínica Brasil, entidade que agrega várias associações de pacientes, pesquisadores, Ao Ilmo. Dr. Florentino Cardoso Presidente da AMB-Associação Médica Brasileira Assunto: Avaliação da SBEM - PL 200 de 2015 Pesquisa Clínica Rio de Janeiro, 22 de Julho de 2015. Prezado Dr. Florentino,

Leia mais

PROJETO INTEGRADOR II Alunos do Final do Módulo Organizacional

PROJETO INTEGRADOR II Alunos do Final do Módulo Organizacional PROJETO INTEGRADOR II Alunos do Final do Módulo Organizacional Cartilha de Orientação SUMÁRIO 1. Apresentação 2. Informações 2.1. Requisitos Específicos do Projeto Integrador II 2.2. Roteiro para elaboração

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ CEUAs - FEPAR SOCIEDADE EVANGÉLICA BENEFICENTE DE CURITIBA

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ CEUAs - FEPAR SOCIEDADE EVANGÉLICA BENEFICENTE DE CURITIBA REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ CEUAs - FEPAR SOCIEDADE EVANGÉLICA BENEFICENTE DE CURITIBA CAPÍTULO I DO OBJETO E SUAS FINALIDADES Artigo 1.º

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE CAPÍTULO 1 DAS FINALIDADES DE REGIMENTO INTERNO DA CEUA Art. 1 A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Fundação Universidade Federal de

Leia mais

Apresentaçã. ção o da RDC nº n 11 de 16 de fevereiro de 2012. Gerência Geral de Laboratórios de Saúde Pública abril de 2013 Curitiba - Paraná

Apresentaçã. ção o da RDC nº n 11 de 16 de fevereiro de 2012. Gerência Geral de Laboratórios de Saúde Pública abril de 2013 Curitiba - Paraná Ministério da Saúde/ Diretoria de Coordenação e Articulação do Sistema Nacional - DSNVS Apresentaçã ção o da RDC nº n 11 de 16 de fevereiro de 2012 Gerência Geral de Laboratórios de Saúde Pública abril

Leia mais

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo.

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo. Informação ao participante e consentimento informado para o parceiro VIH positivo Estudo PARTNER O estudo PARTNER é um estudo levado a cabo com casais em que: (i) um parceiro é VIH positivo e o outro é

Leia mais

PORTARIA Nº 1386/2006 SMS.G. A SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe são legalmente conferidas,

PORTARIA Nº 1386/2006 SMS.G. A SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe são legalmente conferidas, PORTARIA Nº 1386/2006 SMS.G A SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe são legalmente conferidas, CONSIDERANDO a edição da Lei nº 14.084 de 27 de outubro de 2005 e do Decreto Municipal

Leia mais

PÚBLICO GERAL O SISNEP divulga a listagem dos projetos aprovados ao público geral.

PÚBLICO GERAL O SISNEP divulga a listagem dos projetos aprovados ao público geral. ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO SISNEP Sistema Nacional de Informações sobre Ética em Pesquisas envolvendo Seres Humanos PÚBLICO GERAL O SISNEP divulga a listagem dos projetos aprovados

Leia mais

Comitê de Ética em Pesquisa cep@usjt.br - tel: 27991944

Comitê de Ética em Pesquisa cep@usjt.br - tel: 27991944 Comitê de Ética em Pesquisa cep@usjt.br - tel: 27991944 Guia para o preenchimento de projetos na Plataforma Brasil Acesse a Plataforma Brasil com seu e-mail de acesso e senha. a) Para submeter um protocolo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI MODELO PARA REDAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA DISCIPLINA: MÉTODO DE PESQUISA QUANTITATIVA PROFA. Dra. MARINA BANDEIRA, Ph.D. MARÇO 2014 1 MODELO PARA REDAÇÃO DOS TRABALHOS

Leia mais

Apresentação. Documentos de diversas modalidades que formalizam atividades de cooperação entre a UFRGS e outras instituições.

Apresentação. Documentos de diversas modalidades que formalizam atividades de cooperação entre a UFRGS e outras instituições. Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul interage com instituições públicas ou privadas, nacionais ou internacionais, em conformidade com as leis federais, estatuto e regimento, resoluções,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL. RESOLUÇÃO CEPE-UEMS Nº 1.152, de 24 de novembro de 2011.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL. RESOLUÇÃO CEPE-UEMS Nº 1.152, de 24 de novembro de 2011. RESOLUÇÃO CEPE-UEMS Nº 1.152, de 24 de novembro de 2011. Aprova o Regulamento da Comissão de Ética no Uso de Animais, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

Diário Oficial da União Seção 1 DOU 02 de junho de 2003 [Página 51-52]

Diário Oficial da União Seção 1 DOU 02 de junho de 2003 [Página 51-52] *Este texto não substitui o publicado do Diário Oficial da União* Diário Oficial da União Seção 1 DOU 02 de junho de 2003 [Página 51-52] RESOLUÇÃO-RE Nº 895, DE 29 DE MAIO DE 2003 O Adjunto da Diretoria

Leia mais

Plano de Gerenciamento de Riscos

Plano de Gerenciamento de Riscos Plano de Gerenciamento de Riscos Plano de Gerenciamento de Riscos Página 1 de 6 Controle de Versões Versão Data Autor Notas da Revisão 1.0 07/11/2014 Mahilson Finalização do document Índice ÍNDICE... 1

Leia mais

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE AVISO ETENE/FUNDECI - 07/2007 APOIO A ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE

Leia mais

Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC) NORMAS A OBSERVAR PELOS REQUERENTES SOBRE O FORMATO E CONTEÚDO DO PEDIDO

Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC) NORMAS A OBSERVAR PELOS REQUERENTES SOBRE O FORMATO E CONTEÚDO DO PEDIDO Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC) NORMAS A OBSERVAR PELOS REQUERENTES SOBRE O FORMATO E CONTEÚDO DO PEDIDO DE PARECER À CEIC PARA A REALIZAÇÃO DE ENSAIO CLÍNICO COM MEDICAMENTOS DE USO

Leia mais

Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012

Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012 Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012 Aprova o Edital Propex 01/2012 Pesquisa para pesquisadores dos Programas de Pós-Graduação em implantação O Reitor do Centro Universitário UNIVATES,

Leia mais

#NORMAS PARA APRESENTAÇÃO E SUBMISSÃO DOS RESUMOS. MODALIDADE PÔSTER OU MODALIDADE DE COMUNICAÇÃO ORAL Serão aceitos resumos de pesquisas científicas

#NORMAS PARA APRESENTAÇÃO E SUBMISSÃO DOS RESUMOS. MODALIDADE PÔSTER OU MODALIDADE DE COMUNICAÇÃO ORAL Serão aceitos resumos de pesquisas científicas #NORMAS PARA APRESENTAÇÃO E SUBMISSÃO DOS RESUMOS. MODALIDADE PÔSTER OU MODALIDADE DE COMUNICAÇÃO ORAL Serão aceitos resumos de pesquisas científicas concluídas e em andamento, relatos de experiência,

Leia mais

REGULAMENTO DOS PÔSTERES

REGULAMENTO DOS PÔSTERES REGULAMENTO DOS PÔSTERES 1 Objetivo: Incentivar a participação do acadêmico de fisioterapia em atividades de pesquisa, visando complementar sua formação e enriquecer seus conhecimentos nas diversas áreas.

Leia mais

Programa CAPES-DFAIT

Programa CAPES-DFAIT Programa CAPES- Edital CAPES nº 007/2011 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, Fundação Pública, criada pela Lei nº. 8.405, de 09 de janeiro de 1992, modificada pela Lei

Leia mais

Seguro-Saúde. Guia para Consulta Rápida

Seguro-Saúde. Guia para Consulta Rápida Seguro-Saúde. Guia para Consulta Rápida O que é seguro? 6 O que é Seguro-Saúde? 6 Como são os contratos de Seguro-Saúde? 7 Como ficaram as apólices antigas depois da Lei nº 9656/98? 8 Qual a diferença

Leia mais

CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP

CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP CHAMADA Nº. 13/2013 DETALHAMENTO GERAL INTRODUÇÃO A (FUNCAP), vinculada

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO 2 Sumário 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 1.1 Atividade acadêmica... 3 1.2 Estruturação... 3 1.3 Localização

Leia mais

Comitê de Ética em Pesquisa CEP - UNIPAMPA. Cadastro de Projetos de Pesquisa

Comitê de Ética em Pesquisa CEP - UNIPAMPA. Cadastro de Projetos de Pesquisa Comitê de Ética em Pesquisa CEP - UNIPAMPA Cadastro de Projetos de Pesquisa Documentos para abertura de Protocolo de Pesquisa: CEP-UNIPAMPA PLATAFORMA BRASIL - CADASTRO DE PESQUISADORES Doc. 1º 2º 3º Descrição

Leia mais

Instrumento Europeu para Democracia e Direitos Humanos

Instrumento Europeu para Democracia e Direitos Humanos Entidade Contratante: Delegação da União Europeia em Moçambique Instrumento Europeu para Democracia e Direitos Humanos Orientações destinadas aos requerentes de subvenções CORRIGENDUM Concurso restrito

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública n 64, de 01 de agosto de 2014 D.O.U de 04/08/2014

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública n 64, de 01 de agosto de 2014 D.O.U de 04/08/2014 Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Consulta Pública n 64, de 01 de agosto de 2014 D.O.U de 04/08/2014 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso das

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA MARANHÃO MAIS MÚSICA

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA MARANHÃO MAIS MÚSICA GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA MARANHÃO MAIS MÚSICA EDITAL FAPEMA Nº 43/2013 MÚSICA PRORROGAÇÃO Atividades Datas Data

Leia mais

Fátima Rodrigues Fernandes MSc, MBA Diretora Instituto PENSI Membro da Câmara Técnica de Pediatria do CREMESP

Fátima Rodrigues Fernandes MSc, MBA Diretora Instituto PENSI Membro da Câmara Técnica de Pediatria do CREMESP Fátima Rodrigues Fernandes MSc, MBA Diretora Instituto PENSI Membro da Câmara Técnica de Pediatria do CREMESP Pesquisa Clínica: Interrelações Indústria Farmacêutica Pesquisador Instituições Mídia CFM /

Leia mais

Instituto Federal de Brasília

Instituto Federal de Brasília Instituto Federal de Brasília PROPOSTA DE REGIMENTO INTERNO COMITÊ DE ÉTICA NO USO ANIMAL (CEUA) CAPITULO 1 Das Finalidades Artigo 1º - O Comitê de Ética no Uso Animal CEUA do Instituto Federal de Brasília

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII A Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial EMBRAPII torna público o processo de seleção para habilitar Polos EMBRAPII IF (PEIF). Os

Leia mais

Pró Reitoria de Extensão Universitária. Reitoria

Pró Reitoria de Extensão Universitária. Reitoria EDITAL N 004/2015 PROEX/Central de Cursos de Inovação e da UNESP Apoio para Cursos de em temas ambientais Seleção de propostas de cursos de extensão universitária em temas ambientais no âmbito da PROEX

Leia mais

CAPÍTULO PRIMEIRO DAS CONSIDERAÇÕES GERAIS DA NATUREZA

CAPÍTULO PRIMEIRO DAS CONSIDERAÇÕES GERAIS DA NATUREZA UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 19/07 Define e regulamenta o Comitê de Ética em Pesquisas CEP e dá outras providências. O Presidente do

Leia mais

APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO EDITAL Nº030/ 2015 - AREC

APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO EDITAL Nº030/ 2015 - AREC APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO EDITAL Nº030/ 2015 - AREC O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI, por meio

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE PROGRAMA INSTITUCIONAL PARA EXCELÊNCIA NA QUALIDADE DO STRICTO SENSU- APOIO AO PESQUISADOR A Universidade de Pernambuco - UPE considerando

Leia mais

Tema: NIVOLUMABE EM ADENOCARCINOMA MUCINOSO DE PULMÃO ESTADIO IV

Tema: NIVOLUMABE EM ADENOCARCINOMA MUCINOSO DE PULMÃO ESTADIO IV Nota Técnica 2015 NATS HC UFMG Solicitante: Renato Martins Prates Juiz Federal da 8ª Vara Seção Judiciária de Minas Gerais Nº Processo: 41970-36.2015.4.01.3800 Data 20/08/2015 Medicamento X Material Procedimento

Leia mais

CHAMADA INSTITUCIONALIZAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA VINCULADOS AOS PROGRAMAS DE MESTRADO / IMED

CHAMADA INSTITUCIONALIZAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA VINCULADOS AOS PROGRAMAS DE MESTRADO / IMED Passo Fundo, 09 de janeiro de 2014. Circular nº 001/2014 Direção Acadêmica Estabelece o regulamento para a Institucionalização de Projetos de Pesquisa vinculados aos Programas de Mestrado da IMED para

Leia mais

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O presente Manual de Estágio apresenta as orientações básicas para o desenvolvimento das atividades

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PUC/RS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PUC/RS PARECER CONSUBSTANCIADO DO CEP DADOS DO PROJETO DE PESQUISA Título da Pesquisa: Efeitos de um programa de treinamento aeróbio, de força e cognitivo em idosos com declínio cognitivo leve da Estratégia Saúde

Leia mais