MEDICINA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MEDICINA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1"

Transcrição

1 MEDICINA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1

2 CURSO: MEDICINA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora A Ata de Assembléia Geral para Constituição da entidade civil, com denominação social de UNIC União das Escolas Superiores de Cuiabá foi lavrada em 07 de setembro de 1.989, na Avenida Beira Rio, no , Jardim Europa, cidade de Cuiabá, Estado de Mato Grosso. A Ata da Assembleia Geral para Transformação da Sociedade empresária de responsabilidade limitada com denominação social de IUNI Educacional Ltda foi lavrada em 04 de abril de 2008, na Avenida Beira Rio, no , Jardim Europa, cidade de Cuiabá, Estado de Mato Grosso, sendo a mesma protocolada sob o número 08/ de 12/05/2008 e certificado e registrado na Junta Comercial do Estado de Mato Grosso sob o número em 15 de maio de O IUNI Educacional está registrado no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica CNPJ sob nº / Em assembleia geral os sócios do IUNI Educacional Ltda, reúnem-se no dia 08 de março de 2010 e resolvem aprovar a transformação do tipo jurídico da Sociedade, de sociedade limitada para sociedade por ações, que passou a ser denominada IUNI EDUCACIONAL S. A., com o objetivo de melhor atender aos propósitos e necessidades da Sociedade. Mantida Universidade de Cuiabá UNIC CNPJ n.º / Portaria Credenciamento: Portaria do MEC n.º de 02/12/1994 Avenida Beira Rio, Jardim Europa Cidade: Cuiabá - MT CEP: Fone: (065)

3 Dirigentes da Mantida Reitor... : Prof. Rui Fava Pró-Reitora Acadêmica... : Profa. Simone Cristina de Castro Wojcicki Pró-Reitor Administrativo...: Evaldo Tadeu Gomes Rosa Coordenador do Curso: O Diretor da Faculdade de Medicina, Prof. Ms. Marcelo Sepulveda Magalhães Faria é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Mato Grosso, especialista em Terapia Nutricional pelo GANEP e SBNPE. Fez Residência Médica em Cirurgia Geral. É Mestre em Cirurgia, Nutrição e Metabolismo, pela Universidade Federal de Mato Grosso e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Cuiabá desde Foi supervisor do Programa de Residência Médica em Cirurgia Geral e do Internato de Clínica Cirúrgica no Hospital Geral Universitário. Atualmente é Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Cuiabá (UNIC). Tem várias publicações em anais de congressos, bem como em produções técnicas realizadas durante estes anos de magistério. Atua em regime integral na instituição com 40 horas/semanais. Destas, dedica cerca de 80% na efetiva administração e condução do Curso. Atua na preceptoria de Supervisionado em Clínica Cirúrgica. Renovação de Reconhecimento pela Portaria Ministerial n. 918 de 21/07/2010. Turno: Integral Regime de Matrícula: Seriado Semestral. Duração e tempo de integralização do curso: O curso deverá ser integralizado no mínimo de 12 semestres e máximo de 18 semestres. Contexto Histórico do Estado e Município e a Criação do Curso 3

4 A Universidade de Cuiabá (UNIC), no Estado de Mato Grosso, ocupa uma posição estratégica dentro do sistema educacional regional e vem contribuindo para o desenvolvimento da pesquisa, da formação de profissionais para dar suporte a esse desenvolvimento, bem como para a preservação e promoção do bem comum, por meio de seus cursos de graduação, de pós-graduação e serviços de extensão. A Faculdade de Medicina da Universidade de Cuiabá foi criada em 1997 tentando preencher uma lacuna de vagas para a formação de médicos no Estado do Mato Grosso. A Faculdade de Medicina da Universidade de Cuiabá (UNIC) preocupa-se com a formação do futuro médico que possa atender às necessidades da sociedade que reivindica cada vez mais seu direito à saúde. Objetivos do Curso de Medicina O curso de Medicina da UNIC pretende formar o profissional médico que tenha como princípio norteador de seu trabalho a promoção da saúde coletiva seguindo as normas estabelecidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Medicina (Resolução CNE/CES nº 04, de 07 de novembro de 2001). Objetivo Geral Na perspectiva de assegurar uma formação com a mais elevada qualidade técnica e relevância social, o Curso de Medicina tem como objetivo geral atuar na formação do profissional médico que tenha como princípio norteador de seu trabalho a promoção da saúde coletiva, a prevenção de doenças e a intervenção nas realidades sociais. Objetivos Específicos Proporcionar ensino de graduação que permita o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias à formação geral do médico com visão integral e humanista. 4

5 Proporcionar o desenvolvimento de trabalho coletivo e contínuo de construção e reconstrução de conhecimentos científicos e tecnológicos desenvolvendo habilidades para operacionalizá-los e reconstruí-los com sabedoria. Auxiliar na formação de médico apto a atender as necessidades sociais no que concerne o direito a saúde, compreendida como bem-estar físico, psíquico e social, e com capacidade de se responsabilizar pela realização de seu projeto pessoal e profissional. Desenvolver técnicas de comunicação e relacionamento pessoal que permitam a adequada relação com o paciente, com a sociedade e a atuação em equipes multiprofissionais de saúde. Realizar atividades envolvendo habilidades e mudança de atitudes que possibilitam o exercício profissional baseado nos princípios da Ética e da Bioética. Estimular a formação de uma cultura de co-responsabilidade do corpo docente, corpo discente, funcionários, administração e sociedade objetivando a mudança individual e coletiva para a formação de uma Universidade e um mundo cada vez melhor. Atender às demandas sociais, produzindo conhecimentos relevantes e úteis para a reconstrução do sistema de saúde. Estimular o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional e possibilitar a correspondente concretização, integrando os conhecimentos que vão sendo adquiridos numa estrutura intelectual sistematizadora. 5

6 BSC PERFIL PROFISSIONAL - MÉDICO Atuar no processo de saúde-doença, na perspectiva da integralidade considerando os três níveis de assistência. ATENÇÃO PRIMÁRIA Atuar em políticas e programas de saúde no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contra-referência na resolução do problema de saúde, em nível individual e coletivo. Atuar em Equipes de Programas de Saúde da Família e em atendimento básico, desenvolvendo ações de prevenção, promoção e proteção da saúde. COMPETÊNCIAS Conhecer e atuar em políticas públicas e programas de saúde e programas de educação em saúde. Conhecer as áreas básicas dos saberes médico (pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica cirúrgica e médica) e o atendimento inicial das urgências e emergências em todas as fases do ciclo biológico. ATENÇÃO SECUNDÁRIA Atuar em serviços ambulatoriais especializados, policlínicas e outras unidades de saúde em nível secundário. Atuar em equipe desenvolvendo ações de prevenção, promoção e proteção da saúde. COMPETÊNCIAS Conhecer e atuar em políticas públicas e programas de saúde e programas de educação em saúde. Conhecer as áreas básicas dos saberes médico (pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica cirúrgica e médica) e o atendimento inicial das urgências e emergências em todas as fases do ciclo biológico. Conhecer técnicas de gestão de clínicas e consultórios. ATENÇÃO TERCIÁRIA Realizar atendimento clínico e cirúrgico do paciente hospitalizado e/ou em unidades de urgência/emergência. Atuar em equipe desenvolvendo ações de prevenção, promoção, reabilitação e proteção da saúde. COMPETÊNCIAS Conhecer e atuar em políticas públicas e programas de saúde e programas de educação em saúde. Conhecer as áreas básicas dos saberes médico (pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica cirúrgica e médica) e o atendimento inicial das urgências e emergências em todas as fases do ciclo biológico. Conhecer técnicas de gestão hospitalar. Conhecer e aplicar procedimentos clínicos e cirúrgicos no atendimento no âmbito hospitalar em todas as fases do ciclo biológico. HABILIDADES Conhecer e aplicar técnicas da avaliação clínica Interpretação Tomada de decisão Comunicação Planejamento Raciocínio lógico Ética Relações Interpessoais Interdependência multiprofissional. Liderança Criatividade HABILIDADES Conhecer e aplicar técnicas da avaliação clínica Conhecer e aplicar técnicas cirúrgicas ambulatoriais Interpretação Tomada de decisão Comunicação Planejamento Raciocínio lógico Análise Destreza Informática Ética Relações Interpessoais Interdependência multiprofissional Liderança Criatividade HABILIDADES Conhecer e aplicar técnicas da avaliação clínica Conhecer e aplicar técnicas cirúrgicas Tomada de decisão Comunicação Planejamento Raciocínio lógico Interpretação Análise Destreza Informática. Ética Relações Interpessoais Interdependência multiprofissional Liderança Criatividade Área de Conhecimento (Básico) Ciências Biológicas Área de Conhecimento (Básico) Ciências Humanas e Sociais Área de Conhecimento (profissionalizante Ciências Médicas Ciências Moleculares e Celulares Ciências Morfofuncionais I Ciências Morfofuncionais II Homem, Cultura e Sociedade Ética, Política e Sociedade para o Trabalho Acadêmico I Habilidades I Habilidades II Psicologia Médica Mecanismos de Agressão e Defesa I Mecanismos de Agressão e Defesa II Mecanismos de Agressão e Defesa III para o Trabalho Acadêmico II Psicologia Aplicada à Saúde Medicina, Ciência e Profissão Semiologia Médica I Semiologia Médica II Genética Médica Anatomia Clínica e Cirúrgica Metabolismo Neuroanatomia Funcional Formação Integral em Saúde Saúde Coletiva I Saúde Coletiva II Doenças I Doenças II Métodos Diagnósticos Complementares I Genética Médica Doenças I Doenças II Saúde Coletiva III da Gestão Clínica e Hospitalar I da Gestão Clínica e Hospitalar II Métodos Diagnósticos Complementares II Clínica Amb. do Adulto e do Idoso I Clínica Amb. do Adulto e do Idoso II Farmacologia Aplicada Estudo Dirigido I Estudo Dirigido II Estudo Dirigido III Estudo Dirigido IV Estudo Dirigido V Estudo Dirigido VI Clínica Amb. do Adulto e do Idoso III Farmacologia Aplicada BTCA I Medicina Legal BTCA II Clínica Cirúrgica Estudo Dirigido VII Estudo Dirigido VIII Medicina de Urgência Terapêutica Ambulatorial Psiquiatria / Saúde Mental Saúde da Criança Saúde da Mulher TECC Dietoterapia Aplicada ES I em Ginecologia e Obstetrícia ES II em Clínica Cirúrgica ES I em Clínica Cirúrgica ES I em Pediatria e Puericultura ES II em Clínica Médica ES I em Clínica Médica ES I em Medicina de Urgência ES II em Ginecologia e Obstetrícia ES II em Pediatria e Puericultura ES II em Saúde Coletiva 6

7 Matriz Curricular Integralização Curricular Currículo Pleno Total Tempo Mínimo Tempo Máximo Carga Horária T Carga Horária P Supervisionado (Internato) semestres 18 semestres Atividades Complementares: E D 40 1 O SEM 2 O SEM 3 O SEM 4 O SEM 5 O SEM 6 O SEM 7 O SEM 8 O SEM 9 O e 10º SEM 11 O e 12º SEM 585 h 585 h 525 h 505 h 625 h 585 h 645 h 645 h h h Ciências Moleculares e Celulares (60T e 40 Ciências Morfuncionais II (120 h T + 180h Semiologia Médica I (40 h T + 160h Semiologia Médica II (40h T e 160h Métodos Diagnósticos Complementares I (40h T e 40h Farmacologia Aplicada (40h T e 20h Clínica Cirúrgica (80h T e 160h Saúde da Criança (80h T e 240h Supervisionado I em Clínica Cirúrgica (400h) Supervisionado II em Clínica Cirúrgica (400h) Ciências Morfuncionais I (120 h T e 80 h Ética, Política e Sociedade (60 h T) Mecanismos de Agressão e Defesa I (40 h T e 20 h Mecanismos de Agressão e Defesa II (60h T e 20h Clínica Ambulatorial do Adulto e do Idoso I (40h T e 160h Clínica Ambulatorial do Adulto e do Idoso II (40h T e 160h Medicina de Urgência (40h T e 80h Saúde da Mulher (80h T e 160h Supervisionado I em Clínica Médica (400h) Supervisionado II em Clínica Médica (400h) Homem, Cultura e Sociedade (60 h Habilidades II (40h T+ 40h Anatomia Clinica e Cirúrgica (40h T+40h Genética Médica (60h T e 20h Bases da Técnica Cirúrgica e da Anestesiologia I (60h T e 20h Métodos Diagnósticos Complementares II (60h T e 20h Clínica Ambulatorial do Adulto e do Idoso III (40h T e 80h Tópicos Especiais em Clínica Cirúrgica Supervisionado I em Ginecologia e Obstetrícia (400h) Supervisionado II em Ginecologia e Obstetrícia (400h) Medicina, Ciência e Profissão (60h T) do Trabalho Acadêmico I Saúde Coletiva I (40h T e 20h Doenças I (60h T e 20h Saúde Coletiva III (40h T e 20h Bases da Técnica Cirúrgica e Anestesiolo-gia II (60h T e 20h Terapêutica Ambulatorial Dietoterapia Aplicada Supervisionado I em Pediatria e Puericultura (400h) Supervisionado II em Pediatria e Puericultura (400h) Habilidades I ( 40h T+ 40h Metabolismo (40h T+ 20h Neuroanatomia Funcional (40h T+ 20h Saúde Coletiva II (60h T) Mecanismos de Agressão e Defesa III (60 h T e 20 h do Trabalho Acadêmico II Psiquiatria / Saúde Mental (80h T) Supervisionado I em Medicina de Urgência (400h) Supervisionado II em Saúde Coletiva (400h) Formação Integral em Saúde(60h T+20h Psicologia Aplicada à Saúde Psicologia Médica (60h T) Doenças II (60h T e 20h Medicina Legal (40h T e 40h Disciplina Optativa (40 h T) da Gestão da Gestão Clínica e Clínica e Hospitalar I Hospitalar II ED I ED II ED III ED IV ED V ED VI ED VII ED VIII Ciências Biológicas Ciências Humanas e Sociais Ciências Médicas Núcleo Misto 7

8 1º SEMESTRE Ciências Moleculares e Celulares Ciências Morfofuncionais I Homem, Cultura e Sociedade Medicina, Ciência e Profissão Habilidades I Formação Integral em Saúde TOTAL PARCIAL Estudo Dirigido I - 5 TOTAL 585 2º SEMESTRE Ciências Morfofuncionais II Ética, Política e Sociedade Habilidades II do Trabalho Acadêmico I Metabolismo Psicologia Aplicada à Saúde TOTAL PARCIAL Estudo Dirigido II 5 TOTAL 585 3º SEMESTRE Semiologia Médica I Mecanismos de Agressão e Defesa I Anatomia Clínica e Cirúrgica Saúde Coletiva I Neuroanatomia Funcional Psicologia Médica TOTAL PARCIAL Estudo Dirigido III 5 TOTAL 525 8

9 4º SEMESTRE Semiologia Médica II Mecanismos de Agressão e Defesa II Genética Médica Doenças I Saúde Coletiva II TOTAL PARCIAL Estudo Dirigido IV 5 TOTAL 505 5º SEMESTRE Métodos Diagnósticos Complementares I Clínica Ambulatorial do Adulto e do Idoso I Bases da Técnica Cirúrgica e da Anestesiologia I Saúde Coletiva III Mecanismos de Agressão e Defesa III Doenças II da Gestão Clínica e Hospitalar I TOTAL Estudo Dirigido V 5 TOTAL 625 6º SEMESTRE Farmacologia Aplicada Clínica Ambulatorial do Adulto e do Idoso II Métodos Diagnósticos Complementares II Bases da Técnica Cirúrgica e da Anestesiologia II para o Trabalho Acadêmico II Medicina Legal da Gestão Clínica e Hospitalar II TOTAL Estudo Dirigido VI 5 TOTAL 585 9

10 7º SEMESTRE Clínica Cirúrgica Medicina de Urgência Clínica Ambulatorial do Adulto e do Idoso III Terapêutica Ambulatorial Psiquiatria / Saúde Mental Disciplina Optativa* TOTAL Estudo Dirigido VII 5 TOTAL 645 *LIBRAS ou Fitoterapia, Imunologia ou Homeopatia. 8º SEMESTRE Saúde da Criança Saúde da Mulher Tópicos Especiais em Clínica Cirúrgica Dietoterapia Aplicada TOTAL Estudo Dirigido VIII 5 TOTAL 645 9º e 10º SEMESTRES Supervisionado I ESTÁGIO CARGA HORÁRIA Supervisionado I em Clínica Cirúrgica 400 Supervisionado I em Clínica Médica 400 Supervisionado I em Ginecologia e Obstetrícia 400 Supervisionado I em Pediatria e Puericultura 400 Supervisionado em Medicina de Urgência 400 TOTAL º e 12º SEMESTRES Supervisionado II ESTÁGIO CARGA HORÁRIA Supervisionado II em Clínica Cirúrgica 400 Supervisionado II em Clínica Médica 400 Supervisionado II em Ginecologia e Obstetrícia 400 Supervisionado II em Pediatria e Puericultura 400 Supervisionado em Saúde Coletiva 400 TOTAL

11 Atividades Complementares ATIVIDADES COMPLEMENTARES CARGA HORÁRIA Estudo Dirigido I 5 Estudo Dirigido II 5 Estudo Dirigido III 5 Estudo Dirigido IV 5 Estudo Dirigido V 5 Estudo Dirigido VI 5 Estudo Dirigido VII 5 Estudo Dirigido VIII 5 TOTAL 40 RESUMO DA CARGA HORÁRIA DO CURSO Disciplina Carga Horária AULAS TEÓRICAS AULAS PRÁTICAS ESTÁGIO SUPERVISIONADO TOTAL PARCIAL ATIVIDADES COMPLEMENTARES 40 TOTAL GERAL

NUTRIÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

NUTRIÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC NUTRIÇÃO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: NUTRIÇÃO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

Enfermagem. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

Enfermagem. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC Enfermagem Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: Enfermagem Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora residente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da

Leia mais

FARMÁCIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

FARMÁCIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC FARMÁCIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: FARMÁCIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PUBLICIDADE E PROPAGANDA PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: AGRONOMIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo

Leia mais

CST EM RADIOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1

CST EM RADIOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CST EM RADIOLOGIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: CST EM RADIOLOGIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo

Leia mais

ODONTOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ODONTOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ODONTOLOGIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ODONTOLOGIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

CURSO: REDES DE COMPUTADORES

CURSO: REDES DE COMPUTADORES CURSO: REDES DE COMPUTADORES Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base Legal da Mantenedora A Ata de Assembléia Geral para

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

CST EM GASTRONOMIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

CST EM GASTRONOMIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC CST EM GASTRONOMIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: CST EM GASTRONOMIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo

Leia mais

CST EM DESIGN DE INTERIORES

CST EM DESIGN DE INTERIORES CST EM DESIGN DE INTERIORES Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: CST EM DESIGN DE INTERIORES Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed.

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ENGENHARIA AMBIENTAL. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ENGENHARIA AMBIENTAL Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo

Leia mais

FISIOTERAPIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

FISIOTERAPIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC FISIOTERAPIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: Fisioterapia Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética

Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora A Ata

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente:

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Universidade de Cuiabá CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

PSICOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

PSICOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC PSICOLOGIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: PSICOLOGIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

Universidade de Cuiabá. Curso de Licenciatura em Letras Habilitação Português / Espanhol e suas licenciaturas

Universidade de Cuiabá. Curso de Licenciatura em Letras Habilitação Português / Espanhol e suas licenciaturas Universidade de Cuiabá Curso de Licenciatura em Letras Habilitação Português / Espanhol e suas licenciaturas Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente:

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA

EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente:

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 10/09/2012 1

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 10/09/2012 1 CIÊNCIAS CONTÁBEIS Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 10/09/2012 1 CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO

COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente:

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. Universidade de Cuiabá

ENGENHARIA CIVIL. Universidade de Cuiabá ENGENHARIA CIVIL Universidade de Cuiabá CURSO: ENGENHARIA CIVIL Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

Projeto Pedagógico de Curso

Projeto Pedagógico de Curso 2012 UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO Projeto Pedagógico de Curso UNIVERSIDADE CUIABÁ DE FACULDADE DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE ENGENHARIA E

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: Curso Superior de Tecnologia de Recursos Humanos Dados de identificação da Universidade de Cuiabá

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Quadro I. Disciplinas obrigatórias por carga horária (horas), créditos e pré-requisitos, aprovado na 63ª reunião do CEPE, de 25 de novembro de 2014. 2015/2º 1ª FASE Anatomia Médica I 1 33h20 50h00 83h20

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Quadro I. Disciplinas obrigatórias por carga horária (horas), créditos e pré-requisitos, aprovado na 63ª reunião do CEPE, de 25 de novembro de 2014. 2015/1º 4ª a 12ª fases 1ª FASE Anatomia Médica I 1 33h20

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM SINOP / MATO GROSSO MATRIZ CURRICULAR ENFERMAGEM 1º SEMESTRE Anatomia Humana I

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO

EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO Dados intificação da Universida Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presinte: Ed. Rodrigo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ADMINISTRAÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ADMINISTRAÇÃO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO ARQUITETURA E URBANISMO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ARQUITETURA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína. ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

DIREITO. Universidade de Cuiabá

DIREITO. Universidade de Cuiabá DIREITO Universidade de Cuiabá 2 CURSO: DIREITO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora A Ata de

Leia mais

ENGENHARIA ELÉTRICA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ENGENHARIA ELÉTRICA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ENGENHARIA ELÉTRICA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Médico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Capacitado a atuar, pautado

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 179/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 179/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 179/2012 Altera o Currículo do Curso de Medicina, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MED- 035/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

PILOTAGEM PROFISSIONAL DE AERONAVES

PILOTAGEM PROFISSIONAL DE AERONAVES PILOTAGEM PROFISSIONAL DE AERONAVES Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: PILOTAGEM PROFISSIONAL DE AERONAVES Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM PRIMEIRO PERÍODO / 1 O ANO CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Sociologia, Antropologia e Filosofia 2-40 Iniciação à Pesquisa em Nutrição 2-40 Leitura

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA O CURRÍCULO DA FAMEMA (2012) Os currículos dos Cursos de Enfermagem e Medicina da Faculdade de Medicina de Marília (Famema) estão em permanente transformação por entendermos que esse processo permite uma

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 14.02.06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 1548 CURSO DE MEDICINA

Aprovado no CONGRAD: 14.02.06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 1548 CURSO DE MEDICINA Aprovado no CONGRAD: 14..06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 48 CURSO DE MEDICINA EIXOS TRANSVERSAIS E ÁREAS DO CONHECIMENTO DO CURRÍCULO PLENO ACADÊMI COS I FUNDAMENTOS CONCEITUAIS DO CURSO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV

RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV Fixa o currículo do Curso de Graduação em Medicina, na modalidade Bacharelado, da Universidade do Estado do Amazonas. A REITORA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE

Leia mais

PEDAGOGIA PEPEDA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1

PEDAGOGIA PEPEDA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 PEDAGOGIA PEPEDA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: PEDAGOGIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

FISIOTERAPIA - GRADUAÇÃO

FISIOTERAPIA - GRADUAÇÃO FISIOTERAPIA - GRADUAÇÃO CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: Curso De Graduação Em Fisioterapia. DIPLOMA CONFERIDO: BACHAREL NÚMERO DE VAGAS: 225 VAGAS ANUAIS TURNOS DE OFERTA: NOTURNO REGIME LETIVO:

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 38/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ENFERMAGEM, REGIME SERIADO SEMESTRAL, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA-FORMAÇÃO FISIOTERAPEUTA

CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA-FORMAÇÃO FISIOTERAPEUTA CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA-FORMAÇÃO FISIOTERAPEUTA Coordenaçăo: Profª. Esp. Lidiane Alves Dias E-mail: fisioterapia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 219 Conceito É uma ciência da Saúde

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40

MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40 MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40 Medicina I Anatomia Sistêmica Aplicada 8 80 Semiologia Médica 6 60 Ética

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 3. Educação em Saúde 30 20 10 02 4. Introdução a Enfermagem

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

4 Quando o número de vagas proposto corresponde adequadamente à dimensão do corpo

4 Quando o número de vagas proposto corresponde adequadamente à dimensão do corpo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Superior SESu Diretoria de Regulação e Supervisão da Educação Superior - Desup Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior - Conaes Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENFERMAGEM

FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENFERMAGEM FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENFERMAGEM UBERABA MG 2010 INSTITUTO EDUCACIONAL GUILHERME DORÇA PRESIDENTE: LUIZ HUMBERTO DORÇA FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS DIRETOR ACADÊMICO

Leia mais

CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Nº DE AULAS SEMANAIS AULAS. Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166. Histologia 03 03 120 100

CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Nº DE AULAS SEMANAIS AULAS. Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166. Histologia 03 03 120 100 CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166 Histologia 03 03 120 100 Biologia Celular 03-60 50 Bioquímica Celular 04-80 66 Embriologia Aplicada 01 02 60 50 Iniciação á Prática

Leia mais

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA 1º SEMESTRE Introdução a 90 60 30 06 Anatomia Humana 90 60 30 06 Biologia Celular e Molecular Embriologia e Histologia Humana Antropologia da Saúde Educação em Saúde Relações Étnico-Raciais Metodologia

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1. 60 h. 104 h. 146 h. 72 h 2º SEMESTRE. Carga horária

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1. 60 h. 104 h. 146 h. 72 h 2º SEMESTRE. Carga horária MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE MEDICINA DE DIAMANTINA - FAMED CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1 MED001 MED002 MED003

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br 114 ENFERMAGEM COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 115 Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta como perfil

Leia mais

FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ DIRETORIA GERAL

FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ DIRETORIA GERAL RESOLUÇÃO Nº 011/2008 FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ NORMATIZA O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO INTERNATO DO CURSO DE MEDICINA DA FACULDADE NOVAFAPI. A Diretora

Leia mais

FINALIDADES E OBJETIVOS DO CURSO

FINALIDADES E OBJETIVOS DO CURSO 1.Identificação e situação legal - Identificação do curso, ato de criação, início do curso e ato de reconhecimento. CURSO: SITUAÇÃO LEGAL: Medicina Veterinária Dados de Criação/Autorização: Documento:

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº /2010 Altera a estrutura curricular do Curso de Graduação em Medicina, do Centro

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM. COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM. COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br 146 Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 147 Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta

Leia mais

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 MED-100 - Unidades de Ensino da área de conhecimento das bases moleculares e celulares dos processos normais e alterados, da estrutura e função

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Medicina

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Medicina MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) Institui Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária.

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV MEDICINA. COORDENADORA Ângela Aparecida Barra angela.barra@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV MEDICINA. COORDENADORA Ângela Aparecida Barra angela.barra@ufv.br 180 Currículos dos Cursos do CCB UFV MEDICINA COORDENADORA Ângela Aparecida Barra angela.barra@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 181 Médico ATUAÇÃO O Projeto Pedagógico do Curso de Medicina da UFV

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2011 157 MEDICINA. COORDENADOR Rodrigo Siqueira Batista rsbatista@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2011 157 MEDICINA. COORDENADOR Rodrigo Siqueira Batista rsbatista@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 157 MEDICINA COORDENADOR Rodrigo Siqueira Batista rsbatista@ufv.br 158 Currículos dos Cursos do CCB UFV Médico ATUAÇÃO O Projeto Pedagógico do Curso de Medicina da UFV prevê

Leia mais

Avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

Avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas; CURSO: FISIOTERAPIA Missão O curso de Fisioterapia da Universidade Estácio de Sá, através de uma estrutura embasada em princípios contemporâneos, tem por missão a formação de um fisioterapeuta generalista,

Leia mais

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes a partir de 2011/1 Turnos Integral Matutino/Vespertino e Integral Vespertino/Noturno 1 o Período BIOLOGIA CELULAR

Leia mais

Processo Pedagógico de Formação do aluno do curso medico do UNI-BH

Processo Pedagógico de Formação do aluno do curso medico do UNI-BH Processo Pedagógico de Formação do aluno do curso medico do UNI-BH A proposta pedagógica para formação do medico dentro do curso do UNI-BH baseia-se na estruturação em três módulos de conteúdo bem definido

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO E-mail: odontologia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 228 Objetivos do Curso Formar Odontólogo para atuar em todos os níveis de atenção

Leia mais

CURRÍCULO MEDICINA. Código Disciplina/Pré-Requisito Caráter Créditos

CURRÍCULO MEDICINA. Código Disciplina/Pré-Requisito Caráter Créditos CURRÍCULO MEDICINA 2012/1 Período Letivo: Curso: MEDICINA Habilitação: MEDICINA Currículo: MEDICINA Créditos Obrigatórios: 578 Créditos Eletivos: 0 Créditos Complementares: 6 Total: 584 Obrigatória: 10477

Leia mais

III Princípios Gerais da Formação Médica

III Princípios Gerais da Formação Médica I Motivação Aprovação da Lei 12.871 de 22/10/2013; Necessidade de ter diretrizes curriculares em sintonia com o programa Mais Médicos; A oportunidade de atualizar e aprimorar as diretrizes de 2001; Acompanhar

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Mara Rosana dos Santos E-mail: nutricao@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 211 Ser Nutricionista É atuar em todas

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 28/2015

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 28/2015 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 28/2015 O Presidente em exercício do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições, consoante o deliberado na 113ª. Reunião Ordinária, realizada

Leia mais

Curso de Medicina no GHC: A base para nossos desafios

Curso de Medicina no GHC: A base para nossos desafios Curso de Medicina no GHC: A base para nossos desafios Objetivos do Programa a) Diminuir a carência de médicos em regiões prioritárias; b) Reduzir as desigualdades regionais na área da saúde;

Leia mais

RESOLUÇÃO N 005, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2010, DA CONGREGAÇÃO DA UFTM.

RESOLUÇÃO N 005, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2010, DA CONGREGAÇÃO DA UFTM. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO UBERABAMG RESOLUÇÃO N 005, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2010, DA CONGREGAÇÃO DA UFTM. Dispõe sobre a Matriz Curricular do Curso de Graduação em.

Leia mais

Missão. - Estimular a capacidade de análise dos problemas que se apresentam no campo da Saúde Pública e Privada;

Missão. - Estimular a capacidade de análise dos problemas que se apresentam no campo da Saúde Pública e Privada; CURSO: Farmácia Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos capazes de exercer atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas, ao controle,

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE 1º PERÍODO MODULOS TEÓRICA PRATICA TOTAL TOTAL Módulo 0:Introdução ao Curso Médico 80 h 08 h - 88 h Módulo I: Atenção à Família e a Comunidade Módulo II: Concepção e Embriogênese Módulo III: Nutrição e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA Resolução Nº 01/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Regulamenta o Estágio Curricular - Internato obrigatório do Curso de Medicina do CCBS/UFCG. O Colegiado do Curso de Graduação em Medicina, no

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 08/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Enfermagem, modalidade bacharelado,

Leia mais

Competências e Habilidades Específicas:

Competências e Habilidades Específicas: DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Enfermeiro, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Profissional qualificado

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DIPLOMA CONFERIDO: BACHAREL NÚMERO DE VAGAS: 100 VAGAS ANUAIS NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: 50 ALUNOS TURNOS

Leia mais

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA Escola Superior de Ciências da Saúde Período de Inscrição: 18 de janeiro de 2010 a 19 de fevereiro de 2010. Local de Inscrição:

Leia mais

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período Matriz Curricular Período 1º Unidades Acadêmicas UAI: Introdução ao Estudo da Odontologia Conhecer a estrutura do indivíduo nas suas bases biomoleculares e celulares quanto às propriedades e interrelações

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 51/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ODONTOLOGIA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA 1- IDENTIFICAÇÃO 1.1- Hospital: Rubens de Souza Bento Hospital Geral de Roraima. 1.2- Entidade Mantenedora: Secretaria Estadual de Saúde/SESAU-RR 1.3- Curso:

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia Geral, Citologia e Genética Estudo da célula, seus componentes e relação com as funções

Leia mais

Regulamento do internato do Curso de Medicina da FAPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos - Porto Nacional - TO. Capítulo I

Regulamento do internato do Curso de Medicina da FAPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos - Porto Nacional - TO. Capítulo I FAPAC - Faculdade Presidente Antônio Carlos. ITPAC-INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS PORTO LTDA. Rua 2 Quadra 7, S/N-Jardim dos Ypês Porto Nacional TO CEP 77.500-000 Fone: (63) 3363 9600

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 02/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto

Leia mais

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 1º Semestre Pré requisito bacharelado em Metodologia da Pesquisa aplicada à Saúde Embriologia Humana Biologia Celular Psicologia Sociologia Produção

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA-FORMAÇÃO FARMACÊUTICO GENERALISTA

CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA-FORMAÇÃO FARMACÊUTICO GENERALISTA CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA-FORMAÇÃO FARMACÊUTICO GENERALISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Érika Guimarães Costa E-mail: farmacia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 217 O Curso forma o profissional

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 272/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 272/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 272/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Enfermagem, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ENF- 065/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

Anatomia Humana I N/H 72 4. Biofísica N/H 72 4. Biologia Celular e Molecular N/H 72 2. Fundamentos de Fisioterapia N/H 36 2

Anatomia Humana I N/H 72 4. Biofísica N/H 72 4. Biologia Celular e Molecular N/H 72 2. Fundamentos de Fisioterapia N/H 36 2 Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia Portaria MEC n º 1.77, de 13 de junho de 00 CURSO DE FISIOTERAPIA Estrutura Curricular 1º PERÍODO Anatomia Humana I N/H 7 Biofísica N/H 7 Biologia Celular

Leia mais

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE Conselho Universitário - CONSUNI

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE Conselho Universitário - CONSUNI REGULAMENTO DA CLÍNICA ESCOLA E SERVIÇOS DE PSICOLOGIA - CESP Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 11/15 de 08/04/15. CAPÍTULO I DO OBJETIVO DO REGULAMENTO Art. 1º A Clínica Escola de Psicologia é o ambiente

Leia mais

COMO FORMAR MÉDICOS NO BRASIL FRENTE AOS ATUAIS DESAFIOS DA SAÚDE?

COMO FORMAR MÉDICOS NO BRASIL FRENTE AOS ATUAIS DESAFIOS DA SAÚDE? COMO FORMAR MÉDICOS NO BRASIL FRENTE AOS ATUAIS DESAFIOS DA SAÚDE? Vinícius Ximenes M. da Rocha Médico Sanitarista Diretor de Desenvolvimento da Educação em Saúde SESu/MEC Dificuldades para Implementação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 76/2014-CONSUNIV/UEA Aprova a reformulação do Projeto Pedagógico do Curso de

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 76/2014-CONSUNIV/UEA Aprova a reformulação do Projeto Pedagógico do Curso de UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 76/2014-CONSUNIV/UEA Aprova a reformulação do Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Enfermagem, de oferta regular em Manaus.

Leia mais

I SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE II

I SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE II Ministério da Educação Secretaria de Ensino Superior Diretoria de Hospitais Univ ersitários e Residências em Saúde A articulação da Graduação em Saúde, dos Hospitais de Ensino e das Residências em Saúde

Leia mais

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria O programa de Residência em Pediatria prevê 60 horas de jornada de trabalho semanal, sendo 40 horas de atividades rotineiras e 20 horas de

Leia mais