NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos"

Transcrição

1 NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido o Relatório de Avaliação/Acreditação elaborado pela Comissão de Avaliação Externa relativamente ao novo ciclo de estudos Engenharia da Energia 2. conferente do grau de Licenciado 3. a ser leccionado na unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.) Universidade Lusófona De Humanidades E Tecnologia 4. a/o Cofac - Cooperativa De Formação E Animação Cultural, C.R.L. 5. decide: Apresentar pronúncia 6. Pronúncia (Português): Indo ao encontro das recomendações preconizadas: As Bibliografias das UC de Termodinâmica e de Gestão de Energia foram completadas com a indicação das datas das publicações. Termodinâmica: Y. Çengel, Thermodynamics and Heat Transfer, McGraw-Hill, 1997; J.B.Jones, G.A.Hawkins, Engineering Thermodynamics, John Wiley and sons, 2009; Y. Çengel, M. Boles, Thermodynamics an Engineering Approach, 5th Edition, McGraw-Hill, Gestão de Energia: S. B. Mokhtar, Nonlinear Programming Theory and Algorithms. 2nd Ed, John Wiley & Sons, 1993; A.J. Wood, B.F. Wollenberg, Power Generation Operation and Control, John Wiley & Sons, 1983; R. W. Haywood, Analysis of Engineering Cycles, Pergamon Press, 1991; X. Wang and J. R. McDonald, Modern Power System Planning, McGraw-Hill, As UC de Redes Eléctricas e Máquinas Eléctricas abordam ambas o estudo da máquina Síncrona, do transformador e máquina Assíncrona, embora a abordagem a este assunto seja feita com diferente grau de detalhe nas 2 disciplinas. Apesar da sobreposição, há também uma complementaridade que pode ser útil para o aluno. De qualquer modo, os docentes responsáveis pelas UCs de Redes Eléctricas e de Máquinas Eléctricas irão ajustar os conteúdos programáticos de modo a garantir que a sobreposição de matérias é a estritamente necessária para a autonomia científica dos nossos alunos nesta área de conhecimento. Os detalhes do Projecto de energia seguem em anexo. A designação da UC de Teoria de Circuitos será alterado para Electrotecnia e Circuitos Eléctricos seguindo em anexo os conteúdos programáticos adaptados. A UC de Electrónica I passará a designar-se Electrónica. Além disso foi solicitado ao docente responsável que os conteúdos programáticos na UC fossem completados com ao estudo da parte analógica, da parte digital e de potência. 4.6 A Coordenação do ciclo de estudos irá diligenciar no sentido de incluir na avaliação de desempenho a elaboração de relatórios específicos de auto-avaliação dos docentes que tenham em conta as componentes pedagógica e científica Existem 3 Salas de Estudo para os alunos no campus universitário: C lug.; B lug.; B lug. A Biblioteca tem um acervo documental, em constante actualização, constituído por cerca de títulos de publicações em série e documentos monográficos em suporte papel, a saber: Monografias, Monografias em depósito de reservados Títulos de publicações em Série. Além dos documentos disponibilizados em formato papel, dispõe igualmente de documentos digitais e Bases de Dados em linha e 900 títulos de ebooks em texto integral. A ULHT dispõe de Laboratórios de Informática: I m2; I m2; Laboratório de Electrotecnia G m2 pág. 1 de 2

2 NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Laboratórios de Informática: F m2; F m2; F m2; F m2 Laboratório de Física G m2 Laboratórios de Biotecnologia e Bioquímica: E m2; E m2. 7. Pronúncia (Português e Inglês, PDF, máx. 100kB): (impresso na página seguinte) pág. 2 de 2

3 Anexos

4 VERSÃO EM PORTUGUÊS Anexo A - Detalhes do Projecto de Energia Programa O trabalho/projecto será desenvolvido sob a orientação de um Professor e deverá englobar vários temas abordados ao longo do curso, demonstrando assim os conhecimentos adquiridos pelo aluno ao longo deste. A definição e o delineamento do trabalho deverão ser efectuados pelo professor orientador e pelo aluno no início do semestre. No entanto este deverá permitir que o aluno consolide as suas capacidades de intervenção em projectos em uma ou mais das seguintes áreas: Energias renováveis; Impactos ambientais Tecnologias energéticas; Eficiência energética. Finalmente, pretende-se que com o desenvolvimento do projecto o aluno contribua para a introdução de novos modelos de gestão que motivem e incrementem a produtividade na sua área de intervenção. Anexo B - Conteúdos Programáticos da UC Electrotecnia e Circuitos Eléctricos 1.Conceitos Básicos. Tensão, corrente, e resistência. Energia e potência. Diferença de potencial. 2.Circuitos resistivos. Lei de Ohm de resistências. Leis de Kirchhoff. Teorema da sobreposição. Teoremas de Thévenin e de Norton. Análise de malhas e análise nodal. 3.Circuitos com componentes reactivos. Condensadores e suas características. Associação de condensadores. O circuito RC. Capacidade de um condensador. Energia armazenada no condensador. Bobinas e suas características. Associação de bobinas. O circuito RL. Indutância de uma bobina. Energia armazenada na bobina. Circuitos RLC. 4.Análise de circuitos lineares. Conceitos de impedância e reactância. Relações de amplitude e fase em resistências, bobinas e condensadores. Potência dissipada e potência reactiva, Factor de potência. 5.Indutância mútua. O transformador linear e o ideal. 6.Análise de circuitos no domínio da frequência. Resposta em frequência. Zeros e pólos. Diagramas de Bode. 7. Circuitos de corrente contínua e de corrente alternada sinusoidal. Instalações trifásicas.

5 8. Conversão electromecânica de energia. Introdução às máquinas AC e DC. Máquinas síncronas e máquinas de indução. Motores de indução. VERSÃO EM INGLÊS Annexe A - Details of the energy project Syllabus The project will be developed under the guidance of a professor and should address different topics covered throughout the course. The definition and delineation of the project will be carried out by the Professor and the student at the beginning of the semester. However it should allow the student to consolidate its capacities to intervene in projects in one or more of the following areas: Renewable energy; Environmental Impacts Energy Technologies; Energy efficiency. Finally, it is intended that with the development of the project the student will contribute to the introduction of new management models that motivate and increase the productivity in its area of intervention. Annexe B Syllabus of the UC Electrical Circuits and Electronics 1.Basics: Voltage, current, and resistance. Energy and power. Voltage drop. 2.Resistive circuits. Ohm's Law. Association of resistance. Kirchhoff's Laws. Overlap Theorem. Theorems of Thevenin and Norton. Mesh analysis and nodal analysis. 3.Circuits with reactive components. Condensers and their characteristics. Association of capacitors. The RC circuit. Capacity of a condenser. Energy stored in the capacitor. Coils and their characteristics. Association of coils. The RL circuit. Inductance of a coil. Energy stored in the coil. RLC circuits. 4.Analysis of linear circuits. Concepts of impedance and reactance. Relationship of amplitude and phase reresistors, capacitors and coils. Dissipated power and reactive power, power factor. 5.Mutual inductance. The linear transformer and ideal transformer. 6.Analysis of circuits in the frequency domain. Frequency response. Zeros and poles. Bode diagrams. 7. AC and DC circuits. Three phase installations.

6 8. Electromechanical energy conversion. Introduction to AC and DC machines. Synchronous machines and induction machines. Induction motors.

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Engenharia Mecânica com linha de formação específica em Engenharia Mecatrônica

Engenharia Mecânica com linha de formação específica em Engenharia Mecatrônica Unidade Universitária Escola de Engenharia Curso Engenharia Mecânica com linha de formação específica em Engenharia Mecatrônica Disciplina Circuitos Elétricos Professor(es) Cintia Bertoni Bueno Martha

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS VISUAIS NO ENSINO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS PARA ENGENHARIA

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS VISUAIS NO ENSINO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS PARA ENGENHARIA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS VISUAIS NO ENSINO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS PARA ENGENHARIA Marcelo Biancão Crivelaro biancao@yahoo.com Thais Tanigami Hashimoto thais_hashimoto@yahoo.com.br Dalva Maria Villareal dalva@fqm.feis.unesp.br

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS ANEXO XIV TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Este anexo integra o Edital Nº 017/2010,

Leia mais

Circuitos Elétricos III

Circuitos Elétricos III Circuitos Elétricos III Prof. Danilo Melges (danilomelges@cpdee.ufmg.br) Depto. de Engenharia Elétrica Universidade Federal de Minas Gerais A Transformada de Laplace em análise de circuitos parte 1 A resistência

Leia mais

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos Resumo da Dissertação apresentada à UFSC como parte dos requisitos necessários para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Elétrica. A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA

Leia mais

ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular REDES DE ENERGIA ELÉCTRICA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular REDES DE ENERGIA ELÉCTRICA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular REDES DE ENERGIA ELÉCTRICA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3.

Leia mais

NCE/09/01132 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/01132 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01132 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01132 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

E S C O L A S E C U N D Á R I A E M Í D I O N A V A R R O D E

E S C O L A S E C U N D Á R I A E M Í D I O N A V A R R O D E E S C O L A S E C U N D Á R I A E M Í D I O N A V A R R O P L A N I F I C A Ç Ã O D E S I S T E M A S A N A L Ó G I C O S E D I G I T A I S 0 º A N O Ano Lectivo 004 / 005 Professor José Matias PlanifSAD0-004

Leia mais

Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário. Programa de Sistemas Analógicos e Digitais. 10º Ano

Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário. Programa de Sistemas Analógicos e Digitais. 10º Ano Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário Programa de Sistemas Analógicos e Digitais 0º Ano Curso Tecnológico de Electrotecnia e Electrónica Autores António José Póvoa Ferreira José Campos

Leia mais

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONVERSORES DE ENERGIA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONVERSORES DE ENERGIA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular CONVERSORES DE ENERGIA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3. Ciclo

Leia mais

ANÁLISE DE CIRCUITOS

ANÁLISE DE CIRCUITOS NÁLISE DE CIRCUITOS Corrente Contínua 1 Na figura seguinte representa um voltímetro e um amperímetro. Se indicar 0,6 m, quanto deverá marcar? U 50kΩ Figura 1 2 Se R b = 3R a, qual a tensão entre e B (sabendo

Leia mais

Universidade Fernando Pessoa. Faculdade de Ciência e Tecnologia. Manual de docência. DISCIPLINA: Electrónica Aplicada. CURSO: Engenharia Informática

Universidade Fernando Pessoa. Faculdade de Ciência e Tecnologia. Manual de docência. DISCIPLINA: Electrónica Aplicada. CURSO: Engenharia Informática Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciência e Tecnologia Manual de docência DISCIPLINA: Electrónica Aplicada CURSO: Engenharia Informática ANO(s): 1º e 2º Docente: Nuno Magalhães Ribeiro 2004/2005

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Tecnologias de Informação e Comunicação MESTRADO Gestão ANO E SEMESTRE

Leia mais

TRABALHO 1 - ESTUDO DE CIRCUITOS RC e RLC

TRABALHO 1 - ESTUDO DE CIRCUITOS RC e RLC TRABALHO - ESTUDO DE CIRCUITOS RC e RLC Objectivo - Verificar o comportamento em frequência de circuitos RC e RLC. A função de transferência e o seu significado na análise de sistemas Lineares e Invariantes

Leia mais

NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Componente de Formação Técnica. Disciplina de

Componente de Formação Técnica. Disciplina de CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Técnico de Electrónica, Automação e Computadores PROGRAMA Componente de Formação Técnica Disciplina de Electricidade e Electrónica Escolas Proponentes / Autores

Leia mais

AMBIENTE COMPUTACIONAL PARA PROJETO DE CIRCUITOS REGULADORES LINEARES A ZENER

AMBIENTE COMPUTACIONAL PARA PROJETO DE CIRCUITOS REGULADORES LINEARES A ZENER AMBIENTE COMPUTACIONAL PARA PROJETO DE CIRCUITOS REGULADORES LINEARES A ZENER Hélvia Hortência Barcelos Carvalho helvia@pet.ufjf.br Francisco José Gomes, D.Sc. chico@jfnet.com.br Henrique Antônio Carvalho

Leia mais

Circuitos Elétricos 1 - Análise Senoidal e Propriedades Gerais dos Circuitos em C.A. Impedância Elétrica

Circuitos Elétricos 1 - Análise Senoidal e Propriedades Gerais dos Circuitos em C.A. Impedância Elétrica Circuitos Elétricos 1 - Análise Senoidal e Propriedades Gerais dos Circuitos em C.A. Impedância Elétrica Na disciplina de Eletricidade constatou-se que a análise no tempo de um circuito com condensadores

Leia mais

Aula 8 Análise de circuitos no domínio da frequência e potência em corrente alternada

Aula 8 Análise de circuitos no domínio da frequência e potência em corrente alternada ELETRICIDADE Aula 8 Análise de circuitos no domínio da frequência e potência em corrente alternada Prof. Marcio Kimpara Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Associação de impedâncias As impedâncias

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Modelagem Matemática e Interdisciplinaridade como Estratégia de Aprendizado Significativo: Solução de um Circuito em série RLC.

Modelagem Matemática e Interdisciplinaridade como Estratégia de Aprendizado Significativo: Solução de um Circuito em série RLC. [~][/~][~][/~][~] [/~][~] [/~] Modelagem Matemática e Interdisciplinaridade como Estratégia de Aprendizado Significativo: Solução de um Circuito em série RLC. Ramos, G. B. G.; Gonzaga, B.R. Coordenadoria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO À MICROELETRÔNICA RELATÓRIO PARCIAL 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO À MICROELETRÔNICA RELATÓRIO PARCIAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO À MICROELETRÔNICA RELATÓRIO PARCIAL 1 ALUNO THIAGO PAULINO SILVA GALINDO (ECTHIAGOUFPB@GMAIL.COM)

Leia mais

Universidade de Évora

Universidade de Évora Universidade de Évora ELECTRÓNICA I 2010-2011 2011 Semestre Par Engenharia Mecatrónica Física Prof. Fernando Janeiro Universidade de Évora Electrónica I 2010/2011 1 Docentes: Informação Prof. Fernando

Leia mais

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE CONTROLE. Semestral 60 horas Sistema de avaliação: I

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE CONTROLE. Semestral 60 horas Sistema de avaliação: I PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE CONTROLE Semestral 60 horas Sistema de avaliação: I EMENTA Conceitos, definições, classificação, realimentação, descrição, terminologia, procedimentos de projeto e caracterização

Leia mais

Plano Temático. 1. Introdução

Plano Temático. 1. Introdução Curso: Licenciatura en Informática Disciplina: Comunicação de Dados Código: Tipo: Nuclear Créditos: 6 = 130 horas (64 de contacto + 66 de estudo) Ano/ Semestre: 2º Ano / 3º Semestre Plano Temático 1. Introdução

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO. Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Sistemas Eletro-Eletrônicos Ano: 2009

Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO. Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Sistemas Eletro-Eletrônicos Ano: 2009 Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Sistemas Eletro-Eletrônicos Ano: 2009 Semestre TURNO CARGA HORÁRIA 4 Termo Noturno 72 horas/aulas

Leia mais

UM CURSO BÁSICO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS COM UM ENFOQUE DE ENGENHARIA DE SISTEMAS

UM CURSO BÁSICO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS COM UM ENFOQUE DE ENGENHARIA DE SISTEMAS UM CURSO BÁSICO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS COM UM ENFOQUE DE ENGENHARIA DE SISTEMAS Karl Heinz Kienitz kienitz@ieee.org Instituto Tecnológico de Aeronáutica, Divisão de Engenharia Eletrônica. Praça Marechal

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Engenharia Electrotécnica Ano Lectivo 2002/2003 Disciplina: Teoria do Sinal Ano Curricular 2 U.C. 3 Área Científica: Telecomunicações e Processamento de Sinal Regime: Anual Docentes: Luís Filipe

Leia mais

Aula 3 OS TRANSITÒRIOS DAS REDES ELÉTRICAS

Aula 3 OS TRANSITÒRIOS DAS REDES ELÉTRICAS Aula 3 OS TRANSITÒRIOS DAS REDES ELÉTRICAS Prof. José Roberto Marques (direitos reservados) A ENERGIA DAS REDES ELÉTRICAS A transformação da energia de um sistema de uma forma para outra, dificilmente

Leia mais

NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Transformada de Laplace. Parte 3

Transformada de Laplace. Parte 3 Transformada de Laplace Parte 3 Elementos de circuito no domínio da frequência O resistor no domínio da frequência Pela lei de OHM : v= Ri A transformada da equação acima é V(s) = R I(s) O indutor no domínio

Leia mais

Circuitos Elétricos Leis Básicas

Circuitos Elétricos Leis Básicas Circuitos Elétricos Leis Básicas Alessandro L. Koerich Engenharia de Computação Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Introdução Como determinar os valores de tensão, corrente e potência em

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONVERSORES DE ENERGIA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONVERSORES DE ENERGIA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular CONVERSORES DE ENERGIA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3. Ciclo

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA-AERONÁUTICA MPS-43: SISTEMAS DE CONTROLE APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA Prof. Davi Antônio dos Santos (davists@ita.br) Departamento de Mecatrônica

Leia mais

NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ELECTROTÉCNICA TEÓRICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ELECTROTÉCNICA TEÓRICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ELECTROTÉCNICA TEÓRICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3. Ciclo

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. ENGENHARIA DE SOFTWARE I Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 /

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Faculdade de Engenharia Licenciatura Engenharia Electrónica e Informática Unidade Curricular Teoria da Electricidade Semestre: 2 Nº ECTS: 6,0 Regente Rui Manuel

Leia mais

Gestão de Projectos de Software - 1

Gestão de Projectos de Software - 1 Gestão de Projectos de Software Licenciaturas de EI / IG 2012/2013-4º semestre msantos@ispgaya.pt http://paginas.ispgaya.pt/~msantos Gestão de Projectos de Software - 1 Objectivos da Disciplina de Gestão

Leia mais

NCE/11/00236 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/00236 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00236 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00236 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Inválido para efeito de certificação

Inválido para efeito de certificação Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Nome: Departamento de Transportes e Logística Licenciatura em Pilotagem Ficha da unidade curricular Electricidade e Electrónica do Navio Código: 3003 Tipo de

Leia mais

SISTEMAS DE CONTROLO. Objectivos Pedagógicos

SISTEMAS DE CONTROLO. Objectivos Pedagógicos SISTEMAS DE CONTROLO Responsável: Prof. Doutor João Miguel Gago Pontes de Brito Lima Atendimento (Gab. 2.63): Terça e Quarta das 11:00 à 13:00 Objectivos Pedagógicos Pretende-se com esta disciplina fornecer

Leia mais

Daniel Nunes da Cruz Silva EXPERIMENTO PARA DEMONSTRAÇÃO DE CALCULO DE CORREÇÃO DO FATOR DE POTÊNCIA

Daniel Nunes da Cruz Silva EXPERIMENTO PARA DEMONSTRAÇÃO DE CALCULO DE CORREÇÃO DO FATOR DE POTÊNCIA Daniel Nunes da Cruz Silva EXPERIMENTO PARA DEMONSTRAÇÃO DE CALCULO DE CORREÇÃO DO FATOR DE POTÊNCIA Resumo: Em circuitos de corrente alternada (CA), puramente resistivos, as ondas de tensão e de corrente

Leia mais

NCE/11/00931 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/00931 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00931 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00931 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Sinais e Sistemas CÓDIGO: MEE003 Validade: A partir do 1º semestre de 2009. Carga Horária: 5 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Modelagem e Controle de Sistemas / Disciplinas

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO CURSO PROFISSIONAL

ENSINO SECUNDÁRIO CURSO PROFISSIONAL ESCOLA: Escola Secundária dr. Solano de Abreu DISCIPLINA: Eletricidade e Eletrónica Módulo 1 ANO: 10º ANO 2014/2015 As grandezas mais importantes do circuito elétrico. A lei de OHM. A lei de JOULE. Os

Leia mais

Compensador de Tensão do Tipo Activo Série Controlado por Computador Pessoal

Compensador de Tensão do Tipo Activo Série Controlado por Computador Pessoal Compensador de Tensão do Tipo Activo Série Controlado por Computador Pessoal M. João Sepúlveda (1), João L. Afonso (2), Júlio S. Martins (3) Departamento de Electrónica Industrial, Universidade do Minho

Leia mais

Análise de Circuitos

Análise de Circuitos INSTITUTO SUPEIO TÉCNICO Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Secção de Electrónica Análise de Circuitos Enunciados dos Problemas Setembro de 2006 Elaborado por: João Costa Freire

Leia mais

CET Tecnologia Automóvel: Gestão de Oficina Automóvel. Inglês Técnico ECTS: 1,5. Horas de contacto:

CET Tecnologia Automóvel: Gestão de Oficina Automóvel. Inglês Técnico ECTS: 1,5. Horas de contacto: CET Tecnologia Automóvel: Gestão de Oficina Automóvel Inglês Técnico ECTS: 1,5 Horas de contacto: 30 TP Inglês Técnico DOCENTE Nome: Paula Rosa dos Santos Órfão Machado E-mail: paula.orfao@ipleiria.pt

Leia mais

Fundamentos de Máquinas Elétricas

Fundamentos de Máquinas Elétricas Universidade Federal do ABC Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica Fundamentos de Máquinas Elétricas Prof. Dr. José Luis Azcue Puma Ementa e avaliação Introdução ao circuito magnético 1 Ementa

Leia mais

Acompanhamento de um Projeto Didático

Acompanhamento de um Projeto Didático Acompanhamento de um Projeto Didático Carlos Eduardo de Brito Novaes carlos.novaes@usp.br Universidade de São Paulo, Escola Politécnica Av. Professor Luciano Gualberto, travessa 3, n 380 05508-010 São

Leia mais

10 Referências bibliográficas

10 Referências bibliográficas 10 Referências bibliográficas [1] VEGA, J.L.L. Avaliação e reforço das condições de estabilidade de tensão em barras de tensão controlada por geradores e compensadores síncronos. 259f. Tese (Doutorado)-

Leia mais

CONVERSORES DIRECTOS

CONVERSORES DIRECTOS Temática Electrónica de Potência Capítulo Generalidades Secção Estruturas de conversão CONVERSORES DIRECTOS INTRODUÇÃO Neste curso, define-se o que se entende por conversor directo: é um circuito electrónico,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS PARA REALIZAÇÃO, APRESENTAÇÃO E DEFESA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO SÃO CARLOS,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 56, de

Leia mais

Caderno de Exercícios

Caderno de Exercícios Instituto Politécnico do Porto Instituto Superior de Engenharia do Porto Departamento de Engenharia Electrotécnica Curso de Engenharia Electrotécnica Electrónica e Computadores Disciplina de FEELE Caderno

Leia mais

EA-513 Circuitos Elétricos Turma A 1º Semestre/2014

EA-513 Circuitos Elétricos Turma A 1º Semestre/2014 EA513 Circuitos Elétricos Turma A 1º Semestre/2014 Prof.: Renato Baldini Filho sala 324 baldini@decom.fee.unicamp.br www.decom.fee.unicamp.br/~baldini/ea513.htm Horário: Terças (16:00 h às 17:40 h) Quintas

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular ELETROMAGNETISMO Cursos ENGENHARIA ELÉTRICA E ELETRÓNICA (1.º ciclo) - RAMO DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

SISTEMAS E INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE NAVIOS (M422)

SISTEMAS E INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE NAVIOS (M422) ESCOLA SUPERIOR NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MARÍTIMA SISTEMAS E INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE NAVIOS (M422) TRABALHO LABORATORIAL Nº 1 ANÁLISE DE CIRCUITOS ELÉCTRICOS EM REGIME FORÇADO

Leia mais

Plano de Ensino Física III - UNIPAMPA 1 PLANO DE ENSINO

Plano de Ensino Física III - UNIPAMPA 1 PLANO DE ENSINO Plano de Ensino Física III - UNIPAMPA 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO 1 Dados de Identificação PLANO DE ENSINO Campus: Alegrete Curso:Engenharia

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

Controle de Conversores Estáticos Controle de um conversor boost CCM para correção do FP. Prof. Cassiano Rech cassiano@ieee.org

Controle de Conversores Estáticos Controle de um conversor boost CCM para correção do FP. Prof. Cassiano Rech cassiano@ieee.org Controle de Conversores Estáticos Controle de um conversor boost CCM para correção do FP cassiano@ieee.org 1 Operação como PFP Como a freqüência de comutação do interruptor S é muito maior que a freqüência

Leia mais

Eletrotécnica. Relações Fasoriais para R, L e C; Conceitos de Impedância e Admitância; Associações de impedâncias e/ou admitâncias.

Eletrotécnica. Relações Fasoriais para R, L e C; Conceitos de Impedância e Admitância; Associações de impedâncias e/ou admitâncias. Eletrotécnica Relações Fasoriais para R, L e C; Conceitos de Impedância e Admitância; Associações de impedâncias e/ou admitâncias. Joinville, 28 de Fevereiro de 2013 Escopo dos Tópicos Abordados Relações

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CIRCUITOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CIRCUITOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular CIRCUITOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 11/2015 Campus Muriaé FOLHA DE PROVA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 11/2015 Campus Muriaé FOLHA DE PROVA Tema 01: CIRCUITOS CC E CA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO O teorema de Thevenin estabelece que um circuito linear de dois terminais pode ser substituído por um circuito equivalente constituído

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL Faculdade de Engenharia MÓDULO 1/30

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL Faculdade de Engenharia MÓDULO 1/30 01 SÍNTESE DISCIPLINA Circuitos Elétricos I DOCENTE(S) Dênis Fernandes CURSO(S) ATENDIDO(S) Engenharia Elétrica (nível IV) Engenharia de Computação (nível V) Engenharia de Controle e Autom. (nível VI)

Leia mais

DISCIPLINA: Eletrônica II

DISCIPLINA: Eletrônica II DISCIPLINA: Eletrônica II Vigência: a partir de 2007/1 Período Letivo: 7º semestre Carga Horária Total: 60h Código: EE.761 Ementa: Amplificadores diferenciais e de múltiplos estágios, circuitos eletrônicos

Leia mais

TRABALHO 3 Circuitos RLC resposta nos domínios do tempo e da frequência

TRABALHO 3 Circuitos RLC resposta nos domínios do tempo e da frequência GUIA DE LABORATÓRIO Análise de Circuitos - LEE TRABALHO 3 Circuitos RLC resposta nos domínios do tempo e da frequência INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Leia mais

PCC173 - Otimização em Redes

PCC173 - Otimização em Redes PCC173 - Otimização em Redes Marco Antonio M. Carvalho Departamento de Computação Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Universidade Federal de Ouro Preto 25 de fevereiro de 2015 Marco Antonio M. Carvalho

Leia mais

Classificação: Determinístico

Classificação: Determinístico Prof. Lorí Viali, Dr. viali@pucrs.br http://www.pucrs.br/famat/viali/ Da mesma forma que sistemas os modelos de simulação podem ser classificados de várias formas. O mais usual é classificar os modelos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA. Eletricidade

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA. Eletricidade UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Eletricidade Análise de Circuitos alimentados por fontes constantes Prof. Ilha Solteira,

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL: APLICAÇÃO NA FACULDADE DE HORIZONTINA - FAHOR

PROPOSIÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL: APLICAÇÃO NA FACULDADE DE HORIZONTINA - FAHOR PROPOSIÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL: APLICAÇÃO NA FACULDADE DE HORIZONTINA - FAHOR Joel Tauchen (1); Luciana Londero Brandli (2); Marcos Antonio Leite Frandoloso (3) Felipe de Brito Rodrigues (4)

Leia mais

Estruturas de Suporte e Fundações I. Retaining Structures and Foundations I. Semestre do plano de estudos 1

Estruturas de Suporte e Fundações I. Retaining Structures and Foundations I. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Estruturas de Suporte e Fundações I CU Name Código UC 705 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto

Leia mais

Engenharia Informática. Projecto de Gestão de presenças de Alunos e Docentes

Engenharia Informática. Projecto de Gestão de presenças de Alunos e Docentes Engenharia Informática Projecto de Gestão de presenças de Alunos e Docentes Engenharia de Software Docente: Isabel Sofia Brito Alunos: Pedro Miguel Sameiro Serrano nº 3958 Ana Filipa Farinha Isidro nº

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social DISCIPLINA Controlo Informático da Gestão LICENCIATURA Informática

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

Corrente, resistência, f.e.m. e circuitos

Corrente, resistência, f.e.m. e circuitos Corrente, resistência, f.e.m. e circuitos Corrente elétrica. Condução elétrica em metais. Resistência e resistividade. f.e.m. e circuitos. Instrumentos de medidas elétricas Energia e potência em circuitos.

Leia mais

CEF/0910/27086 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/27086 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/27086 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Cofac

Leia mais

Componente de Formação Técnica. Disciplina de

Componente de Formação Técnica. Disciplina de CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Técnico de Electrónica e Telecomunicações PROGRAMA Componente de Formação Técnica Disciplina de Electricidade e Electrónica Escolas Proponentes / Autores E P Mariana

Leia mais

Física Experimental - Eletricidade - Quadro eletroeletrônico com sensores e software - EQ830.

Física Experimental - Eletricidade - Quadro eletroeletrônico com sensores e software - EQ830. Índice Remissivo... 4 Abertura... 6 Guarantee / Garantia... 7 Certificado de Garantia Internacional... 7 As instruções identificadas no canto superior direito da página pelos números que se iniciam pelos

Leia mais

A Reestruturação da Licenciatura em Engenharia Informática de 2013. Junho de 2013

A Reestruturação da Licenciatura em Engenharia Informática de 2013. Junho de 2013 A Reestruturação da Licenciatura em Engenharia Informática de 2013 Junho de 2013 1. Introdução Como todas as grandes licenciaturas do IST, a Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores (LEIC)

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

NCE/12/00356 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/00356 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00356 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00356 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Potência e Fator de Potência. Fernando Soares dos Reis, Dr. Eng.

Potência e Fator de Potência. Fernando Soares dos Reis, Dr. Eng. Potência e Fator de Potência, Dr. Eng. Sumário Introdução; Objetivos; Revisão de Conceitos Fundamentais de Potência C.C. Potência Instantânea; Potência Média ou Ativa; Transferência Máxima de Potência

Leia mais

FÍSICA 3 Circuitos Elétricos em Corrente Contínua. Circuitos Elétricos em Corrente Contínua

FÍSICA 3 Circuitos Elétricos em Corrente Contínua. Circuitos Elétricos em Corrente Contínua FÍSICA 3 Circuitos Elétricos em Corrente Contínua Prof. Alexandre A. P. Pohl, DAELN, Câmpus Curitiba EMENTA Carga Elétrica Campo Elétrico Lei de Gauss Potencial Elétrico Capacitância Corrente e resistência

Leia mais

MÁQUINAS ELÉCTRICAS II TLME-2.3. Ensaios Económicos. 1. Introdução R2 X2

MÁQUINAS ELÉCTRICAS II TLME-2.3. Ensaios Económicos. 1. Introdução R2 X2 TLME-2.3 1 MÁQUINAS ELÉCTRICAS II SE 2004 / 2005 FEUP LEEC TLME-2.3 Ensaios Económicos 1. Introdução Na utilização quotidiana de transformadores eléctricos podem ocorrer dois tipos de ensaios: ensaios

Leia mais

CIRCUITOS ELÉTRICOS II

CIRCUITOS ELÉTRICOS II CIRCUITOS ELÉTRICOS II Prof.: Helder Roberto de O. Rocha Engenheiro Eletricista Doutorado em Computação Corrente Elétrica Quantidade de carga elétrica deslocada por unidade de tempo As correntes elétricas

Leia mais

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ANÁLISE DE CIRCUITOS II Cursos ENGENHARIA ELÉTRICA E ELETRÓNICA (1.º ciclo) Unidade Orgânica Instituto Superior de Engenharia

Leia mais

Universidade Do Estado De Santa Catarina Centro De Ciências Tecnológicas CCT Departamento de Física Prof. César Manchein PLANO DE ENSINO

Universidade Do Estado De Santa Catarina Centro De Ciências Tecnológicas CCT Departamento de Física Prof. César Manchein PLANO DE ENSINO Universidade Do Estado De Santa Catarina Centro De Ciências Tecnológicas CCT Departamento de Física Prof. César Manchein PLANO DE ENSINO 1 Identificação Curso Engenharia Civil Ano 2015 Disciplina Física

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular ANÁLISE DE CIRCUITOS II Cursos ENGENHARIA ELÉTRICA E ELETRÓNICA (1.º ciclo) Unidade Orgânica Instituto Superior de Engenharia

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. FINANÇAS EMPRESARIAIS Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 42 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Sistemas de Informação para a Sociedade da Informação e do Conhecimento. Luís Manuel Borges Gouveia lmbg@ufp.pt

Sistemas de Informação para a Sociedade da Informação e do Conhecimento. Luís Manuel Borges Gouveia lmbg@ufp.pt Sistemas de Informação para a Sociedade da Informação e do Conhecimento Luís Manuel Borges Gouveia lmbg@ufp.pt Versão 4.6-2º semestre 2003/04 1996-2004 LMBG, Universidade Fernando Pessoa baseado nos acetatos

Leia mais