Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO. Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Materiais e Tratamentos Ano: 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO. Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Materiais e Tratamentos Ano: 2009"

Transcrição

1 Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Materiais e Tratamentos Ano: 2009 Semestre TURNO CARGA HORÁRIA 4 Termo NOTURNO 72 horas/aulas Professor: Edson Detregiachi Filho 1. EMENTA Classificação dos materiais: metálicos, polímeros, cerâmicos, compósitos e semicondutores; Estudo das ligações químicas (primárias e secundárias); Estudo da relação Estrutura X Propriedades X Processamento; Estrutura dos sólidos: tipos de empacotamento atômico, estrutura cristalina, estrutura parcialmente cristalina e estrutura amorfa; Defeitos em sólidos: Defeitos puntiformes:lacunas e intersticiais; Solução sólida: substitucional e intersticial; Defeitos de linha; Discordância: tipos, características; Defeitos de planos: contorno de grão e interfaces; Definição de solubilidade; Estudo do diagrama de fase (regra de gibbs, regra da alavanca, ponto eutético, eutetóide e peritético) e suas transformações de fases em materiais metálicos (ferrosos e não-ferrosos); Diagrama de Fase Fe-C. Diagramas TTT (tempo, temperatura, transformação). Objetivos do Tratamento térmico; Tipos de Tratamento térmicos: têmpera e revenimento; Tratamento térmico de recozimento: pleno, normalização, recristalização e esferiodização; Tratamentos termoquímicos: Cementação, nitretação, carbonitretação e têmpera superficial. Tratamentos térmicos dos ferros fundidos.

2 2. OBJETIVO Proporcionar ao estudante a conceituação de ciência dos materiais, para melhor utilização de uma ferramenta de trabalho na aplicação dos materiais de uma forma racional e científica. Conceituar ao aluno uma melhor aplicabilidade de materiais para a construção mecânica. Descrever as transformações que ocorrem durante os tratamentos térmicos de ligas comerciais. Destacar as variáveis principais destes tratamentos térmicos que controlam as propriedades resultantes. 3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO AULA / / / / / / / / / / / / / / / /04 Apresentação da disciplina e sua ementa. CONTEÚDO Classificação dos materiais: metálicos, polímeros, cerâmicos, compósitos e semicondutores. Estudo das ligações químicas (primárias e secundárias). Estudo da relação Estrutura X Propriedades X Processamento. Estrutura dos sólidos: tipos de empacotamento atômico. Estrutura cristalina, estrutura parcialmente cristalina e estrutura amorfa. Defeitos em sólidos: Defeitos puntiformes: lacunas e intersticiais. Solução sólida: substitucional e intersticial. Defeitos de linha; Discordância: tipos e características. Defeitos de planos: contorno de grão e interfaces. Defeitos de planos: contorno de grão e interfaces. Definição de solubilidade. Estudo do Diagrama de fase.regra de gibbs. Regra da alavanca.

3 / / / / / / / / / / / / / / / / / / / /07 Avaliação para atribuição da N1. Resolução da avaliação P1. Ponto eutético, eutetóide e peritético. Transformações de fase em materiais metálicos (ferrosos e não-ferrosos). VISITA TÉCNICA INDÚSTRIA SASAZAKI VISITA TÉCNICA INDÚSTRIA SASAZAKI Objetivos do Tratamento térmico. Tipos de Tratamento térmicos: têmpera e revenimento. Tratamento térmico de recozimento: pleno, normalização, recristalização e esfereodização. Tratamento térmico de recozimento: pleno, normalização, recristalização e esfereodização. Tratamentos termoquímicos: Cementação, nitretação, carbonitretação e têmpera superficial. Tratamentos térmicos dos ferros fundidos. Avaliação para atribuição da N2. Resolução da avaliação P2. Apresentação de Trabalhos de Conclusão de Curso. Apresentação de Trabalhos de Conclusão de Curso. Avaliação para atribuição da N3.

4 4. PROCEDIMENTO RECURSOS AVALIAÇÃO 4.1. PROCESSO DIDÁTICO Aulas expositivas, discussão de textos, apresentação de seminários, participação em grupos de estudo e desenvolvimento de pesquisas RECURSOS Quadro de giz, projetor de multimídia, livros, computador e vídeo demonstrativos. 4.3 AVALIAÇÕES A avaliação dos alunos em cada disciplina será realizada da seguinte forma: Após duas notas ( N1 e N2 ) atribuídas pelo professor, como resultado das avaliações realizadas a seu critério durante o semestre, será calculada a Média 1 (M1) utilizando-se a seguinte fórmula: M1 = ( N1 + N2 * 2 ) / 3 Se M1 for maior ou igual a 5,0 (cinco), o aluno será considerado APROVADO na disciplina. O aluno que não atingir média 5,0 (cinco) ficará dependendo de uma terceira nota (N3) atribuída seguindo os mesmos critérios de N1 e N2. Com a N3, será calculada a Média 2 (M2), conforme a fórmula: M2 = (N1 + N2 * 2 + N3 * 3) /6 O aluno será considerado APROVADO se M2 for maior ou igual a 5,0, caso contrário será considerado REPROVADO na disciplina. 4.4 INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Os instrumentos de avaliação serão variados, oferecendo ao aluno a oportunidade de expressar os conhecimentos adquiridos por meio de avaliações diferenciadas. Serão contempladas avaliações mediante: - Avaliações teóricas; - Trabalhos de pesquisas; - Apresentação de trabalhos e seminários; - Participação em dinâmicas de avaliação; e - Avaliações práticas em estudos de casos nas visitas técnicas.

5 5. BIBLIOGRAFIA BÁSICA CHIAVERINI,V. Aços e ferros fundidos. S. Paulo, 1977, Associação Brasileira de Metais. CHIAVERINI, V. Tecnologia Mecânica: Estrutura e propriedades das ligas Metálicas; Vol. III; 2º edição; editora Makron Books. COLPAERT, H. METALOGRAFIA dos produtos siderúrgicos comuns. São Paulo, Edgard Blücher Ltda, VAN VLACK, L. H. Propriedades dos materiais cerâmicos. S. Paulo, Edusp, VAN VLACK, L. H. Princípios de ciência e Tecnologia dos Materiais. 4º ed. Rio de Janeiro: Ed. Campus. 5.1 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR ASM METALS HANDBOOCK, vol9, American Socity for Metals, BARREIRO, J. A. Tratamentos térmicos de los Aceros. Madrid, Dossat, CALLISTER JR, W. D. Materials Science and Engineering na Introduction. New York, John Wiley, COTHEIER, R.; REMY, A. Materiais. S.Paulo. Hemus. KRAUSS, G. Principles of heat Treatment of steel. Ohio, Society for Metals, MANO, E. B. Introdução a polímeros. S. Paulo: Edgard Blucher, MOFFAT, W. G.; PEARSOL, G. W.; WULF, J. STRUCTURE. New York, RAUTER, R. O. Aços ferramentas seleção, tratamentos térmicos, pesquisa de defeitos. Rio de Janeiro. LTC, RODRIGUES F. Principles of Polymer Systems. New York, Mcgraw Hill, SHBY, M. F.; JONES, D. R. H. Engineering Materials. Oxford, Pergamon Press, SMITH, F. William.Princípios de Ciência e Engenharia de Materiais. Lisboa: Mcgraw- Hill, 1998.

6 6. ASSINATURA DO PROFESSOR: GARÇA, 02 de fevereiro de 2009.

PROGRAMA DE ENSINO CÓDIGO DISCIPLINA SERIAÇÃO IDEAL OBR/OPT/EST PRÉ-REQUISITO. ANUAL/SEM. 0434 - Mat. Const. Mec. I - Co-requisito-1993

PROGRAMA DE ENSINO CÓDIGO DISCIPLINA SERIAÇÃO IDEAL OBR/OPT/EST PRÉ-REQUISITO. ANUAL/SEM. 0434 - Mat. Const. Mec. I - Co-requisito-1993 PROGRAMA DE ENSINO UNIDADE UNIVERSITÁRIA Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira CURSO 04020 HABILITAÇÃO Engenharia Mecânica DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL Engenharia Mecânica PROFESSOR RESPONSÁVEL E COLABORADOR

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA - ITEC FACULDADE DE ENGENHARIA MECÂNICA - FEM CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA - ITEC FACULDADE DE ENGENHARIA MECÂNICA - FEM CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA 1 IDENTIFICAÇÃO Nome e código: Materiais de Construção Mecânica TE04031 Nome do professor: Prof. Dr. Jorge Teófilo de Barros Lopes Período: 2º Ano letivo: 2013 Carga horária total: 68 horas Carga horária

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA - ITEC FACULDADE DE ENGENHARIA MECÂNICA - FEM CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA - ITEC FACULDADE DE ENGENHARIA MECÂNICA - FEM CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA 1 IDENTIFICAÇÃO Nome e código: Materiais de Construção Mecânica TE04031 Nome do professor: Prof. Dr. Jorge Teófilo de Barros Lopes Caráter: Obrigatória Bloco: III Período: 2º Ano letivo: 2014 Carga horária

Leia mais

Escola Politécnica de Pernambuco Departamento de Ensino Básico PROGRAMA

Escola Politécnica de Pernambuco Departamento de Ensino Básico PROGRAMA PROGRAMA Disciplina: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO MECÂNICA Código: MECN0039 Carga Horária Semestral: 45 HORAS Número de Créditos: TEÓRICOS: 00; PRÁTICOS: 03; TOTAL: 03 Pré-Requisito: MECN0004 CIÊNCIA DOS MATERIAIS

Leia mais

Titulação: Mestre em Química com área de concentração em Química Analítica UESB PLANO DE CURSO

Titulação: Mestre em Química com área de concentração em Química Analítica UESB PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Autorizado plea Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Química Geral e Inorgânica Código: FAR 201 Pré-requisito: - Nenhum Período Letivo:

Leia mais

Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO

Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO PROGRAMA DE DISCIPLINA SETOR: Ciências Agrárias e de Tecnologia DEPARTAMENTO: Engenharia de Materiais DISCIPLINA: Ensaios

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Secretaria da Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. Praça Frei Orlando, 170 - Campus Santo Antônio - PPMEC São João del-rei - MG - CEP 36307-352 Disciplina:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 15, DE 30 DE MARÇO DE 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 15, DE 30 DE MARÇO DE 2015. UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 15, DE 30 DE MARÇO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Reitor Pro Tempore da Universidade

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA I - DADOS GERAIS 1. Nome da disciplina: QUÍMICA FUNDAMENTAL I (QUI099) 2. Departamento: Departamento de Química do ICEx 3. Período do Curso: 1 Período 4. Número de Créditos: 04 5.

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO. Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Sistemas Eletro-Eletrônicos Ano: 2009

Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO. Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Sistemas Eletro-Eletrônicos Ano: 2009 Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO Curso: Tecnologia em Produção Disciplina: Sistemas Eletro-Eletrônicos Ano: 2009 Semestre TURNO CARGA HORÁRIA 4 Termo Noturno 72 horas/aulas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO. Semestre Letivo 2015 2º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO. Semestre Letivo 2015 2º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre Letivo 2015 2º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Equações Diferenciais Ordinárias Turma

Leia mais

NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS

NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL E ORGÂNICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS

Leia mais

CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 PLANO DE CURSO

CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 PLANO DE CURSO CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Geometria Analítica e de Vetores Código: ENGP- 120 Pré-requisito: - Período Letivo: 2013.1

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Controle e Processos Industriais CURSO: TÉCNICO EM QUÍMICA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO FORMA/GRAU:(X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

Apresentação do Plano. Conceito de Técnica e Tecnologia. Mapeamento Social e Cultura do Mundo. 03 04 20-02

Apresentação do Plano. Conceito de Técnica e Tecnologia. Mapeamento Social e Cultura do Mundo. 03 04 20-02 Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO Curso: Tecnologia em Informática Gestão de Negócios Disciplina: Sociedade e Tecnologia Ano: 2009 2º Semestre TURNO CARGA HORÁRIA II Termo

Leia mais

NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS

NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: MATEMÁTICA FINANCEIRA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2-

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ENERGIA NA AGRICULTURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ENERGIA NA AGRICULTURA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ENERGIA NA AGRICULTURA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DISCIPLINA: MANUTENÇÃO E LUBRIFICAÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS CÓDIGO: ÁREA: Domínio Específico (

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo Faculdade Pio Décimo Engenharia Elétrica PROGRAMA DA DISCIPLINA Identificação Matéria de Ensino Matemática Código EE112 Disciplina Álgebra Linear Código MA100003

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU de 30/08/10

Autorizado pela Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU de 30/08/10 C U R S O D E AR Q U I T E T U R A E U R B A N I S M O Autorizado pela Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU de 30/08/10 Componente Curricular: Instalações e Equipamentos I Código: ARQ-044 Pré-requisito: -----

Leia mais

EDITAL 001/2011 (Mestrado Convênio UFCG/AMPB)

EDITAL 001/2011 (Mestrado Convênio UFCG/AMPB) EDITAL 001/2011 (Mestrado Convênio UFCG/AMPB) Edital de Inscrição, Seleção e Matrícula para o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência e Engenharia de Materiais (PPG-CEMat), nível de Mestrado,

Leia mais

MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS. Operações Unitárias Carga Horária Semanal: 4 h Semestral: 80 h

MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS. Operações Unitárias Carga Horária Semanal: 4 h Semestral: 80 h Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) Graduação ( x ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS Disciplina Fenômeno

Leia mais

Disciplina: Introdução à Engenharia Ambiental. 1 - Plano de Ensino da Disciplina. Professor: Sandro Donnini Mancini. Agosto, 2015

Disciplina: Introdução à Engenharia Ambiental. 1 - Plano de Ensino da Disciplina. Professor: Sandro Donnini Mancini. Agosto, 2015 Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba Disciplina: Introdução à Engenharia Ambiental Graduação em Engenharia Ambiental 1 - Plano de Ensino da Disciplina Professor: Sandro Donnini Mancini Agosto,

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 2º ANO Nome da disciplina: Física Geral II Carga horária: 90h Acústica e Ondas. Óptica Física e Geométrica. Lei de Coulomb; Campo Elétrico. Lei de Gauss. Potencial. Capacitância.

Leia mais

LIGAS METÁLICAS IMPUREZAS NOS METAIS

LIGAS METÁLICAS IMPUREZAS NOS METAIS LIGAS METÁLICAS 1 Os metais são geralmente utilizados na forma de ligas, ou seja; consistem em misturas de dois ou mais elementos químicos. Nas ligas metálicas, pelo menos um dos elementos é metal e a

Leia mais

Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução Ciências dos Materiais

Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução Ciências dos Materiais Diagrama de Fases Bibliografia Callister Jr., W. D. Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução. LTC, 5ed., cap 9, 2002. Shackelford, J.F. Ciências dos Materiais, Pearson Prentice Hall, 6ed., cap

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS - PGCEM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS - PGCEM UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS - PGCEM CMA CIÊNCIA DOS MATERIAIS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 182/2009/CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 182/2009/CONEPE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 182/2009/CONEPE Altera a Departamentalização e Ementário do Núcleo

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: ESCOLA DE ENGENHARIA Curso: ENGENHARIA DE MATERIAIS Disciplina: REOLOGIA Professor(es): Núcleo Temático: DISCIPLINA ESPECÍFICA Código da Disciplina: 261.1605.7 DRT: Etapa: 1140135

Leia mais

Energia kj/mol kcal/mol

Energia kj/mol kcal/mol Cap. 1 A estrutura dos materiais 27 1.4 Estrutura dos Polímeros Já foi visto anteriormente, conforme ilustrado pela figura 1.15, que não existe uma ligação pura encontrada nos sólidos reais, inclusive

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 6º Semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 6º Semestre EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: MATEMÁTICA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Superior em Matemática FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

PROCESSOS EM ENGENHARIA BIOLÓGICA (PEB)

PROCESSOS EM ENGENHARIA BIOLÓGICA (PEB) (PEB) MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA BIOLÓGICA 2º ANO / 2º SEMESTRE 2014/2015 S-101 S-102 S-103 P-1 / V-101 P-2 / ST-101 S-104 Tanque de mistura Esterilizador S-108 P-6 / AF-102 S-109 S-105 Filtro de

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

EMENTA DA DISCIPLINA

EMENTA DA DISCIPLINA X Química Analítica QUI04-09501 Introdução ao Laboratório de Química 30 01 Analítica TEÓRICA LABORATÓRIO 02 30 TOTAL 02 30 11) CO-REQUISITO 12) CÓDIGO Ao final da disciplina o aluno deverá ser capaz de

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Sinais e Sistemas CÓDIGO: MEE003 Validade: A partir do 1º semestre de 2009. Carga Horária: 5 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Modelagem e Controle de Sistemas / Disciplinas

Leia mais

PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1

PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1 PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DISCIPLINA: ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1 PROFESSOR (A):

Leia mais

PUC - GO PLANO DE ENSINO ENG 1640 (ESTRUTURA METÁLICA)

PUC - GO PLANO DE ENSINO ENG 1640 (ESTRUTURA METÁLICA) PUC - GO PLANO DE ENSINO ENG 1640 (ESTRUTURA METÁLICA) CURSO: ENGENHARIA CIVIL PERÍODO:: 9º Semestre TURNO: Noturno TURMA :A01 DISCIPLINA: Estruturas Metálicas CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4h/aula PROFª: Cleverson

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 25/08/2015 16:57. Centro de Ciências Tecnológicas

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 25/08/2015 16:57. Centro de Ciências Tecnológicas 5/8/15 16:57 Centro de Ciências Tecnológicas Curso: 19 Engenharia Mecânica (Noturno) Currículo: 15/ 1 EDU.5.-5 Universidade, Ciência e Pesquisa Ementa: A função da Universidade como instituição de produção

Leia mais

MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS EXPLORAÇÃO E PROSPECÇÃO DO PETRÓLEO E GÁS Professor

MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS EXPLORAÇÃO E PROSPECÇÃO DO PETRÓLEO E GÁS Professor Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) Graduação (x ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS Disciplina EXPLORAÇÃO

Leia mais

Programação Orientada a Objeto

Programação Orientada a Objeto Programação Orientada a Objeto Prof Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Ementa Levar o aluno a discutir, exercitar e consolidar o uso de técnicas de programação que tenham um impacto considerável sobre

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 COMPONENTE CURRICULAR: PLANEJAMENTO, PROGRAMAÇÃO E CONTROLE DE PRODUÇÃO I

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 COMPONENTE CURRICULAR: PLANEJAMENTO, PROGRAMAÇÃO E CONTROLE DE PRODUÇÃO I C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 COMPONENTE CURRICULAR: PLANEJAMENTO, PROGRAMAÇÃO E CONTROLE DE PRODUÇÃO I CÓDIGO:

Leia mais

Câmpus de Bauru Plano de Ensino Curso Ênfase Identificação Disciplina Docente(s) Unidade Departamento Créditos Carga Horaria Seriação ideal

Câmpus de Bauru Plano de Ensino Curso Ênfase Identificação Disciplina Docente(s) Unidade Departamento Créditos Carga Horaria Seriação ideal Curso 2010 - Arquitetura e Urbanismo Ênfase Identificação Disciplina 0003725A - Informática Aplicada à Arquitetura Docente(s) Renata Cardoso Magagnin Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Geologia Código: IEG-002 Pré-Requisito: ************** No. de Créditos:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 05, de

Leia mais

Mestrado em Engenharia de Materiais Programa de Disciplinas

Mestrado em Engenharia de Materiais Programa de Disciplinas Mestrado em Engenharia de Materiais Programa de Disciplinas Disciplina: RED114- e Proteção dos Metais Carga Horária: 45 horas Créditos: 03 Caráter: Optativa Professores:. Luiz Cláudio Cândido Ementa: Princípios

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 1º semestre. Danieli Rodrigues Ximenes Pavão EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 1º semestre. Danieli Rodrigues Ximenes Pavão EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial ( ) PROEJA (

Leia mais

EDITAL 002/2010 (Mestrado e Doutorado)

EDITAL 002/2010 (Mestrado e Doutorado) EDITAL 002/2010 (Mestrado e Doutorado) Edital de Inscrição, Seleção e Matrícula para o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência e Engenharia de Materiais (PPG-CEMat), níveis de Mestrado e Doutorado,

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC : Formação Básica em Desenho Técnico Auxiliado por Computador

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC : Formação Básica em Desenho Técnico Auxiliado por Computador MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Ensino Técnico 1º Semestre ETEC Dr. Júlio Cardoso Código: 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional de: Técnico

Leia mais

METROLOGIA E ENSAIOS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

METROLOGIA E ENSAIOS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 164 METROLOGIA E ENSAIOS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: Metrologia e Ensaios 0980012 1.2. Unidade: Centro de Engenharias 458 1.3 Responsável*: Engenharia de Produção

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU: (X) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

TERMODINÂMICA E TRANSFERÊNCIA DE CALOR

TERMODINÂMICA E TRANSFERÊNCIA DE CALOR TERMODINÂMICA E TRANSFERÊNCIA DE CALOR Período: 2015/2 PLANO DE ENSINO Professora Regente: Dra. Maria Laura Gomes Silva da Luz Código: 570065 Cursos: Créditos: 06 Ano: 2015 Engenharia Agrícola (5 o semestre

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO: Curso Superior de Tecnologia em Negócios Imobiliários TURNO: Noturno DISCIPLINA: Gestão Mercadológica de Vendas SEMESTRE: 3º semestre

Leia mais

UM ENSAIO DO PROCESSO DE RECOZIMENTO PLENO

UM ENSAIO DO PROCESSO DE RECOZIMENTO PLENO UM ENSAIO DO PROCESSO DE RECOZIMENTO PLENO Anderson Fanchiotti da Silva, Deyvson Martins Fanti, Diego Serra, Everton Moreira Chaves, Fabiano Botassoli, Hedylani N. F. Corsini, Patrik Mantovani de Oliveira,

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CIV334 Fundações

Programa Analítico de Disciplina CIV334 Fundações Programa Analítico de Disciplina CIV33 Fundações Departamento de Engenharia Civil - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE ANGOLA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO PREPARATÓRIO 2016 / PROGRAMA DA DISCIPLINA DE QUÍMICA

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE ANGOLA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO PREPARATÓRIO 2016 / PROGRAMA DA DISCIPLINA DE QUÍMICA OBJECTIVOS Geral Expor de forma ampla e acessível os princípios básicos e indispensáveis para uma compreensão racional do comportamento químico das substâncias e sistemas. Propiciar o aprendizado de conceitos

Leia mais

ETM 201 Notas de aula

ETM 201 Notas de aula 1 ETM 201 Notas de aula Materiais de Construção Mecânica 2 Caros alunos, O presente curso tem como objetivo apresentar os fundamentos básicos de ciência dos materiais e de engenharia metalúrgica aos alunos

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE OLIVEIRA ISEOL/FACIJUGO

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE OLIVEIRA ISEOL/FACIJUGO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE OLIVEIRA ISEOL/FACIJUGO PROCESSO EXTERNO PARA PREENCHIMENTO DE DISCIPLINAS EM VACÂNCIA 2º SEMESTRE DE 2011 1 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE OLIVEIRA FEOL PROCESSO EXTERNO PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

ANEXO III PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS DO NÚCLEO TECNOLÓGICO

ANEXO III PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS DO NÚCLEO TECNOLÓGICO ANEXO III S DAS DISCIPLINAS DO NÚCLEO TECNOLÓGICO Disciplina: Leitura e Interpretação de Projetos Leitura e interpretação de projetos a partir do conhecimento das representações e convenções técnicas do

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Informática Básica Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Ementa Conceitos básicos O que é a informática Conceitos de software e hardware CPU, periféricos e sistemas

Leia mais

Faculdade de Estudos Avançados do Pará. Diretoria de Ensino de Graduação e Extensão Assessoria Pedagógica

Faculdade de Estudos Avançados do Pará. Diretoria de Ensino de Graduação e Extensão Assessoria Pedagógica PLANO DE ENSINO - 2006 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Ciências Contábeis HABILITAÇÃO: Bacharelado DISCIPLINA: Inglês Instrumental TURMA: 2CCN1 SEMESTRE: 1º PRÉ-REQUISITO: - C.H. SEMANAL: 3 h/a C.H SEMESTRAL:

Leia mais

MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) Carga Horária Semanal: 2 h Semestral: 40 h

MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) Carga Horária Semanal: 2 h Semestral: 40 h Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) MédioTécnico ( ) Técnico Modular ( ) Graduação (X) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Processos Químicos Disciplina Introdução

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIAS DA PSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIAS DA PSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular TEORIAS DA PSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular TEORIAS

Leia mais

PLANO DE ENSINO. TURNO: Noturno ETAPA: 1ª ANO: 2016 SEMESTRE: 1º TURMA: A PROFESSOR(A): Enir da Silva Fonseca

PLANO DE ENSINO. TURNO: Noturno ETAPA: 1ª ANO: 2016 SEMESTRE: 1º TURMA: A PROFESSOR(A): Enir da Silva Fonseca CURSO: Logística DISCIPLINA: Informática Aplicada CÓDIGO: P4960 CARGA HORÁRIA: 33 H TURNO: Noturno ETAPA: 1ª ANO: 2016 SEMESTRE: 1º TURMA: A PROFESSOR(A): Enir da Silva Fonseca PERFIL DO EGRESSO E PERFIL(IS)

Leia mais

Tratamentos Térmicos [7]

Tratamentos Térmicos [7] [7] Finalidade dos tratamentos térmicos: ajuste das propriedades mecânicas através de alterações da microestrutura do material. alívio de tensões controle da dureza e resistência mecânica usinabilidade

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: INFRAESTRUTURA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Edificações FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2003 - Arquitetura e Urbanismo. Ênfase. Disciplina 0006040A - Sistemas Estruturais II

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2003 - Arquitetura e Urbanismo. Ênfase. Disciplina 0006040A - Sistemas Estruturais II Curso 2003 - Arquitetura e Urbanismo Ênfase Identificação Disciplina 0006040A - Sistemas Estruturais II Docente(s) Luttgardes Oliveira Neto Unidade Faculdade de Engenharia Departamento Engenharia Civil

Leia mais

PLANO DE CURSO. Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

PLANO DE CURSO. Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001. C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOLOGIA PRÉ-CLÍNICA 1 Código: ODO-022 Pré-requisito:

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIA MACKENZIE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ESCOLA DE ENGENHARIA MACKENZIE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Unidade Universitária ESCOLA DE ENGENHARIA MACKENZIE Curso ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disciplina CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL PARA ENGENHARIA III Professor(es) AFFONSO SÉRGIO FAMBRINI CARLA SILVA CAMPOS

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina GEO423 Geografia das Águas

Programa Analítico de Disciplina GEO423 Geografia das Águas Programa Analítico de Disciplina GEO23 Geografia das Águas Departamento de Geografia - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 13/2013 Altera as ementas das disciplinas Estágio Supervisionado (QUI08-09530) e Projetos de Processos na Indústria Química I (QUI08-09545). O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO,

Leia mais

ENSAIO TECNOLÓGICOS DE MATERIAIS

ENSAIO TECNOLÓGICOS DE MATERIAIS Prof. Engº Marcos A. Gasparin dos Santos Email: m.gasparin@globo.com Departamento de Mecânica/Mecatrônica Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza ETEC JORGE STREET 1 ÍTENS BASE TECNOLÓGICAS

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Sistemas de Informação Professores: Marcos Eduardo Godinho Período/ Fase: 2º Semestre: 2º Ano: 2010

Leia mais

TECNOLOGIA MECÂNICA. Aula 08. Tratamentos Térmicos das Ligas Ferrosas (Parte 2) Tratamentos Termo-Físicos e Termo-Químicos

TECNOLOGIA MECÂNICA. Aula 08. Tratamentos Térmicos das Ligas Ferrosas (Parte 2) Tratamentos Termo-Físicos e Termo-Químicos Aula 08 Tratamentos Térmicos das Ligas Ferrosas (Parte 2) e Termo-Químicos Prof. Me. Dario de Almeida Jané Tratamentos Térmicos Parte 2 - Introdução - - Recozimento - Normalização - Têmpera - Revenido

Leia mais

USO DA INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA NO TRATAMENTO TÉRMICO DE FERRAMENTAS DE PENETRAÇÃO DE SOLOS: AUMENTO DO DESEMPENHO OPERACIONAL E DA DE DURABILIDADE

USO DA INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA NO TRATAMENTO TÉRMICO DE FERRAMENTAS DE PENETRAÇÃO DE SOLOS: AUMENTO DO DESEMPENHO OPERACIONAL E DA DE DURABILIDADE USO DA INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA NO TRATAMENTO TÉRMICO DE FERRAMENTAS DE PENETRAÇÃO DE SOLOS: AUMENTO DO DESEMPENHO OPERACIONAL E DA DE DURABILIDADE Ramos, Daniela Magalhães 1 Ferreira, Carlos Roberto 2

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Gestão

Leia mais

MANUTENÇÃO DE AERONAVES IV MANUTENÇÃO DE MOTORES

MANUTENÇÃO DE AERONAVES IV MANUTENÇÃO DE MOTORES MANUTENÇÃO DE AERONAVES IV MANUTENÇÃO DE MOTORES 1) Metrologia Industrial: Sistemas métricos, conversão de unidades de medidas, Instrumentos de medida: réguas graduadas,compassos, esquadros, paquímetros,

Leia mais

Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer

Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer MODIFICAÇÃO SUPERFICIAL DE CERÂMICAS ZrO 2(1-X) -MgO (x) (0 X Mg 1) SINTETIZADAS PELO MÉTODO PECHINI P. J. B. Marcos * e D. Gouvêa ** * Mestre em Engenharia de Materiais pelo Departamento de Engenharia

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM. Ementa. Objetivos. Conteúdo Programático

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM. Ementa. Objetivos. Conteúdo Programático Disciplina: Engenharia de Software e Gerência de Projetos C.H. Teórica: 40 PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Período Letivo: 1 sem/2014 C.H. Prática:

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA-AERONÁUTICA MPS-43: SISTEMAS DE CONTROLE APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA Prof. Davi Antônio dos Santos (davists@ita.br) Departamento de Mecatrônica

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Controle e Processos Industriais CURSO: Técnico em Eletromecânica FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA EMC GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS KAIO GONÇALVES PEREIRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA EMC GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS KAIO GONÇALVES PEREIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA EMC GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS KAIO GONÇALVES PEREIRA RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR II Jaraguá do Sul 2011 UNIVERSIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ELECTROTÉCNICA TEÓRICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ELECTROTÉCNICA TEÓRICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ELECTROTÉCNICA TEÓRICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3. Ciclo

Leia mais

A disciplina de Eletricidade Geral garante ao educando subsídios para o entendimento das grandezas elétricas e seus fenômenos.

A disciplina de Eletricidade Geral garante ao educando subsídios para o entendimento das grandezas elétricas e seus fenômenos. I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Mecatrônica Industrial Disciplina Eletricidade Geral Professor Rogério Campos Semestre / Módulo Eletricidade Período Noturno Módulo 3GMTECA Carga Horária Semanal:

Leia mais

Período: 2º Turma: A Turno: Noturno Curso: DESIGN DE INTERIORES- Semestre: 2015.2

Período: 2º Turma: A Turno: Noturno Curso: DESIGN DE INTERIORES- Semestre: 2015.2 Período: 2º Turma: A Turno: Noturno Curso: DESIGN DE INTERIORES- Semestre: 20:40 20:50 09:10 09:20 EG114 EG114 EG102 EG102 2º PERÍODO : 1 turma teórica (60) e 3 turmas práticas 2 2 4 TDI201 72 2 2 4 TDI202

Leia mais

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA Campus RECIFE. Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Materiais para Produção Industrial

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA Campus RECIFE. Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Materiais para Produção Industrial UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA Campus RECIFE Curso: Disciplina: Aula 5 Tratamento Térmico Tratamento Térmico O tratamento térmico pode ser definido de forma simples como um processo de aquecimento e/ou

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA VAGAS DE MONITORIA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA VAGAS DE MONITORIA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA VAGAS DE MONITORIA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI I. Introdução O Centro Universitário de Itajubá, por meio da Pró-Reitoria Acadêmica

Leia mais

DESIGN DE INTERAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS - NPG1143 DESIGN DE INTEGRAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS (04/08/2014) Perfil Docente

DESIGN DE INTERAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS - NPG1143 DESIGN DE INTEGRAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS (04/08/2014) Perfil Docente DESIGN DE INTERAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS - NPG1143 DESIGN DE INTEGRAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS (04/08/2014) Perfil Docente Pós-graduação lato ou stricto sensu na área da disciplina. Currículo publicado

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3 semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3 semestre EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Produção Alimentícia Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Agroindústria FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Unidade: FACE Semestre: 2015/02

Unidade: FACE Semestre: 2015/02 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PLANO DE ENSINO Disciplina: FACOO76 - Economia

Leia mais

Plano de Ensino. CARGA HORÀRIA 80 Horas. TURMA: 2014 TURNO: M e T TURMA: 10 e 11 DIRETOR(A) GERAL DO CAMPUS: DIRETOR (A) DE ENSINO:

Plano de Ensino. CARGA HORÀRIA 80 Horas. TURMA: 2014 TURNO: M e T TURMA: 10 e 11 DIRETOR(A) GERAL DO CAMPUS: DIRETOR (A) DE ENSINO: Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Turismo, Hospitalidade e Lazer CURSO: Técnico em Eventos Modalidade Integrado ao Ensino Médio FORMA/GRAU:( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante (

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2015 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 5 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Diagrama de fase unitário para o magnésio. Fonte: Donald R. Askeland; Pradeep P. Phulé - The Science and Engineering of Materials, 4th ed.

Diagrama de fase unitário para o magnésio. Fonte: Donald R. Askeland; Pradeep P. Phulé - The Science and Engineering of Materials, 4th ed. Diagrama de Fases Diagrama de Fase Diagramas de fases são mapas que permitem prever a microestrutura de um material em função da temperatura e composição de cada componente Fase é uma porção homogênea

Leia mais

PLANO DE ENSINO FICHA Nº 1 (permanente)

PLANO DE ENSINO FICHA Nº 1 (permanente) PLANO DE ENSINO FICHA Nº 1 (permanente) Disciplina: Projeto Sistemas Resíduos Sólidos Urbanos Código: TH038 Natureza: ( ) obrigatória ( X ) optativa (X) Semestral ( ) Anual ( ) Modular Modalidade: ( X

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Licenciatura em Química. 4 0 SEMESTRE Carga Horária : Objetivos

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Licenciatura em Química. 4 0 SEMESTRE Carga Horária : Objetivos FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Unidade Curricular BIOQUÍMICA Licenciatura em Química Período letivo : 4 0 SEMESTRE Carga Horária : Objetivos 80(60T/20P)* Apresentar o conceito de biomoléculas

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Mecânica da UFRN

Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Mecânica da UFRN 1 Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Mecânica da Natal, março de 2012. 2 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 03 2. HISTÓRICO DO CURSO 03 3. JUSTIFICATIVAS DO CURSO 03 4. OBJETIVOS DO CURSO 04 5. PERFIL DO EGRESSO

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: PEDAGOGIA Disciplina: TECNOLOGIA NA SALA DE AULA I Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) Histórico da informática,

Leia mais