Rondoniagora. Pronto Socorro JP II é um depósito de doentes. PR acusa PV de traição e implode pacto em PVH Página 16

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Rondoniagora. Pronto Socorro JP II é um depósito de doentes. PR acusa PV de traição e implode pacto em PVH Página 16"

Transcrição

1 ANO II - Nº 14 Porto Velho 31 de março a 6 de abril de 2012 R$ 1,50 Pronto Socorro JP II é um depósito de doentes A má administração de Roberto sobrinho é alvo de protestos em várias partes da cidade Páginas 8 e 9 A declaração foi dada pelo presidente do Sindsaúde que compara realidade do maior pronto socorro do Estado a um hospital de guerra. Caio Marin ainda denuncia que há um técnico de enfermagem para cada 30 pacientes, quando o Ministério da Saúde recomenda um profissional para cada cinco. Veja repercussão do caso do paciente comido por larvas. Páginas 11, 12 e 13 PR acusa PV de traição e implode pacto em PVH Página 16 TRANSPOSIÇÃO Ministério do Planejamento prepara Instrução Normativa Finalmente, servidores poderão transpor para mais de 3 mil funções nos quadros federais com a publicação da Instrução Normativa. Páginas 3 e 4 Processo de cassação avança na ALE Páginas 14 e 15 Caerd é operadora em Rolim de Moura O município vai executar as obras de esgotamento sanitário com recursos do PAC, mas operação permanece sob responsabilidade da Caerd. Páginas 7 ASSINATURAS E ANÚNCIOS:

2 2 Opinião Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar (1º Pedro 5:8) À medida que pipocam denúncias de malversação de recursos públicos de toda sorte no Estado, envolvendo gente graúda, ligada umbilicalmente ao chefe do Executivo, a Assembléia Legislativa pouco pode fazer enquanto não passar pelo processo de depuração interna, deflagrado com a criação da Comissão Processante. O episódio da debandada do deputado estadual petista Ribamar Araújo dos quadros do grupo investigativo, mostrou à opinião pública que os parlamentares estão unidos e decididos a fazer uma limpeza ética e moral na Casa e, então, partir para o aprofundamento das denúncias de desvio de recursos públicos na Saúde, posto que um dos principais protagonistas do escândalo, o senhor José Batista da Silva, estaria querendo falar em público o que sabe sobre o assunto. E a coisa é feia porque o homem teria até recibos de depósitos em contas de pessoas íntimas do governador Confúcio Moura. O trabalho conduzido pelo deputado José Lebrão é correto e não vislumbra a menor possibilidade de virar pizza, como bradou o petista Ribamar Araújo. No prazo menor possível, a relatoria da Comissão Processante deve indicar punição exemplar para o líder da quadrilha, Valter Araújo, o sofredor, segundo Ribamar, e os 7 deputados acusados pela Operação Termópilas. Tal qual a admoestação do apóstolo Pedro aos cristãos, o diabo anda rondando em busca dos fracos, indecisos e a turma do rabo preso. Quem fica para trás é tragado pelo grupo malévolo, que o diga o deputado Ribamar Araújo, que chegou a dizer que sentia pena do sofrimento do amigo Valter Araújo. A turma do ex-deputado até tentou intimidar o presidente em exercício Hermínio Coelho, mas não conseguiu. Na primeira ameaça, o parlamentar foi a Polícia Federal e pediu proteção. Quem se sentir ameaçado na Casa, também deveria fazer o mesmo. Os deputados precisam de tranquilidade para trabalhar, vistoriar documentos, ouvir gravações e ler as defesas dos acusados, para então fazer o julgamento político. Diferente das declarações de Ribamar, a população apoia o trabalho da Comissão Processante e aguarda com expectativa o desenrolar do processo. Finalmente, ao deputado Ribamar Araújo, restou a dúvida do porquê ter saído tão repentinamente da Comissão Processante. Covardia? Diz ele que não. Então, seria alguma fita gravada em poder da turma de Valter Araújo? Bom, o julgamento fica para o povo. Charge É uma publicação semanal de CENTRAL DE JORNALISMO, PRODUÇÃO, MARKETING. E ASSESSORIA LTDA CNPJ: / Endereço: Rua Guiana, 2694 CEP: Porto Velho Jornalista responsável: Gérson Costa SRT 518/RO Editoria de Política: Elianio Nascimento SRT 526/RO Ivonete Gomes SRT 345/RO Editoria de Cidades: Josi Gonçalves SRT 884/RO Colaboradores: Alexandre Araújo - Ouro Preto Contatos: (69) s: Redação: Comercial: Facebook: /rondoniagora Diagramação: Cesar Prisisnhuki Faria Tiragem: 5 mil exemplares

3 Coluna Afonso Marcelinho Looks Jornalista Direto Político do Cone Sul As polícias Militar, Civil, Federal, Rodoviária Federal e Força Nacional iniciaram na quarta-feira, 28, a primeira demonstração de força para fazer frente à onda de assassinatos que vem ocorrendo em Vilhena, seis mortes violentas em seis dias. A Polícia já sabe que dos seis homicídios, três teriam sido encomendados de dentro da casa de Detenção de Vilhena e por isso o trabalho de combate ao crime organizado começou justamente por lá. Durante toda a quarta- -feira, cerca de 60 homens de todas as forças policiais fizeram uma varredura no Presídio de Vilhena e na quinta-feira, 29, o trabalho iniciou com a abordagem á populares, principalmente nos bairros onde o índice de violência é maior. Foram apreendidas armas artesanais, dois chips e nenhum aparelho de telefone celular. A Polícia já identificou parte dos bandidos que, de dentro da cadeia comandam o crime organizado. Porém os nomes não foram repassados à imprensa por questões óbvias. Entre os crimes, encomenda de drogas, exigência de dinheiro à familiares de vítimas e achaques. Recentemente, o Serviço de Investigação da Polícia Civil divulgou um relatório que em apenas sessenta dias foram efetuadas mais de 18 mil legações telefônicas de dentro da Casa de Detenção. Os números assustaram as autoridades e, a partir de agora, as abordagens serão frequentes enquanto os presos não forem transferidos para o novo presídio de Vilhena que está em fase final de conclusão. O Comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, Cel. PM Paulo Sérgio Gonçalves e o delegado regional da Polícia Civil, Fábio Campos, disseram em entrevista coletiva à imprensa que a elucidação dos assassinatos é questão de honra para a polícia. Dos seis assassinatos registrados na semana passada, três estão esclarecidos e seus autores presos. Em dois crimes já foram identificados seus autores. Resta apenas um para ser esclarecido. O irmão mais novo dos deputados Nantan e Marcos Donadon, o bacharel em Direito, Josué Donadon vai assumir no próximo dia 07 a Secretaria Executiva Regional em substituição ao vereador Ronaldo Alevato que retona para a Câmara de vereadores de Vilhena. O Promotor de Justiça da Comarca de Colorado do Oeste, Thiago Gontijo Ferreira entrou com pedido de justificativa na Prefeitura de Vilhena pedindo as razões da dispensa de licitação para aquisição de um terreno por parte da prefeitura daquele município para a construção do frigorífico de suínos. O prefeito de Vilhena José Rover (PP) não demonstra nenhuma preocupação com alguns vídeos montagem que andam espalhando na rede mundial de computadores com o objetivo único de atacar a sua administração. Embora já se saiba de onde está partindo o material, Rover disse não se incomodar até porque o material postado é de uma má qualidade de dar dó e classificou como um desespero antecipado de seus concorrentes. Recentemente outro vídeo fazia ataques ao deputado Luizinho Goebel, só que, naquele caso, o autor, o acadêmico de Jornalismo Paulo Mendes que por coincidência é assessor do vice-prefeito de Vilhena, Jacier Dias acabou se entregando. Ele mesmo, imaginando que iria abafar nos acessos aos sites onde postou o material, acabou confessando que o material foi produzido com a ajuda do filho que trabalhava na TV Vilhena, (Globo). O material acabou causando a demissão por justa causa do filho que acabou perdendo o emprego. Nas eleições de 2008 esparramaram um panfleto onde estamparam uma montagem do ex-prefeito e então candidato a prefeito de Vilhena, Melki Donadon em cenas eróticas. Não colou. Rondoniagora Geral 3 Transposição, finalmente, deve sair do papel; lista tem 19 mil Publicação da Instrução Normativa garante a alocação em 3 mil funções dos servidores rondonienses A novela da transposição dos servidores públicos de Rondônia deve ter um importante capítulo na próxima semana. Extra oficialmente, parlamentares, sindicalistas e representantes do Governo estiveram reunidos em Brasília tratando da publicação do teor da Instrução Normativa do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão avaliando o teor do documento para então anunciar, finalmente, a ida de 19 mil e 99 servidores estaduais para os quadros da União. Obviamente, esse número de funcionários está apto a ingressar como servidores do Ex-Território de Rondônia e terá a opção de permanecer vinculados ao Estado. A grande preocupação da Comissão de Acompanhamento Ministerial, nomeada pelo governador Confúcio Moura (PMDB) e chefiada pelo secretário de Administração, Rui Vieira, é não repetir os mesmos erros do processo de transposição dos estados do Amapá e Roraima. Por simples critério político, esses dois estados jogaram para a União milhares de servidores, Cícero, como outros 19 mil, também aguarda com expectativa a Instrução Normativa sem a preocupação com o enquadramento e nem com parâmetros salariais. Resultado: hoje o Tribunal de Contas da União quer devolver a esses estados 9 mil servidores. Não queremos que o servidor durma como federal e acorde de volta aos quadros do Estado. Queremos fazer a coisa correta para evitar problemas futuros, disse Cícero Evangelista Moreira, outro

4 4 Geral coordenador da Comissão de Acompanhamento Ministerial. Cícero e o servidor Mário Medeiros passam boa parte da semana em Brasília em uma sala no Ministério do Planejamento tratando especificamente da transposição dos servidores. Na madrugada de quinta-feira, 29, os dois partiram novamente para a Capital Federal e prometeram trazer boas novas aos servidores na próxima semana. Comissão rondoniense pode discordar A Instrução Normativa será editada e publicada pelos técnicos do Ministério do Planejamento, mas a comissão rondoniense tem todo direito de ingressar com recurso administrativo, pedindo a revisão de qualquer trecho que possa trazer prejuízos aos servidores públicos. Nossa grande preocupação é com o teor da Instrução Normativa, mas nós podemos discordar e impetrar recurso administrativo, explicou Evangelista. Além da morte de Duvanier Paiva,durante o processo de transposição, o enquadramento desses 19 mil servidores também atrasou muito o andamento da regulamentação final da Emenda Constitucional. O Plano Geral do Poder Executivo tem 3 mil e 200 funções e é necessário ordenar cada servidor nesses cargos, o que não ocorreu, por exemplo, com os servidores transpostos de Roraima e Amapá. Caso todos queiram ingressar no quadro federal, esses servidores ficarão a disposição do Estado, recebendo pela União seus salários com todas as vantagens inerentes, as chamadas VTNI (Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada). Aposentados e pensionistas também devem ingressar A Comissão de Acompanhamento Ministerial acredita que aposentados e pensionistas também estarão contemplados com a transposição para os quadros federais, mas devem entrar somente numa segunda Instrução Normativa, pois depende ainda de estudos do Ministério do Planejamento. Vejo uma vontade muito grande dos técnicos incluírem também os pensionistas e aposentados, mas numa segunda instrução, observou o coordenador da comissão rondoniense. Depois da morte de Duvanier, assumiu a Secretaria de Recursos Humanos que responde pela transposição o técnico Sérgio Mendonça. Outro técnico do governo federal envolvido na discussão é Geraldo Nicole. Cícero e Mário Medeiros destacam o apoio que tem recebido do governador Confúcio Moura e da coordenadora da bancada, deputada federal Marinha Raupp (PMDB-RO), além do senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Justiça seja feito, o senador tem lutado todos os dias em Brasília para garantir a transposição de nossos servidores, assegura Cícero. Valdir Raupp tem brigado todos os dias pelo ingresso do servidor rondoniense nos quadros da União Da demissão à transposição Servidores foram demitidos no Governo Bianco e agora poderão ir para a União Rondônia já viveu um dos maiores dramas de pais de família mandados para rua do dia para noite. Na gestão do ex-governador José Bianco (DEM), o ex-secretário José Batista com pareceres da Procuradoria Geral do Estado (PGE), demitiu pelo menos 10 mil pessoas. Anos depois, após uma luta dos sindicatos e embates jurídicos em Brasília, a maioria retornou aos quadros do Estado e agora aguarda com expectativa pela transposição, apesar de pareceres contrários em casos de vantagens funcionais da mesma Procuradoria Geral do Estado. Dificilmente todos os 19 mil não vão querer ingressar no serviço público federal. Até os médicos que dizem que no Estado ganham bem melhor, asseverou Cícero, um dos 19 mil que também aguarda para transpor para a União.

5 Política 5 Prévias do PT acirram debate entre ex-aliados Edson Silveira divulga Carta Aberta nas redes sociais; ataca Cláudio Carvalho e pede responsabilidade do prefeito Edson Silveira pede responsabilidade do prefeito para não por em risco projeto petista A disputa interna do Partido dos Trabalhadores (PT) acirrou o debate na semana que antecede o 2º turno das prévias. O membro do diretório estadual e ex-secretário de Obras de Porto Velho, Edson Silveira, divulgou Carta Aberta no Facebook atacando o companheiro Cláudio Carvalho e pedindo responsabilidade do prefeito Roberto Sobrinho para manter a unidade da legenda e não apostar suas fichas em quem não poderá disputar as eleições de 2012 por problemas na Justiça Eleitoral. Ele se referiu a aliança costurada pelo chefe do Executivo entre José Neumar e Mirian Saldaña, quarto e terceiro colocados no primeiro turno da consulta partidária, para apoiar Cláudio Carvalho no próximo dia 8 de abril. Edson é aliado ferrenho da ex-senadora Fátima Cleide. No documento postado nas redes sociais, o ex-secretário lembra ao prefeito que já foi muito próximo a ele e que ajudou a construir Porto Velho. Companheiros, em momentos difíceis comemos muito macarrão e feijoadas juntos, não vou aqui neste momento detalha-los porquê não convém, enfatizou Edson, recordando dos tempos difíceis do Partido dos Trabalhadores, quando a companheirada não tinha recursos disponíveis para fazer campanha e organizar o partido em todo Estado. Roberto Roberto todos temos que ter a responsabilidade de dar continuidade ao que iniciamos com sua administração, frente a Prefeitura de Porto Velho. Não somos malucos ou irresponsáveis ao ponto de colocarmos em risco tão importante conquista. Avalie seriamente, como termos um candidato que se encontra inelegível?, ponderou o dirigente petista. Em seguida, Edson diz saber do problema do companheiro Cláudio Carvalho que poderá enfrentar dificuldades ao tentar disputar as eleições por causa de suas contas reprovadas no Tribunal Regional Eleitoral. Ele vai além ao citar o seu próprio exemplo, que venceu as eleições municipais passadas, mas não conseguiu nem mesmo ser diplomado, e do ex-senador Expedito Junior, que sangrou até o dia da eleição. Valerá a pena correr este risco, tendo um nome com o patrimônio político da companheira Fátima?, questiona ele. Cláudio Carvalho diz que não quer brigar com companheiros e prefere manter a unidade Divisão está mais que clara A divisão de forças dentro do Partido dos Trabalhadores está muito clara. A candidata derrotada, Mirian Saldaña, apoiada pelo prefeito, foi a imprensa dizer que lamentava a falta de ética de concorrentes que faziam tudo pelo poder. Ela não citou nomes, mas ficou patente que se tratava da ex-senadora Fátima Cleide. Agora, Mirian caminha ao lado de Cláudio Carvalho que terá grandes chances de vencer as prévias no próximo domingo, dia 8. Perdoo quem me atacar Por outro lado, Cláudio Carvalho disse que não quer brigar com os companheiros de partido e muito menos atacar ninguém. Garante que até perdoa porque vai precisar dessas pessoas na futura campanha depois que vencer as prévias. A minha candidatura não veio para dividir o partido ou dividir grupos. A minha candidatura foi posta no PT nesse momento para unir o partido. Em nenhum momento, vou fazer ataque a meus companheiros de partido. Até porque vou precisar de todos eles para fazer a campanha e depois administrar o nosso mandato.

6 6 Geral Município pode executar obras de esgotamento sanitário, mas operação é da Caerd Parecer aponta superfaturamento e cotação por empresa sem habilitação para o transporte escolar O governador Confúcio Moura acatou solicitação da Prefeitura Municipal de Rolim de Moura para execução das obras de esgotamento sanitário na cidade, mas a operação do sistema permanece sob a responsabilidade da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd). Em consulta feita ao Departamento de Desenvolvimento e Cooperação Técnica do Ministério das Cidades, o governo estadual foi informado da possibilidade dos municípios serem intervenientes executores das obras de saneamento com recursos do PAC, desde que cumpram as inúmeras exigências impostas pela União. Não há óbices para que o município seja interveniente executor, porém o órgão operador do sistema deve ser figura jurídica conforme especificado no Manual de Apresentação de Propostas da Sistemática 2010/2011 do Ministério das Cidades e não poderá ser o Município - explicou o diretor Hélio José de Freitas, do Ministério das Cidades em resposta a Procuradoria Geral do Estado de Rondônia. Para que os municípios iniciem as obras e substituam a Caerd na operação do sistema é necessária a existência de uma autarquia totalmente estruturada e em funcionamento. Em Rolim de Moura, a prefeitura está autorizada a licitar e contratar a obra, mas, para iniciar os trabalhos, precisa de uma estrutura e um corpo de servidores formados por engenheiros e técnicos capacitados em sistema de coleta, afastamento e tratamento de esgoto. É um custo altíssimo para os municípios. Eles vão onerar as folhas com a contratação de profissionais caros e manter toda a estrutura com recursos próprios até conseguir retorno com a cobrança da tarifa, explicou a engenheira Márcia Luna - presidente da Caerd. Dos municípios contemplados com recursos do PAC para esgotamento sanitário, apenas Rolim Moura aceitou correr o risco. Torcemos pelo sucesso do prefeito, mas como técnicos temos o dever de alertar as demais prefeituras. Com base na consulta feita ao Ministério das Cidades, essas unidades federativas podem licitar e até contratar, mas dificilmente terão tempo e recursos suficientes para colocar uma autarquia desse porte em funcionamento e, dessa forma, dar início as obras. Márcia Luna, presidente da Caerd, e o governador Confúcio Moura: esgotamento sanitário é um custo alto para os municípios

7 Informe Publicitário 7 DEPUTADOS ESTADUAIS APROVAM O PROGRAMA DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA DO GOVERNO. A LEI 2.680/12 AUTORIZA O REPASSE DE RENDA PARA FAMÍLIAS EM ESTADO DE POBREZA. BEM APLICADO, O PROGRAMA PODERÁ AJUDAR MUITA GENTE. Manoel Aparecido Bairro: Mariana Cidade: Porto Velho Francisco Pinheiro Bairro: Nova Floresta Cidade: Porto Velho MANOEL APARECIDO e FRANCISCO PINHEIRO não se conhecem mas estão unidos por muitos de seus sonhos. Eles querem melhores condições de vida, querem educar e ver os filhos formados e querem um lugar melhor para viver. E a Assembleia Legislativa está conectada com eles e com os sonhos de todos os rondonienses.

8 8 Cidades Estouram protestos contra o População tcobra do prefeito a recuperação de vi Na última semana a estrada do Belmont, Bairro Nacional, ficou bloqueada por mais de 24 horas. O local é uma área portuária às margens do Rio Madeira, ponto de carga e descarga de combustíveis, grãos e outros produtos. O acesso é vital para a economia e o abastecimento de várias cidades. A manifestação, que dificultou o acesso para a Avenida Lauro Sodré, foi organizada por moradores com um único objetivo: cobrar recuperação de ruas, pavimentação asfáltica, iluminação pública e fiscalização do trânsito, já que mais de 12 pessoas morreram na estrada, nos últimos anos devido à falta de segurança. Para piorar, o tráfego intenso de carretas se mistura com os veículos de menor porte, como carros e motocicletas. Vira uma baderna. Nos trechos onde há escola, faltam placas de sinalização e policiais de trânsito. De acordo com o vice-presidente da Associação de Moradores do Bairro Nacional, Siron Mendes, as famílias já não suportam mais a falta de infraestrutura na estrada e o excesso de velocidade dos caminhões. Na semana passada um ônibus com várias crianças quase virou por causa de uma cratera. Sem falar da falta de respeito dos caminhoneiros com os pedestres, diz Mendes. Ele também enfatiza que a Associação de Moradores perdeu as contas da quantidade de documentos enviados ao município cobrando providências. A Secretaria de Obras tapa os buracos, mas não resolve, por causa do tráfego pesado. Aqui, todo dia, passam mais de mil carretas. A estrada não aguenta, disse Mendes. Todos estes problemas somados geraram a onda de manifestações. Algumas, até violentas, ocorreram este ano na Zona Leste de Porto Velho, onde o investimento público é pior. A força policial foi acionada pelo executivo municipal para conter os protestos, desbloquear ruas e liberar o trânsito. Nas imagens divulgadas pela imprensa, mais parece que a capital rondoniense virou uma praça de guerra. Mas, a luta é por cidadania. A nossa revolta é para saber onde nosso dinheiro está sendo empregado. A gente Nós cobramos pelo que não foi feito, pelo que foi mal feito e pelo não foi terminado só quer garantir o direito de ir e vir. Não queremos muito, apenas que melhore nossas ruas, que alguém dê condições pra se chegar em casa ou ao trabalho com segurança. Nós cobramos pelo que não foi feito, pelo que foi mal feito e pelo que não foi terminado, desabafa o professor universitário Luciano Cesário, morador do bairro Ulysses Guimarães, um dos

9 Cidades 9 prefeito Roberto Sobrinho as, iluminação pública e fiscalização no trânsito líderes de manifestações. O cenário de abandono público da cidade contrasta com o valor dos recursos destinados a Capital: Porto Velho é uma das seis capitais brasileiras administradas pelo Partido dos Trabalhadores (PT), que mais receberam recursos federais e destinação de emendas de bancada. Mesmo com milhões de reais nos cofres, o visual urbano da cidade não mudou durante a gestão de Roberto Sobrinho. Revoltas por reformas O que muito se vê são explosões de reclamações de um canto a outro da cidade por conta da ingerência dos recursos públicos. Nos primeiros três meses desse ano, foram contabilizados cerca de dez protestos, a maioria entre fevereiro e março. A cada semana surgem novas revoltas. Durante as negociações os moradores fecham acordos verbais e escutam promessas dos gestores públicos, e ficam na expectativa de melhorias. Aqui na estrada do Belmont, prometeram 14 quilômetros de aslfato e iluminação pública, por isso a gente suspendeu o movimento. Mas se não fizerem nada no prazo, vamos fazer tudo de novo, alerta Donizeti Lima, comerciante. O professor de história, Danilo Cosme Ruitz, 30, leciona para concurseiros, um gaúcho que há 8 anos decidiu adotar Rondônia como seu habitat. Ele explica que quando o povo faz revoltas, quer reformas A maioria das mudanças que ocorreram ao longo da história foram puxadas por ondas de protestos. A Europa, os EUA, e o mundo arabe nos ensinam que cruzar os braços e esperar o bonde passar não é a melhor receita se você tem alguma indignação. Aqui em Porto Velho, as pessoas acham que estão agindo isoladas, mas estão causando grandes explosões na politica, finaliza.

10 10 Geral Funcionários da Saúde podem paralisar atividades no Estado Os servidores dizem que tabela salarial está defasada e reivindicam atualização de valores Uma possível greve pode parar o atendimento nas unidades de Saúde de Rondônia a partir do dia 18 de abril. Isso se o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR/SUS) dos trabalhadores estaduais em Saúde não for aprovado pela Assembleia Legislativa. Segundo Caio Marin, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia (Sindsaúde), a revisão do PCCR/ SUS é uma reivindicação que vem se arrastando há pelo menos quatro anos. O salário que nós recebemos está totalmente defasado, nós tivemos um aumento de 4% na época do Cassol, sendo que 2% foram parcelados, um valor que nem se vê em contracheque, disse Marin. O presidente do Sindsaúde ainda acrescenta que, no período da campanha eleitoral, Confúcio Moura teria prometido que seu primeiro ato ao assumir o governo, seria revisar o PCCR e encaminhar o projeto para a aprovação na Assembleia Legislativa. Já se passaram 15 meses que ele assumiu e a aprovação do PCCR continua só na promessa, disse Caio Marin. Esse ano, o governo já teria batido o martelo em um aumento percentual de 6,5%. Na realidade não é nem um aumento. As perdas salariais foram feitas nesse acréscimo, destacou. Caio Marin esteve na última semana na Secretaria de Saúde onde protocolou a minuta do PCCR. A expectativa é que Gilvan Rocha, secretário de Saúde, resolva isso até o dia 18 de Abril, já com impacto na folha de pagamento, e envie à Casa Civil para que a Assembleia Legislativa possa aprovar o PCCR. Será lamentável se o Governo não avaliar esse Plano. Essa tabela aqui é defasada. Esperamos que o Governo se conscientize, use bom senso e aprove o plano de carreira porque, a partir do dia 18, se não acontecer nada farei assembléias na Capital e no interior pra que a gente possa reavaliar a situação e possivelmente paralisar a saúde no Estado, sentenciou.

11 Entrevista 11 Hospital João Paulo II é um depósito de doentes, diz presidente do Sindsaúde Caio Marin compara realidade do maior pronto socorro do Estado a um hospital de guerra Funcionário Público, Caio Marin ingressou na Saúde aos 19 anos. Foi presidente, por duas oportunidades, da Associação dos Servidores do Hospital de Base e, hoje, com quase 30 anos de serviço público na Saúde é presidente de uma das entidades sindicais de maior expressão do Estado, que congrega cerca de 15 mil filiados: o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia (Sindsaúde). Em entrevista ao Rondoniagora, o sindicalista expõe o quadro de atendimento do hospital João Paulo II, revela as condições de trabalho dos funcionários que atuam no Pronto Socorro e clama por humanização na Saúde. Rondoniagora - O que mudou no João Paulo II desde que o governador Confúcio Moura assumiu e desnudou para todo o País a realidade do hospital João Paulo II? Caio Marin A primeira estratégia do Governo do Estado foi declarar uma calamidade pública na época que eles assumiram. Acho que o governador usou essa estratégia para chamar a atenção da mídia nacional e declarar calamidade pública com a finalidade de fazer compras e aquisições no governo sem licitações. Acredito que o foco foi esse aí. Porque se fosse pra melhorar a saúde ele teria usado outras ferramentas. Então, acredito que a saúde especificamente no João Paulo II naquela época, estava uma calamidade pública e continua uma calamidade pública. R O senhor fala em ferramentas que podem melhorar a Saúde. Poderia exemplificar? CM Nós, como sindicato, sempre fomos a favor da administração direta. Eu tenho 28 anos de saúde, 28 anos de Hospital de Base. Eu conheço a Saúde e os hospitais da cidade como a palma da mão. Então acredito que a administração direta, ela Há um técnico de enfermagem para cada 30 pacientes. Isso é humanamente impossível. O Ministério da Saúde recomenda um técnico para cada cinco pacientes tendo autonomia financeiro- -orçamentária e colocando pessoas competentes nos lugares certos, no momento certo, seria uma das saídas para que a Saúde melhorasse. Nós já temos muitas ideias para o secretário de saúde. Eu estive conversando muitas vezes com o governador nessas reuniões e dando essas ideias para que a Saúde possa melhorar. Eu não sei o que está acontecendo, não sei se a assessoria do governador não funciona, não sei se o governador realmente não quer fazer as coisas acontecerem... Sei que está com um ano e meio praticamente de governo e nada aconteceu na Saúde. Tudo está difícil. R- Hoje o hospital João Paulo tem capacidade para 157 leitos e 230 pacientes internados. Recentemente figurou na mídia nacional como o segundo pior hospital em atendimento do País. Isso corresponde a realidade? CM - Olha, eu não tenho conhecimento de outros hospitais, conheço apenas alguns hospitais fora do Estado. Mas, eu acredito que não podemos ver o João Paulo II como um hospital de Pronto Atendimento. Podemos ver como um depósito de doentes, de enfermos que estão ali. Pessoas que pagam seus impostos, pessoas que tem direito à saúde - que é um direito natural. Todo cidadão brasileiro tem direito à saúde. E nós temos no João Paulo II uma calamidade e uma falta de respeito com o dinheiro público, uma falta de respeito com a sociedade. As pessoas que estão ali precisam de atendimento humanizado, precisam de remédios. Ali, em momento algum, foi um hospital de pronto atendimento e pronto socorro. R- Faltam medicamentos, faltam profissionais? O que falta no João Paulo II? CM- Olha, em primeiro lugar falta estrutura. O João Paulo II em 1983 era um hospital da Odebrecht. Era um hospital para os funcionários que construíram a usina Samuel na época. O Governo do Jerônimo Santana comprou o hospital pra

12 12 Entrevista atender a população. Então o João Paulo II foi crescendo com puxadinhos pra lá e Pra cá. Então é uma estrutura que não foi programada para atender tantas pessoas. Ali é demanda é muito grande. O pessoal do interior vem pro João Paulo II, o pessoal da Capital vai pro João Paulo II, o pessoal de fora do País está indo pro João Paulo II... Então, é humanamente impossível os servidores da saúde fazer um atendimento digno ali. Eu sempre digo e vou continuar dizendo: os servidores que trabalham são heróis e heroínas. Inclusive há pessoas que trabalham fora do horário e têm que trabalhar em outras clínicas para conseguir sustentar suas famílias. Ter um mínimo de possibilidade para sustentar suas famílias dignamente. Porquê? Porque eles não têm condições de trabalho, têm um salário baixo e não têm condições de trabalhar. É difícil. R- Vocês tem dados de quantos pacientes já morreram por falta de atendimento? CM- segundo o Sindicato dos Médicos (Simero) já foram feitas várias denúncias, inclusive esse ano, de pessoas que vieram a falecer por falta de atendimento. Eu não tenho conhecimento da quantidade. Mas há denúncias, inclusive, no Ministério Público. R- Qual o perfil do profissional de saúde que trabalha no João Paulo II? CM- Um profissional mal remunerado, um profissional com doenças ocupacionais. Temos companheiros da saúde que vieram a falecer por problemas psiquiátricos, depressão, síndrome do pânico, problemas de coluna. Você vê que ali, aquela a estrutura não oferece o mínimo de condições para o servidor da Saúde poder prestar serviços dignos à sociedade. Tem técnico de enfermagem fazendo punção de cócoras, no chão, por falta de equipamentos. É um hospital de campanha, de guerra ali. R- O que o Sindsaúde tem reivindicado de melhorias para o setor? CM- Nós sempre estamos indo nas unidades hospitalares fazendo fotografias e filmagens em algumas ocasiões para que se possam tomar as medidas necessárias. Inclusive, desde 2010 o Sindsaúde já tem feito muitas denúncias no Ministério Público com relação a falta de condições no trabalho do servidor público, com relação a falta de medicamentos... R- O que é mais grave no João Paulo? CM- A falta de estrutura, de condições mesmo, espaço físico, e a falta de profissionais (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem). Veja você, tem um técnico de enfermagem para cada 30 pacientes. Isso é humanamente impossível: ficar um enfermeiro pra atender toda uma ala do hospital. R- Para funcionar a contento, seriam quantos pacientes por técnico de enfermagem? CM- Um profissional pode atender cinco pacientes. É uma diferença muito grande. R- Além de lidar com essas condições precárias, como tem sido a relação dos profissionais de saúde com o diretor do João Paulo? CM- Olha, as referências que eu tenho do diretor do João Paulo II não são muito boas. Ele tem um perfil de uma pessoa muito explosiva e muito agressiva. Inclusive, eu presenciei já alguns atos do Dr. Sérgio na greve de Lá fora do João Paulo II. Na oportunidade ele não era diretor do hospital. Ele era médico da UTI e veio com ameaças de agressão para o pessoal da greve, na época. Eu lamento muito, porque a referência de comportamento deve partir do gestor. E nós sabemos que o Dr. Sérgio é uma pessoa competente, O perfil do funcionário de saúde que atua no João Paulo é o um profissional mal remunerado e com doenças ocupacionais um uteísta de alto gabarito e isso que aconteceu é realmente lamentável. Acho que o exemplo tem que partir do líder. R- Na época, o Sindsaúde tomou uma postura em relação a essa agressão? CM- Ele não chegou a agredir fisicamente. Agrediu com palavras, foi no calor da greve. Isso aí se deixou pra lá, as pessoas não tomaram providências. R- E como o senhor avalia esse vídeo que apareceu na mídia nessa última semana, onde as imagens mostram o diretor do hospital com descontrole emocional no interior do João Paulo?. CM- Bom, aconteceu. Cabe ao secretário de saúde reavaliar a situação, ver o que realmente aconteceu, qual a responsabilidade do diretor nesse ato. Agora, se houve represálias a servidores da Saúde, o Sindsaúde vai estar investigando isso aí e tomando as providências cabíveis. R- Algum funcionário já se queixou do atendimento dispensado pelo DR Sérgio? CM- Já, já. Mas nada documentado. Então nós sempre tomamos as medidas, as providências quando há documentação. R- Mas o Sindsaúde teria pedido a exoneração dele ao secretário de Saúde... CM- Não. Nós pedimos que seja avaliada a situação e que o Governo possa tomar as providências. O Sindsaúde não tem capacidade de tomar providências. Então nós vimos os vídeos na mídia e tivemos, por coincidência, no mesmo dia uma reunião com o secretário de Saúde e nós pedimos que a situação seja avaliada, até porque isso pode atingir o Governo como um todo. Eu sempre digo e vou continuar dizendo: os servidores da Saúde que trabalham no João Paulo são heróis e heroínas

13 Geral 13 Conselho exige demissão sumária de diretor do JP A decisão tem como base dois videos postados na internet O presidente do Conselho Estadual de Saúde, Raimundo Nonato Soares, exigiu a demissão sumária do diretor do Pronto Socorro João Paulo II, Paulo Sérgio de Mello Mendes Filho, após ter visto os dois vídeos postados no Youtube e nos jornais eletrônicos Rondoniagora, Tudorondonia e Rondoniaovivo, onde aparece o agente público em situação constrangedora e vexatória para pacientes e profissionais de saúde da unidade. A entidade dirigida por Nonato se reuniu extraordinariamente no dia 27 e deverá tomar um posicionamento firme no próximo dia 10 de abril, quando se reúnem em caráter ordinário em Porto Velho. É lamentável o Governo não ter demitido o Dr. Sérgio. Ele não tem mais sustentação e condições morais e éticas para permanecer no cargo, explicou Raimundo Nonato. Esse tipo de situação é o inverso do que deve acontecer com alguém que ocupa esse cargo, que é dar exemplo aos demais servidores, acrescentou É lamentável o Governo não ter demitido o dr. Sérgio. Ele não tem mais sustentação e condições morais e éticas para permanecer no cargo o presidente do Conselho Estadual de Saúde. Raimundo Nonato esteve na tarde de quinta-feira, 29, no Pronto Socorro João Paulo II. Segundo ele, o cenário era de um verdadeiro campo de guerra com doentes lotando os leitos e deitados até no chão. Parece até que o Governo está forçando uma situação para a sociedade aceitar sem maiores explicações as OS (Organizações Sociais), entende o dirigente da entidade. O projeto das OS foi aprovado pela Assembléia Legislativa e prevê a contratação de entidades sem fins lucrativos para assumir algumas unidades de saúde no Estado. É nelas que o governador Confúcio Moura deposita a confiança para mudar esse quadro. Em relação ao paciente Antônio Francisco de Oliveira, 51, que foi filmado por repórteres com larvas na boca ao lado do necrotério do João Paulo II, Raimundo Nonato disse que ele foi encaminhado a semi UTI (Unidade de Terapia Intensiva), depois de passar por avaliação médica. Segundo parentes, ele estava há três dias aguardando atendimento, que foi feito somente depois da denúncia apresentada pela imprensa. Raimundo Nonato conferiu a superlotação do Pronto Socorro João Paulo II

14 14 Política Comissão avança e Valter tem prazo de 5 Sessões para defesa Investigações progridem para relatório final e foragido tem até 13 de abril para se pronunciar De nada adiantam os esforços de aliados políticos ou amigos. A Comissão Parlamentar Processante (CPP) criada pelo deputado Hermínio Coelho (PSD) para investigar os acusados de corrupção na Assembléia Legislativa, avança para o relatório final, contrapondo as ilações de um de seus ex- -membros, Ribamar Araújo (PT), que na defesa do foragido Valter Araújo, acabou revelando ao eleitor de que lado realmente está. Na última quinta-feira, a Comissão mandou notificar Valter Araújo por edital, uma vez que está foragido desde dezembro. Desde a sexta- -feira ele tem prazo de cinco sessões para apresentar defesa. Com os feriados da Semana Santa, na próxima semana, o foragido tem até a sexta-feira, 13 de abril para se pronunciar, lembrando que para essa defesa a procuração a advogados deve ser específica. Se não se pronunciar a Comissão é obrigada a nomear defesa técnica. A apresentação de alguma espécie de defesa por parte do próprio Valter Araújo também não pode ser desconsiderada. Nos últimos dias, através do escritório dos advogados Luciano Salles Chiappa e Marcelo Silva Moura, ambos do Mato Grosso, o foragido defendeu-se em pelo menos três acusações formais no Judiciário de Rondônia. Trata-se da primeira denúncia formal, recebida pelos desembargadores em 16 de janeiro passado, quando confirmou-se o que todo mundo já sabia: ele era dono da Empresa Romar, com sólidos contratos com o Governo. Esse é o caso mais avançado contra o ainda deputado, e como apresentou defesa, deve ser julgado ainda no primeiro semestre. Na última segunda-feira o Tribunal de Justiça aceitou mais uma denúncia contra o foragido: o de forjar situações e documentos para manter-se a frente de suas empresas, mesmo assumindo como deputado estadual. Esse seria mais um caso de cassação, uma vez que a Constituição do Estado, em seu artigo 33, veda expressamente essa relação espúria. Já foram recebidas no total seis denúncias. Esse seria mais um caso de cassação, uma vez que a Constituição do Estado, em seu artigo 33, veda expressamente essa relação espúria

15 Política 15 Acusações formais na Assembléia Segundo a Comissão Parlamentar Processante, na Assembléia Legislativa Valter Araújo responde por quebra de decoro por todas as acusações formais desvendadas na Operação Termópilas: formação de quadrilha, corrupção ativa, falsidade ideológica, tráfico de influência, extorsão e advocacia administrativa. Se tudo correr normalmente, a tendência é que o parecer contra Valter Araújo seja julgado pela Comissão no final do mês de abril, devendo ir a plenário no começo de maio. COMISSÃO PARLAMENTAR PROCESSANTE PROVISÓRIA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO O EXCELENTÍSSIMO PRESIDENTE DA COMIS- SÃO PARLAMENTAR PRO- CESSANTE PROVISÓRIA DEPUTADO JOSÉ EURÍ- PEDES CLEMENTE (DEP. LEBRÃO), AUTOS Nº 001/ CPPP/ 12: Faz saber a todos quanto o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem que se processam junto a Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia, por intermédio da Comissão Processante Provisória, instituída pelo Ato n.º002 P/ALE 2012, de 26/01/2012, situada na Rua Major Amarantes, n.º390, Arigolândia, os autos supramencionados, em que são representantes Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Rondônia, Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Rondônia, Sindicato dos Servidores Públicos Federal em Rondônia, Sindicato dos Servidores do Legislativo, Conselho Regional de Medicina de Rondônia, Sindicato dos Empregados da Prefeitura de Porto Velho, Sindicato Médico de Rondônia (Simero), Sindicato dos Agentes Penitenciários de Rondônia, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Rondônia, Sindicato dos Trabalhadores em Educação, Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa, Sindicato dos Empregados da Prefeitura de Porto Velho, Associação Nacional de Docentes do Ensino Superior (Andes), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, Comanda de Greve dos Professores da Unir, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Sindicato dos Profissionais de Controle Externo do Tribunal de Contas, Movimentos Sociais Unificados pela Ética e Contra a Corrupção e Representado Deputado Estadual Valter Araújo Gonçalves, ficando pelo presente, o representado VALTER ARAÚJO GONÇAL- VES, brasileiro, casado, empresário, parlamentar estadual, nascido aos , natural de Itambacuri/MG, filho de Maria de Jesus Araújo e de Antônio Gonçalves da Fonseca, portador do CPF nº e da CI nº SSP/RO, residente na Rua Martinica, 2 - Condomínio San Remo, Casa 2, Bairro Costa e Silva, Porto Velho/ RO, atualmente em lugar incerto e não sabido, notificado, para apresentar defesa escrita e indicar provas perante a Comissão Parlamentar Processante Provisória. OBSERVAÇÕES: 1) Prazo: 5 (cinco) sessões ordinárias da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia, findo o qual não sendo ofertada a defesa, será nomeado defensor dativo para apresentação da defesa preliminar; 2) O presente Edital será afixado no átrio desta Assembléia Legislativa de Rondônia e publicado na forma da lei (no Diário Oficial da Assembléia Legislativa de Rondônia), bem como em jornal de grande circulação no estado de Rondônia; JUSTIÇA DO TRABALHO IMPEDE SINDICATO DE OBSTRUIR OBRAS NA UHE JIRAU ; VEJA DECISÃO

16 16 Política Pacto entre PR, PSDB e PV acaba; justificativa é traição dos verdes A ideia era decidir em maio, atráves de pesquisa, qual seria o melhor nome O lançamento da pré-candidatura do vereador Marcelo Reis (PV), ato engendrado pelo presidente da Câmara, Eduardo Rodrigues, e o ex-deputado Lindomar Garçom, acabou implodindo a aliança suprapartidária formada pelo PR, PSDB e PV. O ex-deputado Miguel de Souza (PR), um dos entusiastas do pacto, disse que sentiu traído em coletiva na sexta-feira, 30, e acabou lançando também sua pré-candidatura à Prefeitura de Porto Velho. A ideia era nós decidirmos em maio através de pesquisa quem estaria melhor na peleja e então apoiarmos esse nome na cabeça de chapa. Não admito que os partidos agora venham lançar pré-candidatos. Pra mim é traição, justificou Miguel de Souza. Outro signatário do pacto, o PSD liderado pelo deputado federal Moreira Mendes e o deputado estadual Hermínio Coelho, ainda não se posicionou sobre a quebra do acordo. O ex-senador Expedito Junior, que costurou a aliança, lamentou o episódio. Passei uma semana fora e agora o pacto está quebrado, explicou Expedito, que foi operado e teve alta de um hospital paulista somente na quinta-feira, 29. As lideranças aguardavam também o Democratas, que agora tomará outros rumos, depois da decisão do PR. Marcelo Reis foi lançado pelo PV e implodiu o pacto

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

Clipping Nacional. Educação

Clipping Nacional. Educação Clipping Nacional de Educação Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014 Capitare Assessoria de Imprensa SHN, Quadra 2 Bloco F Edifício Executive Tower - Brasília Telefones: (61) 3547-3060 (61) 3522-6090 www.capitare.com.br

Leia mais

Lei MARIA DA PENHA 3 anos depois

Lei MARIA DA PENHA 3 anos depois Lei MARIA DA PENHA 3 anos depois Três anos depois, lei Maria da Penha diversifica perfil de mulheres que procuram ajuda contra violência doméstica. Quais são os resultados trazidos pela lei Maria da Penha?

Leia mais

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Incerteza ronda a CPI da Saúde http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim POLÍTICA DATA: 29/07/2015 Incerteza ronda a CPI da Saúde Othelino Neto, Rogério e Levi Pontes estão otimistas

Leia mais

Guria Informação & Sistemas

Guria Informação & Sistemas Zero Hora (RS) Projeto tenta prevenir acidentes com caminhões Será lançado em setembro o projeto DM - Vida Urgente na Estrada, uma parceria da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga e da DM Internacional, líder

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Produção: Ação conjunta: Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso Parceiro:

Leia mais

Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro

Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro Os temas saúde pública e exercício profissional médico foram debatidos nesta 5ª (30/8), na sede

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

http://www.jeisael.com/ Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar

http://www.jeisael.com/ Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar http://www.jeisael.com/ POLÍTICA DATA: 18/01/2016 Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar O deputado estadual

Leia mais

PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA:

PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA: PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA: PLANO DE SAÚDE, REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PLANO DE SAÚDE Em audiência realizada no mês de Janeiro, o Prefeito Confúcio Moura convocou os Presidentes

Leia mais

Benefício libera 10 mil presos

Benefício libera 10 mil presos Clipping produzido pelo Instituto de Políticas Públicas de Segurança da Fundação Santo André INSEFUSA 10/04/2006 Benefício libera 10 mil presos Jornal da Tarde, 10 de abril de 2006 - As portas das penitenciárias

Leia mais

I - INTRODUÇÃO. 1) Como funciona o poder numa democracia

I - INTRODUÇÃO. 1) Como funciona o poder numa democracia I - INTRODUÇÃO 1) Como funciona o poder numa democracia - No plano municipal: prefeito (executivo) governa e vereadores (legislativo) votam leis para a cidade. - No plano estadual: governador (executivo)

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira O SR. JOSÉ ANTÔNIO ROSA (PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira Mendes, na pessoa de quem cumprimento todos

Leia mais

BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO 2008

BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO 2008 BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO SUMÁRIO. APRESENTAÇÃO. METODOLOGIA. PRINCIPAIS RETADOS APRESENTAÇÃO O presente estudo inaugura uma iniciativa da Associação dos Magistrados

Leia mais

Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado

Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado Editoria: Noticia www.acritica.com.br Coluna: -- Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado -- Acidentes na capital e no interior marcam o feriado

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S ATA DA 9 a REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 33 a LEGISLATURA, 2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS,

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO 1 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES E TRÂNSITO/SEMTRAN, DE UM LADO, E DE OUTRO O ESTADO DE RONDÔNIA, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA

Leia mais

Você pode contribuir para eleições mais justas

Você pode contribuir para eleições mais justas Procuradoria Regional Eleitoral no Estado de SP Defesa da democracia, combate à impunidade. Você pode contribuir para eleições mais justas Os cidadãos e as cidadãs podem auxiliar muito na fiscalização

Leia mais

Movimento SOS Saúde dá início a agenda externa na porta do Hospital Souza Aguiar

Movimento SOS Saúde dá início a agenda externa na porta do Hospital Souza Aguiar Movimento SOS Saúde dá início a agenda externa na porta do Hospital Souza Aguiar Cumprindo determinação do Movimento SOS Saúde, médicos e dentistas da rede pública municipal realizaram manifestação na

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Senhor Otavio Leite)

REQUERIMENTO (Do Senhor Otavio Leite) REQUERIMENTO (Do Senhor Otavio Leite) Requer a convocação do Excelentíssimo Senhor Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e demais convidados envolvidos abaixado relacionados para prestarem esclarecimentos

Leia mais

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação PROPOSIÇÕES 2010 2011 Mensagens do Prefeito Municipal 084 79 Anteprojetos de Leis 056 26 Projetos de Leis (de autoria dos Senhores Vereadores) 098 70 Projetos de Leis Complementares 015 8 Projetos de Decretos

Leia mais

Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais e dá outras providências.

Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais e dá outras providências. DESPACHO 2009 N O Projeto de Lei nº 2/2009 Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais e dá outras providências. Autor do Projeto: Poder Executivo SUBSTITUTIVO Nº 1 /2009 Estabelece

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 32 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 30/09/2013 Aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de

Leia mais

Assim, até a presente data foram instaladas 7

Assim, até a presente data foram instaladas 7 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMESP COORDENADORIA ESTADUAL DA MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR São Paulo, 28 de agosto de 2013. PROJETO DE DIVULGAÇÃO

Leia mais

DO-e-ALE/RO. DO-e -ALE/RO Nº 073 8ª LEGISLATURA Nº 073 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2013

DO-e-ALE/RO. DO-e -ALE/RO Nº 073 8ª LEGISLATURA Nº 073 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2013 Pág. 1200 DO-e-ALE/RO Nº 073 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, ANO II SUMÁRIO TAQUIGRAFIA... Capa SUP. DE COMPRAS E LICITAÇÕES... 1203 SUP. DE RECURSOS HUMANOS... 1204 TAQUIGR UIGRAFIA ATA DA 17ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA

Leia mais

Juarez Mello,é Bacharel em Direito pela UNAMA desde 1984. Atua na

Juarez Mello,é Bacharel em Direito pela UNAMA desde 1984. Atua na ENTREVISTA JUAREZ RABELLO SORIANO DE MELLO ADVOGADO Uma visão atual do Direito coletivo do trabalho É melhor um acordo coletivo resolvido em mesa do que uma decisão proferida pelos Tribunais Advogado trabalhista

Leia mais

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DEBATE Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DE BRASÍLIA - No último debate em busca do aval dos procuradores para permanecer por mais dois anos na chefia do Ministério Público, o procurador-geral

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 Primeira sessão de discussão, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 17, de 2012, tendo como primeiro signatário o Deputado Maurício

Leia mais

ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL SUGESTÕES

ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL SUGESTÕES ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL 1) INTRODUÇÃO SUGESTÕES Ao longo dos seus vinte e oito anos e com a experiência de centenas de administrações que

Leia mais

O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010

O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010 22 O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010 The Brazilian Democratic Movement Party (PMDB) and the challenges of the elections of 2010 Eliseu Padilha Deputado Federal (PMDB RS) e Presidente da Comissão

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR SECRETÁRIO DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR SECRETÁRIO DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR SECRETÁRIO DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO FABIANO CONTARATO, brasileiro, solteiro, com 48 anos de idade, Delegado de Polícia Civil e Professor Universitário,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO HQ se lga! i CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO Defender a CONSTITUINTE é um erro! Erro, por que? A direita vai aproveitar uma Constituinte

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009 Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais e dá outras providências. Autor: Poder Executivo O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que

Leia mais

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio Elenco: Olga Barroso Renato Beserra dos Reis Zilânia Filgueiras Sérgio Francatti Dodi Reis Preparação de Atores e Direção: Dodi Reis Coordenação

Leia mais

PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO. FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO...

PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO. FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO... CADÊ O BRASIL RICO? FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO... PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO.... E AQUI, DINHEIRO SOBRANDO NO FIM DO MÊS. DESTE

Leia mais

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CARLOS SCHNEIDER (PMN) Vice: Maximiliano Andrade (PMN) Nome: Carlos Otavio Schneider Partido: Partido da Mobilização Nacional Tempo de horário eleitoral (estimado):

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Governador do Estado afirma que ONGs tumultuam prisões por motivações políticas

Governador do Estado afirma que ONGs tumultuam prisões por motivações políticas Clipping produzido pelo Instituto de Políticas Públicas de Segurança da Fundação Santo André INSEFUSA 25/04/2006 Governador do Estado afirma que ONGs tumultuam prisões por motivações políticas - O governador

Leia mais

Abrangência da terceirização

Abrangência da terceirização Reportagem especial explica os pontos polêmicos do projeto da terceirização A proposta que regulamenta a terceirização no Brasil e derrubou a reunião da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

DO-e-ALE/RO. DO-e -ALE/RO Nº 192 8ª LEGISLATURA Nº 192 PORTO VELHO-RO, TERÇA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2014 ADVOCACIA GERAL

DO-e-ALE/RO. DO-e -ALE/RO Nº 192 8ª LEGISLATURA Nº 192 PORTO VELHO-RO, TERÇA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2014 ADVOCACIA GERAL 9 DE DEZEMBRO DE 2014 Pág. 2158 DO-e-ALE/RO Nº 192 PORTO VELHO-RO, TERÇA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2014 ANO III SUMÁRIO DEPARTAMENTO LEGISLATIVO... Capa ADVOCACIA GERAL... 2158 SUP. DE RECURSOS HUMANOS...

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005.

PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005. PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005. Dispõe sobre a organização do Sistema Municipal de Defesa do Consumidor, institui o Departamento de Defesa do Consumidor e o Fundo Municipal de Defesa

Leia mais

GESTÃO COM TRANSPARÊNCIA

GESTÃO COM TRANSPARÊNCIA 01 de março de 2013 - nº06 GESTÃO COM TRANSPARÊNCIA Ampliamos os nossos canais de comunicação. Esta é a nova formatação do informativo DR que trará, além das notícias do clipping, informações sobre assuntos

Leia mais

LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA DEFESA CIVIL / CBMERJ CONSTITUIÇÃO FEDERAL

LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA DEFESA CIVIL / CBMERJ CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA DEFESA CIVIL / CBMERJ CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art.5º Todos são iguais perante a lei.. XI a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

Alexandre Pontes Aragão Promotor de Justiça na 3ª Promotoria Auxiliar da Comarca de Maracanaú

Alexandre Pontes Aragão Promotor de Justiça na 3ª Promotoria Auxiliar da Comarca de Maracanaú Alexandre Pontes Aragão Promotor de Justiça na 3ª Promotoria Auxiliar da Comarca de Maracanaú CURSO A COMUNIDADE PELA MORALIDADE N de aulas: 05 (cinco) Período do dia e duração aproximada de cada aula:

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

TABELA COM PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÃO MUNICIPAL. Prefeito Vice-prefeito. 4 meses 6 meses

TABELA COM PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÃO MUNICIPAL. Prefeito Vice-prefeito. 4 meses 6 meses Cargo Administrador de empresa de economia mista destinada à exploração de transporte urbano, que tem como acionista majoritário o município. TABELA COM PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÃO MUNICIPAL

Leia mais

CLIPPING SERVIÇO DE IMPRENSA MARÇO. imprensa@tce.go.gov.br www.tce.go.gov.br 3201.9072

CLIPPING SERVIÇO DE IMPRENSA MARÇO. imprensa@tce.go.gov.br www.tce.go.gov.br 3201.9072 CLIPPING MARÇO 18 SERVIÇO DE IMPRENSA imprensa@tce.go.gov.br www.tce.go.gov.br 3201.9072 O POPULAR O POPULAR DIÁRIO DA MANHÃ DIÁRIO DA MANHÃ ROTA JURÍDICA CAMPANHA DO TRT GOIÁS INCENTIVA TRABALHO SEGURO

Leia mais

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE. REQUERIMENTO N DE 2013 (Do Sr. Carlos Brandão)

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE. REQUERIMENTO N DE 2013 (Do Sr. Carlos Brandão) COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE REQUERIMENTO N DE 2013 (Do Sr. Carlos Brandão) Solicita que seja convocado o Ministro das Cidades, Aguinaldo Velloso Borges Ribeiro, para prestar esclarecimentos

Leia mais

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015.

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Servidores públicos recebem parabéns da Câmara de Santarém 28 de outubro é um dia para celebrar, reconhecer, valorizar e continuarmos

Leia mais

Curso de Direito Atividades de aprofundamento acadêmico nº 04 2S2015

Curso de Direito Atividades de aprofundamento acadêmico nº 04 2S2015 Curso de Direito Atividades de aprofundamento acadêmico nº 04 2S2015 Professor responsável: Ricardo Lorenzi Pupin Aluno: Semestre/turma: Disciplina: Geral Tema da atividade: Arrastões nas praias do Rio

Leia mais

Conselho protesta contra prefeitura

Conselho protesta contra prefeitura Informativo Eletrônico da SE/CNS para os conselheiros nacionais Ano VI, Brasília, 08/04/2009. Prezado (a) conselheiro (a), Estamos encaminhando um clipping de notícias do CNS na mídia. A intenção é socializar

Leia mais

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vivemos um período de crises do sistema capitalista onde a única saída para estes senhores donos do capital é privatizar as nossas vidas. Nessa sede em transformar

Leia mais

Por causa da greve, prefeitura de Florianópolis monta força-tarefa para o transporte coletivo

Por causa da greve, prefeitura de Florianópolis monta força-tarefa para o transporte coletivo Por causa da greve, prefeitura de Florianópolis monta força-tarefa para o transporte coletivo Município definiu rotas e preços de transporte alternativo, já que haverá paralisação por tempo indeterminado

Leia mais

Parlamentares fazem trajeto Porto Velho/Manaus pela BR-319

Parlamentares fazem trajeto Porto Velho/Manaus pela BR-319 Meio: Portal do Holanda Editoria: Economia Hora: 10:36h Data: 27/10/ 15 Portal do Holanda Parlamentares fazem trajeto Porto Velho/Manaus pela BR-319 Postado em 27/10/2015 às 10h36 A Fecomércio AM acompanha

Leia mais

Condutas Vedadas aos Agentes Públicos Federais

Condutas Vedadas aos Agentes Públicos Federais Condutas Vedadas aos Agentes Públicos Federais Bases legais Constituição Federal Lei das Eleições (Lei 9.504/97) Lei das Inelegibilidades (LC 64/90) Código Eleitoral Resoluções do TSE Finalidade da Legislação

Leia mais

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52 É política de boa vizinhança. Evidentemente quando você apoia um partido ou um candidato, no futuro eles vão procurar ajudá-lo, afirmou o empresário Cristiano Kok, da empreiteira Engevix, em entrevista

Leia mais

Processo Legislativo

Processo Legislativo Processo Legislativo Os Projetos de Lei Ordinária e de Lei Complementar são proposições que visam regular toda a matéria legislativa de competência da Câmara e devem ser submetidos à sanção do prefeito

Leia mais

MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014

MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014 1 ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014 Excelentíssimo Senhor Vereador Manoel Airton Pereira, Presidente da Câmara Municipal;

Leia mais

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES 1) Já completei 25 anos como professora em sala de aula, tenho hoje 45 anos de idade, com esta idade vou aposentar

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 1.787-A, DE 2011 (Do Sr. Antonio Bulhões)

PROJETO DE LEI N.º 1.787-A, DE 2011 (Do Sr. Antonio Bulhões) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 1.787-A, DE 2011 (Do Sr. Antonio Bulhões) Acrescenta parágrafo ao art. 115 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002217/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/10/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053080/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.035134/2010-15 DATA DO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 22.579. INSTRUÇÃO Nº 111 CLASSE 12ª DISTRITO FEDERAL (Brasília).

RESOLUÇÃO Nº 22.579. INSTRUÇÃO Nº 111 CLASSE 12ª DISTRITO FEDERAL (Brasília). RESOLUÇÃO Nº 22.579 INSTRUÇÃO Nº 111 CLASSE 12ª DISTRITO FEDERAL (Brasília). Relator: Ministro Ari Pargendler. CALENDÁRIO ELEITORAL (Eleições de 2008) O Tribunal Superior Eleitoral, usando das atribuições

Leia mais

ORIENTAÇÕES AOS AGENTES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS NO ANO ELEITORAL 2016

ORIENTAÇÕES AOS AGENTES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS NO ANO ELEITORAL 2016 ORIENTAÇÕES AOS AGENTES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS NO ANO ELEITORAL 2016 Apresentação: As Eleições Municipais ocorrerão no dia 02/10/2016, primeiro domingo do mês de outubro. Escolheremos o

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

ESTADO DE GOIÁS ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA RELATÓRIO DA VISITA FEITA AO CENTRO DE INSERÇÃO SOCIAL DE ANÁPOLIS (PRESÍDIO DE ANÁPOLIS), REALIZADA EM 25 DE MAIO DE 2011, PELA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria 1.1.1 03/02 ( sexta feira ) 17h 1.1.1.1 Convocar membros da diretoria

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina TOP ATUALIDADES Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina Campanha de Beto Richa (PSDB) é investigada por compra de madeira com propina Polícia prende ex-presidente da Assembleia de

Leia mais

Cidades com metas. Planejamento. Leis que obrigam prefeitos a cumprir promessas de campanha começaram em São Paulo e hoje estão em 28 municípios

Cidades com metas. Planejamento. Leis que obrigam prefeitos a cumprir promessas de campanha começaram em São Paulo e hoje estão em 28 municípios Planejamento Fernando Stankuns/Creative Commons Trecho do Rodoanel, que faz parte do Programa de Metas paulistano Cidades com metas Leis que obrigam prefeitos a cumprir promessas de campanha começaram

Leia mais

UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA

UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA UNVERSDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO REITOR COMISSÃO DA VERDADE TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTA Entrevista realizada em: 5.6.2013 Hora: 16h30min. Local: Sala do prof. Almir Bueno CERES Caicó/RN

Leia mais

DECRETO Nº 15.248, DE 02 DE JULHO DE 2013

DECRETO Nº 15.248, DE 02 DE JULHO DE 2013 DECRETO Nº 15.248, DE 02 DE JULHO DE 2013 Regulamenta a concessão da licença para atividade política, do afastamento para o exercício de mandato eletivo e da licença para desempenho de mandato classista

Leia mais

LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014

LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014 LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014 Dispõe sobre concessão de diária aos Vereadores e servidores que menciona e dá outras providências. A Câmara Municipal de Piranguinho aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

Voluntariado. Sete dicas para ser um voluntário. Por Redação EcoD

Voluntariado. Sete dicas para ser um voluntário. Por Redação EcoD Voluntariado Sete dicas para ser um voluntário Por Redação EcoD O Dia Internacional dos Voluntários, celebrado no dia 5 de dezembro, pode inspirar muitas pessoas a dedicarem seu tempo e talento em prol

Leia mais

Vol. VII. Instituições de Saúde. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br

Vol. VII. Instituições de Saúde. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Instituições de Saúde Vol. VII Manual de Segurança A Apresentação s instituições de saúde, principalmente os hospitais, são freqüentemente vítimas de ataques externos

Leia mais

Caio Henrique Salgado

Caio Henrique Salgado Giro 30/11/2015 06:00 Caio Henrique Salgado Início da gestão por OSs nas escolas pode ficar para segundo semestre Integrantes do governo estadual avaliam que o início da gestão por Organizações Sociais

Leia mais

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA SESSÃO, EXTRAORDINÁRIA, DA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 5ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO... Aos vinte e sete dias do mês de

Leia mais

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE. REQUERIMENTO N DE 2005 (do Sr. EDUARDO PAES )

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE. REQUERIMENTO N DE 2005 (do Sr. EDUARDO PAES ) COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE Senhor Presidente, REQUERIMENTO N DE 2005 (do Sr. EDUARDO PAES ) Solicita seja convidada a Sra. Isabel carneiro Silva. Nos termos regimentais, requeremos

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO ASSEMBLEIA LEGISLATIV

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO ASSEMBLEIA LEGISLATIV Pág. 214 DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO ASSEMBLEIA LEGISLATIV TIVA DE RONDÔNIA DO-e-ALE/RO Nº 032 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, ANO IV SUMÁRIO SUP. DE RECURSOS HUMANOS... Capa SECRETARIA GERAL... 0214 TAQUIGRAFIA...

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N DE 2014 (Do Sr. Antonio Imbassahy)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N DE 2014 (Do Sr. Antonio Imbassahy) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N DE 2014 (Do Sr. Antonio Imbassahy) Requer informações à Ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Sra. Maria do Rosário Nunes, sobre as

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS "As manifestações são parte indissociável do nosso processo de ascensão

Leia mais

www.brasil-economia-governo.org.br

www.brasil-economia-governo.org.br O Brasil deve adotar o voto distrital? Pedro Nery 1 Proposta recorrente nos debates sobre reforma política, o voto distrital é exaltado por suas vantagens em relação ao sistema de voto proporcional para

Leia mais

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto.

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto. Vem pra urna! Justiça Eleitoral Cartório Eleitoral - ES www.tre-es.jus.br. #vempraurna Cartilha educativa da Justiça Eleitoral sobreo poder do voto. Material desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º

Leia mais

CAPÍTULO I Das Organizações Sociais

CAPÍTULO I Das Organizações Sociais Dispõe sobre a qualificação de entidades como organizações sociais e dá outras providências O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Os direitos dos trabalhadores no Brasil não caíram do céu, não

Os direitos dos trabalhadores no Brasil não caíram do céu, não Por que esta cartilha? Os direitos dos trabalhadores no Brasil não caíram do céu, não foram concessões patronais ou de governos, como os patrões tentam nos fazer parecer. A história da classe trabalhadora

Leia mais

Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais OS no âmbito municipal, e dá outras providências.

Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais OS no âmbito municipal, e dá outras providências. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPIVARI DO SUL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL LEI MUNICIPAL Nº 884, DE 19 DE AGOSTO DE 2014. Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais OS no âmbito municipal,

Leia mais