1) Adiantamento Unidade Central para UREGI: (Essa rotina será feita Unidade Central)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1) Adiantamento Unidade Central para UREGI: (Essa rotina será feita Unidade Central)"

Transcrição

1 Capacitação Sistema Protheus Acessar o Protheus Módulo Financeiro Informar o número da matricula do funcionário Informar senha cadastrada Será exibida a tela abaixo para escolher o módulo financeiro: Inserir o código 06 e clicar em Entrar 1) Adiantamento Unidade Central para UREGI: (Essa rotina será feita Unidade Central) Atualizações Contas a pagar Contas a pagar 1

2 Clicar Incluir Selecionar a filial e clicar em OK 2

3 Preenchimento dos campos: Prefixo: ADU Número: formato da data (ANOMESDIA) Tipo: ADU Natureza: Fornecedor: UREGI que vai receber o adiantamento Loja: Preenchido automaticamente pelo sistema após informar o fornecedor Data Emissão: Data de inclusão do sistema e é preenchida automaticamente Data Vencimento: Data que o recurso será disponibilizado para a UREGI Venc. Real: Preenchido automaticamente pelo sistema Verba/meta: definido na autorização do adiantamento Valor Título: Valor do adiantamento Centro de custo: definido na autorização do adiantamento para extra fluxo; Se o adiantamento for fluxo de caixa o centro de custo é o da UREGI. Histórico: Descrever para qual finalidade é o adiantamento. Os campos após o histórico não precisam ser preenchidos Após o lançamento dos dados clicar em CONFIRMAR 1.1) UREGI recebendo o adiantamento No momento que a UREGI receber o crédito em sua conta bancária, deverá entrar com este valor no PROTHEUS. Para isso, acessar a seguinte rotina: 3

4 Atualizações Movimento bancário Movimento bancário Clicar em Ações Relacionadas e em Receber Preencher os dados e clicar em Confirmar 4

5 Campos para preenchimento: DT Movimento: data do crédito na conta bancária da UREGI Numerário: M1 Vlr Movimento: valor do crédito na conta Natureza: Verba/meta: verba/meta que está informada na remessa de recurso Item Contab: item informado na remessa de recurso Banco: selecionar o banco Agência/ Conta banco: preenchido automático pelo sistema Num cheque: deixar em branco Documento: deixar em branco Beneficiário: deixar em branco Histórico: descrição da finalidade do crédito Após o campo histórico deixar os outros campos em branco Após o preenchimento dos campos clicar em Confirmar Observação: Todo crédito na conta da UREGI deve ser feito a rotina acima, diferenciando a natureza de acordo com o crédito, um movimento bancário a receber. 2) Adiantamento da UREGI para ESLOC ou Funcionário Atualizações Contas a pagar Contas a pagar Pressionar a tecla F12 e aparecerá a tela parâmetros abaixo: Na pergunta gera cheque para adiantamento clicar em sim, se o adiantamento for usar cheque, caso contrário clicar em não Clicar em Incluir conforme circulado acima e será exibida a seguinte tela: 5

6 Após preencher o campo Tipo, será exibida a tela ao lado para informar os dados referente ao cheque e após preenchimento clicar em OK. Campos para preenchimento: Prefixo: PA Número: formato de data (ANOMESDIA) Tipo: PA Preencher a tela que irá ser exibida com os dados do cheque Natureza:

7 Fornecedor: Funcionário ou ESLOC Data de emissão: data de entrada no sistema Data de vencimento: data que será disponibilizado o adiantamento Vencimento real: preenchido automaticamente pelo sistema Vlr. Titulo: valor do título Verba/meta: selecionar de acordo com o adiantamento Item: selecionar de acordo com o adiantamento Centro de custo: onde o funcionário pertence Histórico: descrição da finalidade do adiantamento Após o campo histórico deixar em branco Após preencher esses campos clicar em CONFIRMAR circulado na tela acima. 2.1) Diversos PA s com mesmo cheque Esta rotina será utilizada para pagamentos de diversos adiantamentos que serão realizados com um único cheque. Incluir um título do tipo PA para cada adiantamento sem inserir o número do cheque. Como? Executar a rotina do item 2.0 e quando for exibida a tela para informar os dados do cheque não informar o número do cheque. Após incluir todos os PA s executar a seguinte rotina: Atualizações Contas a pagar Geração de cheques Clicar em Juntar para selecionar os títulos que serão pagos com o mesmo cheque Aparecerá a seguinte tela: 7

8 Preenchimento dos campos: Banco: selecionar o banco de onde está sendo efetuado o pagamento Agência / Conta: preenchido pelo sistema Cheque número: preencher com o número do Cheque Data do Cheque: Data da emissão do Cheque Historio: Discriminar o que está sendo pago Valor: Valor do total cheque Natureza: Fornecedor, loja e portador: Deixar em branco. Clicar em ok conforme circulado e aparecerá a seguinte tela: Verificar se o total selecionado na tela corresponde ao valor de todos os PA s pagos com aquele cheque Clicar em Confirmar para gerar o cheque para os títulos selecionados 8

9 3) ESLOC ou funcionário prestando contas do PA recebido Digitar todos os documentos que fazem parte da prestação de contas, ou seja, as despesas; Se for nota fiscal eletrônica, cupom fiscal, nota fiscal série D, deverá ser digitado em contas a pagar, entrada de nota fiscal; Se for recibo de taxi, pedágio, diárias, deverá ser digitado em contas a pagar, contas a pagar. A natureza deverá ser selecionada de acordo com a despesa do produto ou serviço; Quando a despesa for diária, deverá fazer a seguinte rotina: Atualizações Contas a pagar Contas a pagar Preencher os seguintes campos: Prefixo: PCI Número título: formato de data (ANOMESDIA) Tipo: PCI Natureza: Fornecedor: Funcionário ou ESLOC Data de emissão: data de entrada no sistema Data de vencimento: data de entrada no sistema Verba/meta: verba que consta no relatório de viagem / PCI Centro de custo: local a que o empregado está lotado Após preencher os campos clicar em CONFIRMAR 9

10 Após digitar os documentos que fazem parte da prestação de contas, deverá ser feito a compensação do PA da seguinte forma: Atualizações Contas a pagar Compensação CP Selecionar o PA e clicar em compensação Após clicar em compensação aparecerá a seguinte tela: 10

11 Clicar ok Abrirá a seguinte tela: Nesta tela primeiramente desmarcar o título que vem marcado e depois deve ser dado clique duplo nos títulos que fazem parte da prestação de contas e compensar. Aparecerá a seguinte tela: 11

12 Clicar ok Clicar em ok novamente e o PA será compensado Se o valor compensado for menor que o valor do PA, o saldo deverá ser devolvido para a UREGI na seguinte rotina: Atualizações Contas a pagar Baixas pagar man Selecionar o PA a ser baixado e clicar em Baixar 12

13 Preenchimento dos campos: Motivo de baixa: DACAO Banco: Selecionar o banco da UREGI (F3) Agencia e Conta: Preenchimento será automático Hist. Baixa: Devolução NOME DO FUNCIONARIO Clicar em Confirmar Observação: Essa baixa deverá ser feita somente quando o funcionário devolver para o banco da UREGI, ou seja, a UREGI identificar o crédito em sua conta bancária. Quando o crédito estiver na conta da UREGI a mesma deverá efetuar a seguinte rotina: 13

14 Acessar: Atualizações Movimento Bancário Movimento Bancário Clicar em Ações Relacionadas - Receber Será exibida a seguinte tela: DT Movimento: Data que o crédito foi identificado na conta conforme extrato bancário Numerário: Preencher com M1 Vlr. Movime: Valor de depósito 14

15 Natureza: Verba/Meta: Verba que corresponde a esta devolução Item Contabil: Item que corresponde a esta devolução Banco: Banco da UREGI Agencia e Conta: São preenchidos automaticamente Histórico: Discriminar o recebimento, informando o nome, escritório local e verba. Após o preenchimento desses campos, clicar em Confirmar 3.1) PA complementar, valor das despesas superior ao valor do PA original Quando a soma das despesas for maior que o valor do PA (adiantamento), deverá ser criado um PA complementar e posteriormente compensar o valor remanescente das despesas ao PA complementar. Atualizações Contas a pagar Contas a pagar Pressionar a tecla F12, aparecerá a tela de Parâmetros. Na pergunta gera cheque para adiantamento clicar em sim, se o adiantamento for usar cheque, caso contrário clicar em não. Clicar em Incluir 15

16 Preenchimento dos campos: Prefixo: PAC (Pagamento Antecipado Complementar) Número: formato de data (ANOMESDIA) Tipo: PA Nesse momento abrirá uma tela onde deverá ser preenchido o banco no qual está saindo o adiantamento, o número do cheque, o histórico e o beneficiário, após preencher esses campos clicar em ok. Natureza: Fornecedor: Funcionário ou ESLOC Centro de custo: CPI do ESLOC ou de onde o funcionário pertence; Verba/meta: selecionar de acordo com o adiantamento; Data de emissão: Data de entrada no sistema Data de vencimento: Após preencher esses campos clicar em confirmar. Depois de feito esses passos, deverá ser efetuada a rotina de compensação novamente, concluindo a prestação de contas. 3.2) Reembolso de prestação de contas Atualizações Contas a pagar Contas a pagar Realizar a rotina 3.1. Prefixo: RPC (reembolso prestação de contas) Tipo: PA 16

17 Nesse momento abrirá uma tela onde deverá ser preenchido o banco no qual está saindo o adiantamento, o número do cheque, o histórico e o beneficiário, após preencher esses campos clicar em ok. Natureza: Fornecedor: Funcionário ou ESLOC Centro de custo: CPI do ESLOC ou de onde o funcionário pertence; Verba/meta: selecionar de acordo com o adiantamento; Data de emissão: Data de entrada no sistema Data de vencimento: Após preencher esses campos clicar em confirmar. Depois de feito esses passos, deverá ser efetuada a rotina de compensação novamente, concluindo a prestação de contas. 4) Devolução da UREGI para Unidade Central No momento que acontecer o débito na conta bancária da UREGI, a mesma deverá dá saída desse valor no PROTHEUS, na seguinte rotina: Atualizações Movimento bancário Movimento bancário Clicar em PAGAR Nesse momento abrirá a seguinte tela: 17

18 Numerário: M1 Valor: valor da devolução Natureza: Verba/meta: mesma verba do adiantamento Item contábil: mesmo item do adiantamento Banco: banco da UREGI Agência: preenchimento automático Conta: preenchimento automático Histórico: preencher com informações que identifique a operação Após preenchimento dos campos clicar em CONFIRMAR 5) Recebimento de receita na conta bancária (crédito rural) Atualizações Movimento bancário Movimento bancário Ações relacionadas Receber Numerário: M1 Valor: valor da receita recebida Natureza: Verba/meta: 0009 Item: 0009 Banco: selecionar o banco que foi creditado o valor Agência: preenchimento automático Conta: preenchimento automático Histórico: preencher com informações que identifique a operação Após preenchimento dos campos clicar em CONFIRMAR 18

19 6) Emissão e pagamento do DAE referente crédito em conta (crédito rural) Atualizações Movimento bancário Movimento bancário Pagar Numerário: M1 Valor: valor da receita recebida Natureza: Verba/meta: 0009 Item: 0009 Banco: selecionar o banco que foi creditado o valor Agência: preenchimento automático Conta: preenchimento automático Histórico: preencher com informações que identifique a operação Após preenchimento dos campos clicar em CONFIRMAR 7) Recebendo o recurso de Rescisão de contrato ou bolsa estágio Atualizações Movimento bancário Movimento bancário Ações relacionadas Receber Preenchimento dos campos: Numerário: M1 Valor: valor da receita recebida Natureza: Verba/meta: 0009 Item: 0009 Banco: selecionar o banco que foi creditado o valor Agência: preenchimento automático Conta: preenchimento automático Histórico: preencher com informações que identifique a operação Após preenchimento dos campos clicar em CONFIRMAR; 7.1) Pagamento da RCT ou bolsa estágio Atualizações Contas a pagar Baixas Pagar Manual Aparecerá a seguinte tela: 19

20 Selecionar o título com o prefixo FOL e clicar em baixar Aparecerá a seguinte tela: 20

21 Preenchimento dos campos: Mot. Baixa: Normal, se o pagamento for com cheque, caso contrario Debito cc Banco: selecionar o banco Agencia / conta: preenchimento automático pelo sistema Data pagto: data do pagamento Data debito: data do pagamento Hist. Baixa: Vr. Pagto RCT ou bolsa estágio Fulano de tal Clicar em CONFIRMAR 8) Pagamento utilizando um cheque para vários fornecedores: Atualizações Contas a pagar Baixas Manual Aparecerá a seguinte tela: Selecionar o título e clicar em baixar Aparecerá a seguinte tela: 21

22 Clicar em confirmar Preenchimento dos campos: Mot. Baixa: Normal (pagamento em cheque) Banco: selecionar o banco de onde está sendo efetuado o pagamento Agencia / conta: Preenchimento automático pelo sistema Cheque número: deixar em branco Data do Pagamento: data que o título está sendo pago Data do débito: data que o título está sendo pago Histórico da baixa: discriminar o que está sendo pago Repetir esta rotina para todos os fornecedores que serão pagos com o mesmo cheque Após a seleção dos títulos, executar a seguinte rotina: Atualizações Contas a pagar Geração de cheques Clicar em juntar Aparecerá a seguinte tela: 22

23 Banco: selecionar o banco de onde está sendo efetuado o pagamento Cheque número: preencher com o número do Cheque Data do Cheque: Data da emissão do Cheque Historio: Discriminar o que está sendo pago Valor: Valor do total cheque Natureza: Clicar em OK Aparecerá a seguinte tela: 23

24 Verificar se os títulos marcados é o valor total do cheque e clicar em confirmar. 9) Prestação de contas da Uregi Após efetuar todas as rotinas, entrada de títulos (despesas), compensação de PA, pagamentos (baixas pag man), realizar a rotina de prestação de contas. 9.1) Prestação de contas Funcionário Atualizações Prest.Contas Manut Prest. 24

25 Clicar em Incluir Abrirá a tela de parâmetros, definir os mesmos de acordo com a prestação de contas que vai ser gerada. Prestação: selecionar funcionário Associa PC: não Funcionário: selecionar o nome do funcionário Período: selecionar o mês que corresponde a prestação; Filial: já está selecionado 25

26 Centro de custo: preencher com o centro de custo que o funcionário pertence Verba: selecionar a verba Após clicar em OK Aparecerá a seguinte tela: Nesta tela selecionar os títulos que compõe a prestação do funcionário, após selecionar clicar em gerar pc Clicar em Sim 9.2) Prestação de contas do ESLOC Repetir a rotina 9.1, até a tela de parâmetros. 26

27 Na tela de parâmetros preencher os seguintes campos: Prestação: selecionar ESLOC Associa PC: sim Funcionário: deixar em branco Período: deixar em branco Filial: já está selecionado Centro de custo: preencher com o centro de custo do ESLOC Verba: selecionar a verba Após clicar em OK Aparecerá a seguinte tela: Selecionar a prestação e clicar em gerar pc Clicar em Sim 27

28 Se não tiver títulos Se tiver títulos Se a opção for sim aparecerá a seguinte tela: Selecionar o mês Preencher o C. Custo e a verba Após clicar em OK aparecerá a seguinte tela: 28

29 Nesta tela selecionar os títulos que compõe a prestação do ESLOC, após selecionar clicar em gerar pc. 9.3) Prestação de contas UREGI Repetir a rotina 9.1 até a tela de parâmetros Na tela de parâmetros preencher os seguintes campos: Prestação: selecionar UREGI Associa PC: sim Funcionário: deixar em branco Período: selecionar o mês que corresponde a prestação; 29

30 Filial: já está selecionado Centro de custo: deixar em branco Verba: selecionar a verba Após clicar em OK Aparecerá a seguinte tela: Selecionar a prestação e clicar em gerar pc Repetir a rotina das páginas 27 e 28 Aparecerá a seguinte tela: Selecionar a prestação e clicar em gerar pc Selecionar a prestação e clicar em gerar pc 30

31 Selecionar os títulos que fazem parte da prestação.após selecionar clicar em gerar pc. Clicar em ações relacionadas relatórios 31

32 10) Conciliação Bancária Esta rotina tem o objetivo de confrontar o extrato bancário com o extrato do sistema, permitindo a conciliação das contas junto ao banco. Atualizações Movimento bancário Conciliação Bancária Clicar em no botão Conciliação. Será exibida a tela abaixo: Clicar em OK Todos - Ao selecionar esta opção serão visualizados todos lançamentos das movimentações bancárias, sejam estes conciliados ou não. 32

33 Conciliados Ao selecionar esta opção serão visualizados os lançamentos das movimentações bancárias que já foram conciliadas. Não-Conciliados - Ao selecionar esta opção serão visualizados os lançamentos das movimentações bancárias que não foram conciliadas. Após clicar em OK aparece a seguinte tela: Clicar em OK Preencher os campos: Banco: selecionar o banco da UREGI Agência: preenchimento automático pelo sistema Conta: preenchimento automático pelo sistema De: data inicial da movimentação a ser conciliada Até: data final da movimentação a ser conciliada Após clicar em OK aparece a seguinte tela: 33

34 Após a seleção clicar em confirmar. Nessa tela aparece toda a movimentação. Marcar somente as operações bancárias constantes no extrato bancário emitido pelo agente financeiro. Após clicar em confirmar aparecerá a seguinte tela: Clicar em cancelar Clicar em cancelar 34

35 Clicar em sair Observações: É importante que essa rotina seja realizada semanalmente para que não acumule muitos lançamentos para conferência. Para os títulos que foram baixados com o cheque, só deve ser realizada a conciliação do mesmo se o cheque já estiver sido compensado. 11) Extrato da Movimentação Bancária A conferência da conciliação realizada acima deve ser baseada pelo relatório Extrato Bancário emitido pelo sistema que deverá ser acessado conforme caminho abaixo: Este relatório mostra toda a movimentação bancária da conta da uregi, demonstrando as entradas e saídas de acordo com o extrato da conta bancária emitido pelo banco. Para acessar o relatório: Atualizações Relatórios Movimento Bancário Extrato Bancário 35

36 Clicar em Ações Relacionadas Parâmetros Será exibida a tela de parâmetros para que sejam escolhidos os dados que devem ser exibidos no relatório de extrato bancário. 36

37 Definido os parâmetros clicar em OK Aparecerá a seguinte tela: Observação: Para que o relatório de extrato bancário do Protheus seja igual ao extrato do banco, deve-se informar no campo Conciliação da tela acima a opção Conciliados. 37

38 12) Entrada de Títulos Esta rotina será utilizada para as despesas que não possuírem NF, por exemplo: Pedágios, táxi, aluguéis, estacionamento. Atualizações Contas a Pagar Contas a Pagar Clicar em Incluir Após preenchimento dos campos clicar em Confirmar 38

39 Campos para preenchimento: Prefixo: Clicar no F3 e selecionar o prefixo Recibo Nº do Titulo: Se o titulo tiver numeração preencher o campo com o número informado no recibo, se não tiver, preencher conforme o modelo Ano/mês/dia : Tipo: Clicar no F3 E selecionar o tipo Recibo Natureza: Clicar no F3 e selecionar a natureza da despesa Vencimento Real: Data de vencimento do recibo, data que ele será pago ao fornecedor. Vlr. Titulo: Valor do recibo Verba/Meta: Clicar no F3 e selecionar a verba/meta referente a despesa Item: Clicar no F3 e selecionar a verba/meta referente a despesa Centro de Custo: Clicar no F3 e selecionar a verba/meta referente a despesa Histórico: Pgto Nome da despesa, Nome do Fornecedor Acréscimo: Preencher se for caso. Decréscimo: Valor a ser aplicado ao titulo. Poderá ser utilizado em substituição ao título de abatimento IRRF : o programa calcula automático. INSS: o programa calcula automático. Gera DIRF: SIM: Preencher sempre que o titulo tiver retenção federal. (IRRF, PIS/Cofins/CSLL) NÃO: Preencher quando o titulo não contém retenções. Cod. Retenção: Informar o código de retenção do tributo. Exemplo: IRRF 3208 IRRF Alugueis 5952 PIS/Cofins/CSLL Observação: Quando o titulo incluso tiver incidência de IRRF o programa calculará automaticamente o valor conforme a tabela de IRRF e converterá o título para o valor líquido deduzindo o imposto de renda. 13) Entrada de Notas Fiscais Esta rotina será utilizada quando a comprovação das despesas for com através dos seguintes documentos: NF-e, NF, Cupom Fiscal, Nota Fiscal série D, bilhete de passagem. Atualizações Contas a Pagar Entrada de Nota Fiscais 39

40 Clicar em Incluir Aparecerá a seguinte tela: Após preenchimento dos campos, verificar nas abas conforme indicado pelas setas se os lançamentos estão corretos

41 Campos para preenchimentos: Tipo da Nota: Normal Form. Prop.: Não Número: Preencher a numeração da nota conforme documento. Observação: A numeração deverá ter obrigatoriamente 9 dígitos Série: Verificar a série na nota fiscal conforme documento. DT Emissão: Preencher a data de emissão conforme a nota fiscal. Fornecedor: Clicar na lupa ou pressionar a Tecla F3. Produto: Clicar duas vezes ou acionar a tecla F3 e selecionar o produto Unidade: O programa preencherá automaticamente o campo, buscando a informação do cadastro de fornecedores. Quantidade: Colocar a quantidade conforme discriminado na nota fiscal. Vlr. Unitário: Colocar o valor conforme a nota fiscal. Vlr. Total: Preenchimento automático pelo programa. Centro de Custo: Clicar na lupa ou pressionar a Tecla F3 para selecionar o centro de custo Do documento Tipo Entrada: Clicar na lupa ou pressionar a tecla F3 e selecionar a TES(Tipo de Entrada ou Saída) Observação: Este campo é um dos mais importantes para a entrada de Nota Fiscal, para seleção da TES verificar na nota fiscal a que situação se refere, cada TES especifica uma espécie de compra. Se a nota fiscal constar o número da OF, preencher selecionando o campo na barra de rolagem. Verificação das informações contidas nas abas: 1 - Aba Totais: Verificar se o valor confere com o total da nota fiscal. 2- Aba Inf. do Fornecedor/Cliente: Verificar se os dados do fornecedor esta correto. 3 Aba Desconto/Frete/despesas: Verificar se os dados estão de acordo com a nota fiscal. 4 Aba Livros Fiscais: Verificar as informações. OBS: - A Emater é ISENTA de ICMS, logo toda compra de mercadoria com Incidência do imposto, para o preenchimento dos Livros Fiscais da Emater deverá o valor total da Nota aparecer na coluna Valor Contábil e na coluna ICMS Outros. -Quando se tratar de nota fiscal de serviço, o valor do ISSQN destacado ou retido, conforme for caso. -Na coluna Valor Contábil: o total da nota. -Na coluna Base p/icms : a base do ISSQN. -No ICMS tributável: o valor do ISSQN, ou na coluna outros se o imposto não foi recolhido pela Emater. 5- Aba Impostos: 41

42 Aba ISS, não precisa preencher. Verificar se esses valores estão corretos Gera DIRF : SIM: se na nota fiscal tiver retenção de impostos que devem ser informados na DIRF. NÃO: se na nota fiscal não tiver retenção e não precisará preencher o Cod. Retenção Cd. Retenção: Clicar na? e selecionar o código do imposto. 6 Aba Duplicatas: Verificar a condição de pagamentos e digitar a Natureza. Em seguida pressionar tecla TAB. 7 Aba Nota Fiscal Eletrônica: é usada somente nas notas fiscais de saída. 8 Aba Lançamento da Apuração do ICMS: Não será usada, pois a Emater na faz apuração de ICMS. 9 Aba de Informações do DANFE: Preencher somente o campo Chave NF-e inserindo os 44 dígitos que compõe a chave de acesso. Após as verificações acima clicar no botão Confirmar 14) Baixa de títulos sem PA As despesas que fazem parte da prestação de contas da UREGI que não tem PA, os títulos deverão ser baixados na seguinte rotina: Atualizações Contas a pagar Baixas pagar man Será exibida a seguinte tela: 42

43 Selecionar o título e clicar em baixar Aparecerá a seguinte tela: Clicar em Confirmar Preencher os campos: Mot. Baixa: Normal, se a baixa for realizada com cheque, caso contrário selecionar debito c/c Banco: selecionar o banco da UREGI 43

44 Agência: preenchimento automático Banco: preenchimento automático Cheque No.: preencher com o número do cheque Data pagt.: data do pagamento Data debito: preenchimento automático Hist. Baixa: Pagt nome do fornecedor + n documento Obs.: O Hist. Baixa aparecerá no relatório Extrato bancário, conforme mostrado no item ) Cadastros de Fornecedor Modulo: 06 - Financeiro Atualizações Cadastros Fornecedores Clicar em Incluir Aparecerá a tela abaixo: 44

45 Código: Numeração sequencial automática Loja: Sempre 01 programa preenche automático Tipo: Define o tipo da pessoa do fornecedor, podendo ser: J Pessoa Jurídica F Pessoa Física X Outros CNPJ/CPF: Há duas maneiras de preencher este campo; Opção 1 Digitar o CNPJ ou CPF e clicar em Ações relacionadas Mashups Selecionar a consulta desejada e clicar em ok. Posteriormente aparecerá uma tela de dígito de verificação Opção 2 Consultar o CNPJ na Receita Federal: Razão Social: Preencher conforme cartão de CNPJ, tamanho do campo 40 decimais, abreviar se for preciso. N. Fantasia: Colocar o nome fantasia conforme cartão de CNPJ, se não tiver colocar um nome de fácil identificação Campo Obrigatório. Observação: Sempre letra maiúscula e sem caracteres especiais. 45

46 Endereço: Preencher conforme cartão de CNPJ, tamanho 40 decimais EX: RUA TREZE, 42 OBS: este campo deve ser preenchido sempre com 3 decimais - RUA, AVE, PRA. Bairro: 20 decimais Estado: Clicar na lupa ou apertar F3 para buscar. Cod. Municipio: Clicar na lupa ou apertar F3 para buscar. Cep:Preencher conforme cartão de CNPJ. Caixa Postal: se tiver. RG/Ced.Estr: Preencher somente para pessoa Física nacional ou estrangeira. DDI: Preencher se tiver. DDD:Preencher se tiver. Telefone:Preencher se tiver. Fax: Preencher se tiver. IE : - Inscrição Estadual para Pessoa Jurídica / Número do RG para pessoa Física / Se não tiver: ISENTO Ins.Municipal : - Inscrição Municipal se pessoa jurídica / - Número do PIS se pessoa física/ Se não tiver: ISENTO País: Preenchimento automático. Descr. País: Preenchimento automático. E.mail: Preencher se tiver. Home Page: Preencher se tiver. Telex :Preencher se tiver. Cod.CBO : preencher caso seja pessoa física que preste só um tipo de serviço Cod. CNAE : preencher conforme o cadastro de CNPJ, colocar o código da atividade principal. Compl. End: Complemento de endereço do fornecedor Complemento: Complemento do endereço do fornecedor 46

47 2 PASTA : ADM/FIN- DADOS ADMINISTRATIVO E FINANCEIROS Banco: Colocar o número do banco com 3 decimais Cod. Agência: sem ponto nem traços com 5 decimais Cta. Corrente: Colocar o numero da conta sem ponto nem traços com 10 decimais. Natureza: Indica o produto ou serviço prestado Preencher sempre que for mesmo. Condição de Pagamento: 001 A Vista Maior Compra: Não preencher. Media Atraso: Não preencher. Maior Saldo: Não preencher. No Compras: Não preencher. Sld. Duplict: Não preencher. Sld. Moeda. For: Não preencher. C.Contábil: Conta Contábil é a mesma para todos os fornecedores : (não utilizar pontos) Cod.Adm: Não preencher. 47

48 3 - PASTA : DADOS FISCAIS Tp.Contr.Soc: J Jurídico F Pessoa Física L Familiar Recolhe ISS: Refere-se a retenção do ISSQN dos serviços tomados pela Emater. Sim: o fornecedor recolhe o ISSQN destacado na nota. Não: quem faz a retenção e recolhe o ISSQN destacado na nota fiscal é a Emater. Cod. Mun.ZF: Código do município utilizado para a Zona Franca de Manaus e área de Livre Comércio. Não preencher. Calc.INSS: Refere-se ao INSS na prestação de Serviços Tomados pela Emater. Sim: Este serviço esta sujeito a retenção de INSS Não: Este serviço não incide INSS. País Bacen: Preenchimento automático. Tipo Pessoa: Refere-se ao tipo de atividade prestada pelo fornecedor: CI: Comercio e Indústria PF: Pessoa Física OS: Prestação de Serviço Rec.PIS: Refere-se a retenção de PIS na nota fiscal do fornecedor. SIM: O responsável pelo recolhimento dos impostos e o fornecedor. NÃO: A responsabilidade de reter e recolher o PIS e da Emater. Rec.CSLL: Refere-se a retenção de CSLL na nota fiscal do fornecedor. SIM: O responsável pelo recolhimento dos impostos e o fornecedor. NÃO: A responsabilidade de reter e recolher o PIS e da Emater. Rec.COFINS: Refere-se a retenção de COFINS na nota fiscal do fornecedor. SIM: O responsável pelo recolhimento dos impostos e o fornecedor. NÃO: A responsabilidade de reter e recolher o PIS e da Emater. Cálc.IRRF: Refere-se a serviços tributados pelo Imposto de Renda Retido na Fonte. NORMAL: Este serviço esta sujeito a retenção de IRRF. NÃO PREENCHER: R: Caso o serviço prestado não esteja sujeito a retenção de IRRF. 48

49 4 PASTA: COMPRAS 1a Compra: Preencher. Ult Compra: Preencher não. Utiliza B2B: Não preenchimento automático. 5 PASTA : TMS Recolhe SEST: Refere-se ao recolhimento de SEST/SENAT para transportador pessoa física. SIM: O prestador de serviço e responsável pelo recolhimento do imposto. NÃO: O prestador de serviço não responsável pelo recolhimento, o imposto deve ser retido e recolhido pela Emater. Dependentes: Colocar o número de dependentes para fins de Imposto de Renda. 49

50 6 PASTA: RESIDENTE NO EXTERIOR OBS: Refere-se a fornecedor residente no exterior Não preencher. 7 PASTA: OUTROS Preencher somente o campo Opt. Simp Nac: Verificar ser o fornecedor é optante pelo simples nacional, através do site: SIM: se for optante. NÃO: se não for optante. Os outros campos: Não preencher. Selecionar: CONFIRMAR. Elaborada por: Jaqueline Martins da Silva EMATER-MG Maria Augusta Ribeiro Leite EMATER-MG Neide Helena de Paula Vasconcelos Pena EMATER-MG Colaboração: Ana Carolina Lisboa TOTVS 50

51 ÍNDICE DISCRIMINAÇÃO PÁG. Acesso ao PROTHEUS 1 Adiantamento Unidade Central para UREGI 1 a 3 UREGI recebendo o adiantamento 3 a 5 Adiantamento da UREGI para ESLOC ou Funcionário 5 a 7 Diversos PA s com mesmo cheque 7 a 8 ESLOC ou funcionário prestando contas do PA recebido 9 a 15 PA complementar, valor das despesas superior ao valor do PA original 15 a 16 Reembolso de prestação de contas 16 a 17 Devolução da UREGI para Unidade Central 17 a 18 Recebimento de receita na conta bancária (crédito rural) 18 Emissão e pagamento do DAE referente crédito em conta (crédito rural) 19 Recebendo o recurso de Rescisão de contrato ou bolsa estágio 19 Pagamento da RCT ou bolsa estágio 19 a 21 Pagamento utilizando um cheque para vários fornecedores 21 a 24 Prestação de contas da Uregi 24 a 31 Conciliação Bancária 32 a 35 Extrato da Movimentação Bancária 35 a 37 Entrada de Títulos 38 a 39 Entrada de Notas Fiscais 39 a 42 Baixa de títulos sem PA 42 a 44 Cadastros de Fornecedor 44 a 50 51

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Março/2014 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 6 2.

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios,

O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios, O AR_AUTOMAÇÃO ou AR_RETAGUARDA, é um programa feito principalmente para o gerenciamento da empresa, neste módulo encontram-se todos os relatórios, parte financeira, entrada de mercadorias entre outros.

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e

MANUAL SISTEMA NFS-e MANUAL SISTEMA NFS-e SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela 05 Menu de Opções 05

Leia mais

Auditoria Financeira

Auditoria Financeira Auditoria Financeira Processo de Uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o Módulo... 3 Contas... 3 Conta Caixa... 5 Aba Geral... 5 Aba Empresas... 8 Conta Banco... 9 Aba Geral... 9 Aba Conta Banco... 10 Aba Empresas... 12 Tipos de

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

Nota Fiscal de Serviço eletrônica NFSe. Manual de acesso e utilização do sistema

Nota Fiscal de Serviço eletrônica NFSe. Manual de acesso e utilização do sistema PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Nota Fiscal de Serviço eletrônica NFSe Manual de acesso e utilização do sistema Versão: 1.0.30 Maio/2011 SUMÁRIO 1. TELA INICIAL... 3 2. CADASTRO DO PRESTADOR... 4

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e)

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) Diretoria Geral de Tributos Biguaçu, Janeiro de 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8

Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8 Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 O QUE É GISSONLINE?... 6 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 6 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Para cadastrar uma nova conta, clique sobre o botão preencha os campos habilitados.

Para cadastrar uma nova conta, clique sobre o botão preencha os campos habilitados. Contas a Pagar de Condomínio - Sami ERP++ Neste roteiro será explicado os processos de cadastro, controle e quitação das contas a pagar de condomínios. 1. Entrada Contas a Pagar Acesse o Módulo FINANCEIRO

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Manual de Uso do Módulo. MerchFinanças

Manual de Uso do Módulo. MerchFinanças Manual de Uso do Módulo MerchFinanças Bento Gonçalves Julho de 2010 Conteúdo 1. Introdução... 4 2. Menu Cadastros... 5 2.1. Bancos/Contas... 5 2.1.1. Agências... 5 2.1.2. Bancos... 6 2.1.3. Contas... 7

Leia mais

Manual de Processo Cobrança de despesas reembolsáveis pelos clientes

Manual de Processo Cobrança de despesas reembolsáveis pelos clientes T Manual de Processo Cobrança de despesas reembolsáveis pelos clientes Processos e Conformidade Novembro/2014 Rev.0 3/18/2015 1 SUMÁRIO 1 OBJETIVO...3 2 ABRANGÊNCIA...3 3 DESENHO...4 4 PASSO A PASSO...5

Leia mais

G5 PHOENIX CONTA CORRENTE

G5 PHOENIX CONTA CORRENTE G5 PHOENIX CONTA CORRENTE CONTA CORRENTE Conta Corrente é um controle de contas a pagar e a receber que possibilitará, entre outras coisas, controle das retenções incidentes nos pagamentos e recebimentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIETÊ

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIETÊ PREFEITURA MUNICIPAL DE TIETÊ Nota Fiscal Digital de Serviços A Nota Fiscal Digital é um documento cujo valor é de um arquivo eletrônico assinado digitalmente, que apresenta algumas características como

Leia mais

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN.

VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE FINALIZAÇÃO: 10 JUN. VERSÃO 5.12.0 VERSÃO 5.0.0 FINANCEIRO NEFRODATA ESTOQUE ACD2016 FINALIZAÇÃO: 10 JUN. 13 04 NOV.2014 FEV. 201313 JUN. 2016 PUBLICAÇÃO: Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 Sumário 1. O que é NFe? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1 Cadastro de Cliente 3.2 Cadastro de Produto 3.3 Cadastro de Transportadora 4. Emissão de NFe 4.1 Emitir Nova

Leia mais

RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados

RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados Manual de envio das remessas de RPS para UPLOAD, V1.00 P a g e 1 NFWeb RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados Conteúdo do arquivo com os dados do RPS Um ou mais RPS

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

Boletim Técnico. Transferência Crédito ICMS na NF-e

Boletim Técnico. Transferência Crédito ICMS na NF-e Transferência Crédito ICMS na NF-e Produto : Datasul Faturamento TOTVS 12 Chamado : TRFOE6 Data da criação : 26/01/2015 Data da revisão : 26/01/2015 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Efetuada

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 2 Instalação o o o o Baixar o Setup v3.5.38.exe disponível no site do BNB Executando o aplicativo aparecerá a imagem abaixo Clique

Leia mais

MANUAL DO CONTADOR 1ª

MANUAL DO CONTADOR 1ª ISSQN Escrituração e Nota Fiscal Eletrônica MANUAL DO CONTADOR 1ª edição 2011 Conteúdo Introdução...3 1. Enquadramento das empresas no item da lista de serviços municipal...4 1.1 Lista de serviços municipal...4

Leia mais

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Manual prático Pág. 2 - EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Pág. 8 - ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA Pág. 9 - VERIFICAR REGISTRO DE RPS Pág. 11 - TRANSMISSÃO

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO () Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br Sumário Configurações iniciais... 3 Acessando o sistema... 3 Alterando a senha de acesso... 3 Cadastrando clientes... 4 Cadastrando

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais

AOS: INSPETORES SETORIAIS Manaus, 28 de janeiro de 2009. Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte:

AOS: INSPETORES SETORIAIS Manaus, 28 de janeiro de 2009. Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte: COMUNICAÇÃO INTERNA Nº 02 AOS: INSPETORES SETORIAIS Manaus, 28 de janeiro de 2009 Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte: 1 EMISSÃO DA GUIA DE RECOLHIMENTO

Leia mais

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br Manual do Site 1 Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br 2 Tela Inicial do Front End 3 Marque o campo Pessoa Jurídica 4 Digite o CNPJ de sua Empresa (corrido,sem traço,

Leia mais

Índice 1. FOX COMPRAS... 7 2. CADASTROS... 8

Índice 1. FOX COMPRAS... 7 2. CADASTROS... 8 Fox Compras 1/181 Índice 1. FOX COMPRAS... 7 2. CADASTROS... 8 2.1. Geral / Cadastros de Empresas... 8 2.1.1. Principais... 8 2.1.2. Específicos... 11 2.1.3. Endereços... 15 2.1.4. Contatos... 16 2.1.5.

Leia mais

Conta Fácil. Manual do usuário - 8 a. edição. Financeiro, compras, vendas, estoque, faturamento, cobrança, serviços e livros. fiscais.

Conta Fácil. Manual do usuário - 8 a. edição. Financeiro, compras, vendas, estoque, faturamento, cobrança, serviços e livros. fiscais. Conta Fácil Financeiro, compras, vendas, estoque, faturamento, cobrança, serviços e livros fiscais. Manual do usuário - 8 a. edição Tecnologia que simplifica Allsoft 1 Informática Ltda. Tecnologia que

Leia mais

TELA INICIAL: BOTÕES INICIAIS:

TELA INICIAL: BOTÕES INICIAIS: Sumário 1. Tela Inicial... 02 2. Venda [F1]... 03 a. Cliente [F2]... 03 b. Importar [F9]... 04 c. Produtos [F3]... 04 d. Fechamento [F4]... 05 e. Impressão, Ponto de Referência e Observações... 07 f. Consulta

Leia mais

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 A Rotina de lançamento de Notas Fiscais de Serviço foi alterada, agora os

Leia mais

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/ 1) Acesso ao sistema NFS-e na WEB A comunidade terá acesso ao NFS-e através do Site da Prefeitura Municipal de Mantena. Para acessar o sistema da NFS-e, o contribuinte deverá acessar o site: https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais

Manual Regime Especial 1

Manual Regime Especial 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo V

Treinamento Sistema Folha Union Módulo V FOLHA DE PAGAMENTO Controle FGTS / Guias Recolhimento / Remessa para banco / Encerramento anual Folha Union> Movimento> Controle de FGTS> Importar depósitos As telas de Controle de FGTS são utilizadas

Leia mais

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO 1 PARÂMETROS 1.1 Aba Geral 1. No quadro Período, no campo: Observação: Após ser efetuado o cálculo de qualquer período, o campo Inicial, não poderá mais ser alterado. Inicial, informe

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro GIA-ICMS. Instruções de Preenchimento por meio do Programa Gerador (versão 0.3.2.

Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro GIA-ICMS. Instruções de Preenchimento por meio do Programa Gerador (versão 0.3.2. Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro GIA-ICMS Instruções de Preenchimento por meio do Programa Gerador (versão 0.3.2.6) Portaria SUACIEF nº 001/2009 SUMÁRIO 1. TELA PRINCIPAL... 3 2. MENU

Leia mais

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1 MANUAL DO USUÁRIO 1 SUMÁRIO Tela de Login... 3 Telas de Atualização e Informação... 3 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Grupos... 7 Cadastro de Subgrupos... 8 Cadastro de Fornecedores... 8 Cadastro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA PINHAIS - 2014 SUMÁRIO 2 1. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e)... 3 1.1 Considerações Iniciais...

Leia mais

Movimentação de Frete

Movimentação de Frete Movimentação de Frete O objetivo desse procedimento é registrar no sistema as movimentações de CTR (Conhecimento de Transporte Rodoviário). Para realizar o lançamento de um CTR proceda da seguinte forma:

Leia mais

Manual dos procedimentos para Emissão de NFE.

Manual dos procedimentos para Emissão de NFE. Manual dos procedimentos para Emissão de NFE. CADASTRO DE CLIENTES - deve-se utilizar o programa 203. Os campos em VERMELHO são os campos de preenchimento obrigatório. Os campos em PRETO não são obrigatórios,

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

FS133.1. Sistema: Futura Server. Caminho: Contas a Receber>Boleto>Boleto Baixa. Referência: FS133.1. Versão: 2016.07.04

FS133.1. Sistema: Futura Server. Caminho: Contas a Receber>Boleto>Boleto Baixa. Referência: FS133.1. Versão: 2016.07.04 Como Baixar FS133.1 Boletos? Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Boleto>Boleto Baixa Referência: FS133.1 Versão: 2016.07.04 Como Funciona: Esta tela é utilizada para gerar arquivos que informarão

Leia mais

Curso Contas a Pagar / Receber Avançado

Curso Contas a Pagar / Receber Avançado MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Curso Contas a Pagar / Receber Avançado [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Material Desenvolvido para a Célula

Leia mais

Neo Solutions Manual do usuário Net Contábil. Índice

Neo Solutions Manual do usuário Net Contábil. Índice Manual Neo Fatura 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Configurando o software para importar dados de clientes... 3 3. Importando o cadastro de clientes... 4 4. Cadastro de Bancos... 5 5. Cadastro de Conta Correntes...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT Atualizado em 03/04/14 MANUAL DOS APLICATIVOS: SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Quando as pessoas trabalham em equipe concretizam tarefas inteiras num menor espaço de tempo e com menor esforço.

Quando as pessoas trabalham em equipe concretizam tarefas inteiras num menor espaço de tempo e com menor esforço. Quando as pessoas trabalham em equipe concretizam tarefas inteiras num menor espaço de tempo e com menor esforço. O sistema Megga Fransys trabalha em equipe com o revendedor permitindo a execução das rotinas

Leia mais

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62...

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62... 1 2 Índice Módulo Empresa......4...4 Módulo Fiscal......8...8 Módulo Folha......28 Módulo Contabil......48...48 Integração Contabil......62...62 3 4 5 1. Cadastro de empresa Antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e 130729 SUMÁRIO EMISSÃO DE NFS-E... 2 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 SELEÇÃO DA EMPRESA... 4 CONFERÊNCIA DOS DADOS E EMISSÃO

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. 2. ACESSANDO E UTILIZANDO O SISTEMA 2.1. Acessando. Sumário

1. APRESENTAÇÃO. 2. ACESSANDO E UTILIZANDO O SISTEMA 2.1. Acessando. Sumário 1 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. ACESSANDO E UTILIZANDO O SISTEMA... 2 2.1. ACESSANDO... 2 2.2. UTILIZANDO... 5 2.2.1 EMPRESA... 6 2.2.2 FINANCEIRO E CONTÁBIL... 7 2.2.3 AMBIENTAL... 8 2.2.4 SOCIAL...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA Secretaria Municipal de Finanças MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Sistema de Nota Fiscal Eletrônica - NFe

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA Secretaria Municipal de Finanças MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Sistema de Nota Fiscal Eletrônica - NFe MANUAL DE UTILIZAÇÃO Sistema de Nota Fiscal Eletrônica - NFe MARÇO DE 2014 TÍTULO CÓDIGO DATA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NFe RGD-CDS-003 20/03/2014 DOC. RELACIONADOS --- VERSÃO 1.1 ELABORAÇÃO RENAN

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa Tributada NF-e Avulsa

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa Tributada NF-e Avulsa Nota Fiscal Eletrônica Avulsa Tributada NF-e Avulsa 1 TRIBUTADA. MANUAL PARA EMISSÃO. 2014. INTRODUÇÃO A Nota Fiscal Eletrônica Avulsa - NF-e avulsa implementada pela Secretaria de Estado da Fazenda do

Leia mais

Contas a Pagar de Locação - Sami ERP++

Contas a Pagar de Locação - Sami ERP++ Contas a Pagar de Locação - Sami ERP++ Neste roteiro será explicado os processos de cadastro, controle e quitação das contas a pagar de condomínios. 1. Cadastro das Contas a Pagar Acesse o módulo FINANCEIRO/

Leia mais

Prefeitura Municipal de Barra Mansa

Prefeitura Municipal de Barra Mansa Prefeitura Municipal de Barra Mansa Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Emissão de Boletos de Locação - Sami ERP++

Emissão de Boletos de Locação - Sami ERP++ Emissão de Boletos de Locação - Sami ERP++ 1. Tabela de I.R.R.F. Acesse o módulo DIVERSOS/ CADASTROS/ TABELA DE I.R.R.F. Este programa destina-se ao cadastramento da tabela do Imposto de Renda na Fonte

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online.

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online. FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO FNDE Roteiro de orientações ao convenente para prestação de contas do Programa Caminho da Escola no SiGPC Contas Online Roteiro elaborado com o objetivo de

Leia mais

Cadastrar Fornecedores

Cadastrar Fornecedores Procedimentos para consultar e cadastrar fornecedores. Copyright 2010 flexlife todos diretos reservados www. flexlife.com.br Versão 1.0-19/01/2016 1. Para Consultar Fornecedores: 1.1 Selecione as opções

Leia mais

SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA

SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA 1 Manual prático Pág. 2 Pág. 4 Pág. 9 Pág. 11 SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DECLARAÇÃO DE NOTA FISCAL RECEBIDA GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS IMPOSTO

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Informativo de Versão 18.09cb

Informativo de Versão 18.09cb Informativo de Versão 18.09cb Índice Resulth Business... 3 Movimento Cobrança Eletrônica / Remessa (Chamado 23025)... 3 Movimento Digitação e Emissão NF-e (Chamado 23538)... 4 Cadastro de Produtos (Chamado

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER

APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER A integração de dados do Controller com a contabilidade, seja com o sistema Contábil ou com qualquer outro sistema, é feita através de lotes. Os lançamentos seguem a estrutura

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Exportação de NFS-e Página 2 de 16 Índice ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESPECIFICAÇÕES... 4 2.1. FORMATO DO ARQUIVO... 4 2.2. CONTEÚDO DO ARQUIVO... 4 2.3. TIPOS DE ARQUIVOS... 4 3. FORMATOS

Leia mais

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF)

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF) 1 Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão SEM Impressora de cupom fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa...3 2. Configurações dos Parâmetros......3 3. Cadastro de cliente...4

Leia mais

Nota: Para utilizar o quadro: LOCAL DE ENTREGA use as mesmas orientações acima, só que nesse caso, será para o local de entrega.

Nota: Para utilizar o quadro: LOCAL DE ENTREGA use as mesmas orientações acima, só que nesse caso, será para o local de entrega. EMISSÃO DA NF-E OBSERVAÇÕES: NF-e: Sugerimos que fale com um contador para que o auxilie sobre quais campos preencher e como preenchê-los para a emissão da NF-e. Informaremos aqui apenas os locais onde

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

Update Clientes Set Tipo_inscricao_estadual = "1-CONTRIBUINTE ICMS" Where [Inscrição estadual] <> "" And [Inscrição estadual] <> "ISENTO"

Update Clientes Set Tipo_inscricao_estadual = 1-CONTRIBUINTE ICMS Where [Inscrição estadual] <>  And [Inscrição estadual] <> ISENTO Projeto/Versão/Release: IS2 AUTOMOTIVE / EVOLUTION / 58 Data Release: 01/07/2014 Procedimentos Atualização: Ao adaptar tabela Configuracoes, preencher os campos novos com: [Série NFCe Padrão] = 01 [Modelo

Leia mais

TREINAMENTO LBCGAS. MODULO Financeiro

TREINAMENTO LBCGAS. MODULO Financeiro TREINAMENTO LBCGAS MODULO Financeiro INDICE 1. Faturamento de clientes 3 2. Contas a Pagar 10 3. Contas a Receber 13 4. Cartão de crédito 14 5. Cheques 18 6. Devolução de cheques 22 7. Boleto Bancário

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Acesso a NFA-e para não contribuinte:

Acesso a NFA-e para não contribuinte: Acesso a NFA-e para não contribuinte: Através da pagina da Secretaria de Estado da Fazenda (www.sef.sc.gov.br) o contribuinte não credenciado no Sistema de Administração Tributária (S@T) poderá emitir

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Ao iniciar o Finanças 2000, você será solicitado a modificar ou confirmar a Data e Hora do sistema, quando aparecer a tela abaixo.

MANUAL DO USUÁRIO. Ao iniciar o Finanças 2000, você será solicitado a modificar ou confirmar a Data e Hora do sistema, quando aparecer a tela abaixo. MANUAL DO USUÁRIO Ao iniciar o Finanças 2000, você será solicitado a modificar ou confirmar a Data e Hora do sistema, quando aparecer a tela abaixo. 1. Modifique a data e hora e lique em Confirmar, ou

Leia mais

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Início Portal Coordenador... 2 2.1. Novos Pedidos... 2 2.2. Pendências... 3 2.3. Menu... 4 2.4. Sair... 4 3. Saldo de Projetos... 5 4. Extrato

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Relatórios...3 Mix de Compra...3 Peças >> Relatórios >> Mix de Compra Peças...3 Mix de Vendas...4 Peças >> Relatórios >> Mix de Venda Peças...4 Tabela de Preços...6 Peças

Leia mais

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Para emissão da primeira Nota Fiscal eletrônica pelo Ciaf-800 a mesma deve ser obrigatoriamente uma nota de teste. Para que possa efetuar esta emissão faça o seguinte

Leia mais

ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012

ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012 ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012 1. INSTALAÇÃO DO GESTOR Confira abaixo as instruções de como instalar o sistema Gestor. Caso já tenha realizado esta instalação avance ao passo seguinte:

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação a conceitos, objetivos e finalidades da contabilidade, julgue os itens que se seguem. 51 Auxiliar um governo no processo de fiscalização tributária é uma das finalidades

Leia mais

TUTORIAL - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NA ENTRADA

TUTORIAL - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NA ENTRADA Apresentação Este tutorial descreve como devem ser lançadas as notas fiscais com Substituição Tributária na entrada, a fim de evitar inconsistências nos relatórios fiscais. Quando a nota fiscal de entrada

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e 1. Solicitar a senha Clicar na opção Solicitar Senha. Digitar o CNPJ da empresa, razão social e cadastrar uma senha, digitar novamente a senha para confirmar. Abaixo

Leia mais

MANUAL GESTOR MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail]

MANUAL GESTOR MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL GESTOR [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula de Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO SECRETARIA DE FINANÇAS / DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS Olá Tomadores de Serviço, a Prefeitura Municipal

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

Entrada de Produtos por arquivo XML. Varejo-Vestuário

Entrada de Produtos por arquivo XML. Varejo-Vestuário Entrada de Produtos por arquivo XML Varejo-Vestuário 1 Objetivo: A importação de produtos através do arquivo XML da nota fiscal eletrônica permite o controle de estoque. Não há erros no cadastro de entrada

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SISTEMA CONTÁBIL WEB versão: GA2.0.5

MANUAL DO USUÁRIO. SISTEMA CONTÁBIL WEB versão: GA2.0.5 MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA CONTÁBIL WEB versão: GA2.0.5 Atualizado em: 30/01/2010 Planeta Contábil 2009 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/25 CONSIDERAÇÕES: Este manual é destinado

Leia mais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos GISS Online Guia de Informação de ISSQN Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 25/09/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TEKSON/ TF8377 Esta legislação

Leia mais