Operando na Zona Leste desde 2004, a

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Operando na Zona Leste desde 2004, a"

Transcrição

1 Ambiental Transportes Urbanos - Edição 1 - Jan. / Fev. / Mar. de 2012 Empresa muda nome e reforça o foco no meio ambiente Operando na Zona Leste desde 2004, a empresa passou por ampla reestruturação no fim do ano passado, que culminou com a posse de uma nova equipe de gestão e a troca do nome da empresa para Ambiental Transportes Urbanos. O desafio das mudanças é reforçar a marca institucional da empresa e melhorar a qualidade no atendimento ao público, com foco especial no meio ambiente. A Ambiental opera atualmente com uma frota de mais de 80% de veículos trólebus, o que demonstra sua preocupação com a preservação do meio ambiente e o bem-estar da sociedade e de seus colaboradores. Os valores adotados pela empresa são comprometimento, inovação, criatividade, honestidade, humildade, união e respeito ao próximo, para que a missão de transportar com segurança, conforto e pontualidade seja cumprida em sua totalidade. Kassab entrega novos trólebus O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, prestigiou a entrega dos novos trólebus adquiridos pela Ambiental. Pág. 5 ISO 9001 e Saiba o que significam essas normas e como sua participação é fundamental em todo o processo de certificação. Pag. 2 Vamos reciclar as ideias? Entenda como funciona o processo de reciclagem e como é importante reciclarmos o conceito que temos de lixo. Pag. 5

2 CERTIFICAÇÃO ISO A Ambiental Transportes iniciou o processo para obter as certificações de Qualidade ISO 9001 e Ambiental ISO 14001, conforme exigência contratual da SPTrans. Uma das primeiras etapas da certificação é a criação da Política Integrada da Qualidade, cujos principais critérios são prestar serviços de transporte coletivo, visando atender as necessidades e expectativas dos clientes; valorizar o desenvolvimento da capacitação dos seus colaboradores e buscar a melhoria contínua na operação de seus processos. A função da ISO é promover a normatização (padronização) de produtos e serviços, utilizando determinadas normas, para que a qualidade dos produtos seja sempre melhorada. A ISO ficou popularizada pela série 9000, ou seja, as normas que tratam de Sistemas para Gestão e Garantia da Qualidade nas empresas. PARA QUE SERVE A ISO 9001 E 14001? Em sua essência, a ISO 9001 e são normas que visam estabelecer critérios para um adequado gerenciamento do negócio e do meio ambiente, respectivamente, tendo como foco a satisfação do cliente e o atendimento às leis ambientais, através de uma série de ações, dentre as quais podemos destacar: 1. Comprometimento com a Política Integrada, atendendo aos requisitos da Qualidade e do Meio Ambiente desde os níveis mais elevados até aos nossos operadores; 2. Promover o gerenciamento dos recursos humanos e de materiais necessários para as operações do negócio, além da preservação dos recursos naturais; 3. Implantar procedimentos, instruções e registros de trabalho para formalização de todas as atividades que afetam a Qualidade e o Meio Ambiente; 4. Monitoramento dos processos através de indicadores e tomada de ações quando os objetivos préestabelecidos não são alcançados. POLÍTICA INTEGRADA VISÃO Ser referência na prestação de serviços de transporte coletivo de passageiros diferenciandose pela qualidade no atendimento às necessidades dos nossos clientes e pela inovação tecnológica, visando o bem-estar da sociedade e o respeito ao meio ambiente. MISSÃO Oferecer um transporte seguro, confortável e pontual, com qualidade no atendimento aos nossos clientes. Atuar com produtividade, garantido o retorno do capital investido através da melhoria contínua do Sistema de Gestão Integrado. Desenvolver e capacitar permanentemente o potencial humano dos colaboradores. Comprometer-se com a preservação do meio ambiente, prevenindo a poluição através do gerenciamento dos resíduos, redução na emissão de poluentes, economia de recursos naturais e atendendo à legislação aplicável com foco nos aspectos e impactos ambientais. VALORES Comprometimento Inovação / Criatividade Honestidade Humildade União Respeito ao Próximo Expediente: Publicação Trimestral da Ambiental Transportes Urbanos Conselho Editorial: Paula Pilastri e Diretoria Coordenação Editorial: Visão Comunicação Jornalista Responsável: Evanice Cazavia - MTB Projeto Gráfico: Imagem Brasil Produções Direção de Arte: Rodrigo Rocha Diagramação: Paloma Montenegro Impressão: Planform Grafica e Editora Ltda Tiragem: exemplares

3 Você é! PÚBLICO ALVO: Motoristas Cobradores Fiscalização Colaboradores da Manutenção. O programa Você é tem como objetivo homenagear e aumentar a autoestima dos colaboradores que se destacam em suas atividades, reconhecendo e premiando seu esforço e dedicação. REQUISITOS: Além de fazer parte do quadro de funcionários da empresa desde o primeiro dia útil do trimestre, os profissionais devem cumprir requisitos específicos, de acordo com a função exercida. Veja quadro abaixo: Motoristas Cobradores Fiscalização Manutenção Acidentes/Atropelamentos/Quedas/Quebras de Rede e Avarias zero (Realizar mais de 97% das viagens programadas, diminuição do índice de RA e SOS, cooperação com colegas de trabalho) Reclamações 0800/156 Zero Multas DSV/CET/SPTrans Zero (Não rasurar relatórios, alterar o sentido das viagens, não enviar féria por outros e etc.) Reclamações 0800/156 Zero Multas DSV/CET/SPTrans Zero Vales na féria Zero deficiências de informações em relatórios) (Realizar mais de 97% das viagens programadas, rasuras e Reclamações 0800/156 Zero Avaliação de desempenho 0% (Envolvimento/Comprometimento/Retrabalhos) (Tempo para execução das tarefas, desempenho das atividades, qualidade dos serviços executados, criatividade, diminuição dos retrabalhos, uso de uniformes e EPI s, zelo pela organização e limpeza e etc.) Envolvimento e comprometimento (Disposição para executar as tarefas de acordo com as necessidades, bom relacionamento e colaboração com a equipe de trabalho) FIQUE ATENTO ÀS INSTRUÇÕES E SEJA VOCÊ UM NOTA!

4 Você sabe o que é CIPA? E o que faz um cipeiro? A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, conhecida pela sigla CIPA, é um instrumento que a empresa dispõe para tratar da prevenção de acidentes do trabalho, das condições do ambiente do trabalho e de todos os aspectos que afetam a saúde e a segurança do trabalhador. A Comissão é formada por representantes dos empregados e da empresa, através de votação, para o mandato de um ano. Além de participar das reuniões, os membros da CIPA são responsáveis por investigar, prevenir e orientar os colaboradores, sugerindo medidas preventivas e realizar inspeções nos locais de trabalho. Os cipeiros também devem promover a divulgação de princípios e normas de segurança junto aos demais trabalhadores da empresa e atuar como porta-vozes dos problemas de segurança comunicados pelos empregados. Conheça quem são os cipeiros eleitos para a gestão de 2012: Titulares Cleyton B. Marques Marcos Roberto Ferreira Marcelo Costa Pinheiro José Eleudo Pinheiro Emerson do A. Barrense Suplentes Márcio Inácio dos Santos Gilbert dos Santos Onaldo Brito queiroz Ivanildo Santos Abreu José de Ribamar Teixeira da Cunha USO DE EPIS NO TRABALHO O uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) é uma forma de proteger a saúde e a integridade física dos trabalhadores. O EPI é todo dispositivo ou produto, de uso individual, destinado a proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e a sua saúde. O seu uso é uma exigência da legislação trabalhista brasileira através de suas Normas Regulamentadoras. O não cumprimento poderá acarretar em ações de responsabilidade cível e penal, além de multas aos infratores. Todos os colaboradores que exercem atividades em serviços de armazenagem e abastecimento de combustíveis, limpeza, lavagem e higienização de veículos e de peças, mecânica, elétrica, serviços de solda, chaparia e pintura, recauchutagem de pneus, serviços de borracharia, movimentação, controle e guarda de veículos, entre outros, não podem deixar de usar nenhum dos recursos disponibilizados para sua proteção. Sua saúde é questão de segurança!

5 Novos trólebus integram o programa Ecofrota Os novos trólebus foram entregues em cerimônia que contou com a presença do prefeito e também do secretário municipal de Transportes, Marcelo Branco, da sócia proprietária da empresa, Ana Ruas, e de diversos funcionários da Ambiental Transportes. Os veículos fazem parte do Programa Ecofrota, pois não emitem poluente no ar da capital. A entrega desses trólebus é mais um importante passo que a Prefeitura dá no sentido de empregarmos energia renovável, que não polui. É muito gratificante perceber que as nossas metas estão sendo atingidas, destacou o prefeito. Além de não emitir poluentes, os novos trólebus são mais silenciosos e obedecem as mais modernas normas de segurança veicular, com faixas refletivas instaladas na parte externa. Os veículos também possuem corredores maiores, que permitem melhor circulação interna de passageiros, saídas de emergência mais práticas, piso baixo e portas mais largas, o que facilita bastante o embarque e o desembarque dos passageiros, especialmente das pessoas com deficiência ou dificuldades de locomoção. O que é reciclagem? É o processo industrial que converte o lixo descartado em um produto semelhante ao original ou em outros materiais. Reciclar significa economizar energia, poupar recursos naturais e trazer de volta ao ciclo produtivo o que é jogado fora. Para compreendermos melhor o que é reciclagem é importante reciclarmos o conceito que temos de lixo, deixando de enxergá-lo como uma coisa suja e inútil. O primeiro passo é ter consciência de que o lixo é fonte de riqueza, que não pode ser desperdiçado e sim reciclado de forma adequada e reaproveitado em novos produtos. Para que consigamos atingir estes objetivos, devemos ter em mente e exercer os 4 Rs: REUTILIZAR: Utilize os dois lados do papel; Reutilize os envelopes o máximo que puder; Use o papel escrito ou impresso em apenas um dos lados para fazer blocos de rascunho; Leve sacola própria reutilizável para trazer boa parte das compras do mercado e da feira; REDUZIR: Reutilize papel de embrulho e de presente; Recuse folhetos de propaganda; Opte por produtos com pouca embalagem ou embalagem reutilizável, como potes e vidros; Rejeite embalagens de isopor; REPENSAR: Se conscientize de que o lixo que você joga fora não desaparece automaticamente; Pense bem antes de comprar, para que não acumule nem gere lixo à toa; Passe esta ideia adiante. RECICLAR: Promova a coleta seletiva; Procure utilizar produtos com algum percentual de material reciclado.

6 Gente & Saúde FALTAS E ATESTADOS MÉDICOS A apresentação de atestado médico, como justificativa de falta por motivo de saúde, deve obedecer alguns requisitos, para evitar transtornos para o empregado, para a empresa e, especialmente, para nossos clientes. Fiquem atentos a essas recomendações: Em caso de afastamento e/ou acidentes, informe a empresa em até 24 horas do fato ocorrido; Em caso de consulta pré-agendada, informe sua chefia com antecedência; Como prevê o Art. 473 da CLT, a cada 12 meses de trabalho o empregado poderá efetuar apenas uma doação voluntária de sangue, devidamente comprovada, sem prejuízo do salário. Lembre-se, ainda, que o acúmulo de mais de seis faltas injustificadas por ano acarretará na redução do período de descanso das férias, de acordo com a CLT, conforme mostrado na tabela ao lado. Faltas injustificadas De 6 a 14 faltas De 15 a 23 faltas Direito a férias 24 dias 18 dias Além disso, nossa convenção coletiva prevê De 24 a 32 faltas 12 dias acompanhamento em consultas médicas, um dia Acima de 32 faltas 00 dia por semestre, para filhos com até seis anos de idade, portanto declarações diferentes disso não são justificativas para ausências. Os demais outros casos serão tratados individualmente e analisados de acordo com o histórico do colaborador. Monart Design - Fotolia.com Mexa-se e dê adeus ao ESTRESSE Ao contrário do que muita gente pensa, estresse não é frescura de gente rica. É um problema real que afeta pessoas de todas as classes sociais e econômicas, com sérios prejuízos para a saúde. É o chamado mal do mundo moderno. Já que não podemos fugir dessa realidade, podemos adotar atitudes e práticas que ajudem a tornar a nossa vida menos estressante. Praticar atividade física de forma regular é uma delas. As pessoas ativas têm mais energia, resistem mais às doenças, mantêm a forma, são mais autoconfiantes e menos deprimidas e estressadas. Acha pouco? A atividade física também melhora a postura e ajuda a combater o hábito de fumar. Ou seja, deixa você mais elegante e sem vício! A prática de atividade física não se resume à academia, que nem todos podem frequentar. Você deve escolher aquilo que lhe dá mais prazer como jogar bola, nadar, correr, caminhar no parque, na praça, nas ruas ou até mesmo fazer seus exercícios em casa. O que conta mesmo é a regularidade, o prazer e a saúde que a atividade vai lhe proporcionar.

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade Política de sustentabilidade da Rodorei Transportes Política de sustentabilidade da Rodorei Transportes A Rodorei Transportes adota, há dez anos, uma política agressiva de

Leia mais

O roteiro de uma. boa viagem. começa na preocupação com conforto e a segurança de quem você vai levar.

O roteiro de uma. boa viagem. começa na preocupação com conforto e a segurança de quem você vai levar. O roteiro de uma boa viagem começa na preocupação com conforto e a segurança de quem você vai levar. Sobre o Turismo Rodoviário O Brasil e a América do Sul como um todo possuem os mais variados atrativos.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O COMÉRCIO DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE A LEI 15.374/2011 LEI DA SACOLINHA

ORIENTAÇÕES PARA O COMÉRCIO DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE A LEI 15.374/2011 LEI DA SACOLINHA DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE A LEI 15.374/2011 LEI DA SACOLINHA Muito prazer. Somos a Associação Comercial de São Paulo. A ACSP faz parte da vida de empreendedores de diversos tamanhos. Nós existimos para

Leia mais

Em uma empresa prestadora de

Em uma empresa prestadora de Ambiental Transportes Urbanos - Edição 3 - Jul / Ago / Set de 2012 Nossos MOTORISTAS são nosso cartão de visita! Em uma empresa prestadora de serviço de transporte urbano, como a Ambiental, a imagem e

Leia mais

Estel Serviços Industriais Ltda Av. Presidente Castelo Branco, S/N Centro Empresarial - Aracruz - ES CEP: 29192-503 www.estel.com.br / Tel.

Estel Serviços Industriais Ltda Av. Presidente Castelo Branco, S/N Centro Empresarial - Aracruz - ES CEP: 29192-503 www.estel.com.br / Tel. Estel Serviços Industriais Ltda Av. Presidente Castelo Branco, S/N Centro Empresarial - Aracruz - ES CEP: 29192-503 www.estel.com.br / Tel.: (27) 3256 9393 1 - Objetivo 2 - Documentos de Referência 3 -

Leia mais

COMUNICATION ON PROGRESS 2013-2014

COMUNICATION ON PROGRESS 2013-2014 DECLARAÇÃO DE APOIO CONTÍNUO PELO CHEFE EXECUTIVO A RRV Engenharia confirma o apoio contínuo aos Dez Princípios do Pacto Global, relacionados aos Direitos Humanos, Direitos do Trabalho, Proteção do Meio

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA SAMAS. MANUAL DE RECURSOS HUMANOS DO MUSEU DE ARTE SACRA

ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA SAMAS. MANUAL DE RECURSOS HUMANOS DO MUSEU DE ARTE SACRA ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA SAMAS. MANUAL DE RECURSOS HUMANOS DO MUSEU DE ARTE SACRA I -FINALIDADE. Este Regulamento tem por finalidade apresentar os princípios básicos de pessoal que devem

Leia mais

HOUSEKEEPING A PARTIR DO 5S. Introdução. Para que serve?

HOUSEKEEPING A PARTIR DO 5S. Introdução. Para que serve? HOUSEKEEPING A PARTIR DO 5S Introdução Basicamente consiste na determinação de organizar o local de trabalho, mantêlo arrumado e em ordem, limpo, mantendo as condições padronizadas e a disciplina necessárias

Leia mais

Jardim Escola Aladdin

Jardim Escola Aladdin Jardim Escola Aladdin Os 4 Rs da Sustentabilidade Rio de janeiro 2016 Objetivo geral Esse projeto tem como objetivo promover o envolvimento dos alunos, professores, pais e comunidade em defesa à sustentabilidade

Leia mais

R$ 2,5 MILHÕES EM NOVOS ÔNIBUS EVOLUÇÃO MARCA OS 40 ANOS DA FLECHA BRANCA

R$ 2,5 MILHÕES EM NOVOS ÔNIBUS EVOLUÇÃO MARCA OS 40 ANOS DA FLECHA BRANCA FLECHA anos Evoluindo por você. Cachoeiro de Itapemirim - Abril de 2014. Edição 01 - Ano 01 R$ 2,5 MILHÕES EM NOVOS ÔNIBUS Investimento permite a compra de 10 veículos modernos em 2013 pág. 02 EVOLUÇÃO

Leia mais

Reciclagem. Projetos temáticos

Reciclagem. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2011 Projetos temáticos 2 o ano Data: / / Nível: Escola: Nome: Reciclagem Justificativa Este projeto tem como foco promover

Leia mais

PROTEGER. Programa de Tecnologia e Gerenciamento de Emissões e Resíduos do Sistema EMTU/SP. Karin Regina de Casas Castro Marins

PROTEGER. Programa de Tecnologia e Gerenciamento de Emissões e Resíduos do Sistema EMTU/SP. Karin Regina de Casas Castro Marins PROTEGER Programa de Tecnologia e Gerenciamento de Emissões e Resíduos do Sistema EMTU/SP Karin Regina de Casas Castro Marins OBJETIVO Implantar um SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL (SGA) no transporte público

Leia mais

Política de Sustentabilidade Link Server.

Política de Sustentabilidade Link Server. Página 1 de 15 Hortolândia, 24 de Janeiro de 2014. Política de Sustentabilidade Link Server. Resumo Conceitua os objetivos da Política de Sustentabilidade da Link Server. Estabelece as premissas, a governança

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

ORDEM DE SERVICO nº 4-2011/PR Unidade Transporte Função: MOTORISTA

ORDEM DE SERVICO nº 4-2011/PR Unidade Transporte Função: MOTORISTA ORDEM DE SERVICO nº 4-2011/PR Unidade Transporte Função: MOTORISTA O Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás - IPASGO, C.N.P.J. 01.246.693/0001-60, em cumprimento às determinações

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Páginas: 1 de 13 APROVAÇÃO Este Manual de Gestão está aprovado e representa o Sistema de Gestão Integrada implementado na FOX Comércio de Aparas Ltda. Ricardo Militelli Diretor FOX Páginas: 2 de 13 1.

Leia mais

Procedimento de Segurança para Terceiros

Procedimento de Segurança para Terceiros Página 1 de 6 1. OBJETIVO Sistematizar as atividades dos prestadores de serviços, nos aspectos que impactam na segurança do trabalho de forma a atender à legislação, assim como, preservar a integridade

Leia mais

Prezado colega, você sabia:

Prezado colega, você sabia: Prezado colega, você sabia: 1) Que, de maneira geral, as Normas Regulamentadoras (NRs), do MTE - Ministério do Trabalho e Emprego, estabelecem requisitos mínimos legais e condições com objetivo de implementar

Leia mais

INTEGRAÇÃO - EHS MEIO AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

INTEGRAÇÃO - EHS MEIO AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO INTEGRAÇÃO - EHS MEIO AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Sustentabilidade Para garantir um futuro próspero às próximas gerações, nós fomentamos a Sustentabilidade como um pilar fundamental para o

Leia mais

SUSTENTABILIDADE EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

SUSTENTABILIDADE EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA SUSTENTABILIDADE EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA Fabíola Santos Silva 1 Márcio Santos Godinho 1 Sara Floriano 1 Vivian Alves de Lima 1 Akira Yoshinaga 2 Helio Rubens Jacintho Pereira Junior 2 RESUMO Este trabalho

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A

Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A Programa de Gestão Ambiental Agosto de 2009 Programa de Gestão Ambiental Agosto de 2009 1 1. O Programa de Gestão Ambiental O Programa de Gestão Ambiental da

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013

CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013 CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013 Se surgirem dúvidas sobre a prática dos princípios éticos ou desvios de condutas, não hesite em contatar o seu superior ou o Comitê de Ética. SUMÁRIO O CÓDIGO DE

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL JANEIRO 2013 RESUMO EXECUTIVO A ACCENT é uma empresa especializada em soluções tradução e localização de software, publicações técnicas, conteúdo de sites e material institucional e educativo. ESTRUTURA

Leia mais

A AMBIENTAL RECEBEU A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008

A AMBIENTAL RECEBEU A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008 Ambiental Transportes Urbanos - Edição 2 - Abr / Mai / Jun de 2012 A AMBIENTAL RECEBEU A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008 Direção defensiva O condutor defensivo sabe que basta interferir, de forma

Leia mais

Sistema Gestão Ambiental

Sistema Gestão Ambiental Sistema Gestão Ambiental Sistema Gestão Ambiental - ISO 14001 Agora você vai conhecer o Sistema de Gestão Ambiental da MJRE CONSTRUTORA que está integrado ao SGI, entender os principais problemas ambientais

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 DISCIPLINA - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Integrantes: Adriano de Oliveira RA: 14759 Karina

Leia mais

Objetivo(s) de Desenvolvimento do Milênio trabalhado(s) pelo projeto: ODM 7 - Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente

Objetivo(s) de Desenvolvimento do Milênio trabalhado(s) pelo projeto: ODM 7 - Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente PROJETO NÓS PODEMOS RANCHO ALEGRE - COLETA DE MATERIAIS RECICLÁVEIS. Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

SÉRIE ISO 14000 SÉRIE ISO 14000

SÉRIE ISO 14000 SÉRIE ISO 14000 1993 - CRIAÇÃO DO COMITÊ TÉCNICO 207 (TC 207) DA ISO. NORMAS DA : ISO 14001 - SISTEMAS DE - ESPECIFICAÇÃO COM ORIENTAÇÃO PARA USO. ISO 14004 - SISTEMAS DE - DIRETRIZES GERAIS SOBRE PRINCÍPIOS, SISTEMAS

Leia mais

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico Como saber se sua empresa é Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico Sumário 02 Introdução Presença na estratégia Práticas Pré produção Práticas Produção Práticas Gestão Como verificar 03 04 06 07

Leia mais

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental.

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental. PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados e Setores da Sociedade. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva

Leia mais

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados, o Primeiro e o Segundo Setor da Sociedade. Tem como objetivo

Leia mais

Pisoag do Brasil Ltda Diretor

Pisoag do Brasil Ltda Diretor Ban Ki-Moon Secretario Geral Nações Unidas New York NY 10017 USA Guarulhos, 13 de Maio de 2013 Sr. Secretario Geral, Gostaria de comunicar que a Pisoag do Brasil Ltda, apoia os Dez Principios do Pacto

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. Regulamenta o artigo 66, do Estatuto dos Servidores Públicos de São Leopoldo, Lei nº 6.055 de 14 de Setembro de 2006, Da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes-

Leia mais

Fique de bem. com a natureza!! Turma do Lixildo em:

Fique de bem. com a natureza!! Turma do Lixildo em: Fundado em agosto de 2003, o Instituto Kautsky é uma Associação sem fins lucrativos que tem como missão estabelecer a harmonia do homem com o meio ambiente pesquisando, promovendo e disseminando conhecimentos

Leia mais

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 CNPJ: 61.460.077/0001-39 / INSCR: 105.657.106.110 Gestão

Leia mais

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas.

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas. INTRODUÇÃO Você, provavelmente, já sabe que colaboradores felizes produzem mais. Mas o que sua empresa tem feito com esse conhecimento? Existem estratégias que de fato busquem o bem-estar dos funcionários

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

UNISAL ARTIGO PARA MOSTRA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AMERICANA 2011

UNISAL ARTIGO PARA MOSTRA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AMERICANA 2011 UNISAL ARTIGO PARA MOSTRA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AMERICANA 2011 Autora: Profa. Dra. Melissa Furlan Cursos: Direito e Engenharia Ambiental Área de Pesquisa: Meio Ambiente Título do artigo: O destino

Leia mais

ACONTECENDO? O QUE ESTÁ O QUE PODEMOS FAZER?

ACONTECENDO? O QUE ESTÁ O QUE PODEMOS FAZER? O QUE ESTÁ ACONTECENDO? O futuro é uma incógnita. As tendências são preocupantes, mas uma coisa é certa: cada um tem de fazer sua parte. Todos somos responsáveis. A atual forma de relacionamento da humanidade

Leia mais

Programação para Internet 2

Programação para Internet 2 Programação para Internet 2 Exercícios Unidade 01 - HTML Professor: Edwar Saliba Júnior Para resolver os exercícios a seguir, utilize apenas HTML. 1) Utilizando HTML e sua imaginação, crie um site bem

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito LEI Nº. 632 /2014 03 de dezembro de 2.014 Dispõe sobre a criação do Programa de Coleta Seletiva com inclusão Social e Econômica dos Catadores de Material Reciclável e o Sistema de Logística Reversa e seu

Leia mais

AGENDA AMBIENTAL Escola Parque

AGENDA AMBIENTAL Escola Parque ALIMENTAÇÃO RESÍDUOS MATERIAIS ENERGIA ÁGUA TRANSPORTE BIODIVERSIDADE AGENDA AMBIENTAL Escola Parque AÇÕES SOLIDÁRIAS EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE \ ENTORNO EXTERI\\OR ENRAIZAMENTO PEDAGÓGICO ENRAIZAMENTO

Leia mais

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima quarta prova, que será realizada no dia 25 de Setembro de 2013.

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima quarta prova, que será realizada no dia 25 de Setembro de 2013. 24ª APOSTILA 24ª APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE Caros Colegas, Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima quarta prova, que será realizada no dia 25 de Setembro

Leia mais

Programa de Consumo Consciente nas Instituições de Ensino Superior Particulares FOREXP. Fórum de Extensão das IES Particulares

Programa de Consumo Consciente nas Instituições de Ensino Superior Particulares FOREXP. Fórum de Extensão das IES Particulares Programa de Consumo Consciente nas Instituições de Ensino Superior Particulares FOREXP Fórum de Extensão das IES Particulares Consumir conscientemente significa atentar para os efeitos que este ato acarreta

Leia mais

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética Sistema de Gestão Integrada Código de Ética CE-01/2012 Rev: 01 Data: 11/12/2012 1 Mensagem da Diretoria Prezados (as) Colaboradores (as), É com imensa satisfação que apresentamos o Código de Ética da EQUIPOMAN

Leia mais

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA FILIAL RIO DAS OSTRAS/RJ FUNDAÇÃO:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PEA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PEA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1 1 1. APRESENTAÇÃO O presente Termo de Referência visa orientar e fornecer subsídios para a elaboração e conseqüente implantação do Programa de Educação Ambiental (PEA) a ser apresentado à Coordenadoria

Leia mais

A POLÍTICA AMBIENTAL NAS EMPRESAS

A POLÍTICA AMBIENTAL NAS EMPRESAS SEMANA AMBIENTAL NA BRASIMET 2006 CIDADANIA E EDUCAÇÃO PARA UM PLANETA MELHOR A POLÍTICA AMBIENTAL NAS EMPRESAS A atual conjuntura econômica e os novos cenários sócio-ambientais nacionais e internacionais

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

Você descartou esses materiais corretamente?

Você descartou esses materiais corretamente? Com o desenvolvimento das cidades, a quantidade de lixo produzida pelas pessoas vem aumentando muito. Em geral, quanto melhor é a condição financeira da população, mais ela consome e mais lixo produz.

Leia mais

Esplanada sem desperdício: preservando o meio ambiente.

Esplanada sem desperdício: preservando o meio ambiente. Implementar ações voltadas ao uso racional de recursos sustentabilidade naturais para promover a ambiental e socioeconômica na Administração Pública Federal. A Esplanada terá metas de racionalização do

Leia mais

SAÚDE E SEGURANÇA QUALIDADE DE VIDA CIPA 5 S SUSTENTABILIDADE SMS RESPONSABILIDA DE SOCIAL

SAÚDE E SEGURANÇA QUALIDADE DE VIDA CIPA 5 S SUSTENTABILIDADE SMS RESPONSABILIDA DE SOCIAL SAÚDE E SEGURANÇA QUALIDADE DE VIDA CIPA 5 S SUSTENTABILIDADE SMS RESPONSABILIDA DE SOCIAL Para REFLEXÃO Exemplo de aspectos ambientais significativos Descarga de efluentes líquidos Disposição de

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente A PISOAG DO BRASIL está no mercado desde 1980, atuando com empresas nacionais e internacionais dos mais diversos segmentos, com qualidade, tecnologia e o elevado padrão de responsabilidade

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas Desenvolvimento Sustentável Social Econômico Ambiental Lucro Financeiro Resultado Social

Leia mais

DIRETRIZ ORGANIZACIONAL

DIRETRIZ ORGANIZACIONAL TÍTULO: REQUISITOS DE MEIO AMBIENTE, SAÚDE OCUPACIONAL E SEGURANÇA DO TRABALHO PARA CONTRATADAS Área Responsável: Gerência Geral de Meio Ambiente Saúde e Segurança 1. OBJETIVO Este procedimento tem como

Leia mais

ANEXO II EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

ANEXO II EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE ANEXO II EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE 1. OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Estas exigências definem os deveres e as responsabilidades da CONTRATADA e estabelecem as orientações, requisitos

Leia mais

DICAS PARA UM MUNDO MELHOR

DICAS PARA UM MUNDO MELHOR DICAS PARA UM MUNDO MELHOR Cartilha do Meio Ambiente Mobilização Energia Transporte Água CUIDANDO DO FUTURO Desenvolvimento sustentável define-se como aquele que atende às necessidades do presente sem

Leia mais

V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental Belo Horizonte/MG 24 a 27/11/2014

V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental Belo Horizonte/MG 24 a 27/11/2014 ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DA COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS DOMÉSTICOS EM ÁREA URBANA: ESTUDO DE CASO EM MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE Aline Ferrão Custodio Passini (*), Guilherme Barros,

Leia mais

MANUAL DO COLABORADOR

MANUAL DO COLABORADOR MANUAL DO COLABORADOR 2 SUMÁRIO 1. Apresentação ---------------------------------------------------------- 3 2. Histórico da empresa ----------------------------------------------- 4 3. Serviços prestados

Leia mais

FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares

FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares Faculdade de ciências e tecnologia do maranhão-facema Caxias/MA pedroftb@hotmail.com.br/coor.educacaoambiental@facema.edu.br

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

Origem do nome do programa 5S

Origem do nome do programa 5S Os Cinco Sensos PPGEP / UFRGS ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Origem do nome do programa 5S 5S s vem de cinco palavras japonesas que começam por S : SEIRI senso de utilização, seleção, descarte. SEITON senso de

Leia mais

COMPLEXO AMBIENTAL DIRETORIA INDUSTRIAL AMÉRICA LATINA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENERGIA

COMPLEXO AMBIENTAL DIRETORIA INDUSTRIAL AMÉRICA LATINA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENERGIA COMPLEXO AMBIENTAL FIAT DIRETORIA INDUSTRIAL AMÉRICA LATINA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENERGIA VALORES EQUIPE DA GESTÃO AMBIENTAL ALTA ADMINISTRAÇÃO ENGENHARIA AMBIENTAL e ENERGIA U. OP. PRENSAS U. OP. FUNILARIA

Leia mais

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia para os Primeiros Passos

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia para os Primeiros Passos Como saber se sua empresa é Sustentável Guia para os Primeiros Passos Sumário 02 Introdução 03 Presença na estratégia 04 Práticas pré produtos/serviços 06 Práticas nos produtos/serviços 07 Práticas no

Leia mais

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Preservação e Conservação A preservação é o esforço para proteger um ecossistema e evitar que ele seja modificado. Depende também da presença e ação do homem sobre

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE 12:43 Page 1 INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE Jardins é Page 2 LIXO UM PROBLEMA DE TODOS Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Uma pessoa é capaz

Leia mais

RESOLUÇÃO SEMA Nº 028/2010

RESOLUÇÃO SEMA Nº 028/2010 RESOLUÇÃO SEMA Nº 028/2010 Dispõe sobre a coleta, armazenamento e destinação de embalagens plásticas de óleo lubrificante pós-consumo no Estado do Paraná. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS

Leia mais

PETROBRAS. Pallavra Certa. Mídia Eletrônica para web. PGUN - Hotsite Intranet. Campanha Segurança da Informação - Email Marketing

PETROBRAS. Pallavra Certa. Mídia Eletrônica para web. PGUN - Hotsite Intranet. Campanha Segurança da Informação - Email Marketing PORTFOLIO DE PEÇAS ELETRÔNICAS 2011 Pallavra Certa Mídia Eletrônica para web A Pallavra Certa reconhece a importância dos meios eletrônicos na comunicação de uma empresa e, a cada dia, procura se aprofundar

Leia mais

MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES

MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES Autores Antônio Alexandre Franco Thomaz Élson Lourenço Bomfim Inaldo Nóbrega da Cunha Filho PREMIUM CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO LTDA RESUMO No setor elétrico,

Leia mais

O QUE É O AMBIENTAÇÃO?

O QUE É O AMBIENTAÇÃO? PROJETO PILOTO O QUE É O AMBIENTAÇÃO? É o projeto que pretende inserir os valores sócio- ambientais na administração pública do Estado, por meio de iniciativas que possibilitem a mudança de comportamento

Leia mais

Aula 05 Política de Segurança da Informação (Parte 01) Prof. Leonardo Lemes Fagundes

Aula 05 Política de Segurança da Informação (Parte 01) Prof. Leonardo Lemes Fagundes Aula 05 Política de Segurança da Informação (Parte 01) Prof. Leonardo Lemes Fagundes Comandar muitos é o mesmo que comandar poucos. Tudo é uma questão de organização. Controlar muitos ou poucos é uma mesma

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) A CONCERT Technologies S.A. prioriza a segurança de seus Colaboradores, Fornecedores,

Leia mais

Compromisso com o Mundo Sustentável

Compromisso com o Mundo Sustentável Compromisso com o Mundo Sustentável Está em nossa Visão Ser um empresa global e sustentável até 2012. Para nossa empresa ser sustentável, é fundamental a busca de resultados financeiros e o comprometimento

Leia mais

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis Um desafio que envolve você! Compartilhamos os mesmos espaços e problemas, mas também as soluções. É fundamental ter atitudes responsáveis, suprindo

Leia mais

PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NAS UNIDADES DE SAÚDE

PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NAS UNIDADES DE SAÚDE PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NAS UNIDADES DE SAÚDE 118 IABAS Relatório de Gestão Rio de Janeiro 2010/2011/2012 Programa de Sustentabilidade nas Unidades de Saúde O Programa de Sustentabilidade promove

Leia mais

1.Maior produtividade pela redução da perda de tempo procurando por objetos. - Só ficam no ambiente os objetos necessários e ao alcance da mão;

1.Maior produtividade pela redução da perda de tempo procurando por objetos. - Só ficam no ambiente os objetos necessários e ao alcance da mão; Sistema 5 S's Conceito: O Método "5S" foi a base da implantação do Sistema de Qualidade Total nas empresas. Surgiu no Japão, nas décadas de 50 e 60, após a Segunda Guerra Mundial, quando o país vivia a

Leia mais

ISO 9001. As três primeiras seções fornecem informações gerais sobre a norma, enquanto as cinco últimas centram-se na sua implementação.

ISO 9001. As três primeiras seções fornecem informações gerais sobre a norma, enquanto as cinco últimas centram-se na sua implementação. ISO 9001 A ISO 9001 é um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) standard que exige que uma dada organização satisfaça as suas próprias exigências e as dos seus clientes e reguladores. Baseia-se numa metodologia

Leia mais

Relatório de Atividade Técnica

Relatório de Atividade Técnica RUA DESEMBARGADOR JÚLIO GUIMARÃES, 275 SAÚDE -SÃO PAULO -BR-SP CEP: 04158-060 CNPJ: 46.995.494/0001-92 Telefone: (11) 5058-6066 Pessoa de Contato: ALMO BRACCESI (almo@betta.com.br) Tipo: Auditoria de Manutenção

Leia mais

Operações de Rotina. 4.13 Arrumação da Loja

Operações de Rotina. 4.13 Arrumação da Loja 4.13 Arrumação da Loja Operações de Rotina O bem-estar na loja depende de muitos fatores. Um dos mais importantes é a arrumação, pois propicia uma boa impressão, tanto aos clientes quanto aos colaboradores.

Leia mais

LICENÇA AMBIENTAL. Lanns Alves de Almeida Filho Secretário de Agricultura e Meio Ambiente

LICENÇA AMBIENTAL. Lanns Alves de Almeida Filho Secretário de Agricultura e Meio Ambiente LICENÇA AMBIENTAL Licença Ambiental Simplificada nº 26/2015 Processo nº. 9481/2015 O Secretário de Agricultura e Meio Ambiente no exercício de sua competência definida pelo Decreto Municipal nº 10.076

Leia mais

CAVACO S. www.cavacos.com RESPEITANDO A NATUREZA. Combustível de Biomassa

CAVACO S. www.cavacos.com RESPEITANDO A NATUREZA. Combustível de Biomassa CAVACO S Combustível de Biomassa RESPEITANDO A NATUREZA www.cavacos.com EM 2014 OS NOSSOS SONHOS SÃO AINDA MAIORES. APRESENTAMOS AOS NOSSOS CLIENTES E PARCEIROS UMA NOVA CAVACO S, MUITO MAIS MODERNA, COM

Leia mais

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br.

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br. Marketing Ambiental Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. O que temos visto e ouvido falar das empresas ou associado a elas? Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br 2 3 Sílvia

Leia mais

Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça), fundada em 1947 (normatização de 140 países)

Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça), fundada em 1947 (normatização de 140 países) A SÉRIE ISO 14.000 A ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DE NORMALIZAÇÃO (ISO) ISO => Internacional Organization for Standardization Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça),

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

RESÍDUO SÓLIDO: UM PROBLEMA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO.

RESÍDUO SÓLIDO: UM PROBLEMA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO. RESÍDUO SÓLIDO: UM PROBLEMA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO. POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS LEI Nº 12.305/2010 DECRETO Nº 7.404/2010 O QUE MUDA COM A LEI 12.305/2010? Lixões a céu aberto e aterros

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Guia prático de uma boa ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GESTÃO DE PASSAGENS CONTRATOS CONVÊNIOS ALMOXARIFADO GESTÃO DA FROTA DIÁRIAS SERVIÇOS TERCEIROS PESSOA FÍSICA PATRIMÔNIO Controladoria Geral do Estado de Alagoas

Leia mais

Prêmio ANTP-ABRATI de Boas Práticas

Prêmio ANTP-ABRATI de Boas Práticas Prêmio ANTP-ABRATI de Boas Práticas Viação Garcia Ltda. Despoluir - Motores desligados para poupar o planeta Projeto iniciado em 2009, sem previsão de encerramento Categoria 03: Responsabilidade Sócio-ambiental

Leia mais

ESCOLA SENAI CELSO CHARURI CFP 5.12 PROGRAMA DE CONTROLE DA COLETA SELETIVA E DESTINO DOS MATERIAIS DESCARTADOS

ESCOLA SENAI CELSO CHARURI CFP 5.12 PROGRAMA DE CONTROLE DA COLETA SELETIVA E DESTINO DOS MATERIAIS DESCARTADOS ESCOLA SENAI CELSO CHARURI CFP 5.12 PROGRAMA DE CONTROLE DA COLETA SELETIVA E DESTINO DOS MATERIAIS DESCARTADOS PROGRAMA Nº 04/2012 SENAI-SP. Projeto desenvolvido pelo CFP 5.12 Escola SENAI Celso Charuri.

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES

QUESTIONÁRIO DE LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES QUESTIONÁRIO DE LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES CRITÉRIOS PARA INCLUSÃO DE EMPRESAS NOS FUNDOS ETHICAL - 16 - PARTE A DESEMPENHO NA ÁREA AMBIENTAL (GRUPO 1: ESTRUTURA DA ÁREA DE GESTÃO AMBIENTAL) A1. A gestão

Leia mais

Em busca da qualidade de

Em busca da qualidade de Diretoria de Gestão Corporativa-DG empresa Em busca da qualidade de gestão Inovações tecnológicas e gerenciais possibilitam mais eficiência à Eletrobras Furnas texto Leonardo da Cunha Valorizar o capital

Leia mais

Sensibilizando para Organização e Limpeza

Sensibilizando para Organização e Limpeza Sensibilizando para Organização e Limpeza Engº JULIO TADEU ALENCAR e-mail: jtalencar@sebraesp.com. @sebraesp.com.br Ver-03/04 Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo O QUE PODEMOS FAZER

Leia mais

A Importância da reciclagem

A Importância da reciclagem Texto 1 A Importância da reciclagem Vanessa Minuzzi Bidinoto Reciclar é economizar energia, poupar recursos naturais e trazer de volta ao ciclo produtivo o que jogamos fora. Para compreendermos a reciclagem

Leia mais

AUDITORIA DE DIAGNÓSTICO

AUDITORIA DE DIAGNÓSTICO 1.1 POLíTICA AMBIENTAL 1.1 - Política Ambiental - Como está estabelecida e documentada a política e os objetivos e metas ambientais dentro da organização? - A política é apropriada à natureza e impactos

Leia mais

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores.

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores. ECONOMIA - 19/08/14 BRIEFING DE POSICIONAMENTO SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1. CONTEXTO Posicionamento geral para quaisquer entrevistas realizadas no âmbito da terceira edição do projeto

Leia mais