FÓRUM DA AGENDA 21 MACRO LESTE DA CIDADE DE SÃO PAULO AT A Data: 17/03/2012 Local: CEU Aricanduva Horário: 10h

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÓRUM DA AGENDA 21 MACRO LESTE DA CIDADE DE SÃO PAULO AT A Data: 17/03/2012 Local: CEU Aricanduva Horário: 10h"

Transcrição

1 FÓRUM DA AGENDA 21 MACRO LESTE DA CIDADE DE SÃO PAULO AT A Data: 17/03/2012 Local: CEU Aricanduva Horário: 10h Presentes: Ivo Carlos Valêncio (Sociedade Civil, CADES IQ e Conselho de Saúde); Sandro Nicodemo (APS Santa Marcelina/Gestor Local PAVS São Mateus/CONREMAD São Mateus); Juliana Santos (sociedade civil); Ângelo Iervolino (CADES Municipal, SAL e Fórum para Desenvolvimento da Zona Leste); Claudete P B Rodrigues (CONREMAD São Mateus); Douglas Alves Mendes (CONREMAD São Mateus); Fabiana Aparecida de Oliveira (SEHAB Habi Leste); Luciana Amorim (SVMA DPP); Rubens Borges (SVMA DPP); Rogério P Oliveira (SVMA DEPAVE 5); Bárbara Junqueira (APS Santa Marcelina/Gestora Regional PAVS CRS Leste); Anna Angélica Navarro da Silva (PAVS Santa Marcelina); Frederico Jun Okabayashi (SVMA); Aline Mota da Silva (SVMA DGD Leste 1); Maria Augusta M Ribeiro (SVMA DGD Leste 1); Maira Galvanese (SVMA DGD Leste 2); Hugo Calixto (SVMA DGD Leste 3); Daniel Varela (SVMA DGD Leste 3); Neemias Figueira Rodrigues (SENAC Rede Social Penha); Delaine Romano (Fórum para o Desenvolvimento da Zona Leste); Rogério Jesus Alves (GCM IQ); Selma Maria da Silva (Cooperativa Nova Esperança); Pedro Luiz Karanikolov (organização da sociedade civil); José G D (organização da sociedade civil); Joaquim Gomes Silva Filho (Planeta 21); Ramon Zago Oliveira (ABES / Fórum para o Desenvolvimento da Zona Leste); Hugo Alexandre Santos (Cooperativa Filadelfia); Kelly Cristina Lima (Cooperativa Filadelfia); Marco Antonio Neves (P Brasil); Aparecida Fonseca (NIEGA); Margarete Louzano (CADES e DRE Itaquera); Cintia Okamura (CETESB). Justificaram ausência: Marta Maria Lima de Carvalho (Sociedade Civil e CADES Ermelino Matarazzo). Pauta 1. GT Resíduos 2. Edital FEMA 9 3. GT Conflitos da Ocupação Urbana 4. CADES Regionais 5. Informes Cintia abre a reunião às 10h30 deste sábado e após as apresentações dos presentes iniciou a pauta informando o andamento do GT de Resíduos. Conforme Ivo havia comentado na Plenária do mês de fevereiro lembrou Natalini, presidente da Comissão de Meio Ambiente, sobre a necessidade de agendar reunião com Limpurb para continuidade das ações pós Seminário. Natalini agendou reunião com Limpurb que aconteceu em 27 de fevereiro de Cintia informa que na referida reunião Limpurb apresentou como

2 resposta a instalação de 3 Aterros de Inertes para atender a cidade de São Paulo, sendo que em tais aterros será realizada a reciclagem dos RCCs, iniciando com 10% do total de resíduos que chegam. Diante desse informe fezse os seguintes encaminhamentos: 1) Visita a esses Aterros de Inerte com vistas a conhecer o processo de reciclagem instalado; 2) Pensar no "marketing ambiental": sugestão da Macro Leste "Siga a Caçamba". Viabilizar o site do SAC da PMSP abrir um link com a GCM ambiental para promover a denúncia e permitir inserção de fotos de "descarte irregular de resíduos" para lavrar a multa com os dados das fotos (inclusive do celular SMS/MMS). 3) Considerando a resposta do Limpurb com o projeto de 10% de reciclagem de RCCs nesses 3 aterros, concluiu-se que o próximo passo será planejar ações em "Como o Poder Público vai estimular o consumo desses produtos recicláveis". Desta forma, chamar para uma primeira reunião os segmentos e instituições com interface no tema para o planejamento. Lembrando que a educação ambiental deve permear essas ações. Angelo Iervolino ressalta que há três aterros de inertes (1 na zona sul, 1 na zona oeste e 1 em Itaquaquecetuba) que devido à demanda produzida pela cidade esse número não é significativo e que, portanto, é necessário agirmos de forma a contribuir para novas soluções em relação aos resíduos da construção civil. Fred esclarece que nos foi informado pela Limpurb que a reciclagem mínima de 10% é realmente insuficiente, mas que pode aumentar gradativamente em função da demanda de mercado em adquirir o entulho reciclado e que farão visitas nestes aterros de inertes para levantamento de dados mais precisos. Ivo concorda com a idéia do Fred e ressalta a importância deste Fórum marcar e realizar uma visitação nestes locais. Os representantes da SVMA, Luciana e Rubens iniciam a apresentação do Edital FEMA 9 e orienta que o mesmo esta disponível no Diário Oficial da Cidade e no site da SVMA a quem queira participar. Luciana ressalta a importância das parcerias para realização de ações pela sustentabilidade. Ressalta ainda as 4 linhas temáticas para participação no FEMA. Angelo Iervolino questiona o porque da prefeitura não realizar campanhas a favor da coleta e da reciclagem. Lembra que o próprio LIMPURB coloca que a prefeitura não tem estrutura adequada para realizar a demanda da coleta seletiva. Maira lembra que não podemos nos focar apenas no apoio do poder público e que podemos fazer a nossa parte em nossas localidades. Rubens esclarece as questões sobre contra partida (10%) que deve ser da ONG. As atividades são organizadas como Atividades Meio do Projeto e Atividades Fim do Projeto. As atividades Meio viabilizam as ações do projeto, por exemplo, a ONG pode contratar um contador. Atividades Fim ao contratar palestrantes, por exemplo, a ONG só poderá contratar pessoas físicas. Nesse edital do FEMA não há permissão para compra de equipamentos, o que o outro edital FEMA permitiu. A legislação traz que ao final do projeto esses equipamentos voltem para a prefeitura, fato que muitas vezes torna o bem de

3 consumo inutilizado. Esta é a razão da não permissão da compra de equipamentos pelo FEMA 9. A idéia é que a ONG continue o projeto após o termino do prazo estipulado pelo FEMA, em parceria com setores privados, por exemplo, e, portanto, não deve constar equipamento como contrapartida. Somente o que de fato a ONG pode oferecer deve constar como contrapartida. O edital prevê a remuneração de um funcionário da ONG dentro de sua especialidade, porém é vedada a participação da diretoria da ONG. Salete (Mooca) pergunta de onde vem os recursos disponíveis no Financiamento desses projetos. O dinheiro, esclarece o representante da SVMA, Rubens, vem de multas diversas por exemplo; complementa que o FEMA pode receber doações, mas até hoje não houve esse tipo de arrecadação. Um dos objetivos do edital é a parceria e a busca do envolvimento, do compromisso e da responsabilidade do setor privado. Luciana coloca que o pessoal dos DGDs estão disponíveis para sanar dúvidas. Ivo relembra do GT de Projetos, criado a partir deste Fórum Agenda 21 Macro Leste, e pede para que ele seja retomado para apoiar tais ONGs. Cintia esclarece que o grupo surgiu por ocasião do FEMA 7 para capacitar/ajudar as entidades com dificuldades desde documentação a elaboração de projetos e que podemos pensar em retomá-lo. Maíra diz que, para que o trabalho aconteça de forma eficaz, os interessados precisam vir com o conhecimento do edital e as documentações da ONG em dia. Hugo acrescenta que também é necessário que o projeto já chegue pré montado, pois não há tempo de definir isto nas reuniões. Cintia sugere que o pessoal do DGD marque essa reunião e repasse ao fórum para divulgação. Hugo complementa que repassarão ao fórum assim que definirem. GT de Conflitos da Ocupação Urbana Sobre a Comunidade Itajuíbe, projeto piloto do GT Conflitos da Ocupação Urbana, Fred informou que a área a ser regularizada é particular e tem 3 proprietários distintos, e a área da massa falida mesma iria a leilão na semana passada, mas foi suspenso pelo Juiz competente em função do esforço da Defensoria Pública e do apoio do Fórum da Agenda 21 Macro Leste. Fred informa que as reuniões desse GT acontecem no SESC Itaquera toda primeira quinta feira do mês. Fabiana acrescenta que o grupo fez um levantamento no local juntamente com a comunidade e a Promotoria Pública e que o trabalho tem obtido excelentes resultados. Ressalta que o grupo se empenhou intensamente na questão do leilão e que foi uma grande conquista ao constatarem que o Juiz suspendeu o leilão por tempo indeterminado. Cintia fala sobre a palestra que acontecerá na UMAPAZ dia 20/03, dentro do Ciclo de Palestra visando a Rio Convida os participantes deste fórum para colaborar com o debate que focará a Agenda 21 da Cidade e a experiência da Macro Leste. E vai falar sobre a construção do novo modelo defendido por este Fórum pautado na participação. Douglas exibe imagens denunciadoras de abandono e descaso com o Parque Zilda Arns que fica na região de Vila Prudente/Sapopemba, coloca sua indignação enquanto cidadão consciente quanto à situação de degradação e abandono em que se encontra o Parque. Afirma que são muitos milhões do Governo do Estado e da Prefeitura da Cidade de São Paulo que foram gastos na construção desse espaço considerado o maior Parque Linear da America Latina e ninguém se coloca como responsável pela sua administração. Maira

4 diz que a SVMA somente receberá o Parque quando a SABESP, atual responsável, o deixar em condições pois esse é um dos termos que traz o contrato. Cintia diz que o último contato que teve com a pessoa representante da SABESP teve a informação de que naquele momento estavam verificando qual instituição seria responsável pela administração do Parque: Subprefeitura, SVMA ou SABESP. Pedro acrescenta que apresentou um projeto à SABESP num Curso que acontecia em São Mateus, que como cidadão e ecologista que é, se preocupou e buscou soluções, mas que não obteve ainda retorno. Salete diz que mora na região e que julga de vital importância a divulgação e propaganda nas comunidades locais chamando a atenção para o valor da ação de cada um e que a responsabilidade não seja deixada na mão de terceiros, ou seja, só do poder público. Douglas acrescenta que já denunciou a questão pois o local idealizado para lazer e convivência para a população está dominado pelo trafico e que inclusive já houve até morte, causando medo e insegurança aos cidadãos. Cintia ressalta que cada um tem sua responsabilidade o poder público, o privado e a comunidade. A idéia da criação do parque certamente foi a integração dos três setores e a questão é a realização de um trabalho participativo para que a comunidade se aproprie do parque. Angelo Iervolino diz que o Parque não foi apresentado à população; que é importante ter uma administração para a comunidade, ou seja, o administrador não deve ter o perfil de ficar atrás de uma mesa, mas de administrar com e para a comunidade, e questiona os participantes deste Fórum: Como nós população vamos intervir nesta administração?. Outro assunto local é ressaltado: O Planetário do Carmo. Este valiosíssimo equipamento está fechado há anos, ressalta Douglas. Angelo Iervolino diz que o Douglas preocupa-se e que tem levado o caso e a discussão à mídia e ele, como representante local e participação no CADES Municipal tem constantemente levantado o problema à esse Conselho. A informação que tem é que a responsável pelas questões do Planetário é a Sra. Vera da UMAPAZ que vem informando sobre o andamento desse processo. A licitação foi feita e parte do montante necessário para os reparos já chegaram, como as novas lentes. Está previsto para abril a chegada da segunda remessa de peças. Após a última entrega e a chegada dos técnicos da Alemanha o reparo será finalizado. A previsão é que no segundo semestre deste ano, o Planetário do Carmo será reaberto ao público. Douglas ressalta que já são sete anos nesta espera. Ivo relembra que no ano de 2010 o CADES Itaquera esteve com o secretario do verde, Dr Eduardo Jorge para falar sobre a questão do Planetário local, e o secretário repassou a informação quanto às licitações e solicitações realizadas, ressaltando a necessidade de tempo devido ao fato de que tanto as peças quanto a contratação dos serviços técnicos serem importados. Encaminhamentos: 1) Em relação ao Planetário: aguardar o andamento e prazos da SVMA; 2) Em relação ao Parque Zilda Arns: encaminhar solicitando informações para a Sabesp. Ivo aproveita para solicitar à UMAPAZ a disponibilização de cursos descentralizados para as regiões distantes da cidade. Ressaltando que a educação local já tem essa parceria por meio dos DGDs que trazem cursos para os educadores da rede municipal de ensino e que são imensamente valiosos. Maira acrescenta que além destes direcionados aos professores também há outros ocorrendo nos parques inclusive cursos da escola de

5 jardinagem. Hugo diz que há cursos acontecendo nos DGDs e Parques, porém constata-se que não há muita participação. Aline ressalta que é necessário o mínimo de 15 participantes e que é preciso que haja maior envolvimento e interesse da população. Maira coloca que em 2011 houve um caso que apenas uma pessoa dos inscritos compareceu em um curso montado e oferecido para a região e que tiveram que cancelar, causando transtornos e desgaste de energia e recursos. Ivo relembra que em 2008 houve um curso da SVMA para a capacitação da Agenda 21, acompanhado em especial pela Sonia Jabour e os DGDs locais, que ocorreu aqui no CEU Aricanduva, cujo resultado foi bastante produtivo. Hugo diz que estão tentando descentralizar essas ações, porém a população precisa ter maior envolvimento. Haverá cursos com a Escola de Jardinagem tanto no primeiro quanto no segundo semestre deste ano em todos os DGDs da Leste. Hugo ressalta que é importante que a população apresente propostas. Ivo faz um apelo para que possamos cuidar mais das árvores, pois tem presenciado situações de descaso e vandalismo com estes seres. CADES Regionais Sandro ressalta que o CONREMAD São Mateus não tem recebido a presença de seu subprefeito nas reuniões. Os Cades Itaim e Guaianases não tem apresentado dificuldades com as subprefeitura. Guaianases apresentará dia 23 um evento do conselho. Cades São Miguel tem tido muita ausência dos conselheiros. Cades Itaquera, em maio terá nova eleição. Houve na última reunião uma denuncia muito séria de um conselheiro eleito, quanto à aceitação de pagamento por corte de árvores, independente de qualquer situação apresentada pela espécie. O subprefeito de Itaquera solicitou investigação interna sobre a denúncia levantada pelo conselheiro. Jesus informa que toda e qualquer denúncia de crime ambiental pode ser feita para a GCM no 153. Inclui-se com maior índice de denuncia o corte e a poda ilegal de árvores e o descarte de entulho em local público ou privado. Douglas pergunta quantos guardas ambientais existe para fiscalizar todas as áreas de proteção, as irregularidades e crimes ambientais ocorridos na região. Jesus acrescenta que há cerca de 10 efetivos e que a ação de fiscalização não é apenas da Guarda Ambiental mas de toda GCM. Qualquer denuncia pode ser feita no 153 para averiguação, ao constatar-se ação ilegal ou irregular são tomadas as medidas cabíveis tais como, acionamento de órgãos competentes, apreensão e encaminhamento como crime ambiental ao órgão especifico que cuida desses, no centro. A Guarda Ambiental possivelmente será criada em Vila Prudente. Pedro questiona qual a relação entre Guarda Ambiental e a Guarda Florestal. Jesus esclarece que a Guarda Ambiental é municipal e a Florestal pertence à Policia Militar. As ações são realizadas em parceria, cada uma dentro de suas competências de acordo com as legislações Estaduais e municipais, complementando as ações contra os danos ambientais fortalecendo assim a proteção para o Meio Ambiente. Ressaltamos a participação da Guarda Ambiental para o enriquecimento das discussões e ações deste Fórum, dos conselheiros, da sociedade civil, do setor privado, das ONGs e entidades locais, bem como os representantes de órgãos públicos estaduais e municipais. Agradecemos a participação de todos que muito tem colaborado para o desenvolvimento e a construção deste Fórum aberto e legitimamente participativo.

6 INFORMES Dia 20 /03 - Reunião CONREMAD São Mateus, na Subprefeitura; Dia 22/03 - aniversário do Parque Santa Amélia, Parque das Águas e distribuição de mudas na Subprefeitura de Guaianases. Dia 22 - oficina de sabão, dia 23 ação pelo dia da água e dia 27 curso de horta no Parque Ermelino Matarazo; Dia 22/03 - Terceira ciranda da água de São Mateus CEU São Rafael, das 13h30 às 17h; Dia 23/03 - Sessão de filmes na Subprefeitura de Itaquera gratuito; Dia 05/04 Curso de horta para Educadores da Rede Municipal de Ensino CEU Aricanduva; Primeiro sábado de cada mês - Reunião com catadores, SESC Itaquera, às 15h. Próxima Reunião do GT Conflitos da Ocupação Urbana Data: 05/04/2012 (quinta-feira) Horário: 14h Local: Sesc Itaquera Próxima Plenária do Fórum Agenda 21 Macro Leste Data: 21/04/2012 (Sábado) Horário: 10h Local: Sesc Itaquera

Este documento faz parte do Repositório Digital da Rede Nossa São Paulo

Este documento faz parte do Repositório Digital da Rede Nossa São Paulo Este documento faz parte do Repositório Digital da Rede Nossa São Paulo www.nossasaopaulo.org.br Facebook, Youtube e G+: Rede Nossa São Paulo Twitter: @nossasaopaulo O grupo de meio ambiente recém-criado

Leia mais

ATA DA 6 REUNIÃO DO CONSELHO CONSULTIVO DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR NÚCLEO CARAGUATATUBA

ATA DA 6 REUNIÃO DO CONSELHO CONSULTIVO DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR NÚCLEO CARAGUATATUBA ATA DA 6 REUNIÃO DO CONSELHO CONSULTIVO DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR NÚCLEO CARAGUATATUBA REALIZADA EM 04 DE AGOSTO DE 2014. DATA, HORA E LOCAL: 04 de AGOSTO de 2014, às 13 horas, no Centro de Visitantes

Leia mais

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 I. Chamada de Ordem Adm. Glaucia Pascoaleto Araujo Conselho Regional dos Administradores de São Paulo. Reunião com Coordenadores dos

Leia mais

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade SEMINÁRIO Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais 27 de maio de

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

Mobilização e Participação Social no

Mobilização e Participação Social no SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Mobilização e Participação Social no Plano Brasil Sem Miséria 2012 SUMÁRIO Introdução... 3 Participação

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

Relatório Final Aprovado ad referendum da Comissão Organizadora Municipal (COM)

Relatório Final Aprovado ad referendum da Comissão Organizadora Municipal (COM) Relatório Final Aprovado ad referendum da Piancó - PB Agosto de 2013 Relatório Final 1ª Conferência Municipal do Meio Ambiente de Piancó Por um futuro melhor, vamos cuidar de Piancó. (José Willame Vitor

Leia mais

AÇÃO INTERSECRETARIAL

AÇÃO INTERSECRETARIAL AÇÃO INTERSECRETARIAL Programas Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS) Fortalecimento da ação integrada entre os setores de meio ambiente, saúde e desenvolvimento social, com enfoque multidisciplinar em saúde

Leia mais

2 Encontro dos Cades Leste e Agenda 21 Macro Leste. Auditório da USP Leste São Paulo SP. 22 de setembro 2012

2 Encontro dos Cades Leste e Agenda 21 Macro Leste. Auditório da USP Leste São Paulo SP. 22 de setembro 2012 2 Encontro dos Cades Leste e Agenda 21 Macro Leste Auditório da USP Leste São Paulo SP 22 de setembro 2012 COLETA SELETIVA E AS COOPERATIVAS DA ZONA LESTE INSTITUIÇÕES PARCEIRAS: O CATADOR O catador é

Leia mais

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DAS COMUNIDADES

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DAS COMUNIDADES MPPR-0046.13.002014-5 ATA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA Aos 18 de abril de 2013, às 19h, na Rua da Cidadania da Regional Boa Vista, localizada na Av. Paraná, 3600, no Bairro Boa Vista, em Curitiba-PR, tiveram início

Leia mais

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano - SMDU Departamento de Urbanismo - DEURB Departamento de

Leia mais

População de rua leva cartão vermelho Viviane Tavares - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz)

População de rua leva cartão vermelho Viviane Tavares - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) População de rua leva cartão vermelho Viviane Tavares - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) População de rua aumenta nos últimos anos e a resposta da gestão pública é a violência,

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO PELA EDUCAÇÃO - MPEDUC ESCOLA COM PARTICIPAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO PELA EDUCAÇÃO - MPEDUC ESCOLA COM PARTICIPAÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO PELA EDUCAÇÃO - MPEDUC ESCOLA COM PARTICIPAÇÃO APRESENTAÇÃO O Ministério Público pela Educação MPEDUC é um projeto que foi desenvolvido em parceria pelo Ministério Público Federal/Procuradoria

Leia mais

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004)

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004) 1 Segurança Alimentar e Nutricional Segurança alimentar é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a

Leia mais

O programa é uma parceria entre as Secretarias do Verde e do Meio. Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS).

O programa é uma parceria entre as Secretarias do Verde e do Meio. Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS). O PAVS surge em 2007, da necessidade de se implementar políticas voltadas para a inclusão de questões ambientais no conjunto das ações de Promoção de Saúde e melhoria da qualidade de vida da população,

Leia mais

PROJETO AMBIENTES VERDES E SAUDÁVEIS

PROJETO AMBIENTES VERDES E SAUDÁVEIS PAVS PROJETO AMBIENTES VERDES E SAUDÁVEIS PAVS: AÇÃO PÚBLICA INTEGRADA ORGANIZAÇÕES IMPLEMENTADORAS E PARCEIRAS --- LESTE Casa de Saúde Santa Marcelina SUDESTE Associação Paulista para o Desenvolvimento

Leia mais

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Formação Socioambiental 4º Encontro Planejando intervenções Polo 1 P.E. Itapetinga, P.E. Itaberaba, MONA Pedra Grande Objetivos deste 4º Encontro

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Curso técnico em manejo florestal

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Curso técnico em manejo florestal RELATÓRIO DE ESTÁGIO Curso técnico em manejo florestal RICIANO DA COSTA PANTOJA Manaus dezembro 2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GOVERNO FEDERAL Título: RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO MANEJO FLORESTAL Nome do

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS

REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS Er REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS Art 1º O Fórum da Agenda 21 Local Regional de Rio Bonito formulará propostas de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável local, através

Leia mais

RELATÓRIO DA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

RELATÓRIO DA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE RELATÓRIO DA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE I. REALIZAÇÃO Data: 26/11/2013 e 27/11/2013 Local: Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson UNAR Número de participantes:

Leia mais

Profea- Projeto de Formação de Educadores Ambientais

Profea- Projeto de Formação de Educadores Ambientais Profea- Projeto de Formação de Educadores Ambientais Mostra Local de: Maringá PR Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Facinor- Faculdade

Leia mais

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 INTRODUÇÃO A Fundação Tide Setubal nasce em 2005 para ressignificar e inovar o trabalho pioneiro

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Ata de Reunião do Conselho Gestor de Paraisópolis. Por: DESCRIÇÃO REFERÊNCIA AUTOR Informativo dos objetivos da reunião:

Ata de Reunião do Conselho Gestor de Paraisópolis. Por: DESCRIÇÃO REFERÊNCIA AUTOR Informativo dos objetivos da reunião: Ata de Reunião do Conselho Gestor de Paraisópolis Local: Auditório do Albert Einstein Data: 10/07/2014 Pauta: 1. Apresentação Complexo Paraisopolis 2006 a 2014. 2. Organização do Conselho Gestor. Horário:

Leia mais

Ata Conselho de Usuários 12/11/2008.

Ata Conselho de Usuários 12/11/2008. Ata Conselho de Usuários 12/11/2008. Aos doze dias do mês de novembro de dois mil e oito, às 08h40min., reuniram-se o Presidente do Conselho, Sr. Osvaldo Eustáquio, o Vice-Presidente Sr. Petrolinces de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL BOQUEIRÃO 18/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Realizações no dia

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O E. M. E. F. P R O F ª. D I R C E B O E M E R G U E D E S D E A Z E V E D O P

Leia mais

Produto mais sustentável

Produto mais sustentável Produto mais sustentável De maneira geral, um produto pode ser considerado mais sustentável por diversas razões: a) processo de fabricação com baixo impacto: consiste em produtos que eliminaram ingredientes

Leia mais

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Formação Socioambiental 3º Encontro Planejando intervenções Polo 4 P.E. Aguapeí, P.E. Rio do Peixe, P.E. Morro do Diabo Algo que pode provocar ou,

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO Maria Salete da Silva Josiane dos Santos O Programa Assistência Sócio-Jurídica, extensão do Departamento de Serviço Social, funciona no Núcleo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS 1. Objeto: 1.1.1. Contratação de empresa para prestação, sob demanda, de serviços de planejamento, organização, coordenação, execução, fiscalização e avaliação de eventos com a viabilização de infra-estrutura

Leia mais

Categoria Franqueador Sênior

Categoria Franqueador Sênior PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Sênior Dados da empresa Razão Social Cebrac - Consultoria e Franquia Ltda. Nome fantasia CEBRAC Data de fundação

Leia mais

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA COORDENAÇÃO ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA Ministério Público - Procuradoria Regional dos Direitos

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo III: Conselhos dos Direitos no

Leia mais

AÇÕES MARÇO/2015 Patrocínio Apoi o :

AÇÕES MARÇO/2015 Patrocínio Apoi o : AÇÕES MARÇO/2015 RELATÓRIO No findar de janeiro, foi firmado entre Prefeitura Municipal de Bonito, através da SEMA - Secretaria de Meio Ambiente, com apoio do COMDEMA Conselho Municipal de Meio Ambiente

Leia mais

PLANEJAMENTO DE SENSIBILIZAÇÃO DOS POTENCIAIS CATADORES DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA DE JETIBA

PLANEJAMENTO DE SENSIBILIZAÇÃO DOS POTENCIAIS CATADORES DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA DE JETIBA PLANEJAMENTO DE SENSIBILIZAÇÃO DOS POTENCIAIS CATADORES DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA DE JETIBA JULHO 2014. Secretarias Parceiras: Secretaria Municipal de Técnica e Planejamento Secretaria Municipal de Trabalho,

Leia mais

Seres vivos. Mensagens aos jovens. Proposta 1

Seres vivos. Mensagens aos jovens. Proposta 1 Mensagens aos jovens Nós, jovens, devemos nos organizar para a construção de projetos, em que possamos, juntos com a população e os órgãos responsáveis, nos responsabilizar pelo bem-estar do nosso patrimônio.

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

GESTÃO DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS

GESTÃO DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS PROPOSTAS PARA REELABORAÇÃO PARTICIPATIVA DO PLANO DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PGIRS do MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Texto de referência TEMA GESTÃO DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS 1 O processo de preparação

Leia mais

Kit de Apoio à Gestão Pública 1

Kit de Apoio à Gestão Pública 1 Kit de Apoio à Gestão Pública 1 Índice CADERNO 3: Kit de Apoio à Gestão Pública 3.1. Orientações para a reunião de Apoio à Gestão Pública... 03 3.1.1. O tema do Ciclo 4... 03 3.1.2. Objetivo, ações básicas

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

A contribuição do Projeto InterAção para a Gestão dos Resíduos Sólidos em Viçosa-MG.

A contribuição do Projeto InterAção para a Gestão dos Resíduos Sólidos em Viçosa-MG. A contribuição do Projeto InterAção para a Gestão dos Resíduos Sólidos em Viçosa-MG. (Projeto InterAção) Introdução Com a tendência de um crescimento mundial da população, gerando um desenvolvimento industrial

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 22ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Data : 02/08/2007 Horário: 10:30 h Local : Sala

Leia mais

Projeto Escola com Celular

Projeto Escola com Celular Projeto Escola com Celular Rede Social de Sustentabilidade Autores: Beatriz Scavazza, Fernando Silva, Ghisleine Trigo, Luis Marcio Barbosa e Renata Simões 1 Resumo: O projeto ESCOLA COM CELULAR propõe

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO DE ENTREVISTA PARA LEVANTAMENTOS PRELIMINARES. Data:

ANEXO I ROTEIRO DE ENTREVISTA PARA LEVANTAMENTOS PRELIMINARES. Data: ANEXO I ROTEIRO DE ENTREVISTA PARA LEVANTAMENTOS PRELIMINARES Dados Socioeconômicos: Levantamento das Demandas do Município Responsável Técnico pelo Levantamento: Data: Município: Nome do Informante /

Leia mais

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque Darlyne de Aquino Silva Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia de São Paulo. São Roque, SP 2011

Leia mais

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual 20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual Paulista da CONSOCIAL Prioridades Texto Diretriz Eixo Pontos 1 2 Regulamentação e padronização de normas técnicas para a elaboração dos Planos de Governo apresentados

Leia mais

Plano de Advocacy. Repensando o Plano. Isabel d Avila Coordenadora de Advocacy

Plano de Advocacy. Repensando o Plano. Isabel d Avila Coordenadora de Advocacy Plano de Advocacy Repensando o Plano Isabel d Avila Coordenadora de Advocacy Relembrando Ações Finalizamos o 1º Dia da Capacitação Listando: - as Ações que foram Realizadas e representam um Avanço à condução

Leia mais

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Existe a compreensão evidente por parte das lideranças empresariais, agentes de mercado e outros formadores de opinião do setor privado

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

REGULAMENTO ECOGINCANA DO PLÁSTICO 2014

REGULAMENTO ECOGINCANA DO PLÁSTICO 2014 REGULAMENTO ECOGINCANA DO PLÁSTICO 2014 O Conselho Comunitário Consultivo do Polo Petroquímico do Sul, dando continuidade ao Projeto Ação Sustentável, promove em 2014 mais uma campanha ambiental destinada

Leia mais

Coordenação Técnica. Iniciativa

Coordenação Técnica. Iniciativa Coordenação Técnica Iniciativa Características do programa Conjunto de ações de formação para jovens entre 16 a 21 anos moradores das periferias das grandes metrópoles. Objetivos compartilhados Coordenação

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: CONHECENDO A COLETA SELETIVA. Categoria do projeto: II Projetos em implantação (projetos que estão em fase inicial)

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: CONHECENDO A COLETA SELETIVA. Categoria do projeto: II Projetos em implantação (projetos que estão em fase inicial) EDUCAÇÃO AMBIENTAL: CONHECENDO A COLETA SELETIVA Mostra Local de: Araruna Categoria do projeto: II Projetos em implantação (projetos que estão em fase inicial) Nome da Instituição/Empresa: JK Consultoria

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: J&I Serviços Educacionais LTDA Nome Fantasia: Wizard Aparecidinha Data de fundação:

Leia mais

Celebração do início do 7º ano da UMAPAZ

Celebração do início do 7º ano da UMAPAZ 2012 Celebração do início do 7º ano da UMAPAZ SVMA CADES Rede Formulação do projeto Sede Equipe Biblioteca Espaço Sapucaia Credenciamento de Professores DEA / UMAPAZ CONSELHO UMAPAZ Concepção Corporificação

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Meta e Estratégias. Meta

EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Meta e Estratégias. Meta EDUCAÇÃO AMBIENTAL Meta e Estratégias Meta Universalizar a educação socioambiental em todos os níveis e modalidades de ensino, como uma prática inter, multi e transdisciplinar, contínua e permanente nos

Leia mais

Os Catadores de Materiais Recicláveis e a atuação do Ministério Público

Os Catadores de Materiais Recicláveis e a atuação do Ministério Público Os Catadores de Materiais Recicláveis e a atuação do Ministério Público Promotora Marina Brandão Póvoa Coordenadoria de Inclusão e Mobilização Sociais Coordenadoria de Inclusão e Mobilização Sociais Criação

Leia mais

MARKETING VERDE E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL

MARKETING VERDE E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL MARKETING VERDE E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL Introdução: O marketing verde já não é tendência. Ele se tornou uma realidade e as empresas o enxergam como uma oportunidade para atrair

Leia mais

SOBRE A FÉRIAS VIVAS MISSÃO. Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional. VISÃO

SOBRE A FÉRIAS VIVAS MISSÃO. Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional. VISÃO SOBRE A FÉRIAS VIVAS A Associação Férias Vivas é a primeira ONG de âmbito nacional voltada para a segurança no turismo e no lazer. A organização foi criada em 2002 a partir da iniciativa de um grupo de

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente Programa é um instrumento que visa à minimização de resíduos sólidos, tendo como escopo para tanto a educação ambiental voltada

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT)

DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT) DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT) Há dois anos, um grupo de trabalhadores ocupou um local abandonado próximo ao bairro Parque Cuiabá (Mato Grosso). O local era ponto de usuários

Leia mais

Perguntas Frequentes PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DEPARTAMENTO DE CONTROLE AMBIENTAL

Perguntas Frequentes PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DEPARTAMENTO DE CONTROLE AMBIENTAL Perguntas Frequentes 1. Para quais atividades a SEMEIA realiza o licenciamento ambiental? Resposta: Atualmente a SEMEIA realiza o licenciamento ambiental de: fontes de poluição sonora, transporte de resíduos

Leia mais

O compromisso da Rede de Saúde Santa Marcelina com o Meio Ambiente

O compromisso da Rede de Saúde Santa Marcelina com o Meio Ambiente O compromisso da Rede de Saúde Santa Marcelina com o Meio Ambiente Rede de Saúde Santa Marcelina Abrangência e População de Referência População: 2.500.000 habitantes Hospital Universitário Principal referência

Leia mais

ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL UTILIZADOS EM PLANOS DIRETORES DE LIMPEZA URBANA EM TRÊS CIDADES DA BAHIA

ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL UTILIZADOS EM PLANOS DIRETORES DE LIMPEZA URBANA EM TRÊS CIDADES DA BAHIA ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL UTILIZADOS EM PLANOS DIRETORES DE LIMPEZA URBANA EM TRÊS CIDADES DA BAHIA Waleska Garcia Mendes Luiz Roberto Santos Moraes INTRODUÇÃO A Partir

Leia mais

Jovens cuidando do Brasil

Jovens cuidando do Brasil ação constitui uma parte da política dos três R reduzir, reutilizar e reciclar, depreende-se a necessidade de um trabalho com lixo que se inicie com uma revisão crítica dos hábitos e padrões de consumo.

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Registro da Oficina de Avaliação Nova Alvorada do Sul - MS

Registro da Oficina de Avaliação Nova Alvorada do Sul - MS 1 Registro da Oficina de Avaliação Nova Alvorada do Sul - MS Data: 04/12/2012 Horário: 14h00minh às 17h00minh Local:Câmara Municipal Município: Nova Alvorada do Sul Número de participantes: 21 Equipe de

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

O Meio Ambiente e a Indústria da Construção. Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP

O Meio Ambiente e a Indústria da Construção. Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP O Meio Ambiente e a Indústria da Construção Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP SEMINÁRIO TÉCNICO SEGURANÇA E SAÚDE NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 03 de fevereiro de 2012

Leia mais

II Fórum de Gestão Ambiental na Administração Pública. Câmara dos Deputados Brasília 2006

II Fórum de Gestão Ambiental na Administração Pública. Câmara dos Deputados Brasília 2006 II Fórum de Gestão Ambiental na Administração Pública Câmara dos Deputados Brasília 2006 O MEIO AMBIENTE PASSA POR AQUI A Educação Ambiental na Câmara dos Deputados Rachel Osório Coordenadora do EcoCamara

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Formação Socioambiental 2º Encontro Mapeando e buscando reconhecer o território Polo 2 Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade O que vimos até

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO LESTE

PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO LESTE PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO PLANO DE AÇÃO REGIONAL LESTE Legenda: Subprefeitura Vias Principais de acesso Linha de Metrô / CPTM Região Leste 08 Subprefeituras: Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista,

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE AMBIENTE PROPOSTA DO PLANO ELABORADO POR CÂMARA MUNICIPAL DE VILA POUCA DE AGUIAR

PLANO MUNICIPAL DE AMBIENTE PROPOSTA DO PLANO ELABORADO POR CÂMARA MUNICIPAL DE VILA POUCA DE AGUIAR PLANO MUNICIPAL DE AMBIENTE PROPOSTA DO PLANO ELABORADO POR CÂMARA MUNICIPAL DE VILA POUCA DE AGUIAR FICHA TÉCNICA Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar Eng.º Duarte Marques Eng.ª Cristina Vieira Divisão

Leia mais

PASSO A PASSO PARA FAZER A CONFERÊNCIA NA ESCOLA*

PASSO A PASSO PARA FAZER A CONFERÊNCIA NA ESCOLA* IV CONFERÊNCIA NACIONAL INFANTOJUVENIL PELO MEIO AMBIENTE A PARA FAZER A CONFERÊNCIA NA ESCOLA* *Até 31 de AGOSTO 2013 Ministério do Meio Ambiente Ministério da Educação IV CNIJMA 1. PORQUE FAZER A CONFERÊNCIA

Leia mais

Prêmio Vivaleitura. Dicas para se inscrever no. e outros projetos...

Prêmio Vivaleitura. Dicas para se inscrever no. e outros projetos... Dicas para se inscrever no Prêmio Vivaleitura e outros projetos... 2011 Vaga Lume R. Aspicuelta, 678 Vila Madalena São Paulo SP 05433-011 (11) 3032-6032 www.vagalume.org.br falecom@vagalume.org.br 1) Apresentação

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

1. Dados da Organização

1. Dados da Organização 1. Dados da Organização Nome: Obra Social da Paróquia São Mateus Apóstolo Presidente: Raquel Morgante Lima. Vice Presidente: José Porfírio Sobrinho CNPJ - 43.623.693/0001-81 Endereço: Rua Antonio Previato,

Leia mais

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Santa Maria, 15 de Outubro de 2012 Pauta: 1) Contexto da Economia Criativa no Brasil de acordo com o Plano da Secretaria da Economia Criativa

Leia mais

3.1 Planejar, organizar logística e tecnicamente das Oficinas temáticas de formação da Agentes de Prevenção e seus parceiros locais.

3.1 Planejar, organizar logística e tecnicamente das Oficinas temáticas de formação da Agentes de Prevenção e seus parceiros locais. EDITAL DO CENTRO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE TERMO DE REFERÊNCIA Nº 10/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 10/2012 TIPO: MELHOR TÉCNICA O Centro de Promoção da Saúde, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DO PROJETO

RELATÓRIO FINAL DO PROJETO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO I. DADOS BÁSICOS Nome da organização: Instituto de Estudos Socioambientais do Sul da Bahia Título do projeto: Strengthening Enforcement of Environmental Laws in the Atlantic

Leia mais

Propostas para o Plano Diretor de Curitiba

Propostas para o Plano Diretor de Curitiba Propostas para o Plano Diretor de Curitiba Revisão de 2014 Andressa Mendes Fernanda Castelhano Rafaela Scheiffer As propostas contidas nesta cartilha foram resultados de intervenções urbanas e processos

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. "Aproximando Universidade e o Ensino Fundamental na reflexão e prática da temática ambiental."

Mostra de Projetos 2011. Aproximando Universidade e o Ensino Fundamental na reflexão e prática da temática ambiental. Mostra de Projetos 2011 "Aproximando Universidade e o Ensino Fundamental na reflexão e prática da temática ambiental." Mostra Local de: Guarapuava Categoria do projeto: Projetos finalizados. Cidade: Guarapuava

Leia mais

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica A iniciativa O projeto Praças é uma iniciativa do Instituto Sou da Paz, em parceria com a SulAmérica, que promove a revitalização de praças públicas da periferia de São Paulo com a participação da comunidade

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 016/2013

NOTA TÉCNICA Nº 016/2013 NOTA TÉCNICA Nº 016/2013 Brasília, 3 de maio de 2013. ÁREA: Educação TÍTULO: Prestação de contas na Educação. REFERÊNCIA(S): Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 Lei Complementar nº 101,

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

UMAPAZ Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz

UMAPAZ Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz UMAPAZ Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz O que é A Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz - UMAPAZ nasceu de uma proposta delineada, em 2005, com o propósito de

Leia mais

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012 GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY Oficina de Planejamento 2010-2012 Paraty, agosto de 2010 Objetivo da oficina Elaborar o Direcionamento Estratégico da Gastronomia Sustentável de Paraty para os próximos

Leia mais

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009 SELEÇÃO DE PROJETOS Feiras de Economia Solidária no Brasil Brasília/DF, Maio de 2009 SELEÇÃO DE PROJETOS FEIRAS INTERNACIONAIS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA - UBEE/IMS N. 01/2009 1. APRESENTAÇÃO A União Brasileira

Leia mais

"PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL"

PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL Reciclagem e Valorizaçã ção o de Resíduos Sólidos S - Meio Ambiente UNIVERSIDADE DE SÃO S O PAULO "PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL" Associação sem fins lucrativos, o CEMPRE se dedica à promoção

Leia mais