As redes de proteção escolar em prol da EE Pres. Salvador Allende Grossens. DER Leste 3

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As redes de proteção escolar em prol da EE Pres. Salvador Allende Grossens. DER Leste 3"

Transcrição

1 As redes de proteção escolar em prol da EE Pres. Salvador Allende Grossens DER Leste 3 Gestão Regional do SPEC : Maria Helena T. Faustino Dirigente Regional Alice Venchiarutti Supervisora Álex Roberto Genelhu Soares - PCNP Supervisora de Ensino da U.E. : Vera Lucia Ferreira Nunes Granatta

2 LOCALIZAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR ZONA LESTE DE SÃO PAULO COHAB JOSE BONIFÁCIO Terreno PMSP CPTM

3 ATUAÇÃO DA SUPERVISORA DA UNIDADE ESCOLAR A supervisora responsável pelo acompanhamento da escola, Sra. Vera Lucia Ferreira Nunes Granatta, tem orientado a equipe gestora a adotar ações junto à comunidade escolar, docentes, discentes, funcionários, com projetos que visam ao aprimoramento da prática pedagógica, palestras com exdetentos e ex-usuários de drogas, a fim de conscientizar a comunidade escolar e promover um ambiente mais acolhedor, promoção do embelezamento da Unidade Escolar, como a grafitagem de paredes internas da escola, dentre outras.

4 Mas, uma vez que as ações que se tem adotado não têm surtido o efeito desejado, pois a amplitude de intervenções dos membros da comunidade escolar é infinitamente inferior às necessárias para dar cabo aos problemas que a escola enfrenta, houve a necessidade de promover ações em parceria entre a comunidade escolar e outros órgãos públicos. A escola não é e nem pode pretender-se uma ilha, ou seja, um ambiente isolado do meio que o circunda.

5 Ela está inserida no bairro, na cidade onde existem fatores que podem interferir positiva ou negativamente em seu ambiente.

6 Deste modo, se por um lado é papel da escola acompanhar os fatores de risco presentes em seu entorno (fatores negativos).

7 Cabe também a ela olhar para uma vizinhança capaz de potencializa o seu papel e assumir responsabilidades pela promoção dos direitos da criança e do adolescente.

8 IDENTIFICAÇÃO DAS VULNERABILIDADES: EXTENSÃO DO TERRENO DA ESCOLA m 2 (3.130 m 2 área construída)

9 IDENTIFICAÇÃO DAS VULNERABILIDADES: TERRENO DA ESCOLA SERVE COMO PASSAGEM PARA COMUNIDADE

10 IDENTIFICAÇÃO DAS VULNERABILIDADES: TERRENO DA ESCOLA SERVE COMO PASSAGEM PARA COMUNIDADE

11 IDENTIFICAÇÃO DAS VULNERABILIDADES: COMUNIDADE UTILIZA O TERRENO PARA DEPÓSITO DE ENTULHOS; RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E LIXO

12 IDENTIFICAÇÃO DAS VULNERABILIDADES: OBRA INACABADA/ ABANDONADA NO TERRENO VIZINHO TEM SE CONSTITUÍDO NUM ESPAÇO PARA USUÁRIOS DE DROGAS

13 ATIVIDADES / AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA SUPERVISORA DA ESCOLA, SUPERVISORA E PCNP DO SPEC: 23/04/2013: Ofício 3ª Cia 48º Batalhão da PM 24/04/2013: Visita à Obra Social Dom Bosco 24/04/2013: Reunião SEE: Chefe de Gabinete CISE SPEC Assessoria de Imprensa 26/04/2013: Ofício à Subprefeitura de Itaquera 29/04/2013: Ofício à CPTM 03/05/2013: Primeiro encontro criação do grupo intersetorial 06/05/2013: Visita representante CPTM à Unidade Escolar 15/05/2013: Segundo encontro do grupo intersetorial 05/06/2013:Terceiro encontro do grupo intersetorial 20/06/2013: Quarto encontro do grupo intersetorial

14 ATIVIDADES / AÇÕES DESENVOLVIDAS: ENCONTROS COM COORDENAÇÃO CENTRAL DO SPEC, PM E CISE

15 ATIVIDADES / AÇÕES DESENVOLVIDAS ENCONTROS: PARTICIPAÇÃO DE MÃES

16 ATIVIDADES / AÇÕES DESENVOLVIDAS ENCONTROS: PARTICIPAÇÃO DA CISE, SPEC E POLÍCIA MILITAR

17 ATIVIDADES / AÇÕES DESENVOLVIDAS ENCONTROS: PARTICIPAÇÃO DA CISE, SPEC E POLÍCIA MILITAR

18 ATIVIDADES / AÇÕES DESENVOLVIDAS ENCONTROS: PARTICIPAÇÃO DA SUBPREFEITURA DE ITAQUERA

19 ASPECTOS IMPORTANTES: REGISTRO

20 ASPECTOS IMPORTANTES: CONSTITUIÇÃO DE UM GRUPO INTERSETORIAL

21 RESULTADOS PARCIAIS: Início do processo de doação de parte do terreno para PMSP; Retirada de parte do entulho;

22 RESULTADOS PARCIAIS: Elaboração de Projeto para obra Muro de Divisória (CISE); Destinação do Galpão vizinho (subprefeitura); Inclusão da escola no Plano de Obras da FDE; Melhora nas relações da equipe escolar com a comunidade local (Grupo de mães)

23 A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LDB (Lei nº 9.394/96) estabelece que a educação deve estar vinculada à prática social. E continua, em seu art. 12, afirmando que os estabelecimentos de ensino têm a incumbência de articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola. Assim, a legislação nacional defende uma escola integrada à sociedade que educa, formando uma relação de mútua responsabilidade e proteção.

24 Redes é um conceito atual, que propõe uma inovação radical no modo de gestão social pública. Não podemos mais atuar num ponto sem olhar para outros, somando e integrando competências e intervenções.

PLANO DE AÇÃO ESCOLAS PRIORITÁRIAS - 2014

PLANO DE AÇÃO ESCOLAS PRIORITÁRIAS - 2014 DOCUMENTO ORIENTADOR CGEB Nº 02 DE 2014 COORDENADORIA DE GESTÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA PLANO DE AÇÃO ESCOLAS PRIORITÁRIAS - 2014 SÃO PAULO MARÇO DE 2014 Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme

Leia mais

Mediação Escolar e Comunitária

Mediação Escolar e Comunitária Mediação Escolar e Comunitária Orientação Técnica para PMECs 14.03.2014 Professores Mediadores : Planejando e (re)organizando o Plano de Trabalho de 2014 Objetivos do Encontro: Revisitar as ações desenvolvidas

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária

Mostra de Projetos 2011. Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária Mostra de Projetos 2011 Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária Mostra Local de: Araucária. Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

3 -Objetivos Específicos

3 -Objetivos Específicos 2014 1 Conceito O Dia C Dia de Cooperar é uma iniciativa do Sistema OCEMG que com o apoio e a participação efetiva das cooperativas de Minas gerais, buscarão desenvolver em suas localidades, um elenco

Leia mais

Secretaria Nacional de Assistência Social

Secretaria Nacional de Assistência Social POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SUAS Secretaria Nacional de Assistência Social MARCOS NORMATIVOS E REGULATÓRIOS Constituição Federal 1988 LOAS 1993 PNAS 2004

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO LESTE

PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO LESTE PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO PLANO DE AÇÃO REGIONAL LESTE Legenda: Subprefeitura Vias Principais de acesso Linha de Metrô / CPTM Região Leste 08 Subprefeituras: Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista,

Leia mais

Copa do Mundo 2014: ações da Prefeitura de São Paulo. 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014

Copa do Mundo 2014: ações da Prefeitura de São Paulo. 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014 : ações da Prefeitura de São Paulo 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014 Copa em São Paulo: a gestão municipal SPCOPA: Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de

Leia mais

Rede de Defesa e Segurança

Rede de Defesa e Segurança Rede de Defesa e Segurança 1 PROGRAMA ALIANÇA PELA VIDA Objetivo: Estruturar ações integradas de prevenção, acolhimento e tratamento dos usuários e dependentes de álcool e outras drogas e seus familiares,

Leia mais

EDUCAÇÃO SÓCIO-AMBIENTAL

EDUCAÇÃO SÓCIO-AMBIENTAL Tudo que não é o nosso próprio corpo é vizinhança ou entorno. Na vizinhança ou entorno são encontradas as outras pessoas e todas as coisas. A Educação Sócio- Ambiental tem como objetivo criar e aperfeiçoar

Leia mais

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DAS COMUNIDADES

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DAS COMUNIDADES ATA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA Aos 15 de Outubro de 2015, às 19h30min, nas dependências da Escola Municipal Oswaldo Arns, localizada na Rua Odir Gomes da Rocha, nº 546, Bairro Tatuquara, Curitiba, Paraná, no

Leia mais

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis PARÂMETROS PARA A CONSTITUIÇÃO DAS COMISSÕES INTERSETORIAIS DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E DEFESA DO DIREITO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES À CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMUNITÁRIA

Leia mais

XXVI Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo

XXVI Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo XXVI Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo Marília Março 2012 A Cidade de Guarulhos A cidade de Guarulhos Brasil -190 milhões de habitantes Região Metropolitana de São Paulo

Leia mais

PESQUISA APLICADA EM COOPERAÇÃO universidades e escolas institucionais de Ministério Público

PESQUISA APLICADA EM COOPERAÇÃO universidades e escolas institucionais de Ministério Público PESQUISA APLICADA EM COOPERAÇÃO universidades e escolas institucionais de Ministério Público José Roberto Porto de Andrade Júnior joserobertopajr@hotmail.com joseporto@mpsp.mp.br Assessor da Diretoria

Leia mais

P.A.R.E PROGRAMA DE APOIO E RECUPERAÇÃO DO EMPREGADO

P.A.R.E PROGRAMA DE APOIO E RECUPERAÇÃO DO EMPREGADO P.A.R.E PROGRAMA DE APOIO E RECUPERAÇÃO DO 1990 1989 HISTÓRICO EAP (Alcoa) Foco em Dependência Química (Alumar) Visita na Johnson Criação de Grupo Multidisciplinar de Coordenação Estágio na Clínica Vila

Leia mais

Número de Escolas e Alunos. 23 Escolas Estaduais total de 13.685 alunos. Unidades Prisionais

Número de Escolas e Alunos. 23 Escolas Estaduais total de 13.685 alunos. Unidades Prisionais JURISDIÇÃO Número de Escolas e Alunos 23 Escolas Estaduais total de 13.685 alunos Unidades Prisionais P. Andradina 1634 reeducandos P. Mirandópolis I 501 reeducandos P. Mirandópolis II 1787 reeducandos

Leia mais

ANÁLISE DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

ANÁLISE DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE ANÁLISE DO PROGRAMA DE COLETA SELETIVA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Kelvin Franklin Almeida Silva (UFS ) kelvin.franklin@hotmail.com BARBARA CRUZ BARROS (UFS ) barbinha_inha@hotmail.com Debora Suellen

Leia mais

Coordenado pela Profª Lucidéa Santos, o artigo A FIBRA vai à Escola e a Escola vai à FIBRA: uma experiência em nível de extensão para estabelecer

Coordenado pela Profª Lucidéa Santos, o artigo A FIBRA vai à Escola e a Escola vai à FIBRA: uma experiência em nível de extensão para estabelecer APRESENTAÇÃO Esta coletânea de artigos contempla a sociedade acadêmica com mais uma publicação de resultados de atividades desenvolvidas pela Faculdade Integrada Brasil Amazônia FIBRA, no âmbito da Extensão

Leia mais

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS FUNDO MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS GUIA PARA CRIAÇÃO ABRIL 2013

CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS FUNDO MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS GUIA PARA CRIAÇÃO ABRIL 2013 CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS FUNDO MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS GUIA PARA CRIAÇÃO ABRIL 2013 ÍNDICE I - Apresentação 03 II - Fases para a criação 04 III - Informações gerais sobre

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS Porta de entrada dos munícipes que necessitam das ações de assistência social que potencializam a família, a comunidade de referência, fortalecendo seus

Leia mais

Manual do Associado 2013/2014

Manual do Associado 2013/2014 Manual do Associado 2013/2014 Praça Conde de Barcelos 1 2 A SAAP E SUA ORIGEM Somos uma associação da sociedade civil sem fins lucrativos, fundada e legalmente constituída em dezembro de 1977, com o objetivo

Leia mais

8ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MINAS GERAIS

8ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MINAS GERAIS 8ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MINAS GERAIS DOCUMENTO FINAL EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Ações de mobilização: 1. Ampla mobilização, por

Leia mais

DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA

DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA FARIAS, Maria Lígia Malta ¹ SOUSA, Valéria Nicolau de ² TANNUSS, Rebecka Wanderley ³ Núcleo De Cidadania e Direitos Humanos/ PROEXT RESUMO O Projeto de Extensão

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretário da Educação Herman Voorwald Secretária-Adjunta Cleide Bauab Eid Bochixio Chefe de Gabinete Fernando

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores e demais Edis.

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores e demais Edis. MENSAGEM Nº. 02/2013 Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores e demais Edis. Com nossos cordiais cumprimentos encaminhamos a V. Exa. e digníssimos Pares dessa R. Casa Legislativa, o Projeto

Leia mais

AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: ESTUDO DE CASO DA FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO

AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: ESTUDO DE CASO DA FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Colocar foto de autor AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: ESTUDO DE CASO DA FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Autoras: Queiroz, Helena Maria Gomes Coelho, Michelle Queiroz Introdução Objetivo Geral:

Leia mais

Projeto de banda de fanfarra o SALVADOR

Projeto de banda de fanfarra o SALVADOR Projeto de banda de fanfarra o SALVADOR Alexander Santos Silva Projeto de implantação de uma atividade sócio educacional apresenta a Prefeitura Municipal de Salvador do Estado da Bahia. Salvador Fevereiro

Leia mais

Relato das experiências vividas na formação do FORPEDI MUNICÍPIO: REGENTE FEIJÓ

Relato das experiências vividas na formação do FORPEDI MUNICÍPIO: REGENTE FEIJÓ Relato das experiências vividas na formação do FORPEDI MUNICÍPIO: REGENTE FEIJÓ Introdução Esclarecimento das necessidades da continuidade das fases de aprendizagem por faixa etária da criança, isto é:

Leia mais

AVANÇOS E DIFICULDADES NOS PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA NAS EMPRESAS. sexta-feira, 16 de março de 12

AVANÇOS E DIFICULDADES NOS PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA NAS EMPRESAS. sexta-feira, 16 de março de 12 AVANÇOS E DIFICULDADES NOS PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA NAS EMPRESAS A Qualidade de Vida do Homem constitui o paradigma maior dos tempos atuais. A Empresa se torna mais produtiva e lucrativa à medida

Leia mais

PROJETOS DE EXTENSÃO 2011 CURSO RESPONSÁVEL PELO PROJETO

PROJETOS DE EXTENSÃO 2011 CURSO RESPONSÁVEL PELO PROJETO ATENÇÃO À CRIANÇA (S) DE EXECUÇÃO E FREQUÊNCIA Projeto Sorriso Visa proporcionar às crianças internas e usuárias do PSF do Crianças da Casa de Passagem e do PSF Santa Rita bairro Santa Rita o conhecimento

Leia mais

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 034/2013 (PARECER Nº 034/2013 CONSUN)

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 034/2013 (PARECER Nº 034/2013 CONSUN) RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 034/2013 (PARECER Nº 034/2013 CONSUN) Dispõe sobre o Programa UnC Saúde e Qualidade de Vida. O Presidente do Conselho Universitário CONSUN da Universidade do Contestado - UnC, no uso

Leia mais

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica A iniciativa O projeto Praças é uma iniciativa do Instituto Sou da Paz, em parceria com a SulAmérica, que promove a revitalização de praças públicas da periferia de São Paulo com a participação da comunidade

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

Resultados 2013. Blog Educação nas Redes Sociais. Facebook. Evolução Dezembro 2012: 581 Dezembro 2013: 2.278 Crescimento: 292,08%

Resultados 2013. Blog Educação nas Redes Sociais. Facebook. Evolução Dezembro 2012: 581 Dezembro 2013: 2.278 Crescimento: 292,08% Resultados 2013 Blog Educação nas Redes Sociais Facebook Evolução Dezembro 2012: 581 Dezembro 2013: 2.278 Crescimento: 292,08% facebook.com/blogeducacao Resultados 2013 Blog Educação nas Redes Sociais

Leia mais

Areas Metas Ações Parcerias Período

Areas Metas Ações Parcerias Período Escola Municipal Bernardo Ferreira Guimarães - Ensino Fundamental Criada pelo Decreto nº 6564 de 02/05/1962 Municipalizada a partir de 01/01/98 Res. Nº 9166/98 MG 11/02/98 Praça José Júlio de Souza Nº

Leia mais

FÓRUM REGIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL DO ALTO VALE DO ITAJAÍ RIO DO SUL SC 2015 CARTA DE PRINCÍPIOS

FÓRUM REGIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL DO ALTO VALE DO ITAJAÍ RIO DO SUL SC 2015 CARTA DE PRINCÍPIOS FÓRUM REGIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL DO ALTO VALE DO ITAJAÍ RIO DO SUL SC 2015 CARTA DE PRINCÍPIOS 1. Natureza e Finalidade O Fórum Regional de Educação Infantil do Alto Vale do Itajaí - FREIAVI é um espaço

Leia mais

3o Plano Municipal de Segurança de Diadema Resultado das Consultas Populares julho 2011

3o Plano Municipal de Segurança de Diadema Resultado das Consultas Populares julho 2011 3o Plano Municipal de Segurança de Diadema Resultado das Consultas Populares julho 2011 Participantes das Consultas 13 Consultas entre os dias 21/05/11 e 06/07/11 Total de 665 participantes que apresentaram

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DA SERRA ESTADO DO ESPIRITO SANTO

CÂMARA MUNICIPAL DA SERRA ESTADO DO ESPIRITO SANTO OF / GAB. /CMS Nº. 262/2013 A Secretaria de Saúde SESA Serra/ES - A instalação de uma farmácia popular; - Melhoria no atendimento no posto de saúde de Barcelona; - Combate aos focos de mosquito da dengue

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 17 DE 24 DE ABRIL DE 2013.

LEI COMPLEMENTAR Nº 17 DE 24 DE ABRIL DE 2013. LEI COMPLEMENTAR Nº 17 DE 24 DE ABRIL DE 2013. Dispõe sobre a criação e extinção de cargos no quadro de pessoal do Município de Turvolândia e dá outras providências. O Povo do Município de Turvolândia,

Leia mais

9º Congresso de História do ABC A classe operária depois do paraíso

9º Congresso de História do ABC A classe operária depois do paraíso 9º Congresso de História do ABC A classe operária depois do paraíso Mesa de debate: O papel das instituições de ensino superior do ABC no desenvolvimento regional. Centro Universitário Fundação Santo André

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária

PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária Apoio: Secretária municipal de educação de santo Afonso PROJETO INTERAÇÃO FAMÍLIA X ESCOLA: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA. É imperioso que dois dos principais

Leia mais

Título: CUIDANDO DA AMBIÊNCIA DA UNIDADE BÁSICA: ADEQUAÇÃO PARA CRIAR ESPAÇOS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO.

Título: CUIDANDO DA AMBIÊNCIA DA UNIDADE BÁSICA: ADEQUAÇÃO PARA CRIAR ESPAÇOS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO. Título: CUIDANDO DA AMBIÊNCIA DA UNIDADE BÁSICA: ADEQUAÇÃO PARA CRIAR ESPAÇOS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO. Autora: Maria Gabriela Bortotto Serviço de Saúde: Unidade Básica de Saúde Vila Comercial Palavras-chave:

Leia mais

Alcance Social. Kerigma Social. Assistência Social

Alcance Social. Kerigma Social. Assistência Social IBC FBC Kerigma Jr Bazar Atendimento Médico Alcance Social Celebrando a Restauração Assistência Social Kerigma Social Apoio a ações IBC Ecovidas Comunidade Santa Fé MISSÃO IBC Amar a Deus sobre todas as

Leia mais

CIDADANIA DIREITO DE TODOS

CIDADANIA DIREITO DE TODOS CIDADANIA DIREITO DE TODOS Luciana Montes Arruda Universidade Castelo Branco INTRODUÇÃO Com o objetivo de contribuir para a qualidade de vida no estado do Rio, o Sistema FIRJAN criou, em 2010, o SESI Cidadania.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DECRETO Nº 186, DE 10 DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre a estrutura organizacional da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social SETAS, a redistribuição dos cargos

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO A avaliação institucional tem sido objeto de discussões na Faculdade Educacional de Ponta Grossa - Faculdade União e sempre foi reconhecida como um instrumento

Leia mais

APPAC Tororó Sana - RJ

APPAC Tororó Sana - RJ Sistematização e disseminação da educação ambiental, no distrito do Sana\busca pelo padrão sustentável para a bacia Córrego Peito de Pombo\otimização da proposta sustentável na APA distrital do Sana. PLANO

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

ESTADO DE GOIÁS ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA RELATÓRIO DA VISITA FEITA AO CENTRO DE INSERÇÃO SOCIAL DE ANÁPOLIS (PRESÍDIO DE ANÁPOLIS), REALIZADA EM 25 DE MAIO DE 2011, PELA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM AS ESCOLAS FORMANDO COM-VIDA CONSTRUINDO AGENDA 21AMBIENTAL NA ESCOLA

VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM AS ESCOLAS FORMANDO COM-VIDA CONSTRUINDO AGENDA 21AMBIENTAL NA ESCOLA VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM AS ESCOLAS FORMANDO COM-VIDA CONSTRUINDO AGENDA 21AMBIENTAL NA ESCOLA COM-VIDA Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola Criado a partir das deliberações da I Conferência

Leia mais

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Elaborada pela Diretoria de Assuntos Estudantis 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias

Leia mais

Edital nº 003/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

Edital nº 003/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA NACIONAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS MINISTÉRIO DA SAÚDE Comitê Gestor do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP. Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico

REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP. Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP Capítulo I Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico Art. 1º O Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico- NAP/NAPP do Centro de Ensino

Leia mais

Articulação da Participação Social e Processos Formativos Voltados ao Desenvolvimento Rural

Articulação da Participação Social e Processos Formativos Voltados ao Desenvolvimento Rural Universidade Federal da Paraíba - UFPB / Centro de Ciências Agrárias - CCA / Campus II Areia, Paraíba - 27 a 30 de outubro de 2014. Articulação da Participação Social e Processos Formativos Voltados ao

Leia mais

Rede de Atenção Psicossocial

Rede de Atenção Psicossocial NOTA TÉCNICA 60 2011 Rede de Atenção Psicossocial Minuta de portaria que aprova as normas de funcionamento e habilitação do Serviço Hospitalar de Referência para atenção às pessoas com sofrimento ou transtorno

Leia mais

PROJETO DA CPA 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO. Nome: Faculdade São Salvador Código: 2581 Caracterização: Instituição privada com fins lucrativos

PROJETO DA CPA 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO. Nome: Faculdade São Salvador Código: 2581 Caracterização: Instituição privada com fins lucrativos PROJETO DA CPA Em atendimento ao que dispõe a Lei 10.861, de 14 de abril de 2004 que institui a obrigatoriedade da Avaliação Institucional e por entender a importância do SINAES para o desenvolvimento

Leia mais

Dia 01 de outubro de 2011 aulas gratuitas do projeto Capoeira na Comunidade apoio, Base Comunitária de Segurança São José e Cb BM Tavares, as aulas

Dia 01 de outubro de 2011 aulas gratuitas do projeto Capoeira na Comunidade apoio, Base Comunitária de Segurança São José e Cb BM Tavares, as aulas POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MATO GROSSO COMANDO REGIONAL V REGIONAL LESTE 2º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR BASE COMUNITÁRIA DE SEGURANÇA SÃO JOSÉ BASE MÓVEL DA POLÍCIA COMUNITÁRIA RELATÓRIO OUTUBRO 2011

Leia mais

Proposta Pedagógica para as Salas de Leitura: a experiência do Instituto Ayrton Senna em parceria com a SEE-SP e SEE-RJ

Proposta Pedagógica para as Salas de Leitura: a experiência do Instituto Ayrton Senna em parceria com a SEE-SP e SEE-RJ Proposta Pedagógica para as Salas de Leitura: a experiência do Instituto Ayrton Senna em parceria com a SEE-SP e SEE-RJ 0 DESENVOLVER O POTENCIAL DAS NOVAS GERAÇÕES Conhecimento aplicado 74.893 Educadores

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação Mostra de Projetos 2011 Projovem em Ação Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura Municipal Santa Cecilia

Leia mais

PROJETO LEITURA INTERATIVA

PROJETO LEITURA INTERATIVA PROJETOS COMPLEMENTARES PROJETO LEITURA INTERATIVA Atividade planejada e permanente com os usuários, em grupos, que visa introduzir em sua vida a leitura diária de jornais, livros e revistas e atualização

Leia mais

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade SEMINÁRIO Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais 27 de maio de

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-SUAS TRABALHANDO EM REDE

SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-SUAS TRABALHANDO EM REDE SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-SUAS TRABALHANDO EM REDE CONCEITO DE REDE Para as Ciências Sociais: conjunto de relações sociais entre um conjunto

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Programa Vizinhança Solidária O Programa Vizinhança Solidária cria a adoção de mecanismos dentro da filosofia de polícia comunitária de estímulo à mudança de comportamento dos integrantes de determinadas

Leia mais

Ministério Público do Trabalho

Ministério Público do Trabalho Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região www.prt9.mpt.gov.br A realidade Fundamentos Jurídicos Declaração Universal dos Direitos do Homem, que diz que o reconhecimento

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2011 - SMDS O Município de Canoas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, torna público o presente e convida os interessados e as interessadas a apresentar

Leia mais

Colégio Centro Paula Souza José Moacir Ribeiro Técnico em meio ambiente Presidente Prudente Junho de 2013

Colégio Centro Paula Souza José Moacir Ribeiro Técnico em meio ambiente Presidente Prudente Junho de 2013 Projeto Inovar e Implementar a Coleta Seletiva Pres. Prudente Colégio Centro Paula Souza José Moacir Ribeiro Técnico em meio ambiente Presidente Prudente Junho de 2013 Introdução Curitiba é 1 o. Cidade

Leia mais

Capacitação Gerencial PST

Capacitação Gerencial PST Capacitação Gerencial PST Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social SNELIS Ministério do Esporte Direito Social É dever do estado fomentar práticas desportivas formais e não formais:

Leia mais

A inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino superior

A inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino superior UNIrevista - Vol. 1, n 2: (abril 2006) ISSN 1809-4651 A inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino superior Marilú Mourão Pereira Resumo Fisioterapeuta especialista em neurofuncional

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

II Encontro MPSP/MEC/UNDIME-SP. Material das Palestras

II Encontro MPSP/MEC/UNDIME-SP. Material das Palestras II Encontro MPSP/MEC/UNDIME-SP Material das Palestras II Encontro MPSP e MEC Educação Inclusiva MARCOS LEGAIS CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Art. 208. O dever do Estado com a educação

Leia mais

C- ÁREA PROFISSIONAL DIREITO NA ÁREA DA SAÚDE PÚBLICA

C- ÁREA PROFISSIONAL DIREITO NA ÁREA DA SAÚDE PÚBLICA C- ÁREA PROFISSIONAL DIREITO NA ÁREA DA SAÚDE PÚBLICA DIREITO NA ÁREA DA SAÚDE PÚBLICA Titulação conferida: Aprimoramento Supervisora: Dra. Solange Gonçalves Roja Potecasu Características: (duração 12

Leia mais

Serviço que organiza o acolhimento, em residências de famílias acolhedoras cadastradas, de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por

Serviço que organiza o acolhimento, em residências de famílias acolhedoras cadastradas, de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por Serviço que organiza o acolhimento, em residências de famílias acolhedoras cadastradas, de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva (ECA, Art. 101), em função

Leia mais

A Educação Inclusiva, realidade ou utopia?

A Educação Inclusiva, realidade ou utopia? A Educação Inclusiva, realidade ou utopia? Gloria Contenças Marques de Arruda (Escola Municipal Luiz de Lemos) Baseado em informações dos conteúdos estudados, Michels (2006) diz que "[...] as reformas

Leia mais

Programa Lixo e Cidadania

Programa Lixo e Cidadania Programa Lixo e Cidadania São Bernardo do Campo (SP) Elisabeth Grimberg e Sonia Lima in Segurança Alimentar e Nutricional: a contribuição das empresas para a sustentabilidade das iniciativas locais Fechar

Leia mais

ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES

ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES I ÁREAS DE INTERESSE Criança e Adolescente Apoio aos Fóruns, Comitês, Associações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA ANO. 2014 DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA FEIRA - BAHIA A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. 1 LEI Nº 625/2014 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO

Leia mais

COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL. Brasília maio 2010

COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL. Brasília maio 2010 COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL Brasília maio 2010 Audiência Pública: o avanço e o risco do consumo de crack no Brasil Francisco Cordeiro Coordenação de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

III Seminário Nacional Pactuação Federativa no Brasil sem Miséria. Brasília Novembro/2015

III Seminário Nacional Pactuação Federativa no Brasil sem Miséria. Brasília Novembro/2015 III Seminário Nacional Pactuação Federativa no Brasil sem Miséria Brasília Novembro/2015 CENÁRIO DA POBREZA Fonte: IBGE. Censo Demográfico 2010 (resultados preliminares); Fundação Seade. DIRETRIZES E PRINCÍPIOS

Leia mais

Diagnóstico da A3P na Prefeitura Municipal de São Paulo

Diagnóstico da A3P na Prefeitura Municipal de São Paulo Diagnóstico da A3P na Prefeitura Municipal de São Paulo Universo PMSP A PMSP possui atualmente 165 mil funcionários ativos, distribuídos em 18 Secretarias, 31 Subprefeituras, 06 Empresas e 08 Autarquias.

Leia mais

NÚCLEO TÉCNICO FEDERAL

NÚCLEO TÉCNICO FEDERAL NÚCLEO TÉCNICO FEDERAL Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte PPCAAM Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente Secretaria de Direitos Humanos Presidência

Leia mais

Diretrizes para o Plano de Urbanização da ZEIS 3 C 016

Diretrizes para o Plano de Urbanização da ZEIS 3 C 016 Diretrizes para o Plano de Urbanização da ZEIS 3 C 016 Aprovadas pelo Conselho Gestor em 27 de julho de 2011 LEGENDA: Diretrizes propostas pela PMSP Diretrizes propostas pelos membros da sociedade civil

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL PRÊMIO SÃO PAULO CIDADE

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL PRÊMIO SÃO PAULO CIDADE PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL PRÊMIO SÃO PAULO CIDADE PROJETO INCLUSÃO SOCIAL URBANA NÓS DO CENTRO Nome dos Integrantes: Antonio Augusto

Leia mais

3.3. Conselho escolar e autonomia: participação e democratização da gestão administrativa, pedagógica e financeira da educação e da escola

3.3. Conselho escolar e autonomia: participação e democratização da gestão administrativa, pedagógica e financeira da educação e da escola 3.3. Conselho escolar e autonomia: participação e democratização da gestão administrativa, pedagógica e financeira da educação e da escola João Ferreira de Oliveira - UFG Karine Nunes de Moraes - UFG Luiz

Leia mais

Editoria: Comunidade Manaus Hoje. Veículo:

Editoria: Comunidade Manaus Hoje. Veículo: Editoria: Comunidade Manaus Hoje Coluna: --- Poço artesiano ( )Matéria articulada pela assessoria de imprensa 02 ( ) Positivo (X) Neutro Editoria: Dia a Dia Amazonas em Tempo Coluna: --- Atraso de funcionários

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Políticas Públicas Sobre Drogas, Um Compromisso de Todos! Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Políticas Públicas Sobre Drogas, Um Compromisso de Todos! Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Políticas Públicas Sobre Drogas, Um Compromisso de Todos! Mostra Local de: Piraí do Sul Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura

Leia mais

FORTALECIMENTO DO SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EQUIPAGEM ORIENTAÇÕES AOS GESTORES LOCAIS

FORTALECIMENTO DO SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EQUIPAGEM ORIENTAÇÕES AOS GESTORES LOCAIS FORTALECIMENTO DO SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Conselho Tutelar EQUIPAGEM DE CONSELHOS TUTELARES O trabalho da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

Leia mais

O GRUPO DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO

O GRUPO DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO O GRUPO DOM BOSCO Este é o momento de dar espaço à curiosidade, de fazer novas descobertas e formar suas próprias ideias. SEDE HORTO - Berçário - Educação Infantil - 1º Ano

Leia mais

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE 2013 PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO PSE NO ANO DE 2013. Janeiro/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DO SURUBIM SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

Leia mais

Srs Diretores, Coordenadores Pedagógicos e Professores

Srs Diretores, Coordenadores Pedagógicos e Professores Srs Diretores, Coordenadores Pedagógicos e Professores A primeira classe hospitalar do Brasil foi inaugurada em 1950, no Hospital Jesus, levando na época ânimo, esperança e novas possibilidades para os

Leia mais

Carta de Campinas 1) QUANTO AO PROBLEMA DO MANEJO DAS CRISES E REGULAÇÃO DA PORTA DE INTERNAÇÃO E URGÊNCIA E EMERGÊNCIA,

Carta de Campinas 1) QUANTO AO PROBLEMA DO MANEJO DAS CRISES E REGULAÇÃO DA PORTA DE INTERNAÇÃO E URGÊNCIA E EMERGÊNCIA, Carta de Campinas Nos dias 17 e 18 de junho de 2008, na cidade de Campinas (SP), gestores de saúde mental dos 22 maiores municípios do Brasil, e dos Estados-sede desses municípios, além de profissionais

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

SEMANA ESTADUAL DE ATENÇÃO E PREVENÇÃO AO USO E ABUSO DE DROGAS Um novo Olhar PROGRAMAÇÃO DATA HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL

SEMANA ESTADUAL DE ATENÇÃO E PREVENÇÃO AO USO E ABUSO DE DROGAS Um novo Olhar PROGRAMAÇÃO DATA HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL SEMANA ESTADUAL DE ATENÇÃO E PREVENÇÃO AO USO E ABUSO DE DROGAS Um novo Olhar PROGRAMAÇÃO DATA HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL Solenidade de abertura Semana 25/06 Segunda Estadual de Prevenção as Drogas do Piauí

Leia mais

Culturas juvenis, escola e comunidade: mapeando as práticas musicais

Culturas juvenis, escola e comunidade: mapeando as práticas musicais Culturas juvenis, escola e comunidade: mapeando as práticas musicais André Lodeiro Castanheira andre_castanha@hotmail.com Magali Oliveira Kleber magali.kleber@gmail.com Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento,

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Projetos e Capacitação Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

DOAÇÃO DE MATERIAIS ADQUIRIDOS PELAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E MESTRES - APMS, ATRAVÉS DE CONVÊNIOS.

DOAÇÃO DE MATERIAIS ADQUIRIDOS PELAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E MESTRES - APMS, ATRAVÉS DE CONVÊNIOS. DOAÇÃO DE MATERIAIS ADQUIRIDOS PELAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E MESTRES - APMS, ATRAVÉS DE CONVÊNIOS. Capa: Francisco Mesquita DA/CEPAT JUL/2012 Página 1 ÍNDICE Apresentação Pág. 03 Encaminhamento de ofício

Leia mais

OUTRAS DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO HILDA MARIA NETO GONÇALVES DA SILVA TÉCNICA CONTÁBIL MPGO MARÇO/2009

OUTRAS DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO HILDA MARIA NETO GONÇALVES DA SILVA TÉCNICA CONTÁBIL MPGO MARÇO/2009 FUNDEB OUTRAS DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO HILDA MARIA NETO GONÇALVES DA SILVA TÉCNICA CONTÁBIL MPGO MARÇO/2009 COMO DEVEM SER APLICADOS OS RECURSOS DO FUNDEB? Manutenção e desenvolvimento

Leia mais

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental.

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Secretaria Municipal da Educação - SMED Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Ação/Projeto Parceiro Objetivo Detalhamento Público Projeto Encontro de Saberes: ecossistemas

Leia mais

REGIÃO SUL. Grupo 1 EXPLORAÇÃO SEXUAL Políticas Envolvidas. Assistência Social. Saúde. Segurança pública. Sistema de justiça. Turismo.

REGIÃO SUL. Grupo 1 EXPLORAÇÃO SEXUAL Políticas Envolvidas. Assistência Social. Saúde. Segurança pública. Sistema de justiça. Turismo. REGIÃO SUL Eixos de Atuação 1. Informação e Mobilização Planejamento das Ações Intersetoriais 1.1 Realizar campanhas articuladas entre as políticas para prevenção do turismo sexual (agentes de saúde, professores

Leia mais