MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA"

Transcrição

1 MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA 1) Reunião Prévia (Responsável: Secretaria Demandante) Solicitação de Contratação, Planejamento do Evento e etapas: A secretaria demandante deverá enviar para a DPI/PJ informando do Evento que pretende realizar com as datas e a cidade em que será realizado. No próprio , devese sugerir uma data para que seja realizada reunião entre a equipe da DPI que acompanhará o evento em questão e a equipe da secretaria demandante que será responsável pela elaboração da Especificação Técnica, Planilha de Itens e organização do evento, sendo que, pelo menos um integrante deverá ser parte da Comissão Técnica que será instituída por portaria conforme item abaixo. Prazo: Como esta reunião tem como objetivo tratar todas as etapas que serão necessárias para contratação e execução do evento e tirar dúvidas da equipe que será responsável pelo evento, é fundamental que aconteça no momento em que o evento começa a ser planejado. O prazo limite seria até 60 dias antes do evento. 2) Especificação Técnica e planilha de itens (Responsável: Secretaria Demandante): A secretaria demandante deverá elaborar Especificação Técnica contendo antecedentes, objeto, data e local do evento, justificativa, objetivos, participantes, programação e descrição dos serviços. Na planilha de itens deverão ser incluídos todos os itens necessários para a realização do evento em conformidade coma descrição e números dos itens constantes na ata da empresa organizadora do evento. A Especificação Técnica e a Planilha de Itens deverão ser enviadas, por , para a Coordenação de Pessoa Jurídica solicitando que os trâmites para contratação sejam iniciados. Prazo: até 60 dias antes do evento 3) Comissão Técnica (Responsável: Secretaria Demandante): a Secretaria demandante deverá publicar no boletim interno do MDS Portaria que designa a Comissão Técnica do evento. A referida Comissão deve ser composta por 3 (três) servidores que serão responsáveis pela elaboração da Especificação Técnica (ET e pelo acompanhamento e supervisão do evento. Dentre os três membros da Comissão, pelo menos 1 (um) deverá ser servidor da Coordenação de Eventos/ASCOM/MDS. Caso não seja designado nenhum servidor da ASCOM/MDS na Portaria, a ASCOM Eventos deverá elaborar parecer aprovando a Especificação Técnica elaborada pela Secretaria Demandante. O presidente da comissão, gestor do contrato, deverá ser o ponto focal para contato com a DPI (quando esta não for intermediada pelo ponto focal da secretaria). A portaria deve ser enviada por à DPI. Prazo: A portaria publicada deverá ser enviada por para a DPI até 25 dias antes do evento 4) Aprovação da Especificação Técnica e Planilha de Itens:

2 4.1) A coordenação de PJ envia a ET para a Coordenação de Planejamento que fará a análise quanto aos Objetivos, Resultado e Atividade do Projeto, assim como verificará a disponibilidade orçamentária e financeira e registro da Prévia da Expectativa de Despesa no SIAIN. A ET será devolvida à Coordenação PJ junto com o Despacho de Saldo. Caso haja alteração do valor inicialmente estimado, deve ser solicitado novo despacho de saldo à Coordenação de Planejamento. Prazo: até 55 dias antes do evento 4.2) A coordenação de PJ verifica e aprova a Especificação Técnica e Planilha de itens, caso seja necessário solicita ajustes à Secretaria demandante. após realizar todos os ajustes, a Comissão Técnica envia a planilha final e a DPI/PJ aprova Prazo: A versão final da planilha após revisão da DPI e ajustes da Secretaria demandante deverá estar concluída em até 45 dias antes do evento. 4.3) A coordenação PJ envia envia a documentação ao protocolo para abertura do processo. Prazo: este trâmite leva em média 2 dias úteis, mas está dentro do prazo de até 55 dias antes do evento 5) Solicitação de Proposta para empresa (Responsável DPI/PJ): A DPI encaminha a ET para a empresa de eventos contratada pela UNESCO via , indicando o local (cidade/região) e outros detalhes essenciais à consecução do evento e solicitando o envio de Proposta com a planilha de preços e a indicação do local de realização do evento. Prazo: a proposta deve ser enviada em até 45 dias antes do evento. 6) Envio da Proposta (Responsável Empresa de Eventos): A empresa de eventos deve elaborar proposta com base na Especificação Técnica e planilha de itens encaminhada e retornar para a DPI/PJ por . Prazo: A empresa deve disponibilizar a proposta em até 15 dias, considerando que o envio que deve ser feito em até 45 dias antes do evento, a proposta deverá ser fornecida pela empresa em até 30 dias do evento. 7) Aprovação da Proposta: 7.1) A DPI recebe e analisa a proposta, caso esteja tudo correto, envia para a Secretaria demandante. Prazo: 1 dia útil do recebimento da proposta 7.2) A Comissão Técnica recebe a proposta, analisa, faz eventuais apontamentos por para a DPI, e depois dos devidos ajustes, se for o caso, aprova a proposta. A Comissão Técnica deverá encaminhar aprovando o local do evento e a planilha de itens. Prazo: esta tramitação não deve levar mais que 07 dias corridos, sendo que a proposta deverá ser aprovada até 23 dias antes do evento.

3 8) Finalização da Expectativa de Despesa cadastrada no SIAN (Responsável: DPI/PJ): após aprovação final da proposta, caso haja alteração no valor a ser contratado ou em itens da planilha, a secretaria demandante deverá enviar Especificação Técnica e Planilha ajustadas e a Coordenação de PJ deverá solicitar novo despacho de saldo para a Coordenação de Planejamento. Após aprovação deve ser alterada do Status EIC-PJ para ED-PJ Prazo: esta atividade é interna da DPI e será realizada tão logo seja recebida a aprovação da proposta por , logo acontecerá concomitantemente a outros prazos, mas em até 20 dias antes do evento. 9) Encaminhamento do Processo para a Secretaria demandante (Responsável: DPI/PJ): após a aprovação da versão final da proposta e consequentemente da Especificação Técnica e Planilha de itens, a DPI envia o Processo Físico para a Secretaria Demandante com despacho aprovando e solicitando a assinatura e rubrica da Especificação Técnica e Planilha de Itens, bem como, orientando a Secretaria a enviar o Processo Físico para a Secretaria Executiva com despacho (assinado pelo Secretário) solicitando autorização para contratação. Prazo: até 20 dias antes do evento 10) Solicitação da contratação à Secretaria Executiva (SE) - (Responsável: Secretaria Demandante): A Secretaria demandante, após assinar a ET e a Planilha, envia o processo para a Secretaria Executiva com despacho assinado pelo Secretário Nacional, solicitando a autorização para contratação da empresa que realizará o evento. É necessário informar, por , para a DPI que o Processo foi enviado para a SE. Prazo: até 15 dias antes do evento. 11) Autorização da Secretaria Executiva: A SE devolve o processo à DPI com despacho autorizando a contratação. Prazo: até 10 dias antes do evento 12) Gerar Solicitação Administrativa (SA) (Responsável: DPI/PJ): Após aprovação da contratação pela Secretaria Executiva a DPI gera a SA no sistema da UNESCO. Prepara Ofício e envia documentação de suporte para a UNESCO: - Gera SA no sistema - Envia Ofício com documentação de suporte: a) Cópia da SA b ) Cópia da Especificação Técnica e Planilha de Itens (assinados); c) Cópia da Proposta da Empresa; d) Cópia da Autorização para contratação;

4 - Envia para a UNESCO com a doc de suporte digitalizada. - Anexar a Documentação de Suporte à Expectativa de Despesa no SIAIN Prazo: até 10 dias antes do evento 13) Contrato (Responsável: DPI/PJ): Após a liberação do contrato no sistema UNESCO, a CPJ/DPI salva, imprima e encaminha por 3 (três) vias deste à empresa contratada. Após o recebimento das 3 (três) vias assinadas pela empresa, a CPJ/DPI as encaminha para assinatura de representante da UNESCO. As 3 (três) partes (MDS, UNESCO e empresa) devem ter uma via assinada do contrato. Prazo: até 05 dias antes do evento 14) Cadastramento do Comprometimento do contrato no SIAN (Responsável: DPI/PJ):: a Coordenação de PJ deve cadastrar o comprometimento do contrato no SIAIN (Anexar cópia do contrato assinado e planilha de itens). Prazo: até 05 dias antes do evento 15) Envio de contrato digitalizado à Secretaria (Responsável: DPI/PJ):: CPJ/DPI envia para a Comissão Técnica o contrato digitalizado e informa sobre a contratação. Prazo: até 04 dias antes do evento 16) Check List: (Responsável: DPI/PJ): DPI envia o check list dos itens a serem observados durante o evento pela Comissão Técnica para posterior prestação de conta e elaboração de Nota Técnica. Prazo: até 03 dias antes do evento B) Produção de Material; Listagem de Participantes e viabilização de transporte e hospedagem 1) Produção de Material do Evento (Responsável: Secretaria Demandante): a secretaria demandante deve enviar à DPI a arte do material a ser produzido para o evento (se houver). DPI/PJ deve verificar a aplicação das logomarcas da UNESCO e BIRD e enviar para a empresa de eventos. Prazo para envio à empresa: até 10 dias antes do evento 2) Planos de Viagem (Responsável: Secretaria Demandante): A Secretaria demandante deve enviar TODOS os planos de viagem para a Coordenação de Passagens da DPI. A DPI/PJ acompanhará junto ao setor de passagens o recebimento dos planos de viagem e emissão de passagens, alertando a Secretaria demandante dos prazos para viabilizar e garantir a emissão das passagens solicitadas. Prazo: Eventos com até 100 pessoas até 15 dias antes do evento. Eventos com mais de 100 pessoas até 25 dias antes do evento. 3) Lista de Participantes (Responsável: Secretaria Demandante): a secretaria demandante deve enviar para a DPI/PJ que enviará para a Empresa de Eventos, a lista de participantes (nome completo, RG/CPF e telefone de contato) com horários de chegada e saída (voos ou transporte terrestre) e marcando as pessoas que ficarão no mesmo quarto, esta informação é essencial para o hotel e para os transportes. Importante que eventuais trocas de quarto por participantes só sejam

5 feitas depois que todos os membros dos quartos a serem trocados tenham feito check in e com a concordância dos mesmos. Prazo para envio da lista: até 05 dias antes do início do evento. 3.1) Informação de desistências (Responsável: Secretaria Demandante): a fim de reduzir o pagamento de No-Show e refeições, é necessário enviar por a solicitação de cancelamento de hospedagens de participantes que não confirmaram a presença no evento, bem como, deverá ser solicitado o cancelamento dos itens de refeição (almoço, jantar e coffe-break dos participantes não confirmados/ desistentes) Prazo: as hospedagens podem ser canceladas sem pagamento de no-show até 5 dias antes do evento. DURANTE O EVENTO 1) Comissão Técnica faz check-list dos itens contratados (Responsável: Secretaria Demandante): A Comissão Técnica utiliza o check list enviado pela DPI para verificar se os itens executados pela empresa estão em conformidade com os contratados. Quaisquer divergências entre os itens contratados e os efetivamente entregues devem ser anotadas e informadas ao representante da DPI presente no evento ou deve-se entrar em contato com a DPI por telefone. Em todos os casos, assim que possível, a Comissão Técnica deverá formalizar, por , para a DPI a relação dos itens não executados em conformidade. 2) Novos itens ou extensão de diárias (Responsável: Secretaria Demandante): Toda demanda de novo item ou aumento de diárias aos participantes devem ser informadas imediatamente ao representante da DPI, pessoalmente ou por telefone, este irá entrar em contato com a empresa organizadora para efetivar o pedido. Todos os as inclusões e aumentos de itens contratados, também, devem ser formalizadas por . 3) Redução de Itens (Responsável: Secretaria Demandante): 3.1) após o check in dos participantes no primeiro dia, é necessário formalizar a DPI, ainda no primeiro dia de evento, se for o caso, a quantidade de refeições (almoço, jantar e coffebreak) que deverão ser reduzidas considerando os participantes que haviam sido confirmados e não compareceram ao evento. Prazo: primeiro dia do evento. 3.2) todas as reduções de alimentação que possam ser identificadas em até 24 horas de antecedência devem ser formalizadas à DPI, para que possamos tentar cancelar sem custo. Prazo: primeiro dia do evento

6 4) Prestação de contas dos participantes (Responsável: Secretaria Demandante): Os participantes que tiveram seu transporte custeado devem preencher o formulário de prestação de contas e anexar os comprovantes de transporte (ida e volta). Prazo: até o último dia do evento. 5) Aditivo ao contrato (Responsável: Secretaria Demandante): O aditivo ao contrato deverá ser requerido pela Comissão Técnica durante o período de realização do evento. O aditivo não deve ser superior a 10% do valor contratado. Caso haja a redução de itens e acréscimo de outros, de forma que não se ultrapasse o valor inicial do contrato, não é necessário aditivo. Prazo: até o último dia do evento. OBS: A lista de Presença diária no evento é item obrigatório e deverá ser entregue na prestação de contas final junto com Nota Técnica. PÓS EVENTO A) PROPOSTA DE FECHAMENTO: RECEBIMENTO, ANÁLISE E APROVAÇÃO. 1) Envio da Proposta prévia de Fechamento (Responsável: Empresa de Eventos): 1.1) após a realização do evento, a empresa envia para a DPI planilha com a proposta de fechamento contendo os itens efetivamente executados, bem como, listagem completa das hospedagens incluindo check in e no show, comandas e demais documentos disponíveis. Prazo: até 10 dias após o evento 1.2) Após análise prévia da proposta, a DPI encaminha para a Comissão Técnica, já com eventuais considerações identificadas. Prazo: até 12 dias após o evento (ou 02 dias após o recebimento da proposta de fechamento) 2) Análise da Proposta de Fechamento (Responsável: Secretaria Demandante): a Comissão Técnica analisa a proposta de fechamento e aprova ou aponta eventuais divergências, neste caso é necessário já incluir no em que as divergências são apontadas a proposta de data e local para reunião de fechamento. Prazo: notificar a aprovação ou divergências até 15 dias após o evento. (ou em até 03 dias do recebimento da versão prévia analisada pela DPI)

7 2.1) Reunião pós-evento: Após analisar a proposta de fechamento e listas de hospedagem, caso existam divergências entre o controle da Comissão Técnica e a referida proposta, a Comissão Técnica deverá informar as divergências à DPI e solicitar o agendamento de reunião de fechamento. Na reunião serão abordados os pontos divergentes e assuntos gerais sobre a execução do evento. Prazo: a reunião deverá ocorrer até 18 dias após o evento. (ou em até 3 dias após notificação de divergência à DPI) 3) Aprovação da Proposta de Fechamento (Responsável: Secretaria Demandante): sanadas todas as divergências, a Comissão Técnica envia para a DPI informando que a proposta de fechamento está aprovada. (anexar a planilha de itens referente a proposta aprovada) Prazo: a proposta deverá ser aprovada até 20 dias após o evento. (ou em até 10 dias após envio da primeira versão da proposta de fechamento pela empresa.) 4) Nota fiscal (Responsável: Empresa de Eventos) : após a aprovação da proposta de fechamento, a DPI notificará a empresa contratada que emitirá Nota Fiscal e enviará por para a DPI. A DPI encaminhará a Nota Fiscla para ateste pela Comissão Técnica. Prazo: até 21 dias após o evento. (ou em até 1 dia útil do envio de de aprovação da proposta de fechamento pela DPI) B) DOCUMENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO: 1) Nota Técnica de fechamento do evento (Responsável: Secretaria Demandante): A Comissão Técnica elaborará Nota Técnica de Fechamento do Evento relatando a execução do evento, como foi a prestação de serviços pela empresa, especificando de forma detalhada todas as diferenças entre os itens contratados e executados, mencionando a diferença de quantidade e valor. Importante ressaltar que na Nota Técnica devem ser destacados os valores que somados resultam em eventual diferença entre o valor contratado e o valor executado. A especificação de itens divergentes entre contratado e executado podem ser feitos no corpo do texto ou em planilha anexa à nota, neste caso deve-se mencionar no texto apenas as diferenças de valores por macro item (Ex: Hospedagem, Alimentação, Infraestrutura, Recursos Humanos, etc) e ser feito a menção à planilha anexa. A Nota Técnica deve fornecer subsídios que comprovem a realização do evento, tais como fotos (obrigatório), lista de presença de participantes (obrigatório), lista de check in de participantes que se hospedaram (obrigatório, se houver hospedagem) e amostras de materiais distribuídos. Prazo: A prévia da Nota Técnica deve ser enviada por à DPI em até 24 dias após o evento. (ou em até 03 dias do recebimento da Nota Fiscal) 1.1) Análise da Prévia da NT e aprovação final (Responsável: DPI/PJ): a DPI verificará as informações e valores mencionados, caso haja alguma divergência a DPI informará à Comissão Técnica. Após revisão e ajustes eventualmente necessários a Comissão Técnica deverá enviar por a versão final da NT.

8 Prazo: até 27 dias após o evento (ou em até 03 dias do envio da prévia da NT pela Comissão Técnica) 2) Memorando solicitando o pagamento (Responsável: Secretaria Demandante): A Secretaria demandante encaminha para a DPI um memorando, assinado pelo Secretário da área, aprovando a prestação de serviço da empresa contratada, informando o valor a ser pago com referência à Nota Fiscal atestada e solicitando expressamente o pagamento. Ao memorando deverão estar anexados os documentos abaixo: - Nota Fiscal: atestada por pelo menos um membro da Comissão Técnica (Atesto em xx/xx/xxxx, Assinatura e carimbo com Nome e Matrícula) - Nota Técnica (versão final aprovada e encaminhada por para a DPI) assinada por todos os membros da Comissão Técnica, com a lista de presença e eventuais anexos (fotos, cópias de materiais impressos, etc) Prazo: até 28 dias após o evento. (ou em até 01 dia útil do envio da versão final da NT por à DPI) 3) Solicitação de Autorização da SE (Responsável: DPI/PJ): DPI analisa a documentação recebida e envia o processo com um despacho solicitando autorização ao Secretário Executivo para efetuar o pagamento. O despacho elaborado pela DPI deve conter um resumo da nota técnica de fechamento com uma menção geral à diferença entre valor contrato e executado, se for o caso. Prazo: até 30 dias após o evento (ou em até 02 dias após o recebimento do memorando com a solicitação de pagamento) 4) Autorização para Pagamento: o Secretário Executivo autoriza o pagamento e o processo é devolvido à DPI para cadastros do pagamento nos sistemas. Prazo: até 33 dias após o evento (em até 03 dias do envio do processo com o despacho solicitando a autorização para pagar) 5) Solicitação de Pagamento na UNESCO (Responsável: DPI/PJ): Recebida a autorização do Secretário Executivo para pagamento, a CPJ/DPI cria uma Solicitação de Pagamento (SP) no sistema UNESCO, que realizará o depósito contra a empresa. Após gerar a SP é necessário enviar Ofício para a UNESCO com a Documentação de Suporte: - Gera SP no sistema* - Envia Ofício com documentação de suporte a) Cópia da SP; b) Cópia da Nota Técnica; c) Original da Nota Fiscal atestada; d) Cópia da Proposta de fechamento aprovada; e) Cópia da Autorização para pagamento; - Envia para a UNESCO com a doc de suporte digitalizada.

9 * Se for o último pagamento do contrato, gerar uma SP de Rescisão (criar passo a passo para este procedimento). Prazo: até 34 dias após o evento (ou em até 01 dia útil do recebimento da autorização de pagamento pela Secretaria Executiva) 6) Cadastro do Pagamento no Controle Interno (Responsável: DPI/PJ): Após constatado o pagamento no sistema da UNESCO, este deve ser cadastrado no SIAIN. (Especificar melhor este passo a passo no SIAIN ou fazer um manual de preenchimento do SIAIN, lembrar de incluir no passo a passo item para anexar a cópia da Nota Fiscal Atestada) OBS: Os itens 1 a 9 devem ser repetidos para todos os produtos previstos na contratação (Ex: Produto 1 : Execução do Evento; Produto 2: Relatoria) Prazo: até 40 dias do término do evento (ou em até 6 dias da geração da Solicitação de Pagamento) 07) Encerramento do Contrato (Responsável: DPI/PJ):, Após pagamento da última parcela do contrato, deve-se alterar o Status do contrato no SIAIN (no comprometimento) de Ativo para Encerrado. O contrato deve ser cadastrado no SIGAP (o registro deve ser feito no período/mês do pagamento. Se houver mais de 1 parcela, é feito um registro para cada uma).

Manual de Contratação de bens e serviços via Shopping e de execução de Eventos com recursos externos 2012

Manual de Contratação de bens e serviços via Shopping e de execução de Eventos com recursos externos 2012 Manual de Contratação de bens e serviços via Shopping e de execução de Eventos com recursos externos 2012 REVISADO EM OUTUBRO DE 2015 1 Abreviações BID: Banco Interamericano de Desenvolvimento BIRD: Banco

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE QUALIFICAÇÕES E DEFESAS DE MESTRADO E DOUTORADO

ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE QUALIFICAÇÕES E DEFESAS DE MESTRADO E DOUTORADO ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE QUALIFICAÇÕES E DEFESAS DE MESTRADO E DOUTORADO QUALIFICAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO - O discente de mestrado deverá qualificar-se até 14 meses após seu ingresso no programa

Leia mais

Processo de Compras GENS

Processo de Compras GENS Processo de Compras GENS Manual do Colaborador Versão 2.0 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 Objetivos... 3 1.1.1 Objetivo da definição do Processo de Compras... 3 1.1.2 Objetivo deste Manual... 3 2. PROCESSO

Leia mais

PROCEDIMENTO DE VIAGEM

PROCEDIMENTO DE VIAGEM PG.GAF.001 003 01/11/2015 1 de 16 CENTRO INTERNACIONAL DE ENERGIAS RENOVÁVEIS BIOGÁS Novembro 2015 PG.GAF.001 003 01/11/2015 2 de 16 Sumário 1. OBJETIVO...3 2. DEFINIÇÕES E SIGLAS...3 3. FLUXO DO PROCESSO

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

Versão de outubro de 2015

Versão de outubro de 2015 Versão de outubro de 2015 Revisado em outubro de 2015 São emitidas passagens para os consultores realizarem atividades previstas em seu Termo de Referência, o qual deve prever realização de viagens como

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE COMPRAS

PROCEDIMENTOS DE COMPRAS PROCEDIMENTOS DE COMPRAS Estas instruções têm como objetivo a padronização dos procedimentos para a realização das compras de materiais de consumo, bens permanentes e prestações de serviços necessários

Leia mais

RESUMO DAS ATIVIDADES DE ACOMPANHAMENTO DOS CONTRATOS. Responsável Seqüência Etapa do processo

RESUMO DAS ATIVIDADES DE ACOMPANHAMENTO DOS CONTRATOS. Responsável Seqüência Etapa do processo Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Planejamento e Administração PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ RESUMO DAS ATIVIDADES DE ACOMPANHAMENTO DOS

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/ASCOM-004-R00 PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE EVENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/ASCOM-004-R00 PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE EVENTOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/ASCOM-004-R00 PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E EXECUÇÃO DE EVENTOS 09/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 30 de setembro de 2015. Aprovado, Gabriela de Souza Leal 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE

Leia mais

decorrentes de uma má concessão e prestação de contas de diárias.

decorrentes de uma má concessão e prestação de contas de diárias. GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA - COAFI DIÁRIAS / SEDUC MANUAL DE ORIENTAÇÃO CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE DIÁRIAS As informações

Leia mais

ÍNDICE. SPO Módulo de Descentralização de Créditos no SIMEC 2

ÍNDICE. SPO Módulo de Descentralização de Créditos no SIMEC 2 ÍNDICE 1. Visão Geral - Funcionamento do sistema... 3 2. Descrição dos perfis do sistema... 4 3. Operação Novo termo de execução descentralizada... 5 a. Cadastramento do termo no sistema pela Unidade Técnica...

Leia mais

Sistemas Corporativos da USP (Web)

Sistemas Corporativos da USP (Web) Sistemas Corporativos da USP (Web) O sistema de estágios remunerados da USP é fruto da colaboração das seguintes áreas da Reitoria da Universidade de São Paulo: Departamento de Recursos Humanos, Departamento

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA Versão.0 Sistema de Controle de Concessão de Adiantamentos Sumário O Sistema CCA ----------------------------------------------------- 3 Iniciando a operacionalização do

Leia mais

EDITAL ESMPU n. 148/2008

EDITAL ESMPU n. 148/2008 EDITAL ESMPU n. 148/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que está aberto o processo seletivo para membros do Ministério Público Federal MPF e do Ministério Público do Trabalho

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS Artigo 1º - Visita técnica é atividade complementar dos componentes curriculares dos cursos

Leia mais

Manual do. Almoxarifado

Manual do. Almoxarifado Manual do Almoxarifado Parnaíba 2013 APRESENTAÇÃO O Almoxarifado é o local destinado à guarda, localização, segurança e preservação do material adquirido, adequado à sua natureza, a fim de suprir as necessidades

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA CONTROLE DE CAIXINHAS (REEMBOLSO) Data - 27/01/2015 CÓDIGO: PSGQ 23.01.01. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade

PROCEDIMENTO PARA CONTROLE DE CAIXINHAS (REEMBOLSO) Data - 27/01/2015 CÓDIGO: PSGQ 23.01.01. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade (REEMBOLSO) Data - 27/01/2015 FL. 1 / 05 1 OBJETIVO Este documento tem como objetivo estabelecer limites para a concessão de adiantamento e reembolso de despesas para as viagens a serviço e treinamento,

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde. Cartilha de atendimento do TFD Tratamento Fora de Domicílio

Secretaria de Estado da Saúde. Cartilha de atendimento do TFD Tratamento Fora de Domicílio Secretaria de Estado da Saúde Cartilha de atendimento do TFD Tratamento Fora de Domicílio SUMÁRIO Introdução 03 O que é Tratamento Fora de Domicílio - TFD? 04 O que este programa oferece? 04 Quando o TFD

Leia mais

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 Apresentação Apresentamos o Processo de Viagens GENS Manual do Colaborador. Este Manual é parte integrante do Processo de Viagens GENS.

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? 1.2 -

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ATENDIMENTO IT. 14 16 1 / 23 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o atendimento realizado pelo Crea GO ao profissional, empresa e público em geral. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Lei n 5.194 24 de dezembro

Leia mais

Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012

Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012 Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012 Aprova o Edital Propex 01/2012 Pesquisa para pesquisadores dos Programas de Pós-Graduação em implantação O Reitor do Centro Universitário UNIVATES,

Leia mais

Auxílio Financeiro a Estudantes (Mestrado e Doutorado)

Auxílio Financeiro a Estudantes (Mestrado e Doutorado) Auxílio Financeiro a Estudantes (Mestrado e Doutorado) Encaminhar ao Decor/PROPG a Requisição de Auxílio Financeiro a Estudantes devidamente assinada e carimbada pela Coordenação do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Busca Por Nome da Empresa:

Busca Por Nome da Empresa: CERTIDÃO ESPECÍFICA Ao escolher o Tipo de Certidão Específica, será exibida uma breve definição da certidão simplificada e a tabela de preços. Após escolher o tipo de certidão desejada, clique no botão.

Leia mais

PROCEDIMENTO E ORIENTAÇÃO PARA FISCALIZAÇÃO DOS CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

PROCEDIMENTO E ORIENTAÇÃO PARA FISCALIZAÇÃO DOS CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROCEDIMENTO E ORIENTAÇÃO PARA FISCALIZAÇÃO DOS CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS DA Este documento tem como objetivo orientar e subsidiar os fiscais de contratos nos procedimentos administrativos de

Leia mais

Norma de Procedimento

Norma de Procedimento PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA Código Secretaria Municipal de Administração Assessoria de Planejamento Organizacional Assunto CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO/RENOVAÇÃO/RESCISÃO DE TERMO DE COMPROMISSO 1. Finalidade:

Leia mais

Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor.

Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor. Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor. acompanhado dos cartões de embarque originais utilizados; f) A FAPERJ não aceitará o pagamento

Leia mais

FLUXOGRAMA DOS PROCESSOS DE PAGAMENTO

FLUXOGRAMA DOS PROCESSOS DE PAGAMENTO FLUXOGRAMA DOS PROCESSOS DE PAGAMENTO Fluxograma de Diárias Solicitação: cabe ao Gabinete da Presidência elaborar Portaria, conforme Anexo I, encaminhá-la a secretaria geral para abertura do PEF, e encaminhar

Leia mais

RESOLUÇÃO N 17 DE 20 DE JULHO DE 2015, DA REITORA DA UFTM

RESOLUÇÃO N 17 DE 20 DE JULHO DE 2015, DA REITORA DA UFTM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO N 17 DE 20 DE JULHO DE 2015, DA REITORA DA UFTM Aprova a Norma Procedimental NP 50.03.015 Utilização de Serviços Gráficos.

Leia mais

RESCISÃO DE LOCAÇÃO. A Rescisão poderá ser feita estando o contrato sendo regido pelo prazo determinado ou indeterminado.

RESCISÃO DE LOCAÇÃO. A Rescisão poderá ser feita estando o contrato sendo regido pelo prazo determinado ou indeterminado. RESCISÃO DE LOCAÇÃO 1 OBJETIVO Descrever o processo de rescisão do inquilino, desde o comunicado de desocupação até a entrega efetiva das chaves e o acerto final. 2 PROCEDIMENTO A palavra Rescisão é utilizada

Leia mais

Coleta de Digital. Coleta

Coleta de Digital. Coleta Seção de Registro Coleta de imagens Coleta de Digital O sistema computadorizado identificará a pessoa utilizando cálculos através das variações na digital. São vários os tipos de impressões digitais e

Leia mais

RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM

RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Reitoria RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM Aprova a Norma Técnica NT 3/2015 que dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais (CRMV-MG)

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais (CRMV-MG) .1. RESOLUÇÃO Nº 332 Estabelece procedimento para a concessão de apoio financeiro e institucional. O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais (CRMV-MG), no uso da atribuição

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP GESTOR CONTRATO 6.2.1.e.1 Elaborar Especificação Procedimento de Elaborar Especificação Técnica dos Materiais e Produtos, conforme IT - Técnica 6.2.19. 6.2.1.e.2 Alteração/Inclusão de GESTOR CONTRATO materiais/produtos

Leia mais

Gestão de Suprimento de Fundos

Gestão de Suprimento de Fundos Suporte Institucional MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Gestão de Suprimento de Fundos Esta edição do Manual foi atualizada até 26/06/2014. Ministério Público Federal Procuradoria da República do Rio Grande

Leia mais

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 013, DE 03 DE MAIO DE 2016, RETIFICADO PELO EDITAL Nº 022, DE 02 DE JUNHO DE 2016.

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 013, DE 03 DE MAIO DE 2016, RETIFICADO PELO EDITAL Nº 022, DE 02 DE JUNHO DE 2016. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA EDITAL DE EXTENSÃO Nº 013, DE

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ

Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ EDITAL PARA INGRESSO NO PROGRAMA BOLSA NOTA 10 FAPERJ 2015/1 Informamos que abriremos inscrições

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2014 - FOZPREV DATA: 5 de junho de 2014 SÚMULA: Regulamenta critérios de participação em eventos externos e procedimentos para a utilização de diárias de viagem e passagens custeadas

Leia mais

Fundação de Apoio à Ciência, Tecnologia e Educação

Fundação de Apoio à Ciência, Tecnologia e Educação MANUAL DO PESQUISADOR SUMÁRIO 1. Apresentação 2. Inclusão de Projetos 2.1. Apresentações de novos projetos 2.2. Tipos de instrumentos legais 2.3. Situação de adimplência das instituições 3. Orientações

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS NO COLÉGIO SANTO AGOSTINHO UNIDADE BELO HORIZONTE 2015

EDITAL DO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS NO COLÉGIO SANTO AGOSTINHO UNIDADE BELO HORIZONTE 2015 EDITAL DO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS NO COLÉGIO SANTO AGOSTINHO UNIDADE BELO HORIZONTE 2015 O DIRETOR DO COLÉGIO SANTO AGOSTINHO BH, Francisco Angel Morales Cano, no uso de suas atribuições regimentais

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT Perguntas Frequentes Atração de Jovens Talentos BJT Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina CRIAÇÃO DE CURSO 1. Criar a Disciplina 2. Incluindo o Curso Título do Curso A NATUREZA NÃO PODE SER ALTERADA 3. Criar um Programa 4. Inserindo um Programa 5. Inserindo Disciplina no Programa Se existir

Leia mais

FIN. 08 - ADIANTAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS

FIN. 08 - ADIANTAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS 1 de 12 msgq - ADIANTAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS MACROPROCESSO FINANCEIRO PROCESSO CONTAS A PAGAR - ADIANTAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS...

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Departamento de Contabilidade e Finanças DCF/PROPLAN

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Departamento de Contabilidade e Finanças DCF/PROPLAN GUILHERME MARTINS SANTANA Endereço Eletrônico: g.santana@ufsc.br Documentos Obrigatórios Os documentos obrigatórios que devem acompanhar qualquer solicitação de pagamento de uma compra são: Documento fiscal

Leia mais

Programa NOSSABOLSA. Manual. Procedimentos

Programa NOSSABOLSA. Manual. Procedimentos Programa NOSSABOLSA Manual de Procedimentos Instituições de Ensino Superior - IES - 1 1 - Adesão da Mantenedora ao Programa...4 1.1 - Informações preliminares...4 1.2 - Requerimento...4 1.2.1 - Para aderir

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO:

NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO: NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO: PG DESPESAS COMO CADASTRAR UMA DESPESA 3 COMO PAGO UMA DESPESA 4 COMO ALTERAR OS DADOS DE UMA DESPESA 6 COMO EXLUIR UMA DESPESA 7 COMO FAÇO

Leia mais

GESCOMP Sistema de Gestão de Compras, Orçamento, Material e Patrimônio

GESCOMP Sistema de Gestão de Compras, Orçamento, Material e Patrimônio UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TDE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO CADASTRO NO SISTEMA 1 INÍCIO Para dar início ao cadastro de solicitação, digite o número do CNPJ da

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ATENDIMENTO IT. 14 13 1 / 20 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o atendimento realizado pelo Crea GO ao profissional, empresa e público em geral. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Lei n 5.194 24 de dezembro

Leia mais

Orientação Normativa nº 03/2015 Pró-Reitoria de Gestão com Pessoas

Orientação Normativa nº 03/2015 Pró-Reitoria de Gestão com Pessoas Orientação Normativa nº 03/2015 Pró-Reitoria de Gestão com Pessoas Padroniza os procedimentos no âmbito da Unifesp para o fluxo de documentos para promoção à Classe E, com denominação de Professor Titular,

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós Graduação (DPPG) Campus de Itabira

Universidade Federal de Itajubá Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós Graduação (DPPG) Campus de Itabira Universidade Federal de Itajubá Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós Graduação (DPPG) Campus de Itabira EDITAL Nº 006/2016 Campus Itabira PIBIC/PIBITI CNPq, PIVIC Unifei

Leia mais

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010 Edital n.º 17/2010 Parceria / PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO / 2010 O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP UNIDADE 2.6.15.1 Atender cliente Atender o cliente e analisar a solicitação para identificar se é restituição por pagamento indevido (erro de leitura, erro de cadastro, faturamento indevido), pagamento

Leia mais

Espaço do Coordenador

Espaço do Coordenador Espaço do Coordenador Guia de utilização Versão 2.5 PARTE 6: Pedidos de pessoal 2 SUMÁRIO 8.4 PEDIDOS DE PESSOAL... 6 8.4.1 CLT... 7 8.4.2 ESTAGIÁRIO... 17 8.4.3 AUTÔNOMO... 26 8.4.4 VALE ALIMENTAÇÃO/REFEIÇÃO...

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 42/2010

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 42/2010 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 42/2010

Leia mais

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL Portal do Servidor Publico Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL 1 Indice Apresentação do Portal... 03 Acesso ao Portal do Servidor Publico... 04 Solicitar Senha... 04 Disponibilidade do Portal... 06

Leia mais

RM 12 DIRETRIZES PARA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÕES 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA

RM 12 DIRETRIZES PARA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÕES 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA SUMÁRIO 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO O presente documento tem como objetivo estabelecer diretrizes e orientações para realização

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3252-7020 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Militares efetivos admitidos há no mínimo 06 meses, Aposentados

Leia mais

Calendário de Matrícula 2º Semestre de 2015 Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos

Calendário de Matrícula 2º Semestre de 2015 Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos Calendário de Matrícula 2º Semestre de 2015 Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos 1/7 Direito 2/7 Ciência da Computação, Sistemas de Informação,

Leia mais

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS A Fundação Parque Tecnológico Itaipu Brasil, em parceria com a

Leia mais

Manual dos processos de abertura de vaga, recrutamento e seleção e admissão

Manual dos processos de abertura de vaga, recrutamento e seleção e admissão T Manual dos processos de abertura de vaga, recrutamento e seleção e admissão Processos e Conformidade Janeiro/2015 Rev. 0 3/16/2015 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA...3 3. DESENHO (Abertura de

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE ALUNO CONCLUINTE COLAÇÃO DE GRAU REGISTRO NO CREA-RJ RECEBIMENTO DO DIPLOMA - FESTA DE FORMATURA CONVITES UERJ

PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE ALUNO CONCLUINTE COLAÇÃO DE GRAU REGISTRO NO CREA-RJ RECEBIMENTO DO DIPLOMA - FESTA DE FORMATURA CONVITES UERJ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FACULDADE DE ENGENHARIA PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE ALUNO CONCLUINTE COLAÇÃO DE GRAU REGISTRO NO CREA-RJ RECEBIMENTO DO DIPLOMA

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema para Administração de Condomínios MANUAL USUÁRIO C H E Q U E S CONTROLE POR LEITURA DE CÓDIGO DE BARRAS. ENG Sistemas - 1 -

Manual do Usuário. Sistema para Administração de Condomínios MANUAL USUÁRIO C H E Q U E S CONTROLE POR LEITURA DE CÓDIGO DE BARRAS. ENG Sistemas - 1 - Sistema para Administração de Condomínios MANUAL DO USUÁRIO C H E Q U E S CONTROLE POR LEITURA DE CÓDIGO DE BARRAS ENG Sistemas - 1 - As informações abaixo dizem respeito às empresas que optaram por manter

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho FINANCEIRO IT. 20 11 1 / 6 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para as atividades financeiras do Conselho. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Instrução Normativa nº 480 de 15 de dezembro de 2004 Secretaria da

Leia mais

EDITAL DE APOIO A PESQUISADORES INTERNACIONAIS VISITANTES UFMT

EDITAL DE APOIO A PESQUISADORES INTERNACIONAIS VISITANTES UFMT EDITAL DE APOIO A PESQUISADORES INTERNACIONAIS VISITANTES UFMT EDITAL PROPeq/UFMT DE APOIO A PESQUISADORES INTERNACIONAIS VISITANTES - Maio de 2015 I) OBJETIVOS: O Edital de Apoio à participação de pesquisadores

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR

EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá apoio financeiro a editoras estrangeiras com o objetivo de promover a participação

Leia mais

Conta Centralizadora das Bandeiras Tarifárias. Título: PO CCB-01 Operacionalização da Conta Bandeiras. Tipo do documento: Procedimento.

Conta Centralizadora das Bandeiras Tarifárias. Título: PO CCB-01 Operacionalização da Conta Bandeiras. Tipo do documento: Procedimento. Conta Centralizadora das Bandeiras Tarifárias Título: PO CCB-01 Operacionalização da Conta Bandeiras Tipo do documento: Procedimento Número: 01 Versão: 01 Classificação do documento: Público Vigência:

Leia mais

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos:

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos: Orientações para Solicitação e Prestação de Contas de Diárias de acordo com o Decreto nº 3328-R, de 17 de junho de 2013. DIÁRIAS Diárias são indenizações pagas antecipadamente para cobrir despesas com

Leia mais

1.1.2. O Tarifário completo encontra-se, sempre, disponível em nossa Recepção.

1.1.2. O Tarifário completo encontra-se, sempre, disponível em nossa Recepção. Política de Reservas - Hotel Ponta do Morro 1. Do Tarifário 1.1.1. Nossas diárias possuem valores que variam de acordo com a época do ano, tipo de apartamento e quantidade de pessoas hospedadas. Variam

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-301-R00 ESTÁGIO PROBATÓRIO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-301-R00 ESTÁGIO PROBATÓRIO MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-301-R00 ESTÁGIO PROBATÓRIO 11/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 06 de novembro de 2015. Aprovado, Antonia Valeria Martins Maciel 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/8 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos operacionais na administração de recursos humanos; 1.2) Garantir maior segurança na admissão e exoneração de pessoal; 1.3) Manter atualizado

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

MATRÍCULA ALUNOS INGRESSANTES PROGRAMA EM ZOOTECNIA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

MATRÍCULA ALUNOS INGRESSANTES PROGRAMA EM ZOOTECNIA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA MATRÍCULA ALUNOS INGRESSANTES PROGRAMA EM ZOOTECNIA ATENÇÃO: - O da FZEA solicita um prazo de 5 (cinco) dias úteis após a entrega da documentação da matrícula para que as informações sejam cadastradas

Leia mais

ANEXO I DA DECISÃO PL- 1752/2014

ANEXO I DA DECISÃO PL- 1752/2014 C ANEXO I DA DECISÃO PL- 1752/2014 ROTEIRO PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE PARCERIA QUE ENVOLVA REPASSES DE RECURSOS FINANCEIROS DO CONFEA PARA EVENTOS 1. REQUISITOS 1.1. As propostas de parceria deverão

Leia mais

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Março/2014 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 6 2.

Leia mais

EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS

EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS Edital para seleção de propostas de apoio à Organização de Olimpíadas de Ciências no Estado da Bahia

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS (orientações sobre tramitação, prazos e instrução de processos)

ROTINAS E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS (orientações sobre tramitação, prazos e instrução de processos) CENTRO TECNOLÓGICO Tel.: (0xx27)4009-2640/2641 Fax: (0xx27)4009-2650 ROTINAS E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS (orientações sobre tramitação, prazos e instrução de processos) - todo o pedido de passagem,

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 3 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 5 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 6 CONCLUSÃO DE CURSO 6 RELATÓRIO TÉCNICO 7 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL SECRETARIA DE NAVEGAÇÃO AÉREA CIVIL Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR EDITAL Nº 04/2016 SENAV/SAC-PR A Secretaria de Navegação

Leia mais

CATEGORIA TOUR DE COMPRAS EM RIO BRANCO - URUGUAI 89 PREÇOS EM REAIS POR PESSOA, SEM REFEIÇÕES. GRUPO MÍNIMO DE 08 PESSOAS

CATEGORIA TOUR DE COMPRAS EM RIO BRANCO - URUGUAI 89 PREÇOS EM REAIS POR PESSOA, SEM REFEIÇÕES. GRUPO MÍNIMO DE 08 PESSOAS HOSPEDAGEM HOTEL Jacques Georges Tower Curi Palace Manta sob consulta DISTÂNCIA DO EVENTO Hotel Oficial 2.000 m 1,500 m 1.300 m CATEGORIA PREÇOS EM REAIS, POR PESSOA INDIVIDUAL DUPLO TRIPLO DIÁRIA DIÁRIA

Leia mais

DECON PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO (PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO) 04/2015

DECON PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO (PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO) 04/2015 DECON PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO (PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO) 04/2015 PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMO ADITIVO DE PRORROGAÇÃO DE VIGÊNCIA EM CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCEDIMENTO

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011 Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/20 Sumário I - REQUISIÇÃO DE DIÁRIA / PAGAMENTO DE DIÁRIA... Solicitante (Servidor que irá realizar a viagem)... Aprovador

Leia mais

Considerações Finais 08. Av. Central Bloco 990/1120 Lote 1020 Loja 02 Núcleo Bandeirante Brasília DF - Tel: 3386-2422

Considerações Finais 08. Av. Central Bloco 990/1120 Lote 1020 Loja 02 Núcleo Bandeirante Brasília DF - Tel: 3386-2422 SUMÁRIO Apresentação 03 Introdução 03 Equipe e Coordenação de Curso 03 Estrutura Física e Material de Uso na central de Tutoria 04 Calendário da tutoria 04 Produção e Veiculação do Material Didático 05

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO

Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO Certificação Profissional FEBRABAN REGULAMENTO Janeiro de 2014 Versão 1.3 1. INTRODUÇÃO O presente Regulamento é fundamental para reger as operações-chave do programa de Certificação Profissional FEBRABAN.

Leia mais

Pagamento de Despesa por Meio de Adiantamento. DNT/SSSCI/SF Março 2013

Pagamento de Despesa por Meio de Adiantamento. DNT/SSSCI/SF Março 2013 Meio de Adiantamento DNT/SSSCI/SF Março 2013 Realização Secretaria da Fazenda Subsecretaria do Sistema de Controle Interno Departamento de Normas Técnicas Apresentação David Fabri Monique Junqueira Ferraz

Leia mais

1. Princípios que regem o Regulamento de Compras, Contratação de Obras e Serviços; 2. Da Obrigatoriedade de Aplicação do Regulamento de Compras,

1. Princípios que regem o Regulamento de Compras, Contratação de Obras e Serviços; 2. Da Obrigatoriedade de Aplicação do Regulamento de Compras, 1. Princípios que regem o Regulamento de Compras, Contratação de Obras e Serviços; 2. Da Obrigatoriedade de Aplicação do Regulamento de Compras, Contratação de Obras e Serviços; 3. Da Comissão de Compras,

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-400-R00 ESTÁGIO CURRICULAR

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-400-R00 ESTÁGIO CURRICULAR MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-400-R00 ESTÁGIO CURRICULAR 02/2016 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 22 de fevereiro de 2016. Aprovado, Antonia Valeria Martins Maciel 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO

Leia mais

SINOREG-SP GESTOR DO FUNDO DE CUSTEIO DO REGISTRO CIVIL

SINOREG-SP GESTOR DO FUNDO DE CUSTEIO DO REGISTRO CIVIL SINOREG-SP GESTOR DO FUNDO DE CUSTEIO DO REGISTRO CIVIL MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPENSAÇÃO DOS ATOS GRATUITOS E DA COMPLEMENTAÇÃO DA RECEITA MÍNIMA DOS CARTÓRIOS DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS

Leia mais

Manual de Procedimentos do Sistema BPM

Manual de Procedimentos do Sistema BPM Manual de Procedimentos do Sistema BPM (Versão 02 - Setembro/2014) 1 ÍNDICE SISTEMA BPM - BUSINESS PROCESS MANAGEMENT... 3 INTRODUÇÃO... 3 ACESSO AO SISTEMA... 3 Caixa de Entrada... 3 Cadastro da Solicitação...

Leia mais

Rally Latino - Americano 2012. 1. Documentos exigidos para o Rally Latino:

Rally Latino - Americano 2012. 1. Documentos exigidos para o Rally Latino: Rally Latino - Americano 2012 1. Documentos exigidos para o Rally Latino: a) Passaporte - deverá ter validade mínima por mais seis meses a contar da data da viagem; b) Visto Americano devido à grande quantidade

Leia mais