Manual do Usuário. Traduzido do original em Inglês por: Germano Lins. para. Release 1.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Usuário. Traduzido do original em Inglês por: Germano Lins. www.musicaudio.net. para. www.musicaudio.net. Release 1.0"

Transcrição

1 Manual do Usuário Traduzido do original em Inglês por: Germano Lins para Release 1.0

2 Manual Usuário Sony Sound Forge Ao rodar o Sound Forge pela primeira vez, o Assistente de registro aparecerá, este assistente irá guia-lo passo a passo na tarefa de registro online do software. Alternativamente você tem a opção de registrar o Sound Forge diretamente no endereço a qualquer momento. O registro é obrigatório para que você possa ter acesso a suporte técnico, correção de bugs do software, implementações de novas versões, e promoções exclusivas para usuários registrados. Assistência para registro Caso você não possua acesso à Internet, o registro poderá feito contatando o Customer Service Department da Sonic Foundry através dos seguintes telefones: Telephone/Fax/ Country (toll-free) US, Canada, and Virgin Islands (toll-free) Australia, Denmark, France, Germany, Italy, Sweden, UK, Netherlands, and Japan for all other countries (Fax) All countries - 2

3 Manual Usuário Sony Sound Forge Introdução Obrigado por escolher o Sound Forge como sendo seu editor de audio digital, continuando assim a utilizar os produtos da Sonic Foundry. O Sound Forge, nessa nova versão apresenta mais recursos ainda mais poderosos para tornar a tarefa de edição de audio digital mais rápida e eficiente, e ainda mais fácil. Arquivos Sample Através deste manual, você encontrará referências a seis arquivos de audio. Que deverão ser utilizados nos experimentos dos novos recursos apresentados pelo software. Estes arquivos estão localizados na mesma pasta em que o programa Sound Forge foi instalado em seu computador. São eles: Drumhit.pca Fill.pca Loop.pca Musicbed.pca Saxriff.pca Voiceover.pca Os arquivos estão no formato Perfect Clarity Audio (PCA) que é um formato de compressão de ótima qualidade de propriedade da Sonic Foundry. Full version versus Screenblast Sound Forge Este manual foi desenvolvido para assistir tanto os usuários da versão full, bem como os usuários da versão Studio. Ao se tratar de referências a comandos ou recursos somente implementados na versão Fulll, esta se dará com símbolo mostrado abaixo ao lado do nome do comando. - 3

4 Manual Usuário Sony Sound Forge Quando as aplicações, comandos e funções forem somente da versão Studio, o usuário será alertado para isso. Teclas de Atalho Os usuários experientes em produtos da linha Sound Forge sabem que existem vários métodos de se executar um determinado comando, abrir menus, abrir menus de atalho e etc. Ao longo deste manual, método típico de execução do comando será identificado em seu procedimento, e os métodos alternativos serão identificados na seção através do seguinte ícone: Uma lista contendo todos os atalhos de teclas e mouse está disponível no primeiro apêndice deste manual. Recursos mínimos de sistema necessários Processador 400MHz 64 MB RAM, 128MB é recomendado 60 MB de espaço livre em HD para o programa de instalação Microsoft Windows 2000 ou Windows XP Placa de áudio compatível com sistema operacional Windows CD-ROM ou CD-R DirectX Media 8.0 Runtime (incluído no CD-ROM de instalação Microsoft Internet Explorer 4.0 ou superior para possibilitar visualização do Help On Line (a versão 5.0 está incluída no CD-ROM de instalação) - 4

5 Manual Usuário Sony Sound Forge Instalação O utilitário de instalação, setupe.exe, localizado no Sound Forge CD-ROM, cria as pastas necessárias e copia todos os arquivos que são requeridos para a correta operação do Sound Forge. Nota: O Sound Forge requer o Microsoft Direct X 8.0 ou superior, e Internet Explorer 4.0 ou superior. O programa Setup irá alerta-lo caso não encontre estes aplicativos, e irá instala-los a partir do CD-ROM. Para instalar o Sound Forge 1. Coloque o Sound Forge CD-ROM no drive de CD de seu computador, automaticamente lhe será apresentado um menu de Setup. Nota: Se o menu de setup não aparecer automaticamente, clique em e escolha Executar. Digite: D: \setup.exe, onde D é a letra do seu drive de CD- ROM. 2. Clique em Install e siga as instruções apresentadas no diálogo para completar corretamente a instalação. - 5

6 Manual Usuário Sony Sound Forge Utilizando o Help do Sound Forge Você tem a disposição dois tipos de help que podem ser acessados dentro do ambiente Sound Forge: Online Help What s This? Help Online Help Para acessar o Online Help, escolha Contents e Index no menu Help.. Nota: Para visualizar o Help Online, é necessário que o Windows Internet Explorer v.4.0 ou superior esteja instalado em seu computador. A seção Contents provê uma lista dos tópicos disponíveis. Clique-duplo no ícone para abrir as páginas e clique no tópico. A seção Index apresenta uma lista completa de todos os tópicos disponíveis. Navegue através dsta lista o digite uma palavra no campo Type in the Keyword to find para localizar rapidamente o tópico relacionado com a palvra digitada. Selecione o tópico e clique no botão. - 6

7 Manual Usuário Sony Sound Forge A seção Search permite a digitação de uma palavra e apresenta uma lista de todos os tópicos que contenham a palavra digitada. Digite uma palavra em Type in the Word(s) to search e clique no botão. Selecione um tópico na lista apresentada e clique no botão. A seção Favorites permite a colocação dos tópicos visitados em um pasta em separado. Para adicionar um tópico no Favorites, clique no botão, na seção Favorites. What s This? Help Permite a visualização em uma janela pop-up, da descrição dos controles e funções. 1. Clique no ícone que está localizado no canto superior direito do diálogo. O cursor tomará a forma de. 2. Clique em qualquer um controle da caixa de diálogo. A descrição da função ou commando irá aparecer em uma janela pop-up. ou pressione as teclas. Help na Web Informações adicionais podem ser encontradas no site da Sony. No menu Help, escolha Sony on the Web. - 7

8 Manual Usuário Sony Sound Forge Este manual está organizado em dezessete capítulos, cada um dedicado a um aspecto específico de utilização do Sound Forge. Capítulo Descrição Introdução O que há de novo Otimização Controles Fundamentos áudio do Inclui um resumo do manual, bem como as informações necessárias para a instalação e registro do Sound Forge. Descreve as novas implementações e funções em relação às versões anteriores. Apresenta procedimentos e dicas para otimizar o sistema ao utilizar o Sound Forge. Apresenta de forma detalhada todas as aplicações da barra de ferramentas e controles. Apresenta os fundamentos básicos da edição de áudio digital. Tipos, Formatos e Atributos Markers, Regions, e Playlist/Cutlist Descreve as configurações de um arquivo de áudio, incluindo bit depth, sample rate, channels e informações sumárias. Descreve o uso destas ferramentas do Sound Forge, para identificar, isolar, e arranjar seleções em um arquivo de áudio. Recording, Ripping e Writing Edições em modo avançado Process Acoustic Mirror e Wave Hammer MIDI/SMPTE Sampling Descreve o processo de gravação no Sound Forge, incluindo todos os seus modos, bem como o processo de ripagem de um CD de áudio. Apresenta as técnicas e funções que irão aumentar as capacidades de uma edição de áudio. Descreve todos os comandos que estão no menu Process. Descreve em detalhes o plug-in Acoustic Mirror, incluindo os procedimentos para a criação de arquivos de impulso. Apresenta o Sonic Foundry MIDI Router, MIDI Triggers, e o uso de sincronização MIDI/MTC. Descreve o uso de samples e a ferramenta Sound Forge Sampler Tool. Além disso traz informações de e dicas para a técnica de sampling. - 8

9 Manual Usuário Sony Sound Forge Looping Trabalhando arquivos AVI Streaming Media com Como criar loops no Sound Forge, incluindo o uso da ferramenta ACID Loop Creation. Descreve o uso do Sound Forge para adicionar áudio em arquivos de vídeo (.avi). Descreve como criar arquivos streaming para utilização na Web, incluindo vários templates. Análise de espectro Descreve a utilização da ferramenta Spectrum Analysis. Em adição a estes capítulos, este manual apresenta sete apêndices e um índice para melhor assisti-lo na utilização deste manual. Apêndices Teclas de atalho SMPTE Time Code Glossário Descrição Lista completa das teclas de atalho. Descrição do formato SMPTE. Termos mais utilizados pelos softwares musicais. - 9

10 Manual Usuário Sony Sound Forge

11 Manual Usuário Sony Sound Forge O Que Há de Novo? Este capítulo é voltado aos usuários que já utilizam o Sound Forge, ele simplesmente trata das novas implementações da versão 6.0. Edição não destrutiva Com esta nova versão o Sound Forge migrou para a classe de editores de áudio chamados de não destrutivos. Esta característica elimina a chatisse de esperar o processamento de cada edição, isto porque agora o processo de mover e deletar dados de áudio é instantâneo. Quando você salva o arquivo, o Sound Forge renderiza todas as suas edições para o arquivo em disco. Gerenciador de Plug-ins Este novo recurso disponibiliza diversas implementações para facilitar o uso e o controle de softwares plug-ins de áudio padrão DirectX. Melhoramento do Encadeador de Plug-Ins de Áudio A versão 6.0 do Sound Forge torna ainda mais fácil a escuta prévia (preview) do resultado da aplicação de Plug-Ins DirectX em diverentes trechos de um arquivo de áudio. O diálogo do encadeador de plug-ins de áudio permite que você posicione o cursor ou faça seleções de um determinado trecho na data window sem que ele se feche (diálogo áudio plug-in). A playbar da data window agora possui o botão Open Plug-In Chainer ( ) que ao ser clicado abre o diálogo Audio Plug-In Chainer. Uma vez aberto este diálogo o botão Play Plug-In Chainer tomará este formato ( ). Com o botão Play Plug-In - 11

12 Manual Usuário Sony Sound Forge Chainer selecionado você pode realizar escuta prévia de áudio com os plug-ins que são apresentados no diálogo Audio Plug-in Chainer. Gerenciador de Plug-Ins (Plug-In Manager) Nesta versão 6.0 o acesso aos plug-ins de áudio foi bastante melhorado com o advento do novo gerenciador de plug-ins (Plug-In Manager). Este diálogo permite a visualização de uma forma bastante conhecida, formato do Windows Explore, dos seus plug-ins de áudio e encadeamento de plug-ins. Você pode usar o Plug-In Manager para gerenciar, renomear, criar pastas e adicionar plug-ins ao menu DX Favorites. Além de realizar tarefas bastante conhecidas neste tipo de visualização. O Plug-In Manager também permite a fácil aplicação de um plug-in ao arquivo de áudio, bastando para isso simplismente arrastá-lo (drag and drop) para a data window. Para adicionar um determinador plug-in para um encadeamento já existente, arraste o plug-in para o diálogo Áudio Plug-In Chainer. Menu DX Favorites Personalizável Quando você adiciona um plug-in DirectX a pasta DX Favorites, o Sound Forge adiciona este plug-in ao menu DX Favorites que está na área de trabalho (workspace). Este tipo de arranjo torna o acesso muito mais fácil e rápido aos plug-ins mais utilizados. Você pode criar pastas ou permitir que o Sound Forge as crie, organizando assim a quantidade de plug-ins que você possui instalado no computador. Renderização de Multi-tarefas em background Nas versões anteriores do Sound Forge, você era forçado a esperar o processamento de uma determinada edição para ai sim proceder à próxima edição, o que tornava a tarefa muito cansativa em casos de arquivos muito grandes. Na versão 6.0 agora você pode continuar a executar tarefas mais comuns em outras data windows enquanto processa o imenso arquivo. O segredo disto é o novo recurso multitask background redering. Quanto você salva ou processa um arquivo em uma determinada data window esta se torna inativa, ou melhor, em modo de espera (queue). Enquanto esta janela estiver neste modo todas as outras data windows que estiverem abertas, e que não dependam do processamento em questão, estarão disponíveis para uso. Você pode executar as seguintes tarefas em outras data windows enquanto houver um processamento em background em andamento: Open Play Preview Cut - 12

13 Manual Usuário Sony Sound Forge Copy Paste Delete Se você necessitar aplicar um outro tipo de comando ou processamento ou salvar as ações, esta data window também ficará em modo queued. Tabbed docking windows No Sound Forge 7.0, diálogos como Regions List e Time Display agora podem ser alocados na área de trabalho. Esta ação permite uma melhor organização das tarefas em andamento. Você pode fazer isso com um ou vários diálogos. Quando a diálogo estiver alocado na workspace ela possuirá uma tab com o seu nome nela. Clicando nesta tab abriremos o referido diálogo. Os seguintes diálogos podem ser alocados na área de trabalho: Regions List Playlist Keyboard Video Preview Time Display Play Meters Undo/Redo History Plug-In Manager (disponível somente na versão full) Audio Plug-In Chainer (disponível somente na versão full) Você pode rapidamente ocultar ou tornar visiveis os diálogos utilizando teclas de atalho ou mouse. Modificação da playbar A playbar que esta posicionada na parte inferior de cada data window pode ser modificada para o formato de linha de curso (streamline). Em determinadas situações este formato simplifica em muito a utilização de tarefas e opções de playback. Modo Looped Playback Nas versões anteriores você utilizava o botão Play Looped ( ) para tocar um arquivo ou um trecho de um arquivo em modo de repetição continua (Loop). Nesta versão você poderá tocar o arquivo em modo de repetição continua indiferentemente do seu modo playback (Normal, Plug-In Chainer, Play as Cutlist ou Play as Sample). Clique no botão Loop Playback ( ) que esta localizada na transort bar para habilitar ou desabilitar o modo de repetição continua (loop). - 13

14 Manual Usuário Sony Sound Forge Nota: O modo Play Normal e o único desponível na versão Studio. Modo Play Plug-In Chainer A playbar agora possui o botão Open Plug-In Chainer ( ) que permite a abertura do diálogo Audio Plug-In Chainer. Uma vez aberto este diálogo, o botão Plug-In Chainer tomará esta aparência ( ). Com este botão selecionado você poderá executar prévias de áudio com os plug-ins que são mostrados no diálogo Audio Plug-In Chainer. Modo Play as Sample O botão Play as Sample ( sample é definido. Play Device toolbar ) agora somente é mostrado quando um loop de Agora você pode escolher por qual dispositivo quer executar o playback. Arquivos suportados Suporte a arquivos com mais de 4 GB O Sound Forge agora permite processamento em arquivos de todos os tamanhos (utilizando sistema de arquivo NTFS). Suporte a QuickTime, MPEG 1 e 2, e Windows Media Video files Ao contrário da versão 5.0 que somente permitia abrir arquivos em formato AVI para posteriormente salvar em outros formatos, a versão 6.0 permite a abertura e salvamento em qualquer um destes formatos. Nota: O suporte a arquivos MPEG 1 e 2 requer plug-in MainConcept MPEG. - 14

15 Manual Usuário Sony Sound Forge Suporte a arquivos 32-bit/192 khz A versão 6.0 suporta resolução total de 32-bit para pristine audio quality. Agora você pode abrir, gravar e salvar arquivos de áudio 32-bit. Nota: Para poder gravar arquivos 32-bit, você necessita possuir uma placa de áudio que tenha capacidade para este formato de arquivo. No entanto você poderá abrir, editar e salvar arquivos 32-bit mesmo que sua placa de áudio não dê suporte a eles. Melhoramentos ao Preset Manager A versão 6.0 expandiu a funcionalidade do gerenciador de Presets (Preset Manager). Este gerenciador pode fazer um back up, transferir e deletar presets do Sound Forge, ACID e Vegas. O Preset Manager foi desenvolvido para trabalhar somente com os presets e pacotes dos plug-ins; você poderá criar seus presets no Sound Forge, ACID ou Vegas, mas somente gerencia-los através do Preset Manager. Capacidade de zoom melhorada Time zoom maior que 1:1 A versão 6.0 acaba com a limitação de 1:1 do zoom horizontal, ou seja, um pixel por sample. Agora você pode chegar até 24:1, ou seja, 24 pixels por um sample. Este melhoramento permite uma maior precisão em tarefas de edição, principalmente ao se trabalhar com a ferramenta Lápis (Pencil tool). Parâmetros de zoom personalizados Você pode criar dois tipos de personalização para usar com o zoom. Para isso acesse o custom zoom settings através do menu de comandos, botões na toolbar ou teclas de atalho. Melhoramentos na captação de vídeos O Sound Forge 7.0 possui uma série de novos recursos para melhorar o manuseio de arquivos video streams. - 15

16 Manual Usuário Sony Sound Forge Video properties Para arquivos que possuem video stream, a seção video no diálogo Properties agora possibilita a edição de seus parâmentros. Video Preview window A Video Preview window incorpora uma nova opção para compensar visualizações non-square. Clique-direito na Vídeo Preview window e selecione Display Square Pixels. Frame numbering options O Sound Forge 7.0 possui diversas opções para numeração de frames na video strip. Opções de salvamento de arquivos de Vídeo O Sound Forge 7.0 agora tem mais duas novas opções para salvar arquivos que possuam video stream: Stretch video to fill output frame (do not letterbox): Aumenta o tamanho do frame no caso de tamanhos diferentes. Quando esta opção esta desligada o Sound Forge utiliza o letterboxing ou pillarboxing para manter a visualização do frame corretamente. Fast video resizing: Agiliza o processo de salvamento do video. Quando esta opção esta desligada a qualidade do vídeo é desconsiderada. Porem o tempo de salvamento do arquivo é diminuído consideravelmente. Rendering preferences Ao selecionar a opção Resample source video na seção Video do diálogo Preferences, você obriga o Sound Forge a interpolar os frames quando salva um arquivo onde o tamanho do frame destino é maior que o tamanho do frame origem. Você também pode utilizar a opção Deinterlace method na lista dropdown para determinar como o Sound Forge irá separar os dois campos que formatam o frame ao renderizar para um formato progressivo. External monitor preview setup Anteriormente, o Sound Forge procurava por um monitor externo toda vez que abríamos um arquivo AVI. Na versão 6.0 este monitor externo é endereçado na seção Vídeo do diálogo Preferences. Para utilizar este recurso, você deve possuir interface OHCI-compliant IEEE-1394 DV e um despositivo que converta - 16

17 Manual Usuário Sony Sound Forge o sinal DV para vídeo, como uma DV camcorder, um deck ou um conversor de mídia. - 17

18 Manual Usuário Sony Sound Forge

19 Manual Usuário Sony Sound Forge Otimizando seu Sistema Este capítulo contém informações de como melhorar a performance de seu computador otimizando assim a utilização do Sound Forge. Desfragmentando seu Hard Disk O Sound Forge é um editor de áudio digital baseado em disco, devido a esta característica consegue-se editar arquivos muito grandes, assim como armazenar uma infinidade de informações para serem utilizadas pelos comandos undo/redo e tarefas de Clipboard, tais como copy e paste. No entanto, para que estas tarefas ocorram com normalidade há a necessidade de ter um bom espaço livre para armazenagem de dados e criação de arquivos temporários. Com o passar do tempo e da utilização, os dados em seu hard disk começam a ficar fragmentados, tornando a operação de leitura e gravação em disco mais lenta, comprometendo assim a performance da edição de áudio, para corrigir este problema basta executar o utilitário Scandisk que vem no pacote do Windows. Aumentando o tamanho do Buffer O Total Buffer Size é o valor que determina a quantidade de memória RAM usada para as aplicações de tocar e gravar áudio em seu hard disk. O valor 512kb é o recomendado, mas você poderá aumentá-lo caso esteja percebendo engasgos (gaps) durante o playback. Aumentar o Total Buffer Size requer memória adicional combinada a uma grande margem de preload, isto pode resultar em atrasos ao se iniciar ou parar um playback. Mais informações em Preload Size. Editando o Total Buffer Size 1. No menu Options, escolha Preferences. Uma caixa de diálogo irá aparecer. 2. Clique na seção Wave. 3. Utilize o slider para configurar um valor apropriado e clique OK. - 19

20 Manual Usuário Sony Sound Forge Aumentando o tamanho do Preload O valor do Preload Size determina a quantidade de dados que o Sound Forge irá armazenar na memória da placa de áudio antes de iniciar o playback. O Preload é performado no espaço de tempo entre a ação de clicar o botão play e o inicio do playback. Aumentando-se o Preload Size pode-se eliminar os dropouts característicos que ocorrem quando se utiliza um hard disk lento ou desfragmentado. O tamanho do atraso é proporcional ao tamanho do Preload. Alterando o Preload Size 1. No menu Options, escolha Preferences. Uma caixa de diálogo irá aparecer. 2. Clique na seção Wave. 3. Utilize o slider para configurar um valor apropriado e clique OK. Nota: Alguns drivers de placas de áudio para o Windows não suportam esta opção. Caso ruídos ou dropouts estejam ocorrendo no início do playback e o driver não suporte Preloading, desabilite esta opção e configure o Preload Size em 0 (zero). Playback cursor e Record counter As opções playback cursor e record counter determinam como os dados serão apresentados na tela durante uma gravação ou playback. Caso anormalidades estejam ocorrendo tais como dropouts, skippings ao efetuarmos operações em arquivos com taxa de amostragem maiores que 44,100Hz, estes displays poderão ser desligados para minimizar estes problemas. Desligando o playback cursor e Record counter 1. No menu Options, escolha Preferences. Uma caixa de diálogo irá aparecer. 2. Clique na seção Perform. 3. Desmarque a opção Show the position of the playback cursor e Show the Record counter que estão previamente marcados e clique em OK. - 20

21 Manual Usuário Sony Sound Forge Meters Os Meters utilizam uma pequena quantidade de memória, entretanto podemos desliga-los para liberar mais memória para o processamento. Desligando Meters no Playback No menu View, escolha Play Meters, desmarque a seleção. Desligando Meters ao gravar 1. No menu Special, escolha Transport, e Record no sub-menu apresentado. Uma caixa de diálogo irá aparecer. 2. Desmarque a opção Monitor e clique em OK. Passive updating para vídeo e tela A opção Passive update diminui a prioridade de apresentação de vídeos e apresentação de dados na tela durante um playback. Quando esta opção está habilitada a apresentação na tela se torna mais lenta, porém deixando de sobrecarregar a memória. Habilitando o Update Time display passivo No menu Options escolha Time Display, e a partir do submenu apresentado escolha Passive Update. Passive updating para vídeo e tela A opção Passive update diminui a prioridade de apresentação de vídeos e apresentação de dados na tela durante um playback. Quando esta opção está habilitada a apresentação na tela se torna mais lenta, porém deixando de sobrecarregar a memória. Habilitando o Update Time display passivo No menu Options escolha Time Display, e a partir do submenu apresentado escolha Passive Update. Habilitando o Update para amostragens de vídeo No menu Options, escolha Video, e Passive Update no submenu apresentado. Uma marca aparecerá ao lado do comando indicando que este está ativado. - 21

22 Manual Usuário Sony Sound Forge

23 Manual Usuário Sony Sound Forge A Workspace Este capítulo apresenta de forma detalhada as aplicações da barra de ferramentas e seus controles. Mouse A tabela seguinte define os termos relacionados à utilização do mouse neste manual. Aponte o mouse Clique Colocar o ponteiro do mouse sobre um item qualquer. Colocar o ponteiro do mouse e clicar com o botão esquerdo do mouse. Clique-direito Clique-duplo Clique-triplo Toggle-clique Shift-clique Ctrl-clique Arrastar Colocar o ponteiro do mouse sobre um item e clicar com o botão direito. Normalmente esta operação é utilizada para abrir menus de atalho (shortcut). Idêntico ao Clique, porém neste caso clica-se duas vezes sucessivas sobre o item. Idêntico ao Clique, porém neste caso clica-se três vezes sucessivas sobre o item. Clicando com o botão direito enquanto mantém-se pressionado o botão esquerdo. Isto é usado em operações drag and drop (arrastar e soltar). Clicar com o botão esquerdo enquanto mantém-se pressionada a tecla Shift do teclado. É comumente usado para saltar passos em algum diálogo ou em operações repetitivas. Clicar com o botão esquerdo enquanto mantém-se pressionada a tecla Ctrl do teclado. Normalmente usado para copiar. Manter pressionado o botão esquerdo e arrastar o mouse. Normalmente utilizado em operações de seleções de áreas ou trechos apresentados na tela, assim como em ajustes com sliders, faders e outros botões ajustáveis. - 23

24 Manual Usuário Sony Sound Forge Slow-dragging Dropping Manter pressionados os botões esquerdo e direito e arrastar o mouse. Normalmente utilizados em faders. Após arrastar um item, soltar o botão esquerdo em cima de um outro item qualquer. Normalmente utilizado em operações de Merge e Mix. Utilizando o Mouse Wheel O Sound Forge permite a utilização do mouse wheel tornando a navegação em arquivos de áudio mais rápida e cômoda. A tabela seguinte apresenta um breve resumo da funcionalidade do mouse wheel. Wheel p/ cima Zoom in horizontal Wheel p/ baixo Zoom out horizontal Ctrl+wheel up Zoom in vertical Ctrl + wheel down Zoom out vertical Shift + wheel up Deslocamentao para esquerda Shift + wheel down Deslocamento para a direita Ctrl + Shift + wheel Posiciona o cursor à esquerda da seleção Up Ctrl + shift + wheel down Posiciona o cursor a direita da seleção - 24

25 Manual Usuário Sony Sound Forge A tela principal Os componentes da tela principal A tabela a seguir descreve os componentes da tela principal Menu Bar Standard toolbar Transport bar Status Bar Workspace Localizada no alto da tela apresenta os menus dos principais comandos e aplicações. Quando nenhum arquivo de áudio está aberto os menus Process, Effects e Tools não aparecem. Provê acesso rápido às tarefas mais comuns do Sound Forge Provê rápido acesso às funções básicas de navegação (transport) Localizada na parte inferior da tela, apresenta o andamento das operações e funções em curso, assim como avisos de ajuda. No lado direito são apresentadas as informações: sample rate, bitdepth(resolução)(resolução), mono/stereo, quantidade de espaço disponível em disco. Com a exceção deste último, as informações mostradas poderão ser alteradas, bastando para isso clicar-duplo sobre elas. Nesta área, localizada atrás das data windows. Seleções de áudio arrastadas para esta área automaticamente abrem um nova data window. Janelas ou diálogos como Regions List e - 25

26 Manual Usuário Sony Sound Forge Playlist podem ser fixados nesta área também. Play Meters Mostra o nível de saída do sinal de áudio. Pode-se alterar a forma de apresentação ao clicar-direito sobre eles. Telas fixas/flutuantes Com os muitos recursos do Sound Forge, é natural que a workspace fique com um amontoado de telas em exposição. A função Docking Windows permite que você mantenha mais janelas abertas de uma forma mais organizada. Você pode optar em deixa-las fixas ou flutuantes as janelas que são listadas no menu View, incluindo Regions List, Playlist e Time Display (disponível somente na versão Full do software). Pode-se fixar uma ou várias janelas ao mesmo tempo. Quando forem várias, cada janela possuirá uma Tab na parte inferior com seu nome sendo apresentado. Fixando uma janela Arraste a janela para a borda da workspace. As margens da janela irão se modificar quando estiverem se aproximando da borda. Solte o botão do mouse. A janela se fixará ao longo da borda da workspace. - 26

27 Manual Usuário Sony Sound Forge Evitando a fixação da janela Existem situações nas quais precisamos arrastar uma janela para a workspace, porém sem que queiramos que ela se fixe. Nestes casos devemos arrastar a janela pressionando ao mesmo tempo a tecla. Janela Flutuante Arraste a janela, clicando em sua borda esquerda, para a borda da workspace. Ocultando a área de fixação de janelas Para ocultar ou tornar visível a área de fixação de janelas (window docking), clique-duplo na barra que separa a workspace da área de fixação. Pode-se também utilizar teclas de atalho para este propósito. Apresenta/oculta a window docking na parte inferior da workspace. Apresenta/oculta a window docking posicionando ao lado da workspace. Apresenta/oculta a window docking tomando toda a área da workspace. - 27

28 Manual Usuário Sony Sound Forge A data window A data window apresenta os dados de áudio em forma de onda (waveform) e nela você encontrará uma série de comandos e controles utilizados na edição de áudio. Title Bar Level Ruler Time Ruler Ruler Tags Edit Selector Playbar Tool Selection Status Fields Mostra o nome do arquivo. Se uma informação estiver incluída no sumario do arquivo. wav ela será mostrada aqui. Cliqueduplo para maximizar ou restaurar o tamanho da janela. Mostra a amplitude da onda. Clique direito para apresentar um menu de atalho com os diversos níveis. Mostra a localização corrente na data window. Clique-direito para se apresentado um menu de atalho da Time Ruler. Indica a posição inicial e final das regiões selecionadas, loops e marcas. Cique-direito para ser apresentado um menu de atalho. São três ferramentas que podemos utilizar: edit, magnify e pencil. A ferramenta pencil requer que o zoom da tela esteja entre 1:1 e 1:16 para ser utilizada. Contém os seguintes botões de transportes: Go to Start, Go to End, Stop, Play Normal, Play Looped e Play as Sample. Apresenta o ponto inicial, final e o comprimento de uma seleção. Caso não exista nenhuma seleção somente a posição será mostrada. Clique-duplo no campo mais à esquerda para apresentar a caixa de diálogo Go To. Clique-duplo entre dois campos para apresentar a caixa de diálogo Set Selection. Cliquedireito para apresentar o menu de atalho de status format. - 28

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg

COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg Para que possamos digitalizar nossos programas de rádio gravados em fita cassete, utilizaremos: - o próprio gravador

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1

Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1 Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1 Esta adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10 abrange novas funcionalidades e outras alterações específicas ao ZoomText 10.1. Para obter instruções

Leia mais

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria 1 Sumário Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria... 1 1 Sumário... 1 2 Lista de Figuras... 5 3 A Janela principal...

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

96 cartuchos simultâneos ou não. Copiar e Colar Cartucho: O usuário poderá copiar e colar os cartuchos, e até mesmo colar o cartucho selecionado em um outro perfil. Além de ter o recurso para mudar a cor

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Retirando voz de músicas no SoundForge

Retirando voz de músicas no SoundForge Retirando voz de músicas no SoundForge O SoundForge é um software de edição de músicas, sendo que com ele poderemos alterar toda ou qualquer parte de uma música. O SoundForge possui plug-ins que podem

Leia mais

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Utilitário de Ajuda do Software Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Introdução ao Software O software do registrador de dados é um programa que coleta dados do registrador

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 1) No sistema operacional Microsoft Windows 8, uma forma rápida de acessar o botão liga/desliga é através do atalho: a) Windows + A. b) ALT + C. c) Windows + I. d) CTRL +

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

Gravação ao vivo com M7CL e PM5D via Dante

Gravação ao vivo com M7CL e PM5D via Dante Gravação ao vivo com M7CL e PM5D via Dante Utilizando Steinberg Cubase ou Nuendo Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br Lista de Equipamentos 1. Mixer Digital Yamaha 2. Até 4x Dante- MY16-AUD interfaces

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido Microsoft PowerPoint 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 6.0 Instalando o Software Rec-All mono 7.0 Configuração do Software

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 Este programa permite gerir toda a sua colecção de músicas, vídeos e até mesmo imagens, estando disponível para download no site da Microsoft, o que significa que mesmo quem

Leia mais

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E

Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor. Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções de instalação do software de edição e conexão EmbroideryEditor Exclusivo para máquina de bordar MC500E Instruções para instalar o EmbroideryEditor Requisitos do sistema no computador: * Sistema

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 6.0 Instalando o Software Call Rec 7.0 Configuração do Software Call

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre 17:47:08 Introdução à Informática com Software Livre 1 17:47:09 Audacity 2 Audacity 17:47:09 Audacity é um Software Livre de edição digital de áudio, disponível principalmente nas plataformas: Windows,

Leia mais

Adenda ao Guia de Consulta Rápida de ZoomText 10.1 para o Windows 8

Adenda ao Guia de Consulta Rápida de ZoomText 10.1 para o Windows 8 Adenda ao Guia de Consulta Rápida de ZoomText 10.1 para o Windows 8 Esta adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10 abrange as novas funcionalidades e outras alterações específicas ao ZoomText 10.1

Leia mais

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna O que é uma planilha eletrônica? É um aplicativo que oferece recursos para manipular dados organizados em tabelas. A partir deles pode-se gerar gráficos facilitando a análise e interpretação dos dados

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Manual do usuário. isic5 - iphone e ipod Touch

Manual do usuário. isic5 - iphone e ipod Touch Manual do usuário isic5 - iphone e ipod Touch isic5 - iphone e ipod Touch Este manual irá auxiliá-lo na instalação e utilização do software para visualização das imagens dos DVRs e Câmera Speed Dome IP

Leia mais

Guia Rápido ClaireAssist

Guia Rápido ClaireAssist Guia Rápido ClaireAssist Informações do Evento Nossa equipe de Operações enviará por email todos os dados para o evento. Você receberá dois numeros de acesso, um para moderador e outro para os participantes,

Leia mais

MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle. Manual do Usuário

MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle. Manual do Usuário MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle Manual do Usuário 1. Instalação 1. Conector USB: Insira o conector a uma porta USB livre do seu computador. 2. Conector da Antena: Conecte a Antena que acompanha o produto

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Android

Manual do usuário. isic 5 - Android Manual do usuário isic 5 - Android isic 5 - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O novo aplicativo Intelbras isic 5 possui tecnologia capaz de visualizar

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Android

Manual do usuário. isic 5 - Android Manual do usuário isic 5 - Android isic 5 - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O novo aplicativo Intelbras isic 5 possui tecnologia capaz de visualizar

Leia mais

WINDOWS-XP PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA. E-mail: felipe@fcamaracascudo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Página: www.novastecnologias.

WINDOWS-XP PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA. E-mail: felipe@fcamaracascudo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Página: www.novastecnologias. WINDOWS-XP PROF. FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA E-mail: felipe@fcamaracascudo.com.br MSN: fdenis_natal@hotmail.com Página: www.novastecnologias.net 1 MS-Windows XP Sistema Operacional da Microsoft Com Interface

Leia mais

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU $,'(GR5HSRUW0DQDJHU Neste capítulo vamos abordar o ambiente de desenvolvimento do Report Manager e como usar os seus recursos. $FHVVDQGRRSURJUDPD Depois de instalado o Report Manager estará no Grupo de

Leia mais

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo.

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo. O que é o Gimp? O GIMP é um editor de imagens e fotografias. Seus usos incluem criar gráficos e logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando o paradigma de camadas, remover

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Gerenciamento de Arquivos e Pastas Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Arquivo Todo e qualquer software ou informação gravada em nosso computador será guardada em uma unidade de disco,

Leia mais

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows Baseado no material de André Wüst Zibetti Objetivos Obter noções básicas sobre o funcionamento

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nos campos channel description, podemos nomear os canais. O nome será exibido junto ao vídeo. No campo Channel control, selecionando o modo automatic, podemos definir os canais ativos, o tempo de exibição

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P Características da Look 312P 1 2 3 Lente Foco manual pelo ajuste da lente. Bolso Você pode colocar o cabo no bolso. Corpo dobrável Ajuste a Look 312P em diferentes posições. Instalação da Look 312P 1.

Leia mais

SOM E MÚSICA NAS AEC Audacity: Novas Tecnologias no Ensino da Música RECURSOS DE APOIO AOS CURSOS MELOTECA

SOM E MÚSICA NAS AEC Audacity: Novas Tecnologias no Ensino da Música RECURSOS DE APOIO AOS CURSOS MELOTECA SOM E MÚSICA NAS AEC Audacity: Novas Tecnologias no Ensino da Música RECURSOS DE APOIO AOS CURSOS MELOTECA António José Ferreira 16/06/2009 O Audacity é um programa gratuito concebido para edição de áudio

Leia mais

Manual do usuário. Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR

Manual do usuário. Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR Manual do usuário Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR 1 INSTALAÇÃO 1.1 Requisitos de sistema 1.2 Conteúdos do CD de instalação 1.3 Instalação 2 CONFIGURAÇÃO 2.1 ENUTV setup 2.2 Midas Touch 1.1 REQUISITOS

Leia mais

Tablet Widescreen Slimline

Tablet Widescreen Slimline Tablet Widescreen Slimline Manual do Usuário Avançado Instalação Desenho Escrita Navegação Configuração Manutenção www.trust.com/69/faq Instalando e conhecendo seu tablet Trust 6 7 8 9 0 Cabo USB 6 Pontas

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1.1- INTRODUÇÃO Este capítulo tem como objetivo principal familiarizar o usuário com a interface do AutoCAD 2011, isto é, a forma com a qual o usuário se comunica com o software

Leia mais

ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009

ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009 ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009 1 INDICE 1. Instalação do Software...3 2. Tela Inicial...3 3. Criando arquivo de configurações (Alt + C + C)...4 3.1 Sensores

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

Português do Brasil. Mensagens de alerta WEEE DECLARAÇÃO FCC. Observação: Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus

Português do Brasil. Mensagens de alerta WEEE DECLARAÇÃO FCC. Observação: Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus Mensagens de alerta WEEE Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus Este símbolo indica que este produto deve ser coletado separadamente. Os seguintes se aplicam apenas a usuários em países europeus:

Leia mais

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software.

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. 1 - Instalar o Software que está no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: http://cameras.khronos.ind.br:1061/clientes/aplicativos/yokoprata/

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de imagem via celular (isic) para sistema operacional BlackBerry

MANUAL DO USUÁRIO. Software de imagem via celular (isic) para sistema operacional BlackBerry MANUAL DO USUÁRIO Software de imagem via celular (isic) para sistema operacional BlackBerry Software de imagem via celular para sistema operacional BlackBerry Parabéns, você acaba de adquirir um produto

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados.

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Windows Menu Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Minimizar Fechar Maximizar/restaurar Uma janela é composta de vários elementos

Leia mais

INE 5223. Sistemas Operacionais. Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos. Windows (cont.)

INE 5223. Sistemas Operacionais. Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos. Windows (cont.) INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows (cont.) Baseado no material do IFRN e de André Wüst Zibetti WINDOWS 7 Tópicos Windows 7 Área de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

Manual Software CMS. Introdução:

Manual Software CMS. Introdução: Introdução: O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa eletrônico

Leia mais

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 CAPÍTULO 01 PREPARAÇÃO DO AMBIENTE... 2 1.1 IMPORTAÇÃO DO DICIONÁRIO DE DADOS... 2 CAPÍTULO 02 CADASTRO E CONFIGURAÇÃO DE RELATÓRIOS... 4 2.1 CADASTRO DE RELATÓRIOS... 4 2.2 SELEÇÃO

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Periférico de entrada/saída, memória, vírus, Windows, barra tarefas. Prof: Lucas Aureo Guidastre Memória A memória RAM é um componente essencial

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Imagem via iphone e ipod Touch baseado no sistema operacional ios

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Imagem via iphone e ipod Touch baseado no sistema operacional ios MANUAL DO USUÁRIO Software de Imagem via iphone e ipod Touch baseado no sistema operacional ios Software de Imagem via iphone e ipod Touch baseado no sistema operacional ios Este manual irá auxiliá-lo

Leia mais

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^ 1 PRIMEIRA PARTE: Conceitos de organização de arquivos (pastas/diretórios), utilização do Windows Explorer: copiar, mover arquivos, criar diretórios. Tipos de arquivos. 01. Aplicações de multimídia em

Leia mais

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 1 Sumário 1. Instalando a Chave de Proteção 3 2. Novas características da versão 1.3.8 3 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 4. Executando o PhotoFacil Álbum 9 3.1. Verificação da Chave 9 3.1.1. Erro 0001-7

Leia mais

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS 1 Para iniciar a edição de um esquema elétrico para posterior simulação, busque no menu Iniciar do Windows, a opção Todos os Programas. Localize a pasta onde foi instalado o Proteus e selecione o programa

Leia mais

Apostila de CmapTools 3.4

Apostila de CmapTools 3.4 Apostila de CmapTools 3.4 Índice Definição do software... 3 Criando um novo mapa... 3 Adicionando um conceito... 3 Alterando a formatação das caixas (Barra de Ferramentas Estilos Paleta Styles)... 7 Guia

Leia mais

Informática Básica para o PIBID

Informática Básica para o PIBID Universidade Federal Rural do Semi Árido Programa Institucional de Iniciação à Docência Informática Básica para o PIBID Prof. Dr. Sílvio Fernandes Roteiro O Tamanho e Resolução de imagens O Compactação

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

DICAS PARA SE APERFEIÇOAR NO WINDOWS 7

DICAS PARA SE APERFEIÇOAR NO WINDOWS 7 DICAS PARA SE APERFEIÇOAR NO WINDOWS 7 1. MOVIMENTAÇÃO ENTRE PASTAS Todo o funcionamento do Windows Explorer gira em torno da sua capacidade de transitar entre as pastas salvas no disco de armazenamento.

Leia mais

ArcSoft Total Media. HDCam 2.0

ArcSoft Total Media. HDCam 2.0 ArcSoft Total Media HDCam 2.0 1 Introdução Guia de Início Rápido O ArcSoft Total Media HDCam é um software de área de trabalho que combina gerenciamento de mídia e capacidades de reprodução. Gerenciamento

Leia mais

NAPNE / RENAPI. Manual Virtual Keyboard

NAPNE / RENAPI. Manual Virtual Keyboard NAPNE / RENAPI Manual Virtual Keyboard Abril de 2009 Sumário 1 Introdução... 3 2 Objetivos... 4 2.1 Vídeo... 4 2.1.1 Performance de Aprendizagem e previsão... 4 3. Escrita... 4 4 Download... 5 4.1 Realizar

Leia mais

Thunder Pro II Gold Edition Manual de operações v 8.7 Rev:b

Thunder Pro II Gold Edition Manual de operações v 8.7 Rev:b Thunder Pro II Gold Edition Manual de operações v 8.7 Rev:b Este manual foi escrito exclusivamente para o chip Thunder Pro II Gold e será atualizado juntamente com as atualizações do chip, portanto acesse

Leia mais

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR;

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Vid8 Servidor Versão 8.13.0411 Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Versão 8.12.0311 Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Versão 8.11.0311 Correção

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho.

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho. Conceitos básicos e modos de utilização das ferramentas, aplicativos e procedimentos do Sistema Operacional Windows XP; Classificação de softwares; Principais operações no Windows Explorer: criação e organização

Leia mais

Microsoft Word INTRODUÇÃO

Microsoft Word INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O Word é uma ferramenta utilizada para o processamento e editoração eletrônica de textos. O processamento de textos consiste na possibilidade de executar e criar efeitos sobre um texto qualquer,

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Starter: instalada em netbooks, possui recursos praticamente apenas para uso de e-mails e navegação na Internet; Home Basic: disponível apenas para

Starter: instalada em netbooks, possui recursos praticamente apenas para uso de e-mails e navegação na Internet; Home Basic: disponível apenas para Starter: instalada em netbooks, possui recursos praticamente apenas para uso de e-mails e navegação na Internet; Home Basic: disponível apenas para mercados emergentes, dispõe de pouquíssimos recursos;

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB

MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB NAPNE Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Especiais SIEP Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB Fonte: User s Guide (Guia do

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339 SEAP 01-04-2015 SAMUEL INFORMÁTICA Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional que trás uma melhor performance não apenas em recursos sistêmicos como também nos atrai pelo seu belo visual

Leia mais

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados.

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados. Instrução de acesso ao DVR da Yoko modelo Pentaplex. Via Software. 1 - Instalar o Software que esta no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: ( caso o navegador

Leia mais

SMART Sync 2010 Guia prático

SMART Sync 2010 Guia prático SMART Sync 2010 Guia prático Simplificando o extraordinário Registro do produto Se você registrar o seu produto SMART, receberá notificações sobre novos recursos e atualizações de software. Registre-se

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais