EDITAL 01/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL 01/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2015"

Transcrição

1 EDITAL 01/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2015 BASE LEGAL: Lei Estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis Estaduais nº 9.658/05 e /08), Lei Complementar nº 123/07 e, subsidiariamente, Leis Federais nºs 8.666/93 e /02, e legislação pertinente. MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO Nº001/2015 PROCESSO TCM/BA N.º 00204/2015 REGIME DE EXECUÇÃO: EMPREITADA POR PREÇO UNITÁRIO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO GLOBAL LOCAL E DATA DO RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS E INÍCIO DOS TRABALHOS: Endereço eletrônico: O Pregão será realizado em sessão pública on line por meio de recursos de tecnologia da informação INTERNET, através do site constante da página eletrônica do Banco do Brasil. Início de acolhimento das propostas: dia 04/03/2015 às 14h30min Abertura das propostas: dia 05/03/2015, às 09h30min. Início da sessão da disputa dos lances: dia 05//03/2015 às 10h00min Tempo de disputa do lote: 30(trinta) minutos, mais o tempo aleatório do sistema. -Pregoeiro(a) responsável: Roquelina Santos Silva, designada no termo do Ato 396/05, da Presidência desta Corte de Contas, publicado no DOE de 22/12/05, e membros da Comissão de Licitação, nos termos do Ato n.º196/15, publicado no DOE de 16/01/2015. Será sempre considerado o horário de Brasília (DF) para todas as indicações de tempo constantes neste edital O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia torna público que se acha aberta, nesta unidade, licitação na modalidade Pregão Eletrônico Nº001/2015, Processo Nº , objetivando os serviços indicados abaixo. As propostas deverão obedecer às especificações deste instrumento convocatório e anexos, que deles fazem parte integrante. I DO OBJETO 1.1- A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa especializada para o fornecimento de Licenciamento de Sistema de Processo Eletrônico, com entrega dos códigos fontes e transferência de tecnologia no âmbito do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, conforme detalhamento contidos nos Anexos I, Anexo I-A, Anexo I-B, Anexo I-C, Anexo I-D e Anexo I-E do Termo de Referência deste instrumento convocatório. 1

2 1.2- O prazo de vigência do contrato, a contar da data da sua assinatura, será de 12 (doze) meses, admitindo-se a sua prorrogação nos termos do art.141 da Lei Estadual nº 9.433/2005, condicionada à obtenção de preços e condições mais vantajosas e observado o estabelecido no artigo 142 dessa Norma A contratação com a empresa vencedora obedecerá às condições da minuta de contrato constante do Anexo VII deste Edital. II- DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 2.1- Serão admitidos a participar desta Licitação os interessados previamente credenciados perante o Banco do Brasil, que atenderem a todas as exigências de habilitação contidas neste edital e seus anexos e, que pertençam ao ramo de atividade pertinente ao objeto licitado Não serão admitidas empresas em consórcio nem as que estejam suspensas temporariamente de participar e de licitar com a Administração Pública ou, ainda, as declaradas inidôneas, na forma dos incisos II e III do art. 186 da Lei Estadual nº 9.433/ Em consonância com o art. 200 da Lei Estadual nº 9.433/05, fica impedida de participar desta licitação e de contratar com a Administração Pública a pessoa jurídica constituída por membros de sociedade que, em data anterior à sua criação, haja sofrido penalidade de suspensão do direito de licitar e contratar com a Administração ou tenha sido declarada inidônea para licitar e contratar e que tenha objeto similar ao da empresa punida É vedado ao agente político e ao servidor público de qualquer categoria, natureza ou condição, celebrar contratos com a administração direta ou indireta, por si ou como representante de terceiro, sob pena de nulidade, ressalvadas as exceções legais, conforme o art. 125 da Lei Estadual nº 9.433/ Cópia deste Edital (e anexos) estará, a partir da data da publicação de seu resumo em Diário Oficial do Estado, no site do TCM BA - no site do Banco do Brasil à disposição dos interessados, os quais poderão obtê-la junto ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia no endereço indicado, de segunda a quinta das 8h às 12h. e das 13h30min às 17h30min, exceto às sextas-feiras, quando estarão disponíveis das 8h às 13h. Outras informações sobre a licitação serão prestadas pelo Pregoeiro e equipe de apoio na sala 308 da Comissão Permanente de Licitação, nos mesmos locais e horários, pelo Telefax:(71) e por intermédio do III DA REGÊNCIA LEGAL DA LICITAÇÃO 3.1- Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições constantes nas Lei Estadual Nº9.433/05 (alterada pelas Leis Estaduais nº 9.658/05 e /08), Lei Complementar 123/06, e, subsidiariamente, Leis Federais n.ºs 8.666/93 e /02, e legislação pertinente. IV- DO CREDENCIAMENTO 4.1- Como condição específica para participação do pregão por meio eletrônico é necessário, previamente, o credenciamento de usuário pelos licitantes, que será realizado através do Banco do Brasil, no prazo máximo de 03 (três) dias úteis após a formalização do pedido e entrega da documentação necessária O credenciamento se dará por intermédio da atribuição de chave de identificação e/ou senha individual O credenciamento será pessoal e intransferível para acesso ao sistema. O usuário credenciado será responsável por todos os atos praticados nos limites de suas atribuições e competências. 2

3 4.4- O credenciamento implica em responsabilidade legal do usuário e na presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao pregão Informações complementares sobre credenciamento devem ser obtidas junto ao pregoeiro designado. V DA FORMA DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS E DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO Os documentos da habilitação deverão estar dispostos ordenadamente, rubricados pelo representante legal da empresa, ou por seu mandatário As propostas comerciais deverão ser enviadas por meio do site do Banco do Brasil, mediante a opção "Acesso Identificado", no sistema eletrônico do Banco do Brasil, obedecendo a data e horários estabelecidos no Edital Os documentos relativos à habilitação deverão ser apresentados em original, cópia autenticada ou cópia simples acompanhada do original, para que possa ser autenticada pelo pregoeiro O Certificado de Registro Cadastral/CRC, expedido pela Secretaria da Administração do Estado da Bahia/SAEB, estando no prazo de validade, poderá substituir os documentos relativos à Habilitação Jurídica, à Regularidade Fiscal, á Qualificação Econômico-Financeira e à Declaração de Proteção ao Trabalho do Menor, exceto os concernentes à Qualificação Técnica. Caso o certificado consigne algum documento vencido, o licitante deverá apresentar a versão atualizada do referido documento no envelope de habilitação Na hipótese do item anterior, a habilitação dos proponentes ficará condicionada à verificação dos seus respectivos registros, bem como à validade dos documentos cadastrais, por meio de consulta on-line ao Sistema de Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado da Bahia na SAEB, que será impresso sob forma de extrato do cadastrado As certidões extraídas pela internet somente terão validade se confirmada sua autenticidade. VI DO CONTEUDO DO ENVELOPE A, PROPOSTA COMERCIAL 6.1- O licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico (www.licitacoes-e.com.br) do Banco do Brasil, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances Incumbirá ainda ao licitante, acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública do pregão, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão O proponente deverá elaborar a sua proposta de preços de acordo com as exigências constantes do Termo de Referência, em consonância com o Anexo I-C modelo de Proposta de Preços, expressando os valores em moeda nacional REAIS, utilizando duas casas decimais, definido na proposta de preço, ficando esclarecido que não serão admitidas propostas alternativas A Proposta de Preços deverá ter indicação e descrição de forma detalhada das características do objeto da presente licitação, de acordo com as especificações do Edital e seus Anexos, devendo ser formulada e enviada em conformidade com o Anexo I-C modelo de Proposta de Preço, exclusivamente por meio do Sistema eletrônico (www.licitacoes-e.com.br) A Proposta de Preços deverá ser apresentada juntamente com a Declaração de Elaboração Independente de Proposta, conforme modelo constante do Anexo II. 3

4 6.6- Os preços cotados deverão aqueles da data de recebimento das propostas, considerando a condição de pagamento à vista. A inclusão de qualquer custo financeiro para o período de processamento das faturas está proibida A proposta apresentada e os lances formulados deverão incluir todas e quaisquer despesas necessárias para o fiel cumprimento do objeto desta licitação, inclusive todos os custos com salários, encargos sociais, previdenciários e trabalhistas de todo o pessoal do fornecedor, como também fardamento, transporte de qualquer natureza, materiais empregados, inclusive ferramentas, utensílios e equipamentos utilizados, depreciação, aluguéis, administração, impostos, taxas, emolumentos e quaisquer outros custos que, direta ou indiretamente, se relacionem com o fiel cumprimento pelo Fornecedor. 6.8-Também deverá constar do envelope de proposta de preços a Declaração de Pleno Conhecimento e Atendimento às Exigências de Habilitação Anexo VI A proposta de preços terá validade comercial de 60 (sessenta) dias corridos, a contar da data de sua abertura fixada no Preâmbulo do Edital, facultado, porém, aos licitantes estender tal validade por prazo superior No caso de microempresas e empresas de pequeno porte interessadas na concessão de tratamento diferenciado assegurado pela Lei Complementar nº 123/2006, também deverá constar do envelope de proposta de preços a Declaração de Enquadramento (Lei Complementar nº 123/06) em consonância com o modelo do Anexo III Na formulação da proposta comercial, ocorrendo divergência entre o preço por item em algarismo e o expresso por extenso, será levado em conta este último; Não será permitida previsão de sinal, ou qualquer outra forma de antecipação de pagamento na formulação das propostas. A proponente que assim o fizer, será desclassificada Não será considerada qualquer oferta de vantagem não prevista neste edital, nem propostas com preço global ou unitário simbólico, irrisório ou de valor zero, incompatíveis com os preços dos insumos e salários de mercado, acrescidos dos respectivos encargos Serão desclassificadas as propostas que não atenderem às condições e exigências deste Edital ou que consignarem valor global superior aos praticados no mercado ou com preços manifestamente inexeqüíveis.esses são assim considerados os preços que não venham a ter demonstrada sua viabilidade através de documentação que comprove que os custos dos insumos são coerentes com os de mercado e que os coeficientes de produtividade são compatíveis com a execução do objeto do contrato A formulação da proposta implica para o proponente a observância dos preceitos legais e regulamentares em vigor, tornando-o responsável pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados As microempresas e empresas de pequeno porte, beneficiárias do tratamento diferenciado e favorecido previsto na Lei Complementar nº 123/06, deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição, devendo assinalar sua situação no campo correspondente no Anexo V. VII DO CONTEÚDO DO ENVELOPE 002 DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO O envelope Documentos de Habilitação deverá conter, os documentos a seguir, numerados e relacionados os quais dizem respeito a: 4

5 7.1.1 Habilitação Jurídica, será comprovada mediante a apresentação do ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedade por ações, acompanhado da documentação pertinente à investidura de seus atuais administradores nos respectivos cargos Regularidade Fiscal e Trabalhista Regularidade fiscal, mediante a apresentação de: a)- prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica CNPJ. b)- prova de inscrição no Cadastro de Contribuinte Estadual, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual. c)- prova de regularidade para com a Fazenda Estadual e Municipal do domicílio ou sede do licitante. d)- prova de regularidade para com a Fazenda Federal, inclusive INSS. e)- prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), mediante a apresentação do Certificado de Regularidade do FGTS - CRF As microempresas e empresas de pequeno porte que desejarem os benefícios da Lei Complementar nº 123/06, deverão comprovar esse enquadramento tributário, bem como indicar a existência ou não de restrição de regularidade fiscal, assinalando nos campos correspondentes no Anexo V A comprovação do enquadramento tributário da microempresa e empresa de pequeno porte darse-á mediante a apresentação de documentos fiscais nos quais conste registrada essa condição A não regularização da documentação, no prazo previsto no item anterior, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas na Lei Estadual nº 9.433/ Regularidade trabalhista, mediante a apresentação de: a- prova de regularidade junto à Justiça do Trabalho, mediante apresentação de Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT) Qualificação Econômico- Financeira, será comprovada mediante a apresentação dos seguintes documentos: a-) certidão negativa de falência ou recuperação judicial expedida pelo distribuidor da sede do licitante, com data de expedição ou revalidação dos últimos 90 (noventa) dias anteriores à data da realização da licitação, caso o documento não consigne prazo de validade. b)- balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da lei, devidamente lançados no Livro Diário registrado na Junta Comercial do domicílio ou sede da Empresa, que comprovem a situação financeira desta, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizado por índices oficiais, quando encerrados há mais de 03 (três) meses da data da apresentação da proposta, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios Qualificação Técnica, será comprovada mediante a apresentação Apresentar 01(um) ou mais atestados, fornecidos por pessoas jurídicas de direito público ou privado, comprovando que a licitante executou atividades compatíveis em características com o objeto desta licitação As licitantes deverão apresentar, para assegurar sua aptidão para atender ao objeto desta contratação, no mínimo, os seguintes documentos: a) Declaração fornecida pela própria licitante que o Sistema de Processo Eletrônico proposto atende a todas as especificações descritas no Anexo I-A - Item 1 deste Projeto Básico, devendo apresentar 5

6 detalhamento da arquitetura e tecnologias empregadas, comprovando explicitamente o atendimento a cada uma das mencionadas especificações. b) Declaração fornecida pela própria licitante assegurando que fornecerá o código-fonte do Sistema de Processo Eletrônico proposto, realizando transferência tecnológica e permitindo alterações, conforme o objeto desta contratação; c) Atestado ou declaração de capacidade técnica, em nome da licitante, expedido por pessoa jurídica de direito público ou privado, que comprove já ter implantado o Sistema de Processo Eletrônico proposto; c.a)- Os conteúdos dos atestados/declarações poderão ser objeto de averiguação do corpo técnico da CONTRATANTE, inclusive através de diligências aos locais referenciados nestes documentos, que emitirá parecer técnico quanto à verificação do conteúdo dos respectivos documentos. c.b)- Para efeito de conferência dos atestados/declarações pela CONTRATANTE, a licitante deverá indicar em sua Proposta, de forma clara e objetiva, em que página encontra-se o atestado/declaração e em que trecho de linhas dessa página atende à qualificação técnica exigida. A ausência dessa indicação não desclassifica a proposta Visita técnica As empresas interessadas em participar do certame licitatório obrigatoriamente deverão realizar visita técnica à sede da CONTRATANTE, a fim de avaliar as condições e as peculiaridades do objeto a ser contratado, desde que previamente agendada e respeitada a antecedência de até 2 (dois) dias úteis antes da data marcada para o recebimento das propostas O agendamento a que se refere o subitem anterior deverá ser realizado junto à CONTRATANTE, pessoalmente ou por telefone (71) A visita somente será realizada em dia em que haja expediente na CONTRATANTE, de segunda a quinta das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min, exceto às sextas-feiras, quando o horário é das 8h às 13h, nos moldes do Anexo VIII a este Edital No dia e hora previamente agendados, preposto designado pela CONTRATANTE acompanhará a visita da empresa interessada, emitindo o respectivo Atestado de Visita Técnica modelo constante do Anexo VIII deste instrumento convocatório. A visita deverá ser feita por profissional qualificado da interessada, devidamente munido de documento de identificação e de instrumento que o habilite à representação legal da empresa para este fim Declaração de Proteção ao Trabalho do Menor, em atendimento ao inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal, para os fins do disposto no inciso V do art. 98 da Lei Estadual nº 9.433/05, de que não emprega menor de 18 anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e não emprega menor de 16 anos, ressalvado, se for o caso, o emprego de menor a partir de 14 anos, na condição de aprendiz, conforme modelo constante do Anexo IX deste Edital. VIII- DO PROCEDIMENTO DA LICITAÇÃO 8.1- FASE INICIAL A proposta comercial deverá ser enviada em formulário eletrônico, por intermédio do site do Banco do Brasil: durante o prazo previsto no preâmbulo do edital para recebimento das propostas, devendo a licitante manifestar, em campo próprio do site o pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação e demais condições previstas neste Edital. 6

7 A partir do horário indicado no preâmbulo deste edital para início da sessão pública do pregão eletrônico, terá lugar a divulgação das propostas de preços recebidas e em perfeita consonância com as especificações e condições estabelecidas no edital, as quais serão classificadas para a etapa de lances Iniciada a sessão pública do pregão eletrônico, não cabe desistência da proposta ETAPA COMPETITIVA DE LANCES ELETRÔNICOS Aberta a etapa competitiva, os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico, sendo imediatamente informado do seu recebimento e respectivo horário de registro e valor Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observado o horário fixado e as regras de aceitação dos mesmos estabelecidas no edital convocatório O sistema eletrônico rejeitará automaticamente os lances em valores superiores aos anteriormente apresentados pelo mesmo licitante (redação dada pela Lei Nº 9.658, de 04 de outubro de 2005) Não serão registrados, para o mesmo item, 02 (dois) ou mais lances de mesmo valor, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro Durante o transcurso da sessão pública, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado que tenha sido apresentado pelos demais licitantes, vedada a identificação do detentor do lance A etapa de lances da sessão pública será encerrada mediante aviso de fechamento iminente dos lances, emitido pelo sistema aos licitantes, após o que transcorrerá período de tempo de até 30 (trinta) minutos, aleatoriamente, determinado também pelo sistema eletrônico, findo o qual será automaticamente encerrada a recepção de lances Alternativamente ao disposto no item anterior, e com justificativa do pregoeiro registrada em ata, o encerramento antecipado da sessão pública poderá ocorrer por sua decisão, quando transcorrido o tempo mínimo de 50% (cinqüenta por cento) do previsto inicialmente no edital para a sessão de lances, mediante o encaminhamento de aviso de fechamento iminente dos lances e subseqüente transcurso do prazo de até 30 (trinta) minutos, findo o qual será encerrada a recepção de lances No caso da adoção do rito previsto no item anterior, encerrada a etapa competitiva, o pregoeiro poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, bem assim decidir sua aceitação Havendo apenas uma oferta, esta poderá ser aceita, desde que atenda todas as condições deste Edital e seu preço seja compatível com o valor estimado para a contratação e dentro da realidade do mercado O pregoeiro anunciará, imediatamente após o encerramento da etapa de lances da sessão pública ou, quando for o caso, após a negociação e decisão acerca da aceitação do lance de menor valor, a proposta que, em consonância com as especificações contidas neste edital, apresentou o menor preço Em caso de empate ficto, será assegurada, nos termos da Lei complementar nº 123/06, a preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte beneficiárias do regime diferenciado e favorecido, nos termos que se seguem: 7

8 Entendem-se por empate ficto as situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam até 5% (cinco por cento) superiores à proposta mais bem classificada Nesta hipótese, a microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada poderá apresentar proposta de preço inferior àquela considerada vencedora do certame, situação em que será adjudicado em seu favor o objeto licitado O direito a ofertar proposta de preço inferior deverá ocorrer no prazo máximo de 5 (cinco) minutos após o encerramento dos lances, sob pena de preclusão O licitante detentor da melhor oferta deverá comprovar a situação de regularidade na forma prevista no edital, devendo a comprovação se dar, de imediato, até 02(duas) horas, mediante a remessa da documentação via , com o encaminhamento dos originais correspondentes ou cópia autenticada no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis do encerramento do pregão, sendo, inclusive, condição indispensável para a contratação A indicação do lance vencedor, a classificação dos lances apresentados e das informações relativas à sessão pública do pregão deverão constar da ata divulgada no sistema, sem prejuízo das demais formas de publicidade previstas na lei Se a oferta de menor valor não for aceitável, ou se o licitante desatender às exigências editalícias, o pregoeiro examinará a oferta subseqüente, na ordem de classificação, verificando a sua aceitabilidade e procedendo à habilitação do proponente, e assim sucessivamente, até a apuração de uma proposta que atenda às condições estabelecidas no edital, sendo o respectivo licitante declarado vencedor A existência de restrição na comprovação da regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte sujeitas ao regime da Lei Complementar nº 123/06 não implica a inabilitação automática da licitante Na situação prevista no item anterior, o pregoeiro poderá negociar diretamente com o proponente para que seja obtido preço melhor Quando todas as propostas forem desclassificadas, o pregoeiro poderá suspender o pregão e estabelecer, imediatamente, um novo prazo de até 30 (trinta) minutos para o recebimento de novas propostas Constatado que o proponente da melhor oferta aceitável atende às exigências fixadas no edital, o licitante será declarado vencedor Os atos essenciais do pregão eletrônico serão documentados no processo respectivo, com vistas à aferição de sua regularidade pelos agentes de controle, nos termos da legislação pertinente Para a contratação, será observada, em caso de negociação, proposta de preços readequada ao que foi ofertado no lance eletrônico Ao final da sessão, o licitante vencedor deverá encaminhar nova planilha de custos, com os respectivos valores readequados ao valor ofertado e registrado de menor lance. IX DOS RECURSOS E IMPUGNAÇÕES Declarado o vencedor, ao final da sessão, qualquer licitante poderá manifestar, motivadamente, a intenção de recorrer da decisão do pregoeiro, através do registro da síntese das suas razões em ata, sendo 8

9 que a falta de manifestação imediata e motivada implicará a decadência do direito de recurso e, consequentemente, a adjudicação do objeto da licitação ao licitante vencedor pelo pregoeiro Manifestada a intenção de recorrer, será concedido o prazo de 03 (três) dias úteis para a apresentação das razões do recurso, ficando os demais licitantes desde logo intimados para apresentarem contra - razões, se quiserem, em igual prazo, cuja contagem terá início no primeiro dia útil subsequente ao do término do prazo do recorrente O exame, a instrução e o encaminhamento dos recursos à autoridade superior do órgão ou entidade promotora da licitação, será realizado pelo pregoeiro no prazo de até 03 (três) dias úteis A autoridade superior do órgão promotor do Pregão terá o prazo de até 03 (três) dias úteis para decidir sobre o recurso O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento. X- DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Não havendo manifestação de recurso, o pregoeiro adjudicará o objeto da licitação à empresa vencedora para posterior homologação do resultado pela autoridade superior Decididos os recursos eventualmente interpostos e constatada a regularidade dos atos procedimentais, a autoridade superior adjudicará o objeto licitado ao licitante vencedor, homologando, em seguida, o procedimento licitatório A homologação e a adjudicação do objeto desta licitação não implicará direito à contratação. XI - CONTRATAÇÃO O adjudicatário será convocado a assinar o termo de contrato, ou instrumento equivalente, no prazo de até 10 (dez) dias corridos, sob pena de decair do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no inciso I do art. 192 da Lei Estadual 9.433/05, podendo solicitar sua prorrogação por igual período, por motivo justo e aceito pela Administração, e deverá comparecer a Avenida 04, Edf. Conselheiro Joaquim Batista Neves, Plataforma V, na Coordenadoria de Administração, 3º andar, CAB Salvador Ba, para assinatura do termo de contrato Às microempresas e empresas de pequeno porte beneficiárias do regime diferenciado e favorecido da Lei Complementar nº 123/06, que se sagrem vencedoras do certame e que contem com alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração Pública, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa A não-regularização da documentação no prazo previsto implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas na Lei Estadual nº 9.433/05, especialmente a definida no art. 192, inc. I, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, assegurando-se às microempresas e empresas de pequeno porte em situação de empate o exercício do direito de preferência Na hipótese da não-contratação da microempresas e empresas de pequeno porte, o objeto licitado será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame. 9

10 11.5- Como condição para celebração do contrato, o licitante vencedor deverá manter todas as condições de habilitação Se o licitante vencedor, convocado dentro do prazo de validade de sua proposta, não celebrar o contrato, é facultado à Administração, sem prejuízo da aplicação das sanções previstas na legislação pertinente, examinar e verificar a aceitabilidade das propostas subsequentes, na ordem de classificação, bem como o atendimento, pelo licitante, das condições de habilitação, procedendo à contratação A assinatura do contrato deverá ser realizada pelo representante legal da empresa ou mandatário com poderes expressos A contratada ficará obrigada a aceitar nas mesmas condições contratuais, acréscimos ou supressões que se fizerem no objeto, de até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do contrato, na forma do 1º do art. 143 da Lei Estadual nº 9.433/ As supressões poderão ser superiores a 25%, desde que haja resultado de acordo entre os contratantes A variação do valor contratual para fazer face ao reajuste de preços previsto no próprio contrato, quando for o caso, as atualizações, compensações ou apenações financeiras decorrentes das condições de pagamento nele previstas, bem como o empenho de dotações orçamentárias suplementares até o limite do seu valor corrigido, não caracterizam alteração do mesmo, podendo ser registrados por simples apostila, dispensando a celebração de aditamento. XII DAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO Os pagamentos devidos à CONTRATADA serão efetuados mensalmente através de crédito em conta corrente, em banco indicado pela Contratada, no prazo não superior a 08 (oito) dias úteis, contados a partir da apresentação da Nota Fiscal/Fatura, devidamente atestada a execução pelo CONTRATANTE, a prestação do respectivo serviço relativo ao mês da fatura, através de comunicação interna à Coordenadoria de Administração, desde que não haja pendência a ser regularizada pelo contratado As Notas Fiscais/Fatura que apresentarem incorreções serão devolvidas à contratada para as devidas correções. Neste caso, o prazo de que trata o subitem 13.1 começará a fluir a partir da data de apresentação da Nota Fiscal/Fatura, sem incorreções Em havendo alguma pendência impeditiva do pagamento, o prazo fluirá a partir de sua regularização por parte da contratada A atualização monetária dos pagamentos devidos pela Administração, em caso de mora, será calculada considerando a data do vencimento da obrigação e do seu efetivo pagamento, de acordo com a variação do INPC do IBGE pro rata tempore. XIII- DA MANUTENÇÃO DAS CONDIÇÕES DA PROPOSTA - REVISÃO E REAJUSTAMENTO A concessão de reajustamento, nos termos do inc. XXV do art.8º da Lei Estadual nº 9.433/05, fica condicionada ao transcurso do prazo de 12 meses da data de apresentação da proposta, mediante a aplicação do INPC/IBGE e será procedida independentemente da solicitação do interessado A revisão de preços, nos termos do inc. XXVI do art. 8º da Lei Estadual nº 9.433/05, dependerá de requerimento do interessado quando visar recompor o preço que se tornou insuficiente, instruído com a documentação que comprove o desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, devendo ser instaurada pela própria administração quando colimar recompor o preço que se tornou excessivo. 10

11 XIV- DA ENTREGA E RECEBIMENTO DO OBJETO 14.1 Os serviços devem ser executados rigorosamente dentro das especificações constantes no Termo de Referência deste Edital e da proposta, sendo que a inobservância desta condição implicará recusa sem que caiba qualquer tipo de reclamação por parte da inadimplente O objeto desta licitação será recebido nos termos dos artigos 161 a 165 da Lei Estadual nº9.433/ Provisoriamente, no ato da execução dos serviços, para posterior verificação da conformidade com as especificações do objeto licitado; XV DA FISCALIZAÇÃO E DA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS As ações necessárias à execução dos serviços objeto desta contratação deverão ser prestadas nas instalações da CONTRATADA podendo, eventualmente e quando justificável, ocorrerem nas dependências da CONTRATANTE, conforme ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS contidas no Anexo I-A A fiscalização será exercida no interesse exclusivo da contratante, não excluindo nem reduzindo a responsabilidade da contratada Competirá ao Contratante proceder ao acompanhamento da execução do contrato, na forma do art. 154 da Lei Estadual 9.433/05, ficando esclarecido que a ação ou omissão, total ou parcial, da fiscalização do Contratante não eximirá à Contratada de total responsabilidade na execução do contrato As exigências e a atuação da fiscalização pelo órgão ou entidade contratante em nada restringe a responsabilidade única, integral e exclusiva da contratada no que concerne à execução do objeto contratado. XVI DO SIGILO DAS INFORMAÇÕES A CONTRATADA e todos os empregados e prepostos envolvidos no processo de contratação e execução das atividades deverão manter sigilo absoluto sobre quaisquer informações da CONTRATANTE; A CONTRATADA, através de seu representante, deverá assinar o TERMO DE SIGILO DAS INFORMAÇÕES contido no Anexo I-D e dar ciência do mesmo a toda sua equipe de profissionais que participarão da execução do contrato; A CONTRATADA deverá solicitar autorização formal da CONTRATANTE para a divulgação de quaisquer informações decorrentes da contratação ou da execução das atividades do contrato; A CONTRATADA e todos os seus profissionais envolvidos no processo de contratação e execução das atividades que demandem acesso ao ambiente da CONTRATANTE deverão tomar ciência e cumprir todas as determinações da política de segurança da informação da CONTRATANTE e quaisquer documentos correlatos. XVII- PROPRIEDADE INTELECTUAL A CONTRATADA deverá ser titular da propriedade intelectual do Sistema de Processo Eletrônico fornecido, sendo cabíveis as seguintes condições: A CONTRATANTE se compromete a não fornecer ou tornar disponível a terceiros, materiais ou cópias adicionais do Sistema de Processo Eletrônico; 11

12 Quaisquer materiais fornecidos pela CONTRATADA à CONTRATANTE relativos ao Sistema de Processo Eletrônico serão identificados com logotipo ou marca da CONTRATADA, evidenciando que esta é a legítima e exclusiva detentora dos respectivos direitos de propriedade intelectual; A CONTRATANTE não poderá, ainda, sublicenciar, ceder ou de outra forma transferir o Sistema de Processo Eletrônico; A CONTRATANTE, como responsável pela supervisão, administração e controle do uso do Sistema de Processo Eletrônico, se obriga a tratar como segredos comerciais todas as fórmulas, código-fonte e modelo de dados relativos ao Sistema de Processo Eletrônico; A CONTRATADA disponibilizará todo o código-fonte do Sistema de Processo Eletrônico, para uso exclusivo da equipe técnica da CONTRATANTE; Eventuais expansões funcionais implementadas no Sistema de Processo Eletrônico para atender especificidades da CONTRATANTE, serão de propriedade da CONTRATADA Por sua vez, os produtos cedidos à CONTRATADA para a realização das atividades previstas, bem como os resultantes dos serviços prestados são de propriedade exclusiva da CONTRATANTE, vedada à CONTRATADA a comercialização ou distribuição não autorizada A CONTRATADA se obriga a tratar como segredos comerciais e confidenciais quaisquer informações, dados, processos, fórmulas, códigos, etc, utilizando-os apenas para as finalidades previstas no contrato, não podendo revelá-los ou facilitar sua revelação a terceiros. O descumprimento implicará em sanções administrativas e judiciais previstas na legislação vigente A CONTRATADA deverá proporcionar, sob demanda, a transferência de tecnologia para a equipe da CONTRATANTE. A transferência de conhecimento deverá ser realizada utilizando-se do serviço de Consultoria, sendo direcionada aos técnicos indicados pela CONTRATANTE e focada nas regras de negócio e nas estratégias de implementação de código adotadas. Ao final da transferência, os técnicos da CONTRATANTE deverão estar capacitados para realizarem a instalação, a manutenção e o desenvolvimento de aplicações utilizando o Sistema de Processo Eletrônico fornecido pela CONTRATADA. XIII- DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Caberá à empresa CONTRATADA o cumprimento das seguintes obrigações, além daquelas específicas, previstas nas ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS contidas no AnexoI-A: Manter os profissionais devidamente identificados por meio de crachá, quando em trabalho nas dependências da CONTRATANTE; Guardar sigilo sobre dados e informações obtidos em razão da execução dos serviços contratados ou da relação contratual mantida com a CONTRATANTE, de acordo com o TERMO DE SIGILO DAS INFORMAÇÕES, contido no Anexo I-D; Obedecer, rigorosamente, todas as normas e procedimentos de segurança implementados no ambiente de TI da CONTRATANTE; Encaminhar ao fiscal do contrato todas as faturas dos serviços prestados; Assumir a responsabilidade pelos encargos fiscais e comerciais resultantes desta contratação; Responder por quaisquer danos causados diretamente a bens de propriedade da CONTRATANTE ou de terceiros, quando tenham sido causados por seus profissionais durante a execução dos serviços; 12

13 18.8- Manter-se, durante o período de vigência do contrato, em compatibilidade com todas as condições de habilitação e qualificação exigidas para contratação; Planejar, desenvolver, implantar, executar e manter os serviços objeto do contrato dentro dos acordos de níveis de serviços estabelecidos; Reportar à CONTRATANTE, imediatamente, quaisquer anormalidades, erros ou irregularidades que possam comprometer a execução dos serviços e o bom andamento das atividades; Elaborar e apresentar à CONTRATANTE, mensalmente, relatório gerencial dos serviços executados, contendo detalhamento dos níveis de serviços executados versus acordados e demais informações necessárias ao acompanhamento e avaliação da execução dos serviços; Reparar, corrigir, remover, reconstruir ou substituir às suas expensas, no todo ou em parte, serviços efetuados em que se verificarem vícios, defeitos e incorreções dentro do prazo de garantia; Permitir que, para o acompanhamento das demandas, a CONTRATANTE tenha acesso aos registros de chamados da CONTRATADA em plataforma Web, acessíveis através de canal seguro. XIX DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE Exercer a fiscalização dos serviços prestados, por meio de servidores designados; Comunicar oficialmente à CONTRATADA quaisquer falhas verificadas no cumprimento do contrato; Permitir acesso dos profissionais da CONTRATADA às suas dependências, equipamentos, softwares e sistemas de informação para a execução dos serviços; Manter atualizados todos os privilégios de acesso às instalações físicas e aos sistemas, bem como às informações e recursos, providenciando as medidas necessárias para que os privilégios sejam modificados ou revogados quando da transferência, remanejamento, promoção ou demissão de profissionais vinculados a este contrato; Prestar as informações e os esclarecimentos pertinentes que venham a ser solicitados pelos profissionais da CONTRATADA ou por seus prepostos; Efetuar o pagamento mensal devido pela execução dos serviços, desde que cumpridas todas as formalidades e exigências do contrato XX- DAS PENALIDADES Constituem ilícitos administrativos as condutas previstas nos arts. 184 e 185 da Lei Estadual 9.433/05, sujeitando-se o infratores às cominações legais, especialmente as definidas no art. 186 do mesmo diploma, garantida a prévia e ampla defesa em processo administrativo A inexecução contratual, inclusive por atraso injustificado na execução do contrato, sujeitará o contratado à multa de mora, que será graduada de acordo com a gravidade da infração, obedecidos os seguintes limites máximos: I - 10% (dez por cento) sobre o valor do contrato, em caso de descumprimento total da obrigação, inclusive no de recusa do adjudicatário em firmar o contrato, ou ainda na hipótese de negar-se a efetuar o reforço da caução, dentro de 10 (dez) dias contados da data de sua convocação; I - 0,3% (três décimos por cento) ao dia, até o trigésimo dia de atraso, sobre o valor da parte do fornecimento ou serviço não realizado; 13

14 III - 0,7% (sete décimos por cento) sobre o valor da parte do fornecimento ou serviço não realizado, por cada dia subseqüente ao trigésimo A multa a que se refere este item não impede que a Administração rescinda unilateralmente o contrato e aplique as demais sanções previstas na lei A multa, aplicada após regular processo administrativo, será descontada da garantia do contratado faltoso, sendo certo que, se o seu valor exceder ao da garantia prestada quando exigida, além da perda desta, a contratada responderá pela sua diferença, que será descontada dos pagamentos eventualmente devidos pela administração ou, ainda, se for o caso, cobrada judicialmente. Acaso não tenha sido exigida garantia, à Administração se reserva o direito de descontar diretamente do pagamento devido à contratada o valor de qualquer multa porventura imposta As multas previstas neste item não têm caráter compensatório e o seu pagamento não eximirá a contratada da responsabilidade por perdas e danos decorrentes das infrações cometidas Será advertido verbalmente o licitante cuja conduta vise perturbar o bom andamento da sessão, podendo essa autoridade determinar a sua retirada do recinto, caso persista na conduta faltosa Serão punidos com a pena de suspensão temporária do direito de licitar e impedimento de contratar com a Administração os que incorrerem nos ilícitos previstos nos incisos VI e VII do art. 184 e I, IV, VI e VII do art. 185 da Lei Estadual nº 9.433/ Serão punidos com a pena de declaração de inidoneidade para licitar e contratar com a Administração, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a autoridade competente para aplicar a punição, os que incorram nos ilícitos previstos nos incisos I a V do art. 184 e II, III e V do art. 185 da Lei Estadual nº 9.433/ Para a aplicação das penalidades previstas serão levados em conta a natureza e a gravidade da falta, os prejuízos dela advindos para a Administração Pública e a reincidência na prática do ato. XXI DA RESCISÃO A inexecução, total ou parcial do contrato ensejará a sua rescisão, com as conseqüências contratuais e as previstas na Lei Estadual nº 9.433/ A rescisão poderá ser determinada por ato unilateral e escrito do contratante nos casos enumerados nos incisos I a XV, XX e XXI do art. 167 da Lei Estadual nº 9.433/ Quando a rescisão ocorrer com base nos incisos I e XVI a XX do art. 167 da Lei Estadual nº 9.433/05, sem que haja culpa da contratada, será esta ressarcido dos prejuízos regularmente comprovados que houver sofrido, na forma do 2º do art. 168 do mesmo diploma. XXII- DA REVOGAÇÃO - ANULAÇÃO A licitação poderá ser revogada ou anulada nos termos do art. 122 da Lei Estadual nº 9.433/05. XXIII- DAS IMPUGNAÇÕES 23.1 Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para a realização da sessão pública do pregão, qualquer pessoa poderá solicitar esclarecimentos, providências ou impugnar o ato convocatório do Pregão, cabendo ao pregoeiro decidir sobre a petição no prazo de um (1) dia útil Acolhida à petição contra o ato convocatório, será designada nova data para realização do certame. 14

15 XXIV- DAS DISPOSIÇÕES FINAIS A qualquer tempo, antes da data fixada para apresentação das propostas, poderá o Pregoeiro, se necessário, modificar este Edital, hipótese em que deverá proceder à divulgação, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não afetar a formulação das propostas O pregoeiro poderá em qualquer fase da licitação, suspender os trabalhos, procedendo o registro da suspensão e a convocação para a continuidade dos mesmos, bem como promover diligências destinadas a esclarecer ou a complementar a instrução do processo licitatório, desde que não implique em inclusão de documento ou informação que deveria constar originariamente da proposta O pregoeiro, no interesse da Administração, poderá relevar falhas meramente formais constantes da documentação e proposta, desde que não comprometam a lisura do procedimento ou contrariem a legislação pertinente As despesas decorrentes desta licitação correrão por conta dos seguintes recursos: Unidade Orçamentária: Presidência do Tribunal de Contas dos Municípios; Atividade: Manutenção dos Serviços de Informática; Elemento de Despesa: Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica; Fonte: Recursos Ordinários do Tesouro Propostas de preços em valores superiores aqueles do Anexo I-B deste Edital serão sumariamente desclassificadas Aqueles interessados que não realizarem visita técnica, comprovada mediante atestado fornecido pela Diretoria de Informática do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, nos termos do Anexo I, item V, não poderão participar da sessão de julgamento do certame, sendo obrigação do pregoeiro desclassificar pretenso licitante que não realizou a referida visita Os casos omissos do presente Pregão serão solucionados pelo Pregoeiro, com observância da legislação em vigor, em especial Lei Estadual nº 9.433/05, as Leis nº /2002 Leis Federais nº e 8.666/93, no que for pertinente, e Decreto Estadual nº 8.590/ Para dirimir quaisquer questões decorrentes da licitação, não resolvidas na esfera administrativa, será competente o foro da Comarca da Capital do Estado da Bahia Integram o presente Edital a)- Termo de Referência / Projeto Básico Anexo I b)- Especificação dos Serviços > Anexo I-A c)- Planilha Orçamentária > Anexo I-B d)- Modelo de Proposta de Preço > Anexo I-C e) Termo de Sigilo das Informações > Anexo I-D f)- Capacitação > Anexo I-E g)-modelo de Declaração de Elaboração Independente de Proposta Anexo II h)- Modelo de Declaração de Enquadramento (Lei Complementar nº123/06) Anexo III i)- Modelo de Procuração p/prática de Atos Concernentes ao Certame > Anexo IV j)-modelo de Declaração quanto à Regularidade Fiscal(Lei Complementar 123/06) Anexo V k)- Declaração de Pleno Conhecimento e Atendimento aos Requisitos de Habilitação>Anexo VI l)- Minuta do Contrato > Anexo VII m)- Modelo de Atestado de Vistoria > Anexo VIII n)- Modelo de Declaração de Proteção ao Trabalho do Menor > Anexo IX 15

16 o)- Modelo de Declaração de Desimpedimento de Licitar e/ ou Contratar > Anexo X p)- Modelo de Termo de Recebimento e Declaração de Conclusão dos Serviços Prestados > Anexo XI Salvador, 12 de fevereiro de Roquelina Santos Silva Pregoeira TCM/BA. 16

17 EDITAL 01/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2015 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SISTEMA DE PROCESSO ELETRÕNICO E SERVIÇOS CORRELATOS PROJETO BÁSICO I. Justificativa da Contratação A Medida Provisória de 2001, que regulamenta a utilização do documento eletrônico, veio permitir a substituição dos trâmites físicos, nomeadamente em papel, por trâmites eletrônicos. Entre os benefícios esperados a partir da implantação do processo eletrônico podem-se destacar: a) Celeridade processual; b) Desmaterialização dos autos processuais; c) Acesso compartilhado; d) Ampliação da capacidade de resposta; e) Maior publicidade das informações; f) Eliminação do tempo em que o processo fica parado aguardando tramitação meramente burocrática; g) Redução do impacto ambiental (papel, toner, equipamentos); h) Redução de custos com materiais de expediente, tornando o ambiente de trabalho desobstruído das pilhas de processos; i) Melhoria na segurança das informações; j) Melhoria na acessibilidade para pessoas com deficiência na interação com a documentação processual por meio da informática e de ferramentas de tecnologia assistiva; k) Melhoria na qualidade dos trabalhos. Existem três elementos essenciais para o sucesso de qualquer projeto de implantação de processo eletrônico: a) Suporte legal: trata de garantir o arcabouço jurídico e os normativos internos necessários para dar a base e a segurança para o bom funcionamento dos procedimentos realizados em meio eletrônico; 17

18 b) Autos eletrônicos: são os autos dos processos em meio digital, com a assinatura eletrônica que garanta sua validade jurídica; c) Gestão eletrônica do fluxo processual: é necessária a análise dos fluxos de trabalho relativos aos processos da CONTRATANTE, dado que vários procedimentos sobre os processos físicos perdem a finalidade quando na forma eletrônica. Torna-se imprescindível, portanto, considerar as necessidades de interação com os sistemas legados, bem como o acesso ao código-fonte da ferramenta utilizada na implantação do Processo Eletrônico para garantir as manutenções, tanto de caráter corretivo, quanto evolutivo. Tem-se como premissa a adoção de abordagem BPM (Gerenciamento de Processos de Negócio), que é um conceito que une gestão de negócios e tecnologia da informação com foco na otimização dos resultados das organizações através da melhoria dos processos de negócio. O motor de fluxo (BPM Engine) é o componente de software que implementa o controle e gestão dos fluxos de trabalho modelados em notação padrão, tornando o sistema adaptável a futuras alterações do trâmite processual e visando à otimização, celeridade e a pronta adequação a novos dispositivos legais. Para efeito de avaliação foram estabelecidos requisitos mínimos que devem ser atendidos por um Sistema de Processo Eletrônico: a) Ter acesso ao código-fonte do sistema, uma vez que o processo eletrônico é um sistema crítico, não podendo a CONTRATANTE correr o risco de ficar dependente de fornecedor; b) Permitir configurar documentos de entrada e saída, interface mostrada ao usuário em cada tarefa e eventos que disparam ações; c) Motor interno de indexação de documentos open source que permita indexar textos para posterior busca de palavras ou expressões; d) Garantir compatibilidade com diferentes SGBD via Hibernate, inclusive SQL Server; e) Possuir interface integrada com o controle de acesso e com o fluxo do BPM configurado; f) Utilizar Certificado A3 para autenticação e assinatura de documentos. O certificado digital é um documento eletrônico que contém o nome, um número público exclusivo denominado chave pública e muitos outros dados que mostram quem somos para as pessoas e para os sistemas de informação, garantindo proteção às transações online e a troca virtual de documentos, mensagens e dados. O certificado digital do tipo A3 é válido por até 3 anos e é gerado e armazenado em dispositivo portátil. g) Possuir interface de acesso externo via Internet; h) Painel de controle que facilite identificar gargalos no fluxo, tempo médio de execução entre pontos de fluxo, produtividade, etc; i) Possibilidade de desenvolvimento de novas funcionalidades, mantendo-se a escalabilidade do sistema; j) Editor de texto open source nativo; k) Paginador para visualização de documentos. 18

19 II- Qualificação técnica As licitantes deverão apresentar, para assegurar sua aptidão para atender ao objeto desta contratação, no mínimo, os seguintes documentos: a) Declaração fornecida pela própria licitante que o Sistema de Processo Eletrônico proposto atende a todas as especificações descritas no Anexo I-A - Item 1 deste Projeto Básico, devendo apresentar detalhamento da arquitetura e tecnologias empregadas, comprovando explicitamente o atendimento a cada uma das mencionadas especificações. b) Declaração fornecida pela própria licitante assegurando que fornecerá o código-fonte do Sistema de Processo Eletrônico proposto, realizando transferência tecnológica e permitindo alterações, conforme o objeto desta contratação; d) Atestado ou declaração de capacidade técnica, em nome da licitante, expedido por pessoa jurídica de direito público ou privado, que comprove já ter implantado o Sistema de Processo Eletrônico proposto ou similar; Nota 1: Os conteúdos dos atestados/declarações poderão ser objeto de averiguação do corpo técnico da CONTRATANTE, inclusive através de diligências aos locais referenciados nestes documentos, que emitirá parecer técnico quanto à verificação do conteúdo dos respectivos documentos. Nota 2: Para efeito de conferência dos atestados/declarações pela CONTRATANTE, a licitante deverá indicar em sua Proposta, de forma clara e objetiva, em que página encontra-se o atestado/declaração e em que trecho de linhas dessa página atende à qualificação técnica exigida. A ausência dessa indicação não desclassifica a proposta. III- Objeto O presente Projeto Básico tem por objeto a contratação dos seguintes serviços: 1- Licenciamento de Sistema de Processo Eletrônico, com fornecimento do código-fonte e transferência de tecnologia; 2- Capacitação; 3- Consultoria presencial (nas instalações da CONTRATANTE) para transferência de tecnologia e mentoria da equipe da CONTRATANTE. IV- Avaliação prática A licitante melhor classificada deverá passar por uma avaliação prática (Prova de Conceito) que demonstre objetivamente sua capacidade quanto a experiência, habilidade e conhecimento declarados. Para tanto, deverá desenvolver aplicação de escopo reduzido, dentro do domínio de negócio da área de virtualização de processos, fazendo uso do Sistema de Processo Eletrônico proposto. A aplicação desenvolvida será examinada e avaliada por comissão de prepostos da CONTRATANTE, tendo por base o atendimento aos requisitos funcionais e não funcionais a serem entregues à licitante quando da avaliação. A avaliação terá como escopo o desenvolvimento de uma aplicação que suporte o trâmite de processo eletrônico e implemente os requisitos funcionais e não funcionais a serem entregues à licitante quando do início da avaliação. Esses requisitos são listados neste documento em alto nível, visto que a divulgação do detalhamento, neste momento, eliminaria a possibilidade de avaliação do tempo real que a licitante levaria 19

20 para realizar as entregas resultantes da avaliação, o que é importante para atestar a experiência e conhecimento declarados pela licitante. a) Fluxo de trabalho A aplicação deverá permitir o cadastramento de um fluxo de trabalho que será ao seu tempo tratado pelo engine BPM. O fluxo de um trâmite básico será fornecido para a implementação objeto da presente avaliação. b) Segurança de acesso A autenticação deverá fazer uso de certificação digital. c) Documentos No tratamento de documentos, por tratar-se de uma pequena aplicação, será feita uma simplificação, desta forma exigindo-se apenas o tratamento de dois tipos de documentos: i. Documentos apropriados pela aplicação via transferência de arquivo (upload), com a possibilidade de assinatura eletrônica, via certificado digital. ii. Documentos originários da aplicação fazendo uso de editor de texto interno, também com a possibilidade de assinatura eletrônica, via certificado digital. d) Acesso aos documentos A prova de conceito também levará em conta a facilidade de acesso aos documentos, desta forma deverão ser considerada as seguintes funcionalidades: i. Indexação e busca de todo documento originário da aplicação. ii. Paginação de documentos originário da aplicação. Restrições de acesso a documentos sigilosos deverão ser consideradas e) Processos O processos deverão ser instanciados no engine BPM, considerando neste momento a inclusão de informações complementares. A numeração única de processos deverá ser considerada.o processos deverá ser encontrado por numeração e dados correlatos. f) Documentação Facilidades de documentação colaborativa deverão ser consideradas. g) Auditoria Possibilitar a auditoria via consulta de logs de qualquer alteração sofrida na base de dados. h) Editor de texto Possibilitar a edição de texto utilizando-se de editor web embebido na aplicação, fazendo uso de variáveis sensíveis ao contexto. O desenvolvimento da aplicação deverá ocorrer nas instalações da CONTRATANTE, que se responsabilizará por prover ambiente computacional básico. Caberá à licitante prover todos os demais recursos porventura necessários ao cumprimento das exigências. A aplicação exigida deverá ser entregue a representante da comissão de avaliação no prazo de até 5 (cinco) dias úteis após a disponibilização do ambiente computacional, dentro do horário de funcionamento da CONTRATANTE. A equipe da CONTRATANTE se responsabilizará por entregar um equipamento (desktop ou notebook), apenas com o sistema operacional Linux instalado e com acesso Internet disponibilizado, lembrando que 20

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: Diário Oficial do Legislativo Câmara municipal de Guanambi - Bahia Ano IV Nº 177 11 de Março de 2015 RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: CARTA CONVITE AVISO DE LICITAÇÃO -

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e DECRETO No. 24.818 de 27 JANEIRO DE 2.005 Regulamenta a realização de pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, denominado pregão eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA PREÂMBULO I - Processo Administrativo nº: 15844/2011 III - Tipo da Licitação: Menor Preço II - Modalidade/ Nº de Ordem: Pregão Eletrônico nº 78/2011 IV - Regime de Execução: Execução Indireta, empreitada

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005 1 ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005 A Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALEMG), conforme autorização expedida

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO PROCESSO Nº 129710/2010 PREGÃO Nº 002/2010 UNIOESTE/CAMPUS DE TOLEDO CONTRATO 011/2010 CLÁUSULA PRIMEIRA OBJETO Contrato objetivando a seleção de propostas visando registro de preços de Serviços de Hospedagem

Leia mais

PA 25550/2011 P R EGÃ O EL ETR ÔN ICO Nº 7 1 / 2 0 1 1

PA 25550/2011 P R EGÃ O EL ETR ÔN ICO Nº 7 1 / 2 0 1 1 Processo Administrativo n o Objeto: PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA RESUMO DO EDITAL PA 25550/2011 P R EGÃ O EL ETR ÔN ICO Nº 7 1 / 2 0 1 1 Aquisição de 03 (três)

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

I Sala comercial nº 806, do oitavo pavimento do Centro Comercial Fuad Chequer, situado nesta cidade de Viçosa MG à rua Benjamin Araújo, nº 56,

I Sala comercial nº 806, do oitavo pavimento do Centro Comercial Fuad Chequer, situado nesta cidade de Viçosa MG à rua Benjamin Araújo, nº 56, EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PROCESSO Nº 65/2015 CONCORRÊNCIA Nº 01/2015 OBJETO: Consiste na Concessão de Uso de Imóveis Públicos, mediante contrato, pelo período de 24 meses, dos espaços físicos localizados

Leia mais

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010 1 O, por intermédio do TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, doravante denominado TCM/PA, CNPJ nº 04.789.665/0001-87, com sede na Travessa Magno de Araújo nº 474, bairro do Telégrafo na cidade de Belém, Estado

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA RESUMO DO EDITAL

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA RESUMO DO EDITAL Processo Administrativo n o PA 'S 7619/2009, 26285/2009, 32010/2010 e 35492/2010 Objeto: RESUMO DO EDITAL P R EGÃO EL ET R ÔNI CO Nº 0 8 7 / 2 0 1 0 Fornecimento e instalação de toldos e gradis, conforme

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /05

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /05 MINUTA 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 010/05 Processo nº 10.091/05 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL Pregão Eletrônico nº 16111/2008 Processo n 6111/2008 OBJETO: 76J-00323 - Office Enterprise 2007 Sngl OLP INÍCIO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS: 02/05/2008 às 11 horas. LIMITE PARA

Leia mais

Pregão Presencial nº. 205/2013 - fls. 1 -

Pregão Presencial nº. 205/2013 - fls. 1 - LICITAÇÃO Nº. 353/2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº. 205/2013 II. Repartição interessada: SEADM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO / SEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO / SEFAZ SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 12/2015 PARTE A - PREÂMBULO

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 12/2015 PARTE A - PREÂMBULO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 12/2015 PARTE A - PREÂMBULO I. O Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe Coren/SE, Autarquia Federal fiscalizadora do exercício profissional ex vi da Lei n. 5.905 73,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA. Núcleo de Licitação. Núcleo de Licitação

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA. Núcleo de Licitação. Núcleo de Licitação TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA Núcleo de Licitação Processo Administrativo n o TJ-ADM-2014/22054 P R E G Ã O E L E T R Ô N I C O N º 0 5 6 / 2 0 1 4 Objeto Contratação de empresa para fornecimento

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2012 Processo LIC 2012/000125

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2012 Processo LIC 2012/000125 Processo LIC 2012/000125 PREÂMBULO O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, órgão de fiscalização do exercício profissional, regido pelo Decreto-Lei nº 9.295/1946, alterado pela

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 Processo nº. 200910267000429 Data da Realização: 09/12/2009 Horário: 09:00 horas Local: www.comprasnet.go.gov.br DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE

Leia mais

2.1 É objeto deste edital a aquisição de aparelhos de ar condicionado, com as quantidades e características a seguir descritas:

2.1 É objeto deste edital a aquisição de aparelhos de ar condicionado, com as quantidades e características a seguir descritas: Município de Sério/RS Edital de Pregão Eletrônico nº 001/2015 Tipo de julgamento: menor preço por item Abertura: 06 de fevereiro às 14:00 horas Município de Sério- RS. Este documento esteve afixado no

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA Processo Administrativo n o Objeto: PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA RESUMO DO EDITAL PA 19743/2011 PR EG ÃO EL ETRÔ NI CO Nº 0 9 4 / 2 0 1 1 Aquisição de mobiliário

Leia mais

REGULAMENTO DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO

REGULAMENTO DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO Consolidação ao Regulamento da Licitação na Modalidade Pregão da Centrais Elétricas de Carazinho S/A ELETROCAR, aprovado pela Diretoria Executiva conforme Ordem de Serviço nº 03/12 de 09/03/2012, cuja

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /10

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /10 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 010/10 Processo nº 36.923/09 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E MOBILIÁRIOS

Leia mais

DATA E HORA DA ABERTURA DA SESSÃO PÚBLICA: 16/07/2009 às 09:00hs

DATA E HORA DA ABERTURA DA SESSÃO PÚBLICA: 16/07/2009 às 09:00hs EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO n 99/2009 PROCESSO n 001.0250.000.292/2009 OFERTA DE COMPRA Nº 090121000012009OC00510 ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.bec.sp.gov.br ou www.bec.fazenda.sp.gov.br DATA DO INÍCIO DO PRAZO

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO NACIONAL, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO,

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Pregão Presencial nº 02/2013 Processo nº 05/2013 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 172/2013. ERP: 23030 BB: 511590

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 172/2013. ERP: 23030 BB: 511590 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 172/2013. ERP: 23030 BB: 511590 OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAIS DE LABORATÓRIO PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE, CONFORME ANEXO I DO EDITAL. O MUNÍCIPIO DE CACHOEIRINHA,

Leia mais

S EÇÃO A PREÂM BULO. III. Modalidade/número de ordem: IV. Proc. Administrativo nº: 0603140174986. V. Tipo de Licitação:

S EÇÃO A PREÂM BULO. III. Modalidade/número de ordem: IV. Proc. Administrativo nº: 0603140174986. V. Tipo de Licitação: INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO S EÇÃO A PREÂM BULO I. Regência legal: Esta licitação obedecerá as disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais nº 9.658/05 e nº 10.967/08), da Lei Complementar

Leia mais

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, PLANEJAMENTO, FINANÇAS, GESTÃO E TRIBUTOS SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES FONE FAX: (53) 3224 9000 32249141. EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2014

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2014 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2014 O Município de Vitória das Missões - RS torna público pelo presente Edital de PREGÃO PRESENCIAL, que às 10h, do dia 27 de MAIO de 2014, na Prefeitura Municipal de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VICENTINÓPOLIS FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE FMS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VICENTINÓPOLIS FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE FMS CONTRATO N 008/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE VICENTINÓPOLIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE E A EMPRESAMARANATHA RETIFICA DE MOTORES LTDA - ME, NA FORMA

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO ANEXO V MINUTA DO CONTRATO Unidade Administrativa: Processo Administrativo: Contrato Nº CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE JARDIM E A EMPRESA... O MUNICÍPIO DE JARDIM, Estado do Ceará, Pessoa

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SEÇÃO A PREÂMBULO Regência legal: Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições da Lei federal nº. 8.666/93; Lei federal nº. 10.520/2002; Lei Complementar nº. 123/06;

Leia mais

MODELO DE EDITAL PARA CAFÉ SUPERIOR. Logo e razão social do órgão público

MODELO DE EDITAL PARA CAFÉ SUPERIOR. Logo e razão social do órgão público MODELO DE EDITAL PARA CAFÉ SUPERIOR Logo e razão social do órgão público PREGÃO ELETRÔNICO N XXX EDITAL A , por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria xxx de data, realizará

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA Página nº 1 de 6 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Pregão PRESENCIAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA PROCESSO Nº 34.206.019993.2014 PREGÃO PRESENCIAL Nº 057/2014 ÓRGÃO REQUISITANTE:SEIE/Companhia

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO EMPRESA BAIANA DE ÁGUAS E SANEAMENTO DIRETORIA DE GESTÃO CORPORATIVA

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO EMPRESA BAIANA DE ÁGUAS E SANEAMENTO DIRETORIA DE GESTÃO CORPORATIVA GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO EMPRESA BAIANA DE ÁGUAS E SANEAMENTO DIRETORIA DE GESTÃO CORPORATIVA ATO CONVOCATÓRIO DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 425 / 2014 TIPO MENOR PREÇO

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais

Contrato de Apoio Técnico - Operacional

Contrato de Apoio Técnico - Operacional Este Contrato estabelece os termos e condições para disponibilização do sistema informatizado PREGÃO.NET, pela Oriens Tecnologia Ltda., com sede na Av. do Contorno nº 3505, sala 802, na cidade de Belo

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES DOM PEDRITO - RS CAPITAL DA PAZ EDITAL DE-CONVITE N.º 04/2015 TIPO MENOR PREÇO UNITARIO

CÂMARA DE VEREADORES DOM PEDRITO - RS CAPITAL DA PAZ EDITAL DE-CONVITE N.º 04/2015 TIPO MENOR PREÇO UNITARIO EDITAL DE-CONVITE N.º 04/2015 TIPO MENOR PREÇO UNITARIO Edital de Convite para a aquisição de Cartuchos, Pen Drive e Lâmina de limpeza e Esteira de Transferência Belt, para as impressoras da Câmara de

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, CONTRATO Nº 13/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SERGIPE (COREN/SE) E A

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93 e demais

Leia mais

BANCO MUNDIAL BANCO INTERNACIONAL PARA A RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO BIRD. Loan: 7884 BR PREGÃO ELETRÔNICO

BANCO MUNDIAL BANCO INTERNACIONAL PARA A RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO BIRD. Loan: 7884 BR PREGÃO ELETRÔNICO BANCO MUNDIAL BANCO INTERNACIONAL PARA A RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO BIRD Loan: 7884 BR PREGÃO ELETRÔNICO OBJETO: Tradução de Especificações Técnicas e documentos (Editais, Termos de Referências, Projetos

Leia mais

REGULAMENTO PARA A MODALIDADE DE LICITAÇÃO DENOMINADA PREGÃO ELETRÔNICO

REGULAMENTO PARA A MODALIDADE DE LICITAÇÃO DENOMINADA PREGÃO ELETRÔNICO REGULAMENTO PARA A MODALIDADE DE LICITAÇÃO DENOMINADA PREGÃO ELETRÔNICO Página 1 de 20 Este Regulamento, aprovado pela Diretoria da CESP Companhia Energética de São Paulo e publicado no Diário Oficial

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 136/2015 OBJETO: AQUISIÇÃO ALMOFADA PARA CARIMBO, TINTA PARA CARIMBO, FITA ADESIVA LARGA E COLA EM BASTÃO, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE. IMPORTANTE INÍCIO DE

Leia mais

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license. DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005 Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 114/2013 OBJETO: AQUISIÇÃO DE AUTOCLAVE DIGITAL, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE. IMPORTANTE INÍCIO DE ACOLHIMENTO DE PROPOSTAS: 14/10/2013 15h00min. LIMITE PARA

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores:

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores: CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009 Prezados Senhores: A ONG 5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, em conformidade com a redação em vigor da Lei Federal nº 8.666/93, Lei Estadual

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, com sede no SAUS, Quadra 06, Bloco H, Edifício Ministro Sérgio Motta, na cidade de Brasília

Leia mais

CONTRATO. NOME: FUNDAÇÃO TV MINAS CULTURAL E EDUCATIVA ENDEREÇO: Av. Nossa Senhora do Carmo, 931, Sion, Belo Horizonte CNPJ: 21.229.281.

CONTRATO. NOME: FUNDAÇÃO TV MINAS CULTURAL E EDUCATIVA ENDEREÇO: Av. Nossa Senhora do Carmo, 931, Sion, Belo Horizonte CNPJ: 21.229.281. CONTRATO CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BOMBONAS E COMBUSTÍVEL ÓLEO DIESEL COM FORNECIMENTO PARCELADO, CELEBRADO COM DISPENSA DE LICITAÇÃO, NOS TERMOS DO ARTIGO 24, INCISO II, DA LEI FEDERAL Nº 8.666, DE 21-06-1993,

Leia mais