ACADEMIA/ESCOLAS ESPORTIVA/CLUBES E SIMILARES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACADEMIA/ESCOLAS ESPORTIVA/CLUBES E SIMILARES"

Transcrição

1 ACADEMIA/ESCOLAS ESPORTIVA/CLUBES E SIMILARES 2. Cópia de alvará de funcionamento 3. Declaração do número de alunos (praticantes de atividade física) 4. Relação dos recursos humanos e atividades respectivas 5. Cópia do diploma de todos os profissionais 6. Termo de responsabilidade técnica homologada pelo CREF de todos os responsáveis 7. Cópia da carteira profissional de todos os profissionais 8. Cópia do contrato de trabalho entre a empresa homologado pelo CREF 9. Cópia CNPJ atualizado/cpf 10. Cópia do contrato social/alteração 11. Croqui de localização 12. Declaração de horário de funcionamento e serviços desenvolvidos 13. Taxa 14. Livro de registro de PH e cloro (piscina) 15. Croqui de localização AGÊNCIA BANCÁRIA/ESCRITÓRIO 2. Cópia do contrato social/alterações 4. Taxa 5. Declaração de atividade e horário de funcionamento 6. Cópia atualizada CNPJ ou CPF ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL 1. Alvará original 3. Requerimento 4. Cópia contrato social 5. Cópia CNPJ atualizado 6. Croqui de localização AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE DE ALIMENTOS 1. REQUERIMENTO 2. TAXA

2 3. CROQUI DE LOCALIZAÇÃO 4. DOCUMENTOS DOS VEICULOS 5. DECLARAÇÃO DE NATUREZA DAS MERCADORIAS TRANSPORTADAS 6. CARTEIRA DE SAUDE DOS CONDUTORES 7. COPIA DO ALVARA SANITARIO DA EMPRESA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE DE MEDICAMENTOS 4. Cópia do alvará sanitário da empresa 5. CNPJ- cópia atualizada 6. Relação dos produtos a serem transportados 7. Manual de boas pratica de transporte 8. Cópia do certificado de propriedade de veiculo 9. Declaração da área de atuação da empresa BAIXA DE ATIVIDADE DO ESTABELECIMENTO 3. Alvará original e cópia 4. Justificativa do cancelamento 5. Comprovante do destino dos medicamentos controlados com registro de notas fiscais (cópia) balanços 6. Livros para dar baixa com a baixa de responsabilidade técnica BARBEARIA 2. Cópia do contrato social/alterações 4. Taxa 5. Declaração de atividade e horário 6. Cópia CPF 7. Cópia do diploma do responsável 8. Declaração dos produtos utilizados BAIXA/INCLUSÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA 1. Alvará original

3 2. Requerimento taxa 3. Cópia do CPF do responsável técnico 4. Cópia do certificado de regularidade técnica (para inclusão de R.T) 5. Termo de rescisão do contrato de trabalho (para baixa de R.T) 6. Livro de medicamentos de controle especial e livro de injetáveis 7. Levantamento de estoque dos produtos controlados pela portaria federal 334/99 CASA DE REPOUSO 4. Contrato social ou as últimas alterações 5. CNPJ atualizado 6. Lay out 7. Declaração de atividade e horário de funcionamento 8. Declaração do número dos idosos atendidos 9. Declaração de recursos humanos com registro na categoria (conselho) 10. Certificado de regularidade técnica do responsável técnico CASA DE COSMÉTICOS 3. Cópia do CNPJ atualizado 4. Cópia do contrato social/alteração 5. Croqui de localização 6. Declaração de horário de funcionamento e serviços desenvolvido COMÉRCIO E PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS 1. Atestado médico ou carteira de saúde (no local) 2. Cópia CNPJ atualizado/cpf 3. Cópia do contrato social/alteração 4. Croqui de localização 5. Declaração de horário de funcionamento e serviços desenvolvidos 6. Requerimento 7. Taxa

4 COMÉRCIO 2. Cópia do contrato social/alterações 4. Taxa 5. Declaração de atividade e horário 6. Cópia atualizada CNPJ ou CPF CACHORRO-QUENTE, LANCHES RÁPIDOS, QUIOSQUES, DRIVE-IN 3. Cópia CPF/RG ou CNPJ 4. Autorização do proprietário (local onde ira se instalar) 5. Croqui de localização 6. Declaração de atividade e horário de funcionamento 7. Cópia do contrato social/alterações COMÉRCIO DE ARTIGOS MÉDICOS/DENTÁRIO/CIRÚRGICOS/VETERINÁRIOS E AGROTÓXICOS 2. Declaração de atividade e horário de funcionamento 4. Cópia do contrato social/alterações 5. Cópia da inscrição estadual 6. Cópia CNPJ ou CPF 7. Cópia do certificado de regularidade técnica do conselho 8. AFE - Autorização Federal da ANVISA 9. Taxa CLINICAS DE ODONTOLOGIA, MEDICA, VETERINARIA E PSICOLOGIA 2. Declaração de atividade e horário de funcionamento 4. Copia do CNPJ atualizada 5. Copia do contrato social 6. Copia do certificado de regularidade técnica do conselho regional (certificado responsável técnico) 7. Copia do diploma do responsável técnico ou copia da carteira do conselho

5 8. Copia do CPF e RG do responsável técnico 9. Declaração dos recursos humanos com registro no conselho da categoria 10. Taxa CONSULTÓRIOS: ODONTOLÓGICO, MÉDICO, VETERINÁRIO E PSICOLOGIA 1. Cópia CNPJ atualizado/cpf 2. Croqui de localização 3. Declaração de horário de funcionamento e serviços desenvolvidos 4. Requerimento 5. Taxa 6. Cópia do diploma do responsável técnico visado pelo conselho regional ou cópia da carteira do conselho 7. Cópia do contrato social DESENTUPIDORA 3. Cópia dói CNPJ atualizada 4. Cópia do contrato social 5. Croqui de localização 6. Cópia do alvará de funcionamento e do bombeiro 7. Cópia do LAO-FATMA 8. Consulta de viabilidade 9. Declaração de atividade e horário de funcionamento DISTRIBUIDORA DE ALIMENTOS 336,84 4. Contrato social/alterações-cópia 5. Cópia certificado. Reg. Técnica do conselho regional 6. Inscrição estadual cópia 7. CNPJ- cópia atualizada 8. Diploma do responsável técnico visado pelo conselho regional-cópia 9. Declaração de atividade e horário de funcionamento

6 DISTRIDUIDORA DE BEBIDAS 3. Cópia do contrato social/alterações 4. Croqui de localização 5. Declaração de horário e atividade 6. Cópia atualizada CNPJ ou CPF DEDETIZADORA 2. Croqui de localização 3. Declaração de atividade e horário de funcionamento 4. Taxa 5. Contrato social ou últimas alterações 6. Certificado de regularidade técnica do responsável técnico 7. Inscrição estadual 8. Cartão do CNPJ atualizado 9. LAY OUT- ou planta baixa 10. Cópia do diploma do responsável técnico/registrado no conselho regional e do CPF 11. Relação dos produtos utilizados e relatório técnico 12. Declaração da técnica empregada na aplicação dos produtos DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS 4. Contrato social/alterações 5. Cópia-certificado. Reg. Técnica 6. Inscrição estadual cópia 7. CNPJ- cópia atualizada 8. Cópia carteira do conselho regional do responsável técnico 9. Livro de registro 10. Declaração de atividade e horário de funcionamento 11. Declaração que não venderá a estabelecimentos, não legalizados na DIVS 12. Certidão de averbação da responsabilidade técnica junto ao conselho regional da classe (AFT) 13. Cópia da autorização de funcionamento ANVISA DOCUMENTO PARA PGRSS 1. Requerente 2. 2 Vias do PGRSS

7 3. Copia do contrato ou documento similar com a empresa responsável pela coleta do RSS 4. Copia das licenças ambientais aprovadas para transporte, tratamento e destino final do RSS 5. Copia da ART, certificado de regularidade técnica ou documento similar fornecido pelo conselho da classe,especifico para exercer a função de responsável pela elaboração e implantação do PGRSS ESTABELECIMENTO DE ENSINO 2. Cópia da taxa 3. Cópia CNPJ atualizado 4. Cópia do diploma do responsável técnico e CPF 5. Cópia do contrato social/alteração 6. Croqui de localização 7. Declaração de horário de funcionamento e serviços desenvolvido 8. Declaração dos recursos humanos e a profissão de todos os contratados 9. Cópia LAY OUT ou planta baixa FÁRMACIA/DROGARIA 2. Contrato social (última alteração) 3. Certificado de regularidade técnica do responsável técnico 4. Inscrição estadual 5. Cartão do CNPJ atualizado 6. Taxa 7. Taxa de autenticação do livro de injetáveis 8. Declaração que irá ou não manipular fórmulas magistrais e oficiais (FÁRMACIAS) 9. LAY OUT- ou planta baixa 10. Croqui de localização 11. Declaração que não irá trabalhar com produtos controlados (se for o caso) 12. Cópia do diploma do responsável técnico (registrado no conselho regional e do CPF ou carteira do conselho) ESCOLAS DE NATAÇÃO E PISCINAS COLETIVAS 3. Contrato social/alterações - cópia

8 4. Contrato de trabalho (empresa/responsável técnico) visado pelo conselho regional cópia 5. CNPJ cópia atualizada 6. Diploma do responsável técnico visado pelo conselho regional cópia 7. Livro de registro de PH e CLORO 8. Taxa para autenticação do livro inicial/transferência 9. Carteira de identidade profissional do responsável técnico cópia 10. Croqui de localização 11. Certidão de averbação da responsabilidade técnica junto ao conselho regional da classe (AFT) cópia FERROS-VELHO, SUCATAS E RECICLAGENS DE LIXO 4. Cópia do CPF e RG/CNPJ atualizado 5. Consulta de viabilidade 6. LAO- licença ambiental FATMA 7. Declaração de atividade e horário INDÚSTRIA 3. Declaração de atividade e horário de funcionamento 4. Croqui de localização 5. Cópia atualizada CNPJ 6. Cópia do diploma do responsável técnico + CPF ou carteira do conselho 7. LAY OUT ou planta baixa 8. Certificado de responsabilidade técnica homologado pelo conselho regional 9. Relação dos produtos fabricados 10. Consulta de viabilidade 11. Relação dos funcionários: nome, RG e função 12. Cópia do contrato social INSTITUTO DE ESTÉTICA, GINÁSTICA, FISIOTERAPIA E MASSAGEM 3. Cópia do contrato social 4. Cópia do CPF/CNPJ atualiza

9 5. Croqui de localização 6. Cópia do diploma do responsável técnico 7. Declaração de atividade e horário de funcionamento 8. Relação dos produtos utilizados 9. Cópia da carteira do conselho (Do resp. técnico) INDÚSTRIA DE ALIMENTOS 4. CNPJ- cópia atualizada 5. Cópia do contrato social (alterações) 6. Inscrição estadual 7. LAY OUT 8. Relação dos produtos fabricados 9. Relação dos funcionários: nome e RG 10. Termo de responsabilidade técnica 11. Manual de boas práticas 12. Consulta de viabilidade INDÚSTRIA DE EMBALAGENS 4. CNPJ- cópia atualizada 5. Cópia do contrato social (alterações) 6. Inscrição estadual 7. LAY OUT 8. Relação dos produtos fabricados 9. Relação dos funcionários: nome e RG de cada um 10. Termo de responsabilidade técnica 11. Manual de boas práticas 12. Consulta de viabilidade INDÚSTRIA DE PRODUTOS DE LIMPEZA, EMBALAGENS, ALIMENTOS, ETC 2. Declaração de atividade e horário de funcionamento 3. Taxa 4. Croqui de localização 5. Cópia do diploma do responsável técnico + CPF ou carteira do conselho

10 6. LAY OUT ou planta baixa 7. Certificado de responsabilidade técnica homologado pelo conselho regional 8. Relação dos produtos fabricados 9. Consulta de viabilidade 10. Autorização da ANVISA (AFE) 11. Relação dos funcionários: nome e função 12. Manual de boas práticas LABORATÓRIO INDUSTRIAL/FARMACÊUTICO/QUIMÍCO 3. CNPJ atualizado 4. Inscrição estadual 5. Cópia do certificado de regularidade técnica do conselho regional 6. Contrato social (última alteração) 7. Croqui de localização 8. Cópia do diploma do responsável técnico com registro no conselho regional e CPF ou carteira do conselho 9. Livro de registros de psicotrópicos 10. Taxa de autenticação inicial/transferência do livro de registros 11. Relação de produtos fabricados 12. Declaração de atividade e horário de funcionamento LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS/POSTOS DE COLETA 3. Cópia atualizada do CNPJ 4. Cópia do certificado de regularidade técnica pelo conselho regional 5. Cópia do CPF do responsável técnico 6. Cópia do contrato social (alterações) 7. Croqui de localização 8. Declaração de recursos humanos com respectivo registro no conselho da categoria 9. Declaração de atividade e horário de funcionamento 10. Aprovação do projeto arquitetônico completo na vigilância sanitária estadual, com LAY OUT LABORATÓRIO DE PRÓTESES (DENTÁRIAS/AUDITIVAS/ORTOPÉDICAS/CONGÊNERES)

11 4. Cópia CPF/CNPJ atualizado 5. Cópia do contrato social (alterações) 6. Cópia do certificado de regularidade técnica visado pelo conselho regional 7. Cópia inscrição estadual 8. Cópia do diploma do responsável técnico com registro no conselho regional com CPF ou carteira do conselho 9. Declaração de atividade e horário de funcionamento LAUDO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DA ANVISA 1. Protocolo do processo da ANVISA autorizado 2. Contrato social 3. CNPJ 4. Certificado de regularidade técnica 5. Requerimento 6. Solicitação por escrito para vigilância 7. Taxa cóg:61604 LAVANDERIA HOSPITALAR/ ESTERELIZAÇÃO DE PRODUTOS HOSPITALARES 2. Cópia do contrato social (última alteração) 3. Comprovante de vinculo empregatício do responsável técnico do estabelecimento 4. Cópia do diploma do responsável técnico reconhecido pelo conselho de classe e CPF 5. Cópia atualizada do CNPJ (empresa/jurídica) ou CPF (pessoa física) 6. Comprovante de recolhimento de taxa estadual 7. Declaração dos recursos humanos com respectivo nº do conselho da categoria 8. Declaração de atividade e horário de funcionamento 9. Comprovante de vinculo empregatício do responsável técnico de serviço 10. Cópia do parecer técnico de aprovação do projeto arquitetônico do estabelecimento concedido pela vigilância sanitária estadual

12 LOJA DE CONVENIÊNCIA 2. Cópia do contrato social/alterações 4. Taxa 5. Declaração de atividade e horário 6. Copia atualizada CNPJ ou CPF OFICINA MECÂNICA 3. Copia do contrato social/alterações 4. Copia atualizada do CNPJ 5. Declaração de atividade e horário de funcionamento ÓTICA 3. Copia do CNPJ atualizada 4. Copia do contrato social 5. Croqui de localização 6. Inscrição estadual 7. Taxa para autenticação do livro de receitas óticas 8. Declaração que não venderá a estabelecimentos, não legalizados na divs 9. Copia do diploma do responsável técnico 10. Copia do CPF e RG do responsável técnico 11. Copia do contrato de trabalho empresa c/ responsável técnico 12. Declaração de atividade e horário de funcionamento REVALIDAÇÃO DE ALVARA SANITARIO DE VEICULO 2. Copia atualizada do CNPJ/CPF 4. Copia do alvará anterior do veículo 5. Copia do alvará da empresa 6. Copia documento do veiculo

13 REVALIDAÇÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO 2. Copia do alvará anterior ou protocolo 3. Copia do atualizada CNPJ/CPF 4. Taxa 5. Croqui 6. Contrato social. SALÃO DE BELEZA 3. Copia do CPF/CNPJ atualizada 4. Croqui de localização 5. Copia do diploma do responsável técnico 6. Declaração de atividade e horário de funcionamento 7. Relação dos produtos utilizados UNIDADE MÓVEL E VOLANTE (AMBULANCIA) 2. Contrato social 3. Copia do atualizada CNPJ/CPF 4. Certificado de propriedade do veiculo 5. Copia diploma de responsável técnico 6. Declaração recursos humanos 7. Taxa SERVIÇO DE LIMPEZA DESINFETANTE POÇOS, CAIXAS D ÁGUA E FOSSAS 2. Declaração de atividade e horário de funcionamento 4. Copia do CNPJ atualizada 5. Copia do contrato social 6. Inscrição estadual 7. Relação dos produtos utilizados 8. Técnica utilizada para aplicação dos produtos 9. Alvará do corpo de bombeiro (protocolo) 10. Copia do certificado de regularidade técnica do conselho regional (certificado responsável técnico) 11. copia da carteira do conselho

14 12. LAO - FATMA 13. Taxa ANALISE E HABITE-SE (REGULARIZAÇÃO) * O PROCESSO DE ALVARÁ SANITÁRIO PARA HABITAÇÃO QUE APRESENTAR CERTIDÃO DE APROVAÇÃO DE PROJETO HIDRO-SANITÁRIO EMITIDO PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE SÃO JOSÉ, A COBRANÇA DA TAXA SERÁ DE 2,00 URM. Requerimento Croqui de localização Copia da certidão atualizada do registro de imóveis atualizado Copia ART (Anotação de responsabilidade técnica com o cód. A0425) 01 Copia do projeto arquitetônico 02 Copias do projeto hidrossanitário (Com locação e detalhamento do sistema de tratamento de efluente e planta baixa de esgoto, assinado pelo responsável tecnico e de acordo com a NBR 7229/83, NBR 1369/97). 02 Copias do memorial de calculo do sistema de tratamento de efluentes (Assinado pelo responsável técnico e de acordo com a NBR 7229/83 e NBR 1397/97). Obs. As construções residencial multifamiliares e estabelecimento comerciais, indústrias deverão apresentar localização e detalhamento das lixeiras anexadas ao projeto hidrossanitário. Para locais que possuem rede coletora de esgoto, apresentar declaração da CASAN que o efluente da construção esta ligado na rede coletora Postos de combustíveis, cemitério e limpa fossa deverão apresentar copia da licença ambiental operação LAO O sistema de tratamento de esgoto devera estar aberto para vistoria para a posterior liberação do habite-se sanitário, ART 37 do decreto estadual 24980/85 A execução do sistema de tratamento de esgoto devera esta exatamente conforme o projeto hidrossanitário

15 ANALISE DE PROJETO HIDROSSANITÁRIO Requerimento Copia ART (Anotação de responsabilidade técnica com o cód. A0425) 01 Copia do projeto arquitetônico 02 Copias do projeto hidrossanitário (Com locação e detalhamento do sistema de tratamento de efluente e planta baixa de esgoto, assinado pelo responsável tecnico e de acordo com a NBR 7229/83, NBR 1369/97). 02 Copias do memorial de calculo do sistema de tratamento de efluentes (Assinado pelo responsável técnico e de acordo com a NBR 7229/83 e NBR 1397/97). Obs. As construções residenciais multifamiliares e estabelecimentos comerciais, indústrias deverão apresentar localização e detalhamento das lixeiras anexadas ao projeto hidrossanitário. Para locais que possuem rede coletora de esgoto, apresentar declaração da CASAN que o efluente da construção esta ligado na rede coletora Postos de combustíveis, cemitério e limpa fossa deverão apresentar copia da licença ambiental operação LAO HABITE SE COM PROJETO APROVADO (com o numero do projeto aprovado) 2. Copia do registro de imóveis atualizado 4. Copia da aprovação do projeto 5. Taxa

LISTA DE DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO

LISTA DE DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO LISTA DE DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO I - ABERTURA DE EMPRESA: EMPRESA DE PESSOA JURÍDICA 1- CÓPIA DE DOCUMENTOS DOS SÓCIOS (RG E CPF); 2- CÓPIA DO ENDERECO COMERCIAL; 3- VISTORIA DO CORPO

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO -SEPLAN DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EMISSÕES DE:

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO -SEPLAN DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EMISSÕES DE: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EMISSÕES DE: 1. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO / AMPLIAÇÃO /REFORMA / REGULARIZAÇÃO de Deve ter os dados do proprietário, dimensões do lote e ser registrada em cartório. Será aceito dimensões

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA VERMELHA Secretaria Municipal da Saúde Divisão de Vigilância Sanitária

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA VERMELHA Secretaria Municipal da Saúde Divisão de Vigilância Sanitária PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA VERMELHA Secretaria Municipal da Saúde Divisão de Vigilância Sanitária DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO 1. ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTOS Comércio de alimentos

Leia mais

INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS

INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS Para efeito de seleção das categorias que possuem divisão de 1 o, 2 o,3 o, vigoram os seguintes paramentos abaixo listados: 1 o categoria Contrato social acima de R$ 30.000,00

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO

DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO PESSOA JURIDICA. Cópia CNPJ; Nº Inscrição estadual; Nº telefone; Comprovante de endereço; Cópia RG e CPF resp. Legal; Cópia RG e CPF resp. Técnico;

Leia mais

Atualizada.: 19/04/2012 ANEXO 1 E

Atualizada.: 19/04/2012 ANEXO 1 E COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL MEDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 E Ótica; Creches; Instituições de longa permanência para idosos; Instituições que prestem serviços de atenção a pessoas com

Leia mais

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS Drogarias; Ervanária, posto de medicamento, dispensário de medicamentos; Distribuidora com fracionamento de cosmético, perfume, produtos de higiene; Distribuidora

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO

DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO PESSOA JURIDICA. Cópia CNPJ; Nº Inscrição estadual; Nº telefone; Comprovante de endereço; Cópia RG e CPF resp. Legal; Cópia RG e CPF resp. Técnico;

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda Estado do Rio de Janeiro

Câmara Municipal de Volta Redonda Estado do Rio de Janeiro Lei Municipal Nº 3.704 1 CAPÍTULO V DO LICENCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS Artigo 68 - Nenhum estabelecimento sediado no município e que se enquadram no presente Código Sanitário poderá funcionar sem prévia

Leia mais

VISTORIA PREVIA ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO (INICIO DE ATIVIDADE)

VISTORIA PREVIA ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO (INICIO DE ATIVIDADE) VISTORIA PREVIA REQUERIMENTO PREENCHIDO E ASSINADO PELO REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA DECLARACAO A PROPRIO PUNHO INFORMANDO O RAMO DE ATIVIDADE GUIA DE IPTU DO ULTIMO ANO QUITADA LISTA DE DOCUMENTOS DISPONIVEL

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH Documentos pessoais do requerente; Certidão Negativa do IPTU; Documento de responsabilidade técnica emitido pelo CREA ou CAU; Declaração do engenheiro ou arquiteto responsável pela obra; Aprovação do projeto

Leia mais

EXIGÊNCIAS MÍNIMAS VIGILÂNCIA SANITÁRIA PARA TODOS ESTABELECIMENTOS INSTALAÇÃO INDEPENDENTE DA MORADIA EDIFICAÇÃO DE ALVENARIA ANEXO 8 (COM TELEFONE DO CONTRIBUINTE) LAUDO DESINSETIZAÇÃO/DESRATIZAÇÃO/LIMPEZA

Leia mais

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA BAIXA COMPLEXIDADE COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA OUTROS ANEXO 1 B Depósito de produtos não relacionados à saúde; Estação rodoviária; veículo de transporte coletivo interestadual com banheiro (ônibus);

Leia mais

Atualizada.: 20/08/2013 BAIXA COMPLEXIDADE

Atualizada.: 20/08/2013 BAIXA COMPLEXIDADE BAIXA COMPLEXIDADE Atualizada.: 20/08/2013 OUTROS ANEXO 1 B Depósito de produtos não relacionados à saúde; Estação rodoviária; veículo de transporte coletivo interestadual com banheiro (ônibus); Academias

Leia mais

Atualizada.: 20/04/2012 COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL BAIXA COMPLEXIDADE

Atualizada.: 20/04/2012 COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL BAIXA COMPLEXIDADE BAIXA COMPLEXIDADE OUTROS ANEXO 1 B Depósito de produtos não relacionados à saúde; Estação rodoviária; veículo de transporte coletivo interestadual com banheiro (ônibus); Academias para práticas de esportes;

Leia mais

Vigilância Sanitária

Vigilância Sanitária Vigilância Sanitária REVALIDAÇÃO DAS LICENÇAS DE FUNCIONAMENTO DE (Pessoa Jurídica) DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGULARIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS SUJEITOS À VIGILÂNCIA SANITÁRIA Documentos comum a todas

Leia mais

CHEK LIST DE DOCUMENTAÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSOS COORDENADORIA DE URBANISMO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO - UNIFAMILIAR

CHEK LIST DE DOCUMENTAÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSOS COORDENADORIA DE URBANISMO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO - UNIFAMILIAR ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE E DO DESENVOLVIMENTO URBANO CHEK LIST DE DOCUMENTAÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSOS COORDENADORIA DE URBANISMO

Leia mais

Atualizada.: 25/07/2013 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS

Atualizada.: 25/07/2013 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS Drogarias; Ervanária, posto de medicamento, dispensário de medicamentos; Distribuidora com fracionamento de cosmético, perfume, produtos de higiene; Distribuidora

Leia mais

NORMAS PARA VEÍCULOS DE TRANSPORTE DE PACIENTES

NORMAS PARA VEÍCULOS DE TRANSPORTE DE PACIENTES NORMAS PARA VEÍCULOS DE TRANSPORTE DE PACIENTES C A ÇA D O R - S C DOCUMENTAÇÃO ALVARÁ SANITÁRIO 1. Requerimento DVS 2. CNPJ (jurídica) cópia atualizada 3. Documento do Veiculo 4. Taxa de Emissão de Alvará

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 008 Licenciamento Ambiental de Condomínios Residenciais Horizontais e Verticais e Atividade de Hotelaria

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 008 Licenciamento Ambiental de Condomínios Residenciais Horizontais e Verticais e Atividade de Hotelaria INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 008 Licenciamento Ambiental de Condomínios Residenciais Horizontais e Verticais e Atividade de Hotelaria Disciplina o processo de licenciamento ambiental de condomínios residenciais

Leia mais

RESPOSTAS A PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA SOCIEDADE (inciso VI do art. 8º da Lei nº 12.527/2011) SUMÁRIO. 1. Registro Profissional...

RESPOSTAS A PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA SOCIEDADE (inciso VI do art. 8º da Lei nº 12.527/2011) SUMÁRIO. 1. Registro Profissional... SUMÁRIO 1. Registro Profissional... 2 2. Isenção de Anuidade... 3 3. Transferência de Regional... 4 4. Cancelamento de Registro (Pessoa Física)... 5 5. Reativação de Registro Profissional... 6 6. Parcelamento

Leia mais

RENOVAÇÃO GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

RENOVAÇÃO GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA ESTABELECIMENTOS DESTINADOS À PRODUÇÃO, FABRICO, PREPARO, BENEFICIAMENTO, MANIPULAÇÃO, ACONDICIONAMENTO, TRANSPORTE, DEPÓSITO, VENDA OU CONSUMO DE ALIMENTOS (BARES, LANCHONETES, RESTAURANTES, PADARIAS

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE PORTARIA Nº 13/2012 Dispõe sobre a documentação necessária para abertura de processos administrativos da área de vigilância sanitária de estabelecimentos assistenciais de saúde e estabelecimentos de interesse

Leia mais

RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELA SECRETARIA DA FAZENDA NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA

RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELA SECRETARIA DA FAZENDA NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELA SECRETARIA DA FAZENDA NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA 1. SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DE IPVA 1.1 TIPOS: Para Deficiente Físico 1. Requerimento do interessado, conforme

Leia mais

NORMA TÉCNICA GEPRO/ESGOTO 001/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDROSANITÁRIOS POR TERCEIROS

NORMA TÉCNICA GEPRO/ESGOTO 001/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDROSANITÁRIOS POR TERCEIROS NORMA TÉCNICA GEPRO/ESGOTO 001/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDROSANITÁRIOS POR TERCEIROS ÍNDICE 1. OBJETIVOS... 1 2. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 1 3. EMPREENDIMENTOS DE INTERESSE... 2 4.

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ RJ AGÊNCIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA DE RESÍDUOS

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ RJ AGÊNCIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA DE RESÍDUOS ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ RJ AGÊNCIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA DE RESÍDUOS MODELO BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ATENDIMENTO IT. 14 16 1 / 23 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o atendimento realizado pelo Crea GO ao profissional, empresa e público em geral. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Lei n 5.194 24 de dezembro

Leia mais

PORTARIA Nº 199/2012*

PORTARIA Nº 199/2012* PORTARIA Nº 199/2012* Dispõe sobre a documentação necessária para abertura de processos administrativos da área de vigilância sanitária de alimentos O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições

Leia mais

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA ANEXO 1-A: BAIXA COMPLEXIDADE 1 - ALIMENTOS COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Açougues, comércio de frios,comércios de pescados; Depósitos de alimentos, bombonièries, cafés, depósitos de bebidas, depósitos

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS I - ANEXAR: -REQUERIMENTO DE INSPECAO SANITARIA, MARCADO O CAMPO ABERTURA, ASSINADO PELO RESPONSAVEL LEGAL.

LISTA DE DOCUMENTOS I - ANEXAR: -REQUERIMENTO DE INSPECAO SANITARIA, MARCADO O CAMPO ABERTURA, ASSINADO PELO RESPONSAVEL LEGAL. LISTA DE DOCUMENTOS Assunto: PRIMEIRO ALVARA SANITARIO Titulo: ABERTURA DE EMPRESA SUJEITA A FISCALIZACAO SANITARIA I - ANEXAR: -REQUERIMENTO DE INSPECAO SANITARIA, MARCADO O CAMPO ABERTURA, ASSINADO PELO

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DE IPVA (DECRETO 26.428/2006, arts. 3 e 4 )

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DE IPVA (DECRETO 26.428/2006, arts. 3 e 4 ) DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DE IPVA (DECRETO 26.428/2006, arts. 3 e 4 ) 1 - CANCELAMENTO DE IPVA DE VEÍCULOS DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS, PARTIDOS POLÍTICOS, SINDICATOS E IGREJAS,

Leia mais

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO Autoriza o início da atividade, do empreendimento ou da pesquisa científica, após a verificação do efetivo cumprimento das medidas de controle ambiental e condicionantes determinadas

Leia mais

DOCUMENTOS SAC 1. INSCRIÇÃO NO CAU - CADASTRO ÚNICO DO MUNICÍPIO.

DOCUMENTOS SAC 1. INSCRIÇÃO NO CAU - CADASTRO ÚNICO DO MUNICÍPIO. DOCUMENTOS SAC 1. INSCRIÇÃO NO CAU - CADASTRO ÚNICO DO MUNICÍPIO. PESSOA JURÍDICA: a) instrumento de constituição primitivo e respectivas alterações, se houver, admitindo-se a Última alteração quando consolidada,

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ATENDIMENTO IT. 14 13 1 / 20 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o atendimento realizado pelo Crea GO ao profissional, empresa e público em geral. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Lei n 5.194 24 de dezembro

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA OBTENÇÃO DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA OBTENÇÃO DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO NOME ou RAZÃO SOCIAL: NOME FANTASIA: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA OBTENÇÃO DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO DOCUMENTOS APRESENTADOS SIM NÃO N.A* 1 Requerimento solicitando o Alvará de construção, conforme modelo

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FORMALIZAR PROCESSOS

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FORMALIZAR PROCESSOS DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FORMALIZAR PROCESSOS 01) ALTERAÇÃO DE DADOS NO CADASTRO IMOBILIÁRIO FISCAL ; - Registro do imóvel (emissão com menos de 1 ano); - CPF e identidade do titular ou dos sócios

Leia mais

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento. Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal. Cadastro Descritivo da Atividade - Geral devidamente

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 701, DE 31 DE AGOSTO DE 2015 DOU de 02/09/2015 [Página 26]

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 701, DE 31 DE AGOSTO DE 2015 DOU de 02/09/2015 [Página 26] MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 701, DE 31 DE AGOSTO DE 2015 DOU de 02/09/2015 [Página 26] Atualiza monetariamente os valores das Taxas de Fiscalização de Vigilância

Leia mais

PORTARIA SMS Nº 136 DE 18/05/2015 D.O.M. DE 26/05/2015

PORTARIA SMS Nº 136 DE 18/05/2015 D.O.M. DE 26/05/2015 PORTARIA SMS Nº 136 DE 18/05/2015 D.O.M. DE 26/05/2015 SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FORTALEZA, no uso de suas atribuições legais e de acordo com os artigos 2º e 24 da Lei Nº 4.950 de 30/11/1977, artigo

Leia mais

NORMA TÉCNICA 39/2014

NORMA TÉCNICA 39/2014 ESTADO DE GOIÁS CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 39/2014 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE VENDA/REVENDA, MANUTENÇÃO E/OU RECARGA DE EXTINTORES DE INCÊNDIO, DE EMPRESAS DE FORMAÇÃO E/OU DE PRESTAÇÃO

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA O CADASTRO DE PESSOAS JURÍDICAS JUNTO AO FOZTRANS NOS SERVIÇOS DE MOTO FRETE

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA O CADASTRO DE PESSOAS JURÍDICAS JUNTO AO FOZTRANS NOS SERVIÇOS DE MOTO FRETE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA O CADASTRO DE PESSOAS JURÍDICAS JUNTO AO FOZTRANS NOS SERVIÇOS DE MOTO FRETE Solicitação da Empresa para cadastro junto ao FOZTRANS (preencher solicitação em anexo com firma

Leia mais

1. PARA OS NOVOS EMPREENDIMENTOS

1. PARA OS NOVOS EMPREENDIMENTOS SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE PEDREIRA - SP saae@saaepedreira.com.br Fone (19) 3852.4654 1. PARA OS NOVOS EMPREENDIMENTOS Após APROVADO O PROCESSO NA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO,

Leia mais

Instituto de Meio Ambiente de Alagoas IMA Diretoria da Presidência DIPRE Diretoria Técnica DIT Diretoria de Licenciamento DILIC POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Instituto de Meio Ambiente de Alagoas IMA Diretoria da Presidência DIPRE Diretoria Técnica DIT Diretoria de Licenciamento DILIC POSTOS DE COMBUSTÍVEIS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS LICENÇA PRÉVIA 1. Formulário de requerimento padrão dirigido à Presidência do IMA, devidamente preenchido e assinado; 2. Comprovante de pagamento da Taxa de Concessão da Licença

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

ANEXO I DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA ANEXO I DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO: responsável técnico; identificação) do identificação) do identificação) do identificação) do FARMÁCIAS E DROGARIAS identificação) do identificação)

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO AMBIENTAL LO N : 0003/2015 A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, criada pela Lei Municipal n 368 de 20/05/77, no uso das atribuições que lhe confere a Lei n 6.938, de 31/08/81, que dispõe sobre

Leia mais

Informação para quem vai comprar, construir ou reformar.

Informação para quem vai comprar, construir ou reformar. Informação para quem vai comprar, construir ou reformar. Última Alteração - Dez/2007 Guia SUA CASA Orientação para quem vai comprar ou construir casas, terrenos e apartamentos. Importante: Este guia oferece

Leia mais

Documentação para aprovações diversas

Documentação para aprovações diversas PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação DIRETORIA DE LOTEAMENTOS Onde requerer: Praça de Atendimento 2 - Centro Administrativo Térreo Endereço: Avenida Duque de

Leia mais

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO. Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS)

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO. Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS) 1 DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS) DROGARIAS (CONFORME LEI FEDERAL 5991/73, RESOLUÇÃO RDC ANVISA 44/09 E OUTRAS PERTINENTES)

Leia mais

PORTARIA CVS Nº 02, de 11/01/2010

PORTARIA CVS Nº 02, de 11/01/2010 PORTARIA CVS Nº 02, de 11/01/2010 Dispõe sobre Regulamento Técnico que estabelece requisitos sanitários para estabelecimentos destinados a eventos esportivos. A Diretora Técnica do Centro de Vigilância

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE RAPOSA, no uso de suas atribuições legais, de acordo com a Lei Orgânica do Município, e;

O PREFEITO MUNICIPAL DE RAPOSA, no uso de suas atribuições legais, de acordo com a Lei Orgânica do Município, e; DECRETO N.º 01/2015. Dispõe sobre o recadastramento de empresas e profissionais liberais, estabelecidos no município de Raposa - Maranhão. O PREFEITO MUNICIPAL DE RAPOSA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

PORTARIA INTERSETORIAL SDM/FATMA Nº 01, de 05/11/2002

PORTARIA INTERSETORIAL SDM/FATMA Nº 01, de 05/11/2002 PORTARIA INTERSETORIAL SDM/FATMA Nº 01, de 05/11/2002 "Estabelece que a exploração e a supressão de produtos florestais nativos em qualquer modalidade, no Estado de Santa Catarina, dependem da emissão,

Leia mais

II Desenho na escala de 1:100 (uma para cem); III Cotas necessárias à perfeita compreensão do projeto; 1º - O projeto simplificado deverá apresentar:

II Desenho na escala de 1:100 (uma para cem); III Cotas necessárias à perfeita compreensão do projeto; 1º - O projeto simplificado deverá apresentar: Institui Projeto Simplificado e dispõe sobre a forma de apresentação de projetos de construção de edificações residenciais unifamiliares, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE GUARATINGUETÁ

Leia mais

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de PADARIAS, CONFEITARIAS E PASTELARIAS (2.640,10 Padarias, Confeitarias e Pastelarias)

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de PADARIAS, CONFEITARIAS E PASTELARIAS (2.640,10 Padarias, Confeitarias e Pastelarias) PADARIAS, CONFEITARIAS E PASTELARIAS (2.640,10 ) 1 - IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR Nome ou Razão Social: CNPJ: CPF: CGC/TE: Endereço (Rua/Av.) : nº: Bairro: CEP: Município: Telefone: Celular: e-mail: Contato

Leia mais

REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR

REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR 3. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste. 4. Contrato de Locação se o imóvel for alugado.

Leia mais

Os 1 Item(ns) da lista de documentos que não foram cumprido(s):

Os 1 Item(ns) da lista de documentos que não foram cumprido(s): Agência Nacional de Vigilância Sanitária Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Data: 14.11.05 EMPRESA: ANCHIETA INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTAÇÃO PARA A OBTENÇÃO DE VISTO CONSULAR, NO CONSULADO BRASILEIRO DO JAPÃO

ANEXO I DOCUMENTAÇÃO PARA A OBTENÇÃO DE VISTO CONSULAR, NO CONSULADO BRASILEIRO DO JAPÃO ANEXO I DOCUMENTAÇÃO PARA A OBTENÇÃO DE VISTO CONSULAR, NO CONSULADO BRASILEIRO DO JAPÃO Documentos base para obtenção de visto consular Passaporte original com validade mínima 6 meses e ao menos 2 páginas

Leia mais

Instituto do Meio Ambiente ESTADO DE ALAGOAS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS

Instituto do Meio Ambiente ESTADO DE ALAGOAS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS LICENÇA PRÉVIA - Documentação necessária 1. Requerimento Padrão definido pelo IMA, devidamente preenchido e assinado; 2. Cadastro do empreendimento, definido

Leia mais

ALVARÁ SANITÁRIO. 1 Fonte: adaptado da SUVISA/RN

ALVARÁ SANITÁRIO. 1 Fonte: adaptado da SUVISA/RN ALVARÁ SANITÁRIO 1) Definição Alvará Sanitário é o documento emitido pela Autoridade Sanitária após análises das condições higiênico-sanitárias de estabelecimentos, veículos e/ou equipamentos que desenvolvam

Leia mais

Cartilha ALVARÁ L OCALIZAÇÃO E F UNCIONAMENTO

Cartilha ALVARÁ L OCALIZAÇÃO E F UNCIONAMENTO Cartilha ALVARÁ L OCALIZAÇÃO E F UNCIONAMENTO I NTRODUÇÃO Caro empreendedor, elaboramos esta cartilha com o objetivo de auxiliá-lo na abertura de novas empresas, licenciamentos e renovações de alvarás.

Leia mais

Fundação de Apoio à Ciência, Tecnologia e Educação

Fundação de Apoio à Ciência, Tecnologia e Educação MANUAL DO PESQUISADOR SUMÁRIO 1. Apresentação 2. Inclusão de Projetos 2.1. Apresentações de novos projetos 2.2. Tipos de instrumentos legais 2.3. Situação de adimplência das instituições 3. Orientações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Taquari Estado do Rio Grande do Sul

Prefeitura Municipal de Taquari Estado do Rio Grande do Sul Lei nº. 3.575, de 22 de julho de 2013. Altera dispositivos da Lei nº 1.790, de 23-11-1998 em seu artigo 6º. e da Lei nº. 2.144, de 20-06-2002 em seu artigo 3º., atualizando os valores do anexo 1 e dá outras

Leia mais

A) EMISSÃO DE CUSTAS INICIAIS:

A) EMISSÃO DE CUSTAS INICIAIS: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA SEÇÃO DE ARRECADAÇÃO MANUAL DE OPERAÇÃO DO SISTEMA DE CONSULTA DE CUSTAS E EMISSÃO DE GUIAS DE ARRECADAÇÃO, PARA O PUBLICO EXTERNO. NOTA: Por meio desse Sistema

Leia mais

ORIZICULTURA. A FATMA coloca-se a disposição dos interessados para dirimir possíveis dúvidas sobre esta instrução normativa;

ORIZICULTURA. A FATMA coloca-se a disposição dos interessados para dirimir possíveis dúvidas sobre esta instrução normativa; ORIZICULTURA IN-12 INSTRUÇÕES GERAIS A FATMA coloca-se a disposição dos interessados para dirimir possíveis dúvidas sobre esta instrução normativa; Sempre que julgar necessário a FATMA solicitará informações,

Leia mais

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento. Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal. Cadastro Descritivo da Atividade - Geral devidamente

Leia mais

I seja aprovado o projeto arquitetônico;

I seja aprovado o projeto arquitetônico; PROJETO DE LEI Nº 106/2015. INSTITUI A LICENÇA PRÉVIA PARA FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS QUE ESPECIFICA, EM IMÓVEIS E EDIFICAÇÕES QUE NÃO CUMPRAM OS REQUISITOS EXIGIDOS PELA LEGISLAÇÃO EM VIGOR PARA

Leia mais

CONSIDERANDO o disposto no 1º, do art. 30, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993;

CONSIDERANDO o disposto no 1º, do art. 30, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; Publicado no D.O.U nº 056, de 21/03/2012 Seção 1 págs. 164 e 165. RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA N.º 420, 1º DE MARÇO DE 2012 Padroniza os Procedimentos para Certificação de Atestados de Capacidade Técnica, Visto

Leia mais

FLUXOGRAMAS DE PROCEDIMENTOS PARA CONCESSÃO DE ALVARÁS DE FUNCIONAMENTO

FLUXOGRAMAS DE PROCEDIMENTOS PARA CONCESSÃO DE ALVARÁS DE FUNCIONAMENTO FLUXOGRAMAS DE PROCEDIMENTOS PARA CONCESSÃO DE ALVARÁS DE FUNCIONAMENTO FOZ DO IGUAÇU PR 2008 INSTRUÇÕES PARA USO DESTE MATERIAL Este material foi elaborado para facilitar o acesso às exigências tributárias

Leia mais

MANEJO DO PALMITEIRO Euterpe edulis NO ESTADO DE SANTA CATARINA

MANEJO DO PALMITEIRO Euterpe edulis NO ESTADO DE SANTA CATARINA MANEJO DO PALMITEIRO Euterpe edulis NO ESTADO DE SANTA CATARINA IN-35 INSTRUÇÕES GERAIS: A Exploração do Palmiteiro (Euterpe edulis) no estado de Santa Catarina, deverá obedecer os critérios estabelecidos

Leia mais

Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários.

Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários. Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários. Nº PROCESSO REQUERIMENTO RAZÃO SOCIAL IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO NOME DE FANTASIA NÚMERO DO CNPJ NÚMERO ÚLTIMO

Leia mais

Publicado no D.O.U. nº 84 de 22/04/2015, Seção 1 pag. 78 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015

Publicado no D.O.U. nº 84 de 22/04/2015, Seção 1 pag. 78 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Publicado no D.O.U. nº 84 de 22/04/2015, Seção 1 pag. 78 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Dispõe sobre a criação de Acervos Técnicos de Pessoas Físicas e Pessoas Jurídicas registradas

Leia mais

VIGILÂNCIA SANITÁRIA E MEDICAMENTOS SUJEITOS A CONTROLE ESPECIAL

VIGILÂNCIA SANITÁRIA E MEDICAMENTOS SUJEITOS A CONTROLE ESPECIAL VIGILÂNCIA SANITÁRIA E MEDICAMENTOS SUJEITOS A CONTROLE ESPECIAL DIVISA 2005 ELABORAÇÃO: Selma Semiramis Bittencourt da Costa Marly Gonçalves Albuquerque COLABORAÇÃO: Thiago Queiroz Barbosa REVISÃO: Marly

Leia mais

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA e/ou INSTALAÇÃO LAVA-JATO E SIMILARES

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA e/ou INSTALAÇÃO LAVA-JATO E SIMILARES I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA e/ou INSTALAÇÃO LAVA-JATO E SIMILARES ( ) Este documento Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal; deve ser preenchido e assinado

Leia mais

RENASEM. Lei 10.711 de 5 de agosto de 2003. Decreto 5.153 de 23 de julho de 2004. Instrução Normativa nº 24 de 20 de dezembro de 2005 Mudas

RENASEM. Lei 10.711 de 5 de agosto de 2003. Decreto 5.153 de 23 de julho de 2004. Instrução Normativa nº 24 de 20 de dezembro de 2005 Mudas RENASEM Lei 10.711 de 5 de agosto de 2003 Decreto 5.153 de 23 de julho de 2004 Instrução Normativa nº 24 de 20 de dezembro de 2005 Mudas Instrução Normativa nº 9 de 02 de junho de 2005 De acordo com a

Leia mais

PORTARIA N 451/2012- DG. O DIRETOR GERAL do Departamento de Trânsito do Estado do Paraná -DETRAN/PR usando de suas competências na forma da lei e;

PORTARIA N 451/2012- DG. O DIRETOR GERAL do Departamento de Trânsito do Estado do Paraná -DETRAN/PR usando de suas competências na forma da lei e; PORTARIA N 451/2012- DG O DIRETOR GERAL do Departamento de Trânsito do Estado do Paraná -DETRAN/PR usando de suas competências na forma da lei e; CONSIDERANDO a competência estabelecida no Art. 22, inciso

Leia mais

Anexo II INFORME PRÉVIO. FRACIONADORA DE insumos farmacêuticos. Nome da Empresa /RS, 20

Anexo II INFORME PRÉVIO. FRACIONADORA DE insumos farmacêuticos. Nome da Empresa /RS, 20 Anexo II INFORME PRÉVIO FRACIONADORA DE insumos farmacêuticos Nome da Empresa /RS, 20 NOTA: 1. Para fins de inspeção para verificação de cumprimento de boas práticas de fracionamento é imprescindível que

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) LICENÇA SIMPLIFICADA (LS) LICENÇA SIMPLIFICADA LS Autoriza a localização, instalação e operação conforme Art. 5º, incisos V e VI da Resolução COEMA nº 04 de 12 de abril

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) LICENÇA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO (LIO) LICENÇA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO (LIO) Autoriza a instalação e operação do empreendimento/atividade, conforme Art. 5, Inciso IV da

Leia mais

Manual para Empreendimentos (Compilação das NT.DTE.004 a 009)

Manual para Empreendimentos (Compilação das NT.DTE.004 a 009) Manual para Empreendimentos (Compilação das NT.DTE.004 a 009) Revisão de 06/03/2014 Companhia de Saneamento Ambiental de Atibaia Diretoria Técnica Gerência de Engenharia Página1 Este Manual objetiva reunir

Leia mais

Portaria nº 118-N / 97, de 15 de outubro de 1997

Portaria nº 118-N / 97, de 15 de outubro de 1997 Pág. 1 de 8 MINISTÉRIO DO MEITO AMBIENTE, DOS RECURSOS HÍDRICOS E DA AMAZÔNIA LEGAL INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS Portaria nº 118-N / 97, de 15 de outubro de

Leia mais

II FÓRUM DE SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE DO CRMV-RJ. Licenciamento Ambiental e o Controle da Comercialização de Agrotóxicos

II FÓRUM DE SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE DO CRMV-RJ. Licenciamento Ambiental e o Controle da Comercialização de Agrotóxicos II FÓRUM DE SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE DO CRMV-RJ Licenciamento Ambiental e o Controle da Comercialização de Agrotóxicos NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO ESTADO DE RONDÔNIA-DETRAN/RO

DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO ESTADO DE RONDÔNIA-DETRAN/RO 1 EDITAL Nº 010/2016 O Diretor do Departamento de Trânsito do Estado de Rondônia - DETRAN/RO, usando de suas atribuições e tendo em vista o cumprimento à Resolução nº 358 de 13 de Agosto de 2010/CONTRAN,

Leia mais

Manual de procedimentos do Alvará de Licença e Funcionamento de Atividade

Manual de procedimentos do Alvará de Licença e Funcionamento de Atividade Manual de procedimentos do Alvará de Licença e Funcionamento de Atividade Prefeitura Municipal de São Leopoldo Secretaria Municipal da Fazenda Coordenadoria Tributária Divisão de Tributos Mobiliários Seção

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE DA CASA DE LIXO

DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE DA CASA DE LIXO DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE DA CASA DE LIXO A entrada do processo é feita no protocolo da EMSURB localizada na portaria do Parque da Sementeira. Após a análise é fornecida a DECLARAÇÃO E O PARECER TÉCNICO

Leia mais

Guia do Requerente. Orientações de preenchimento

Guia do Requerente. Orientações de preenchimento Guia do Requerente Orientações de preenchimento Bem-vindo (a) ao nosso novo sistema on-line de atendimento Empresa Legal. Este documento é o Guia do Requerente. Ele o (a) ajudará em seu contato com o ambiente

Leia mais

RECONHECIMENTO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE PÓS-GRADUAÇÃO LISTA DE DOCUMENTOS. Entregar a documentação completa organizada exatamente na ordem abaixo:

RECONHECIMENTO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE PÓS-GRADUAÇÃO LISTA DE DOCUMENTOS. Entregar a documentação completa organizada exatamente na ordem abaixo: RECONHECIMENTO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE PÓS-GRADUAÇÃO LISTA DE DOCUMENTOS Entregar a documentação completa organizada exatamente na ordem abaixo: 1. Requerimento (modelo fl. 4) todos os cursos de todas

Leia mais

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Bases de Apoio a Empresas Transportadoras de Cargas e Resíduos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano 2014 CONCEITOS GERAIS DOS SERVIÇOS E Lei nº 3401/06 ( Plano Diretor), Lei nº 3420/07 (Código

Leia mais

Processo Seletivo para Residência Médica INC. Edital de Convocação ANO 2016

Processo Seletivo para Residência Médica INC. Edital de Convocação ANO 2016 1 Instituto de Neurologia de Curitiba (INC) Rua Jeremias Maciel Perretto, 300 Campo Comprido Curitiba PR 81210-310 Fone/fax: (41) 3028-8580 http://www.inc-neuro.com.br E-mail: residenciamedica@inc-neuro.com.br

Leia mais

A Diretora de Habilitação do DETRAN-SP,

A Diretora de Habilitação do DETRAN-SP, A Diretora de Habilitação do DETRAN-SP, Considerando o disposto nos artigos 3º e 30 da Portaria DETRAN 540/99, alterados pela Portaria DETRAN 1.283/14; e o que dispõe a Resolução CONTRAN 358/10. Comunica

Leia mais

CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer procedimentos adicionais para obtenção do referido Alvará Provisório,

CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer procedimentos adicionais para obtenção do referido Alvará Provisório, DECRETO N.º 1.715, de 13 de maio de 2009. REGULAMENTA o Artigo 12 da Lei Complementar nº 045, de 18 de dezembro de 2007, define o grau de risco das Atividades econômicas e dá outras providências. JOCELITO

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.494, de 20 de novembro de 2015. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.494, de 20 de novembro de 2015. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.494, de 20 de novembro de 2015. Dispõe sobre o Registro Profissional dos Contadores. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE:

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) CÓDIGO 09.00 GRUPO/ATIVIDADES 09.07 Postos de Revenda de Combustíveis e Derivados de Petróleo com ou sem lavagem e ou lubrificação de veículos PPD M AGRUPAMENTO NORMATIVO

Leia mais

REGISTROS. Certidão de nascimento ou casamento (cópia autenticada em cartório); Titulo eleitoral (cópia autenticada em cartório);

REGISTROS. Certidão de nascimento ou casamento (cópia autenticada em cartório); Titulo eleitoral (cópia autenticada em cartório); REGISTROS Registro Provisório: Para os bibliotecários que ainda não receberam o diploma. Declaração da Escola atualizada (uma dos últimos 02 meses), informando que o diploma encontra-se em fase de registro

Leia mais

Sociedade loteamento MONT BLANC PROCEDIMENTO PARA INÍCIO DE OBRA

Sociedade loteamento MONT BLANC PROCEDIMENTO PARA INÍCIO DE OBRA PROCEDIMENTO PARA INÍCIO DE OBRA 1. Apresentar cópia de Planta Aprovada pela Prefeitura Municipal de Campinas, cópia do Alvará de Execução para liberação de obra e cópia da ART recolhida do responsável

Leia mais

COMUSA Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo

COMUSA Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo 2011 PREFEITO MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO Sr. Tarcísio João Zimmermann DIRETOR GERAL DA COMUSA Eng. Arnaldo Luiz Dutra DIRETOR TÉCNICO DA COMUSA Eng. Júlio César Macedo COORDENADOR DE PROJETOS E OBRAS Eng.

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.389/12 Dispõe sobre o Registro Profissional dos Contadores e Técnicos em Contabilidade. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE:

Leia mais

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA)

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) O DIRETOR DE IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE MODELO SIMPLIFICADO PGRSS - ANEXO I

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE MODELO SIMPLIFICADO PGRSS - ANEXO I Prefeitura Municipal de Curitiba Secretaria Municipal do Meio Ambiente Secretaria Municipal da Saúde PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE MODELO SIMPLIFICADO PGRSS - ANEXO I SIGLAS UTILIZADAS:

Leia mais

3. O Certificado de Registro novo será expedido pelo órgão técnico central do Ministério da Agricultura e do Abastecimento.

3. O Certificado de Registro novo será expedido pelo órgão técnico central do Ministério da Agricultura e do Abastecimento. NORMAS DE REQUISITOS, CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS PARA O REGISTRO DE ESTABELECIMENTO, BEBIDAS E VINAGRES, INCLUSIVE VINHOS E DERIVADOS DA UVA E DO VINHO E EXPEDIÇÃO DOS RESPECTIVOS CERTIFICADOS. 1. REGISTRO

Leia mais

SERVIÇOS. Serviços Relacionados à Pessoa Física

SERVIÇOS. Serviços Relacionados à Pessoa Física SERVIÇOS Serviços Relacionados à Pessoa Física Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação do CREA. Documentos

Leia mais