EQUIPE GLOBAL DE AUMENTO DE ASSOCIADOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EQUIPE GLOBAL DE AUMENTO DE ASSOCIADOS"

Transcrição

1 Lions Clubs International EQUIPE GLOBAL DE AUMENTO DE ASSOCIADOS GUIA DE RECURSOS

2 Bem-Vindo à Equipe de Liderança Global (GMT) de Lions Clubs International. O seu cargo na GMT é de vital importância para a saúde e robustez dos Lions clubes de sua área. Este trabalho é muitas vezes desafiador, mas traz inúmeras recompensas. O seu sucesso em mentorear e motivar a sua equipe e os Lions clubes transformarão a sua comunidade em um melhor lugar de se viver. Como parte da GMT, você é considerado como uma pessoa conhecedora dos programas e normas de LCI, bem como um mentor eficaz, motivador e, principalmente, um líder. O conteúdo deste guia lhe oferecerá assistência no exercício do seu cargo. Os membros da GMT e da Equipe de Liderança Global (GLT) trabalharão juntos. Um relacionamento colaborativo entre os membros das duas equipes, em nível internacional, de distrito e distrito múltiplo será vital para envolver e engajar os associados em todos esses âmbitos. Os membros da GMT e da GLT - trabalhando em estreita colaboração - serão um modelo de sucesso e fortaleza, bem como um veículo para o desenvolvimento de associados e novos clubes através do serviço e engajamento dos Lions clubes mundialmente. Pedimos que dedique algum tempo examinando este guia. Caso tenha alguma pergunta ou comentários sobre esta publicação, ou sobre o seu cargo, queira entrar em contato com os funcionários da GMT em LCI. Divisão de Desenvolvimento do Quadro Associativo Lions Clubs International Este guia será ainda mais eficaz quando usado como uma publicação eletrônica, ligada diretamente à Internet. Favor usar os links para visualizar/fazer o download de materiais adicionais e recursos recomendados nesta publicação. i

3 Índice Bem-vindo i Visão Geral e Estrutura da GMT 1 Histórico 1 Visão Geral da GMT 1 Do Nível Global ao Nível Distrital 2 Conselho Executivo 3 Coordenador Internacional da GMT 3 Coordenador Internacional da Família e da Mulher 3 Líderes de Área Jurisdicional 3 Líderes de Área 3 Conselheiros Especiais de Área 3 Distrito Múltiplo, Distrito/Distrito Único 4 Metas, Objetivos e Responsabilidades 5 Equipe de Aumento de Associados e Desenvolvimento de Novos Clubes 6 Equipe de Sucesso dos Clubes 6 Presidentes de Divisão e de Região 6 Consultas sobre novos associados / Formulário para associados em 7 potencial Colaboração: GMT e GLT 7 Comunicação 8 Recursos da Equipe Global de Aumento de Associados 9 Relatórios de Associados 9 Novos Associados e Novos Clubes 10 Página na Web da Equipe Global de Aumento de Associados 11 Planos de Ação para o Aumento de Associados 12 ii

4 Visão Geral e Estrutura da Equipe Global de Aumento de Associados Histórico Para garantir o sucesso de qualquer organização de serviço é necessário termos associados atuantes e satisfeitos. Uma Equipe Global de Aumento de Associados (GMT) eficaz oferece a visão, orientação e a motivação necessárias para que Lions Clubs International possa continuar cumprindo a missão de oferecer serviços de qualidade e relevantes à comunidade global. Um componente-chave de uma organização eficaz é ter uma forte liderança. A Equipe de Liderança Global (GLT) foi criada para operar como uma equipe especializada paralela que ofereça apoio mútuo à GMT. A GLT oferece um enfoque determinado no desenvolvimento da liderança, o qual é fundamental para o sucesso de todos os programas de LCI e para o futuro da associação como um todo. Os membros da GMT e da GLT trabalham juntos para identificar, desenvolver e incentivar oportunidades para os líderes Leões atuais e futuros e para gerar aumento de associados por meio da prestação de serviços. Visão Geral da GMT A estrutura da GMT, que engloba representantes em nível global, de distrito e distrito múltiplo, oferece uma plataforma abrangente para o desenvolvimento do quadro associativo em apoio ao compromisso dos Leões com a prestação de serviço. Considerando dados históricos, características geográficas e culturais singulares e utilizando os recursos e iniciativas de LCI, os membros da GMT estão aptos a oferecer assistência no atendimento às necessidades de serviço que se apresentam no mundo de hoje, ao proporcionar: mentoreamento, educação e incentivo apoio às iniciativas de aumento de associados identificação de oportunidades para o desenvolvimento de novos clubes reconhecimento e oferecimento de assistência aos distritos em dificuldades e a seus clubes A GMT representa um veículo de comunicação e motivação, sendo ainda um estímulo para a perseverança, planejamento e visão futura. 1

5 Do Nível Global ao Nível Distrital A GMT e a GLT operam como estruturas paralelas para incitarem o aumento de associados e o desenvolvimento das qualidades de liderança. As duas estruturas são conectadas e coordenadas em nível internacional por um conselho executivo. A GMT serve áreas jurisdicionais ou geográficas específicas. As nomeações da GMT/GLT são feitas para mandatos de três anos, que permitem a análise adequada das necessidades da região, além do desenvolvimento e implementação de programas com base nas necessidades locais. Todos os líderes da GMT/GLT estão sujeitos à análise anual e à confirmação da nomeação ou sua remoção, com base no desempenho demonstrado. Em termos gerais, a estrutura da GMT se espelha à GLT para permitir uma colaboração efetiva. Em certas áreas, contudo, haverá um Leão qualificado servindo tanto como representante da GMT como da GLT. 2

6 Conselho Executivo O Conselho Executivo da GMT/GLT é composto da seguinte maneira: O presidente internacional como presidente do comitê O primeiro vice-presidente internacional como representante da GMT O segundo vice-presidente internacional como representante da GLT Os presidentes dos seguintes comitês: Desenvolvimento do Quadro Associativo, de Liderança e de Serviços a Distritos e Clubes Um coordenador internacional nomeado para a GMT Um coordenador internacional nomeado para a GLT Um coordenador nomeado para a família e a mulher Administradores executivos de LCI Coordenador Internacional da GMT O coordenador internacional da GMT é um membro nomeado do conselho executivo da GMT/GLT, servindo como contato internacional entre o 1º vice-presidente e a estrutura mundial da GMT. O coordenador internacional da GMT se reporta aos dirigentes executivos, apoia os líderes de área jurisdicional da GMT, avalia e prioriza as necessidades das áreas, incentiva os líderes e conselheiros de área da GMT, como também representa a GMT em várias reuniões sobre aumento de associados e outros eventos em âmbito mundial. Este Leão trabalha em estreita colaboração com os funcionários da Divisão de Desenvolvimento do Quadro Associativo, promovendo a realização das metas e objetivos da GMT. Coordenador Internacional da Família e da Mulher O coordenador internacional da Família e da mulher trabalha com os coordenador da GMT e GLT em apoio aos comitês especiais da família e da mulher, conforme direcionamento do presidente internacional e especialistas de distrito e de distrito múltiplo. Líderes de Área Jurisdicional, Vice-Líderes de Área Jurisdicional, Líderes de Área e Conselheiros Especiais de Área Os líderes de área da GMT estão estrategicamente localizados para avaliar eficazmente as oportunidades e desafios do quadro associativo nas referidas áreas jurisdicionais. Cada área jurisdicional é representada por um líder de área e uma equipe de líderes de área para atenderem adequadamente a região geográfica. Em alguns casos, um vice-líder de área jurisdicional ou conselheiro especial de área é também nomeado para ajudar a atender às necessidades dos países ou culturas específicas, e para locais remotos. A GLT e a GMT possuem o mesmo número de líderes de área jurisdicional responsáveis pelos mesmos territórios, o que permite que trabalhem em conjunto e coordenadamente para obterem melhores resultados. Os Líderes de Área da GMT são nomeados pelo presidente internacional em consulta com o primeiro e segundo vice-presidentes internacionais. Líderes de Área - A GMT e GLT possuem um número designado de distritos múltiplos/distritos/distritos únicos aos quais apoiar. Os Líderes de Área representando a GMT e a GLT interagem continuamente visando abordar as necessidades e oportunidades das áreas. Os líderes de área da GMT são nomeados pelo presidente internacional em consulta com o primeiro e segundo vice-presidentes internacionais e com os líderes de área jurisdicional. Conselheiros Especiais de Área - Em algumas áreas jurisdicionais, conselheiros de área da GMT/GLT foram nomeados para oferecerem assistência quanto ao aumento de associados/iniciativas de liderança em regiões remotas ou singulares. Os conselheiros trabalham junto aos líderes de área para comunicar tendências e necessidades específicas, bem como oferecer apoio a determinadas áreas. 3

7 GMT de Distrito Múltiplo, Distrito/Distrito Único GMT de DM Presidente de Conselho Coordenador da GMT de DM* Equipe de Aumento de Associados e Desenvolvimento de Novos Clubes Equipe de Sucesso dos Clubes GMT de Distrito Governador de Distrito (DG) 1º Vice-Governador de Distrito (1º VGD) (contato para o aumento de associados) 2º Vice-Governador de Distrito (2º VGD) (contato para liderança) Coordenador da GMT de Distrito Equipe de Aumento de Associados e Desenvolvimento de Novos Clubes Equipe de Sucesso dos Clubes Presidentes de Divisão e de Região A GMT é atuante em ambos os níveis de distrito e distrito múltiplo. A GMT de distrito múltiplo é composta pelo: presidente do conselho, um coordenador da GMT de DM - nomeado pelo presidente do conselho, com a aprovação do líder de área da GMT, membros da equipe de aumento de associados do DM e de desenvolvimento de novos clubes, e membros da equipe de sucesso dos clubes que são nomeados com a colaboração do presidente de conselho e do coordenador da GMT de DM para apoiarem iniciativas específicas e programas para o quadro associativo. A vigorar a partir de , os cargos de coordenador da GMT e da GLT de distrito múltiplo existirão apenas nos distritos múltiplos atribuídos a uma área da GMT/GLT ou a uma área especial composta por dois ou mais distritos múltiplos. Nos distritos múltiplos designados para áreas da GMT/GLT ou para áreas especiais da GMT/GLT compostas por menos de dois distritos múltiplos, os líderes de área da GMT/GLT ou conselheiros especiais de área estarão cumprindo as devidas responsabilidades em nível de distrito múltiplo. A GMT de distrito é composta pelo DG, pelo 1º VDG - atuando como representante em assuntos de aumento de associados perante o DG e o coordenador da GMT; 2º VDG - atuando como representante para assuntos de liderança perante o DG e coordenador da GLT; o coordenador distrital da GMT - nomeado pela equipe do DG em colaboração e com a aprovação do coordenador da GMT de DM ou líder de área; membros da equipe de aumento de associados e desenvolvimento de novos clubes; membros da equipe de sucesso dos clubes que são nomeados com a colaboração da equipe do DG e coordenador da GMT de distrito para apoiar iniciativas e programas específicos de afiliação e para fundar novos clubes; e pelos presidentes de região e de divisão. *onde se aplica 4

8 Metas, Objetivos e Responsabilidades Apesar da estrutura da GMT ser composta por diferentes níveis de liderança, as metas e objetivos permanecem consistentes durante todo o processo. Manter um nível de conhecimento e compreensão sobre os dados e tendências do quadro associativo e sobre características geográficas e culturais singulares Enfatizar a comunicação, visão, planejamento e colaboração Identificar e promover oportunidades de serviço Identificar locais para o desenvolvimento de novos clubes e promover a fundação de Lions clubes Oferecer assistência no desenvolvimento e implementação de metas de aumento de associados e planejamento estratégico para a área Incentivar todos os distritos a formarem pelo menos um novo clube por ano Leonístico Incentivar todos os distritos a oferecerem assistência para aumentar o nível de satisfação dos associados, e incentivar os associados a convidarem pelo menos um novo associado por ano Leonístico Reconhecer e compartilhar estratégias de aumento de associados bem sucedidas Conhecer e promover recursos para o aumento de associados e iniciativas de LCI 5

9 Equipe de Aumento de Associados e Desenvolvimento de Novos Clubes Os coordenadores da GMT de distrito e de distrito múltiplo são apoiados por duas equipes - a equipe de aumento de associados e desenvolvimento de novos clubes e pela equipe de sucesso dos clubes. Os Leões nomeados para essas equipes servirão como especialistas para áreas específicas de desenvolvimento do quadro associativo, servindo um mandato de três anos, coincidindo com o atual mandato da GMT. Responsabilidades da Equipe de Aumento de Associados e Desenvolvimento de Novos Clubes: Identificar oportunidades para a abertura de novos clubes Incentivar a busca por novos associados Promover o uso do: Processo de Excelência de Clube (CEP) Modelo para um Clube mais Forte O Seu Clube, a Sua Maneira Promover os recursos/programas nos clubes Equipe de Sucesso dos Clubes Responsabilidades dos Especialistas da Equipe de Sucesso dos Clubes: Engajar os Leões em projetos de serviços comunitários e identificar novas oportunidades de serviço Promover o relatório de atividades de serviço Incentivar o uso do Guia de Satisfação dos Associados Apoiar os clubes que tenham participado do Processo de Excelência de Clube (CEP) e Modelo para um Clube Mais Forte Promover clubes saudáveis para manter e engajar os associados, oferecendo assistência na reestruturação dos clubes em dificuldades Promover os recursos/programas nos clubes Os tipos de especialistas são identificados e nomeados pela GMT de distrito múltiplo ou distrito com base nas necessidades e oportunidades que se apresentarem no distrito múltiplo ou distrito e nível de conhecimento e interesse do Leão. Os especialistas são cadastrados no banco de dados de LCI através do MyLCI. Presidentes de Divisão e de Região Responsabilidades dos Presidentes de Região e de Divisão: Promover recursos de aumento de associados nos clubes Promover e identificar clubes para que participem do Processo de Excelência de Clube (CEP) Assegurar que os assessores de associados saibam efetivamente dos seus papeis e responsabilidades Identificar comunidades para a formação de novos clubes Enfatizar o envolvimento dos associados em projetos de serviços novos ou existentes Incentivar os clubes a implementarem um plano para o aumento de associados, bem como a promoção de suas atividades na comunidade Comunicar as necessidades de desenvolvimento de associados e estratégias de sucesso aos colegas membros da GMT de distrito 6

10 Consultas sobre novos associados Formulário para associados em potencial Um Formulário para Associados em Potencial está disponível no website de LCI para incentivar as pessoas interessadas a enviarem suas informações de contato para LCI para que a sede faça um acompanhamento. LCI conta com a sua ajuda em contatar os associados em potencial. Quando você receber um , encaminhe as perguntas e faça um acompanhamento se as perguntas foram respondidas. Informe LCI se o associado em potencial foi convidado a tornar-se companheiro Leão. Se não houver um clube existente na comunidade do possível associado, esta é uma grande oportunidade para discutir-se a formação de um novo clube, aproveitando o nível de alto interesse. Além disso, os associados potenciais que tenham preenchido o formulário online receberão um de agradecimento sobre o interesse demonstrado e para informar que serão contatados por um líder Leão da comunidade. A oportunidade de dar as boas-vindas aos novos associados é uma ideia empolgante para Lions Clubs International. Caso tenha alguma pergunta sobre as solicitações de novos associados, entre em contato conosco pelo Colaboração: GMT e GLT O aumento de associados e a liderança são vitais para continuarmos oferecendo os serviços necessários às comunidades como Leões para cumprirmos a nossa missão, "Nós Servimos". Esta é a principal razão de estabelecermos a Equipe Global de Aumento de Associados (GMT) e a Equipe de Liderança Global (GLT). Juntas, as duas equipes possuem quatro metas principais: Aumento de associados em base contínua Organização de novos clubes Aumentar ainda mais o sucesso dos clubes Cultivar a liderança de qualidade Mesmo que a GMT e a GLT sejam duas equipes paralelas independentes, o impacto positivo de cada uma será maximizado por meio de um processo colaborativo. A GMT é responsável pelo aumento do quadro associativo atraindo novos afiliados, formando novos clubes e incentivando o sucesso dos clubes no tocante à conservação. A GLT procura por novos líderes Leões em potencial e incentiva o desenvolvimento deles, ao mesmo tempo se esforçando para aprimorar a qualidade da liderança como um todo, visando melhor desempenho e sucesso contínuo da nossa organização por meio de treinamentos relevantes e programas de desenvolvimento. Por meio de uma colaboração efetiva, o impacto final das duas equipes trabalhando unidas, será maior que a soma de suas partes. 7

11 Comunicação A comunicação contínua é necessária para o sucesso da GMT. Com ênfase no trabalho em equipe e colaboração, o atingimento de metas da GMT requer interação entre vários Leões. Os membros mais eficazes da GMT trocarão informações relacionadas às metas, planos de ação e tarefas específicas, inclusive o que deve ser feito, como será feito e quem o fará, além dos recursos exigidos, estabelecimento de prazos, etc. Os esforços da GMT, se forem feitos sem uma comunicação efetiva, certamente falharão, não cumprindo os objetivos almejados. As equipes da GMT de distrito e distrito múltiplo devem comunicar-se regularmente para assegurar-se de que todos os membros da equipe mantenham-se focados no cumprimento das metas estabelecidas. As metas devem ser estabelecidas coletivamente, sendo que todos os membros da equipe devem apoiá-las totalmente, dedicando-se a realizar os planos de ação criados anteriormente. As discussões podem ser feitas pessoalmente, por telefone, ou online, conforme determinação dos membros da equipe. Qualquer seja o método escolhido, uma comunicação constante deve existir para o benefício da equipe, do DM ou do distrito. O coordenador da GMT de distrito comunica-se com o coordenador da GMT de DM ou, no caso dos distritos únicos, com o Líder de Área da GMT. O método e a frequência da comunicação serão determinados pela GMT de DM, Líder de Área da GMT ou Conselheiro Especial de Área. Esta troca de informações é vital para mantermos o atual nível de conhecimentos sobre os programas, prioridades e recursos. A GMT de DM e/ou o Líder de Área podem oferecer orientação, ajudar a identificar desafios e opções para superá-los, compartilhando as melhores práticas que foram empregadas com sucesso em outras áreas. Uma vasta gama de tópicos deverão ser abordados - alguns deles são: Metas da GMT de DM, e também metas da GMT de distrito (pois são relacionadas) Planos de ação do DM Relatórios de status Programas de aumento de associados e informações sobre recursos Desafios e oportunidades específicas Melhores práticas da GMT Motivação e inspiração Progresso feito para a realização das metas Os líderes de área da GMT são responsáveis por relatar o progresso para seu líder de área jurisdicional da GMT e para LCI. Por esta razão é importante compartilhar as atividades e iniciativas, o impacto causado e qualquer obstáculo a ser superado. Desta maneira, a GMT e a LCI podem colaborar para oferecer as ferramentas e recursos necessários para o atendimento às necessidades de cada área visando aprimorar a qualidade geral do quadro associativo para que possamos continuar oferecendo os serviços necessários às comunidades. Obviamente, a comunicação não deve limitar-se às pessoas mencionadas acima. Já que a colaboração com a GLT é vital, os companheiros da GLT devem estar incluídos no fluxo de comunicação. Outros Leões, como ex e atuais líderes e associados dedicados em servir ao próximo, podem também oferecer ideias e assistência aos esforços da GMT. Ao manter um canal de comunicação aberto você estará assegurando que poderá usufruir das oportunidades de promover a excelência para o desenvolvimento do quadro associativo - nunca sabemos de onde surgirá a próxima ideia brilhante. 8

12 Recursos da Equipe Global de Aumento de Associados Relatórios de Associados A GMT usa uma variedade de recursos para manter dados atualizados e conhecimento exato sobre as iniciativas para o aumento de associados e informações estatísticas. Esses recursos estão localizados no site de LCI por meio de vários relatórios de associados e recentemente através do MyLCI. Dentre várias outras informações, os relatórios de associados incluem: Relatório Cumulativo - mensal e semanal Relatório de Registros Relatório de Dirigentes de Clubes Faltantes Sumário do Relatório de Associados Informe Mensal de Movimento de Associados Relatório de Tendência de 5 Anos do Quadro Associativo - anual Muitos dos recursos disponíveis para a GMT também estão disponíveis para os associados em geral. A GMT deve promover continuamente os recursos existentes, buscando por novas iniciativas e histórias de sucesso nos distritos e clubes em suas áreas. O compartilhamento de conhecimentos e experiências é um componente vital para o desenvolvimento bem sucedido do quadro associativo, sendo uma das principais responsabilidades da GMT. Muitos destes relatórios são facilmente acessíveis através do website de LCI: > My LCI > Recursos (indicados por uma seta azul) Os números revelam a realidade. Procure por histórias reais dos clubes. Incentive os coordenadores da GMT a utilizarem relatórios de associados e trabalharem com os dirigentes dos clubes utilizando as estatísticas reveladas pelos números. 9

13 Novos Associados e Novos Clubes As informações sobre o quadro associativo podem ser acessadas na página inicial de LCI. Aqui, você encontrará as seguintes informações: Novos Associados Fundação de um novo clube Convidar novos Associados Equipe Global de Aumento de Associados Fortalecimento do quadro associativo Prêmios Benefícios para os associados Lema do presidente 10

14 Página na Web da Equipe Global de Aumento de Associados Através da página do Lions na Web, você pode acessar a página da Equipe Global de Aumento de Associados. 11

15 Planos de Ação para o Aumento de Associados Os planos de ação para o aumento de associados devem estar alinhados às metas para o quadro associativo do distrito e do DM e à análise da equipe referente aos dados sobre associados. Lembre-se também de analisar as metas e resultados do ano passado e identificar estratégias de sucesso que requerem tempo adicional para se atingir os resultados e aquelas que não revertem nos resultados previstos. Novas metas devem ser focadas em prestação de serviços e engajamento dos associados, com consideração especial à formação e apoio aos novos clubes. Esses são alguns dados a serem considerados: Analisar as metas de serviço e de aumento de associados atuais e os resultados do ano anterior Analisar Relatório Cumulativo e o Relatório de Sumário dos Clubes Analisar o Relatório de Avaliação da Saúde dos Clubes Analisar os materiais/recursos para oferecer assistência na capitalização de serviços, fortalecimento do quadro associativo e abordagem dos desafios encontrados. Identificar os clubes para o Processo de Excelência de Clube (CEP) Fazer referência ao Lema do Presidente Internacional Fazer referência às Campanhas de Ação Para Serviços Globais Avaliar as iniciativas de RP existentes e potenciais As metas deverão ser específicas, mensuráveis, viáveis, realistas e com prazo determinado de realização. Quando uma meta é específica, fica mais fácil determinar se/quando ela será atingida. Se a meta é mensurável, o progresso pode ser acompanhado até que ela seja cumprida. Se a meta é viável, os integrantes do distrito terão a autoridade e/ou recursos para realizá-la. Após analisar os dados sobre o quadro associativo, complete as seguintes informações: Tendo como base a análise dos dados do quadro associativo, verificamos que os pontos fortes do distrito são: o Tendo como base a análise dos dados do quadro associativo, verificamos que os pontos fracos do distrito são: Nossas metas em resposta aos pontos fortes e fracos são: 12

16 GMTRG2015.PO

Treinamento Online para o Segundo Vice-Governador de Distrito

Treinamento Online para o Segundo Vice-Governador de Distrito Treinamento Online para o Segundo Vice-Governador de Distrito Apostila Bem-Vindo ao Treinamento Online para o Segundo Vice-Governador de Distrito! Parabéns pela sua eleição ao cargo de segundo vice-governador

Leia mais

Manual do Presidente de Divisão

Manual do Presidente de Divisão Manual do Presidente de Divisão 2015-2016 Português Lions Clubs International Propósitos ORGANIZAR, fundar e supervisionar clubes de serviço a serem chamados de Lions Clubes. COORDENAR as atividades e

Leia mais

Treinamento Autoguiado para Presidentes de Divisão

Treinamento Autoguiado para Presidentes de Divisão Treinamento Autoguiado para Presidentes de Divisão Módulo 2: Presidente de Divisão como Dirigente Administrativo da Divisão APOSTILA Este módulo terá como enfoque o papel do presidente de divisão como

Leia mais

PACOTE DE INSCRIÇÃO DO COORDENADOR DE DISTRITO

PACOTE DE INSCRIÇÃO DO COORDENADOR DE DISTRITO PACOTE DE INSCRIÇÃO DO COORDENADOR DE DISTRITO Os Leões que atendam às qualificações deverão ser considerados para este cargo. Peça que os candidatos analisem as responsabilidades e qualificações, depois

Leia mais

CAPÍTULO XIX RELAÇÕES PÚBLICAS

CAPÍTULO XIX RELAÇÕES PÚBLICAS CAPÍTULO XIX RELAÇÕES PÚBLICAS A. PUBLICAÇÕES 1. A Divisão de Relações Públicas e Comunicação é encarregada de produzir e manter disponível, seja no site oficial da associação na Internet ou através de

Leia mais

INFORMATIVO ROTÁRIO. Edição 221 Julho de 2015 AGOSTO MÊS DO DESENVOLVIMENTO DO QUADRO ASSOCIATIVO E EXPANSÃO. Como encontrar novos associados?

INFORMATIVO ROTÁRIO. Edição 221 Julho de 2015 AGOSTO MÊS DO DESENVOLVIMENTO DO QUADRO ASSOCIATIVO E EXPANSÃO. Como encontrar novos associados? INFORMATIVO ROTÁRIO Edição 221 Julho de 2015 ROTARY INTERNATIONAL BRAZIL OFFICE AGOSTO MÊS DO DESENVOLVIMENTO DO QUADRO ASSOCIATIVO E EXPANSÃO Como encontrar novos associados? As principais razões pelas

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO DE 2015-2016

INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO DE 2015-2016 INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO DE 2015-2016 O QUE É O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO?

Leia mais

CAPÍTULO II COMITÊS DA DIRETORIA A. COMITÊ CONSULTIVO PARA ANALISAR OS CANDIDATOS AO CARGO DE VICE-PRESIDENTE

CAPÍTULO II COMITÊS DA DIRETORIA A. COMITÊ CONSULTIVO PARA ANALISAR OS CANDIDATOS AO CARGO DE VICE-PRESIDENTE CAPÍTULO II COMITÊS DA DIRETORIA A. COMITÊ CONSULTIVO PARA ANALISAR OS CANDIDATOS AO CARGO DE VICE-PRESIDENTE 1. Objetivo - O objetivo do comitê é avaliar potenciais candidatos à vice-presidente internacional

Leia mais

TRANSFORMANDO EM REALIDADE Guia para o Desenvolvimento de Projetos de Lions Clube

TRANSFORMANDO EM REALIDADE Guia para o Desenvolvimento de Projetos de Lions Clube TRANSFORMANDO EM REALIDADE Guia para o Desenvolvimento de Projetos de Lions Clube TRANSFORMANDO EM REALIDADE! Os Lions clubes que organizam projetos de serviços comunitários significativos causam um impacto

Leia mais

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Kit de Ação

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Kit de Ação #ElesPorElas Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Kit de Ação INTRODUÇÃO Este Kit de Ação foi desenvolvido para orientar a implementação geral do movimento

Leia mais

Manual do Assessor de Preparação de Líderes

Manual do Assessor de Preparação de Líderes Manual do Assessor de Preparação de Líderes Índice Introdução 1 Nível de distrito múltiplo Nível de distrito Responsabilidades 1-3 Principais responsabilidades Descrição do cargo em nível de distrito múltiplo

Leia mais

DIRETOR DE ASSOCIADOS DE CLUBES DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL

DIRETOR DE ASSOCIADOS DE CLUBES DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL DIRETOR DE ASSOCIADOS DE CLUBES DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL CONCEITOS IMPORTANTES (I) Elegibilidade à Afiliação Manual da Diretoria Internacional - obrigações dos clubes constituídos 1. Investigar

Leia mais

Processo de Excelência de Clube Pro. Guia do Facilitador

Processo de Excelência de Clube Pro. Guia do Facilitador CLUB EXCELLENCE PRO PROCESS Processo de Excelência de Clube Pro Guia do Facilitador Guia do Facilitador do CEP Pro Índice Visão Geral do Programa e Instruções para o Facilitador Etapa 1: Por que estamos

Leia mais

INFORMATIVO ROTÁRIO. Rotary International Brazil Office RI BRAZIL OFFICE DESEJA BOAS FESTAS

INFORMATIVO ROTÁRIO. Rotary International Brazil Office RI BRAZIL OFFICE DESEJA BOAS FESTAS INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office RI BRAZIL OFFICE DESEJA BOAS FESTAS Nº 178 Agradecemos a todos que trabalham conosco, dando o melhor de si. Sabemos que podemos caminhar juntos em

Leia mais

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Engajamento com o Cliente Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Informativo Torne cada interação relevante e envolvente Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Gerenciamento do ciclo de vida

Leia mais

COORDENADOR DO ROTARY

COORDENADOR DO ROTARY INSTRUÇÃO ROTÁRIA Nº 28 JANEIRO MÊS DA CONSCIENTIZAÇÃO ROTÁRIA Este mês de janeiro é a época oportuna para uma reflexão sobre o que significa ser Rotariano, o que cada um está fazendo para fortalecer Rotary

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre o Webinar de Treinamento para Secretários de Clube

Perguntas e Respostas sobre o Webinar de Treinamento para Secretários de Clube Cadastro e acesso ao MyLCI P: Quando o MyLCI estará disponível? R: O MyLCI estará disponível em todos os idiomas oficiais para propósitos de criação de senha e treinamento em 15 de junho de 2012. O site

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS

PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS Guia Básico de Mentoreamento ÍNDICE Introdução Para o mentoreado 3 Para o mentor 4 Programa de Mentor do Lions Programa Básico de Mentor 5 Programa Avançado de Mentor 5 Sobre

Leia mais

Manual do Presidente de Clube

Manual do Presidente de Clube Manual do Presidente de Clube Parte do Kit para Dirigente de Clube 222-PT (312) Conteúdo Introdução...1 1 Entendendo suas responsabilidades...4 Responsabilidades do presidente eleito e melhores práticas...5

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Honolulu, Havaí, EUA 21 a 25 de junho de 2015

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Honolulu, Havaí, EUA 21 a 25 de junho de 2015 RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Honolulu, Havaí, EUA 21 a 25 de junho de 2015 AUDITORIA 1. O comitê de Auditoria analisou os detalhes de planejamento de auditoria para a auditoria

Leia mais

INFORMATIVO ROTÁRIO GLOBALOUTLOOK GUIA SOBRE O MODELO DE FINANCIAMENTO DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA

INFORMATIVO ROTÁRIO GLOBALOUTLOOK GUIA SOBRE O MODELO DE FINANCIAMENTO DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA INFORMATIVO ROTÁRIO GLOBALOUTLOOK GUIA SOBRE O MODELO DE FINANCIAMENTO DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA COPYRIGHT 2015 BY ROTARY INTERNATIONAL. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. NOSSO MODELO DE FINANCIAMENTO Nossas despesas

Leia mais

CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 27006:2011) - OTS

CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 27006:2011) - OTS CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 276:2011) - OTS NORMA Nº NIT-DICOR-011 APROVADA EM MAR/2013 Nº 01/46 SUMÁRIO

Leia mais

SEDE INTERNACIONAL. Capítulo II

SEDE INTERNACIONAL. Capítulo II Capítulo II SEDE INTERNACIONAL A Sede Internacional é um recurso importante para todos os Leões e os funcionários estão sempre prontos para oferecer assistência e orientação, quando necessário. A comunicação

Leia mais

2015-2016 Treinamento do Governado de Distrito Eleito. Guia de Tarefas

2015-2016 Treinamento do Governado de Distrito Eleito. Guia de Tarefas 2015-2016 Treinamento do Governado de Distrito Eleito Guia de Tarefas Conteúdo Este guia contém quatro tarefas independentes a serem completadas pelos primeiros vicegovernadores de distrito/governadores

Leia mais

Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público

Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público 1. SOBRE O STARTUPGOV: O StartupGov: O Desafio do Serviço Público é um espaço para debate com o objetivo de aproximar o governo de especialistas

Leia mais

MANUAL DO INSTRUTOR DE CLUBE Instituído no Manual do Presidente de Clube, página 18 que pode ajudar na melhoria de seu clube UM PENSAMENTO

MANUAL DO INSTRUTOR DE CLUBE Instituído no Manual do Presidente de Clube, página 18 que pode ajudar na melhoria de seu clube UM PENSAMENTO ROTARY INTERNATIONAL Distrito 4750 Rio de Janeiro Brasil Leitura Selecionada LS 33 MANUAL DO INSTRUTOR DE CLUBE Instituído no Manual do Presidente de Clube, página 18 que pode ajudar na melhoria de seu

Leia mais

GUIA DE TREINAMENTO PARA A ORIENTAÇÃO DE NOVOS SÓCIOS LEÕES

GUIA DE TREINAMENTO PARA A ORIENTAÇÃO DE NOVOS SÓCIOS LEÕES GUIA DE TREINAMENTO PARA A ORIENTAÇÃO DE NOVOS SÓCIOS LEÕES Um guia para o planejamento e realização de orientações para novos sócios ÍNDICE A importância da orientação de novos sócios...2 Orientação de

Leia mais

CHAIR DRYDEN: Continuemos, vamos passar ao último tema do dia. Ainda temos 30 minutos.

CHAIR DRYDEN: Continuemos, vamos passar ao último tema do dia. Ainda temos 30 minutos. LOS ANGELES Grupo de Trabalho do GAC de processo da transição da custódia das funções da (IANA) e o fortalecimento da responsabilidade e a governança da (ICANN) Sábado, 11 de outubro de 2014 17:30 às 18:00

Leia mais

M A N U A L D O I N S T R U T O R D I S T R I TA L 246-PO (304)

M A N U A L D O I N S T R U T O R D I S T R I TA L 246-PO (304) M A N U A L D O I N S T R U T O R D I S T R I TA L 246-PO (304) Esta é a edição de 2004 do Manual do Instrutor Distrital (246-PO), para ser usada em treinamentos em 2004-05, 2005-06 e 2006-07. As informações

Leia mais

PROGRAMA LEÃO ORIENTADOR CERTIFICADO

PROGRAMA LEÃO ORIENTADOR CERTIFICADO PROGRAMA LEÃO ORIENTADOR CERTIFICADO Liderança é mais que a prestação de serviço, é habilitar as pessoas para que sejam mais produtivas. Capacitar as pessoas é a chave do sucesso! Índice Introdução...2

Leia mais

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras VAMOS ACABAR COM A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NAS RODOVIAS BRASILEIRAS parceria estratégica parceria técnica Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração

Leia mais

Onde achar: informações para o dirigente de Lions

Onde achar: informações para o dirigente de Lions Onde achar: informações para o dirigente de Lions PDG Genésio Lima dos Reis Coordenador da Equipe de Liderança Global (GLT) do DLB-2 Cuiabá, 04/09/15 Roteiro Preparação de Lideranças Cursos presenciais

Leia mais

ABNT NBR ISO. ABNT NBR ISO 9001:2015 Como usar

ABNT NBR ISO. ABNT NBR ISO 9001:2015 Como usar ABNT NBR ISO 9001 ABNT NBR ISO 9001:2015 Como usar A ABNT NBR ISO 9001 é uma norma que define os requisitos para colocar um sistema de gestão da qualidade em vigor. Ela ajuda empresas a aumentar sua eficiência

Leia mais

5. É altamente recomendado que Rotaract Clubs mencionem após seu nome, patrocinado pelo Rotary Club de (nome).

5. É altamente recomendado que Rotaract Clubs mencionem após seu nome, patrocinado pelo Rotary Club de (nome). Declaração de Normas do Rotaract 1. O programa Rotaract foi desenvolvido e estabelecido pelo Rotary International. A autoridade pela elaboração e execução dos dispositivos estatutários, requisitos de organização,

Leia mais

LIDERE SEU CLUBE. Comissão de Imagem Pública. Edição de 2016-19 226C-PT (315)

LIDERE SEU CLUBE. Comissão de Imagem Pública. Edição de 2016-19 226C-PT (315) LIDERE SEU CLUBE Comissão de Imagem Pública Edição de 2016-19 226C-PT (315) Esta é a edição de 2015 do manual Lidere Seu Clube: Comissão de Imagem Pública, a ser usada pelos presidentes das Comissões de

Leia mais

Sobre o Instituto Desenvolve T.I

Sobre o Instituto Desenvolve T.I Sobre o Instituto Desenvolve T.I A empresa Desenvolve T.I foi fundada em 2008, em Maringá, inicialmente focando a sua atuação em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação e atendendo

Leia mais

Formulário de Pesquisa Institucional Clubes de Lions do Distrito LC 1 Para a Gestão 2013/2014 do Governador CL Fernando da Silva Mota e DM e CaL Vera

Formulário de Pesquisa Institucional Clubes de Lions do Distrito LC 1 Para a Gestão 2013/2014 do Governador CL Fernando da Silva Mota e DM e CaL Vera Formulário de Pesquisa Institucional Clubes de Lions do Distrito LC 1 Para a Gestão 2013/2014 do Governador CL Fernando da Silva Mota e DM e CaL Vera Maria da Costa Mota Objetivo da Pesquisa Instiitucional:

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE UM NOVO CLUBE

CRITÉRIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE UM NOVO CLUBE CRITÉRIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE UM NOVO CLUBE 1. Pedido de Carta Constitutiva O pedido de emissão da carta constitutiva poderá ser feito a esta associação por qualquer grupo, clube ou assembleia que tenha

Leia mais

Princípio de classificação

Princípio de classificação Länderausschüsse Noções Básicas do Rotary Freqüência perfeita Divieto di propaganda Sovvenzioni paritarie Princípio de classificação 国 際 親 善 奨 学 金 La bandera oficial de Rotary RI Strategic Plan Socio Paul

Leia mais

SELO ASSOHONDA CONCESSIONÁRIA CIDADÃ

SELO ASSOHONDA CONCESSIONÁRIA CIDADÃ REGULAMENTO 1. Da instituição do Prêmio A ASSOHONDA, através da sua Comissão de Responsabilidade Social, estabelece a partir de 1º de janeiro de 2008, o prêmio anual Selo ASSOHONDA Concessionária Cidadã,

Leia mais

Escola de Contas Públicas Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Escola de Contas Públicas Tribunal de Contas do Estado de São Paulo Escola de Contas Públicas Tribunal de Contas do Estado de São Paulo PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA Novembro 2008 São Paulo SP Primeiramente queremos observar que este texto não se trata de um manual,

Leia mais

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS REFLEXÕES PEDAGÓGICAS A forma como trabalhamos, colaboramos e nos comunicamos está evoluindo à medida que as fronteiras entre os povos se tornam mais diluídas e a globalização aumenta. Essa tendência está

Leia mais

(MAPAS VIVOS DA UFCG) PPA-UFCG RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UFCG CICLO 2006-2008 ANEXO (PARTE 2) DIAGNÓSTICOS E RECOMENDAÇÕES

(MAPAS VIVOS DA UFCG) PPA-UFCG RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UFCG CICLO 2006-2008 ANEXO (PARTE 2) DIAGNÓSTICOS E RECOMENDAÇÕES 1 PPA-UFCG PROGRAMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UFCG CICLO 2006-2008 ANEXO (PARTE 2) DIAGNÓSTICOS E RECOMENDAÇÕES (MAPAS VIVOS DA UFCG) 2 DIMENSÃO MISSÃO E PDI MAPAS VIVOS DE

Leia mais

PLANEJAMENTO DO PROGRAMA LEONÍSTICO DE MENTOR

PLANEJAMENTO DO PROGRAMA LEONÍSTICO DE MENTOR PLANEJAMENTO DO PROGRAMA LEONÍSTICO DE MENTOR PRIMEIRO NÍVEL: RESPONSABILIDADE " O aprendizado não é conquistado acidentalmente. Ele deve ser perseguido com ardor e tratado com diligência." Abigail Adams,

Leia mais

Documento de Apoio da Declaração de Gaborone para Sustentabilidade na África

Documento de Apoio da Declaração de Gaborone para Sustentabilidade na África Documento de Apoio da Declaração de Gaborone para Sustentabilidade na África O documento de apoio da Declaração de Gaborone para a sustentabilidade na África é um paradigma transformador na busca pelo

Leia mais

AUTODESK SUBSCRIPTION. Guia Rápido para acessar o Centro de Assinaturas e utilizar os benefícios do seu Subscription

AUTODESK SUBSCRIPTION. Guia Rápido para acessar o Centro de Assinaturas e utilizar os benefícios do seu Subscription AUTODESK SUBSCRIPTION Guia Rápido para acessar o Centro e utilizar os do seu Subscription Usar os O seu Autodesk Subscription vem com uma série de. Para acessar todos os seus, entre no sistema do Centro

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

PARA REUNIÃO DE AL-ANON E ALATEEN EM INSTITUIÇÕES

PARA REUNIÃO DE AL-ANON E ALATEEN EM INSTITUIÇÕES Guia do Al-Anon G-9 PARA REUNIÃO DE AL-ANON E ALATEEN EM INSTITUIÇÕES O que são reuniões em Instituições? São reuniões que se realizam em hospitais, instituições penais e correcionais, juizados, clínicas

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

LIDERE SEU CLUBE. Comissão de Administração. Edição de 2016-19 226A-PT (315)

LIDERE SEU CLUBE. Comissão de Administração. Edição de 2016-19 226A-PT (315) LIDERE SEU CLUBE Comissão de Administração Edição de 2016-19 226A-PT (315) Esta é a edição de 2015 do manual Lidere Seu Clube: Comissão de Administração, a ser usada pelos presidentes das Comissões de

Leia mais

INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office

INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office Nº 154 CONTRIBUIÇÕES E PAGTO DE PER CAPITA, MAIS FÁCIL E SEGURO Já está disponível no site www.rotary.org.br o novo sistema de boletos do RI, acessem

Leia mais

Manual da Comissão de Administração do Clube

Manual da Comissão de Administração do Clube Manual da Comissão de Administração do Clube Parte do Kit para Dirigente de Clube 226A-PT (709) Esta é a edição de 2009 do Manual da Comissão de Administração do Clube, para ser usada pelos clubes em 2010-11,

Leia mais

Programa de Gestão de Fornecedores. da White Martins. Sua chave para o sucesso

Programa de Gestão de Fornecedores. da White Martins. Sua chave para o sucesso Programa de Gestão de Fornecedores da White Martins Sua chave para o sucesso Quem Somos A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais

Leia mais

ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4550 COMISSÃO DISTRITAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA REGULAMENTO PARA SUBSÍDIOS DISTRITAIS PROCEDIMENTOS E NORMAS

ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4550 COMISSÃO DISTRITAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA REGULAMENTO PARA SUBSÍDIOS DISTRITAIS PROCEDIMENTOS E NORMAS ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4550 COMISSÃO DISTRITAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA REGULAMENTO PARA SUBSÍDIOS DISTRITAIS PROCEDIMENTOS E NORMAS O Distrito 4550 aprova o seu Regulamento para Subsídios Distritais,

Leia mais

Unidade 9: Diálogos deliberativos

Unidade 9: Diálogos deliberativos Unidade 9: Diálogos deliberativos Como podemos utilizar as sínteses de evidências? Informar os grupos de interesse Divulgação da síntese de políticas Informações adaptadas derivadas da síntese Meios de

Leia mais

PEDIDO ON-LINE DE SUBSÍDIO GLOBAL

PEDIDO ON-LINE DE SUBSÍDIO GLOBAL Portuguese (PT) PEDIDO ON-LINE DE SUBSÍDIO GLOBAL As imagens a seguir mostram como navegar pelo nosso site para fazer um pedido de Subsídio Global. Para mais informações, visite www.rotary.org/pt/grants.

Leia mais

Treinamento para o Diretor de Indexação da Estaca

Treinamento para o Diretor de Indexação da Estaca Treinamento para o Diretor de Indexação da Estaca Resumo do Treinamento Chamados da Indexação da Estaca Segue um breve resumo dos chamados do programa de indexação da estaca e como eles trabalham em conjunto.

Leia mais

Promoting Adult Learning. Promovendo a Educação de Adultos. Sumário Executivo. Summary in Portuguese. Sumário em Português

Promoting Adult Learning. Promovendo a Educação de Adultos. Sumário Executivo. Summary in Portuguese. Sumário em Português Promoting Adult Learning Summary in Portuguese Promovendo a Educação de Adultos Sumário em Português Sumário Executivo Este livro é uma continuação de Além da Retórica: Políticas e Práticas da Educação

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

Novos formatos para a venda direta

Novos formatos para a venda direta Canais Novos formatos para a venda direta A tecnologia é aliada da consultora para ganhar agilidade, aprofundar o relacionamento e ampliar as vendas Imagem da campanha de lançamento do Você Conect@ para

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office

INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office INFORMATIVO ROTÁRIO Rotary International Brazil Office AGRADECIMENTO AOS DIRIGENTES E LÍDERES 2009-10 Nº 161 Agradecemos a todos que se dedicaram e atuaram como líderes em seus clubes e distritos durante

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

RELATÓRIO de ATIVIDADES

RELATÓRIO de ATIVIDADES RELATÓRIO de ATIVIDADES 2005 SUMÁRIO Declaração da Equipe Missão Visão 1. Objetivo do relatório 2. Modelo Operacional em 2005 Captação de recursos Atividades Geradoras de Recursos Financeiros (Fund Raising)

Leia mais

Como criar um perfil de destaque no LinkedIn

Como criar um perfil de destaque no LinkedIn Como criar um perfil de destaque no LinkedIn O que é o LinkedIn e como ele pode me ajudar? O LinkedIn é uma rede social on-line para profissionais. Muitas pessoas dizem que é o Facebook dos negócios. Os

Leia mais

Introdução. Para a condução de cada ação teremos presentes duas questões importantes:

Introdução. Para a condução de cada ação teremos presentes duas questões importantes: Fevereiro 2014 Introdução A Escola é hoje um mundo onde todos os atores educativos têm voz por isso a facilidade, a celeridade, a clareza e a abertura são as caraterísticas da comunicação que possibilitam

Leia mais

Definindo o escopo do seu projeto de localização

Definindo o escopo do seu projeto de localização Definindo o escopo do seu projeto de localização Onde você precisa ir e quem pode ajudá-lo a chegar lá? Se sua empresa está pronta para lançar conteúdo em novos mercados ou estender o alcance a regiões

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO

APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO 1 SEJA BEM-VINDO AO SIENGE. PARABÉNS! A partir de agora a sua empresa irá contar com os benefícios do Sienge. Conte conosco para ajudá-lo

Leia mais

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015]

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Introdução As Organizações da Aliança Global Wycliffe desejam expressar a unidade e a diversidade do Corpo

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

ANEXO II DOS TERMOS DE REFERÊNCIA

ANEXO II DOS TERMOS DE REFERÊNCIA ANEXO II DOS TERMOS DE REFERÊNCIA GLOSSÁRIO DE TERMOS DO MARCO ANALÍTICO Avaliação de Projetos de Cooperação Sul-Sul: exercício fundamental que pretende (i ) aferir a eficácia, a eficiência e o potencial

Leia mais

Conteúdos deste guia. 1. O que é o Intel Technology Provider? 2. Principais características do site. 3. Critérios e níveis de parceria. 4.

Conteúdos deste guia. 1. O que é o Intel Technology Provider? 2. Principais características do site. 3. Critérios e níveis de parceria. 4. 4 Conteúdos deste guia 1. O que é o Intel Technology Provider? 1. Pilares 2. Principais características do site 3. Critérios e níveis de parceria 4. Benefícios 1. Pontos 2. Criador de campanha 3. Catálogo

Leia mais

Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia

Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia OBS: Apresentação obrigatória na primeira página do case Informações cadastrais a) Identificação: empresa b) Nome: Wal-Mart Brasil Informações sobre

Leia mais

Introdução. Módulo 1: Necessidade de Informação, introdução

Introdução. Módulo 1: Necessidade de Informação, introdução 1 Introdução Objetivo Este módulo ajudará os gerentes a identificarem as necessidades de informação, a definirem prioridades, e a determinarem que módulos do PAG APS serão mais úteis para eles. A planilha

Leia mais

30 DE NOVEMBRO DIA DA CONECTIVIDADE GUIA PRÁTICO PARA ORGANIZAR O DIA DA CONECTIVIDADE NA SUA ESCOLA. Vamos nessa?

30 DE NOVEMBRO DIA DA CONECTIVIDADE GUIA PRÁTICO PARA ORGANIZAR O DIA DA CONECTIVIDADE NA SUA ESCOLA. Vamos nessa? 30 DE NOVEMBRO DIA DA CONECTIVIDADE GUIA PRÁTICO PARA ORGANIZAR O DIA DA CONECTIVIDADE NA SUA ESCOLA Vamos nessa? 1. Missão da Campanha A mobilização Internet na Escola tem um pedido simples: investimento

Leia mais

Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3

Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3 Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3 A pequena empresa é um mercado massivo em importante crescimento, que alcançou uma maturidade em termos de oportunidade

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Veja como protegemos suas informações. 1. DA ABRANGÊNCIA DESTA POLÍTICA DE PRIVACIDADE a. Como a Advisenet usa informações pessoais? Este documento explicita a forma pela qual a

Leia mais

MANUAL DO DESAFIO DISTRITAL

MANUAL DO DESAFIO DISTRITAL MANUAL DO DESAFIO DISTRITAL O Desafio distrital é uma premiação aos clubes perante as atividades e participações desenvolvidas durante o ano Rotário. A representação distrital analisa as pontuações a partir

Leia mais

Serviços Leonísticos para Crianças Programa do Simpósios. Solicitação para o Ano Fiscal de 2014-2015

Serviços Leonísticos para Crianças Programa do Simpósios. Solicitação para o Ano Fiscal de 2014-2015 Serviços Leonísticos para Crianças Programa do Simpósios Solicitação para o Ano Fiscal de 2014-2015 Visão Geral do Programa do Simpósio O Simpósio de Serviços Leonísticos para Crianças permite o reembolso

Leia mais

SUPLEMENTO DE PEDIDO DE SUBSÍDIO GLOBAL PARA PROJETOS DE MICROCRÉDITO

SUPLEMENTO DE PEDIDO DE SUBSÍDIO GLOBAL PARA PROJETOS DE MICROCRÉDITO PORTUGUESE (PT) SUPLEMENTO DE PEDIDO DE SUBSÍDIO GLOBAL PARA PROJETOS DE MICROCRÉDITO Rotary Clubs e distritos são incentivados a formar parcerias com instituições microfinanceiras (IMF) de renome para

Leia mais

DRJ - RN Diagnóstico da Rede de Jovens - RN Plano de Ações

DRJ - RN Diagnóstico da Rede de Jovens - RN Plano de Ações DRJ - RN Diagnóstico da Rede de Jovens - RN Plano de Ações Editorial: O núcleo: Coordenação: Fábio Silva / Vitor Hiago Comunicação: Luciana Alves / Rosângela Ivina Equipe de Auxílio: Pedro Henrique e Rayllana

Leia mais

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br AVISO LEGAL Todo esforço foi feito para que este e-book fosse disponibilizado da forma mais correta, inteligível, clara e didática possível, no entanto, apesar de todo empenho nesse sentido, ainda podem

Leia mais

Fundação Rotária Instruções para Pedido de Subsídio Equivalente

Fundação Rotária Instruções para Pedido de Subsídio Equivalente Fundação Rotária Instruções para Pedido de Subsídio Equivalente O que são Subsídios Equivalentes? Subsídios Equivalentes ajudam projetos humanitários internacionais implementados graças à cooperação de

Leia mais

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Curso A Escola no Combate ao Trabalho Infantil (ECTI), Este tutorial pretende

Leia mais

I Encontro de Profissionais do Trânsito do Vale do Paraíba e Litoral Norte de SP

I Encontro de Profissionais do Trânsito do Vale do Paraíba e Litoral Norte de SP Evento I Encontro de Profissionais do Trânsito do Vale do Paraíba e Litoral Norte de SP Uma importante reflexão sobre a problemática do trânsito romover o debate e a troca de informações entre os profissionais

Leia mais

Anistia Internacional e o Dia de Doar

Anistia Internacional e o Dia de Doar Anistia Internacional e o Dia de Doar Chame seus amigos, amigas, colegas de trabalho e comunidade para, juntos, contribuírem para os direitos humanos com doações. É você quem faz a diferença! A beleza

Leia mais

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler 2 Introdução A política corporativa de RH da Schindler define as estratégias relacionadas às ações para com seus colaboradores; baseia-se na Missão e nos

Leia mais

Diretrizes para programas de leitura organizados por bibliotecas - algumas sugestões práticas

Diretrizes para programas de leitura organizados por bibliotecas - algumas sugestões práticas Diretrizes para programas de leitura organizados por bibliotecas - algumas sugestões práticas Introdução A Seção de Leitura da IFLA tem o prazer de apresentar algumas sugestões práticas para as bibliotecas

Leia mais

Mais informações sobre o Desafio 100 Cidades Resilientes.

Mais informações sobre o Desafio 100 Cidades Resilientes. Desafio 100 Cidades Resilientes Inscreva-se até 24 de novembro de 2015 www.100resilientcities.org/challenge Perguntas frequentes Mais informações sobre o Desafio 100 Cidades Resilientes. Qual é a meta

Leia mais

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz;

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz; E-mail marketing, muitas vezes considerada uma forma de marketing pessoal, é uma das mais valiosas ferramentas de web marketing, uma das mais visadas e mais focada pelos marqueteiros. Vamos nos concentrar

Leia mais

O LEÃO DO NORTE BOLETIM INFORMATIVO OUTUBRO AL 2012/2013

O LEÃO DO NORTE BOLETIM INFORMATIVO OUTUBRO AL 2012/2013 ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE LIONS CLUBES DISTRITO LC4 LIONS CLUBES DE PIRAPORA E MONTES CLAROS SERTANEJO O LEÃO DO NORTE BOLETIM INFORMATIVO OUTUBRO AL 2012/2013 EDITORIAL Nasce hoje com muita garra O

Leia mais

Fone: 630-468-6924 E-mail: institutes@lionsclubs.org

Fone: 630-468-6924 E-mail: institutes@lionsclubs.org Departamento de Institutos e Seminários INSTITUTO DE PREPARAÇÃO DE INSTRUTORES O Instituto de Preparação de Instrutores (IPI) é dedicado ao desenvolvimento e expansão do corpo docente do Lions. O currículo

Leia mais

Guia para Representante Distrital do Rotaract

Guia para Representante Distrital do Rotaract Guia para Representante Distrital do Rotaract 2800-PT (313) CONTEÚDO Capítulo 1: Panorama Papel e responsabilidades do representante Estrutura distrital e o Rotaract Continuidade da liderança distrital

Leia mais

sumário executivo da Criminalidade e Seguranca Cidadã Relatório Internacional

sumário executivo da Criminalidade e Seguranca Cidadã Relatório Internacional sumário executivo PREVENcÃo da Criminalidade e Seguranca Cidadã Relatório Internacional 2012 O Relatório Internacional sobre Prevenção da Criminalidade e Segurança Cidadã 2012 do Centro Internacional para

Leia mais

Educação Contábil No Mundo das IFRS

Educação Contábil No Mundo das IFRS Educação Contábil No Mundo das IFRS Prof. Guillermo Braunbeck Universidade de São Paulo - FEA/USP Recentemente, o IASB divulgou os resultados de sua recente pesquisa sobre adoção das IFRS mundo afora.

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais