Abordagem Formativa Web-Based. Success does not happen by accident. It happens by Design.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Abordagem Formativa Web-Based. Success does not happen by accident. It happens by Design."

Transcrição

1 Abordagem Formativa Web-Based Success does not happen by accident. It happens by Design.

2 Objectivo, Processo, Resultado Objectivo desta Apresentação Introduzir as características e benefícios chave de uma abordagem web based (e-learning e b-learning), combinada ao desenvolvimento de competências. Proporcionar às Organizações uma oportunidade para adequarem as suas abordagens formativas a esta nova realidade. Apresentar uma Plataforma de aprendizagem e Processo de desenvolvimento de conteúdos. Processo Enquadramento do e-learning. Conteúdos web based Wilson Learning Portugal. Transformação de Conteúdos (originais do Cliente). Casos de Sucesso. Resultado Gerar mais conhecimentos acerca da Abordagem de e-learning. Gerar envolvimento para a sua implementação. Alinhar Próximos Passos Wilson Learning Portugal 2

3 Enquadramento Porquê o e-learning? 2011 Wilson Learning Portugal 3

4 Crescimento do E-learning em Portugal Dados estatísticos referem que em 2009 o e-learning já é responsável por cerca de 29% de toda a formação que se faz actualmente em Portugal. (fonte eurostat) O conhecimento em si mesmo é poder Francis Bacon 2011 Wilson Learning Portugal 4

5 Porquê o E-learning Os cursos presenciais de média e longa duração de trinta ou mais horas verão a sua carga reduzida e darão lugar progressivamente a cursos e-learning, ou em regime b-learning, porque se assim não for, correm o risco de se tornarem descontextualizados e de não terem alunos para os frequentarem. A informação em baixo decorre de um estudo implementado em 2002 a mais de Directores de Recursos Humanos de Empresas e Instituições Portuguesas (fonte: A Evolução do E-Learning em Portugal, por Roberto Carneiro) Vantagens para a Organização Redução do Tempo da Formação Difusão do Saber Redução dos Custos da Formação Transferência de Competências Eficácia Pedagógica Diversificação de Competências Homogeneidade de Processos Vantagens para o Colaborador Gestão do Tempo Autonomia Responder a problemas específicos Formação personalizada Adaptabilidade a necessidades e ritmos Simulações e Exercícios 2011 Wilson Learning Portugal 5

6 Propósito do E-learning Reduzir Budgets na Formação Redução de budgets a médio longo prazo; Procurar soluções que reduzam custos e aumentem o ROI; Promover sustentabilidade e rentabilidade futuras. Adicionar Valor Velocidade no Mercado provoca que as Organizações desenvolvam novas abordagens para serem mais competitivas; Inovar no formato: a abordagem tradicional já não é suficiente; Aumentar a produtividade dos Colaboradores. Alinhar as abordagens às novas tendências A Tecnologia (web) reduz claramente a distância geográfica e as fronteiras sociais e organizacionais Wilson Learning Portugal 6

7 Principais Desafios Os principais desafios que a Wilson Learning Portugal se propõe, enquanto prestadora de serviços na implementação de uma estratégia de e-learning, a trabalhar com a sua Organização, de forma a que possa dar passos seguros e consistentes nesta abordagem passam por apoiá-lo a: Ultrapassar Resistências resistência ao processo, às novas tecnologias e à mudança; Mudança da forma como o planeamento da formação é feito actualmente; Preparação de e-tutores para efectuarem o acompanhamento e Gestão da Formação; Implementação de uma forte autodisciplina; Implementação de Modelos Motivacionais top-down para a adesão dos Colaboradores Wilson Learning Portugal 7

8 Processo Wilson Learning Reunião de Arranque do Projecto Analisar o nível de conforto dos participantes face às novas tecnologias Identificar claramente os critérios da componente presencial Componente Online (e-learning) Auto-Estudo por parte do Participante (aulas multimédia, actividades, planificadores) Componente de Tutoria (acompanhamento da aprendizagem, dinamização fóruns, relatórios) Componente Presencial (b-learning, opcional) Transição/ passagem de informação acerca dos GAPs da aprendizagem (fóruns, s trocados entre tutor e aluno, trabalhos, grelhas de avaliação, etc.) Análise de trabalhos realizados online, adequação de role plays 2011 Wilson Learning Portugal 8

9 Em síntese, as soluções web based Uma combinação estratégica de múltiplos métodos e tecnologias Objectivo Melhorar Performances Aumentar a eficácia e eficiência das Organizações Reduzir custos Sistematizar o treino de competências Controlo do processo Cultura de aprendizagem contínua Acesso democrático ao treino 2011 Wilson Learning Portugal 9

10 Qual a nossa Oferta? web based 2011 Wilson Learning Portugal 10

11 Oferta E-Learning Alojamento na e-academia da WLP, acesso via login. Cursos disponíveis: Abrir e Gerir Interacções Competências de Apresentação Gestão de Conflitos Gestão do Tempo e do Stress Inteligência Emocional Introdução à Comunicação 2011 Wilson Learning Portugal 11

12 Oferta B-Learning Curso de Vendas (CSP) Conteúdos WLP 27h em e-learning e 8h em sala Curso de Colaboração Interpessoal (BRV) Conteúdos WLP 27h em e-learning e 8h em sala Wilson Learning Portugal 12

13 Transformação de Conteúdos do Cliente Factores de Eficácia: Metodologia, Conteúdos e Tecnologia Desenho da formação e estratégias de avaliação Métodos Conteúdos Pessoas Tecnologia - Conteúdos interactivos e motivacionais (estudos de caso, simulações, jogos); - População Alvo: realidade organizacional, características demográficas, interesses e expectativas. Plataforma de E-learning Assumpções Básicas: - Não é necessário ser-se perito em Internet ou Programação; - Os Conteúdos podem ser usados quantas vezes desejarmos Wilson Learning Portugal 13

14 Metodologia de Trabalho: Conteúdos do Cliente I Reunir informação dos documentos existentes do cliente (manuais pedagógicos, exercícios, etc.) II Construção do story board/ guião com objectivos de aprendizagem e abordagem multimédia III Após aprovação desenhamos as maquetas PPT com os conteúdos do curso IV Produção Multimédia & Testes/ Validação 2011 Wilson Learning Portugal 14

15 Metodologia de Operação WLP Conteúdos WLP Imagem WLP Alojamento Servidor WLP Conteúdo WLP customizado ao Cliente Imagem Cliente Alojado no Cliente ou na WLP Cliente Conteúdo Cliente Imagem Cliente Alojado no Cliente ou na WLP 2011 Wilson Learning Portugal 15

16 Caso de Sucesso 1: Hotelaria Curso Acolhimento Curso Inglês Através do e-learning o Cliente atingiu os seus objectivos de formação, com uma redução de 40% do tempo despendido, rentabilizando horas de formação Wilson Learning Portugal 16

17 Caso de Sucesso 2: Ind. Fitness Com o desenvolvimento de 4 cursos de e-learning, em apenas 3 meses o Cliente da Indústria de Fitness rentabilizou em 82% o valor do investimento global. Simultaneamente o Cliente obteve a Certificação Internacional da EHFA: European Health & Fitness Association Wilson Learning Portugal 17

18 Caso de Sucesso 3: Organização 3(triple)Play Formação de aproximadamente 2000 Lojistas desde Julho a Dezembro de 2010 Curso sobre Produto e Competências de Vendas disponibilizado a Lojistas por todo o país. Necessidade: desenvolver um curso de e-learning de forma rápida e com baixo investimento, através de uma estratégia de rapid learning, que inclui pequenos objectos de aprendizagem com testes de conhecimento Wilson Learning Portugal 18

19 Como podemos tornar esta Abordagem uma realidade para a sua Organização? Wilson Learning Portugal Direcção Comercial: Gonçalo Ribeiro Av. Dr. Francisco de Sá Carneiro, nº 5, 7ª Aº Oeiras, PORTUGAL Telefone: Muito Obrigada pela sua atenção! Website: Wilson Learning Portugal 19

Transferência da Aprendizagem conduz a resultados sustentados Optimização da Formação em 186%

Transferência da Aprendizagem conduz a resultados sustentados Optimização da Formação em 186% Transferência da Aprendizagem conduz a resultados sustentados Optimização da Formação em 186% Resumo do Estudo Para efeitos deste estudo, analisámos 32 pesquisas que comparam o impacto da formação isolada

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning. Público-Alvo

CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning. Público-Alvo CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning Público-Alvo Profissionais que pretendam adquirir competências de base para monitorizar formação na modalidade e-learning ou b-learning que sejam possuidores do

Leia mais

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO DESIGNAÇÃO DO CURSO E-Tutor: especialização pedagógica em e-learning DURAÇÃO DO CURSO 60 HORAS LOCAL E DATAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO 1. VIRTUAL LEARNING CENTER

Leia mais

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Janeiro-2010 Para a boa gestão de pessoas, as empresas devem elevar o RH à posição de poder e primazia na organização e garantir que o pessoal

Leia mais

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI Learning is Changing! A actualidade apresenta-nos desafios constantes, que exigem novas respostas e soluções inovadoras, para um Futuro de Crescimento e Competitividade. Learning is Changing! reflecte

Leia mais

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Abril de 2008 Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária 1 Bashen Agro Um projecto Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Parceria FZ AGROGESTÃO Consultoria em Meio Rural, Lda Av.

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

Introdução ao e-learning

Introdução ao e-learning Introdução ao e-learning Francisco Restivo FEUP/IDIT fjr@fe.up.pt Guião Ser um e-aprendente competente Trabalho de casa: pensar num curso Ser um desenhador de cursos competente Trabalho de casa: desenhar

Leia mais

O contexto na Administração Pública

O contexto na Administração Pública 1.º Workshop ENIDH/MÚTUA DOS PESCADORES e-aprendizagem ou aprendizagem tecnologicamente assistida? Teresa Salis Gomes Directora da Unidade de Inovação Pedagógica O contexto na Administração Pública Aumento

Leia mais

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Março/Abril 2004) por António Jorge Costa, Presidente do Instituto de Planeamento

Leia mais

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Março/Abril 2004)

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Março/Abril 2004) FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Março/Abril 2004) por António Jorge Costa, Presidente do Instituto de Planeamento

Leia mais

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros)

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros) CLEA Curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas Pedro Reis _ Janeiro 2005 Caracterização Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/

Leia mais

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM 1- Estabelecimentos de ensino integrados no projecto em anos lectivos transactos Os docentes colocados em estabelecimentos

Leia mais

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM 1- Estabelecimentos de ensino integrados no projecto em anos lectivos transactos Os docentes colocados em estabelecimentos

Leia mais

Caracterização do Curso de Formação de eformadores

Caracterização do Curso de Formação de eformadores Caracterização do Curso de Formação de eformadores 27 Titulo do Curso Curso de Formação de eformadores Titulo dos Módulos Módulo de Integração Módulo 1: Evolução Histórica e Teorias do Ensino e Formação

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP Entidade interlocutora: Identificação do Projecto AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça Nº do projecto: 2001/EQUAL/A2/AD/139 Designação do projecto: Área

Leia mais

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas Apresentação da Solução Solução: Gestão de Camas Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros, 82-A, 1500-060

Leia mais

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005.

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. Cooperação empresarial, uma estratégia para o sucesso Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. É reconhecida a fraca predisposição

Leia mais

I. Actividade da APAVTForm

I. Actividade da APAVTForm FORMAÇÃO PROFISSIONAL Objectivos I. A actividade da APAVTForm II. O e-learning na Formação dos Profissionais de Turismo III. Projecto Madeira Specialist Email: pmoita@apavtform.pt 1 I. Actividade da APAVTForm

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt Hotel Alvalade LUANDA 16 a 27 de RH Os Ciclos de RH, consistem em planos de desenvolvimento de competências no domínio da gestão de Recursos Humanos, nomeadamente ao nível das áreas de Selecção, Formação

Leia mais

Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais

Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais Curso de Formação 2011 Índice PROPOSTA FORMATIVA... 3 Introdução... 3 Objectivo geral... 3 Estrutura... 3 Metodologias... 3

Leia mais

Selling Tools. Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt

Selling Tools. Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt Enquadramento As vendas têm um ambiente próprio; técnicas e processos específicos. A forma de estar, o networking, os

Leia mais

in ter curso COMPRAS INTERNACIONAIS NEEDLES NEEDLES NEEDLES NEEDLES WWW.INTERNACIONAL.COMPANHIAPROPRIA.PT fast delivery good price 001718 342 65 94

in ter curso COMPRAS INTERNACIONAIS NEEDLES NEEDLES NEEDLES NEEDLES WWW.INTERNACIONAL.COMPANHIAPROPRIA.PT fast delivery good price 001718 342 65 94 in ter good price 001718 342 65 94 fast delivery cheap price 005521 176 55 32 good quality inter Introdução / Apresentação do Curso: O essencial para comprar bem no estrangeiro A globalização, as instituições

Leia mais

elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION

elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION CERTIFICAÇÃO A aplicação foi construída e dividida em três grandes camadas de código, separando a camada de apresentação (écrans

Leia mais

Assunto: Apresentação da Core Factor

Assunto: Apresentação da Core Factor Assunto: Apresentação da Core Factor Índice A. Breve apresentação da empresa... 3 1. Sobre nós... 3 2. Serviços... 3 3. Objectivos... 3 4. Parcerias... 4 B. Contactos... 8 1. Pessoas... 8 2. Empresa...

Leia mais

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 1 EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 NADINE WASSMER TREINA E-LEARNING treina@treina.com.br ROSANA GOMES CONTEÚDOS E HABILIDADES EDUCAÇÃO CORPORATIVA DESCRIÇÃO DE PROJETO

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Definir o conceito de Help Desk; Identificar os diferentes tipos de Help Desk; Diagnosticar

Leia mais

Grupo Alumni. CMTrain - Associação

Grupo Alumni. CMTrain - Associação CMTrain - Formação para metrologia por coordenadas Quando se trata de desenvolver e produzir novos produtos, a metrologia por coordenadas é crucial. No entanto, só se consegue aproveitar o potencial da

Leia mais

CONTRIBUTO DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE IDI PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES 7 de Outubro de 2013

CONTRIBUTO DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE IDI PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES 7 de Outubro de 2013 CONTRIBUTO DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE IDI PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES 7 de Outubro de 2013 COTEC Portugal 1. COTEC Portugal Origem, Missão, Stakeholders 2. Desenvolvimento Sustentado da Inovação Empresarial

Leia mais

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Título Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Autora Ana Paula Salvo Paiva (Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade Católica Portuguesa) apaula.sintra.paiva@gmail.com

Leia mais

AMA ajuda a promover Ensino à Distância

AMA ajuda a promover Ensino à Distância AMA ajuda a promover Ensino à Distância DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDOS DE ENSINO A DISTÂNCIA PARA TV DIGITAL, ATRAVÉS DE CANAIS ABERTOS E/OU CANAL DEDICADO Projecto Financiado pelo Compete Programa Operacional

Leia mais

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA A Formação no ISQ A actividade de Formação do ISQ tem sido uma forte aposta enquanto factor determinante para o desenvolvimento e melhoria de desempenho dos sectores tecnológicos

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II - UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Projecto: Kit elearning, SAF/ Novabase, S.A. Equipa

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves Sistema Integrado de Gestão Evento IDC PME 24.set.2008 Carlos Neves Agradecimentos Carlos Neves - 24.Set.08 2 Sumário 1. Oportunidades e desafios para as PME 2. Os projectos SI/TI e a Mudança 3. Perspectivas

Leia mais

CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS. e learning. Uma parceria entre:

CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS. e learning. Uma parceria entre: CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS e learning Uma parceria entre: Curso CEAD - Comunicação Empresarial e Análise de Dados NECESSITA DE PREPARAR PROPOSTAS, RELATÓRIOS OU OUTRAS COMUNICAÇÕES

Leia mais

Competir na Economia do Conhecimento

Competir na Economia do Conhecimento Competir na Economia do Conhecimento Formação Outdoor 17 de Outubro de 2007 S. Pedro de Moel Nesta acção de formação outdoor, de cariz comportamental, será dada ênfase ao trabalho em equipa, muito importante

Leia mais

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL Estudo Infosistema 4º trimestre de 2014 OBJECTIVO DO ESTUDO Objectivo: Analisar as tendências de projectos de IT em Portugal Período em análise: 4º Trimestre de

Leia mais

SPEEXX Empowering Communication

SPEEXX Empowering Communication Empowering Communication Empowering communication speexx Coach... 38 speexx Live... 38 speexx Phone... 39 speexx 1:1... 39 Encontrar a sua formação Índice do Guia 2 Índice detalhado 10 Procura por palavras-chave

Leia mais

REFERENCIAL PARA A CONTRATUALIZAÇÃO DE AÇÕES DE CAPACITAÇÃO

REFERENCIAL PARA A CONTRATUALIZAÇÃO DE AÇÕES DE CAPACITAÇÃO PROGRAMA TEIP3 REFERENCIAL PARA A CONTRATUALIZAÇÃO DE AÇÕES DE CAPACITAÇÃO Novembro de 2013 DGE / EPIPSE Programa TEIP3 Página 1 de 5 A Direção-Geral de Educação, através da EPIPSE, após análise de conteúdo

Leia mais

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008 Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I Fev. 2008 Medeiros genda 1. Áreas de negócio Martifer; 2. Martifer Energia Equipamentos para energia S.A.; 3. Certificações Obtidas 4. Porquê IDI? 5. Objectivo

Leia mais

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 O Coordenador TIC João Teiga Peixe Índice Índice...2 1. Introdução... 3 2. Objectivos... 3 3. Sectores Afectos... 4 1. Salas de Aulas... 4 2. Administrativo... 4 3. Outras

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação. Sistemas de Gestão

Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação. Sistemas de Gestão Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação Sistemas de Gestão 27 de Outubro de 2007 Dora Gonçalo Directora de Certificação e de Auditores www.apcer.pt Agenda Desafios e Organizações

Leia mais

Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia

Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia Ensinar a saber fazer Profissionais com Futuro desde 1990 L I C E N C I A T U R A S ADEQUADAS AO PROCESSO DE BOLONHA Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia A estratégia do ISTEC

Leia mais

CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE

CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE Capítulo 7 Balanced Scorecard ÍNDICE 7.1 O que é o Balanced Scorecard 7.2 Indicadores de Ocorrência 7.3 O Método 7.4 Diagramas de Balanced Scorecard Capítulo 7 - BALANCED

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Programa de Universidades

Programa de Universidades University Program International Univer- sities Certified Universities Programa de Universidades 2013 Infosistema. All rights reserved. www.iflowbpm.com O que é o iflow BPM? Tabela de Conteudos O que é

Leia mais

Gestão da Formação na Cloud. Raul Denominato Manager elearning & HCM @ Novabase raul.denominato@novabase.pt

Gestão da Formação na Cloud. Raul Denominato Manager elearning & HCM @ Novabase raul.denominato@novabase.pt Gestão da Formação na Cloud Raul Denominato Manager elearning & HCM @ Novabase raul.denominato@novabase.pt Tornamos possível a gestão de milhões de horas de formação por ano, suportadas em diferentes

Leia mais

» O conceito. Posicionando o e-learning dentro de uma estratégia de Educação Corporativa eficaz, alinhada aos objetivos de negócio de sua organização

» O conceito. Posicionando o e-learning dentro de uma estratégia de Educação Corporativa eficaz, alinhada aos objetivos de negócio de sua organização Posicionando o e-learning dentro de uma estratégia de Educação Corporativa eficaz, alinhada aos objetivos de negócio de sua organização» O conceito Um Clique à Frente. » O conceito Posicionando o e-learning

Leia mais

As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning. Mafalda Isaac & Hugo Leitão

As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning. Mafalda Isaac & Hugo Leitão As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning Mafalda Isaac & Hugo Leitão SUMÁRIO 1. WEB S 2. MODELOS PEDAGÓGICOS 3. EXPLORAÇÃO DA PLATAFORMA VIRTUAL LEARNING CENTER (VLC) 2 FORMAÇÃO A DISTÂNCIA B-LEARNING

Leia mais

MINI-MBA de Especialização em Hospitalidade e Gestão de Turismo

MINI-MBA de Especialização em Hospitalidade e Gestão de Turismo MINI-MBA de Especialização em Hospitalidade e Gestão de Turismo www.highskills.pt geral@highskills.pt Lisboa- Telefone: 00351 217 931 365 Luanda Telefone: 00244 94 112 60 90 Índice Duração Total... 2 Destinatários...

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

Barómetro Regional da Qualidade Avaliação das Atitudes e Conhecimentos dos Residentes sobre a Qualidade. Enquadramento.

Barómetro Regional da Qualidade Avaliação das Atitudes e Conhecimentos dos Residentes sobre a Qualidade. Enquadramento. Avaliação das Atitudes e Conhecimentos dos Residentes sobre a Qualidade 2011 Entidade Promotora Concepção e Realização Enquadramento Vice-Presidência Avaliação das Atitudes e Conhecimentos dos Residentes

Leia mais

PÁGINAS WEB. António Ginja Carmo

PÁGINAS WEB. António Ginja Carmo PÁGINAS WEB António Ginja Carmo Índice 1 - Titulo 2 2 Enquadramento 2 3 - Descrição 3 4 - Objectivos 3 5 Público-Alvo 3 6 - Conteúdos 4 7 - Calendário das Actividades 5 8 - Estratégias Pedagógicas 8 9

Leia mais

Educação Especial. 2. Procedimentos de Referenciação e Avaliação e Elaboração do Programa Educativo Individual

Educação Especial. 2. Procedimentos de Referenciação e Avaliação e Elaboração do Programa Educativo Individual Educação Especial O Grupo da Educação Especial tem como missão fundamental colaborar na gestão da diversidade, na procura de diferentes tipos de estratégias que permitam responder às necessidades educativas

Leia mais

Realidade Empresarial,Globalização da Informação e Segurança

Realidade Empresarial,Globalização da Informação e Segurança Culture OnLine, 5-7.6 Realidade Empresarial,Globalização da Informação e Segurança Peering down the Wormhole Dr. Susan Hazan Filomena Pedroso Realidade Empresarial em Portugal Incerteza nos mercados recomenda

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

JOGO ONLINE DE GESTÃO PARA ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO

JOGO ONLINE DE GESTÃO PARA ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO JOGO ONLINE DE GESTÃO PARA ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO Junior Business Challenge by IPAM O IPAM The Marketing School é uma Instituição de Ensino Superior, especializada e líder, na formação de profissionais

Leia mais

XIII FÉRIAS TÉCNICAS COM A FORD

XIII FÉRIAS TÉCNICAS COM A FORD 27 Agosto a 7 de Setembro de 2012 ÍNDICE PARTE I NOTA INTRODUTÓRIA... 3 PARTE II DESCRIÇÃO TÉCNICA DO PROJECTO... 4 PROGRAMA PARA O NÍVEL I... 4 PROGRAMA PARA O NÍVEL II... 10 PARTE I NOTA INTRODUTÓRIA

Leia mais

Formação contínua de formadores com recurso ao e-learning

Formação contínua de formadores com recurso ao e-learning Revista Formar n.º 43 Formação contínua de formadores com recurso ao e-learning Os dados estão lançados. O IEFP lançou-se na formação a distância. O balanço inicial do curso a distância de Gestão da Formação

Leia mais

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma.

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. Universidade de Aveiro Mestrado em Gestão da Informação Christelle Soigné Palavras-chave Ensino superior. e-learning.

Leia mais

APRESENTAÇÃO. www.get-pt.com 1

APRESENTAÇÃO. www.get-pt.com 1 APRESENTAÇÃO www.get-pt.com 1 -2- CULTURA GET -1- A nossa Visão Acreditamos que o elemento crítico para a obtenção de resultados superiores são as Pessoas. A nossa Missão A nossa missão é ajudar a melhorar

Leia mais

Programa do Curso. Designação do curso: Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Programa do Curso. Designação do curso: Formação Pedagógica Inicial de Formadores Programa do Curso Designação do curso: Formação Pedagógica Inicial de Formadores Duração: 90 horas Área de formação: 146 Formação de professores e formadores Objetivos gerais: i) Avaliar o perfil do formador

Leia mais

Instrumentos de Avaliação

Instrumentos de Avaliação Instrumentos de Avaliação 7 Questionário de expectativas Atendendo à integração do Curso "Formação de eformadores" no Projecto etrainers, que tem como objectivo a testagem de metodologias e ambientes inovadores

Leia mais

PONTOS CRÍTICOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DE E-LEARNING.

PONTOS CRÍTICOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DE E-LEARNING. PONTOS CRÍTICOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DE E-LEARNING. Boa comunicação e apoio da direção estão entre os pontos críticos na implantação do projeto de educação a distância. Uma estratégia bem fundamentada

Leia mais

FORMAÇÃO INICIAL PEDAGÓGICA DE FORMADORES (Parceria Secção Regional de Lisboa da OF CaF-Formação)

FORMAÇÃO INICIAL PEDAGÓGICA DE FORMADORES (Parceria Secção Regional de Lisboa da OF CaF-Formação) FORMAÇÃO INICIAL PEDAGÓGICA DE FORMADORES (Parceria Secção Regional de Lisboa da OF CaF-Formação) OBJECTIVOS: PRETENDE-SE COM ESTA FORMAÇÃO QUE O PARTICIPANTE ADQUIRA COMPETÊNCIAS DE FORMA A: - Facilitar,

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS CompetencyCore5 Success Through Competency-based Talent Management DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS A Gestão do Capital Humano com Foco nas Competências

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NIP: Nº DO RELATÓRIO: DENOMINAÇÃO DA EMPRESA: EQUIPA AUDITORA (EA): DATA DA VISITA PRÉVIA: DATA DA AUDITORIA: AUDITORIA DE: CONCESSÃO SEGUIMENTO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

Balanced Scorecard e a Gestão por Competências

Balanced Scorecard e a Gestão por Competências Balanced Scorecard e a Gestão por Competências ELEVUS O QUE FAZEMOS *Áreas de actuação: *Recrutamento e Selecção *Outplacement *Formação e Desenvolvimento Pessoal *Assessment Centre *Consultoria ELEVUS

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável da Inovação Empresarial

Desenvolvimento Sustentável da Inovação Empresarial Desenvolvimento Sustentável da Inovação Empresarial Inovar para Ganhar Paulo Nordeste Portugal tem apresentado nos últimos anos casos de sucesso em inovação; como novos produtos, serviços e modelos de

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

Negócios à Sua dimensão

Negócios à Sua dimensão Negócios à Sua dimensão O seu Software de Gestão acompanha-o? O ArtSOFT pode ser a solução de gestão da sua empresa. O ArtSOFT Profissional permite o controlo total sobre a gestão da sua empresa, assegura

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais conteúdos: Programa de formação avançada centrado nas competências e necessidades dos profissionais. PÁGINA 2 Cinco motivos para prefirir a INOVE RH como o seu parceiro, numa ligação baseada na igualdade

Leia mais

Consultoria Conhecimento, aconselhamento, formação e capacitação organizacional

Consultoria Conhecimento, aconselhamento, formação e capacitação organizacional ENQUADRAMENTO DOMÍNIOS DE INTERVENÇÃO CRPG - Centro de Reabilitação Profissional de Gaia Um centro de recursos especializado na prestação de serviços sociais relativos às deficiências e incapacidades Um

Leia mais

Balanço das Medidas do Domínio de Valorização do Capital Humano e Gestão de Apoio à Segurança Social

Balanço das Medidas do Domínio de Valorização do Capital Humano e Gestão de Apoio à Segurança Social Balanço das do Domínio de Valorização do Capital Humano e Gestão de Apoio à Segurança Social Dr. Hugo Brás ENAD. 31 de Agosto de 2015 AGENDA Academia INSS Transferência de Conhecimento Apoio Operacional

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO ÍNDICE PREÂMBULO... 3 Procedimentos Técnico-Pedagógicos... 4 1.1. Destinatários e condições de acesso... 4 1.2. Organização dos cursos de formação... 4 1.3. Componentes de

Leia mais

Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website.

Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website. marketing e comunicação SITE E IMAGEM INSTITUCIONAL Profissionais que pretendam adquirir conhecimentos, técnicas e metodologias, ao nível da comunicação online, através de um website. Entender o enquadramento

Leia mais

SMARTCALL. Apresentação

SMARTCALL. Apresentação SOBRE A SMARTCALL SMARTCALL Apresentação A SmartCall desenvolve serviços inovadores direccionados para a dinamização do relacionamento das empresas com os seus clientes e a criação de novas oportunidades

Leia mais

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000 ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário Gestão da Qualidade 2005 1 As Normas da família ISO 9000 ISO 9000 descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade e especifica

Leia mais

De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões:

De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões: 7.1 Conclusões De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões: 1 - Descrever os instrumentos/modelos de gestão e marketing estratégicos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PLANIFICAÇÃO ESTRATÉGICA DOS MEDIA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PLANIFICAÇÃO ESTRATÉGICA DOS MEDIA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular PLANIFICAÇÃO ESTRATÉGICA DOS MEDIA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing e Publicidade 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Marketing Estratégico

Marketing Estratégico Marketing Estratégico Neste curso serão abordadas as melhores práticas para a elaboração de uma estratégia de Marketing. Porquê fazer este curso? Numa abordagem centrada no cliente, propõe-se um curso

Leia mais

Faça um Upgrade à GESTÃO DE DESEMPENHO. Apresentação de Ferramenta de Desenvolvimento de Pessoas e de Negócio. www.jasonassociates.

Faça um Upgrade à GESTÃO DE DESEMPENHO. Apresentação de Ferramenta de Desenvolvimento de Pessoas e de Negócio. www.jasonassociates. Faça um Upgrade à GESTÃO DE DESEMPENHO Apresentação de Ferramenta de Desenvolvimento de Pessoas e de Negócio www.jasonassociates.com/upgrade UPGRADE UPGRADE UMA FORMA SIMPLES E CLARA DE GERIR O DESEMPENHO

Leia mais

Ensino à distância Caso prático E-MBA do IESF

Ensino à distância Caso prático E-MBA do IESF Ensino à distância Caso prático E-MBA do IESF Manuel Leite Mestrado em Análise de Dados e Sistemas de Apoio à Decisão Sistemas de Informação para Gestão Faculdade de Economia, 29 de Novembro de 2002 1

Leia mais

PHC dcontroldoc. O acesso a diversos tipos de ficheiros

PHC dcontroldoc. O acesso a diversos tipos de ficheiros PHC dcontroldoc O acesso a diversos tipos de ficheiros A possibilidade de consultar e introduzir documentos, imagens e outro tipo de ficheiros, a partir de um local com acesso à Internet. BUSINESS AT SPEED

Leia mais

Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias

Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias Índice Quem Somos O SGI da AMBISIG; A implementação do SGIDI na AMBISIG; Caso de Sucesso. Quem somos? Somos uma empresa com 16 anos de experiência

Leia mais

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI 2ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI Patrocinador Principal Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado O Plano Tecnológico da Educação (PTE), aprovado pela Resolução de

Leia mais

Escolas de Pentatlo Moderno

Escolas de Pentatlo Moderno Escolas de Pentatlo Moderno ÍNDICE O que é o franchising PENTAKID? 3 Serviços PENTAKID 5 Marketing 6 Recursos Humanos 7 Financiamento 8 Processo de aquisição 9 Ficha técnica 10 Carta de resposta 11 2 O

Leia mais