A sustentabilidade inserida na gestão estratégica da empresa. Lanakaná Princípios Sustentáveis

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A sustentabilidade inserida na gestão estratégica da empresa. Lanakaná Princípios Sustentáveis"

Transcrição

1 A sustentabilidade inserida na gestão estratégica da empresa 1

2 O que é Sustentabilidade? Agenda A estratégia das 100 maiores Balance Scorecard Sustentabilidade uma nova Perspectiva? Governança Corporativa e Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade como ferramenta de gestão 2

3 O que é Sustentabilidade? "suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprir as suas". É um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, ambientais e culturais da sociedade humana. Fazer bem para o planeta, diminuir custo, diminuir risco e criar oportunidades. 3

4 Triple Bottom Line Econômico Ambiental Social 4

5 Efeito Iceberg Tangíveis contabilizados: balanço patrimonial e demonstração de resultados Marca Reputação Credibilidade Qualidade de gestão Qualidade de governança Goodwill Respeito aos Direitos Humanos Respeito ao Meio ambiente Boa relação com a comunidade Boa relação com os trabalhadores 5

6 A estratégia das 100 maiores (Fonte: Fundação Dom Cabral) 6

7 Objetivos Estratégicos de Sustentabilidade 7

8 BSC Sustentabilidade uma nova perspectiva? 8

9 BSC Sustentabilidade uma nova perspectiva? 9

10 Governança Corporativa e Sustentabilidade Conselho de Administração Sustentabilidade Buscando a viabilidade e a longevidade da organização, o Conselho de Administração deve incorporar e assegurar-se que a diretoria também incorpora considerações de ordem social e ambiental na definição dos negócios e das operações. Cabe ao conselho orientar o processo de definição das ferramentas e os indicadores de gestão, inclusive remuneração, de modo a vincular os temas de sustentabilidade às escolhas estratégicas e refleti-los nos relatórios periódicos.(*) 10

11 Governança Corporativa e Sustentabilidade 3. Gestão 3.5 Relatórios periódicos Padrões Internacionais As organizações devem reconhecer as tendências internacionais e as exigências da sociedade. Por isto, devem preparar os relatórios periódicos de acordo com padrões internacionalmente aceitos, no que diz respeito a contabilidade e as diretrizes para elaboração de relatórios que incluam aspectos financeiro, sociais e ambientais e de governança corporativa (Ex.GRI) 11

12 Desafios vividos por agentes da Governança Corporativa 2. As Pedras no caminho Curto prazo x longo prazo Resistência dos indivíduos Resistência das organizações Contexto de negócios e ambiente regulatório 3. O Caminho das pedras Mudança Cultural Governança Corporativa Alinhamento, diálogo e comunicação Mapeamento e mensuração Criatividade e inovação Compromisso e convicção 12

13 O que é um Relatório de Sustentabilidade? é a pratica de medir, divulgar e prestar contas para todas as partes interessadas (Stakeholders) sobre os impactos econômicos, ambientais e sociais causados pelas atividades de uma organização. Econômico TRIPLE BOTTON LINE Ambiental Social 13

14 Quem é a Global Reporting Initiative (GRI) Foi criada em 1997 através de uma parceria entre CERES (Investor and Environmentalists for Sustanaible Prosperity) e PNUMA (Programa das Nações Unidas para o meio ambiente). Missão de desenvolver orientações aplicaveis globalmente para a elaboração de relatórios sobre o desempenho econômico, ambiental e social das corporações, governos e ONG; Hoje é padrão internacional em relatórios de Sustentabilidade, atualmente mais de 3000 empresas e organizações de todo o mundo emite relatório de Sustentabilidade baseado na GRI. 14

15 A GRI no mundo 15

16 Porque fazer um Relatório de Sustentabilidade Demandas atuais e futuras de clientes Impacto em redução de custos Gestão de riscos Compromisso voluntário assumido Demanda de auto regulação atual e futura Inovação com foco em Sustentabilidade e novas oportunidades 16

17 Demandas Atuais e Futuras de cliente Um número crescente de empresas já demanda de seus fornecedores de produtos e serviços que atendam aspectos de Sustentabilidade.

18 Demandas atuais e futuras de Clientes 18

19 Impacto na redução de Custo A identificação e priorização de ações de Sustentabilidade otimiza a gestão, mitigando impactos de custos adicionais. A melhoria nas condições de trabalho reduz o turnover e aumenta a produtividade. A adoção de práticas eco-eficiente otimiza o uso de recursos e melhora gestão de custos. 19

20 Gestão de Risco Exemplo: Nike e C&A (Vestuário) - Trabalho infantil e imigrantes ilegais Mattel (Brinquedos) metais pesados em tinta Siderurgia condições de trabalho na produção de ferro gusa Agribusiness trabalho análogo e escravo em usinas de cana de açúcar e álcool. 20

21 Compromissos Voluntários Assumidos Políticas Princípios de Responsabilidade Socioambiental Relatório Social Eliminação do Mercúrio Pacto Global ONU 21

22 Demanda de auto regulação atual e futura Ex Várias iniciativas de auto-regulação, com foco em sustentabilidade. SA norma internacional que define os requisitos referentes as práticas sociais do emprego Global Reporting Initiative (GRI) - referência internacional em relatórios de sustentabilidade. ISO26000: responsabilidade social 22

23 Inovação com foco em Sustentabilidade A incorporação da sustentabilidade na gestão e nos relacionamentos contribui para inovações em processos e produtos. ArcelorMittal: desenvolvimento, por fornecedor de logística, de material reciclável para cobertura de carga; Banco Real: a) desenvolvimento, por fornecedor de TI, de software para monitorar desperdício de água e energia; b) proposição, por fornecedor de adm. predial, de alteração de válvula de vasos sanitários visando redução do consumo de água; c) inovações envolvendo três grandes fornecedores (Suzano, Xerox e IBM) para viabilizar uso de papel reciclado em larga escala; Indústria do petróleo: experiências da Noruega e Reino Unido, onde políticas de incentivo à inovação pelos fornecedores locais criou importantes vantagens competitivas. 23

24 24

25 Estrutura do Relatório de Sustentabilidade 25

26 Benefícios do Relatório de Sustentabilidade 1.Auto Conhecimento Visão Sistemática e Diagnostico profundo do nível de sustentabilidade da Gestão 2. Comparabilidade Monitoramento da evolução através de uma metodologia Global 3. Pacto Global - ONU Reconhece o Relatório GRI 4. Índices de Sustentabilidade Referencia para índices da Dow Jones, Bovespa e Bolsa da África do Sul 5. Pensar a Sustentabilidade de forma estratégica Promove o entendimento da Sustentabilidade, integra as áreas, metas comuns, aperfeiçoa a comunicação entre os setores 6. Melhorar o desempenho da Gestão em Sustentabilidade Desempenho da gestão através da sistematização, monitoramento e mensuração 26

27 Muito Obrigado! RODRIGO CARLOS HENRIQUES Membro Stakeholder Global Reporting Initiative (GRI) Sócio Fundador Consultoria em 27

Responsabilidade Social Empresarial: Como as organizações de saúde estão implementando e reportando suas iniciativas sócio ambientais?

Responsabilidade Social Empresarial: Como as organizações de saúde estão implementando e reportando suas iniciativas sócio ambientais? Responsabilidade Social Empresarial: Como as organizações de saúde estão implementando e reportando suas iniciativas sócio ambientais? 1 P r i n c í p i o s S u s t e n t á v e i s Agenda O que é Sustentabilidade?

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

Informações Integradas

Informações Integradas Informações Integradas IMPLANTAÇÃO DO RELATO INTEGRADO: O CASE DA SANASA REUNIÃO TÉCNICA DE NORMAS INTERNACIONAIS Tatiana Gama Ricci São Paulo, 22 de maio de 2015 Evolução das Informações não financeiras

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

Questionário de Levantamento de Informações

Questionário de Levantamento de Informações Questionário de Levantamento de Informações Critérios para Inclusão de Empresas no Fundo Ethical 1 INTRODUÇÃO Nos últimos anos se observou um aumento significativo da preocupação das empresas com questões

Leia mais

A Pró-Saúde procura colaborar ativamente com a recuperação ambiental do município, por intermédio da gestão do Hospital Municipal de Cubatão,

A Pró-Saúde procura colaborar ativamente com a recuperação ambiental do município, por intermédio da gestão do Hospital Municipal de Cubatão, Panorama Cubatão sempre teve um papel de destaque no Brasil. Sua localização geográfica fez a cidade alcançar o desenvolvimento comercial, agrícola e, posteriormente, o industrial. Desde então, sofreu

Leia mais

Simpósio Internacional de Sustentabilidade

Simpósio Internacional de Sustentabilidade Simpósio Internacional de Sustentabilidade Tema: Case Natura de Sustentabilidade: Incorporando a Dimensão Socioambiental no Modelo de Negócios Renato Abramovich Diretor - Norte e Nordeste Agenda > Visão

Leia mais

Responsabilidade Social Empresarial

Responsabilidade Social Empresarial Responsabilidade Social Empresarial Henry Ford: produto e preço - Gestão de Produto e Processo. Jerome McCarty e Philip Kotler: produto, preço, praça (ponto de venda) e promoção. - Gestão de Marketing.

Leia mais

O estado da arte da sustentabilidade empresarial. A gestão da sustentabilidade como pilar de sucesso das companhias no longo prazo

O estado da arte da sustentabilidade empresarial. A gestão da sustentabilidade como pilar de sucesso das companhias no longo prazo O estado da arte da sustentabilidade empresarial A gestão da sustentabilidade como pilar de sucesso das companhias no longo prazo A Usina82 Missão Contribuir para que companhias de todos os setores incorporem

Leia mais

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli Café com Responsabilidade Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro Vitor Seravalli Manaus, 11 de Abril de 2012 Desafios que o Mundo Enfrenta Hoje Crescimento Populacional Desafios que o Mundo

Leia mais

A Bolsa e a sustentabilidade

A Bolsa e a sustentabilidade A Bolsa e a sustentabilidade Izalco Sardenberg Diretor Instituto BM&FBOVESPA Outubro/2009 BM&FBOVESPA Quem somos Maior bolsa da América Latina. Uma das 5 maiores do mundo em valor de mercado (US$ 15 bilhões).

Leia mais

Sustentabilidade em energia e o concreto. Sonia Maria Capraro Alcântara, MSc

Sustentabilidade em energia e o concreto. Sonia Maria Capraro Alcântara, MSc Sustentabilidade em energia e o concreto Sonia Maria Capraro Alcântara, MSc RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL GRI IBASE Responsabilidade Social & Sustentabilidade Empresarial 1999 2001 a 2003 2006 AÇÃO

Leia mais

Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações

Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações Brasília, 19 de abril de 2011 BLOCOS TEMÁTICOS COMPROMISSO PLANEJAMENTO E GESTÃO DESEMPENHO SUSTENTÁVEL CONTRIBUIÇÃO COM O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Processo 2013. 05 de março de 2013. www.isebvmf.com.br

Processo 2013. 05 de março de 2013. www.isebvmf.com.br Processo 2013 05 de março de 2013 www.isebvmf.com.br Conselho Deliberativo do ISE (CISE) Órgão máximo de governança do índice Tem como missão garantir um processo transparente de construção do índice e

Leia mais

Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade. Versão para público externo

Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade. Versão para público externo Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade Versão para público externo Mensagem da alta administração Em 93 anos de história da Votorantim, temos mantido a consistência na geração de valor, pautando

Leia mais

SUSTENTABILIDADE NAS CONCESSIONÁRIAS FIAT

SUSTENTABILIDADE NAS CONCESSIONÁRIAS FIAT SUSTENTABILIDADE NAS CONCESSIONÁRIAS FIAT EDITORIAL Desenvolvimento sustentável não é um tema novo para o Grupo Fiat. Atentas para o importante papel ocupado na sociedade e para os impactos causados pela

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE 1. OBJETIVO E ABRANGÊNCIA Esta Política tem como objetivos: Apresentar de forma transparente os princípios e as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e direcionam

Leia mais

Ferramentas para a Gestão da Sustentabilidade na Indústria da Mineração Mª Sulema Pioli ERM Brasil Ltda Setembro 2009

Ferramentas para a Gestão da Sustentabilidade na Indústria da Mineração Mª Sulema Pioli ERM Brasil Ltda Setembro 2009 Ferramentas para a Gestão da Sustentabilidade na Indústria da Mineração Mª Sulema Pioli ERM Brasil Ltda Setembro 2009 Conteúdo da apresentação Breve contexto Indutores da Gestão da Sustentabilidade Gestão

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE DO GRUPO INVEPAR

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE DO GRUPO INVEPAR DE DO GRUPO INVEPAR PÁGINA Nº 2/5 1. INTRODUÇÃO Desenvolver a gestão sustentável e responsável nas suas concessões é um componente fundamental da missão Invepar de prover e operar sistemas de mobilidade

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

Global Reporting Initiative Relato de Sustentabilidade. Glaucia Terreo Diretora Ponto Focal GRI Brasil

Global Reporting Initiative Relato de Sustentabilidade. Glaucia Terreo Diretora Ponto Focal GRI Brasil Global Reporting Initiative Relato de Sustentabilidade Glaucia Terreo Diretora Ponto Focal GRI Brasil Piracicaba, 15 de Agosto de 2013 Muito obrigada!! Conteúdo: Desafio da Sustentabilidade Relato de Sustentabilidade

Leia mais

Global Reporting Initiative Diretrizes G4 para Relato de Sustentabilidade. Glaucia Terreo Diretora Ponto Focal GRI Brasil

Global Reporting Initiative Diretrizes G4 para Relato de Sustentabilidade. Glaucia Terreo Diretora Ponto Focal GRI Brasil Global Reporting Initiative Diretrizes G4 para Relato de Sustentabilidade Glaucia Terreo Diretora Ponto Focal GRI Brasil ONG sediada em Amsterdã Criada em 1997 no Estados Unidos a partir da idéia de que

Leia mais

Indicadores Ethos de RSE

Indicadores Ethos de RSE São Paulo, 2012. Indicadores Ethos de RSE Área de Gestão Sustentável Agenda Instituto Ethos Contexto Alinhamento Conceitual Papel das Empresas A Ferramenta Relatório de Diagnóstico Sistema on line Processo

Leia mais

Nossas soluções para o setor sucroenergético

Nossas soluções para o setor sucroenergético www.pwc.com.br Nossas soluções para o setor sucroenergético Centro PwC de Serviços em Agribusiness Outubro de 2013 Agrícola Gestão de fornecedores de cana Revisão da estrutura de relacionamento entre usina

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

Mais valias dos Relatórios de Sustentabilidade Um contributo da PT

Mais valias dos Relatórios de Sustentabilidade Um contributo da PT Mais valias dos Relatórios de Sustentabilidade Um contributo da PT A Responsabilidade Social Corporativa no Contexto da Internacionalização Abril, 2014 AGENDA QUEM SOMOS SUSTENTABILIDADE A IMPORTÂNCIA

Leia mais

SONIA FAVARETTO DIRETORA DE SUSTENTABILIDADE DA BM&FBOVESPA. PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DO ISE ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

SONIA FAVARETTO DIRETORA DE SUSTENTABILIDADE DA BM&FBOVESPA. PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DO ISE ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL Em busca de uma agenda positiva SONIA FAVARETTO DIRETORA DE SUSTENTABILIDADE DA BM&FBOVESPA. PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DO ISE ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL Uma das maiores bolsas do

Leia mais

Tema 4 Melhoria de Gestão:Gestão por Resultados e Gestão por Processos

Tema 4 Melhoria de Gestão:Gestão por Resultados e Gestão por Processos 1º EVENTO DE INTERCÂMBIO EM PLANEJAMENTO & GESTÃO DAS AGÊNCIAS REGULADORAS Tema 4 Melhoria de Gestão:Gestão por Resultados e Gestão por Processos Irene Mergener Cunha - APLAN/Coordenação da Qualidade da

Leia mais

CIAB 2009. Green IT: o novo pilar de competitividade. Aerton Paiva APEL PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS

CIAB 2009. Green IT: o novo pilar de competitividade. Aerton Paiva APEL PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS CIAB 2009 Green IT: o novo pilar de competitividade Aerton Paiva APEL PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS Sustentabilidade uma nova forma de olhar para o mundo de perceber que tudo e todos estão conectados

Leia mais

relatório de SUSTENTABILIDADE

relatório de SUSTENTABILIDADE relatório de SUSTENTABILIDADE 2015 2015 relatório de SUSTENTABILIDADE O Pacto Global é uma iniciativa desenvolvida pelo ex secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 14, de 04 de setembro de 2012.

PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 14, de 04 de setembro de 2012. CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRAPP ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD ANEFAC APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 14, de 04 de setembro

Leia mais

RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE

RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE PALESTRA RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CRA - RJ ADM Luiz Fernando Rodrigues 26/08/2014 ALINHANDO CONCEITOS Desenvolvimento Sustentável O objetivo do desenvolvimento

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA E SUSTENTABILIDADE

GOVERNANÇA CORPORATIVA E SUSTENTABILIDADE 23 de Janeiro de 2014 Page 1 SUSTENTABILIDADE MAURO AMBRÓSIO 23 de Janeiro de 2014 Page 2 MAURO AMBRÓSIO Sócio-diretor Mini currículo Mauro Ambrósio é Contador, Advogado e Administrador de Empresas, auditor

Leia mais

MUDANÇA DO CLIMA E ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS:

MUDANÇA DO CLIMA E ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS: MUDANÇA DO CLIMA E ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS: INVENTEARIOS DE EMISSÕES E METODOLOGIAS Carlos Henrique Delpupo 28 / 05 / 2010 CONTEÚDO 1.Visão geral 2. Inventário de Emissões 4. Mercado de carbono 5. Riscos

Leia mais

13º SEMINÁRIO DE SEGURANÇA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL 2º SEMINÁRIO DA QUALIDADE

13º SEMINÁRIO DE SEGURANÇA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL 2º SEMINÁRIO DA QUALIDADE 13º SEMINÁRIO DE SEGURANÇA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL 2º SEMINÁRIO DA QUALIDADE O PLANEJAMENTO COMO FERRAMENTA DE PREVENÇÃO DE PERDAS E OTIMIZAÇÃO DE RESULTADOS Alternativas para a

Leia mais

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Outubro/2011 Temas de Interesse Meio Ambiente Ações Sociais / Projetos Sociais / Programas Sociais Sustentabilidade / Desenvolvimento

Leia mais

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias Sustentabilidade no Grupo Boticário Atuação com a Rede de Franquias Mais de 6.000 colaboradores. Sede (Fábrica e Escritórios) em São José dos Pinhais (PR) Escritórios em Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Leia mais

O Desafio da Sustentabilidade no Setor Petroquímico

O Desafio da Sustentabilidade no Setor Petroquímico Seminário Nacional de Gestão Sustentável nos Municípios Relato de Experiências O Desafio da Sustentabilidade no Setor Petroquímico Porto Alegre, 28 de Março de 2008 Roteiro Empresa Cenários Conceitos Dimensão

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras 2010 Declaração Nós, das Empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável das áreas onde atuamos e

Leia mais

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013 SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX Agosto 2013 ESTRATÉGIA EM SUSTENTABILIDADE Visão Uma estratégia de sustentabilidade eficiente deve estar alinhada com o core business da empresa

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

Financial Services. Precisão competitiva. Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros

Financial Services. Precisão competitiva. Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros Financial Services Precisão competitiva Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros Nossa experiência na indústria de seguros A indústria de seguros vem enfrentando

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA E SUSTENTABILIDADE

GESTÃO FINANCEIRA E SUSTENTABILIDADE GESTÃO FINANCEIRA E SUSTENTABILIDADE PEDRO SALANEK FILHO Administrador de Empresas Pós-Graduado em Finanças MBA em Gestão Executiva Mestre em Organização e Desenvolvimento Educador e Diretor Executivo

Leia mais

A atuação da Cemig em Sustentabilidade Empresarial

A atuação da Cemig em Sustentabilidade Empresarial A atuação da Cemig em Sustentabilidade Empresarial Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig Superintendência de Sustentabilidade Empresarial Adiéliton Galvão de Freitas Presença em 19 estados brasileiros

Leia mais

Análise e qualificação do gasto público: a experiência do projeto Cota Base Zero no RS

Análise e qualificação do gasto público: a experiência do projeto Cota Base Zero no RS Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul Tesouro do Estado Divisão de Programação Orçamentária Análise e qualificação do gasto público: a experiência do projeto Cota Base Zero no RS Outubro

Leia mais

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social Características essenciais de Responsabilidade Social Incorporação por parte da organização de considerações sociais e ambientais nas suas decisões tornando-se

Leia mais

7ª Conferência Municipal Produção Mais Limpa Cidade de São Paulo. São Paulo, 21 de Maio 2008. Maria Luiza Barbosa

7ª Conferência Municipal Produção Mais Limpa Cidade de São Paulo. São Paulo, 21 de Maio 2008. Maria Luiza Barbosa 7ª Conferência Municipal Produção Mais Limpa Cidade de São Paulo São Paulo, 21 de Maio 2008 Maria Luiza Barbosa Responsabilidade Social Projetos desenvolvidos pela UNICA Instituto Banco Mundial Programa

Leia mais

Comunicação Institucional Visão de Futuro

Comunicação Institucional Visão de Futuro Comunicação Institucional Visão de Futuro Organograma Presidente Comunicação Institucional Assistente Imagem Corporativa e Marcas Comitê Estratégico Imprensa Planejamento e Gestão Atendimento e Articulação

Leia mais

Pequenas Empresas na Cadeia de Valor Sustentável. Vitor Meniconi Outubro / 2007

Pequenas Empresas na Cadeia de Valor Sustentável. Vitor Meniconi Outubro / 2007 Pequenas Empresas na Cadeia de Valor Sustentável Vitor Meniconi Outubro / 2007 Panorama mundial O mundo desigual : - PIB dos EUA = 400 vezes o da Etiópia; - Expectativa de vida na Suazilândia < 30 anos;

Leia mais

Governança como porta de entrada para fatores ESG

Governança como porta de entrada para fatores ESG Governança como porta de entrada para fatores ESG Carlos Eduardo Lessa Brandão celb@iname.com São Paulo, 29 de abril de 2014 Conteúdo Governança, estratégia e sustentabilidade ESG e valor ESG: desafios

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

Diretrizes para Relato de Sustentabilidade GRI Medição, monitoramento, prestação de contas e mudanças positivas

Diretrizes para Relato de Sustentabilidade GRI Medição, monitoramento, prestação de contas e mudanças positivas Diretrizes para Relato de Sustentabilidade GRI Medição, monitoramento, prestação de contas e mudanças positivas Fiesp 11/06/15 O que é a GRI? Organização internacional sem fins lucrativos sediada na Holanda

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS SUSTENTABILIDADE E M P R E S A R I A L Política de Sustentabilidade Empresarial das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras,

Leia mais

Sustentabilidade em seguros: oportunidades e riscos

Sustentabilidade em seguros: oportunidades e riscos Sustentabilidade em seguros: oportunidades e riscos Adriana Boscov Superintendente de Sustentabilidade Empresarial SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos QUAL A RELAÇÃO DE SUSTENTABILIDADE COM

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL 1. INTRODUÇÃO: O Banco Pottencial, considera a gestão de riscos como um instrumento essencial para maximização da eficiência no uso do capital e para escolha

Leia mais

Desenvolve Minas. Modelo de Excelência da Gestão

Desenvolve Minas. Modelo de Excelência da Gestão Desenvolve Minas Modelo de Excelência da Gestão O que é o MEG? O Modelo de Excelência da Gestão (MEG) possibilita a avaliação do grau de maturidade da gestão, pontuando processos gerenciais e resultados

Leia mais

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo INTRODUÇÃO O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia desenvolvida para traduzir, em termos operacionais, a Visão e a Estratégia das organizações

Leia mais

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS do conteúdo dos Indicadores Ethos com outras iniciativas Com a evolução do movimento de responsabilidade social e sustentabilidade, muitas foram as iniciativas desenvolvidas

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

5º ESTUDO DE SUSTENTABILIDADE

5º ESTUDO DE SUSTENTABILIDADE 5º ESTUDO DE SUSTENTABILIDADE UMA VISÃO DE MERCADO SOBRE OS INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE NAS ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIOS 14 / 15 Sumário Prefácio 5 Sumário executivo 6 Aspectos gerais 8 Estratégia de negócios

Leia mais

A RESPONSABILIDADE SOCIAL INTEGRADA ÀS PRÁTICAS DA GESTÃO

A RESPONSABILIDADE SOCIAL INTEGRADA ÀS PRÁTICAS DA GESTÃO A RESPONSABILIDADE SOCIAL INTEGRADA ÀS PRÁTICAS DA GESTÃO O que isto tem a ver com o modelo de gestão da minha Instituição de Ensino? PROF. LÍVIO GIOSA Sócio-Diretor da G, LM Assessoria Empresarial Coordenador

Leia mais

5º Workshop Planejamento Estratégico UFAM

5º Workshop Planejamento Estratégico UFAM 5º Workshop Planejamento Estratégico UFAM Oficina 2 Grupo G1 28/01/2015 SUMÁRIO Abertura Matriz SWOT Perspectivas do BSC e Objetivos Estratégicos Mapa Estratégico Vetores Formulação Estratégica Abertura

Leia mais

CESA Comitê de Advocacia Comunitária e Responsabilidade Social Questões de Consumidores Junho, 2010.

CESA Comitê de Advocacia Comunitária e Responsabilidade Social Questões de Consumidores Junho, 2010. CESA Comitê de Advocacia Comunitária e Responsabilidade Social Questões de Consumidores Junho, 2010. Introdução Objetivos: - Elaborar o Guia do Advogado Sustentável (Boas Práticas de Responsabilidade Socioambiental

Leia mais

Michel Epelbaum ellux consultoria

Michel Epelbaum ellux consultoria Michel Epelbaum ellux consultoria 70 s e 80 s: controle e auditorias ambientais 1987: Relatório Brundtland 1991: ICC - Carta Empr. p/ o Des. Sust. 1992: ECO 92 Agenda 21 1992: WBCSD conceito de eco-eficiência

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA DAS DISCIPLINAS 2014.1 BRUSQUE (SC) 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 FUNDAMENTOS EM SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO...

Leia mais

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg Valores & Princípios Grupo Freudenberg C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o Nossos Princípios & Conduta e Comportamento 3 Os Nossos Princípios e o documento de

Leia mais

1º Congresso Alianças Sociais Responsabilidade Social Corporativa em prol da Sustentabilidade

1º Congresso Alianças Sociais Responsabilidade Social Corporativa em prol da Sustentabilidade 1º Congresso Alianças Sociais Responsabilidade Social Corporativa em prol da Sustentabilidade Curitiba 30 de outubro de 2012 Agenda Sustentabilidade: Várias Visões do Empresariado Desenvolvimento sustentável;

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. Código de Ética. Nossos Valores na prática.

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. Código de Ética. Nossos Valores na prática. CÓDIGO DE ÉTICA Introdução Nossos Valores Artigo 1º Premissa Artigo 2º Objetivos e Valores Artigo 3º Sistema de Controle Interno Artigo 4º Relação com os Stakeholders / Partes Interessadas 4.1 Acionistas

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2017 COOPERATIVISMO: QUEM MOVIMENTA SÃO AS PESSOAS

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2017 COOPERATIVISMO: QUEM MOVIMENTA SÃO AS PESSOAS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2017 COOPERATIVISMO: QUEM MOVIMENTA SÃO AS PESSOAS MENSAGEM DO PRESIDENTE O cooperativismo vive seu momento de maior evidência. O Ano Internacional das Cooperativas, instituído

Leia mais

INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: O

INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: O IV Simpósio sobre Gestão Empresarial e Sustentabilidade: Negócios Sociais e seus Desafios 24 e 25 de novembro de 2015 Campo Grande-MS Universidade Federal do Mato Grosso do Sul INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Sumário 1 APRESENTAÇÃO...3 2 LINHAS GERAIS...4. 2.1. Diretrizes Básicas... 4 2.3. Objetivos... 4 2.4. Público-Alvo... 4

Sumário 1 APRESENTAÇÃO...3 2 LINHAS GERAIS...4. 2.1. Diretrizes Básicas... 4 2.3. Objetivos... 4 2.4. Público-Alvo... 4 Planejamento Estratégico do Sindicato Caderno de Orientações para Outubro de 2008 Sumário 1 APRESENTAÇÃO...3 2 LINHAS GERAIS...4 2.1. Diretrizes Básicas... 4 2.3. Objetivos... 4 2.4. Público-Alvo... 4

Leia mais

Balanced Scorecard INTRODUÇÃO

Balanced Scorecard INTRODUÇÃO Balanced Scorecard Transformando a teoria em prática Nairson de Oliveira Drª Rosemeire Guzzi Sampaulo INTRODUÇÃO Somente 10% das empresas conseguem executar suas estratégias Fortune Na maioria dos fracassos

Leia mais

Disciplinas Fundamentais 2009 (2º quadrimestre)

Disciplinas Fundamentais 2009 (2º quadrimestre) Disciplinas Fundamentais 2009 (2º quadrimestre) Aplicações da Estatística na Transmitir conceitos e técnicas de gestão de projetos, relevantes desde a concepção, desenvolvimento e entrega dos resultados

Leia mais

Empresas e as mudanças climáticas

Empresas e as mudanças climáticas Empresas e as mudanças climáticas O setor empresarial brasileiro, por meio de empresas inovadoras, vem se movimentando rumo à economia de baixo carbono, avaliando seus riscos e oportunidades e discutindo

Leia mais

1 Driven to excellence

1 Driven to excellence Driven to excellence QUEM SOMOS Sobre a Upsoul Driven to excellence A Upsoul trabalha de forma criativa e objetiva, oferecendo as melhores soluções em consultoria para você e sua empresa. Com uma equipe

Leia mais

Sustentabilidade: mapeamento, engajamento e envolvimento de partes interessadas

Sustentabilidade: mapeamento, engajamento e envolvimento de partes interessadas Sustentabilidade: mapeamento, engajamento e envolvimento de partes interessadas Campinas, 24 de junho de 2015 Fernando Penedo Fundador e Sócio Diretor da Baobá Práticas Sustentáveis. Possui 14 anos de

Leia mais

Crescimento global da consciência socioambiental

Crescimento global da consciência socioambiental Programa de Sustentabilidade Bunge 1. Contextualização Crescimento global da consciência socioambiental Sociedade Importância do tema Estruturação e articulação das entidades civis Pressões comerciais

Leia mais

Gestão do Conhecimento

Gestão do Conhecimento Gestão do Conhecimento Como mensurar resultados da Gestão do Conhecimento Atualmente, o que mais agrega valor... Os valores intangíveis que agregam valor a maioria dos produtos e serviços são baseados

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Módulo 2 Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Origem do BSC Cenário Competitivos CONCORRENTE A CONCORRENTE C VISÃO DE FUTURO ESTRATÉGIA

Leia mais

Responsabilidade Social Relatório de Sustentabilidade Prestação de Contas

Responsabilidade Social Relatório de Sustentabilidade Prestação de Contas Responsabilidade Social Relatório de Sustentabilidade Prestação de Contas 19ª Audiência de Sustentabilidade RESPONSABILIDADE SOCIAL SABESP A Responsabilidade Social é uma das 3 vertentes da Sustentabilidade......

Leia mais

Organização, Processos e Tomada de Decisão

Organização, Processos e Tomada de Decisão Organização, Processos e Tomada de Decisão Planejamento e Programação na Administração Pública Administração Estratégica Elaboração e Gestão de Projetos 59 Empreendedorismo Governamental Um plano de gestão

Leia mais

Seminário Ambientronic

Seminário Ambientronic Seminário Ambientronic 27/04/2011 11.06.2010 Perfil da Empresa PERFIL Empresa de Tecnologia 100% nacional, controlada pelo Grupo Itaúsa Mais de 30 anos de presença no mercado brasileiro Possui 5.891 funcionários

Leia mais

EDITAL CHAMADA DE CASOS PARA PARTICIPAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS INICIATIVAS INOVADORAS PARA SUSTENTABILIDADE EM DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA

EDITAL CHAMADA DE CASOS PARA PARTICIPAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS INICIATIVAS INOVADORAS PARA SUSTENTABILIDADE EM DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA EDITAL CHAMADA DE CASOS PARA PARTICIPAÇÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS INICIATIVAS INOVADORAS PARA SUSTENTABILIDADE EM DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA O Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio

Leia mais

Patrocínio Apoio Parceria Institucional

Patrocínio Apoio Parceria Institucional Patrocínio Apoio Parceria Institucional Negócio sustentável e responsável é a atividade econômica orientada a para a geração de valor econômico-financeiro, ético, social e ambiental, cujos resultados são

Leia mais

Marketing/Vendas. Financeiro/Controladoria. Recursos Humanos e área Corporativa (por ex.. estratégia, comunicação) Outros

Marketing/Vendas. Financeiro/Controladoria. Recursos Humanos e área Corporativa (por ex.. estratégia, comunicação) Outros Favor indicar sua função na empresa: 54% N=107 5% 11% 2% 12% 16% P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria Recursos Humanos e área Corporativa (por ex.. estratégia, comunicação) Outros Outros:

Leia mais

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva Apresentação Aliança Consultoria José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva SOBRE A ALIANÇA Empresa fundada em 1993, através de uma parceria com a Fundação Christiano Otoni da Universidade

Leia mais

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Paulo Itacarambi SBCS08 1 Como Alcançar o Desenvolvimento Sustentável? Políticas

Leia mais

Sobre o Instituto Desenvolve T.I

Sobre o Instituto Desenvolve T.I Sobre o Instituto Desenvolve T.I A empresa Desenvolve T.I foi fundada em 2008, em Maringá, inicialmente focando a sua atuação em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação e atendendo

Leia mais

- 1 - Paulo: IBGC, 2009.

- 1 - Paulo: IBGC, 2009. 1. TEMA CENTRAL: GOVERNANÇA ORGANIZACIONAL 1.1. Noções introdutórias A Governança Organizacional é o sistema pelo qual as organizações são conduzidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo o relacionamento

Leia mais

A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você

A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você A Escola A Escola Superior de Redes da RNP privilegia um ensino totalmente prático. Os laboratórios são montados de forma

Leia mais

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Dezembro/2011 Instrumentos da Política SocioAmbiental Linhas de Instituições Financiamento participantes da pesquisa Participação de

Leia mais

SGI, SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO. INTEGRANDO SGA, SGQ, SGRS E OHSAS EM BUSCA DA SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA.

SGI, SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO. INTEGRANDO SGA, SGQ, SGRS E OHSAS EM BUSCA DA SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA. SGI, SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO. INTEGRANDO SGA, SGQ, SGRS E OHSAS EM BUSCA DA SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA. Felippe Pires de Araujo, Paulo R. C. Leone n Universidade do Vale do Paraíba/Faculdade de Engenharias,

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

Sustentabilidade Corporativa

Sustentabilidade Corporativa Sustentabilidade Corporativa Painel II: O Mercado e a Sustentabilidade Empresarial O Novo Paradigma de Atuação Empresarial F U N D A Ç Ã O B R A S I L E I R A P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O S

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. Guia Básico do Proponente 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: CONCEITOS GERAIS E BSC. Antonieta E. M. Oliveira antonieta.oliveira@fgv.br

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: CONCEITOS GERAIS E BSC. Antonieta E. M. Oliveira antonieta.oliveira@fgv.br AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: CONCEITOS GERAIS E BSC Antonieta E. M. Oliveira antonieta.oliveira@fgv.br INTRODUÇÃO Histórico dos indicadores de desempenho BSC (e ferramentas semelhantes) BSC no setor sistema

Leia mais