Questionário Para Seguro de Rebanho Ovinos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questionário Para Seguro de Rebanho Ovinos"

Transcrição

1 Questionário Para Seguro de Rebanho Ovinos 1 - Propriedade: Proprietário: Profissão: Telefone: Nome da Fazenda: Endereço da Fazenda: Roteiro de acesso completo: Confrontações: Norte: Sul: Leste: Oeste: Área real (ha): Ônus/gravames:

2 O seguro se destina: A todas as categorias de animais; As matrizes das propriedade; Aos machos reprodutores; Aos borregos em terminação; As borregas em terminação; Qual o sistema de criação utilizado; Caso seja utilizado um tipo para cada categoria, mencionar quais: Extensivo; Categoria: Semi-intensivo; Categoria: Intensivo confinado; Categoria: Intensivo a pasto; Categoria: Qual a raça utilizada na criação: Reprodutores: Matrizes: Cordeiros: Quais as instalações abaixo estão presente na propriedade? Caso haja, mencionar capacidade. Aprisco coberto; Tamanho: m²; Capacidade de animais; Aprisco descoberto; Tamanho: m²; Capacidade de animais; Curral de Manejo: Tamanho m²; Balança de Pesagem; No aprisco, qual o tipo de cerca utilizado: Parede de alvenaria; Cerca de madeira; Quantas réguas possui ; Cerca do tipo alambrado; Cerca do tipo arame liso; Quantos fios possui ; Cerca do tipo arame farpado; Quantos fios possui ; Cerca do tipo elétrica; Quantos fios possui ; Outros; Descreva:. Sistema de Criação: Qual o tipo de cerca utilizado nas pastagens (considerar cercas internas e externas): Cerca de madeira; Quantas réguas possui ; Cerca do tipo alambrado; Cerca do tipo arame liso; Quantos fios possui ; Cerca do tipo arame farpado; Quantos fios possui ; Cerca do tipo elétrica; Quantos fios possui ; Outros; Descreva:.

3 Qual é o manejo de pastagem da propriedade: Pastejo continuo; Pastejo rotacionado; Quais são as espécies de forrageiras utilizadas como pastagem: ANIMAIS Rebanho Ovinos Total da propriedade (100% dos animais). Discriminação Raça N de animais Valor (R$) Reprodutores Ovelhas Borregos Borregas Total Índices zootécnicos Partos/Matriz/Ano Natalidade (cria/matriz/ano) Intervalo entre partos (dias) Mortalidade nascimento/desmama Mortalidade desmama/abate Mortalidade adultos Idade de desmame Idade de abate Idade de acasalamento Peso ao abate Como é feita a identificação individual dos animais: Brincos; Colar com numeração; Tatuagem; Local da tatuagem:. Rebanho Ovinos Parcial (Vinculado ao Segurado Pecuário - %). Discriminação Reprodutores Ovelhas Borregos Borregas Total Peso médio (kg) N de animais Valor (R$) Idade média (meses)

4 MANEJO Quantos funcionários estão ligados diretamente ao manejo dos animais? Descreva o numero e as funções. Tem-se o auxilio de outros animais ou maquinas para o trabalho com os animais? Descreva. Como é a obtenção e o fornecimento de água aos animais? PARA OS SISTEMAS Possui estação de monta? ( ) Sim; Como é desenvolvido? ( ) Não. Qual o período da estação de monta? Qual a relação de machos x matrizes na estação de monta: Faz o confinamento de quais categorias? Qual o tempo de confinamento? Os animais confinados também vão a pasto? Qual é a área do confinamento? Quantos animais estão alojados no confinamento? Os animais estão divididos em lotes? Se sim, qual o critério? É realizado algum manejo de pastagem? Qual o tipo de forrageira existente?

5 Como é feita a limpeza do aprisco? Com qual freqüência? Qual é o alimento fornecido aos animais, confinados ou não? Tem-se o fornecimento de ração aos animais? Se sim, esta é comprada ou produzida na propriedade? Qual a formulação e componentes? Faz armazenamento de grãos para o fornecimento aos animais? Quais os grãos? Como são armazenados? Qual é o alimento volumoso fornecido aos animais? É comprado ou produzido na propriedade? Qual o tipo? Como é realizado o manejo de alimentação? Freqüência de fornecimento diário? Tabela pastagem Pasto cultura Área (ha) Leguminosa Dias de ocupação Dias de descanso Possui Capineiras? Espécie? Área? Possui silo? Tipo? Espécie? Capacidade (kg); Como é o fornecimento de sal mineral? Compra ou fabrica o sal mineral? Caso compre, qual a marca? Caso fabrique, qual é a formulação? Possui médico veterinário que presta serviço? Nome e telefone. Há quanto tempo? Qual a freqüência de visitas a propriedade? O M.V. presta serviços para outras atividades na propriedade?

6 Faz-se a necropsia de animais mortos na propriedade? Quais as ultimas causas de morte detectados na propriedade? Já houve o caso de morte por ataque por predadores? Qual o predador? Qual freqüência destes acontecimentos? Os ataques foram no pasto ou no aprisco? Já houve casos de intoxicação por cobre? Qual a freqüência? Já houve casos de linfadenite caseosa? Ocorreu morte? Com que freqüência? Já houve caso de fotossensibilização? Ocorreu morte? Com que freqüência? Como é desenvolvido o programa de vermifugação? Quais os critérios para os animais serem vermifugados? Quais as categorias vermifugadas? Descreva o todo o programa realizado no período de um ano. Quais as bases utilizadas para a vermifugação? Como é feita a alternância de bases (de quanto em quanto tempo)? Índice de mortalidade anual por verminose:

7 Descrição sobre o manejo de vacinação: Doença Raiva Carbúnculo Sintomático (manqueira) Gangrena Gasosa Enterotoxemia Tetano Polivalente (Clostridium) Leptospirose Outra Descrição Data Carimbo e assinatura do Veterinário VERDE RURAL ADM. E CORRETORA DE SEGUROS S/S LTDA RUA SANTA CATARINA, 193 SALA 21 FONE / FAX: LONDRINA PR Contatos: ARNALDO COELHO DO AMARAL FILHO

financeira na ovinocultura de corte

financeira na ovinocultura de corte Gestão e análise financeira na ovinocultura de corte Djalma de Freitas Zootecnista Doutor em Produção Animal Diretor Técnico PlanGesPec ProOvinos SENAR/FAMASUL Campo Grande/MS junho/2012 Objetivos Pensar

Leia mais

Sistemas de produção e Índices zootécnicos. Profª.: Valdirene Zabot

Sistemas de produção e Índices zootécnicos. Profª.: Valdirene Zabot Sistemas de produção e Índices zootécnicos Profª.: Valdirene Zabot O que é uma CADEIA? É um conjunto de elos onde cada um depende dos demais. Na cadeia de produção da carne e do couro, o bovino é ó elo

Leia mais

SANTA INÊS: Uma boa alternativa para a produção intensiva de carne de cordeiros na região Sudeste

SANTA INÊS: Uma boa alternativa para a produção intensiva de carne de cordeiros na região Sudeste SANTA INÊS: Uma boa alternativa para a produção intensiva de carne de cordeiros na região Sudeste INTRODUÇÃO Mauro Sartori Bueno Eduardo Antonio da Cunha Luiz Eduardo dos Santos Cecília José Veríssimo

Leia mais

INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de

INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de d e b e z e r r o d e c o r t e INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de produção. As técnicas utilizadas

Leia mais

Instalações para pequenos ruminantes. Profª Maiana Visoná de Oliveira

Instalações para pequenos ruminantes. Profª Maiana Visoná de Oliveira Instalações para pequenos ruminantes Profª Maiana Visoná de Oliveira Sistemas de criação Irão influenciar diretamente as instalações; Extensivo Semi - extensivo Intensivo Aprisco Bem estar Viabilidade

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA UNIDADE DE PRODUÇÃO FAMILIAR UPF

DIAGNÓSTICO DA UNIDADE DE PRODUÇÃO FAMILIAR UPF MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DA AGRICULTURA FAMILIAR DIAGNÓSTICO DA UNIDADE DE PRODUÇÃO FAMILIAR UPF Entidade/Empresa Nº Contrato 1. DADOS DO BENEFICIÁRIO: Nome: ; Nº da DAP: ; Situação:

Leia mais

Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br

Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br QUEM SOMOS Localizada em Montes Claros, norte de Minas Gerais, a BIOCAMPO Assistência Veterinária foi fundada em 2010 e atua na área de Reprodução Bovina.

Leia mais

PROJETO PECUÁRIO A EQUIPE DEVERÁ DEFENDER SUA A PROPOSTA NA APRESENTAÇÃO!

PROJETO PECUÁRIO A EQUIPE DEVERÁ DEFENDER SUA A PROPOSTA NA APRESENTAÇÃO! PROJETO PECUÁRIO IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE Nome: Sr. João das Rosas PROPOSTA DE FINANCIAMENTO (por ano) Finalidade : Custeio Pecuário - O cálculo do valor proposto deve ser com base no número de animais

Leia mais

FAZENDA SANTA LUZIA. Maurício Silveira Coelho HISTÓRICO

FAZENDA SANTA LUZIA. Maurício Silveira Coelho HISTÓRICO FAZENDA SANTA LUZIA Maurício Silveira Coelho Medico Veterinário CRMV MG 2352 Fazenda Santa Luzia PASSOS/MG E-mail mauricio@josecaboverde.com.br HISTÓRICO Proprietário: José Coelho Vítor e filhos Localização:

Leia mais

ONG AIAS Caprinos & Ovinos

ONG AIAS Caprinos & Ovinos Infra-estrutura Embrapa Caprinos Sistemas de Produção, No. 01 ISSN 9999-9999 Versão Eletrônica Jun/2005 A infra-estrutura de um sistema de produção de carne caprina e ovina para a região Nordeste envolve

Leia mais

Diferimento de pastagens para animais desmamados

Diferimento de pastagens para animais desmamados Diferimento de pastagens para animais desmamados Marco Antonio Alvares Balsalobre Eng. Agrônomo doutor em Ciência Animal e Pastagens Diretor de Produto da Bellman Nutrição Animal LTDA Mirella Colombo Moscardini

Leia mais

Profa. Dra. Alda Lúcia Gomes Monteiro Disciplina de Ovinocultura 2013

Profa. Dra. Alda Lúcia Gomes Monteiro Disciplina de Ovinocultura 2013 INSTALAÇÕES PARA OVINOS Profa. Dra. Alda Lúcia Gomes Monteiro Disciplina de Ovinocultura 2013 Temperaturas e ZCT Cordeiros TCI 6oC ; TCS 34oC ; ZCT 25 a 30oC (Baêta e Souza,1997) Ovinos adultos TCI -20

Leia mais

COMO INICIAR UMA CRIAÇÃO DE OVINOS

COMO INICIAR UMA CRIAÇÃO DE OVINOS COMO INICIAR UMA CRIAÇÃO DE OVINOS Cristiane Otto de Sá 1 e José Luiz de Sá 2 1. QUE TIPO DE PESSOA TEM VOCAÇÃO PARA CRIAR OVINOS O ovino foi um dos primeiros animais a ser domesticado pelo homem. Após

Leia mais

AJES - FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DO VALE DO JURUENA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

AJES - FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DO VALE DO JURUENA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS AJES - FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DO VALE DO JURUENA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CUSTO DE PRODUÇÃO DO GADO DE CORTE FAZENDA ÁGUA DA SERRA JUINA/2013 AJES - FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Leia mais

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL Empresa Júnior de Nutrição de Ruminantes NUTRIR FCA-UNESP-FMVZ INTRODUÇÃO CONCEITOS BÁSICOS CENÁRIO DADOS MERCADO DO BOI CONSIDERAÇÕES FINAIS CONCEITOS BÁSICOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA AMANDA PEREIRA LEAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA AMANDA PEREIRA LEAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA AMANDA PEREIRA LEAL SISTEMA DE PRODUÇÃO DE OVINOS DE CORTE DA FAZENDA SANTA LÚCIA Boa Vista - RR 2013 AMANDA

Leia mais

Ciclo pecuário. Comportamento de preços

Ciclo pecuário. Comportamento de preços Comportamento de preços... Continuação da aula anterior 3 fenômenos de preço Sazonalidade: seca e águas / safra entre safra Ciclo da pecuária: Flutuação de preços que ocorre periodicamente na comercialização

Leia mais

Manual. do Produtor. de bezerro de corte

Manual. do Produtor. de bezerro de corte Manual do Produtor de bezerro de corte INTRODUÇÃO 02 A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracterizase como um período fundamental no processo de produção. As técnicas

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Exatas e Ambientais Curso de Agronomia Disciplina: Bovinos de corte

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Exatas e Ambientais Curso de Agronomia Disciplina: Bovinos de corte Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Exatas e Ambientais Curso de Agronomia Disciplina: Bovinos de corte Profª. Valdirene Zabot Zootecnista Brasil: mercado e comercialização LONGO

Leia mais

Nutrição e alimentação de ovinos. Profª Drª Alda Lúcia Gomes Monteiro 2013

Nutrição e alimentação de ovinos. Profª Drª Alda Lúcia Gomes Monteiro 2013 Nutrição e alimentação de ovinos Profª Drª Alda Lúcia Gomes Monteiro 2013 EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS PARA OVINOS Tabelas de Exigências Nutricionais: NRC 1985 Primeira tabela de exigências nutricionais para

Leia mais

ÍNDICE MITSUISAL A SUA NOVA OPÇÃO COM QUALIDADE

ÍNDICE MITSUISAL A SUA NOVA OPÇÃO COM QUALIDADE ÍNDICE Suplementos minerais pronto para uso Mitsuisal 40 - Bovinos de corte Mitsuisal 60 - Bovinos de corte Mitsuisal 65 - Bovinos de corte Mitsuisal 80 - Bovinos de corte Mitsuisal 88 - Bovinos de corte

Leia mais

PADS 2013 PROVA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO SENEPOL 2013

PADS 2013 PROVA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO SENEPOL 2013 PADS 2013 PROVA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO SENEPOL 2013 1. Introdução A PADS 2013, a ser promovida e organizada pelo Núcleo de Melhoramento da Raça Senepol sob supervisão técnica do GENEPLUS - Programa

Leia mais

1 - Qual o significado do registro genealógico para o melhoramento das raças de gado de corte?

1 - Qual o significado do registro genealógico para o melhoramento das raças de gado de corte? Dicas e Dúvidas 1 - Qual o significado do registro genealógico para o melhoramento das raças de gado de corte? O principal objetivo do registro genealógico é possibilitar o fornecimento de pedigrees corretos

Leia mais

Importância das Vacinas inativadas contra Clostridioses

Importância das Vacinas inativadas contra Clostridioses Importância das Vacinas inativadas contra Clostridioses Introdução As clostridioses são consideradas as maiores causas de mortes em bovinos no Brasil, seguidas das intoxicações causadas por plantas tóxicas

Leia mais

SUPLEMENTAÇÃO DE BEZERROS DE CORTE

SUPLEMENTAÇÃO DE BEZERROS DE CORTE SUPLEMENTAÇÃO DE BEZERROS DE CORTE Nos primeiros meses de vida os bezerros obtêm grande parte dos nutrientes de que precisa do leite materno, que é de fácil digestão para o animal que ainda é jovem. Em

Leia mais

CONTROLE DE DOENÇAS E VERMINOSES EM OVINOS ASSOCIADAS A DIFERENTES ESTAÇÕES DO ANO

CONTROLE DE DOENÇAS E VERMINOSES EM OVINOS ASSOCIADAS A DIFERENTES ESTAÇÕES DO ANO CONTROLE DE DOENÇAS E VERMINOSES EM OVINOS ASSOCIADAS A DIFERENTES ESTAÇÕES DO ANO FEIPECUS/2006 São Carlos/SP Paulo Francisco Domingues Prof. Paulo Francisco Domingues Departamento de Higiene Veterinária

Leia mais

O APL da. Ovinocaprinocultura Granito-PE

O APL da. Ovinocaprinocultura Granito-PE O APL da Ovinocaprinocultura Granito-PE Nível de Organização Comissão Estadual de Caprinovinocultura da FAEPE Fórum da Ovinocaprinocultura do Araripe ACOCAG Associação dos Criadores de Ovinos e Caprinos

Leia mais

UHE TIJUCO ALTO BLOCO III PESQUISA DAS UNIDADES DE PRODUÇÃO AGROPECUÁRIAS

UHE TIJUCO ALTO BLOCO III PESQUISA DAS UNIDADES DE PRODUÇÃO AGROPECUÁRIAS 1 NDF UPA Item (C) do BLOCO I {NDF + (A) 0 + (B)} Nº do Imóvel NDF (A) 0 (B) Entrevistador Data / / Município Estado UHE TIJUCO ALTO BLOCO III PESQUISA DAS UNIDADES DE PRODUÇÃO AGROPECUÁRIAS 1. Caracterizar

Leia mais

III CURSO DE GESTÃO AGROECONÔMICA. EM PECUÁRIA DE CORTE: confinamento e terceirização

III CURSO DE GESTÃO AGROECONÔMICA. EM PECUÁRIA DE CORTE: confinamento e terceirização III CURSO DE GESTÃO AGROECONÔMICA EM PECUÁRIA DE CORTE: confinamento e terceirização RESULTADOS DO CONFINAMENTO DA COPLACANA EM 2.008 E PERSPECTIVAS PARA O FUTURO Ari José Fernandes Lacôrte Engenheiro

Leia mais

AGROECONÔMICA CONSULTORIA MEIO AMBIENTE E PECUÁRIA

AGROECONÔMICA CONSULTORIA MEIO AMBIENTE E PECUÁRIA PASTAGENS: INTENSIDADE DE MANEJO E ADEQUAÇÃO ESTRATÉGICA. O que mais impressiona na nossa pecuária de corte é a possibilidade de um uso bastante conveniente e de baixo custo das pastagens. O Brasil, um

Leia mais

ESTUDO BRA 2015. Estudo de Caso sobre os Projetos Pilotos de Boas Práticas Pecuárias no Cerrado e Pantanal

ESTUDO BRA 2015. Estudo de Caso sobre os Projetos Pilotos de Boas Práticas Pecuárias no Cerrado e Pantanal ESTUDO BRA 2015 Estudo de Caso sobre os Projetos Pilotos de Boas Práticas Pecuárias no Cerrado e Pantanal Organização Fabio Ramos Coordenação editorial e entrevistas Fabio Ramos Revisão de textos Thaís

Leia mais

ABC. da Agricultura Familiar. Criação de caprinos e ovinos

ABC. da Agricultura Familiar. Criação de caprinos e ovinos ABC da Agricultura Familiar Criação de caprinos e ovinos Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Informação Tecnológica Embrapa Caprinos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar

Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar ISSN 0103-376X Setembro, 2006 Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar 57 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

Comunicado Técnico 01

Comunicado Técnico 01 Comunicado Técnico 01 Sistema Intensivo de Suínos Criados ao Ar Livre (Siscal) Instruções Técnicas para Implantação. Responsável: Evandro José Rigo Zootecnista; MSc. Produção Animal; Professor FAZU evandro@fazu.br

Leia mais

CRUZAMENTOS NA OVINOCULTURA TROPICAL. PRÍNCIPIOS, PRÁTICAS E RECOMENDAÇÕES

CRUZAMENTOS NA OVINOCULTURA TROPICAL. PRÍNCIPIOS, PRÁTICAS E RECOMENDAÇÕES CRUZAMENTOS NA OVINOCULTURA TROPICAL. PRÍNCIPIOS, PRÁTICAS E RECOMENDAÇÕES Autor: Arnaldo Dantas B. Neto Médico Veterinário, Especialista em Gestão de Negócios, Coordenador do Programa de Melhoramento

Leia mais

AVALIAÇÃO ECONÔMICA EM SISTEMAS PECUÁRIOS DE CICLO COMPLETO NO ESTADO RIO GRANDE DO SUL

AVALIAÇÃO ECONÔMICA EM SISTEMAS PECUÁRIOS DE CICLO COMPLETO NO ESTADO RIO GRANDE DO SUL AVALIAÇÃO ECONÔMICA EM SISTEMAS PECUÁRIOS DE CICLO COMPLETO NO ESTADO RIO GRANDE DO SUL JOÃO GARIBALDI ALMEIDA VIANA; VICENTE C. P. SILVEIRA; ADRIANA FERREIRA VARGAS; UFSM SANTA MARIA - RS - BRASIL joaogaribaldi@brturbo.com.br

Leia mais

INSTRUÇÔES PARA PREENCHIMENTO

INSTRUÇÔES PARA PREENCHIMENTO INSTRUÇÔES PARA PREENCHIMENTO PROGRAMA GESTÃO DE PROPRIEDADES DE SUCESSO DE MA T O GROSSO Qual a finalidade da planilha? Hoje em dia, e no futuro cada vez mais, a realidade econômica irá exigir uma maior

Leia mais

Estado Atual e Perspectivas Técnicas T da Pecuária de Corte no Brasil

Estado Atual e Perspectivas Técnicas T da Pecuária de Corte no Brasil Universidade de São S o Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Departamento de Zootecnia Estado Atual e Perspectivas Técnicas T da Pecuária de Corte no Brasil Prof. Dr. Moacyr Corsi Eng Agro.

Leia mais

Sistemas de produção em bovinos de corte. Zootecnista José Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br

Sistemas de produção em bovinos de corte. Zootecnista José Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br Sistemas de produção em bovinos de corte. Zootecnista José Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br CLASSIFICAÇÃO NÍVEL DE TECNOLOGIA ADOTADO: extensivo, semi-extensivo, semi-intensivo e intensivo

Leia mais

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES NA PRODUÇÃO DE LEITE

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES NA PRODUÇÃO DE LEITE CALENDÁRIO DE NA PRODUÇÃO DE LEITE MÊS DE JANEIRO ALIMENTAÇÃO Pastagens perenes Diferir áreas para colher sementes ou deixar sementar as pastagens. Utilizar pastagens de verão (principalmente no sistema

Leia mais

Técnicas Aplicadas à Produção Intensiva de Leite no Projeto Balde Cheio Formação e Manejo de Pastagens

Técnicas Aplicadas à Produção Intensiva de Leite no Projeto Balde Cheio Formação e Manejo de Pastagens Técnicas Aplicadas à Produção Intensiva de Leite no Projeto Balde Cheio Formação e Manejo de Pastagens PARANÁ 71 municípios 27 extensionistas 306 propriedades assistidas SANTA CATARINA 16 municípios 04

Leia mais

06/06/2014. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate

06/06/2014. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate Considerações no pré-parto: Limpeza e desinfecção da maternidade Verificar condições do escamoteador suinesp@gmail.com Ao nascimento Secar o leitão Principalmente boca e narinas Evitar perda de T C corporal

Leia mais

INFORMATIVO. Cruzamento Industrial e suas vantagens Pág. 5

INFORMATIVO. Cruzamento Industrial e suas vantagens Pág. 5 INFORMATIVO Bauru, 21 de março 2008 nº 012 Saiba como aumentar a fertilidade em seu rebanho Pág. 2 O Informativo NOBRE desse mês, trás uma série de informações para seus leitores,sobretudo para quem deseja

Leia mais

USO DO CREEP FEEDING NA CRIAÇÃO DE OVINOS E CAPRINOS

USO DO CREEP FEEDING NA CRIAÇÃO DE OVINOS E CAPRINOS USO DO CREEP FEEDING NA CRIAÇÃO DE OVINOS E CAPRINOS José Neuman Miranda Neiva 1, Maria Andréa Borges Cavalcante 2 e Marcos Cláudio Pinheiro Rogério 3 1 Professor do Depto. de Zootecnia da Universidade

Leia mais

Site www.paulitexel.com.br Email contato@paulitexel.com.br 0800-7070512

Site www.paulitexel.com.br Email contato@paulitexel.com.br 0800-7070512 Site www.paulitexel.com.br Email contato@paulitexel.com.br 0800-7070512 AUTORAS Marcela Sene Médica Veterinária Paula Brito Médica Veterinária 19 18 Conteúdo 1. introdução... 4 2. MANEJO SANITÁRIO... 5

Leia mais

PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL.

PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL. PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL. Sérgio Tosi Cardim Médico Veterinário Mestrando em Ciência Animal CCA DMVP UEL Victor Bittencourt Dutra Tabacow Médico Veterinário Residente em Parasitologia

Leia mais

SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS PARA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE NO OUTONO: REDUÇÃO DA SAZONALIDADE DE PRODUÇÃO ASSOCIADO À SUSTENTABILIDADE

SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS PARA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE NO OUTONO: REDUÇÃO DA SAZONALIDADE DE PRODUÇÃO ASSOCIADO À SUSTENTABILIDADE SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS PARA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE NO OUTONO: REDUÇÃO DA SAZONALIDADE DE PRODUÇÃO ASSOCIADO À SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E ECONÔMICA A pequena escala de produção de

Leia mais

Instalações recicláveis construções baratas e eficientes

Instalações recicláveis construções baratas e eficientes Instalações recicláveis construções baratas e eficientes As instalações são parte importante da criação de ovinos e caprinos. A construção pode ser barata, mas tem que ser eficiente. Sua importância no

Leia mais

A visão da Indústria de Insumos. FEICORTE 22 DE JULHO 2007 Sergio Carlo Franco Morgulis ASBRAM

A visão da Indústria de Insumos. FEICORTE 22 DE JULHO 2007 Sergio Carlo Franco Morgulis ASBRAM A visão da Indústria de Insumos FEICORTE 22 DE JULHO 2007 Sergio Carlo Franco Morgulis ASBRAM Objetivos Objetivos em comum para toda a cadeia Economicamente viável Socialmente responsável Ambientalmente

Leia mais

O impacto do touro no rebanho de cria

O impacto do touro no rebanho de cria Algumas contas simples podem constatar que o touro de cria é um fator de produção de extrema relevância A realidade de mercado atual exige do pecuarista competência para se manter no negócio, e visão estratégica

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE CONSTRUÇÕES RURAIS

INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE CONSTRUÇÕES RURAIS Universidade Federal de Viçosa Centro de Ciências Agrárias Departamento de Engenharia Agrícola Área de Construções Rurais e Ambiência INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE CONSTRUÇÕES RURAIS (Unidade 2)

Leia mais

de inverno que viraram opção para o pecuarista da região para conseguir ter pasto na época da seca.

de inverno que viraram opção para o pecuarista da região para conseguir ter pasto na época da seca. CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM GUARAPUAVA/PR Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Sistemas de Produção de Leite Prof. Geraldo Tadeu dos Santos

Sistemas de Produção de Leite Prof. Geraldo Tadeu dos Santos Sistemas de Produção de Leite Prof. Geraldo Tadeu dos Santos É Exite uma grande diversidade dos sistemas de produção de leite praticados nos vários países produtores Argentina Austrália Nova Zelândia É

Leia mais

ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS LACTENTES

ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS LACTENTES ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS LACTENTES Mauro Sartori Bueno, Eduardo Antonio da Cunha, Luis Eduardo dos Santos Pesquisadores Científicos do Instituto de Zootecnia, IZ/Apta-SAA-SP CP 60, Nova Odessa-SP, CEP

Leia mais

CRIAÇÃO DE CABRAS LEITEIRAS

CRIAÇÃO DE CABRAS LEITEIRAS CRIAÇÃO DE CABRAS LEITEIRAS PRINCIPIOS E RECOMENDAÇÕES ATIVIDADE CAPRINOCULTURA LEITEIRA É UM DOS RAMOS QUE MAIS TEM SE DESENVOLVIDO NO PAÍS, SENDO UMA OPÇÃO VIÁVEL AO PEQUENO PRODUTOR DE LEITE DE VACA,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO NA PECUÁRIA DE CORTE. A idéia de projeto, em qualquer atividade econômica é bastante elástica. Em geral um projeto é

A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO NA PECUÁRIA DE CORTE. A idéia de projeto, em qualquer atividade econômica é bastante elástica. Em geral um projeto é A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO NA PECUÁRIA DE CORTE. A idéia de projeto, em qualquer atividade econômica é bastante elástica. Em geral um projeto é resultado de um estudo minucioso do ambiente onde se

Leia mais

Índice IMPLEMENTAÇÕES EFETUADAS NO MULTBOVINOS ESTOQUE DE ANIMAIS...2 MÓDULO DE CURRAL...6 MÓDULO SISBOV...10

Índice IMPLEMENTAÇÕES EFETUADAS NO MULTBOVINOS ESTOQUE DE ANIMAIS...2 MÓDULO DE CURRAL...6 MÓDULO SISBOV...10 Goiânia, Novembro de 2009. Prezado Cliente, É com grande satisfação que apresentamos uma lista contendo as implementações realizadas no MULTBOVINOS referentes aos meses de Junho a Novembro de 2009. Índice

Leia mais

Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos

Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos Professor: Aparecido Porto da Costa Disciplina: Caprinovinocultura E-mail: aparecidoport@hotmail.com Introdução Importância Produtividade do rebanho => obter sucesso

Leia mais

Confinamento de cordeiros

Confinamento de cordeiros INCT: Informação Genético-Sanitária da Pecuária Brasileira SÉRIE TÉCNICA: GENÉTICA Publicado on line em animal.unb.br em 30/09/2010 Confinamento de cordeiros Tiago do Prado Paim 1, Concepta McManus 2,3,

Leia mais

Comparação do Custo de Produção de Bovinocultura de Corte: Pasto versus Confinamento

Comparação do Custo de Produção de Bovinocultura de Corte: Pasto versus Confinamento Comparação do Custo de Produção de Bovinocultura de Corte: Pasto versus Confinamento Maiara Ricci Ziliotto Universidade de Caxias do Sul, CAMVA Cheila Silveira Universidade de Caxias do Sul, CAMVA Maria

Leia mais

Apresentação do programa; Demonstração da ferramenta;

Apresentação do programa; Demonstração da ferramenta; Programa de Gestão de Propriedades de Sucesso Cronograma: Apresentação do programa; Demonstração da ferramenta; Resultados esperados. Origem do programa: Segundo apontando no diagnóstico da cadeia produtiva

Leia mais

Instalações para Bovinos de Corte. Profa. Dra. Letícia Ane Sizuki Nociti

Instalações para Bovinos de Corte. Profa. Dra. Letícia Ane Sizuki Nociti Instalações para Bovinos de Corte Profa. Dra. Letícia Ane Sizuki Nociti Aspectos gerais As instalações adequadas facilitam o bom manejo do rebanho, devendo ser bem planejadas, projetadas e construídas,

Leia mais

Moacyr Bernardino Dias-Filho Embrapa Amazônia Oriental www.diasfilho.com.br Importância das pastagens na pecuária brasileira A maioria (> 90%) do rebanho é criado a pasto Pastagem é a forma mais econômica

Leia mais

Aspectos básicos b produtividade da indústria de ovinos da Nova Zelândia

Aspectos básicos b produtividade da indústria de ovinos da Nova Zelândia Aspectos básicos b e produtividade da indústria de ovinos da Nova Zelândia NUTRIR Novembro 2009 Jack Cocks AbacusBio Ltd, New Zealand Renata Green e Bruno Santos Áries Repr. Melh.. Gen. Ovino Ltda, Brasil

Leia mais

São aquelas que exploram a capacidade do solo por meio do. cultivo da terra, da criação de animais e da

São aquelas que exploram a capacidade do solo por meio do. cultivo da terra, da criação de animais e da 1 São aquelas que exploram a capacidade do solo por meio do cultivo da terra, da criação de animais e da transformação de determinados produtos agropecuários com vistas à obtenção de produtos que venham

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM LONDRINA/PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM LONDRINA/PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM LONDRINA/PR Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Comunicado Técnico. Investigação do manejo e do controle de verminose em criações de ovinos no Estado de São Paulo. Introdução

Comunicado Técnico. Investigação do manejo e do controle de verminose em criações de ovinos no Estado de São Paulo. Introdução Comunicado Técnico 94 ISSN 1981-206X São Carlos, SP Julho, 2010 Foto: Simone Cristina Méo Niciura Investigação do manejo e do controle de verminose em criações de ovinos no Estado de São Paulo Simone Cristina

Leia mais

Gestão de propriedades rurais

Gestão de propriedades rurais Gestão de propriedades rurais Fabiano Alvim Barbosa Médico Veterinário Doutor Produção Animal Professor - Escola de Veterinária - UFMG Setembro, 2012 Alta Floresta - MT Gestão e Planejamento A gestão empresarial

Leia mais

Agricultura: Convencional. Produto Min. Max Mais Freq. Max Freq. Freq. Freq. Freq. Freq. Pag.: 1 / 6. UNI= /kg

Agricultura: Convencional. Produto Min. Max Mais Freq. Max Freq. Freq. Freq. Freq. Freq. Pag.: 1 / 6. UNI= /kg Produto Min. Mais AVES FRANGO (+ 1.300 Kg.) AVES FRANGO (1.100-1.300 Kg.) AVES FRANGO (600-700 g.) AVES FRANGO (700-900 g.) AVES FRANGO (900 g. - 1.100 Kg.) BOVINO BOVINO BOVINO PESO BOVINO BOVINO BOVINO

Leia mais

A PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA EM CONFINAMENTO NO BRASIL BRUNO DE JESUS ANDRADE DIRETOR EXECUTIVO DA ASSOCON

A PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA EM CONFINAMENTO NO BRASIL BRUNO DE JESUS ANDRADE DIRETOR EXECUTIVO DA ASSOCON A PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA EM CONFINAMENTO NO BRASIL BRUNO DE JESUS ANDRADE DIRETOR EXECUTIVO DA ASSOCON ASSOCON Associação Nacional dos Confinadores Entidade nacional com 85 membros 21% do volume confinado

Leia mais

UNIVERISDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS DE CURITBANOS CURSO DE CIÊNCIAS RURAIS

UNIVERISDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS DE CURITBANOS CURSO DE CIÊNCIAS RURAIS UNIVERISDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS DE CURITBANOS CURSO DE CIÊNCIAS RURAIS ANÁLISE DE CUSTO DIFERENTES REGIMES ALIMENTARES DE BOVINOS DA RAÇA HEREFOD TERMINADOS EM SISTEMA DE CONFINAMENTO E SEMI-CONFINAMENTO

Leia mais

Cenários. Sistemas de Produção. para a Pecuária de Corte Amazônica

Cenários. Sistemas de Produção. para a Pecuária de Corte Amazônica Sistemas de Produção Cenários para a Pecuária de Corte Amazônica Centro de Sensoriamento Remoto e Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais Aliança da terra Virginia Tech Woods Hole

Leia mais

Informativo Técnico. Tome cuidado, seu tratamento contra o carrapato pode estar falhando!

Informativo Técnico. Tome cuidado, seu tratamento contra o carrapato pode estar falhando! Informativo Técnico Informativo Técnico N 01/Ano 01 abril de 2010 Tome cuidado, seu tratamento contra o carrapato pode estar falhando! Ivo Kohek Jr.* O carrapato do bovino (Boophilus microplus) passa a

Leia mais

Técnico. Cerca Elétrica para a Contencão Animal. üture, ISSN 7517-4077 Novembro, 2007 Macapá, AP

Técnico. Cerca Elétrica para a Contencão Animal. üture, ISSN 7517-4077 Novembro, 2007 Macapá, AP üture, mentb Técnico ISSN 7517-4077 Novembro, 007 Macapá, AP Cerca Elétrica para a Contencão Animal JI -. 0"0', Paulo Roberto de Lima Meirelles' A cerca eletrificada é um recurso utilizado nos Estados

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UnB FACULDADE UnB PLANALTINA FUP GRADUAÇÃO EM GESTÃO DO AGRONEGÓCIO CAMILA SILVA DE PAULA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UnB FACULDADE UnB PLANALTINA FUP GRADUAÇÃO EM GESTÃO DO AGRONEGÓCIO CAMILA SILVA DE PAULA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UnB FACULDADE UnB PLANALTINA FUP GRADUAÇÃO EM GESTÃO DO AGRONEGÓCIO CAMILA SILVA DE PAULA ATIVIDADES DE BOVINOCULTURA DE CORTE NA FAZENDA MOGI BRASÍLIA DF 2015 UNIVERSIDADE DE

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA PECUÁRIA LEITEIRA NAS PEQUENAS PROPRIEDADES DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1. José Roberto Alves Silvestre. Introdução

DIAGNÓSTICO DA PECUÁRIA LEITEIRA NAS PEQUENAS PROPRIEDADES DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1. José Roberto Alves Silvestre. Introdução Capítulo 10 - Pecuária leiteira nas pequenas propriedades DIAGNÓSTICO DA PECUÁRIA LEITEIRA NAS PEQUENAS PROPRIEDADES DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1 José Roberto Alves Silvestre Introdução A participação do

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

MANEJO REPRODUTIVO DA OVELHA RECOMENDAÇÕES PARA UMA PARIÇÃO A CADA 8 MESES

MANEJO REPRODUTIVO DA OVELHA RECOMENDAÇÕES PARA UMA PARIÇÃO A CADA 8 MESES MANEJO REPRODUTIVO DA OVELHA RECOMENDAÇÕES PARA UMA PARIÇÃO A CADA 8 MESES RUI DE CASTRO PILAR 1 JUAN RAMÓN O. PÉREZ 2 CRISTIANE LEAL DOS SANTOS 3 1. INTRODUÇÃO A eficiência produtiva de um rebanho ovino

Leia mais

Título Tecnologia de produção de ovinos no Ceará. Grupo de Pesquisa: Economia e Gestão do Agronegócio

Título Tecnologia de produção de ovinos no Ceará. Grupo de Pesquisa: Economia e Gestão do Agronegócio TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO DE OVINOS NO CEARÁ JOSÉ EDNILSON DE OLIVEIRA CABRAL; FRANCISCO SELMOFERNANDES ALVES; EMBRAPA SOBRAL - CE - BRASIL ednilson@cnpat.embrapa.br APRESENTAÇÃO ORAL Economia e Gestão do

Leia mais

NUTRIÇÃO DE OVELHAS GESTANTES

NUTRIÇÃO DE OVELHAS GESTANTES NUTRIÇÃO DE OVELHAS GESTANTES Acadêmicas: Caroline Wrague e Luiza P. Nunes INTRODUÇÃO: A produção ovina ocorre predominantemente em sistemas de criação extensiva no Sul do Brasil. A quantidade e qualidade

Leia mais

Sistemas de Produção em Pecuária de Corte Análise Crítica. Lívio Ribeiro Molina MSc;DSc. Escola de Veterinária - UFMG

Sistemas de Produção em Pecuária de Corte Análise Crítica. Lívio Ribeiro Molina MSc;DSc. Escola de Veterinária - UFMG Sistemas de Produção em Pecuária de Corte Análise Crítica Lívio Ribeiro Molina MSc;DSc. Escola de Veterinária - UFMG As organizações empresariais fracassam por um desses motivos: Sistema sem paixão; Paixão

Leia mais

MANEJO DE BOVINOS DE CORTE Confinamento. Prof : Ricardo Alexandre Silva Pessoa

MANEJO DE BOVINOS DE CORTE Confinamento. Prof : Ricardo Alexandre Silva Pessoa MANEJO DE BOVINOS DE CORTE Confinamento Prof : Ricardo Alexandre Silva Pessoa Julho/2013 1 Confinamento - sistema de criação onde lotes de animais são encerrados em piquetes ou currais com área restrita

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE MANEJO E SUPLEMENTAÇÃO DO PASTO SOBRE CARACTERÍSTICAS DO DOSSEL E DESEMPENHO BIOECONOMICO DE BOVINOS EM RECRIA NA SECA

ESTRATÉGIAS DE MANEJO E SUPLEMENTAÇÃO DO PASTO SOBRE CARACTERÍSTICAS DO DOSSEL E DESEMPENHO BIOECONOMICO DE BOVINOS EM RECRIA NA SECA ESTRATÉGIAS DE MANEJO E SUPLEMENTAÇÃO DO PASTO SOBRE CARACTERÍSTICAS DO DOSSEL E DESEMPENHO BIOECONOMICO DE BOVINOS EM RECRIA NA SECA Carlos Alberto Vicente Soares 1 ; Regis Luis Missio 2 1 Aluno do Curso

Leia mais

Vantagens da integração lavoura-pecuária na recuperação de pastagens degradadas

Vantagens da integração lavoura-pecuária na recuperação de pastagens degradadas Vantagens da integração lavoura-pecuária na recuperação de pastagens degradadas Armindo Neivo Kichel 1 ; José Alexandre Agiova da Costa 1 ; Roberto Giolo de Almeida 1 1 Pesquisador EMBRAPA Gado de Corte,

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE BOAS PRÁTICAS AGROPECUÁRIAS

DIAGNÓSTICO DE BOAS PRÁTICAS AGROPECUÁRIAS 1 DIAGNÓSTICO DE BOAS PRÁTICAS AGROPECUÁRIAS Número de ordem do diagnóstico Instruções para preenchimento Fique atento aos formatos de preenchimento destacados entre colchetes, em verde escuro. Eles devem

Leia mais

Quadro 1 Ganho de peso de novilhos (g / cab / d) em pastejo de forrageiras de acordo com a época do ano. ... ... ...

Quadro 1 Ganho de peso de novilhos (g / cab / d) em pastejo de forrageiras de acordo com a época do ano. ... ... ... Falar em suplementar bovinos de corte, com grãos, nas águas, normalmente é tido como antieconómico. No entanto, sabendo utilizar tal suplementação, é uma alternativa de manejo interessante que pode contribuir

Leia mais

Ovinos. O produtor pergunta, a Embrapa responde

Ovinos. O produtor pergunta, a Embrapa responde Ovinos O produtor pergunta, a Embrapa responde Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Pecuária Sul Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ovinos O produtor pergunta, a Embrapa

Leia mais

Linha completa de suplementos minerais e proteinados da Guabi.

Linha completa de suplementos minerais e proteinados da Guabi. 0090_mar10 Linha completa de suplementos minerais e proteinados da Guabi. Campinas/SP - 19. 3729 4477 Sales Oliveira/SP - 16. 3852 0011 Pará de Minas/MG - 37. 3231 7300 Além Paraíba/MG - 32. 3466 5555

Leia mais

U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O I N S T I T U T O D E F Í S I C A ESCLARECIMENTOS

U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O I N S T I T U T O D E F Í S I C A ESCLARECIMENTOS Empresa: NOVA São José ESCLARECIMENTOS 1) Conforme item 1 objeto do anexo I do Edital o objeto deste é a contratação de empresa especializada para a prestação de serviço de carga manual, transporte e destinação

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Amazônia Oriental Belém, PA 2015 CUSTOS DE IMPLANTAÇÃO DE CERCA CONVENCIONAL

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011 1 - PRODUTO: Acrílico Standard mais rendimento Natrielli. 2 - DESCRIÇÃO: É uma tinta acrílica de alto rendimento apresenta um excelente acabamento em superfícies externas e internas de alvenaria, reboco,

Leia mais

INDICADORES DE PECUÁRIA SUSTENTÁVEL GTPS

INDICADORES DE PECUÁRIA SUSTENTÁVEL GTPS INDICADORES DE PECUÁRIA SUSTENTÁVEL GTPS CRITÉRIOS OBRIGATÓRIOS I. Da obrigatoriedade do registro de todos os trabalhadores conforme CLT b. Há uma declaração assinada sobre o tema (modelo GTPS)? II. Das

Leia mais