DuPont Surfaces SUPERFÍCIES SÓLIDAS DUPONT CORIAN INSTALAÇÃO DE SUPERFÍCIES EM INTERIOES DE AMBIENTES COMERCIAIS BOLETIM TÉCNICO INTRODUÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DuPont Surfaces SUPERFÍCIES SÓLIDAS DUPONT CORIAN INSTALAÇÃO DE SUPERFÍCIES EM INTERIOES DE AMBIENTES COMERCIAIS BOLETIM TÉCNICO INTRODUÇÃO"

Transcrição

1 DuPont Surfaces SUPERFÍCIES SÓLIDAS DUPONT CORIAN INSTALAÇÃO DE SUPERFÍCIES EM INTERIOES BOLETIM TÉCNICO SUMÁRIO PÁGINA SEÇÃO 3 A. Adesivo de silicone 4 B. Limites da extensão das paredes INTRODUÇÃO Este boletim é oferecido para facilitar a instalação da superfície sólida DuPont Corian em revestimentos de paredes em interiores de ambientes empresariais. As informações necessárias para tomar decisões de projeto relacionadas com as principais características da aplicação de superfícies verticais estão resumidas na Tabela C. Cantos externos D. Cantos internos E. Alternativa para cantos internos: cantos unidos a seco 7 F. Alternativa para cantos internos: espaço de expansão coberto por arremates 10 G. Alternativa para cantos internos: Cantos preenchidos por silicone 10 H. Alternativa para cantos internos: Cantos sobrepostos com espaço de expansão 12 I. Alternativa para cantos internos: juntas adjacentes de silicone f J. Recortes K. Detalhes da linha de junção entre parede e piso L. Detalhes da linha de junção entre parede e teto M. Juntas N. Segurança Isenção de responsabilidade A DuPont é fabricante de placas do material e não trabalha na área de projetos, fabricação ou execução de instalações; também não empregamos arquitetos qualificados na arte de design. Nesse sentido, não temos a intenção de ter qualquer experiência nessa área. Consequentemente, não aprovamos nem reprovamos qualquer projeto ou design e também não assumimos qualquer responsabilidade em relação a projetos selecionados. Toda e qualquer responsabilidade por um design recai sobre o arquiteto ou designer, proprietário ou usuário, com base nas disposições contratuais que acordadas.

2 Tabela 1 Decisões de Projeto; Revestimento Vertical de Paredes em Interiores CARACTERÍSTICA Cor Espessura da placafolha de revestimento COMENTÁRIO A Superfície sólida DuPont Corian é oferecida em mais de vinte cores no Brasil. As cores podem ser consultadas em Representantes locais podem fornecer amostras e folhetos de cores. Ligue para para outras solicitações. Todos os esquemas do boletim mostram o material em uma placa de 6 mm, mas também poderia ser utilizado o material de 12 mm. Embora o material de 6 mm seja muito durável na maioria das aplicações, o de 12 mm fornecerá proteção extra contra danos causados por impacto nas áreas onde pode haver níveis elevados de avarias. Adesivo do revestimento Emendas nas paredes de revestimento Um selante de 100% silicone é sugerido para colagem das placas nas paredes. Consulte a Seção A para informações sobre a espessura do silicone e colocação. A espessura do silicone deve ser aumentada se os cantos internos tiverem emenda a seco (Veja Figura 6). Longas extensões de revestimentos com emendas a seco imperceptíveis garantem uma ótima aparência e podem facilitar a limpeza e a manutenção. No entanto, comprimentos de parede com emendas a seco precisam ser limitados de acordo com a Tabela 2, página 4, para acomodar a contração e a expansão térmicas. Juntas de silicone (Figura 10) podem ser inseridas se necessário para permitir a expansão. Detalhes em cantos externos Detalhes dos cantos internos Cantos externos podem ser feitos com emendas a seco imperceptíveis ou com junções de silicone. Consulte a Figura 3. Os limites de comprimento das paredes na Tabela 2 também se aplicam às paredes com cantos externos. Cantos internos também podem ser feitos com emendas a seco imperceptíveis ou com juntas de silicone. Os limites de comprimento para paredes com emendas a seco na Tabela 3 aplicam-se às paredes com cantos internos. O processo de decisão para cantos internos está resumido na Figura 5. Opções para cantos internos a seco são exibidas na Figura 6. Opções para cantos internos com junta de silicone aparecem nas Figuras 7 a 10. Detalhes parede/ piso Detalhes parede/ teto Opções para junta entre parede e piso aparecem nas Figuras 11a a 11d. Opções para junta entre parede e teto aparecem nas Figuras 12a a 11c. Comentários introdutórios adicionais mais aplicáveis a fabricantes/instaladores: A placa de DuPont Corian pode ser montada com emendas horizontais ou verticais em aplicações de revestimento vertical. As placas podem ser unidas com emendas de topo ou macho e fêmea. Consulte a Seção M para obter mais informações sobre juntas macho e fêmea. Para facilitar o alinhamento entre placas, é preferível ter apenas emendas verticais ou horizontais, não ambas. Portanto, para paredes longas e altas, são preferíveis emendas verticais. Desenvolva um plano geral de instalação baseado na aplicação. Deve-se ter o cuidado de montar as placas com prumos e nivelar as bordas verticais e horizontais, especialmente para as primeiras placas montadas na parede. As duas bordas verticais dos painéis de canto devem ser aprumadas. É mais fácil alinhar uma placa maior do que uma estreita faixa vertical ou horizontal. Para facilitar o alinhamento de painéis unidos a seco, recomenda-se que as peças mais estreitas, por exemplo, as peças de canto ou placas de base sejam unidas a peças maiores antes da instalação na parede. Consulte a Seção J para obter detalhes de recortes. Abril

3 A. Adesivo de silicone Um selante de 100% silicone é recomendado para colar as placas às paredes. Sugere-se uma espessura de adesivo maior ou igual a 2 mm (depois de curado) para aplicar a placa à parede. O uso de um silicone elástico e a espessura final da colagem de silicone são importantes para criar uma junta elástica entre a placa de Corian e o substrato da parede e assim permitir expansão e contração (Consulte Figura 1). Uma linha de silicone com 6 mm a 10 mm de diâmetro resultará em linhas de junta entre 19 mm e 44 mm de quando comprimida à espessura de 2 mm. Faça uma linha perimetral de silicone de cerca de 25 mm a partir das bordas da placa e passe linhas por toda a largura da placa a cada 150 a 300 mm (Consulte Figura 2). Figura 1 DuPont Surfaces Sealant para Corian, DuPont Zodiaq e DuPont Wall Surfaces Dados de Aderência de Juntas entre DuPont Corian e Painéis de Gesso Espessura da linha de junção (pol) Figura 2 Colocação do adesivo de silicone Linhas de silicone Use silicone suficiente para criar uma linha de junção com espessura mínima de 2 mm após a instalação. Abril

4 B. Limites da extensão das paredes unidas a seco Longas extensões de revestimentos com juntas imperceptíveis podem ser fabricadas usando placas da superfície sólida Corian e DuPont Joint Adhesive. Os comprimentos máximos sugeridos para as paredes em relação à mudança de temperatura esperada são apresentados na Tabela 2. Se as dimensões da parede excederem os valores sugeridos, é necessária uma junta de expansão (Consulte Figura 10). Tabela 2 Limites da extensão das paredes unidas a seco em função da mudança de temperatura esperada F Limite da extensão (ft) C Limite da extensão (m) ±10 72 ±6 20 ±15 48 ±9 14 ±20 36 ±12 10 ±25 29 ±15 8 ±30 24 ±18 7 ±35 21 ±21 6 ±40 18 ±24 5 O intervalo de temperatura usado no projeto deve ser baseado no desvio esperado em relação à temperatura de instalação e deve levar em conta tanto a fase de construção quanto a de ocupação. Planeje a instalação de forma a minimizar alterações de temperatura ambiente no local. Se possível, o edifício deve ser aquecido antes da instalação. Faça a aclimatação dos materiais e do edifício para a temperatura de projeto por menos 48 horas com circulação de ar em torno dos materiais. C. Cantos externos Os cantos externos podem ser unidos a seco ou com conforme mostrados na Figura 3. Figura 3 Subwall 2 mm de espessura mínima do silicone Alternativas de cantos externos Subwall 2 mm de espessura mínima da junta preenchida com silicone superfície sólida* 2 mm de espessura mínima da junta preenchida com silicone superfície sólida* UNIDO A SECO UNIDO COM SILICONE * superfície sólida mostrada.. Abril

5 D. Cantos internos Qualquer canto interno na extremidade das paredes deve ser projetado para permitir expansão. A expansão de painéis de Corian como função da extensão da parede para três temperaturas diferentes é mostrada na Figura 4. A expansão de painéis Corian pode ser calculada usando a seguinte fórmula: Extensão(in) = (in/in- ) Extensão (in) Temperatura ( ) onde = in/in- F (em unidades inglesas) = in/in- C (em unidades do sistema internacional) Recomenda-se o uso dessa fórmula, negligenciando a expansão do material do substrato da parede. Negligenciar o diferencial de expansão ou contração do substrato da parede simplesmente acrescente um fator de segurança. Figura 4 Expansão e contração da parede (dt= T) dt=10 F dt=20 F dt=30 F Cinco alternativas para cantos internos nas extremidades das paredes são descritos a seguir. A Figura 5 apresenta uma árvore de decisão descrevendo as opções de cantos internos. Abril

6 Figura 5 Opções de cantos internos A extensão da parede e a temperatura permitem cantos unidos a seco de acordo com Tabela 3, página 7, Seção E SIM Consulte Figura 6 NÃO OPÇÕES: Espaço de expansão coberto por arremate: Consulte Figuras 7a a 7d Cantos preenchidos com silicone: Consulte Figura 8 Cantos sobrepostos com espaço de expansão: Consulte Figura 9 Junta de silicone longe do canto: Consulte Figura 10 E. Alternativa para cantos internos: cantos unidos a seco Paredes perpendiculares podem ser completamente unidas a seco incluindo cantos como mostrado na Figura 6, sujeitos aos limites de extensão da parede recomendados na Tabela 3. Sugere-se uma distância mínima de 3 mm atrás de cada painel. Não se esqueça do segmento no canto interior dos painéis.. Figura 6 Cantos unidos a seco >3 mm de espessura de silicone 6 mm de raio 38 mm de raio, padrão para 6 mm de material 75 mm de raio, padrão para 12 mm de material superfície sólida mostrada Emenda em V Termoformado Abril

7 Tabela 3 Limites recomendados para a extensão da parede com cantos unidos a seco em função da mudança de temperatura esperada (Consulte Figura 5) T ( F) ±10 ±15 ±20 ±25 ±30 ±35 ±40 Limite adequado para a extensão da parede (ft) 30,9 20,6 15,4 12,3 10,3 8,8 7,7 F. Alternativa para cantos internos: espaço de expansão coberto por arremates Os cantos podem ser feitos usando peças de arremate conforme mostrado nas figuras 7a a 7d. Recomenda-se um espaço livre para expansão com um tamanho 0,75 mais extenso do que a maior expansão da parede em relação à projeção de qualquer parede perpendicular no canto para evitar interferência entre as paredes adjacentes. Valores típicos são apresentados na Tabela 4. Figure 7a Espaço de expansão coberto por arremate com entalhe em V Espaço livre para o painel* 2 mm de espessura mínima do silicone Espaço livre para o painel* 38 mm Típico 2 mm de espessura mínima do silicone superfície sólida** 38 mm Típico *Espaço livre para o painel 75% da expansão calculada da parede em todas as extremidades ** superfície sólida mostrada. Abril

8 Figura 7b Espaço de expansão coberto por arremate termoformado Espaço livre para o painel* 2 mm de espessura mínima do silicone Espaço livre para o painel* superfície sólida** 2 mm de espessura mínima do silicone 38 mm de raio, padrão para 6 mm de material 75 mm de raio, padrão para 12 mm de material *Espaço livre para o painel 75% da expansão calculada da parede em todas as extremidades ** superfície sólida mostrada. Figura 7c Espaço de expansão coberto por arremate reto Espaço livre para o painel* 2 mm de espessura mínima do silicone Espaço livre para o painel * mm Típico 2 mm de espessura mínima do silicone superfície sólida ** *Espaço livre para o painel 75% da expansão calculada da parede em todas as extremidades ** superfície sólida mostrada. Abril

9 Figura 7d Espaço de expansão coberto por arremate em cunha Espaço livre para o painel* 2 mm de espessura mínima do silicone Espaço livre para o painel* 14 mm 2 mm de espessura mínima do silicone 14 mm 12 x 12 mm 45 Cunha de superfície sólida superfície sólida** *Espaço livre para o painel 75% da expansão calculada da parede em todas as extremidades ** superfície sólida mostrada. Tabela 4 Espaço livre recomendado para área de expansão coberta por arremates em função da mudança de temperatura esperada (Consulte Figuras 7a a 7d) T = ±10 F T = ±20 F T = ±30 F Extensão (ft) Espaço livre (in) Espaço livre (in) Espaço livre (in) 10 0,016 0,032 0, ,032 0,065 0, ,049 0,097 0, ,065 0, ,081 0, , ,113 Abril

10 G. Alternativa para cantos internos: cantos preenchidos por silicone Os cantos podem ser preenchidos por silicone conforme mostrado na Figura 8. As dimensões mínimas sugeridas também são apresentadas. Figura 8 Cantos preenchidos por silicone Yb Ya 2 mm de espessura mínima do silicone Yb Ya Cantos preenchidos por silicone superfície sólida** Espessura da base de silicone Ya Espaço livre de interferência de parede 75% da expansão calculada da parede Yb 250% da expansão calculada da parede superfície sólida** H. Alternativa para cantos internos: cantos sobrepostos com espaço de expansão Paredes perpendiculares podem sobrepor paredes adjacentes, como mostrado na Figura 9, permitindo um espaço de expansão para uma extensão de parede em cada canto da sala. Recomendam-se espaços vazios no canto para livre expansão igual a 1,5 vez a expansão estimada para a parede. Valores típicos são apresentados na Tabela 5. A parede com livre expansão deverá se projetar por trás da parede sobreposta em pelo menos metade da espessura da folha da parede. O espaço entre a parede sobreposta deve ser de, pelo menos, 2 mm na dimensão e preenchida com DuPont Surfaces Silicone Sealant na cor correspondente. Atenção: não remova material de uma parede corta-fogo para criar um espaço vazio de canto. Abril

11 Figura 9 Cantos sobrepostos com espaço de expansão Espaço vazio 150% da expansão calculada da parede > 50% da espessura da superfície sólida 2 mm de espessura mínima do silicone 2 mm de espessura mínima do silicone superfície sólida** superfície sólida* Tabela 5 Espaço vazio recomendado para cantos sobrepostos com espaço de expansão em função da mudança de temperatura esperada (Consulte Figura 9) T = ±10 F T = ±20 F T = ±30 F Extensão (ft) Vazio (in) Vazio (in) Vazio (in) Abril

12 I. Alternativa para cantos internos: juntas adjacentes de silicone Pode ser desejável localizar o silicone exposta longe dos cantos internos para facilitar a manutenção. Um exemplo de um canto perfeito com uma junta adjacente é mostrado na Figura 10. Essas juntas também podem ser usadas em outros locais em paredes extensas como juntas de dilatação. Recomenda-se um intervalo mínimo de 2 mm preenchido com DuPont Surfaces Silicone Sealant na cor correspondente para Corian, Zodiaq e DuPont Wall Surfaces.. Figura10 Juntas de silicone 6 mm de espessura de superfície sólida* Canto termoformado ou unido a seco 5 mm de junta de expansão preenchida com silicone na cor correspondente J. Recortes Recomenda-se fazer recortes em aplicações de parede vertical Corian com tamanho dimensionado a mais em 3 mm para permitir expansão contração. Corte segmentos de cantos com raio de 5 mm e lixe as bordas para evitar possíveis rachaduras. K. Detalhes da linha de junção entre parede e piso Alternativas para linha de junção entre parede e piso são mostradas nas Figuras 11a a 11c. Figura 11a Alternativa de detalhes no piso 6 mm de espessura de superfície sólida* Subwall 2 mm de espessura mínima de silicone Piso Abril

13 Figura 11b Alternativa de detalhes no piso com arremates 6 mm de espessura de superfície sólida* Subwall Arremate 2 mm de espessura mínima de silicone Piso Figura 11c Alternativa de detalhes no piso com cerâmica 6 mm de espessura de superfície sólida* Subwall 2 mm de espessura mínima de silicone Piso de cerâmica Argamassa Membrana à prova d água Abril

14 Figura 11d Alternativa de detalhes no piso com Flash Cove 2 mm de espessura mínima de silicone 6 mm de espessura de superfície sólida* Subwall Linha de silicone Tira de Flash Cove Piso Material do piso Fixação de Flash Cove L. Detalhes da linha de junção entre parede e teto Alternativas para linha de junção entre parede e teto são mostradas nas Figuras 12a a 12c. Figura 12a Alternativa de detalhes no teto 3 mm de espaço mínimo até o teto para preencher com silicone na cor correspondente Teto 2 mm de espessura mínima de silicone Subwall 6 mm de espessura de superfície sólida* Abril

15 Figura 12b Alternativa de detalhes no piso com arremates 3 mm de espaço mínimo até o teto para preencher com silicone na cor correspondente Teto 2 mm de espessura mínima de silicone Subwall Arremate 6 mm de espessura de superfície sólida* Figura 12c Detalhe em teto suspenso Subwall Teto suspenso 3 mm de espaço mínimo até o teto para preencher com silicone na cor correspondente 2 mm de espessura mínima de silicone 6 mm de espessura de superfície sólida* Abril

16 M. Juntas As placas podem ser unidas usando DuPont Joint Adhesive ou DuPont Surfaces Sealant for para Corian, Zodiaq e DuPont Wall Surfaces. As placas DuPont Corian podem ser unidas usando juntas macho e fêmea ou de topo. A escolha entre juntas macho e fêmea ou de topo deve ser baseada na facilidade de instalação e custos de fabricação. A possível vantagem de uma junta macho e fêmea em relação a uma junta de topo é a facilidade de alinhamento das placas. Isso pode ser traduzido em economia de trabalho por conta da redução do tempo necessário para finalizar o polimento e a junção. Dependendo da habilidade do instalador para alinhar juntas de topo usando grampos ou outros métodos, o custo adicional para recortar os detalhes macho e fêmea pode não se justificar. A Figura 13 mostra a montagem de uma junta macho e fêmea para placas de 6 mm. A Figura 14 mostra as dimensões dos detalhes para fresa de 6 mm. Também estão disponíveis fresas para placas de 12 mm. Algumas fontes para fresas macho e fêmea ou ferramental de corte para fresar são listadas na tabela 6. Figura 13 Junta macho e fêmea montada Sem espaço na face superior 0,15 mm de espaço para cola (Típ.) 6 mm Macho Fêmea 6 mm 0.20 mm de espaço para cola (Típ.) na face inferior Figura 14 Perfil macho e fêmea, 6 mm. Dimensões da figura em unidade métrica (mm) Perfil da fêmea 0,2 R=1,0 1,865 Ref. R=0,9 2,80 Theo 6,5 R=1,0 10 1,85 Ref 2,63 2,50 Perfil do macho R=0,9 6,5 1,868 Ref. R=1,0 2,75 Theo 10 R=0,9 1,89 Theo Abril

17 Tabela 6 Possíveis fontes de corte macho e fêmea Part Numbers Fontes Diversified Equipment (704) Titman USA (800) F. M. Velepec Co. (800) ¼ de polegada ½ de polegada H9662, H9663 H6664, H e É importante centralizar os traços macho e fêmea na espessura do material e remover a mesma quantidade de material em ambos os lados no traço do macho. Equipamentos CNC podem ser usados com a placa mantida pressionada de forma adequada. É fundamental manter a placa plana, especialmente a borda que está sendo fresada. Como alternativa, podem ser usadas fresas manuais em campo ou na marcenaria. A Figura 15 é um desenho de uma placa útil para configurar a fresa. Recomenda-se configurar duas fresas com placas básicas para os dois cortadores. Finalize o máximo possível da fabricação antes da instalação na parede. As tarefas de fabricação são normalmente mais fáceis com a placa plana em uma base horizontal na marcenaria ou no local de trabalho. Trabalhe com os painéis cuidadosamente para evitar quebra até que os painéis sejam montados na parede. Ajuste perfeitamente os painéis antes da aplicação do adesivo. Um bom ajuste é necessário para produzir juntas imperceptíveis. Preencha as juntas com adesivo. È recomendável a aplicação do adesivo em ambos os lados do traço macho e fêmea para eliminar bolsões de ar. N. Segurança A superfície sólida DuPont Corian pode ser cortada e trabalhada como madeira. É recomendável minimizar toda a poeira e cavacos com exaustores. Use os equipamentos de segurança adequados ao trabalhar com Corian, DuPont Joint Adhesive e DuPont Surfaces Sealant para Corian, Zodiaq e DuPont Wall Surfaces incluindo óculos de segurança, luvas, sapatos com proteção e tampões para ouvidos. Dispositivos de elevação ou carros podem usar para aumentar a segurança ao trabalhar com peças maiores. Consulte MSDS do produto disponível em: Abril

18 Figura 15 Placa básica da fresa para configurar corte de macho e fêmea Dimensão A Ver Notas R0. 25 R1 00 Em todos os casos, Dimensão "A" menos Dimensão "B" é igual ao número de material extra que será removido. A Dimensão "A" é o raio da ferramenta de corte da fresa e pode ser diferente para cada fornecedor. Círculo e orifícios para montar a fresa Para a ferramenta de corte para macho, A e B podem ser iguais. Meça A conforme abaixo: Para a ferramenta de corte para fêmea, meça conforme abaixo: A R0. 25 B Ver Notas R B 0.25 R0. 25 R0. 25 Para a ferramenta de corte para fêmea, recomenda-se que A B seja 1/16 de polegada. Um ou dois cortes podem ser necessários se as bordas da placa forem arredondadas. As informações contidas neste boletim técnico são fornecidas gratuitamente por e. i. du Pont de Nemours e Company. São baseadas em dados técnicos que a DuPont acredita serem confiáveis e se destinam ao uso de pessoas que tenham conhecimento nessa área técnica, por próprio critério e risco próprios. Os vendedores não assumem nenhuma responsabilidade pelos resultados obtidos ou danos resultantes do uso deste boletim técnico por um consumidor de Corian na sua totalidade ou parcialmente. Copyright DuPont,.o logo oval da DuPont, DuPont, The miracles of science e DuPont Surfaces ou marcas comerciais de E.I. du Pont de Nemours and Company ou de suas afiliadas. Todos direitos reservados. K (09/08-maciej). Impresso nos Estados Unidos. Sealant para Corian, Zodiaq e DuPont Wall Surfaces são marcas registradas Abril

Soluções Recomendadas

Soluções Recomendadas Cement Wood Board Soluções Recomendadas Fachadas Fichas de Aplicação Fachadas Ventiladas Sistema de s Fachadas Aplicação: Exterior Estrutura de suporte: Madeira ou metal Fixação: s de cabeça externa Espessura:

Leia mais

Fachadas Fichas de Aplicação

Fachadas Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação Ventiladas - Sistema de s Ventiladas - Viroclin Ventiladas - Virocnail Ventiladas - Sistema Misto Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads.

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE EXECUÇÃO: 1. Condições para o início dos serviços A alvenaria deve estar concluída e verificada. As superfícies

Leia mais

Telêmetro Digital com Laser Extech DT300

Telêmetro Digital com Laser Extech DT300 Guia do Usuário Telêmetro Digital com Laser Extech DT300 Introdução Parabéns pela sua compra do Telêmetro Digital com Laser Extech Modelo DT300. Este medidor mede a Distância até 50 m (164 ft) e calcula

Leia mais

Rev. 01 MANUAL TÉCNICO. Kit Porta Pronto

Rev. 01 MANUAL TÉCNICO. Kit Porta Pronto MANUAL TÉCNICO Kit Porta Pronto Carga e Descarga Os produtos são carregados na empresa e preparados de modo a assegurar sua proteção. Durante o transporte até o cliente é imprescindível que sejam mantidas

Leia mais

Impressora HP LaserJet Série P2030. Guia de papel e mídia de impressão

Impressora HP LaserJet Série P2030. Guia de papel e mídia de impressão Impressora HP LaserJet Série P2030 Guia de papel e mídia de impressão Impressora HP LaserJet Série P2030 Guia de papel e mídia de impressão Copyright e licença 2008 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais

Manual de Instalação Project - PVC

Manual de Instalação Project - PVC Manual de Instalação Project - PVC Este manual tem como objetivo o auxiliar na maneira correta de armazenamento, instalação e manutenção para que possa garantir a qualidade máxima da aplicação e prolongar

Leia mais

Recomendações para a instalação de pisos norament

Recomendações para a instalação de pisos norament Recomendações para a instalação de pisos norament Orientações / Aspectos Gerais Durante o trabalho com adesivos e materiais auxiliares devem ser observadas as instruções do fabricante do adesivo e as instruções

Leia mais

Manual de instruções do produto Sistema de Laminação Frente e Verso Matrix MX-530 DP

Manual de instruções do produto Sistema de Laminação Frente e Verso Matrix MX-530 DP Manual de instruções do produto Sistema de Laminação Frente e Verso Matrix MX-530 DP O Matrix foi concebido para ser de fácil utilização, no entanto recomendamos vivamente que tome alguns minutos para

Leia mais

ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA

ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA INSTRUÇÕES DE MONTAGEM ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA PÁG. / 6 EMEX 6 kv Edição: DEZ 09 A emenda EMEX é um acessório de cabo de média tensão isolado com EPR ou XLPE com camada semi-condutora

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Ralos lineares. Características do ralo linear de parede

Ralos lineares. Características do ralo linear de parede Ficha técnica Ralos lineares O ralo linear da butech é um ralo para bases de duche construídas, com saída horizontal. Caracteriza-se por um bandeja amplo em torno da grelha, o que facilita a ligação à

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 33

MÉTODO EXECUTIVO ME 33 Objetivo: FOLHA 1 de 8 O objetivo do MÉTODO EXECUTIVO ME 33 é detalhar o Processo Membrana Acrílica Estruturada Impermeável (MAI), de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por conseqüência garantir

Leia mais

QUADRUM. Manual de instalação das Cubas

QUADRUM. Manual de instalação das Cubas Manual de instalação das Cubas QUADRUM Neste manual se encontram as informações para: Instalação da cuba. (Flush, Semi-Flush e por baixo) Instruções para manutenção do produto. Termo de garantia. Conheça

Leia mais

Corian : manual de instalação

Corian : manual de instalação Corian : manual de instalação www.corian.com.br 2 Índice INTRODUÇÃO p 2 A. SEGURANÇA p 4 B. EMBALAGEM PARA TRANSPORTE p 5 C. ORGANIZAÇÃO PARA TRANSPORTE p 6 D. INSTALAÇÃO p 6 D.1. INSPEÇÃO DO LOCAL p 6

Leia mais

Radio Powr SavrTM. Sensores de Ocupação e Vazio sem fio montados em parede

Radio Powr SavrTM. Sensores de Ocupação e Vazio sem fio montados em parede Sensor sem fio montado em parede Os sensores de ocupação e vazio montados em parede da Lutron são sensores sem fio, alimentados por bateria com infravermelho passivo (PIR) que controlam automaticamente

Leia mais

Características do papel. Escolhendo formulários préimpressos

Características do papel. Escolhendo formulários préimpressos A qualidade de impressão e a confiabilidade da alimentação da impressora e dos opcionais podem variar de acordo com o tipo e tamanho da mídia de impressão utilizada. Esta seção fornece diretrizes para

Leia mais

Bigfer + Hettich. Por que? Por que usar InnoTech em seus projetos?

Bigfer + Hettich. Por que? Por que usar InnoTech em seus projetos? InnoTech Bigfer + Hettich A Hettich é uma empresa alemã e líder mundial em ferragens e acessórios para móveis. No Brasil seus produtos são distribuídos pelo Grupo Bigfer, o maior fabricante de acessórios

Leia mais

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR www.rehau.com.br Construção Automotiva Indústria DESIGN PARA MÓVEIS DA REHAU: SOLUÇÕES INOVADORAS DE SISTEMAS NO MESMO LOCAL A REHAU se estabeleceu como a principal

Leia mais

Edificações - revestimento de paredes

Edificações - revestimento de paredes MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

Epson SureColor F6070 Manual de instalação

Epson SureColor F6070 Manual de instalação Epson SureColor F6070 Manual de instalação 2 Remoção da embalagem e montagem da impressora Leia todas estas instruções antes de usar a sua impressora. Também siga todos os alertas e instruções indicados

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO O manual tem como objetivo auxiliar e responder algumas perguntas sobre o processo de instalação, conservação e limpeza das placas Decopainel. Aplica-se para todas as linhas (placas,

Leia mais

FORRO DE PVC DATASHEET

FORRO DE PVC DATASHEET Pág. 1 / 7 Os forros são perfeitos para o acabamento de teto e/ou ocultamento de redes elétricas e hidráulicas em obras prediais. Isolamento térmico e acústico com acabamento perfeito. CARACTERÍSTICAS

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005 ESPECIFICÇÃO TÉCNIC abr/2006 1 de 6 TÍTULO COBERTURS ÓRGÃO DIRETORI DE ENGENHRI PLVRS-CHVE Edificações. Coberturas. PROVÇÃO PROCESSO PR 010979/18/DE/2006 DOCUMENTOS DE REFERÊNCI SEP Secretaria de Estado

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE Estúdio de Arquitetura: Sustentabilidade Steel Framing Aluna: Gabriela Carvalho Ávila Maio de 2014 ÍNDICE 1 Introdução... 4 2 Sistema Ligth Steel Framing... 5 2.1

Leia mais

bloco de vidro ficha técnica do produto

bloco de vidro ficha técnica do produto 01 Descrição: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para assentamento e rejuntamento de s. 02 Classificação técnica: ANTES 205 Bloco votomassa

Leia mais

AXOLUTE ETÈRIS O charme das linhas finas, de design inovador e essencial: espessura mínima

AXOLUTE ETÈRIS O charme das linhas finas, de design inovador e essencial: espessura mínima X, Eteris 2 O charme das linhas finas, de design inovador e essencial: espessura mínima e estética monocromática. Formas quadradas, design essencial e estética monocromática. AXOLUTE ETÉRIS é o novo padrão

Leia mais

Escoamento. Escoamentos de água no solo para a impermeabilização conjunta

Escoamento. Escoamentos de água no solo para a impermeabilização conjunta Schlüter -KERDI-DRAIN Escoamento 8.2 Escoamentos de água no solo para a impermeabilização conjunta Aplicação e funcionamento Schlüter -KERDI-DRAIN é um sistema de escoamento de águas no solo destinado

Leia mais

Metalo. Modular. Sistema de Andaimes em Alumínio. Instruções Técnicas

Metalo. Modular. Sistema de Andaimes em Alumínio. Instruções Técnicas Metalo Modular Sistema de Andaimes em Alumínio Instruções Técnicas Modular_AF4.indd 1 Modular Índice Favor observar: Nestas instruções técnicas, encontram-se todas as informações e indicações importantes

Leia mais

Instruções de encastramento

Instruções de encastramento para aparelhos frigoríficos, BioFresh, congeladores, integrável com montagem fixa de porta P 708 45-00 IK/IKP/IKB/IG 006 a b max. 00 3 4 00 38 00 cm 560-570 550 (mm) 557 538 6 3mm 38 0 57 A (mm) B 00 cm

Leia mais

A segurança de se sentir bem.

A segurança de se sentir bem. Catálogo de Cores Wetroom A segurança de se sentir bem. Crédito Equipotel 2010 - Arquiteta Jorgina Nello Eclipse Aquasafe (cor 036), Aquarelle Wall HFS (cor 025) Recomendado para os segmentos: SAÚDE Hotelaria

Leia mais

Corian : manual de fabricação resumido

Corian : manual de fabricação resumido Corian : manual de fabricação resumido www.corian.com.br 2 Índice INTRODUÇÃO p 2 A. O QUE É CORIAN p 4 B. MEIO AMBIENTE p 4 C. SEGURANÇA p 4 D. FERRAMENTAS E ACESSÓRIOS p 6 D.1. SERRAS E LÂMINAS p 6 D.2.

Leia mais

FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33

FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33 2 1 100 1 132 1 000 FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33 1. Coloque a caverna do meio sobre o picadeiro a frente da traverssa. Para o barco de 5,2 m a caverna 2, para os barcos maiores a caverna 3. 2. Alinhe

Leia mais

Manual de Colagem Silicone Glazing

Manual de Colagem Silicone Glazing Sumário Sumário... 2 1. Introdução... 3 2. Tipos de Selante Estrutural... 3 2.1. Selante estrutural monocomponente... 3 2.2. Selante estrutural bi componente... 3 3. Antes de Começar a Colar... 4 4. Procedimento

Leia mais

Figura 1 3M Portable Labeler PL100

Figura 1 3M Portable Labeler PL100 Visor LCD Saída de etiquetas Cortador Alimentação PL100 Imprimir/cópias Navegação Excluir/apagar Teclas de acesso rápido Idioma/unidades Tamanho CAPS Estilo Função/Shift Normal Enter Indicador Comprimento

Leia mais

Redes de Computadores II. Redes de Computadores

Redes de Computadores II. Redes de Computadores Redes de Computadores II Redes de Computadores 1 1 Padrão EIA/TIA 569A Padrões de Caminhos e Espaços em Edifícios Comerciais 2 2 Padrões de Caminhos e Espaços em Edifícios Comerciais ANSI/TIA/EIA 569-A

Leia mais

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1 CORTE DOS METAIS INTRODUÇÃO: Na indústria de conformação de chapas, a palavra cortar não é usada para descrever processos, exceto para cortes brutos ou envolvendo cortes de chapas sobrepostas. Mas, mesmo

Leia mais

Catálogo Técnico 2014 2015 CALHA DE ESCOAMENTO PALMETAL

Catálogo Técnico 2014 2015 CALHA DE ESCOAMENTO PALMETAL Catálogo Técnico 2014 2015 CALHA DE ESCOAMENTO PALMETAL A CALHA DESENVOLVIMENTO DO PRODUTO A CALHA DE ESCOAMENTO já era um produto reconhecido e de alta demanda na Palmetal. Analisando o uso dos clientes

Leia mais

30% de redução no custo de instalação. Todos os diferenciais acima contribuem para a redução do tempo e custo da instalação.

30% de redução no custo de instalação. Todos os diferenciais acima contribuem para a redução do tempo e custo da instalação. aplicação Destinado ao uso em obras novas ou reformas, tais como escritórios, universidades, laboratórios entre outros, o sistema de canaletas ARC, da Parcus, permite conduzir cabos de dados, voz e energia

Leia mais

Instruções de elevação e movimentação da unidade de carga série 370

Instruções de elevação e movimentação da unidade de carga série 370 m be certain. Instruções de elevação e movimentação da unidade de carga série 370 Modelo 370.02 Modelo 370.10 Modelo 370.25 Modelo 370.50 100-317-762 A Informações de direitos autorais Informação sobre

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de Potência. Versão: 5

Manual Técnico. Transformadores de Potência. Versão: 5 Manual Técnico Transformadores de Potência Versão: 5 Índice 2 8 Página 1 1 INTRODUÇÃO Este manual fornece instruções referentes ao recebimento, instalação e manutenção dos transformadores de potência a

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 Obrigado por adquirir o Aquecedor Ecológico de Painel ecotermic Cadence, AQC700, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito

Leia mais

Green Glue: Composto para Isolamento Acústico

Green Glue: Composto para Isolamento Acústico Green Glue: Composto para Isolamento Acústico Composto Green Glue é rápido, fácil de aplicar, altamente efetivo no isolamento acústico e bastante eficiente quanto aos custos. Testes de laboratório provam

Leia mais

classe F400 TORRE DE RESFRIAMENTO DE CONTRACORRENTE

classe F400 TORRE DE RESFRIAMENTO DE CONTRACORRENTE classe F400 TORRE DE RESFRIAMENTO DE CONTRACORRENTE D e s i g n c o m p r o v a d o M a t e r i a i s e s t r u t u r a i s a p r i m o r a d o s I n t e g r i d a d e d e p r o j e t o A torre de resfriamento

Leia mais

kit imperband standard

kit imperband standard Ficha técnica kit imperband standard O kit imperband standard é um sistema de impermeabilização de interiores formado por um ralo de ABS termossoldado a uma membrana impermeável de 150 x 225 cm. Especialmente

Leia mais

érea a A h Lin Linha Aérea

érea a A h Lin Linha Aérea Linha érea Linha érea Linha érea Eletrocalha aramada... 61 Eletrocalhas... 74 Perfilados... 80 Leito para cabos... 85 Eletrocalha ramada Eletrocalha ramada Valemam, também conhecida como leito sanitário,

Leia mais

Steel frame - fechamento (parte 3)

Steel frame - fechamento (parte 3) Página 1 de 6 Steel frame - fechamento (parte 3) Hotel Villa Rossa, fechamento em steel frame No segundo artigo desta série sobre steel frame, abordamos a estrutura da edificação. Nela são aplicadas as

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Indicações importantes relativas às instruções de montagem VOSS O desempenho e a segurança mais elevados possíveis no funcionamento dos produtos VOSS só serão obtidos se forem cumpridas

Leia mais

Os revestimentos de parede Decopainel são fabricados com tecnologia de última geração para deixar o seu ambiente com a elegância e beleza que você

Os revestimentos de parede Decopainel são fabricados com tecnologia de última geração para deixar o seu ambiente com a elegância e beleza que você Catálogo Virtual 2 Os revestimentos de parede Decopainel são fabricados com tecnologia de última geração para deixar o seu ambiente com a elegância e beleza que você sempre desejou. São duas linhas de

Leia mais

Guia Prático de Instalação SONEX illtec Skin e Pb / Bloc. Revisão: 1

Guia Prático de Instalação SONEX illtec Skin e Pb / Bloc. Revisão: 1 Revisão: 1 Cuidados iniciais: Atenção às bocas de saída de ar condicionado instaladas no teto, pois são grandes dispersores de ar. Assim como as luminárias, as grelhas de ar condicionado devem ser rebaixadas

Leia mais

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos Instruções de Instalação Pisos Vinílicos LinhadePisosLaminadosemPVC 2,3mmeClick Recomendações e Responsabilidades Os serviços de colocação devem ser repassados a profissionais instaladores de pisos com

Leia mais

PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO

PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO Qualidade Confiança Tradição Inovação Tecnologia ÍNDICE Por que a TIGRE escolheu o Sistema Aquatherm para o Brasil? 05 Características técnicas 06 Instruções de instalação

Leia mais

SOLUÇÕES EM REVESTIMENTOS ACÚSTICOS

SOLUÇÕES EM REVESTIMENTOS ACÚSTICOS SOLUÇÕES EM REVESTIMENTOS ACÚSTICOS Manual de Montagem Parede www.ambibrasil.com.br Acústica XXI é um sistema de revestimento para paredes e tetos que pode ser utilizado na fabricação de divisórias para

Leia mais

CAPÍTULO 6.6 EXIGÊNCIAS PARA A CONSTRUÇÃO E ENSAIO DE EMBALAGENS GRANDES

CAPÍTULO 6.6 EXIGÊNCIAS PARA A CONSTRUÇÃO E ENSAIO DE EMBALAGENS GRANDES CAPÍTULO 6.6 EXIGÊNCIAS PARA A CONSTRUÇÃO E ENSAIO DE EMBALAGENS GRANDES 6.6.1 Disposições Gerais 6.6.1.1 As exigências deste capítulo não se aplicam: - à classe 2 exceto artigos incluindo aerossóis; -

Leia mais

CONSERVAÇÃO DE ROTINA

CONSERVAÇÃO DE ROTINA CONSERVAÇÃO DE ROTINA PARTE 3 Engº Pery C. G. de Castro Revisado em setembro/2009 1 CONSERVAÇÃO DE ROTINA Visa corrigir os defeitos que surgem no pavimento. Em alguns tipos de defeitos é possível dar duas

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR ANTES DA INSTALAÇÃO: Para podermos ter uma excelente apresentação da instalação não dependemos

Leia mais

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos A TORCISÃO A Torcisão foi fundada em 1968, iniciando suas atividades na fabricação de peças para a indústria automobilística. Em 2006, o grupo se expandiu e fundou

Leia mais

Tutorial: Quenn Anne Game Table Passo-a-Passo elaborado por Marco Pepe (HobbyFun)

Tutorial: Quenn Anne Game Table Passo-a-Passo elaborado por Marco Pepe (HobbyFun) A mesa que vamos construir! Tutorial: Quenn Anne Game Table Projeto: Queen Anne Game Table Lista de Materiais Madeira de 1, 2 e 3 mm de espessura. Pode ser mogno, cedro, balsa, etc. No nosso modelo eu

Leia mais

Construção de varandas e terraços Variantes 1-8

Construção de varandas e terraços Variantes 1-8 Construção de varandas e terraços Variantes 1-8 CONSTRUÇÃO DE VARANDAS E DE TERRAÇOS ESTRUTURA DE CONSTRUÇÃO 1 Construção de pavimentos com Schlüter -DITRA Conjunto impermeável Desacoplamento conjunto

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO PLACAS DECORADAS - PROCESSO DE COLAGEM O produto deve ser aplicado sobre alvenaria, gesso ou madeira. A superfície deve estar lisa, completamente seca, sólida e forte o suficiente

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para eventual fornecimento, montagem e instalação de mobiliário, para a Procuradoria Regional do Trabalho da 2a Região

Leia mais

40.69-PORB V33, K8.0 PRODUTOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS SPRINKLERS AUTOMÁTICOS

40.69-PORB V33, K8.0 PRODUTOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS SPRINKLERS AUTOMÁTICOS PARA MAIS DETALHES, CONSULTE A PUBLICAÇÃO VICTAULIC 10.01 O Sprinkler do tipo embutido, pendente, via-seca, Série V33 com tampa de proteção roscada e ajuste de ½" utiliza componentes internos de aço inox.

Leia mais

Unidade Hidráulica de Pré-Crimpagem com Múltiplas Cabeças (MHSU) Instruções de Instalação e Operação

Unidade Hidráulica de Pré-Crimpagem com Múltiplas Cabeças (MHSU) Instruções de Instalação e Operação www.swagelok.com Unidade Hidráulica de Pré-Crimpagem com Múltiplas Cabeças (MHSU) Instruções de Instalação e Operação MHSU para tubos de até 1"/25 mm com base MHSU para tubos maiores do que 1"/25 mm com

Leia mais

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE UNP-130408 1 de 6 INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS A vida útil das correntes transportadoras e elevadoras está diretamente ligada aos cuidados com a instalação, lubrificação

Leia mais

http://www.siliconesassel.com.br/borracha_silicone.htm

http://www.siliconesassel.com.br/borracha_silicone.htm Página 1 de 13 Tipo Forma física Propriedades especiais Usos básicos Elastômero á base de silicone, bicomponente Líquido viscoso. Resistência ao rasgo, alto poder copiativo. Confecção de moldes Nome comercial

Leia mais

Microsoft PowerPoint XP. Módulo I I

Microsoft PowerPoint XP. Módulo I I FUNCICI MG ESCOLA TÉCNICA DE FORMAÇÃO GERENCIAL DE CONTAGEM CURSO TÉCNICO AMBIENTAL E DE SEGURANÇA APOSTILA BÁSICA: Microsoft PowerPoint XP Módulo I I Elaborada por: Walter Santos 2007 2 S U M Á R I O

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 10. INSTALAÇÃO HIDRÁULICA

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 10. INSTALAÇÃO HIDRÁULICA DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 10. INSTALAÇÃO HIDRÁULICA Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP INSTALAÇÃO HIDRÁULICA 1. INTRODUÇÃO As instalações de água fria devem atender

Leia mais

Telha TopSteel. Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência.

Telha TopSteel. Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência. Telha TopSteel Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência. Telha TopSteel Leveza e conforto aliados à eficiência. As novas telhas termoacústicas TopSteel da Brasilit são de fácil transporte

Leia mais

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/100/imprime31592.asp

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/100/imprime31592.asp 1 de 11 01/11/2010 22:14 Juntas em drywall O termo drywall é aqui adotado para designar genericamente sistemas construtivos de paredes internas não-estruturais constituídas de chapas de gesso acartonado

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Aplicação Campos de Aplicação - Impermeabilização de:. lajes de cobertura;. terraços;. calhas de concreto;.

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME - 40

MÉTODO EXECUTIVO ME - 40 Objetivo: O método tem como objetivo detalhar o processo de proteção estanque para evitar eflorescência em piscina, utilizando membrana polimérica, de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por

Leia mais

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável Medição mecânica de temperatura Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável WIKA folha de dados TM 73.01 outras aprovações veja página 15 Aplicações Instrumentação geral de s nas indústrias

Leia mais

Desenho Técnico Sumário

Desenho Técnico Sumário Sumário 1 Introdução... 3 2 Classificação dos desenhos... 3 3 Formatos e tipo de papel... 6 4 Letras e Algarismos... 7 5 Escalas... 7 6 Carimbo ou Legenda... 8 7 Simbologia... 9 8 - Linhas e Traçados...

Leia mais

N-1807 REV. D 12 / 2011. Medição de Recalque de Fundações no Teste Hidrostático de Equipamentos. CONTEC Comissão de Normalização Técnica SC - 04

N-1807 REV. D 12 / 2011. Medição de Recalque de Fundações no Teste Hidrostático de Equipamentos. CONTEC Comissão de Normalização Técnica SC - 04 Medição de Recalque de Fundações no Teste Hidrostático de Equipamentos Procedimento Esta Norma substitui e cancela a sua revisão anterior. Cabe à CONTEC - Subcomissão Autora, a orientação quanto à interpretação

Leia mais

Normatização Desenho Técnico. Prof. Solivan Altoé

Normatização Desenho Técnico. Prof. Solivan Altoé Normatização Desenho Técnico CALIGRAFIA TÉCNICA NBR 8402 Assim como o resto do desenho técnico, as letras e algarismos também seguem uma forma definida por norma. Até pouco tempo atrás as letras eram desenhadas

Leia mais

PONTES. depapel ORIENTAÇÕES COMPETIÇÃO DE PONTES DE PAPEL

PONTES. depapel ORIENTAÇÕES COMPETIÇÃO DE PONTES DE PAPEL COMPETIÇÃO DE PONTES depapel ORIENTAÇÕES COMPETIÇÃO DE PONTES DE PAPEL SUMÁRIO Introdução... 2 O projeto... 3 Especificações e critérios de avaliação... 5 Dados de resistência do papel... 8 Materiais e

Leia mais

Inovação e Qualidade. Gama de produtos. Prémios:

Inovação e Qualidade. Gama de produtos. Prémios: Inovação e Qualidade Válvulas, controlos + sistemas Unibox e limitação da temperatura de retorno de sistemas de piso radiante Floorbox Instalação de sistemas de piso radiante sem distribuidor / colector

Leia mais

Dow Corning 123 Vedação de Silicone

Dow Corning 123 Vedação de Silicone Máxima versatilidade em selagem resistente às intempéries Dow Corning 123 Vedação de Silicone Construção Soluções Efetivo, Atraente, Versátil Dow Corning 123 Vedação de Silicone Edifício Paragon, em Tampa,

Leia mais

PAINÉIS E PAREDES DE MADEIRA

PAINÉIS E PAREDES DE MADEIRA PAINÉIS E PAREDES DE MADEIRA As paredes de madeira dividem-se em: Paredes Estruturais Divisão e fechamento de ambientes Suportar cargas verticais e transmití-las as fundações Suportar cargas horizontais

Leia mais

Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14. Instalação eléctrica normal 15 Montagem do termostato na caixa de parede 16

Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14. Instalação eléctrica normal 15 Montagem do termostato na caixa de parede 16 ÍNDICE INTRODUÇÃo 13 Especificações técnicas 14 POSICIONAMENTO DO TERMOSTATO E DO SENSOR 14 Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14 INSTALAÇÃO 15 Instalação eléctrica normal

Leia mais

Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO. AlbaLED Cores Piscina

Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO. AlbaLED Cores Piscina Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO AlbaLED Cores Piscina Copyright G2N Automação Indústria e Comércio Ltda. 2009. AlbaLED Cores Piscina Este Guia do Instalador e Manual do Usuário foi publicado pela

Leia mais

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm 01 DESCRIÇÃO: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade, ideal para assentamento de revestimentos cerâmicos, porcelanatos, pedras rústicas em áreas internas e externas em pisos e paredes; Aplicação

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis CONCEITO O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis estruturais capazes de resistir às cargas verticais (telhados e pavimentos), perpendiculares

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE 1. OBJETO Contratação de empresa especializada em engenharia para execução de impermeabilização da laje de cobertura no 14º andar

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0 Parte II Registro para Utilização do Software Tela Laje IBTS v 5.0

ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0 Parte II Registro para Utilização do Software Tela Laje IBTS v 5.0 ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0... 4 1 Configurações mínimas para o funcionamento do software... 4 2 Instalar o software... 5 3 Desinstalar o software... 5 Parte II Registro

Leia mais

Impressora HP LaserJet Série P2050 Guia de papel e mídia de impressão

Impressora HP LaserJet Série P2050 Guia de papel e mídia de impressão Impressora HP LaserJet Série P2050 Guia de papel e mídia de impressão Copyright e licença 2008 Copyright Hewlett-Packard Development Company, L.P. A reprodução, adaptação ou tradução sem permissão prévia

Leia mais

R e g r a s b á s i c a s, d i c a s e t r u q u e s

R e g r a s b á s i c a s, d i c a s e t r u q u e s A espessura da parede Na impressão em 3D, a espessura da parede refere-se à distância entre uma superfície do modelo e a superfície oposta. A espessura da parede pode ser uma superfície sólida forte, ou

Leia mais

Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8896)

Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções Termossifão pressurizado (EA8896) Índice 1. Aviso... 3 2. Caracteristicas técnicas... 4 3. Princípios da Operação... 4 3.1. Tubos de vácuo... 4 3.2. Heat Pipe... 5 4. Instalação...

Leia mais

MANUAL DO TRANSFORMADOR

MANUAL DO TRANSFORMADOR MANUAL DO TRANSFORMADOR Acrílico Espelho Bérkel MANUAL DO TRANSFORMADOR ACRÍLICO ESPELHO BÉRKEL Os espelhos acrílicos Bérkel são leves e resistentes, e foram desenvolvimentos para um vasto campo de aplicações

Leia mais

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm)

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm) Barras de Pesagem Beckhauser Manual do Usuário Conheça seu equipamento em detalhes e saiba como aproveitar todo seu potencial no manejo. Leia atentamente este Manual antes de utilizar o produto e antes

Leia mais

Telha Termoacústica Arqueada Autoportante em Aço Pré-Pintado ou Galvalume

Telha Termoacústica Arqueada Autoportante em Aço Pré-Pintado ou Galvalume Telha Termoacústica Arqueada Autoportante em Aço Pré-Pintado ou Galvalume TELHA ARCO R6000T Descrição do produto A Telha ARCO R6000T é uma telha termoacústica arqueada raio 6 metros e autoportante, utilizada

Leia mais

RESUMO DAS NORMAS TÉCNICAS DA ABNT

RESUMO DAS NORMAS TÉCNICAS DA ABNT RESUMO DAS NORMAS TÉCNICAS DA ABNT A padronização ou normalização do desenho técnico tem como objetivo uniformizar o desenho por meio de um conjunto de regras ou recomendações que regulamentam a execução

Leia mais

C-EC/U. Porta Comercial de Encosto em caixilho "U

C-EC/U. Porta Comercial de Encosto em caixilho U C-EC/U Porta Comercial de Encosto em caixilho "U A Dânica Doors recomenda que as instruções de montagem contidas neste manual sejam seguidas rigorosamente para que as portas atendam em sua plena funcionalidade.

Leia mais

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados Sugestões de Montagem Perfis para Estrutura de Telhados 1 Apresentação As sugestões que apresentamos aqui são direcionadas para os profissionais que já possuem experiência com telhados. Nosso objetivo

Leia mais

Parabond Zinco. Produto elástico para todo tipo de metais.

Parabond Zinco. Produto elástico para todo tipo de metais. Parabond Zinco Produto elástico para todo tipo de metais. Produto: Parabond Zinco é um elastómero de alta qualidade, de rápido endurecimento, permanentemente elástico, à base de MS polímero com elevada

Leia mais

Medidor de distância a laser Manual de instruções

Medidor de distância a laser Manual de instruções Medidor de distância a laser Manual de instruções 1. Segurança 1) Leia este Manual de Instruções cuidadosamente antes de colocar o aparelho em uso. 2) Este é um produto Laser Classe II; não olhe diretamente

Leia mais

Configurando o estilo de Camada (Layer) no AutoCAD 2007

Configurando o estilo de Camada (Layer) no AutoCAD 2007 Configurando o estilo de Camada (Layer) no AutoCAD 2007 1 - Inicialmente, na Barra de Camadas clique no ícone (Gerenciador de Propriedades da Camada), para configurar o estilo de camada: 2 - Na caixa de

Leia mais