Formações de Information Security e IT Governance 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Formações de Information Security e IT Governance 2012"

Transcrição

1 Formações de Information Security e IT Governance 2012 Em parceria com:

2 ISO 27001:2005 LEAD AUDITOR COURSE IRCA CERTIFIED COURSE (A17287) Auditing is crucial to the success of any management system. As a result, it carries with it heavy responsibilities, tough challenges and complex problems. This five-day intensive course prepares delegates for the qualification process for ISO 27001:2005 and trains them on how to conduct audits for certification bodies. It also empowers them to give practical help and information Who Should Attend Those wishing to implement a formal Information Security Management System (ISMS) in accordance with ISO 27001:2005 Existing security auditors who wish to expand their auditing skills Consultants who wish to provide advice on ISO 27001:2005 systems certification IT and Quality Professionals. Benefits to your Business Effective auditing is the only way to ensure that the measures you put in place to protect your organization and your customers are properly managed and achieve the desired result. A combination of tutorials, syndicate exercises and roleplay, including the following topics: Information security The importance of information security ISO 27001:2005 Reviewing security threats and vulnerabilities Management of security risks Selecting security controls How to build an Information Security Management System ISO 27001:2005 auditing techniques Managing and leading an ISO 27001:2005 audit team Interview techniques Audit reporting Examination to prove competency. Investment: 1999 Including examination and material English or portuguese

3 ISO/IEC LEAD IMPLEMENTER COURSE Official BSI Training Recent high profile information security breaches and the value of information are highlighting the ever increasing need for organizations to protect their information. An Information Security Management System (ISMS) is a controlled approach to managing sensitive company information so that it remains secure. It encompasses people, processes and Information Management Security Systems. The objective of this information security training course is to provide delegates with the necessary skills and tools to implement an Information Security Management System that meets the certification requirements of ISO 27001:2005 and is based on the code of practice defined by ISO The information security training course will prepare delegates for the ISO Lead Implementer Certificate and provide delegates with useful tools and a reference framework for implementation. A combination of tutorials, syndicate exercises and roleplay, including the following topics: Information security The importance of information security ISO 27001:2005 Reviewing security threats and vulnerabilities Management of security risks Selecting security controls How to build an Information Security Management System ISO 27001:2005 auditing techniques Managing and leading an ISO 27001:2005 audit team Interview techniques Audit reporting Examination to prove competency. Who Should Attend Staff tasked with the implementation and management of an ISO 27001:2005 Information Security Management System Information Security Consultants The information security training course is designed for people who have a good understanding of ISO 27001:2005 and ISO 17799:2005 Information Security Management Systems, (attendance o Benefits to your Business Both the objective and result of the information security training course is the development of a skeleton Information Security Management System, including key processes, policies and procedures which can be used the moment you step back into your office to start implementing an effective Information Security Management System in your organization. The knowledge and skills imparted during this information security training course will prove invaluable in improving and protecting your business. English or portuguese Investment: 1999 Including examination and material

4 Business Continuity Management Introduction TOPICS General Overview Concept Requirements Incident management Exercise This can be a general overview lasting one day which would a skill set, which should enable the learner with skill knowledge and understanding how the components parts of BCM fit together to do a BCM for their company at a certain level. Who Should Attend This course is aimed at those who have an interest in this area, for those who want to prepare for the examination of the BCI, for professionals who will play a new role within the BCM sector as well as for those wishing to add value to their competences already exercised in the company. Benefits to your Business This can be a general overview lasting one day which would a skill set, which should enable the learner with skill knowledge and understanding how the components parts of BCM fit together to do a BCM for their company at a certain level. Investment: 500 English

5 Business Continuity Management Intensive (3 days) Historical Perspective of Business Continuity Planning BCP Planning Lifecycle Overview Business Continuity Roles, Responsibility & Accountability Recovery Phases On-going Training On-going Exercising, Maintenance & Audit This course is more intensive than BCM introduction and also preparatory for the BCI Exam, with lasting three day, which should enable the learner with skill knowledge and understanding how the components parts of BCM fit together to do a BCM for their company at a certain level. Who Should Attend This course is aimed at those who have an interest in this area, for those who want to prepare for the examination of the BCI, for professionals who will play a new role within the BCM sector as well as for those wishing to add value to their competences already exercised in the company. Benefits to your Business This can be a general overview lasting three days which would a skill set, which should enable the learner with skill knowledge and understanding how the components parts of BCM fit together to do a BCM for their company at a certain level. Investment: 1200 (materials and lunch included) English

6 Business Continuity Management Advanced (5 days) This course is more intensive than BCM intensive and completely focused on professionals that wish become a business continuity manager in your company or just delivery professionals services to your customers. Also can be useful, for who with to prepare to the BCI Exam, with lasting five day, which should enable the learner with skill knowledge and understanding how the components parts of BCM fit together to do a BCM for their company at a certain level. Historical Perspective of Business Continuity Planning BCP Planning Lifecycle Overview Business Continuity BIA s and Risk * Roles, Responsibility & Accountability Media training * Recovery Phases Incident management* On-going Training On-going Exercising, Maintenance & Audit Who Should Attend This course is aimed at those who have an interest in this area, for those who want to prepare for the examination of the BCI, for professionals who will play a new role within the BCM sector as well as for those wishing to add value to their competences already exercised in the company. Benefits to your Business This can be a general overview lasting five days which would a skill set, which should enable the learner with skill knowledge and understanding how the components parts of BCM fit together to do a BCM for their company at a certain level. Investment: 1810 (materials and lunch included) English

7 SESSÃO DE TREINAMENTO INTRODUÇÃO A ISO/IEC (CURSO DE 1 DIA) Objetivos Descrição do Curso A informação é crítica para a operação de uma empresa e para a sobrevivência de sua organização. Perceber a importância de compreender bem os requisitos da ISO 27001, e caso necessário ter alguém certificado pela ISO/IEC ajudará você a gerir e proteger os valiosos ativos da informação. A ISO/IEC é a única norma internacional auditável que define os requisitos para um Sistema de Gestão de Segurança da Informação (SGSI). A norma ISO/IEC27001, ajudará a sua empresa a proteger seus ativos e dar confiança para todas as partes interessadas, especialmente seus clientes. A norma adota uma abordagem de processo para o estabelecimento, implementação, operação, monitoramento, revisão, manutenção e melhoria de seu SGSI. Perceber a importância e significado da Segurança da Informação, bem como o porque estabelecer um SGSI (Sistema de Gestão de Segurança da Informação) em sua empresa. Aprender a identificar, gerir e priorizar objetivos de segurança e controlos para o seu negócio Compreender a finalidade da norma ISO e como ela pode beneficiar a sua empresa ou o seu cliente Perceber a necessidade da certificação de uma empresa e motivos para adquiri-la. A quem se destina Gestores de Empresas de TI, Gestores de TI, Gestores de Sistema da Informação, Auditores Envolvidos na implantação de Sistemas de Gestão da Segurança da Informação ISO 27001:2005, Consultores de Segurança da Informação, Estudantes de Sistemas de Informação e Sistemas de Gestão, Gestores de Projeto, Profissionais de Compliance e Juristas Pré-requisitos O curso de Introdução a ISO/IEC é direcionado para participantes com pouco ou sem nenhum conhecimento prévio de Sistemas de Gestão da Segurança da Informação. Investimento: 200 Idioma Português

8 MDSec Web Applications Hackers Handbook v2 (2 Days) * Marcus Pinto - Author of The Web Application Hacker's Handbook* The course follows the contents of WAHH, with a strong focus on practical techniques: The Web Application Hacker s Handbook (WAHH) Series is the most deep and comprehensive general purpose guide to hacking web applications that is currently available. This course is a practical opportunity to take the skills and theory taught in the book to the next level, experimenting with all of the tools and techniques against numerous vulnerable web applications and labs, under the guidance of the book s authors. The course also includes new material from the forthcoming second edition of WAHH, bringing the course right up to date with the latest attacks. Who Should Attend Pentesters Web Application Developers IT Security Professionals Training Pre-Requisites Delegates should be able to meet the following: Familiarity using an intercepting proxy Understanding of basic concepts such as the HTTP protocol, session management, and basic HTML.Computers capable of running Burp Suite (www.portswigger.net). Note that attendees should have administrative access on these machines in order to set IP addresses, modify hosts files and install software. Overview of web application security (chapters 1-3) Mapping the application and its attack surface (chapter 4) Bypassing client-side controls (chapter 5) Attacking core security mechanisms: authentication, session handling, access controls (chapters 6-8) Using automation to enhance manual testing (chapter 13) Injecting code and other input-based attacks (chapters 9-10) Attacking application logic (chapter 11) Attacking other users (chapter 12) We will cover a huge range of attacks and techniques, including: - Injection into SQL, XML, LDAP, XPath, SOAP and other back-end contexts - The nuances of SQL injection against Oracle, MySQL and MSSQL - Finding and exploiting subtle flaws in authentication mechanisms - Exploiting seemingly low risk issues to achieve full application compromise - Getting the most out of Burp Suite and other tools - Turning theoretical attacks into practical exploits - The latest attack techniques which have been developed in recent months And much more The course employs a range of demo applications and lab exercises, containing hundreds of different examples of web application vulnerabilities, as shown in the lab screenshot below (click on the screenshot to enlarge). Investment: 1200 (materials included) Partner English

9 Biography Marcus Pinto Marcus Pinto is internationally recognised as a leader in the application and database security field, having spent the last nine years in Information Security both as a consultant and as an end user responsible for a global team securing over 200 build tracks and 50+ externally facing applications. He has delivered training to some of the most high-profile audiences, at Blackhat, Syscan, and Hack in the Box. Privately he has run training for many technical audiences including CESG s penetration testing team. Marcus also sat on the assessors panel providing input for the CREST Web Application Exam, the UK s number one certification for application assessment.

10 PCI DSS (02 Days) PCI DSS, the results of the convergence of Visa, Master Card, American Express and other payment brands respective security standards, is here to stay. More so, Visa and MasterCard are fining institutions that process/store/transmit payment data for lack of compliance. PCI DSS impacts all companies that process/store/transmit payment card information. This A-Z training on PCI DSS is based on PCI Internal Security Assessor (ISA) methodology and attendees are equipped with similar knowledge as an ISA. As a result, attendees are able to maintain and facilitate PCI DSS corporate implementation. It is a 2 day intense training with an exam on the last day; attendees should have an ICT or audit/control or project management background. Target Information Security Professionals, Auditors, CISO (Chief Information Security Officer) and ISM (Information Security Manager). English This training will be applied by a QSA (Qualify Security Advisor) company recognized by the Payment Card Industry Data Security Standard PCI Security Council objectives and documentation Specific terminology and IT application to existing situations How the Standard applies to everyone involved with cardholder information How the implementation of the Standard is validated, dependent on levels of activity Cardholder data that can/cannot be held The relevance of different system components Detailed requirements of the Standard How compliance is assessed and whether compensating controls are acceptable Compilation of the Report on Compliance (ROC) Special considerations for hosting providers An action plan to achieve compliance Investment: 790

11 Organização Vagas Limitadas Instrutor: Dr. Pedro Verdelho Biografia: Magistrado do Ministério Público desde Desempenhou funções no Departamento de Investigação e Acão Penal (DIAP) de Lisboa, na secção especializada na investigação de crimes económico-financeiros, corrupção e crimes informáticos, entre 1994 e É representante de Portugal na União Europeia e no Conselho da Europa, em assuntos relacionados com a cibercriminalidade, bem como é representante de Portugal no Comité da Convenção do Cibercrime do Conselho da Europa. Perito da União Europeia e do Conselho da Europa nas áreas da corrupção e da cibercriminalidade. Direito Informático, Prova Eletrónica, Perícia Digital e Computação Forense. A Internet - enquadramento jurídico (1h20m) Direito de autor, redes peer-to-peer e criminalidade informática (1h20m) Vírus e outro software malicioso (1h20m) Introdução à prova eletrónica (1h20m) A obtenção de prova eletrónica e a Lei do Cibercrime (1h20m) Blogs (0h20m) Valor da Inscrição: 350 (material e almoço incluídos). Preços especiais para grupos. Para mais informações contacte-nos através do

12 Hacking IPV6 Networks (03 Days) The IPv6 protocol suite was designed to accommodate the present and future growth of the Internet by providing a much larger address space than that of its IPv4 counterpart, and is expected to be the successor of the original IPv4 protocol suite. The imminent exhaustion of the IPv4 address space has resulted in the deployment of IPv6 in a number of production environments, with many other organizations planning to deploy IPv6 in the short or near term. Additionally, a number of activities such as the World IPv6 Day in 2011 and the upcoming World IPv6 Launch Day (scheduled for June 2012) have led to an improvement in the awareness about IPv6 and an increase in the number of IPv6 deployments. There are a number of factors that make the IPv6 protocol suite interesting from a security standpoint. Firstly, being a new technology, technical personnel has much less confidence with the IPv6 protocols than with their IPv4 counterpart, and thus it is more likely that the security implications of the protocols be overlooked when the protocols are deployed. Secondly, IPv6 implementations are much less mature than their IPv4 counterparts, and thus it is very likely that a number of vulnerabilities will be discovered in them before their robustness matches that of the existing IPv4 implementations. Thirdly, security products such as firewalls and NIDS s (Network Intrusion Detection Systems) usually have less support for the IPv6 protocols than for their IPv4 counterparts, either in terms of features or in terms of performance. Fourthly, the security implications of IPv6 transition/co-existence technologies on existing IPv4 networks are usually overlooked, potentially enabling attackers to leverage these technologies to circumvent IPv4 security measures in unexpected ways. The imminent global deployment of IPv6 has created a global need for security professionals with expertise in the field of IPv6 security, such that the aforementioned security issues can be mitigated. While there exist a number of courses and trainings about IPv6 security, they either limit themselves to a high-level overview of IPv6 security, and/or fail to cover a number of key IPv6 technologies (such as transition/co-existence mechanisms) that are vital in all real IPv6 deployment scenarios. Fernando Gont, a well-known IPv6 security researcher will deliver a comprehensive IPv6 hacking training covering real-world IPv6 attacks along with real-world mitigations, thus preparing the attendees for deploying the IPv6 protocols in a secure manner. Introduction to IPv6 Security Implications of the IPv6 Addressing Architecture Security Implications of core IPv6 mechanisms (e.g. fragmentation, extension headers, etc.) IPv6 implications on IPsec usage Security Implications of the Internet Control Message Protocol version 6 (ICMPv6) Security Implications of Neighbor Discovery for IPv6 Security Implications of Multicast Listener Discovery Security Implications of the Dynamic Host Configuration Protocol version 6 (DHCPv6) First Hop Security in IPv6 (existing mechanisms, and recent advances in the area) Security Implications arising from DNS support for IPv6 (DoS and reconnaissance attacks, etc.) IPv6 firewalls (challenges, functionality, basic configuration, etc.) Security Implications of IPv6 Transition/co-existence technologies (6to4, Teredo, etc.) Network reconnaissance in IPv6 (challenges, recent advances in the area, etc.) Security Implications of IPv6 on IPv4-only networks (attacks and countermeasures) IPv6 deployment security considerations

13 Hacking IPV6 Networks (03 Days) What to bring Attendees are expected to bring a their own laptop. The recommended minimum requirements for the laptop are: Intel Core Duo, 1.66 GHz. 1GB of RAM. CD/DVD drive (or USB port). Ethernet and WI-FI network interface cards. Learning objectives This course will provide the attendee with in-depth, hands-on, training on IPv6 security, such that the attendee is able to evaluate and mitigate the security implications of IPv6 in production environments.the attendee will be given an in-depth explanation of each topic covered in this course, and will learn how each feature of the IPv6 protocols and related technologies can be exploited for malicious purposes. Subsequently, the attendee will be presented with a number of alternatives to mitigate each of the identified vulnerabilities. This course will require the attendees to employ a variety of security assessment tools to perform real-world IPv6 security exercises, such that the concepts and techniques learned during this course are reinforced with hands-on expertise. Who Should Attend Network Engineers, Network Administrators, Security Administrators, Penetration Testers, and Security Professionals in general. Pre requisite Participants are Required to have a good understanding of the IPv4 protocol suite (IPv4, ICMP, etc.) and of related components (routers, firewalls, etc.). Additionally, the attendee is expected to have knowledge about basic IPv4 troubleshooting tools, such as: ping, traceroute, and network protocol analyzers (e.g., tcpdump) About the Instructor Fernando Gont specializes in the field of communications protocols security, working for private and governmental organizations. Gont has worked on a number of projects for the UK National Infrastructure Security Coordination Centre (NISCC) and the UK Centre for the Protection of National Infrastructure (CPNI) in the field of communications protocols security. As part of his work for these organizations, he has written a series of documents with recommendations for network engineers and implementers of the TCP/IP protocol suite, and has performed the first thorough security assessment of the IPv6 protocol suite. Gont is currently working as a security consultant and researcher for SI6 Networks (http://www.si6networks.com). Additionally, he is a member of the Centro de Estudios de Informatica (CEDI) at Universidad Tecnológica Nacional/Facultad Regional Haedo (UTN/FRH) of Argentina, where he works in the field of Internet engineering. As part of his work, he is active in several working groups of the Internet Engineering Task Force (IETF), and has published a number of IETF RFCs (Request For Comments) and Internet-Drafts. Gont is also a member of the Transport Directorate of the IETF (http://trac.tools.ietf.org/area/tsv/trac/wiki/tsv-directorate). Gont has been a speaker at a number of conferences and technical meetings about information security, operating systems, and Internet engineering, including: CanSecWest 2005, Midnight Sun Vulnerability and Security Workshop/Retreat 2005, FIRST Technical Colloquium 2005, Kernel Conference Australia 2009, DEEPSEC 2009, HACK.LU 09, IETF 73, IETF 76, LACNIC XII, Hack In Paris 2011, HACK.LU 2011, and DEEPSEC More information about Fernando Gont is available at his personal web site: Investment: 1500 English

14 SESSÃO DE TREINAMENTO CISSP CBK Review Seminar Formação Oficial - (ISC)2 Programa do Curso A certificação CISSP demonstra competência nos dez domínios do CBK do CISSP do (ISC)2 e reconhece os anos de experiência adquiridos. Os dez domínios são explicados na brochura do Seminário de Revisão do CBK do CISSP da (ISC)2 são: Descrição do Curso A certificação CISSP é ideal para gestores de nível intermediário e da alta administração que estejam a trabalhar para assumir ou que já assumiram cargos como de CISO, CSO ou Engenheiros de Segurança Seniores. Público Alvo Para quem planeia seguir carreira na área da segurança da informação uma das mais notáveis profissões de hoje e se tiver no mínimo cinco nos de experiência em segurança da informação, a certificação CISSP (Certified Information Systems). Objetivos O CISSP foi a primeira certificação na área de segurança da informação, aprovado pelo ANSI (Instituto Americano de Normas Nacionais) de acordo com a Norma ISO (Organização Internacional de Normas) 17024:2003. A certificação CISSP não é somente uma medida objetiva da excelência, mas um padrão de desempenho mundialmente reconhecido. Controlo de acesso; Segurança de aplicações; Planeamento de continuidade de negócios e recuperação de desastres; Criptografia; Gestão de segurança da informação e riscos; Legislação, regulamentação, conformidade e investigações; Segurança de operações; Segurança física (ambiental); Desenho e arquitetura de segurança; Segurança em redes e telecomunicações; Investimento: Contate-nos Idioma Português ou inglês

15 SESSÃO DE TREINAMENTO HARDENING IN OS LINUX HANDS ON (3 HORAS) Benefícios Os participantes poderão durante este workshop interagir diretamente e aplicar o conhecimento adquirido em ambiente Hands On, ou seja em seu próprio portátil através de máquina virtual fornecida pelo instrutor. A quem se destina Descrição do Curso O conhecimento adquirido ao longo dos anos é fundamental para se manter as infraestruturas de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação), de modo que o mundo globalizado e evolução rápida das tecnologias acontecem num espaço de tempo veloz, não dando tempo dos profissionais se reciclarem. Pré-requisitos Conhecimento básico do Sistema Operativo Linux baseado em Redhat/CentOS Serviços de rede LAN/WAN Ex: (Samba, Apache, Postfix, DHCP, DNS, Iptables) Desejável conhecimento de rede TCP-IP. Objetivos Dar a conhecer os participantes a importância (Why and How) de se efetuar a blindagem de sistemas operativos utilizados para serviços de missão crítica. O Hardening efetuado será diretamente no Sistema Operativo, porém alguns fatores refletem em serviços de networking para empresas que provêm serviços de rede LAN e WAN. Administradores de Sistemas que utilizam ou pensam em utilizar o Linux como em serviços de missão crítica. (Firewall, Gateway, Webserver, Mailserver, VPN, Fileserver e outros) Estudantes que pretendam exercer carreira e buscam vaga na área de Administrador de Sistemas e tenham gosto por segurança IT Managers que buscam por melhores práticas em Sistemas Operativos para sua empresa Gestores de Datacenters que utilizem o Linux como ambiente principal para o próprio uso ou para clientes. Investimento: 200 Idioma Português

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS Ana Helena da Silva, MCI12017 Cristiana Coelho, MCI12013 2 SUMMARY 1. Introduction 2. The importance of IT in Organizations 3. Principles of Security 4. Information

Leia mais

Sistemas Informáticos Cisco Certified Networking Academy (v5.0)

Sistemas Informáticos Cisco Certified Networking Academy (v5.0) Sistemas Informáticos Cisco Certified Networking Academy (v5.0) Enquadramento Geral Objetivos do Percurso Dotar os formandos de conhecimentos iniciais de Routing e Switching Preparar para os exames de

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS

Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS Curso Datas Lisboa Datas Porto Datas Coimbra Workshop SharePoint 2007 Developer Planning, Deploying and Managing Microsoft System Center Configuration

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures GeoInfo - 2006 Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures Leonardo Lacerda Alves Clodoveu A. Davis Jr. Information Systems Lab

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

O caminho das certificações

O caminho das certificações O caminho das certificações Treinamentos em Segurança da Informação Anderson Ramos CISSP, CISA, SSCP, CCSI/E+ CNE, MCSE, CCAE, CCQE, NSA Diretor Educacional DataCastle Lead Instructor (ISC)² Diretor de

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Gestão de Serviços. Mário Lavado itsmf Portugal. Guimarães 18 de Novembro 2010. itsmf Portugal 1

Gestão de Serviços. Mário Lavado itsmf Portugal. Guimarães 18 de Novembro 2010. itsmf Portugal 1 Gestão de Serviços Mário Lavado itsmf Portugal Guimarães 18 de Novembro 2010 itsmf Portugal 1 Agenda 1. O que é o itsmf? 2. A Gestão de Serviços e o ITIL 3. A ISO 20000 4. A certificação ISO 20000 itsmf

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Competências Gerenciais

Competências Gerenciais Gerenciais usando o PMCD para alavancar sua carreira Ayres set 2015 1 Ayres, MsC*, PMP, MBA, ITIL, ISO 20000, COBIT Consultor, professor e palestrante nas áreas de governança, gestão e projetos. Mestrando

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007. Brasil ca.com/education 0800-121502

CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007. Brasil ca.com/education 0800-121502 CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007 Brasil ca.com/education 0800-121502 Venha Para a Fonte Preferida de Treinamento Para Software de Gerenciamento de TI e Melhores Práticas

Leia mais

QUEM SOMOS WHO WE ARE

QUEM SOMOS WHO WE ARE QUEM SOMOS A 5PM Consulting é uma empresa de consultoria que atua nos segmentos industrial, construção civil e obras de infraestrutura, fornecendo planejamento, gerenciamento e Follow Up dos empreendimentos.

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Figura 1 - "Quem feio ama, bonito lhe parece"?

Figura 1 - Quem feio ama, bonito lhe parece? Mission Code: APO11 - O COBIT5 e a Gestão da Qualidade (Artigo baseado na apresentação realizada durante o evento 8th International Conference on the Quality of Information and Communications Technology.

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Sector das TI s em Portugal e Projectos de

Sector das TI s em Portugal e Projectos de Sector das TI s em Portugal e Projectos de Financiamento Seminário Modelos de Gestão em Tecnologias de Informação: Gestão de Serviços, da Segurança e da Inovação 18 Nov 2010 Escola de Engenharia da Universidade

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes: o Papel do CSIRT no Aumento da Segurança das Corporações

Gerenciamento de Incidentes: o Papel do CSIRT no Aumento da Segurança das Corporações Gerenciamento de Incidentes: o Papel do CSIRT no Aumento da Segurança das Corporações Cristine Hoepers Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil - CERT.br http://www.cert.br/

Leia mais

ISACA Capítulo São Paulo

ISACA Capítulo São Paulo Tendências e Certificações Profissionais da ISACA ISACA Capítulo São Paulo Fabio Penna Curto, CGEIT, CISM, Diretor Cristiano Borges, Diretor ISACA SP Carmen Ozores, Vice presidente ISACA SP Contato: info@isaca.org.br

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Código Code Unidade Curricular Course Unit Português para Estrangeiros nível intermédio B Portuguese

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Workshop Construir valor com a gestão de sistemas integrados. ISO/IEC 20000 IT Service Management

Workshop Construir valor com a gestão de sistemas integrados. ISO/IEC 20000 IT Service Management Workshop Construir valor com a gestão de sistemas integrados ISO/IEC 20000 IT Service Management Agenda ISO/IEC 20000 ISO/IEC 20000 ISO/IEC 20000 Âmbito ISO/IEC 20000 vs ITIL ITSM Motivação Benefícios

Leia mais

Sobre o Palestrante. paulo.borges@segurti.pt SEGURTI

Sobre o Palestrante. paulo.borges@segurti.pt SEGURTI Bem-vindos! Sobre o Palestrante BSI ISO/IEC Accredited ISMS Implementer BSI ISO/IEC 27001 Lead Auditor PECB ISO/IEC 22301 Lead Auditor PECB ISO/IEC 20000 Lead Auditor Auditor do Gabinete Nacional de Segurança

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Criando diferenciais competitivos e minimizando riscos com uma boa. Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil

Criando diferenciais competitivos e minimizando riscos com uma boa. Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil Criando diferenciais competitivos e Informação minimizando riscos com uma boa Governança da Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil PESQUISA GLOBAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO 2014 - EY Pensando

Leia mais

Tendências das ameaças. Baldwin, Alan, Palfreyman, John, Cyber Defense: Understanding and combating the threat, IBM Corporation, January 2010

Tendências das ameaças. Baldwin, Alan, Palfreyman, John, Cyber Defense: Understanding and combating the threat, IBM Corporation, January 2010 Tendências das ameaças as Crescimento exponencial de IDs Desafios crescentes na gestão de ID e de acessos Malware mais sofisticado N.º de Identificadores Internet B2E Mobility B2C B2B mainframe Pre-1980s

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Engenharia de Requisitos Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br O Documento de Requisitos Introdução The requirements for a system are the descriptions

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Departamento de Informática Unidade Curricular Generalidades sobre Serviços de Comunicação na Internet Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 1 - Sumário

Leia mais

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010 CURSOS IT PROFESSIONAL Horas Dias Jul Ago Set Out Nov Dez Exame Certificação Valor Microsoft Windows XP M2261 - Supporting Users Running the MS Windows XP OS 21 3 5 7 1..3 70-271 MCP+MCDST 1 800 USD M2262

Leia mais

展 示 及 展 覽 藝 術 Apresentação e Exposição de Arte Presentation and Exhibition of Art

展 示 及 展 覽 藝 術 Apresentação e Exposição de Arte Presentation and Exhibition of Art 展 示 及 展 覽 藝 術 Apresentação e Exposição de Arte Presentation and Exhibition of Art 協 辦 機 構 : Colaboração 全 藝 社 Art For All Society 報 名 費 : Taxa de Inscrição $20 Co-organizers Art For All Society Application

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person?

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person? Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014 GUIÃO A Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho 1.º Momento Intervenientes e Tempos

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

Penetration Testing Workshop

Penetration Testing Workshop Penetration Testing Workshop Information Security FCUL 9 Maio 2013 Workshop FCUL Marco Vaz, CISSP, CISA, ISO27001LA, ITILv3 Expert Consultant Partner (mv@integrity.pt) Herman Duarte, OSCP, Associate CISSP,

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

Company Presentation COMPANY

Company Presentation COMPANY COMPANY ATRIA is a integrator of systems of Automation enclosing the most diverse segments of market. We count on the excellency technique and more than 15 years experience of our team in the Industrial

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

As tendências estão criando oportunidades

As tendências estão criando oportunidades SAM para cenários Cloud Paulo Henrique Machado As tendências estão criando oportunidades As necessidades organizacionais modernas estão mudando 70% dos CIOs vão adotar a estratégia Cloud-First em 2016.

Leia mais

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Tecnologia da Informação em Saúde Consulado Americano no Brasil Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Missão Institucional da ANS Promover a defesa do interesse

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

Course 6435B: Designing Windows Server 2008 Network and Applications Infrastructure

Course 6435B: Designing Windows Server 2008 Network and Applications Infrastructure Course 6435B: Designing Windows Server 2008 Network and Applications Infrastructure Length: 5 Days Published: April 25, 2012 Language(s): Audience(s): English IT Professionals Level: 300 Technology: Windows

Leia mais

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações.

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. Pós Graduação em Information Security Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. A competitividade

Leia mais

O PAPEL DO SETOR PÚBLICO NO DESENVOLVIMENTO DO ECOSSISTEMA DE INVESTIMENTO SOCIAL

O PAPEL DO SETOR PÚBLICO NO DESENVOLVIMENTO DO ECOSSISTEMA DE INVESTIMENTO SOCIAL FOCUS GROUP O PAPEL DO SETOR PÚBLICO NO DESENVOLVIMENTO DO ECOSSISTEMA DE INVESTIMENTO SOCIAL 23 ABRIL 2015 PARTE I BOAS VINDAS Boas vindas da: AMP Área Metropolitana do Porto Boas vindas dos parceiros

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

Utilização da Normalização na Regulação das Comunicações Eletrónicas

Utilização da Normalização na Regulação das Comunicações Eletrónicas Utilização da Normalização na Regulação das Comunicações Eletrónicas Segurança e Integridade de Redes e Serviços Workshop ANACOM itsmf Portugal: Normalização de TI técnicas de segurança Manuel Pedrosa

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 1 Whoi am RESUME OF THE PRESENTER Coordenador de processos de Certificação na APCER Auditor ISO 9001 / ISO 27001 / ISO 20000 / SA 8000 Assessor Qweb e IQNET 9004

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde*

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde* UniversidadeNovedeJulho1UNINOVE ProgramadeMestradoProfissionalemAdministração GestãoemSistemasdeSaúde Disciplina ProjetosComplexoseEstratégicosAplicadosàSaúde Códigodadisciplina GSEL04 Linhadepesquisa

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Microsoft Outlook Doc.: Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

SIMOS (IMPLEMENTING CISCO SECURE MOBILITY) 1.0

SIMOS (IMPLEMENTING CISCO SECURE MOBILITY) 1.0 SIMOS (IMPLEMENTING CISCO SECURE MOBILITY) 1.0 Objetivo Implementing Cisco Secure Mobility Solutions (SIMOS) v1.0 é um treinamento que faz parte da grade de certificação CCNP Security. Este curso visa

Leia mais

DRIVING BOOK Back Offi ce Front Offi ce Online System

DRIVING BOOK Back Offi ce Front Offi ce Online System DRIVING BOOK Back Office Front Office Online System Front Office 1 2 Start Screen Front Office 1 - Next Activities 2 - Categories - Attention - Find Booking Display upcoming activities to have be- All

Leia mais

CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES. SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015

CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES. SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015 CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015 Introdução (I) Apesar de em Portugal até ao momento não existirem exemplos

Leia mais

Tipos de Redes. Redes de Dados. Comunicação em Rede Local. Redes Alargadas. Dois tipos fundamentais de redes

Tipos de Redes. Redes de Dados. Comunicação em Rede Local. Redes Alargadas. Dois tipos fundamentais de redes Tipos de Redes Redes de Sistemas Informáticos I, 2005-2006 Dois tipos fundamentais de redes LAN = Local Area Network Interliga um conjunto de computadores locais, próximos Tecnologias mais típicas: Ethernet

Leia mais

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013 Consórcio do Politecnico di Milano Fevereiro 2013 DESIGN DEFINITIONS SENAI & POLI.design Fevereiro 2013 Design como uma atividade específica no processo de P&D que visa a projetação dos aspectos funcionais

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h)

Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h) Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h) Este curso virtual liderado por um instrutor, com 8 horas de duração, introduz os participantes aos produtos e serviços do Google Cloud Platform.

Leia mais

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Campos extraídos diretamente Título Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Huang, Chin-Yu and Lin, Chu-Ti Ano de publicação 2006 Fonte de publicação

Leia mais

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica Normalização e interoperabilidade da informação geográfica perspetivas para a formação em Engenharia Geográfica João Catalão Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia Faculdade de Ciências

Leia mais

Curriculum para Academia PP

Curriculum para Academia PP Curriculum para Academia PP PARTE PRESENCIAL 20 dias TSCM40 Planning / Manufacturing I Course version: 2006/Q2 Duration 10 day(s) At the conclusion of this course, you will be able to: - Apply and communicate

Leia mais

Tipos de Redes. Dois tipos fundamentais de redes

Tipos de Redes. Dois tipos fundamentais de redes Redes de Tipos de Redes Dois tipos fundamentais de redes LAN = Local Area Network Interliga um conjunto de computadores locais, próximos Tecnologias mais típicas: Ethernet / FastEthernet / GigabitEthernet

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais