PLANO DE COMUNICAÇÃO DIGITAL PARA O SISTEMA DE CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE BIBLIOTECONOMIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE COMUNICAÇÃO DIGITAL PARA O SISTEMA DE CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE BIBLIOTECONOMIA"

Transcrição

1 PLANO DE COMUNICAÇÃO DIGITAL PARA O SISTEMA DE CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE BIBLIOTECONOMIA

2

3 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO OBJETIVO DO PLANO OBJETIVOS ESPECÍFICOS WEBSITE (www.cfb.org.br) ANÁLISE DE CINCO SITES DE CONSELHOS FEDERAIS (PROFISSÕES REGULAMENTADAS) CFA Conselho Federal de Administração CFM Conselho Federal de Medicina CFFa Conselho Federal de Fonoaudiologia CFO Conselho Federal de Odontologia CFC Conselho Federal de Contabilidade BENCHMARKING ANÁLISE DO SITE ATUAL DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO MAPEAMENTO DAS NECESSIDADES NOVA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO INTEGRAÇÃO COM OS CONSELHOS REGIONAIS REDES SOCIAIS FACEBOOK Como criar e cuidar do Facebook do Conselho Federal de Biblioteconomia CFB O que falar e como falar Periodicidade Conteúdos somados com recursos diversos Informe com veracidade Seja ético e dê créditos Conheça e respeite as regras do Facebook Como mensurar os resultados do Facebook...33

4 6.2. INSTAGRAM TWITTER FERRAMENTAS DO TWITTER FLICKR Habilite as Tags YOUTUBE Os principais benefícios do Youtube MARKETING

5 1. INTRODUÇÃO A Ciência da Informação é a disciplina do Século 21, e, durante os primeiros anos deste período, as tecnologias que abarcam os sistemas informacionais estão em alta e ganham cada vez mais espaço no dia a dia das pessoas. Computadores, tablets e smartphones são considerados extensões do corpo humano e, em alguns casos, são vistos como o novo vício da modernidade. O crescimento contínuo dos dispositivos móveis e a diversificação de resoluções de tela nos levam a entender a evolução da internet. Percebe-se uma diminuição do desktop e um aumento rápido das opções móveis concomitantemente com a tendência da criação de sites responsivos. Esses dispositivos são a porta de entrada para um novo mundo. No Brasil, com a melhoria da internet, principalmente da internet móvel, e com a chegada do 3G, foi possível criar o hábito de acesso virtual de qualquer lugar. É incrível verificar que, enquanto estamos esperando em uma fila de banco, ou aguardando um ônibus, as pessoas estão inteiramente conectadas. Hoje, somos a terceira maior população de smartphones do planeta. Resultado disso foi a oferta acessível de aparelhos a todas as classes sociais. Nos últimos anos, outro tipo de uso para a internet tem ganhado destaque. O e-commerce é o mercado que mais cresce no País. O hábito de consumo do brasileiro não se restringe mais ao modelo tradicional, como a ida aos shoppings centers. O consumo agora é feito por meio de celulares, notebooks e tablets. Sites de compra coletiva, ou por nicho, fazem sucesso e faturam mais que muitas marcas consolidadas. Tudo isso, devido à disponibilidade e facilidade de interação com as mídias. Outra informação relevante na relação entre o mundo da tecnologia e o da informação é o nascimento dos sites de busca. Há 10 anos usamos buscadores para encontrar conteúdos. Os chamados SEM (Search Engine Marketing) como o Google, Yahoo e MSN organizaram, por meio de metadados, as informações hospedadas em diversos servidores do mundo. Atualmente, os usuários da world wide web não sabem entrar na internet sem consultar o que chamamos de oráculos. Dentro dessa dinâmica da tecnologia provendo a informação, identificamos um papel de suma importância para o Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB). Primeiramente, porque sua presença na web deveria ser traçada pelos próprios conceitos da Ciência da Informação: usabilidade, encontrabilidade e navegabilidade. Como exemplo, não há registros suficientes junto às SEM (Google, Yahoo, MSN) que garantam a indicação do site do Conselho quando buscamos palavras-chave como: bibliotecário, biblioteconomia e outros vários termos relacionados ao Conselho Federal e aos conselhos regionais. Se o trabalho de Search Engine Optimization SEO estivesse sendo bem realizado, facilmente o resultado dessa busca indicaria os próprios sites dos conselhos, como também, as áreas internas no site do Conselho Federal em primeiro lugar. Porém, a presença digital não trata apenas de um facilitador de acesso ao site do Conselho de uma forma rápida e simples. É preciso trabalhar com sugestões de estrutura para que o usuário seja atendido em poucos cliques. O atual site do Conselho Federal possui um menu primário extenso e não trabalha a interface da homepage de forma a garantir acesso rápido pelos públicos-alvo. 5

6 Destacamos neste estudo, também, a correlação dos sites dos conselhos regionais. Eles deveriam gerar tráfego para o Federal e vice-versa. Isso ajudaria no rankeamento orgânico dos sites nos sistemas de busca. O chamado Affiliate Marketing possui técnicas que deverão ser incluídas no novo posicionamento digital do Sistema do CFB/CRB. Em relação às Redes Sociais, é preciso ter atenção para o posicionamento de marca e tempo de resposta. O que muitos não sabem é que essas redes foram criadas, cada uma, com o propósito de dialogar com diferentes públicos-alvo. Isso significa que não adianta usar uma fanpage apenas para replicação de conteúdos do site da Instituição ou de outros sites. O uso das ferramentas requer relacionamento e é essa ação, dentre as demais, que planejamos para o Sistema de Conselhos de Biblioteconomia. 6

7 2. OBJETIVO DO PLANO Dar visibilidade ao tema Biblioteconomia e suas variáveis, para que o Conselho Federal de Biblioteconomia se torne a principal referência de informação. 7

8 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Desenvolver um novo projeto para o website do Conselho Federal de Biblioteconomia. Planejar a dinâmica de integração e comunicação com os demais sites dos conselhos regionais. Criar a filosofia de presença digital das redes sociais para os Conselhos. 8

9 4. WEBSITE (www.cfb.org.br) 4.1. ANÁLISE DE CINCO SITES DE CONSELHOS FEDERAIS (PROFIS- SÕES REGULAMENTADAS) Para apontar as tendências praticadas pelo mercado e propor soluções que melhor atendam aos profissionais da área de Biblioteconomia, foi realizada uma análise nos seguintes sites semelhantes de profissões regulamentadas: CFA CFM CFFa CFO CFC Conselho Federal de Administração Conselho Federal de Medicina Conselho Federal de Fonoaudiologia Conselho Federal de Odontologia Conselho Federal de Contabilidade Conselho Federal de Administração CFA 9

10 Menu primário: Submenus: Institucional: Serviços: 10

11 Ações do CFA: Fiscalização: Administração: Imprensa: Contato: Layout: cores institucionais azul e branco; ferramenta de busca no canto superior direito da página; principais notícias em destaque em forma de banner na home; as principais informações estão bem distribuídas na home, como carreira do administrador, agenda de eventos, artigos de administração, espaço de oportunidades etc.; ao passar o mouse por cima dos menus, estes revelam submenus que constam dentro da área, o que caracteriza uma navegação altamente hierarquizada;»destaque» na home para a carreira do administrador, área com dicas e notícias sobre estágios, cursos e dicas gerais, o que valoriza e incentiva o profissional;»»possui link com a Rádio ADM, com entrevistas, destaques e foco para os profissionais da área e sociedade. 11

12 existe uma área na home para as publicações, tais como revistas, artigos etc. Fontes: não serifadas; Rodapé: espaço com mais informações, pois, além dos menus principais estarem linkados no rodapé, existem outros links adicionais para mais informações ao usuário, tais como o envio de currículo digital, piso salarial, história da profissão, sindicatos e associações, salários e honorários, concursos etc. Observações: existe equilíbrio entre as imagens e os textos, o que contribui para destacar o conteúdo. Redes Sociais: todos os contatos das redes sociais estão no rodapé da página (Facebook, Youtube e LinkedIn) Conselho Federal de Medicina CFM Menu primário: 12

13 Submenus: Serviços: Sobre o CFM: Cidadão: Conselheiros: Educação: Transparência: Comunicação: Legislação/Processo: Fale Conosco: 13

14 Layout: cores institucionais verde e branco; ferramenta no topo da página com a opção de selecionar qual página dos conselhos regionais clicar; principais notícias em destaque em forma de banner na home; na lateral direita da home, informações, como eventos do CFM, sobre CRM Digital, Saúde baseada em evidências, protocolos e cartilhas, código de ética médica, Revista Bioética, espaço para crianças desaparecidas, dentre outros. Fontes: não serifadas; Rodapé: linkado ao menu primário; Observações: site utiliza imagens. Há dinamismo nas imagens de abertura. Redes sociais: existe uma testeira com a logomarca do Conselho e links com todas as redes sociais e canais de comunicação do CFM, tais como SoundCloud, Facebook, Twitter, Youtube, Flickr e CFMail Conselho Federal de Fonoaudiologia CFFa 14

15 Menu primário: Submenus: Legislação: CFFA: Serviços: Imprensa: Contatos: Fonoaudiólogos: 15

16 Layout: cores institucionais azul, vermelho e branco; ferramenta Acesse seu Plano no canto superior direito da página; dois espaços para as principais notícias em destaque em forma de banner na home ; área de busca na home; espaço CFFa atividades na home, como agenda, galeria de fotos e licitações e contratos. Fontes: não serifadas; Rodapé: no rodapé estão a galeria de fotos, área de vídeos e o CFFa contatos; Redes sociais: abaixo da logomarca do Conselho, constam os links para as redes sociais (Facebook, Twitter, Flickr e Youtube) Conselho Federal de Odontologia CFO Menu primário: 16

17 Submenu: Cidadão: Institucional: Profissional: CRO: Links: 17

18 Notícias: Imprensa: Legislação: Publicações: Layout: cores institucionais vermelho e branco; site bem distribuído e organizado na home; espaço para as notícias em destaque em forma de banner; portarias e resoluções por busca de palavras-chave; espaço reservado na home para a comissão parlamentar; espaço para ouvidoria do CFO;»destaque» na home para a revista do Conselho, para o manual de identidade visual da logomarca do Conselho, para área de vídeos e espaço para as propostas para a área de Odontologia;»» ao passar o mouse por cima dos menus, estes se desdobram revelando novos submenus, o que caracteriza uma navegação altamente hierarquizada. 18

19 Fontes: não serifadas; Rodapé: link para a Home, para o Fale Conosco e o Mapa do site; Redes sociais: em destaque na home (Facebook, Flickr e Youtube). O twitter está na lateral e está linkado automaticamente ao site. Atualizando as mensagens no twitter, automaticamente já aparece direto na página do conselho Conselho Federal de Contabilidade CFC Menu: primário O conselho: 19

20 Presidência: CRC: Projetos e Programas: 20

21 Legislação: Quantos somos: Submenu: Vice-presidência: 21

22 Exames: Layout: cores institucionais amarelo e azul; uso de imagem e ilustração; espaço para as Notícias em destaque em forma de banner; ao passar o mouse por cima dos menus, estes se desdobram revelando novos submenus, o que caracteriza uma navegação altamente hierarquizada; menu específico para os Conselhos Regionais CRC; galeria TV CFC em destaque na home; espaço de eventos em destaque na home. Fontes: não serifadas; Observações: na home constam links da Previc e do imposto de renda; Rodapé: links dos menus primários e outras informações, tais como Biblioteca on-line. Redes sociais: links no rodapé para o Facebook e Twitter. 22

23 4.2. BENCHMARKING De acordo com o Benchmarking, foram avaliados os seguintes tópicos: Conteúdo A maioria adota uma comunicação humanizada, dando importância ao interesse dos profissionais da área (notícias e soluções para você, currículo, informação sobre assuntos relacionados à área, incentivo à profissão etc.). Os Conselhos preocupam-se com a clareza das informações referentes à profissão, dando destaques para a área de notícias e outras informações sobre a área. Serviços Há eficácia na prestação de serviço por meio de vídeos sobre a profissão, acesso a informações de revistas e outras matérias e publicações, conteúdo de jornal, TV online e redes sociais. As navegações também são didáticas e de manuseio simples. É evidente a demonstração de cuidado dos Conselhos com os profissionais da área ao abrir espaço com dicas para a sua carreira, oportunidade de envio de currículos, artigos para conhecimento etc. Alguns sites dos conselhos federais avaliados possuem link direto com os sites dos regionais, o que facilita o acesso e contato a esses conselhos. As navegações são simples dispondo de serviços mais acessados, tais como documentos para download como revistas, artigos etc. Um dos sites avaliados possui uma área chamada Transparência. Nessa área constam submenus com detalhamento de contas públicas, como compras diretas, contratos a encerrar, contratos e convênios, balanços, despesas e receitas. Design Preocupação com o design e com a facilidade de entendimento. Cuidado com a elaboração dos menus, pois, na maioria dos sites, ao passar o mouse por cima dos menus, eles desdobram-se revelando novos submenus, o que caracteriza uma navegação altamente hierarquizada e organizada facilitando a compreensão dos usuários. Com relação ao estilo do design um pequeno número de sites estão distribuídos e hierarquizados de uma melhor forma.»»nos sites avaliados, os espaços da home estão bem distribuídos e com o máximo de informação que desperte o interesse do profissional à profissão de cada conselho. 23

24 4.3. ANÁLISE DO SITE ATUAL Na análise do site atual do Conselho Federal de Biblioteconomia, foi observado que existe, por parte do Conselho, a consciência de oferecer ao seu público mais informações que facilitem a compreensão do mercado da área de Biblioteconomia, além de outros conteúdos da área. Porém, o atual conteúdo do site não oferece a organização necessária para esse fim. Foi observada uma necessidade de produção de conteúdo, uma disponibilização de serviços ao público, navegabilidade e usabilidade para que o Conselho possa atingir o foco de mostrar a seu público a atuação do Sistema CFB/CRB em prol da classe bibliotecária e da sociedade. Diante disso foram avaliados os seguintes tópicos sobre o atual site: Pontos Fortes: Os links com os contatos dos CRB estão no topo da home. Ao clicar, abre-se a página do Conselho Regional selecionado ou o contato dentro do próprio site do CFB. Pontos Fracos Conteúdo Falta explorar mais o histórico do Conselho Federal de Biblioteconomia. Ausência de uma área de Transparência com resumo de gastos ou investimentos com uma linguagem simples. Faltam esclarecimentos sobre a gestão atual. O espaço de projetos e programas não está atrativo e nem em destaque na home do CFB, o que não demonstra incentivos para a Classe. Serviços Não existe uma organização nos conteúdos da home. O site não possui área de busca na home (CFB).»Mesmo» os links com os contatos dos CRB estando no topo da home, ainda é preciso padronizar cada site das regionais, pois alguns não estão com as cores institucionais e não demonstram unidade de Sistema. O site não possui link com as redes sociais. As informações da galeria de fotos não estão atualizadas. Design O site não é interativo nem atrativo. A home não está bem distribuída, e muitas áreas precisam de destaque.»» Falta uma área de destaque para o espaço das notícias, revistas, boletins, dicas para os profissionais da área de Biblioteconomia etc. 24

25 »Os» menus estão confusos. Existem dois menus, um na lateral direita e outro na lateral esquerda, o que dificulta a navegação, o entendimento e a localização das informações.»o» site não está moderno e nem sofisticado, não refletindo as tendências atuais da web; 4.4. DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO Para consolidação do diagnóstico, foram considerados os itens apresentados nas páginas anteriores. Com base nas informações levantadas, a seguir são propostas melhorias MAPEAMENTO DAS NECESSIDADES Recomendamos que será essencial analisar as necessidades de informação e de navegação dos usuários, identificar pontos fracos e ameaças e, com base nessa visão, propor um plano de melhorias. Após esse levantamento, deverão ser analisadas e definidas as matrizes de conteúdo (conteúdo/responsáveis). A próxima fase será o mapeamento do fluxo das informações do site para a definição da estratégia, bem como para o detalhamento do processo a ser adotado na gestão de conteúdo. O segundo passo será o planejamento da arquitetura com soluções e elaboração de propostas, compreendendo os seguintes pontos: organização da informação, rotulação, navegação e busca, classificação e taxonomia das composições. A arquitetura deverá definir um posicionamento de elementos e fluxos de navegação por meio de wireframes de macro e micro arquitetura e mockup (protótipo de visualização das interfaces) NOVA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO De forma geral, a Arquitetura de Informação trata da organização da informação tornando-a mais clara e compreensível. Na web, esse objetivo mantém-se por meio da criação de estruturas de organização da informação de um website para que o usuário consiga compreendê-lo com facilidade. Considerando o mapeamento e com base na análise do site do Conselho Federal de Biblioteconomia, nota-se que uma reorganização estrutural é necessária. A seguir daremos início a essa proposição. Mapeamento de usuários São identificados alguns stakeholders para este site, como universitários, bibliotecários, profissionais de áreas correlatas, órgãos do governo, funcionários dos conselhos regionais e do Federal, entre outros. Cada um deles realiza um tipo de busca de informação dentro da ferramenta e precisa encontrar com facilidade suas necessidades. 25

26 Taxonomia (classes e subclasses) 1. Institucional 2. Transparência 3. Comunicação 4. Concurso Público 5. Webmail 6. EAD 7. Contato TAXONOMIA NOVO SITE CFB O Conselho (História) Conselhos Regionais Diretoria e Conselho Comissões e Assessoria Plano de Metas Links Regimento Interno Leis, Resoluções e Decretos Recomendações Salariais Licitações Ética Notícias Relatórios CFB Calendário de Reuniões Eventos Boletim Eletrônico Galeria de Fotos Repositório A ideia é agrupar informações que tenham sintonia com outras em menus e submenus e que sejam de fácil acesso ao usuário. Sendo assim, agrupamos em Institucional todas as informações referentes ao próprio Conselho. A história do Conselho, o corpo laboral (diretivo, conselho, funcionários), conselhos regionais, Plano de Metas e links. Sugerimos uma área chamada Transparência porque esta é uma demanda recorrente aos órgãos públicos e uma recomendação do TCU. Nessa aba, a ideia é colocar a visão de ética e elencar todas as leis, resoluções e decreto que regem a atuação desta categoria, como também deixar todo o histórico e oferta de licitações disponíveis para os internautas. Em Comunicação todas as informações cotidianas e periódicas do Conselho serão armazenadas. Notícias, boletins, relatórios, galeria de fotos, sendo que as mais atuais pode- 26

27 rão estar em destaque na home. As demais áreas: concurso, contato, webmail e EAD são mais isoladas. Por essa razão, sugere-se que sejam apresentadas em separado. Requisitos (funcionais, não funcionais e de domínio): a) divulgar as informações que ajudem o usuário a encontrar e entender os demais conteúdos; b) oferecer uma interface/layout funcional e agradável; c) usar navegação mais flexível; d) utilizar ferramentas que apoiem a exportação de dados; e) fornecer integração entre o site e as redes sociais; f) utilizar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) incluindo critérios como: usabilidade: arquitetura e layout devem ter navegação intuitiva e ser de fácil entendimento; acessibilidade: a arquitetura, o layout e os arquivos de interface devem estar aderentes às recomendações de acessibilidade de conteúdo WEB estabelecidas pelo e-mag Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (www. governoeletronico.gov.br/acoes-e-projetos/e-mag); portabilidade: os arquivos de interface devem ser compatíveis com as versões dos browsers Firefox, Google Chrome e Internet Explorer lançados nos últimos dois anos para as plataformas Windows, Linux e Mac. Indicadores A IComunicação recomenda a utilização de métricas para a gestão do website, ou seja, o estabelecimento de um conjunto de indicadores que verificarão se os objetivos da solução estão sendo atingidos. Para isso, sugerimos o software gratuito Google Analytics que possui os principais indicadores abaixo. Indicador 1: Page views. Indicador 2: Visitas e visitantes únicos. Indicador 3: Tipo de visitante (visitantes que realizaram serviços, visitante novo, visitante retornante). Indicador 4: Duração da visita (verificação do bouncerate). Indicador 5: Página de saída x landing pages. Indicador 6: Retorno dos visitantes (percentual de visitantes que retornaram ao site). Indicador 7: Localização de cada busca/de qual cidade o usuário é. Indicador 8: Tipo de serviço mais requisitado no site. 27

28 Indicador 9: Palavras-chave mais utilizadas no sistema de busca. 28

29 5. INTEGRAÇÃO COM OS CONSELHOS REGIONAIS Para gerar mais fluxo para o site e melhorar o posicionamento no ranking de busca, é preciso que um número maior de sites e outras ferramentas da web indiquem o site do CFB como mídia principal. Essas parcerias virtuais são de suma importância para a promoção do conteúdo. Isso acontece ao criarmos uma área denominada Links Úteis que em vez de produzirmos textos úteis sobre determinado tema ou órgão fazemos um link para ele. Por isso, acreditamos em uma parceria ainda maior entre os Conselhos do Sistema de Biblioteconomia. Ao apoiar uma informação local, o Conselho Federal ganhará visibilidade e vice-versa. 29

30 6. REDES SOCIAIS O uso das redes sociais pelo Conselho Federal de Biblioteconomia será de suma importância na aproximação com os públicos mais conectados e jovens. Ferramentas como estão em total desuso entre a população de 15 a 24 anos. Por isso, sugerimos que o Sistema esteja presente por meio de Fanpage no Facebook para se comunicar com um grupo da sociedade que permanece com a sua timeline aberta 24 horas por dia. As entidades e órgãos da Administração Pública, quando se depararam a primeira vez com as redes sociais, não as enxergavam como oportunidades de relacionamento, muito pelo contrário, viam-nas como ações de perigo eminente. Aos poucos, empresas privadas começaram a mostrar que ao se posicionarem e estarem abertas para o diálogo era a melhor estratégia, do que não estar lá apenas para se defender. Hoje, as estratégias junto às principais redes sociais ganharam orçamentos inimagináveis entre os ministérios, e a cultura do uso dessas ferramentas estão em total sintonia com as áreas de Relações Públicas e Ouvidoria. Indicamos também o uso do Facebook para relacionamentos com a comunidade de bibliotecários. Vejam o case da fanpage: Bibliotecários sem Fronteiras. Com quase seguidores, consegue-se criar um diálogo com o público totalmente customizado. Alguns posts, como do dia 4/4, sobre o novo site da Biblioteca Parque Estadual do Rio de Janeiro, chegaram a contemplar 122 curtidas. Isso é um resultado positivo, pois 5% da sua base de seguidores é efetivamente atuante. Esses valores normalmente são apurados por ferramentas já incluídas nas redes, como também por softwares pagos como Hootsuite entre outros. Os indicadores são muito parecidos com os do Google Analytics e medem quantos usuários novos seguiram a conta, quantos evadiram, os volumes de curtidas, os comentários por posts, entre outros. Inovar a comunicação institucional por meio das redes sociais e ao mesmo tempo estreitar o relacionamento com os públicos de interesse mostra que não é privilégio apenas dos governos e das empresas. As instituições formais, assim como o Conselho Federal de Biblioteconomia, também podem utilizar esse formato de comunicação e proporcionar maior transparência, modernidade e ainda aprimorar positivamente sua imagem. Concomitantemente, as Redes Sociais funcionarão como meio de diálogo entre o Conselho Federal, os bibliotecários, os formadores de opinião e a sociedade em geral dando voz a esses públicos e respondendo as principais questões e agindo proativamente. Dessa maneira, amplia-se o conhecimento das dúvidas e necessidades de esclarecimentos que estão no coletivo comum. E tudo isso pode ocorrer com uma linguagem atrativa, adaptando-se ao linguajar técnico e de uma formalidade engessada sem perder de vista a informação que serviu de referência para se aproximar cada vez mais dos públicos-alvo. A ideia é aproximar o Conselho Federal de Biblioteconomia CFB da sociedade em geral e mostrar que o Conselho comunica-se também por intermédio desses canais. 30

31 6.1. FACEBOOK A rede foi fundada por Mark Zuckerberg quando era estudante de Harvard em Primeiramente, a rede era utilizada apenas em Harvard, mas aos poucos foi expandindo-se para outras universidades. E somente em 2006 foi aberta a estudantes, pessoas e empresas em geral que tivessem interesse em entrar para essa rede social. Um dos grandes diferenciais do Facebook foi ter aberto sua rede para plataformas, o que gerou um forte mercado de widgets que beneficia inúmeras empresas e usuários. Outro importante diferencial é que o perfil completo do usuário só poderá ser visto por amigos que proporcionam uma privacidade maior do que em outras redes. Todos esses acontecimentos tornaram o Facebook a maior rede de relacionamento do mundo, tendo hoje 1,23 bilhão de usuários no mundo e 61,2 milhões de usuários no Brasil, segundo informações da própria empresa. Por sua vez, empresas e instituições podem aproveitar esse público imenso para divulgar sua marca, vender produtos ou serviços, relacionar-se, trabalhar a imagem institucional, entre outros atributos Como criar e cuidar do Facebook do Conselho Federal de Biblioteconomia CFB Primeiramente, a empresa ou profissional capacitado e contratado pelo CFB como administrador das Redes Sociais deve buscar quais são as informações estratégicas e relevantes que a Comissão de Divulgação quer utilizar por meio do Facebook, essa rotina também deve ser aplicada às demais redes sociais descritas neste documento e que deverão ser analisadas pelo Sistema de Conselhos. Havendo essa definição, é hora de elaborar a pauta temática que servirá de diretriz para o período de seis meses. Com base nisso, serão desenvolvidas pautas semanais, podendo ser publicados até dez posts com os temas de interesse da classe bibliotecária. É importante que a fanpage siga outras páginas para que notícias diferenciadas sejam compartilhadas e mais informações sejam repassadas aos leitores O que falar e como falar É momento de transformar necessidades em conteúdo, o que sem dúvida alguma será a alma da informação a ser repassada. Devido a essa importância, é preciso definir uma linha editorial que contemple conteúdos relevantes e coerentes ao universo da Biblioteconomia, com linguagem e tons adequados, e que correspondam às expectativas dos públicos de interesse. Recomendamos avaliar sempre com critério o que será postado. Use o bom senso não informando dados, conteúdos ou imagens que possam comprometer a empresa ou instituição. Vale destacar a criação de hashtag# nos posts, pois essa ação posicionará a instituição como referência em determinado assunto, além de obter credibilidade podendo até se tornar tendência. Sugerimos as seguintes : #CFBEMAÇÃO, #DICADOCFB, #BOLE- TIMCFB. 31

32 Periodicidade A publicação dos posts deve ter uma programação preestabelecida e ser cumprida sem interrupções para obtenção de credibilidade e engajamento dos públicos de interesse. Indicamos a inserção de dois posts diários que consideramos suficiente. Para a postagem, utiliza-se ferramenta do próprio sistema de agendamento do Facebook. Por essa razão, pode-se redigir todos os conteúdos semanais e postá-los de uma só vez. E um estudo realizado pelo serviço de monitoramento e encurtador de links Bitly mostrou que os links postados entre 15h e 18h geram maior quantidade de cliques, porém os postados antes das 10h e após as 22h não chamam tanta atenção Conteúdos somados com recursos diversos A capa do Facebook do CFB deverá ser trocada todos os meses para ser atrativa e demonstrar mudanças. A página deverá usar imagem ou ilustração que estimulará o seguidor a visitar a fanpage. O Facebook permite a publicação de imagens, vídeos, textos curtos, áudio, criação de eventos, enquetes, aplicativos e anúncios. Esses recursos, se forem bem utilizados, aumentarão consideravelmente o número de curtidas, comentários e compartilhamentos da página Informe com veracidade Recomenda-se ao CFB postar conteúdos verídicos e com a maior transparência possível. E se o CFB for questionado, deve-se responder o mais rápido possível por meio de informações verdadeiras. Se não puder responder na hora, o administrador do Facebook buscará as informações solicitadas com a maior brevidade. Caso o CFB venha a cometer alguma falha, reconheça e retrate-se o quanto antes Seja ético e dê créditos Quando o CFB quiser postar determinada imagem, texto ou vídeo de terceiros é importante atentar se a(s) fonte(s) autoriza(m) a utilização Conheça e respeite as regras do Facebook O CFB deve preocupar-se quanto às regras para os termos de uso da rede social para não realizar iniciativas não permitidas. Recomendamos que o CFB comunique formalmente os seus funcionários, que quiserem fazer menção da fanpage do CFB e que tenham discernimento quanto à utilização de fotos ou imagens, para não manchar a imagem do Conselho. 32

33 Como mensurar os resultados do Facebook Para o CFB mensurar os resultados e avaliar se o investimento realizado esta dando retorno ao Conselho, recomendamos utilizar o painel administrativo do Facebook e analisar dados como números de novas curtidas, comentários, compartilhamentos e o que for relevante perante os objetivos estabelecidos no início desse trabalho. Após a análise dos quesitos quantitativos e qualitativos da página, poder-se-á verificar os retornos obtidos. No caso de não atingir as metas estabelecidas, sugere-se rever todo o processo, localizar as lacunas e ajustá-las com vistas a obter melhores resultados. Lembramos novamente que o estudo realizado pelo serviço de monitoramento e encurtador de links Bitly mostrou que os links postados entre 15h e 18h geram maior quantidade de cliques, porém os postados antes das 10h e após as 22h não chamam tanta atenção. (Fonte: INSTAGRAM O Instagram apresenta um apelo visual que pode ser bastante explorado pelas empresas, pois os clientes estão cada vez mais compartilhando fotos por aplicativos móveis, e as empresas e instituições estão buscando capitalizar essa tendência. A publicação de fotos pode ajudar a construir a consciência da marca e incentivar os consumidores a interagirem com ela. A aplicação de efeitos e filtros em fotos tiradas pelo celular é o grande hit do Instagram, uma plataforma que em 2013 já possuía mais de 130 milhões de usuários em todo o mundo. Essa ferramenta tem se tornado eficaz em ações de marketing digital. Com abordagem diferenciada de outras redes como o Facebook, o Instagram e o Twitter, exige ainda mais criatividade das empresas e pode ser bastante útil na consolidação do conceito de uma marca. Assim como no Facebook, é muito importante a utilização de hashtags no Instagram, essas permitem que instituições e pessoas, que as seguem nessa rede social, encontrem os seus conteúdos. Na criação de hashtags compartilhadas: o uso de hashtags no Instagram auxilia a segmentar o conteúdo e as buscas dos usuários. Pode-se estimular seu público a postar imagens relativas a marca com hashtags específicas. A seguir apresentamos algumas recomendações que poderão auxiliar o Conselho Federal de Biblioteconomia a obter mais resultados por meio dessa nova rede. São elas: pode-se ainda exibir o backstage: uma boa opção de fortalecer a sua empresa ou instituição é mostrar cada etapa de sua linha de produção até a chegada às prateleiras ou aos clientes. Para tanto, divulgue os colaboradores em ação, apresente as vantagens, a utilização dos produtos de sua organização, a sede e as lojas disponíveis etc. faça a integração do perfil com outras redes sociais: é fundamental que seu perfil no Instagram esteja vinculado a outras redes sociais. Isto é, sempre que o CFB postar uma imagem deve compartilhar de imediato com o Facebook ou Twitter, por exemplo. Assim os perfis estarão atualizados, e seu público-alvo será estimulado a acompanhá-lo por meio desse outro canal de comunicação. 33

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV ÍNDICE 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES 3.1 - Dados Cadastrais 3.2 - Noticias 3.3 Redes Sociais 3.4 - Player 4. DESIGN

Leia mais

O Portal da Prefeitura de Olivedos foi construído levando em conta: Livre acesso sem necessidade de cadastro prévio ou senha.

O Portal da Prefeitura de Olivedos foi construído levando em conta: Livre acesso sem necessidade de cadastro prévio ou senha. Prefeitura Municipal de Olivedos MANUAL PRÁTICO DE NAVEGAÇÃO APRESENTAÇÃO Este é o Manual de Navegação da Prefeitura Municipal da cidade de Olivedos - PB. Tem linguagem simples e é ilustrado para que você,

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br Copyright 2013 Academia NED Todos os Direitos Reservados AcademiaNED.com.br CONTEÚDO Introdução... 4 1 - Certifique-se de que sua FanPage é atraente... 5 a. Foto de Capa... 5 b. Foto de Perfil... 5 c.

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover

Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover SATIS 2011 Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA 50 milhões de usuários IDADE MÍDIA 90 milhões de brasileiros na WEB, 70 milhões na rede social Facebook e mais de 30 milhões no Twitter ADEUS

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS 1. Apresentação Os sites e sistemas web desenvolvidos pela Dynamika apresentam um conjunto de critérios de desenvolvimento que visam entregar o projeto de

Leia mais

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES CONTEÚDOS ANTES DE INICIAR A SUA AVENTURA NAS REDES, TENHA EM CONTA AS SEGUINTES DICAS: Atribua a administração de cada canal e/ou estratégia a alguém que faça parte da sua empresa; Dê formação à sua equipa

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

a marca A SEGUIR, VOCÊ DESCOBRE COMO FAZER PARTE DE TUDO ISSO.

a marca A SEGUIR, VOCÊ DESCOBRE COMO FAZER PARTE DE TUDO ISSO. a marca A Cabelos&cia é referência em conteúdo sobre beleza profissional há 19 anos. E agora toda sua excelência está atualizada, repaginada e muito mais acessível com o portal Cabelos&cia. Direcionado

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

Identidade Digital Padrão de Governo

Identidade Digital Padrão de Governo Identidade Digital Padrão de Governo Participantes do Projeto Presidência da República Secretaria de Comunicação SECOM Diretoria de Tecnologia DITEC Ministério do Planejamento Secretaria de Logística e

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

MÍDIAS SOCIAIS. Manual de Conduta

MÍDIAS SOCIAIS. Manual de Conduta MÍDIAS SOCIAIS Manual de Conduta Apresentação O Sistema Ocemg, atento às mudanças de mercado e preocupado em estar sempre próximo de seus públicos de interesse, assume o desafio de se posicionar também

Leia mais

acebook Analytics Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados através das métricas adequadas.

acebook Analytics Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados através das métricas adequadas. acebook Analytics Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados através das métricas adequadas. 2 INTRODUÇÃO Em um curto espaço de tempo, vimos o Facebook ir do zero ao status de uma das

Leia mais

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é:

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é: 1. CONCEITO Completo, prático e rápido. Diante do aumento da complexidade da tributação e do risco fiscal, pelos desafios de conhecimento e capacitação e pela velocidade para acompanhar mudanças na legislação,

Leia mais

Manual do Publicador. Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web

Manual do Publicador. Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web Manual do Publicador Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web Sumário Painel de Administração... 3 1 - Inserção de post... 5 2 Publicação de post com notícia na área headline (galeria de

Leia mais

Apresentação. E-commerce de Sucesso. da plataforma para o seu. www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br

Apresentação. E-commerce de Sucesso. da plataforma para o seu. www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br Apresentação da plataforma para o seu E-commerce de Sucesso www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br Assuntos nessa apresentação: - A loja virtual (acesso dos seus clientes para

Leia mais

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND Mídias Sociais nos Negócios GorillaBrand BRAND Marketing de Relacionamento Estratégias Empresa Marca Faturamento Clientes Uso de estratégias Relacionamento Empresa x Cliente Gera Valorização da Marca Aumento

Leia mais

JOOPP O construtor de sites mais rápido do mundo!

JOOPP O construtor de sites mais rápido do mundo! O construtor de sites mais rápido do mundo! DIFERENÇAS ENTRE PÁGINA DO FACEBOOK (FANPAGE) E PERFIL Página no Facebook (Fanpage) Fanpage é uma página no facebook própria para empresas; Vantagens: Pode ser

Leia mais

PRÁTICA. Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor)

PRÁTICA. Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor) PRÁTICA 1) TÍTULO Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor) 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 4 (quatro) páginas: O Portal do Consumidor (www.anatel.gov.br/consumidor) foi criado

Leia mais

APRESENTAÇÃO. (63) 3225.6565 103 Norte, Avenida JK, Lote 147 Ed. Plaza Center, 1 Andar, Sala 05 Palmas/TO

APRESENTAÇÃO. (63) 3225.6565 103 Norte, Avenida JK, Lote 147 Ed. Plaza Center, 1 Andar, Sala 05 Palmas/TO APRESENTAÇÃO (63) 3225.6565 103 Norte, Avenida JK, Lote 147 Ed. Plaza Center, 1 Andar, Sala 05 Palmas/TO 1 A ArtemSite A ArtemSite é uma agência digital especializada em serviços para internet, com o foco

Leia mais

Criando presença com as páginas do Facebook

Criando presença com as páginas do Facebook Páginas do 1 Criando presença com as páginas do Sua Página Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo acessam o para se conectar com amigos e compartilhar coisas que gostam. Este guia foi desenvolvido

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PELOTAS CENTRO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO CURSO DE JORNALISMO TUTORIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PELOTAS CENTRO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO CURSO DE JORNALISMO TUTORIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PELOTAS CENTRO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO CURSO DE JORNALISMO TUTORIAL http://pt.wordpress.com http://.wordpress.org Autor: Calvin da Silva Cousin Orientação: Profª Drª Sílvia Porto

Leia mais

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE Através do presente documento, a agência ACNBRASIL tem como objetivo apresentar uma proposta de criação e desenvolvimento de Website para COOPERATIVA DE

Leia mais

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO As empresas sabem que o planejamento digital, gestão de conteúdo, anúncios, campanhas

Leia mais

Sumário. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia

Sumário. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia 1 Tutorial: Blogs no Clickideia Sumário Introdução... 2 Objetivos... 2 Instruções para utilização do Tutorial... 2 Acesso ao Portal e a Home Blog... 3 Página Inicial da área do Blog... 4 Apresentação da

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

SISTEMA PARA PORTAL DE NOTÍCIAS: Jornais, Revistas, Televisão etc

SISTEMA PARA PORTAL DE NOTÍCIAS: Jornais, Revistas, Televisão etc SISTEMA PARA PORTAL DE NOTÍCIAS: Jornais, Revistas, Televisão etc Técnica SEO: Search engine Optimization "INDEXADOR" Web Software para Grandes Portais (Gera todo o conteúdo SEO - Otimizado nas buscas)

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

O Portal da Prefeitura de Assunção foi construído levando em conta: Livre acesso sem necessidade de cadastro prévio ou senha.

O Portal da Prefeitura de Assunção foi construído levando em conta: Livre acesso sem necessidade de cadastro prévio ou senha. Prefeitura Municipal de Assunção MANUAL PRÁTICO DE NAVEGAÇÃO APRESENTAÇÃO Este é o Manual de Navegação da Prefeitura Municipal da cidade de Assunção - PB. Tem linguagem simples e é ilustrado para que você,

Leia mais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais Sumário 1 -LANDING PAGE...2 1.1)Layout, texto e produção do HTML...2 2 -MÍDIA...2 2.1)Planejamento de mídia...2 2.2)Criação das Campanhas...2 2.3)Mensuração dos resultados...2 2.4)Criação e Produção das

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO BLOG DO CONHECIMENTO APRESENTAÇÃO O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma ferramenta de COLABORAÇÃO que tem como objetivo facilitar

Leia mais

E-Book MKT DE PERFORMANCE

E-Book MKT DE PERFORMANCE E-Book MKT DE PERFORMANCE MKT de Performance O Marketing de Performance é um conjunto de técnicas que permitem mensurar e otimizar o desempenho de um site/ecommerce/landing page e os resultados de ações

Leia mais

GUIDE Instagram e Hootsuite. Guia de Início Rápido

GUIDE Instagram e Hootsuite. Guia de Início Rápido GUIDE Instagram e Hootsuite Guia de Início Rápido Instagram e Hootsuite Guia de Início Rápido Com 300 milhões de usuários ativos por mês, o Instagram pode abrir um mundo de oportunidades para o seu negócio.

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 ÍNDICE Apresentação Principais Botões Login Usúario Resultado Método Quantum Preencher Método Quantum Extrato On-Line Engenharia de Função Grupos

Leia mais

Portal FENAM e Ambientes 2.0 Plano de comunicação digital 2010/2011

Portal FENAM e Ambientes 2.0 Plano de comunicação digital 2010/2011 Plano de Monetização Portal FENAM e Ambientes 2.0 Plano de comunicação digital 2010/2011 Brasília, 03 de dezembro de 2010 APRESENTAÇÃO Criado em Brasília em 2008, o Portal FENAM tem uma proposta única

Leia mais

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Marketing Digital Trabalho científico apresentado ao Professor Edvaldo Jr., docente da matéria Marketing Digital, da turma de Produção

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS OFICINA BLOG DAS ESCOLAS Créditos: Márcio Corrente Gonçalves Mônica Norris Ribeiro Março 2010 1 ACESSANDO O BLOG Blog das Escolas MANUAL DO ADMINISTRADOR Para acessar o blog da sua escola, acesse o endereço

Leia mais

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Autores: William Malfatti 1 ; Thaís Arruda 2 ; Sergio Auerbach 3 ; Kleber Soares Filho 4 ; Alex Fernandes 5 ; Melina

Leia mais

Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização

Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização Sumário 1. Configurações Iniciais...2 1.1. Configurando o Menu Personalizado...2 1.2. Configurando os Widgets...3 2. Localize o nome de

Leia mais

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO]

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Site fácil... 4 4. Acessando o sistema de gestão de conteúdo (SGC)... 5 5. Páginas

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Portal Anexo II B - Especificação Funcional

Portal Anexo II B - Especificação Funcional Portal Anexo II B - Especificação Funcional Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 1.1. Visão geral do documento... 2 2. DESCRIÇÃO GERAL DO SISTEMA... 3 3. ESPECIFICAÇÃO DOS COMPONENTES... 4 4. ESPECIFICAÇÃO DAS PÁGINAS...

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja.

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja. Com a consolidação do comércio eletrônico no Brasil e mundo, fica cada vez mais claro e a necessidade de estar participando, e mais a oportunidade de poder aumentar suas vendas. Mas é claro que para entrar

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE BLOG COM O BLOGGER

CONSTRUÇÃO DE BLOG COM O BLOGGER CONSTRUÇÃO DE BLOG COM O BLOGGER Blog é uma abreviação de weblog, qualquer registro frequênte de informações pode ser considerado um blog (últimas notícias de um jornal online por exemplo). A maioria das

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Roteiro A/V Quinto Tratamento WEBSITES. Por Best Web Fast. Best Web FAst. vídeo de animação 3D duração 3 minutos

Roteiro A/V Quinto Tratamento WEBSITES. Por Best Web Fast. Best Web FAst. vídeo de animação 3D duração 3 minutos Roteiro A/V Quinto Tratamento WEBSITES Por Best Web Fast Best Web FAst vídeo de animação 3D duração 3 minutos são paulo, 16 de outubro de 2014 1 websites vinheta BEST WEB FAST em seguida letterings:websites

Leia mais

Proposta de trabalho para produção do website do Programa Café Colombo. Walmar Andrade atendimento@fatorw.com (81) 9922-7168

Proposta de trabalho para produção do website do Programa Café Colombo. Walmar Andrade atendimento@fatorw.com (81) 9922-7168 Proposta de trabalho para produção do website do Programa Café Colombo Walmar Andrade atendimento@fatorw.com (81) 9922-7168 01. Apresentação Fator W é a marca fantasia através da qual o desenvolvedor web

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app MOBILE APPS Aplicativo para relacionamento e marketing digital, pronto para todos os dispositivos móveis, nas plataformas ios, Android (aplicativos nativos) e mobile web, para plataformas como BlackBerry

Leia mais

Manual do Usuário Layout Novo CMS WordPress Versão atual: 3.5.1

Manual do Usuário Layout Novo CMS WordPress Versão atual: 3.5.1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UFJF Secretaria de Sistemas de Informação SSI Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional CGCO Equipe de Desenvolvimento de Sites Manual do Usuário Layout Novo

Leia mais

Criar Newsletters. Guia rápido sobre...

Criar Newsletters. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Newsletters Neste guia... Saiba como criar atrativas newsletters em texto simples ou HTML para captar a atenção de seus contatos e ir ao encontro de seus interesses e expectativas.

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS PROJETO INSÍGNIA DA MADEIRA COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS COMO ORGANIZAR SEU GRUPO ESCOTEIRO PARA UMA MELHOR COMUNICAÇÃO COM A COMUNIDADE, MEMBROS JUVENIS E ADULTOS UTILIZANDO A INTERNET. LUÍS

Leia mais

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais)

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais) PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA Ensino Fundamental (séries finais) O Clickideia é um portal educacional (www.clickideia.com.br), desenvolvido com o apoio do CNPq e da UNICAMP, que apresenta conteúdos didáticos

Leia mais

I - O que é o Mobilize-se

I - O que é o Mobilize-se Índice O que é o Mobilize-se...03 A campanha de lançamento...12 Divulgação da campanha...14 Como irá funcionar o sistema para o ouvinte da rádio...20 O que a rádio deve fazer para se inscrever no Mobilize-se...36

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

Coordenação-Geral de Comunicação e Editoração (CGCE) Diretoria de Comunicação e Pesquisa (DCP) Maio/2015

Coordenação-Geral de Comunicação e Editoração (CGCE) Diretoria de Comunicação e Pesquisa (DCP) Maio/2015 Coordenação-Geral de Comunicação e Editoração (CGCE) Diretoria de Comunicação e Pesquisa (DCP) Maio/2015 A proposta de plano de comunicação elaborada pela Coordenação- Geral de Comunicação e Editoração

Leia mais

MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG. www.cosemsmg-ead.org.br

MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG. www.cosemsmg-ead.org.br MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG 1 ÍNDICE 03 APRESENTAÇÃO. Dicas para estudar a distância. Funções do professor e do tutor 04 CADASTRO NO CURSO 05 ACESSO AO CURSO 07 FERRAMENTAS DE ESTUDO. Conteúdo: aulas virtuais.

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

Manual do Usuário Network

Manual do Usuário Network Manual do Usuário Network Aluno Apresentação Apresentamos o manual de uso do site FGV Management Network. Espaço virtual criado com o objetivo de promover a integração, cooperação e convivência entre alunos,

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

Mídia Brasil Online Manual do Usuário

Mídia Brasil Online Manual do Usuário 1) Menu Principal O Menu Principal se estende no topo da tela do MBO, apresentando as seguintes opções: Clicar sobre cada uma dessas opções permite o acesso às diferentes seções do site. 2) Funções do

Leia mais

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial 1 1. DOTPROJECT O dotproject é um software livre de gerenciamento de projetos, que com um conjunto simples de funcionalidades e características, o tornam um software indicado para implementação da Gestão

Leia mais

Guia Prático de Acesso

Guia Prático de Acesso Guia Prático de Acesso 1. Como acessar o novo e-volution? O acesso ao novo e-volution é feito através do endereço novo.evolution.com.br. Identifique abaixo as possíveis formas de acesso: 1.1 Se você já

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas/Gerente de Projetos contato@pedrofcarvalho.com.br OCP Oracle 10g ITIL FoundationV3 PROJETO DE WEB SITE

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas/Gerente de Projetos contato@pedrofcarvalho.com.br OCP Oracle 10g ITIL FoundationV3 PROJETO DE WEB SITE PROJETO DE WEB SITE EAP Estrutura Analitica de Projeto Preparação Estudar as particularidades do serviço e do cliente; Observar projetos semelhantes (Beanchmark); Definir metas e estratégias; Elaborar

Leia mais