REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO INGRESSO 2015/2 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO INGRESSO 2015/2 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA"

Transcrição

1 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO INGRESSO 2015/2 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1º. Este Regulamento disciplina o processo de seleção, concessão, manutenção e acompanhamento dos participantes envolvidos no Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2. Art. 2º. O benefício concedido pelo Programa incidirá exclusivamente sobre o valor das parcelas mensais do curso. Parágrafo Único. O Programa não cobre o custo de disciplinas cursadas em regime de adaptação, em regime de dependência, de materiais didáticos, de taxas acadêmicas, de alimentação, de transporte, de estacionamento, entre outros. Art. 3º. O Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 tem por objetivo incentivar a inserção de alunos para as vagas remanescentes dos cursos de graduação da Faculdade Arthur Thomas. CAPÍTULO II DO BENEFÍCIO Art. 4º. Observada a existência de vagas, o candidato deverá optar por um dos cursos de graduação ofertados pela Faculdade Arthur Thomas, com previsão de início no segundo semestre de Art. 5º. Os beneficiados pelo Programa terão direito ao percentual de desconto de 20% (vinte por cento), calculados sobre o valor contratual das parcelas mensais do curso escolhido pelo candidato. Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

2 1º. O benefício concedido pelo Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 incidirá exclusivamente sobre o valor contratual das parcelas mensais do curso escolhido pelo candidato. 2º. O benefício do Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 somente será aplicado quando o participante efetuar o pagamento da parcela mensal do curso até o dia 10 (dez) de cada mês. 3º. Caso o participante beneficiado pelo Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 não efetue o pagamento das parcelas mensais do curso até a data mensal estabelecida no parágrafo anterior, perderá integralmente o benefício na parcela mensal do mês do não pagamento pontual, vigorando, nesse caso, o valor contratual da parcela mensal do curso sem desconto. Art. 6º. Caso o candidato seja contemplado com o benefício em um curso que teve a oferta cancelada pela Faculdade Arthur Thomas, independente do motivo, este poderá requerer a transferência do benefício para outro curso de sua escolha para ingresso no segundo semestre de A transferência deverá ser solicitada para um curso que tenha sua oferta confirmada para o segundo semestre de 2015 e ficará sujeita a avaliação da Instituição e a disponibilidade de vaga. Parágrafo Único. Caso o candidato contemplado não solicite a transferência para outro curso ou o curso inicialmente escolhido não tenha início em virtude de não formação de turma, o benefício será cancelado. CAPÍTULO III DO PERÍODO DE CONCESSÃO Art. 7º. Caso não ocorra nenhuma das situações previstas para o cancelamento do benefício (artigo 19 deste Regulamento), a bolsa de estudo durará, no máximo, o tempo regular de integralização do curso escolhido, contado a partir do início das aulas do respectivo curso. Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

3 Art. 8º. Não haverá descontos retroativos, em nenhuma hipótese. CAPÍTULO IV DOS CANDIDATOS Art. 9º. Somente poderão participar do Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 os candidatos que se matricularem, dentro do período de solicitação estabelecido neste Regulamento, como segue: I. Transferência externa: candidatos que estejam matriculados em cursos superiores no segundo semestre de 2015 em outras IES ou estejam com a matrícula trancada; II. Concluintes de curso superior: candidatos formados em outras IES ou na Faculdade Arthur Thomas; III. Reingressantes de outras IES: ex-alunos que estiveram matriculados em outras IES. IV. Agentes Públicos. 1º. O disposto no presente artigo aplica-se a candidatos matriculados, com as matrículas trancadas, ex-alunos ou concluintes de qualquer curso superior, presencial ou à distância, incluindo: I. Bacharelado; II. Licenciatura; III. Tecnológico; IV. Sequencial de formação específica. 2º. O Programa não se aplica para: I. Candidatos beneficiados por outros programas de bolsas de estudo de terceiros ou da própria Instituição que não estejam contemplados no Regulamento do Programa de Bolsas de Estudo ; II. Ex-alunos contemplados anteriormente por programa similar de Bolsas de Estudo Ingresso. Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

4 3º. A concessão de bolsa de estudo a determinado aluno não obriga a Faculdade Arthur Thomas a conceder a outro em igual situação ou similar. CAPÍTULO V DO PERÍODO DE SOLICITAÇÃO Art. 10. A solicitação para a participação no Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 deverá ser realizada no período de 11/05/2015 a 29/08/2015, observada a existência de vagas remanescentes. CAPÍTULO VI DO PERÍODO PARA APROVEITAMENTO DE ESTUDOS Art. 11. O período para aproveitamento de estudos ocorrerá, impreterivelmente, sem prorrogação, em hipótese alguma, no período de 11/05/2015 a 22/08/2015. CAPÍTULO VII DA DOCUMENTAÇÃO Art. 12. Os candidatos deverão apresentar, na Assessoria de Relacionamento da Faculdade Arthur Thomas, a documentação exigida para cada caso, além da documentação regularmente exigida para a matrícula. 1º. No caso de transferência externa, os interessados deverão apresentar os seguintes documentos, devidamente carimbados e assinados pela Instituição de origem: I. Histórico Escolar Parcial que conste as disciplinas e demais atividades acadêmico-pedagógicas cursadas com as respectivas cargas horárias e os desempenhos acadêmicos, além da classificação obtida no vestibular; II. Programas das disciplinas e demais atividades acadêmico-pedagógicas cursadas com aprovação; Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

5 III. IV. Regulamento do Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 Declaração de que o candidato está regularmente matriculado ou com matrícula trancada, caso a referida informação não conste no Histórico Escolar Parcial; Documento contendo o número e a data do ato de autorização ou reconhecimento do curso, caso não conste no Histórico Escolar Parcial; V. Declaração de regularidade do ENADE, caso não conste no Histórico Escolar Parcial. 2º. No caso de concluintes de curso superior, os interessados deverão apresentar a seguinte documentação exigida: I. Candidatos portadores de diploma: deverão apresentar no ato da matricula inicial o diploma de curso superior, devidamente registrado; II. Candidatos que ainda não possuem o diploma: deverão apresentar no ato da matricula inicial, o certificado de conclusão de curso superior e, posteriormente, dentro do prazo de 90 (noventa) dias após o início das aulas do segundo semestre de 2015, o respectivo diploma de curso superior, devidamente registrado. 3º. No caso de reingressantes de outras IES, os interessados deverão apresentar os seguintes documentos, devidamente carimbados e assinados pela Instituição de origem: I. Histórico Escolar Parcial que conste as disciplinas e demais atividades acadêmico-pedagógicas cursadas com as respectivas cargas horárias e os desempenhos acadêmicos, além da classificação obtida no vestibular; II. Programas das disciplinas e demais atividades acadêmico-pedagógicas cursadas com aprovação; III. Documento contendo o número e a data do ato de autorização ou reconhecimento do curso, caso não conste no Histórico Escolar Parcial; IV. Declaração de regularidade do ENADE, caso não conste no Histórico Escolar Parcial. Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

6 4º. No caso de Agentes Públicos: os interessados deverão apresentar, no ato da matrícula inicial, um dos seguintes documentos: I. Contracheque do mês corrente ou anterior; II. Documento atualizado, devidamente carimbado e assinado, que comprove o vínculo de trabalho ou prestação de serviços com a Instituição Pública. Art. 13. Os candidatos deverão entregar as fotocópias de ambos os lados dos documentos que contenham frente e verso. Art. 14. As fotocópias não autenticadas deverão estar acompanhadas dos documentos originais, para conferência e autenticação da Assessoria de Relacionamento da Faculdade Arthur Thomas. Art. 15. Após a conferência e autenticação das fotocópias pela Assessoria de Relacionamento, os documentos originais serão devolvidos ao candidato. CAPÍTULO VIII DA ANÁLISE DA DOCUMENTAÇÃO Art. 16. Mediante a análise da documentação apresentada, a Coordenação do Curso definirá o período/semestre no qual o candidato será matriculado na Instituição. Parágrafo Único. Nesta fase, serão definidas as disciplinas em regime de adaptação, quando for o caso, a serem cumpridas pelos candidatos, conforme as regras da Instituição. Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

7 CAPÍTULO IX DA INALIENABILIDADE DO BENEFÍCIO Art. 17. O Programa de Bolsas de Estudos Ingresso 2015/2 tem caráter pessoal, intransferível, inalienável e em nenhuma hipótese será substituído por valores em dinheiro. CAPÍTULO X DA NÃO CUMULATIVIDADE Art. 18. O Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 não será cumulativo, exceto com o que segue: I. Programa de Bolsas de Estudo Pontualidade ; II. Programa Universidade para Todos PROUNI, na modalidade parcial, excluídos os alunos com cobertura integral. CAPÍTULO XI DO CANCELAMENTO DO BENEFÍCIO Art. 19. O Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2 será automaticamente cancelado, a qualquer tempo, na ocorrência de qualquer das seguintes situações: I. Não formação de turma do curso escolhido pelo candidato; II. Atraso no pagamento de 02 (duas) ou mais parcelas mensais do curso, consecutivas ou não; III. Atraso no pagamento de 02 (duas) ou mais parcelas de renegociação de dívida, consecutivas ou não; IV. Trancamento, cancelamento da matrícula ou abandono do curso; V. Caso o beneficiário sofra penalidade, decorrente de procedimento administrativo disciplinar, por transgressão ao Regimento Geral ou ao Código de Ética ; VI. Caso o beneficiário apresente documentos ou informações falsas; Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

8 VII. Caso o beneficiário não faça a solicitação da renovação do benefício, nos prazos e condições definidas nos Editais de Rematrícula dos respectivos períodos letivos, no caso de Agentes Públicos. 1º. No caso de rescisão contratual antecipada, independentemente do motivo, de aluno beneficiado pelo Programa de Bolsas de Estudo Ingresso 2015/2, os benefícios do Programa serão desconsiderados para o cálculo da rescisão. 2º. O retorno de aluno com bolsa de estudo cancelada, a qualquer Programa de Bolsas de Estudos, somente será permitido em situações extraordinárias, a critério exclusivo da Instituição. CAPÍTULO XII DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 20. Os casos não contemplados no presente Regulamento seguirão o disposto no Regulamento do Programa de Bolsas de Estudos e os casos extraordinários serão resolvidos pela Diretoria. Art. 21. Este Regulamento entrará em vigor na data de sua publicação. Londrina, 08 de maio de Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) CEP:

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO INGRESSO 2014/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO INGRESSO 2014/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO INGRESSO 2014/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1º. O presente Regulamento disciplina o processo de seleção, concessão, manutenção e acompanhamento

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO INGRESSO 2016/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO INGRESSO 2016/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO INGRESSO 2016/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1º. Este Regulamento disciplina o processo de seleção, concessão, manutenção e acompanhamento

Leia mais

Regulamento do Programa de Bolsas de Estudo Pós-Graduação Lato Sensu Ingresso 2015/1 da Faculdade Arthur Thomas

Regulamento do Programa de Bolsas de Estudo Pós-Graduação Lato Sensu Ingresso 2015/1 da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INGRESSO 2015/1 DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1º. Este Regulamento disciplina o processo de seleção, concessão,

Leia mais

Regulamento do Programa de Bolsas de Estudos da da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

Regulamento do Programa de Bolsas de Estudos da da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1. O presente Regulamento disciplina o processo de seleção, concessão, manutenção e acompanhamento dos

Leia mais

CAPÍTULO I DOS MATERIAIS DIDÁTICOS

CAPÍTULO I DOS MATERIAIS DIDÁTICOS REGULAMENTO DOS MATERIAIS DIDÁTICOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS PERÍODO LETIVO 2016/1 CAPÍTULO I DOS MATERIAIS DIDÁTICOS Art. 1. Entende-se por materiais didáticos livros impressos ou virtuais (e-books),

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014.1

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014.1 FACULDADES IBMEC PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014.1 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA ALUNOS ORIUNDOS DO ENSINO MÉDIO DE ESCOLAS PÚBLICAS ESTADUAIS DO RIO DE JANEIRO (PRO-RIO). CAPÍTULO

Leia mais

CAPÍTULO I DOS MATERIAIS DIDÁTICOS

CAPÍTULO I DOS MATERIAIS DIDÁTICOS REGULAMENTO DOS MATERIAIS DIDÁTICOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS PERÍODO LETIVO 2015/2 CAPÍTULO I DOS MATERIAIS DIDÁTICOS Art. 1. Entende-se por materiais didáticos livros impressos ou virtuais (ebooks),

Leia mais

RESOLVE, TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

RESOLVE, TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO COP Nº 003/2015 REGULAMENTA AS CONDIÇÕES PARA CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DAS MODALIDAES DE BOLSAS DE ESTUDO E DESCONTOS EDUCACIONAIS DA FACULDADE METROPOLITANA DE ANÁPOLIS O Presidente do Conselho

Leia mais

PORTARIA UNIDA Nº. 18/2015, de 26 Outubro de 2015.

PORTARIA UNIDA Nº. 18/2015, de 26 Outubro de 2015. PORTARIA UNIDA Nº. 18/2015, de 26 Outubro de 2015. O Diretor Geral da Faculdade Unida de Vitória, no uso das atribuições conferidas pelo Regimento Interno resolve regulamentar os procedimentos gerais para

Leia mais

EDITAL SOLICITAÇÃO DE VAGAS 1º/2016

EDITAL SOLICITAÇÃO DE VAGAS 1º/2016 EDITAL SOLICITAÇÃO DE VAGAS 1º/2016 O DIRETOR GERAL, da FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS (FIA), no uso de suas atribuições regimentais, através do presente, DIVULGA as datas e os procedimentos

Leia mais

FACULDADE SÃO SALVADOR - FSS SEEB - Sociedade de Estudos Empresariais Avançados da Bahia Ltda CNPJ: 03.871.465/0001-06

FACULDADE SÃO SALVADOR - FSS SEEB - Sociedade de Estudos Empresariais Avançados da Bahia Ltda CNPJ: 03.871.465/0001-06 EDITAL COMPLETO PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA 2014.2 Nº 05/2014 O Diretor Geral da Faculdade São Salvador, no uso de suas atribuições legais, na conformidade do que

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE SÃO VICENTE CAPITULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE SÃO VICENTE CAPITULO I DO PROGRAMA FACULDADE SÃO VICENTE Mantenedora: Sociedade Educacional e Assistencial da Paróquia de Pão de Açúcar-Al TEL; FAX 82-3624-1862 E - mail: fasvipa@hotmail.com Portaria Nº 1.766/ 01 /11/2006 REGULAMENTO DO

Leia mais

EDITAL 04/2015 REITORIA

EDITAL 04/2015 REITORIA EDITAL 04/2015 REITORIA Matrículas 2º semestre letivo de 2015 O UDF - Centro Universitário torna público o Edital de Matrícula dos Cursos de Graduação para o 2º semestre letivo de 2015. 1. Renovação de

Leia mais

DO OBJETIVO... 3 DOS DESCONTOS... 3 DA CONCESSÃO... 5 DOS PERCENTUAIS UTILIZADOS NA CONCESSÃO DAS BOLSAS... 5 DO REQUERIMENTO... 6

DO OBJETIVO... 3 DOS DESCONTOS... 3 DA CONCESSÃO... 5 DOS PERCENTUAIS UTILIZADOS NA CONCESSÃO DAS BOLSAS... 5 DO REQUERIMENTO... 6 REGULAMENTO PROGRAMA DE BOLSAS Instituto Cimas 1 SUMÁRIO DO OBJETIVO... 3 DOS DESCONTOS... 3 DA CONCESSÃO... 5 DOS PERCENTUAIS UTILIZADOS NA CONCESSÃO DAS BOLSAS... 5 DO REQUERIMENTO... 6 DOS DOCUMENTOS

Leia mais

EDITAL Nº 090/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL

EDITAL Nº 090/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL EDITAL Nº 090/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL A Diretoria de Relacionamento e Serviços ao Aluno do Centro Universitário Senac torna pública

Leia mais

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR, ECONOMIA, GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SERVIÇO SOCIAL, POR

Leia mais

DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO

DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO Edital UNDB Nº 13/2015 Processo Seletivo para Ingresso por Transferência Externa e Graduado DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO A Unidade de Ensino Superior Dom Bosco - UNDB, por meio da Diretoria

Leia mais

Educa Mais Brasil REGULAMENTO

Educa Mais Brasil REGULAMENTO Educa Mais Brasil REGULAMENTO 2015 Regulamento do Programa EDUCA MAIS BRASIL I DO PROGRAMA Art. 1.º - O Programa EDUCA MAIS BRASIL é um programa de INCLUSÃO EDUCACIONAL e tem por objetivos: I estimular

Leia mais

EDITAL Nº 02/2013. Dispõe sobre o Processo de Matrícula para os Cursos Técnicos, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio:

EDITAL Nº 02/2013. Dispõe sobre o Processo de Matrícula para os Cursos Técnicos, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio: EDITAL Nº 02/2013 Dispõe sobre o Processo de Matrícula para os Cursos Técnicos, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio: Administração Contabilidade Eletrônica Mecânica Mecatrônica Qualidade Segurança

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais

1.3. A promoção será realizada e terá vigência do dia 12 de Junho até às 23:59 horas do dia 19 de Outubro de 2015.

1.3. A promoção será realizada e terá vigência do dia 12 de Junho até às 23:59 horas do dia 19 de Outubro de 2015. REGULAMENTO 1. DA PROMOÇÃO: 1.1. AMIGO DE VERDADE INDICA FTEC é o programa de ingresso de alunos via indicação na forma estipulada no presente Regulamento, promovido pelas instituições de ensino superior

Leia mais

EDITAL- Faculdade SATC n 035/2011 de 07.06.2011 APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO 2011/2 (VESTIBULAR) PRIMEIRA CHAMADA

EDITAL- Faculdade SATC n 035/2011 de 07.06.2011 APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO 2011/2 (VESTIBULAR) PRIMEIRA CHAMADA A Direção da Faculdade SATC, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, credenciada pela Portaria Ministerial n. 3.556 de 26/11/2003, publicada no D.O.U., em

Leia mais

b) Candidatos Classificados em Cursos cujas vagas já tenham sido todas preenchidas poderão fazer a REOPÇÃO DE CURSO.

b) Candidatos Classificados em Cursos cujas vagas já tenham sido todas preenchidas poderão fazer a REOPÇÃO DE CURSO. A Direção da Faculdade SATC, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, credenciada pela Portaria Ministerial n. 3.556 de 26/11/2003, publicada no D.O.U., em

Leia mais

EDITAL Nº 007/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL Nº 007/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 007/2016 O Diretor Executivo da Faculdade Metropolitana de Anápolis, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

Matrícula. Concordar com os Termos do Contrato de Prestação de Serviços de Ensino que estará disponível na área do aluno.

Matrícula. Concordar com os Termos do Contrato de Prestação de Serviços de Ensino que estará disponível na área do aluno. Matrícula Modalidades de Matrícula 2º Semestre de 2014 MATRÍCULA AUTOMÁTICA - ALUNO PROGRESSÃO REGULAR PRESENCIAL Dias 16 a 22/07/2014 Nesse processo, a renovação de matrícula é automática. Tudo é elaborado

Leia mais

TERMO DE CIÊNCIA - PROGRAMA DE DESCONTOS FAMÍLIA 10

TERMO DE CIÊNCIA - PROGRAMA DE DESCONTOS FAMÍLIA 10 TERMO DE CIÊNCIA - PROGRAMA DE DESCONTOS FAMÍLIA 10 Fica aprovado o Regulamento do Sistema de Concessão de Descontos denominado Família 10, destinado aos alunos da UNINOVE e a seus parentes diretos, nas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Faculdade São Sebastião, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

1. DOS CURSOS, DA DATA, LOCAL E HORÁRIO PARA A REALIZAÇÃO DA MATRÍCULA. 1.1. A matrícula será realizada conforme a tabela a seguir:

1. DOS CURSOS, DA DATA, LOCAL E HORÁRIO PARA A REALIZAÇÃO DA MATRÍCULA. 1.1. A matrícula será realizada conforme a tabela a seguir: A Direção da Faculdade SATC, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, credenciada pela Portaria Ministerial n. 3.556 de 26/11/2003, publicada no D.O.U., em

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO 2013/1

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO 2013/1 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO 2013/1 O Presidente da Comissão de Processo Seletivo Unificado, torna público por meio do presente Edital, que serão

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015 Processo Seletivo 2º Semestre de 2015 Transferência Externa e Obtenção de Novo Título

EDITAL Nº 02/2015 Processo Seletivo 2º Semestre de 2015 Transferência Externa e Obtenção de Novo Título EDITAL Nº 02/2015 Processo Seletivo 2º Semestre de 2015 Transferência Externa e Obtenção de Novo Título As Faculdades Santo Agostinho, por meio de seu Núcleo de Relacionamento Acadêmico e em conformidade

Leia mais

FORMA DE PAGAMENTO. Faturamento para órgãos públicos: apresentação de Nota de Empenho;

FORMA DE PAGAMENTO. Faturamento para órgãos públicos: apresentação de Nota de Empenho; FORMA DE PAGAMENTO Boleto bancário: O primeiro pagamento deverá ser realizado em três dias corridos após a entrega da documentação, com a emissão do boleto pela FGV. Para emissão de uma 2ª via, por atraso,

Leia mais

PORTARIA nº 002/MED/2013

PORTARIA nº 002/MED/2013 PORTARIA nº 002/MED/2013 O Prof. Dr. Guilherme de Menezes Succi, Coordenador do Curso de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic e Presidente da Comissão de Transferências para o referido Curso, no uso

Leia mais

Matrícula. Concordar com os Termos do Contrato de Prestação de Serviços de Ensino que estará disponível na área do aluno.

Matrícula. Concordar com os Termos do Contrato de Prestação de Serviços de Ensino que estará disponível na área do aluno. Matrícula Modalidades de Matrícula 2º Semestre de 2015 MATRÍCULA AUTOMÁTICA - ALUNO PROGRESSÃO REGULAR Dias 09 e 10/07/2015 Nesse processo, a renovação de matrícula é automática. Tudo é elaborado previamente

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2016/1 AGENDADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2016/1 AGENDADO EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2016/1 AGENDADO 1. O (a) Diretor (a) do (a) Faculdade Cenecista de Vila Velha FACEVV, com sede no município Vila Velha/ES, torna público, na forma regimental e em consonância

Leia mais

MANUAL DO VESTIBULANDO. Vestibular de Verão 2016

MANUAL DO VESTIBULANDO. Vestibular de Verão 2016 MANUAL DO VESTIBULANDO Vestibular de Verão 2016 Londrina 2016 CARO VESTIBULANDO Seja bem vindo ao início da mais importante jornada de sua vida! Destaque-se a importância, porque você se prepara para enfrentar

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O Programa de Pós-Graduação em Física (PPGFIS) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) tem por finalidade a formação de

Leia mais

Matrícula. Concordar com os Termos do Contrato de Prestação de Serviços de Ensino que estará disponível na área do aluno.

Matrícula. Concordar com os Termos do Contrato de Prestação de Serviços de Ensino que estará disponível na área do aluno. Matrícula Modalidades de Matrícula 2º Semestre de 2013 MATRÍCULA AUTOMÁTICA - ALUNO PROGRESSÃO REGULAR Dias 09 e 10/07/2013 Nesse processo, a renovação de matrícula é automática. Tudo é elaborado previamente

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés Regulamento do Programa de Monitoria para os cursos de Graduação A Monitoria é uma atividade Acadêmica dos cursos de Graduação que visa dar oportunidade de aprofundamento vertical de estudos em alguma

Leia mais

A Fundação concederá apenas bolsas de estudo integrais (100%).

A Fundação concederá apenas bolsas de estudo integrais (100%). ENEM 1 - Quando serão feitas as inscrições para o Enem 2014? Do dia 12 de maio até às 23h59 do dia 23 de maio, observado o horário oficial de Brasília-DF. 2 - Quando será a aplicação das provas do Enem

Leia mais

Estado da Paraíba. Prefeitura Municipal de João Pessoa. Secretaria de Desenvolvimento Social EDITAL DE SELEÇÃO N.º 001/2016

Estado da Paraíba. Prefeitura Municipal de João Pessoa. Secretaria de Desenvolvimento Social EDITAL DE SELEÇÃO N.º 001/2016 Estado da Paraíba Prefeitura Municipal de João Pessoa Secretaria de Desenvolvimento Social EDITAL DE SELEÇÃO N.º 001/2016 Cumprindo o que determina a Lei Municipal 11.608/2008 que instituiu o Programa

Leia mais

EDITAL N.º 10/2014. Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica.

EDITAL N.º 10/2014. Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica. 1 EDITAL N.º 10/2014 Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica. O - TECPUC, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna pública a abertura do processo

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2014/2. Solicito alteração da inscrição nº Nome do Candidato:, do curso, Turno, para o curso, do turno.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2014/2. Solicito alteração da inscrição nº Nome do Candidato:, do curso, Turno, para o curso, do turno. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2014/2 A Diretora Geral em exercício da Faculdade Católica de Uberlândia, no uso de suas atribuições regimentais e demais disposições legais, torna público o Edital do Processo

Leia mais

EDITAL Nº 03/2013. Processo Seletivo Vestibular Unificado FATEP/ESAMC- Piracicaba - Primeiro Semestre - 2014

EDITAL Nº 03/2013. Processo Seletivo Vestibular Unificado FATEP/ESAMC- Piracicaba - Primeiro Semestre - 2014 EDITAL Nº 03/2013 Processo Seletivo Vestibular Unificado FATEP/ESAMC- Piracicaba - Primeiro Semestre - 2014 T Os Diretores da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba, FATEP e da Escola Superior de Administração,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 2016/1 CONSOLIDADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 2016/1 CONSOLIDADO EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO 2016/1 CONSOLIDADO 1. O (a) Diretor (a) do (a) Faculdade Cenecista de Sete Lagoas, com sede no município (Sete Lagoas/MG), torna público, na forma regimental e em consonância

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (FAP TERESINA) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (FAP TERESINA) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012 FACULDADE MAURÍCIO (FAP ) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015. FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande-PB no

Leia mais

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 16/2015 Aprova o Edital do Processo Seletivo dos Cursos Superiores na modalidade a Distância Vestibular 2º Semestre de 2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO,

Leia mais

EDITAL COMPLETO TRANSFERÊNCIA EXTERNA E MATRÍCULA ESPECIAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA 2016.1 Vagas Remanescentes

EDITAL COMPLETO TRANSFERÊNCIA EXTERNA E MATRÍCULA ESPECIAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA 2016.1 Vagas Remanescentes EDITAL COMPLETO TRANSFERÊNCIA EXTERNA E MATRÍCULA ESPECIAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA 2016.1 Vagas Remanescentes A Pró-Reitoria de Graduação do CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA (REMATRÍCULA)

EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA (REMATRÍCULA) EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA (REMATRÍCULA) O Diretor Geral da Faculdade Sumaré, no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna pública, para conhecimento do corpo discente, a abertura do período,

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2015/2 (Isento de Taxa) Informativo GR nº 002/2015, de 23/06/2015 SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 ATENÇÃO! ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO NORTE GOIANO - CESNG FACULDADE DO NORTE GOIANO- FNG

CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO NORTE GOIANO - CESNG FACULDADE DO NORTE GOIANO- FNG 1-5 CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO NORTE GOIANO - CESNG FACULDADE DO NORTE GOIANO- FNG REGULAMENTO DO PROGRAMA O PROFESSOR INDICA DA FACULDADE DO NORTE GOIANO- FNG PORANGATU - GOIÁS 2016 REGULAMENTO DO

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAL PARA O PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 A Faculdade Católica Recife torna público aos

Leia mais

PORTARIA CNMP/PRESI Nº 48, DE 07 DE MAIO DE 2012.

PORTARIA CNMP/PRESI Nº 48, DE 07 DE MAIO DE 2012. PORTARIA CNMP/PRESI Nº 48, DE 07 DE MAIO DE 2012. Regulamenta o Programa de Pós-Graduação no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no

Leia mais

NORMAS PARA EXECUÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO

NORMAS PARA EXECUÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO NORMAS PARA EXECUÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º A presente Resolução fixa as normas para o funcionamento do Programa de Bolsa de Extensão.

Leia mais

Curso: Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes em Filosofia para o Ensino Médio - A Distância

Curso: Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes em Filosofia para o Ensino Médio - A Distância PARA O SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2014 1º PERÍODO A Secretária Geral de Ensino, da Universidade do Sul de Santa Catarina - Unisul, considerando a legislação em vigor e no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013 A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda e Marketing Unidade Rio de Janeiro, de acordo com o regimento interno, torna pública as normas do Processo

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo Tradicional

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2015/2

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2015/2 EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2015/2 CONSOLIDADO A Diretora da Faculdade Cenecista de Vila Velha-FACEVV, com sede no município de Vila Velha, Estado do ES, torna público, na forma regimental e em

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Institui o Regulamento dos cursos de Pós-graduação lato sensu em da Escola de Direito de Brasília EDB, mantida pelo Instituto Brasiliense de Direito

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

REGULAMENTO DO VESTIBULAR SOCIAL 1/ 2014

REGULAMENTO DO VESTIBULAR SOCIAL 1/ 2014 REGULAMENTO DO VESTIBULAR SOCIAL 1/ 2014 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art.1º A Faculdade Nacional de Educação e Ensino Superior do Paraná FANEESP sediado no município de Araucária/PR, a Av. das Araucárias,

Leia mais

PORTARIA-DG-002/2016

PORTARIA-DG-002/2016 PORTARIA-DG-002/2016 REGULAMENTA O PROGRAMA SOU ALUNO E INDICO AS FACULDADES INTEGRADAS SANTA CRUZ DE CURITIBA O Diretor Geral das Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba FARESC, no uso das atribuições

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 005/2014 CONSEPE (Alterada pela Resolução n 018/2015 CONSEPE, Resolução nº 026/2015-CONSEPE n 044/2015 - CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 005/2014 CONSEPE (Alterada pela Resolução n 018/2015 CONSEPE, Resolução nº 026/2015-CONSEPE n 044/2015 - CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 005/2014 CONSEPE (Alterada pela Resolução n 018/2015 CONSEPE, Resolução nº 026/2015-CONSEPE n 044/2015 - CONSEPE) Dispõe sobre as normas e os procedimentos para a matrícula de acadêmicos nos

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DO CENTRO DE ESTUDOS EM DIREITO DO ORDENAMENTO, DO URBANISMO E DO AMBIENTE

REGULAMENTO DOS CURSOS DO CENTRO DE ESTUDOS EM DIREITO DO ORDENAMENTO, DO URBANISMO E DO AMBIENTE CAPÍTULO I CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO DO ORDENAMENTO, DO URBANISMO E DO AMBIENTE Artigo 1.º (Constituição do Curso) 1. O Curso de Especialização em Direito do Ordenamento, do Urbanismo e do Ambiente

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis Coordenadoria de Benefícios REGULAMENTAÇÃO DO PROGRAMA AUXILIO ALIMENTAÇÃO

Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis Coordenadoria de Benefícios REGULAMENTAÇÃO DO PROGRAMA AUXILIO ALIMENTAÇÃO Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis Coordenadoria de Benefícios REGULAMENTAÇÃO DO PROGRAMA AUXILIO ALIMENTAÇÃO CAPITULO I DO PROGRAMA Art. 1. O Programa Auxílio Alimentação

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 052/2014 CONSUNI (Alterada pela Resolução n 107/2014 CONSUNI)

RESOLUÇÃO Nº 052/2014 CONSUNI (Alterada pela Resolução n 107/2014 CONSUNI) RESOLUÇÃO Nº 052/2014 CONSUNI (Alterada pela Resolução n 107/2014 CONSUNI) Institui o Programa de Auxílio à Mobilidade Estudantil Nacional e Internacional da UDESC PROME Nacional e PROME Internacional.

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSOS DE GRADUAÇÃO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSOS DE GRADUAÇÃO SUMÁRIO PREÂMBULO... 2 CLÁUSULA PRIMEIRA DOS ATOS LEGAIS CONSTITUTIVOS... 2 CLÁUSULA SEGUNDA DOS MARCOS REGULATÓRIOS... 2 CLÁUSULA TERCEIRA DO OBJETO... 3 CLÁUSULA QUARTA DA MATRÍCULA INICIAL... 4 CLÁUSULA

Leia mais

EDITAL PRGDP Nº 29/2014

EDITAL PRGDP Nº 29/2014 EDITAL PRGDP Nº 29/2014 A PRGDP/UFLA, no uso de suas atribuições, e considerando a Lei nº 11.091, de 12/01/2005, Decreto nº 5.707, de 23/02/2006 e a Resolução CUNI nº 56 de 29/10/2013, torna público que

Leia mais

EDITAL DO VESTIBULAR 2/2016

EDITAL DO VESTIBULAR 2/2016 EDITAL DO VESTIBULAR 2/2016 O Diretor Geral da Faculdade FIA de Administração e Negócios, no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio do presente Edital, torna público o edital

Leia mais

EDITAL PRAC 01/2016 INSCRIÇÕES

EDITAL PRAC 01/2016 INSCRIÇÕES EDITAL PRAC 01/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRESENCIAL E EAD DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO COM APROVEITAMENTO DE CURSOS SUPERIORES (transferências externas,

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO, COMPLEMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO. CAPITULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO, COMPLEMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO. CAPITULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA Rua Pinheiro Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP 84.010-310 Fone (0**42) 224-0301 Endereço Eletrônico: www.iessa.edu.br REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO VESTIBULAR TRADICIONAL COM CONCURSO DE BOLSAS PARA OS CURSOS DA FACULDADE PROCESSUS NO 1º SEMESTRE DE 2016.

REGULAMENTO DO VESTIBULAR TRADICIONAL COM CONCURSO DE BOLSAS PARA OS CURSOS DA FACULDADE PROCESSUS NO 1º SEMESTRE DE 2016. REGULAMENTO DO VESTIBULAR TRADICIONAL COM CONCURSO DE BOLSAS PARA OS CURSOS DA FACULDADE PROCESSUS NO 1º SEMESTRE DE 2016. CAPÍTULO I DA INSCRIÇÃO E DA REALIZAÇÃO DO CONCURSO Art. 1 O presente Vestibular

Leia mais

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 002/2016. Processo Seletivo

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 002/2016. Processo Seletivo SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 002/2016 Processo Seletivo A Direção da SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

REGULAMENTO DA SECRETARIA GERAL

REGULAMENTO DA SECRETARIA GERAL FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO BAIXO SÃO FRANCISCO DR. RAIMUNDO MARINHO FACULDADE RAIMUNDO MARINHO REGULAMENTO DA SECRETARIA GERAL A Secretaria Geral é o órgão que operacionaliza todas as atividades ligadas à

Leia mais

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de rematrícula.

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de rematrícula. EDITAL PROEPE/PROAP 8/2016 ABRE INSCRIÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS S DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, DESTINADAS A TRANSFERÊNCIA INTERNA. Os Pró-Reitores

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º. Este Regulamento estabelece as políticas

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013)

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE MANAUS Decreto de 26/03/2001 - DOU de 27/03/2001. Edital do Processo Seletivo 2014 Ato Edital n 029 (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) O Diretor Geral

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IÇARA Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia

PREFEITURA MUNICIPAL DE IÇARA Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia PREFEITURA MUNICIPAL DE IÇARA Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia E D I T A L Nº 03/2015/SMECT Abre inscrições e baixa normas para seleção de Professores (as) de Educação Infantil, Ensino

Leia mais

PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015.

PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015. PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015. O Diretor Geral da Faculdade Unida de Vitória, no uso das atribuições conferidas pelo Regimento Interno resolve regulamentar os procedimentos gerais

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2012 PARA O CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO UNISA.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2012 PARA O CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO UNISA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2012 PARA O CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO UNISA. A Magnífica Reitora da Universidade de Santo Amaro UNISA, mantida pela

Leia mais

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de matrícula subsequente.

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de matrícula subsequente. EDITAL PROEPE/PROAP 24/2014 ABRE INSCRIÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS S DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, DESTINADAS A TRANSFERÊNCIAS INTERNAS. Os Pró-Reitores

Leia mais

EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO O Reitor do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura

Leia mais

REGULAMENTO GERAL FIDELIZAÇÃO 001/2012

REGULAMENTO GERAL FIDELIZAÇÃO 001/2012 Faculdade Borges de Mendonça - CNPJ 05 620 495/0001-75 Rua Santos Dumont, 104 Centro Florianópolis SC CEP 88015-020 Fone/Fax: 0**48 30292500 Home Page: www.bm.edu.br REGULAMENTO GERAL FIDELIZAÇÃO 001/2012

Leia mais

Candidatos aprovados no Vestibular 2015.2 - Prova 19/07/2015 nas seguintes condições:

Candidatos aprovados no Vestibular 2015.2 - Prova 19/07/2015 nas seguintes condições: 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de estudo no primeiro ano do curso (de julho de 2015 até junho de 2016) aos candidatos aprovados com os melhores

Leia mais

FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009

FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009 ASSOCIAÇÃO LENÇOENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - ALEC FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009 Usando as atribuições que lhe confere o regimento

Leia mais

DOCUMENTOS COMPLEMENTARES

DOCUMENTOS COMPLEMENTARES DOCUMENTOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO DO CURSO DE DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO CDA EM ASSOCIAÇÃO DE IES (PUCRS e UCS) Janeiro de 2009 2 CAPÍTULO I Dos objetivos Art. 1 o - O curso confere o grau de Doutor

Leia mais

1. DESCONTOS COMERCIAIS

1. DESCONTOS COMERCIAIS Resolução nº. 04/2015 Normatiza a Concessão de Descontos Institucionais nas Mensalidades de Graduação e, conforme determinado pela Campanha Nacional de Escolas da Comunidade - CNEC. A Diretora da Faculdade

Leia mais

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS 1º SEMESTRE DE 2015 INÍCIO DAS AULAS: 25 DE FEVEREIRO. www.uniceub.br 3966-120 0

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS 1º SEMESTRE DE 2015 INÍCIO DAS AULAS: 25 DE FEVEREIRO. www.uniceub.br 3966-120 0 CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS 1º SEMESTRE DE 2015 INÍCIO DAS AULAS: 25 DE FEVEREIRO www.uniceub.br 3966-120 0 Um dos melhores centros universitários do Brasil de acordo com avaliação do MEC; Único centro universitário

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR A Universidade Salvador UNIFACS, em conformidade com seu Regimento Geral, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I

FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I DA MONITORIA: Art. 1º. A monitoria é uma atividade auxiliar à docência exercida por alunos regularmente

Leia mais

PALAVRA DO REITOR. A Universidade de Taubaté - UNITAU - tem uma longa e bem conhecida tradição nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

PALAVRA DO REITOR. A Universidade de Taubaté - UNITAU - tem uma longa e bem conhecida tradição nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. PARTE 1 1. CURSOS A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ 6 2. INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO EAD UNITAU 7 2.1. Período 7 2.2. Formas e locais da inscrição 7 2.3. Taxa de inscrição 7 2.4. Observações

Leia mais

Pagamento de apenas 50% do valor da mensalidade durante o curso;

Pagamento de apenas 50% do valor da mensalidade durante o curso; CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CredIES IESB MANUAL DO ALUNO O que é o CredIES do IESB? É um crédito estudantil rotativo, financiado por verbas orçamentárias próprias do IESB que possibilita, ao aluno regularmente

Leia mais

Edital nº 129/2014, de 24 de julho de 2014.

Edital nº 129/2014, de 24 de julho de 2014. Edital nº 129/2014, de 24 de julho de 2014. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Luiz Carlos Pfleger, Reitor da Universidade do Planalto Catarinense, no uso de suas atribuições, abre inscrições para ingresso

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO Art. 1º A monitoria é uma atividade acadêmica, no âmbito da graduação, que pretende oferecer ao aluno experiência de iniciação à docência. 1º A monitoria

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Regulamento de Atividades Complementares Curso de Enfermagem Capítulo I- Disposições Gerais Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade regrar as Atividades Complementares para o curso de Enfermagem

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 04/12/CP INSEP

RESOLUÇÃO Nº. 04/12/CP INSEP FACULDADE INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO PARANÁ MANTENEDORA: INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E DA CIDADANIA IEC CNPJ: 02.684.150/0001-97 Maringá: Rua dos Gerânios, 1893 CEP: 87060-010 Fone/Fax:

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DO IFMS Campo Grande - MS 2014 PROGRAMA DE MONITORIA DO IFMS Capítulo I DA APRESENTAÇÃO Art. 1º O presente Programa estabelece as finalidades, objetivos, atribuições e normas para

Leia mais

REGULAMENTO. Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos:

REGULAMENTO. Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos: REGULAMENTO I DO PROGRAMA Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos: I incentivar a aderência ao Programa de indivíduos que atendam aos requisitos exigidos neste

Leia mais