Guia de Instalação 5.1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia de Instalação 5.1"

Transcrição

1 RHN Proxy Server Guia de Instalação 5.1 ISBN: Data de Publicação:

2 RHN Proxy Server 5.1.1

3 RHN Proxy Server 5.1.1: Guia de Instalação Copyright 2008 Red Hat, Inc. Copyright 2008 Red Hat, Inc. This material may only be distributed subject to the terms and conditions set forth in the Open Publication License, V1.0 or later with the restrictions noted below (the latest version of the OPL is presently available at Distribution of substantively modified versions of this document is prohibited without the explicit permission of the copyright holder. Distribution of the work or derivative of the work in any standard (paper) book form for commercial purposes is prohibited unless prior permission is obtained from the copyright holder. Red Hat and the Red Hat "Shadow Man" logo are registered trademarks of Red Hat, Inc. in the United States and other countries. All other trademarks referenced herein are the property of their respective owners. The GPG fingerprint of the key is: CA B D6 9D FC 65 F6 EC C CD DB 42 A6 0E 1801 Varsity Drive Raleigh, NC USA Phone: Phone: Fax: PO Box Research

4 RHN Proxy Server 5.1.1

5 1. Introdução Red Hat Network RHN Proxy Server Termos para Compreender Como Funciona Requisitos Requisitos de Software Requisitos de Hardware Requisitos de Espaço em Disco Requisitos Adicionais Exemplos de Topologias Topologia com Proxy Único (Single Proxy) Topologia com Proxies Múltiplos Disponibilizados Horizontalmente Topologia com Proxies Múltiplos Disponibilizados Verticalmente Proxies com RHN Satellite Server Instalação Instalação Base Processo de Instalação do RHN Proxy Server Gerenciador de Pacotes do RHN Criando um Canal Privado Upload de Pacotes Opções de Linha de Comando Solução de problemas (troubleshooting) Administrando o Serviço Proxy Arquivos de Registro (Log Files) Perguntas Mais Frequentes Problemas Genéricos Máquina Não Encontrada/Impossível Determinar FQDN (host not found/could not determine FQDN) Erros de Conexão Problemas de Caching Depuração do Proxy pela Red Hat...38 A. Arquivo de Configuração do RHN Proxy Server...39 Índice Remissivo...41 v

6 vi

7 Introdução 1. Red Hat Network A Red Hat Network (RHN) é o ambiente para suporte e administração de sistemas e redes de sistemas da Red Hat. A Red Hat Network oferece todas as ferramentas, serviços e repositórios de informações necessários para maximizar a confiabilidade, segurança e desempenho de seus sistemas. Para usar a RHN, os administradores de sistemas registram os perfis de software e hardware, conhecidos como System Profiles (Perfis de Sistema), de seus sistemas na Red Hat Network. Quando um sistema cliente requer atualizações de pacotes, somente os pacotes aplicáveis para o cliente são retornados (baseado no perfil de software armazenado nos Servidores da RHN). As vantagens do uso da Red Hat Network incluem: Escalabilidade com a Red Hat Network, um único administrador de sistemas pode configurar e manter centenas ou milhares de sistemas Red Hat mais fácil, correta e rapidamente do que poderia fazer para um único sistema sem a Red Hat Network. Protocolos Padrão os protocolos padrão (standard protocols) são usados para manter a segurança e aumentar a capacidade. Por exemplo: XML-RPC oferece à Red Hat Network a habilidade de fazer muito mais que simplesmente baixar arquivos. Segurança todas as comunicções entre os sistemas registrados e a Red Hat Network ocorrem através de conexões Internet seguras. Visualize Alertas de Erratas veja facilmente os Alertas de Erratas para todos os seus sistemas cliente através de um único site. Ações Agendadas use o site para agendar ações, incluindo Atualizações de Erratas, instalações de pacotes e atualizações do perfil de software. Simplificação manter os sistemas Red Hat torna-se um processo simples e automatizado. 2. RHN Proxy Server Um RHN Proxy Server é um mecanismo de cache de pacote que reduz os requerimentos da largura de banda para o RHN e ativa a implementação de pacote padrão. Os RPMs de cache dos clientes Proxy, tais como Atualizações de Errata da Red Hat ou RPMs geradas pela empresa, em um servidor interno e localizado centralmente. Os sistemas Cliente então recebem estas atualizações do Proxy ao invés de acessar a Internet individualmente. Embora estes pacotes sejam servidos pelo Proxy, o Perfil de Sistema do cliente e as informações de usuário estão armazenadas no seguro Servidor Central do RHN 1 o qual 1 Ao longo deste documento, o "RHN" pode se referir tanto ao site Hospedado (Hosted) do RHN, (http://rhn.redhat.com) ou ao RHN Satellite Server. 1

8 Capítulo 1. Introdução também serve o website do RHN (rhn.redhat.com). O Proxy age como um intermediário para os sistemas cliente e o RHN; ( ou um RHN Satellite Server). Somente os arquivos de pacotes são armazenados no RHN Proxy Server. Todas as transações são autenticadas e o Agente de Atualizações da Red Hat verifica a assinatura GPG de cada pacote obtido através do RHN Proxy Server local. Além de armazenar os pacote oficiais da Red Hat, o RHN Proxy Server pode ser configurado para prover os pacotes personalizados de uma empresa através de canais privados, usando o Gerenciador de Pacotes do RHN. Por exemplo: uma empresa pode desenvolver seu próprio software, empacotá-lo num RPM, assiná-lo com sua própria assinatura GPG e ter o RHN Proxy Server local atualizando todos os sistemas da rede com as últimas versões do software personalizado. As vantagens de usar o RHN Proxy Server incluem: Escalabilidade pode haver múltiplos Servidores Proxy da RHN locais numa empresa. Segurança é mantida uma conexão segura de ponta-a-ponta: dos sistemas cliente ao RHN Proxy Server local e aos Servidores da Red Hat Network. Poupa tempo os pacotes são entregues significativamente mais rápido através uma rede local do que através da Internet. Poupa banda os pacotes são baixados pelos servidores de Arquivos da RHN somente uma vez (através do mecanismo de caching do Servidor Proxy local), ao invés de baixar cada pacote para cada sistema cliente. Atualizações personalizadas crie um sistema de entrega de pacotes realmente automatizado para os pacotes do software personalizado, assim como para os pacotes oficiais da Red Hat necessários para os sistemas cliente. Os canais privados personalizados da RHN permitem a uma empresa automatizar a entrega de pacotes internos. Configuração personalizada restrinja ou atribua atualizações a arquiteturas e versões de sistemas operacionais específicos. Somente uma conexão à Internet é necessária os sistemas cliente conectam somente através do Servidor Proxy, e não pela internet, e requerem somente acesso à Rede de Área Local à qual o RHN Proxy Server está conectado. Somente o RHN Proxy Server precisa de uma conexão à Internet para contatar os Servidores da RHN, a não ser que o RHN Proxy Server esteja usando um RHN Satellite Server; neste caso somente o RHN Satellite Server precisa de uma conexão à Internet. 3. Termos para Compreender Antes de entender o RHN Proxy Server, é importante se familiarizar com os seguintes termos da Red Hat Network: 2

9 Como Funciona Canal Um canal é uma lista de pacotes de software. Há dois tipos de canais: canais base e canais filho. Um canal base consiste de pacotes baseados numa arquitetura e versão específicas da Red Hat. Um canal filho é associado a um canal base, mas contém pacotes extras. Administrador da Organização Um Administrador da Organização é a função do usuário com o nível de controle mais alto sobre a conta de uma empresa na Red Hat Network. Os membros com esta função podem adicionar outros usuários, outros sistemas e grupos de sistemas à empresa, assim como removê-los. Na Red Hat Network, uma empresa deve ter no mínimo um Administrador da Organização. Administrador de Canal Um Administrador de Canal é uma função com acesso completo às capacidades de administração do canal. Os usuários com esta função são capazes de criar canais e atribuir pacotes a estes. Esta função pode ser atribuída por um Administrador da Organização através da aba Usuários no site da RHN. Agente de Atualizações da Red Hat O Agente de Atualizações da Red Hat é o aplicativo cliente do Red Hat Network (up2date ou yum) que permite aos usuários obterem e instalarem pacotes novos ou atualizados para o sistema cliente no qual a aplicação é executada. Mensagem de Erro (traceback) Um traceback é uma descrição detalhada do "do que aconteceu de errado", útil para a solução de problemas do RHN Proxy Server. Estas mensagens de erro são geradas automaticamente quando ocorre um erro crítico e são enviadas ao(s) indivíduo (s) designado(s) no arquivo de configuração do RHN Proxy Server. Para acessar explicações mais detalhadas destes e de outros termos, consulte o Guia de Referência da Red Hat Network, disponível em e 4. Como Funciona O Agente de Atualizações da Red Hat nos sistemas cliente não contata diretamente um Servidor da Red Hat Network. Ao invés disso, o cliente (ou clientes) conecta a um RHN Proxy Server, que conecta aos Servidores da Red Hat Network ou a um RHN Satellite Server. Sendo assim, os sistemas cliente não precisam acessar diretamente à Internet; precisam somente de acesso ao RHN Proxy Server. Importante A Red Hat recomenda que os clientes conectados ao RHN Proxy Server estejam 3

10 Capítulo 1. Introdução rodando a versão mais recente do Red Hat Enterprise Linux para garantir a conectividade apropriada. Clientes que acessam a RHN diretamente são autenticados pelos servidores do RHN. Para os clientes que utilizam um RHN Proxy Server, a autenticação funciona de maneira similar, exceto que o RHN Proxy Server também provém as informações da rota. Após uma autenticação bem-sucedida, o Servidor da Red Hat Network informa ao RHN Proxy Server que tem permissão para executar uma ação específica para o cliente. O RHN Proxy Server faz os downloads de todos os pacotes atualizados (caso já não estejam em seu cache) e os entrega ao sistema cliente. Os pedidos do Agente de Atualizações da Red Hat nos sistemas cliente ainda estão autenticadois no lado do servidor, mas a entrega de pacotes é significativamente mais rápida, já que os pacotes são armazenados no HTTP Proxy Caching Server ou no RHN Proxy Server (para pacotes locais); o RHN Proxy Server e o sistema cliente são conectados através da LAN e estão limitados somente pela velocidade da rede local. A autenticação é feita na seguinte ordem: 1. O cliente efetua a autenticação no início de uma sessão. Esta autenticação é passada através de um ou mais Servidores Proxy da RHN até chegar ao Servidor da Red Hat Network. 2. O servidor da Red Hat Network tenta autenticar o cliente. Se for bem sucedido, o servidor passa de volta um token de sessão através da cadeia de Servidores Proxy da RHN. Este token, que possui uma assinatura e expiração, contém informações do usuário, incluindo canais registrados, nome do usuário, etc. 3. Cada RHN Proxy Server armazena este token em seu sistema de arquivo local, em /var/cache/rhn/. O caching reduz algumas das sobrecargas de autenticação no Servidor da Red Hat Network e aprimora imensamente o desempenho da Red Hat Network. 4. Este token de sessão é passado de volta à máquina cliente e é usado nas ações subsequentes na Red Hat Network. Sob a perspectiva do cliente, não há diferença entre um RHN Proxy Server e um Servidor da Red Hat Network. Sob a perspectiva do Servidor da Red Hat Network, um RHN Proxy Server é um tipo especial de cliente da RHN. Portanto, os clientes não são afetados pela rota de um pedido até chegar a um Servidor da Red Hat Network. Toda a lógica é implementada nos Servidores Proxy da RHN e Servidores da Red Hat Network. Opcionalmente, o Gerenciador de Pacotes do RHN pode ser instalado e configurado para servir pacotes personalizados. Qualquer pacote que não seja oficial da Red Hat, incluindo pacotes personalizados escritos especificamente para uma empresa, podem ser servidos somente a de 4

11 Como Funciona um canal de software privado (também referido como um canal de software padronizado). Após criar um canal privado na RHN, os pacotes RPM personalizados são associados ao canal privado, fazendo o upload dos cabeçalhos dos pacotes para os Servidores da RHN. Somente os cabeçalhos são enviados e não os arquivos dos pacotes. Os cabeçalhos são necessários porque contêm informações cruciais de RPMs, como dependências de software, que permitem à RHN automatizar a instalação de pacotes. Os pacotes RPM personalizados são armazenados no RHN Proxy Server e enviados aos sistemas cliente através da rede de área local da empresa. Configurar uma rede de computadores para usar RHN Proxy Server é simples. As aplicações da Red Hat Network devem ser configuradas nos sistemas cliente para conectarem ao RHN Proxy Server, ao invés dos Servidores da Red Hat Network. Consulte o Guia de Configuração do Cliente RHN para mais detalhes. No lado do proxy, é necessário especificar o próximo proxy na cadeia (que eventualmente termina com um Servidor da Red Hat Network). Se o Gerenciador de Pacotes do RHN for usado, os sistemas cliente devem ser registrados no canal privado da RHN. 5

12 6

13 Requisitos Estes requisitos devem ser atendidos antes da instalação. Para instalar o RHN Proxy Server versão 3.6 ou mais recente pelo RHN Satellite Server, este também deve ter a versão 3.6 ou mais recente. 1. Requisitos de Software Para efetuar uma instalação, são necessários os seguintes componentes relativos ao software: Sistema operacional base o RHN Proxy Server é suportado somente com Red Hat Enterprise Linux AS 3 Update 5 ou mais recente, ou Red Hat Enterprise Linux AS 4. O sistema operacional pode ser instalado através de disco, imagem ISO local ou qualquer método suportado pela Red Hat. Importante Se você planeja obter o nível de serviço Monitoring, deve instalar seu RHN Proxy Server no Red Hat Enterprise Linux AS 3 Update 5 ou no Red Hat Enterprise Linux AS 4. Estes são os únicos sistemas operacionais base para Proxies servindo sistemas com Monitoring. Cada versão do Red Hat Enterprise Linux AS requer um determinado conjunto de pacotes para suportar o RHN Proxy Server. Qualquer extra pode causar erros durante a instalação. Sendo assim, a Red Hat recomenda obter o conjunto desejado das seguintes maneiras: Nota Para usar o kickstart no Red Hat Enterprise Linux AS 4 ou no Red Hat Enterprise Linux AS 3 Update 5, especifique o seguinte grupo de Base Para instalar o Red Hat Enterprise Linux AS 4 ou o Red Hat Enterprise Linux AS 3 Update 5 via CD ou imagem ISO, selecione o seguinte grupo de pacotes: Minimal Atenção A Segurança Aprimorada do Linux (SELinux) deve ser desativada no Red Hat Enterprise Linux AS 4 antes de instalar o RHN Proxy Server. Isto pode ser 7

14 Capítulo 2. Requisitos realizado de diversas formas: Durante a instalação pelo CD ou Imagem ISO, selecione Disabled ao receber as opções para o suporte SELinux. Para fazer isto em uma instalação kickstart, inclua o comando selinux --disabled Após a instalação ser concluída, edite o arquivo /etc/selinux/config para que leia SELINUX=disabled e reinicialize o sistema. E por fim, você pode usar o comando system-config-securitylevel-tui e reinicializar o sistema. Um serviço RHN Proxy Server disponível na sua conta da Red Hat Network. Um serviço Provisioning (Provisioning) disponível na sua conta da Red Hat Network (que deve estar incluso no seu serviço RHN Proxy Server). Acesso ao canal Ferramentas (tools) da Red Hat Network para a versão instalada do Red Hat Enterprise Linux AS. Todos os pacotes rhncfg* instalados no Proxy (pelo canal ferramentas da RHN). O pacote rhns-certs-tools instalado no Proxy (pelo canal Ferramentas da RHN) ou a senha do certificado SA da secure sockets layer (SSL) usada para gerar o certificado do servidor pai (tal como num RHN Satellite Server). A configuração do sistema para aceitar comandos remotos e a administração da configuração através da Red Hat Network. Consulte a Seção 2, Processo de Instalação do RHN Proxy Server para instruções. 2. Requisitos de Hardware A seguinte configuração de hardware é necessária para o RHN Proxy Server: Processador Pentium III, 1.26GHz, 512K de cache ou equivalente 512 MB de memória 3 GB de armazenamento para a instalação base do Red Hat Enterprise Linux AS 6 GB de armazenamento por distribuição/canal 8

15 Requisitos de Espaço em Disco A carga do Servidor Web Apache é diretamente relacionada à frequência na qual os sistemas cliente se conectam ao Proxy, portanto se você reduzir o intervalo default de quatro horas (ou 240 minutos) determinado no arquivo de configuração /etc/sysconfig/rhn/rhnsd dos sistemas cliente, aumentará significativamente a carga neste componente. 3. Requisitos de Espaço em Disco O mecanismo de caching usado pelo RHN Proxy Server é o proxy HTTP Squid, que poupa bastante banda para os clientes. Este deve ter uma quantidade razoável de espaço disponível. Os pacotes cachaedos são armazenados em /var/spool/squid. O espaço livre necessário é de 6 GB de armazenamento por distribuição/canal. Se o RHN Proxy Server está configurado para distribuir pacotes personalizados ou locais, certifique-se de que o ponto de montagem de /var no sistema armazenando os pacotes locais tenha espaço suficiente em disco para conter todos os pacotes personalizados, armazenados em /var/spool/rhn-proxy. O espaço necessário em disco para os pacotes locais depende do número de pacotes servidos. 4. Requisitos Adicionais Os seguintes requisitos adicionais devem ser atendidos antes de considerar a instalação do RHN Proxy Server completa: Acesso Completo Os sistemas cliente precisam de acesso completo de rede para os serviços e portas do RHN Proxy Server. Regras de Firewall O RHN recomenda que ative o firewall da solução do RHN Proxy Server a partir da Internet. No entanto, diversas portas de TCP devem ser abertas no Proxy, dependendo de sua implementação do RHN Proxy Server: Porta Direção Motivo 80 Saída O Proxy usa esta porta para obter o rhn.redhat.com 1, xmlrpc.rhn.redhat.com 2 e satellite.rhn.redhat.com 3 (a menos que seja executado em um modo disconectado para o Satellite) 80 Entrada Cliente requer entrada via http ou https 443 Entrada Cliente requer entrada via http ou https 443 Saída Para obter https://rhn.redhat.com, 1 https://rhn.redhat.com

16 Capítulo 2. Requisitos Porta Direção Motivo e Saída Se seu Proxy estiver conectado à um RHN Satellite Server, o Monitoring fará conexões ao rhnmd rodando sistemas cliente através desta porta TCP, se Monitoring estiver ativado e configurado para sistemas registrados Entrada Abrir esta porta permite que conexões cliente do osad para o daemon jabberd no Proxy quando usar a tecnologia do RHN Push Saída Se seu Proxy estiver conectado à um RHN Satellite Server, esta porta deve estar aberta para permitir conexões servidor-para-servidor, através do jabberd para a Tecnologia RHN Push. Tabela 2.1. Portas a serem abertas no Proxy Hora Sincronizada nos Sistemas Há uma sensibilidade muito grande na hora quando conectar a um servidor Web rodando SSL (Secure Sockets Layer); é imprescindível que a configuração do relógio nos clientes e no servidor esteja bem próxima, pois assim o certificado SSL não expira antes do ou durante o uso. Recomendamos utilizar o Protocolo de Horário da Rede (NTP) para sincronizar os relógios. Fully Qualified Domain Name (FQDN, Nome de Domínio Totalmente Qualificado) O sistema no qual o RHN Proxy Server será instalado deve resolver seu próprio FQDN apropriadamente. Uma Conta da Red Hat Network Os clientes que pretendem se conectar aos Servidores centrais da Red Hat Network para receber atualizações incrementais precisarão de uma conta da Red Hat Network. Esta conta deve ser configurada no momento da aquisição com o representante de vendas. Backups das Informações de Autenticação (login) É imprescindível manter o registro de todas as informações de autenticação principais. Para o RHN Proxy Server, estas incluem nomes de usuário e senhas da conta Administrador da Organização e da geração do certificado SSL. A Red Hat recomenda copiar estas informações em dois disquetes (floppy) separados, imprimí-las em papel e também armazená-las num cofre à prova de incêndio. Localidades das Distribuições 10

17 Requisitos Adicionais Como o Proxy encaminha praticamente todos os pedidos HTTP locais para os Servidores centrais da RHN, você deve ter cuidado para alocar arquivos destinados para a distribuição (tal como numa árvore de instalação do kickstart) na localidade sem-encaminhamento, no Proxy: /var/www/html/pub/. Os arquivos alocados neste diretório podem ser baixados diretamente pelo Proxy. Isto pode ser especialmente útil para distribuir chaves GPG ou para estabelecer árvores de instalação de kickstarts. Além disso, a Red Hat recomenda que o sistema rodando o código não esteja publicamente disponível. Nenhum usuário além dos administradores do sistema devem ter acesso às shells destas máquinas. Todos os serviços desnecessários devem ser desativados. Você pode usar ntsysv ou chkconfig para desativar serviços. Por fim, você deve ter os seguintes documentos técnicos à mão para usar relativamente nesta ordem: 1. Guia de Instalação do RHN Proxy Server Este guia, que você lê agora, oferece os passos essenciais necessários para instalar e rodar um RHN Proxy Server. 2. Guia de Configuração do Cliente RHN Este guia explica como configurar os sistemas servidos por um RHN Proxy Server ou RHN Satellite Server. (Provavelmente será necessário consultar o Guia de Referência da RHN, que contém os passos para registrar e atualizar os sistemas.) 3. Guia de Administração de Canais RHN Este guia identifica detalhadamente os métodos recomendados para criar pacotes e canais personalizados e para administrar Erratas privadas. 4. Guia de Referência da RHN Este guia descreve como criar contas da RHN, como registrar e atualizar sistemas, e como usar o site da RHN em seu máximo potencial. Este guia provavelmente será útil ao longo dos processos de instalação e configuração. 11

18 12

19 Exemplos de Topologias O RHN Proxy Server pode ser configurado de diversas maneiras. Selecione o método de acordo com os seguintes fatores: 1. Número total de sistemas cliente servidos pelo RHN Proxy Server 2. Número máximo de clientes com expectativa de conexão concomitante ao RHN Proxy Server. 3. Número de pacotes e canais personalizados servidos pelo RHN Proxy Server. 4. Número de Servidores Proxy da RHN usados no ambiente do cliente. O restante do capítulo descreve as possíveis configurações e explica seus benefícios. 1. Topologia com Proxy Único (Single Proxy) A configuração mais simples consiste em usar um único RHN Proxy Server para servir sua rede inteira. Esta configuração é adequada para servir um pequeno grupo de clientes e uma rede que se beneficiará do caching de RPMs da Red Hat e do armazenamento de pacotes personalizados no servidor local. A desvantagem de usar um RHN Proxy Server é a redução no desempenho, conforme aumenta o número de clientes requisitando pacotes. Figura 3.1. Topologia com Proxy Único (Single Proxy) 2. Topologia com Proxies Múltiplos Disponibilizados 13

20 Capítulo 3. Exemplos de Topologias Horizontalmente Para redes maiores, talvez seja necessário utilizar um método mais distribuído, como múltiplos Servidores Proxy da RHN conectados separadamente à Red Hat Network. Esta configuração disponibilizada horizontalmente equilibra a carga dos pedidos de clientes, enquanto possibilita que cada Proxy sincronize com a RHN simultaneamente. Uma desvantagem desta estrutura horizontal é que o carregamento de pacotes personalizados num único Proxy deve ser distribuído aos seus servidores irmãos. Esta situação pode ser resolvida através de uma destas duas maneiras: Usar o programa de transferência de arquivo rsync para sincronizar os pacotes entre os Proxies. Pode-se estabelecer uma partilha do Sistema de Arquivo de Rede (NFS) entre os Proxies e o repositório de canais personalizados. Qualquer umas destas soluções permitirá a qualquer cliente de qualquer RHN Proxy Server ter todos os pacotes entregues. Figura 3.2. Topologia com Proxies Múltiplos Disponibilizados Horizontalmente 3. Topologia com Proxies Múltiplos Disponibilizados Verticalmente Um método alternativo para múltiplos Servidores Proxy da RHN é estabelecer um Proxy principal, ao qual os outros se conectam para obter RPMs da Red Hat Network e pacotes 14

21 Proxies com RHN Satellite Server personalizados criados localmente. Na realidade, os Proxies secundários atuam como clientes do principal. Isto ameniza a necessidade de estabelecer a sincronização entre os RHN Proxy Servers, já que utilizam a funcionalidade up2date inerente ao produto. Assim como na configuração disponibilizada horizontalmente, este método vertical permite a qualquer cliente de qualquer RHN Proxy Server ter todos os pacotes personalizados entregues. O Proxy simplesmente procura em seu repositório pelo pacote em seu sistema de arquivo. Se não encontrá-lo, tenta o próximo nível acima. Esta configuração disponibilizada verticalmente garante aos Proxies secundários a dependência ao principal para obter as atualizações da RHN, assim como os pacotes personalizados. Além disso, os canais e pacotes personalizados devem ser dispostos somente no Proxy principal, para garantir a distribuição aos Proxies filho. Por fim, os arquivos de configuração dos Proxies secundários devem apontar ao principal, ao invés de fazê-lo diretamente à Red Hat Network. Figura 3.3. Topologia com Proxies Múltiplos Disponibilizados Verticalmente 4. Proxies com RHN Satellite Server Além dos métodos descritos detalhadamente neste capítulo, os clientes também têm a opção de usar o RHN Proxy Server em conjunto com o RHN Satellite Server. Esta estrutura funciona de maneira semelhante à configuração de Proxies disponibilizados verticalmente, porém aumenta significativamente a capacidade, já que os Satellites podem servir um número bem maior de sistemas cliente. Para acessar uma descrição detalhada desta combinação, consulte o capítulo Exemplos de Topologias no Guia de Instalação do RHN Satellite Server. A ligação dos certificados SSL dos dois produtos está descrita no Guia de Configuração do Cliente RHN. Para saber como os 15

22 Capítulo 3. Exemplos de Topologias canais e pacotes são compartilhados entre estes, consulte o Guia de Administração de Canais RHN. 16

23 Instalação Este capítulo descreve a instalação inicial de um RHN Proxy Server, presumindo que os pré-requisitos listados no Capítulo 2, Requisitos foram cumpridos. Mas, se você pretende fazer um upgrade para uma versão mais recente do RHN Proxy Server, contate seu representante Red Hat para obter assistência. 1. Instalação Base O RHN Proxy Server é desenvolvido para rodar no sistema operacional Red Hat Enterprise Linux AS. Portanto, a primeira fase é instalar o sistema operacional base, pelo disco, imagem ISO ou pelo kickstart. Durante e depois da instalação do sistema operacional, esteja certo de: Alocar bastante espaço para a partição que armazenará os pacotes, de acordo com os requisitos de hardware determinados anteriormente. A localidade default para pacotes Red Hat cacheados é /var/spool/squid, enquanto os pacotes personalizados são alocados em /var/spool/rhn-proxy. Instalar somente os pacotes requeridos pelo RHN Proxy Server Nota Instale somente os pacotes básicos, pois os outros causarão falha no RHN Proxy Server. Consulte a Seção 1, Requisitos de Software para saber como obter o grupo de pacotes correto para cada versão do Red Hat Enterprise Linux AS. Importante Se você planeja obter o nível de serviço Monitoring, deve instalar seu RHN Proxy Server no Red Hat Enterprise Linux AS 3 Update 5 ou no Red Hat Enterprise Linux AS 4. Estes são os únicos sistemas operacionais base para Proxies servindo sistemas com Monitoring. Ative o Protocolo para Hora de Rede (NTP) no Proxy e selecione o fuso horário apropriado. Todos os sistemas cliente já devem estar rodando o daemon ntpd e configurados no fuso horário correto. Desative os serviços ipchains e iptables após a instalação. 17

24 Capítulo 4. Instalação 2. Processo de Instalação do RHN Proxy Server As instruções a seguir descrevem o processo de instalação do RHN Proxy Server: 1. Registre o sistema Red Hat Enterprise Linux AS recém-instalado na Red Hat Network (nos Servidores RHN centrais ou no seu RHN Satellite Server) usando a conta corporativa contendo o serviço RHN Proxy Server, com o comando: rhn_register. 2. Atribua o serviço Provisioning (Provisioning) ao sistema (ou ao nome de domínio totalmente qualificado do Satellite servindo o Proxy) no Site da RHN, autenticando como Administrador da Organização, navegando na página Seu RHN = > Gerenciamento de Subscrição. Selecione a caixa do sistema no qual o RHN Proxy Server será instalado, selecione Provisioning da caixa suspensa e clique no botão Adicionar Serviço. 3. Confirma que o sistema está inscrito no canal Ferramentas (Tools) da Red Hat Network para o sistema operacional base, clicando no nome do sistema e navegando na página Sistema= > Detalhes do Sistema. Sob a seção Canais Inscritos, verifique quais os canais listados para o canal Ferramentas. Se você não estiver inscrito neste canal, clique no link Alterar Inscrições de Canal, selecione a caixa próxima do canal Ferramentas e depois clique no botão Alterar Subscrições. 4. Instale o pacote rhncfg-actions(o qual também instala os pacotes rhncfg e rhncfg-client), navegando para Sistema = > Detalhes de Sistema = > Software = > Pacotes = > Instalar sub-seção. Depois procure por rhncfg-actions usando a caixa de texto de busca Filtrar por Nome de Pacote. Nesta lista, selecione o pacote rhncfg-actions e instale-o. 5. Se você pretende ativar a criptografia secure sockets layer (SSL) no Proxy e conectar aos Servidores centrais da RHN, instale o pacote rhns-certs-tools através do mesmo canal Ferramentas (tools) da Red Hat Network e use Ferramenta de Manutenção do SSL do RHN para gerar o arquivo tar necessário posteriormente. Consulte o capítulo Certificados SSL do RHN Client Configuration Guide para mais instruções. Se você for ativar a criptografia SSL no Proxy e conectar a um RHN Satellite Server ou a outro RHN Proxy Server com SSL, também precisará da senha do certificado CA usada para o sistema pai. 6. Autentique-se no sistema através de um terminal como root e rode o comando rhn_check para iniciar imediatamente a instalação agendada do pacote. 7. Após os pacotes serem instalados e você tê-los confirmado através da aba Detalhes do Sistema = > Eventos, prepare o sistema para aceitar comandos remotos e administração de configuração, com o seguinte comando: /usr/bin/rhn-actions-control --enable-all 8. No site da RHN, navegue para a sub-seção Detalhes do Sistema = > Proxy. 18

25 Processo de Instalação do RHN Proxy Atenção Por favor, note que a instalação do RHN Proxy Server pode substituir os arquivos de configuração squid.conf e httpd.conf no sistema para facilitar upgrades posteriores. Se você editou estes arquivos e deseja preservá-los, pode recuperá-los posteriormente. Figura 4.1. Detalhes do Sistema = > Proxy 9. Na sub-seção Detalhes do Sistema = > Proxy, o menu suspenso deve indicar sua habilidade em ativar o sistema com um RHN Proxy Server. Garanta que a versão seja apropriadamente selecionada e clique no botão Ativar Proxy. Em seguida, a página Bem-Vindo da instalação é exibida. 19

26 Capítulo 4. Instalação Figura 4.2. Bem-Vindo 10.Na página Bem-Vindo, você encontra notificações de quaisquer requisitos não atendidos pelo sistema. Quando o sistema estiver pronto, aparece um link continuar. Clique-o e vá para a página Termos & Condições. 20

27 Server Figura 4.3. Termos & Condições 11.Na página Termos & Condições, clique no link termos e condições para ver o acordo de licensa do RHN Proxy Server. Quando estiver satisfeito, clique em I agree (Estou de acordo). Você precisa estar de acordo para que possa continuar com a Instalação. Para Proxies registrados em um Satellite e que possuem um Monitoring ativado, a página Enable Monitoring (Ativar Monitoramento) aparecerá logo em seguida. 21

28 Capítulo 4. Instalação Figura 4.4. Ativar Monitoramento 12.Na página Ativar Monitoring, você deve decidir se o Proxy será usado para monitorar os sistemas que serve. Para isso ocorrer, o RHN Proxy Server deve atender os requisitos mencionados no Capítulo 2, Requisitos e estar conectado a um RHN Satellite Server (ou a outro Proxy conectado a um Satellite). Para ativar o monitoramento no Proxy, selecione a caixa e clique em continuar. Aparece, então, a página Configurar RHN Proxy Server. 22

29 Processo de Instalação do RHN Proxy Figura 4.5. Configurar RHN Proxy Server 13.Na página Configurar RHN Proxy Server, forneça ou confirme as informações de todos os campos necessários. O Endereço de do Administrador receberá toda a correspondência gerada pelo Proxy, às vezes incluindo grandes quantidades de mensagens de erro (tracebacks). Para amenizar este fluxo, considere estabelecer filtros de que capturem mensagens com um assunto "RHN TRACEBACK from hostname". Para listar mais de um administrador, indique uma lista de endereços de separados por vírgulas. O RHN Proxy Hostname é o o nome de domínio totalmente qualificado (fully qualified domain name, FQDN) do RHN Proxy Server. O RHN Parent Server é o nome do servidor pai servindo o Proxy os servidores centrais da RHN, um outro RHN Proxy Server ou um RHN Satellite Server. Para conectar aos servidores centrais da RHN, indique o valor xmlrpc.rhn.redhat.com. Para conectar a um Satellite ou a outro Proxy, indique o FQDN do sistema pai. Se o RHN Proxy Server se conectará através de um proxy HTTP, configure-o usando os 23

30 Capítulo 4. Instalação campos associados. Note que as referências ao protocolo, tais como ou https://, não devem ser incluídas no campo HTTP Proxy Server (servidor proxy HTTP). Insira somente o nome da máquina (hostname) e a porta, no formato nomedamáquina:porta, como o porta.de.comunicação.exemplo.com:3128. Dica O processo de instalação afeta somente o arquivo de configuração do Proxy: /etc/rhn/rhn.conf. O arquivo de configuração do Agente de Atualizações da Red Hat (up2date), /etc/sysconfig/rhn/up2date, deve ser atualizado manualmente para receber suas atualizações através de outro servidor, como um RHN Satellite Server. Por fim, você deve decidir se vai ativar a SSL, usando a caixa de verificação no rodapé da página. A Red Hat recomenda empregar este nível de criptografia para todo o tráfego do e para o RHN Proxy Server. No entanto, para selecioná-lo, você deve estar conectado aos servidores centrais da RHN (que têm SSL ativada por default), ou a um RHN Satellite Server ou RHN Proxy Server com SSL ativada. A conexão aos Servidores centrais da RHN requer o upload do arquivo tar do certificado mencionado anteriormente. A conexão a um Satellite ou a outro Proxy através da SSL requer a senha do certificado da CA, usada para ativar a SSL no sistema pai. Nota Consulte o capítulo "Infraestrutura do SSL" no Red Hat Network Guia de Configuração do Cliente para mais informações sobre como configurar uma infraestrutura do RHN Proxy Server segura usando o SSL. Se você não pretende ativar a SSL durante a instalação, deixe esta caixa desselecionada e consulte o capítulo Certificados SSL do Guia de Configuração do Cliente RHN para aprender como obter este nível de segurança, após a instalação. Quando terminar, clique em continuar. Se você ativou a SSL e está conectando a um Satellite ou a outro Proxy, aparece a página Configurar SSL. Se você ativou a SSL e está conectando aos servidores centrais da RHN, aparece a página Upload da SSL. Se você não ativou a SSL, mas ativou o Monitoring, pule para a descrição da página Configurar Monitoring. Se você não ativou a SSL ou o Monitoring, pule para a descrição da página Progresso de Instalação. 24

31 Server Figura 4.6. Configurar SSL 14.Na página Configurar SSL, aplicável somente a um Proxy conectando a um RHN Satellite Server com SSL ativada, forneça as informações necessárias para gerar o certificado do servidor. O ítem mais importante é a senha do certificado da CA, que deve coincidir com a senha usada para ativar a SSL no servidor pai. Os campos restantes devem coincidir com os valores do servidor pai, mas podem diferir dependendo da função do RHN Proxy Server, como por exemplo refletir uma localidade geográfica diferente. O endereço de pode ser o mesmo fornecido para o administrador do Proxy, mas pode ser direcionado ao administrador de um determinado certificado. A expiração do certificado é configurável. Como sempre, garanta que os valores providos aqui estejam nos backups de informações descritos no Capítulo 2, Requisitos. Ao terminar, clique em continuar. 25

32 Capítulo 4. Instalação Figura 4.7. Configurar Monitoring 15.Na página Configurar Monitoring, forneça ou confirme o nome da máquina e endereço IP do servidor pai (parent) conectado através do RHN Proxy Server. Este deve ser um RHN Satellite Server ou outro Proxy que, por sua vez, está conectado a um Satellite. Voce não pode obter o Monitoring através dos Servidores centrais da RHN. Ao terminar, clique em continuar. Aparece então a página Progresso da Instalação. Figura 4.8. Progresso da Instalação 16.Na página Progresso da Instalação, você pode monitorar os passos da instalação conforme ocorrem. Clique no link de um dos passos para ver sua página Detalhes da Ação. 26

Servidor Proxy da RHN 4.0. Guia de Instalação

Servidor Proxy da RHN 4.0. Guia de Instalação Servidor Proxy da RHN 4.0 Guia de Instalação Servidor Proxy da RHN 4.0: Guia de Instalação Copyright 2001-2005 por Red Hat, Inc. Red Hat, Inc. 1801Varsity Drive RaleighNC 27606-2072USA Telefone: +1 919

Leia mais

Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Instalação do Proxy

Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Instalação do Proxy Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Instalação do Proxy Red Hat Network Satellite Edição 1 Landmann Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Instalação do Proxy Red Hat Network Satellite Edição 1 Landmann

Leia mais

Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Instala o Proxy

Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Instala o Proxy Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Instala o Proxy Red Hat Network Satellite Edição 3 Red Hat Equipe da Documentação Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Instala o Proxy Red Hat Network Satellite Edição

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível Versão 1.0 Janeiro de 2011 Xerox Phaser 3635MFP 2011 Xerox Corporation. XEROX e XEROX e Design são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. São feitas alterações periodicamente

Leia mais

Manual de Transferência de Arquivos

Manual de Transferência de Arquivos O Manual de Transferência de Arquivos apresenta a ferramenta WebEDI que será utilizada entre FGC/IMS e as Instituições Financeiras para troca de arquivos. Manual de Transferência de Arquivos WebEDI Versão

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.0.2 PDF-SERVER5-A-Rev2_PT Copyright 2013 Avigilon. Todos os direitos reservados. A informação apresentada está sujeita a alteração sem aviso

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 Sumário Prefácio: Prefácio...vii Capítulo 1: Apresentação do MozyPro...9 Capítulo 2: Noções básicas sobre os Conceitos do MozyPro...11 Noções básicas

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Guia de instalação e configuração do Alteryx Server

Guia de instalação e configuração do Alteryx Server Guia de referência Guia de instalação e configuração do Alteryx Server v 1.5, novembro de 2015 Sumário Guia de instalação e configuração do Alteryx Server Sumário Capítulo 1 Visão geral do sistema... 5

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. Guia de Instalação do SolidWorks 2009 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft SharePoint

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft SharePoint IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5 Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft SharePoint ii Instalando Manuais PDF e o Centro de Informações Os manuais

Leia mais

Guia de atualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Guia de atualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Guia de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparações 2. 3. usando 4. usando o DVD de 5. usando o DVD de 6. 1.

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

Guia de Instalação. NSi AutoStore TM 6.0

Guia de Instalação. NSi AutoStore TM 6.0 Guia de Instalação NSi AutoStore TM 6.0 SUMÁRIO PREREQUISITES... 3 INSTALLATION: UPGRADING FROM AUTOSTORE 5.0... 4 INSTALLATION: NEW INSTALLATION... 8 LICENSING... 17 GETTING STARTED... 34 2012 Notable

Leia mais

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Março de 2013 1 P á g i n a Sumário 1. Introdução... 3 2. Visão Geral...

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

TeamViewer 9 Manual Management Console

TeamViewer 9 Manual Management Console TeamViewer 9 Manual Management Console Rev 9.2-07/2014 TeamViewer GmbH Jahnstraße 30 D-73037 Göppingen www.teamviewer.com Sumário 1 Sobre o TeamViewer Management Console... 4 1.1 Sobre o Management Console...

Leia mais

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows Guia do Usuário Serviço de Atendimento ao Cliente/ Suporte Técnico Site: http://www.laplink.com/index.php/por/contact E-mail:

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi ENDIAN FIREWALL COMMUNITY 2.5.1 OURINHOS-SP 2012 HOW-TO

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. Guia de Instalação do SolidWorks 2010 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português Kaseya 2 Software Deployment and Update Dados de exibição rápida Version R8 Português Outubro 23, 2014 Agreement The purchase and use of all Software and Services is subject to the Agreement as defined

Leia mais

Manual de configurações do Conectividade Social Empregador

Manual de configurações do Conectividade Social Empregador Manual de configurações do Conectividade Social Empregador Índice 1. Condições para acesso 2 2. Requisitos para conexão 2 3. Pré-requisitos para utilização do Applet Java com Internet Explorer versão 5.01

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO CONTMATIC PHOENIX SUMÁRIO CAPÍTULO I APRESENTAÇÃO DO ACESSO REMOTO... 3 1.1 O que é o ACESSO REMOTO... 3 1.2 Como utilizar o ACESSO REMOTO... 3 1.3 Quais as vantagens em usar o PHOENIX

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0 Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0 Microsoft Corporation Autor: Susan Norwood Editor: Craig Liebendorfer Resumo Este guia fornece instruções para começar a

Leia mais

Seu manual do usuário F-SECURE ONLINE BACKUP http://pt.yourpdfguides.com/dref/2859647

Seu manual do usuário F-SECURE ONLINE BACKUP http://pt.yourpdfguides.com/dref/2859647 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para F-SECURE ONLINE BACKUP. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.2 PDF-SERVER5-B-Rev1_PT 2006 2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que expressamente concedida por escrito, nenhuma

Leia mais

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 -

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 - 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário Mandic. Somos Especialistas em Cloud. PAINEL MANDIC CLOUD Manual do Usuário 1 BEM-VINDO AO SEU PAINEL DE CONTROLE ESTE MANUAL É DESTINADO AO USO DOS CLIENTES DA MANDIC CLOUD SOLUTIONS COM A CONTRATAÇÃO

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais

Software Anti-Spyware Enterprise Module versão 8.0

Software Anti-Spyware Enterprise Module versão 8.0 Software Anti-Spyware Enterprise Module versão 8.0 Guia O que é o Anti-Spyware Enterprise Module? O McAfee Anti-Spyware Enterprise Module complementa o VirusScan Enterprise 8.0i para ampliar sua capacidade

Leia mais

Atualizado em 9 de outubro de 2007

Atualizado em 9 de outubro de 2007 2 Nettion R Copyright 2007 by Nettion Information Security. Este material pode ser livremente reproduzido, desde que mantidas as notas de copyright e o seu conteúdo original. Envie críticas e sugestões

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

Guia do usuário para o serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1)

Guia do usuário para o serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Guia do usuário para o serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Primeira publicação: May 25, 2012 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San

Leia mais

Kerio Exchange Migration Tool

Kerio Exchange Migration Tool Kerio Exchange Migration Tool Versão: 7.3 2012 Kerio Technologies, Inc. Todos os direitos reservados. 1 Introdução Documento fornece orientações para a migração de contas de usuário e as pastas públicas

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de conectividade de rede. net_connect série 3.0

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de conectividade de rede. net_connect série 3.0 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de conectividade de rede net_connect série 3.0 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente para

Leia mais

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS Guia Rápido Suplemento da câmera AXIS M5013/M5014 Página 3 AXIS M5013/M5014 Guia Rápido Suplemento

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft Manual de Instalação e Configuração MG-Soft V 1.5.3 www.pinaculo.com.br (51)3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. Liberar as portas do Firewall... 3 1.2. Autorun...

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.1 ExpressoMG 14/10/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers Guia de Instalação Rápida 13897290 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes de instalar Sobre a conta

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Instruções de operação Guia de segurança

Instruções de operação Guia de segurança Instruções de operação Guia de segurança Para um uso seguro e correto, certifique-se de ler as Informações de segurança em 'Leia isto primeiro' antes de usar o equipamento. CONTEÚDO 1. Instruções iniciais

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede Entregar um relatório contendo introdução, desenvolvimento e conclusão. A seção desenvolvimento pode conter

Leia mais

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Este documento explica como instalar ou atualizar o software do sistema no Fiery Network Controller para DocuColor 240/250. NOTA: O termo Fiery

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de conectividade de rede net_connect série 2.9 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

Guia do Usuário do Cisco Unified CCX Web Chat Agent e Supervisor Desktop versão 9.0(1)

Guia do Usuário do Cisco Unified CCX Web Chat Agent e Supervisor Desktop versão 9.0(1) Guia do Usuário do Cisco Unified CCX Web Chat Agent e Supervisor Desktop versão 9.0(1) Cisco Unified Contact Center Express Maio de 2012 Matriz Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose,

Leia mais

Software ConnectKey Share to Cloud Versão 1.0 Abril de 2013. Xerox ConnectKey Share to Cloud Guia do Usuário / Administrador

Software ConnectKey Share to Cloud Versão 1.0 Abril de 2013. Xerox ConnectKey Share to Cloud Guia do Usuário / Administrador Software ConnectKey Share to Cloud Versão 1.0 Abril de 2013 Xerox ConnectKey Share to Cloud Guia do Usuário / Administrador 2013 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. Xerox, Xerox and Design

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Guia de Instalação do Backup Exec Cloud Storage para Nirvanix. Versão 1.0

Guia de Instalação do Backup Exec Cloud Storage para Nirvanix. Versão 1.0 Guia de Instalação do Backup Exec Cloud Storage para Nirvanix Versão 1.0 Guia de Instalação do Backup Exec Cloud Storage para Nirvanix O software descrito neste livro é fornecido sob um contrato de licença

Leia mais

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center O software descrito neste documento é fornecido sob um contrato de licença e pode ser usado

Leia mais

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft Office

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft Office IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5 Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft Office ii Instalando Manuais PDF e o Centro de Informações Os manuais PDF

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Plataforma de Serviços para Documentos Xerox Serviços Remotos da DocuSP Versões 50.xx. Guia do Usuário

Plataforma de Serviços para Documentos Xerox Serviços Remotos da DocuSP Versões 50.xx. Guia do Usuário Plataforma de Serviços para Documentos Xerox Serviços Remotos da DocuSP Versões 50.xx Guia do Usuário 708P88207 Setembro de 2005 Preparado por: Xerox Corporation Global Knowledge and Language Services

Leia mais

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013 Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5 Guia de gerenciamento de ativos Julho de 2013 2004-2013 Dell, Inc. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reprodução deste material

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Backup Exec Continuous Protection Server. Guia de Instalação Rápida

Backup Exec Continuous Protection Server. Guia de Instalação Rápida Backup Exec Continuous Protection Server Guia de Instalação Rápida Guia de Instalação Rápida Este documento contém os seguintes tópicos: Antes da instalação Requisitos do sistema para o produto Execução

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

CA ARCserve Backup Patch Manager para Windows

CA ARCserve Backup Patch Manager para Windows CA ARCserve Backup Patch Manager para Windows Guia do Usuário R16 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 DOCUMENTO CONFIDENCIAL Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 2 Sumário Introdução:...3 Configuração Mínima:...3 Conhecimento necessário para instalação:... 3 Suporte:...4

Leia mais

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP Guia de instalação do software HP LaserJet Enterprise M4555 MFP Series Guia de instalação do software Direitos autorais e licença 2011 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais

CA ARCserve D2D para Linux

CA ARCserve D2D para Linux CA ARCserve D2D para Linux Guia do Usuário r16.5 SP1 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário BlackBerry Desktop Software Versão: 7.1 Guia do usuário Publicado: 2012-06-05 SWD-20120605130141061 Conteúdo Aspectos básicos... 7 Sobre o BlackBerry Desktop Software... 7 Configurar seu smartphone com

Leia mais

Introdução ao Tableau Server 7.0

Introdução ao Tableau Server 7.0 Introdução ao Tableau Server 7.0 Bem-vindo ao Tableau Server; Este guia orientará você pelas etapas básicas de instalação e configuração do Tableau Server. Em seguida, usará alguns dados de exemplo para

Leia mais

Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente

Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente Versão 2.5 31.01.12 e-academy Inc [CONFIDENCIAL] SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 FINALIDADE E PÚBLICO-ALVO... 3 SOBRE ESTE DOCUMENTO... 3 TERMOS MAIS

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Guia passo a passo para o Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2

Guia passo a passo para o Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Guia passo a passo para o Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Microsoft Corporation Autor: Anita Taylor Editor: Theresa Haynie Resumo Este guia fornece instruções detalhadas para instalação

Leia mais

Instalação/Configuração Zentyal 2.2-3 no UBUNTU 10.04 LTS

Instalação/Configuração Zentyal 2.2-3 no UBUNTU 10.04 LTS Instalação/Configuração Zentyal 2.2-3 no UBUNTU 10.04 LTS INSTALAÇÃO Primeiro adicione na sua lista de fontes (/etc/apt/sources.list) este link: deb http://ppa.launchpad.net/zentyal/2.2/ubuntu lucid main

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA NOVELL Use os seguintes procedimentos

Leia mais

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s):

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s): Professor(es): Fernando Pirkel Descrição da(s) atividade(s): Definir as tecnologias de redes necessárias e adequadas para conexão e compartilhamento dos dados que fazem parte da automatização dos procedimentos

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Versão 4.10 PDF-SERVER-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação sem aviso

Leia mais