Progress na prática Migrando V8/V9 para OpenEdge 10. Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Progress na prática Migrando V8/V9 para OpenEdge 10. Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager"

Transcrição

1 Progress na prática Migrando V8/V9 para OpenEdge 10 Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager

2 O que há de novo no RDBMS? Performance Type II Storage Areas Fast Drop & Temp tables Increased shmem B 1 billion Internal algorithmic enhancements Buffers, Locks, Indexing Improved APW scanning Auto Record Defrag Enhanced Txn Backout New Defaults Suporte a Tipo de Dados BLOB, CLOB Datetime, Datetime-TZ INT64 (no conversion) Visibilidade Log File New format Significant events Improved management Db I/O by User by Object Database Describe Suporte a Grandes Bases 64 bit Rowids 64 bit Sequences 64 bit Integer Datatype Large Index Key Entries (1970) 32,000 areas 8 TB Shmem 2 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

3 O que há de novo no RDBMS? Alta Disponibilidade Online Schema adds Sequences Tables Fields Indexes w/fast fill Online space management Enabled/Disable AI online Enable AI Mgmt online HA Clusters Bundled Segurança SSL Auditing Manutenção Index Rebuild By area, table, active status.st file syntax checker AI Management Multi threaded utilities idxbuild, binary dump Binary Dump without index Binary Load Performance Index Fix with NO-LOCK 3 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

4 Agenda Estratégia Geral de Migração Upgrade rápido e fácil Upgrade Físico Oportunidade de Tuning 4 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

5 Passos Básicos Primeiro detalhe o planejamento, revise, teste e ENTÃO execute Preparação BI truncado, Desabilitar AI, 2PC, e Replication (V9) Backup (V8/9) Instalação Instalar OpenEdge Não precisa desintalar V8/9 *Não sobrescrever seu diretório Progress Upgrade Upgrade DB para OpenEdge 10 Faça backups!!!! Recompile/Redistribua seu código ABL se o cliente é OpenEdge Execute a aplicação e teste, teste teste 5 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

6 A Aplicação Seguro Instale OpenEdge em sua máquina de teste existente proutil <test db> -C conv910* Recompile sua aplicação* e teste Rápido Upgrade do site cliente remoto ou local Recompile sua aplicação* e teste Apresentação Upgrade de sistemas remoto com OpenEdge Servidor remoto do cliente, Servidor de aplicações remoto retire a aplicação recentemente construída (PROPATH) e teste * O código ABL precisa ser reompilado somente para promover o cliente V10. Na codificação em 3 camadas (com AppServer ) o cliente ainda pode ser V9. Não é possível através do SQL ou V8. * Você terá que converter um DB de V8 para V9 antes de converter para OpenEdge 6 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

7 Agenda Estratégia Geral de Migração Upgrade rápido e fácil Upgrade Físico Oportunidade de Tuning 7 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

8 Distribuição Preparação BI truncado Desabilitar AI, 2PC, Replication (V9) Backup das bases de dados (V8/9) Validar backup Instalar OpenEdge 10 no servidor E todas as outras partes!! (Clientes devem fazer o upgrade antes do servidor) Recompile e re-distribua a aplicação (se necessário) Client/Server V9 para OpenEdge 10 Clientes V9 para V10, AppServer para V10, base de dados está habilitada 8 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

9 Conectividade: Progress V9 e OpenEdge 10 Mix de configuração ABL : Progress V9 e OpenEdge 10 são suportados Uma versão (clientes para servidores) Uma versão encaminhada (clientes para Application Server) Combinar o SQL Cliente Servidor Base de dados Novo no OpenEdge Refere-se de produto por produto para detalhes adicionais 9

10 Conversão da base de dados Executar utilitário de conversão _proutil <db> -C conv910 B 512 Conversão executa em 5 minutos ou menos Basicamente um upgrade no schema Sem mudanças de registros ou indices Sem mudanças na estrutura física Backup da base de dados Reiniciar base de dados e aplicação 10 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

11 Agenda Estratégia Geral de Migração Upgrade rápido e fácil Upgrade Físico Oportunidade de Tuning 11 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

12 Áreas de armazenamento? Performance, escalabilidade e manutenção Vantagens nas novas características Nenhum efeito adverso na aplicação Reorganização física não muda a aplicação A posição dos objetos é abstraída da linguagem pela camada de mapeamento Diferentes distribuições físicas podem ser executadas com o mesmo.r compilado 12 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

13 Como chegar lá Preparação (o mesmo de antes) Truncar BI, desabilitar AI, backup, validar, instalar Reorganização física Upgrade da base de dados para OpenEdge 10 Utilitário de conversão prostrct create (obrigatório mudar o tamanho do bloco) Mudanças físicas (não requer mudanças no.r) Dados de usuário separados do schema Criação de novas áreas de armazenamento Especificar registros por blocos Especificar o tamanho do cluster para área tipo II 13 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

14 Como chegar lá Reorganização Física Espalhe os dados pelas novas áreas Mova os indices Opções Online vs Opções offline As mudanças do tamanho de bloco da base de dados são Offline Depois da reorganização Espaço utilizado na recuperação Truncar area de dados velha Deletar area de dados velha 14 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

15 Mudanças Físicas: Localização, Localização, Localização Criar arquivo.st com novo layout Configurar os registros por blocos Usar Areas de Armazenamento tipo II Tabelas 64 ou 512 clusters por bloco Indices 8 ou 64 blocos por cluster d Cust/Bill Indexes :7,1;8 /d_array2/mydb_7.d1 f d Cust/Bill Indexes :7,1;8 /d_array2/mydb_7.d2 # d Customer Data :8,16;64 /d_array2/mydb_8.d1 f d Customer Data :8,16;64 /d_array2/mydb_8.d2 # d Billing Data :9,32;512 /d_array2/mydb_9.d1 f d Billing Data :9,32;512 /d_array2/mydb_9.d2 15 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

16 Mudanças Físicas Primeiro validar prostrct add <db> new.st -validate The Structure file format is valid. (12619) Depois mudar prostrct add <db> new.st OU: prostrct addonline <db> new.st 16 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

17 Movendo Tabelas e Índices 3 opções de movimento de dados 1. Mover Tabela e Índice Online (através do primeiro índice) 2. Dump e Load (D&L) Com ou sem reconstrução de índices Aplicação deve estar offline Sugestão: Mix da opção #1 e #2 1 º remover/arquivar dados desnecessários Mover as tabelas pequenas (número de blocos) D&L e mais 17 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

18 Dump e Load 3 Dump e Load Dados Textuais ASCII dump ASCII load A maior parte da carga segue a partir da reconstrução do índice Binário Dump Binário Load Binário Com índice reconstruído A partir da reconstrução do índice (Texto ou raw) D&L com triggers Buffer-Copy / Raw-data-transfer / Export/Import Pode ser difícil, provavelmente você pedirá ajuda 18 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

19 Estratégia Geral de Dump e Load Criar uma nova estrutura da base de dados Adicionar a um DB existente Nova base de dados Executar tabanalys Dump de dados, sequências e usuários Definições de Dados Definições de Dump Modificar as áreas de armazenamento Definições de Load Carregar os dados na tabela Configuração de índices (se necessário) [10.1C pode especificar o pacote] Executar tabanalys Backup 19 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

20 Dump de dados pelo Dicionário Ferramentas do Banco de Dados OU: run prodict/dump_d.p(<table>, <dir>,<codepage>). Vantagens: Rápido e Fácil Paralelo Nenhuma edição Desvantagens: Arquivo com limite de tamanho de 2 GB ** Pré 10.1C Não pode escolher Tem que exportar toda a tabela Deve garantir que não haja mudanças nas tabelas entre D&L 20 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

21 Usando Dump Binário Vantagens: Rápido e fácil Sem o limite de 2 GB Pode escolher a ordem de dump (pelo índice) Pode exportar porções de dados da tabela Multi tarefa (10.1B) Pode exportar múltiplas tabelas em paralelo Desvantagens: Não pode mudar nada entre o Dump e Load 21 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

22 Dump Binário especificado proutil <db> -C dumpspecified <table.field> <operator> fieldvalue1 AND operator value2 <dir> -preferidx <idx-name> 10.1B03 permite múltiplos valores Trocas Campo da tabela DEVE ser primeiro participante no índice Operadores Válidos: LT, GE, LE, GT, EQ -preferidx determina índice específico a usar -index, -thread são ignorados Performance Threaded é preferido Pode rodar em paralelo com muitos valores únicos Precauções Cuidado com índices descendentes 22 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

23 Tarefa do Dump Binário proutil <db> -C dump <table> <dir> -index <index #> -thread 1 -threadnum <n> -dumpfile <filelist> -Bp 64 -index <n> Escolhe o índice a ser usado na leitura -index 0 Rápido dump, leitura lenta Assume vindo de área do Tipo II -thread indica dump multi tarefa # threads automático (# CPUs) threadnum máx de # CPUs * 2 Threads somente disponível em multi usuário Workgroup suporta somente 1 thread -dumpfile usado como input para o load 23 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

24 Dump de Dados Completo. Reorganize a Configuração de Área/Objeto 24 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

25 Dump & Modificação de definição de dados Use Data administration OU: run prodict/dump_df.p( ALL, <mydb>.df, ). Se usando bulk load: run prodict/dump_fd.p( ALL, <mydb>.fd ). 25 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

26 Dump & Modificação de definição de dados Altere arquivos.df Opcionalmente delete tabelas velhas Altere Áreas das Tabelas ADD TABLE "mytable2" AREA Old Default Area" DROP Table mytable2 ADD TABLE "mytable2" AREA New Data Area" Delete/Drop tabelas Leitura da Definição de Tabelas Data administration OU: run prodict/load_df.p( <mytable>.df"). 26 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

27 Alternativa para Modificação da Definição de Dados Se todos os dados estão na área exportada Truncar objetos é mais rápido do que mover/deletar proutil <db> -C truncate area Old Default Area Cuidado quando deletar dados (mas não o schema) Reindexar/ativar índices vazios (se movendo) proutil <db> -C idxbuild inactiveindexes Pode ser feito ONLINE, não apenas a indexação mas a ativação Mova tabelas/índices vazios para nova área proutil <db> -C tablemove <table> <area> [ index-area ] 27 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

28 Lendo Coisas a considerar... Habilite suporte a large files No Sistema Operacional (ulimit) No Filesystem / volume groups No Banco de Dados 28 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

29 Bulkload proutil <db> -C bulkload <fd-file> -B 1000 i Mf 10 Entrada de dados do dicionário ou exportação customizada Mencionado aqui para tabelas completas Lembretes: Limite de 2 GB (pré 10.1C) Leitura de uma tabela por vez (mono usuário) Não usa índice na entrada Requer indexação separada Nenhuma vantagem sobre outros métodos Mais lento do que outros métodos 29 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

30 Load pelo Dicionário Data Administration Tool OU: run prodict/load_d.p( table1, table1.d ). Entrada de dados pelo dicionário ou exportação de dados customizados Limite de 2 GB por leitura (pré 10.1C) Leitura de Dados em paralelo (para tabelas separadas) Inclui entrada nos índices Árvore de índices imperfeita Performance perto do load binário + reindexação (quando lendo múltiplas tabelas) 30 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

31 Load Binário proutil <db> -C load <table>.bd [build] Leitura para áreas novas ou truncadas Truncada ao invés de esvaziada Leitura paralela para tabelas diferentes Áreas iguais ou diferentes sem distanciamento! Usando Área do Tipo II Opcionalmente leitura com criação de índices Pode ter melhor performance 31 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

32 Load Binário À partir da exportação com multi tarefa proutil <db> -C load <table>.bd -dumplist <filename> Arquivo Dump List: /usr1/db/mytable.bd /usr1/db/mytable2.bd /usr1/db/mytable3.bd Deve ler todos os dumps (.db, db2,.db3, ) 32 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

33 Ajustando o Processo Ajustando as atividades para cima Dump com RO, aumente B e/ou -Bp Dump com índice com menos # blocos (se possível) Load com Maior B, r** or i** BIW, 1.5 APW s por CPU, Cluster de BI bem grande com blocos de 16K Sem AI/2PC Espalhe dados, BI e arquivos temporários através dos discos / controladoras 33 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

34 Depois da Leitura Recontrução de Índices (onde aplicável) proutil <db> -C idxbuild [ all table <table> area <area> schema <owner> activeindexes inactiveindexes] [- thread n] [-threadnum n] [-T <dir>] [-TM n] [ TB <blocksize>] [-B n] [-SG n] [-SS <file>] [-pfactor n] Vários índices novos escolhidos Parâmetros para auxílio -SG 64 (sort groups) -SS filename (arq. que contém arquivos de sort) -TM 32 (buffers de merge) -TB 31 (buffers de sort) -B 1000 Rode um tabanalys valida # registros Backup de sua base de dados 34 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

35 Agenda Estratégia Geral de Migração Upgrade rápido e fácil Upgrade Físico Oportunidade de Tuning 35 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

36 Oportunidade para tuning -Bt (temp tables são armazenadas em áreas do tipo II) parâmetro de cliente 10.1B+ altera o tamanho do bloco da Temp table De 1K para 4K tmpbsize 1 restaura o antigo padrão parâmetro de cliente Monitore o Tamanho do Cluster de BI Notas de BI são maiores na OpenEdge 10 BI cresce mais 36 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

37 Resumo Conversão é rápida Atualização física garante seu sossego Muitas opções de reorganização física Mudança pode ser simples 10,000+ clientes no OpenEdge 37 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

38 Perguntas 38 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

39 Obrigado 39 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

40 40 OPS-10: Moving V8/V9 RDBMS to OpenEdge 10

Migrando para OpenEdge 10. Regis Martins Ezipato Sr Solution Engineer

Migrando para OpenEdge 10. Regis Martins Ezipato Sr Solution Engineer Migrando para OpenEdge 10 Regis Martins Ezipato Sr Solution Engineer Façam as perguntas durante a apresentação 2 Visão Geral Versão 7.2A 8.2A 8.3A 9.0A 9.1A 10.0A 10.1A Quando Passado distante Passado

Leia mais

DB-10: What s New in the OpenEdge RDBMS Richard Banville, Tom Harris, Brian Werne

DB-10: What s New in the OpenEdge RDBMS Richard Banville, Tom Harris, Brian Werne O que Há de Novo no OpenEdge 10.1B RDBMS Melhorias no OpenEdge 10.1B RDBMS & SQL Fábio Bissolotti Solution Engineer Progress Software Brasil 10.1B A Release Empresarial Eliminando os Limites Recursos de

Leia mais

Como aumentar a produtividade com segurança usando a tecnologia Progress. Camila Valentin Solution Consultant

Como aumentar a produtividade com segurança usando a tecnologia Progress. Camila Valentin Solution Consultant Como aumentar a produtividade com segurança usando a tecnologia Progress Camila Valentin Solution Consultant Porque capacitar-se? Você sabia que um funcionário treinado aumenta sua produtividade em aproximadamente

Leia mais

ARQUIVOS DE CONFIGURAÇAO ZIM 8.50

ARQUIVOS DE CONFIGURAÇAO ZIM 8.50 ZIM TECHNOLOGIES DO BRASIL ARQUIVOS DE CONFIGURAÇAO ZIM 8.50 Próx Antes de Iniciar Este documento detalha os arquivos de configuração da versão Zim 8.50 para Unix/WIndows. Você também deve consultar as

Leia mais

O plano completo para a recuperação de Desastre da Base de Dados! Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager

O plano completo para a recuperação de Desastre da Base de Dados! Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager O plano completo para a recuperação de Desastre da Base de Dados! Regis Martins Ezipato Pre Sales Manager Agenda Ferramentas de Recuperação de Disastre (RD) Usando as Ferramentas Construindo um novo plano

Leia mais

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37 7 Sumário Agradecimentos... 6 Sobre o Autor... 6 Prefácio... 13 Capítulo 1 Instalação e Configuração... 15 Instalação em Linux... 15 Instalação e Customização do Red Hat Advanced Server 2.1... 16 Preparativos

Leia mais

PL/SQL Developer. Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle

PL/SQL Developer. Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle PL/SQL Developer é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) que foi especialmente destinado ao desenvolvimento de programas armazenados em

Leia mais

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 2 Pedreiros da Informação Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL

Leia mais

GUIA DE BOAS PRÁTICAS

GUIA DE BOAS PRÁTICAS GUIA DE BOAS PRÁTICAS Sumário Requisitos para um bom funcionamento...3 Menu Configurações...7 Como otimizar o uso da sua cota...10 Monitorando o backup...8 Manutenção de arquivos...12 www.upbackup.com.br

Leia mais

Diminuindo custos e aumentando a produtividade em tempos de crise econômica. Michel Sader Professional Services Director Latin America

Diminuindo custos e aumentando a produtividade em tempos de crise econômica. Michel Sader Professional Services Director Latin America Diminuindo custos e aumentando a produtividade em tempos de crise econômica Michel Sader Professional Services Director Latin America Agenda 1. Cenário atual 2. Entendendo o que está acontecendo 3. Gerenciando

Leia mais

Manual AGENDA DE BACKUP

Manual AGENDA DE BACKUP Gemelo Backup Online DESKTOP Manual AGENDA DE BACKUP Realiza seus backups de maneira automática. Você só programa os dias e horas em que serão efetuados. A única coisa que você deve fazer é manter seu

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix Ingress SQL

Leia mais

Real Application Cluster (RAC)

Real Application Cluster (RAC) Real Application Cluster (RAC) Anderson Haertel Rodrigues OCE RAC 10g anderson.rodrigues@advancedit.com.br AdvancedIT S/A RAC? Oracle RAC é um banco de dados em cluster. Como assim? São vários servidores

Leia mais

Fundamentos de Banco de Dados

Fundamentos de Banco de Dados Fundamentos de Banco de Dados SISTEMAS BASEADOS NO PROCESSAMENTO DE ARQUIVOS Sistema A Funcionário Pagamento Cargo Sistema B Funcionário Projeto SISTEMAS GERENCIADORES DE BANCO DE DADOS (SGBD) Sistema

Leia mais

Revelada a Segurança de Tempo de Execução da Base de Dados OpenEdge

Revelada a Segurança de Tempo de Execução da Base de Dados OpenEdge Revelada a Segurança de Tempo de Execução da Base de Dados OpenEdge Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer Agenda Cenário da segurança de banco em tempo de execução Segurança de banco OpenEdge 10

Leia mais

Online Help StruxureWare Data Center Expert

Online Help StruxureWare Data Center Expert Online Help StruxureWare Data Center Expert Version 7.2.7 Appliance virtual do StruxureWare Data Center Expert O servidor do StruxureWare Data Center Expert 7.2 está agora disponível como um appliance

Leia mais

Manual AGENDA DE BACKUP

Manual AGENDA DE BACKUP Gemelo Backup Online DESKTOP Manual AGENDA DE BACKUP Realiza seus backups de maneira automática. Você só programa os dias e horas em que serão efetuados. A única coisa que você deve fazer é manter seu

Leia mais

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID Este material pertence a Carlos A. Majer, Professor da Unidade Curricular: Aplicações Corporativas da Universidade Cidade de São Paulo UNICID Licença de Uso Este trabalho está licenciado sob uma Licença

Leia mais

Sistema de Arquivos EXT3

Sistema de Arquivos EXT3 Sistema de Arquivos EXT3 Introdução Ext3 é uma nova versão do Ext2. Possui as mesmas estruturas do ext2, além de adicionar as propriedades do Journal. O uso do Ext3 melhora na recuperação do sistema(dados),

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração e Configuração MyABCM 4.0 Versão 4.00-1.00 2 Copyright MyABCM. Todos os direitos reservados Reprodução Proibida Índice Introdução... 5 Arquitetura, requisitos e cenários de uso do MyABCM... 7 Instalação

Leia mais

Banco de Dados Oracle. Faculdade Pernambucana - FAPE

Banco de Dados Oracle. Faculdade Pernambucana - FAPE Faculdade Pernambucana - FAPE Visão Geral dos Componentes Principais da Arquitetura Oracle Servidor Oracle É o nome que a Oracle deu ao seu SGBD. Ele consiste de uma Instância e um Banco de Dados Oracle.

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

NetWare 6.5. Novell. Instalação e upgrade REQUISITOS MÍNIMOS DE SISTEMA REQUISITOS DE SISTEMA RECOMENDADOS. www.novell.

NetWare 6.5. Novell. Instalação e upgrade REQUISITOS MÍNIMOS DE SISTEMA REQUISITOS DE SISTEMA RECOMENDADOS. www.novell. Novell NetWare 6.5 www.novell.com INÍCIO RÁPIDO Instalação e upgrade Esta Introdução rápida fornece informações básicas sobre a instalação e o upgrade para um servidor NetWare 6.5. Para obter instruções

Leia mais

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP)

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) teste 1 Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) Rafael Fernando Diorio www.diorio.com.br Tópicos - Atualizações e segurança do sistema - Gerenciamento do computador -

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS II ESPECIFICAÇÃO CAMADA INDEPENDENTE

SISTEMAS OPERACIONAIS II ESPECIFICAÇÃO CAMADA INDEPENDENTE ANDRÉ LUCHESI CESAR HENRIQUE KÁLLAS SISTEMAS OPERACIONAIS II ESPECIFICAÇÃO CAMADA INDEPENDENTE Pontifícia Universidade Católica de Campinas Faculdade de Engenharia de Computação Turma III Grupo 9 Agosto

Leia mais

Gerenciamento e Replicação OpenEdge Divide et impera! Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer

Gerenciamento e Replicação OpenEdge Divide et impera! Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer Gerenciamento e Replicação OpenEdge Divide et impera! Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer Agenda OpenEdge Management & Replication Divide et impera! O que é novo no OpenEdge Management 3.1B O que

Leia mais

Aplicabilidade: visão geral

Aplicabilidade: visão geral CURSO BÁSICO SAXES 2 Aplicabilidade: visão geral BI Comércio Indústria nf-e Serviços Software house Enterprise Business Bus Banco financeiro Instituição Sindicato ERP html Casos 3 6 Customização: importação

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO POSEAD. Curso Banco de Dados. Resenha Crítica: Backup e Recovery Aluno: Wilker Dias Maia

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO POSEAD. Curso Banco de Dados. Resenha Crítica: Backup e Recovery Aluno: Wilker Dias Maia PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO POSEAD Curso Banco de Dados Resenha Crítica: Backup e Recovery Aluno: Wilker Dias Maia Brasília 2012 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO... 3 2- DESCRIÇÃO DO ASSUNTO... 4 2.1- Estrutura fisica

Leia mais

Progress Exchange 2007

Progress Exchange 2007 Adotando e Usando OpenEdge Architect Camila Valentin Solution Consultant 1 Agenda O que é OpenEdge Architect? Adotando OpenEdge Architect Utilizando ambiente orientado a projetos Mapeando dados no OpenEdge

Leia mais

Backup. Permitir a recuperação de sistemas de arquivo inteiros de uma só vez. Backup é somente uma cópia idêntica de todos os dados do computador?

Backup. Permitir a recuperação de sistemas de arquivo inteiros de uma só vez. Backup é somente uma cópia idêntica de todos os dados do computador? Backup O backup tem dois objetivos principais: Permitir a recuperação de arquivos individuais é a base do típico pedido de recuperação de arquivo: Um usuário apaga acidentalmente um arquivo e pede que

Leia mais

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO 1 Soluções Oracle Voltadas à Continuidade dos Negócios Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

Introdução ao Sistema. Características

Introdução ao Sistema. Características Introdução ao Sistema O sistema Provinha Brasil foi desenvolvido com o intuito de cadastrar as resposta da avaliação que é sugerida pelo MEC e que possui o mesmo nome do sistema. Após a digitação, os dados

Leia mais

TUTORIAL III: ADICIONANDO AJUDA. Adicionando Ajuda

TUTORIAL III: ADICIONANDO AJUDA. Adicionando Ajuda Adicionando Ajuda Para construir arquivos de ajuda do Windows, é necessário saber quais são os componentes de um arquivo de ajuda. Você tem três arquivos básicos que são parte de cada arquivo de ajuda:

Leia mais

Linguagem SQL (Parte I)

Linguagem SQL (Parte I) Universidade Federal de Sergipe Departamento de Sistemas de Informação Itatech Group Jr Softwares Itabaiana Site: www.itatechjr.com.br E-mail: contato@itatechjr.com.br Linguagem SQL (Parte I) Introdução

Leia mais

XDR. Solução para Big Data.

XDR. Solução para Big Data. XDR Solução para Big Data. ObJetivo Principal O volume de informações com os quais as empresas de telecomunicações/internet têm que lidar é muito grande, e está em constante crescimento devido à franca

Leia mais

PRO201 - Integrando o Visual Studio 2005 Team Edition for Database Professional no Ciclo de Desenvolvimento de Software. Regis Gimenis - Microsoft

PRO201 - Integrando o Visual Studio 2005 Team Edition for Database Professional no Ciclo de Desenvolvimento de Software. Regis Gimenis - Microsoft PRO201 - Integrando o Visual Studio 2005 Team Edition for Database Professional no Ciclo de Desenvolvimento de Software Regis Gimenis - Microsoft 01. 02. 03. 04. 05. Introdução Visual Studio Team System

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

Seminário: Google File System (GFS)

Seminário: Google File System (GFS) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC Disciplina: Sistemas Operacionais I INE5355 Alunos: Armando Fracalossi 06132008 Maurílio Tiago Brüning Schmitt 06132033 Ricardo Vieira Fritsche 06132044 Seminário:

Leia mais

TP303DTM - Device Type Manager

TP303DTM - Device Type Manager MANUAL DO USUÁRIO TP303DTM - Device Type Manager TP303DTM TP303DTMMP www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta. Informações atualizadas dos endereços

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

Android e Bancos de Dados

Android e Bancos de Dados (Usando o SQLite) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do

Leia mais

LOGs e ALERTAS de DESEMPENHO

LOGs e ALERTAS de DESEMPENHO LOGs e ALERTAS de DESEMPENHO Servem para Coletar automaticamente dados de desempenho de computadores locais ou remotos e ainda visualizar os dados de contador registrados em log usando o Monitor do sistema,

Leia mais

Sistemas de Informação. Sistemas Operacionais 4º Período

Sistemas de Informação. Sistemas Operacionais 4º Período Sistemas de Informação Sistemas Operacionais 4º Período SISTEMA DE ARQUIVOS SUMÁRIO 7. SISTEMA DE ARQUIVOS: 7.1 Introdução; 7.2 s; 7.3 Diretórios; 7.4 Gerência de Espaço Livre em Disco; 7.5 Gerência de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL 1. O que é Linguagem SQL 2. Instrução CREATE 3. CONSTRAINT 4. ALTER TABLE 5. RENAME TABLE 6. TRUCANTE TABLE 7. DROP TABLE 8. DROP DATABASE 1 1. O que é Linguagem SQL 2. O SQL (Structured Query Language)

Leia mais

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado Introdução à Engenharia da Computação Banco de Dados Professor Machado 1 Sistemas isolados Produção Vendas Compras Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Desvantagens:

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

No Fedora, instalamos os pacotes "mysql" e "mysql-server", usando o yum:

No Fedora, instalamos os pacotes mysql e mysql-server, usando o yum: Instalando o MySQL O MySQL é um banco de dados extremamente versátil, usado para os mais diversos fins. Você pode acessar o banco de dados a partir de um script em PHP, através de um aplicativo desenvolvido

Leia mais

AUDITORIA NO SGBD MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2. Resumo: Este artigo discute o processo de auditoria no Sistema Gerenciador de

AUDITORIA NO SGBD MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2. Resumo: Este artigo discute o processo de auditoria no Sistema Gerenciador de AUDITORIA NO SGBD MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 WADSON DUARTE MONTEIRO 1 IREMAR NUNES DE LIMA 2 Resumo: Este artigo discute o processo de auditoria no Sistema Gerenciador de Banco de Dados SQL Server 2008

Leia mais

Qlik Sense Desktop. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Desktop. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Desktop Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012

MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012 MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012 Editado por: Idéias e programas, S.L. San Román de los Montes 25-Março-2012. ARKITool, Arkiplan, Além disso ARKITool são marcas comerciais de idéias e programas, S.L. REQUISITOS

Leia mais

Gerência de Banco de Dados

Gerência de Banco de Dados exatasfepi.com.br Gerência de Banco de Dados Prof. Msc. André Luís Duarte Banco de Dados Os bancos de dados são coleções de informações que se relacionam para criar um significado dentro de um contexto

Leia mais

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE Novidades Oracle 11g Daniel Güths Rio Grande Energia - RGE 1 Agenda Oracle Database 11g new features SQL e PL/SQL new features Performance e gerenciamento de recursos Gerenciamento de mudanças Gerenciamento

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇO DE BACKUP. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇO DE BACKUP. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS O que é o Backup do Windows Server? O recurso Backup do Windows Server no Windows Server 2008 consiste em um snap-in do Console de Gerenciamento Microsoft (MMC) e

Leia mais

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar:

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar: Agenda Advanced IT S/A EM10g Grid Control Denise Cunha Advanced IT S/A - DBA Gerenciando Deployments (distribuições) Estendendo o EM Sistema de Jobs Start e Stop do EM Objetivos Extrair informações críticas

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

WSUS. Windows Server Update Services

WSUS. Windows Server Update Services WSUS Windows Server Update Services WSUS Permite gerenciar de forma centralizada, ou distribuída as atualizações de software Atualizações de software automáticas oferecidas pelo windows update são importantes

Leia mais

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro O MySQL Cluster é versão do MySQL adaptada para um ambiente de computação distribuída, provendo alta disponibilidade e alta redundância utilizando

Leia mais

Instalando e Ativando o Smaart 7

Instalando e Ativando o Smaart 7 Instalando e Ativando o Smaart 7 A Instalação do Smaart 7 da Rational Acoustics consiste em instalar o software e depois registrar e ativar a sua instalação. Abaixo explicaremos estes passos. Instalação

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS COTAS DE DISCO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS COTAS DE DISCO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS Trabalhando com cotas Usando o Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos para criar uma cota em um volume ou uma pasta, você pode limitar o espaço em disco

Leia mais

Backup e recuperação. Guia do Usuário

Backup e recuperação. Guia do Usuário Backup e recuperação Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações contidas neste documento

Leia mais

Para detalhes e funcionalidades, veja o Manual para o Administrador

Para detalhes e funcionalidades, veja o Manual para o Administrador O que é Gemelo Backup Online EMPRESA? É uma solução de administração e backup desenhada para Empresas que desejam controlar e proteger suas informações de forma simples, segura e confiável. É definido

Leia mais

FullCopyConvert Data

FullCopyConvert Data FullCopyConvert Data Prezados Senhores. Sobre FullCopyConvert Data É uma ferramenta especializada em conversão e migração de dados, oferece uma forma confortável e fácil de converter suas informações de

Leia mais

Considerações sobre o Disaster Recovery

Considerações sobre o Disaster Recovery Considerações sobre o Disaster Recovery I M P O R T A N T E O backup completo para Disaster Recovery não dispensa o uso de outros tipos de trabalhos de backup para garantir a integridadedo sistema. No

Leia mais

Manual de Instalação. Instalação via apt-get

Manual de Instalação. Instalação via apt-get Manual de Instalação Instalação via apt-get Índice de capítulos 1 - Pré-requisitos para instalação......................................... 01 2 - Instalando o SIGA-ADM.................................................

Leia mais

MIGRANDO PARA ZIM 8.50 (UNIX/WINDOWS)

MIGRANDO PARA ZIM 8.50 (UNIX/WINDOWS) ZIM TECHNOLOGIES DO BRASIL MIGRANDO PARA ZIM 8.50 (UNIX/WINDOWS) Próx Antes de Iniciar O objetivo deste documento é apresentar o processo de Migração para o Zim 8.50 (UNIX/Windows). Para maiores informações

Leia mais

ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 SERVER FOR LINUX

ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 SERVER FOR LINUX Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 SERVER FOR LINUX. Você vai encontrar as respostas a todas suas

Leia mais

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o Maker Planet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento.

Leia mais

Obrigado por escolher o CalDigit VR, por favor, siga as seguintes instruções para uma instalação rápida do seu CalDigit VR.

Obrigado por escolher o CalDigit VR, por favor, siga as seguintes instruções para uma instalação rápida do seu CalDigit VR. 1 Obrigado por escolher o CalDigit VR, por favor, siga as seguintes instruções para uma instalação rápida do seu CalDigit VR. Conteúdo do produto: - CalDigit VR - Modulos de Drive CalDigit (2 unid) - Cabo

Leia mais

Guia de utilização - Novodrive

Guia de utilização - Novodrive Guia de utilização - Novodrive Usuários Windows Versão 1.14 das Configurações do Novodrive A janela de configurações é parte integrante do Software Desktop Novodrive ve e serve para realizar a configuração

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

Guia de utilização - Novodrive

Guia de utilização - Novodrive Guia de utilização - Novodrive Usuários Mac Versão 1.14 das Configurações do Novodrive A janela de configurações é parte integrante do Software Desktop Novodrive ve e serve para realizar a configuração

Leia mais

Documentação Symom. Agente de Monitoração na Plataforma Windows

Documentação Symom. Agente de Monitoração na Plataforma Windows Documentação Symom de Monitoração na Plataforma Windows Windows Linux Windows Linux Plataforma Windows Instalação A instalação do de Monitoração do Symom para Windows é feita através do executável setup.exe

Leia mais

3UHSDUDQGRR64/([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP&ODULRQ

3UHSDUDQGRR64/([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP&ODULRQ 3UHSDUDQGRR64/([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP&ODULRQ &RQILJXUDQGRR0664/6HUYHU([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP SURJUDPDV&ODULRQHSHUPLWLUDFHVVRDWUDYpVGHFRQH[}HV UHPRWDV Para habilitar as configurações remotas, e também conexões

Leia mais

Sistema de Validação E-A-Rfit 3M. Guia de instalação Versão 4.1 (Atualização) Líder no Progresso da Conservação Auditiva

Sistema de Validação E-A-Rfit 3M. Guia de instalação Versão 4.1 (Atualização) Líder no Progresso da Conservação Auditiva Sistema de Validação E-A-Rfit 3M Guia de instalação Versão 4.1 (Atualização) Líder no Progresso da Conservação Auditiva Importante! Leia antes Este guia de upgrade destina-se ao uso por parte de usuários

Leia mais

André Milani. Novatec

André Milani. Novatec André Milani Novatec Sumário Agradecimentos...19 Sobre o autor...21 Prefácio...23 Capítulo 1 Bem-vindo ao PostgreSQL...25 1.1 O que é o PostgreSQL?...25 1.1.1 História do PostgreSQL...26 1.1.2 Licença

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Status Enterprise Guia do Usuário. Parte 11 Utilidades e Ferramentas

Status Enterprise Guia do Usuário. Parte 11 Utilidades e Ferramentas Guia do Usuário Parte 11 Utilidades e Ferramentas Conteúdos 1 RESUMEN 2 SIMULADOR DE DADOS... 4 2.1 Introducção... 4 2.2 Usando el Simulador de Dados... 4 3 FERRAMENTA DE BANCOS DE DADOS... 5 3.1 Acerca

Leia mais

Funções de um SO. Gerência de processos Gerência de memória Gerência de Arquivos Gerência de I/O Sistema de Proteção

Funções de um SO. Gerência de processos Gerência de memória Gerência de Arquivos Gerência de I/O Sistema de Proteção Sistemas de Arquivos Funções de um SO Gerência de processos Gerência de memória Gerência de Arquivos Gerência de I/O Sistema de Proteção 2 Sistemas Operacionais Necessidade de Armazenamento Grandes quantidades

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS DISTRIBUÍDOS (DFS) Visão geral sobre o Sistema de Arquivos Distribuídos O Sistema de Arquivos Distribuídos(DFS) permite que administradores do

Leia mais

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP)

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP) Hardware (Nível 0) Organização O AS/400 isola os usuários das características do hardware através de uma arquitetura de camadas. Vários modelos da família AS/400 de computadores de médio porte estão disponíveis,

Leia mais

Guia do usuário do Seagate Dashboard

Guia do usuário do Seagate Dashboard Guia do usuário do Seagate Dashboard Guia do usuário do Seagate Dashboard 2013 Seagate Technology LLC. Todos os direitos reservados. Seagate, Seagate Technology, o logotipo Wave e FreeAgent são marcas

Leia mais

Kerio Exchange Migration Tool

Kerio Exchange Migration Tool Kerio Exchange Migration Tool Versão: 7.3 2012 Kerio Technologies, Inc. Todos os direitos reservados. 1 Introdução Documento fornece orientações para a migração de contas de usuário e as pastas públicas

Leia mais

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11 UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas Administracão de Banco de Dados ORACLE Backup / Recovery AULA 11 Prof. MsC. Eng. Marcelo Bianchi AULA 09 A ARQUITETURA DO ORACLE O conhecimento da arquitetura Oracle

Leia mais

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon AGENDA 1. Download dos pacotes de instalação ESET Remote Administrator 2. Download dos pacotes de instalação ESET EndPoint Solutions 3. Procedimento de instalação e configuração básica do ESET Remote Adminstrator

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

Manual de Instalação. Instalação via apt-get. SIGA-ADM versão 12.02

Manual de Instalação. Instalação via apt-get. SIGA-ADM versão 12.02 Manual de Instalação Instalação via apt-get SIGA-ADM versão 12.02 Índice de capítulos 1 - Pré-requisitos para instalação..................................................... 05 2 - Instalando o SIGA-ADM..............................................................

Leia mais

CA ARCserve Backup PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5

CA ARCserve Backup PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup Este documento aborda as perguntas mais freqüentes sobre o CA ARCserve Backup r12.5. Para detalhes adicionais sobre os novos recursos

Leia mais

PROGRESS ADE Application Development Environment. 19/10/2015 Universidade Datasul

PROGRESS ADE Application Development Environment. 19/10/2015 Universidade Datasul PROGRESS ADE Application Development Environment Objetivos ADE Aprender a utilizar ferramentas PROGRESS de desenvolvimento em ambiente Gráfico, em destaque: Dicionário UIB e Editor Servidor de Aplicação

Leia mais

Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10.

Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10. Upgrade do Sophos SafeGuard Enterprise 5.60/6.0 para a versão 6.10 Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10.0

Leia mais

Structured Query Language (SQL)

Structured Query Language (SQL) Structured Query Language (SQL) SQL-Breve Histórico : # CREATE, ALTER e DROP; # BEGIN TRANSACTION, ROLLBACK e COMMIT; # GRANT, REVOKE e DENY; 1 Structured Query Language (SQL) Desenvolvida pelo departamento

Leia mais

PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000 baseado na tecnologia da Symantec Backup Exec oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais