RELEASE Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELEASE Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014"

Transcrição

1 RELEASE Mesmo tendo de um a três cartões de crédito, consumidor da capital mineira prefere pagar em dinheiro Eles privilegiam o pagamento a vista e controlam os impulsos na hora das compras. Mas a maioria não se preocupa em ter uma reserva de valor para situações inesperadas Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014 Pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) realizada com 397 consumidores, no período de 2 de julho a 19 de agosto traçou o perfil do adimplente da capital mineira. Ele tem mais de 40 anos, nível superior de ensino ou além (pós-graduação, mestrado e doutorado), tem residência própria e compromissos familiares, evita compras por impulso, privilegia pagamentos a vista e em dinheiro mesmo tendo cartão de crédito, e não possui renda comprometida com financiamento ou empréstimo. Entretanto a maioria (53,85%) não se preocupa em ter uma reserva de valor para situações inesperadas. Essas pessoas se encontram em situação de risco potencial e se tornam dependentes de uma estabilidade econômica para que suas fontes de renda suportem os seus gastos, afirmou a economista da CDL/BH, Ana Paula Bastos. De acordo com a pesquisa, 50% dos entrevistados não possuem renda comprometida com financiamento ou empréstimo. Os que responderam que têm renda comprometida são: 17,06% com financiamento de automóvel (carro, moto); 15,17% com financiamento de bens de consumo (móveis, eletrodomésticos, etc); 7,35% com financiamento da casa própria; 4,03% com cheque especial; 3,32% com empréstimo em banco ou financeira; 1,66% com crédito consignado e 1,42% com empréstimos com terceiros, parentes e/ou amigos.

2 Dos entrevistados, 66,41% nunca estiveram inadimplentes. E 33,59% já estiveram inadimplente em algum momento da vida. Sem dívidas Para evitar dívidas, 38,58% dos consumidores adimplentes entrevistados controlam os impulsos e resistem em comprar produtos não essenciais; 36,55% fazem planejamento financeiro, controlando as contas e não gastam mais do que recebem; 24,11% não realizam nenhum tipo de controle e 0,76% compram a vista, pagam em dinheiro ou não usam cartão de crédito e nem cheque.

3 Como evita dívidas? 0,76% 24,11% 38,58% 36,55% Realizando um planejamento financeiro, controlando as contas, sem gastar mais do que recebo. Controlando os impulsos e resistindo de comprar produtos que não são essenciais. Não realiza nenhum tipo de controle específico Outro Para controlar os gastos e evitar dívidas, 46,59% anotam todos os débitos numa caderneta ou planilha e 21,59% acompanham semanalmente o extrato bancário, verificando quanto de dinheiro ainda possuem na conta corrente. As outras formas de controle utilizadas são: 14,77% acompanham mensalmente suas receitas e despesas, em uma caderneta ou planilha; 9,09% fazem mensalmente um planejamento orçamentário para ficar em dia com os compromissos financeiros e 7,95% fazem pesquisa de preço antes de comprar qualquer produto ou serviço.

4 Reserva financeira A maioria dos entrevistados (53,85%) não faz nenhuma reserva financeira. Os que fazem, aplicam em: poupança (25,06%), previdência privada (6,7%), fundo emergencial (6,45%), título de investimento ou CDB (4,71%), ações (2,48%) e compra de imóveis (0,74%).

5 Emprestar o nome a terceiros não é hábito para 79,9% dos entrevistados. Entre o restante que tem esse hábito, 13,57% não se resguardam de nenhuma forma, 3,27% ficam com cheque pré-datado da pessoa, 2,76% fazem contrato e 0,5% ficam com nota promissória assinada. Cartão de crédito A maioria dos entrevistados (43,65%) tem apenas um cartão de crédito. Os que não tem nenhum totalizam 26,72% dos entrevistados. Em seguida estão: dois cartões (20,37%), três (7,41%), quatro (1,32%), cinco (0,26%) e mais de cinco (0,26%). Quantos cartões de crédito possui? 1,32% 0,26% 0,26% Um 7,41% Nenhum 20,37% Dois 43,65% Três Quatro Cinco 26,72% Mais de cinco

6 O pagamento das faturas é quitado integralmente por 82,94% dos adimplentes. Os que pagam integral o valor, mas após o vencimento totalizam 9,56% dos consumidores e 7,51% pagam o valor mínimo ou parte das faturas. Como realiza o pagamento das faturas de cartões de crédito? 9,56% 7,51% 82,94% Paga 100% do valor das faturas na data de vencimento. Paga 100% do valor das faturas após a data de vencimento. Paga o mínimo/parte do valor das faturas. Pagamento das contas Na hora de priorizar o pagamento das contas, 67,64% dos consumidores optam pela data de vencimento da fatura. Em seguida estão: pagam aleatoriamente (10,61%), ordem de chegada da conta (10,08%), pagam primeiro as contas básicas de funcionamento da casa (9,28%), pelo valor mais alto (1,06%), pelo valor mais baixo (1,06%) e pelos juros mais altos (0,27%).

7 Forma de pagamento O pagamento a vista é o preferido por 36,36% dos consumidores, que dizem que priorizam essa forma por geralmente possuírem dinheiro disponível na hora. Já 30,21% pagam a prazo, pois não possuem dinheiro disponível na hora; 17,11% pagam a vista, mas somente após economizar para fazer o pagamento; 16,04% pagam a prazo, para deixarem o dinheiro aplicado/disponível para outros fins e 0,27% afirmaram que a forma de pagamento depende do valor do produto. Perfil A maioria dos entrevistados (50,63%) é do sexo feminino, tem mais de 40 anos (50,26%), é casado (47,11%), é profissional com carteira assinada (41%), recebe até quatro salários mínimo (61,5%), tem residência própria (67,51%), divide a casa com mais três pessoas (48,87%) e compartilha entre os moradores a responsabilidade pelo pagamento das despesas da casa (53,94%). Contato Assessoria de Imprensa da CDL/BH Cristina Reis Débora de Oliveira (31) facebook.com/assessoriadeimprensacdlbh

8 This document was created with Win2PDF available at The unregistered version of Win2PDF is for evaluation or non-commercial use only.

Possui a renda comprometida com algum tipo de financiamento/ empréstimo?

Possui a renda comprometida com algum tipo de financiamento/ empréstimo? Belo-horizontinos com a renda comprometida com financiamentos ou empréstimos Pesquisa da CDL/BH também apontou que a maioria dos consumidores da capital mineira não faz nenhum tipo de aplicação financeira

Leia mais

ANEXO II PARTILHA DO SIMPLES NACIONAL - INDÚSTRIA

ANEXO II PARTILHA DO SIMPLES NACIONAL - INDÚSTRIA ANEXO II PARTILHA DO SIMPLES NACIONAL - INDÚSTRIA Seção I: Receitas decorrentes da venda de mercadorias por elas industrializadas não sujeitas a substituição tributária, exceto as receitas decorrentes

Leia mais

CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO

CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO FATEC-SP CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO Prof. Me. Francisco Tadeu Degasperi Janeiro de 2005 Agradeço a colaboração do Tecnólogo Alexandre Cândido de Paulo Foi Auxiliar de Docente do LTV da Fatec-SP Atualmente

Leia mais

Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II

Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II Editar este formulário Esta é uma pesquisa sobre Finanças Pessoais e parte integrante da disciplina de Projeto de Pesquisa II do curso de Administração

Leia mais

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

Indicador de Recuperação de Crédito SPC CDL/BH ABRIL/2016

Indicador de Recuperação de Crédito SPC CDL/BH ABRIL/2016 Indicador de Recuperação de Crédito SPC CDL/BH ABRIL/2016 Elaborado: Economia - Pesquisa & Mercado Equipe Técnica: Economista Ana Paula Bastos Estatística Sarah Ribeiro Analista de economia André Correia

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PLANO DE TRABALHO INDIVIDUAL ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO ENSINO ORIENTAÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PLANO DE TRABALHO INDIVIDUAL ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO ENSINO ORIENTAÇÃO Amilton Giácomo Tomasi DECF 2007/2 EFETIVO Mestre 40 Estatutário Contabilidade Gerencial ADM/Empresarial (vespertino) 2º 4 ESTÁGIO 02 ADM/Empresarial 7º e 8º 02 Secretário de Comunicação Portaria Reitoria

Leia mais

Use o crédito de forma consciente

Use o crédito de forma consciente Guia Financeiro 2 Use o crédito de forma consciente O crédito pode ser muito útil, tanto para realizar sonhos, quanto resolver algumas pendências financeiras, desde que você tenha um orçamento controlado

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS Prof. Dr. Constantino de Gaspari Gonçalves Exemplo de Aplicação do ABC

ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS Prof. Dr. Constantino de Gaspari Gonçalves Exemplo de Aplicação do ABC Exemplo de Aplicação do ABC A indústria de Confecções Pano Bom Ltda produz três tipos de produtos: Camisas, Calças, Blusas. O quadro abaixo apresenta as quantidades produzidas e seus respectivos preços.

Leia mais

Apuração de impostos; Registro e controle dos documentos fiscais; Registro e controle de prejuízos acumulados.

Apuração de impostos; Registro e controle dos documentos fiscais; Registro e controle de prejuízos acumulados. Apuração de impostos; Registro e controle dos documentos fiscais; Registro e controle de prejuízos acumulados. 02 São todas as receitas provenientes da atividade operacional da empresa, incluindo as vendas

Leia mais

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da Coleta Seletiva.

Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da Coleta Seletiva. MANUAL DE PROCEDIMENTOS Formulários on-line SISTEMAS INTEGRADOS MANUAL DE PROCEDI MENTOS PADRÃO Formulários on-line Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da

Leia mais

1 IRPF - Entrega A partir do dia 06 de março tem início o período de entrega da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física. É importante ficar atento principalmente se você for obrigado

Leia mais

PRESS- RELEASE 44,1% dos consumidores comprometem mais da metade da renda com compras parceladas e financiamentos, aponta pesquisa da CDL/BH

PRESS- RELEASE 44,1% dos consumidores comprometem mais da metade da renda com compras parceladas e financiamentos, aponta pesquisa da CDL/BH PRESS-RELEASE 44,1% dos consumidores comprometem mais da metade da renda com compras parceladas e financiamentos, aponta pesquisa da CDL/BH Homens, pessoas das classes A/B e os que têm entre 35 e 64 anos

Leia mais

1) Você tem conta bancária?

1) Você tem conta bancária? 1) Você tem conta bancária? Sim 33 37 Não 67 63 2) Você sabe quanto paga de tarifas bancárias? Sim 36 33 Não 64 67 3) O custo das tarifas bancárias influi (ou influiria) na sua escolha de qual banco tornar-se

Leia mais

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Especialistas dão dicas para sair do vermelho. É fundamental planejar gastos e usar bem o crédito. Por Anay Cury e Gabriela Gasparin Do G1, em

Leia mais

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros Módulo 2 Produtos TÍTULO e Serviços X Financeiros CRÉDITO PESSOAL Olá! Neste módulo, vamos aprofundar nossos conhecimentos sobre os produtos e serviços financeiros que podemos oferecer aos nossos clientes.

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

Indicador de Dívidas em Atraso Belo Horizonte SPC CDL/BH Agosto/2015

Indicador de Dívidas em Atraso Belo Horizonte SPC CDL/BH Agosto/2015 Indicador de Dívidas em Atraso Belo Horizonte SPC CDL/BH Agosto/2015 Elaborado: Economia - Pesquisa & Mercado Equipe Técnica: Ana Paula Bastos Economista Sarah Ribeiro Estatística André Correia Analista

Leia mais

Economia Doméstica - Finanças Pessoais -

Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Parte A Introdução e Visão Geral Parte B Planejamento e Acompanhamento - Técnicas Prof. Maurício Cury POUPAR x GASTAR Situação: Dois casais amigos onde, cada casal

Leia mais

Empresários apostam no Dia dos Pais para alavancar vendas, aponta pesquisa da CDL/BH

Empresários apostam no Dia dos Pais para alavancar vendas, aponta pesquisa da CDL/BH PRESS-RELEASE Empresários apostam no Dia dos Pais para alavancar vendas, aponta pesquisa da CDL/BH Para 56,83% dos entrevistados, o faturamento será melhor em relação ao ano passado Belo Horizonte, 27

Leia mais

APRENDENDO A PLANEJAR

APRENDENDO A PLANEJAR APRENDENDO A PLANEJAR A melhor e talvez a única llmaneira de ter um fffffffffffffff orçamento realista, que o ajude a controlar as contas no dia-a-dia e a realizar sonhos, é fazer um dddddd inventário

Leia mais

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Mais de um terço dos brasileiros desconhecem o valor das contas que vencem no próximo mês. Falta

Leia mais

PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros

PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros Janeiro 2015 1. INTRODUÇÃO Quatro em cada dez consumidores consideram-se desorganizados financeiramente, mas sete em cada dez

Leia mais

Prof. Cid Roberto. Spread. Operações passivas. Operações ativas. Operações acessórias. Conhecimentos Bancários e Atualidades do Mercado Financeiro

Prof. Cid Roberto. Spread. Operações passivas. Operações ativas. Operações acessórias. Conhecimentos Bancários e Atualidades do Mercado Financeiro Conhecimentos Bancários e Atualidades do Mercado Financeiro Mercado Financeiro Prof. Cid Roberto Grupo Conhecimentos Bancários no Google http://goo.gl/gbkij Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) http://goo.gl/4a6y7

Leia mais

HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016

HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016 HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS Fevereiro de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender o grau de conhecimento e a habilidade dos brasileiros em lidar com o dinheiro e suas finanças. METODOLOGIA Público

Leia mais

E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS. CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado

E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS. CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado Numa daquelas confusões da vida, Juliana pagou a parcela mínima do cartão de crédito e usou o

Leia mais

Guia de Finanças Pessoais

Guia de Finanças Pessoais Guia de Finanças Pessoais GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS Como estão suas FinanÇas? De onde vem o dinheiro não costuma ser um mistério. Em geral, as pessoas têm uma boa noção de suas receitas, provenientes do

Leia mais

Conseguimos te ajudar?

Conseguimos te ajudar? Controlar suas finanças deve ser um hábito. Não com o objetivo de restringir seus sonhos de consumo, mas sim de convidá-lo a planejar melhor a realização da cada um deles, gastando o seu dinheiro de maneira

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

- Aspectos limitadores: Produção com custo alto; Orçamentos mal elaborados; Dificuldade na análise e avaliação; Inadequação ao perfil empresarial;

- Aspectos limitadores: Produção com custo alto; Orçamentos mal elaborados; Dificuldade na análise e avaliação; Inadequação ao perfil empresarial; MARKETING ESPORTIVO E CULTURAL EAD MÓDULO XIX - RESUMO A evolução do ser humano no decorrer da história está associada diretamente ao conceito de cultura, que engloba os costumes e as experiências repassadas

Leia mais

REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº37, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2003, QUE INSTITUI O FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº37, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2003, QUE INSTITUI O FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. DECRETO Nº27.379, de 01 de março de 2004. REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº37, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2003, QUE INSTITUI O FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR

Leia mais

Apresentação. Atuando em diversos ramos do direito, nosso Escritório tem como meta oferecer. O Escritório

Apresentação. Atuando em diversos ramos do direito, nosso Escritório tem como meta oferecer. O Escritório Um Escritório de Advocacia, atualmente, tem que estar preparado para atender as mais diversas situações do mundo moderno. Para tanto, focalizamos como nossos preceitos, que os serviços oferecidos sejam:

Leia mais

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DOS DADOS DO RELATÓRIO GERENCIAL ESTATÍSTICO DO SBU

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DOS DADOS DO RELATÓRIO GERENCIAL ESTATÍSTICO DO SBU UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DOS DADOS DO RELATÓRIO GERENCIAL ESTATÍSTICO DO SBU MANUAL 2007 Manual editado pela Assessoria de Planejamento da Biblioteca

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE CAMPO PARA LEVANTAMENTOS GNSS

PROCEDIMENTOS DE CAMPO PARA LEVANTAMENTOS GNSS Leandro,D.; Huinca,S.C.M e Krueger, C.P. LABORATÓRIO DE GEODÉSIA ESPACIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCEDIMENTOS DE CAMPO PARA LEVANTAMENTOS GNSS Autoras: Doutoranda Diuliana Leandro, MSc. Doutoranda

Leia mais

Qual seu nível de preocupação?

Qual seu nível de preocupação? FASE DIFÍCIL EXIGE ORGANIZAÇÃO E DISCIPLINA. Qual seu nível de preocupação? Faça o teste e veja se o descontrole financeiro está afetando seu desempenho no trabalho. www.serasaconsumidor.com.br/testes/teste-indicador-de-educacao-financeira/

Leia mais

Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2)

Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2) Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2) José Carlos Cavalcanti Professor de Economia da UFPE, ex-secretário executivo de Tecnologia, Inovação e Ensino Superior de Pernambuco (http://jccavalcanti.wordpress.com)

Leia mais

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE 1. Procedimentos de utilização pela empresa cliente... 01 2. Funcionalidades do WebSigom... 02 2.1. Cadastro... 03 2.2. Inserir um novo usuário... 03 2.3. Consultar os dados de

Leia mais

Como gerenciar as finanças em tempos de crise? Autor: Paulo Costa - Data: 24/09/2015

Como gerenciar as finanças em tempos de crise? Autor: Paulo Costa - Data: 24/09/2015 Como gerenciar as finanças em tempos de crise? Autor: Paulo Costa - Data: 24/09/2015 Estamos em crise? Como a crise política e econômica vivida atualmente no Brasil afeta você e sua família? Inflação Desemprego

Leia mais

Declare guerra às dívidas!

Declare guerra às dívidas! Declare guerra às dívidas! Na semana passada nossa primeira dica foi dirigida aos trabalhadores que têm algum dinheiro guardado. Demos algumas sugestões simples para evitar que o tão sacrificado pé de

Leia mais

Fluxo de Caixa O dia-a-dia das finanças em sua empresa!

Fluxo de Caixa O dia-a-dia das finanças em sua empresa! Fluxo de Caixa O dia-a-dia das finanças em sua empresa! É muito frequente, no ambiente do SEBRAE-SP, o empresário chegar com muitas dúvidas sobre as finanças da sua empresa. E finanças, como sabemos, é

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 2: Como Poupar Objetivo Dar dicas importantes para que nossos clientes consigam ter uma poupança e vivam com mais segurança e tranquilidade O conteúdo deste

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE CONVÊNIO

MINUTA DE CONTRATO DE CONVÊNIO MINUTA DE CONTRATO DE CONVÊNIO CONVÊNIO Nº / QUE ENTRE SI CELEBRAM CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE GUANAMBI CESG, MANTENEDOR DA FACULDADE GUANAMBI FG, POR MEIO DO CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO DA FACULDADE

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 1: Orçamento

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 1: Orçamento Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 1: Orçamento Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre a importância da organização financeira e do planejamento orçamentário como alicerce de conforto,

Leia mais

REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA NA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS LEGISLAÇÃO E GESTÃO

REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA NA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS LEGISLAÇÃO E GESTÃO MPS SPS Ministério da Previdência Social Secretaria de Previdência Social REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA NA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS LEGISLAÇÃO E GESTÃO São Gonçalo/RJ- Dez/2005 ESTRUTURA DO SISTEMA

Leia mais

Guia Financ F eir inanc o eir 1

Guia Financ F eir inanc o eir 1 Guia Financeiro1 DÍVIDAS: PROTEJA SEU BOLSO! DÍVIDAS SÃO SEMPRE RUINS? Pare e pense: você está endividado? Nem sempre isso é um problema: muitas pessoas têm dívidas, mas não sabem. Ao usar o cartão de

Leia mais

Site: http://www.parcelias.com.br/online/faet. Código da autorizada: Login: master Senha:

Site: http://www.parcelias.com.br/online/faet. Código da autorizada: Login: master Senha: Nosso novo Sistema de Garantia está em funcionamento no endereço abaixo, favor acessar o site e cadastrar as Ordens de Serviços para que possamos encaminhar os seus pedidos de Garantia. Site: http://www.parcelias.com.br/online/faet

Leia mais

Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento

Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento A poupança é mais popular, mas rendimento perde da inflação. Saiba como funciona cada uma dos três formas de guardar seu dinheiro. Karina

Leia mais

As produções e interações ficarão registradas no Moodle.

As produções e interações ficarão registradas no Moodle. Disciplina: Carga Horária: 60horas Modalidade: a distância Regime: semestral Professor: Luís Felipe Schilling Esta disciplina tem por objetivo oportunizar a prática de planejamento, modelagem, implementação

Leia mais

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos USO DO CARTÃO DE CRÉDITO Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos Mais da metade dos brasileiros (53%) faz uso do cartão

Leia mais

Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira

Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira Pesquisa CNI - IBOPE Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira Junho de 2012 SUMÁRIO: Meios de pagamento Transferência de dinheiro Conta corrente e poupança Endividamento Reserva de dinheiro

Leia mais

A tabela-verdade...de, É muito fácil...cil, É só lembrar...ar, Do VoVo FeFe, E se Você Foi, se Você Foi, Então Foi. Propriedades da condicional

A tabela-verdade...de, É muito fácil...cil, É só lembrar...ar, Do VoVo FeFe, E se Você Foi, se Você Foi, Então Foi. Propriedades da condicional PROF TABELAS-VERDADE e V F F F V F F F F VoVo FeFe ou V F V F V V F F F Propriedades da condicional Recíprocas(amor,cupido,flecha) flechinha vai, flechinha vem Inversas(inverte VF, FV, ne ga ) nega tudo

Leia mais

Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses

Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses Descubra a sua real situação financeira para ter controle sobre ela. É muito comum encontrar pessoas que gastam mais do que ganham e nem sequer se

Leia mais

ORIENTAÇÃO FINANCEIRA

ORIENTAÇÃO FINANCEIRA ORIENTAÇÃO FINANCEIRA SENADO FEDERAL Mesa Biênio 2015-2017 Senador Renan Calheiros PRESIDENTE Senador Jorge Viana PRIMEIRO-VICE-PRESIDENTE Senador Romero Jucá SEGUNDO-VICE-PRESIDENTE Senador Vicentinho

Leia mais

ASSUNTOS PARA REVISÃO DO PLANO DE CONTAS ORIGEM DATA ASSUNTO TEMA POSIÇÃO JUSTIFICATIVAS

ASSUNTOS PARA REVISÃO DO PLANO DE CONTAS ORIGEM DATA ASSUNTO TEMA POSIÇÃO JUSTIFICATIVAS 1 2 poderá até deverá 3 4 no máximo, até 30 de abril até 30 de abril 5 6 7 vu = estimativa de vida útil do material ou equipamento desativado e após recuperado, em condições normais de operação e manutenção

Leia mais

Contabilidade para Executivos de Cooperativas de Créditos. Dirceu Granado de Souza

Contabilidade para Executivos de Cooperativas de Créditos. Dirceu Granado de Souza Contabilidade para Executivos de Cooperativas de Créditos Dirceu Granado de Souza 1 Conceitos básicos de Contabilidade; Princípios Gerais; Contas; Patrimônio; Lógica dos registros Contábeis; Balancetes

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono.

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Guia do uso consciente do crédito Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços ou obtenção e

Leia mais

Saiba tudo sobre o Cartão Tricard

Saiba tudo sobre o Cartão Tricard Saiba tudo sobre o Cartão Tricard 03 Conhecendo o Cartão Tricard Vantagens para meu cliente, vantagens para minha loja Como funciona o Cartão Tricard Kit de boas vindas do Cartão Tricard 07 15 24 25 Faça

Leia mais

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso Nesse artigo quero lhe ensinar a fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso. Elaborei 10 dicas para você fazer um excelente

Leia mais

O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO. São Gonçalo, 14 de dezembro de 2005

O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO. São Gonçalo, 14 de dezembro de 2005 O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO São Gonçalo, 14 de dezembro de 2005 Diagnóstico do Regime Próprio / IPASG (Administrativo, Operacional, Jurídico, Atuarial); Adoção de um Modelo

Leia mais

Mix público-privado. ABRES, RJ, dezembro de 2009

Mix público-privado. ABRES, RJ, dezembro de 2009 Mix público-privado ABRES, RJ, dezembro de 2009 Pressupostos Constituição do campo da Economia da Saúde Aperfeiçoamento do conhecimento sobre a realidade material por uma concepção científica do mundo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA Curso: Informática Informática Gestão de Negócios. Disciplina: Administração Financeira e Orçamentária. Professor(a): Darlan Marcelo Delgado. Lista de Exercícios:. Conteúdo

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE CIVIL

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE CIVIL PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL Nº 1925, DE 23 DE MAIO DE 2005, Págs 54 e 56 LEI Nº 1367, DE 17 DE MAIO DE 2005. Regulamentada pelo Decreto nº 198/06 Cria o Fundo Municipal de Desenvolvimento da Economia Popular

Leia mais

CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA

CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA Rua Sady de Marco, 52-D Bairro Jardim Itália Chapecó SC www.contajuris.com.br - Fone: 49 3323-1573 / 3323-0388 Assunto: Arrendamento Mercantil de Bens Aspectos

Leia mais

Portugal, Destino de Golfe

Portugal, Destino de Golfe Um olhar pelo golfe mundial Os principais problemas da indústria Propostas de acção Um olhar pelo golfe mundial O golfe é o desporto organizado que se joga há mais tempo em todo o mundo. Primeiro Clube

Leia mais

TESTANDO A EFICIÊNCIA DO HÚMUS DE MINHOCA COMO ADUBO

TESTANDO A EFICIÊNCIA DO HÚMUS DE MINHOCA COMO ADUBO TESTANDO A EFICIÊNCIA DO HÚMUS DE MINHOCA COMO ADUBO FATO OBSERVADO: A capacidade da minhoca de produzir húmus, que é considerado um ótimo adubo para as plantas. SITUAÇÃO PROBLEMA: 1-FASE I: Qual é o melhor

Leia mais

Saúde Financeira para Maiores de 50 anos Luiz Ernesto Março 2015

Saúde Financeira para Maiores de 50 anos Luiz Ernesto Março 2015 Saúde Financeira para Maiores de 50 anos Luiz Ernesto Março 2015 1 Objetivos Fornecer noções de planejamento de finanças pessoais. Informar sobre a importância de poupar e formar patrimônio. Mostrar as

Leia mais

Para demonstrar melhor essa relação dos descontroles, abaixo destacaremos os fatores importante de que trataremos nesta etapa de finanças pessoais:

Para demonstrar melhor essa relação dos descontroles, abaixo destacaremos os fatores importante de que trataremos nesta etapa de finanças pessoais: FINANÇAS PESSOAIS Finanças na corda bamba Muitas vezes o desequilíbrio financeiro não está ligado necessariamente a aspectos financeiro, mas sim a aspectos psicológicos, ou seja, você até elabora seus

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DO EMPREENDEDOR 1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVAS

CARACTERÍSTICAS DO EMPREENDEDOR 1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVAS 1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVAS - faz as coisas antes de solicitado ou antes de ser forçado pelas circunstâncias; - age para expandir o negócio em novas áreas, produtos ou serviços; - aproveita

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro I Curso Planejamento e Educação Financeira Uma parceria Órama e Dinheirama. Planejamento Financeiro Por Sandra Blanco Consultora de Investimentos da Órama, mais de anos de mercado,

Leia mais

O cidadão e o bem-estar financeiro. Gabriel Garber e Sérgio Mikio Koyama Departamento e Estudos e Pesquisas Banco Central do Brasil

O cidadão e o bem-estar financeiro. Gabriel Garber e Sérgio Mikio Koyama Departamento e Estudos e Pesquisas Banco Central do Brasil O cidadão e o bem-estar financeiro Gabriel Garber e Sérgio Mikio Koyama Departamento e Estudos e Pesquisas Banco Central do Brasil Contextualização 63 questões fechadas 8 perfil 13 conhecimento 22 de atitude

Leia mais

Apostila de. Finanças e Turismo. 2º semestre de 2013 Glauber Eduardo de Oliveira Santos

Apostila de. Finanças e Turismo. 2º semestre de 2013 Glauber Eduardo de Oliveira Santos Apostila de Finanças e Turismo 2º semestre de 2013 Glauber Eduardo de Oliveira Santos SUMÁRIO 1 Introdução às Finanças... 4 1.1 Avaliação de investimentos... 4 1.2 Empréstimos e juros... 5 1.3 Alternativas

Leia mais

Cartão de Crédito Consignado. Um excelente benefício para o Servidor

Cartão de Crédito Consignado. Um excelente benefício para o Servidor Cartão de Crédito Consignado Um excelente benefício para o Servidor Institucional O Banco Daycoval S/A, fundado em 1968, é um dos líderes de crédito para empresas, resultado obtido através da estratégia

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 1. INTRODUÇÃO 84% dos consumidores que não possuem conta corrente fazem compras parceladas O fato de não possuir conta em banco

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Quem não sabe administrar tostões, não sabe administrar milhões. Atenção para estas perguntas: Como você acompanha suas vendas? Quanto você vendeu hoje? E ontem? E no mês passado?

Leia mais

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro...

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro... FASCÍCULO IV VAMOS PLANEJAR... Se você ainda não iniciou seu planejamento financeiro, é importante fazê-lo agora, definindo muito bem seus objetivos, pois, independentemente da sua idade, nunca é cedo

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS

EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS 1900 1910 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1980 1990 2000 Racionalização do trabalho: gerência administrativa Relações humanas: processo Movimento estruturalista: gerência

Leia mais

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande 1.31. Introdução à Matemática Financeira Uma das aplicações das sequências é a Matemática Financeira. odemos associar os dois sistemas monetários com nossas As e Gs! O sistema de juros simples é associado

Leia mais

Seção Técnica de Ensino 2/8

Seção Técnica de Ensino 2/8 Escolha a única respost a certa, conform e o enunciado da quest ão, assinalandoa corretamente no CARTÃO- RESPOSTA. 01. O número natural mais próximo de ( A ) 2 ( B ) 3 ( C ) 4 ( D ) 5 ( E ) 6 3 4 7 3 5

Leia mais

PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS

PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS PROPONENTE Secretaria Estadual do Meio Ambiente INTRODUÇÃO

Leia mais

Analise Financeira das Demonstrações Contábeis

Analise Financeira das Demonstrações Contábeis Gest ão em Cooper at i vi smo Analise Financeira das Demonstrações Contábeis Dirceu Granado de Souza Dinâmica Patrimonial Consult & Assess Empresarial www.dinamicapatrimonial.com.br 1 Serve para uma avaliação

Leia mais

Planejamento do fluxo de caixa para um crescimento sustentado

Planejamento do fluxo de caixa para um crescimento sustentado Planejamento do fluxo de caixa para um crescimento sustentado Planejamento Performance Dashboard Plano de ação Relatórios Indicadores O Forecast de fluxo de caixa prevê o caixa líquido da empresa em um

Leia mais

Despesa Orçamentária: conceitos, classificação e etapas 1

Despesa Orçamentária: conceitos, classificação e etapas 1 Para mais informações, acesse o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Parte I Procedimentos Contábeis Orçamentários, 5ª edição. https://www.tesouro.fazenda.gov.br/documents/10180/137713/parte_i_-_pco.pdf

Leia mais

EDITAL PARA TESTE SELETIVO N.º 006/2007 ALTO ARAGUAIA

EDITAL PARA TESTE SELETIVO N.º 006/2007 ALTO ARAGUAIA EDITAL PARA TESTE SELETIVO N.º 006/2007 ALTO ARAGUAIA A Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, através do Instituto de Linguagem e do Departamento de Letras torna público o processo de abertura

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NUDECON. Núcleo de Defesa do Consumidor. Comissão de proteção e defesa do Consumidor SUPERENDIVIDADO

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NUDECON. Núcleo de Defesa do Consumidor. Comissão de proteção e defesa do Consumidor SUPERENDIVIDADO DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NUDECON Núcleo de Defesa do Consumidor Comissão de proteção e defesa do Consumidor SUPERENDIVIDADO O QUE É SUPERENDIVIDAMENTO? Impossibilidade global do devedor

Leia mais

Centro Universitário de Belo Horizonte UNI - BH. Maio de 2010

Centro Universitário de Belo Horizonte UNI - BH. Maio de 2010 Centro Universitário de Belo Horizonte UNI - BH Maio de 2010 APRESENTAÇÃO...3 Junior Achievement...3 Rede Junior Achievement...3 Voluntariado...4 Benefícios de quem atua como voluntário na Junior Achievement...4

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I EMITENTE e assim doravante designado(a): CNPJ/CPF n : II AVALISTA(S) e assim doravante designado(s): 1. CNPJ/CPF n : 2. CNPJ/CPF n : 3. CNPJ/CPF n : III GARANTIDOR(A) e assim doravante designado(a):

Leia mais

A experiência de um Laboratório Regional de Prótese Dentária administrado sob o contrato de gestão celebrado entre a Casa de Saúde Santa Marcelina e a Prefeitura do Município de São Paulo Adoracion de

Leia mais

Financiamento da Seguridade Social

Financiamento da Seguridade Social Financiamento da Seguridade Social Prof. Eduardo Tanaka Receitas das contribuições sociais dos Empregadores Domésticos Prof. Eduardo Tanaka 1 2 Receitas do Empregador Doméstico (Decreto 3.048/99) Art.

Leia mais

Abril 2009* Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta- feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado

Abril 2009* Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta- feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Abril 2009* Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta- feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado 1 2 3 4 5 6 Maringá/PR 7 *Belém / PA Goiânia / GO Presidente Prudente / SP Rio de Janeiro / RJ São José dos Campos

Leia mais

1,5 % - Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) 1 % - Contribuição Social (C.S.L.L) 3% - Cofins 0,65 % - Programa de Integração Social (P.I.

1,5 % - Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) 1 % - Contribuição Social (C.S.L.L) 3% - Cofins 0,65 % - Programa de Integração Social (P.I. 1 CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA Rua Sady de Marco, 52-D Bairro Jardim Itália Chapecó SC www.contajuris.com.br - Fone: 49 3323-1573 / 3323-0388 A partir de Fevereiro/2004 as empresas de serviços

Leia mais

CONTROLE DE PRODUTO NÃO CONFORME. Aprovação: Olavo R. Tomasini

CONTROLE DE PRODUTO NÃO CONFORME. Aprovação: Olavo R. Tomasini Aprovação: Olavo R. Tomasini CONTROLE DE PRODUTO NÃO Código: PR 19 Revisão: 03 Página: 1 de 7 Data: 10/10/09 Arquivo: PR 19_03.doc Rubrica: 1 OBJETIVO Estabelecer a sistemática adotada para a identificação,

Leia mais

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014 PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL Janeiro 2014 PESQUISA DO SPC BRASIL REVELA QUE 81% DOS BRASILEIROS SABEM POUCO OU NADA SOBRE SUAS FINANÇAS PESSOAIS Os brasileiros ainda estão muito distantes

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

POLÍTICAS DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS APRESENTAÇÃO

POLÍTICAS DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS APRESENTAÇÃO POLÍTICAS DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS APRESENTAÇÃO A universidade vivencia, em seu cotidiano, situações de alto grau de complexidade que descortinam possibilidades, mas também limitações para suas

Leia mais